Você está na página 1de 17

Acrílico

Professor Roberto Burguer Neto


Líquido(monômero)
• Metacrilato de metila
• Hidroquinona–inibidor
• Amina terciária no líquido as RAAQ (ativador
químico)
Pó (polímero)
• Polimetacrilato de metila
• Peróxido de benzoíla – iniciador
• Pigmentos/opacificadores/fibras
• Plastificantes
Presa(Polimerização)
• Ativação: o ativador químico ou físico quebra
a molécula do peróxido de benzoíla no meio,
formando um ou dois radicais livres .
• Iniciação: O radical livre rompe a dupla ligação
do metacrilato de metila e se liga ao
monômero, transferindo seu estado de
excitação à nova molécula formada (composta
pelo hemi-peróxido + monômero).
• Propagação: É interessante observar que na
iniciação existe um radical livre entre os
reagentes, e um novo radical livre como produto;
este fato permite que a reação se auto
propague. Assim, o novo radical livre rompe a
dupla ligação de outro metacrilato de metila e se
liga a este, transferindo novamente seu estado
de excitação à nova molécula formada. Neste
processo, a cadeia polimérica vai crescendo e
aumentando o seu peso molecular.
Terminação:
• Terminação por acoplamento direto: dois
macrorradicais se se ligam estabilizando um ao
outro.
• Transferência de um átomo de hidrogênio: o
radical que perde o hidrogênio refaz a ligação
dupla, mas fica ainda a possibilidade de uma
nova reativação por ruptura desta ligação; o
radical que ganha o átomo de hidrogênio
estabiliza o átomo que apresentava elétron
desemparelhado.
Reação de polimerização da resina
acrílica é exotérmica
Manipulação
• Pó 3:1 Líquido (7% a menos de
contração)
Fases

• Arenosa :
Fases

• Pegajosa ou Filamentosa
Fases
• Plástica
Fases
• Borrachoide
Prática
Duvidas ?