Você está na página 1de 11

ROTEIRO

Aula 01: Finalidades e funções da tributação

Temas:

a) Função fiscal, indutora e distributiva


b) Curva de Laffer
c) Transformar e conservar
d) Extrafiscalidade: caráter teleológico ou fático (efeitos)
e) Caráter teleológico: intenção legal ou do legislador?
f) Simplificar. Praticidade da tributação. Função autônoma?

Leitura obrigatória

SCHOUERI, Luis Eduardo. Direito Tributário. São Paulo, Saraiva, 2011. Capítulo I –
Estado Fiscal e tributação.

Leitura complementar

I - BECKER, Alfredo Augusto. Teoria Geral do Direito Tributário. Parágrafos 1º e 2º


do Capítulo V da Quinta Parte – Tributação Extrafiscal. São Paulo, Noeses, 2007.
II - CALIENDO, Paulo. Direito Tributário e Análise Econômica do Direito: uma visão
crítica. Rio de Janeiro, Elsevier, 2009.
III - BOBBIO, Norberto. Da estrutura à função. Barueri, Manole, 2007.
IV - MOSQUERA, Roberto Quiroga. Tributação e Política Fiscal. In: Congresso
Nacional de Estudos Tributários: Segurança Jurídica na Tributação e Estado de Direito.
São Paulo, Noeses, 2005. Pág. 557-580.
V – CASTRO, Marcus Faro de. Direito, tributação e economia no Brasil: aportes da
análise jurídica da política econômica. Revista da PGFN. Brasília, PGFN, 2011, 2: 23-
51.
VI - FOLLONI, André & DIB, Natália Brasil. Função promocional do direito e as
novas exigências da pesquisa científica em direito tributário. Congresso Nacional do
CONPEDI/UFPB (23, 2014, Paraíba): Direito Tributário II. Florianópolis, CONPEDI,
2014; p. 117-132.
VII – LAFFER, Arthur B. The Laffer Curve: Past, Present, and Future. Washington,
Heritage Foundation, 2004.
VIII – FGV. Reforma da Discriminação Constitucional de Rendas (anteprojeto).
Fundação Getúlio Vargas, Comissão de Reforma do Ministério da Fazenda, 1965. Os
Cinco capítulos do “Fundamentos da Reforma”. Acesso em
<http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/handle/10438/12424>
Aula 02: Tributação – pilar liberal

Temas:

a) Tributação em Adam Smith


b) Livre concorrência e coisa julgada
c) Neutralidade tributária
d) O art. 146-A da CF
e) Tributação e princípios da ordem econômica
f) Falhas de mercado e tributação
g) Externalidades: Imposto de Pigou
h) Tributação sobre a folha de salários e o princípio da busca do pleno emprego
i) Incentivos setoriais: análise crítica

Leitura obrigatória

ARIENTI, Wagner Leal. A Teoria Tributária de Adam Smith: uma revisão.


Disponível em
<https://periodicos.ufsc.br/index.php/economia/article/viewFile/6565/6041>

Leitura complementar

I - MANKIW, N. Gregory. Introdução à Economia. São Paulo, Cengage Learning,


2008. Capítulo 10 – Externalidades: pág. 203-217.
II - SILVEIRA, Rodrigo Maito. Tributação e Concorrência. São Paulo, Quartier Latin,
2011.
III - BRAZUNA, José Luis Ribeiro. Defesa da Concorrência e Tributação. São Paulo,
Quartier Latin, 2009.
IV - SCHOUERI, Luis Eduardo. Direito Tributário. São Paulo, Saraiva, 2011. Capítulo
VII - Item 9 – Princípios da Ordem Econômica e tributação.
V - SCAFF, Fernando Facury. Efeitos da Coisa Julgada em Matéria Tributária e Livre
Concorrência. In: Grandes questões atuais do direito tributário, 9º volume. São Paulo,
Dialética, 2005.
VI - MISES, Ludwig von. Ação Humana. São Paulo, Instituto Ludwig von Mises
Brasil, 2010. Capítulo 28 – O intervencionismo via tributação. Acesso em <
http://www.mises.org.br/files/literature/A%C3%A7%C3%A3o%20Humana%20-
%20WEB.pdf>
VII - HAYEK, Friedrich Von August. Os fundamentos da liberdade. São Paulo: Visão,
1983. Capítulo XX – Taxação e Redistribuição. Acesso em:
<https://portalconservador.com/livros/Friedrich-Hayek-Os-Fundamentos-Da-
Liberdade.pdf>

Aula 03: Tributação – pilar social


Temas:

a) Tributação e solidariedade social.


b) Tributação da família
c) Tributação do setor de saúde
d) Tributação do setor de educação
e) Tributação e seguridade social
f) Incentivos à cultura
g) Incentivos ao desporto

Leitura obrigatória

GRECO, Marco Aurélio. Solidariedade Social e Tributação. In: Solidariedade Social e


Tributação. São Paulo, Dialética, 2005.

Leitura complementar

I HORVATH, Estevão & PEREIRA, Júlio C. Notas sobre incentivo fiscal à cultura.
In: Congresso Nacional de Estudos Tributários: Direito Tributário e os conceitos de
direito privado. São Paulo, Noeses, 2010. Pág. 345-364.
II - MENDES, Guilherme Adolfo & DINIZ, Gustavo Saad. Fundações de apoio às
Universidades: aspectos tributários. In: Direito Tributário e Educação. São Paulo, MP
Editora, 2013. Pág. 335-348.
III - ÁVILA, Humberto. Sistema Constitucional Tributário. São Paulo, Saraiva, 2010.
Parte III, 2, (2), (g), (O princípio da igualdade e a proteção do casamento e da família).
Aula 04: Instrumentos jurídico-tributários para a indução de condutas

Temas:

a) Competência tributária x competência regulatória


b) Extrafiscalidade e as espécies tributárias: há tributos fiscais e tributos extrafiscais?
c) Controle na concessão de incentivos fiscais
d) Isenção e institutos afins (imunidade, não incidência, alíquota zero, remissão)
e) Incentivos, favores e benefícios: há diferenças semânticas juridicamente relevantes?
f) A concessão de incentivos fiscais é sempre uma faculdade do legislador? Tais
incentivos podem ser livremente revogados?
g) Revogação de isenções: efeitos. Revogação de outras regras mitigadoras da
tributação: efeitos jurídicos.
h) Incentivos no ICMS e “guerra fiscal”.

Leitura obrigatória

O artigo “Regime Constitucional da Extrafiscalidade” (no prelo) de Guilherme Adolfo


dos Santos Mendes.

Leitura complementar

I - CORREIA NETO, Celso de Barros. O avesso do tributo: incentivos e renúncias


fiscais no direito brasileiro. Tese de Doutorado em Direito. São Paulo, USP, 2012.
Capítulo VI.
II - SCHOUERI, Luis Eduardo. Normas tributárias indutoras e intervenção econômica.
Rio de Janeiro, Forense, 2005. Item 2.3.2 Espécies tributárias, suas causas e as normas
tributárias indutoras; pág. 155-203.
III - BORGES, José Souto Maior. Teoria Geral da Isenção Tributária. São Paulo,
Malheiros, 2010.
IV - PEIXOTO, Daniel Monteiro. Guerra fiscal via ICMS: controle dos incentivos
fiscais e o casos “FUNDAP” e “COMUNICADO CAT n º 36/2004”. In: Incentivos
Fiscais: questões pontuais nas esferas federal, estadual e municipal. São Paulo, MP
Ed., 2007.
Aula 05: Tributação do comércio exterior

Temas:

a) Tributos incidentes sobre o comércio exterior


b) Incentivos no comércio exterior. Há um vetor hermenêutico constitucional dirigido
ao estímulo às exportações e desestímulo às importações?
c) Histórico da jurisprudência do STF e das modificações constitucionais acerca do
ICMS nas importações.
d) IPI nas importações.
e) O imposto sobre exportações. Por que hoje é adotado em raras hipóteses? Quais
razões orientam a sua incidência atualmente no Brasil?
f) Incentivos fiscais à produção nacional em detrimento do produto estrangeiro e
tratados internacionais.

Leitura obrigatória

MEIRA, Liziane Angelotti. A tributação da importação nos tribunais superiores: IPI,


ICMS e PIS/COFINS. In: Congresso Nacional de Estudos Tributários, Sistema
Tributário Brasileiro e as Relações Internacionais. São Paulo, Noeses, 2013. Pág. 687 a
710.

Leitura complementar

I - BRITO FILHO, Washington Juarez de. Tese de Doutorado em Direito. O princípio


de não-discriminação tributária no comércio internacional de bens. São Paulo, USP,
2011.
II - MANKIW, N. Gregory. Introdução à Economia. São Paulo, Cengage Learning,
2008. Capítulo 9 – Comércio Internacional: pág. 175-179.
III - PONCIANO, Niraldo José; CAMPOS, Antonio Carvalho. Eliminação dos
impostos sobre as exportações do agronegócio e seus efeitos no comportamento da
economia. Rev. Bras. Econ. v.57 n.3 Rio de Janeiro jul./set. 2003.
Disponível em <http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71402003000300006>
Aula 06: Direito Tributário ambiental

Temas:

a) Política ambiental: indução x proibição


b) Princípio do Poluidor-Pagador
c) Cide-combustíveis e destinação de recursos para projetos ambientais
d) Tributos ambientais e competência tributária
e) Taxas de fiscalização ambiental e princípio do livre tráfego
f) Pedágio urbano como tributo orientado pela questão ambiental

Leitura obrigatória

FORTES, Fellipe Cianca & BASSOLI, Marlene Kempfer. O regime jurídico tributário-
ambiental a partir da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988.
Congresso Nacional do CONPEDI (17, 2008, Brasília, DF). Florianópolis, Fundação
Boiteux, 2018; p. 1.168-1.183.

Leitura complementar

I - TORRES, Heleno Taveira. A Cide-combustíveis e o Emprego da sua Arrecadação


em Medidas Ambientais. In: Grandes questões atuais do direito tributário, 9º volume.
São Paulo, Dialética, 2005.
II - COSTA, Regina Helena. Apontamentos sobre a tributação ambiental no Brasil. In:
Direito Tributário Ambiental. São Paulo, Malheiros, 2005.
III - RIBAS, Lídia Maria Lopes Rodrigues. Defesa ambiental: utilização de
instrumentos tributários. In: Direito tributário ambiental. São Paulo, Malheiros, 2005.
IV - OLIVEIRA, José Marcos Domingos de. Meio ambiente – tributação e vinculação
de impostos. Revista de Direito Tributário. São Paulo, Revista dos Tribunais, 1991,
56:84-91.
V - CAVALCANTE, Denise Lucena. Tributação Ambiental e aspectos da
extrafiscalidade. In: Congresso Nacional de Estudos Tributários, Sistema Tributário
Brasileiro e as Relações Internacionais. São Paulo, Noeses, 2013. Pág. 1.123-1.141.
VI – PAULA, Leonardo Nascimento de & BRAGA, Sérgio Alexandre de Moraes.
Análise do princípio da não-afetação de tributos frente à implementação de uma
tributação ambiental no Brasil. Congresso Nacional do CONPEDI/UNINOVE (22,
2013, São Paulo, SP): Direito Tributário. Florianópolis, FUNJABI, 2013; p. 389-415.
VII – LAGEMANN, Eugenio. Tributação ecológica. Ensaios FEE, Porto Alegre, V 23,
n 1, p 301-324, 2002.
Aula 07: Tributação favorecida das pequenas empresas

Temas:

a) Histórico da tributação favorecida no Brasil


b) Disposições constitucionais sobre o favorecimento às pequenas empresas
c) Os meios tributários e não tributários de favorecimento
d) O conceito jurídico de empresa para fins do favorecimento
e) o conceito jurídico de pequena para fins do favorecimento
f) O caráter teleológico da tributação favorecida: escopos econômicos e sociais
g) Efeitos jurídicos do tratamento constitucional favorecido
h) Relações fáticas e jurídicas entre pequenas e grandes empresas
i) Vantagens e desvantagens das pequenas empresas em relação às grandes.
j) Simples Nacional: apresentação, críticas ao sistema.

Leitura obrigatória

MENDES, Guilherme Adolfo dos Santos. Simples Nacional: análise da


constitucionalidade das exclusões setoriais. In: III Encontro de Internacionalização do
CONPEDI: Participação, Democracia e Cidadania na perspectiva do Direito
Iberoamericano, 2015, Madrid. Madrid, Conpedi & Universidad Complutense de
Madrid, 2015.

Leitura complementar

I - ATERIDO, Reyes [et al]. Big Constraints to Small Firms’ Growth? Business
Environment and Employment Growth across Firms. World Bank, Working Paper,
2009. <www.worldbank.org>
II - FREEDMAN, Judith. Reforming the Business Tax System: Does Size Matter?
Fundamental Issues in Small Business Taxation." In C.Evans and R.Krever (eds)
Australian Business Tax Reform in Retrospect and Prospect (The Institute of Chartered
Accountants in Australia/ Thomson Reuters (Professional) Australia, 2009). Disponível
em http://denning.law.ox.ac.uk/tax/documents/Ref.Bus.Tax.03.09.09.pdf;
III - GUERREIRO, Mariana de Loiola. Empresas de micro e de pequeno porte - regime
constitucional e tributário. Dissertação de Mestrado. São Paulo, PUCSP, 2006.
IV - MONTAÑO, Carlos E. Microempresa na era da globalização: uma abordagem
histórico-crítica. São Paulo, Cortez, 1999.
V - OECD (OCDE). Taxations and Small Businesses. Paris, OECD, 1994.

Aula 08: Tributação, política urbana e fundiária

Temas:

a) IPTU - critérios constitucionais de gradação quantitativa e o seu caráter teleológico


b) IPTU - progressivo no tempo: tributo ou sanção? Relevância para a definição do seu
regime jurídico.
c) Contribuição de melhoria e política urbana
d) ITR – critérios constitucionais de gradação quantitativa e o seu caráter teleológico.
e) ITR – sua incidência é efetiva?
f) ITR – imposto apenas territorial (não é predial), por quê?
g) Tributação (imposto de renda) da atividade rural.

Leitura obrigatória

MENDES, Guilherme Adolfo dos Santos & HALAH, Lucas Issa. Reconhecimento dos
gastos com a formação de culturas para fins de tributação do IRPJ. In: XII Congresso
Nacional de Estudos Tributários, 2015, São Paulo. São Paulo, Editora Noeses, 2015. p.
557-580.

Leitura complementar

I - COIMBRA, Marcelo de Aguiar. Fundamentos Constitucionais da Justiça Fiscal no


Campo: em defesa da tríade liberdade econômica, capacidade contributiva e
preservação do meio ambiente. In: Tributação no Agronegócio. São Paulo, Quartier
Latin, 2005.
II - FERNANDES, Cintia Estefania. A função constitucional da propriedade e a
tributação imobiliária. In: Congresso Nacional de Estudos Tributários: derivação e
positivação no direito tributário. São Paulo, Noeses, 2011. Pág. 289-308.
III - CARMO, Aendria de Souza. Contribuição de Melhoria: tributo justo e pouco
aplicado, mas valioso aos fundamentos e objetivos constitucionais. Congresso Nacional
do CONPEDI/UFPB (23, 2014, Paraíba): Direito Tributário I. Florianópolis,
CONPEDI, 2014; p. 157-183.
IV - NUNES, Rafael Alves & BERNARDES, Flávio Couto. A ausência da correção
monetária da base de cálculo do IPTU e a renúncia de receita na lei de
responsabilidade fiscal. Congresso Nacional do CONPEDI/UFPB (23, 2014, Paraíba):
Direito Tributário II. Florianópolis, CONPEDI, 2014; p. 6-33.
V - SILVA, Moisés Giacomelli Nunes da. Da tributação da propriedade rural. In:
Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural. São Paulo, MP Ed., 2012.
VI - SABBATO, Alberto Di. A Intervenção no Mercado de Terras Rurais no Brasil:
um estudo sobre o crédito fundiário e o imposto territorial rural no período 1997-2002.
Tese de Doutorado em Ciências Sociais. Seropédica (RJ), UFRRJ, 2008. Capítulo II:
Tributação da Terra Agrícola.

Aula 09: Tributação e desigualdades sociais e regionais

Temas:

a) Desigualdade de renda: fator favorável ou desfavorável ao desenvolvimento


econômico?
b) Incentivos regionais: zona franca de Manaus.
c) Imposto sobre Grandes Fortunas
d) ITCMD: qual é o caráter teleológico de o Senado impor alíquota máxima aos Estados
e DF?
e) IPVA: qual é o caráter teleológico de o Senado impor alíquota mínima aos Estados e
DF?
f) ICMS: tributação na origem ou no destino? Vantagens e desvantagens e
desigualdades regionais.

Leitura obrigatória

GOBETTI, Sérgio Wulff. Tributação do Capital no Brasil e no Mundo. Texto para


discussão. Brasília, IPEA, 2018.
Disponível em:
http://www.ipea.gov.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=33106
&Itemid=433. Acesso em 29/05/2018.

PIKETTY, Thomas. O Capital no Século XXI. Rio de Janeiro, Intrínseca, 2014.


Capítulos 13 (Um Estado social para o século XXI), Capítulo 14 (Repensar o imposto
progressivo sobre a renda) e Capítulo 15 (Um imposto mundial sobre o capital).

Leitura complementar

I - MANKIW, N. Gregory. Introdução à Economia. São Paulo, Cengage Learning,


2008. Capítulo 20 – Desigualdade de renda e pobreza: pág. 429-449.
II - ROMÃO, Maurício Costa. Distribuição de Renda, Pobreza e Desigualdades
Regionais no Brasil. In: Distribuição de Renda no Brasil. Rio de Janeiro, Paz e Terra,
1991. Pág. 97-120.
III - MENDES, M. J. Desigualdade e Crescimento: uma revisão da literatura. Brasília:
Núcleo de Estudos e Pesquisas/CONLEG/Senado, ago/2013 (Texto para Discussão nº
131). Disponível em: www.senado.leg.br/nepleg. Acesso em 1º ago. 2013.
IV - MAZZA, Willame Parente. Globalização, neoliberalismo e a nova ordem
tributária. Congresso Nacional do CONPEDI/UNICURITIBA (22, 2013, Curitiba, PR):
Direito Tributário II. Florianópolis, FUNJABI, 2013; p. 124-146.
V - Macroeconomia para o desenvolvimento: crescimento, estabilidade e emprego.
Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Brasília, Ipea, 2010. Capítulo 8 (A evolução
da tributação brasileira no período de 1995 a 2008.
VI - GOMES, J.C. y CETRÁNGOLO, O. Tributación en América Latina: en busca de
una nueva agenda de reformas. Santiago de Chile, CEPAL, 2006. Tópico A4:
Principales problemas relacionados con la tributación sobre la renta y el IVA.
VII - GIUNTA, Aldeen Villas Boas; BOTELHO, Martinho Martins. A Redução das
Desigualdades Regionais no Brasil por Meio de Incentivos Fiscais na Zona Franca de
Manaus. ANIMA: Revista Eletrônica do Curso de Direito das Faculdades OPET.
Curitiba PR - Brasil. Ano III, nº 8, p. 58-75, jul/dez. 2012.
VIII - NABAIS, José Casalta. A face oculta dos direitos fundamentais: Os deveres e os
custos dos direitos. Revista da AGU, Brasília, v.1, 2001b
IX – ELALI, André. Incentivos fiscais, neutralidade da tributação e desenvolvimento
econômico: a questão da redução das desigualdades regionais e sociais. In: Incentivos
Fiscais: questões pontuais nas esferas federal, estadual e municipal. São Paulo, MP
Ed., 2007.
X - MISES, Ludwig von. Ação Humana. São Paulo, Instituto Ludwig von Mises Brasil,
2010. Capítulo 32 – Confisco e redistribuição. Acesso em <
http://www.mises.org.br/files/literature/A%C3%A7%C3%A3o%20Humana%20-
%20WEB.pdf>

Aula 10: Tributação sobre produção e consumo

Temas:

a) Seletividade e não cumulatividade


b) Tributação sobre fumo e bebidas: função predominantemente fiscal ou indutora?
c) Tributação sobre alimentos e remédios e o mínimo existencial.
d) Limites formais à concessão de incentivos fiscais do ICMS e do ISS. Há dever
constitucional de exercício da competência tributária desses dois impostos?
e) Por que impor aos municípios alíquotas mínimas e máximas para o ISS por meio de
lei complementar.
e) Relações entre as competências tributárias do IPI, ICMS e ISS.

Leitura obrigatória

MANKIW, N. Gregory. Introdução à Economia. São Paulo, Cengage Learning, 2008.


Impostos: pág. 124-131; e Capítulo 8 – Os Custo da Tributação: pág. 159-174.

Leitura complementar

I - BARRETO, Simone Rodrigues Costa. Incentivos fiscais no âmbito do ISS –


limites constitucionais. In: Congresso Nacional de Estudos Tributários: Sistema
Tributário Nacional e a Estabilidade da Federação Brasileira. São Paulo, Noeses, 2012.
P. 943-952.
II - BERNARDES, Flávio Couto & ELÓI, Pilar de Souza e Paula Coutinho. Afinal, o
que são tributos sobre o consumo?. Congresso Nacional do CONPEDI/UNINOVE (22,
2013, São Paulo, SP): Direito Tributário. Florianópolis, FUNJABI, 2013; p. 214-243.
III - MELO, José Eduardo Soares de. ICMS teoria e prática. São Paulo, Dialética,
2012.
IV - BARRETO, Aires Fernandino. ISS na Constituição e na lei. São Paulo, Dialética,
2005.

Aula 11: Tributação da moeda

Temas:

a) Imposto sobre o crédito, câmbio e seguro, e a regulação dos mercados financeiros.


b) Despesas de hedge e o imposto de renda
c) Imposto de renda sobre os ganhos no mercado financeiro: critérios de diferenciação
d) Tributação dos fundos de investimentos. Tipos de fundos de investimento e
incentivos fiscais.
e) Tributação da movimentação financeira (antigos IPMF e CPMF): vantagens fiscais e
desvantagens extrafiscais.

Leitura obrigatória

MENDES, Guilherme Adolfo. Tributação das Atividades Financeiras: contribuições à


seguridade social, o conceito de faturamento e a despercebida imunidade do ouro. In:
Congresso Nacional de Estudos Tributários. Sistema Tributário Brasileiro e as Relações
Internacionais. São Paulo, Noeses, 2013. Pág. 381 a 402.

Leitura complementar

I - SANTOS, João Victor Guedes. Teoria da Tributação e Tributação da Renda nos


Mercados Financeiro e de Capitais. São Paulo, Quartier Latin, 2013.
II - MANKIW, N. Gregory. Introdução à Economia. São Paulo, Cengage Learning,
2008. A legislação tributária deveria ser reformada para estimular a poupança?: pág.
822-825.
III - JUNQUEIRA, Lavinia Moraes de Almeida Nogueira. Conceito jurídico-tributário
de operação de “hedging”. In: O Direito Tributário e o mercado financeiro e de
capitais. São Paulo, Dialética, 2009.
IV - MOSQUEIRA, Roberto Quiroga. Direito Monetário e Tributação da Moeda. São
Paulo, Dialética, 2006.