Você está na página 1de 6

comendo

fora
COMENDO FORA

Sabemos que é muito difícil escapar de comer fora


de casa eventualmente. Por isso, nós elaboramos
um guia com as melhores dicas para você comer
fora de casa sem prejudicar muito os seus
resultados.

Lembre-se de que é muito importante que você


mantenha o máximo da alimentação já aprendida
das suas listas de alimentação.

Lembre-se também de que, dependendo da fase do


programa em que você se encontra, pode incluir de
10 a 20% de alimentos menos nutritivos, mas que
farão parte da sua realidade sem maiores prejuízos.

A partir do momento em que você se compromete a


manter um estilo de vida saudável, essas escolhas
alimentares ficam ainda mais fáceis e simples de
fazer.

Seu corpo já está adaptado a uma alimentação


diferenciada, por isso sugerimos que você realmente
mantenha sempre sua alimentação da forma
indicada em cada fase do programa e se permita
entrar nas regras dos 90:10 e 80:20 somente em
ocasiões especiais.

Quando decidir que irá comer fora de casa, algumas


dicas podem ajudar você a se manter dentro dos
padrões que estamos alcançando, por exemplo:
COMENDO FORA

restaurantes
de buffet
São sempre excelentes escolhas, pois você mesmo decide o que colocar no
prato e o que deve ignorar.

Nas proteínas, priorize as carnes mais magras, sem gorduras aparentes,


sem frituras. As frituras não são um problema se você cozinha em casa
e frita no óleo de coco ou na manteiga, mas locais assim são diferentes:
é impossível saber o tipo de óleo usado (geralmente é um refinado) e há
quanto tempo foi preparado o alimento.

Legumes e verduras são excelentes opções. Tenha atenção para os molhos:


evite os molhos prontos para salada e prepare o seu próprio com azeite de
oliva, vinagre e um pouco de sal.

Procure escolher um restaurante de qualidade, onde há mais cuidado e


higiene no preparo dos alimentos.

Em hotéis, quando for consumir o café da manhã, ovos e bacon geralmente


são opções presentes e que proporcionam maior saciedade.

A LA CARTE
Estes restaurantes geralmente possibilitam trocas ou
substituições de algum item do prato por outro.

Grelhados, legumes e salada são sempre a melhor pedida.


COMENDO FORA

hamburguerias
Hambúrgueres são uma excelente opção de refeição somente se você optar pela opção
sem pão.

Para isso, prefira hamburguerias de verdade (ao invés de grandes redes de fast food).
Geralmente elas permitem que o cliente escolha o tipo de pão ou, ainda, escolha pela
opção sem pão.

Evite escolher molhos doces ou agridoces e fuja de molhos à base de soja (tipo shoyu).
Prefira molhos com queijo (de preferência sem misturar mais de um tipo de queijo),
pimenta, tomate ou o mais próximo do natural possível. Pesto é sempre uma boa opção,
quando feito na casa.

Churrascaria
Em churrascarias não há muito mistério. Se você optou por este tipo de restaurante
é, provavelmente, para comer carne. E carnes são muito bem-vindas, afinal eram a
principal fonte energética e construtora dos nossos ancestrais.

Evite consumir pães, molhos prontos e salada de maionese, alimentos que geralmente
são oferecidos nas entradas. O mesmo vale para frituras como polenta, mandioca,
batata, etc.

Boas churrascarias dificilmente misturam as coisas, mas procure manter sempre salada
crua no prato e carne. Tente evitar as farofas.
COMENDO FORA

mexicano
Restaurantes mexicanos têm uma gama de alimentos industrializados no cardápio,
porém, se esta for a sua opção de saída para hoje, escolha carnes - preferencialmente
grelhadas - e guacamole, e coma à vontade.

Evite as tortillas, tacos, nachos e afins.

sushi
Sushi é um tipo de comida que ganhou o coração dos brasileiros e não sairá de moda.
E pode ser uma ótima opção se você escolher por combos (ou barcas), ao invés de
festivais livres. Isso porque tendemos a comer além da conta essas peças quando estão
liberadas.

Opte sempre pelas peças mais tradicionais: arroz, alga, peixe. Evite peças muito
incrementadas com mel, xaropes, frutas e as peças fritas. Quando quiser comer temaki,
escolha o sem arroz e consuma à vontade, assim como os sashimis frescos. Sashimi
defumado deve ser consumido com mais moderação.

Deve-se ter cuidado também com as saladas tipo sunomomo, pois geralmente são
preparadas com açúcar, além de sal e vinagre. O arroz dos sushis também é preparado
com açúcar, por isso não exagere nas peças com arroz.

Obviamente você deve evitar alimentos como os yakissobas e macarrões em geral.


COMENDO FORA

tailandES
A grande especialidade de restaurantes tailandeses são as sopas. Uma sopa de curry,
por exemplo, é uma excelente pedida.

BEBIDAS
Ao comer fora, a melhor sugestão é muito simples: beba água! Seja com ou sem gás, é
sempre a melhor opção.

Se você tiver sorte de ir a um estabelecimento que tenha chá sem açúcar/adoçante e/ou
café, fique à vontade também.

Fique longe de refrigerantes (incluindo diet) e sucos, tanto de caixinha quanto “naturais”,
nunca se sabe.

Em ocasiões especiais, se quiser ingerir álcool, tire proveito da flexibilidade 80:20 ou


90:10, afinal estes momentos fazem parte da vida.

No entanto, tenha em mente que bebidas alcóolicas impactam saúde, performance


e bem-estar, além de serem obstáculos para um emagrecimento eficiente. Logo,
sugerimos que você realmente limite a sua ingestão de bebidas desse tipo ao invés
de incluí-las no seu dia-a-dia.