Você está na página 1de 1

Para Paulo Freire a educação é uma possibilidade no bojo das transformações

contemporâneas. A educação é o diálogo permanente entre o educando e o educador


no processo de ensino-aprendizado dentro ou fora das escolas. É um processo
comunitário em que o educador e o educando são sujeitos do saber. É troca de
experiências de criação e re-criação da própria vida. Durante o processo de educação
o educador deve fazer várias perguntas e questionamentos ao educando,
desenvolvendo assim seu senso crítico, da busca pelo saber, do desejo pelo
conhecimento. A essência da educação é o diálogo constante entre o educador e o
educando para submeter todas as palavras à reflexão, tornando a educação uma
verdadeira práxis de transformação do mundo, uma educação para os DH.a educação
é um direito humano e que,portanto, todos têm direito a ela, mas além de ser um
direito, ela possui o importante papel de educar com, para e em DH, na medida em
que compreendemos a educação como ação humana, a partir dos princípios da
justiça, dialógicos, estabelecendo relações de horizontalidade nos envolvidos no
processo.
Segundo Freire, “a educação para os DH, na perspectiva da justiça, é exatamente
aquela educação que desperta os dominados para a necessidade da “briga”, da
organização, da mobilização crítica, justa, democrática, séria, rigorosa, disciplinada,
sem manipulações, com vistas à reinvenção do mundo, à reinvenção do poder”
(FREIRE, 2001, p.99).
Desta forma, “a educação em DH, que defendemos, é esta, de uma sociedade menos
injusta para, aos poucos, ficar mais justa. Uma sociedade reiventando-se sempre com
uma nova compreensão do poder, passando por uma nova compreensão da
produção. Uma sociedade que a gente tenha gosto de viver, de sonhar, de namorar,
de amar, de querer bem.Esta tem que ser uma educação corajosa, curiosa,
despertadora de curiosidade.” (FREIRE, Ana Maria, 2001, p.101).
http://www.dhnet.org.br/educar/textos/magri_edh_com_para_dh_paulo_freire.pdf

Conceito de Direitos Humanos:

A intenção nesta parte conduzi-lo/a a uma reflexão no âmbito da compreensão dos


direitos humanos . Para isso, tomamos emprestadas as idéias da socióloga Maria
Vitória Benevides (2000, p. 03), que nos lembra de que os direitos humanos [...] são
aqueles direitos considerados fundamentais a todos os seres humanos, sem quaisquer
distinções de sexo, nacionalidade, etnia, cor da pele, faixa etária, classe social,
profissão, condição de saúde física e mental, opinião política, religião, nível de
instrução e julgamento moral. (BENEVIDES, Maria Vitória. Prefácio. In: SCHILLING, Flávia
(org.). Direitos Humanos e Educação: outras palavras, outras práticas. São Paulo: FEUSP,
Editora Cortez, 2005. _____. A educação em direitos humanos: de que se trata? Disponível em:
http://www.hottopos. com/convenit6.victoria.htm Acesso em 16/09/2009.)

http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=12331
-direitoshumanos-pdf&Itemid=30192