Você está na página 1de 20

ESTADO DE SANTA CATARINA

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO


SUPERVISÃO DE EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL
ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA ANA GONDIN

PLANO ANUAL DE ENSINO


ENSINO MÉDIO

HISTÓRIA

PROFESSOR: Rousen Godinho

2019
COMPETÊNCIAS E HABILIDADES

Ser humano situado no tempo e no espaço


* Entender-se como sujeito histórico situado no tempo e no espaço, interagindo nas relações sociais e nos princípios da cidadania.
* Compreender a organização das sociedades nos diferentes tempos e espaços.
* Entender o mundo em que vive e dimensionar os vários e simultâneos tempos históricos.

Ser humano sujeito da história


* Perceber-se como um ser político socialmente ativo.
* Compreender as relações de produção e sua influência na formação da sociedade.
* Situar-se como agente construtor da História, numa sociedade em constante transformação, relacionando presente – passado – presente, numa
perspectiva local – global – local.
* Aplicar o conhecimento histórico no cotidiano de suas relações sociais e culturais.
* Agir como sujeito livre, crítico e autônomo, capaz de intervir nas relações sociais existentes.

Ser humano cultural e social


* Valorizar a herança histórico-cultural percebendo suas interferências no mundo contemporâneo.
* Construir identidade pessoal e social, desenvolvendo valores e atitudes, respeitando a diversidade.
Ser humano e as diferentes linguagens
* Perceber as ideologias que permeiam as relações e a vida em sociedade.
* Contextualizar os acontecimentos na dinâmica das relações sociais elaborando e reelaborando ideias, conceitos, textos, através da investigação, análise
do conhecimento, incorporando-o e aplicando-o ao seu cotidiano.
* Compreender o uso das diferentes tecnologias como mediadoras das relações sociais e de produção.
INTRODUÇÃO

A disciplina História vem passando por diversas mudanças em seus paradigmas e metodologias, fruto das transformações das variadas políticas
educacionais que determinaram os “caminhos” do seu estudo. Hoje, procura-se, através dela, a busca de um conhecimento centrado no aluno como
“sujeito” da História, e que se sente inserido como um agente no processo de ensino-aprendizagem.

OBJETIVO GERAL

Facilitar a construção por parte do educando, da capacidade de pensar historicamente, sendo que esta operação engloba uma percepção crítica e
transformadora sobre os eventos e estudos históricos.
1º ANO / ENSINO MÉDIO
CONCEITOS / CONTEÚDOS CONTEÚDOS ATITUDINAIS CONTEÚDOS PROCEDIMENTAIS CRONOLOGIA
TEMAS FACTUAIS (PARA QUE?) (COMO?)
(O QUE?)
RELAÇÕES DE INTRODUÇÃO AO
TRABALHO ESTUDO DA  . Construir a identidade O processo de ensino e aprendizagem será
HISTÓRIA pessoal e social na dimensão
desenvolvido a partir das experiências e do
histórica, reconhecendo-se
RELAÇÕES DE  O que é como sujeito histórico e conhecimento prévio do aluno para chegar à 1º
PODER História. produtor do conhecimento. T
sistematização do conhecimento. O trabalho
 Os sujeitos  Interpretar, analisar e criticar R
RELAÇÕES históricos. os conceitos históricos, as privilegiará a prática dialógica, levando em I
CULTURAIS  Fontes fontes e os documentos de M
conta o contexto em que estão inseridos o aluno,
históricas. natureza diversa. E
O ESTADO E AS  Tempo  Entender as diversas o enunciado, o enunciador e o mediador deste S
histórico. concepções de tempo e as T
RELAÇÕES DE conhecimento que é o professor e, através do
formas de periodização, R
PODER  Pré-história:
reconhecendo que as formas movimento de ação – reflexão – ação, buscar E
América,
de medir o tempo são
Brasil, Santa sempre alcançar os objetivos estabelecidos.
produtos culturais e
Catarina. históricos das necessidades
de sociedades diversificada.
TIPOS DE ATIVIDADES:
 Reconhecer a importância do
OS POVOS DA
homem na sociedade, na Ensino e aprendizagem: objetiva levar
ANTIGUIDADE
construção histórica e
o aluno a progredir no saber já construído.
 Os povos cultural das sociedades.
orientais:  Entender como o trabalho Devem ser planejadas e atender à sua finalidade:
Mesopotâmia, está presente em todas as
permitir que a criança adquira conhecimentos
fenícios, atividades humanas.
 Desenvolver a capacidade de novos por meio de situações de ensino e
persas,
preservar a memória histórica
hebreus. aprendizagem que privilegiem a vivência e a
para a vida da população e de
 O Egito suas raízes culturais. experimentação em torno do conhecimento
antigo.  Situar as diversas produções
 A Grécia proposto.
culturais como
antiga. representações sociais que
RELAÇÕES DE O mundo romano. emergem do cotidiano social Aplicação: consistem em exercícios
TRABALHO e se solidificam nas diversas
preparados para o aluno, preferencialmente em
organizações e instituições da
sociedade. grupos ou duplas, utilizando conhecimentos
RELAÇÕES DE
PODER adquiridos nas atividades de ensino e
 Identificar a influência da
cultura grega e romana nas aprendizagem. Caracterizam-se pela repetição e 2º
RELAÇÕES sociedades atuais.
transformação. Repetição porque o conteúdo
CULTURAIS T
que está sendo aprendido se conserva em todas R
O ESTADO E AS A EUROPA  Compreender as I
as atividades de aplicação. Transformação
MEDIEVAL problemáticas atuais, M
RELAÇÕES DE
 O sistema relacionando-as com outras porque a forma de apresentá-lo muda de uma E
PODER situações históricas, S
feudal. atividade para outra, distinguindo assim, as
percebendo as diversidades T
 Desenvolvime
culturais nas permanências e atividades de aplicação dos tradicionais R
nto do nas mudanças. E
comércio e o exercícios de fixação.
 Refletir sobre os principais
crescimento acontecimentos da Idade
urbano. Média, fundamentando-se na
 Crise e historiografia  Dicionário;
transformações contemporânea.
 Hora da Notícia (momento em que trarão
nos séculos  Desenvolver o conhecimento
XIV e XV. do feudalismo, numa notícias relacionadas à disciplina ou não
perspectiva histórica e
– critério do professor);
econômica, que influenciou a
vida das sociedades  Hora da Leitura;
medievais.
A MODERNIDADE  Contrato pedagógico: compartilhamento
EUROPEIA
 Interpretar e identificar a da pauta e do que foi planejado, a fim de
 O estado produção cultural e religiosa
moderno. garantir a participação de todos os
bizantina.
 Entender e relativizar as envolvidos, incluindo as normas
diversas concepções do
RELAÇÕES DE  A expansão Império Bizantino, como previstas entre o (a) Professor (a) de
TRABALHO marítima e construções culturais e
História e os alunos;
comercial. históricas. 3º
 Mercantilismo  Conversa com a classe (ativando
RELAÇÕES DE
e sistema T
PODER conhecimentos prévios);
colonial.  Compreender e respeitar as R
diversas crenças religiosas no  Trabalho individual, em duplas, em I
RELAÇÕES  O mundo. M
grupos e/ou no coletivo;
CULTURAIS Renascimento.  Identificar os fatores que E
 As reformas levaram a expansão do  Leitura pelo (a) professor para os (as) S
O ESTADO E AS religiosas e a islamismo. T
alunos (as) com os (as) alunos (as), ou
inquisição. R
RELAÇÕES DE
 Analisar, interpretar e vice-versa; E
PODER  A revolução
questionar o surgimento dos
científica e o  Trabalho com a
Estados Nacionais.
Iluminismo.  Situar a diversas produções compreensão/interpretação dos textos
culturais, artísticas, religiosas
históricos e outros;
e cientificas nos contextos
A COLONIZAÇÃO históricos de sua constituição  Produção a partir de diferentes textos;
e significação.
DA AMÉRICA  Sistematização do conhecimento relativa
 Conquistas à proposta da atividade;
espanholas e  Reconhecer a expansão
 Registros do professor e do aluno;
portuguesas na ultramarina como
América. instrumento que influenciou  Correção dos textos: individual, em
 Maias, astecas, o desenvolvimento
duplas, em grupos e/ou coletivo,
incas. econômico e cultural da
sociedade Europeia. reescrita de textos dos alunos;
 Os povos
indígenas no  Leitura e divulgação das produções,
Brasil. dependendo da proposta de sequência
 História e
cultura do Didática.
negro e dos  Filmes
afrodescendent
es.
 Escravidão
africana. Recursos materiais: (Aqueles que forem
 Negro na utilizados):
sociedade
 Aparelho de televisão, de DVD, CD
brasileira
contemporânea Room, cartolina, Datashow,
. computadores, internet, quadro, livros,
 Negros em
Santa Catarina. revistas etc.
 Trabalho e
resistência.

2º ANO / ENSINO MÉDIO


CONCEITOS / CONTEÚDOS CONTEÚDOS ATITUDINAIS CONTEÚDOS PROCEDIMENTAIS CRONOLOGIA
TEMAS FACTUAIS (PARA QUE?) (COMO?)
(O QUE?)
RELAÇÕES DE O processo de ensino e aprendizagem será
TRABALHO  Analisar os processos de
O BRASIL desenvolvido a partir das experiências e do
colonização no Continente
COLONIAL Americano, as lutas de conhecimento prévio do aluno para chegar 1º
RELAÇÕES DE
 Administração e resistência e as formas de T
PODER à sistematização do conhecimento. O
organização político- R
economia.
administrativa das colônias trabalho privilegiará a prática dialógica, I
 Sociedade e
RELAÇÕES espanhola, inglesa e M
cultura. levando em conta o contexto em que estão
CULTURAIS portuguesa, comparando e E
 Revoltas e diferenciando as inseridos o aluno, o enunciado, o S
rebeliões. características de cada colônia. T
enunciador e o mediador deste
O ESTADO E AS  Analisar e questionar a R
RELAÇÕES DE utilização da mão-de-obra conhecimento que é o professor e, através E
PODER escrava na produção
do movimento de ação – reflexão – ação,
econômica da Colônia
Portuguesa. buscar sempre alcançar os objetivos
 Situar as diversas produções da
FORMAÇÃO DO estabelecidos.
cultura – as linguagens, as
MUNDO OCIDENTAL
artes, a filosofia, a religião e as TIPOS DE ATIVIDADES:
CONTEMPORÂNEO manifestações culturais como
Ensino e aprendizagem: objetiva
 O Estado representações sociais que
Moderno e o emergem no cotidiano da vida levar o aluno a progredir no saber já
Iluminismo. social e se solidificam nas
construído. Devem ser planejadas e atender
diversas organizações e
 A Revolução
instituições da sociedade. à sua finalidade: permitir que o aluno
Inglesa.
 A Revolução  Compreender os conceitos de
adquira conhecimentos novos por meio de
Francesa de 1789. Capitalismo, Socialismo e situações de ensino e aprendizagem que
 Revolução Democracia, fundamentando-
Industrial e privilegiem a vivência e a experimentação
se na historiografia
Capitalismo. contemporânea. em torno do conhecimento proposto.
 Compreender os conceitos de Aplicação: consistem em exercícios
Capitalismo, Socialismo e
preparados para o aluno, preferencialmente
Democracia, fundamentando-
se na historiografia em grupos ou duplas, utilizando
contemporânea.
conhecimentos adquiridos nas atividades de
 Compreender e analisar o ensino e aprendizagem. Caracterizam-se
conceito de ideologia,
pela repetição e transformação. Repetição
enquanto instrumento de força
e poder, próprio de cada porque o conteúdo que está sendo aprendido
sociedade, de cada cultura.
se conserva em todas as atividades de
aplicação. Transformação porque a forma
de apresentá-lo muda de uma atividade para
outra, distinguindo assim, as atividades de
aplicação dos tradicionais exercícios de
fixação.
Recursos:
 Dicionário;
 Hora da Notícia (momento em que
trarão notícias relacionadas à
disciplina ou não – critério do
professor);
 Hora da Leitura;
RELAÇÕES DE A CONSTRUÇÃO  Contrato pedagógico: 2º
TRABALHO DOS ESTADOS
compartilhamento da pauta e do que
T
foi planejado, a fim de garantir a R
RELAÇÕES DE NACIONAIS participação de todos os envolvidos, I
PODER AMERICANOS M
incluindo as normas previstas entre
E
 EUA: a o (a) Professor (a) de História e os S
RELAÇÕES construção de T
CULTURAIS alunos;
uma nação. R
 Conversa com a classe (ativando E
MUNDO NA
O ESTADO E AS SEGUNDA METADE conhecimentos prévios);
RELAÇÕES DE DO SÉCULO XIX  Trabalho individual, em duplas, em
PODER
 Nacionalismo e grupos e/ou no coletivo;
unificações.
 Leitura pelo (a) professor para os
 Concentração
capitalista e o (as) alunos (as) com os (as) alunos
imperialismo. (as), ou vice-versa;
 Os socialismos e
o movimento  Trabalho com a
operário. compreensão/interpretação dos
AS AMÉRICAS NO textos históricos e outros;
SÉCULO XIX  Produção a partir de diferentes
 Os EUA no textos;
século XIX.
 Sistematização do conhecimento
 América Latina
no século XIX. relativa à proposta da atividade;
 Registros do professor e do aluno;
 Correção dos textos: individual, em
 Compreender o processo de duplas, em grupos e/ou coletivo,
independência do Brasil,
reescrita de textos dos alunos;
desenvolvendo uma visão
crítica, analítica e
O BRASIL questionadora sobre os fatos,  Leitura e divulgação das produções,
INDEPENDENTE comparando-os com os
dependendo da proposta de
acontecimentos do presente.
 O Primeiro sequência Didática. 3º
Reinado.  Analisar as diversas
 O Período  Filmes.
concepções de Estado no T
Regencial. passado, comparando as Recursos materiais: (Aqueles que forem R
 O Segundo permanências e mudanças na I
utilizados):
Reinado. contemporaneidade. M
 Revoltas de norte  Aparelho de televisão, de DVD, CD E
a sul.  Analisar os sistemas político- Room, cartolina, Datashow, S
 A economia e a administrativos pelo qual a computadores, internet, quadro, T
Nação brasileira passou, livros, revistas etc. R
política do
comparando suas diferenças, E
Império.
semelhanças, permanências e
 Sociedade e mudanças na sociedade
cultura no tempo contemporânea.
do Império.

O BRASIL DA
PRIMEIRA
REPÚBLICA
 O movimento
republicano e a
proclamação da
República.
 As oligarquias
agrárias no poder.
 Os imigrantes no
Brasil.
 Os movimentos
populares:
Canudos e
Contestado.

A ERA VARGAS
 Fim da república
oligárquica.
 A campanha
constitucionalista
e a Constituição
de 1934.
 O Estado Novo.

3º ANO / ENSINO MÉDIO


CONCEITOS / CONTEÚDOS CONTEÚDOS ATITUDINAIS CONTEÚDOS PROCEDIMENTAIS CRONO
TEMAS FACTUAIS (PARA QUE?) (COMO?) LOGIA
(O QUE?)
RELAÇÕES DE A HISTÓRIA  Analisar as diversas O processo de ensino e aprendizagem será
TRABALHO CONTEMPORÂNEA concepções de Estado no
desenvolvido a partir das experiências e do
MUNDIAL passado, comparando as
permanências e mudanças na conhecimento prévio do aluno para chegar
RELAÇÕES DE
contemporaneidade.
PODER à sistematização do conhecimento. O
 Reconhecer os interesses
 Imperialismo e
políticos e econômicos dos trabalho privilegiará a prática dialógica,
Neocolonialismo
RELAÇÕES países envolvidos na primeira e 1º
CULTURAIS  A Partilha da segunda Guerra Mundial.
levando em conta o contexto em que estão
T
África  Desenvolver o conceito de inseridos o aluno, o enunciado, o R
 A Belle Époque ideologia enquanto I
 A Primeira Guerra enunciador e o mediador deste
O ESTADO E AS instrumento de dominação e M
RELAÇÕES DE Mundial. resistência dos diferentes conhecimento que é o professor e, através E
PODER  A Revolução grupos humanos. S
do movimento de ação – reflexão – ação,
Russa.  Explicar as condições T
 A crise do mundo históricas que tornaram buscar sempre alcançar os objetivos R
liberal e os possível a eclosão da E
estabelecidos.
fascismos. Revolução Russa de 1917.
 Identificar as principais
 A crise de 1929.
características do período
 A ordem mundial TIPOS DE ATIVIDADES:
conhecido como Guerra Fria
bipolar e a Guerra  Caracterizar o regime nazista e Ensino e aprendizagem: objetiva
Fria. fascista, estabelecendo
 Os conflitos e levar o aluno a progredir no saber já
diferenças e semelhanças entre
guerras do século eles. construído. Devem ser planejadas e atender
XXI  Analisar os principais fatores
à sua finalidade: permitir que a criança
 Segunda Guerra que conduziram à Segunda
Mundial Guerra Mundial. adquira conhecimentos novos por meio de
situações de ensino e aprendizagem que
O BRASIL DA
PRIMEIRA privilegiem a vivência e a experimentação
REPÚBLICA  Observar imagens,
em torno do conhecimento proposto.
reconhecendo as contradições
 O movimento que caracterizam o Brasil da Aplicação: consistem em exercícios
republicano e a Primeira República.
preparados para o aluno, preferencialmente
proclamação da
República.  Caracterizar a Primeira em grupos ou duplas, utilizando
 A República da República.
conhecimentos adquiridos nas atividades de
Espada e seus
 Analisar as diversas ensino e aprendizagem. Caracterizam-se
conflitos.
concepções de Estado no
 As oligarquias pela repetição e transformação. Repetição
passado, comparando as 2º
agrárias no poder permanências e mudanças na porque o conteúdo que está sendo aprendido T
(República do contemporaneidade. R
Café com Leite). se conserva em todas as atividades de
I
 Os imigrantes no aplicação. Transformação porque a forma M
Brasil. E
de apresentá-lo muda de uma atividade para
 Os movimentos S
populares:  Analisar as várias gestões outra, distinguindo assim, as atividades de T
Canudos e político-administrativas do R
aplicação dos tradicionais exercícios de
Contestado. Brasil, reconhecendo as E
fixação.
diferenças, as mudanças e as
A ERA VARGAS
permanências na sociedade Recursos:
 Fim da república brasileira contemporânea.  Dicionário;
oligárquica.
 A campanha  Hora da Notícia (momento em que
constitucionalista trarão notícias relacionadas à
e a Constituição
disciplina ou não – critério do
de 1934.
 O Estado Novo. professor);
 Reconhecer a importância da
ideologia no processo de luta  Hora da Leitura;
contra o autoritarismo no  Contrato pedagógico:
Brasil. compartilhamento da pauta e do que
foi planejado, a fim de garantir a
A AMÉRICA  Analisar os acontecimentos participação de todos os envolvidos,
CONTEMPORÂNEA históricos relacionados ao incluindo as normas previstas entre
sistema socialista e comunista,
 Política e o (a) Professor (a) de História e os
economia dos compreendendo seus
Estados Unidos conceitos, suas diferenças e alunos;
no século XX. principais características.  Conversa com a classe (ativando
 A sociedade e a 3º
conhecimentos prévios);
cultura norte-  Analisar o processo que T
americanas. resultou no golpe militar de  Trabalho individual, em duplas, em R
 Política e 1964. I
grupos e/ou no coletivo;
economia na M
 Analisar o processo de  Leitura pelo (a) professor para os E
América Latina.
redemocratização do Brasil e S
(as) alunos (as) com os (as) alunos
Sociedade e cultura na suas principais características, T
América Latina. reconhecendo as permanências (as), ou vice-versa; R
e mudanças ocorridas durante E
 Trabalho com a
O BRASIL os governos de Sarney, Collor,
CONTEMPORÂNEO Itamar Franco, FHC até a atual compreensão/interpretação dos
gestão. textos históricos e outros;
 O início do  Analisar o processo de
período globalização, a partir da leitura  Produção a partir de diferentes
democrático. e interpretação de textos, textos;
 Os Governos debates, questionamentos e
Dutra, JK e a socialização de ideias.  Sistematização do conhecimento
política de Jânio relativa à proposta da atividade;
Quadros.
 O golpe e a  Registros do professor e do aluno;
ditadura militar.  Correção dos textos: individual, em
 O movimento de duplas, em grupos e/ou coletivo,
resistência.
 A transição para a reescrita de textos dos alunos;
democracia.
 A volta da  Leitura e divulgação das produções,
democracia e seus
dependendo da proposta de
contrates.
sequência Didática.
 Filmes.

Recursos materiais: (Aqueles que forem


utilizados):
 Aparelho de televisão, de DVD, CD
Room, cartolina, Datashow,
computadores, internet, quadro,
livros, revistas etc.

Espaços Pedagógicos:
Pátio, biblioteca, sala ambiente de
informática pedagógica e outros espaços

AVALIAÇÃO
A avaliação será sempre diagnóstica e processual, levando os envolvidos no processo ensino-aprendizagem ao movimento constante de ação – reflexão
e ação, a fim de propor intervenções durante o processo, apreciando as reais possibilidades do aluno de enfrentar as exigências dos estudos subsequentes
organizando informações que possam auxiliar no replanejamento do trabalho e sucesso na aprendizagem e, por conseguinte, na recuperação do aluno.
Instrumentos de avaliação diagnóstica e processual a serem utilizados (algumas sugestões)
Produções individuais, em duplas, em grupos e/ou coletivas durante o desenvolvimento do processo dos projetos;
Tarefas extraclasse solicitadas;
• Participação em atividades de produção oral e escrita, com instrumento de registro organizado pelo professor;
• Provas;
• Pesquisas.
Recuperação paralela e contínua:
Sempre que for observada a dificuldade, uma proposta de intervenção será feita, de forma concomitante, atendendo às diferenças de ritmo de
aprendizagem e o planejamento proposto.

REFERÊNCIAS

JÚNIOR, Alfredo Boulos. História sociedade e cidade, 1º ano, 2.ed. São Paulo: FTD, 2016.
JÚNIOR, Alfredo Boulos. História Sociedade e Cidadania: 2º ano. 2ed. São Paulo: FTD, 2016.
BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular: Educação é a base. Disponível em: Acesso em: 25 de fevereiro de 2018.

JÚNIOR, Alfredo Boulos. História Sociedade e Cidadania: 3º ano. 2ed. São Paulo: FTD, 2016.

CHAPLIN, Charles. Tempos Modernos. Estado Unidos, 1936. (105 min.).

PILETTI, Nelson; PILETTI, Claudino; TREMONTE, Thiago. História e vida. 4. ed. São Paulo: Ática, 2011.

SA NTA CATARINA. Orientação curricular com foco no que ensinar: conceitos e conteúdo para a educação básica. SED: Florianópolis, 2011.

______. Proposta Curricular de Santa Catarina: Educação infantil / Ensino fundamental e médio (Disciplinas curriculares). SED: Florianópolis,
1998.