Você está na página 1de 5

Perguntas para revisão

1. Moeda mercadoria é moeda com valor intrínseco, como o ouro, que pode ser
usado para fins diferentes do que um meio de troca. Moeda fiduciária é moeda sem
valor intrínseco; não tem valor diferente do que em seu uso como meio de
troca. Nossa economia hoje usa moeda fiduciário.
2. A moeda é diferente de outros ativos na economia porque é o ativo mais
líquido acessível. Outros ativos variam muito em sua liquidez.
3. O Comitê Federal do Mercado Aberto (FOMC) é responsável por definir a
política monetária nos Estados Unidos. O FOMC consiste de 7 membros do Federal
Reserve Board of Governors e de 5 dos 12 presidentes dos Federal Reserve
Banks. Membros do Board of Governors são nomeados pelo presidente dos Estados
Unidos e confirmados pelo Senado ddos EUA. Os presidentes dos Federal Reserve
Banks são escolhidos pelo conselho de diretores de cada banco.
4. Depósitos à vista são saldos em contas bancárias que os depositantes podem
acessar sob demanda simplesmente com um cheque ou usando um cartão de
débito. Eles devem ser incluídos na oferta de moeda porque eles podem ser usados
como meio de troca.
5. Os bancos não detêm reservas de 100% porque é mais rentável usar as
reservas para fazer empréstimos, onde ganham juros, em vez de deixar a moeda como
reservas, que não geram juros.
A quantidade de reservas que os bancos detêm está relacionada à quantidade de
moeda que o sistema bancário cria por meio do multiplicador monetário. Quanto
menor a fração de reservas dos bancos, maior o multiplicador monetário, porque cada
dólar de reservas é usado para criar mais moeda.
6. Se o Fed quiser aumentar a oferta de moeda com operações de mercado
aberto, ele compra Títulos do governo dos EUA das pessoas no mercado aberto. A
compra aumenta o número de dólares nas mãos do público, aumentando assim a oferta
monetária.
7. A taxa de desconto é a taxa de juros sobre empréstimos que o Federal
Reserve faz aos bancos. E se o Fed eleva a taxa de desconto, menos bancos tomarão
empréstimos do Fed, então a reserva dos bancos e a oferta monetária será menor.
8. O Banco B mostrará uma mudança maior no capital bancário. A queda nos
ativos tornará o Banco B insolvente, porque seus ativos ficarão abaixo de seus
passivos. O Banco A sofrerá um grande declínio no capital bancário (70%), mas
permanecerá solvente.
9. O Fed não pode controlar a oferta monetária perfeitamente porque: (1) o Fed
não controla a quantidade de moeda que as famílias optam por manter como depósito
nos bancos; e (2) o Fed não controla o valor que os banqueiros optam por
emprestar. As ações das famílias e bancos afetam a oferta de moeda de maneiras que o
Fed não pode controlar ou prever perfeitamente.
10. As exigências de reserva são regulamentações sobre a quantidade mínima
de reservas que os bancos devem ter em relação aos depósitos. Um aumento nas
exigências de reserva aumenta a taxa de reserva, reduz o multiplicador monetário e
diminui a oferta monetária.
Problemas e Aplicações
1. Quando seu tio paga um empréstimo de $ 100 do Banco Nacional (TNB),
com um cheque de sua conta corrente do TNB, o resultado é uma mudança nos ativos
e passivos de ambos, seu tio e TNB, como mostrado nestas contas em T:

Ao pagar o empréstimo, seu tio simplesmente eliminou o empréstimo pendente


usando os ativos em sua conta corrente. A riqueza do seu tio não mudou; ele
simplesmente tem menos ativos e menos responsabilidades.
2. a. Um centavo de dólar americano é moeda na economia dos EUA porque é
usado como meio de troca para comprar bens ou serviços, serve como uma unidade de
conta porque os preços nas lojas são listados em termos de dólares e centavos, e serve
como uma reserva de valor para quem o detém ao longo do tempo.
2.b. Um peso mexicano não é moeda na economia dos EUA, porque não é
usado como meio de troca, e os preços não são dados em termos de pesos, por isso
não é uma unidade de conta. Isso poderia servir como uma reserva de valor, no
entanto.
3.c. Uma pintura de Picasso não é moeda, porque você não pode trocá-la por
bens ou serviços, e os preços não são dados em termos de pinturas de Picasso. No
entanto, serve como uma reserva de valor.
3.d. Um cartão de crédito de plástico é semelhante ao dinheiro, mas representa
pagamento diferido em vez de pagamento imediato. Portanto, os cartões de crédito
não representam totalmente o meio de função da troca de moeda, nem são realmente
reservas de valor, porque representam empréstimos a curto prazo, em vez de ser um
ativo como a moeda.
3. Se você pegar $ 100 que você mantinha como moeda e colocá-lo no sistema
bancário, então a quantidade de depósitos no sistema bancário aumenta em $ 1.000,
porque um índice de 10% significa que o multiplicador monetário é 1 / 0.10 = 10.
Assim, a oferta monetária aumenta em $ 900, porque os depósitos aumentam em $
1.000, mas a moeda cai em $ 100.
4.a. Aqui está a conta T do BSB:

4.b. Quando o maior depositante do BSB retira $ 10 milhões em dinheiro e o


BSB reduz seus empréstimos
Em dívida para manter o mesmo rácio de reserva, a sua conta T é agora:

4.c. Porque o BSB está cortando seus empréstimos, outros bancos se


encontrarão com poucas reservas e eles também podem cortar seus empréstimos.
4.d. O BSB pode achar difícil cortar seus empréstimos imediatamente, porque
não pode forçar pessoas a pagar seus empréstimos. Em vez disso, pode parar de fazer
novos empréstimos. Mas por um tempo pode encontrar-se com mais empréstimos do
que quer. Poderia tentar atrair depósitos adicionais para obter reservas adicionais, ou
pedir emprestado de outro banco ou do Fed.
5. Com uma taxa de reserva exigida de 10%, o multiplicador monetário poderia
ser tão alto quanto 1 / 0.10 = 10, se os bancos não tiverem reservas em excesso e as
pessoas não mantiverem alguma moeda adicional. Então o aumento máximo da oferta
monetária de uma compra de $ 10 milhões em mercado aberto é de $ 100 milhões. O
menor aumento possível é de $ 10 milhões, se todo o dinheiro for mantido pelos
bancos como reservas de excesso.
6.a.

6.b. O índice de alavancagem = $ 1.000 / $ 200 = 5.


6.c.

Ativos diminuem em 9%. O capital do banco diminui em 45%. O capital do


banco é menor que os ativos.
7.a. Se a taxa de reserva necessária for de 5%, as reservas obrigatórias do ABC
Bank serão de $ 500.000 × 0,05 = $ 25.000. Como as reservas totais do banco são de
$ 100.000, ele tem reservas em excesso de $ 75.000.
7.b. Com uma taxa de reserva exigida de 5%, o multiplicador monetário é 1 /
0,05 = 20. Se ABC Bank empresta as reservas excedentes de $ 75.000, a oferta
monetária acabará aumentando $ 75.000 × 20 = $ 1.500.000.
8. A oferta monetária se expandirá mais se o Fed comprar $ 2.000 em
títulos. Ambos depósitos levarão à expansão monetária, mas o depósito do Fed é
moeda nova. Os $ 2.000 do pote de biscoitos já faz parte da oferta monetária.
9.a. Com os bancos detendo apenas reservas obrigatórias de 10%, o
multiplicador monetário é 1 / 0,10 = 10.
Como as reservas são de $ 100 bilhões, a oferta monetária é de 10 × $ 100 bilhões = $
1 bilhão.
9.b. Se razão de reserva exigido for aumentada para 20%, o multiplicador
monetário declina para 1 / 0,20 = 5. Com reservas de $ 100 bilhões, a oferta monetária
cairia para $ 500 bilhões, um declínio de $ 500 bilhões. As reservas não seriam
alteradas.
10.a. Com uma taxa de reserva exigida de 10% e sem reservas em excesso, o
multiplicador monetário é 1 / 0.10 = 10. Se o Fed vender $ 1 milhão de títulos, as
reservas diminuirão em $ 1 milhão e a oferta monetária será contratada em 10 × 1
milhão = $ 10 milhões.
10.b. Os bancos podem desejar manter reservas excedentes se precisarem
manter as reservas para suas operações cotidianas, como o pagamento de outros
bancos pelas transações dos clientes, fazendo trocas, descontando cheques e assim por
diante. Se os bancos aumentarem as reservas excedentes de tal modo que não há uma
mudança geral na razão total de reservas, então o multiplicador monetário não muda
e não há efeito sobre a oferta monetária.
11.a. Se as pessoas detêm todo o dinheiro como moeda, a quantidade de moeda
é de $ 2.000.
11.b. Se as pessoas detêm todo o dinheiro como depósitos à vista em bancos
com reservas de 100%, a quantidade de moeda é de $ 2.000.
11.c. Se as pessoas tiverem $ 1.000 em moeda e $ 1.000 em depósitos à vista, a
quantidade de moeda é de $ 2.000.
11.d. Se os bancos têm uma taxa de reserva de 10%, o multiplicador monetário
é 1 / 0.10 = 10. Então, se as pessoas mantêm todo o dinheiro como depósitos à vista, a
quantidade de moeda é 10 × $ 2.000 = $ 20.000.
11.e. Se as pessoas tiverem quantidades iguais de moeda (C) e depósitos à
ordem (D) e o multiplicador monetário para reservas for de 10, então duas equações
devem ser satisfeitas:
(1) C = D, para que as pessoas tenham quantidades iguais de moeda e depósitos à
vista; e (2) 10 × ($ 2.000 - C) = D, para que o multiplicador monetário (10) vezes o
número de notas de dólar que não estão sendo em posse das pessoas ($ 2.000 - C) é
igual à quantidade de depósitos à vista (D). Usando a primeira equação na segunda
temos 10 × ($ 2.000 - D) = D, ou $ 20.000 - 10D = D ou $ 20.000 = 11D, assim D = $
1.818,18. Então C = $ 1.818,18. A quantidade de moeda é C + D = $ 3.636,36.
12.a. Para expandir a oferta monetária, o Fed deveria comprar títulos.
12.b. Com uma exigência de reserva de 20%, o multiplicador monetário é 1 /
0,20 = 5. Portanto, para expandir a oferta de dinheiro em $ 40 milhões, o Fed deve
comprar $ 40 milhões / 5 = $ 8 milhões de valores de títulos.