Você está na página 1de 1
Jogos Cartográficos no Ensino de Geografia. Nádia Cristine de Castro Sarmiento, nadia.sarmiento@hotmail.com (bolsista
Jogos Cartográficos no Ensino de Geografia. Nádia Cristine de Castro Sarmiento, nadia.sarmiento@hotmail.com (bolsista
Jogos Cartográficos no Ensino de Geografia. Nádia Cristine de Castro Sarmiento, nadia.sarmiento@hotmail.com (bolsista

Jogos Cartográficos no Ensino de Geografia.

Nádia Cristine de Castro Sarmiento, nadia.sarmiento@hotmail.com (bolsista CNPq/PIBIC) & Profa. Dra. Andréa Aparecida Zacharias (orientadora), andrea@ourinhos.unesp.br . Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Campus Experimental de Ourinhos, Curso de Geografia.

Palavras Chave: Cartografia, Imagens de Satélite, Jogos Cartográficos.

Introdução

O presente trabalho explicita as possibilidades dos

jogos cartográficos, como recurso didático potencializador do ensino dos conceitos da geografia durante as aulas. Dito isto, os grandes desafios da geografia, principalmente na cartografia escolar são: primeiro por servir como um recurso didático de apoio ao docente que facilita a aprendizagem na qual a transmissão e entendimento de conteúdos se processam, e, em

segundo, por ampliar a capacidade dos alunos na análise do espaço geográfico.

Objetivos

Por meio de jogos cartográficos, o objetivo deste trabalho é oferecer atividades práticas e didáticas que estimulem o desenvolvimento de competências e habilidades do aluno para a leitura e interpretação do mundo, a partir dos conceitos geográficos em sala de aula.

Material e Métodos

O processo utilizado neste trabalho, se baseia no

método do paradigma cognitivo, enfoque muito utilizado pela Geografia, especificamente na alfabetização cartográfica. Tendo como base a proposta de Jean Piaget (1971), onde para ele é necessário explicar a percepção e a representação da realidade geográfica para a criança e assim iniciar o trabalho de interpretação de imagens. E com a ajuda de jogos cartográficos no processo de aprendizagem, promove desta maneira o desenvolvimento deste perante uma intepretação de uma imagem, deste modo, fazendo com que o aluno habilite sua linha de pesquisa e raciocínio próprio.

Resultados e Discussão

Durante o projeto foram desenvolvidos quatro propostas de jogos, sendo eles:

a) Jogo de Dominó: cuja sua dinâmica se dá pelo encaixe entre uma pergunta (sobre a imagem

selecionada) e sua respectiva imagem. Neste jogo

se utilizou imagens de satélite de alguns fenômenos

da natureza como furacão, tsunamis, erosão, entre

outros, além de imagens representando outros elementos físicos da geografia. Este jogo busca despertar no aluno a interpretação das imagens e relacioná-las em um contexto geográfico.

XXV Congresso de Iniciação Científica

b) Jogo da Memória: cujo objetivo é de levar o aluno

a achar os pares iguais das imagens nas cartas

identificando-as. O jogo busca despertar nos alunos

a fotointerpretação das imagens de satélite. Neste

jogo se utiliza as mesmas imagens de satélite do jogo do dominó.

c) Quebra-Cabeça: Onde a dinâmica se processa

na montagem de uma imagem de satélite. Este jogo permitirá o aluno a obter uma identificação e

posteriormente uma interpretação dos elementos de imagem, que contribuirá para a inserção de novos conteúdos e uma percepção mais apurada sobre a imagem. As imagens de satélite escolhidas para este jogo são, uma imagem de satélite do plano piloto da cidade de Brasília/DF, e a imagem de satélite do Parque do Ibirapuera, São Paulo/SP.

d) Jogos de Tabuleiro: foram desenvolvidos dois

jogos, onde o primeiro consiste em ensinar a criança a obter os princípios da alfabetização cartográfica, onde no jogo aprenderá a compreender localização, orientação, coordenadas geográficas, entre outros. E no segundo jogo consiste em um jogo de perguntas e respostas, onde o jogador deve seguir as casas do tabuleiro conforme vai acertando as perguntas do jogo, as perguntas são relacionadas a temas da cartografia.

Conclusões

O jogo cartográfico – com a utilização de imagens

de satélite – pode reforçar o raciocínio lógico dos estudantes, possibilitando que realizem uma análise rápida dos documentos construídos, facilitando assim o conhecimento das distribuições espaciais.

Nessa perspectiva, acredita-se que a utilização do jogo pode auxiliar o ensino de cartografia, facilitando

a transmissão/ entendimento do conteúdo, além de ampliar a capacidade dos alunos na análise do espaço geográfico.

Referências Bibliográficas

1 BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais:

História e Geografia. Brasília: MEC/SEF, 1997b.

2 PIAGET, J. A formação do símbolo na criança. Neuchâteo. Suíça: Editions de Lechaux et Niestlé,

1971.

Agradecimentos

Ao Programa PIBIC/CNPq pela bolsa concedida para o desenvolvimento desta Iniciação Científica.