Você está na página 1de 3

Furacões, sismos e tornados

-Diferença entre um furacão e um tornado


A diferença entre tornado e furacão encontra-se na intensidade, velocidade e área de abrangência. Em
sentido figurado, podemos imaginar os furacões como grandões e “lentos”, enquanto os tornados seriam
menores e mais rápidos.
Os furacões – que, quando ocorrem na região leste do Oceano Pacífico, são chamados de Tufões – são grandes
colunas de ar giratório, com ventos que atingem geralmente mais que 120 km/h e um diâmetro que pode
alcançar incríveis 400 km de extensão!

Já os tornados são bem menores, pois possuem, em média, uns dois quilômetros de diâmetro, e podem ser
vistos inteiramente se olharmos de perto (observe a imagem a seguir). Os seus ventos, no entanto, são mais
destrutivos, pois podem alcançar velocidades superiores a 500 km/h, embora possa haver alguns mais lentos.

Além dessas diferenças, destaca-se que os furacões surgem nos oceanos e, às vezes, atingem os continentes.
Os tornados, ao contrário, surgem nas áreas continentais, pois, quando se formam nos oceanos, são chamados
de trombas d'água.
Vale lembrar, por fim, que os tornados e furacões são classificados como tipos de ciclones tropicais, que são
aqueles que se manifestam entre o Trópico de Câncer e o Trópico de Capricórnio. Além deles, podem existir
também os ciclones extratropicais, que também podem ser muito fortes e rápidos.

http://escolakids.uol.com.br/diferenca-entre-furacao-e-tornado.htm

-Descrição das caracteristicas metereológicas dos furacões e tornados

O furacão é uma gigantesca depressão barométrica que se forma sobre águas oceânicas com temperaturas
superiores aos 27ºC, situadas na zona intertropical (consoante a zona do globo, o furacão pode tomar outras
designações como tufão ou tempestade ciclónica). A libertação de grandes quantidades de vapor de água e
calor criam estes "monstros" que perdem gradualmente a sua força quando atingem o continente, onde
deixam de ser "alimentados" pela humidade e calor das águas do oceano. Mas até chegar ao continente as
forças da natureza exprimem-se por ventos que chegam perto dos 200 km/h. No seu centro observa-se o
famoso "olho do furacão" onde os ventos são quase inexistentes e o céu se encontra desimpedido de nuvens.
Um furacão chega a apresentar um diâmetro de quase 2000 km.

Um tornado é um fenómeno diferente do furacão. O tornado é um redemoinho de vento, formado por um


centro de baixa pressão durante uma forte tempestade. Ao contrário do furacão, o tornado tem apenas uma
dimensão local e, por vezes, destrói uma habitação deixando em pé as que lhe são vizinhas. Porém, apesar
de muito mais pequeno do que o furacão, a velocidade dos ventos é elevadíssima chegando a alcançar quase
400 km/h! Um tornado é um fenómeno diferente do furacão. O tornado é um redemoinho de vento, formado
por um centro de baixa pressão durante uma forte tempestade. Ao contrário do furacão, o tornado tem
apenas uma dimensão local e, por vezes, destrói uma habitação deixando em pé as que lhe são
vizinhas. Porém, apesar de muito mais pequeno do que o furacão, a velocidade dos ventos é elevadíssima
chegando a alcançar quase 400 km/h!
http://geoap.blogspot.pt/2008/02/tornados-e-furaces.html

-Escala de avaliação dos furacões e tornados