Você está na página 1de 38

Cristiane Martini

Maud Apparecida de Oliveira


Ativi
de E s t i m u l
d
a
a
ç
d
ã

2 a Edição
e

MARÍLIA - SP
s
o

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
prefácio
A Brasil Cultural – Soluções educacionais, comprometida com a qualidade da educação em todos os níveis, lança a
coleção Mundo do Bebê, a fim de atender com exclusividade à Educação Infantil de 4 meses a 3 anos de idade.
A coleção foi idealizada pelas pedagogas Cristiane Martini e Maud Apparecida de Oliveira, especialistas em
Educação Infantil, com vasta experiência em sala de aula e profundo conhecimento das dificuldades cotidianas do
ATIVIDADES DE ESTIMULAÇÃO educador que trabalha com essa faixa etária.
© Publicações Brasil Cultural Ltda.
Em atendimento às necessidades de berçários e creches, a coleção está fundamentada na Lei de Diretrizes e
Direção editorial e arte: Luiz Felippe Nogueira
Autoras: Cristiane Martini Bases da Educação Nacional – LDBEN (Lei nº 9.394/96), Parâmetros Nacionais de Qualidade para a Educação
Maud Apparecida de Oliveira
Infantil (2006) e nas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil (DCNEI/09). Dessa forma, apresenta
Editoração Gráfica: Equipe Brasil Cultural
Ilustrações: Betina de Holanda três volumes distintos, para atender às peculiaridades de cada idade, além de uma agenda, que proporciona a
Dados Internacionais de Catalogação
na Publicação
Salatiel de Holanda (CIP)


(Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)
Revisão: Roberto Carlos Scurachio Machado comunicação entre escola e família.

Mietto, Cristiane MartiniRodrigo Gerdulli dos Santos
Atividades de estimulação / Cristiane Martini
Mietto, Maud Apparecida de Oliveira ;
[ilustrações de Betina Ferreira de Holanda]. --
Dados
Marília, SP : Editora Brasil Cultural, 2010. --
Internacionais de bebê
Catalogação
Volume I 4 meses a 1 ano: Atividades de Estimulação; Técnicas de Massagem e Relaxamento
(Coleção o mundo do 4 meses a na Publicação
2 anos) (CIP)
(Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)
para Bebês; Agenda do Bebê.
Mietto, Cristiane Martini
1. Bebês - Desenvolvimento
Atividades de estimulação /2. Bebês - Linguagem
Cristiane Martini
3. BebêsMaud
Mietto, - Psicologia
Apparecida4.de
Capacidade
Oliveira motora
; em
bebês 5. Psicologia
[ilustrações
Apparecida II.
infantil
de Betina
Holanda,
I. Oliveira,
Ferreira Maud
de Holanda].
Marília, SP : Editora Brasil Cultural, 2010.de.
de. Betina Ferreira
--
--
Volume II 1 a 2 anos: Conhecendo o Mundo por Meio dos Sentidos; Brincando de Imitar;
III. Título.
(Coleção IV. Série.
o mundo do bebê 4 meses a 2 anos)
Agenda do Bebê.
1. Bebês - Desenvolvimento 2. Bebês - Linguagem
3. Bebês - Psicologia 4. Capacidade motora em
bebês 5. Psicologia infantil I. Oliveira, Maud Volume III 2 a 3 anos: Conhecendo o Mundo por Meio de Brincadeiras, Músicas e Cores;
Apparecida de. II. Holanda, Betina Ferreira de.
III. Título. IV. Série.
Álbum “A Vida do Bebê”; Agenda do Bebê.
10-06406 CDD-155.422

Índices para catálogo sistemático:


1. Bebês : Desenvolvimento : Psicologia infantil
155.422
Denise Maria Telles
COORDENADORA
10-06406 2014 CDD-155.422
Impresso no Brasil
Índices para catálogo sistemático:
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS:
1. Bebês : Desenvolvimento : Psicologia infantil
155.422

Contato: (14) 3432-1567


contato@brasilcultural.com.br
www.brasilcultural.com.br
Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
sUMÁRIO
Mundo do bebê A canoa 7
Tanta vida para viver Pula, pula cavalinho 9
Só brincadeira...
Brincadeira por prazer! Elevador 11
Brincadeira para desenvolver...
Vaga-lume 13
Vivendo vou...
Brincando de cantar, dançar e jogar.
Fantoche 15
Brincando de imitar. Hora de dançar 17
Engatinho e aprendo a andar!
O túnel 19
Continuo a brincar.
Me apoio e chego lá Estica e puxa 21
Até ter segurança para caminhar!
Bola de meia 23
Brincar de balançar,
Empilhar, encaixar e pegar...
Palhacinho mágico 25
Novo mundo estou a conquistar! A mão e a luva 27
MAUD APPARECIDA DE OLIVEIRA
Fichas 29
Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
aPRESENTAÇÃO

MUNDO A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, que define e regulariza o sistema de educação brasileiro com base nos princípios
presentes na Constituição Federal, garante, no artigo 29, que “a Educação Infantil, primeira etapa da Educação Básica, tem como finalidade

DO BEBÊ
o desenvolvimento integral da criança até cinco anos de idade, em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando
a ação da família e da comunidade.” E, no artigo 30, que “a Educação Infantil será oferecida em creches, ou entidades equivalentes, para
crianças de até três anos de idade.”

POSSIBILITA A Desde o nascimento, os bebês relacionam-se de modo diferente com as outras pessoas e com o meio em que vivem. É por intermédio dessas
interações que eles se desenvolvem e aprendem, reproduzem o discurso externo e o internalizam, construindo seu próprio pensamento.
INTERAÇÃO
O bebê é, antes de tudo, um ser que brinca, pois é com a brincadeira que se apropria da sua realidade, expressando seus sentimentos, medos,

ENTRE BEBÊ, desejos e fantasias. Ele cria seu próprio mundo e nele realiza suas descobertas, enfrenta barreiras e obstáculos que o estimulem a pensar em
como e o que fazer, superando-os e partindo para novas descobertas.

PROFESSOR E Brincando, o bebê aumenta sua independência, estimula as sensibilidades visual e auditiva, bem como valoriza a cultura; desenvolve
habilidades motoras, exercita a imaginação e a criatividade; socializa-se, interage, recicla as próprias emoções, sua necessidade de conhecer,
FAMÍLIA PELO de reinventar. É assim que constrói seus conhecimentos.

As atividades que compõem a coleção Mundo do Bebê exploram um período privilegiado, no qual, por meio de estimulação, música e

BRINCAR. brincadeiras, oferecem-se condições de desenvolver as capacidades e as habilidades do bebê.

AS AUTORAS.
Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
Como utilizar o material
Desenvolvida de acordo
Ícone de musicalização – traz uma proposta lúdica, com a atividade dada
O professor encontrará orientações para o Nome da atividade. que insere o bebê no mundo da música, desenvolvendo naquele momento.
desenvolvimento de seu trabalho as percepções auditiva e sonora.
em todas as atividades deste material. Orientações passo a passo para
Ícone que identifica o espaço reservado para sugestões desenvolvimento da atividade.
de formas de desenvolvimento da atividade.
Objetivos

Estimular o bebê a pratica


ra
Vaga-lume Concretização da atividade
exploração visual de imagens.
Propiciar a superação do
medo
diante de uma nova situação.
Potencializar a visualização
e a SUGESTÕ S:
ES:
SUGESTTÕE
ÕES:
identificação das diferentes cores.
Exercitar o movimento da
cabeça e
do pescoço do bebê. ntura com guache
Pin
Pintura

Sugestão para o desenvolvimento


da atividade
com o papel mbo com os dedos
Tampe o foco da lanterna
Carim
Carimbo

C U LT U R A L
celofane, colado com fita crepe.
Deixe o ambiente com pouca
luz e sen-

ÇÃO © EDITORA BRASIL


te-se ao lado do bebê.

Cantando e brincando
Ao acender a lanterna, chame
sua aten-
r no
ção para a luz que se pode projeta Carimbo com
as mãozinhas
teto ou na parede.
Quando tiver certeza de
que ele está
atento à luz, desligue-a e ligue-a, e
conte
O vaga-lume aparece

IVIDADES DE ESTIMULA
mes-
ao bebê que o vaga-lume projeta a
ma luz.
s ao redor
É pequenininho Colagem
Em seguida, ilumine os objeto

Quando a luz está longe


Dis o
Disponibil
Disp ize papéis para
o bebês
os be picarem e depois
e nomeie-os. colare no peixinho.
colarem
co
Também se pode usar um
papel celo-
fane de outra cor, para que o bebê
co-
Ele fica grandinho

O M U N D O D O B E B Ê · AT
nheça as diferentes cores.
Vaga, vaga-lume
Amassar papéis
A

Dicas Pequeno, pequeno e


Recortar guras em cartolin
a e colá-las
no celofane para projetar suas for-
Grande. Picar papéis

mas na parede. Melodia: “Sambalelê”


Conra o passo a passo na página 14. Desenvolvimento:
DATA : / / 13 Disponibilize vários tipos e cores
NOM E: ÇÃO © EDITORA BRASIL
C U LT U R A L Modelar de papéis e dê para os bebês
IVIDADES DE ESTIMULA
O M U N D O D O B E B Ê · AT da
picarem. Em seguida, com a ajuda
a
professora, façam a colagem sobre
figura do peixe.
/ /
14
DATA :
Numeração das páginas para ajudar NOM E:
na organização do portfólio.
Espaço reservado para a identificação Sugestões Todas as atividades são
do aluno e a data da realização da atividade. complementares acompanhadas de uma página
de formas de destinada à concretização. Essas
desenvolvimento páginas podem ser destacadas
da atividade. para a formação de um portfólio.
Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
orientações curriculares
Art. 9º – As práticas pedagógicas que compõem a proposta curricular da Educação Infantil
devem ter como eixos norteadores as interações e a brincadeira, garantindo experiências que:

I - promovam o conhecimento de si e do mundo por meio da ampliação de experiências sensoriais, expressivas,


corporais que possibilitem movimentação ampla, expressão da individualidade e respeito pelos ritmos e desejos da
criança;
II - favoreçam a imersão das crianças nas diferentes linguagens e o progressivo domínio por elas de vários gêneros
e formas de expressão: gestual, verbal, plástica, dramática e musical;
(...)
V - ampliem a confiança e a participação das crianças nas atividades individuais e coletivas;
(...)
VIII - incentivem a curiosidade, a exploração, o encantamento, o questionamento, a indagação e o conhecimento das
crianças em relação ao mundo físico e social, ao tempo e à natureza;
IX - promovam o relacionamento e a interação das crianças com diversificadas manifestações de música, artes
plásticas e gráficas, cinema, fotografia, dança, teatro, poesia e literatura;
X - promovam a interação, o cuidado, a preservação e o conhecimento da biodiversidade e da sustentabilidade da
vida na Terra, assim como o não desperdício dos recursos naturais;
XI - propiciem a interação e o conhecimento pelas crianças das manifestações e tradições culturais brasileiras; (...)

Parágrafo único – As creches e pré-escolas, na elaboração da proposta curricular,


de acordo com suas características, identidade institucional, escolhas coletivas e
particularidades pedagógicas, estabelecerão modos de integração dessas experiências.
(Secretaria da Educação Básica. Diretrizes Curriculares para a Educação Infantil (DCNEI). Brasília, 2009.)
Objetivos
Cantando e brincando
 Estimular o bebê a controlar sua

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
postura e manter o equilíbrio.
 Favorecer o relaxamento e
aumentar o seu prazer.
 Ensinar-lhe a adquirir segurança
na realização de atividades em
diferentes planos.

Sugestão para o desenvolvimento A canoa


da atividade

 Sente-se no chão com as pernas fechadas


e esticadas. A canoa virou
 Deite o bebê de barriga para cima sobre
suas coxas, de modo que as perninhas Por deixá-la virar
dele fiquem sobre seu estômago e sua
cabecinha se apoie sobre seus joelhos. Foi por causa do papai
 Suspenda o bebê pelas mãos. Depois,
leve-o de um lado a outro, imitando a
navegação da canoa.
Que não soube remar
 Esse movimento de canoa pode ser feito
várias vezes, enquanto se canta a canção.
Se eu fosse um peixinho
 Cantarole a canção enquanto desenvol-
ve a atividade.
E soubesse nadar
Tirava o papai
Do fundo do mar

NOME:
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
DATA: / /
7
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L

NOME:
Disponibilize

e solicite que a
Desenvolvimento

criança pinte o mar.


diversas
cores de tinta guachê
A canoa
C o n c r e t i z a ç ã o d a at i v i d a d e

DATA:
/
/
8

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
Objetivos

� Ajudar o bebê a controlar sua


Cantando e brincando
postura.

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
� Aumentar seu controle motor e
o sentido de equilíbrio.
� Intuir seu sentido de ritmo e sua
relação com o movimento.
� Estimular a sensibilidade musical. Pula, pula cavalinho
Sugestão para o desenvolvimento
da atividade Toc, toc
� Sente-se em uma cadeira, com as pernas
abertas.
Pula, pula cavalinho
� Sente o bebê em cima de uma das pernas,
de frente para você, com as perninhas
Pula, pula
dele abertas.
� Segure o bebê pelas mãozinhas ou por De mansinho
baixo de seus braços.
� Movimente sua perna para cima e para Pula, pula,
baixo, de modo a fazê-lo “pular”, com
cuidado, enquanto bate palmas com as Pula, pula,
mãozinhas do bebê.
� Ao se cansar, troque o bebê de perna ou Sem parar
alterne-a.
Melodia: “Atirei o pau no gato”

Dicas

� Apesar de ser mais conveniente começar a


brincadeira com o bebê virado de fren-
te para a professora, também é im-
portante virá-lo de costas, para que
possa ver o ambiente ao seu redor
enquanto galopa. Cantarole a can-
ção à medida que estimula a crian-
ça com a brincadeira.

NOME:
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
DATA: / /
9
Sugestão para o
desenvolvimento Pula, pula cavalinho
da atividade

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
� Trabalhe com carimbo de Toc, toc, vou fazer,
batata, para que as crianças
possam carimbar as patas do Carimbando no papel,
cavalo.
� No material complementar 1, você A patinha do cavalo
encontrará fantoches de patas de
cavalo para montar. Monte-os e Vai aparecer!
ofereça às crianças para usarem nas
mãos e brincarem.

NOME:
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
DATA: / /
10
Objetivos
Cantando e brincando
 Estimular a capacidade sensorial

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
do bebê.
 Ajudá-lo a adquirir consciência
corporal.
 Aprimorar a percepção espacial e
a localização espaço-temporal em
relação às pessoas e aos objetos Elevador
que o rodeiam.

Sugestão para o desenvolvimento Bebezinho que sobe, sobe,


da atividade

 Segure o bebê, por baixo de suas axilas,


Bebezinho que já subiu,
na altura do rosto, enquanto fala carinho-
samente com ele e anuncia que brinca-
Ficou certinho lá em cima
rão de subir e descer.
 Alternadamente, diga “Vamos subiiiiir”,
E por isso não caiu!
e levante-o acima de sua cabeça. Depois,
inverta o sentido: “Vamos desceeeer”, e
desça-o até seus joelhos.
 Repita a ação algumas vezes. Bebezinho que desce, desce,
 Para concluir, diga: “Vamos parar. Aaaaah!”,
e esfregue o nariz na barriga do bebê, Bebezinho que já desceu,
acariciando-o.
Colocou o pezinho no chão
Dicas E por isso não caiu.
 Conforme brincar com o bebê, pode-se,
além de levá-lo para cima e para Melodia: “Pirulito que bate, bate”
baixo, intercalar dizendo “no mee-
eeeio!”, e dar beijos nele. Assim,
ajudará o bebê a se familiarizar com
conceitos espaciais.

NOME:
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
DATA: / /
11
Sugestão para o desen-
volvimento da atividade Elevador

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
 Faça bolas com jornal e brinque
com as crianças de jogá-las para
Pintura com guache
cima.
 Faça bolas de jornal bem durinhas
e pendure no teto da sala, com
elásticos, para as crianças puxarem
e soltarem, fazendo o movimento do
elevador.
Carimbo com os dedos

Carimbo com
as mãozinhas

Colagem

Amassar papéis

Picar papéis

Modelar
Disponibilize massinha de
modelar para que as crian-
ças modelem bolinhas.

NOME:
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
DATA: / /
12
Objetivos
Cantando e brincando
� Estimular o bebê a praticar a

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
exploração visual de imagens.
� Propiciar a superação do medo
diante de uma nova situação.
� Potencializar a visualização e a
identificação das diferentes cores.
� Exercitar o movimento da cabeça e
do pescoço do bebê.

Sugestão para o desenvolvimento


da atividade

� Tampe o foco da lanterna com o papel


celofane, colado com fita-crepe.
� Deixe o ambiente com pouca luz e sen-
te-se ao lado do bebê.
� Ao acender a lanterna, chame sua aten-
ção para a luz que se pode projetar no
teto ou na parede. Vaga-lume
� Quando tiver certeza de que ele está
atento à luz, desligue-a e ligue-a, e conte
ao bebê que o vaga-lume projeta a mes-
ma luz. O vaga-lume aparece
� Em seguida, ilumine os objetos ao redor
e nomeie-os. É pequenininho
� Também se pode usar um papel celo-
fane de outra cor, para que o bebê co- Quando a luz está longe
nheça as diferentes cores.
Ele fica grandinho
Dicas Vaga, vaga-lume
� Recortar figuras em cartolina e colá-las Pequeno, pequeno e
no celofane para projetar suas for-
mas na parede. Grande.
Melodia: “Sambalelê”

NOME:
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
DATA: / /
13
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L

NOME:
C o n c r e t i z a ç ã o d a at i v i d a d e

DATA:
/
/
As minhas mãOs carimbei
E, COM ELAS, DOIS PEIXINHOS MONTEI.

14

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
Objetivos
Cantando e brincando
Estimular a capacidade de

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
antecipação do bebê.
Exercitar o movimento da cabeça
e do pescoço.
Potencializar a sua percepção visual
Fantoche
de objetos.
Aprimorar a sua capacidade de
localizar e reconhecer os objetos. Sou um(a) bonequinho(a)
E converso com você
Sugestão para o desenvolvimento
da atividade Canto, danço e brinco
Sente o bebê no chão ou em seu colo e E ensino o bebê...
esconda a mão que segurar o fantoche
atrás das costas. Melodia: “Fui no Itororó”
Ao obter a atenção do bebê, apresente-lhe
o fantoche e cumprimente-o com o tom
de voz modificado.
Esconda o fantoche outra vez e torne a
mostrá-lo, para que o bebê o toque.
Na sequência, prepare mais um fanto-
che para a outra mão e encene uma his-
tória para o bebê.

Dicas

Esconder e tirar o fantoche do mesmo


lugar algumas vezes fará com que o
bebê logo aprenda a antecipar essa
situação. Quando ele for um pouco
maior, poderá brincar com o fanto-
che colocando-o em sua mãozinha.

NOME:
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
DATA: / /
15
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L

Deixe
bebê.

NOME:
cole-o aqui.
Confeccione

que as

com o fantoche
fantoche para o
um
Desenvolvimento

de mão e, depois,
crianças brinquem

Menina
Tinta guache
Saco

Pincel
Papel-cartão

Menino
Cola
C o n c r e t i z a ç ã o d a at i v i d a d e

DATA:
/
/
COLE SEU FANTOCHE AQUI.
DEPOIS DE MONTAR E BRINCAR,

16

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
Objetivos

� Dar a oportunidade, ao bebê,


Cantando e brincando

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
de vivenciar experiências mo-
toras múltiplas e inexploradas.
� Começar a intuir no bebê o sen-
Hora de dançar
tido de ritmo e sua relação com o
movimento.
� Estimular sua habilidade para obser-
Dança nenê
var e imitar posturas e movimentos.
� Potencializar a coordenação motora
que a música começou.
do bebê.
Rebola e pula
Sugestão para o desenvolvimento
da atividade pra frente e pra trás.
Melodia: “Nana Nenê”
� Pegue o bebê nos braços e, ao som da
música, dance com ele por todo o am-
biente. Existem gravações de canções
infantis que são bastante úteis para essa
faixa etária.
� Depois, sente-se no chão com ele. Ainda
ao som da música, mostre-lhe como se
mover seguindo o ritmo.
� Enquanto cantar, estimule o bebê para
que bata palmas. Levante os braços e
mova-os de um lado para o outro, e
bata os pés, entre outros movimentos.
� Quando o bebê já estiver familiarizado
com os movimentos, pode-se praticar
esse exercício diante dele e fazer com
que a imite.

Dicas

� De acordo com o tipo de música, é


possível estimular o bebê a relaxar
ou a ficar ativo. Assim, se chegar a
hora de dormir, é possível continuar
com essa mesma brincadeira, mas
com uma música relaxante, para
acalmá-lo.
NOME:
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
DATA: / /
17
C o n c r e t i z a ç ã o d a at i v i d a d e

Desenvolvimento

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
Traga para a sala de aula
vários objetos que rolam
de tamanhos diferentes
e encapados com sulfite
branco. Permita que os
bebês explorem o material
e, a seguir, pintem-no. Ao
final, com a participação do
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L

bebê, cole um dos objetos


ao lado.

Será interessante colocar


todos esses objetos em
uma caixa e deixá-la na sala
para que sejam utilizados
em outras situações de
estimulação.

NOME: DATA: / / 18
Objetivos
� Potencializar a capacidade do
Cantando e brincando
bebê para adquirir confiança em

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
si mesmo e nos outros.
� Ajudar a superar o medo diante de
uma situação nova.
O túnel
� Estimular o controle da sua coorde-
nação e lateralidade.
� Exercitar os músculos dorsais do Se esse túnel
bebê.
Se esse túnel
Sugestão para o desenvolvimento
da atividade Fosse meu
� Coloque a caixa virada no chão, sem o
fundo e a tampa, de modo que forme
Eu entrava e
uma espécie de túnel.
� A caixa necessita ter o tamanho suficien-
saía sem parar
te para que o bebê possa passar por den-
tro dela. Engatinhando,
� Sente o bebê no chão, posicionado em
um dos lados da caixa, e coloque um engatinhando
brinquedo do outro lado, de maneira que
ele possa vê-lo do outro lado da caixa. De mansinho
� Estimule o bebê a pegar o brinquedo e
passar através da caixa.
� Não deixe o bebê dentro da caixa, para que
Pra chegar,
ele não se assuste. Se necessário, estenda
a mão para ajudá-lo a atravessar nas pri-
pra chegar
meiras vezes.
� Ensine a não se levantar dentro da caixa Noutro lugar.
e a manter a cabeça abaixada até que
chegue ao final do obstáculo. Melodia: “Se essa rua”

Dicas
� A atividade poderá ficar mais atrativa
se decorar a caixa com papel celofa-
ne de cores chamativas. Caso não
haja caixa, utilize uma cadeira com
um pano que cubra os dois lados
paralelos, de modo que forme um
túnel entre as pernas da cadeira. NOME:
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
DATA: / /
19
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L

NOME:
C o n c r e t i z a ç ã o d a at i v i d a d e

DATA:
E aqui carimbei.

/
/
com minhas mãos O TÚNEL ATRAVESSEI

20

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
Objetivos
Cantando e brincando
� Exercitare fortalecer as extre-

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
midades superiores do bebê.
� Compartilhar experiências e
estabelecer vínculos afetivos.
� Desenvolver a atenção do bebê.
Estica e puxa
� Estimular sua capacidade de segu-
rar objetos.
Estica e puxa, estica e puxa
Sugestão para o desenvolvimento
da atividade estica e puxa sem parar
� Sente-se com o bebê no chão. vai esticando, vai puxando
� Entregue-lhe um pedaço de pano, que
ele logo pegará e examinará. vai puxando até cansar.
� Segure o pedaço de pano pela outra
extremidade e tire-o do bebê delicada- Melodia: “Pula pipoquinha”
mente. Dê pequenos puxões e afrouxe
de vez em quando.
� O bebê deverá notar, no rosto e no
modo de falar do professor, que se trata
de uma brincadeira.
� Nunca solte o pano repentinamente,
para evitar que o bebê caia de costas e
se machuque.
� Pode-se fazer uma demonstração antes,
para ensinar-lhe como funciona a brin-
cadeira.
� Quando o bebê começar a puxar o
pano, faça com que ele pense que está
arrastando você, o que será muito di-
vertido para ele.

Dicas

� Em vez de utilizar um pedaço de


pano, também é possível realizar
a brincadeira com uma toalha ou
um cachecol.

NOME:
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
DATA: / /
21
Objetivos
Muitas pedrinhas vou colocar
� Desenvolver a capacidade de
e UM chocalho, CRIAR.

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
ouvir, perceber e discriminar
diversos sons.
� Brincar com a música.
� Produzir criações musicais.

Sugestão

� Confeccione para cada bebê um choca-


lho com garrafa PET pequena. Nessa
atividade, trabalhe individualmente.
Para montar o chocalho, podem-se
utilizar pedriscos (que passem pelo
gargalho da garrafa). Coloque pedrinhas
dentro da garrafa. Para decoração externa
do chocalho, proponha uma pintura
com tinta e, depois de seca, envernize,
de forma a evitar que a tinta saia.
� Lembre-se: toda conquista da criança
deve ser amplamente valorizada.

NOME:
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
DATA: / /
22
Objetivos
Cantando e brincando
� Aumentar a habilidade da criança

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
de arremessar.
Ensinar a criança a administrar
corretamente sua força.
Desenvolver o controle da laterali-
dade.
Propiciar-lhe a percepção das distân-
Bola de meia
cias.

Sugestão para o desenvolvimento


Batatinha frita 1, 2, 3...
da atividade
Agachar!
Em uma extremidade da sala vazia, colo-
que no chão duas garrafas plásticas, um Batatinha frita 1, 2, 3...
pouco separadas entre si, a um metro de
distância da criança. Levantar os braços!
Convide a criança a jogar com uma das
mãos a bola, para derrubar as garrafas, E o que mais a
e, depois de algum treino, para que faça
a bolinha passar entre elas, sem derrubá- professora
las.
Afaste as garrafas, pouco a pouco, para
quiser...
que as bolas possam passar entre elas.

Dicas

A brincadeira fica mais complexa se fizer


com que a criança jogue a bola algumas
vezes com a mão direita e outras, com a
esquerda. Se a criança preferir, monte
um jogo de boliche com várias garrafas
plásticas.

NOME:
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
DATA: / /
23
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L

NOME:
Distribua

uma bola.

a bola aqui.
Dê a bola para
redor, formando
para os
Desenvolvimento

eles a explorarem,

pintarem e, depois
Passe fita-crepe ao

de boliche. Finalize
de secar, brinquem
jornal aberta. Após

a atividade colando
peça que amassem.
bebês uma folha de
C o n c r e t i z a ç ã o d a at i v i d a d e

DATA:
/
/
24

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
Objetivos

� Ensinar a criança a observar e Cantando e brincando


a localizar os objetos.

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
� Melhorar sua capacidade de con-
centração.
� Estimular a criança a antecipar situa-
ções.
� Estabelecer vínculos.
� Incentivá-la a expressar emoções e
sentimentos.

Sugestão para o desenvolvimento


da atividade

� Fure o fundo do copo descartável para


que um palito de madeira passe pelo
orifício.
� Recorte um círculo de cartolina, dese-
nhe o rosto de um palhaço e cole-o na
ponta do palito.
� Coloque o copo de boca para cima e
introduza o palito pelo orifício, de modo
que o rosto do palhaço fique escondido
Palhacinho mágico
dentro do copo.
� Mostre à criança o copo, sem que ela
veja o que há dentro.
� Sem fazer movimentos bruscos, retire a
O palhacinho dengoso
cartolina e empurre o palito de madeira (BIS)
até em cima e, com um tom de voz dife-
rente, cumprimente a criança. Bate ligeiro na mão
� Depois, também com entonação dife-
rente, despeça-se da criança, enquanto (duas palmas)
abaixa a cartolina pintada.
� Também é possível fazer o palito girar, O palhacinho dengoso
de modo que a careta vá se movendo (BIS)
enquanto conversar com a criança.

Dica
Manda beijinho pra mim
� Ao notar que a criança entendeu Melodia: “Boneca de lata”
como funciona a brincadeira, deixe
que ela mesma manipule o objeto.
NOME:
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
DATA: / /
25
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L

NOME:
o Dumdum!
um nariz para
Vamos brincar
está sem nariz.

de amassar e criar
O palhaço Dumdum
Onde está o seu nariz?
C o n c r e t i z a ç ã o d a at i v i d a d e

DATA:
/
/
26

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
Objetivos

� Desenvolver o tato. Cantando e brincando


� Incentivar a curiosidade.

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
� Estimular a exploração de objetivos
diversos.

Sugestão para o desenvolvimento


da atividade

� Rechear luvas laváveis com algodão,


arroz, ervilhas secas e feijão. Coloque A mãozinha e a luva
sininhos em cada dedo da luva. As crian-
ças dessa idade gostam de sentir o tato
e escutar o som que os objetos produ-
zem. Quanto mais sons diferentes, mais
interesse e maior o aumento da sensi-
Mexe a mãozinha, mexe
bilidade da criança.
Mexe a mãozinha, vai
Mexe a mãozinha, mexe
Mexe e daqui não sai.

Melodia: “Pula pipoquinha”

NOME:
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
DATA: / /
27
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L

NOME:
C o n c r e t i z a ç ã o d a at i v i d a d e

DATA:
/
e minha mão CARIMBEI.
com a luvinha BRINQUEI

/
28

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L

BANHO
BONECA

M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L

CRIANÇA
CADEIRA

M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L

BEBÊ

BERÇO
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L

BOLA
CACHORRO

M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L

BANANA
MAÇÃ

M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L

CHUPETA
COLHER

M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L

COPO
MAMADEIRA

M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L

SAPATO

CARRO
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L

MULHER
HOMEM

M U N D O D O B E B Ê · A T I V I D A D E S D E E S T I M U L A Ç Ã O © B R A S I L C U LT U R A L
Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.
Material complementar 1

Proibida a edição e reprodução, conforme Lei nº 10.695, de 1º de julho de 2003. Direitos autorais protegidos pela Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. © Copyright Publicações Brasil Cultural Ltda. Todos os direitos reservados.