Você está na página 1de 2

ZINCO e CHUMBO

Após a flotação, para o zinco, tem-se o tratamento metalúrgico, que pode ser no âmbito da
pirometalurgia (com carborredução do óxido de zinco a altas temperaturas), ou da
hidrometalurgia (rota em que o óxido de zinco reage com o ácido, em geral sulfúrico,
produzindo o sulfato de zinco).

Nos concentrados de zinco, as impurezas nefastas nos processos metalúrgicos são o bismuto
(Bi) e o arsênio (As), sendo, em geral, o bismuto com no máximo de 0,05 % e 0,1 % de
arsênio aceitável em alguns casos.

É fácil se implementar a rota hidrometalúrgica dos oxidados ou carbonatos de zinco devido a


sua alta solubilidade. Quando se tem um sulfeto de zinco, pode-se recorrer tanto a
pirometalurgia, quanto a hidrometalurgia. É recomendável para ambos os casos que se tenha o
processo de Ustulação, que é a transformação do sulfeto em óxido, para possibilitar o
tratamento metalúrgico deste produto.

O processo de Ustulação consiste basicamente em aquecer, na presença de oxigênio, o sulfeto


que vai gerar o óxido de zinco, sendo o sulfeto liberado na forma de SO3 e/ou SO2, conforme
as condições termodinâmicas vigentes, sendo reaproveitável como fonte para o ácido sulfúrico,
para se fazer o tratamento hidrometalúrgico. A reação é descrita pela seguinte equação:

ZnS + 3/2 O2 ZnO + SO2

A ustulação é feita em um reator de alta temperatura, no qual se insufla ar para se oxidar o


sulfeto. A reação de ustulação é exotérmica e, portanto, é auto-sustentável, em geral ocorrendo
em leito fluidizado a aproximadamente 900 oC. Na posta-em-marcha, naturalmente deve-se ter
ignição e iniciação a partir de combustores (os quais podem usar óleo BPF, gás natural, carvão,
etc.)

Na rota hidrometalúrgica, uma vez que se solubiliza o zinco, se solubilizam também as


impurezas e outros subprodutos encontrados no minério. Uma vez solubilizados os metais em
forma de sulfato, a continuidade do tratamento é a administração dos reagentes para se
precipitar seletivamente cada uma das espécies, cádmio, bismuto, cobre, etc.

A ustulação ocorre normalmente em leito fluidizado, utilizando-se ustulador vertical. Nela, deve-
se evitar a formação de ZnOFe2O3, que é pouco solúvel e pode ser prejudicial ao processo de
obtenção de óxido de zinco. Na presença de ferro, a ustulação deve ser feita a evitar a
formação de ZnOFe2O3.
As rotas pirometalúrgicas do zinco se desdobram em duas linhas: retortas e alto-fornos.A rota
de redução de zinco em retorta é pouco eficiente energeticamente, o óxido de zinco é ustulado
ou sinterizado.

O pó azul “blue dust” é um subproduto da fundição de zinco, contendo de 94 a 99% de zinco


metálico, sendo o restante, óxido de zinco, de granulometria grosseira e composição incorreta.
Sua formação se dá pela redução incompleta em atmosfera parcialmente oxidante.
No processo pirometalúrgico de produção de chumbo/zinco em alto-forno, a alimentação deve
conter um sínter poroso do concentrado de chumbo/zinco, e também a utilização de um
fundente bem básico a fim de evitar a redução do ferro.
Na operação de refino de zinco o Pb e o Cd, estes elementos podem ser extraídos por uma
liquefação para impurezas de Pb mínima de 1,2% e para maior pureza, utiliza-se a destilação
fracionada de Pb e Zn. Na produção de somente chumbo, em alto-forno em que se tem ao fim
o bullion de chumbo (sínter + fundente + coque) em uma atmosfera oxidante para ferro e
zinco a relação pressão de CO: pressão de CO2 deve ser igual a um.

Como se prevê a partir da análise dos diagramas de solubilidade entre espécies químicas, a
medida que a temperatura é reduzida, há uma diminuição na solubilidade das diferentes
substâncias, supersaturando a solução e também o banho metálico. Isso possibilita a
segregação das fases líquidas, e sua posterior separação, usualmente via remoção do
sobrenadante. Tal operação é denominada liquação..

Uma modalidade desse processso é o refino por “drossing”. O bullion líquido a 327ºC, mantido
sob moderada agitação, forma uma nata (borra) com As, Sb, Sn, Fe e com uma quantidade
substancial de Pb. A adição de pequenas quantidades de enxofre possibilita a separação do
cobre.

O refino por abrandamento (softening) do chumbo é a purificação oxidante a 750ºC em


recipientes de grande área superficial que permite a percolação de O2 atmosférico, oxidando
Sb, Sn e As e formando atimonato de chumbo, arseniato de chumbo e estanato de chumbo.

A precipitação de cobalto, quando presente, é comumente feita pela complexação desse metal
com beta-naftol nitroso (descoberta por Ilinsky e Knorre em 1885, segundo Kolthoff e
Jacobsen, 1957, gerando complexo de cor marrom avermelhado – em pH neutro – a púrpura –
em ambiente ácido), o beta naftol nitroso pode ser sintetizado por fusão alcalina de sulfonato
sódico de nafta seguido de ataque ácido com HNO2.
A complexação (e consequente precipitação) do cobalto se dá segundo a reação mostrada a
seguir.

3 C10H6NOOH + Co+3 <====> (C10H6NO2)3Co + 3H+