Você está na página 1de 1

DIMENSÕES DA RELIGIÃO

Israel Mendes
contato@infoisrael.com.br
Ciência da Religião
Faecad

Um dos maiores e mais populares debates da classe acadêmica teológica se faz presente
no tema deste resumo. Visando um maior esclarecimento acerca deste assunto nos debruçamos
diante das tentativas desenvolvidas por Charles Glock e Rodney Stark de descrever as várias
dimensões e conceitos de religiosidade. Citam-se aqui: A dimensão ideológica, a dimensão
ritualística, a dimensão da experiência, a dimensão intelectual e também a dimensão
pragmática. Tais classificações de dimensão para o fim metodológico que teria, foram resumidas
por Glock, no entanto potencializadas pelo britânico Ninian Smart, mais a frente sofreu acréscimo
por Úrsula Boos-Nünning. Não é difícil entender a complexidade e o pluralidade da definição de
religião se entendermos a real intenção dos pesquisadores de traçar um perfil mais apurado e
tangível, sendo uma forma de se enquadrar uma ciência que tem como objeto a singularidade
unidimensional que é a proposta da desmistificação da fé, e a elucidação de um tema que perpassa
gerações e alcança um nível caótico na pós-modernidade causando mais trevas do que luz, em
função de sua obscuridade sensorial mergulhada no mundo da subjetividade. A busca por uma
assimilação mais completa e robusta acerca das ramificações das categorias a serem analisadas
são tão complexas que variam ligeiramente de fonte para fonte, mas o núcleo da pesquisa
permanece: a concepção, nomeação e classificação dos grupos religiosos e sua perspectiva social.

O capítulo II, nas páginas 28 e 29 revela com objetividade o alcance descritivo das
preposições dimensionais das diversas classificações da religião, construídas a partir de elementos
relacionados entre si e da própria expressão que determina sua significação. Entenda-se que esta
classificação não é suficiente para acoplar todas essas ligações ao conceito geral de forma
determinante, pela flexibilidade que exige o tema, que é composto por pesos diferentes em cada
uma destas terminações dimensionais.

É razoável entender que esta leitura cria uma conectividade entre o autor e o leitor do
texto que vai além dos conceitos e classificações metodológicas para ampliação do entendimento
das dimensões religiosas e suas ligações sociais, considerando seu poder (religião) que revela a
autoconstrução e desenvolvimento desde as eras mais remotas, permeando sobre as demais
ciências, numa juntura antropológica resistente ao tempo e em meio ao processo de comunicação
das civilizações dada sua totalidade exposta, e disponível. Contestável para alguns e ao mesmo
tempo incontestável para outros, afirmando sua soberania entre os povos a torna tão dinâmica que
é preciso reconhecer sua autonomia, apesar de suas classificações serem manifestações
científicas, sua essência ainda é um mistério, o que para alguns a religião e sua força que exerce
sobre os povos, é mais contundente expressão do cosmos, para outros é a ponte que os permite
alcançar o Deus revelado na cruz vazia.