Você está na página 1de 1

Resenha a respeito da palestra motivacional do Vanderlei Luxemburgo —

Guilherme Moura

Na final do Campeonato Paulista de Futebol de 2008, o Palmeiras ganhou de 5 x 0 da


Ponte Preta e se sagrou campeão. Um dos fatos lembrados desse jogo foi a palestra
que o então técnico do Palmeiras, Vanderlei Luxemburgo, deu para os jogadores
antes do jogo.

Vanderlei Luxemburgo sempre foi conhecido por ser um técnico com grandes
conhecimentos de futebol. Vários jogadores já declararam que o melhor treinador que
tiveram foi o Luxemburgo. Treinador de personalidade forte, também é conhecido por
ter tido diversos atritos com jogadores (o mais famoso é com o jogador Marcelinho
Carioca).

Palestra antes de jogos esportivos é conhecida como preleção, que nada mais é do
que uma instrução antes de uma lição ou exercício. Ele, Luxemburgo, apesar de ter se
desentendido com diversos atletas, sempre foi um cara “bom de vestiário”,
conseguindo fazer com que os jogadores deixassem a vaidade de lado (o que no
futebol é comum) e jogassem pelo objetivo principal de um jogo de futebol: a vitória.

Nessa preleção de 2008 (esse jogo era o segundo da final; no primeiro jogo, o
Palmeiras havia ganhado por 1 x 0, podendo até perder por um gol de diferença nesse
segundo jogo que seria campeão paulista), Luxemburgo reuniu todos os atletas em
volta dele, distribuiu para cada um uma camisa e uma faixa e pediu que eles as
vestissem. Nelas estavam escritas as seguintes palavras: “Palmeiras, campeão
paulista de 2008”. Os jogadores ficaram bem receosos, mas seguiram a orientação do
seu treinador. Luxemburgo disse as seguintes palavras para os jogadores após eles
colocarem a faixa e a camisa: “Eu sempre trago a faixa porque eu acredito que eu
sempre vou ganhar”.

Luxemburgo quis transmitir confiança para os jogadores, falando que, “quando um


jogo é decisivo, você acredita no melhor, e o melhor é ser campeão”. Falou para os
jogadores que eles eram os melhores por estarem ali, para não terem medo. É
possível perceber que os jogadores estão bem atentos e compenetrados no que ele
está falando. Como um líder, falou que ele gostaria de estar ali, de shorts e chuteiras,
para viver aquele grande momento que é uma final de campeonato. No fim de sua
fala, “manda” os jogadores fazerem um grande jogo dentro de campo e guardarem a
faixa, pois eles veriam que ganhariam aquele título. Jogadores, quando ele acaba de
falar, dão um grito de comemoração, incentivo.

Por fim, o goleiro Marcos, eterno ídolo do Palmeiras, também fala com os jogadores,
mostrando todo o drama que ele teve para estar ali (diversas lesões) e, emocionado,
diz que não aceitaria perder para essa Ponte Preta “nem a pau”. Resultado: 5 a 0
Palmeiras!

Link da palestra no Youtube: www.youtube.com/watch?v=5cs1ztWL8j8

Interesses relacionados