Você está na página 1de 14

PSICOLOGIA INSTITUCIONAL

1a aula

1a Questão

Quanto aos objetivos da instituição e do psicólogo, ambos têm que ser perfeitamente conhecidos como prerrogativa de
um ponto de partida para um trabalho profissional. O objetivo final do psicólogo institucional configura-se num objetivo
de psico-higiene. A psico-higiene consiste na:

extensão da psicologia aplicada.


atividade psicoterápica (doente e cura)
decadência tanto no aspecto investigativo quanto no desenvolvimento da prática profissional da psicologia.
passagem dos enfoques sociais aos individuais.
obtenção da melhor organização e condições as quais possam promover saúde e bem-estar dos integrantes
da instituição.

2a Questão

6. Em psicologia institucional, interessa a instituição em sua totalidade, o psicólogo institucional pode até se ocupar de
parte dela, mas sempre em função da totalidade. Em relação ao regime de contratação e ao trabalho do psicólogo
institucional, podemos afirmar de acordo com Bleger (1984): I. O trabalho do psicólogo institucional é definido após a
realização do diagnóstico II. O psicólogo institucional é um consultor, para ter autonomia na realização do seu trabalho
III. O psicólogo institucional deve ser contratado seguindo o regime de trabalho estabelecido pela CLT, ou seja, deve ser
registrado como funcionário da empresa. IV. O psicólogo institucional deve realizar as atividades pré-estabelecidas pela
empresa contratante. É correto o que se afirma em:

II e IV apenas
I e IV apenas
I e III apenas
I e II apenas
II e III apenas

3a Questão

O termo Psicologia Institucional foi criado por Bleger e segundo ele, este ramo da Psicologia deve recorrer ao que já foi
acumulado pela Psicologia: teoria, método, técnicas. Especificamente irá utilizar as contribuições da Psicologia Social e
da Psicanálise. Analise os itens a seguir e assinale a opção correta. I- O papel do psicólogo deve ser o de investigador
das relações interpessoais, ele deve conhecer e buscar a compreensão das variáveis manifestas e latentes que
determinam o comportamento humano nessas relações. II- . O objetivo mais geral do psicólogo no campo institucional,
segundo Bleger, é o da psico-higiene, ou seja, conseguir a partir de sua intervenção uma melhor organização no ambiente
de trabalho e promover maior bem-estar para os integrantes da Instituição. III- Para Bleger , a sociedade como um todo,
na sua forma objetiva apresenta em sua estrutura uma alienação fundamental onde o que é produzido socialmente (bens
de consumo, cultura) é distribuído de forma desigual entre seus membros.

Somente os itens I e III estão corretos.


Todos os itens estão corretos
Somente os itens I e II estão corretos.
Somente o item II está correto
Somente os itens II e III estão corretos.
4a Questão

No campo institucional, de acordo com Bleger, o psicólogo tem como objetivo promover a psico-higiene que tem como
proposta as seguintes afirmações, exceto:

conseguir melhor organização e condições que tendam a promover saúde e bem-estar dos integrantes da
instituição;
ser um agente de mudança e um catalisador ou depositário de conflitos a fim de reconhecê-los e não agir em
função deles, mas agir sobre eles.
contribuir para a solução dos conflitos, na condição de funcionário na instituição para um maior envolvimento
afetivo com os integrantes.
ser o técnico da explicitação do implícito, ajudando a compreender os problemas e todas as variáveis possíveis
dos mesmos;
ser um técnico das relações interpessoais ou um técnico dos vínculos humanos;

5a Questão

A Psicologia Institucional é um modelo que difere da Psicologia Individual porque:

utiliza categorias individuais para explicar as características de formação dos grupos;


utiliza categorias adequadas ao caráter dos fenômenos das agrupações humanas para explicar o indivíduo;
parte dos atendimentos terapêuticos individuais e em consultórios, para explicar os grupos, as instituições e as
comunidades, pelas características dos indivíduos;
utiliza o referencial individual dos consultórios, para explicar as características de outros indivíduos.
parte do indivíduo isolado para explicar as agrupações humanas e aplicam a estas últimas as categorias
observáveis e conceituais;

6a Questão

"O estudo dos fatores psicológicos que se acham em jogo na instituição, pelo mero fato de que nela participam seres
humanos e pelo fato da mediação imprescindível do ser humano para que ditas instituições existam". Define, segundo
Bleger, o conceito de:

Psicologia das Instituições


Psico-Higiene
Psicologia Clínica
Psicoterapia
Psicologia Aplicada

7a Questão

A técnica de grupos operativos caracteriza-se por estar centrada em uma:

atuação.
entrevista.
dramatização.
tarefa.
enquete.

8a Questão

A perspectiva de Bleger sobre a intervenção do psicólogo nas instituições é sempre _______________. Esta
perspectiva é entendida como em termos de relações de poder que delimitam a vida dos grupos e das classes sociais.
No entanto, o autor se esforça em demonstrar que esse trabalho é uma forma de fazer ciência, mas ciência no sentido
de investigação que não se desvincula do cotidiano e que está relacionada à subjetividade do indivíduo nas relações
humanas.

política
hierárquica
multifatorial
positivista
matricial

1a Questão

Numa escola de ensino tradicional, que vinha apresentando problemas no processo de ensino/aprendizagem, depois de
sofrer uma intervenção feita por um analista institucional, sua equipe escolar constata a necessidade de mudar seu
modelo de ensino, afim de atender as demandas da comunidade escolar. Pode-se dizer que nessa dinâmica institucional
a relação estabelecida está entre:

Estado e organização.
instituído e instituinte.
instituição e organização.
grupo e instituição.
grupo e organização.

2a Questão

Lapassade concebe a Burocracia como aquela que: I - apresenta uma forma de organização do poder em que há uma
alienação da condição de decisão sobre o fazer cotidiano em favor de grupos ou dirigentes II - apresenta um tipo de
relação de poder que atravessa toda a vida social, desde as relações de produção até o lazer; III - apresenta uma
organização do poder constituindo-se numa relação de desiguais quanto ao poder para definir o que deve ser feito.

As afirmativas I e III estão corretas;


As afirmativas I, II e III estão corretas;
Apenas a afirmativa III está correta;
Apenas a afirmativa I está correta.
As afirmativa I e II estão corretas;

3a Questão

De acordo com as definições a seguir, relacione com os devidos conceitos e marque a resposta com a sequência correta:
( )Conjunto de normas que regem a padronização de um determinado hábito na sociedade e que garantem a sua
reprodução.

( )Conjunto formado por duas ou mais pessoas que para atingir determinado(s) objetivo(s) necessita algum tipo de
interação.

( )É a forma escolhida para arranjar, dispor ou classificar objetos, documentos e informações.

É a base concreta da sociedade. 1-Grupo; 2-Organização; 3-Instituição.

1, 2 e 3.
2, 3 e 1.
3, 1 e 2.
2, 1 e 3.
3, 2 e 1.

4a Questão

A metodologia de análise das relações dentro da escola, espaço dinâmico onde se dá a prática do psicólogo escolar,
foi a partir dos institucionalistas Bleger e Lapassade, visto que seus conceitos teóricos se aplicam dentro desta
realidade. Com base nessas perspectivas, acredita-se que a escola deveria ser um lugar para o pensar, para a reflexão,
para o saber. I- Os três níveis que a análise institucional de Lapassade considera como base da realidade social são:
o do grupo, o da organização e o da instituição. II- Na conceituação de instituição, Lapassade distingue dois termos,
O primeiro significa o que está estabelecido e que tem caráter de cristalização das formas de relação. O segundo
refere-se ao movimento de criação e caracteriza-se como a capacidade de inventar novas formas de relação. São eles:
instituido - instituinte; III- Na concepção de organização da vida social, criada pelo Estado, Lapassade atribui um lugar
fundamental à burocracia, situando-a como uma questão política. Para ele a burocracia é: a organização da separação,
e seu traço definidor é a forma de organização do poder, em que há uma alienação da condição de decisão sobre o
fazer cotidiano, em favor de grupos que, embora em relação, não alinham seus interesses aos dos grupos ou indivíduos
executores. Estão Corretas as afirmativas:

somente I e III
somente I e II
somente I
I, II e III
somente II e III

5a Questão

Das afirmativas a seguir, quais estão corretas?

I-A análise institucional tem como proposta entender o que são as relações instituídas, bem com uma forma de "trabalhá-
las" ou agir sobre elas, na busca de compreender as ligações que os indivíduos e grupos mantêm com as instituições.

II-A Análise Institucional, como método de análise, visa a revelar nos grupos, o nível oculto de sua vida e funcionamento.

III-A Análise Institucional vista como um método de análise e como um método de intervenção, tem como objetivo
libertar o grupo da determinação institucional.

Todas as afirmativas estão corretas.


Apenas as afirmativas I e II.
Apenas a afirmativa I.
Apenas as afirmativas II e III.
Apenas a afirmativa III.
6a Questão

A análise institucional considera a realidade social acontecendo em três níveis: o do grupo, o da organização e o da
instituição. A respeito dessa afirmativa marque alternativa correta que se refere ao nível da organização:

Esse é o nível do que está instituído, como jurisdição e política.


Esse é o nível da vida cotidiana.
Esse é o nível da realidade ou do sistema social, com seus regimentos e regulamentos.
Esse é o nível do instituinte.
Esse é o nível da vida diária.

7a Questão

Das afirmativas que se seguem, apenas uma não explicita a concepção de Burocracia de acordo com Lapassade:

organiza um tipo de relação de poder que atravessa toda a vida social, desde as relações de produção até o
lazer.
desfaz a divisão do poder entre grupos de decisão e grupos de execução do fazer institucional.
produz relações autoritárias, exclui determinados grupos quanto aos processos decisórios, explicitando a
instituição da divisão do trabalho.
apresenta uma forma de organização do poder em que há uma alienação da condição de decisão sobre o fazer
cotidiano em favor de grupos ou dirigentes.
define uma organização do poder constituindo-se numa relação de desiguais quanto ao poder para definir o que
deve ser feito, bem assim como deve ser feito.

8a Questão

São eixos norteadores da Análise Institucional: I- O rompimento das relações de poder rígidas e hierarquizadas; II- A
explicitação da dimensão oculta das instituições nas ações cotidianas; III-O papel do analista como desencadeador do
processo de análise que deverá ser continuado, no dia a dia, pelos próprios agentes organizacionais; IV- A Análise
Institucional, como método de análise, visa a revelar nos grupos, esse nível oculto de sua vida e funcionamento ¿ a
dimensão institucional ¿ representado pelo Estado, enquanto instituição por excelência (instituição primeira) e como
método de intervenção assume um caráter político imediato ¿ o trabalho organizativo dos grupos, sua libertação pela
palavra, sua passagem da heteronomia para a auto-análise, auto-gestão, autonomia.

(e) I, II, III e IV estão certas.


(a) I e III estão certas.
(d) I e IV estão certas.
(b) I, II e III estão certas.
(c) I, III e IV estão certas.

1a Questão

Valor ou regra social reproduzida no cotidiano com estatuto de verdade, que serve como guia básico de comportamento
e de padrão ético para as pessoas, em geral. Essa frase refere-se:

à instituição.
à burocracia.
à ideologia.
ao grupo social.
à organização.

2a Questão

Em Lapassade entende-se, de modo geral, a análise institucional como a maneira singular de entender o que são as
relações instituídas e a forma de trabalhá-las ou agir sobre elas enquanto psicólogo. Suas bases concretas encontram-
se nas experiências da ______________________ que, criticando uma _____________________, procurou
constituir uma outra que dimensionasse o espaço, o tempo e a relação educador-educando.

pedagogia institucional - pedagogia autoritária


teoria Psicoanalítica - abordagem escolanovista
visão escolanovista - pedagogia institucional
visão cognitivo comportamental - visão materialista histórica
visão cognitivo comportamental - abordagem da gestalt

3a Questão

As instituições pedagógicas internas são:

métodos e técnicas institucionais que se pode utilizar nas classes, o trabalho em equipes, jogos, brincadeiras,
dramatização, leitura de palavras, o Conselho, etc. tudo que diz respeito à relação professor-aluno.
as normas de funcionamento do estabelecimento de ensino, horário, calendário de atividades, reuniões, etc.
formas de relacionamento dos professores e da instituição com as famílias dos alunos.
os inspetores, o diretor da escola, os programas, as instruções,os regulamentos, etc.
atividades relacionadas com o setor administrativo da escola, como, documentação, registro e matrícula do
aluno.

4a Questão

Das afirmativas que se seguem, apenas uma NÃO explicita a concepção de Burocracia de acordo com Lapassade:

apresenta uma organização do poder constituindo-se numa relação de desiguais quanto ao poder para definir o
que deve ser feito, bem assim como deve ser feito.
produz relações autoritárias, exclui determinados grupos quanto aos processos decisórios, explicitando a
instituição da divisão do trabalho.
apresenta uma forma de organização do poder em que há uma alienação da sociedade na condição de decisão
sobre o fazer cotidiano, em favor de grupos ou dirigentes;
desfaz a divisão no poder entre grupos de decisão e grupos de execução do fazer institucional, gerando uma
relação democrática.
apresenta um tipo de relação de poder que atravessa toda a vida social, desde as relações de produção até o
lazer;

5a Questão
Lapassade em relação à Instituições escolares diz que a pesquisa pedagógica deveria fazer distinção entre Instituições
externa e interna à classe. São consideradas Instituições pedagógicas internas:

Os programas, as instruções.
Inspetor, Diretor, normas.
Os inspetores, os programas.
Conjunto de técnicas utilizados na classe: trabalho em equipe.
O Diretor, as regras.

6a Questão

Segundo o livro "Psicologias: uma introdução ao estudo da psicologia", uma regra social se institucionaliza a partir do
processo de descoberta de forma mais rápida, simples e econômica de desempenhar as tarefas do cotidiano. Com base
na afirmativa, marque a alternativa INCORRETA:

Uma regra social foi institucionalizada quando a regra social estabelecida após gerações, perde sua
referencia de origem.
Um hábito estabelecido por razões concretas, transforma-se, com o passar do tempo, em tradição
Um hábito se estabelece quando uma forma mais rápida, simples e econômica de desempenhar uma tarefa,
repete-se várias vezes.
Um habito estabelecido por razões concretas, não transforma-se, com o passar do tempo, em tradição.
O homem primitivo, no momento em que começou a ter consciência da realidade do seu entorno, passou
a estabelecer regularidades comportamentais.

7a Questão

Na proposta de Lapassade sobre a técnica da autogestão, o trabalho do pedagogo passaria


por três etapas para o desenvolvimento da técnica. Analise as afirmativas a seguir sobre as
três etapas:
I - Num primeiro momento, os alunos, surpreendidos com a novidade da experiência,
permanecem imóveis, mudos, mais ou menos inertes, esperando que o pedagogo assuma a
direção das coisas.
II - O segundo momento mostra ao profissional da pedagogia o surgimento de discussões
sobre uma organização possível que possa contentar os desejos de todos.
III - A terceira etapa é a do trabalho propriamente dito, que pode assumir formas
extremamente diversas: em equipes especializadas e funcionais, em equipes homogêneas
ou até sem equipes.

Somente a afirmação I, está correta


Somente as afirmações II e III estão corretas
Somente a afirmação II está correta
Somente as afirmações I e III estão corretas
As afirmações I, II, e III estão corretas

1a Questão
Lapassade considera a análise institucional como um movimento, esse possuindo dois lados. De um lado constrói teorias
para se analisá-las, de outro forma conceitos de práticas e de intervenções institucionais. Pensando assim a análise
institucional visa inferir uma possibilidade de recriar e repensar a realidade social instituída. Analise os itens a seguir: I
-Para Lapassade existem três níveis de realidade institucional, primeira é em nível de grupo, segundo é o nível de
organização e terceiro a própria representação da instituição,o Estado. II- Os grupos consistem em formas mais simples
de ajuntamentos, mas mesmos simples carregam marcas institucionais para organizar e regulamentar o aprendizado e
a produção, dessa maneira vive-se instituído a todo lugar. III- O institucionalismo vê a sociedade como uma rede, uma
teia, um tecido institucional e distingue duas vertentes ou processos: o instituinte - tido como um processo dinâmico
capaz de criar, inovar e transformar a instituição e o instituído - visto como cristalizado, como estático sem possibilidades
de mudanças. Estão Corretas as afirmativas:

I, II e III
somente I
somente II e III
Somente II
somente I e III

2a Questão

É muito perigoso quando os professores rotulam um aluno de alguma forma, pois estão contribuindo para:

O aluno ir contra as aulas.


Reforçar que o aluno se conforme com essa nova identidade e atue de acordo com ela.
Abolir os desvios escolares.
O aluno ir contra os colegas e professores.
O aluno ir contra à Direção da escola.

3a Questão

Lapassade aponta que na visão do paradigma institucionalista clássico, a primeira definição de desvio remete a três
formas, são elas: Libidinal, ideológico e organizacional. A forma organizacional se refere:

às questões sócio-econômicas, que leva ao aumento dos fenômenos de desigualdade, em que se reforçam os
mecanismos de diferenciação dos melhores em detrimento dos mais fracos.
às consequências da desorganização social.
às classes sociais desfavorecidas como responsáveis pelos comportamentos desviantes.
à expressão dos impulsos do indivíduo.
à própria organização escolar que responsabiliza o indivíduo pela sua má conduta, ao invés de criar meios de
atender às necessidades da diversidade cultural existente nas salas de aula.

4a Questão

Segundo Lapassade, na visão do paradigma institucionalista clássico, a primeira definição de desvio remete a três
formas: ideológico, organizacional e libidinal.A Psicopedagogia Institucional contemporânea é reflexo do
desenvolvimento do Movimento Institucionalista, que se ampliou para além do campo da Psicologia, e passou a se
configurar, na área educacional, como uma busca de concepção das relações instituídas entre os atores de um mesmo
cenário - a Educação. I- A análise interacionista descreve o desvio como sendo resultado de uma construção interativa
e localizada, consequentemente o produto de um verdadeiro trabalho microssocial de instituição. II- Ao comparar a
análise institucional com a análise interacionista, Lapassade mostra que para a análise institucional, os desviantes,
quando definidos, por um desvio em relação a uma norma, contribuem para revelar a ordem estabelecida descrita,
frequentemente denunciada, como coercitiva e arbitrária. III- O Movimento Instituinte é uma rede de saberes e fazeres
que se propõe a desenvolver nos indivíduos, grupos e coletivos, processos mais autoanalíticos, autogestivos e
inventivos. Estão CORRETAS as afirmativas

somente I e III
somente II e III
I, II e III
somente I e II
somente I

Ref.: 201607679017

5a Questão

A análise interacionista vê no desvio um revelador social das normas prescritas pelos "empresários da moral". Isso
quer dizer que:

I-De acordo com a Análise Interacionista o desvio de comportamento e a rotulação de indivíduos depende da
maneira que o fenômeno é vivido em cada sociedade, num dado momento histórico e social. Na realidade, é um
conjunto de operações materiais e simbólicas que dá sentido às práticas e governa as ações dos atores, no plano
individual e social;

II-A Análise Interacionista compreende o desvio comportamental como um ato transgressor, individual, com a
finalidade de modificar as normas instituídas.

III- Para a Análise Interacionista, o caráter desviante ou não de um ato depende então da maneira que os outros
reagem. Segundo as teorias da rotulação, o desvio é o resultado das iniciativas do outro, visto que ele encadeia um
processo de intervenções colocado em prática para selecionar, identificar e tipificar os indivíduos.

As afirmativas I, II e III estão corretas;


As afirmativas I e III estão corretas.
Somente a III está correta;
Somente a I está correta;
As afirmativas I e II estão corretas;

Explicação:

Os empresários da moral são aqueles que julgam, que rotulam os indivíduos e isso desencadeia um processo de
intervenções colocado em prática para selecionar, identificar e tipificar os indivíduos.

Ref.: 201607684778

6a Questão

A Análise Institucional concebe o desvio escolar a partir de duas visões de análise: a institucional e a interacionista.
Das afirmativas a seguir, qual ou quais estão corretas? I-O desvio serve para revelar que a ordem estabelecida é
coercitiva e arbitrária, o desvio seria a consequência da desorganização social e do caráter patológico da sociedade. II-
O desvio deve ser visto como um sintoma social, como um sinal de que algo está errado naquele contexto social. III-O
desvio e a rotulação de indivíduos ou grupos sociais dependem da maneira que o fenômeno é vivido em cada
sociedade, num dado momento histórico e social.
Somente as afirmativas II e III.
Somente as afirmativas I e III.
Somente a afirmativa I.
As afirmativas I, II e III.
Somente a afirmativa II.

7a Questão

Lapassade analisa o desvio escolar sob o ponto de vista institucional. Ele aponta que na visão do paradigma
institucionalista clássico, a primeira definição de desvio remete a três formas, são elas:

Ideológico, organizacional e institucional.


Libidinal, ideológico e institucional.
Libidinal, ideológioco e organizacional.
Ideológico, organizacional e desviante.
Libidinal, institucional e desviante.

8a Questão

A análise institucional define o papel do professor em duplicidade: um local, pertinente à sua presença ativa e
instituinte na sala de aula; e o outro, referente à sua implantação no sistema social da educação, com suas
instituições (ministérios, coordenações regionais, etc). Segundo Lapassade, na visão do paradigma
institucionalista clássico, a primeira definição de desvio remete a três formas:

cultural, pedagógico e libidinal


ideológico, organizacional e libidinal
pedagógico, organizacional e cultural
ideológico, cultural e pedagógico
ideológico, organizacional e cultural

1a Questão

A relação família x escola é de fundamental importância na construção da identidade e autonomia da criança, uma
vez que o processo educacional contribui para que a mesma adquira segurança, sentindo-se amada tanto pelos pais
quanto por seus professores. Isso significa dizer que: I- cada escola, em conjunto com os pais, deve encontrar
formas peculiares de relacionamento que sejam compatíveis com a realidade de pais, professores, alunos e direção,
a fim de tornar este espaço físico e psicológico um fator de crescimento e de real envolvimento entre todos os
segmentos. II- a escola deve estruturar-se de forma a atender da melhor maneira possível seu aluno e seus pais,
utilizando de todos os meios e métodos de que possuí, formando parcerias com todos os envolvidos no processo
educativo para que se cumpram seus objetivos éticos e sociais. III- a Escola deve se planejar de acordo com as
características e necessidades da população atendida; por exemplo, os currículos e programas escolares devem ser
elaborados, respeitando-se o repertório inicial da população, as diferenças culturais e direcionados numa perspectiva
de formação do comportamento crítico. Marque a alternativa correta.

Apenas a afirmativa II está correta.


As afirmativas I e II estão corretas.
Apenas a afirmativa I está correta.
As afirmativas I, II e III estão corretas.
As afirmativas I e III estão corretas.
Explicação:

I- cada escola, em conjunto com os pais, deve encontrar formas peculiares de relacionamento que sejam
compatíveis com a realidade de pais, professores, alunos e direção, a fim de tornar este espaço físico e psicológico
um fator de crescimento e de real envolvimento entre todos os segmentos. VERDADEIRO, É FUNDAMENTAL QUE A
ESCOLA LEVE EM CONSIDERAÇÃO A REALIDADE DOS EDUCANDOS, REPRESENTANDO-OS NO
CURRICULO ESCOLAR, ABRINDO ESPAÇO PARA QUE TODOS OS SUJEITOS DA COMUNIDADE ESCOLAR TENHAM VOZ
ATIVA, POSSAM PARTICIPAR DAS DECISÕES

II- a escola deve estruturar-se de forma a atender da melhor maneira possível seu aluno e seus pais, utilizando de
todos os meios e métodos de que possuí, formando parcerias com todos os envolvidos no processo educativo para
que se cumpram seus objetivos éticos e sociais. VERDADEIRO, ESCOLA E FAMÍLIA EM PARCERIA,ENVOLVIDOS NA
FORMAÇÃO DOS ALUNOS

III- a Escola deve se planejar de acordo com as características e necessidades da população atendida; por exemplo,
os currículos e programas escolares devem ser elaborados, respeitando-se o repertório inicial da população, as
diferenças culturais e direcionados numa perspectiva de formação do comportamento críticoVERDADEIRO,
ESTABELECENDO RELAÇÃO ENTRE O CURRICULO DISCIPLINAR E O CURRÍCULO REAL, VIVIDO.

Ref.: 201607298932

2a Questão

Para um melhor entendimento do contexto que envolve a relação família-escola, é importante que se tenha como
ponto para análise a compreensão de que os processos de ensino e de aprendizagem ocorrem sob a perspectiva de
três dimensões que envolvem o contexto educacional, (CANDAU, 1983):

dimensões social, emocional e técnica.


dimensões ética, social e humana.
dimensões técnica, político-social e humana.
dimensões política-social e técnica.
dimensões emocional, ética, técnica e social.

Explicação:

Dimensões técnica (CONHECIMENTO TÉCNICO, PEDAGÓGICO), político-social (A AÇÃO NÃO E NEUTRA, É UM ATO
POLÍTICO SOCIAL) e humana (LIDA COM SERES HUMANOS)

Ref.: 201607303456

3a Questão

A família e a escola formam uma equipe. É fundamental que ambas sigam os mesmos princípios e critérios, bem
como a mesma direção em relação aos objetivos que desejam atingir.Com relação a esses pontos podemos
considerar: I- A comunicação entre família e escola deve ser pautada na confiabilidade, na credibilidade transmitida
pelos valores envolvidos, pelo respeito e pela integração. A escola nunca educará sozinha, de modo que a
responsabilidade educacional da família jamais cessará. Um caminho de cooperação que só será efetivo se os pais
compreenderem que à escola não cabe exercer a função moral da família. II- A inversão dos papéis da escola e da
família junto à sociedade é muito nítida, por exemplo, antes de um processo alfabetizador, a escola precisa integrar
esse aluno, advindo de uma família que o criou até então como centro do universo. Essa não deveria ser apenas
responsabilidade da escola, devendo ter sido trabalhada pela família. III- O diálogo entre família e escola tem sido
tema de muitos debates educacionais nos últimos anos. Todos nós, de certa forma, já refletimos sobre de quem é a
responsabilidade de educar as crianças e os jovens.A escola tem o papel único de ensinar para não distorcer o
conhecimento. Estão CORRETAS as afirmativas

I
I, II e III
II
I e II
II e III

Explicação:

I- A comunicação entre família e escola deve ser pautada na confiabilidade, na credibilidade transmitida pelos
valores envolvidos, pelo respeito e pela integração. A escola nunca educará sozinha, de modo que a responsabilidade
educacional da família jamais cessará. Um caminho de cooperação que só será efetivo se os pais compreenderem
que à escola não cabe exercer a função moral da família. VERDADEIRO, PARA QUE SE ESTABELEÇA UMA
RELAÇÃO PEDAGÓGICA, É PRECISO CONFIABILIDADE E CREDIBILIDADE PARA QUE O PROCESSO DE APREDIZAGEM
OCORRA COM TRANQUILIDADE, TRATA-SE DE UMA PARCERIA ENTRER ESCOLA E FAMILIA QUE, ESTA ULTIMA
NUNCA DEVERIA DEIXAR DE ASSUMIR SUA RSPONSABILIDADE NO ATO DE EDUCAR SEUS FILHOS, NÃO PASSANDO
A RESPONSABILIDADE APENAS PARA A ESCOLA

II- A inversão dos papéis da escola e da família junto à sociedade é muito nítida, por exemplo, antes de um processo
alfabetizador, a escola precisa integrar esse aluno, advindo de uma família que o criou até então como centro do
universo. Essa não deveria ser apenas responsabilidade da escola, devendo ter sido trabalhada pela família.
VERDADEIRO, FAMILIA E ESCOLA ENVOLVIDOS COM A FORMAÇÃO DOS ALUNOS

III- O diálogo entre família e escola tem sido tema de muitos debates educacionais nos últimos anos. Todos nós, de
certa forma, já refletimos sobre de quem é a responsabilidade de educar as crianças e os jovens.A escola tem o
papel único de ensinar para não distorcer o conhecimento. FALSO, A ESCOLA TAMBÉM FORMA VALORES E NÃO
APENAS NO CONHECIMENTO CIENTÍFICO

Ref.: 201607795900

4a Questão

Analise a seguinte situação, levando em conta a importância da relação escola-família: Imagine que você é o
Pedagogo de uma escola e uma professora diz que um aluno está apresentando um comportamento hiperativo e
agressivo. O que faria diante dessa situação? Marque a alternativa correta.

Concordaria com a professora, pois não ficaria bem desautorizar na sua percepção e tomaria providências
quanto ao aluno.
Chamaria o aluno para conversar e tentaria entender o que estava acontecendo com ele e caso precisasse de
uma punição faria a mesma.
Imediatamente suspenderia o aluno da escola, pois se está agressivo também pode por em risco outros
alunos.
Conversaria com a professora para saber como chegou a essa conclusão, observaria o aluno e chamaria a
família para conversar e tentar entender o que está acontecendo.
Diante desse caso de hiperatividade e agressividade que são muito comuns nas escolas, não tomaria
nenhuma providência por enquanto até ver se a situação se modificaria.

Explicação:
Concordar com a professora só para não estremecer um relacionamento entre ela e a pedagoga não é um
procedimento adequado, pois é preciso ter clareza e transparência nas relações interpessoais, visando alcance de
objetivos; conversar com a professora sobre como ela chegou a essa conclusão parece de bom tom; o diálogo é
sempre bem-vindo e deve ser uma prática comum em ambientes de trabalho, visando, nesse caso, o bem-estar do
aluno; supender o aluno sem antes conversar com os familiares não parece uma boa proposta pedagógica e também
por sua vez não tomar nenhuma providência, isso seria omissão.

Ref.: 201607732776

5a Questão

Em todas as abordagens educacionais relacionadas aos processos educativo e formativo, percebe-se uma unanimidade
no que se refere à necessidade de participação ativa dos pais nas atividades pedagógicas promovidas pela escola. Para
que haja o binômio família/escola é imprescindível pensar em aspectos relacionados a esta parceria: I- fazer com que a
família participe do planejamento, da execução, do acompanhamento e da avaliação de todo processo educativo na
instituição; II- promover a participação da família na rotina escolar, não apenas em festas e reuniões pontuais, fazendo
com que ela seja ouvida e que participe também da tomada de decisões; III- respeitar a diversidade cultural, étnico-
racial, religiosa e sexual das famílias.

As afirmativa I e II estão corretas;


As afirmativas I e III estão corretas;
Apenas a afirmativa III está correta;
(e) Apenas a afirmativa I está correta.
As afirmativas I, II e III estão corretas;

Explicação:

I- fazer com que a família participe do planejamento, da execução, do acompanhamento e da avaliação de todo
processo educativo na instituição; VERDADEIRO, A FAMÍLIA DEVE TER VOZ ATIVA NA ESCOLA, SOBRETUDO,
MEDIANTE GESTÃO DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA

II- promover a participação da família na rotina escolar, não apenas em festas e reuniões pontuais, fazendo com que
ela seja ouvida e que participe também da tomada de decisões; VERDADEIRO, NÃO SE TRATA DE CONVIDAR OS PAIS,
A FAMÍLIA APENAS PARA AS FESTAS E SIM, DENTRO DE UMA PERSPECTIVA DEMOCRÁTICA NA GESTÃO ESCOLAR,
TRATA-SE DE ABRIR UM ESPAÇO PARA QUE TODOS OS SUJEITOS DA COMUNIDADE ESCOLAR PARTICIPEM DAS
DECISÕES

III- respeitar a diversidade cultural, étnico-racial, religiosa e sexual das famílias. VERDADEIRO, SEM DÚVIDA, A
ESCOLA É UM ESPAÇO MARCADO PELA PLURALIDADE CULTURAL.

6a Questão

De acordo com Faria Filho (2000) a educação compete:

À família e à escola em ação conjunta;


À todos aqueles que exercem algum tipo de modelo social;
Exclusivamente à escola;
Exclusivamente à família;
Às instituições religiosas.
O autor inclusive postula que a escola deve também educar a familia para que essa possa cumprir seu papel. Toda
educação refere-se e reproduz um modelo social.

7a Questão

No conceito de escola ativa defendido por Faria Filho (2000) entra:

A existência de professores centralizadores;


A necessidade de entrosamento entre escola, professores e família;
A formação profissionalizante dos alunos.
A oferta de permanência em período integral dos alunos no espaço escolar
Uma atuação escolar bastante centralizadora da escola em relação aos alunos;

8a Questão

A sociedade tem passado por profundas mudanças nas últimas décadas, mudanças estas que tem afetado de forma
fundamental a estrutura e equilíbrio das famílias. A escola também, ainda que de forma mais lenta e compassada,
tem procurado se adaptar a essas mudanças, mas o que urge nos nossos dias é a interação entre ambas,
promovendo uma maior eficiência na educação e ensino das crianças. De acordo com essa afirmativa podemos
concluir que:

a relação entre escola e família é imprescindível, pois a família como espaço de orientação, construção da
identidade de um indivíduo deve promover juntamente com a escola uma parceria, a fim de contribuir no
desenvolvimento integral da criança e do adolescente.
atualmente a escola é o agente exclusivo de formação para a cidadania;
é possível ter uma relação estreita entre escola e família, mas ambas precisam cumprir seus papéis, a escola
deve ensinar e a família educar, sem uma interferir na outra;
muito tem sido transferido da família para a escola, funções que eram das famílias: educação sexual,
definição política, formação religiosa, entre outros. Com isso a escola perdeu seu foco e a família sua função.
a família, sendo à base de uma formação completa do indivíduo é a responsável única pela formação da
identidade do indivíduo, sem qualquer interferência da escola.