Você está na página 1de 1

EMEF CAMPOS DO CRISTAL — AVALIAÇAO DE FILOSOFIA

Aluno(a): ________________________________________________
Turma:____ Data: __________Trimestre:______________________

1. Complete as frases abaixo a partir do conteúdo estudado em sala:


a) Cobravam altas taxas pelos seus ensinamentos e pouco se importavam se aquilo que diziam era ou não verdadeiro. Esses filósofos
eram os ...................................
b) Para ................................., o homem é a medida de todas as coisas.
c) Inscrição contida no templo do deus Apolo e que Sócrates adotou como lema e princípio de toda sua
vida: .......................................................................
d) Frase que resume o pensamento de Sócrates: ..................................................................................................................................
e) Ao trabalho que consistia em despertar no discípulo as suas próprias ideias para que ele pudesse aprender por si mesmo, Sócrates
dava o nome de .................................
2. Marque com um X a opção correta:
a) Pela frase “Conhece-te a ti mesmo”, podemos concluir que a filosofia socrática:
(...) Tinha como objetivo conhecer todas as coisas para depois conhecer o homem.
(...) Pregava que o homem deveria primeiro se autoconhecer para depois compreender o mundo.
(...) Pregava que não era necessário conhecer o mundo, apenas conhecer a si mesmo.
b) Com relação aos sofistas, é correto afirmar que:
(...) Os sofistas não acreditavam na verdade absoluta, para eles o importante era conseguir convencer os outros de suas ideias.
(...) Os sofistas acreditavam que uma boa argumentação era a única maneira de se chegar à verdade absoluta.
(...) Os sofistas acreditavam que através dos argumentos era possível se chegar à melhor solução em casa caso.
3. Por que Sócrates não gostava dos sofistas?

4. Marque V (verdadeiro) ou F (falso) com relação ao pensamento de Platão.


(...) Para Platão, o que não muda são as ideias, das quais as coisas são meras cópias.
(...) Segundo Platão, a única maneira de descobrirmos a verdade absoluta é recorrer aos nossos sentidos.
(...) Segundo Platão, temos em nós duas partes: um corpo mortal e uma alma imortal, que tem origem no mundo das ideias.
(...) Segundo Platão, não existem verdades absolutas, mas apenas verdades relativas, que mudam com o passar do tempo e de uma
cultura para a outra.
(...) Platão acreditava que a arte era útil para adquirirmos um conhecimento maior do mundo, pois ela imitava diretamente as ideias.
5. Sobre o Mito da Caverna, de Platão, é correto afirmar que
a) O Mito da Caverna mostra claramente que o verdadeiro conhecimento não vem do mundo inteligível, mas de nossos sentidos (do
mundo sensível).
b) Segundo o Mito da Caverna, é impossível atingir o conhecimento, pois estamos para sempre acorrentados, tal qual os prisioneiros,
em nossos sentidos.
c) O interior da caverna representa o mundo dos sentidos, isto é, uma cópia de tudo que existe fora da caverna (a fogueira cópia do sol;
as estátuas cópia dos seres que vivem fora).
d) O prisioneiro que decide fugir da caverna representa as pessoas comuns, já os prisioneiros que nela permanecem representam os
filósofos, que buscam o conhecimento.
6. Marque V (verdadeiro) ou F (falso) com relação a Aristóteles
(...) Para Aristóteles existe um único mundo, este em que vivemos.
(...) Aristóteles acreditava no mundo das ideias de Platão, dizendo que o que está além de nossa experiência é o verdadeiro
conhecimento.
(...) As coisas ou características que ocorrem por acaso são chamadas de “acidentes” por Aristóteles.
(...) Aristóteles foi mestre de Platão, mas ao contrário dele, ele acreditava na existência do mundo das ideias.
7. Por que Aristóteles afirma que conhecer é conhecer as causas?