Você está na página 1de 1

3a SÉRIE - I UNIDADE

APOSTILA DE BIOLOGIA

Tânia Freitas
Professora

/07
Aluno(a) No Turma Data

LEITURA COMPLEMENTAR - No 3

VocÍ se alimenta bem? Algumas da vitaminas, minerais e oligoelementos


essenciais dos quais falamos.
Consultando um “site”, lembramos de você.De você Vitaminas,
gordinho, de você magrinho, também de você, esbelto, minerais e Propriedades Onde encontrar
adolescente. É sabido que a deficiência nutricional influi na altura oligoelementos
final do adolescente, no desencadeamento da puberdade, na • Produção e manuten- Frutas cítricas, hortaliças
ção do colágeno (in- de folhas verdes (couve,
manifestação das características hereditárias. Mas não só o tegridade celular) espinafre), pigmentação,
comprometimento físico, o intelectual também! *C • Cicatrização: absor- tomate, batata, morango,
ção do ferro nabo
É na puberdade, quando o adolescente dá uma estirada,
que suas necessidades de nutrientes são aumentadas e que a • Estimula defesas
naturais
falta de nutrientes essenciais afetam o metabolismo cerebral,
• Imunidade celular Fígado, carnes, gema de
comprometendo a síntese dos neurotransmissores. Com isso, • Construção dos ovo, cereais, pão integral,
há um agravamento do quadro emocional do adolescente, tecidos banana, batata, franco,
B6
A deficiência pode gerar abate, espinafre, legumes,
podendo causar: depressão, irritação constante, agressividade, óleo de girassol, levedura
anormalidades no SNC
dificuldades de relacionamento e baixa no rendimento escolar, de cerveja
distúrbios do humor em geral, insônia ou interrupções frequentes • A carência pode gerar Legumes verdes, beterra-
* ManganÍ s irritabilidade e pro- ba
do sono, que é importante para a estabilidade emocional.
blemas cutâneos
• Auxilia no metabolis- Leite, fígado, moluscos,
Stress Oxidativo Cerebral mo dos ácidos nucléi- arenque, farelo de trigo
cos
* Zinco Sua carência altera a
O aumento de radicais livres nas mitocôndrias cerebrais degustação, levando à
aumenta a quantidade de radicais livres que vazam da inapetência, depressão
mitocôndria e atingem o cérebro. O cérebro e o fígado têm 20 mental
vezes mais mitocôndrias que o resto do corpo, o que os torna • Ativador de enzimas Verdes (folhagens)
diversas
particularmente sensíveis ao stress oxidativo. As alterações da MagnÈsio
• Age sobre o cresci-
membrana mitocondrial permitem a saída do cálcio. O mento
citoplasma não tem defesas para essa liberação excessiva de • Favorece o bom Queijo, peixes e legumes
cálcio, causando necrose celular. FÛsforo funcionamento da cé- secos
lulas nervosas
As alterações na mitocôndria comprometem a produção de
• Assegura o bom Sal marinho, peixe de
energia no cérebro. No lobo frontal, o aumento de radicais livres funcionamento da ti- água salgada e crustáceos
causa a hipofrontalidade, que torna mais difícil a resolução de Iodo
reóide
problemas novos e dificulta os relacionamentos humanos e a • Age no crescimento e
no desenvolvimento
capacidade profissional ou escolar. Se essas alterações duram mental
mais de 3 meses podemos ter o aparecimento de um quadro
depressivo.
* ObservaÁ„o:
As vitaminas, minerais e oligoelementos são nutrientes necessários
à síntese da serotonina. Sua diminuição no organismo causa distúrbios
do humor e reduz a síntese de melatonina, podendo causar insônia.
Na revista “Veja” (17 de maio, 2000) Lê-se: “Ao contrário do que
pensam os pais, a dieta dos adolescentes é nutritiva: só falta comer
mais”. Numa pesquisa com 725 estudantes, durante 8 meses, pode ser
projetada pra todos os estudantes de classe média de centros urbanos
do País. “Os adolescentes possuem hábitos alimentares semelhantes
aos da população brasileira em geral. Estão no limite máximo de
consumo de gordura, abaixo do de carboidratos e duas vezes acima do
ideal em proteínas”. Foi flagrante na pesquisa que, de forma geral, os
adolescentes “dificilmente saem à procura de boas fontes de vitaminas
e sais minerais”.
Concluindo, a melhor receita da “Veja” é “usar a criatividade, misturar
ingredientes e aproveitar o que a dieta dos filhos já tem de bom”. 1
RG_2007\Lista\BIO_Radicais_Livres_nº3_3a/PgMk\Acácia