Você está na página 1de 25

PREFEITURA MUNICIPAL DE

SANTA ROSA DE LIMA/SC

CONCURSO PÚBLICO

NUTRICIONISTA

REALIZAÇÃO:

FUNDAÇÃO DE APOIO À EDUCAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO DA UNISUL

www.pciconcursos.com.br
www.pciconcursos.com.br
AVALIAÇÃO ESCRITA OBJETIVA

Prezado Candidato

A duração total da avaliação será de 4 horas.

Responda as questões com calma e atenção, preenchendo corretamente o cartão-


resposta, de acordo com as seguintes instruções:

• Confira seus dados/informações no cartão-resposta, etiqueta de mesa e capa do


caderno de prova;
• Tempo mínimo de avaliação é de 1(uma) hora;
• Usar somente caneta azul ou preta no preenchimento do cartão-resposta;
• não rasurar, amassar ou dobrar o cartão-resposta;
• não usar qualquer tipo de corretivo no cartão-resposta;
• não assinalar mais de uma alternativa para uma mesma questão no cartão-
resposta, caso isso ocorra, a questão não será considerada no cômputo do
resultado do candidato;
• comunicar-se imediatamente com o fiscal em caso de dúvida ou irregularidade;
• não esquecer de assinar o cartão-resposta;
• preencha as “bolinhas” do cartão-resposta conforme ilustrada na mesma.

Boa avaliação!

FAEPESUL

www.pciconcursos.com.br
www.pciconcursos.com.br
SRL-POR-NS

O Boquinha da Noite

Boca da noite, Boquinha da Noite – um apelido bem dado e bem certo.E que não vinha
de coisas estranhas. Gostava tanto de dança que chegava à casa da pagodeira logo à boca da
noite. Dançava de dar íngua nas virilhas e debaixo dos braços. Homenzinho já beirando os
cinquenta mas que era uma espoleta nas gafieiras. Os rapazes ficavam basbacados com os
mandos dele nas rodas de dança. E as moças gostavam de dançar com ele ...

Andava ele quase que de felicidade malvivida; mas, se sabia disso, não se importava.
Pulava o Rio Grande toda vez que havia um baile no Triângulo Mineiro. Dançava até molhar
toda a roupa de suor. Saía para o terreiro, torcia a camisa, secava um pouco, depois voltava e,
enquanto houvesse o fole falando música e houvesse dama, estava ele sacolejando as
cadeiras. Cabelo já empainando. Tinha um cavalo castanho de encher os olhos. E só, também.

- Pacatau, pacatau, pacatau – sempre o Boquinha enforquilhado no Castanho. Queria


ver as mulheres-esposas e moças com os olhos brilhantes para o lado dele. O cavalo era
bonito, sabia muito bem daquilo. Enganar a si mesmo não era tolice tanta. As mulheres
olhavam para o cavalo, mas olhavam para ele também.Era bom demais dar de possuir um
cavalo bonito.

Mas apareceu uma mudança e encheu a tapera onde o Boquinha passava em frente aos
pacataus, pacataus, pacataus. Família de grende prole. Havia uma moça de beleza pequena e
de sorriso malfeito. Entretanto, tinha o corpo de bom feitio. Voz até grossa e de falar áspero.

- Sabe o nome da moça que mudou pra tapera do Jorginho, Ninico?

- Sei não, inda não. Só vi pelas costas ainda. É bonita?

- Bonita até falar chega, pois ...

- Mas você não pode mais não nem pensar em moça.

- Tu é besta, sô; sou homem de cativar mulher demais ainda.

- Ora, Boquinha, deixa de pensamento bobo.

- Pois vou ganhar a Odete pra mim. Esse é o nome dela. ODETE, nome doce de fazer
arrepio pelo corpo afora.

Chegou em casa e conversou com os animais, porque Ninico não estava. Notava toda
beleza da floresta num pedação de natureza que começava do outro lado do córrego. Beleza
maior era casar de novo e com uma doninha de dezessete anos. Ele, o dançarino fanático de
cabelo empainando. Feliz mais que sabiá em tardes de sol e manhãs radiosas. Ria de falar
chega a si mesmo e de fazer graça aos animais.Sacudia a cabeça à toa.

www.pciconcursos.com.br
SRL-POR-NS

Quando a noite vinha de novo e o Ninico ainda não havia chegado da roça, Boquinha
saiu com um frango carijó debaixo do braço. Era o primeiro de uma série de presentes que ele
levaria para a família da Odete.

- Seo Roque, ta aqui um franguinho que eu trouxe de presente para vocês. Na Bahia
tinha desse costume com vizinho novo.

No vaivém da conversa, na luz mortiça da sala, Odete saiu para ajudar a esticar o
assunto. O Boquinha da Noite sentiu o sangue ferver de amor. Conversou o que não sabia. O
Sr. Roque disse que ele podia ficar na sala conversando com os meninos enquanto ele ia lavar
os pés. Odete de amizade com o homenzinho de língua elástica, sentou no mesmo banco.
Quando ele foi embora , saiu tonto de paixão olhando para as estrelas. O vento sacudia as
ramas e a lua começava a nadar no céu. Boquinha enchia os pulmões de ar e o coração de
esperança. Decerto ela também tinha gostado dele.

O Boquinha estava agora dando de toda noite passar um pedaço de tempo na casa de
Odete. Não era nada a casa dos velhos, mas casa da Detinha. Mandou mais frangos de
presente e esqueceu um pouco dos pagodes. Odete não ia aos bailes no começo, pois não
tinha roupa. Mas apareceram cortes de vestido de presente. O velho Roque viu o gosto do
Boquinha da Noite pela filha. Deixou aquilo acontecer como água de regato que corre
normalmente. Era proveitoso, não precisava comprar vestido para Detinha, ela ganhava do
homenzinho atacado de paixão. Boquinha passava de galope três ou quatro vezes por dia em
frente à casa da moça.

- Ninico, vê se gosta desse pano. Vou dá pra Detinha.

- É bonito sim. Mas tira isso da cabeça. A moça ta aí querendo te enganar, sô.

- Enganar. Tu que não sabe. Já peguei na mão dela lá embaixo daquela figueirinha e dei
até bicota nela. Ela riu, sô.

- Então o negócio tá sério mesmo, uai.

- Falo com o velho daqui uns tempos.

Os rapazes da vizinhança abusavam do Boquinha. Achavam que Odete queria apenas


presente dele.

Boquinha da Noite estava de deitar e levantar pensando na Detinha remediava o tempo


com alegrias sonhadas de amor. Mulher mais bonita do mundo!

Mulher mais bonita do mundo, sim senhor. Passar noites com ela num colchão de palha
era viver de verdade. Aquela de outros tempos, noutro lugar, nem menos chegava perto de

www.pciconcursos.com.br
SRL-POR-NS

Detinha. Estava ali iludido mais que peixe pela isca. Veio a primavera de verdade e as árvores
floresceram sem medo. Os ipês já tinham ficado carregadinhos de flor. Era a coisa mais bonita
do mundo pensar na Detinha com os olhos cheios de flor.

Detinha precisava arranjar um namorado de verdade mesmo. Roque falou isto com um
risinho sarcástico pendurado nos lábios. Boquinha da Noite pensava que aquilo fosse namoro
sério. Mas Detinha precisava de um namorado jovem.

E foi o que aconteceu num baile. Detinha toda cheirosa e bonita dentro de um vestido
presenteado pelo Boquinha. Ele, feliz que nem um passarinho. Naquela noite namoraria à
beça. Mas Detinha deu-se de esquerda e olhou firme para outro moço. Depois de pouco tempo
trançaram as mãos. Noite alta de amargura. Severino ... Boquinha da Noite ficou macambúzio
num canto. Desapontado mais que nunca. Detinha rindo à solta com o braço do rapaz
enlaçado em sua cintura mesmo com a sanfona calada. Uma provocação ferindo fundo!

Madrugada de amargura. Boquinha da noite saiu com palpite de morte no coração.


Ninico ficou no pagode. Em casa pegou o Castanho, botou a arreata no lombo do animal,
encavalou-se e saiu com palpite de morte já mais crescido ainda. Que presente e que
presentes tinha dado à Detinha.

- Pacatau, pacatau, pacatau – a madrugada acordando sob os cascos do Castanho na


estrada do Rio Grande. E mais vontade de morrer aparecendo. E o rio, cheio de roncar medo.
Era uma baixada longa e perigosa. Um palpite sem limite de morte. Nadar ele não sabia, tinha
até medo d’água.

Disparou o Castanho apertando com cegueira as esporas e batendo o chicote com


alucinação. Um cavalo bom de rédea e obediente até demais. Foi o cavalo disparado e, sem
parar, caiu no rio até de meio-mergulho. Uma loucura na madrugada. A lua não estava olhando
e nem velando por ninguém. A água brava! Foi-se o corpo do homem para não mais ser
encontrado. O cavalo amanheceu pastando no varjão, ainda arreado; Detinha chorou umas
lágrimas sentidas quando soube de tudo aquilo, mas depois o tempo apagou o sentimento de
culpa.

Contam os visionários demais, que, pela boquinha da noite, um homem dança no meio
do rio, sobre as águas, e uma sanfona soa indefinidamente. Mas o vulto some quando os
visionários demais afirmam a vista e o som da sanfona vai embora, quando eles aguçam os
ouvidos.

VITÓRIA,Jair.
O Boquinha da Noite. In:Cuma-João. 2. Ed.São Paulo, Ática.

www.pciconcursos.com.br
SRL-POR-NS

1. Assinale a alternativa CORRETA em relação ao texto lido:


A. o narrador pode ser considerado “ignorante”, pois desconhece tudo a respeito dos
personagens.
B. o narrador apenas observa, de fora, o comportamento dos personagens.
C. o narrador penetra no mundo interior dos personagens.
D. o narrador não prepara para o clímax da história, isto é, não penetra nas consciências
dos personagens.
E. o narrador não cria uma maneira de aguçar a curiosidade do leitor.

2. Com relação ao texto lido, assinale a alternativa considerada INCORRETA:


A. no texto aparece um reduzido número de personagens.
B. todas as transformações do espaço não estão relacionadas com as mudanças sofridas
pelo personagem. A caracterização do espaço não contribui para o desenrolar da ação e
para o desenlace final.
C. todos têm relação direto com o conflito.
D. O texto apresenta um único conflito para o qual converge toda a atenção do narrador.
E. Se não houvesse conflito, não haveria desequilíbrio nem estória a contar.

3. Correlacione o estado de espírito do personagem, caracterizado pelos substantivos


abstratos da primeira coluna com as citações do texto da segunda coluna:
1. ilusão (O) “... toda a beleza da floresta num pedação de
natureza que começava do outro lado do córrego”.

2. desepero, amargura (O) “O vento sacudia as ramas e a lua começava a


nadar no céu”.

3. remorso (O) “veio a primavera de verdade e as árvores


floresceram sem medo. Os ipês já tinham ficado
carregadinhos de flor”.
4. felicidade (O) “E o rio, cheio de roncar e medo. Era uma
baixada longa e perigosa.”

5. esperança (O) “Detinha chorou umas lágrimas sentidas quando


soube de tudo aquilo...”.

A sequencia CORRETA de cima para baixo é:


A. 4, 5, 1, 2, 3.
B. 5, 1, 4, 3, 2.
C. 1, 4, 2, 5, 3.
D. 2, 3, 5, 4, 1.
E. 4, 1, 2, 5, 3.

www.pciconcursos.com.br
SRL-POR-NS

4. Anteponha às frases D ou C, conforme houver sentido Denotativo ou Conotativo.


1. (O) Quebrei um galho de árvore.
2. (O) A presidenta quebrou o protocolo.
3. (O) Não sejas escravo do trabalho.
4. (O) O escravo fugiu para o quilombo.
5. (O) Tivemos uma idéia luminosa.
6. (O) Os cometas tem uma cauda luminosa.
A sequencia CORRETA de cima para baixo é:
A. C – D – D – C – C – C
B. C – D – D – C – C – D
C. D – C – C – D – D – C
D. D – C – C – D – C – D
E. D – C – C – C – D – D

5. Sobre a linguagem figurada, correlacione os tipos de linguagem da primeira coluna com os


exemplos de frases da segunda coluna.
1. prosopopéia (O) A juventude é a primavera da vida.

2. hipérbole (O) “Vamos! Abri os corações! Abri-os!”

3. metáfora (O) Faz séculos que não a vejo.

4. antítese (O) Uma ilusão gemia em cada canto; chorava, em


cada canto, uma saudade.
5. repetição (O) “Há livros que santificam e livros que corrompem;
livros que levam para vida e livros que levam para
morte”.
A sequencia CORRETA de cima para baixo é:
A. 2 – 3 – 5 – 4 – 1
B. 3 – 5 – 2 – 1 – 4
C. 4 – 2 – 1 – 3 – 5
D. 5 – 3 – 2 – 1 – 4
E. 1 – 4 – 3 – 5 – 2

www.pciconcursos.com.br
SRL-POR-NS

6. Numa festa __________, a atração principal foi um _________ da orquestra sinfônica.


Houve __________ de pessoas que vendiam produtos _________.
As palavras CORRETAS que completam a afirmativa acima são:
A. beneficente – consserto – flagrantes – ilegítimo.
B. beneficiente – conserto – flagrantes – ilegítimos.
C. beneficente – concerto – fragrantes – ilegítimos.
D. beneficiente – conserto – flagrantes – ilegitmos.
E. beneficente – concerto – flagrantes – ilegítimos.

7. Assinale e frase gramaticamente CORRETA:


A. Não respondi porquê não sabia.
B. Ela não veio por que estava trabalhando.
C. Mas porque não veio ontem?
D. Não sei por que brigamos.
E. Eis o porque da minha saída.

8. Assinale a alternativa que possui a construção CORRETA:


A. Minha namorada e eu éramos os únicos convidados do casal.
B. Isso aconteceu a vinte anos.
C. Ontem fizeram quarenta graus na sombra.
D. Nestes cinemas de hoje, vê-se bons filmes.
E. Eis os que decidi mamãe e eu.

9. Assinale a alternativa que contém a construção INCORRETA:


A. O Diretor ou seu assistente presidirá a reunião.
B. Amanhã vai fazer dez anos que ele foi embora.
C. Fazem quatro meses que não a vejo.
D. Eram cinco horas da tarde.
E. Nesta casa vendem-se gravadores japoneses.

www.pciconcursos.com.br
SRL-POR-NS

10. Na redação oficial utilizada nas repartições públicas, empregamos os pronomes de


tratamento. Relacione os números correspondentes com as colocações expressas nos
parênteses:
1. Vossa Excelência (V. Ex.a) (O) Diretores de autarquias federais,
estaduais e municipais.

2. Vossa Senhoria (V. S. a) (O) Juizes de Direito.

3. Meretíssimo Juiz (M. Juiz) (O) Desembargadores de justiça,


curadores, promotores

(O) Presidentes das Câmaras de


vereadores e Prefeitos municipais

A sequencia CORRETA de cima para baixo é:


A. 1, 2, 3, 1.
B. 3, 1, 2, 1.
C. 2, 3, 1, 2
D. 2, 3, 1, 1.
E. 3, 2, 1, 3.

www.pciconcursos.com.br
SRL-LM-NS

LEGISLAÇÃO MUNICIPAL

11. Segundo a Lei Complementar N°. 1.166/2011 de Santa Rosa de Lima, com relação à
Progressão por cursos de aperfeiçoamento ou capacitação – Progressão Horizontal se dará
através de comprovante de participação em cursos na área de atuação do respectivo cargo,
sendo necessário para ter direito a nova referência, um mínimo de _____ horas.
A alternativa que contém a resposta CORRETA é:
A. 60 horas
B. 40 horas
C. 20 horas
D. 80 horas
E. 100 horas

12. Na Lei Orgânica do município de Santa Rosa de Lima, no disposto das Atribuições do
Prefeito é INCORRETO afirmar que ele deve:
A. Fazer publicar os atos não oficiais.
B. Vetar no todo ou em parte, os projetos de lei aprovados pela câmara;
C. Nomear e exonerar os secretários municipais e os direitos dos órgãos da administração
pública direta e indireta.
D. permitir ou autorizar o uso de bens municipais, por terceiros.
E. Representar o município em juízo e fora dele.

13. Segundo o que consta na Lei Complementar N°. 1.166/2011, Art. 18. “Ao Servidor do
quadro efetivo que concluir curso de nível superior após a investidura no cargo, em sua área de
atuação ou afim, será concedida a Gratificação de Habilitação sobre o vencimento do cargo,
sobre alguns percentuais.” Preencha as lacunas a seguir assinalando (V) para as sentenças
verdadeiras e (F) para as falsas, sobre estes percentuais:

( ) Curso de Extensão: 10% (dez por cento);


( ) Curso de Graduação: 10% (dez por cento);
( ) Curso de Especialização: 15% (quinze por cento);
( ) Curso de Mestrado: 25% (vinte cinco por cento);
( ) Curso de Doutorado: 45% (trinta e cinco por cento);

A sequência correta, de cima para baixo, é:


A. V, V, V, F, V
B. V,V,V, F, F
C. F, V, V, V, V
D. F, V, V, V, F
E. F,F,V,V,V

www.pciconcursos.com.br
SRL-LM-NS

14. Em relação às disposições da Lei Orgânica do Município de Santa Rosa de Lima, no que
tange aos Bens Municipais, analise as assertivas e assinale a alternativa que aponta a(s)
CORRETA(s).
I - Cabe ao prefeito a administração dos bens municipais, respeitada a competência da
câmara quando aqueles utilizados em seus serviços.
II -Todos os bens municipais deverão ser cadastrados, com a identificação respectiva,
numerando-se os móveis segundo o que for estabelecido em regulamento, os quais ficarão
sob a responsabilidade do chefe da secretaria ou diretoria a que forem distribuídos.
III - O município, preferencialmente à venda ou doação de seus bens imóveis, outorgará
concessão de direito real de uso, mediante prévia autorização legislativa e concorrência
pública.
IV - A aquisição de bens imóveis, por compra ou permuta, dependerá de prévia avaliação e
autorização legislativa.
V - O uso de bens municipais, por terceiros, só poderá ser feito mediante concessão, ou
permissão título precário e por tempo determinado, conforme o interesse público o exigir.

A. Apenas I. D. Apenas I, III e IV


B. Apenas II e III E. Todas estão corretas
C. Apenas I e IV

15. Considere os conceitos da coluna da esquerda e relacione-as corretamente às sentenças


da coluna da direita, preenchendo as lacunas, com referencia a Lei Orgânica do Município de
Santa Rosa de Lima:

I. Da estrutura administrativa ( ) A utilização e administração dos bens públicos de


uso especial, como mercados, matadouros, estações,
recintos de espetáculos e campos de esporte, serão
feitos na forma da lei e regulamentos respectivos.
II. Dos bens municipais ( ) A receita municipal constituir-se-á da arrecadação
dos tributos municipais, da participação em impostos da
união e do Estado, dos recursos resultantes do fundo de
participação dos municípios e da utilização de seus
bens, serviços, atividades e de outros ingressos.
III. Das obras e serviços ( ) A política de desenvolvimento urbano, executada,
municipais pelo poder público municipal, conforme diretrizes gerais
fixadas em lei, tem por objetivo ordenar o plano de
desenvolvimento das funções sociais da cidade e
garantir o bem-estar de seus habitantes.
IV. Da receita e da despesa ( ) Nos serviços, obras e concessões do município,
bem como nas compras e alienações será adotada a
licitação, nos termos da lei.
V. Da política urbana ( ) A administração municipal é constituída dos
órgãos integrados na estrutura administrativa da
prefeitura e de entidades dotadas de personalidade
jurídica própria.

www.pciconcursos.com.br
SRL-LM-NS

A sequência correta, de cima para baixo, é:


A. II, IV, V, III, I
B. V, IV, I, III, II
C. I, II, IV, V, III
D. I, IV, V, III, II
E. I, II, III, IV, V

16. Analise atentamente a coluna da esquerda e relacione corretamente as sentenças da


coluna da direita preenchendo as lacunas, pois as mesmas correspondem aos Conceitos
considerados para aplicação da Lei Complementar N° 1.166/2011.

( ) Retribuição pecuniária pelo exercício de cargo público,


I. Carreira
com valor fixado em lei.
( ) Conjunto de cargos reunidos segundo formação
II. Cargo qualificação, atribuições, grau de complexidade e
responsabilidade.
( ) Conjunto de atribuições, deveres e responsabilidades
cometidas ao servidor, previstas no plano de carreira e
III. Vencimento
remuneração, de acordo com a área de atuação e formação
profissional.
( ) Graduação horizontal ascendente, existente em cada
IV. Grupo ocupacional
nível.
( ) É o agrupamento de cargos integrantes do plano de
V. Referência carreira e remuneração, observadas a natureza e
complexidade das atribuições e habilitação profissional.

A sequência correta, de cima para baixo, é:


A. I, II, IV, V, III
B. V, IV, I, III, II
C. V, I, IV, III, II
D. III, IV, II, V, I
E. I, II, III, IV, V

www.pciconcursos.com.br
SRL-LM-NS

17. Segundo a Lei Orgânica do município de Santa Rosa de Lima, é correto afirmar que o
dever do município com a educação será efetivada mediante algumas garantias.
Analise atentamente e verifique qual dos parágrafos abaixo, aponta a garantia CORRETA.
A. oferta de ensino apenas matutino e vespertino regular adequado às condições do
educando.
B. Progressiva extensão da obrigatoriedade, onde o aluno deve pagar para cursar o ensino
médio.
C. Atendimento em creche e pré-escola apenas às crianças de zero a três anos de idade.
D. Atendimento ao educando, no ensino fundamental, através de programas
suplementares de material didático-escolar, não atendendo com programas de transporte,
alimentação e assistência à saúde.
E. Ensino fundamental, obrigatório e gratuito, inclusive para os que a ele não tiverem
acesso na idade própria.

18. Conforme dispõem o artigo 14 da Lei Orgânica Municipal, é CORRETO afirmar que
Compete ao Município:
A. suplementar a legislação estadual e federal, no que couber;
B. legislar sobre assuntos de interesse pessoal do prefeito;
C. elaborar o plano anual e o orçamento mensal;
D. instituir e arrecadar os tributos estaduais, bem como suas rendas, sem prejuízo da
obrigatoriedade de prestar contas e publicar balancetes nos prazos fixados pelo prefeito;
E. amparar, de modo especial, os idosos e alunos de 11 anos;

19. Em relação às disposições da Lei Orgânica do Município de Santa Rosa de Lima, no que
tange aos “Bens Municipais”, é CORRETO afirmar que:
I. Todos os bens municipais deverão ser cadastrados, com a identificação respectiva,
numerando-se os móveis segundo o que for estabelecido em regulamento, os quais ficarão
sob a responsabilidade do chefe da secretaria ou diretoria a que forem distribuídos.
II. A aquisição de bens imóveis, por compra ou permuta, não dependerá de prévia
avaliação e autorização legislativa.
III. Fica autorizada a doação, venda ou concessão de uso de qualquer fração dos parques,
praças, jardins ou largos públicos.
IV. A utilização e administração dos bens públicos de uso especial, como mercados,
matadouros, estações, recintos de espetáculos e campos de esporte, serão feitos na forma
de lei e regulamentos respectivos.

Assinale a alternativa que aponta a(s) correta(s).


A. Apenas I D. Apenas I, II e III.
B. Apenas I e II E. Apenas I e IV
C. Todas as alternativas estão corretas

www.pciconcursos.com.br
SRL-LM-NS

20. De acordo com a Lei Orgânica Municipal de Santa Rosa de Lima, a Estrutura Administrativa
Municipal é constituída de órgãos dotados de personalidade jurídica própria, que compõem a
administração indireta do município, e as mesmas se classificam de uma forma. Considere
essa classificação da coluna da esquerda e relacione-as corretamente às sentenças da coluna
da direita, preenchendo as lacunas:

I. Autarquia ( ) A entidade dotada de personalidade jurídica


de direito privado, com patrimônio e capital
exclusivo do município, criada por lei, para
exploração de atividade econômica que o governo
municipal seja levado a exercer, por força de
contingência ou conveniência administrativa,
podendo revestir-se de qualquer das formas
admitidas em direito.
II. Empresa Pública ( ) a entidade dotada de personalidade jurídica
de direito privado, sem fins lucrativos, criada em
virtude de autorização legislativa, para o
desenvolvimento de atividades que não exijam
execução por órgão ou entidade de direito público,
com autonomia administrativa, patrimônio próprio
gerido pelos respectivos órgãos de direção, e
funcionamento custeado por recursos do município
e de outras fontes.
III. Sociedade de economia mista ( ) o serviço autônomo, criado por lei, com
personalidade jurídica, patrimônio e receita
próprias, para executar atividades típicas da
administração pública, que requeiram, para seu
melhor funcionamento, gestão administrativa e
financeira descentralizada.
IV. Função Pública ( ) a entidade dotada de personalidade jurídica
de direito privado, criada por lei, para exploração
de atividades econômicas, sob a forma de
sociedade anônima, cujas ações com direito a voto
pertençam, em sua maioria, ao município ou a
entidade da administração indireta.

A sequência correta, de cima para baixo, é:


A. I, II, III, IV
B. II, III, IV, I
C. I, IV, III, II
D. IV, III, I, II
E. II, IV, I, III

www.pciconcursos.com.br
SRL-22-NUTRICIONISTA

NUTRICIONISTA
21. O mineral que participa do metabolismo glicose, mantendo os níveis de açúcar estáveis
pela utilização adequada da insulina é o:
A. Cálcio
B. Cobre
C. Enxofre
D. Cromo
E. Lítio

22. Na insuficiência hepática quando há sinais de encefalopatia indica-se uma dieta com
aporte protéico em torno de (g/kg/peso):
A. 0,8
B. 1,2
C. 0,5
D. 1,5
E. 2,0

23. A lípase lipoproteica exerce importante papel na obesidade devido a:


A. Hidrólise do colesterol
B. Aumento da resistência periférica da insulina
C. Aumento da atividade do estrogênio
D. Aumento da atividade da insulina
E. Remoção dos lipídios no sangue, facilitando sua entrada nas células adiposas

24. Hábitos alimentares inadequados, estresse físico, mental e fumo são alguns dos fatores
responsáveis pela grande incidência de úlcera péptica na população ativa. Um dos objetivos
da terapia nutricional, nesses casos, é:
A. Alcalinizar o antro do estômago.
B. Reduzir a secreção ácida gástrica do estômago
C. Aumentar o consumo de aminoácidos ramificados
D. Reduzir a osmolaridade do intestino delgado
E. Alcalinizar o antro do intestino

www.pciconcursos.com.br
SRL-22-NUTRICIONISTA

25. Durante a crise aguda de colecistite preconiza-se a retirada de um nutriente que estimula o
esfíncter de Oddi. Este nutriente é:
A. Gordura D. Vitamina K
B. Proteína E. Açúcar
C. Carboidrato

26. A produção, secreção e manutenção do leite materno deve-se, principalmente, a fatores


como:
A. Produção de prolactina, ocitocina e queda da gonadotrofina coriônica.
B. Produção de prolactina, ocitocina e estímulo de sucção.
C. Produção de ocitocina, prolactina e estímulo de sucção.
D. Produção de prolactina, ocitocina e aumento da gonadotrofina coriônica.
E. Produção apenas de ocitocina e estímulo de sucção.

27. Na gestação o aporte dos minerais que devem ser aumentados pela necessidade de
armazenagem materna e redução de incidência de hipertensão arterial são, respectivamente:
A. Cálcio e potássio D. Ferro e potássio
B. Cálcio e magnésio E. Ferro e magnésio
C. Ferro e cálcio

28. A lactoferrina presente no leite humano age na luz intestinal do recém-nascido, como:
A. Fagocitária D. Bacteriostática
B. Bactericida E. Bactericida e antiinfecciosa
C. Antiinfecciosa

29. Em crianças que apresentam desnutrição protéica energética, as vilosidades intestinais


encontram-se atrofiadas, diminuindo, primeiramente, a atividade da seguinte enzima:
A. Maltase D. Sangue
B. Isomaltase E. Lactase
C. Sacarose

www.pciconcursos.com.br
SRL-22-NUTRICIONISTA

30. O peso ideal de uma mulher, cujo índice de massa corporal é 20,8% e sua estatura
160cm, deve ser em torno de:
A. 60
B. 89
C. 6 5
D. 53
E. 65

31. A deficiência de folato deve ser a mais comum hipovitaminose no homem, afetando
principalmente os indigentes no mundo, segundo Krause e Col. São características da
deficiência de folato:
A. Irritabilidade e convulsões
B. Fadiga e distúrbios no sistema nervoso central
C. Anemia e megaloblástica e glossites
D. Raquitismo e osteomalácia
E. Raquistismo e Fadiga

32. O planejamento físico de área e/ou serviço destinado ao preparo de refeições, NÃO deverá
possuir as seguintes características:
A. piso de cor escura, liso, de fácil limpeza e higienização.
B. ralos sifonados para impedir a entrada e refluxo de insetos e roedores.
C. janelas das áreas de produção sem telas de fácil limpeza e manutenção para melhorar a
iluminação natural
D. ventilação que proporcione a renovação de ar, garantindo conforto e evitando fungos,
gases, fumaça e vapor.
E. piso deve ser de cor clara, e de fácil limpeza e higienização.

33. Em relação ao almoxarifado para estocagem de alimentos não perecíveis nas unidades de
alimentação e nutrição, é indicada a seguinte organização do ambiente:
A. Alimentos separados por grupos, sacarias sobre estrados fixos com altura mínima de 20
cm, com 05 cm de afastamento entre pilhas, parede, forro e prateleiras do piso.
B. Prateleiras identificadas conforme os grupos alimentares, sacarias sobre estrados fixos
com altura mínima de 25cm, com 10cm de afastamento entre pilhas, parede, forro e
prateleiras do piso.

www.pciconcursos.com.br
SRL-22-NUTRICIONISTA

C. Prateleiras identificadas conforme os grupos alimentares, sacarias sobre estrados fixos


com altura mínima de 25cm, com 10cm de afastamento entre pilhas e parede, distância do
forro de 60cm e prateleiras com altura de 25cm do piso.
D. Alimentos separados por grupos, sacarias sobre estrados fixos com altura mínima de
25cm, com 10cm de afastamento entre pilhas e parede, distância do forro de 60cm e
prateleiras com altura de 25cm do piso.
E. Alimentos separados por grupos, sacarias sobre estrados fixos com altura mínima de
10cm, com 01cm de afastamento entre pilhas, parede, forro e prateleiras do piso.

34. As diferentes áreas de armazenamento e preparo encontradas nas Unidades de


Alimentação e Nutrição necessitam de procedimentos específicos para assegurar a Higiene
sanitária dos alimentos, estando NÃO conforme:
A. Armazenamento em temperatura controlada com apenas uma geladeira, o equipamento
deve estar regulado para o alimento que necessitar de menor temperatura, e câmaras frias
com antecâmara para proteção térmica, revestimento com material lavável e resistente,
nível do piso igual ao da área externa e dispositivo de segurança que permita abri-la por
dentro, quando utilizar porta hermética.
B. Área para manipulação (pré-preparo) de carnes, aves e pescados, sem cruzamento de
atividades. Deve ter bancadas, equipamentos e utensílios de acordo com as preparações,
devendo sempre estar climatizado com temperatura entre 12 e 18ºC para evitar
manifestação das bactérias.
C. Área de recepção de mercadorias quando possível conter pia para pré-higiene dos
vegetais.
D. Armazenamento em temperatura controlada com apenas uma geladeira, o equipamento
deve estar regulado em 8° C e câmaras frias com antecâmara para proteção térmica,
revestimento com material lavável e resistente, nível do piso igual ao da área externa e
dispositivo de segurança que permita abri-la por dentro, quando utilizar porta hermética.
E. Todas as alternativas estão em não conformidades.

35. Em relação ao controle da saúde do manipulador para os serviços de alimentação, o


ministério do trabalho, através da norma regulamentadora (NR7), determina que:
A. Os exames médicos devem ser realizados de acordo com avaliação médica, com
periodicidade anual, não devendo manipular alimentos os funcionários que apresentarem
feridas, lesões, cortes nos braços e mãos, bem como gastroenterites agudas ou crônicas.
B. A elaboração e implantação do PCMSO( programa de controle médico de saúde
ocupacional cujo objetivo é avaliar e prevenir doenças crônicas não transmissíveis que
podem interferir na qualidade das atividades desenvolvidas pelo colaborador.
C. Investigar se o trabalhador é portador de aparente ou inaparente de doenças infecciosas
ou parasitárias, devendo ser realizados exames admissionais, periódicos e demissionais.

www.pciconcursos.com.br
SRL-22-NUTRICIONISTA

D. O controle de saúde do colaborador exigido pela Vigilância Sanitária indica exames


periódicos anuais como hemograma para diagnosticar infecções bacterianas, coprocultura
para investigar microrganismos patogênicos e coproparasitológico que detecta parasitos
intestinas, devendo a empresa proporcionar o desconto em folha conforme condições do
colaborador.
E. A elaboração e implantação do PCMSO( programa de condição médica de estado
ocupacional), cujo objetivo é diagnosticar doenças crônicas não transmissíveis, que não
podem interferir na qualidade das atividades desenvolvidas pelo colaborador.

36. A qualidade microbiológica dos alimentos é ditada, primeiro, pelo número e tipo de
microrganismos iniciais. Fatores inerentes ao próprio alimento e ao ambiente interferem na
preservação desta matéria-prima, podendo afirmar que:
I. São determinados fatores intrínsecos pH, potencial de oxi-redução, conteúdo dos
nutrientes, constituintes antimicrobianos, estrutura biológica e microbiológica do alimento.
II. São determinados fatores extrínsecos a temperatura, atividade de água, umidade
relativa e presença de gases no ambiente.
III. A umidade relativa do ambiente influencia diretamente a atividade de água do alimento.
IV. Os efeitos letais do congelamento e resfriamento dependem do microrganismo
considerado e das condições de tempo e temperatura de armazenamento. Alguns
microrganismos permanecem viáveis durante longos períodos de tempo em alimentos
congelados.

Está CORRETO o que se afirma em:


A. I,II, IV estão corretas
B. I, III, IV estão corretas
C. Somente A e IV estão corretas
D. I, II, III estão corretas
E. Todas estão corretas

37. A primeira etapa do Sistema APPCC é a análise de perigos, referindo-se às condições ou


contaminantes que podem causar injúria ou dano ao consumidor. A identificação da respectiva
medida preventiva é um processo seqüencial para assegurar a qualidade dos alimentos. Sendo
assim, é CORRETO afirmar:
A. Os perigos químicos são toxinas naturais encontradas em alguns alimentos como as
ciguatoxinas, toxinas paralisantes, neurotóxicas, amnésicas e diarréica de moluscos, as
fúngicas, que são as micotoxinas, microbianas, como as histaminas, e, outras aminas
tóxicas.
B. Perigos físicos como vidros, metais, madeiras ou objetos cortantes podem causar tanto
injúria ou dano ao consumidor quanto ao manipulador.

www.pciconcursos.com.br
SRL-22-NUTRICIONISTA

C. Perigos biológicos são bactérias e suas toxinas, vírus, parasitos encontrados apenas em
condições de estocagem e manipulação imprópria.
D. Os perigos químicos classificam as substâncias encontradas em materiais de limpeza e
desinfecção que ao entrarem em contato com o alimento modificam sua qualidade, levando
a alterações gastrointestinais.
E. Não há medidas aplicáveis nesses casos.

38. Considerando os objetivos e os métodos de preservação dos alimentos, associe a coluna


da direita de acordo com a da esquerda.

1. Inibição do crescimento microbiano ( ) Acondicionamento


2. Inibição de reações enzimáticas ( ) Esterilização
3. Destruição de microorganismos ( ) Congelamento
4. Inibição de germinação e maturação ( ) Pasteurização
5. Evitar contato com agentes alterantes ( ) Adição de soluto

A seqüência CORRETA é:
A. 1, 2, 3, 4, 5.
B. 5, 4, 2, 3, 1.
C. 4, 1, 5, 2, 3.
D. 3, 2, 1, 5, 4.
E. 5, 4, 3, 2, 1

39. Com o objetivo de servir 140g/pc de Filé de Salmão marinado ao Alecrim para 220 pessoas
o PC de compra a ser planejado e a quantidade total mensal a ser comprada considerando o
FCg de 1,25 com incidência mensal de 6 vezes, são respectivamente:
A.140g/PC e 171,600kg
B.175g/PC e 38,500kg
C.176g/PC e 38,720kg
D. Nenhuma alternativa está correta, pois este cálculo é inviável.
E.195g/PC e 171,600kg

www.pciconcursos.com.br
SRL-22-NUTRICIONISTA

40. Para dimensionar (distribuir) as tarefas a uma equipe é necessário identificar o tipo de
serviço que a empresa proporciona, sendo para isto, utilizados alguns critérios. Com base
nesta colocação, assinale a alternativa CORRETA:
A. Tipos de serviços e composição do cardápio, horário de atendimento e fluxo do cliente,
freqüência do funcionário e religião.
B. Adaptação ao cargo, meios de transporte, religião, escolaridade, disponibilidade horário.
C. Layout de produção e distribuição, horário de atendimento e fluxo clientes, tipos de
serviços e composição do cardápio.
D. Horário de atendimento e fluxo clientes, disponibilidade de horário e freqüência do
funcionário, tipos de serviços e composição do cardápio, layout de produção e distribuição.
E. Adaptação ao cargo, horário de atendimento e fluxo do cliente, freqüência do funcionário
e religião.

www.pciconcursos.com.br
RASCUNHO PARA CONFERÊNCIA

QUESTÃO RESPOSTA QUESTÃO RESPOSTA


01 21
02 22
03 23
04 24
05 25
06 26
07 27
08 28
09 29
10 30
11 31
12 32
13 33
14 34
15 35
16 36
17 37
18 38
19 39
20 40

ATENÇÃO: Esta folha pode ser destacada para conferência posterior.

www.pciconcursos.com.br
REALIZAÇÃO:

FUNDAÇÃO DE APOIO À EDUCAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO DA UNISUL

www.faepesul.org.br/concursos

www.pciconcursos.com.br