Você está na página 1de 6

Ordem de Serviço XX – Integração GCP

A presente Ordem de Serviço (OS) é regida pelas cláusulas do Termo Geral de Condições de Contratação de
Serviços entre Vale e Blend IT, assinado em 21/04/2015, e pelo Anexo de Serviços III e IV do mesmo.

Identificação
Nº OS: xx – PPM104478 Nome do Projeto: Integração GCP

Líderes do Projeto pela CONTRATADA: Líderes do Projeto pela Vale:


Adilson Alencar Luciana Amantea

Prestadora dos Serviços

Blend IT
Endereço: Rua das Olimpíadas 205 – 4º andar cj 43 - São Paulo - SP - CEP 04551-000
CNPJ: 04.860.567/0001-99

Endereços Vale

Faturamento Cobrança
Vale SA Vale SA
Av. das Américas, 700, bloco 8 Caixa Postal: 37579
Barra da Tijuca CEP: 22640-970
Rio de Janeiro / RJ Código da Agência: 50300377

Nº OS: xx Página 1 de 6
Escopo
Objetivo

O objeto deste projeto é integrar o GCP com o sistema ERP da Vale e com o SAP SRM para manter o
cadastro e consulta a base de Fornecedores, otimizando o preenchimento de informações através da troca
de informações entre os sistemas e automação do processo de criação/atualização de fornecedores no SAP
ECC.

Visão Técnica

Para atender o requerimento de acordo como desenho abaixo:

Interfaces

Nº OS: xx Página 2 de 6
Seguindo o mapa de integração toda vez que houver Consulta/Ajuste/Modificação pelo GCP, será primeiro
efetuado acesso ao ECC e esse efetuará a consulta no SRM.

A interface outbound será criada pelo GCP, sendo comtemplado nessa proposta somente as interfaces
inbound.

No ECC serão criados 2 interfaces:

 Uma interface inbound assíncrona entre o GCP e o ECC, será responsável pela manipulação
(Criação, Modificação e Bloqueio) de fornecedores. A interface será manipulada para utilizar as
BAPIs BAPI_VENDOR_CREATE e VENDOR_UPDATE para manipular os dados de fornecedor.

Efetuando retorno com erro e status da inclusão e da modificação efetuada.

 Uma Interface inbound síncrona para consultar o Fornecedor e consultar e validar Bank Key. Esta
interface utilizará a BAPI BAPI_VENDOR_GETDETAIL para validar as informações. E para consultar
o SRM, a partir do ECC, será utilizada a RFC BBP_PARTNER_GETLIST.

Importante:

Temos como premissa que a manipulação de dados será feita somente no ECC
considerando que já exista a sincronização das informações de fornecedor entre o ECC e o
SRM.

Premissas da Visão Técnica:

1. As atividades apenas serão iniciadas após agendamento das reuniões com as áreas envolvidas;
2. A Vale deve resolver em até 24h problemas de lock de objetos identificados;
3. É de responsabilidade da Vale qualquer limpeza ou ajuste de dados;
4. Nas datas programadas para testes da solução os key-users, deverão estar dedicados as
respectivas execuções dos cenários propostos;
5. A Vale deverá disponibilizar a infraestrutura de rede e acesso à internet;
6. Toda e qualquer modificação no escopo desta proposta será precedida por um estudo entre a Vale
e a Blend IT;
7. A alteração de escopo somente será efetivada após acordo comercial entre a Vale e a Blend IT;
8. Atrasos nas entregas por parte da equipe Vale ou novas demandas, acarretarão change e

Nº OS: xx Página 3 de 6
consequente alteração de cronograma;
9. Decisões tomadas com prazo de até 24 horas, para que o projeto não sofra impacto;
10. Solicitações para Basis e infraestrutura devem ser atendidas em até 24 horas;
11. A Vale deverá disponibilizar na etapa de análise e desenho toda documentação técnica, inclusive
os planos de teste (TE002), com o detalhamento dos passos a serem executados durante os
testes;
12. Inclusão dos passos no HPQC é de responsabilidade da Vale;
13. Alinhar a governança, atualizada, aplicada pela Vale, de forma que seja possível confirmar os
papéis e responsabilidades em cada uma das etapas do processo - Assisted Operation & Profiles
& Minor Enhacements (E2E) Document Flow – (Testes Unitário / Integrado EQ1 – Blendit; Testes
UAT EC0 – Usuário com suporte da Blendit);
14. Realizar na etapa de análise e desenho, em conjunto com a TI da Vale e Área de Negócio, a
discussão dos cenários e planos de testes a serem executados, visando garantir o alinhamento
total e mitigar divergências;
Não está sendo considerado esforço para execução de cargas para expansão ou correção de dados mestre
em produção.

Premissas da Estratégia de Testes:

1. Realizar antes do término do UAT, em conjunto com a TI da Vale e Área de Negócio, uma “sala de
guerra”, para se discutir que a solução implementada está atendendo aos planos e cenários
definidos na etapa de análise e desenho;

2. Confirmar ao final do UAT os planos de teste executados, considerando os ajustes por ventura,
realizados.

Cronograma

Release de Julho de 2018

Quadro de Informação de Horas

HR estimada de Gerente de Projetos: 4 meses * 1x por semana *4 horas por dia: 64 horas

Operação Assistida: 3 meses

Nº OS: xx Página 4 de 6
Vigência

A vigência desta OS será de 30 dias ou até o cumprimento de todas as obrigações oriundas e/ou
decorrentes dela.

Preço

O valor total em honorários para estes serviços, sob regime de Preço Fixo, será de R$xx.xxx,xx

Reajuste
As partes estabelecem que as taxas horárias ora apresentadas nesta OS terão seus valores fixos durante
a vigência da OS.

Forma de pagamento
Os serviços sob regime de preço fixo serão faturados de acordo com o seguinte esquema:

Evento de Faturamento Percentual do Valor da OS


Final da Configuração e Testes Unitários 40%
Final dos Testes Integrados e Homologação 30%
Entrada em Produção 30%

Critérios de aceite das entregas e finalização da operação assistida:


O projeto será considerado entregue quando não houver mais chamados relacionados a ele na ferramenta
de suporte que sejam de responsabilidade da Blend IT. A Blend IT somente é responsável por atender
chamados abertos, na ferramenta de suporte, dentro dos primeiros 30 dias a contar da subida da demanda
para o ambiente produtivo da Vale.

Despesas de viagem:
Não há previsão de despesas de viagem para esse projeto.

Premissas

1) O esforço considerado nessa OS contempla o início do projeto em 23/04/2018 para a entrada em


produção no release de 23/Julho/2018. Caso as datas de início do projeto ou as datas mandatórias desse
release sejam alteradas o esforço necessitará ser revisto;
2) Caso seja necessário fazer alguma melhoria ou ajuste fora do escopo inicial da demanda, a cobrança
poderá ser feita através do formato Time & Material;
3) A documentação do modelo One Vale Americas (todos os APs envolvidos nos processos do escopo)
deverá ser disponibilizada aos nossos consultores no primeiro dia do projeto;
4) A Vale é responsável pela correta definição e atribuição de perfil de acesso para os usuários em ambiente
de teste, homologação e produtivo;
5) Todos os acessos necessários para o trabalho de nossos consultores deverão ser disponibilizados no
primeiro dia do projeto: acesso à rede Vale (local ou remotamente, de acordo com a localização física do
consultor, que será comunicada pela Blend IT à Vale uma semana antes do início do projeto), acesso ao SAP
(ambientes de desenvolvimento e qualidade), incluindo acessos ao Solution Manager e ao ChaRM;
6) Deverá haver infraestrutura disponível para o trabalho de nossos consultores que trabalharão localmente
nas dependências da Vale (a localização física dos consultores será comunicada à Vale uma semana antes
do início do projeto), incluindo espaço físico, mesas e cadeiras, ramais de telefonia que possibilitem ligações
locais e interurbana com nossas filiais no Rio e São Paulo e acesso à internet;
7) Não é parte do escopo dessa OS nenhuma atividade de gestão de mudanças; ou seja, gestão de impactos
organizacionais, comunicação, gestão de stakeholders e treinamento (nem planejamento e organização,
ministério ou construção/adaptação de material);
8) Os testes integrados, UAT e testes de regressão deverão ser planejados e coordenados pela Vale;
9) Qualquer atividade que precise ser refeita por qualquer motivo que não seja de responsabilidade da Blend

Nº OS: xx Página 5 de 6
IT deverá ser tratada na modalidade T&M;
10) Não faz parte desta OS, treinamento dos usuários nos processos de negócio e, consequentemente, nem
qualquer atividade de suporte para tirar dúvidas ou dar explicação sobre o processo, uma vez que a
capacitação no processo de negócio é de responsabilidade da Vale. Chamados relacionados ao
entendimento do processo não são de responsabilidade de Blend IT. Em caso de atendimento serão
cobrados no modelo T&M;
11) O Suporte, também conhecido como Operação Assistida, compreende apenas as atividades de correção
de erro de configuração e desenvolvimento impactadas por requests de responsabilidade da Blend IT.
Chamados atendidos fora deste escopo serão cobrados no modelo T&M;
12) Cenários não presentes no plano de teste de homologação não estarão no escopo de atendimento de
chamados em produção da Blend IT. Em caso de atendimento serão cobrados no modelo T&M;
13) As horas utilizadas no atendimento de chamados, que após análise for verificado não estarem
relacionados com requests originadas pela Blend IT, serão faturadas à Vale no modelo T&M;
14) O início do projeto ocorrerá após o recebimento da OS assinada e do respectivo pedido de compra.

Anexos

Planilha de horas e valores.

Aprovação da Ordem de Serviço


DATA:

VALE VALE

CONTRATADA LTDA. CONTRATADA LTDA.

TESTEMUNHA TESTEMUNHA

Nº OS: xx Página 6 de 6