Você está na página 1de 41

Caderno Orientações da

Tutoria
Orientações para Mediadores Pedagógicos Presenciais e a
Distância do Consórcio CEDERJ
A tutoria no âmbito do
Consórcio CEDERJ
Orientações para Mediadores Pedagógicos
Presenciais e a Distância do Consórcio
CEDERJ

Palavras iniciais Este documento visa a


Ninguém educa ninguém.
Ninguém se educa sozinho. encaminhar, aos

Caderno Orientações da Tutoria


Nós nos educamos em comunhão. Mediadores
Paulo Freire
Pedagógicos presenciais
e a distância, as suas
Olá! Seja bem-vindo(a)
atribuições e orientações
O Caderno de Orientação da Tutoria apresenta as diretrizes
sobre o funcionamento
básicas para a realização de suas atividades no âmbito das
disciplinas dos cursos de graduação do Consórcio CEDERJ. do Consórcio CEDERJ e
suas atribuições.
Queremos apresentar não só as informações e orientações
básicas da sua função, mas também ressaltar o quão você é parte
fundamental no processo de ensino-aprendizagem em cursos
desenvolvidos na modalidade Educação a Distância.
Aproveite! Você está inserido em um projeto de vanguarda. Não
deixe que essa oportunidade passe pela sua vida sem o
engajamento necessário. Já reparou que todos nós vivemos esse
movimento de abraçar um projeto e assumir os desafios que a
escolha nos impõe?
Este Caderno não encerra o limite máximo de possibilidades de
um trabalho pedagógico de qualidade. A sua experiência vivida
como bolsista de tutoria pode enriquecê-lo sobremaneira.
Gostaríamos, enfim, de demonstrar nossa satisfação com a
equipe que ora se constitui e nossa expectativa de que
aproveitemos bem a oportunidade de inventar estratégias de
mediação que favoreçam o aperfeiçoamento, o envolvimento de
nossos estudantes, não só na prática do estudo, mas também na
prática cidadã. Que esta seja também a sua meta nessa equipe 1
da qual fazemos parte juntos! Um abraço!
Diretoria de Tutoria
Sumário
Palavras iniciais ....................................................................................................................................... 1
Conhecendo a Instituição: Fundação CECIERJ/Consórcio CEDERJ ................................................ 5
A Fundação CECIERJ- Fundação Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do
Estado do Rio de Janeiro ................................................................................................................. 5
O Consórcio CEDERJ – Centro de Educação Superior a Distância do Estado do Rio de
Janeiro .................................................................................................................................................. 5
Os Polos Regionais de Apoio Presencial............................................................................................ 6
Caderno Orientações da Tutoria

O modelo EaD do CEDERJ .................................................................................................................... 7


Quem são os atores do Consórcio CEDERJ? ...................................................................................... 7
Na Fundação CECIERJ ....................................................................................................................... 7
Diretoria Acadêmica ..................................................................................................................... 7
Diretoria de Tutoria ...................................................................................................................... 7
Diretoria de Polos Regionais ....................................................................................................... 7
Na Universidade ................................................................................................................................ 8
Coordenadores de Curso ............................................................................................................. 8
Coordenadores de Disciplina ...................................................................................................... 8
Coordenadores de Tutoria .......................................................................................................... 8
Bolsistas de Tutoria a Distância (Mediadores Pedagógicos a Distância) .......................... 8
No Polo Regional ............................................................................................................................... 9
Diretores de Polo ........................................................................................................................... 9
Articuladores acadêmicos ............................................................................................................ 9
Bolsistas de Tutoria Presencial (Mediadores Pedagógicos Presenciais)........................... 11
Organograma do Consórcio CEDERJ................................................................................................ 13
A Tutoria no CEDERJ............................................................................................................................. 13
A Tutoria Presencial ......................................................................................................................... 15
Orientações gerais para os Mediadores Pedagógicos Presenciais ................................. 15
Tutoria a Distância ........................................................................................................................... 17
Orientações gerais para os Mediadores Pedagógicos a Distância ................................. 18
2
Orientações gerais a todos os Mediadores Pedagógicos. .......................................................... 20
Os Sistemas que você acessa ............................................................................................................. 20
O ambiente virtual de aprendizagem – Plataforma Moodle ................................................ 20
Como acessar a plataforma? ....................................................................................................21
Como trabalhar na plataforma? ..............................................................................................21
Locais importantes que você não pode deixar de acessar na plataforma ....................21
O Sistema de Tutoria .......................................................................................................................22
Como acessar o Sistema de Tutoria? .......................................................................................23
O que você encontra no Sistema de Tutoria? ........................................................................23
O Sistema Acadêmico (SistAcad) ..................................................................................................29
O que você encontra no SistAcad? ..........................................................................................30
O Sistema de Relatório – Avaliação Anual para renovação de bolsas (SISRELAT) ..........31
Os programas de Capacitação .........................................................................................................32
A Avaliação Institucional......................................................................................................................33
Onde ocorre a Avaliação Institucional? .......................................................................................33

Caderno Orientações da Tutoria


Quem é quem no Consórcio CEDERJ?................................................................................................33
Na Fundação CECIERJ .....................................................................................................................33
Presidência da Fundação CECIERJ ...........................................................................................33
Vice-presidência de Educação Superior a Distância............................................................33
Diretoria Acadêmica ...................................................................................................................33
Diretoria de Polos Regionais (Fundação CECIERJ) ................................................................33
Diretoria de Tutoria (Fundação CECIERJ) ...............................................................................33
Na Universidade...............................................................................................................................34
Coordenações de Curso .............................................................................................................34
Comissão de Tutoria (Coordenações de tutoria dos cursos) ...............................................35
Nos Polos Regionais (Diretores) .....................................................................................................36
Polo Angra dos Reis ....................................................................................................................36
Polo Barra do Piraí......................................................................................................................36
Polo Belford Roxo ........................................................................................................................37
Polo Bom Jesus do Itabapoana.................................................................................................37
Polo Campo Grande ...................................................................................................................37
Polo Cantagalo ............................................................................................................................37
Polo Duque de Caxias ................................................................................................................37
Polo Itaguaí ...................................................................................................................................37
Polo Itaocara ................................................................................................................................37 3
Polo Itaperuna ..............................................................................................................................37
Polo Macaé ...................................................................................................................................37
Polo Magé..................................................................................................................................... 37
Polo Miguel Pereira .................................................................................................................... 37
Polo Miracema ............................................................................................................................. 37
Polo Natividade ........................................................................................................................... 37
Polo Niterói ................................................................................................................................... 38
Polo Nova Friburgo ..................................................................................................................... 38
Polo Nova Iguaçu ........................................................................................................................ 38
Polo Paracambi ............................................................................................................................ 38
Polo Petrópolis ............................................................................................................................. 38
Polo Piraí ....................................................................................................................................... 38
Polo Resende ................................................................................................................................ 38
Caderno Orientações da Tutoria

Polo Rio Bonito ............................................................................................................................. 38


Polo Rio das Flores ...................................................................................................................... 38
Polo Rocinha.................................................................................................................................. 38
Polo Santa Maria Madalena .................................................................................................... 38
Polo São Fidelis ............................................................................................................................ 38
Polo São Francisco do Itabapoana.......................................................................................... 38
Polo São Gonçalo........................................................................................................................ 39
Polo São Pedro D’Aldeia ........................................................................................................... 39
Polo Saquarema .......................................................................................................................... 39
Polo Três Rios ................................................................................................................................ 39
Polo Volta Redonda .................................................................................................................... 39
Sugestão de textos complementares ................................................................................................ 39

4
Conhecendo a Instituição: Fundação CECIERJ/Consórcio CEDERJ
A Fundação CECIERJ- Fundação Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do
Rio de Janeiro
A Fundação CECIERJ é um órgão vinculado à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia, e
Inovação – (SECTI), desenvolve projetos nas áreas de Graduação a Distância (Consórcio
CEDERJ); Divulgação Científica; Pré-Vestibular Social; Extensão (Formação Continuada de
Professores) e CEJA – Educação de Jovens e Adultos.

O Consórcio CEDERJ – Centro de Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro


O Consórcio CEDERJ, criado em 2000, reúne o Governo do Estado e as instituições públicas de

Caderno Orientações da Tutoria


ensino superior instaladas no Estado do Rio de Janeiro:

• Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca – CEFET-RJ


• Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense – IFF
• Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro - FAETEC
• Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro – UENF
• Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ
• Universidade Federal Fluminense – UFF
• Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ
• Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro – UFRRJ
• Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO
Tem por objetivo democratizar o acesso ao ensino superior público, gratuito e de qualidade na
modalidade Educação a Distância (EaD).
Atualmente, o Consórcio oferta os seguintes cursos de graduação:

• Administração (diplomação pela UFRRJ)


• Administração Pública (diplomação pela UFF)
• Ciências Contábeis (diplomação pela UFRJ)
• Engenharia de Produção (diplomação pela UFF e CEFET)
• Licenciatura em Ciências Biológicas (diplomação pela UENF, UFRJ ou UERJ)
• Licenciatura em Física (diplomação pela UFRJ)
• Licenciatura em Geografia (diplomação pela UERJ)
• Licenciatura em História (diplomação pela UNIRIO)
• Licenciatura em Letras (diplomação pela UFF)
• Licenciatura em Matemática (diplomação pela UFF e UNIRIO)
• Licenciatura em Pedagogia (diplomação pela UERJ, UENF e UNIRIO)
• Licenciatura em Química (diplomação pela UENF e UFRJ) 5
• Licenciatura em Turismo (diplomação pela UFRRJ e pela UNIRIO)
• Tecnologia em Gestão de Turismo (diplomação pelo CEFET-RJ)
• Tecnologia em Segurança Pública e Social (diplomação pela UFF)
• Tecnologia em Sistema da Computação (diplomação pela UFF)
Será ofertado, a partir do segundo semestre de 2019:

• Biblioteconomia (diplomação pela UFF e UNIRIO)

Os Polos Regionais de Apoio Presencial

Os Polos Regionais são a referência física do Consórcio para os estudantes. Nesses locais são
desenvolvidas as atividades presenciais obrigatórias dos cursos e as sessões da tutoria
presencial das disciplinas. Em geral, são escolas que, em convênio com as prefeituras
municipais, foram adequados para possibilitar toda a infraestrutura de apoio pedagógico
necessária à oferta dos cursos de graduação. Alguns funcionam em espaços próprios criados
especialmente para as abrigarem as atividades do Consórcio.

Atualmente, o Consórcio CEDERJ conta com 33 polos de apoio presencial distribuídos em todo
o Estado do Rio de Janeiro
Caderno Orientações da Tutoria

O estudante do Consórcio CEDERJ que frequenta o polo regional está matriculado na


universidade pública consorciada responsável pela oferta do seu curso no polo e, ao final dos
6 seus estudos, uma vez aprovado, receberá o diploma equivalente àquele recebido pelos
estudantes dos cursos presenciais.
No que diz respeito à sua infraestrutura de apoio pedagógico, o polo conta com:
1. Biblioteca e sala de estudos
2. Salas de tutoria
3. Auditório
4. Laboratório de informática com acesso à internet
5. Laboratórios didáticos para atividades experimentais (geralmente de Física, Química
e Biologia), dependendo dos cursos ofertados.

O polo é gerido por um diretor, educador com nível superior e experiência administrativa,
auxiliado por uma equipe técnico-administrativa.

O modelo EaD do CEDERJ


O modelo EaD do Consórcio é semipresencial permitindo que o estudante estude em local e
horários de sua preferência, seguindo um cronograma. Algumas disciplinas exigem uma
frequência mínima presencial além das avaliações para execução de aulas práticas de
laboratório, trabalhos de campo, trabalhos em grupo e estágios curriculares obrigatórios.
O estudante do Consórcio CEDERJ tem à sua disposição:

Caderno Orientações da Tutoria


1. Livro didático CEDERJ, especialmente preparado para a educação a distância
2. Ambiente Virtual de Aprendizagem na Plataforma Moodle onde o estudante pode
acessar a versão digital do livro didático CEDERJ, recursos multimídia, sala de tutoria
3. Tutoria presencial para as disciplinas iniciais
4. Tutoria a distância por telefone (0800) e pelo ambiente virtual de aprendizagem
para todas as disciplinas
5. Infraestrutura de apoio pedagógico nos polos regionais
No que diz respeito à forma de avaliação, os estudantes são submetidos a:
1. Avaliações presenciais, realizadas nos polos regionais ou em locais próximos
2. Avaliações a distância, realizadas por meio do ambiente virtual de aprendizagem
(plataforma).

Quem são os atores do Consórcio CEDERJ?


Na Fundação CECIERJ
Diretoria Acadêmica
É a diretoria, dentro da Fundação CECIERJ, responsável por assegurar a unidade de ação
pedagógica com vista à consecução dos objetivos propostos, bem como exercer atividades
permanentes de acompanhamento, controle e avaliação do processo de ensino-aprendizagem
e elaborar do calendário anual dos cursos do Consórcio CEDERJ. Vinculados a ela estão as
ações dos Coordenadores de Curso e os Coordenadores de Disciplina.

Diretoria de Tutoria
É a diretoria, dentro da Fundação CECIERJ, responsável pelo gerenciamento da Tutoria do
Consórcio CEDERJ no que diz respeito à coordenação da seleção de bolsistas para atividade
de tutoria, controle da alocação dos bolsistas de tutoria nas diferentes disciplinas ofertadas,
capacitação de bolsistas de tutoria e acompanhamento e avaliação dos mesmos, junto aos
coordenadores de tutoria e disciplina. 7
Diretoria de Polos Regionais
É a diretoria, dentro da Fundação CECIERJ, responsável pelo gerenciamento de todas as
atividades relacionadas aos Polos regionais, inclusive a impressão e distribuição das avaliações
presenciais para as diferentes localidades e encaminhamento das mesmas para correção nas
universidades. Vinculados a ela estão os Diretores dos Polos Regionais.

Na Universidade
Coordenadores de Curso
Os coordenadores de curso são docentes de uma das universidades Consorciadas, responsáveis
pelos cursos ofertados no Consórcio CEDERJ. Têm como função representar o curso internamente
na universidade e junto ao CEDERJ, gerenciá-lo, bem como seus coordenadores de disciplina e
tutores-coordenadores, auxiliado pelo coordenador de tutoria.

Coordenadores de Disciplina
São docentes das universidades consorciadas e responsáveis por todos os aspectos
relacionados à disciplina: conteúdo; organização; construção do ambiente virtual de
aprendizagem; condução; avaliação; acompanhamento dos estudantes; capacitação;
planejamento e acompanhamento dos bolsistas de tutoria presencial e a distância. Vinculados a
eles estão as ações da Coordenação de Tutoria.
Caderno Orientações da Tutoria

Coordenadores de Tutoria
Atuam em conjunto com a coordenação do curso, formando a equipe responsável pelo curso na
universidade. Cabe à Coordenação de Tutoria coordenar a seleção dos bolsistas de tutoria
junto à Diretoria de Tutoria e acompanhar as tutorias da área/curso, em estreita colaboração
com os coordenadores de disciplina, com os diretores de polos e com os bolsistas de tutoria.
Suas ações estão vinculadas aos Coordenadores de disciplinas e ligados a eles estão os
tutores-coordenadores, bolsistas de tutoria presencial e bolsistas de tutoria a distância.

Bolsistas de Tutoria a Distância (Mediadores Pedagógicos a Distância)


São profissionais selecionados e capacitados pelos coordenadores de disciplina e pela
Fundação CECIERJ para interagir com o estudante através da Plataforma e pelo canal 0800.
Suas atividades são desenvolvidas na sala de tutoria da plataforma e também naquela
localizada na universidade responsável pela disciplina, onde estão localizados os canais 0800.
Atuam em constante interação com a coordenação de disciplina, a coordenação de tutoria, os
bolsistas de tutoria presencial e os estudantes.

Atribuições dos Mediadores Pedagógicos a Distância


• Participar das atividades de capacitação/avaliação de bolsista propostas pela
Diretoria de Tutoria e pelos coordenadores de disciplina, de tutoria e de curso.
• Conhecer o projeto didático pedagógico do curso e o livro didático CEDERJ da
disciplina sob sua responsabilidade, demonstrando domínio do conteúdo específico da
área.
• Atender as consultas dos estudantes, ajudando-os a encontrarem as respostas,
certificando-se de que as dúvidas foram sanadas.
• Orientar, através da prática, para a modalidade de educação a distância,
enfatizando a necessidade de se adquirir autonomia de aprendizagem.
• Orientar os estudantes sobre a importância da utilização de todos os recursos
oferecidos para a aprendizagem.
• Encorajar e auxiliar os estudantes na busca de informações adicionais nas mais
8 diversas fontes de informação: bibliotecas virtuais, endereços eletrônicos, bibliotecas
físicas etc.
• Comunicar-se, através de e-mail e telefone, com os estudantes que não procuram a
tutoria a distância ou ausentes nas avaliações, encorajando-os a recorrer à tutoria a
distância/presencial como um auxílio no processo de aprendizagem.
• Participar de encontros, atividades culturais, videoconferências e seminários presenciais
programados pela coordenação de disciplina/curso.
• Emitir relatórios periódicos com o registro da participação do estudante, suas principais
dúvidas e respectivas orientações, encaminhamentos e registros de informações sobre
os tipos e os níveis de dificuldades que os estudantes apresentam em relação a tópicos
das disciplinas e respectivo livro didático CEDERJ.
• Cumprir com pontualidade os horários de atendimento aos estudantes de acordo com o
estabelecido pela Coordenação de disciplina e de tutoria, bem como as demais
tarefas por eles designadas.
• Participar da correção das avaliações, tanto presenciais como a distância, bem como
da elaboração de gabaritos, sempre que solicitado.
• Auxiliar o professor coordenador de disciplina em todas as suas funções, inclusive na
capacitação e apoio aos bolsistas de tutoria presenciais.
• Conhecer o cronograma de estudo e das avaliações da disciplina sob sua
responsabilidade.
• Participar do processo de avaliação do livro didático CEDERJ, quando requisitado.
• Auxiliar o professor coordenador de disciplina na oferta de oportunidades de

Caderno Orientações da Tutoria


aprendizagem através da plataforma (fórum, “chat”, construção de páginas da
disciplina, formação de grupos de estudo virtuais, webtutoria etc).
• Acompanhar e atualizar as informações pertinentes à sua disciplina na plataforma.
• Auxiliar o professor coordenador de disciplina na elaboração, preparação e teste de
atividades práticas presenciais.
• Participar na coorientação de monografias ou trabalho de conclusão de curso, quando
previstas na matriz curricular do curso, preferencialmente on-line e de acordo com as
suas disponibilidades e de seus orientandos.
• Participar da banca de defesa de monografias ou trabalhos de conclusão de curso,
quando previstas na matriz curricular do curso.
• Apresentar um relatório anual de atividades à Comissão de Bolsas da Fundação
CECIERJ, dois meses antes do término de vigência da bolsa, visando à avaliação para
renovação da mesma.

No Polo Regional
Diretores de Polo
São educadores com nível superior e experiência acadêmico-administrativa que, auxiliados por
uma equipe técnico-administrativa, são responsáveis pela interface da Fundação CECIERJ com
as Prefeituras e pelo importante gerenciamento logístico do Polo Regional. Cabe a eles a
logística e realização da matrícula dos calouros; recebimento de documentação/requerimentos
dos estudantes; orientação e ajuda na inscrição em disciplinas dos veteranos, quando
necessário; organização do espaço físico do polo de modo a atender à demanda dos cursos
ofertados, conforme necessidade e orientação do CEDERJ, das universidades e das
coordenações de curso; organização e coordenação da aula inaugural e das avaliações
presenciais; interface entre estudantes, tutoria e coordenação de tutoria; gerenciamento do
estoque de livro didático CEDERJ nos polos; supervisão do funcionamento das tutorias;
representação da Fundação CECIERJ em situação relacionadas ao polo/Consórcio CEDERJ,
quando solicitado; trabalho no controle da evasão, levantando os motivos e auxiliando os
9
estudantes na superação dos mesmos.
Articuladores acadêmicos
São mediadores pedagógicos presenciais indicados pela Coordenação de Tutoria, ouvindo-se
os Coordenadores de Curso (na Universidade) e as Direções do Polo. São responsáveis pela
orientação geral e acadêmica, devendo apoiar e acompanhar os estudantes nas dúvidas de
conteúdo, na ausência do mediador pedagógico presencial específico da disciplina. Atua em
constante interação com a coordenação do curso, a coordenação de disciplina, a coordenação
de tutoria, a direção do polo, os bolsistas de tutoria presencial e a distância e os estudantes.
Quanto à formação, deve ser graduado na área do curso em que atua e ter experiência de
magistério. Deve ainda, por meio de cursos, aprimorar seus conhecimentos sobre sua função e
sobre a modalidade EaD. Em cada polo, há um articulador acadêmico para cada curso
ofertado.
O articulador acadêmico cumpre carga horária de 15 horas de orientação acadêmica,
fracionada em pelo menos 4 (quatro) dias na semana. Sem prejuízo do horário de orientação
acadêmica, assume também a tutoria de 1(uma) uma disciplina de 1º período, cujo atendimento
aos estudantes ocorre preferencialmente aos sábados, podendo ainda assumir a tutoria de
Caderno Orientações da Tutoria

mais uma disciplina, desde que sua carga horária total não ultrapasse 21 (vinte e uma) horas
semanais.
O articulador acadêmico das disciplinas pedagógicas realizará ainda o acompanhamento das
atividades relativas ao estágio dos estudantes, centralizando, inclusive, o recebimento de
documentos e posterior encaminhamento dos mesmos aos coordenadores de curso.

Atribuições do articulador acadêmico


• Ter um razoável domínio do conteúdo da área do curso em que atua.
• Conhecer a estrutura de funcionamento do polo e da Fundação CECIERJ.
• Conhecer o projeto pedagógico do curso, a ementa e o livro didático CEDERJ das
disciplinas.
• Ter disponibilidade e abertura para conversar com os estudantes e bolsistas de tutoria
presencial do polo, no sentido de desenvolver um trabalho colaborativo.
• Estar ciente do calendário e dos cronogramas das disciplinas de cada semestre.
• Estimular a formação de grupos de aprendizagem colaborativa entre estudantes.
• Auxiliar o diretor do polo, na organização de toda a estrutura de atendimento da
tutoria presencial, incluindo definição de horários e escalas das sessões, elaboração e
encaminhamento de relatórios, coordenação e aplicação das avaliações presenciais,
etc.
• Orientar os bolsistas de tutoria na dinâmica do processo de atendimento tutorial,
auxiliando-os na sua contínua integração ao sistema.
• Auxiliar o diretor do polo no atendimento às dúvidas dos estudantes relacionadas à
estrutura e ao funcionamento do curso.
• Intermediar a relação entre os bolsistas de tutoria do polo, os coordenadores de
disciplina e o coordenador de tutoria do curso.
• Acompanhar o desempenho da tutoria do curso no polo, tendo em vista o seu
aperfeiçoamento.
• Acompanhar o registro de frequência e notas (quando solicitado) dos estudantes e a
elaboração de relatórios dos bolsistas de tutoria do curso, bem como fazer relatórios
10 periódicos de toda a tutoria, mantendo esses documentos acessíveis à direção do polo
e a Diretoria de Tutoria do CEDERJ.
• Preencher relatório de acompanhamento dos estudantes.
• Auxiliar os demais bolsistas de tutoria na orientação dos estudantes para a dinâmica
da aprendizagem na modalidade da EAD.
• Na ausência do bolsista de tutoria presencial específico, ajudar os estudantes na busca
de soluções para os seus problemas e dúvidas nas diversas disciplinas.
• Estabelecer contato permanente, via telefone e e-mail, com os estudantes,
particularmente os que frequentam pouco o polo, enviando informações, buscando
saber de suas dificuldades e razão da ausência, no sentido de minimizar a evasão.
• Supervisionar, no polo, todo o material didático das disciplinas, além do funcionamento
dos laboratórios, visando ao bom andamento do curso.
• Apresentar o relatório anual de atividades à Comissão de Bolsas da Fundação
CECIERJ, dois meses antes do término de vigência da bolsa, visando à avaliação para
renovação da mesma.
• Estar presente em todos os dias de aplicações de Avaliações Presenciais (APs),
assessorando à direção do polo.
Bolsistas de Tutoria Presencial (Mediadores Pedagógicos Presenciais)
São profissionais selecionados pela universidade e capacitados pelos coordenadores de

Caderno Orientações da Tutoria


disciplina e pela Fundação CECIERJ para apoiar e acompanhar os estudantes nas disciplinas da
primeira metade do curso. Suas atividades são desenvolvidas no polo regional e têm o objetivo
de facilitar a transição entre a educação presencial e a EaD. Atua em constante interação com
a coordenação de disciplina, a coordenação de tutoria, a direção do polo, o tutor-coordenador
e com os bolsistas de tutoria a distância.

Atribuições dos Mediadores Pedagógicos Presenciais


• Participar das atividades de capacitação e de avaliação de bolsistas propostas pela
Diretoria de Tutoria, pela Coordenação de Tutoria e pelos Coordenadores de
Disciplina (no mínimo 3 atividades por ano letivo).
Obs: Para as capacitações é possível que haja a necessidade de
deslocamento para outros municípios do Estado do Rio de Janeiro (para um
polo diferente do de sua atuação ou para a universidade responsável pela
disciplina), podendo haver inclusive necessidade de pernoite.

• Conhecer o projeto didático pedagógico do curso e o livro didático CEDERJ das


disciplinas sob sua responsabilidade, demonstrando domínio do conteúdo específico da
disciplina.
• Estar presente no polo regional, no horário previsto, para atendimento e orientação
dos estudantes.
• Trabalhar o material didático com o estudante, individualmente ou em grupo, visando
orientá-lo para a construção de uma metodologia própria e autônoma de estudo.
• Familiarizar o estudante com o hábito da pesquisa bibliográfica (sugerida ou não no
livro didático CEDERJ), no sentido do aprofundamento e atualização dos conteúdos das
disciplinas.
• Orientar o estudante, através da prática, para a modalidade da educação a
distância, enfatizando a necessidade de se adquirir autonomia de aprendizagem.
• Orientar o estudante, individualmente ou em grupo, visando à complementação dos
seus estudos.
• Acompanhar e orientar os estudantes nas aulas de laboratório, aulas práticas ou
11
trabalhos de grupo estabelecidos pela Coordenação de Disciplina.
• Produzir relatório mensal de desenvolvimento de conteúdo da disciplina, a ser enviado
para o coordenador de disciplina.
• Encaminhar para o Articulador Acadêmico, ou para a Direção do Polo, a folha de
frequência semanal dos estudantes e suas principais dúvidas sempre que solicitado.
• Cadastrar, na plataforma, a frequência dos estudantes nas sessões de tutoria.
• Conhecer a estrutura de funcionamento do Polo Regional onde atua.
• Conhecer o cronograma de estudo e das avaliações das disciplinas sob sua
responsabilidade e ajudar os estudantes a se manterem atualizados.
• Conhecer as ferramentas de apoio oferecidas para as disciplinas em que atua,
orientando os estudantes para o seu uso.
• Incentivar os estudantes a participarem das atividades oferecidas pelas disciplinas em
que atuam, tanto as presenciais quanto as oferecidas na plataforma.
• Acompanhar e participar das atividades desenvolvidas na plataforma em sua
disciplina.
• Assistir o estudante, individualmente ou em grupo, visando orientá-lo para a construção
de uma metodologia própria de estudo.
• Discutir e esclarecer as dúvidas de conteúdo.

Caderno Orientações da Tutoria

Participar da aplicação das avaliações presenciais, seguindo escala feita pelo Diretor
de Polo, em número proporcional à sua carga horária total de tutoria no polo. É
sugerida a relação de um turno de AP para cada duas horas de tutoria. Neste turno, o
mediador poderá ser responsável pela aplicação de uma ou mais APs, em uma mesma
sala, considerando-se o número de estudantes inscritos nas disciplinas.
• Participar da aula inaugural e do processo de matrícula dos estudantes calouros.
• Participar da confecção de gabarito de correção das avaliações, quando solicitado
pelo coordenador de disciplina.
• Corrigir as Avaliações a Distância (ADs).
• Postar as notas das avaliações no sistema determinado, quando solicitado.
• Otimizar o conteúdo das disciplinas, utilizando diferentes estratégias como oficinas,
grupos de discussão, resumos de pontos centrais abordados no período.
• Manter-se em comunicação permanente com o coordenador de disciplina, bem como
com o Articulador Acadêmico e a Direção do Polo, informando-os sobre o andamento
da disciplina.
• Participar na coorientação de monografias ou trabalhos de conclusão de curso, quando
previstos na matriz curricular do curso, preferencialmente on-line, e de acordo com as
suas disponibilidades e de seus orientandos.
• Participar da banca de defesa de monografias ou trabalhos de conclusão de curso,
quando previstos na matriz curricular do curso.
• Apresentar um relatório anual de atividades à Comissão de Bolsas da Fundação
CECIERJ, dois meses antes do término da vigência da bolsa, visando à avaliação para
renovação da mesma.

12
Organograma do Consórcio CEDERJ

Caderno Orientações da Tutoria

A Tutoria no CEDERJ
No modelo de educação semipresencial do CEDERJ, o desenvolvimento de uma aprendizagem
autônoma é essencial para que o estudante alcance seus objetivos. Neste contexto, o mediador
pedagógico exerce papel fundamental, juntamente com o coordenador de disciplina e o
13
material didático do curso.
A aprendizagem se dá, principalmente, pelo estudo autônomo do material didático do curso.
Material este que pode compreender o livro didático CEDERJ e os recursos didáticos
disponibilizados pelo ambiente virtual de aprendizagem.
Apesar de todo o esforço em produzir um material adequado para uma aprendizagem
autônoma, dúvidas sempre surgem e, muitas vezes, faz-se necessário recorrer a um especialista
da disciplina. Por estar vinculado a um curso EaD, o estudante não conseguirá recorrer
rotineiramente aos professores das disciplinas, como ocorre no ensino presencial, dado que
estes estão nas universidades consorciadas que, muitas vezes, estão a quilômetros de distância
e, dependendo do curso, são responsáveis por mil, dois mil estudantes.
É aqui que entra da figura importantíssima do mediador pedagógico. No CEDERJ, ele é o ELO
entre o professor coordenador da disciplina, o material didático e o estudante; é aquele que
faz a mediação do processo de aprendizagem do estudante. Espera-se, portanto, que o
bolsista seja capaz de colaborar na identificação e busca de soluções para as dificuldades e
problemas encontrados pelos estudantes, ajudando-os no alcance da autonomia de estudo. Por
Caderno Orientações da Tutoria

isso, é muito importante que o mediador goste e tenha habilidades para interagir com os
estudantes, saiba ouvir e atender suas dúvidas e problemas.
Por ser um ELO, é de extrema importância, também, que o mediador esteja sempre em
comunicação com o Coordenador de Disciplina, de modo que seja possível proporcionar ao
estudante a melhor formação no curso por ele escolhido.
Assim, o estudante dos cursos de graduação do Consórcio CEDERJ contam com duas
modalidades de tutoria:
1. Tutoria presencial
2. Tutoria a distância
A TUTORIA PRESENCIAL é oferecida às disciplinas constitutivas da metade do curso.
Espera-se que após este período o estudante já tenha desenvolvido a capacidade de estudo
independente, com metodologia própria, participando de grupos de estudo presenciais e tenha
adquirido a desenvoltura para participar das atividades de interação na plataforma,
dispensando a tutoria presencial semanal e utilizando-se da TUTORIA A DISTÂNCIA que
assiste os estudantes em todas as disciplinas do curso.
Para uma boa orientação, o mediador pedagógico, seja ele responsável pelas atividades
presenciais ou pelas atividades a distância deve estar atualizado sobre o andamento da
disciplina. É importante que tenha domínio do conteúdo específico e saiba sobre as questões
gerais relativas à disciplina. Não há nenhum problema em o mediador não conhecer todos os
temas tratados nos livros didáticos ou não saber resolver alguma questão de AD. Haverá
problema se o mediador continuar a não saber. Por isso, deve estudar o material didático (livro
didático CEDERJ e material complementar disponibilizado na plataforma).
Se tiver dúvidas sobre o conteúdo ou sobre a dinâmica que pretende utilizar ou ainda se quiser
sugerir alguma abordagem ou atividade, não hesite em procurar o seu coordenador de
disciplina.
14
A Tutoria Presencial
Conforme já mencionado anteriormente, a tutoria presencial tem como objetivo auxiliar o
estudante proveniente do ensino presencial que, na maioria das vezes, têm uma atitude passiva
em relação à aprendizagem, a adaptar-se à metodologia da educação a distância, que
requer sua participação ativa e autonomia. Por isso, atua no Polo Regional, próximo ao
estudante.
As tutorias presenciais são semanais, com duração variável de acordo com a disciplina (de 1h a
3h, na maioria dos casos). As atividades práticas previstas no projeto pedagógico do seu curso
também são realizadas com a supervisão do mediador pedagógico presencial.
Os horários de tutoria presencial estão sempre disponíveis nos polos e no ambiente virtual de
aprendizagem, de forma que o estudante possa organizar seu tempo para participar das
mesmas. Logo, é de extrema importância que sejam respeitados os dias e horários divulgados.
A frequência dos estudantes às sessões de tutoria presencial é facultativa. No entanto, a
experiência demonstra que nos períodos iniciais e nas disciplinas de maior grau de dificuldade,

Caderno Orientações da Tutoria


a tutoria presencial é importante fator de sucesso.
A Lei Estadual nº 5805/2010 estabelece o limite de 10 horas semanais de tutoria por
mediador pedagógico presencial

Orientações gerais para os Mediadores Pedagógicos Presenciais


Apesar de ser mediador pedagógico presencial, é imprescindível que visite a plataforma com
frequência, pois lá estão disponíveis informações sobre o curso, sobre o polo e sobre a
disciplina, como por exemplo, calendários, material para “download”, mudanças de datas,
eventos gerais, atividades programadas e etc.
Não existe uma forma padronizada de atuação e organização da tutoria presencial nos cursos
de graduação do Consórcio CEDERJ. Neste contexto, a coordenação de tutoria, juntamente com
a coordenação de disciplina, tem papel fundamental na orientação do mediador.
É importante que o mediador pedagógico presencial esteja sempre em comunicação com o
coordenador de disciplina, desenvolvendo com este uma matriz de orientação de estudos para
o estudante e o desenho das estratégias que serão utilizadas para cada um dos encontros
previstos. A tutoria presencial não deve ser passiva. A variação das estratégias de ação torna
as sessões de tutoria mais dinâmicas e possibilita o trabalho com vários estilos de
aprendizagem, sendo possível atingir com sucesso um número maior de estudantes.
Implementar trabalhos e discussões em grupo pode ser muito importante, pois são atividades
que podem ajudar os estudantes a interagir mais e com isso tornar o aprendizado mais fácil e
colaborativo. Nosso objetivo é que nosso estudante se torne autônomo, independente, que
saiba buscar seu próprio caminho para aprender sempre! É importante que ele seja solidário e
tolerante, características importantes para um cidadão e um educador, por isso o trabalho em
equipe pode ajudar bastante.
As sessões de tutoria presencial não devem ser encaradas apenas como um momento de aula
presencial convencional. Faz-se necessário orientar o estudante sobre a importância do estudo 15
prévio do conteúdo previsto no calendário para a semana, de forma que, ao chegar ao
encontro, ele possa sanar as dúvidas e participar das atividades de modo a aprimorar o seu
aprendizado.
O estudante quando chega às sessões de tutoria traz, na maioria das vezes, as dúvidas
originadas do seu estudo autônomo. Simplesmente dar a resposta para a questão trazida, não
é a melhor das opções, pois desta forma, não está sendo desenvolvida no estudante a
competência da autonomia de estudo. Solicitar que o estudante procure no próprio livro
didático CEDERJ, também não, dado que, teoricamente, este foi o ponto de partida para o
estudo. Neste contexto, é importante que o mediador pedagógico presencial consiga
proporcionar ao estudante momentos de reflexão, explicando os fundamentos conceituais que
podem auxiliar na resolução da dúvida, remeter o estudante a outros recursos previamente
selecionados em acordo com o coordenador de disciplina, como por exemplo, textos ou fontes
bibliográficas complementares, recursos didáticos multimídia.
Lembre-se: em caso de dúvidas sobre como melhor atender à necessidade do estudante, fale
com o seu coordenador.
O mediador pedagógico presencial precisa ainda ter em mente que:
Caderno Orientações da Tutoria

• O estudante que procura a tutoria presencial, o faz porque tem dificuldades.


• Para comparecer à tutoria presencial, o estudante muitas vezes percorre longas
distâncias até chegar ao polo.
• Não existe dúvida fácil.
• O livro didático CEDERJ pode não estar sendo suficiente ou sendo a melhor opção
para o estudante compreender o conteúdo.
• Uma dúvida mal resolvida, poderá acarretar insucesso e contribuir para a evasão do
estudante.
• Na metodologia de estudo autônomo, o tempo é precioso e a organização do mesmo
é fundamental.
• Tudo é muito novo para o estudante.
Neste contexto, é de extrema importância que o mediador:

• Esteja presente no polo nos dias e horários previstos para as sessões de tutoria.
• Procure não remarcar sessões de tutoria, a não ser em casos muito extremos e com
justificativa plausível e autorização do articulador acadêmico e do Diretor do Polo,
pois, a falta da tutoria leva ao prejuízo da aprendizagem do estudante e de sua
organização de estudo dentro do cronograma proposto para o curso, além de que a
remarcação pode trazer transtornos para a organização logística das tutorias nos
polos.
• Caso seja necessário remarcar, lembre-se que a reposição precisa ser próxima à data
da sua ausência, pois a falta de tutoria pode comprometer o andamento do estudante
no curso.
• Enfatize para os estudantes o cronograma de atividades da disciplina.
• Auxilie o estudante na organização de seu tempo pedagógico, na criação de um
cronograma de estudo.
• Estimule que o estudante compareça às sessões de tutoria tendo estudado previamente
o material didático disponibilizado para a semana.
• Nunca deixe o estudante ir embora com dúvida! Pode ser que não exista uma próxima
vez para saná-la. Pode ser que por causa desta dúvida, o estudante desista do curso.
16
Considerando o papel importante do mediador pedagógico presencial na transição do ensino
de modalidade presencial para a modalidade à distância, é necessário ter ainda em mente
que é preciso apresentar aos estudantes todas as ferramentas próprias da EaD
disponibilizadas para ele, qual a potencialidade de cada uma, como utilizá-las.
Outro ponto de extrema importância é o fato de que a tutoria presencial e a distância não são
tutorias desconexas. É fundamental que o mediador pedagógico presencial esteja ciente das
ações desenvolvidas na plataforma, da participação dos estudantes nas atividades propostas.
Este também é um meio de avaliar as necessidades das sessões de tutoria presencial que serão
desenvolvidas.
Por fim, sugerimos uma boa dinâmica de uma sessão de tutoria presencial.
1. Antes da sessão, identificar as aulas e os seus objetivos e planejar as atividades.
2. Durante a sessão:
a. Realizar um resumo do conteúdo da semana, visando situar o estudante no
conteúdo trabalhado, sempre buscando sua participação. É possível utilizar
recursos diversos (exposição oral, quadro, computador, internet, etc.).
b. Enfatizar sempre a importância do estudo de todo o conteúdo para as
avaliações.
c. Ministrar as atividades programadas (trabalhos individuais ou em grupo)
d. Esclarecer a dúvidas surgidas a partir do estudo autônomo e das atividades
propostas.

Caderno Orientações da Tutoria


3. Após a sessão:
a. Registrar a presença dos estudantes na plataforma e também fisicamente no
polo.
b. Preparar um relatório pedagógico sobre a sessão de tutoria e encaminhar
para o coordenador de disciplina.

Sobre a Aplicação de Avaliações Presenciais (APs)


Conforme já mencionado anteriormente, no item que trata das atribuições dos mediadores
pedagógicos presenciais, cabe a eles a “participar da aplicação das avaliações presenciais,
seguindo a escala feita pelo diretor de polo, em número proporcional à sua carga horária total
de tutoria no polo. É sugerida a relação de um turno de AP para 2 horas de tutoria”.
As avaliações presenciais do semestre são divididas em 3(três): AP1, AP2 e AP3. Cada uma
delas é aplicada em dois finais de semana, conforme o calendário acadêmico.
Entende-se por turno, uma manhã do primeiro sábado, por exemplo.
Logo, caberá àquele com, por exemplo, carga horária de 2(duas) horas de tutoria, a aplicação
de provas em um turno me cada uma das APs. Se possuir carga horária ímpar, para essa
1(uma) hora que sobra, deverá aplicar 1(um) turno a mais na AP1 ou na AP2 ou na AP3, a ser
definido no polo, em conjunto com o Diretor.
A ausência injustificada na aplicação de prova incorre em falta grave, passível de
desligamento.
Quem atua aos sábados, pode ser solicitado pela direção do polo a aplicar mais turnos de AP,
considerando que não fará atendimento aos estudantes no sábado de aplicação de prova.

Tutoria a Distância
A Tutoria a Distância do Consórcio CEDERJ é realizada nas Universidades Consorciadas e atua 17
principalmente em três frentes:
1. Junto aos estudantes: a missão fundamental é a de atuar como um orientador de
estudo, ajudando-os a encontrar caminhos para a solução dos problemas através da
utilização de todos os recursos de aprendizagem oferecidos pelo CEDERJ, bem como
outras fontes de consulta, aguçando a curiosidade, esclarecendo suas dúvidas e dando
apoio e incentivo nos momentos de desânimo e dificuldade. Outra função muito
importante é a da promoção da interatividade entre os estudantes através da
formação de grupos de estudo, do debate e da troca de ideias. Nesse sentido, o
mediador pedagógico a distância é o responsável pela coordenação de fóruns e
chats propostos pelos coordenadores, além de propiciar espaços para interação
informal entre os estudantes.
2. Junto ao coordenador da disciplina: colabora, complementando o seu trabalho. Nesse
sentido, auxilia na elaboração de guias de estudo, na revisão do material didático,
propõe atividades, divide com ele a responsabilidade da condução de atividades
presencias nos polos, representando-o quando necessário e participa ativamente da
correção das avaliações.
3. Junto aos mediadores pedagógicos presenciais: independentemente da modalidade
de tutoria, os mediadores devem se ver como parceiros, elementos facilitadores da
aprendizagem do estudante. Por isso devem trabalhar em estreita colaboração
visando ao objetivo comum: apoiar e ajudar o estudante na construção da autonomia
Caderno Orientações da Tutoria

de aprendizagem.
O atendimento a distância dos estudantes é individual e pode se dar de duas formas principais:
1. pelo telefone 0800, na sala de tutoria da Universidade.
2. pela sala de tutoria, na plataforma, respondendo às questões ali colocadas no prazo
de 24h horas, exceto sábados e domingos.
O horário de atendimento pelo canal 0800 da tutoria a distância deve estar publicado e
atualizado na plataforma, bem como no quadro de avisos do polo de apoio presencial, de
forma que os estudantes tenham ciência de quando procurar a tutoria para saneamento de
suas dúvidas prontamente.
É importante salientar que as atividades da tutoria a distância não estão restritas ao
atendimento aos estudantes para saneamento de dúvidas. A mediação de atividades na
plataforma, a busca pelo estudante que está se distanciando do curso, a orientação dos
estudantes para as avaliações e para a organização de seus estudos são pontos cruciais da
atuação da tutoria a distância.

Orientações gerais para os Mediadores Pedagógicos a Distância


Da mesma forma que para a tutoria presencial, não existe uma forma padronizada de
atuação e organização da tutoria a distância nos cursos de graduação do Consórcio CEDERJ.
Neste contexto, a coordenação de tutoria, juntamente com a coordenação de disciplina, tem
papel fundamental na orientação do mediador pedagógico a distância, principalmente no que
diz respeito à utilização da plataforma.
No entanto, existem algumas diretrizes gerais:
1. Quando da orientação do estudante, deve-se utilizar sempre linguagem respeitosa,
coloquial, porém precisa.
2. No que diz respeito ao atendimento pelo telefone:
a. É disponibilizada, para os estudantes, uma linha 0800 que permite a ligação
18 gratuita de qualquer parte do Estado do Rio de Janeiro a partir de telefones
fixos.
b. São disponibilizados aos estudantes outros números de telefone, por meio dos
quais o estudante pode buscar a tutoria a distância caso o 0800 esteja
ocupado. Nestes casos, o bolsista anota o número de telefone do estudante e
retorna a ligação. Para isso, as salas de tutoria nas Universidades possuem
sempre uma linha telefônica que permite ligações interurbanas e para
celulares.
c. Deve obedecer à escala de horários estabelecida pela coordenação de
tutoria. Esses horários devem, na medida do possível, priorizar a demanda do
estudante, sendo recomendado a reserva de algum atendimento no período
noturno, além do diurno, dado que muitos trabalham durante o dia.
3. No que diz respeito ao atendimento via sala de tutoria da plataforma:
a. Este atendimento precisa ser equacionado de forma que o estudante não
permaneça sem retorno por mais de 24 (vinte e quatro) horas. Lembre-se que
esperar demais por uma resposta pode ser fator de desestímulo para o
estudante.
b. É de extrema importância ler atentamente a pergunta do estudante. Isso
permite que sejam dadas respostas exatas, adequadas e concisas.
c. É também importante revisar o texto de suas orientações quanto ao conteúdo
e quanto às normas gramaticais antes de enviar, pois todos os estudantes
inscritos na disciplina e demais participantes da sala de tutoria (outros
bolsistas, coordenadores etc.), têm acesso às perguntas e respostas ali

Caderno Orientações da Tutoria


colocadas. As postagens dos estudantes e dos mediadores são sempre fonte
de consulta.
d. Procure evitar discussões com os estudantes que não estejam relacionadas a
debates de ideias relativas ao tema em estudo. A plataforma é um espaço de
aprendizagem, e não de reclamação.
i. Caso haja alguma reclamação que não tenha relação com o
conteúdo, o estudante deve ser orientado a procurar o caminho certo
para a busca da solução, como diretor de polo, coordenador de
tutoria, articulador acadêmico, coordenação de disciplina,
coordenação de cursos.
1. Em caso de dúvidas sobre que posicionamento tomar, cabe
ao mediador consultar o coordenador de disciplina e de
tutoria sobre o encaminhamento a ser dado, antes de
responder ao estudante.
O mediador pedagógico a distância precisa ainda ter em mente que:
1. O estudante que procura a tutoria a distância, o faz porque tem dificuldades.
2. Não existe dúvida fácil.
3. O livro didático CEDERJ pode não estar sendo suficiente ou sendo a melhor opção
para o estudante compreender o conteúdo. Então, antes de sugerir que o estudante
leia o livro, certifique-se de que ele já não o fez. Procure sugerir outros materiais
complementares como possibilidade de consulta para que o estudante tenha outras
oportunidades de aprendizagem que não o material já disponibilizado pelo curso.
Veja com o seu coordenador quais serão esses outros recursos que poderão ser
utilizados para auxiliar no aprendizado do aluno.
4. Uma dúvida mal resolvida, poderá acarretar insucesso e contribuir para a evasão do
estudante.
5. Na metodologia de estudo autônomo, o tempo é precioso e a organização do mesmo
é fundamental.
6. Tudo é muito novo para o estudante.
19
Orientações gerais a todos os Mediadores Pedagógicos.
1. É de extrema importância manter atualizados:
a. Dados pessoais
b. Conta Bancária Bradesco
c. Endereço residencial
d. Endereço eletrônico (e-mail)
e. Telefone de contato.
2. Toda a comunicação da Diretoria de Tutoria, da Coordenação de Tutoria, da
Coordenação de Disciplina é feita por e-mail. Por isso, crie o hábito de checar sua
caixa de mensagens todos os dias, respondendo prontamente às questões referentes à
sua função ali encaminhadas.
3. Para comunicar-se com a Diretoria de Tutoria, colocar o assunto de forma clara na
mensagem. Encaminhá-la para diretoriatutoria@cecierj.edu.br, sempre registrando seu
nome completo, polo (no caso de mediadores de tutoria presencial), curso em que atua
para que seja possível a sua rápida identificação.
4. Leia sempre com atenção todas as orientações enviadas.
Caderno Orientações da Tutoria

5. Esteja atento à vigência do seu processo seletivo e às suas atribuições.


6. Não deixe de participar dos programas de formação, quando convocado. Lembre-se
que esta ação é parte de suas atribuições como bolsista. A não participação ou a
reprovação nos cursos implicará o seu desligamento da tutoria.
7. Não deixe de acessar a Sala da Diretoria de Tutoria na plataforma. Este é um espaço
destinado ao compartilhamento de informações e orientações gerais.
8. No final de cada ano, não deixe de preencher o Relatório Anual de Bolsistas, mesmo
que você por alguma razão tenha se afastado da tutoria. O não preenchimento deste
relatório impedirá a renovação da bolsa, quando for o caso, ou sua participação em
novo processo seletivo no âmbito dos programas da Fundação CECIERJ.
9. Esteja atento às normas de conduta em ambiente virtual que constam na plataforma
CEDERJ. Atente para o fato de que muitas delas também se aplicam à convivência fora
do ambiente virtual. Procure ser cordial e profissional ao atender os estudantes. Isso
poderá evitar muitos problemas!

Os Sistemas que você acessa


O ambiente virtual de aprendizagem – Plataforma Moodle
A Plataforma é a Universidade Virtual do estudante. Por meio dela, é possível obter grande
parte do material necessário para o estudo (livro didático em pdf, material complementar,
recursos multimídia, atividades interativas etc.), as avaliações a distância, os grupos de
discussão na forma de fóruns e videotutoria e também onde se tem ferramentas com as quais
poderá contatar a tutoria, os coordenadores de disciplinas e do curso.
Independentemente de atuar na tutoria presencial ou a distância, a plataforma deve sempre
ser acessada pois é nela que são encontradas as informações relativas ao andamento das
disciplinas, o calendário acadêmico, cronograma de estudo, horários de atendimento das
tutorias presenciais, horários de atendimento da tutoria a distância pelo canal 0800, guia da
disciplina. Esse material é essencial para o planejamento de suas ações enquanto bolsista da
tutoria.
20
Como acessar a plataforma?
Acesse o site http://graduacao.cederj.edu.br.

Em Identificação
do usuário e
senha, digite o seu
CPF, sem pontos e
sem traço

Para finalizar,
clique em
“Acessar”

Caderno Orientações da Tutoria


OBS: Você pode e deve alterar a sua senha, acessando a edição do seu perfil.

Como trabalhar na plataforma?


Você receberá uma formação específica para esta finalidade. No entanto, até que você seja
convocado para a participar do curso, você pode se familiarizar com o ambiente e as
ferramentas acessando os tutoriais que temos disponíveis.
http://graduacao.cederj.edu.br/dmd/tutoriais/pdfs_prof.html#perfil
Mas atenção! O acesso aos tutoriais não exime a sua participação no Curso da Plataforma
Moodle previsto no Edital de Seleção!

Locais importantes que você não pode deixar de acessar na plataforma


Na Barra Lateral da página principal
Informações acadêmicas:
Nesta área, você encontra, entre outras coisas: Calendário acadêmico, Calendário de Práticas,
Calendário de Provas, Ementa das Disciplinas, Horários das tutorias presenciais e a distância
(0800), Matrizes Curriculares, Regras Acadêmicas e Polticas de conduta em ambiente virtual de
aprendizagem.

Sistemas Complementares:
Nesta área, você encontra o link para acesso a vários portais, dentre eles: o Sistema
Acadêmico (SistAcad) e a Avaliação Institucional. Quanto ao SistAcad, falaremos sobre ele
daqui a pouco.
O link “Avaliação Institucional” direciona para o questionário de avaliação que é preenchido
por todos os “atores” do Consórcio CEDERJ, uma vez por ano, e que tem por finalidade colher
as impressões de todos buscando sempre a melhoria da oferta dos cursos. É de extrema 21
importância que você participe deste processo quando chegar a hora!!! Não se preocupe!
Sempre há uma campanha de divulgação desta ação!
Na barra lateral da sala de disciplina
Bloco Avisos:
Local destinado à postagem de avisos para os alunos.

Bloco Materiais:
Neste bloco, você poderá encontrar, dentre outras coisas, o guia da disciplina e o cronograma
das atividades.

Bloco Tutoria:
É o bloco por onde se tem acesso à:
- Sala de tutoria – canal onde os alunos postam suas dúvidas sobre a disciplina e atividades
previstas. É um local de atuação daqueles que atuam na tutoria a distância.
- Tutoria presencial (disponível apenas para aqueles que atuam na tutoria presencial) – local
onde são registradas as informações relativas a cada sessão de tutoria realizada no polo. É
Caderno Orientações da Tutoria

muito importante que as informações sejam expressas da forma mais clara possível, uma vez
que se configura como um relatório de atividades desenvolvidas. Não deixe de descrever no
campo destinado a observações: (1) o que estava planejado com base no cronograma para
acontecer na sessão de tutoria; (2) o que de fato aconteceu; (3) minimamente a dinâmica
desenvolvida (ex: foi realizada uma mesa redonda, foi discutido um estudo dirigido sobre...,
etc). Este é um dos canais utilizados pelos coordenadores para avaliar a sua atuação.
- Registro/Relatório de Atendimento telefônico (disponível apenas para aqueles que atuam
na tutoria a distância) - local onde são registradas as informações relativas a cada ligação
atendida pelo canal 0800. É muito importante que as informações sejam expressas da forma
mais clara possível, uma vez que se configura como um relatório de atividades desenvolvidas.
Não deixe de descrever: a dúvida do estudante e, no campo “detalhes” o encaminhamento
dado (importante registrar se foi orientada a consulta a recursos didáticos - explicitando quais,
ou acesso a determinado material disponibilizado na plataforma – explicitando quais, ou se foi
apenas uma explicação oral via telefone). Registre também se o estudante demonstrou ter
sanado a dúvida. Lembre-se: este é um dos canais utilizados pelos coordenadores para avaliar
a sua atuação.

Na área central da sala da disciplina


É o local onde o estudante encontra os recursos disponibilizados pela coordenação de
disciplina, orientação de estudo e atividades interativas. A mediação das atividades é de
responsabilidade da tutoria a distância, mas é importante que a tutoria presencial, mesmo não
atuando diretamente na mediação, esteja atenta à programação da disciplina e às atividades
desenvolvidas.

O Sistema de Tutoria
Este sistema é o local onde ficam registradas as informações de todos os bolsistas que atuam na
mediação dos cursos de graduação do CEDERJ: desde dos dados cadastrais, registro do
processo seletivo de entrada até a carga horária de tutoria destinada a cada um, as
22 disciplinas de atuação, e os valores de bolsa a serem recebidos mensalmente. É o nosso sistema
de gerenciamento.
Todo bolsista tem acesso às suas informações e deve mensalmente entrar no sistema e conferir
se sua carga horária de tutoria e as disciplinas de atuação estão corretamente registradas.
Essas informações impactam no valor que você recebe mensalmente por sua atuação. Por vezes,
é necessário, em função do número de alunos inscritos, alterar a carga horária ao longo do
período. Então, esteja atento!

Como acessar o Sistema de Tutoria?


Acesse o site http://adm.cecierj.edu.br/tutoria

Em Perfil, selecione
a opção: TUTOR

Em Usuário e
senha, digite o seu
CPF, sem pontos e

Caderno Orientações da Tutoria


sem traço.

Para finalizar,
clique em “Login”

OBS: Altere imediatamente a sua senha de acesso. Em caso de esquecimento da senha, envie
um e-mail para diretoriatutoria@cecierj.edu.br. Não utilize o link <Esqueci minha senha>!

O que você encontra no Sistema de Tutoria?


Esta é a tela inicial do sistema de Tutoria: Aqui, aparece um ícone de
bonequinho e o seu nome de
usuário. Para alterar a sua
senha, clique aqui.

Clique para visualizar Clique para


seus dados cadastrais visualizar as
Clique para Clique para
folhas de
visualizar suas visualizar todas
pagamento
tutorias atuais as tutorias
geradas para
(atuais e
o seu CPF
antigas)

23
Alterando a senha
Ao clicar no ícone do bonequinho que aparece na barra superior da tela inicial, você verá a
seguinte tela:

Preencha os campos para


alteração da senha

Digite o seu Para finalizar, clique


endereço de e-mail em “Executar”
Caderno Orientações da Tutoria

Visualizando os seus dados cadastrais


Ao clicar em “Dados Cadastrais” na barra superior da tela inicial, você será direcionado para
esta página:

Barra superior
da tela

Seu nome como está Carga horária total Vínculo Número do


registrado no sistema. de tutoria alocada na UAB: processo
no seu CPF Não – 0 seletivo de
Sim – 1 vinculação

CliqueVocê
em “Consultar” para
será conduzido ter acesso
à tela a seguir, onde encontrará diversas abas. Barra inferior
às informações registradas sobre você. da tela

24
Confira os seus dados cadastrais nas abas “Dados pessoais” e “Endereço”. Caso estejam
desatualizados:
1. Para atualização de endereço, estado civil e nome: enviar documentação
comprobatória atualizada para o e-mail diretoriatutoria@cecierj.edu.br, colocando
como título do e-mail “ATUALIZAÇÃO DE DADOS CADASTRAIS”. Informar no corpo do
e-mail seu nome completo, sem abreviações, e as alterações a serem realizadas.
2. Para atualização de telefone e e-mail: enviar pedido para
diretoriatutoria@cecierj.edu.br, colocando como título: “ATUALIZAÇÃO DE DADOS
CADASTRAIS”. Informar no corpo do e-mail seu nome completo, sem abreviações, e as
alterações a serem realizadas.

Na aba “Vinculação”, você encontra informações sobre:

1. O processo seletivo de vinculação ➔ este campo traz o número do processo


relativo à sua seleção.

Caderno Orientações da Tutoria


2. Sua titulação no momento da seleção ➔ este campo traz a informação sobre a
titulação comprovada por você no ato da seleção. Ela só pode ser mudada com a
participação em outro processo seletivo.
o Caso a titulação registrada seja diferente daquela apresentada no ato
do processo seletivo, para atualização, você precisa entrar em contato
com o seu Coordenador de Tutoria (no caso de bolsistas de tutoria
presencial) ou na secretaria de seu curso (no caso de bolsistas de tutoria a
distância)
3. Sua participação nos cursos de formação ➔ este campo traz a informação se
você foi ou não aprovado nos cursos que são obrigatórios.
o Para atualização das informações relativas aos cursos de formação,
“ATUALIZAÇÃO DE DADOS CADASTRAIS”. Informar no corpo do e-mail
para diretoriatutoria@cecierj.edu.br seu nome completo, sem
abreviações, e as alterações a serem realizadas.

Conferindo as suas tutorias atuais


Ao clicar em “Tutorias atuais” na barra superior da tela inicial, você será direcionado para esta
página:
Mês de referência

Mês de
término
da
Mês de tutoria
início
da Tipo de Seu Código e Código Quantidade Coordenador
**
tutoria* tutoria nome e nome da e nome de horas de responsável
que você seu disciplina do tutoria pela
exerce. vínculo curso alocadas alocação
com a para a 25
UAB disciplina
Informações importantes sobre esta tela:

Com relação ao mês de referência:


O mês de referência que aparece registrado no topo da tela, é o que está vigente no sistema
de tutoria. Sempre trabalhamos com um mês de antecedência por necessidade de fechamento
da folha de pagamento e inclusão de “usuários” na plataforma.

Exemplo: Se estamos em outubro, por exemplo, aparece na consulta mês 11/2018. No entanto,
até o dia 10 de cada mês, a informação que você visualiza é a do mês anterior (10/2018).

Por que isso acontece? As alterações solicitadas pelas coordenações de tutoria, são recebidas
no sistema do dia 1º ao dia 10 de cada mês e são processadas até o dia 20. Assim, as
informações relativas ao mês de referência que está na tela estarão efetivamente corretas de
20 de outubro a 10 novembro, considerando o nosso exemplo.
Esse procedimento ocorre todos os meses e essa janela de verificação deve ser considerada.
Caderno Orientações da Tutoria

É importante que você, mensalmente, cheque o registro da sua carga horária e, caso haja
divergência, contate o seu coordenador de tutoria para verificar a informação. Essa
conferência minimizará transtornos, caso haja alguma diferença, no seu pagamento.

Com relação ao campo “Início”


No campo “Início” está registrado o início da sua tutoria na disciplina ou, por vezes, caso tenha
havido alguma mudança de carga horária, o mês que a mudança passou a valer.

Com relação ao campo “Carga Horária”


No campo “Carga horária” está registrado o número de horas de tutoria que você precisa
cumprir semalmente para aquela disciplina. Não serão pagas horas de tutoria que não
constam no sistema. Por isso, esteja atento!
Quando houver necessidade de inserir bolsista em disciplinas fora do período de
movimentação, a Diretoria de Tutoria lança “ajustes de carga horária” sob o código
(TUT00001/TUT00002). Esses ajustes têm por objetivo pagar a carga horária do bolsista que
não foi lançada em sistema em tempo hábil para inclusão na folha de pagamento correta.
Então, para fins de carga horária a ser cumprida, os ajustes não devem ser considerados, pois
já foram cumpridas anteriormente.

Visualizando todas as tutorias nas quais você já atuou (inclusive as atuais)


Por vezes, você pode precisar de uma declaração da sua experiência em tutoria. Essa
declaração tem por base a tela “Tutorias todas”.
Para acessar a listagem das tutorias, clique em “Tutorias todas” na barra superior da tela. A
tela que aparece é praticamente igual à tela das “Tutoriais atuais”. Só que registra todas as
disciplinas na qual você já atuou.
Suas disciplinas atuais também aparecem. Neste caso, o campo “Fim” aparece em branco,
indicando que você ainda está atuando na referida disciplina, com a carga horária que está
26 registrada no sistema.
Mês de
término
da
Mês de tutoria
início
da Tipo de Seu Código e Código Quantidade Coordenador
tutoria* nome e nome da e nome de horas de responsável
tutoria
que você seu disciplina do tutoria pela
exerce. vínculo curso alocadas alocação
com a para a
UAB disciplina

Consultando o valor a ser recebido por folha de pagamento


Para visualizar todas as folhas de pagamento geradas para o seu CPF, basta clicar em
“Bolsas” na barra superior da tela.

Caderno Orientações da Tutoria


Clique para
visualizar as
folhas de
pagamento
geradas para
o seu CPF

Você terá acesso às seguintes informações:


1. “Mês” – Traz o mês de referência
2. “Processo Seletivo” – mostra o seu processo seletivo vinculado à folha de pagamento.
3. “Titulação” – mostra a titulação que consta registrada em nosso sistema, considerando a
que foi apresentada no processo seletivo.
4. “Carga Pres”, “Carga Dist” e “Carga Coord” – apresenta as horas lançadas naquele mês
para cada tipo de tutoria. O valor pago tem como base a carga horária que consta
nesses campos.
5. “R$ Pres”, “R$ Dist” e “R$ Coord” - apresenta o valor que corresponde à carga horária
apresentada, com base na hora paga pelo CEDERJ.
6. “Valor” – apresenta o somatório de todos os valores aos quais o bolsista de tutoria faz jus
naquele mês, com base na hora paga pelo CEDERJ.
7. “CH Pres UAB” – esse campo é relevante para os bolsistas de tutoria presencial que
recebem pela UAB e tem carga horária inferior à 5h, pois estes têm, de tempos em
tempos, sua bolsa suspensa em função da diferença de valor pago pela UAB e o valor da
hora paga pelo CEDERJ sem diferentes e haver a necessidade de equivalência. É neste 27
campo “CH Pres UAB” que o bolsista consegue identificar o mês em que a sua bolsa UAB
será suspensa, em função do registro do número “5” nesta coluna.
8. “Dívida” – Este campo só relevante para os bolsistas de tutoria presencial com carga
horária menor que 5h. É nele que fica registrada a diferença acumulada entre o valor da
bolsa UAB (765,00) e o valor ao qual o bolsista de tutoria presencial faz jus, com base na
hora paga pelo CEDERJ. É desse campo que se deriva a ordem de suspensão do
pagamento da bolsa UAB. Quando o valor acumulado alcança R$765,00, a bolsa UAB
daquele mês de referência é suspensa, retornando ao normal na folha seguinte.
Ex de bolsista que se enquadra na situação apresentada nos itens 7 e 8:
Caderno Orientações da Tutoria

Repare o caso de um bolsista que teve o número 5 registrado na coluna “CH Pres UAB” da
folha de novembro. O valor R$ UAB está zerado pois a dívida alcançou R$765,00

9. “R$ Pres UAB”, “R$ Dist UAB” e “R$ UAB” – quando o bolsista está vinculado à UAB,
essas colunas apresentam o valor pago pela UAB (R$765,00)
10. “Ajuste” – acerto interno feito pelo sistema, em alguns casos, para adequar os valores
pagos à Lei de Bolsas.
11. “CEDERJ” – apresenta o valor que será pago pelo CEDERJ (depositado na conta do
Bradesco).
a. Quando o bolsista recebe pela UAB e pelo CEDERJ (complementação de
carga horária), a coluna CEDERJ apresenta o valor a ser pago pelas horas de
complementação.
b. Do valor total – coluna “Valor”, desconta-se o valor fixo da UAB (R$765,00).
A diferença entre os dois valores é paga pelo CEDERJ, com um pequeno
ajuste.
A tabela abaixo traz os valores das bolsas/hora pagas pelo CEDERJ (valores vigentes em
2018).

28
O Sistema Acadêmico (SistAcad)
O Sistema Acadêmico (SistAcad) é o sistema de gerenciamento da vida acadêmica do
estudante, onde estão as registradas as notas, a matriz curricular do curso, o histórico escolar. É
também o local onde o estudante faz a inscrição em disciplina, pedidos de isenção e
trancamento de disciplina. Você também acessa esse sistema. Seu acesso estará liberado no 1º
dia do mês de início de suas atividades.
O acesso é feito pelo endereço: http://sistacad.cederj.edu.br Em “login”,
digite seu cpf,
sem ponto e
sem traço.

Em “senha”,
digite seu cpf,
sem ponto e
sem traço, mais

Caderno Orientações da Tutoria


a palavra
cederj
Clique em “Entrar”

No seu primeiro acesso, você será direcionada à tela para mudar a sua senha.

Esteja atento às
regras para
cadastro da nova
senha.

29
O que você encontra no SistAcad?
Essa é a tela inicial do Sistema Acadêmico:

Menu “Notas” – onde você Menu “Minha Conta”


realiza o acompanhamento onde você encontra
dos alunos. as suas informações.
Caderno Orientações da Tutoria

Atualizando os Dados Cadastrais

Para consultar/atualizar seus dados


cadastrais, clique no menu “Minha Conta” e
acesse a opção “Contato”

Você será direcionado para a seguinte tela:

O campo “CPF” é o único que não


é passível de alteração. Os
demais você poderá atualizar ou
complementar com aqueles que
estiverem faltando.
Finalizada a atualização, basta
clicar em “Confirmar”

30
Acompanhando o aproveitamento dos estudantes
Com exceção de alguns casos, o acesso ao SistAcad é apenas para acompanhamento no
desempenho dos estudantes, não sendo necessário nenhum lançamento.
Para visualizar o aproveitamento dos estudantes inscritos na sua disciplina:

Clique no menu “Notas” e acesse a opção


“Notas por Disciplina”

Você será direcionado para a seguinte tela:

Caderno Orientações da Tutoria


Selecione às opções relativas ao semestre,
curso, universidade, polo e disciplina que você
deseja consultar.

A listagem de estudantes inscritos e os registros


de notas, frequência e situação aparecerá
logo abaixo.

Qualquer dúvida, ou problema para acessar o sistema, envie e-mail para


diretoriatutoria@cecierj.edu.br. Não esqueça de informar sempre o seu nome completo e
disciplina em que atua.

O Sistema de Relatório – Avaliação Anual para renovação de bolsas (SISRELAT)


O SISRELAT é o sistema que gerencia os relatórios de avaliação anual do bolsista. O acesso e
preenchimento do mesmo pelo bolsista é atribuição prevista em edital e condição sine qua non
para renovação de bolsas e possibilidade de participação em outros editais futuros na
Fundação CECIERJ. O bolsista que não responde o relatório é automaticamente desligado
de suas atividades, mesmo que o período letivo não tenha sido concluído.
Logo, é de extrema importância que os bolsistas estejam atentos às orientações encaminhadas
para o e-mail (endereço cadastrado no Sistema de Tutoria) pela Diretoria de Tutoria no final
do segundo semestre, normalmente no mês de outubro, quanto aos prazos para preenchimento 31
dos relatórios.
Todos os bolsistas preenchem o relatório, mesmo que não estejam mais atuando na tutoria.
Para acessar o sistema, você deve entrar no seguinte endereço: http://200.156.70.19/sisrelat
O relatório preenchido será avaliado pelo Coordenador de Tutoria responsável. Após esta
avaliação, a Diretoria de Tutoria analisa todos os relatórios e avaliações, aprovando ou não a
renovação das bolsas.
O preenchimento deste relatório não exime o bolsista de encaminhar relatórios parciais ao
seu coordenador.

Os programas de Capacitação
Os candidatos CONVOCADOS, de acordo com o disposto no edital de seleção, deverão,
obrigatoriamente, participar do Programa de Capacitação, sendo sua participação e
aprovação definidoras da continuidade da bolsa de tutoria.
O Programa, além da capacitação em conteúdo e no material didático, realizada pelas
universidades responsáveis pelos diversos cursos, é composto de dois cursos que os
Caderno Orientações da Tutoria

convocados para tutoria presencial e a distância precisam, obrigatoriamente realizar, por


considerarmos ação essencial à orientação da prática na tutoria e à capacitação continuada
dos antigos. São eles: (1) Tutoria na Plataforma Moodle/ CEDERJ (30 horas) e (2) Formação em
EaD, com Ênfase na Tutoria CEDERJ (90 horas).
Com o crescimento da oferta de cursos em Educação a Distância, é cada vez maior a exigência
da qualificação dos profissionais que atuam nessa modalidade. Esse é um aspecto relevante
nas avaliações de cursos realizadas pelo MEC.
Nos cursos de graduação das universidades públicas do Rio de Janeiro, no âmbito do Consórcio
CEDERJ, esperamos, em breve, contar apenas com profissionais com formação específica e
certificada na área da EAD e na tutoria CEDERJ.
A obrigatoriedade dos cursos também se fundamenta na necessidade da capacitação do
profissional que integra o quadro do CEDERJ, para que ele se aproprie do uso das ferramentas
disponíveis na plataforma, das características e aspectos da modalidade EaD e, mais ainda,
das características da EaD no modelo CEDERJ.
Compreendemos ser nosso dever dar ao convocado os subsídios de conhecimento para que ele
se qualifique para atuar na sua função, não só visando à qualidade do atendimento aos
alunos, mas porque consideramos que para avaliar o desempenho desse profissional é preciso
que, antes, tenhamos lhe dado as condições necessárias para uma boa atuação e informado o
que esperamos dele. Acreditamos que os cursos sejam de seu interesse e que venham ao
encontro do desejo de um profissional realmente envolvido com a responsabilidade de executar
um bom trabalho, capacitando-se para ele.
O Curso Tutoria na Plataforma Moodle/ CEDERJ e o Curso Formação em EaD, com Ênfase na
Tutoria CEDERJ, serão realizados totalmente on-line.
A inscrição dos bolsistas de tutoria no programa de capacitação se dá de forma automática,
quando da oferta dos cursos. Na ocasião, receberão, pelo e-mail cadastrado no Sistema de
32 Tutoria, as orientações para acessá-los.
Caso algum bolsista já tiver concluído os cursos ofertados em edições anteriores, não necessitam
realiza-los novamente. Para certificar-se de que foi aprovado, consulte se esta informação
consta no Sistema de Tutoria, no campo “Vinculação”.
A Avaliação Institucional
A Avaliação Institucional ocorre anualmente, no final do segundo semestre, e conta com a
participação de todos os atores do Consórcio CEDERJ: estudantes, coordenadores, diretores de
polo e bolsistas de tutoria.
É por meio dela que temos o termômetro do nosso caminhar acadêmico. Por isso, é
imprescindível a sua participação. Sua opinião é muito importante para a melhoria dos cursos
de graduação. Com base nos resultados obtidos, é possível repensar ações, criar novas
propostas de modo a continuarmos ofertando uma formação de excelência para aqueles que
estão inseridos nos Cursos de Graduação do Consórcio CEDERJ.

Onde ocorre a Avaliação Institucional?


O link para preenchimento da avaliação é disponibilizado na Plataforma CEDERJ, mais
especificamente na barra lateral.
Fique atento à divulgação das informações sobre o período da avaliação que ocorre tanto na
plataforma quanto nos polos CEDERJ.

Caderno Orientações da Tutoria


Quem é quem no Consórcio CEDERJ?
Na Fundação CECIERJ
Presidência da Fundação CECIERJ
Carlos Eduardo Bielschowsky

Vice-presidência de Educação Superior a Distância


Marilvia Dansa de Alencar

Diretoria Acadêmica
Marilvia Dansa de Alencar

Diretoria de Polos Regionais (Fundação CECIERJ)


Maria Luisa Marchiori

Diretoria de Tutoria (Fundação CECIERJ)


Marianna Bernstein

Coordenação de Formação EaD


Vera Ribeiro de Souza

Equipe Acadêmico Administrativa


Adriana Costa (Acadêmico)
Maria Cristina de Barros Leite (Administrativo-acadêmico)
Patrícia Gonçalves (Secretária)

33
Na Universidade
Coordenações de Curso
Administração – UFRRJ Licenciatura em Geografia – UERJ
Prof. Silvestre Prado de S. Neto Prof. Glaucio José Marafon
silvestrenet0@uol.com.br glauciomarafon@hotmail.com

Administração Pública – UFF Licenciatura em História – UNIRIO


Prof. Thais Soares Kronemberger Prof. Cândido Gonçalo Rocha
thaissk@id.uff.br Gonçalves
goncalo.goncalves81@gmail.com
Licenciatura em Ciências Biológicas – UERJ
Prof. Celly Cristina Saba Licenciatura em Letras – UFF
cellysaba@gmail.com Prof. Eduardo Kenedy
ed.kenedy@gmail.com
Licenciatura em Ciências Biológicas – UENF coord.letras.ead@gmail.com
Caderno Orientações da Tutoria

Prof. Clicia Grativol Gaspar de


Matos Licenciatura em Matemática – UFF
cobio.ead.uenf@gmail.com Prof. Marcelo Correa
marcelocorrea@im.uff.br
Licenciatura em Ciências Biológicas – UFRJ
Prof. Benedita Aglai Licenciatura em Matemática - UNIRIO
aglai@biologia.ufrj.br Prof. Marcelo Rainha
aglaisilva06@gmail.com marcelo.rainha@uniriotec.br

Ciências Contábeis – UFRJ Licenciatura em Pedagogia – UERJ


Prof. Eliane Ribeiro Prof. Solange Lucena
egribeiro@facc.ufrj.br solange@uol.com.br

Tecnologia em Sistemas de Computação – Licenciatura em Pedagogia – UENF


UFF Prof. Shirlena Campos
Prof. Débora Muchaluat Saade shirlenacsa@gmail.com
debora@ic.uff.br
Licenciatura em Pedagogia – UNIRIO
Tecnologia em Sistemas de Computação – Prof. Diego Vargas
UFRJ dsvargas04@yahoo.com.br
Prof. Edmundo A. Souza e Silva
edmundo@land.ufrj.br Coordenação das Disciplinas Pedagógicas
das Licenciaturas – UERJ
Engenharia de Produção – CEFET Prof. Maria Letícia Cautela de A.
Prof. Livia Dias de O. Nepomuceno Machado
oliveirald@yahoo.com.br coord.uerjpedagogicasead@gmail.com

Engenharia de Produção – UFF Coordenação das Disciplinas Pedagógicas


Prof. Cecília Toledo Hernandez das Licenciaturas – UENF
ctoledo@id.uff.br Prof. Carlos Eduardo Sousa
carlos.bsousa@gmail.com
Licenciatura em Física – UFRJ
34 Prof. Simone Coutinho Cardoso
simone@if.ufrj.br
Licenciatura em Turismo – UFRRJ
Coordenação das Disciplinas Pedagógicas Prof. Teresa Catramby
das Licenciaturas – UFRRJ teresacatramby@gmail.com
Prof. Adriana Carvalho Silva
adrianacarvalhosilvacederj@gmail.com Licenciatura em Turismo – UNIRIO
Prof. Telma Bassetti
Licenciatura em Química – UENF telmabbassetti@hotmail.com
Prof. Cibele Maria Stivanin de
Almeida Tecnologia em Gestão de Turismo – CEFET
cibele.uenf@gmail.com Prof. Felipe Félix
felix.ufrrj@gmail.com
Licenciatura em Química – UFRJ
Prof. Célia Regina Sousa da Silva Biblioteconomia – UFF
sousa@iq.ufrj.br Prof. Esther Luck
luckesther@gmail.com
Tecnologia em Segurança Pública e Social –
UFF Biblioteconomia – UNIRIO
Prof. Ludmila Antunes Prof. Marcos Miranda

Caderno Orientações da Tutoria


ludmilaa@id.uff.br mlmiranda@unirio.br
ludmilarantunes@gmail.com

Comissão de Tutoria (Coordenações de tutoria dos cursos)


ormeucoelho@gmail.com
Administração – UFRRJ
Marcelo Sobreiro Engenharia de Produção – UFF
coordenacaocederj@ufrrj.br Ana Paula Martinazzo
coordenacaocederj@gmail.com tutoriaengproducao@gmail.com

Administração Pública – UFF Licenciatura em Física – UFRJ


Leandro de Andrade Cunha Bruno Souza de Paula
tutoria.admp@gmail.com lpdzsnrb@gmail.com
brunosp@if.ufrj.br
Licenciatura em Ciências Biológicas – UERJ
Alessandra Alves Thole Licenciatura em Geografia – UERJ
alethole@gmail.com Vanilda Maria Santos Teófilo
vanildacederj@gmail.com
Licenciatura em Ciências Biológicas – UENF
Daniela Barros de Oliveira Licenciatura em História – UNIRIO
coordtutoriauenf@gmail.com Sonia Vieira
coordenatutoria@gmail.com
Licenciatura em Ciências Biológicas – UFRJ
Cristina Aparecida Gomes Nassar
cagnassar@gmail.com Licenciatura em Letras – UFF
Adriana Milward de Andrade Maciel
Tecnologia em Sistemas de Computação – tutorialetraseaduff@gmail.com
UFF/UFRJ
Antonio Augusto de Aragão Rocha Licenciatura em Matemática – UFF 35
coord.tutoria.comp@gmail.com Denise Oliveira Pinto
denise.oliveira.pinto@gmail.com
Engenharia de Produção – CEFET
Ormeu Coelho da Silva Júnior
Licenciatura em Matemática - UNIRIO Licenciatura em Química – UFRJ
Fábio Xavier Penna Maria Cristina Rodrigues da Silva
fabioxp@uniriotec.br cristinacederj@gmail.com

Licenciatura em Pedagogia – UERJ Tecnologia em Segurança Pública e Social –


Ana Cristina de Azevedo Freire UFF
Parpinelli Monica Garelli Machado
pedagogia.ead.uerj.tutoria@gmail.com monicagarelli@id.uff.br
uff.tsp@gmail.com
Licenciatura em Pedagogia – UNIRIO
Anelize Pires Reynozo da Silva Licenciatura em Turismo – UNIRIO
coord.tutoria.lipead@unirio.br Bruna Ranção Conti
bruna.conti@unirio.br
Coordenação das Disciplinas Pedagógicas –
UERJ Licenciatura em Turismo – UFRRJ
Paulo Sérgio Sgarbi Goulart Maria Lucia Almeida Martins
Caderno Orientações da Tutoria

paulosgarbi@yahoo.com.br luciaalmei@yahoo.com.br

Coordenação das Disciplinas Pedagógicas – Tecnologia em Gestão de Turismo – CEFET


UENF Viviane Lima da Conceição
Tereza Cristina Ferrari vivilyma@yahoo.com.br
coordpeduenf@hotmail.com
Biblioteconomia – UFF
Coordenação das Disciplinas Pedagógicas – Marielle de Moraes
UFRRJ moraes.marielle@gmail.com
Andréa Beremblum
aberenblum@gmail.com Biblioteconomia – UNIRIO
Dayanne Prudêncio
Licenciatura em Química – UENF Dayanne.prudencio@unirio.br
Camila Ramos Nunes
milaramosnunes@gmail.com

OBS: Para informações sobre contatos dos coordenadores de disciplina, por favor, contate o
seu coordenador de tutoria.

Nos Polos Regionais (Diretores)

Polo Angra dos Reis


Marta Guimarães Zanetti Polo Barra do Piraí
zanetti.marta@gmail.com Eveliane Soares Teixeira
polo-angradosreis@cecierj.edu.br eviteixeira@gmail.com
Av. dos Trabalhadores, 179 – Jacuecanga polo-barradopirai@cecierj.edu.br
Tel: 24-3366-7128 Rua Dr. Luis Alves Pereira, 70 – Química
Tel: 24-2443-1956
36
Polo Itaocara
Anselmo Domingos Biasse
Polo Belford Roxo
polo-itaocara@cecierj.edu.br
Deiseli C. Coutinho da Silva
Rua Nilo Peçanha, 471 – Centro
deiselicoutinho@outlook.com
Tel: 22-3861-4844
polo-belfordroxo@cecierj.edu.br
Rua Mauá, s/n – São Bernardo
Tel: 21-3771-2499 Polo Itaperuna
Rita C M Valleriote
Polo Bom Jesus do Itabapoana mvalleriote@gmail.com
Edma Azevedo Figueiredo polo-itaperuna@cecierj.edu.br
edmapolobomjesus@gmail.com Av. Zulamith Bittencourt, s/n – Presidente
polo- Costa e Silva
bomjesusdoitabapoana@cecierj.edu.br Tel: 22-3822-4309
Av. Gov. Roberto Silveira, 578 – Centro
Tel: 22-3831-8067
Polo Macaé
Cristina Maria Melo

Caderno Orientações da Tutoria


Polo Campo Grande cristina.melo.64@gmail.com
Ana Maria Ferraz polo-macae@cecierj.edu.br
anaferrazbr@globo.com Rodovia Amaral Peixoto, km 164 –
polo-campogrande@cecierj.edu.br Imboacica
Av. Manoel Caldeira de Alvarenga, 1203 Tel: 22-3399-1504
– Campo Grande
Tel: 21-2332-7581 Polo Magé
Alba Valéria Baensi da Silva
Polo Cantagalo abaensi@gmail.com
Leila da Silveira Leite cederjmage@gmail.com
lsilveiraleite@bol.com.br Av. Padre Anchieta, 163 – Centro
polo-cantagalo@cecierj.edu.br Tel: 21-2633-4015
Rua Cel. Manoel Marcelino de Paula, 208
– Centro
Tel: 22-2555-4786 Polo Miguel Pereira
Rosa Cristina Vieira da Rosa
rosacederj@hotmail.com
Polo Duque de Caxias polomiguelpereira@gmail.com
Marcus Vinícius Bezerra de Carvalho Rua Luís Eugênio, 61 – Governador Portela
marcuspolocaxias@gmail.com Tel: 24-2483-8463
Rua Marechal Floriano, 555 – Jardim 25
de Agosto
Tel: 21-3657-3025 Polo Miracema
Gláucia Helena de Souza Ribeiro
glauciamira@yahoo.com.br
Polo Itaguaí Av. Deputado Luiz Fernando Linhares, s/n –
Tuane Lopes dos Santos Centro
tuane3lopes@gmail.com Tel: 22-3852-2349
polo-itaguai@cecierj.edu.br
Rua Didimo José Batista, 125 – Centro Polo Natividade
Tel: 21-2687-9223 Maria das Graças Mendonça 37
dadaimendonca@yahoo.com.br
polo-natividade@cecierj.edu.br
Rua Vigário João Batista, 3 – Centro
Tel: 22-3841-4080
Polo Niterói
Maria de Fátima de Araujo Santos
santos.mfatima1@gmail.com Polo Rio Bonito
polo-niteroi@cecierj.edu.br Charles da Fonseca Lucas
Rua Soares Miranda, 77 – Fonseca charlles.lucas@ig.com.br
Tel: 21-2721-6678 polocederjrbo@yahoo.com.br
BR 101 (sentido RJ), km 265 – Praça
Cruzeiro
Polo Nova Friburgo Tel: 21-3634-4081
Rosali Batista Zavoli
rosalicederjnf@gmail.com
polo-novafriburgo@cecierj.edu.br Polo Rio das Flores
Av. José Pires Barroso, s/n – Olaria Margarete de Barros
Tel: 22-2519-2043 mrmbarros@yahoo.com.br
poloriodasflores@gmail.com
Rua Coronel Eurico de Lacerda Castro, 12
Polo Nova Iguaçu – Centro
Caderno Orientações da Tutoria

Fabiane Rodrigues Lima Moreira Tel: 24-2458-1390


fabyanelima@gmail.com
polo-novaiguacu@cecierj.edu.br
Rua Doutor Paulo Fróes Machado, 38 – Polo Rocinha
Centro (Antigo Fórum) Janete Oliveira dos Santos
Tel: 21-2669-4811 janet326@bol.com.br
polo-rocinha@cecierj.edu.br
Rua Bertha Lutz, 85 – São Conrado
Polo Paracambi Tel: 21-2334-7045
Robson Marques de Souza
robsonmarquess@gmail.com
polo-paracambi@cecierj.edu.br
Rua Sebastião de Lacerda, s/n – Fábrica
Tel: 21-3693-3299 Polo Santa Maria Madalena
Orlando Mendes
orlandoalcinomendes@gmail.com
Polo Petrópolis polo-santamariamadalena@cecierj.edu.br
Rejane Meirelles Guerra Rua Honório Dubois, s/n – Centro
meirellesguerra@gmail.com Tel: 22-2561-3231
polo-petropolis@cederj.rj.gov.br
Est. Machado Fagundes, 326 – Cascatinha
Tel: 24-2249-6981 Polo São Fidelis
Marize Andrade de Poly
Polo Piraí depolymarize@gmail.com
Maria Helena C. Jardim polo-saofidelis@cecierj.edu.br
mhelena@globo.com Rua Elysio da Costa Santos, s/n – Dirley
polo-pirai@cecierj.edu.br Perlingeiro de Abreu
Rua Roberto Silveira, 86 – Centro Tel: 22-2758-5056
Tel: 24-2431-9982

Polo Resende Polo São Francisco do Itabapoana


Tânia Lawall Silveira Marta de Fátima A da Silva
38 tanialawall@yahoo.com.br marta_fatima1@hotmail.com
polo-resendecentro@cecierj.edu.br polo-
Av. Tem. Cel Adalberto Mendes, 1920 – saofranciscodeitabapoana@cecierj.edu.br
Vila Santa Isabel Rua Antonio Pinheiro Filho, 2 – Centro
Tel: 24-3381-2177 Tel: 22-2789-1323
Polo São Gonçalo Polo Saquarema
Clayde Mara Venâncio Mauro Sergio dos Santos
claydemara@gmail.com maurosq@bol.com.br
polo-saogoncalo@cecierj.edu.br polo-saquarema@cecierj.edu.br
Rua Visconde de Itaúna, s/n – Gradim Rua Antonio Ferreira, 110 – Rio da Areia –
Tel: 21-3709-3809 Bacaxá
Tel: 22-2655-4041
Polo São Pedro D’Aldeia
Fátima Cristina Oliveira de Souza Polo Três Rios
fatimacristinacederj@gmail.com Ana Paula de S. Rocha
polo-saopedrodaaldeia@cecierj.edu.br paulacederjuab16@gmail.com
Rua A, s/n, Nova São Pedro d’Aldeia polo-tresrios@cecierj.edu.br
Tel: 22-2627-2168 Rua Marechal Deodoro, 117 – Centro
Tel: 24-2255-4574

Polo Volta Redonda


Neusa Magali Gonçalves

Caderno Orientações da Tutoria


polo-voltaredonda@cecierj.edu.br
Rua 539, s/n – Jardim Paraíba
Tel: 24-3337-4805

Sugestão de textos complementares

1. Moran, José Manuel. O que é Educação a Distância. In:


http://www2.eca.usp.br/moran/wp-content/uploads/2013/12/dist.pdf - Acesso em
09/10/2019

2. Souza, Mathias Gonzalez. A arte da sedução pedagógica na tutoria em educação a


distância. In: http://www.abed.org.br/congresso2004/por/pdf/001-TC-A1.pdf - Acesso
em 09/10/2018

3. Almeida, Maria Elizabeth Bianconini e Prado, Maria Elisabete Brisola Brito. Educação a
Distância, Design Educacional e Redes de Significados. In:
https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/educacao/educacao-a-distancia-
design-educacional-e-redes-de-significados/2316 - Acesso em 09/10/20

39