Você está na página 1de 8

Schulz S.A.

Companhia Aberta

CNPJ/MF nº 84.693.183/0001-68

RELATÓRIO DE ADMINISTRAÇÃO 1º TRIMESTRE DE 2009

Senhores Acionistas,

A Administração da Schulz S.A. (“Schulz”), em observância aos preceitos


legais, submete à apreciação de V.Sas. os fatos e eventos relevantes do
ano, acompanhados das Demonstrações Financeiras relativas ao primeiro
trimestre de 2009.

Mensagem da Administração

Em um trimestre marcado por retração econômica, a Schulz manteve seu


foco em garantir o equilíbrio operacional com o desempenho das vendas
das Divisões Automotiva e Compressores. Com isso, alcançamos um
resultado operacional líquido (depois do resultado financeiro) positivo de R$
2,3 milhões e EBITDA de R$ 11,7 milhões, com margem de 15,1%.

Esses resultados refletem a decisão acertada de ajustarmos nossa estrutura


operacional e nossos custos diante do atual contexto nacional e
internacional, com vistas à geração de melhores resultados para os nossos
acionistas.

Seguindo essa diretriz, outro destaque do trimestre foi a neutralização dos


efeitos financeiros provisionados, o que nos proporcionou reduzir
significativamente nossas despesas financeiras e, como conseqüência, obter
lucro líquido de R$ 1,6 milhão.

Com relação ao desenvolvimento de novos produtos, vale destacar o


lançamento de novos compressores da linha odontológica isentos de óleo,
com vários modelos e configurações, além de produtos das linhas hobby e
serviços. Nossa participação (share) no mercado Brasileiro e na América
Latina foi de crescimento.

Na Divisão Automotiva, apesar do aumento das vendas de automóveis nos


três primeiros meses do ano proporcionado pela redução do IPI, não
produziu os efeitos positivos no nosso segmento de atuação(transportes
pesados: caminhões, tratores e máquinas agrícolas). Entretanto há
expectativas de melhora no 2º semestre com a redução dos estoques ainda
elevados.
Assim, em que pesem os impactos diretos no segmento automotivo
proporcionados pela crise internacional, nossa adequada estrutura
operacional somada aos ajustes de custos e de despesas, nos colocam em
uma posição sólida no mercado e preparados para retomar o crescimento
frente às perspectivas de melhoria do cenário macroeconômico.

Perfil Corporativo
A Schulz S.A., por meio da Divisão Automotiva e da Divisão Compressores,
produz e comercializa peças e componentes para a indústria automotiva
pesada e compressores de ar para uso industrial, profissional e doméstico.

Localizado em Joinville (SC), seu parque industrial está equipado segundo


padrões mundiais de tecnologia, com instalações certificadas conforme
normas ambientais e de gestão da qualidade, tanto no segmento da Divisão
Automotiva como da Divisão Compressores. A Companhia também conta
com uma atuante equipe de pesquisa e desenvolvimento, além de precisos
sistemas de controle de qualidade para garantir a evolução contínua dos
processos produtivos, da tecnologia empregada e da qualidade dos
produtos.

Com uma gestão orientada para o aumento da produtividade e a eliminação


de desperdícios, a Schulz foca sua produção em peças automotivas de alto
valor agregado, assim como na linha de compressores de ar. Esta última, na
condição de fornecedora mundial de soluções para ar comprimido, constitui-
se como líder nesse segmento na América Latina.

Engenharia
A equipe de Pesquisa e Desenvolvimento da Schulz constitui um diferencial
determinante para a qualidade e atualização contínuas. Seu foco de atuação
está na elaboração de estudos e acompanhamento de tendências
tecnológicas para atender as demandas específicas do mercado e dos
clientes. Por meio de convênios de troca de conhecimento com vários
centros tecnológicos, acadêmicos e de design no mundo inteiro, as novas
técnicas são colocadas em prática em laboratório próprio.

Na Schulz Automotiva, um corpo técnico altamente qualificado conta com


modernas máquinas, ferramentas e recursos extraordinários de software em
3D para garantir o melhor desenvolvimento dos processos aos clientes.

Por ser a líder na fabricação e comercialização de compressores na América


Latina, a Divisão Compressores antecipa tendências tecnológicas com o
apoio de uma equipe multidisciplinar que utiliza as mais avançadas
ferramentas de projetos auxiliados por computadores e softwares
(CAD/CAM/CAE) disponíveis no mercado, assegurando autonomia e
agilidade no atendimento às necessidades do mercado.

Controle de qualidade
Os produtos Schulz são reconhecidos pela alta confiabilidade. Para
assegurar os padrões globais de qualidade em seus produtos, a Companhia
controla os processos de todo o ciclo produtivo, desde a seleção de
fornecedores, com testes nas matérias-primas, até a finalização, com
rigorosas verificações de segurança, desempenho e durabilidade, seguindo
todas as normas e regulamentações existentes. A gestão da qualidade da
Divisão Automotiva está certificada conforme a Norma ISO/TS 16949:2000 e
ISO 14001, e a Divisão Compressores possui certificação ISO 9001:2000,
IRAM (Instituto Argentino de Normalização e Certificação), UL (Underwriters
Laboratories, Inc.) e ASME (American Society of Mechanical Engineers).

Negócios
Divisão Automotiva
Produz e fornece soluções em componentes e conjuntos automotivos e
mecânicos para o setor automotivo pesado, tendo como principais clientes,
alguns dos mais importantes fabricantes mundiais de veículos pesados,
como caminhões, ônibus, pick-ups LCV’s, máquinas agrícolas, tratores,
entre outros.

Com forte representação da empresa no mercado externo, a Divisão foi


responsável no 1T09 por 77% da receita de exportações consolidada da
Schulz, em comparação aos 86% do 1T08.

Divisão Compressores
Produz e fornece compressores de ar de pistão, de parafuso e de diafragma,
com as mais diversas aplicações no mercado nacional e internacional.
Reconhecidos como produtos da mais alta confiabilidade desenvolvidos com
tecnologia focada em eficácia, eficiência, segurança e menor custo
benefício, os compressores Schulz têm ampla aplicação nos mais diversos
setores da indústria e do serviço, e também para uso doméstico (Hobby).

No 1T09, o destaque foi o lançamento da nova linha de compressores


odontológico isentos de óleo, com vários modelos e configurações, além de
produtos das linhas hobby e serviços.

Rede de atendimento
A Companhia mantém, ainda, a maior rede de assistência técnica conhecida
no mundo, com cerca de 400 assistentes em 475 pontos de assistência
técnica no Brasil e no exterior, com avançado sistema eletrônico de
comunicação.

Desempenho Econômico e Financeiro

Receita Operacional Bruta


A receita operacional bruta da Schulz no 1T09 totalizou R$ 99,0 milhões,
redução de 24,2% quando comparada aos R$ 130,6 milhões obtidos em
2008. Essa redução está diretamente relacionada à redução das
exportações da Companhia no período, como resultado da desaceleração da
economia mundial, com impactos diretos no segmento automotivo global.
As exportações totalizaram US$ 5,7 milhões no 1T09, comparadas a US$
14,9 milhões obtidos no mesmo período do ano anterior. Diversas ações de
cunho comercial que vêm sendo implementadas pela Schulz no mercado
externo, devem surtir efeito somente a partir do 2º semestre de 2009,
principalmente em razão da sua complexidade, com destaque para projetos
de migração – nos quais o cliente passa a contar com a Schulz como
fornecedora de itens já existentes, onde é necessário implementar toda a
transição.

Custo dos Produtos Vendidos


O custo dos produtos vendidos totalizou R$ 57,3 milhões no 1T09, valor
23,1% inferior ao montante somado no 1T08, em linha com a variação da
receita bruta. Na comparação com o 4T08, a queda do CPV foi menor que a
queda na receita bruta, refletindo os custos extraordinários e expressivos
com as rescisões, por conta da redução do quadro de pessoal. A ociosidade
operacional, principalmente da Div. Automotiva, também contribuiu para a
evolução do custo.

Lucro Operacional Bruto


Como resultado dos fatores apresentados, o lucro operacional bruto atingiu
R$ 20,0 milhões no 1T09, valor 35,0% inferior aos R$ 30,8 milhões obtidos
no 1T08.

Despesas/Receitas Operacionais
As despesas operacionais, compostas principalmente pelas despesas com
vendas, reduziram-se em 23,1%, em linha com a variação da receita
operacional bruta, totalizando R$ 13,3 milhões.

Despesas Administrativas
As despesas administrativas apresentaram aumento de 10,9% na
comparação anual (1T09 x 1T08), totalizando R$ 3,7 milhões. Esse aumento
reflete principalmente com os novos custos de manutenção do novo
software(ERP) implantado em 2008, e o aumento da equipe de TI para
atender a demanda operacional de forma geral, seja para estabilizar o
sistema e seus respectivos programas, e a implementação das inovações
contempladas quando da migração.

Já na comparação trimestral (1T09 x 4T08), essas despesas apresentaram


redução de 32,1%, atestando os esforços da Companhia na adequação de
sua estrutura para o cenário de retração apresentado no período.

Despesas com Vendas


As despesas com vendas somaram R$ 10,4 milhões no 1T09, redução de
23,9% quando comparadas com os R$ 13,7 milhões obtidos no 1T08, em
linha com a variação da receita bruta. Na comparação trimestral (1T09 x
4T08), essa queda foi ainda maior, de 36,4%, superior à queda da receita
bruta no mesmo período.

Resultado operacional líquido antes do resultado financeiro


Como efeito do exposto, no 1T09 a Schulz obteve resultado operacional
líquido positivo de R$ 6,7 milhões antes do resultado financeiro.

Resultado financeiro líquido


Merece destaque o fato de que as despesas financeiras apresentaram
queda de 76,4% no 1T09 quando comparadas ao montante registrado no
4T08.

Resultado operacional líquido depois do resultado financeiro


Mesmo com a queda nas receitas e os efeitos das despesas financeiras
acima descritas, o lucro operacional líquido da Schulz foi positivo em R$ 2,3
milhões, revertendo os resultados negativos obtidos no 3º e 4º trimestre de
2008.

EBITDA
O EBITDA totalizou R$ 11,7 milhões no 1T09, com margem EBITDA de
15,1%. A Companhia está empenhada em reduzir despesas de toda ordem,
de forma a garantir o equilíbrio operacional com o atual desempenho de
vendas e produção.
Resultado Líquido
No primeiro trimestre de 2009, a Schulz apresentou resultado líquido
positivo de R$ 1,6 milhão, em comparação com lucro líquido de R$ 5,3
milhões obtidos no 1T08. Apesar de a Companhia ter conseguido neutralizar
os efeitos financeiros provisionados - reduzindo substancialmente as
despesas financeiras que impactaram negativamente o resultado do 4T08 -,
a queda na demanda, ao longo do primeiro trimestre, principalmente da
indústria automotiva pesada tanto no mercado interno como no mercado
externo impactou diretamente os resultados.

Investimentos
Os investimentos contabilizados no 1T09 expressam praticamente a
contabilização dos adiantamentos realizados em 2008, com a entrada dos
equipamentos adquiridos, assim como alguns investimentos destinados à
manutenção. Enquanto perdurar o atual cenário econômico, os novos
investimentos serão liberados exclusivamente para os itens que gerem
faturamento imediato, tanto na Divisão Automotiva como na Divisão
Compressores.
Fluxo de caixa
A geração de caixa foi considerada adequada para o período em análise,
além de outros US$ 11 milhões de cambiais livres, inclusos no contas a
receber.

Recursos Humanos
Possibilitar o desenvolvimento profissional dos colaboradores, por meio de
programas de treinamento e capacitação, é um dos pilares da gestão de
recursos humanos da Schulz. Em 31 de março de 2009, a Companhia
contava com 1.878 colaboradores.

Responsabilidade Socioambiental
O sistema de gestão dos negócios da Schulz está voltado para a
manutenção da qualidade dos produtos, a valorização das pessoas – sejam
funcionários, clientes ou a comunidade – e para a preservação do meio
ambiente. A Companhia atende às exigências da legislação ambiental
quanto ao tratamento de resíduos em suas instalações, previsto na Política
de Qualidade e do Meio Ambiente da empresa, bem como utiliza o Manual
de Gestão Ambiental para Fornecedores para atestar a qualidade das
matérias-primas quanto à preservação ambiental.

Entre as ações praticadas de responsabilidade da Schulz, destacam-se:

• Foco no cliente e direcionamento das atividades de forma a atender


seus requisitos;
• Desenvolvimento das competências dos colaboradores e
implementação de ações para aumentar seu envolvimento,
motivação e satisfação;
• Construção de um relacionamento de benefícios mútuos com
fornecedores;
• Desenvolvimento responsável dos produtos e processos, com
planejamento e implementação de ações que previnam a poluição e
considerem a necessidade de preservação dos recursos naturais e de
redução dos impactos ambientais das atividades;
• Atendimento à legislação e aos requisitos ambientais aplicáveis;
• Comunicação com as partes interessadas sobre as ações e resultados
relevantes referentes à gestão ambiental;
• Promoção da conscientização ambiental na cadeia produtiva e entre
os stakeholders.

As medidas socioambientais da Schulz, bem como seus resultados, são


monitoradas periodicamente por empresas independentes como forma de
avaliar a eficiências das ações adotadas na preservação do ambiente
interno e externo, além de identificar novas demandas dessa natureza.

Perspectivas
Divisão Automotiva
Apesar da retração do cenário econômico nesse primeiro trimestre, as
perspectivas são de retomada gradativa a partir do segundo semestre do
ano, quando os estoques existentes deverão estar compatíveis com a nova
realidade de demanda. Os financiamentos para o consumidor final estão
voltando aos poucos à normalidade, porém os efeitos na indústria serão
mais lentos por conta dos estoques atuais nas revendedoras de veículos
pesados. A Companhia acredita ser possível aumentar a sua participação,
tanto no mercado interno como no mercado externo, ainda neste ano.

Divisão Compressores
O cenário para a Divisão Compressores é extremamente positivo, com
previsão de crescimento em relação à 2008, em função da reestruturação
comercial, adicionada aos novos produtos lançados no primeiro trimestre,
que já estão garantido um bom desempenho e aumento na participação no
mercado interno.

Agradecimentos
A Schulz agradece mais uma vez a todos aqueles que participaram, direta
ou indiretamente, do seu crescimento – acionistas, colaboradores, clientes,
fornecedores e instituições financeiras, e reitera o compromisso com o
desempenho rentável e sustentável.

A Administração

Você também pode gostar