Você está na página 1de 3

UNIT – CENTRO UNIVERSITÁRIO TIRADENTES

Mecânica dos Solos I (6º. Período) – Prof. Bruna C. L Uchoa


Assuntos: Índices Físicos, Granulometria e Limites de
Consistência.

LISTA DE EXERCÍCIOS

1) De uma quantidade de solo Pt = 22,0kg e volume respectivo Vt = 12,2 litros, extrai-se uma
pequena amostra, para a qual determina-se: peso úmido = 70g, peso seco 58g e peso
específico das partículas (dos sólidos) g = 2,67g/cm3. Pede-se calcular: teor de umidade (w),
peso da parte sólida (Ps), peso da água (Pw), volume da parte sólida (Vs), volume de vazios
(Vv), índice de vazios (e), porosidade (n), grau de saturação (S), peso específico aparente (),
teor de umidade admitindo-se o solo saturado (wsat.) e peso específico saturado (sat.).
Resp.: w=20,7%; Ps=18,2kg; Pw=3,8kg; Vs=6816cm3; Vv=5384cm3; e=0,79; n=44%; S=70%;
=1,8g/cm3; wsat=29,6%; sat= 1,93g/cm3.

2) O peso específico de um solo é 1,75g/cm3 e seu teor de umidade 6%. A quantidade de água
a adicionar, por m 3 de solo, para que o teor de umidade passe a 13%? Admitir a constância do
índice de vazios.
Resp.: 120 Litros

3) Uma amostra de solo pesa 200g e o seu teor de umidade é 32,5%. Calcule:
a) a quantidade de água que se deve retirar da amostra para que o teor de umidade fique
reduzido a 24,8%;
Resp.: 11,5 ml (a retirar).
b) a quantidade de água que se deve adicionar à amostra para que o teor de umidade
aumente para 41%.
Resp.: 13 ml (a adicionar).

4) O peso específico de uma argila é 1,7g/cm 3, o teor de umidade 34% e o peso específico dos
3
sólidos é 2,65g/cm . Qual o índice de vazios do material?
Resp.: e=1,08.

3
5) Sabendo-se que o peso específico de um solo é 1,6g/cm , o teor de umidade 33% e o peso
específico dos sólidos é 2,65g/cm3, pede-se calcular: o índice de vazios, a porosidade e o grau
de saturação. Qual a quantidade de água que é necessário adicionar, por m 3 de solo, para
saturá-lo?
Resp: e=1,21; n=55%; S=72%; 156 litros.
6) A análise granulométrica de um solo revelou o seguinte resultado:
No. Peneira Abertura (mm) % Passando
10 2,00 100
40 0,42 95
60 0,25 88
140 0,105 74
200 0,074 65
------- 0,050 59
------- 0,005 18
------- 0,001 6

Pede-se traçar a curva granulométrica e determinar o diâmetro efetivo (Def) e o coeficiente de


não uniformidade do solo (CNU). Obs.: Utilizar papel milimetrado semi-logarítmico.
Resp.: Def=0,002mm; CNU=27,5

7) Determine os coeficientes de não uniformidade (CNU) dos solos A, B e C, cujas curvas


granulométricas são indicadas na figura abaixo:

Resp.: Solo A: CNU=8; Solo B: CNU=5; Solo C: CNU=10

8) Em uma curva granulométrica, 80% da massa passaram na peneira #200. Pode-se dizer
que se tem:

a) Um solo arenoso uniforme (com grãos de mesmo tamanho).


b) Um solo pedregulhoso não uniforme.
c) Um solo pedregulhoso uniforme e com 20% de argila.
d) Um solo com presença de argila e silte.
e) Um solo argiloso com índice de vazios baixo.
9) Determinar o índice de plasticidade e o estado de consistência de uma argila que apresenta
um teor de umidade de 30%, limite de liquidez de 38% e limite de plasticidade de 15%.

10) Um solo argiloso foi classificado em um perfil de sondagem como “argila de consistência
mole”. Sobre uma amostra deste solo, coletada durante a sondagem, foram realizados ensaios
de consistência em laboratório e obtidos os seguintes dados: teor de umidade de 53%, limite
de liquidez de 75% e limite de plasticidade de 40%. Verificar se a classificação prévia está
correta.

Lembrando que:
1g/cm3 = 10kN/m 3
w = 10kN/m
3

BOM TRABALHO!!!