Você está na página 1de 60

MQS

Magistral Quality System


Versão 1.0.8

Manual Operacional
Sumário
APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA ................................................................. 3
COMEÇANDO OS TRABALHOS COM O MQS .................................................. 4
CADASTRO DE EMPRESA .................................................................................. 5
CADASTRO DE SETORES .................................................................................. 8
CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS ........................................................................... 9
CONHECENDO A GUIA SETORES E ATRIBUIÇÕES ..................................................... 11
INFORMANDO OS RESPONSÁVEIS DE CADA SETOR .................................................. 14
VINCULANDO SUBSETORES AOS SETORES PRINCIPAIS ............................................. 16
VISUALIZANDO O ORGANOGRAMA ..................................................................... 18
CONFIGURAÇÕES GERAIS ......................................................................... 20
ACESSO .................................................................................................. 21
DOCUMENTOS ............................................................................................ 23
BANCO DE DADOS ....................................................................................... 26
DOCUMENTOS ........................................................................................... 28
GUIA MANUAL DE BOAS PRÁTICAS .................................................................... 29
GUIA DOCUMENTOS ..................................................................................... 30
JANELA REFERÊNCIAS ................................................................................... 30
JANELA DE EXIBIÇÃO DE DOCUMENTOS ............................................................... 32
EDIÇÃO DE DOCUMENTOS .............................................................................. 35
CRIAÇÃO E EDIÇÃO DE FLUXOGRAMAS NO DOCUMENTO ............................................. 39
MATRIZ DE RESPONSABILIDADES ............................................................ 41
INSTALAÇÃO DO MQS ............................................................................... 44
SERVIDOR ............................................................................................. 44
Configuração Mínima ............................................................................ 44
Configuração RECOMENDÁVEL ............................................................... 44
ESTAÇÃO DE TRABALHO........................................................................... 45
Configuração Mínima ............................................................................ 45
Configuração RECOMENDÁVEL ............................................................... 45
INÍCIO DO PROCESSO ................................................................................... 45
Servidor ............................................................................................. 46
Estação de Trabalho ............................................................................. 53
SUPORTE TÉCNICO ................................................................................... 59

2
Apresentação do programa
Construir um Sistema da Qualidade baseado na Regulamentação de Boas Práticas
de Manipulação em Farmácia pode parecer caminhar dentro de um labirinto! Se
você esta implementando as Boas Práticas, com certeza, sabe do que estamos
falando.

Para que você não se perca neste emaranhado de procedimentos e atinja seu
objetivo com rapidez e eficácia, é que criamos para você o MQS - Magistral
Quality System. Com ele ficou mais fácil atender a regulamentação do setor de
forma eficiente e também reduzir significativamente os riscos sanitários. Através de
um método inovador de Transferência Efetiva de Conhecimento (TEC), a
Alternate, em parceria com a Ortofarma e a GMP - Consultoria de Gestão,
desenvolveu o MQS - Magistral Quality System.

O MQS é um produto composto de duas partes: a primeira, um kit de


Documentação, auxilia as farmácias no desenvolvimento, adequação e implantação
de manuais, procedimentos, formulários e registros necessários ao sistema de
BPMF - Boas Práticas de Manipulação em Farmácias; e a segunda, composta por
um Software de Controle de Documentos, que otimiza todo o processo de
editoração, controle, revisão e distribuição de todos os documentos, reduzindo de
forma significativa o tempo despendido nestas atividades.

Em telas específicas do MQS você acessa toda a estrutura de documentação da sua


farmácia: Manual BPMF, Procedimentos do Sistema de Qualidade, POP's,
Formulários e Registros em geral. Quando um documento referenciar outro, você
poderá, através de “referências”, navegar entre todos os níveis da documentação.

Com os botões na parte superior da tela você pode revisar, alterar, incluir ou
mesmo excluir qualquer documento, além de poder criar novos “links” entre os
mesmos, de forma simples e eficiente (similar ao Microsoft Word).

Com o MQS você cadastra os dados da sua Empresa, os Setores e os Funcionários e


a cada documento revisado informa o responsável, setores e funcionários
envolvidos; obtendo no final, automaticamente, o Organograma da Farmácia e a
Matriz de Responsabilidade.

3
Começando os trabalhos com o MQS
Agora veremos os primeiros passos para começar a trabalhar com o MQS. Por uma
questão de praticidade e organização das tarefas, inicialmente veremos a opção
Organograma do menu.

Na opção Organograma você informará os dados necessários para a criação da


estrutura que o MQS precisa para gerenciar todos os documentos das BPMF.
Proceda da seguinte forma:

1. Clique na opção Organograma e observe o resultado:

4
Nesta janela, as opções que veremos agora para elaboração do Organograma são:
Empresa, Setores, Funcionários e Organograma.

A opção Organograma servirá apenas para visualizar os trabalhos que preparamos


com o auxílio das opções Empresa, Setores e Funcionários.

Cadastro de Empresa

Através de campos simples e intuitivos, a opção Empresa permite que você


cadastre diversos dados da sua farmácia, como: cadastro geral (guia Geral),
contato, e-mail e site (guia Informações Complementares), o responsável e seu
CRF (guia Responsável) e até o arquivo de imagem do seu logotipo (guia Logotipo).

Acompanhe a seguir os procedimentos:

2. Clique na opção Empresa.


3. Agora clique no botão Incluir e na guia Geral preencha os dados que
aparecem na tela.

5
Após a inclusão desses dados, todas as vezes que você entrar na opção Empresa do
módulo Organograma, os dados serão carregados e exibidos automaticamente.

Você poderá alterá-los a qualquer momento através da opção .

4. Em seguida, clique nas guias Informações Complementares, Responsável e


Logotipo e preencha os campos que aparecem nessas janelas.

Guia Informações Complementares

Guia Responsável

Guia Logotipo

6
5. Na guia Logotipo clique no botão e informe o local e nome do arquivo de
imagem. Esse arquivo será automaticamente aplicado a todos os
documentos do seu Manual de Boas Práticas.

Para que seus documentos fiquem personalizados, utilize o arquivo de imagem do


logotipo da sua farmácia. Ele deverá ter uma dessas extensões: JPG, GIF e BMP.

6. Depois de finalizar o cadastro, clique no botão OK.

Case precise alterar algum campo, utilize o botão .

7. Clique na opção Fechar para encerrar o módulo Empresas.

7
Cadastro de Setores

Nesta opção você informará todos os setores e subsetores que farão parte da
estrutura do organograma final do MQS. Além disso, você poderá indicar também
os responsáveis por cada um dos setores cadastrados.

Para facilitar o cadastro de Setores no MQS, sugerimos que você desenhe antes no
papel todos os setores da sua farmácia (comece de baixo para cima). Com isso,
você terá uma visão geral da estrutura do seu organograma e agilizará o processo.

Inicialmente faremos o cadastro apenas dos setores. Mais adiante, depois de


cadastrar os funcionários, informaremos o responsável pelo setor.

1. Clique na opção Setores.


2. Agora clique no botão Incluir e na guia Geral preencha o campo Nome.

Informe aqui o(s) responsável(eis) pela gestão dos


documentos. Não o(s) responsável(eis) pelo
setor na farmácia.
8
3. Na caixa de listagem Nível escolha qual o nível hierárquico do setor que você
está cadastrando.

O nível é muito importante para a


definição e elaboração do
organograma da farmácia.

4. Ao final, clique no botão Ok.

Case precise alterar algum campo, utilize o botão .

5. Clique na opção Fechar para encerrar o módulo Setores.

Cadastro de Funcionários

Nesta opção você fará o cadastro de todos os funcionários da farmácia,


principalmente aqueles que farão parte da estrutura do programa MQS, ou seja,
aqueles que efetivamente participarão de todo o processo.

Proceda da seguinte forma:

9
1. Clique na opção Funcionários.
2. Agora clique no botão Incluir e na guia Geral preencha os campos que
aparecem na tela.

Este campo é o Login do sistema. Leia mais no


tópico Configurações Gerais – Acesso.

3. Não esqueça de informar o e-mail do funcionário (campo E-mail). Ele é


fundamental para que o funcionário receba mensagens do sistema em seu
programa gerenciador de e-mails (exemplo: Outlook).
4. Ao final, clique no botão Ok.

Case precise alterar algum campo, utilize o botão .

5. Clique na opção Fechar para encerrar o módulo Funcionários.

10
É muito importante que você cadastre todos os funcionários envolvidos na
organização, implantação e uso do MQS. Isto se deve ao fato que o sistema avisa
automaticamente, caso algum deles tenha tarefas a cumprir durante todo o
processo.

Veja abaixo:

Janela de abertura do MQS –


parte inferior da tela.

Nesta janela você


tem todo o
controle e
gerenciamento
das mensagens
circuladas
hierarquicamente
no MQS.

Conhecendo a guia Setores e Atribuições


Depois de cadastrar todos os setores e funcionários, vamos aprender agora como
associar o funcionário ao setor que ele pertence e, incluir também, informações
sobre a atribuição que ele exerce.

1. Clique na opção Funcionários.

11
2. Agora clique no botão Consultar e selecione o funcionário na janela de
consulta que aparece.

3. Todos os dados cadastrados deste funcionário serão carregados e exibidos


na tela.

4. Agora clique no botão Alterar e, em seguida, clique na guia Setores e


Atribuições.
5. Clique no botão Incluir e na janela Setores e Atribuições do Funcionário que
aparece, selecione o setor que o funcionário pertence.

12
6. Em seguida, clique na caixa de listagem Atribuição e selecione a função
correspondente.

Se as funções listadas na caixa de listagem acima não são suficientes para o seu

caso, clique no botão e inclua a(s) nova(s) atribuição(ões). Ao final, clique


no botão OK.

7. Em seguida, na janela Funcionários – Setores e Atribuições, complete os


demais campos como o Tempo que o funcionário exerce a função (pode ser
a data de admissão) e uma breve descrição da função exercida pelo
funcionário (campo opcional).

13
8. Clique no botão OK para concluir a operação e fechar a janela. Em seguida,
clique no botão OK novamente na caixa de mensagem que aparece.

Observe como ficou nossa guia Setores e Atribuições:

Neste momento,
você pode incluir
novos setores
para o
funcionário,
alterar dados dos
campos ou
excluir o registro.

9. Clique no botão OK para encerrar a operação e voltar para a guia Geral do


módulo Funcionários.
10. Clique na opção Fechar para encerrar o módulo Funcionários.

Informando os Responsáveis de cada Setor


Agora veremos como informar ao MQS o(s) responsável(is) pelo setor
anteriormente cadastrado.

Proceda da seguinte forma:

14
1. Clique na opção Setores.
2. Em seguida, clique na opção Consultar e selecione o setor desejado.

3. Agora clique na opção Alterar e, em seguida, clique no botão localizado


ao lado do campo Responsável. A janela Setores – Selecionar Responsável
surgirá.

4. Clique sobre o nome do funcionário e, em seguida, clique no botão


Selecionar.

Automaticamente os dados do funcionário selecionado são transferidos para a guia


Geral do módulo Setores.

15
Se você precisar limpar o conteúdo dos campos Código e Nome do Responsável (1

e 2), basta clicar sobre o botão .

5. Para finalizar, clique no botão OK.


6. Clique na opção Fechar para encerrar o módulo Setores.

Vinculando Subsetores aos Setores Principais

Neste tópico veremos os procedimentos para vinculação de setores. Ou seja,


faremos à associação (vinculação) de determinados grupos de setores com mesmo
nível, a outros setores de níveis hierárquicos diferentes. Com isso, iniciaremos a
formação interna do nosso organograma.

16
Proceda da seguinte forma:

1. Clique na opção Setores.


2. Clique na opção Consultar e, na janela Setores – Consulta que aparece,
selecione o setor Diretoria.

3. Agora clique na opção Alterar e, em seguida, clique na guia Subsetores.


4. Para iniciar a vinculação dos subsetores e verificar quais setores poderão
participar do processo, clique no botão que apresenta uma seta verde para
baixo.

A janela Setores – Consulta de subsetores aparecerá:

17
5. Selecione o primeiro setor a vincular e, em seguida, clique Selecionar.
6. Repita o mesmo procedimento para os demais setores.

7. Para finalizar, clique no botão OK.


8. Clique na opção Fechar para encerrar o módulo Setores.

Visualizando o Organograma
Depois de tudo cadastrado (dados da sua farmácia, setores e funcionários),
visualizaremos agora o organograma (montagem da estrutura) que o software MQS
gerou automaticamente para nós.

Proceda da seguinte forma:

1. Clique na opção Organograma e observe o resultado:

18
2. Neste momento, você pode enviar para impressão ou melhorar a
visualização do organograma através da barra localizada no topo da tela.

Barra de rolagem que


Permite a visualização controla a visualização
prévia do organograma e do organograma
sua impressão

19
3. Para visualizar um determinado setor do organograma, selecione-o e, em
seguida, observe a parte inferior da tela:

4. Ao final, clique na opção Fechar para encerrar o módulo Organograma.

Configurações gerais

20
Neste módulo você poderá personalizar e configurar seus dados de acesso ao
sistema MQS, realizar cópia de segurança e restauração dos dados (backup e
restore) e fazer a manutenção dos documentos existentes no MQS.

Acesso
Nesta opção você poderá cadastrar novos usuários para o
acesso ao sistema, consultar, excluir ou mesmo alterar os
dados de alguém já existente. Caso precise excluir ou alterar
os dados de um usuário cadastrado, primeiro você deverá
consultá-lo.

Conheça a seguir os procedimentos da opção Acesso para cadastrar um novo


usuário:

1. Clique na opção Usuários e na janela Cadastro de Usuários que aparece,


clique no botão Incluir e preencha os campos Usuário e Senha.
2. Em seguida, escolha o perfil do usuário e, ao final, clique no botão OK.

Observe a tela abaixo:

Aqui você define o


Login de acesso ao
sistema MQS.

Os perfis Administrador, Usuário Básico e Usuário Avançado, são definidos na opção


Perfis do módulo Configuração. Para conhecê-los (e caso seja necessário, alterá-
los), basta clicar na opção Consultar...

21
... selecionar o perfil que deseja consultar,

... em seguida, clicar na guia Permissões dos módulos:

22
... neste momento você visualiza todos os níveis de acesso do perfil selecionado, se
precisar alterar alguma opção, clique no botão Alterar (topo da tela) e, por fim,
clique no botão Alterar novamente (parte inferior).

... a tela que surgirá – Permissões dos Módulos - você poderá optar, por exemplo,
em visualizar o módulo e não realizar qualquer manutenção como incluir, excluir ou
alterar... ou mesmo não visualizar o módulo e nem ter direitos de manutenção.

Depois de cadastrar e definir todos os perfis de usuário, volte para o cadastro de


Funcionários (módulo Organograma) e, no campo Usuários de cada funcionário
cadastrado, escolha o perfil adequado.

Documentos

Nesta opção você tem a possibilidade de alterar os


documentos que acompanham o programa MQS (sua
descrição, nível hierárquico, tipo – Manual, PSQ, POP, IT,
IO, FP, MC, ME, ETI, ILD e anexos – a quantidade em

23
dias do intervalo entre atividades, a data e hora da próxima atividade e se o
documento é aplicável ou não ao seu padrão de manual de BPMF.

Conheça a seguir os procedimentos da opção Documentos:

1. Clique na opção Local dos Documentos e certifique-se que a pasta informada


é semelhante a da figura a seguir:

2. Se você quiser outra pasta para armazenar seus documentos, clique no


botão e escolha um novo local.
3. Ao final, clique no botão OK.
4. Agora clique na opção Manutenção e, na janela Manutenção de Documentos
que aparece, clique na opção Consultar.

24
5. Neste momento, você pode consultar e selecionar qualquer um dos
documentos armazenados no MQS.
6. Na parte superior da tela, há opções de filtragem para ajudá-lo no
refinamento da busca do documento.
7. Depois de localizar o documento, clique no botão Selecionar.
8. Os dados são apresentados na tela. Você poderá consultar os funcionários e
setores correspondentes de cada documento, além de poder alterá-los ou
excluí-los.

Clique aqui se você precisar


fazer manutenção nos níveis
(incluir, alterar ou excluir).

O mesmo vale para o tipo


do documento (Manual,
PSQ, POP, IT, IO, FP, MC,
ME, ETI, ILD e Anexos).

Marque este
campo, se
você quer
este
documento
em seu
Manual de
BPMF.

25
Banco de dados
Nesta opção você poderá fazer a cópia de segurança de
todo o seu banco de dados (backup) e também a
restauração (restore), caso seja necessário.

Conheça a seguir os procedimentos da opção Banco de dados:

1. Clique na opção Manutenção.


2. Leia atentamente a tela que aparece e, em seguida, clique no botão
Continuar.

3. Na janela Configuração de Banco de Dados que aparece, guia Cópia de


Segurança (Backup), informe o nome do arquivo de backup.

Exemplo de nome de backup:


Backup-140107.bak

26
Onde:

Backup – Nome inicial do arquivo.


140107 - Complemento do nome (neste exemplo, a data que foi realizado o
backup).
.bak – extensão do arquivo (obrigatório).

4. Caso queira, clique na caixa de verificação Fazer cópia do arquivo de Backup


para a pasta: e escolha a pasta destino.

5. Finalmente, clique no botão Iniciar Cópia e aguarde o término do processo.

Quando necessário, a restauração de um banco de dados é feita pela guia


Restaurar Banco de Dados (Restore).

1. Clique na guia Restaurar Banco de Dados (Restore).


2. Na primeira grade, clique sobre o arquivo de backup que deseja restaurar.
3. Em seguida, na grade inferior, marque a caixa de seleção ao lado do nome
do arquivo de backup.

27
4. Finalmente, clique no botão Iniciar Restauração para iniciar o processo.

Documentos

Veremos agora o módulo Documentos, a parte central do programa MQS.

Internamente o MQS já contempla 14 tópicos gerais do Manual de Boas Práticas.


Cada um destes tópicos apresenta também outros tópicos ou sub-tópicos.
Acreditamos que todo este material seja o suficiente para você começar a montar o
seu Manual de BPMF.

O programa MQS terá atualizações periódicas e você será comunicado previamente.

28
Guia Manual de Boas Práticas
Esta guia possui o manual de boas práticas separados por tópicos. Ela está
estruturada desta forma para facilitar a localização dos itens armazenados no MQS.
Veja abaixo:

O tópico 14 possui o
manual completo.

Barra de atalho da guia Manual de Boas Práticas (parte inferior da janela):

Quando marcado, permite arrastar os itens da árvore.

Carrega/Restaura a última estrutura gravada.

Salva a estrutura atual.

Após selecionar o item, permite subir ou descer um nível.

Remove o item selecionado.

Altera o item selecionado.

Inclui um novo item.

29
Guia Documentos
Esta guia tem a função exclusiva de consultar documentos. Por meio das caixas de
listagem Nível, Tipo e Filtro, você poderá refinar sua pesquisa e garantir um melhor
resultado na busca.

Utilize as caixas de listagem


para refinar sua consulta.

Janela Referências
Localizada no canto inferior esquerdo da tela, esta janela tem a função de listar os
documentos que são referências do item selecionado na guia Manual de Boas
Práticas.

Observe o exemplo a seguir:

30
Item selecionado...

... lista de referências


que o item possui.

Neste exemplo, a janela Referências apresenta todos os documentos (POP e PSQ)


relacionados ao item em questão.

Aproveitando ainda este nosso exemplo, se você der um clique duplo no item 4, o
conteúdo do arquivo é exibido na janela principal do MQS.

Navegando até o fim do texto, você poderá observar um dos vínculos para o
documento listado na janela Referências.

Veja a figura a seguir:

31
Para abrir o documento vinculado, mantenha a tecla CTRL pressionada e, em
seguida, dê um clique com o botão esquerdo do mouse sobre o link.

Agora que mostramos um documento exibido na janela principal do MQS, vamos


então conhecer em detalhes essa importante parte do sistema.

Janela de exibição de documentos


Todos os documentos do Manual de BPMF que você selecionar para edição, seja
para incluir uma nova informação ou alterar algum texto, incluir uma imagem ou
mesmo excluir um item qualquer, serão realizados neste módulo do MQS.

32
Se você está familiarizado com o processador de texto Microsoft Word,
certamente não encontrará dificuldades para trabalhar na manutenção de seus
documentos no MQS. Isto garantirá maior facilidade e rapidez na operação do
sistema.

Antes de começar a trabalhar efetivamente na edição de documentos no MQS,


vamos primeiro conhecer as partes que constituem esta janela.

Onde:
1 – Guia que apresenta os documentos atualmente abertos. Para navegar de
um documento a outro, basta clicar sobre a guia correspondente.
2 – Aqui você encontrará a barra de menu e a barra de atalhos para todas as
funções do processador de texto do MQS.
3 – Corpo do documento selecionado. Aqui você poderá incluir, alterar, excluir,
inserir imagens, links, etc., semelhante ao programa Microsoft Word.

33
4 – Aqui você poderá alternar entre o modo de edição e a visualização das
informações gerais do documento (não disponível se o perfil de usuário é
BÁSICO). Observe a seguir a janela de informações do documento selecionado em
nosso exemplo:

Número de
revisões
realizadas

Dados
gerais da
revisão

Quando acionado, apresenta a janela


Nova Revisão do Documento.
Quando acionado, apresenta a
seguinte janela:

Agora veremos passo a passo a edição de um documento no MQS.

34
Edição de documentos
Antes de iniciar este tópico, uma dica importante: faça uma revisão seqüencial
de todo o Manual de Boas Práticas de Manipulação existente no MQS, ou
seja, revise primeiro os documentos disponibilizados no programa e, a partir daí,
comece a editá-los a fim de adequá-los para a sua farmácia.

O que veremos agora é exatamente o que você precisa saber para trabalhar no
MQS na edição de documentos. Para isso, proceda da seguinte forma:

1. Na guia Manual de Boas Práticas, dê um clique duplo no item que deseja


editar.

2. Automaticamente este item é aberto na janela de edição do MQS. Conforme


você pode ver na figura abaixo:

35
3. Neste momento você pode editar o documento da mesma forma que faz no
Word.
a. Clicar sobre o texto e incluir, alterar, excluir e etc.
4. Dentre as várias opções da barra de menu e da barra de botões de atalho,
veja a seguir algumas opções interessantes (e importantes) que você pode
aplicar no documento:
a. Inserir imagem – posicione o cursor no ponto exato que pretende
inserir a imagem. Em seguida, clique na opção Inserir | Imagem ou

clique no botão de atalho .


b. Inserir hyperlink – posicione o cursor no ponto exato que pretende
inserir o hyperlink. Você também pode selecionar uma palavra ou
frase do texto. Em seguida, clique na opção Inserir | Hyperlink ou
clique no botão de atalho .
c. Inserir dados da empresa - posicione o cursor no ponto exato que
pretende inserir um dos dados da empresa. Em seguida, clique na

seta ao lado do botão e escolha o tipo de dado que


deseja inserir no documento. Veja abaixo:

36
2

d. Inserir dados do documento – posicione o cursor no ponto exato


que pretende inserir a informação. Em seguida, clique na seta ao

lado do botão e escolha o tipo de dado que deseja


inserir no documento.

e. Mudar a cor do texto – selecione a palavra ou frase que deseja

mudar a cor e, em seguida, clique no botão .


f. Alternar cabeçalho e rodapé – dê um clique duplo no cabeçalho ou
rodapé para entrar no modo de edição. Desta forma o botão que
permite alternar entre o cabeçalho e rodapé ficará habilitado.
g. Visualizar documento – em qualquer parte do documento, clique
na opção Documento | Visualizar Impressão e observe o resultado.

Outra opção é clicar no botão de atalho .


h. Imprimir documento – em qualquer parte do documento, clique na
opção Documento | Imprimir e, na caixa de diálogo Imprimir que
aparece, clique no botão OK. Outra opção é clicar no botão de atalho

37
i. Salvar o documento – em qualquer parte do documento, clique na
opção Documento | Salvar. Outra opção é clicar no botão de atalho

5. Ao final, clique no botão para fechar o documento.

Cadastro de novos documentos


Caso você precise criar (e não editar) um documento, proceda da seguinte forma:

1. Clique na guia Documentos.

2. Em seguida, clique no botão Novo e escolha a opção Documento.

3. Preencha os campos que aparecem na janela Cadastro de Documentos.

38
4. Caso você tenha pronto o arquivo documento, informe-o na seção
Documento, opção Baseado em arquivo existente localizado na parte inferior
da janela (você também poderá criar um documento em branco no MQS e
copiar/colar o texto para ele).
5. Ao final, clique no botão OK para confirmar a operação.

Criação e edição de fluxogramas no documento

Proceda da seguinte forma:


1. Clique na guia Documentos.

2. Em seguida, clique no botão Novo e escolha a opção Fluxograma.

3. Na janela de cadastro, preencha os campos que aparecem na tela e, em


seguida, clique no botão Ok. O MQS informará que o procedimento foi
concluído com sucesso.

4. Clique no botão OK e observe o resultado:

39
5. Neste ambiente você poderá construir o fluxograma que deseja. Alterne
entre as guias Objetos e Propriedades e escolha as ferramentas necessárias
para a tarefa (símbolos, conectores, etc.). Veja abaixo:

40
6. Em seguida, arraste os objetos (um de cada vez) para a área de edição do
fluxograma e comece a elaboração do fluxo.

Barra de atalho

7. Durante o processo, você pode utilizar as opções da barra de atalho para


salvar, exportar, importar, visualizar e imprimir o fluxograma.

Matriz de Responsabilidades

Depois que você cadastrou no MQS os dados da sua Empresa, os Setores e os


Funcionários e, a cada documento revisado informou o responsável, setores e
funcionários envolvidos, o programa MQS, automaticamente, gerou o
Organograma da sua Farmácia e a Matriz de Responsabilidade.

Matriz de Responsabilidade é o que veremos agora. Este módulo do programa tem


a função principal de gerar uma grade (matriz) com todos os documentos e seus
devidos responsáveis, setores envolvidos e, caso exista, os funcionários e setores a
serem treinados.

Na parte superior da guia Matriz Responsabilidade, você pode refinar sua consulta e
listar os documentos que satisfazem à pesquisa. Veja a figura abaixo:

41
Após clicar no botão Lista Mestre o resultado da consulta aparece na grade
Documentos:

A partir deste ponto, você observa na parte inferior da tela, os Responsáveis,


Setores envolvidos e os Funcionários e Setores a serem treinados, se houver. Veja
o exemplo abaixo:

42
Na lateral direita da tela, o módulo Matriz de
Responsabilidade, oferece as opções de
impressão (com visualização prévia) para que
você tenha o controle dos documentos e distribua
aos funcionários e setores responsáveis.

A guia Comunicações é similar a guia Matriz Responsabilidade. Você também pode


filtrar a consulta, visualizar o resultado, além das demais informações como:
Responsáveis, Setores envolvidos e Funcionários/Setor a serem treinados. O
diferencial está nos botões localizados na lateral direta da tela. Veja abaixo:

Com este botão você pode enviar uma


mensagem on-line aos responsáveis do
documento atualmente selecionado.

Aqui o MQS permite que você envie e-mails


para todos os responsáveis dos respectivos
documentos listados na grade.

Neste botão você configura os dados do seu


e-mail.

43
Instalação do MQS

Antes de instalar o MQS em seu computador, é importante que você


observe o tipo de configuração que o programa precisa para trabalhar
adequadamente. Leia atentamente as informações a seguir e veja se o seu
computador atende a essas especificações.

As configurações apresentadas abaixo, foram definidas com base em testes


realizados na fase de desenvolvimento do sistema.

SERVIDOR
Configuração Mínima
• MQS 1.0 + Microsoft SQL Server 2005 Express Edition + FrameWork 2.0
o Hardware - Pentium III 600MHz com 512MB de memória RAM,
mínimo 732 MB de HD, unidade de CD-ROM para a instalação,
monitor com resolução recomendada de 1024x768 dpi e 32 milhões
de cores. Impressora jato de tinta ou laser.
o Software - Windows 2000 Service Pack 4; Windows Server 2003
Service Pack 1; Windows XP Service Pack 2; Microsoft Internet
Explorer 6.0 SP1 ou superior.

Configuração RECOMENDÁVEL
• MQS 1.0 + Microsoft SQL Server 2005 Express Edition + FrameWork 2.0
o Hardware - Pentium 4 3.2Ghz com 1Gb de memória RAM, mínimo de
912 MB de HD, unidade de CD-ROM para a instalação, monitor com
resolução recomendada de 1024x768 dpi e 32 milhões de cores.
Impressora jato de tinta ou laser.
o Software - Windows 2000 Service Pack 4; Windows Server 2003
Service Pack 1; Windows XP Service Pack 2; Microsoft Internet
Explorer 6.0 SP1 ou superior.

44
ESTAÇÃO DE TRABALHO
Configuração Mínima
• MQS 1.0 + Microsoft SQL Server Native Client + FrameWork 2.0
o Hardware - Pentium III com 256 de memória RAM, mínimo 395 MB
de HD, unidade de CD-ROM para a instalação, monitor com resolução
recomendada de 1024x768 dpi e 32 milhões de cores. Impressora
jato de tinta ou laser.
o Software - Windows 2000 Service Pack 4; Windows XP Service Pack
2; Microsoft Internet Explorer 6.0 SP1 ou superior .

Configuração RECOMENDÁVEL
• MQS 1.0 + Microsoft SQL Server Native Client + FrameWork 2.0
o Hardware - Pentium III 1Ghz com 512 de memória RAM, mínimo de
395 MB de HD, unidade de CD-ROM para a instalação, monitor com
resolução recomendada de 1024x768 dpi e 32 milhões de cores.
Impressora jato de tinta ou laser.
o Software - Windows 2000 Service Pack 4; Windows XP Service Pack
2; Microsoft Internet Explorer 6.0 .

Início do processo
Apresentaremos agora os procedimentos necessários para instalação do MQS. Você
verá que o processo é muito simples e intuitivo. Primeiro veremos como instalar o
programa no Servidor, em seguida, veremos passo a passo como instalar o MQS
também em estações de trabalho (caso você preciso trabalhar com o programa em
rede).

Acompanhe a seguir os procedimentos para instalação do MQS:

1. Insira o CD de instalação que acompanha o produto em sua unidade de CD-


ROM e aguarde a tela de abertura.

45
Servidor

Para instalar o MQS em seu Servidor, proceda da seguinte forma:

1. Clique na opção Instalar MQS no Servidor.


2. Em seguida, leia atentamente o contrato de licença do software. Para
concordar, clique no campo Concordo com os termos do Contrato e depois
no botão Continuar para prosseguir.

46
3. Na próxima tela que aparece, leia atentamente as instruções e, em
seguida, clique no botão Instalar MQS - Servidor.

4. Neste momento serão instalados os componentes necessários para a


execução do programa.

47
5. Conforme você poderá ler na tela, a instalação destes componentes é feita
apenas uma única vez e, após sua efetiva instalação, eles garantirão a
perfeita funcionalidade do sistema em seu computador. Por este motivo, é
importante que você aceite os termos do contrato de licença de cada
componente.

Componentes necessários para execução do programa MQS:

NET Framework 2.0 Crystal Reports for .NET Framework 2.0

Windows Installer 3.1 SQL Server 2005 Express Edition

6. Concluída a instalação de todos os componentes, será necessário reiniciar o


computador.

48
7. Clique no botão Sim e aguarde o Windows ser reiniciado.
8. O processo de instalação do MQS continuará a partir deste ponto. Conforme
você acompanha na tela a seguir:

9. Aguarde até que apareça a primeira tela do assistente para instalação do


MQS.

10. Clique no botão Avançar e, na próxima tela que aparece, informe a pasta
que deseja instalar o MQS ou mantenha a pasta sugerida pelo programa.

49
11. Clique no botão Avançar duas vezes e aguarde o término do processo.

12. Ao final, aparecerá a tela de conclusão da instalação.

50
13. Clique no botão Fechar.
14. Na tela Configuração do Banco que aparece, clique no botão Anexar Banco
de Dados e aguarde o término do processo.

15. Ao final, clique no botão OK.

51
16. Neste momento, o programa de instalação solicitará uma licença de uso
(contra-chave) para o programa. Siga as instruções que aparecem na tela e,
em seguida, clique OK.

17. A tela de abertura do MQS surgirá apresentando todas as opções do


programa.

52
Essas opções apenas são habilitadas após você informar o Login e Senha de
acesso. Por padrão, esses dados são: SUPERVISOR (Login) e 123456 (Senha).

18. Informe o Login e Senha e, em seguida, clique no botão OK.


19. Neste momento, o programa MQS está liberado para o usuário informado e
todas as opções disponíveis.

Estação de Trabalho

53
Antes de instalar o MQS no(s) computador(res) que servirá(ao) como
Estação(ões) de trabalho, é importante saber:

• No servidor MQS - verificar se há permissão total para que você acesse os


dados do programa diretamente da estação de trabalho.
• No servidor MQS – verificar o Firewall do Windows para que o programa
MQS da estação de trabalho possa acessá-lo adequadamente.
• Na estação de trabalho - mapear a unidade de rede referente ao local que
foi instalado o servidor MQS.

Veremos agora estes itens em detalhes:

No servidor MQS - verificar se há permissão total para que você acesse os


dados do programa diretamente da estação de trabalho.

1. Clique com o botão da direita sobre a pasta MQS (no computador Servidor)
e, em seguida, clique na opção Propriedades.

2. Certifique-se que sua tela esteja parecida com a figura abaixo e clique no
botão Permissões.

54
3. Na janela Permissões para MQS, marque todas as caixas de seleção que são
listadas na seção Permissões para Todos.

4. Desta forma, a(s) estação(ões) de trabalho MQS poderá(ão) realizar todas


as operação necessárias no banco de dados que consta no servidor.

55
No servidor MQS – verificar o Firewall do Windows para que o programa
MQS da estação de trabalho possa acessá-lo adequadamente.

1. No painel de controle do Windows, clique no ícone Firewall do Windows.


2. Certifique-se que sua tela esteja parecida com a figura a seguir:

Firewall
ativado

Esta caixa de
seleção
deverá estar
desmarcada.

Na estação de trabalho - mapear a unidade de rede referente ao local que


foi instalado o servidor MQS.

1. Com o programa Windows Explorer aberto, clique sobre o ícone Mapear


unidade.

2. Na caixa de diálogo Mapear unidade de rede que aparece, informe a pasta


que você instalou o servidor MQS.

56
\\servidorMQS\ é
apenas um exemplo.

Informe aqui a pasta


do seu servidor
MQS.

3. Clique no botão Concluir e aguarde.

Depois de verificar todos os itens acima, na tela de abertura do programa de


instalação, procede da seguinte forma:

1. Clique na opção Instalar o MQS em estação de trabalho.

2. Na próxima tela, leia atentamente as informações que aparecem na tela e,


em seguida, clique no botão Instalação MQS - Estação.

57
3. Antes de realizar os passos 1 e 2, leia a descrição de cada um dos passos.

4. Clique no botão Passo 1 – Instalar cliente SQL e siga as orientações que


surgirem na tela.
5. Em seguida, clique no botão Passo 2 – Identificando Servidor MQS.

58
Ao clicar no botão referente ao passo 2, será apresentada uma caixa de diálogo na
qual você precisará informar o caminho completo do servidor MQS.

Informe corretamente o local e, em seguida, clique no botão OK. Lembre-se que


este caminho foi gerado anteriormente por você (veja o tópico: Na estação de
trabalho - mapear a unidade de rede referente ao local que foi instalado o
servidor MQS). Em caso de dúvida, leia-o novamente.

Suporte Técnico

Todo o suporte primário quanto à instalação, navegação e operacional do


programa MQS será prestado pela Alternate Technologies utilizando os meios já
disponíveis e conhecidos por todos os nossos clientes (telefone, chat, Internet, VNC
e e-mail).

Antes de entrar em contato com o nosso suporte técnico, leia atentamente este
material. Se mesmo assim você precisar falar com a gente, veja a seguir os tipos
de suportes oferecidos pela Alternate:

59
20HSUPPORT – Os clientes que optam pelo suporte via telefone contam com
profissionais altamente capacitados que podem esclarecer suas dúvidas
relacionadas à implantação e gerenciamento do sistema. Esses profissionais estão
sempre oferecendo excelentes soluções aos clientes, propiciando geração de
recursos e informações para um contínuo desenvolvimento de suas rotinas
operacionais. Ligue para o número (11) 2152-8100 e converse com um de nossos
analistas de suporte. Nosso horário de atendimento é de Segunda a Sexta, das
08h00 às 20h00 e Sábado das 08h00 às 12h00.
CONTROLSUPPORT – Por meio de uma ferramenta simples, a sua máquina passa
a ser controlada remotamente pelo nosso suporte, facilitando assim a resolução de
problemas ou dúvidas operacionais de uma forma rápida e eficiente. Se você deseja
obter mais informações sobre esse tipo de suporte, ligue para o número (11) 2152-
8100 e fale com a gente.
CHATSUPPORT – O chat on-line é outra opção eficiente de suporte. Com ele você
tira suas dúvidas interativamente em tempo real. Para isso, basta que você tenha
uma conexão Internet e seja assinante do programa Messenger da Microsoft. Se
você deseja obter mais informações sobre esse tipo de suporte, ligue para o
número (11) 2152-8100 e fale conosco.
WEBSUPPORT – Acessando nossa homepage através do endereço
www.alternate.com.br você poderá enviar suas dúvidas via e-mail. Elas serão
direcionadas para os analistas de suporte da Alternate, que responderão dentro de
um prazo compatível com a sua complexidade. Após carregar a homepage, basta

dar um clique no ícone .


TRAININGSUPPORT – Se você ou sua equipe de trabalho desejam obter
treinamentos específicos em um de nossos produtos, acesse nossa homepage
através do endereço www.alternate.com.br ou ligue para o número (11) 2152-8100
e fale com um dos nossos analistas de suporte. Esses treinamentos podem ser in
company ou na sede da Alternate.

60

Você também pode gostar