Você está na página 1de 132

Língua Portuguesa – 2o ano

Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Material do Professor – Digital

2o ano
Língua Portuguesa

1
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Apresentação

Caro(a) professor(a),

Este material tem como objetivo colaborar com seu trabalho, além de contribuir
para sua contínua atualização, oferecendo-lhe subsídios para a sua prática em sala
de aula.
Ele é composto de 12 sequências didáticas (sendo 3 por bimestre), com
apresentação do planejamento aula a aula, abordando os objetos de conhecimento
e as habilidades a serem trabalhados naquele período, bem como a sua disposição
no livro do estudante. Além disso, também há sugestões de práticas de sala de
aula, para a aplicação da metodologia adotada.
Para cada sequência didática, são sugeridas diferentes formas de
acompanhamento do desenvolvimento das aprendizagens do aluno, incluindo
projetos, trabalhos em grupo, apresentações, entregas em meios digitais (vídeos,
fotos, apresentações, websites etc.) e propostas de autoavaliação pelos alunos.
Todas essas sugestões são acompanhadas de orientação para avaliação das
habilidades relacionadas às sequências didáticas, e também de instrumentos para
verificação do desenvolvimento de cada uma delas. Além disso, um outro
instrumento empregado neste material é uma avaliação composta de 15 questões
por bimestre, acompanhadas de gabarito e grade de correção.
Neste material, é também apresentado um projeto integrador, em que a
disciplina de Língua Portuguesa interage interdisciplinarmente com outras
disciplinas.
Um plano de desenvolvimento anual também é apresentado como mais uma
ferramenta de auxílio ao professor.
Juntamente com o manual digital, há o material audiovisual (áudio, vídeo ou
videoaula), cuja finalidade é também servir como ferramenta de auxílio ao
professor, de forma alinhada e complementar ao conteúdo do livro impresso.
Esperamos que este seja um instrumento ativo que o(a) auxilie no dia a dia da
sala de aula, contribuindo para a prática docente e também para o processo de
ensino e aprendizagem de língua portuguesa nos anos iniciais do ensino
fundamental.

A autora

2
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Quadro de conteúdos, objetos de conhecimento e habilidades


da disciplina
1º BIMESTRE Unidade 1 – Nossa Escola
Capítulo 1: O que fazemos na escola?
Conteúdos Objetos de Habilidades
conhecimento
Capa de livro Deduções e inferências (EF01LP29) Identificar fonemas e sua representação por letras
de informações comparando unidades sonoras (palavras) com significados
Narrativas próprios, mas que se diferenciam por apenas um fonema/letra
literárias Localização de (como faca/vaca, mola/sola/cola/bola, mapa/mala).
informações em textos
Letras, sons e (EF01LP31) Reconhecer que alterações na ordem escrita dos
palavras Apreciação de texto grafemas provocam alterações na composição e no
literário significado da palavra, fazendo corresponder fonemas e
Exposição de
opinião Consciência grafemas.
grafofonêmica (EF02LP07) Usar estratégias de escuta de textos em situações
Aviso
Segmentação formais: formular perguntas de esclarecimento, recuperar
informações.
(EF02LP11) Formular hipóteses sobre o conteúdo de textos,
com base em títulos, legendas, imagens e pistas gráficas,
confirmando, ou não, as hipóteses realizadas.
(EF02LP12) Localizar, em textos curtos, informações pontuais.
(EF02LP15) Identificar a função sociocomunicativa de textos
que circulam em esferas da vida social, reconhecendo para
que foram produzidos, onde circulam, quem produziu, a
quem se destinam.
(EF02LP36) Segmentar corretamente as palavras ao escrever
frases e textos.
(EF02LP44) Relacionar ilustrações de narrativas com o texto
verbal.
(EF02LP48) Ouvir, com atenção e interesse, a leitura feita pelo
professor, ou ler, de forma autônoma, textos literários, e
expressar preferências por gêneros, temas e autores.
(EF02LP49) Selecionar livros da biblioteca e/ou do cantinho de
leitura da sala de aula para leitura individual, na escola ou em
casa e, após a leitura, compartilhar com os colegas sua
opinião sobre o livro.
Capítulo 2: A convivência na escola
Conteúdos Objetos de Habilidades
conhecimento

3
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Cartaz com Constituição da (EF02LP01) Expressar-se em situações de intercâmbio oral


regras de identidade psicossocial, com autoconfiança (sem medo de falar em público), liberdade
convivência em sala de aula, por e desenvoltura, preocupando-se em ser compreendido pelo
meio da oralidade interlocutor e usando a palavra com tom de voz audível, boa
História em articulação e ritmo adequado.
quadrinhos Objetivos de leitura
(EF02LP02) Colaborar com o professor e os colegas para a
Alfabeto Fluência de leitura para a definição de acordos e combinados que organizem a
compreensão de texto convivência em sala de aula.
Ordem alfabética
Localização de (EF02LP09) Ler, com autonomia e fluência, textos curtos, com
Discussão para informações em textos
definição de nível de textualidade adequado, silenciosamente e, em
regras Conhecimento do seguida, em voz alta.
alfabeto (EF02LP10) Relacionar os objetivos de leitura de textos lidos
Lista
na escola aos seus próprios objetivos de leitura fora da
escola.
(EF02LP11) Formular hipóteses sobre o conteúdo de textos,
com base em títulos, legendas, imagens e pistas gráficas,
confirmando, ou não, as hipóteses realizadas.
(EF02LP12) Localizar, em textos curtos, informações pontuais.
(EF02LP14) Inferir, em textos curtos, informações implícitas de
fácil identificação.
(EF02LP15) Identificar a função sociocomunicativa de textos
que circulam em esferas da vida social, reconhecendo para
que foram produzidos, onde circulam, quem produziu, a
quem se destinam.
(EF02LP18) Identificar o efeito de sentido produzido pelo uso
de recursos expressivos gráfico-visuais, em ilustração de
história em quadrinhos ou tira.
(EF02LP19) Planejar, com a ajuda do professor, o texto que
será produzido, considerando a situação comunicativa, os
interlocutores (quem escreve/para quem escreve); a finalidade
ou o propósito (escrever para quê); a circulação (onde o texto
vai circular); o suporte (qual é o portador do texto); a
linguagem, organização, estrutura; o tema e assunto do texto.
(EF02LP20) Escrever listas de nomes ou de objetos,
associando, quando pertinente, texto verbal e visual,
considerando a situação comunicativa e o tema/assunto do
texto.
(EF02LP24) Criar cartazes simples, utilizando linguagem
persuasiva e elementos textuais e visuais (tamanho da letra,
leiaute, imagens) adequados ao gênero textual, considerando
a situação comunicativa e o tema/assunto do texto.
(EF02LP26) Reler os textos produzidos, com a mediação do
professor e colaboração dos colegas, para fazer cortes,
acréscimos, reformulações, correções de ortografia e
pontuação.
(EF02LP27) Reescrever o texto incorporando as alterações
feitas na revisão e obedecendo às convenções de disposição
gráfica e de inclusão de título e autoria.
(EF02LP31) Recitar o alfabeto na ordem das letras.

4
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

1º BIMESTRE Unidade 2 – Amigo é tudo de bom!


Capítulo 3: Amigo é para toda hora
Conteúdos Objetos de Habilidades
conhecimento
Capa de revista Constituição da (EF02LP01) Expressar-se em situações de intercâmbio oral
de história em identidade psicossocial, com autoconfiança (sem medo de falar em público), liberdade
quadrinhos em sala de aula, por e desenvoltura, preocupando-se em ser compreendido pelo
meio da oralidade interlocutor e usando a palavra com tom de voz audível, boa
História em articulação e ritmo adequado.
quadrinhos Avaliação dos efeitos
produzidos em textos (EF02LP05) Interpretar o sentido de aspectos não linguísticos
Letra de canção (paralinguísticos) da fala, como olhar, riso, gestos,
Consciência movimentos de cabeça (de concordância ou discordância).
Vogais e grafofonêmica
consoantes (EF02LP06) Identificar finalidades da interação oral, em
Dimensão social e diferentes contextos comunicativos (solicitar informações,
Depoimento estética do texto literário apresentar opiniões, informar, relatar experiências etc.).
(EF02LP11) Formular hipóteses sobre o conteúdo de textos,
com base em títulos, legendas, imagens e pistas gráficas,
confirmando, ou não, as hipóteses realizadas.
(EF02LP12) Localizar, em textos curtos, informações pontuais.
(EF02LP14) Inferir, em textos curtos, informações implícitas de
fácil identificação.
(EF02LP18) Identificar o efeito de sentido produzido pelo uso
de recursos expressivos gráfico-visuais, em ilustração de
história em quadrinhos ou tira.
(EF02LP32) Escrever palavras, frases, textos curtos nas formas
imprensa e cursiva.
(EF02LP35) Memorizar a grafia de palavras frequentes no
ambiente escolar e nos textos lidos na sala de aula,
independentemente da estrutura silábica e de
correspondências irregulares fonema-grafema.
(EF02LP49) Selecionar livros da biblioteca e/ou do cantinho de
leitura da sala de aula para leitura individual, na escola ou em
casa e, após a leitura, compartilhar com os colegas sua

5
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

opinião sobre o livro.

Capítulo 4: Mensagens entre amigos


Conteúdos Objetos de Habilidades
conhecimento
Bilhetes Finalidades da interação (EF02LP01) Expressar-se em situações de intercâmbio oral
oral com autoconfiança (sem medo de falar em público), liberdade
Mensagens e desenvoltura, preocupando-se em ser compreendido pelo
instantâneas Constituição da interlocutor e usando a palavra com tom de voz audível, boa
(WhatsApp) identidade psicossocial, articulação e ritmo adequado.
em sala de aula, por
Texto instrucional meio da oralidade (EF02LP09) Ler, com autonomia e fluência, textos curtos, com
Sílabas nível de textualidade adequado, silenciosamente e, em
Localização de seguida, em voz alta.
informações em textos
(EF02LP10) Relacionar os objetivos de leitura de textos lidos
Estruturas silábicas na escola aos seus próprios objetivos de leitura fora da
Mensagem pessoal escola.
Planejamento do texto (EF02LP11) Formular hipóteses sobre o conteúdo de textos,
com base em títulos, legendas, imagens e pistas gráficas,
Revisão do texto confirmando, ou não, as hipóteses realizadas.
(EF02LP12) Localizar, em textos curtos, informações pontuais.
(EF02LP14) Inferir, em textos curtos, informações implícitas de
fácil identificação.
(EF02LP15) Identificar a função sociocomunicativa de textos
que circulam em esferas da vida social, reconhecendo para
que foram produzidos, onde circulam, quem produziu, a
quem se destinam.
(EF02LP19) Planejar, com a ajuda do professor, o texto que
será produzido, considerando a situação comunicativa, os
interlocutores (quem escreve/para quem escreve); a finalidade
ou o propósito (escrever para quê); a circulação (onde o texto
vai circular); o suporte (qual é o portador do texto); a
linguagem, organização, estrutura; o tema e assunto do texto.
(EF02LP21) Escrever bilhetes e cartas, em meio impresso e/ou
digital (e-mail, mensagem em rede social etc.), mantendo as
características do gênero textual e dos portadores,
considerando a situação comunicativa e o tema/assunto do
texto.
(EF02LP22) Escrever e responder, em meio digital, mensagens
instantâneas para amigos, colegas ou familiares, mantendo as
características do gênero textual.
(EF02LP26) Reler os textos produzidos, com a mediação do
professor e colaboração dos colegas, para fazer cortes,
acréscimos, reformulações, correções de ortografia e
pontuação.
(EF02LP27) Reescrever o texto incorporando as alterações
feitas na revisão e obedecendo às convenções de disposição
gráfica e de inclusão de título e autoria.
(EF02LP30) Segmentar palavras em sílabas e remover e
substituir sílabas iniciais, mediais ou finais para criar novas

6
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

palavras.

2º BIMESTRE Unidade 3 – Nossos brinquedos e nossas brincadeiras


Capítulo 5: Brinquedos de ontem e de hoje
Conteúdos Objetos de Habilidades
conhecimento
Cantiga popular Constituição da (EF02LP01) Expressar-se em situações de intercâmbio oral
identidade psicossocial, com autoconfiança (sem medo de falar em público), liberdade
Excerto de cordel em sala de aula, por e desenvoltura, preocupando-se em ser compreendido pelo
Composição das meio da oralidade interlocutor e usando a palavra com tom de voz audível, boa
sílabas articulação e ritmo adequado.
Deduções e inferências
Recitação de de informações (EF02LP07) Usar estratégias de escuta de textos em situações
textos da formais: formular perguntas de esclarecimento, recuperar
Objetivos de leitura informações.
tradição oral
Localização de (EF02LP10) Relacionar os objetivos de leitura de textos lidos
informações em textos na escola aos seus próprios objetivos de leitura fora da
Lista escola.
Estruturas silábicas (EF02LP11) Formular hipóteses sobre o conteúdo de textos,
com base em títulos, legendas, imagens e pistas gráficas,
Elementos constitutivos confirmando, ou não, as hipóteses realizadas.
do discurso dramático
em prosa e versos: (EF02LP12) Localizar, em textos curtos, informações pontuais.
função e organização (EF02LP14) Inferir, em textos curtos, informações implícitas de
Dimensão social e fácil identificação.
estética do texto literário (EF02LP20) Escrever listas de nomes ou de objetos,
Procedimentos de escuta associando, quando pertinente, texto verbal e visual,
de textos considerando a situação comunicativa e o tema/assunto do
texto.
Apreciação de texto
literário (EF02LP33) Ler e escrever corretamente palavras com sílabas
CV, V, CVC, CCV, identificando que existem vogais em todas
as sílabas.
(EF02LP46) Recitar parlendas, quadras, quadrinhas e poemas,
além de cantar músicas e canções, com ritmo, melodia e
sonoridade, observando as rimas.
(EF02LP47) Compartilhar em sala de aula textos de tradição
oral pesquisados na família e na comunidade (em versos –

7
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

cantigas de roda, adivinhas, parlendas, quadrinhas, trava-


línguas etc. – e em prosa – contos populares, fábulas, mitos,
lendas etc.).
(EF02LP49) Selecionar livros da biblioteca e/ou do cantinho de
leitura da sala de aula para leitura individual, na escola ou em
casa e, após a leitura, compartilhar com os colegas sua
opinião sobre o livro.
Capítulo 6: Vamos fazer um brinquedo?
Conteúdos Objetos de Habilidades
conhecimento
Capa de livro Deduções e inferências (EF02LP03) Escutar, com atenção e compreensão, instruções
de informações orais ao participar de atividades escolares.
Texto instrucional
Consciência (EF02LP07) Usar estratégias de escuta de textos em situações
Confronto entre grafofonêmica formais: formular perguntas de esclarecimento, recuperar
PeB informações.
Procedimentos de escuta
Cartaz de textos (EF02LP11) Formular hipóteses sobre o conteúdo de textos,
Exposição de com base em títulos, legendas, imagens e pistas gráficas,
Planejamento do texto confirmando, ou não, as hipóteses realizadas.
opinião
Procedimentos (EF02LP12) Localizar, em textos curtos, informações pontuais.
linguístico-gramaticais e
ortográficos (EF02LP15) Identificar a função sociocomunicativa de textos
que circulam em esferas da vida social, reconhecendo para
que foram produzidos, onde circulam, quem produziu, a
quem se destinam.
(EF02LP19) Planejar, com a ajuda do professor, o texto que
será produzido, considerando a situação comunicativa, os
interlocutores (quem escreve/para quem escreve); a finalidade
ou o propósito (escrever para quê); a circulação (onde o texto
vai circular); o suporte (qual é o portador do texto); a
linguagem, organização, estrutura; o tema e assunto do texto.
(EF02LP25) Utilizar, ao produzir o texto, grafia correta de
palavras conhecidas ou com estruturas silábicas já dominadas,
letras maiúsculas em início de frases e em substantivos
próprios, segmentação entre as palavras, ponto final, ponto
de interrogação e ponto de exclamação.
(EF02LP26) Reler os textos produzidos, com a mediação do
professor e colaboração dos colegas, para fazer cortes,
acréscimos, reformulações, correções de ortografia e
pontuação.
(EF02LP27) Reescrever o texto incorporando as alterações
feitas na revisão e obedecendo às convenções de disposição
gráfica e de inclusão de título e autoria.
(EF02LP29) Ler e escrever palavras com correspondências
regulares diretas entre letras e fonemas (f, v, t, d, p, b) e
correspondências regulares contextuais (c e g; e e o, em
posição átona em final de palavra).

2º BIMESTRE Unidade 4 – Companheiros fiéis


Capítulo 7: Extra! Extra! Animais viram notícia!
Conteúdos Objetos de Habilidades
conhecimento

8
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Homepage Constituição da (EF02LP01) Expressar-se em situações de intercâmbio oral


identidade psicossocial, com autoconfiança (sem medo de falar em público), liberdade
Notícia em sala de aula, por e desenvoltura, preocupando-se em ser compreendido pelo
Tabelas meio da oralidade interlocutor e usando a palavra com tom de voz audível, boa
articulação e ritmo adequado.
Confronto entre Autodomínio do processo
TeD de leitura (EF02LP04) Reconhecer características da conversação
espontânea presencial, respeitando os turnos de fala,
Exposição de Avaliação dos efeitos de selecionando e utilizando, durante a conversação, formas de
opinião sentido produzidos em tratamento adequadas, de acordo com a situação e a posição
textos do interlocutor (“senhor/a”, “você” etc.).
Legenda de
fotografia Localização de (EF02LP09) Ler, com autonomia e fluência, textos curtos, com
informações em textos nível de textualidade adequado, silenciosamente e, em
Objetivos de leitura seguida, em voz alta.
Edição do texto (EF02LP10) Relacionar os objetivos de leitura de textos lidos
na escola aos seus próprios objetivos de leitura fora da
Apreciação de texto escola.
literário
(EF02LP11) Formular hipóteses sobre o conteúdo de textos,
Consciência com base em títulos, legendas, imagens e pistas gráficas,
grafofonêmica confirmando, ou não, as hipóteses realizadas.
(EF02LP12) Localizar, em textos curtos, informações pontuais.
(EF02LP13) Buscar e selecionar textos em diferentes fontes
(incluindo ambientes virtuais) para realizar pesquisas
escolares.
(EF02LP15) Identificar a função sociocomunicativa de textos
que circulam em esferas da vida social, reconhecendo para
que foram produzidos, onde circulam, quem produziu, a
quem se destinam.
(EF02LP17) Deduzir o significado de palavras desconhecidas
ou pouco familiares, com base no contexto da frase ou do
texto.
(EF02LP29) Ler e escrever palavras com correspondências
regulares diretas entre letras e fonemas (f, v, t, d, p, b) e
correspondências regulares contextuais (c e g; e e o, em
posição átona em final de palavra).
(EF02LP32) Escrever palavras, frases, textos curtos nas formas
imprensa e cursiva.
(EF02LP49) Selecionar livros da biblioteca e/ou do cantinho de
leitura da sala de aula para leitura individual, na escola ou em
casa e, após a leitura, compartilhar com os colegas sua
opinião sobre o livro.

Capítulo 8: Cuidando com amor e responsabilidade


Conteúdos Objetos de Habilidades
conhecimento
Cartaz de Deduções e inferências (EF02LP03) Escutar, com atenção e compreensão, instruções
campanha de informações orais ao participar de atividades escolares.
Trava-línguas Autodomínio do processo (EF02LP09) Ler, com autonomia e fluência, textos curtos, com
de leitura nível de textualidade adequado, silenciosamente e, em
Narrativa literária

9
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Confronto entre Localização de seguida, em voz alta.


FeV informações em textos
(EF02LP11) Formular hipóteses sobre o conteúdo de textos,
Consciência com base em títulos, legendas, imagens e pistas gráficas,
grafofonêmica confirmando, ou não, as hipóteses realizadas.
Planejamento do texto (EF02LP12) Localizar, em textos curtos, informações pontuais.
Revisão do texto (EF02LP14) Inferir, em textos curtos, informações implícitas de
fácil identificação.
(EF02LP15) Identificar a função sociocomunicativa de textos
que circulam em esferas da vida social, reconhecendo para
que foram produzidos, onde circulam, quem produziu, a
quem se destinam.
(EF02LP16) Reconhecer o tema de textos, com base em
títulos, legendas, imagens, pistas gráficas.
(EF02LP19) Planejar, com a ajuda do professor, o texto que
será produzido, considerando a situação comunicativa, os
interlocutores (quem escreve/para quem escreve); a finalidade
ou o propósito (escrever para quê); a circulação (onde o texto
vai circular); o suporte (qual é o portador do texto); a
linguagem, organização, estrutura; o tema e assunto do texto.
(EF02LP24) Criar cartazes simples, utilizando linguagem
persuasiva e elementos textuais e visuais (tamanho da letra,
leiaute, imagens) adequados ao gênero textual, considerando
a situação comunicativa e o tema/assunto do texto.
(EF02LP26) Reler os textos produzidos, com a mediação do
professor e colaboração dos colegas, para fazer cortes,
acréscimos, reformulações, correções de ortografia e
pontuação.
(EF02LP27) Reescrever o texto incorporando as alterações
feitas na revisão e obedecendo às convenções de disposição
gráfica e de inclusão de título e autoria.
(EF02LP29) Ler e escrever palavras com correspondências
regulares diretas entre letras e fonemas (f, v, t, d, p, b) e
correspondências regulares contextuais (c e g; e e o, em
posição átona em final de palavra).
(EF02LP48) Ouvir, com atenção e interesse, a leitura feita pelo
professor, ou ler, de forma autônoma, textos literários, e
expressar preferências por gêneros, temas e autores.
(EF02LP49) Selecionar livros da biblioteca e/ou do cantinho de
leitura da sala de aula para leitura individual, na escola ou em
casa e, após a leitura, compartilhar com os colegas sua
opinião sobre o livro.
3º BIMESTRE Unidade 5 – Coisas de família...
Capítulo 9: De todos os tipos
Conteúdos Objetos de Habilidades
conhecimento

10
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Capa de livro Constituição da (EF02LP01) Expressar-se em situações de intercâmbio oral


identidade psicossocial, com autoconfiança (sem medo de falar em público), liberdade
Relato literário em sala de aula, por e desenvoltura, preocupando-se em ser compreendido pelo
Tipos de letra meio da oralidade interlocutor e usando a palavra com tom de voz audível, boa
(de imprensa e articulação e ritmo adequado.
Deduções e inferências
cursiva) de informações (EF02LP07) Usar estratégias de escuta de textos em situações
Frase formais: formular perguntas de esclarecimento, recuperar
Localização de informações.
Uso de letra informações em textos
maiúscula (EF02LP08) Relatar experiências pessoais, com observância da
Conhecimento do sequência dos fatos e do nível de informatividade necessário,
Relato de alfabeto utilizando expressões que marquem a passagem do tempo
experiência (“antes”, “depois”, “ontem”, “hoje”, “amanhã”, “outro dia”,
pessoal “antigamente”, “há muito tempo” etc.).
Exposição de (EF02LP09) Ler, com autonomia e fluência, textos curtos, com
opinião nível de textualidade adequado, silenciosamente e, em
seguida, em voz alta.
(EF02LP11) Formular hipóteses sobre o conteúdo de textos,
com base em títulos, legendas, imagens e pistas gráficas,
confirmando, ou não, as hipóteses realizadas.
(EF02LP12) Localizar, em textos curtos, informações pontuais.
(EF02LP14) Inferir, em textos curtos, informações implícitas de
fácil identificação.
(EF02LP16) Reconhecer o tema de textos, com base em
títulos, legendas, imagens, pistas gráficas.
(EF02LP23) Produzir pequenos relatos de observação de
processos, de fatos, de experiências pessoais, mantendo as
características do gênero textual, considerando a situação
comunicativa e o tema/assunto do texto.
(EF02LP31) Recitar o alfabeto na ordem das letras.
(EF02LP32) Escrever palavras, frases, textos curtos nas formas
imprensa e cursiva.
Capítulo 10: Carta pra você!
Conteúdos Objetos de Habilidades
conhecimento

11
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Carta pessoal Deduções e inferências (EF02LP09) Ler, com autonomia e fluência, textos curtos, com
de informações nível de textualidade adequado, silenciosamente e, em
E-mail seguida, em voz alta.
Autodomínio do processo
Narrativa literária de leitura (EF02LP11) Formular hipóteses sobre o conteúdo de textos,
Uso do com base em títulos, legendas, imagens e pistas gráficas,
Localização de confirmando, ou não, as hipóteses realizadas.
dicionário (os informações em textos
significados das (EF02LP12) Localizar, em textos curtos, informações pontuais.
palavras) Mensagem pessoal
(EF02LP14) Inferir, em textos curtos, informações implícitas de
Pontuação: Pontuação fácil identificação.
ponto final,
ponto de Apreciação de texto (EF02LP15) Identificar a função sociocomunicativa de textos
exclamação e literário que circulam em esferas da vida social, reconhecendo para
ponto de Planejamento do texto que foram produzidos, onde circulam, quem produziu, a
interrogação quem se destinam.
Revisão do texto
(EF02LP19) Planejar, com a ajuda do professor, o texto que
Procedimentos será produzido, considerando a situação comunicativa, os
linguístico-gramaticais e interlocutores (quem escreve/para quem escreve); a finalidade
ortográficos ou o propósito (escrever para quê); a circulação (onde o texto
vai circular); o suporte (qual é o portador do texto); a
linguagem, organização, estrutura; o tema e assunto do texto.
(EF02LP21) Escrever bilhetes e cartas, em meio impresso e/ou
digital (e-mail, mensagem em rede social etc.), mantendo as
características do gênero textual e dos portadores,
considerando a situação comunicativa e o tema/assunto do
texto.
(EF02LP25) Utilizar, ao produzir o texto, grafia correta de
palavras conhecidas ou com estruturas silábicas já dominadas,
letras maiúsculas em início de frases e em substantivos
próprios, segmentação entre as palavras, ponto final, ponto
de interrogação e ponto de exclamação.
(EF02LP26) Reler os textos produzidos, com a mediação do
professor e colaboração dos colegas, para fazer cortes,
acréscimos, reformulações, correções de ortografia e
pontuação.
(EF02LP27) Reescrever o texto incorporando as alterações
feitas na revisão e obedecendo às convenções de disposição
gráfica e de inclusão de título e autoria.
(EF02LP37) Usar adequadamente ponto final, ponto de
interrogação e ponto de exclamação.
(EF02LP49) Selecionar livros da biblioteca e/ou do cantinho de
leitura da sala de aula para leitura individual, na escola ou em
casa e, após a leitura, compartilhar com os colegas sua
opinião sobre o livro.

3º BIMESTRE Unidade 6 – Os medos que temos


Capítulo 11: Estou com medo! E agora?
Conteúdos Objetos de Habilidades
conhecimento

12
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Capa de livro Deduções e inferências (EF02LP01) Expressar-se em situações de intercâmbio oral


de informações com autoconfiança (sem medo de falar em público), liberdade
Excerto de conto e desenvoltura, preocupando-se em ser compreendido pelo
Fluência de leitura para a interlocutor e usando a palavra com tom de voz audível, boa
História em compreensão do texto
quadrinhos articulação e ritmo adequado.
Conhecimento do (EF02LP06) Identificar finalidades da interação oral, em
Letra C alfabeto diferentes contextos comunicativos (solicitar informações,
Letra G Consciência apresentar opiniões, informar, relatar experiências etc.).
Confronto entre grafofonêmica (EF02LP08) Relatar experiências pessoais, com observância da
C / QU Dimensão social e sequência dos fatos e do nível de informatividade necessário,
Depoimento estética do texto literário utilizando expressões que marquem a passagem do tempo
(“antes”, “depois”, “ontem”, “hoje”, “amanhã”, “outro dia”,
Lista Apreciação de texto “antigamente”, “há muito tempo” etc.).
literário
(EF02LP09) Ler, com autonomia e fluência, textos curtos, com
nível de textualidade adequado, silenciosamente e, em
seguida, em voz alta.
(EF02LP10) Relacionar os objetivos de leitura de textos lidos
na escola aos seus próprios objetivos de leitura fora da
escola.
(EF02LP11) Formular hipóteses sobre o conteúdo de textos,
com base em títulos, legendas, imagens e pistas gráficas,
confirmando, ou não, as hipóteses realizadas.
(EF02LP12) Localizar, em textos curtos, informações pontuais.
(EF02LP14) Inferir, em textos curtos, informações implícitas de
fácil identificação.
(EF02LP18) Identificar o efeito de sentido produzido pelo uso
de recursos expressivos gráfico-visuais, em ilustração de
história em quadrinhos ou tira.
(EF02LP20) Escrever listas de nomes ou de objetos,
associando, quando pertinente, texto verbal e visual,
considerando a situação comunicativa e o tema/assunto do
texto.
(EF02LP29) Ler e escrever palavras com correspondências
regulares diretas entre letras e fonemas (f, v, t, d, p, b) e
correspondências regulares contextuais (c e g; e e o, em
posição átona em final de palavra).
(EF02LP32) Escrever palavras, frases, textos curtos nas formas
imprensa e cursiva.
(EF02LP41) Reconhecer o conflito gerador de uma narrativa
ficcional e sua resolução, além de palavras, expressões e
frases que caracterizam personagens e ambientes.
(EF02LP44) Relacionar ilustrações de narrativas com o texto
verbal.
(EF02LP45) Reescrever textos narrativos literários lidos pelo
professor.
(EF02LP48) Ouvir, com atenção e interesse, a leitura feita pelo
professor, ou ler, de forma autônoma, textos literários, e
expressar preferências por gêneros, temas e autores.
(EF02LP49) Selecionar livros da biblioteca e/ou do cantinho de

13
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

leitura da sala de aula para leitura individual, na escola ou em


casa e, após a leitura, compartilhar com os colegas sua
opinião sobre o livro.

Capítulo 12: Estou com medo! E agora?


Conteúdos Objetos de Habilidades
conhecimento
Fotogramas Constituição da (EF02LP01) Expressar-se em situações de intercâmbio oral
identidade psicossocial, com autoconfiança (sem medo de falar em público), liberdade
Sinopse em sala de aula, por e desenvoltura, preocupando-se em ser compreendido pelo
Letras E e O meio da oralidade interlocutor e usando a palavra com tom de voz audível, boa
átonos em final articulação e ritmo adequado.
Localização de
de palavras informações em textos (EF02LP10) Relacionar os objetivos de leitura de textos lidos
Lista na escola aos seus próprios objetivos de leitura fora da
Avaliação dos efeitos de escola.
sentido produzidos em
textos (EF02LP12) Localizar, em textos curtos, informações pontuais.
Consciência (EF02LP13) Buscar e selecionar textos em diferentes fontes
grafofonêmica (incluindo ambientes virtuais) para realizar pesquisas
escolares.
Planejamento do texto
(EF02LP15) Identificar a função sociocomunicativa de textos
Procedimentos que circulam em esferas da vida social, reconhecendo para
linguístico-gramaticais e que foram produzidos, onde circulam, quem produziu, a
ortográficos quem se destinam.
Reescrita do texto (EF02LP17) Deduzir o significado de palavras desconhecidas
ou pouco familiares, com base no contexto da frase ou do
texto.
(EF02LP19) Planejar, com a ajuda do professor, o texto que
será produzido, considerando a situação comunicativa, os
interlocutores (quem escreve/para quem escreve); a finalidade
ou o propósito (escrever para quê); a circulação (onde o texto
vai circular); o suporte (qual é o portador do texto); a
linguagem, organização, estrutura; o tema e assunto do texto.
(EF02LP20) Escrever listas de nomes ou de objetos,
associando, quando pertinente, texto verbal e visual,
considerando a situação comunicativa e o tema/assunto do
texto.
(EF02LP25) Utilizar, ao produzir o texto, grafia correta de
palavras conhecidas ou com estruturas silábicas já dominadas,

14
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

letras maiúsculas em início de frases e em substantivos


próprios, segmentação entre as palavras, ponto final, ponto
de interrogação e ponto de exclamação.
(EF02LP26) Reler os textos produzidos, com a mediação do
professor e colaboração dos colegas, para fazer cortes,
acréscimos, reformulações, correções de ortografia e
pontuação.
(EF02LP27) Reescrever o texto incorporando as alterações
feitas na revisão e obedecendo às convenções de disposição
gráfica e de inclusão de título e autoria.
(EF02LP29) Ler e escrever palavras com correspondências
regulares diretas entre letras e fonemas (f, v, t, d, p, b) e
correspondências regulares contextuais (c e g; e e o, em
posição átona em final de palavra).

4º BIMESTRE Unidade 7 – Lá vem história...


Capítulo 13: Nas asas da imaginação
Conteúdos Objetos de Habilidades
conhecimento
Conto Constituição da (EF02LP01) Expressar-se em situações de intercâmbio oral
identidade psicossocial, com autoconfiança (sem medo de falar em público), liberdade
Lenda em sala de aula, por e desenvoltura, preocupando-se em ser compreendido pelo
Som nasal: til, M, meio da oralidade interlocutor e usando a palavra com tom de voz audível, boa
N articulação e ritmo adequado.
Localização de
Roda de histórias informações em textos (EF02LP03) Escutar, com atenção e compreensão, instruções
orais ao participar de atividades escolares.
Reconto de Fluência de leitura para a
história compreensão do texto (EF02LP05) Interpretar o sentido de aspectos não linguísticos
(paralinguísticos) da fala, como olhar, riso, gestos,
Consciência movimentos de cabeça (de concordância ou discordância).
grafofonêmica
(EF02LP11) Formular hipóteses sobre o conteúdo de textos,
Apreciação de texto com base em títulos, legendas, imagens e pistas gráficas,
literário confirmando, ou não, as hipóteses realizadas.
(EF02LP12) Localizar, em textos curtos, informações pontuais.
(EF02LP14) Inferir, em textos curtos, informações implícitas de
fácil identificação.
(EF02LP32) Escrever palavras, frases, textos curtos nas formas
imprensa e cursiva.
(EF02LP34) Ler e escrever corretamente palavras com marcas
de nasalidade (til, m, n).
(EF02LP41) Reconhecer o conflito gerador de uma narrativa
ficcional e sua resolução, além de palavras, expressões e
frases que caracterizam personagens e ambientes.
(EF02LP44) Relacionar ilustrações de narrativas com o texto
verbal.
(EF02LP47) Compartilhar em sala de aula textos de tradição
oral pesquisados na família e na comunidade (em versos –
cantigas de roda, adivinhas, parlendas, quadrinhas, trava-
línguas etc.– e em prosa – contos populares, fábulas, mitos,

15
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

lendas etc.).
(EF02LP48) Ouvir, com atenção e interesse, a leitura feita pelo
professor, ou ler, de forma autônoma, textos literários, e
expressar preferências por gêneros, temas e autores.
(EF02LP49) Selecionar livros da biblioteca e/ou do cantinho de
leitura da sala de aula para leitura individual, na escola ou em
casa e, após a leitura, compartilhar com os colegas sua
opinião sobre o livro.
Capítulo 14: Histórias populares em cena
Conteúdos Objetos de Habilidades
conhecimento
Capa de livro Deduções e inferências (EF02LP01) Expressar-se em situações de intercâmbio oral
de informações com autoconfiança (sem medo de falar em público), liberdade
Texto dramático e desenvoltura, preocupando-se em ser compreendido pelo
Autodomínio do processo interlocutor e usando a palavra com tom de voz audível, boa
Aumentativo de leitura articulação e ritmo adequado.
Diminutivo Aumentativo e diminutivo (EF02LP09) Ler, com autonomia e fluência, textos curtos, com
Narrativa literária Reescrita do texto nível de textualidade adequado, silenciosamente e, em
seguida, em voz alta.
Pontuação
(EF02LP11) Formular hipóteses sobre o conteúdo de textos,
Revisão do texto com base em títulos, legendas, imagens e pistas gráficas,
confirmando, ou não, as hipóteses realizadas.
(EF02LP17) Deduzir o significado de palavras desconhecidas
ou pouco familiares, com base no contexto da frase ou do
texto.
(EF02LP26) Reler os textos produzidos, com a mediação do
professor e colaboração dos colegas, para fazer cortes,
acréscimos, reformulações, correções de ortografia e
pontuação.
(EF02LP27) Reescrever o texto incorporando as alterações
feitas na revisão e obedecendo às convenções de disposição
gráfica e de inclusão de título e autoria.
(EF02LP37) Usar adequadamente ponto final, ponto de
interrogação e ponto de exclamação.
(EF02LP40) Formar o aumentativo e o diminutivo de palavras
com os sufixos -ão e -inho/-zinho.
(EF02LP43) Identificar funções do texto dramático (escrito para
ser encenado) e organização por meio de diálogos entre
personagens.
(EF02LP45) Reescrever textos narrativos literários lidos pelo
professor.

4º BIMESTRE Unidade 8 – Ser criança


Capítulo 15: As crianças e o lugar onde vivem
Conteúdos Objetos de Habilidades
conhecimento
Capa de livro Deduções e inferências (EF02LP01) Expressar-se em situações de intercâmbio oral
de informações com autoconfiança (sem medo de falar em público), liberdade

16
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Poema Localização de e desenvoltura, preocupando-se em ser compreendido pelo


informações em textos interlocutor e usando a palavra com tom de voz audível, boa
Uso do articulação e ritmo adequado.
dicionário: a Autodomínio do processo
escrita das de leitura (EF02LP03) Escutar, com atenção e compreensão, instruções
palavras orais ao participar de atividades escolares.
Avaliação dos efeitos de
Sinônimos sentido produzidos em (EF02LP04) Reconhecer características da conversação
textos espontânea presencial, respeitando os turnos de fala,
Interações orais selecionando e utilizando, durante a conversação, formas de
Consciência tratamento adequadas, de acordo com a situação e a posição
grafofonêmica do interlocutor (“senhor/a”, “você” etc.).
Procedimentos de escuta (EF02LP06) Identificar finalidades da interação oral, em
de textos diferentes contextos comunicativos (solicitar informações,
apresentar opiniões, informar, relatar experiências etc.).
(EF02LP09) Ler, com autonomia e fluência, textos curtos, com
nível de textualidade adequado, silenciosamente e, em
seguida, em voz alta.
(EF02LP11) Formular hipóteses sobre o conteúdo de textos,
com base em títulos, legendas, imagens e pistas gráficas,
confirmando, ou não, as hipóteses realizadas
(EF02LP12) Localizar, em textos curtos, informações pontuais.
(EF02LP17) Deduzir o significado de palavras desconhecidas
ou pouco familiares, com base no contexto da frase ou do
texto.
(EF02LP35) Memorizar a grafia de palavras frequentes no
ambiente escolar e nos textos lidos na sala de aula,
independentemente da estrutura silábica e de
correspondências irregulares fonema-grafema.
(EF02LP42) Identificar recursos rítmicos e sonoros e o efeito
de sentido de metáforas, em textos versificados.
Capítulo 16: As crianças e o que fazem
Conteúdos Objetos de Habilidades
conhecimento
Capa de livro Constituição da (EF02LP01) Expressar-se em situações de intercâmbio oral
identidade psicossocial, com autoconfiança (sem medo de falar em público), liberdade
Narrativa literária em sala de aula, por e desenvoltura, preocupando-se em ser compreendido pelo
Relato literário meio da oralidade interlocutor e usando a palavra com tom de voz audível, boa
articulação e ritmo adequado.
Tira Localização de
informações em textos (EF02LP02) Colaborar com o professor e os colegas para a
Antônimos definição de acordos e combinados que organizem a
Fluência de leitura para a convivência em sala de aula.
Apresentação de compreensão do texto
resultado de (EF02LP03) Escutar, com atenção e compreensão, instruções
pesquisa Apreciação de texto orais ao participar de atividades escolares.
literário
Relato (EF02LP07) Usar estratégias de escuta de textos em situações
Antonímia formais: formular perguntas de esclarecimento, recuperar
Decodificação informações.
Revisão de textos (EF02LP09) Ler, com autonomia e fluência, textos curtos, com
nível de textualidade adequado, silenciosamente e, em
Escrita de texto seguida, em voz alta.
Planejamento do texto

17
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Procedimentos (EF02LP12) Localizar, em textos curtos, informações pontuais.


linguístico-gramaticais e
ortográficos (EF02LP13) Buscar e selecionar textos em diferentes fontes
(incluindo ambientes virtuais) para realizar pesquisas
Edição do texto escolares.
(EF02LP14) Inferir, em textos curtos, informações implícitas de
fácil identificação.
(EF02LP17) Deduzir o significado de palavras desconhecidas
ou pouco familiares, com base no contexto da frase ou do
texto.
(EF02LP18) Identificar o efeito de sentido produzido pelo uso
de recursos expressivos gráfico-visuais, em ilustração de
história em quadrinhos ou tira.
(EF02LP19) Planejar, com a ajuda do professor, o texto que
será produzido, considerando a situação comunicativa, os
interlocutores (quem escreve/para quem escreve); a finalidade
ou o propósito (escrever para quê); a circulação (onde o texto
vai circular); o suporte (qual é o portador do texto); a
linguagem, organização, estrutura; o tema e assunto do texto.
(EF02LP23) Produzir pequenos relatos de observação de
processos, de fatos, de experiências pessoais, mantendo as
características do gênero textual, considerando a situação
comunicativa e o tema/assunto do texto.
(EF02LP25) Utilizar, ao produzir o texto, grafia correta de
palavras conhecidas ou com estruturas silábicas já dominadas,
letras maiúsculas em início de frases e em substantivos
próprios, segmentação entre as palavras, ponto final, ponto
de interrogação e ponto de exclamação.
(EF02LP26) Reler os textos produzidos, com a mediação do
professor e colaboração dos colegas, para fazer cortes,
acréscimos, reformulações, correções de ortografia e
pontuação.
(EF02LP27) Reescrever o texto incorporando as alterações
feitas na revisão e obedecendo às convenções de disposição
gráfica e de inclusão de título e autoria.
(EF02LP32) Escrever palavras, frases, textos curtos nas formas
imprensa e cursiva.
(EF02LP35) Memorizar a grafia de palavras frequentes no
ambiente escolar e nos textos lidos na sala de aula,
independentemente da estrutura silábica e de
correspondências irregulares fonema-grafema.
(EF02LP37) Usar adequadamente ponto final, ponto de
interrogação e ponto de exclamação.
(EF02LP39) Formar antônimos de palavras encontradas em
texto lido pelo acréscimo do prefixo de negação in-/im-.
(EF02LP49) Selecionar livros da biblioteca e/ou do cantinho de
leitura da sala de aula para leitura individual, na escola ou em
casa e, após a leitura, compartilhar com os colegas sua
opinião sobre o livro.

18
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

19
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Objetivos gerais para o 2o ano


Objetivos gerais: 1º bimestre
 Comunicar-se verbalmente.
 Realizar inferências para interpretações de diversas ordens.
 Levantar hipóteses antes de leitura do texto e verificá-las após sua
realização.
 Ler e interpretar narrativas literárias.
 Copiar textos, observando uma referência.
 Identificar o público-alvo de um texto.
 Reconhecer as formas de representação de uma mesma ideia: escrita,
desenho e som.
 Identificar fonemas e sua representação por letras, comparando unidades
sonoras com significados próprios, mas que se diferenciam por apenas um
fonema/letra.
 Reconhecer que alterações na ordem escrita dos grafemas provocam
alterações na composição e no significado da palavra.
 Analisar a segmentação de palavras em textos.
 Ler excerto de narrativa literária e refletir acerca de autores preferidos.
 Retomar e ampliar o trabalho com a ordem alfabética.
 Diferenciar letras maiúsculas de letras minúsculas.
 Fazer correspondências entre palavras iguais escritas em letras maiúsculas e
minúsculas em letra de imprensa.
 Compreender a importância das regras de convivência em espaços coletivos,
como a escola.
 Identificar traços de variedades linguísticas na fala de personagens.
 Distinguir vogais de consoantes.
 Distinguir vogais de timbre aberto de vogais de timbre fechado e distinguir
vogais nasais de vogais orais.
 Ler bilhetes e mensagens instantâneas, identificando as características, as
intencionalidades comunicativas e o contexto de produção e circulação
delas.
 Compreender que as palavras podem, oralmente e na escrita, ser
segmentadas em sílabas.
 Perceber que as sílabas são partes constitutivas das palavras.
 Perceber que uma mesma sílaba pode ser usada para escrever diferentes
palavras.
 Refletir que há palavras que se diferenciam apenas pela mudança de uma
sílaba.

Objetivos gerais: 2º bimestre


 (Re)conhecer brinquedos e brincadeiras de origem popular.
 Conversar sobre questões que explorem temas trabalhados.
 Ler cantiga de roda e compreender sua estrutura e seus efeitos de sentido.
 Refletir sobre os conceitos de verso e estrofe.

20
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

 (Re)conhecer o conceito de rima e identificar palavras que rimam.


 Cantar cantigas populares, percebendo seu caráter lúdico.
 Compreender as diversas formações das sílabas.
 Compreender que em toda sílaba da Língua Portuguesa há ao menos uma
vogal.
 Ler trecho de poema de cordel.
 Pesquisar e compartilhar textos em versos da tradição oral: cantiga,
parlenda, cordel, trava-língua, adivinha e quadrinha.
 Analisar características multimodais de uma capa de livro, identificando seus
elementos constitutivos.
 Levantar hipótese acerca do texto instrucional antes de sua leitura.
 Ler e explorar texto instrucional.
 Diferenciar consoantes P e B e escrever adequadamente palavras em que
essas letras são usadas.
 Conhecer a Declaração dos Direitos da Criança e trocar ideias sobre o
assunto.
 Produzir texto instrucional sobre como fazer um brinquedo.
 Iniciar o trabalho com a letra cursiva.
 Contar e conhecer histórias de família.
 Ler e explorar os gêneros textuais.
 Analisar uso de letras iniciais maiúsculas e minúsculas.
 Retomar o trabalho com onomatopeias.
 Conhecer a estrutura de um dicionário, bem como a importância da ordem
alfabética em sua organização.

Objetivos gerais: 3º bimestre


 Expressar-se oralmente.
 Considerar os conhecimentos prévios dos alunos quanto aos temas e aos
gêneros explorados na unidade.
 Ler e interpretar um excerto narrativo literário.
 Compreender que o grafema C representa os fonemas /k/ e /s/,
dependendo das vogais que o sucedem.
 Compreender que o grafema G representa os fonemas /g/ ou /ž/
dependendo das vogais que o sucedem.
 Compreender que o dígrafo QU, seguido das vogais E, I, representa o
mesmo fonema (som) que a letra C, seguida das vogais A, O, U.
 Ler história em quadrinhos e refletir acerca do gênero, da temática e de
autores de HQ.
 Dar depoimento.
 Conversar sobre os filmes a que já assistiram no cinema ou em casa e
expressar suas preferências.
 Ler o explorar o gênero sinopse, analisando seus principais elementos e sua
função sociocomunicativa.

21
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

 Observar que, em final de determinadas palavras, usa-se na escrita E e não


I; O e não U quando a sílaba for átona.
 Escrever uma sinopse de filme, observando e respeitando as características
do gênero.

Objetivos gerais: 4º bimestre


 Estudar os sentidos semelhantes das palavras: sinônimos.
 Identificar diferentes finalidades de textos de gêneros orais.
 Refletir acerca do uso adequado quanto a formas de tratamento durante a
conversação.
 Ler e explorar uma narrativa literária.
 Refletir sobre palavras que apresentam sentidos contrários: antônimos.
 Conversar sobre como a diversidade de culturas em nosso país se reflete no
jeito de ser criança.
 Escrever um relato.
 Expressar-se oralmente.
 Levantar hipóteses antes de leitura do texto e verificá-las após sua
realização.
 Refletir sobre algumas das formas como a nasalidade pode ser representada
na escrita: til, M e N.
 Pesquisar e contar oralmente narrativas da tradição oral.
 Analisar suporte do qual o texto a ser lido foi extraído e levantar hipóteses
sobre a leitura.
 Ler um texto dramático e explorar suas características estruturais e
linguísticas e seus efeitos de sentido.
 Refletir sobre a escrita de palavras no aumentativo e no diminutivo.
 Reescrever histórias.

22
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Estratégias para o desenvolvimento das habilidades

1. EF02LP06 – Identificar finalidades da interação oral, em diferentes contextos


comunicativos (solicitar informações, apresentar opiniões, informar, relatar
experiências etc.).

Estratégias para o desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem:

 Organize momentos de exposição oral e ajude os alunos a se guiarem por


anotações, com tópicos, para facilitar o encaminhamento da apresentação.
 Explique aos alunos que eles não devem se limitar a ler os cartazes ou a
decorar o trabalho, caso tenham optado por esses recursos.
 Mostre aos alunos exemplos de como devem ser articuladas as falas: com
clareza, coerência e concisão.
 Controle o tempo das apresentações orais dos alunos e leve-os a perceber
que é preciso passar todo o conhecimento no tempo combinado.
 Quando houver apresentações dos alunos para a turma, ajude-os a elaborar
os recursos visuais, os quais devem trazer informações simples e diretas
para facilitar a compreensão do tema geral.

2. EF02LP09 – Ler, com autonomia e fluência, textos curtos, com nível de textualidade
adequado, silenciosamente e, em seguida, em voz alta.

Estratégias para o desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem:

 Crie um momento diário de leitura, destinando tempo para ler na presença


dos alunos. No momento do planejamento, organize um espaço em que as
crianças possam escolher, manusear e ler os livros de acordo com seus
desejos.
 Monte um cantinho de leitura em sala. Selecione livros da escola ou por
meio de campanha de arrecadação e organize um local onde esses
materiais fiquem disponíveis e acessíveis.
 Providencie diversos portadores de texto com diferentes gêneros para que
os alunos possam manusear e ler. Disponibilize, em sala, materiais de
diversas naturezas: jornais, revistas, gibis, encartes etc.
 Sempre que possível, alie a leitura a uma vivência da turma. Ao realizar um
passeio ao museu, por exemplo, leia guias e roteiros que possam
contextualizar a atividade que será desenvolvida.
 Organize momentos nos quais os alunos precisem ler em público com
diferentes propósitos. Peça a eles, por exemplo, que leiam informativos de
algo que ocorrerá na escola ou algum bilhete de solicitação para
determinada pessoa ou ainda que apresentem um produto final de um
projeto no qual necessitem ler.

23
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

 Incentive a leitura também em outros meios que não só livros. Autorize o


uso de celulares e computadores para que os alunos realizem leituras.
 Incentive a leitura de textos que ensinem a fazer algo, como uma receita
culinária, por exemplo.
 Diariamente, leia para os alunos textos de diferentes gêneros para que
percebam, a partir dessa ação, os fazeres de um leitor experiente e a
linguagem com que se escreve.

Os atos de leitura devem fazer parte do dia a dia em sala de aula porque
colaboram para a fluência leitora e para o desenvolvimento do gosto pela leitura.
Aqui destacamos atividades para três objetivos distintos da leitura: ler por prazer;
ler para estudar; ler para se informar.
As habilidades referentes aos atos de leitura têm como ponto de apoio o
trabalho com as estratégias de leitura. Assim, vale considerar:
1. Estratégias de antecipação: tornam possível prever o que ainda está por vir,
com base em informações explícitas e em suposições, bem como em letras,
sílabas e palavras. Desse modo, antecipamos significados. O gênero, o autor,
o título e muitos outros índices nos informam o que podemos encontrar em
um texto.
2. Estratégias de inferência: permitem captar o que não está dito no texto de
forma explícita. A inferência é aquilo que lemos, mas não está escrito.
3. Estratégias de verificação: tornam possível o controle da eficácia ou
ineficácia das demais estratégias, permitindo confirmar ou não as
especulações realizadas. Esse tipo de checagem para confirmar, ou não, a
compreensão é inerente à leitura.

3. EF02LP12 – Localizar, em textos curtos, informações pontuais.

Estratégias para o desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem:

 Trabalhe com pequenas narrativas, notícias, textos didáticos, buscando


desenvolver nos alunos a habilidade de encontrar informações explícitas.
 Oriente os alunos a localizarem elementos na narrativa literária
(personagem, tempo, espaço, fatos que compõem o enredo).
 Ensine-os a verificar se a informação selecionada se relaciona com a
informação requisitada, de modo que consigam resgatá-la pela leitura.
 Leve para a sala de aula textos de diferentes gêneros e de temáticas
variadas para que as atividades de leitura sejam diversificadas e estimulem o
aluno a articular o sentido literal do que lê com outros fatores de
significação.

24
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

4. EF02LP20 – Escrever listas de nomes ou de objetos, associando, quando


pertinente, texto verbal e visual, considerando a situação comunicativa e o
tema/assunto do texto.

Estratégias para o desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem:

 Invista na produção coletiva e significativa de listas, relacionando-as com o


tema que deseja trabalhar. Organize momentos para que os alunos ditem as
palavras para você escrever na lousa. Ajude-os a fazer a leitura coletiva e a
cópia no caderno para posteriores consultas.
 Construa listas com temas variados: frutas, animais ou brinquedos, por
exemplo.
 Faça variações, solicitando, por exemplo, que os alunos coloquem as
palavras em ordem alfabética.
 Explique às crianças o tema da atividade antes de seu início.
 Fixe as listas no mural quando elas estiverem prontas, de modo que todos
consigam ver.
 Oriente os alunos a recorrerem a essas listas para escrever outras palavras.
 Desafie as crianças a lerem mesmo sem saber ler convencionalmente,
chamando a atenção para as letras iniciais, finais e estabelecendo relações
com palavras estáveis, como os nomes dos colegas da turma, por exemplo.

5. EF02LP30 – Segmentar palavras em sílabas e remover e substituir sílabas iniciais,


mediais ou finais para criar novas palavras.

Estratégias para o desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem:

 Favoreça a percepção do que é sílaba e de suas funções na palavra,


oferecendo aos alunos fichas com palavras separadas de diferentes formas
para que percebam a regra que rege a organização das sílabas.
 Planeje atividades com sílabas misturadas para que os alunos as juntem e
componham palavras.
 Promova atividades de separação de sílabas.
 Incentive os alunos a trabalhar com sílabas móveis e caça-palavras silábicos,
ajudando-os a observar que, se mudarem uma sílaba na palavra, ela pode
ter seu sentido alterado.
 Organize atividades nas quais os alunos precisem escrever novas palavras
com sílabas de outras.
Para que os alunos possam dominar os padrões silábicos de nossa língua, é
recomendável promover atividades produtivas do ponto de vista da reflexão sobre
as sílabas, de modo que eles sejam colocados em situações nas quais necessitem
fazer comparações gráfico-fonéticas, além de identificar outros vocábulos por meio
de composição, decomposição e combinação.

25
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

6. EF02LP04 – Reconhecer características da conversação espontânea presencial,


respeitando os turnos de fala, selecionando e utilizando, durante a conversação,
formas de tratamento adequadas, de acordo com a situação e a posição do
interlocutor (“senhor/a”, “você” etc.).

Estratégias para o desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem:

 Ajude os alunos a perceberem as diferentes esferas de circulação da


conversação espontânea presencial para que possam aplicar o registro
linguístico, adequando o modo de falar às diferentes situações.
 Ofereça referências com vídeos e leituras que demonstrem conversação
espontânea presencial e as ocasiões nas quais elas são recorrentes.
 Ensine os alunos a modularem suas falas de acordo com as finalidades e as
características dos gêneros trabalhados.

7. EF02LP31 – Recitar o alfabeto na ordem das letras.

Estratégias para o desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem:

 Escreva constantemente o alfabeto no quadro como suporte para a leitura


coletiva ou providencie placas que possam ficar expostas para consulta dos
alunos.
 Faça brincadeiras com cordas e músicas, tendo as letras do alfabeto como
apoio.
 Cante músicas e recite parlendas que contenham o alfabeto.
 Ao ler o alfabeto, indique cada letra com o dedo ou uma régua, para que
os alunos possam acompanhar e se apropriar da ordem alfabética.
 Use a ordem alfabética para sortear o aluno ajudante do dia ou os alunos
que irão iniciar uma atividade (uma brincadeira, a leitura de um texto, a
resposta de uma atividade etc.).

8. EF02LP47 – Compartilhar em sala de aula textos de tradição oral pesquisados na


família e na comunidade (em versos – cantigas de roda, adivinhas, parlendas,
quadrinhas, trava-línguas etc. – e em prosa – contos populares, fábulas, mitos,
lendas etc.).

Estratégias para o desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem:

 Solicite pesquisas junto aos familiares para levantamento de textos de


tradição oral.
 Organize um mural para divulgar o resultado das pesquisas entre as
famílias.
 Solicite que os alunos tomem nota dos textos para posterior consulta.

26
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

 Destine tempo na rotina para que os alunos possam recuperar esses textos
e ler, ainda que não de maneira convencional.
 Explore os textos lendo-os para a turma e examinando os significados das
palavras e expressões.
 Faça jogos de perguntas e respostas com os conteúdos dos textos.
 Organize fichas com textos de tradição oral e destine tempo para que os
alunos possam ler constantemente.

9. EF02LP48 – Ouvir, com atenção e interesse, a leitura feita pelo professor, ou ler, de
forma autônoma, textos literários, e expressar preferências por gêneros, temas e
autores.
Estratégias para o desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem:

 Planeje momentos de leitura para os alunos.


 Garanta contato com uma grande variedade de gêneros, abrangendo várias
esferas de circulação.
 Estimule o desejo dos alunos por ouvir outras leituras.
 Leia textos sem pausas para explicar o significado das palavras, ajude os
alunos a compreenderem os significados pelo contexto.
 Faça perguntas para que as crianças possam antecipar o conteúdo da
história com base em elementos do livro escolhido ou do gênero ao qual
pertence.
 Destine tempo para rodas de apreciação literária nas quais os alunos
poderão dar opiniões sobre as leituras.
 Contextualize as leituras, fornecendo elementos sobre o autor e o momento
histórico no qual o livro foi escrito.
 Incentive os alunos a descobrirem os gêneros literários e os autores de que
mais gostam, fazendo perguntas e comentários sobre as leituras realizadas.
 Incentive os alunos a irem além da leitura do livro para a construção de seus
sentidos. Apresente os autores dos livros, conte sobre a vida deles e sobre o
contexto histórico no qual estavam inseridos na ocasião da escrita do livro.
Comente sobre outras histórias que tenham relação com aquela que será
lida; diga os motivos pelos quais essa leitura foi escolhida.
 Estimule a troca de livros entre os alunos, organizando momentos para que
eles possam trazer livros já lidos e trocar com os colegas.
 Mude o cenário da leitura, levando os alunos para ler em outros ambientes,
sempre que possível.

10. EF02LP19 – Planejar, com a ajuda do professor, o texto que será produzido,
considerando a situação comunicativa, os interlocutores (quem escreve/para
quem escreve); a finalidade ou o propósito (escrever para quê); a circulação
(onde o texto vai circular); o suporte (qual é o portador do texto); a linguagem,
organização, estrutura; o tema e assunto do texto.

27
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Estratégias para o desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem:

 Planeje momentos de escrita, discutindo com os alunos o que querem dizer,


para quem escrevem e qual é o gênero que melhor exprime essas ideias.
 Ofereça reiterados momentos nos quais os alunos precisem escrever com
propósito comunicativo – escrever textos que tenham um destinatário.
 Proponha atividades nas quais os alunos precisem contar algo para a turma,
divulgar um trabalho que será realizado, registrar por que estão fazendo
uma pesquisa e as informações de que necessitarão em outros momentos.
 Ajude os alunos a identificarem a estrutura do gênero, chamando a atenção
para os elementos que compõem o texto e listando os assuntos que não
podem faltar nele.
 Incentive os alunos a participarem de forma eficiente de atividades da vida
social que envolvam leitura e escrita. Mostre a eles, por exemplo, como
noticiar um fato num jornal, registrar por escrito os passos para fazer uma
sobremesa ou apresentar argumentos para levar um órgão público a
solucionar um problema.
 Ensine aos alunos alguns procedimentos escritores, ajudando-os a fazer
rascunhos e a reler o que estão escrevendo, tanto para controlar a
progressão temática como para melhorar outros aspectos – discursivos ou
notacionais – do texto.
A produção de bons textos é um processo que envolve diferentes fases:
planejar, escrever, revisar e reescrever. Esses fazeres escritores são os conteúdos
fundamentais da escrita. Para que a produção escrita tenha sentido, os alunos
precisam relacioná-la com as necessidades enfrentadas no dia a dia.

Acompanhamento das aprendizagens


É importante considerar que nem todos os alunos chegam ao 2º ano
dominando a base alfabética. Diante disso, o planejamento do professor, na
perspectiva do atendimento à diversidade, deverá considerar os diferentes saberes
para os ajustes necessários em cada proposta. Para realizar um monitoramento das
aprendizagens, prepare um mapa de sondagem, de modo a garantir a diferenciação
das propostas. Essa premissa será condição para que todos os alunos avancem
dentro de suas possibilidades.
Entre as habilidades essenciais para a continuidade dos estudos, o aluno
deverá, entre outras:
 Ser capaz de formular hipóteses sobre o conteúdo de textos.
 Inferir, em textos curtos, informações implícitas de fácil identificação.
 Realizar pesquisas escolares, buscando e selecionando textos em diferentes
fontes, inclusive em ambientes virtuais.

Avaliação
A avaliação pode servir para levantar dados para acompanhar os processos de
aprendizagem de cada estudante e se configura, portanto, como um recurso valioso

28
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

para apoiar os alunos. Nesses contextos, é essencial que o professor observe se os


alunos se apropriam dos materiais, se leem, se comentam os conteúdos lidos, se
conseguem selecionar os materiais de leitura de acordo com suas necessidades.
Para ajudar o professor nesse processo de avaliação da aprendizagem,
apresentamos, ao longo deste material, fichas avaliativas elaboradas com base nos
objetivos, conteúdos e habilidades propostos para o segundo ano. Essas fichas
deverão ser preenchidas pelo aluno com a ajuda do professor, uma vez que este
deverá explicar cada descritor. O professor também deverá preenchê-las após os
alunos se autoavaliarem para, com base nelas, reorientar o que for necessário.

29
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Projeto Integrador
Memórias de comunidade: conhecendo o entorno para valorizar
nosso lugar no mundo
Língua Portuguesa – História – Geografia

Título: Memórias de comunidade: conhecendo o entorno para


valorizar nosso lugar no mundo

Tempo aulas: 10 aulas

Disciplinas integradoras: Língua Portuguesa, História e


Geografia

Objetivos de aprendizagem
 Analisar imagens de um local para perceber mudanças e permanências,
relacionando-as às características da comunidade do lugar.
 Analisar situações do dia a dia atual, comparando-as com situações
cotidianas do passado para discutir mudanças nos hábitos da comunidade e
impactos no entorno.
 Escrever e reescrever, com a ajuda do professor, textos com informações
referentes à memória local para compor um livro de memórias da
comunidade para o acervo da biblioteca da escola.
Objetos de conhecimento
 Revisão do texto
 Reescrita do texto
 Convivência e interações entre pessoas na comunidade (Geografia)
 A noção do “Eu” e do “Outro”: registros de experiências pessoais e da
comunidade no tempo e no espaço (História)
Habilidades
EF02LP19 – Planejar, com a ajuda do professor, o texto que será produzido,
considerando a situação comunicativa, os interlocutores (quem escreve/para quem
escreve); a finalidade ou o propósito (escrever para quê); a circulação (onde o texto
vai circular); o suporte (qual é o portador do texto); a linguagem, organização,
estrutura; o tema e assunto do texto.
EF02LP27 – Reescrever o texto incorporando as alterações feitas na revisão e
obedecendo às convenções de disposição gráfica e de inclusão de título e autoria.
EF02GE05 – Analisar mudanças e permanências, comparando imagens de um
mesmo lugar em diferentes tempos.
EF02HI03 – Selecionar situações cotidianas que remetam à percepção de
mudança, pertencimento e memória.

Objetivo

30
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Conhecer a história do entorno da escola para valorização da comunidade e da


cultura local.

Materiais
 Folhas de sulfite
 Caderno de classe
 Lápis
 Borracha
 Apontador
 Cópias de fotografias do bairro
 Datashow (opcional)

Etapas
1. Faça uma roda de conversa com o tema: “Nosso bairro, nosso entorno”.
Pergunte aos alunos há quanto tempo moram no lugar em que residem
atualmente, como acham que esse lugar era antigamente (a rua ou bairro, a
casa etc.) e como está agora. Pergunte também se acham que as pessoas
que moram no entorno vivem nesse lugar há muito ou pouco tempo e se
ajudaram nas mudanças do local. Depois de ouvir as respostas, informe que,
para saberem mais, será realizado um projeto voltado para o conhecimento
do entorno para obter mais detalhes sobre como era antigamente e como
está nos tempos atuais. Conte aos alunos que o produto final desse projeto
será um livro com textos de memórias sobre o bairro, que fará parte do
acerco da biblioteca da escola.

2. Para esta aula, providencie cópias de fotografias atuais do entorno:


comércios, praças, postos de saúde, postos de gasolina, praças, calçamento,
árvores etc. (uma para cada aluno). Em roda de conversa, mostre as imagens
para os alunos e converse sobre esses lugares: como são, para que servem.
Pergunte: será que nesses locais sempre existiram esses comércios? Essas
casas? Essas árvores (ou se existiam árvores, caso não existam atualmente)?
Anuncie aos alunos que eles farão uma pesquisa com moradores do bairro
para descobrir essas informações. Cada aluno receberá uma cópia de
fotografia e deverá pesquisar o histórico do cenário retratado. Explique que
a pesquisa, além de poder ser realizada com o uso da internet, também
poderá ser feita por entrevistas com moradores antigos do bairro que
possam contar como o bairro era e como está na atualidade. Os alunos
deverão escrever as informações em um caderno e trazer o registro na aula
combinada. Caso ainda não tenham o domínio da escrita, podem recorrer a
um adulto para registrar as informações para eles.

31
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

3. Com as fotografias e as informações dos espaços registradas, promova um


momento para que os alunos contem, em roda de conversa, o que
descobriram sobre o bairro ou a rua e com quais pessoas conversaram.
Nesse momento, a turma decidirá a ordem dos capítulos do livro. Cada
capítulo será destinado a um lugar do bairro e descreverá brevemente a
história local.

4. Nesta aula, os alunos começarão a trabalhar nos textos para a composição


dos capítulos do livro. Em duplas, eles serão responsáveis pela escrita da
história do lugar designado, já com base na pesquisa feita na primeira
etapa.

5. Explique que os textos escritos deverão ser revisados, pois o livro ficará
disponível na biblioteca. Incentive os alunos a escrever da melhor maneira
que conseguirem. Esta aula será destinada para a revisão da primeira versão
dos textos. Se julgar conveniente, projete a imagem com um Datashow a
fim de que todos possam acompanhar a revisão. Nesta aula, serão
analisados apenas os aspectos discursivos.

6. Destine esta aula para a revisão e análise dos aspectos normativos, tratando
das questões ortográficas e de pontuação. Este primeiro texto ficará pronto
para ser passado a limpo para compor o livro.

7. Os demais textos deverão ser revisados pelos próprios alunos, que terão
suas produções trocadas com outros pares. Circule pela sala enquanto os
alunos revisam, dando dicas e tirando dúvidas sobre a escrita das palavras.

8. Leia todos os textos dos alunos, assinalando as correções que deverão ser
feitas para aperfeiçoar a escrita. Destine esta aula para que eles deem os
últimos retoques nos textos.

9. Nesta aula, os alunos ditarão ao professor um texto de apresentação, para


explicar aos leitores os objetivos e percursos para a composição do livro. Ao
ditar, ajude-os na organização das ideias do texto introdutório do livro.

10. Organize os textos já revisados, juntamente com o texto de apresentação e,


com a ajuda dos alunos, monte o livro para ser entregue à biblioteca. Antes
de ser entregue, o livro pode ser mostrado aos sujeitos que serviram de
fonte de informação. Avalie o desempenho dos alunos, considerando cada
etapa: engajamento; motivação; estratégias empregadas para resolver os
problemas; qualidade da produção oral; qualidade da produção escrita.

11. Avalie o desempenho dos alunos, considerando cada etapa: engajamento;


motivação; estratégias empregadas para resolver os problemas; qualidade
da produção oral; qualidade da produção escrita

32
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Sequência Didática 1 – 1o Bimestre

1. Título: Alfabeto: recitando e aprendendo

2. Tempo estimado: 250 minutos (5 aulas)

3. Objetivos de aprendizagem
 Conhecer e identificar as letras do alfabeto.
 Recitar as letras na ordem alfabética.
3.1 Objeto de conhecimento
Conhecimento do alfabeto.
3.2 Habilidades a serem desenvolvidas
EF02LP31 – Recitar o alfabeto na ordem das letras.

4. Recursos didáticos
 Folhas de papel sulfite
 Lápis grafite
 Borracha
 Apontador com reserva
 Fita adesiva
 Giz para lousa
 Canetinhas hidrográficas
 Cópias das fichas de atividade sugeridas nesta sequência
 Cópias da ficha da autoavaliação
4.1 Referências
Para o professor
KISHIMOTO, Morchida Tizuk. Jogo, brinquedo, brincadeira e a educação. São Paulo: Cortez,
2014.
Para o aluno
EDUAR, Gilles. Alfabeto de histórias. São Paulo: Ática, 2008.
CIARAMELLA, Jason. O fantástico alfabeto Lovecraft. Trad. Bruno Dorigatti. São Paulo:
Darkside Books, 2017.
CAMARGO, Dilan. Com afeto e alfabeto. Porto Alegre: Edelbra, 2012.
REILY, Phyllis. Ciranda do ABC. São Paulo: Papirus, 2009.

5. Desenvolvimento
Commented [MPC1]: Silvana, todos eles estão no
Aula 1 estilo errado. É
5.1 Procedimentos iniciais
Procedimentos iniciais 5.2 Andamento
5.3 Conclusão
Precisa arrumar no arquivo inteiro

33
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Para essa aula, que acontecerá em um pátio ou espaço aberto, levante os


conhecimentos prévios dos alunos. Para isso, prepare uma corda para a atividade
física.
Andamento
Com os alunos no pátio, explique a atividade, que consistirá em pular corda.
Enquanto pulam, os alunos devem recitar a parlenda “Suco gelado”. Veja-a a seguir.

SUCO GELADO, CABELO ARREPIADO

QUAL É A LETRA DO SEU NAMORADO?

A, B, C, D, E, F, G, H, I, J, K, L, M, N, O, P, Q, R, S, T, U, V, X, W, Y, Z

A brincadeira consiste em, assim que a criança que estiver pulando a corda
errar, a letra que ela estiver dizendo no momento (por exemplo: P) será a letra do/a
namorado/a.
[Tempo estimado: 30 minutos]
Conclusão
De volta à sala, entregue aos alunos uma folha para ilustrarem a brincadeira.
Em seguida, abra espaço para contarem se gostaram ou não da brincadeira e se
acharam fácil ou difícil recitar a parlenda e as letras na ordem alfabética. Ainda
nesse momento de conversa, pergunte quem já conhecia a ordem alfabética e
aproveite para perguntar também se os alunos sabem para que ela serve. Indique
algumas possibilidades de uso da ordem alfabética (organização de agendas, de
listas de chamada para escola, lista de chamada para provas de concurso,
organização de uma lista de músicas para facilitar a busca, organização de títulos
de livros em uma prateleira, entre outras). [Tempo estimado: 20 minutos]

Aula 2
Procedimentos iniciais
Prepare cópias da parlenda “Suco gelado” (ficha 1).
Andamento
Em sala, divida os alunos em duplas. Cada dupla deverá escrever na folha
impressa nomes de pessoas que começam com as letras citadas na parlenda.
[Tempo estimado: 40 minutos]

Ficha 1: Parlenda Suco gelado

NOME DO ALUNO:_________________________________________________________

34
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

DATA: ____/____/____

COM A AJUDA DO SEU COLEGA, ESCREVAM UM NOME PARA CADA LETRA


CITADA NA MÚSICA:

SUCO GELADO, CABELO ARREPIADO


QUAL É A LETRA DO SEU NAMORADO?

35
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Conclusão
Após a escrita dos nomes, convide os alunos a falarem alguns nomes que
escreveram. Incentive-os a contar também como foi a atuação em duplas, se houve
confronto de opiniões, se conseguiram ajudar um ao outro, se recomendariam essa
parceria. Para finalizar a atividade, entregue a cada aluno ¼ de uma folha de papel
sulfite e oriente-os a fazer uma tarefa de casa: cada criança deverá escrever seu
sobrenome com canetinha em letra bastão grande, ocupando todo o espaço do
papel. Caso tenham dificuldade em escrever o sobrenome, devem pedir ajuda aos
familiares. [Tempo estimado: 10 minutos] [Tempo estimado para a tarefa de
casa: 15 minutos]

Aula 3
Procedimentos iniciais
Relembre as atividades anteriores que trataram da ordem alfabética: os alunos
pularam corda e fizeram lista de nomes. Recupere também as utilidades da ordem
alfabética em contextos sociais de uso, também já discutidas com o grupo. Abra
espaço para que os alunos contem como foi a elaboração da atividade de casa –
escrita de sobrenome no papel. [Tempo estimado: 10 minutos]
Andamento
A atividade do dia consistirá em organizar os sobrenomes das crianças em
ordem alfabética. Faça uma roda de conversa para levantar as letras iniciais de cada
sobrenome escrito nos papéis. Em seguida pergunte qual deles poderia começar a
lista de sobrenomes da turma, obedecendo à ordem alfabética. Comece, então, a
composição da lista, chamando os sobrenomes e problematizando as escolhas dos
alunos. Cole os ¼ de folhas de sulfite na lousa para que todos possam visualizar.
[Tempo estimado: 30 minutos]
Conclusão
Com todas as tarjetas coladas formando uma lista, cite outros sobrenomes que
não constem nela e pergunte: “onde ele seria encaixado se tivéssemos alguém com
esse sobrenome aqui na sala?”. Para finalizar, estimule os alunos a falar sobre a
organização da atividade e sobre como poderiam formar outras listas de nomes,

36
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

quais critérios usariam e por quê. Pergunte também sobre o que aprenderam na
aula e peça que deem novos exemplos de uso de ordem alfabética. [Tempo
estimado: 10 minutos]

Aula 4
Procedimentos iniciais
Nesta aula, os alunos participarão de um jogo. Para isso, providencie
previamente tarjetas com o nome de cada criança e 4 caixas de sapato.
Andamento
Organize as crianças em quatro fileiras. No início de cada fileira deixe uma caixa
de sapato com os nomes das crianças que a compõem. Em seguida, diga uma letra.
A criança cujo nome começar com essa letra deverá se levantar, encontrar seu
nome na caixa e colá-lo na lousa. As outras crianças farão o mesmo, mas deverão
respeitar a ordem alfabética no momento da colagem. Ganha o jogo a fileira que
terminar primeiro e colar os nomes na ordem correta. [Tempo estimado: 40
minutos]
Conclusão
Para concluir a atividade, incentive os alunos a analisar as colagens feitas.
Pergunte a eles se os nomes estão nos locais corretos e se tiveram dificuldade para
saber onde colar quando foram chamados.
Abra uma roda de conversa para que os alunos contem sobre as principais
dificuldades e facilidades e digam se a atividade os ajudou a saber mais sobre a
ordem alfabética. [Tempo estimado: 10 minutos]

Aula 5
Procedimentos iniciais
Para esta aula, que deverá ocorrer no pátio, desenhe no chão um caracol bem
grande com as letras do alfabeto. Providencie também um dado para o sorteio.
[Tempo estimado: 10 minutos]

Andamento
Organize os alunos em fila na entrada do caracol, obedecendo à ordem
alfabética. O primeiro jogará o dado e andará no caracol a quantidade de casas
correspondente ao número sorteado. Pergunte a ele: “Que letra é essa?” “Na nossa
turma, o nome de algum aluno começa com essa letra?” Vencerá o jogo o primeiro
aluno que chegar ao final do caracol. [Tempo estimado: 30 minutos]
Conclusão
Ainda no pátio, abra uma roda de conversa para que os alunos comentem as
sensações proporcionadas pela brincadeira. Incentive-os também a falar sobre o

37
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

que aprenderam sobre a ordem em que as letras estavam dispostas. [Tempo


estimado: 10 minutos]

6. Acompanhamento da aprendizagem (avaliação)


Durante toda a sequência, observe se os alunos estão conseguindo recitar e
nomear as letras do alfabeto. Outra observação importante é se estão conseguindo
compreender a ordem alfabética e usá-la nas situações em que isso é solicitado.

6.1 Sugestão de registro de autoavaliação


A seguir, apresentamos uma tabela para acompanhamento das atividades, que
deverá ser preenchida pelas crianças, individualmente, em sala. Depois, você poderá
completá-la com as suas observações.

NOME: _______________________________________________________

DATA: ______/______/______

AUTOAVALIAÇÃO DA SEQUÊNCIA DIDÁTICA ALFABETO: RECITANDO E


APRENDENDO

Descritores SIM NÃO PARCIAL- Observações do(a)


avaliativos MENTE professor(a)
PARTICIPEI
ATIVAMENTE
DA
BRINCADEIRA
COM A
PARLENDA
SUCO
GELADO?

CONSEGUI
DIZER AS
LETRAS DO
ALFABETO DA
ORDEM?

CONSEGUI
ESCREVER UM
NOME PARA
CADA LETRA
DO
ALFABETO?

FUI
COLABORATIV
O AO
COLOCAR OS

38
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

SOBRENOMES
EM ORDEM
ALFABÉTICA?

6.2 Questões
1. De acordo com o que você estudou, diga o alfabeto na ordem.

2. Que letra vem após o A?

3. Que letra vem após o D?

4. Que letra vem antes do N?

5. Qual é a última letra do alfabeto?

Gabarito:

1. A, B, C, D, E, F, G, H, I, J, K, L, M, N, O, P, Q, R, S, T, U, V, X, W, Y, Z2.

2. B

3. E

4. M

5. Z

Sequência Didática 2 – 1o Bimestre

1. Título: Criando minibiografias

2. Tempo estimado: 200 minutos (4 aulas)

3. Objetivos de aprendizagem
 Escrever textos, considerando sua função sociocomunicativa.
 Planejar, com a ajuda do professor, o texto que será produzido,
considerando a situação comunicativa, os interlocutores; a finalidade; o tema
e assunto do texto.
 Revisar e reescrever o texto incorporando as alterações feitas na revisão e
obedecendo às convenções de disposição gráfica.
3.1 Objetos de conhecimento
 Reconstrução das condições de produção e recepção de textos.
 Planejamento do texto.
 Revisão do texto.

39
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

3.2 Habilidades a serem desenvolvidas


EF02LP15 – Identificar a função sociocomunicativa de textos que circulam em
esferas da vida social, reconhecendo para que foram produzidos, onde circulam,
quem produziu, a quem se destinam.
EF02LP19 – Planejar, com a ajuda do professor, o texto que será produzido,
considerando a situação comunicativa, os interlocutores (quem escreve/para quem
escreve); a finalidade ou o propósito (escrever para quê); a circulação (onde o texto
vai circular); o suporte (qual é o portador do texto); a linguagem, organização,
estrutura; o tema e assunto do texto.
EF02LP26 – Reler os textos produzidos, com a mediação do professor e
colaboração dos colegas, para fazer cortes, acréscimos, reformulações, correções de
ortografia e pontuação.
EF02LP27 – Reescrever o texto incorporando as alterações feitas na revisão e
obedecendo às convenções de disposição gráfica e de inclusão de título e autoria.

4. Recursos didáticos
 Papel sulfite A4
 Lápis grafite
 Borracha
 Apontador com reserva
 Fita adesiva
 Giz para lousa
 Mural da sala de aula para afixar as atividades realizadas
 Cópias das fichas de atividade sugeridas nesta sequência
 Cópias da ficha de autoavaliação
4.1 Referências
Para o professor
LERNER, Delia. Ler e escrever na escola: o real, o possível e o necessário. Porto Alegre:
Artmed, 2002.
FERREIRO, Emilia. A escrita… antes das letras. In: SINCLAIR, Hermine (Org.). A produção de
notações na criança: linguagem, número, ritmos e melodias. São Paulo: Cortez, 1990.
FERREIRO, Emilia; TEBEROSKY, A.; PALÁCIO, M. G. Os processos de leitura e escrita: novas
perspectivas. Porto Alegre: Artmed, 1987.
SILVA, Lúcia Fernanda da; KAIUCA, Miriam Abduche. Escrita de biografia. Disponível em:
<http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?aula=21308>. Acesso em 12
nov. 2017.
Para o aluno
CARRANCA, Adriana. Malala, a menina que queria ir para a escola. São Paulo: Companhia
das Letrinhas, 2015.
REIS, Fátima. A história de Chico Mendes para crianças. São Paulo: Prumo, 2010.

40
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

SANDRONI, Luciana. Minhas memórias de Lobato. São Paulo: Companhia das Letrinhas,
1997.

5. Desenvolvimento

Aula 1
Procedimentos iniciais
Para essa aula, que acontecerá em sala, prepare uma ficha com a minibiografia
de Pedro Bandeira, como a apresentada no exemplo a seguir (ficha 1).

FICHA 1: Minibiografia de Pedro Bandeira

NOME:_____________________________________________

DATA: ___/____/____ ANO: ______________

PEDRO BANDEIRA DE LUNA FILHO NASCEU EM SANTOS, EM 9 DE MARÇO


DE 1942. ELE É UM ESCRITOR BRASILEIRO DE LIVROS PARA CRIANÇAS E
JOVENS. RECEBEU VÁRIOS PRÊMIOS E É O AUTOR DE LITERATURA JUVENIL
MAIS VENDIDO NO BRASIL. É CASADO COM LIA E TEM TRÊS FILHOS:
RODRIGO, MARCELO E MAURÍCIO. ATUALMENTE VIVE EM SÃO ROQUE, NO
INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO.

Para introduzir o tema a ser estudado, entregue para cada aluno uma cópia da
ficha com a minibiografia de Pedro Bandeira. Em seguida leia em voz alta o
conteúdo da ficha para garantir que todos compreendam o conteúdo da escrita.
Para acionar o que os alunos perceberam das características do gênero,
pergunte a eles: Vocês já ouviram falar de Pedro Bandeira? (Resposta pessoal.)
Sobre quem esse texto fala? (Sobre Pedro Bandeira.) O que ele informa sobre essa
pessoa? (Sua data e local de nascimento, profissão, prêmios que recebeu, quantos
filhos tem e os nomes deles.) Para que serve esse gênero de texto? (Para
apresentar informações sobrea vida de uma pessoa.)
Depois de ouvir as respostas, explique aos alunos quais informações compõem
o texto: nome completo, local e data de nascimento, local e data de falecimento,
caso a pessoa já tenha morrido, atuação (no caso de Pedro Bandeira, ele é escritor,

41
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

mas isso dependerá da profissão do biografado) e, por fim, alguns aspectos da vida
pessoal. À medida que for explicando, escreva na lousa os aspectos levantados pela
minibiografia. Solicite aos alunos que colem no caderno a ficha entregue,
registrando logo após a colagem as características do gênero.
Faça uma roda de conversa para tratar do gênero minibiografia. Dê aos alunos
um novo exemplo, apresentando oralmente a sua minibiografia, relacionando as
informações já discutidas com os aspectos de sua própria trajetória. Ainda na roda
de conversa, apresente o conceito de uma minibiografia: é um texto que apresenta
a história resumida da vida de determinada pessoa. [Tempo estimado: 30
minutos]

Conclusão
Para concluir esta aula, forneça orientações para uma tarefa de casa: com a
ajuda dos pais, cada aluno deverá registrar no caderno as seguintes informações:
nome, data e local de nascimento e as principais atividades que realiza (por
exemplo, estuda, joga bola, toca violão etc.). [Tempo estimado para a tarefa de
casa: 30 minutos. Tempo estimado para a atividade em sala: 20 minutos]

Aula 2
Procedimentos iniciais
Para iniciar a aula, que ocorrerá na sala, apresente aos alunos mais um exemplo
de minibiografia. Veja uma sugestão na ficha 2.

FICHA 2: Minibiografia de Eva Furnari

NOME:_____________________________________________

DATA: ___/____/____ ANO: ______________

EVA FURNARI NASCEU EM ROMA, ITÁLIA, EM 1948. É UMA DAS MAIS


CONHECIDAS E IMPORTANTES AUTORAS DE HISTÓRIAS INFANTIS. ELA É
ESCRITORA, ILUSTRADORA, PROFESSORA E ARQUITETA. MORA NO BRASIL
DESDE OS DOIS ANOS DE IDADE. ADORA DESENHAR E ESCREVER
HISTÓRIAS PARA CRIANÇAS.

42
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Após a leitura da minibiografia de Eva Furnari, registre na lousa os elementos


que compõem esse gênero.
Organize um momento de conversa, no qual os alunos farão a leitura da lição
de casa. Pergunte se já sabiam das informações levantadas e sobre como se
sentiram ao realizar essa atividade com a ajuda dos pais. [Tempo estimado: 10
minutos]

Andamento
Em continuidade, após a socialização das respostas, entregue a cada aluno uma
ficha na qual deverá transcrever as informações coletadas e escrever sua
minibiografia. [Tempo estimado: 30 minutos]

Ficha 3: Escrita de minibiografia

NOME:_____________________________________________

DATA: ___/____/____ ANO: ______________

1. TRANSCREVA NO ESPAÇO ABAIXO AS INFORMAÇÕES LEVANTADAS


COM SUA FAMÍLIA:
• LOCAL E DATA DE NASCIMENTO:
_________________________________________________________
• ATIVIDADES QUE REALIZA:
________________________________________________________
_______________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
APRENDEMOS QUE UMA MINIBIOGRAFIA É A HISTÓRIA RESUMIDA DA VIDA
DE UMA PESSOA.

2. AGORA, LEMBRE-SE DE TUDO O QUE FOI DISCUTIDO SOBRE


MINIBIOGRAFIAS E ESCREVA A SUA A PARTIR DAS INFORMAÇÕES
LEVANTADAS NA TAREFA DE CASA.

43
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

________________________________________________________
_______________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
_______________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
_______________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

Conclusão
Depois que todos escreverem suas minibiografias, organize uma roda de
conversa para que os alunos contem como foi a atividade de escrita de
minibiografias, do que gostaram, do que não gostaram e o que aprenderam com
essa atividade. Informe que na próxima aula trabalharão na revisão do texto para
expor as produções no mural da sala. [Tempo estimado: 10 minutos]

Aula 3
Procedimentos iniciais
Esta aula ocorrerá em sala. Previamente, faça marcações a lápis nas escritas
realizadas na aula anterior, assinalando as partes que precisam ser revistas para
garantir a compreensão das ideias. Explique à turma que essa aula será reservada
para a revisão dos textos escritos na aula anterior. [Tempo estimado: 10 minutos]
Andamento
Entregue aos alunos os textos produzidos e peça a eles que os reescrevam na
mesma folha, sem apagar a primeira versão, fazendo as alterações indicadas por
você. [Tempo estimado: 30 minutos]

Conclusão
Após essa primeira revisão, recolha os textos reescritos e informe que a
próxima aula será destinada para a revisão e, por fim, para a exposição das

44
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

minibiografias. Em seguida, promova um momento para que os alunos contem


como foi o trabalho com revisão, se tiveram dúvidas, o que aprenderam e quais
foram as maiores dificuldades. [Tempo estimado: 10 minutos]

Aula 4
Procedimentos iniciais
Esta aula ocorrerá em sala. Previamente, assinale nos textos dos alunos as
palavras que não estão escritas convencionalmente. Explique a eles que esta aula
será reservada para a última revisão das minibiografias. [Tempo estimado: 10
minutos]

Andamento
Primeiramente cada aluno fará as correções em sua folha e, depois, trabalharão
em duplas. As atividades serão trocadas entre eles para que o colega confira se as
alterações feitas estão corretas. [Tempo estimado: 30 minutos]

Conclusão
Após a finalização das escritas, organize uma roda de conversa para a leitura de
algumas minibiografias escritas pelos alunos. Além do conteúdo dos textos, observe
também os processos de revisão pelos quais eles passaram, comparando as escritas
iniciais e finais e levando os alunos a perceber o quanto as versões finais
melhoraram. Finalizada a discussão, os textos serão expostos no mural da sala.
[Tempo estimado: 10 minutos]

6. Acompanhamento da aprendizagem (avaliação)


Para garantir o acompanhamento das aprendizagens e realizar intervenções
pontuais nas necessidades dos alunos, é fundamental conhecer o que eles sabem e
sobre o que apresentam dúvidas. Para isso devem ser elaborados instrumentos de
avaliação que se possa verificar o que os alunos compreenderam dos conteúdos
estudados. Além disso, é importante observar e buscar interpretar os saberes dos
alunos em todos os momentos da sequência didática.
6.1 Sugestão de registro de autoavaliação

Para esta sequência didática, sugerimos que o professor analise o desempenho


dos alunos durante o processo e também o resultado final. É importante também
que as crianças façam uma autoavaliação para identificar seus avanços, suas
dificuldades e de que tipo de ajuda ainda necessitam para realizar as tarefas.
A seguir, apresentamos uma tabela, que deverá ser preenchida pelos alunos,
individualmente, em sala de aula. Depois, o professor poderá completá-la com as
suas observações.

45
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

NOME: _______________________________________________________

DATA: ______/______/______

AUTOAVALIAÇÃO DA SEQUÊNCIA DIDÁTICA CRIANDO MINIBIOGRAFIAS

Descritores SIM NÃO PARCIAL- Observações do(a)


avaliativos MENTE professor(a)
CONSEGUI
COMPREENDE
RA
FINALIDADE
DE UMA
MINIBIOGRAFI
A?

COMPREENDI
AS
INFORMAÇÕE
S CONTIDAS
NAS
MINIBIOGRAFI
AS LIDAS EM
SALA DE
AULA?

COLETEI AS
INFORMAÇÕE
S COM MEUS
FAMILIARES?

PRODUZI
MINHA
MINIBIOGRAFI
A DE
MANEIRA
ADEQUADA?

6.2 Questões
1. De acordo com o que você estudou, escreva o que é uma minibiografia.

2. Das minibiografias que você escutou durante as aulas, qual achou mais
interessante. Por quê?

Gabarito:

1. É um texto que apresenta informações sobre a vida de uma pessoa.

2. Resposta pessoal.

46
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Sequência Didática 3 – 1o Bimestre

1. Título: Os bilhetes no dia a dia

2. Tempo estimado: 200 minutos (4 aulas)

3. Objetivos de aprendizagem
 Escrever textos, considerando sua função sociocomunicativa.
 Escrever bilhetes, ajustando a escrita à estrutura do gênero, ao interlocutor,
à esfera de circulação e ao tema.
3.1 Objeto de conhecimento
 Mensagem pessoal.
 Reconstrução das condições de produção e recepção de textos.
 Planejamento do texto.
 Revisão do texto.

3.2 Habilidades a serem desenvolvidas


EF02LP15 – Identificar a função sociocomunicativa de textos que circulam em
esferas da vida social, reconhecendo para que foram produzidos, onde circulam,
quem produziu, a quem se destinam.
EF02LP19 – Planejar, com a ajuda do professor, o texto que será produzido,
considerando a situação comunicativa, os interlocutores (quem escreve/para quem
escreve); a finalidade ou o propósito (escrever para quê); a circulação (onde o texto
vai circular); o suporte (qual é o portador do texto); a linguagem, organização,
estrutura; o tema e assunto do texto.
EF02LP21 – Escrever bilhetes e cartas, em meio impresso e/ou digital (e-mail,
mensagem em rede social etc.), mantendo as características do gênero textual e
dos portadores, considerando a situação comunicativa e o tema/assunto do texto.
EF02LP26 – Reler os textos produzidos, com a mediação do professor e
colaboração dos colegas, para fazer cortes, acréscimos, reformulações, correções de
ortografia e pontuação.
EF02LP27 – Reescrever o texto incorporando as alterações feitas na revisão e
obedecendo às convenções de disposição gráfica e de inclusão de título e autoria.

4. Recursos didáticos
 Papéis em recortes pequenos para a escrita de bilhetes
 Lápis grafite
 Borracha
 Apontador com reserva
 Giz para lousa
 Cópias das fichas de atividade sugeridas nesta sequência

47
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

4.1 Referências
Para o professor
FERREIRO, Emilia. A escrita… antes das letras. In: SINCLAIR, Hermine (Org.). A produção de
notações na criança: linguagem, número, ritmos e melodias. São Paulo: Cortez, 1990.
SILVA, Mariane Ellen da. Trabalhando com o gênero textual bilhete. Disponível em: <
http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?aula=54741>. Acesso em: 26
dez. 2017.
Para o aluno
MELO, Ana Cristina. O menino, o bilhete e o vento. Rio de Janeiro: Bambolê, 2015.
GOMES, Lenice. A menina que bordava bilhetes. Curitiba: Cortez, 2015.
DICKINS, Rosie; COURTAULD, Sarah. Contos de fadas ilustrados. Trad. Matilde dos Santos.
Londres: Usborne, 2013.
PAGANINI, Marcia; DALAI, Ricardo. Histórias bem-contadas: contos de fadas, fábulas e
outras histórias da oralidade. Londrina, PR: Madrepérola, 2015.
LEVY, Didier. Nove novos contos de fadas e de princesas. Trad. Eduardo Brandão. São Paulo:
Companhia das Letrinhas, 2004.

5. Desenvolvimento

Aula 1
Procedimentos iniciais
Antes do início da aula, que ocorrerá na própria sala, escreva na lousa um
bilhete para a turma.

Sugestão de bilhete
<Dar ao quadro abaixo a aparência de um bilhete. Ver projeto gráfico>
QUERIDOS ALUNOS,
NÃO SE ESQUEÇAM DE SEPARAR O MATERIAL: LÁPIS, BORRACHA E APONTADOR ANTES DE
INICIARMOS NOSSA AULA. ISSO AJUDARÁ EM NOSSA ORGANIZAÇÃO!
UM ABRAÇO,
PROFESSOR____________
___/___

Chame a atenção para a lousa e peça que os alunos leiam o bilhete com
atenção. Pergunte a eles: quem sabe o que é um bilhete? (É um texto breve escrito
para transmitir uma mensagem a alguém.) O que podemos escrever em um
bilhete? (Qualquer tipo de mensagem breve.) Para quem podemos mandar um
bilhete? (Para pessoas do nosso convívio.) [Tempo estimado: 20 minutos]

Andamento

48
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Em continuidade, escreva na lousa uma lista dos elementos que constituem um


bilhete: destinatário, mensagem e despedida. Em seguida, anuncie que na aula
deste dia os alunos escreverão um bilhete para os pais solicitando revistas, livros e
gibis usados para ampliar ou compor o acervo do cantinho da leitura da sala.
Na sequência, explique que escreverá na lousa a mensagem ditada pela turma,
lembrando os alunos os elementos estruturantes do bilhete. Registre na lousa o
conteúdo do bilhete com a solicitação desejada. [Tempo estimado: 10 minutos]

Conclusão
Ao final, peça que os alunos copiem o bilhete no caderno e levem para casa
para fazer a solicitação aos pais.
Após o registro, abra uma roda de conversa para que os alunos contem o que
aprenderam na aula e o que gostariam de aprender sobre bilhetes. [Tempo
estimado: 20 minutos]

Aula 2
Procedimentos iniciais
Inicie a discussão recuperando alguns pontos discutidos na aula anterior,
voltada para a escrita de bilhetes. Relembre os elementos principais de sua
composição e o assunto do bilhete enviado para as famílias: solicitar materiais para
compor ou ampliar o cantinho da leitura. [Tempo estimado: 10 minutos]

Andamento
Informe aos alunos que eles continuarão trabalhando com bilhetes e que a
proposta para esse dia é que escrevam um bilhete para um colega da turma
convidando-o para uma atividade no final de semana. Para garantir que todos os
alunos recebam bilhetes, estabeleça quem escreverá para quem. Ao final da escrita,
oriente os alunos a fazer as trocas dos bilhetes. Em seguida, recolha os bilhetes,
pois eles serão o ponto de partida para a discussão da próxima aula. [Tempo
estimado: 30 minutos]

Conclusão
Para finalizar, convide os alunos a falar sobre o que acharam de escrever um
bilhete para o colega, o que sentiram, o que aprenderam e quais as dificuldades
encontradas. [Tempo estimado: 10 minutos]

Aula 3
Procedimentos iniciais
Inicie esta aula entregando aos seus destinatários os bilhetes escritos na aula
anterior. Relembre o objetivo da escrita: escrever um bilhete para um colega,
convidando-o para uma atividade no final de semana.

49
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Cada criança receberá o bilhete escrito pelo colega e relembrará os elementos


já discutidos. [Tempo estimado: 10 minutos]
Andamento
Anuncie que esta aula será reservada para a escrita, também por bilhetes, das
respostas às propostas feitas pelos colegas na aula anterior. Novamente, escreva
um exemplo na lousa para que os alunos se recordem da necessidade de garantir a
estrutura do gênero, bem como informações como: destinatário, mensagem,
despedida, assinatura e data. Entregue os papéis para que os alunos escrevam as
respostas aos bilhetes recebidos. [Tempo estimado: 30 minutos]
Conclusão
Depois de escritas as respostas aos bilhetes iniciais, peça que os alunos façam
novamente as trocas dos bilhetes. Em roda de conversa, incentive-os a contar sobre
a experiência de escrever a resposta a um convite realizado pelo colega e a falar
das novas aprendizagens. [Tempo estimado: 10 minutos]

Aula 4
Procedimentos iniciais
Em roda que poderá ocorrer na sala, inicie a leitura do texto:

As longas colheres
Era uma vez um rei famoso não apenas por sua majestade, mas também por ser
um tanto excêntrico e cheio de manias. Certo dia, ele anunciou que faria uma linda
festa, a maior já vista em seu reino. Convidou toda a corte e todos os seus amigos. Na
noite da festa, os convidados, vestidos com seus melhores trajes, chegaram ao palácio,
que estava mais esplendoroso que nunca, com luzes por toda a parte.
Depois das boas-vindas a todos, a festa começou: dançarinos de todos os países
se apresentaram e os convidados assistiram maravilhados a estranhos jogos e aos mais
refinados espetáculos. Todos, sem exceção, admiravam fascinados, proclamando a
suntuosidade da festa e a magnificência do rei. Entretanto, apesar da organização
impecável, logo perceberam que não havia nada para comer. Com o passar das horas, a
fome aumentava e de nada adiantaram os esforços para oferecer aos convidados a
melhor música e as danças mais primorosas. Os espectadores já não conseguiam
disfarçar o mal-estar. Apesar disso, ninguém ousava manifestar abertamente ao rei a sua
contrariedade. Quando os intermináveis cantos chegaram ao fim, os convidados
receberam presentes, mas nenhum deles era comestível.
Por fim, quando ninguém mais aguentava a situação e a fome era insuportável,
os hóspedes do rei foram conduzidos a uma sala especial, onde seria servida uma
refeição. Ali, no centro de uma mesa, encontraram um enorme caldeirão que exalava
um irresistível aroma de sopa. Os convidados estavam impacientes, mas ficaram
decepcionados ao descobrir que não havia pratos, tigelas ou talheres para se servir. No
caldeirão havia apenas enormes colheres de metal, com mais de um metro de

50
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

comprimento. Com fome, muitos tentaram usar as colheres, mas não conseguiram levá-
las à boca. Além disso, elas estavam quentes demais e só era possível segurá-las por
uma pequena haste de madeira na extremidade. Desesperados, tentaram usar as colheres
de todas as maneiras, sem resultado. Então um dos convidados, um pouco mais esperto,
encontrou a solução: segurando a colher pela haste para não se queimar, levou-a à…
boca de seu vizinho, que finalmente pôde comer. Todos fizeram o mesmo e mataram a
fome, compreendendo que, naquele magnífico palácio, a única maneira de se alimentar
era um servindo ao outro.

Texto da filosofia sufi, de autoria desconhecida, adaptado pela autora.


[Tempo estimado: 15 minutos]
Andamento
Após a leitura, faça uma retomada de toda a história para garantir que todos
tenham compreendido o enredo. Em seguida, entregue a ficha 1, solicitando a
escrita de um bilhete com base no enredo da história lida. Após os alunos
escreverem, oriente-os a fazer a revisão do bilhete. Eles devem considerar
especialmente se colocaram: destinatário, assunto, despedida, assinatura e data.
[Tempo estimado: 15 minutos]

Ficha 1: Escrita de bilhete fictício

NOME DO ALUNO: ____________________________________________________________

DATA:_____/_____/_____

AGORA QUE VOCÊ CONHECE O TEXTO: “AS LONGAS COLHERES”, ESCREVA UM


BILHETE PARA OS CONVIDADOS DA FESTA QUE OCORRE NA HISTÓRIA,
AVISANDO-OS PARA QUE LEVEM UM LANCHE, POIS O JANTAR VAI DEMORAR A
SER SERVIDO.

51
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

A próxima atividade é a leitura e a análise de um bilhete fictício. Entregue aos


alunos uma ficha (ficha 2) com um bilhete e peçam a ele que o leiam. Em seguida,
verifique se conseguiram compreender. Faça então a sua leitura e em seguida
convide-os a responder às questões propostas.
[Tempo estimado: 20 minutos]
Ficha 2: Análise de bilhete fictício

NOME DO ALUNO: ____________________________________________________________

DATA:_____/_____/_____

LEIA O BILHETE A SEGUIR.


<Dar ao quadro abaixo o aspecto de bilhete manuscrito em letra caixa
alta. Ver projeto gráfico>
MAMÃEZINHA,
NÃO SE PREOCUPE COMIGO. VOU ATÉ A CASA DA VOVÓ VISITÁ-LA E
NÃO VOLTAREI PARA O ALMOÇO
UM BEIJO
CHAPEUZINHO VERMELHO
15/10
AGORA RESPONDA:
1) QUEM ESCREVEU O BILHETE?
( ) MAMÃE
( ) VOVÓ
( ) CHAPEUZINHO VERMELHO

2) NO BILHETE, CHAPEUZINHO VERMELHO INFORMA QUE:


( ) IRÁ PELO CAMINHO DA FLORESTA
( ) NÃO VOLTARÁ PARA O ALMOÇO
( ) QUER GANHAR UM BEIJO DA MAMÃE

52
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

3) O BILHETE FOI ESCRITO PARA:


( ) A VOVÓ
( ) A MAMÃE
( ) CHAPEUZINHO VERMELHO

Gabarito:

1. Chapeuzinho Vermelho.

2. Não voltará para o almoço.

3. A mamãe.

Conclusão
Após a escrita dos bilhetes, faça a leitura de alguns escritos, compartilhando com a
turma as formas de escrita que os alunos encontraram para escrever a mensagem
do bilhete.
[Tempo estimado: 10 minutos]

6. Acompanhamento da aprendizagem (avaliação)


Nesta sequência didática, observe os progressos dos alunos em relação à
construção do sistema de escrita e ao desenvolvimento de comportamentos leitores
e escritores: os estudantes conseguiram compreender a estrutura dos bilhetes?
Conseguem escrever pequenos bilhetes?
6.1 Sugestão de registro de autoavaliação

A seguir, apresentamos uma tabela, que deverá ser preenchida pelos alunos,
individualmente, em sala de aula. Depois, o professor poderá completá-la com as
suas observações.

NOME: _______________________________________________________

DATA: ______/______/______

AUTOAVALIAÇÃO DA SEQUÊNCIA DIDÁTICA OS BILHETES NO DIA A DIA

Descritores SIM NÃO PARCIAL- Observações do(a)


avaliativos MENTE professor(a)

53
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

CONSEGUI
COMPREENDE
RA
FINALIDADE
DE BILHETE?

COMPREENDI
AS
INFORMAÇÕE
S CONTIDAS
NOS BILHETES
QUE LI?

ESCREVI UM
BILHETE COM
AS PARTES
QUE O
CONSTITUEM:
DESTINATÁRIO
, ASSUNTO,
DESPEDIDA,
ASSINATURA E
DATA?

REVISEI MEU
BILHETE?

6.2 Questões
1. De acordo com o que você estudou, explique qual é a finalidade de um bilhete.

2. O bilhete é um texto curto ou longo?

3. Que elementos devem ter um bilhete?

Gabarito:

1. Dar um recado breve a alguém.

2. É um texto curto.

3. Destinatário, assunto, despedida, assinatura e data.

Sequência Didática 4 – 1o Bimestre

1. Título: Recitando parlendas e observando rimas

2. Tempo estimado: 200 minutos (4 aulas)

54
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

3. Objetivos de aprendizagem
 Reconhecer e recitar parlendas.
 Reconhecer, oralmente e por escrito, palavras que apresentam rimas.
3.1 Objeto de conhecimento
Processos de criação.
3.2 Habilidades a serem desenvolvidas
EF02LP46 – Recitar parlendas, quadras, quadrinhas e poemas, além de cantar
músicas e canções, com ritmo, melodia e sonoridade, observando rimas.

4. Recursos didáticos
 Lápis grafite
 Borracha
 Apontador com depósito
 Lápis de cor
 Giz de cera
 Canetas hidrográficas
 Cópias das atividades sugeridas nesta sequência
 Cópias da ficha da autoavaliação
4.1 Referências
Para o professor
GOMES, Lenice; MORAES, Fabiano. Alfabetizar letrando com a tradição oral. São Paulo:
Cortez, 2013.
MELO, Verissimo de. Folclore infantil. Vila Rica: Itatiaia, 1991.
Para o aluno
AZEVEDO, Ricardo. Armazém do Folclore. São Paulo: Ática, 2001.
NÓBREGA, Maria José; PAMPLONA, Rose. Salada, Saladinha. São Paulo: Moderna, 2013.
PRIETO, Heloísa. O jogo da parlenda. São Paulo: Cia das Letrinhas, 2005.

5. Desenvolvimento

Aula 1
Procedimentos iniciais
Para a introdução do tema, faça um levantamento dos conhecimentos prévios
dos alunos acerca das parlendas. Em sala, agrupe as carteiras, unindo-as
lateralmente, para que os alunos possam trabalhar em duplas. [Tempo estimado:
10 minutos]

Andamento
Cada dupla deve dispor de lápis grafite, uma folha com pauta, borracha e
apontador. Peça que as duplas conversem entre si e escrevam na folha nomes de

55
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

algumas parlendas. Recite algumas parlendas, dando exemplos para que os alunos
se recordem ou as conheçam. [Tempo estimado: 20 minutos]

Após essa etapa, abra espaço para que as duplas contem sobre as parlendas
cujos títulos foram escritos. Nesse momento, explique aos alunos a definição de
parlenda (conjunto de versos com temática infantil recitados em brincadeiras).
[Tempo estimado: 10 minutos]

Conclusão
Para o fechamento desta aula, entregue uma folha (ficha 1) para a realização de
uma tarefa de casa e explique que cada aluno deverá pedir a ajuda de um familiar
para fazer um levantamento das parlendas que conhecem. Essa folha conterá a
definição de parlenda como apoio. [Tempo estimado: 10 minutos; Tempo
estimado para a tarefa de casa: 30 minutos]

Ficha 1: Atividade para casa para escrever nomes de parlendas

NOME DO ALUNO: ____________________________________________________________

DATA:_____/_____/_____

ESTAMOS ESTUDANDO PARLENDAS.


PARLENDA É UM CONJUNTO DE VERSOS COM TEMÁTICA INFANTIL RECITADOS
EM BRINCADEIRAS.
PRECISO LISTAR, COM A AJUDA DE UM FAMILIAR, NOMES DE ALGUMAS
PARLENDAS CONHECIDAS. POR EXEMPLO: “UNI DUNI TÊ”.

56
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Gabarito:

Algumas possibilidades de respostas: Hoje é domingo; A galinha do vizinho; Um, dois,


feijão com arroz; Rei, capitão; Uni, duni, tê; Suco gelado; Casinha da vovó; Quem
cochicha; Serra, serra, serrador; Porta, portinha; Macaca Sofia; Bambalalão; Corre, cutia.

Aula 2
Procedimentos iniciais
Para esta aula, organize os alunos em quartetos. Forme as parcerias levando em
conta critérios como hipótese de escrita e afinidades. Dê a cada grupo uma folha
A4, que será utilizada para a realização da atividade.

Andamento
Para iniciar essa etapa da aula, convide os alunos a contarem como foi a
realização da atividade de casa. Sugestões de perguntas para embasar esse
momento: os familiares conheciam parlendas? Sabiam o que eram? De quais
parlendas conseguiram se lembrar e registrar na tarefa? [Tempo estimado: 10
minutos]
A seguir, já atuando nos quartetos, os alunos deverão fazer uma lista única com
os nomes das parlendas levantadas pelos quatro componentes do grupo. Um dos
alunos será o escriba e os demais atuarão ditando os títulos (o primeiro verso, na
verdade) das parlendas pesquisadas (ficha 2). [Tempo estimado: 30 minutos]

Ficha 2: Listagem de parlendas

NOME DO ALUNO:
____________________________________________________________

DATA:_____/_____/_____

LISTA DE PARLENDAS PESQUISADAS COM A FAMÍLIA


____________________________________________________

____________________________________________________

57
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

____________________________________________________

____________________________________________________

____________________________________________________

____________________________________________________

____________________________________________________

____________________________________________________

____________________________________________________
____________________________________________________

____________________________________________________

Conclusão
Para finalizar, abra espaço para que alguns alunos falem sobre como foi a
execução da atividade, contando um pouco das discussões feitas no grupo.
Pergunte se tiveram dúvidas sobre as formas de escrita dos nomes das parlendas e,
se sim, como foram resolvidas. Nesse momento recupere o conceito de parlenda,
para deixar bem fundamentado. [Tempo estimado: 10 minutos]

Aula 3
Procedimentos iniciais
Nesta aula os alunos atuarão individualmente em sala. Cada criança receberá a
escrita da parlenda “Corre, cutia” (ficha 3).

Andamento
Comece lendo a parlenda em voz alta algumas vezes e chamando a atenção
dos alunos para o ritmo e a sonoridade das palavras. Durante a leitura, peça que os
alunos acompanhem, passando o dedo nas partes lidas. Após ler algumas vezes
dessa forma, oriente a turma para ler a parlenda em voz alta junto com você. Em
seguida, escolha alguns alunos para irem à frente da sala e ler em voz alta para os
colegas.

58
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Ficha 3: Parlenda para análise

NOME DO ALUNO:
____________________________________________________________

DATA:_____/_____/_____

CORRE, CUTIA
NA CASA DA TIA
CORRE, CIPÓ
NA CASA DA AVÓ.
LENCINHO NA MÃO
CAIU NO CHÃO
MOÇO BONITO
DO MEU CORAÇÃO.

Após as leituras, chame a atenção dos alunos para a presença de rimas na


parlenda, explicando que uma rima é a repetição de sons finais em palavras. Para
que observem os elementos que constituem as rimas, como finalização da aula,
peça que os alunos marquem com lápis de cor de mesma cor as partes das
palavras que rimam (exemplo: pintar de amarelo CUTIA, TIA; pintar de azul CIPÓ,
AVÓ). [Tempo estimado 20 minutos]

Finalizada essa etapa, fornece uma atividade em que os alunos irão ligar
imagens cujos nomes rimam. [Tempo estimado 10 minutos]

Ficha 4: Atividade para relacionar figuras cujos nomes rimam.

NOME DO ALUNO:
____________________________________________________________

DATA:_____/_____/_____
LIGUE AS FIGURAS QUE TEM OS NOMES QUE RIMAM.

F1_ACP2_MD_F001
Foto de anel

59
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

F1_ACP2_MD_F002
Foto de chapéu
F1_ACP2_MD_F003
Foto de panela
F1_ACP2_MD_F004
Foto de janela
F1_ACP2_MD_F005
Foto de anzol
F1_ACP2_MD_F006
Foto de caracol
F1_ACP2_MD_F007
Foto de tomate
F1_ACP2_MD_F008
Foto de abacate

Gabarito:
CUTIA, TIA; CIPÓ, AVÓ; MÃO, CHÃO, CORAÇÃO.

Conclusão
Retome o conceito de rima e incentive-os a dizer outras palavras que poderiam
rimar com as palavras da parlenda: “Corre, cutia”. Peça que digam também palavras
que rimam com: flor (amor, cor, calor, dor, cobertor); menina (lamparina, tangerina,
Carolina). [Tempo estimado: 20 minutos]

Aula 4
Procedimentos iniciais
Parte desta aula será realizada em ambiente aberto: pátio, quadra ou outro.
Andamento
1º momento: No ambiente escolhido por você, oriente os alunos sobre a
brincadeira que será realizada: as crianças formam uma roda e uma coloca a mão
sobre a mão da outra. Enquanto recitam a parlenda a seguir, batem sua mão na da
outra criança. A cada palavra, uma batida de mão. A última criança deve tirar a
mão, impedindo que o penúltimo aluno bata em sua palma. [Tempo estimado: 20
minutos]
<Arte: Aplicar fundo na cor. Ver projeto gráfico>

60
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

HOJE É DOMINGO
PEDE CACHIMBO

O CACHIMBO É DE BARRO
BATE NO JARRO

O JARRO É OURO
BATE NO TOURO

O TOURO É VALENTE
MACHUCA A GENTE

A GENTE É FRACO
CAI NO BURACO

O BURACO É FUNDO
ACABOU-SE O MUNDO

2º momento: De volta à sala de aula, os alunos atuarão individualmente.


Entregue a cada criança uma cópia da parlenda recitada na brincadeira na etapa
anterior (ficha 5). Peça que eles completem a parlenda escrevendo as palavras que
faltam. [Tempo estimado 15 minutos]

<Arte: Aplicar bordas decoradas no quadro abaixo. Deixar espaço à direita para
que o aluno possa desenhar. Ver projeto gráfico>

Ficha 5: Parlenda Hoje é domingo

NOME DO ALUNO:_________________________________________________________
DATA: ____/____/____

COMPLETE A PARLENDA ESCREVENDO AS PALAVRAS QUE FALTAM:

HOJE É ____________________
PEDE CACHIMBO

O CACHIMBO É DE ____________________
BATE NO JARRO

61
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

O JARRO É DE ____________________
BATE NO TOURO

O TOURO É ____________________
MACHUCA A GENTE

A GENTE É ____________________
CAI NO BURACO

O BURACO É ____________________
ACABOU-SE O MUNDO!

Gabarito: domingo; barro; ouro; valente; fraco; fundo.

Conclusão
Para finalizar a aula, chame a atenção dos alunos para as rimas presentes na
parlenda.
Em seguida, peça a eles que façam na lateral direita da folha um desenho que
ilustre a parlenda. As parlendas e seus desenhos ficarão expostos no mural da sala.
[Tempo estimado 15 minutos]

6. Acompanhamento de aprendizagem (avaliação)


Nesta sequência didática, observe os progressos dos alunos em relação à
construção do sistema de escrita e ao desenvolvimento de comportamentos
leitores: os estudantes memorizaram e recitaram as parlendas? Identificaram as
partes das palavras que configuram elementos para rimas?
6.1 Sugestão de registro de autoavaliação
É importante que os próprios alunos possam analisar seu percurso de
aprendizagem. Para ajudar nessas reflexões, sugerimos uma ficha de autoavaliação
para ser preenchida individualmente pelos alunos e complementada pelo professor,
se julgar necessário.

NOME: _______________________________________________________

DATA: ______/______/______

AUTOAVALIAÇÃO DA SEQUÊNCIA DIDÁTICA RECITANDO PARLENDAS E


OBSERVANDO RIMAS

62
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Descritores SIM NÃO PARCIAL- Observações do(a)


avaliativos MENTE professor(a)
PARTICIPEI DA
ATIVIDADE DE
LEVANTAMEN
TO DAS
PARLENDAS
CONHECIDAS
PELA TURMA?

FIZ A
ATIVIDADE DE
CASA
“PESQUISA
SOBRE
PARLENDAS”?

PARTICIPEI DA
ATIVIDADE DE
ESCRITA DE
NOMES DAS
PARLENDAS
LEVANTADAS
COM AS
FAMÍLIAS?

COMPREENDI
O QUE É
RIMA?

ESCREVI
CORRETAMEN
TE AS
PALAVRAS
FALTANTES
NA ATIVIDADE
DE
COMPLETAR A
PARLENDA?

6.2 Questões
1. De acordo com o que você estudou, escreva qual é a finalidade de uma
parlenda.

2. Que palavras rimam com: a) cipó? b) café? c) papel?

Gabarito:

1. Para recitar em brincadeiras.

2. Sugestões: a) curió, pó, dominó, nó, dó; b) sapé, rapé, pé, chulé; c) anel, céu, mel,
Rafael, Isabel.

63
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

64
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Sequência Didática 5 – 2o Bimestre

1. Título: Curiosidades sobre animais

2. Tempo estimado: 200 minutos (4 aulas)

3. Objetivos de aprendizagem
 Localizar de informações em textos.
 Escrever textos, considerando sua função sociocomunicativa.
 Revisar e reescrever texto, com a mediação do professor.
3.1 Objetos de conhecimento
 Leitura.
 Reconstrução das condições de produção e recepção de textos.
 Planejamento do texto.
 Revisão do texto.
3.2 Habilidades a serem desenvolvidas
EF02LP12 – Localizar, em textos curtos, informações pontuais.
EF02LP15 – Identificar a função sociocomunicativa de textos que circulam em
esferas da vida social, reconhecendo para que foram produzidos, onde circulam,
quem produziu, a quem se destinam.
EF02LP19 – Planejar, com a ajuda do professor, o texto que será produzido,
considerando a situação comunicativa, os interlocutores (quem escreve/para quem
escreve); a finalidade ou o propósito (escrever para quê); a circulação (onde o texto
vai circular); o suporte (qual é o portador do texto); a linguagem, organização,
estrutura; o tema e assunto do texto.
EF02LP26 – Reler os textos produzidos, com a mediação do professor e
colaboração dos colegas, para fazer cortes, acréscimos, reformulações, correções de
ortografia e pontuação.

4. Recursos didáticos
 Papel sulfite A4
 Lápis grafite
 Borracha
 Apontador com reserva
 Fita adesiva
 Giz para lousa
 Canetinhas hidrográficas
 Mural da sala de aula para afixar as atividades realizadas
 Cópias das fichas de atividade sugeridas nesta sequência,
 Cópias da ficha da autoavaliação
4.1 Referências
Para o professor

65
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

LERNER, Delia. Ler e escrever na escola. O real, o possível e o necessário. Porto Alegre:
Artmed, 2002.
DOMENICHELLI, Guilherme. Girafa tem torcicolo?. São Paulo: Panda Books, 2008.
Para o aluno
Animais: o formidável atlas júnior. Olen, Bélgica: YOYO Books, 2017.
Meu livro gigante dos animais. Trad. Sonnini Ruiz. Olen, Bélgica: YOYO Books, 2014.
Vários autores. Procura-se!: galeria de animais ameaçados de extinção. São Paulo:
Companhia das Letrinhas, 2007.

5. Desenvolvimento

Aula 1
Procedimentos iniciais
Para introduzir o assunto e levantar os conhecimentos dos alunos sobre o tema,
prepare previamente um texto informativo sobre um animal. Sugestão: urso panda
(ficha 1).

Andamento
Antes de distribuir as fichas com o texto, pergunte aos alunos o que sabem
sobre os ursos pandas: como são, onde vivem, de que se alimentam. Peça que
façam um desenho retratando essa espécie animal. Após essas atividades iniciais,
informe que você entregará um texto sobre Em sala, distribua uma cópia do texto
para cada aluno. Faça a leitura do texto e das questões, pedindo que todos
acompanhem prestando atenção, para garantir a compreensão do conteúdo. Em
seguida, peça que respondam às questões. Cada aluno escreverá em sua folha.
[Tempo estimado: 30 minutos]
Ficha 1: Texto informativo sobre urso panda

NOME DO ALUNO:_________________________________________________________
DATA: ____/____/____

URSO PANDA

OS PANDAS VIVEM NAS FLORESTAS DE REGIÕES MONTANHOSAS


DA CHINA, EM CAVERNAS E NO OCO DE ÁRVORES.
DURANTE A FASE DA PRIMAVERA OCORRE O ACASALAMENTO,
SENDO QUE OS FILHOTES, GERALMENTE DOIS, NASCEM NA ÉPOCA DO
INVERNO.
OS FILHOTES DE URSO PANDA NASCEM COM APROXIMADAMENTE 2
QUILOS DE PESO.
EM MÉDIA UM URSO PANDA VIVE DURANTE 12 ANOS.

66
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Fonte de pesquisa: Tudo o que você precisa saber sobre o panda


gigante. Galileu. Disponível em:
<http://revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia/2017/10/tudo-o-que-voce-
precisa-saber-sobre-o-panda-gigante.html>. Acesso em: 26 dez. 2017

F1_ACP2_MD_F009
Foto de urso-panda

RESPONDA:
1. QUANTO TEMPO UM URSO PANDA VIVE, EM MÉDIA?

2. EM QUAL ESTAÇÃO DO ANO OCORRE O ACASALAMENTO DO URSO


PANDA?

Gabarito:
1. 12 anos.
2. Durante a fase da primavera.

Conclusão
Em roda de conversa, incentive os alunos a contarem o que já sabiam sobre o
urso panda. Pergunte a eles como foi a localização de informações no texto e sobre
as facilidades e dificuldades que a atividade ofereceu. [Tempo estimado: 20
minutos]

Aula 2
Procedimentos iniciais
Para essa aula o professor preparará com antecedência um texto que trate da
temática “animais em extinção no Brasil” (ficha 2).
Ficha 2: Texto informativo sobre animais em extinção no Brasil

67
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

NOME DO ALUNO:_________________________________________________________
DATA: ____/____/____

ANIMAIS EM EXTINÇÃO NO BRASIL

EM POUCAS DÉCADAS, ANIMAIS ENCONTRADOS NAS REGIÕES


BRASILEIRAS PODERÃO ESTAR EXTINTOS. CONHEÇA ALGUNS DELES E O
QUE AMEAÇA SUA SOBREVIVÊNCIA:
ARARAJUBA: ESTÁ AMEAÇADA POR CAUSA DO TRÁFICO DE ANIMAIS
SILVESTRES E DO DESMATAMENTO.
ARARA-AZUL: SUAS PENAS POSSUEM GRANDE VALOR NO MERCADO
INTERNACIONAL.
ARIRANHA: AS MAIORES AMEAÇAS A ESTE ANIMAL SÃO A PESCA
PREDATÓRIA, A CAÇA ILEGAL E A POLUIÇÃO DOS RIOS.
Fonte de pesquisa: Animais em extinção: como o brasileiro escreveu e Commented [MPC2]: Dalai completar
pode mudar essa história. EBC. Disponível em:
<http://www.ebc.com.br/animaisemextincao>. Acesso em: 8 jan. 2018.

F1_ACP2_MD_F010
Foto representando tráfico de animais silvestres da fauna brasileira

Faça a leitura do texto em voz alta e explique os termos que podem causar
dúvidas nos alunos. Depois peça a eles que grifem os nomes dos animais citados:
ararajuba, arara-azul e ariranha. Discuta com eles sobre as causas de ameaça de
extinção de cada espécie citadas no texto. [Tempo estimado: 30 minutos]

Conclusão
Em roda de conversa, convide os alunos a falar sobre a realização da atividade,
se tiveram dúvidas e como foram sanadas. Para finalizar, oriente-os a fazer, como
tarefa de casa, uma pesquisa sobre o significado de animal silvestre (animal
próprio da selva, que não é domesticado) e uma lista de animais silvestres. [Tempo
estimado: 20 minutos] [Tempo estimado da tarefa de casa: 30 minutos]

68
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Aula 3
Procedimentos iniciais
Inicie esta aula com uma roda de conversa. Estimule os alunos a falarem sobre
o que são os animais silvestres, quais consideram interessantes e por quê. Em
seguida, entregue aos alunos uma ficha com informações sobre um animal silvestre
e faça a leitura dele (ficha 3).
[Tempo estimado: 10 minutos]

Ficha 3: Texto informativo sobre sucuri

NOME DO ALUNO:_________________________________________________________
DATA: ____/____/____

A SUCURI É UMA SERPENTE DE COR MARROM, VERDE OU


ESVERDEADA. VIVE NA AMÉRICA DO SUL, NAS PROXIMIDADES DE
CÓRREGOS, RIOS E LAGOS. SÃO CONHECIDAS QUATRO ESPÉCIES DE
SUCURI.
EMBORA NÃO SEJAM VENENOSAS, SUA MORDIDA É TÃO FORTE QUE
PODE ATORDOAR SUA PRESA.
AS SUCURIS NÃO SÃO ÁGEIS EM AMBIENTE TERRESTRE, MAS SÃO
MUITO RÁPIDAS DENTRO D’ÁGUA, PODENDO FICAR ATÉ 30 MINUTOS
SEM RESPIRAR. CAÇAM SUAS PRESAS AO ANOITECER OU DURANTE A
NOITE. ALIMENTAM-SE DE ANIMAIS VERTEBRADOS, COMO RÃS, PEIXES,
AVES, LAGARTOS E ROEDORES.
PODEM PARIR MAIS DE 50 FILHOTES NUMA GESTAÇÃO DE OITO
MESES, COM TAMANHOS ENTRE 60 CENTÍMETROS E UM METRO DE
COMPRIMENTO. DE MODO GERAL, AS ESPÉCIES DE SUCURI PODEM VIVER
POR ATÉ 30 ANOS.
Fonte de pesquisa: Sucuri. Ibama – Fauna e Flora. Disponível em:
<http://detvsites-ibama.webnode.com.br/products/sucuri-/>. Acesso em:
26 dez. 2017.

F1_ACP2_MD_F051
Foto de sucuri

Andamento

69
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Entregue a cada aluno uma cópia da ficha 4 para que as preencha com as
informações do texto lido na etapa anterior. Oriente-os a extrair do texto elementos
para o preenchimento de uma ficha técnica do animal sucuri. Para isso, faça na
lousa uma lista dos elementos necessários para compor a ficha: nome do animal,
onde vive, o que come, tempo de gestação, número de filhotes por gestação e
tempo de vida. Mostre, na lousa, a estrutura do gênero e em seguida dê tempo
para que os alunos copiem as informações para compor sua ficha técnica. [Tempo
estimado: 30 minutos]
Ficha 4: Ficha técnica sobre sucuri

NOME DO ALUNO:_________________________________________________________
DATA: ____/____/____

ANIMAL: ____________________________________________

ONDE VIVE: ________________________________________

CARACTERÍSTICAS FÍSICAS: _________________________

___________________________________________________

___________________________________________________

HÁBITOS ALIMENTARES: _____________________________

___________________________________________________

TEMPO DE GESTAÇÃO: _____________________________

QUANTIDADE DE FILHOTES POR GESTAÇÃO: __________


__________________________________________________

ARTE deixar espaço para o aluno ilustrar

Gabarito
NOME: SUCURI

70
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

ONDE VIVE: AMÉRICA DO SUL, NAS PROXIMIDADES DE CÓRREGOS, RIOS E LAGOS


CARACTERÍSTICAS FÍSICAS: COR MARROM, VERDE OU ESVERDEADA; NÃO É VENENOSA E
TEM A MORDIDA MUITO FORTE.
HÁBITOS ALIMENTARES: ANIMAIS VERTEBRADOS, COMO RÃS, PEIXES, AVES, LAGARTOS E
ROEDORES.
TEMPO DE GESTAÇÃO: 8 MESES
QUANTIDADE DE FILHOTES POR GESTAÇÃO: 50 FILHOTES
TEMPO DE VIDA: CERCA DE 30 ANOS

Conclusão
Após a elaboração da ficha, abra espaço para conversar sobre as
funcionalidades desse tipo de registro e onde é possível encontrar informações
para a composição de fichas técnicas (zoológicos, sites que tratam da temática de
animais). Explique que essas fichas servem para apresentar as principais
características do animal de maneira breve e pontual. Incentive os alunos a falar
sobre a experiência de trabalhar com esse tipo de texto e a expor as dificuldades
ou facilidades de localizar informações precisas em um texto.
Além disso, incentive os alunos a falar sobre o que aprenderam sobre o animal
estudado e a expor as dificuldades que encontraram na realização da atividade.
Ao final da aula, oriente os alunos a fazer uma tarefa de casa. Com o apoio das
famílias, eles deverão pesquisar informações sobre outro animal. Sugestão: onça-
pintada. [Tempo estimado: 10 minutos]

Aula 4
Procedimentos iniciais
Comece esta aula lendo, em roda de conversa em espaço externo à sala, alguns
“Você sabia?” sobre animais (ficha 5).

Ficha 5: Texto com a estrutura “Você sabia...”

NOME DO ALUNO:_________________________________________________________
DATA: ____/____/____

VOCÊ SABIA...
Que a onça-pintada é o maior mamífero carnívoro do Brasil?
E que ela é ótima caçadora, tem grande habilidade para nadar e subir em
árvores?
F1_ACP2_MD_F011
Foto de onça-pintada

71
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

VOCÊ SABIA...
Que a anta é um animal pacífico, tímido, que se esconde na água
durante o dia e sai à noite para comer? E que ela tem a forma de um
porco, patas de rinoceronte e o focinho parecido com uma pequena
tromba de elefante?
F1_ACP2_MD_F012
Foto de anta

VOCÊ SABIA...
Que o lobo-guará é um animal tímido, difícil de ser avistado e muito
ágil: com suas longas patas, corre pela vegetação quando fareja algum
perigo ou em busca de alimentação?
F1_ACP2_MD_F013
Foto de lobo-guará

VOCÊ SABIA...
Que as fezes do jacaré servem de alimento para peixes e outros seres
vivos aquáticos?
F1_ACP2_MD_F014
Foto de jacaré

Fonte de pesquisa: Ciclo Vivo. Disponível em: <http://ciclovivo.com.br/>. Acesso


em: 8 jan. 2018.

Leve os alunos a perceber as características desse gênero: um texto curto que


conta algo de maneira interessante sobre algum assunto.
Agora em sala, conte aos alunos que a aula será destinada à escrita de um
“Você sabia?”. Para que possam entender melhor, escreva na lousa um texto desse
tipo, tendo como base os animais já estudados: sucuri ou urso panda. Peça que
escolham o animal e a informação que acham relevante sobre ele. Escreva na lousa
o “Você sabia?” ditado por eles. [Tempo estimado: 10 minutos]

Andamento
Em continuidade, divida a turma em trios e distribua a eles o mesmo texto
(ficha 6). Determine as informações que deverão pesquisar no texto: alimentação,

72
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

tempo de vida, peso, tempo de gestação, número de filhotes por gestação, onde
vive, altura, comprimento e curiosidades. Cada trio ficará encarregado de pesquisar
uma informação diferente. Depois de localizar a informação, devem escrever um
“Você sabia?” a partir do que discutiram em roda e do que ditaram ao professor na
etapa anterior. [Tempo estimado: 30 minutos]

Ficha 6: Ficha técnica sobre o tigre

NOME DO ALUNO:_________________________________________________________
DATA: ____/____/____

O TIGRE É UM MAMÍFERO CARNÍVORO, QUE HABITA O CONTINENTE


ASIÁTICO. É UM ANIMAL EXTREMAMENTE TERRITORIAL E SOLITÁRIO.
NOME CIENTÍFICO: PANTHERA TIGRIS
ALTURA: 70-120 CENTÍMETROS (ADULTO, ATÉ AO OMBRO)
EXPECTATIVA DE VIDA: 20-26 ANOS (EM CATIVEIRO)
PERÍODO DE GESTAÇÃO: 93-112 DIAS
VELOCIDADE: 49-65 KM/H (ADULTO, EM CURTOS PERÍODOS)
PESO: MACHO: 90-310 KG (ADULTO), FÊMEA: 65-170 KG (ADULTO)
COMPRIMENTO: MACHO: 2,5-3,9 METROS (ADULTO), FÊMEA: 2-
2,8 METROS (ADULTO)

F1_ACP2_MD_F015
Foto de tigre

Fonte de pesquisa: Curiosidades sobre o tigre. Mundo Animal. Commented [MPC3]: Dalai completar
Disponível em: <http://mundoanimal.net.br/curiosidades-sobre-os-tigres/>.
Acesso em: 8 jan. 2018.

Conclusão
Chame alguns trios à frente para que leiam o texto escrito para os demais.
Cada trio contará sobre a organização do texto e falará sobre como foi atuar nas
parcerias e também sobre como foi escrever o texto desse gênero. Nesse
momento, relembre as características de um “Você sabia?”, apontando-as à medida
que os alunos forem lendo suas produções. As produções ficarão expostas na sala.
[Tempo estimado: 10 minutos]

73
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

6. Acompanhamento da aprendizagem (avaliação)


Procure acompanhar o desempenho dos alunos durante todo o processo,
observando as dúvidas que apresentam e as dificuldades que têm. É essencial que
esse acompanhamento ocorra para que as intervenções sejam feitas pontualmente
nas necessidades dos alunos. Desse modo, é possível garantir a efetivação dos
processos de ensino-aprendizagem.
6.1 Sugestão de registro de autoavaliação
Sugerimos que sejam garantidos momentos para o exercício de autoavaliação,
no qual os alunos terão a oportunidade de refletir sobre sua atuação, seus fazeres e
com isso qualificar cada vez mais sua participação nas aulas para uma maior
corresponsabilidade em relação a seu aprendizado. A seguir, apresentamos uma
tabela para acompanhamento das atividades, que deverá ser preenchida pelas
crianças, individualmente, em sala. Depois, você poderá completá-la com suas
observações.

NOME: _______________________________________________________

DATA: ______/______/______

AUTOAVALIAÇÃO DA SEQUÊNCIA DIDÁTICA CURIOSIDADES SOBRE ANIMAIS

Descritores SIM NÃO PARCIAL- Observações do(a)


avaliativos MENTE professor(a)
CONSEGUI
PESQUISAR E
SELECIONAR
AS
INFORMAÇÕE
S SOBRE
ANIMAIS?

COMPLETEI A
FICHA
TÉCNICA COM
AS
INFORMAÇÕE
S CORRETAS
SOBRE O
ANIMAL
REQUERIDO?

COLABOREI
COM MEUS
COLEGAS?

FIZ A

74
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

ATIVIDADE DE
CASA?

6.2 Questões
Ficha 7: Ficha técnica sobre o elefante

NOME DO ALUNO:_________________________________________________________
DATA: ____/____/____

1. LEIA O TEXTO A SEGUIR E CIRCULE O NOME DO ANIMAL


TRATADO NA FICHA.

NOME: ELEFANTE É O NOME POPULAR DOS MEMBROS DE UM GRUPO


DE MAMÍFEROS DE GRANDE PORTE. NO MUNDO ATUAL, HÁ TRÊS
ESPÉCIES DE ELEFANTE: DUAS AFRICANAS E UMA ASIÁTICA.
COMPRIMENTO: 5,5 METROS
ALTURA: 2,7 METROS
PESO: 5.400 KG
PERÍODO DE GESTAÇÃO: 18 MESES
EXPECTATIVA DE VIDA: 48 ANOS
F1_ACP2_MD_F016
Foto de elefante

2. LOCALIZE NO TEXTO AS INFORMAÇÕES PARA RESPONDER ÀS


PERGUNTAS ABAIXO.
A) QUAL É O PESO DO ELEFANTE?
___________________________________________________________

B) QUAL É A ALTURA DO ELEFANTE?


___________________________________________________________

C) A QUAL GRUPO PERTENCEM OS ELEFANTES?

75
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

___________________________________________________________

Gabarito:
1) ELEFANTE
2. A) 5.400 KG; B) 2,7 METROS; C) MAMÍFEROS DE GRANDE PORTE.

76
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Sequência Didática 6 – 3º Bimestre

1. Título: Pontuação: estruturando e organizando os textos

2. Tempo estimado: 250 minutos (5 aulas)

3. Objetivos de aprendizagem
 Empregar corretamente o ponto final, o ponto de interrogação e o ponto
de exclamação.
 Perceber as alterações que a pontuação provoca no texto.
3.1 Objetos de conhecimento
Pontuação.
3.2 Habilidades a serem desenvolvidas
EF02LP37 – Usar adequadamente ponto final, ponto de interrogação e ponto de
exclamação.

4. Recursos didáticos
 Papel sulfite A4
 Lápis grafite
 Borracha
 Apontador com reserva
 Giz para lousa
 Lápis de cor
 Canetinhas hidrográficas
 Cópias das fichas de atividade sugeridas nesta sequência
 Cópias da ficha da autoavaliação

4.1 Referências
Para o professor
LUKEMAN, Noah. A arte da pontuação. São Paulo: Martins Fontes, 2013.
Para o aluno
TUCCI, William. A rebelião da pontuação. São Paulo: Scipione, 2002.
MELIKIAN, Vartan. Pontos que contam contos. São Paulo: All Print, 2015.
MORGENSTERN, Christian. No reino da pontuação. Trad. Tete Knecht. São Paulo: BERLENDIS
& VERTECCH, 2010.

5. Desenvolvimento

Aula 1
Procedimentos iniciais

77
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Socialize o texto a seguir com a turma (ficha 1). Disponibilize cópias para que
os alunos leiam e acompanhem a leitura, que poderá ser feita de várias maneiras:
coletivamente, alternando as partes entre meninos e meninas ou ainda cada aluno
lendo um trecho. [Tempo estimado 10 minutos]

Ficha 1: Texto sobre manga com leite

NOME DO ALUNO:_________________________________________________________
DATA: ____/____/____

MANGA COM LEITE FAZ MAL? VERDADE OU MENTIRA?

SABE AQUELA HISTÓRIA DE QUE FAZ MAL MISTURAR MANGA COM


LEITE? NÃO É VERDADE! OS DOIS SÃO ÓTIMOS ALIMENTOS E NÃO HÁ
PROBLEMAS EM JUNTÁ-LOS PARA PREPARAR SUCOS OU SORVETES. SÓ
PESSOAS QUE TENHAM DIFICULDADE EM DIGERIR A MANGA OU O LEITE
É QUE DEVEM EVITAR O CONSUMO DESSES ALIMENTOS.

ADAPTADO DE: MANGA COM LEITE FAZ MAL?. DISPONÍVEL EM:

<HTTP://RECREIO.UOL.COM.BR/NOTICIAS/CURIOSIDADES/MANGA-COM-LEITE-FAZ-MAL-
MISTERIOS-MITOS-VERDADES-ALIMENTOS.PHTML>. ACESSO EM: 26 DEZ. 2017.
F1_ACP2_MD_F017
Foto de manga e leite ou suco ou sorvete de manga

Andamento
Em sala, convide os alunos a lerem o texto em voz alta. Em seguida, faça
algumas perguntas: “Qual o assunto do texto?” (Se o fato de ingerir manga e leite
juntos faz mal ou não.) “Você conhece algum sinal de pontuação?” (Resposta
pessoal.) “Existe no texto algum sinal que você não conhece?” (Resposta pessoal.)
Em seguida peça que os alunos pintem com lápis de cor os sinais de pontuação
existentes no texto.

78
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Após essa etapa, distribua a ficha sugerida a seguir (ficha 2) e peça a eles que a
preencham com os sinais de pontuação e expliquem sua função no texto lido.
[Tempo estimado 20 minutos]

Ficha 2: Registro de sinais de pontuação

NOME DO ALUNO:_________________________________________________________
DATA: ____/____/____

SINAL DE PONTUAÇÃO PARA QUE ELE SERVE NO TEXTO

Gabarito:

1. Interrogação (?): no final de frases, para indicar perguntas;

2. Exclamação (!): no final de frases, para indicar reações emotivas (medo, alegria, raiva,
espanto etc.);

3. Ponto final (.): no final de frases, para indicar a finalização de uma ideia.

Conclusão
Para dar continuidade, abra espaço para que os alunos falem sobre os sinais de
pontuação encontrados no texto, quantos e quais foram. Incentive-os também a
falar sobre a função dos sinais de pontuação. Pergunte a eles como ficaria o texto
sem pontuação. Nesse momento, explique a função de cada um dos sinais:
 interrogação (?): no final de frases, para indicar perguntas;
 exclamação (!): no final de frases, para indicar reações emotivas (medo,
alegria, espanto, raiva etc.);
 ponto final (.): no final de frases, para indicar a finalização de uma ideia.

79
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Para concluir a aula, dê aos alunos orientação para uma tarefa de casa:
encontrar, em jornais, revistas ou panfletos, textos que tenham frases com esses
sinais de pontuação. Eles devem recortar os textos e trazê-las para atividade em
sala na próxima aula. [Tempo estimado: 20 minutos; tempo estimado para a
atividade de casa: 30 minutos]

Aula 2
Procedimentos iniciais
Agrupe as mesas para que os alunos possam trabalhar em quartetos .
[Tempo estimado 10 minutos]

Andamento
Distribua uma folha de sulfite para cada quarteto de alunos e oriente-os a
primeiramente compartilhar as frases trazidas na tarefa de casa. Em seguida, eles
deverão colar na folha duas frases e destacar os sinais de pontuação, circulando-os
com canetinha. [Tempo estimado 30 minutos]

Conclusão
Ainda em grupos, incentive os alunos a conversar sobre os usos das
pontuações encontradas nas frases trazidas por eles. Estimule-os também a falar
sobre as dificuldades que encontram no momento de pontuar seus textos e sobre
as dúvidas que têm. Escreva na lousa algumas das frases trazidas pelos alunos e
enfatize a função dos sinais de pontuação em cada uma delas, retomando as
explicações já dadas. [Tempo estimado 10 minutos]

Aula 3
Procedimentos iniciais
Para esta aula providencie cópias da ficha a seguir (ficha 3):

Ficha 3: Pontuação de frases


NOME DO ALUNO: ____________________________________________________________

DATA:_____/_____/_____

PONTUE CORRETAMENTE AS FRASES DE ACORDO COM O QUE SE PEDE.

80
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

INTERROGAR INTERROGAR INTERROGAR


HOJE VOU TRABALHAR QUERO SAIR PARA GOSTO MUITO DE
PASSEAR CARINHO

EXCLAMAR
EXCLAMAR EXCLAMAR
HOJE VOU TRABALHAR
QUERO SAIR PARA GOSTO MUITO DE
PASSEAR CARINHO
APENAS DECLARAR
HOJE VOU TRABALHAR APENAS DECLARAR APENAS DECLARAR
QUERO SAIR PARA GOSTO MUITO DE
PASSEAR CARINHO

Gabarito:
O aluno deverá usar ponto final nas frases “apenas declarar”; ponto de interrogação nas frases
“interrogar”; ponto de exclamação nas frases “exclamar”.

Andamento
Entregue uma ficha para cada aluno e oriente-os a ler as frases e a pensar nas
pontuações que deverão ser usadas em cada caso de acordo com o que se pede.
Esta é uma atividade individual e cada aluno deverá preencher sua própria ficha.
[Tempo estimado 30 minutos]

Conclusão
Em seguida, faça uma roda de conversa para que os alunos comentem sobre os
sinais de pontuação utilizados e recupere a explicação sobre seus usos, explicando
o sentido de cada uma das frases da ficha. [Tempo estimado 20 minutos]

Aula 4
Procedimentos iniciais
Para esta aula, providencie cópias de um texto para que os alunos o pontuem,
conforme sugestão (ficha 4).

Ficha 4: Pontuação de texto


NOME DO ALUNO: ____________________________________________________________

DATA:_____/_____/_____

NO TEXTO ESTÃO FALTANDO ALGUNS SINAIS DE PONTUAÇÃO. LEIA COM

81
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

ATENÇÃO E COLOQUE OS SINAIS DE PONTUAÇÃO QUE ESTÃO FALTANDO.

VOCÊ SABIA QUE A MISTURA DE ÁGUA COM AÇÚCAR NÃO TEM EFEITO
CALMANTE
O AÇÚCAR É UMA PODEROSA FONTE DE ENERGIA
QUANDO ALGUÉM ESTÁ ASSUSTADO OU NERVOSO E BEBE ÁGUA COM
AÇÚCAR PODE SE SENTIR UM POUCO MELHOR, POIS ESSE ALIMENTO LEVA
À SENSAÇÃO DE BEM-ESTAR
APESAR DESSE E DE OUTROS BENEFÍCIOS, NÃO DEVEMOS ABUSAR DO
AÇÚCAR, POIS ELE É MUITO CALÓRICO

F1_ACP2_MD_F018
Foto de um pote de açúcar

Gabarito:

VOCÊ SABIA QUE A MISTURA DE ÁGUA COM AÇÚCAR NÃO TEM EFEITO CALMANTE?
O AÇÚCAR É UMA PODEROSA FONTE DE ENERGIA!/.
QUANDO ALGUÉM ESTÁ ASSUSTADO OU NERVOSO E BEBE ÁGUA COM AÇÚCAR PODE SE
SENTIR UM POUCO MELHOR, POIS ESSE ALIMENTO LEVA À SENSAÇÃO DE BEM-ESTAR./!
APESAR DESSE E DE OUTROS BENEFÍCIOS, NÃO DEVEMOS ABUSAR DO AÇÚCAR, POIS ELE
É MUITO CALÓRICO./!

Andamento
Os alunos atuarão em duplas nesta aula. Entregue a cada aluno o texto
impresso e diga-lhes para conversar sobre as pontuações adequadas em cada caso,
pontuando o texto de acordo com o que conversarem. Após pontuarem, colarão o
impresso no caderno. [Tempo estimado 30 minutos]

Conclusão
Para finalizar a aula, reescreva o texto na lousa, pontuando-o na presença dos
alunos para que possam corrigir os seus textos, se necessário. Em seguida, abra
espaço para que os alunos possam contar como foi a realização do trabalho em
parceria e dizer se ainda têm dúvidas quanto ao uso das pontuações trabalhadas.
[Tempo estimado 20 minutos]

Aula 5
Procedimentos iniciais
Para esta aula, que acontecerá em sala, providencie uma forma de evidenciar a
todos, por meio de projetor, cartaz ou outro, um texto que será pontuado
coletivamente. Veja a sugestão:

82
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

VOCÊ GOSTA DE UMA BOA HISTÓRIA ENTÃO, GOSTARÁ DO CONTO “O


SOLDADINHO DE CHUMBO” TRATA-SE DA HISTÓRIA DA PAIXÃO DE UM
SOLDADINHO DE CHUMBO PERNETA POR UMA LINDA BAILARINA
QUANDO O SOLDADINHO VIU A BAILARINA DA CAIXINHA DE MÚSICA, SEU
CORAÇÃO DISPAROU
ELA ERA MESMO UMA BAILARINA BELISSIMA

LINDA TAMBÉM É ESSA HISTÓRIA


VOCÊ QUER CONHECÊ-LA? PEÇA PARA UMA PESSOA DE SUA FAMÍLIA CONTÁ-
LA A VOCÊ

Gabarito (Sugestão):
VOCÊ GOSTA DE UMA BOA HISTÓRIA? ENTÃO, GOSTARÁ DO CONTO O SOLDADINHO
DE CHUMBO. TRATA-SE DA HISTÓRIA DA PAIXÃO DE UM SOLDADINHO DE CHUMBO
PERNETA POR UMA LINDA BAILARINA./!
QUANDO O SOLDADINHO VIU A BAILARINA DA CAIXINHA DE MÚSICA, SEU CORAÇÃO
DISPAROU!/.
ELA ERA MESMO UMA BAILARINA BELISSIMA!
LINDA TAMBÉM É ESSA HISTÓRIA!
VOCÊ QUER CONHECÊ-LA? PEÇA PARA UMA PESSOA DE SUA FAMÍLIA CONTÁ-LA A
VOCÊ!/.

Andamento
Explique à turma que esta atividade será realizada coletivamente. Incentive-os a
colaborar nas reflexões sobre as pontuações necessárias para estabelecer os
sentidos do texto e organizar as ideias para torná-lo mais compreensível para os
leitores. Faça a leitura do texto e pergunte aos alunos quais pontuações poderiam
ser empregadas em cada frase, chamando a atenção para seus usos e recuperando
a função das pontuações já trabalhadas. Analise cada parte do texto, discutindo
coletivamente a pertinência das sugestões. [Tempo estimado 30 minutos]

Conclusão
Ao final da discussão coletiva, cada aluno poderá registrar o texto no caderno.
Para encerrar, abra espaço para que os alunos digam se ainda têm dúvidas em
relação ao emprego dessas pontuações. Incentive-os a falar também sobre as
facilidades e dificuldades que a atividade proporcionou. [Tempo estimado 20
minutos]

83
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

6. Acompanhamento da aprendizagem (avaliação)


É fundamental que o professor acompanhe o desempenho dos alunos a cada
etapa da atividade, observando como iniciaram, quais dúvidas apresentam e quais
certezas já foram construídas em relação à pontuação. Sugerimos também o
trabalho voltado para a autoavaliação para que os alunos possam conhecer e
pensar sobre seus erros e acertos, saber o que fazem de melhor e em que têm
dificuldades.
6.1 Sugestão de registro de autoavaliação
A seguir, apresentamos uma tabela para acompanhamento das atividades, que
deverá ser preenchida pelas crianças, individualmente, em sala. Depois, você pode
completá-la com as suas observações.

NOME: _______________________________________________________

DATA: ______/______/______

AUTOAVALIAÇÃO DA SEQUÊNCIA DIDÁTICA PONTUAÇÃO: ESTRUTURANDO E


ORGANIZANDO OS TEXTOS

Descritores SIM NÃO PARCIAL- Observações do(a)


avaliativos MENTE professor(a)
CONSEGUI
COMPREENDE
R A FUNÇÃO
DOS SINAIS
DE
PONTUAÇÃO
NO TEXTO?

SEI COMO
USAR CADA
UM DOS
PONTOS
(FINAL, DE
EXCLAMAÇÃO
E DE
INTERROGAÇÃ
O)?

REALIZEI AS
ATIVIDADES
COM
DEDICAÇÃO?

6.2 Questões

84
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Ficha 6: Atividades para avaliação

NOME DO ALUNO:_________________________________________________________
DATA: ____/____/____

1. PONTUE AS FRASES DE ACORDO COM O QUE SE PEDE:


A) MARIA, VOCÊ ESTÁ MUITO BONITA (EXCLAMAR)
B) ELA QUER SORVETE DE QUE SABOR (PERGUNTAR)
C) VAMOS FAZER A TAREFA. (DECLARAR)
D) MEU PAI É O MELHOR PAI DO MUNDO! (EXLCAMAR)
E) PARA ONDE VAI ESSE ÔNIBUS? (PERGUNTAR)
F) NÃO VOU SAIR DE CASA HOJE. (DECLARAR)

3. ESCREVA UMA FRASE QUE EXPRESSE:

A) UMA PERGUNTA.

__________________________________________________________________

__________________________________________________________________

B) UM ESPANTO.

__________________________________________________________________

__________________________________________________________________

C) UM DECLARAÇÃO SOBRE ALGO.

__________________________________________________________________

__________________________________________________________________

Gabarito
1. A) MARIA, VOCÊ ESTÁ MUITO BONITA!

85
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

B) ELA QUER SORVETE DE QUE SABOR?


C) VAMOS FAZER A TAREFA.
D) MEU PAI É O MELHOR PAI DO MUNDO!
E) PARA ONDE VAI ESSE ÔNIBUS?
F) NÃO VOU SAIR DE CASA HOJE.
2. Respostas pessoais. Avalie a adequação do sinal de pontuação colocado em cada frase
produzida pelo aluno.

Sequência Didática 7 – 3o Bimestre

1. Título: Explorando os antônimos

2. Tempo estimado: 200 minutos (4 aulas)

3. Objetivos de aprendizagem
 Compreender o conceito de antônimos.
 Relacionar palavras pelo critério de antonímia.
3.1 Objeto de conhecimento
Antonímia.
3.2 Habilidades a serem desenvolvidas
EF02LP39 – Formar antônimos de palavras.

4. Recursos didáticos
 Lápis grafite
 Folhas de sulfite
 Tarjetas com palavras e tarjetas com seus antônimos
 Borracha
 Apontador com depósito
 Lápis de cor
 Giz de cera
 Canetinhas hidrográficas
 Fita crepe
 Cópias das fichas com as atividades sugeridas nesta sequência
 Cópias da ficha da autoavaliação

4.1 Referências
Para o professor
FERNANDES, Francisco. Dicionário de sinônimos e antônimos da língua. São Paulo: Globo,
1999.

86
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Para o aluno
MANSUR, Jandira. O frio pode ser quente? São Paulo: Ática, 2015.
TUCCI, William. Rebelião dos sinônimos e antônimos. São Paulo: Scipione, 2004.

5. Desenvolvimento

Aula 1
Procedimentos iniciais
Para esta aula que acontecerá na sala, levante os conhecimentos prévios dos
alunos em relação ao conteúdo: antônimos. Para isso, providencie cópias de uma
fich de palavras com seus antônimos, conforme a sugestão (ficha 1).

Ficha 1: Atividade de relacionar palavras pelo critério da


antonímia

NOME DO ALUNO: __________________________________________________________

DATA: ____/____/_____

ESCREVA NOS PARÊNTESES AO LADO DE CADA PALAVRA DA 2ª COLUNA O


NÚMERO CORRESPONDENTE À PALAVRA QUE SIGNIFICA O CONTRÁRIO DELA,
ENCONTRADA NA 1ª COLUNA. VEJA O EXEMPLO.

1. ABRIU ( ) DESAPARECE

2. CORRETO ( ) ESTREITO

3. APARECE ( ) MAU

4. SATISFEITO ( ) DESORDEM

5. BOM ( 1 ) FECHOU

6. ORDEM ( ) IMPERFEITO

87
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

7. PERFEITO ( ) INCORRETO

8. LARGO ( ) INSATISFEITO

Gabarito:
Desaparece (3); Estreito (8); Mau (5); Desordem (6); Fechou (1); Imperfeito (7); Incorreto (2);
Insatisfeito (4).

Andamento
Entregue a ficha aos alunos e explique a atividade, que consistirá em escrever
ao lado de cada palavra da coluna 2 os números correspondentes aos antônimos
numerados da coluna 1. Enquanto os alunos escrevem, circule pela sala, observando
as dúvidas e certezas que eles têm em relação ao exercício. Em seguida pergunte:
“Quem sabe o que é um antônimo?”. Abra espaço para a discussão e explique o
conceito: Antônimos são palavras que têm o significado oposto uma da outra. Dê
alguns exemplos para ilustrar melhor a explicação. [Tempo estimado: 30 minutos]

Conclusão

Conclua a aula com uma roda de conversa, incentivando os alunos a falarem


sobre a atividade anterior: relacionar as palavras nas colunas. Retome o conceito de
antônimo e peça-lhes para citar outras palavras com seus antônimos. [Tempo
estimado: 20 minutos]

Aula 2
Procedimentos iniciais
Para esta aula, providencie previamente papeletas de papel nas quais escreverá,
em cada uma, uma das palavras do quadro. Veja a sugestão de palavras.

LIMPO – SUJO / SECO – MOLHADO / DURO – MOLE / FEIO – BONITO / EM


CIMA – EMBAIXO / BOM – MAU / VERDADEIRO – FALSO/ SEMPRE – NUNCA /
RESPEITO – DESRESPEITO / CANSADO – DESCANSADO / POBREZA – RIQUEZA /
LIBERTAR – PRENDER / DIFICULDADE – FACILIDADE / DELICADO - INDELICADO

Andamento
Embaralhe bem as papeletas. Peça que os alunos organizem as palavras
formando antônimos. Se desejar, faça mais de um jogo de palavras e entregue uma
cópia para cada grupo de 5 alunos. [Tempo estimado: 30 minutos]
Conclusão

88
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Encerre a atividade com uma roda de conversa na qual os alunos contarão


como foi participar da atividade e também lerão as papeletas com as palavras e
seus antônimos. Retome o conceito de antônimo para deixar a ideia bem fixada
para os alunos. [Tempo estimado: 20 minutos]

Aula 3
Procedimentos iniciais
Para esta atividade, que ocorrerá em sala de aula, reproduza a cartela do
exemplo (ficha 2). Prepare papeletas com seus respectivos antônimos. Deixe essas
papeletas numa caixa de sapatos.
Antônimos a serem escritos nas papeletas para sorteio: depois, cheio, preso,
claro, dúvida, devagar, difícil, sumir, realidade..

Ficha 2: Cartelas para bingo de antônimos

NOME DO ALUNO: __________________________________________________________

DATA: ____/____/_____

ANTES VAZIO SOLTO

___________________ ___________________ ___________________

ESCURO CERTEZA RÁPIDO

___________________ ___________________ ___________________

FÁCIL APARECER FANTASIA

___________________ ___________________ ___________________

89
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Gabarito: antes/depois, vazio/cheio, solto/preso, escuro/claro, certeza/dúvida,


rápido/devagar, fácil/difícil, desaparecer/aparecer, fantasia/realidade.

Andamento
Entregue uma cartela para cada aluno. Em seguida, dê início à brincadeira,
retirando da caixa de sapatos uma papeleta e lendo a palavra escrita. Cada aluno
deve escrever essa palavra abaixo do antônimo correspondente. [Tempo estimado
30 minutos]

Conclusão
Depois que as crianças tiverem completado a cartela, abra a discussão e
pergunte se se recordam do que é um antônimo. Pergunte também se já
conheciam todos os antônimos que apareceram na cartela. Os alunos escreverão na
própria cartela os antônimos das palavras e as colarão no caderno para posterior
consulta. [Tempo estimado: 20 minutos]

Aula 4
Procedimentos iniciais
Para esta aula, providencie cópias de um caça-palavras com antônimos (ficha 3).

Ficha 3: Caça-palavras antônimas

NOME DO ALUNO:___________________________________________________________

DATA:____/____/____

DESCUBRA NO CAÇA-PALAVRAS O ANTÔNIMO DAS PALAVRAS ABAIXO:

ALTO – GRANDE – VIDA – ESQUERDA – ESQUENTAR – CEDO

D J N D I R E I T A
V C B M J T F S A C
P E Q U E N O G R M
A W R T Y K L B D O
E S F R I A R N E R

90
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

D R T M N O P M G T
S U I E T C X T M E
B A I X O G M G V B

<Arte: O quadro abaixo é o gabarito. Ver projeto gráfico>


Gabarito:

D J N D I R E I T A
V C B M J T F S A C
P E Q U E N O G R M
A W R T Y K L B D O
E S F R I A R N E R
D R T M N O P M G T
S U I E T C X T M E
B A I X O G M G V B

Andamento
Explique a atividade, que consistirá em localizar e pintar os antônimos no caça-
palavras. [Tempo estimado: 30 minutos]

Conclusão
Em seguida, faça na lousa uma lista com as palavras destacadas. Peça aos
alunos exemplos de mais palavras com seus respectivos antônimos. Para finalizar,
prepare uma lista com as palavras citadas e seus antônimos para deixar fixada na
sala para posterior consulta dos alunos. [Tempo estimado 20 minutos]

6. Acompanhamento de aprendizagem (avaliação)


A avaliação das aprendizagens por parte do professor é essencial para o
acompanhamento da aquisição de conhecimentos e o desenvolvimento de
competências dos alunos. Por isso, sugerimos que o acompanhamento das
aprendizagens seja feito durante todo o trabalho proposto nas sequências
didáticas. Vale observar as dúvidas e as certezas que os alunos já têm e analisar se
estão conseguindo utilizar os conhecimentos estudados também em outras
situações.

91
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

6.1 Sugestão de registro de autoavaliação


É importante que os próprios alunos possam analisar seu percurso para pensar
em ajustes para aprenderem mais e melhor. Para ajudar nessas reflexões, sugerimos
uma ficha de autoavaliação para ser preenchida individualmente pelos alunos e
complementada por você, se julgar necessário.

NOME: _______________________________________________________

DATA: ______/______/______

AUTOAVALIAÇÃO DA SEQUÊNCIA DIDÁTICA EXPLORANDO OS ANTÔNIMOS

Descritores SIM NÃO PARCIAL- OBSERVAÇÕES DO(A)


avaliativos MENTE PROFESSOR(A)
COMPREENDI
O QUE É
ANTÔNIMO?

CONSEGUI
RELACIONAR
PALAVRAS
FORMANDO
PARES DE
ANTÔNIMOS?

COLABOREI
COM MEUS
COLEGAS?

FIZ AS
ATIVIDADES
COM
DEDICAÇÃO?

6.2 Questões
Ficha 4: Atividades para avaliação

NOME DO ALUNO:_________________________________________________________
DATA: ____/____/____

1. ESCREVA O ANTÔNIMO DAS PALAVRAS:

VERDADE – _______________________

92
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

DURO – _________________________

COMPRIDO – _____________________

2. SEGUNDO O QUE ESTUDAMOS, ANTÔNIMOS SÃO


PALAVRAS QUE _____________________________________

_______________________________________________

Gabarito
1.. mentira / mole / curto
2. apresentam sentido contrário entre si.

Sequência Didática 8 – 3o Bimestre

1. Título: Lendo e escrevendo palavras com til, m e n

2. Tempo estimado: 200 minutos (4 aulas)

3. Objetivos de aprendizagem
 Ler e escrever corretamente palavras com marcas de nasalidade ocasionadas
pelo til.
 Ler e escrever corretamente palavras com marcas de nasalidade ocasionadas
por M e N.
3.1 Objetos de conhecimento
Estruturas silábicas.
3.2 Habilidades a serem desenvolvidas
EF02LP34 – Ler e escrever corretamente palavras com marcas de nasalidade (til,
m, n).

4. Recursos didáticos
 Lápis grafite
 Borracha
 Apontador com depósito
 Lápis de cor
 Giz de cera

93
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

 Canetinhas hidrográficas
 Cópias das fichas com as atividades sugeridas nesta sequência
 Cópias da ficha de autoavaliação

4.1 Referências
Para o professor
BLANCHE-BENVENISTE; C.; CHERVEL, A. L’Ortographe. Paris: Maspero, 1974.
CARRAHER, T. N. Explorações psicológicas sobre o desenvolvimento da ortografia em
português. Psicologia: Teoria e Pesquisa. Brasília: n. 4, 1985, p. 269-285.
LEMLE, M. Guia teórico do alfabetizador. São Paulo: Ática, 1986.
MORAIS, A. G. Ortografia: ensinar e aprender. São Paulo: Ática, 1998.
Para o aluno
AGUIAR, Eliane; ANGELO, Debora de. Deu a louca na ortografia? Guia prático da nova
ortografia para crianças. São Paulo: Mundo Mirim, 2009.
SIMKA, Sergio. Ortografia não é um bicho-de-sete-cabeças. Rio de Janeiro: Ciência
Moderna, 2012.

5. Desenvolvimento

Aula 1
Procedimentos iniciais
Para esse início, realize um levantamento dos conhecimentos prévios dos
alunos em relação a palavras que levam M e N no final de sílabas e TIL. Para isso,
pode ser feito um ditado de palavras. Sugestões de palavras: caminhão, empada,
encantado, canção, natação, pomba, ponteiro.

Andamento

Entregue uma folha com linhas e solicite aos alunos que escrevam as palavras
ditadas em forma de lista (uma embaixo da outra). Dê tempo para que registrem e
ao final recolha as produções. Após recolhê-las, escreva algumas destas palavras na
lousa e faça as devidas explicações sobre o uso do M, N e TIL que é um sinal
gráfico que indica o som nasal, assim como as vogais acompanhadas das letras M e
N. Nesse momento, cite mais exemplos de outras palavras com som vocálico nasal.
Ao final, peça aos alunos que registrem as palavras e a explicação no caderno.
[Tempo estimado: 30 minutos]

Conclusão

94
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

O professor abrirá espaço para que os alunos contem quais palavras do ditado Commented [MPC4]: Editor/Silvana, essa SD está no
imperativo 3ª pessoa. Padronizar por favor para o
ofereceram mais dificuldade, quais já sabiam escrever e quais ficaram em dúvida. imperativo 2a pessoa
Ainda para a finalização desta etapa, o professor orientará quanto a uma tarefa de
casa que consistirá em: escrever, com a ajuda da família, uma lista de palavras que
tenham til. [Tempo estimado: 20 minutos; Tempo estimado para a tarefa de
casa: 30 minutos]

Aula 2
Procedimentos iniciais
A aula se iniciará com os alunos compartilhando as palavras da lista feita na
tarefa de casa. [Tempo estimado: 10 minutos]

Andamento
O professor abrirá espaço para que os alunos possam contar como foi a
realização da atividade e quais dúvidas tiveram. A medida que forem falando as
palavras, o professor irá escrevendo na lousa e discutindo com a turma sobre a
nasalidade das palavras, implicada pelos usos do til. Repetirá as palavras em bom
tom para que todos percebam o quanto esse sinal gráfico incide na sonorização
das mesmas.
Em seguida, os alunos receberão uma ficha (ficha 1) com exercícios para
reflexão sobre o uso de til. [Tempo estimado: 20 minutos]

Ficha 1: Atividade para reflexão sobre o uso do til

NOME DO ALUNO: ________________________________________________________

DATA:____/____/____

ESCREVA O NOME DAS IMAGENS

F1_ACP2_MD_F019
Foto de pião

F1_ACP2_MD_F020
Foto de balão

95
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

F1_ACP2_MD_F021
Foto de algodão

F1_ACP2_MD_F022
Foto de televisão

F1_ACP2_MD_F023
Foto de camaleão

F1_ACP2_MD_F024
Foto de caminhão

A) _________________________________

B) ________________________________

C) ________________________________

D) ________________________________

E) ______________________________

F) __________________________________

Gabarito: A) pião; B) fogão; C) algodão; D) televisão; E) camaleão; F) caminhão.

Conclusão

96
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Após finalizarem a escrita de suas hipóteses sobre as palavras, o professor


abrirá espaço para que alguns alunos escrevam na lousa as palavras que
escreveram na ficha e demonstrem como as escreveram, justificando o uso do til. O
professor explicará sobre quais vogais o Til deve ser usado (A e O) e dirá, ainda
que não é correto fazer um til grande, que fique em cima de outras letras. [Tempo
estimado: 20 minutos]

Aula 3
Procedimentos iniciais
Para esta aula, o professor deverá providenciar um caça-palavras (ficha 2) com
palavras com ocorrências de til indicando som nasal.

Ficha 2: Atividade de caça-palavras com til

NOME DO ALUNO: ________________________________________________________

DATA:____/____/____

1. ENCONTRE NO CAÇA-PALAVRAS OITO PALAVRAS COM TIL. PROCURE-AS


NO SENTIDO VERTICAL E HORIZONTAL.

I R M Ã E B A F C G
E Y U P D A V M A R
A T I E B L I J P Ã
N C M Õ N Õ Õ I I O
à D B E M E E U T S
O F H S K S S Y Ã Z
Z R G L Ã S R G E T
C A M I N H Ã O S U

2. AGORA ESCREVA AS PALAVRAS QUE VOCÊ ENCONTROU NOS

97
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

LUGARES INDICADOS.

PALAVRAS PALAVRAS PALAVRAS PALAVRAS PALAVRAS


TERMINADAS TERMINADAS TERMINADAS TERMINADAS TERMINADAS
EM ÃO EM ÕES EM ÃES EM ÃOS EM Ã

<Arte: Os quadros abaixo é o gabarito. Ver projeto gráfico e aplicar padrão>


Gabarito
1
I R M Ã E B A F C G
E Y U P D A V M A R
A T I E B L I J P Ã
N C M Õ N Õ Õ I I O
à D B E M E E U T S
O F H S K S S Y Ã Z
Z R G L Ã S R G E T
T I M Ã O B N H S U
2

PALAVRAS PALAVRAS PALAVRAS PALAVRAS PALAVRAS


TERMINADAS TERMINADAS TERMINADAS TERMINADAS TERMINADAS
EM ÃO EM ÕES EM ÃES EM ÃOS EM Ã
ANÃO BALÕES CAPITÃES GRÃOS IRMÃ

TIMÃO AVIÕES LÃ

Andamento
Em sala, os alunos receberão os caça-palavras e atuarão localizando-as
individualmente. Oriente-os quando às direções em que poderão encontrar as
palavras: vertical e horizontal. A segunda parte da atividade consistirá em
transcrever as palavras localizadas para a tabela, observando as devidas ocorrências
e as letras sobre as quais o til é empregado. [Tempo estimado 30 minutos]
Conclusão
Em continuidade, o professor abrirá espaço para que os alunos comentem o
que conseguiram observar em relação às letras nas quais o til aparece e pedirá que

98
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

leiam as palavras com e sem o sinal gráfico para que percebam a diferença e
voltará a dar ênfase para explicar, a partir do exercício, sobre quais vogais o til deve
ser escrito. [Tempo estimado: 20 minutos]

Aula 4
Procedimentos iniciais
Para esta aula, que ocorrerá em sala de aula, o professor deverá providenciar
cópias de uma atividade com algumas palavras com marcas de nasalização por M e
N (ficha 3).

Ficha 3: Atividade para agrupar palavras com M e N após


consoante.

NOME DO ALUNO: _________________________________________________


DATA: _____/_____/_____

COPIE AS PALAVRAS DO QUADRO ACIMA NAS COLUNAS CORRETAS.


OBSERVE O QUE JÁ FOI FEITO.
CANTOR POMBA EMPADA CINTO ANJO
INTEIRO OMBRO ANTENA JUNTO DENTE
EMBORA FONTE TOMBO BOMBOM UMBIGO
UNTAR PENTE EMBAIXO PLANTA PINTOR

AN OU AM EM OU EN IM OU IN OM OU ON UM OU UN
CANTOR EMBORA INTEIRO POMBA UNTAR

99
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Gabarito

AN OU AM EM OU EN IM OU IN OM OU ON UM OU UN
CANTOR EMBORA INTEIRO POMBA UNTAR
ANTENA PENTE CINTO OMBRO JUNTO
PLANTA EMPADA PINTOR FONTE UMBIGO
ANJO EMBAIXO TOMBO
DENTE BOMBOOM

Andamento
O professor dará tempo para que os alunos realizem a atividade e enquanto o
fazem circulará pela sala para acompanhar os procedimentos que estão sendo
usados e também para tirar possíveis dúvidas. Em seguida, abrirá a discussão para
que os alunos contem como classificaram as palavras, como foram ordenadas e por
quê. [Tempo estimado 30 minutos]
Conclusão
Para finalizar a aula, o professor escreverá algumas das palavras na lousa e
conversará com os alunos sobre os sons que a presença de M e N implicam nas
palavras. Por fim, abrirá espaço para que contem as principais dificuldades que o
exercício causou e como foram sanadas. Falarão também sobre o que aprenderam
a respeito da nasalização, incluindo o uso do Til. [Tempo estimado 20 minutos]

6. Acompanhamento de aprendizagem (avaliação)


A avaliação das aprendizagens por parte do professor é essencial para o
acompanhamento da aquisição de conhecimentos e o desenvolvimento de
competências dos alunos. Por isso, sugerimos que o acompanhamento das
aprendizagens seja feito durante todo o trabalho proposto nas sequências
didáticas. Vale observar as dúvidas e as certezas que os alunos já têm e analisar se
estão conseguindo utilizar os conhecimentos estudados também em outras
situações.

6.1 Sugestão de registro de autoavaliação


Nesse contexto, é importante que os próprios alunos possam analisar seu
percurso se se sentirem corresponsáveis por sua própria aprendizagem. Para ajudar
nessas reflexões, sugerimos uma ficha de autoavaliação para ser preenchida
individualmente pelos alunos e complementada pelo professor, se julgar necessário.

100
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

NOME: _______________________________________________________

DATA: ______/______/______
'
AUTOAVALIAÇÃO DA SEQUÊNCIA DIDÁTICA EXPLORANDO OS ANTÔNIMOS

Descritores SIM NÃO PARCIAL- OBSERVAÇÕES DO(A)


avaliativos MENTE PROFESSOR(A)
COMPREENDI
QUE O TIL E
AS LETRAS M
E N, APÓS
VOGAIS,
PROVOCAM
SOM NASAL?

CONSEGUI
ESCREVER
PALAVRAS
COM TIL?

CONSEGUI
AGRUPAR AS
PALAVRAS
COM VOGAL
+ M E VOGAL
+ N?

FIZ AS
ATIVIDADES
COM
DEDICAÇÃO?

6.2 Questões

Ficha 4: Atividades para avaliação

NOME DO ALUNO:_________________________________________________________
DATA: ____/____/____

1. O PROFESSOR VAI DIZER UMA PARLENDA. ESCREVA AS


PALAVRAS DA PARLENDA QUE POSSUEM TIL

________________________________________________

101
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

________________________________________________

________________________________________________

2. COMPLETE AS PALAVRAS COM AS LETRAS QUE ESTÃO


FALTANDO (VOGAL + N OU VOGAL + M).

S____BRINHA T____PERO C____TIGA

C____PUTADOR S____DUÍHE L____ÇOL

3. CIRCULE A PALAVRA DE CADA PAR QUE POSSUI SOM


NASAL.

ROMA / ROMÃ

ANA / ANÃ

LÁ / LÃ

Gabarito
1. Dizer a parlenda:
Bambalalão, senhor capitão
Espada na cinta
Ginete na mão.
Os alunos deverão escrever bambalalão, capitão, mão
2. SOMBRINHA TEMPERO CANTIGA COMPUTADOR SANDUÍHE LENÇOL
3. ROMÃ, ANÃ, LÃ

102
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Sequência Didática 9 – 3o Bimestre

1. Título: Escrevendo palavras com P e B

2. Tempo estimado: 150 horas (3 aulas)

3. Objetivos de aprendizagem
 Ler e escrever palavras com uma unidade mínima de diferença (P e B).
3.1 Objetos de conhecimento
Consciência grafofonêmica

3.2 Habilidades a serem desenvolvidas


EF02LP29 – Ler e escrever palavras com correspondências regulares diretas entre
letras e fonemas (p, b).

4. Recursos didáticos
 Lápis grafite
 Folhas de sulfite
 Borracha
 Apontador com depósito
 Cópias das atividades sugeridas nesta sequência
 Cópias da ficha de autoavaliação
4.1 Referências
Para o professor
CARRAHER, T. N. Explorações psicológicas sobre o desenvolvimento da ortografia em
português. Psicologia: Teoria e Pesquisa. Brasília: n. 4, 1985, p. 269-285.
FINZETTO, Maria Angela. Gramática fácil: Ortografia, o jeito certo de escrever. São Paulo:
Todo livro, 2014.
LEMLE, M. Guia teórico do alfabetizador. São Paulo: Ática, 1986.
MORAIS, A. G. Ortografia: ensinar e aprender. São Paulo: Ática, 1998.

Para o professor
FRANÇA, Mary; FRANÇA, Eliardo. A bota do bode. São Paulo: Ática, 1996.
MACHADO, Ana Maria. O menino Poti. São Paulo: Salamandra, 2012.
_____________. Pena de pato e de tico-tico. São Paulo: Salamandra, 2013.

5. Desenvolvimento

Aula 1

103
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

5.1 Procedimentos iniciais

Organize com antecedência fichas com palavras que contenham P e B.

Sugestões de palavras

PANELA PIPOCA PARAFUSO PORCO PIADA PARDAL TAPIOCA POLENTA PÃO SOPA
BURACO BATERIA BOCHECHA BELISCÃO CEBOLA TABUADA CABANA BANANA
ABACAXI LOBO

5.2 Andamento
Em sala, para levantar os conhecimentos prévios dos alunos em relação ao
conteúdo, organize os alunos em duplas e distribua para cada dupla fichas de
palavras que apresentem as letras P e B e uma folha dividida em duas colunas.
Peça aos alunos que leiam as palavras e digam as diferenças e semelhanças entre
as letras P e B. As crianças deverão perceber que todas essas letras possuem som
parecido, mas não iguais. Em seguida, oriente cada dupla a agrupar as palavras
entre as colunas da folha, de acordo com as letras (P ou B). [Tempo estimado: 30
minutos]

5.3 Conclusão
Para concluir a aula, organize uma roda de conversa e incentive os alunos a
dizerem as palavras que escolheram para cada uma das colunas. Peça-lhes também
que falem se tiveram alguma dificuldade no momento de escrever palavras com
essas letras. [Tempo estimado: 20 minutos]

Aula 2
5.1 Procedimentos iniciais
Para esta aula, providencie cópias do trava-língua “O pinto pia”, com palavras
com lacunas para que os alunos as completem (ficha 1).

Ficha 1: Atividade de completar palavras em trava-língua

NOME: _____________________________________________________________________________________________
TURMA: _____________________________ DATA: __________________________

COMPLETE AS LACUNAS DAS PALAVRAS COM AS LETRAS QUE FALTAM.

O ___INTO ___IA, A ___IA ____INGA.

____INGA A ___IA E O ____INTO ____IA.

104
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

QUANTO MAIS O ___INTO ___IA

MAIS A ___IA ___INGA.

5.2 Andamento
Antes de entregar a ficha aos alunos, recite o trava-língua para que o escutem.
Em seguida pergunte que consoante é possível perceber com bastante destaque
nesse trava-língua, de modo que concluam tratar-se da consoante P. Em seguida,
entregue as fichas para que os alunos completem as lacunas das palavras. Depois,
eles devem dizer o trava-língua. Para finalizar, peça que os alunos ilustrem o trava-
língua na própria folha da atividade. [Tempo estimado: 30 minutos]

5.3 Conclusão
Para concluir, peça aos alunos que comentem se sentiram dificuldade em dizer
o trava-língua. Peça a eles que digam outras palavras que tem a letra P no início e
no meio. Pergunte se a letra pode ser a última letra de uma palavra de modo que
concluam que não, pois não há palavras na nossa língua terminadas por P. [Tempo
estimado: 20 minutos]

Aula 3
5.1 Procedimentos iniciais
Para esta aula, que acontecerá em sala, providencie cópias de uma lista de
palavras para que os alunos as completem om P ou B (ficha 2).

Ficha 2: Atividade de completar palavras com P ou B.

NOME: _____________________________________________________________________________________________
TURMA: _____________________________ DATA: __________________________

COMPLETE O NOME DAS FIGURAS COM P OU B.


F1_ACP2_MD_F025 Foto de bola
F1_ACP2_MD_F026 Foto de pandorga
F1_ACP2_MD_F027 Foto de boneca

105
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

_____OLA _____ANDORGA _____ONECA

F1_ACP2_MD_F028 Foto de bicicleta


F1_ACP2_MD_F029 Foto de patinete
F1_ACP2_MD_F030 Foto de palhaço

_____ALHAÇO _____ICICLETA _____ATINETE


F1_ACP2_MD_F031
Foto de bexiga
F1_ACP2_MD_F032
Foto de pirulito

____IRULITO _____EXIGA

Gabarito:
bola, pandorga, boneca, pirulito, bicicleta, patinete, peteca, bexiga.

5.2 Andamento
Se necessário, nomeie as imagens aos alunos. Oriente-os a dizerem os nomes
prestando atenção no som da consoante com a qual deverão completar cada
palavra. [Tempo estimado: 30 minutos]

106
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

5.3 Conclusão
Peça que os alunos falem as palavras em voz alta e que deem outros exemplos
de palavras que poderiam ser escritas com essas letras. Por fim, incentive-os a falar
sobre as facilidades e dificuldades encontradas na atividade e sobre as dúvidas que
ainda possam ter em relação a essas escritas. [Tempo estimado 20 minutos]

6. Acompanhamento de aprendizagem (avaliação)


Para garantir o acompanhamento das aprendizagens e realizar intervenções
necessárias, além de fazer replanejamentos, é fundamental verificar os
conhecimentos já adquiridos pelos alunos e perceber o que ainda precisa ser
trabalhao. Para isso devem ser elaborados instrumentos de avaliação para que se
possa verificar o que os alunos compreenderam dos conteúdos estudados. Além
disso, é importante observar e buscar interpretar os saberes dos alunos em todos
os momentos da sequência didática.
6.1 Sugestão de registro de autoavaliação
É importante que os próprios alunos possam analisar seu percurso para pensar
em ajustes para aprenderem mais e melhor. Para ajudar nessas reflexões, sugerimos
uma ficha de autoavaliação para ser preenchida individualmente pelos alunos e
complementada pelo professor, se julgar necessário.

NOME: _____________________________________________________________________________________________
TURMA: _____________________________ DATA: __________________________

NO TRABALHO COM AS PÁLAVRAS ESCRITAS COM C E G, EU... Commented [MPC5]: Silvana, esse é o padrão¿ Pois eu
estava fazendo conforme o 1º ano. Verifique por
SIM NÃO ÀS VEZES OBSERVAÇÕES DO favor e se for o caso ajuste os meus. Se for como os
que fiz ajustar daqui pra frente. Obrigada!
PROFESSOR
CONSEGUI
COMPREENDER A
DIFERENÇA ENTRE
OS SONS DAS
LETRAS P E B?

AJUDEI MEUS
COLEGAS?

TIREI MINHAS
DÚVIDAS COM O
PROFESSOR?

FIZ AS ATIVIDADES
COM CAPRICHO?
Commented [MPC6]: Silvana, isso não teria que ficar
em fichas também¿ Pois como o professor vai
imprimir se ficar solto¿
6.2 Questões Eu fiz da 1 a 8 em forma de fichas. Só não coloquei
em fichas aquelas em que o supostamente seriam
para ser feitas oralmente.
1. COMPLETE AS FRASES COM UMA DAS PALVRAS ENTRE PARÊNTESES.
Verifique por favor e arrume lá ou daqui pra frente.

107
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

A) BIA BRINCA NO _________________________________________.


(PARQUINHO OU BARQUINHO)
B) JOÃO FEZ UM __________________________________________ DE PAPEL.
(PARQUINHO OU BARQUINHO)
C) MELISSA SABE QUE NÃO ________________________________ COMER TUDO O
QUE VÊ.
(PODE OU BODE)
D) JOAQUIM TEM UM ____________________________ NA SUA FAZENDA.
(PODE OU BODE)
E) PATRÍCIA GOSTA DE TOMAR ÁGUA DE _______________________________.
(BOTE OU POTE)
ALGUMAS CRIANÇAS VÃO PARA A ESCOLA DE ____________________________.
(BOTE OU POTE)

2. ESCREVA SEIS NOMES DE PESSOAS QUE CONTENHAM A LETRA P E SEIS QUE


CONTENHAM A LETRA B.
P B

Gabarito:
1. A) PARQUINHO; B) BARQUINHO; C) PODE; D) BODE; E) POTE; F) BOTE
2. Sugestões: Patrícia, Pedro, Pâmela, Priscila, Paulo, Paulina, Poliana, Peterson; Bruno,
Beatriz, Berenice, Bianca, Benício, Bastian, Bráulio, Brenda,

108
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Sequência Didática 10 – 4o Bimestre

1. Título: Sinônimos: compreender para melhor escrever

2. Tempo estimado: 200 horas (4 aulas)

3. Objetivos de aprendizagem
 Compreender o conceito de sinônimos.
 Relacionar palavras pelo critério de sinonímia.
3.1 Objetos de conhecimento
Sinonímia.
3.2 Habilidades a serem desenvolvidas
EF02LP38 – Identificar sinônimos de palavras de texto lido, determinando a
diferença de sentido entre eles.

4. Recursos didáticos
 Lápis grafite
 Folhas de sulfite
 Borracha
 Apontador com depósito
 Lápis de cor
 Cópias das atividades sugeridas nesta sequência
 Cópias da ficha de autoavaliação
4.1 Referências
Para o professor
RACHID, Ricardo. Coleção Cordel na Escola: Qual é o sinônimo?. E-book.
NASCENTES, Antenor. Dicionário de sinônimos. São Paulo: Lexikon Editorial, 2011.
BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Com direito à palavra:
dicionários em sala de aula. Elaboração Egon Rangel. Brasília: Ministério da Educação,
Secretaria de Educação Básica, 2012.

Para o aluno
TUCCI, William. Rebelião dos sinônimos e antônimos. São Paulo: Scipione, 2004.

5. Desenvolvimento

Aula 1
5.1 Procedimentos iniciais
Para esta aula, que acontecerá na sala, levante os conhecimentos prévios dos
alunos em relação ao tema: sinônimos. Para isso, providencie cópias de uma ficha

109
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

de atividade com frases para que os alunos substituam algumas palavras por seus
sinônimos (ficha 1).

Ficha 1: Atividade de substituir palavras em contexto por


sinônimos
NOME: _____________________________________________________________________________________________
TURMA: _____________________________ DATA: __________________________

REESCREVA AS FRASES SUBSTITUINDO AS PALAVRAS EM DESTAQUE POR OUTRAS


QUE TENHAM SENTIDO SEMELHANTE. FAÇA OUTRAS ALTERAÇÕES NECESSÁRIAS.

1. MINHA MÃE DIZ PARA TER CUIDADO NA CHUVA. O RISCO DE TOMAR UM


TOMBO É MAIOR, PORQUE AS CALÇADAS FICAM ESCORREGADIAS.

2. MEU COLEGA E EU CAMINHAMOS ATÉ O PÁTIO DA ESCOLA.

1. Fala; perigo; queda. 2. companheiro/amigo; andamos.

5.2 Andamento
Entregue a ficha e explique a atividade, que consistirá em reescrever as frases
nas linhas da folha, substituindo as palavras em destaque por um sinônimo.
Enquanto os alunos escrevem, circule pela sala, observando as dúvidas e certezas
que eles têm em relação ao exercício. Em seguida pergunte: “Quem sabe o que é
um sinônimo?”. Promova uma discussão e explique o conceito: Sinônimo é a
palavra que tem significado parecido, semelhante ao de outra. Exemplos: carro e
automóvel, cão e cachorro, alegre e triste.
Na sequência, peça aos alunos que digam um sinônimo para cada uma das
seguintes palavras: alegre (contente, feliz); gostoso (saboroso, delicioso); mole
(macio); Desafie-os: veloz é sinônimo de lento? (Não, é antônimo.) Veloz é sinônimo
de rápido? (Sim.) Livre é sinônimo de feliz? (Não, não é sinônimo.) Que palavra(s)
seria(m) sinônima(s) de livre? (Solto, liberto.) [Tempo estimado: 30 minutos]

5.3 Conclusão

110
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Encerre a aula com uma roda de conversa incentivando os alunos a falar sobre
a atividade anterior. Pergunte se já conheciam o conceito de sinônimo. Em seguida,
retome o conceito e peça a eles que citem outras palavras e seus sinônimos.
[Tempo estimado: 20 minutos]

Aula 2
5.1 Procedimentos iniciais
Para esta atividade, que ocorrerá em sala de aula, providencie cópias de uma
ficha contendo palavras para analisar e escrever seus sinônimos (ficha 2).

Ficha 2: Atividade para reconstituir palavras e relacioná-las a


sinônimos

NOME: _____________________________________________________________________________________________
TURMA: _____________________________ DATA: __________________________

NO QUADRO ABAIXO ALGUMAS PALAVRAS ESTÃO EMBARALHADAS. ESCREVA-AS


CORRETAMENTE E LIGUE-AS A SEUS SINÔNIMOS.
<Arte: Dispor em dois quadros separados; um com as palavras, cada
uma acompanhada de uma linha para o aluno escrever; outro com os
sinônimos. Deixar espaço para que o aluno possa ligar as palavras dos
dois quadros>
PALAVRA SINÔNIMO
LEGREA – __________________________ ENCONTRAR

LHOVE – ___________________________ ANTIGO

ONOV – ___________________________ MENINA

GATORA – __________________________ DEPRESSA

RÁDOPI – ___________________________ FELIZ

LOLICAZAR – _________________________ IDOSO

111
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Gabarito:
alegre – feliz / velho – idoso / novo – antigo / garota – menina / rápido – depressa /
localizou – encontrou

5.2 Andamento
Entregue a ficha da atividade, explique a consigna e destine tempo para que os
alunos analisem as palavras e escrevam seus sinônimos. Antes, porém, retome o
conceito de sinônimo e dê alguns exemplos para ter certeza de que todos tenham
essa informação. [Tempo estimado: 30 minutos]
5.3 Conclusão
Encerre a atividade com uma roda de conversa na qual os alunos contarão
como foi sua participação e também lerão as palavras e seus sinônimos. Retome o
conceito de sinônimo para deixar a ideia bem fixada para os alunos. [Tempo
estimado: 20 minutos]

Aula 3
5.1 Procedimentos iniciais
Prepare com antecedência uma ficha com um texto multimodal para que os
alunos analisem palavras em frases e reescrevam-nas, substituindo-as por
sinônimos (ficha 3).
Ficha 3: Atividade de substituir palavras em contexto por
sinônimos

NOME: _____________________________________________________________________________________________
TURMA: _____________________________ DATA: __________________________

1. LEIA NESSE CARTAZ AS CINCO RAZÕES PARA FAZER UMA


ATIVIDADE FÍSICA.

112
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

F1_ACP2_MD_F052

2. SUBSTITUA CADA PALAVRA A SEGUIR, EXTRAÍDA DO CARTAZ, POR

113
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

UM SINÔNIMO:
 BUSCA ______________________________________
 PARADO _____________________________________
 RAZÕES ______________________________________
2. busca = procura; parado = imóvel, paralisado, sedentário; razões = motivos.

5.2 Andamento
Entregue os protocolos aos alunos e explique que deverão reescrever as frases
e depois escrever o sinônimo de algumas palavras listadas. [Tempo estimado 30
minutos]

5.3 Conclusão
Após a finalização das escritas, abra a discussão e pergunte se as crianças se
recordam do que é um sinônimo. Pergunte também se já tinham pensado em
sinônimos para essas palavras que acabaram de utilizar. Incentive-as a citar outras
palavras e seus sinônimos. [Tempo estimado: 20 minutos]

Aula 4
5.1 Procedimentos iniciais
Para essa atividade, o professor providencie cópias de um caça-palavras
contendo algumas palavras e seus sinônimos.
Ficha 4: Atividade de caça-palavras de sinônimos

NOME: _____________________________________________________________________________________________
TURMA: _____________________________ DATA: __________________________

LOCALIZE NO CAÇA-PALAVRAS PARES DE SINÔNIMOS. PINTE CADA PAR DA


MESMA COR.

B E L O Y U J H N L
A F V B N J K U H O
G A P R E C I A R N
O T Y N M O L E S G
S R D I S T A N T E

114
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

T F T H N M I O P Ç
A V X F H Y R U Y I
R N B B O N I T O K

Gabarito:
B E L O Y U J H N L
A F V B N J K U H O
G A P R E C I A R N
O T Y N M O L E S G
S R D I S T A N T E
T F T H N M I O P Ç
A V X F H Y R U Y I
R N B B O N I T O K

5.2 Andamento
Explique a atividade, que consistirá em localizar sinônimos no caça-palavras e
pintá-los da mesma cor. [Tempo estimado: 30 minutos]

5.3 Conclusão
Em seguida, escreva na lousa uma lista com as palavras destacadas. Recupere o
conceito de sinônimo e incentive os alunos a dizer algumas palavras e seus
sinônimos. Para finalizar, faça uma lista com palavras e seus sinônimos para deixar
fixada na sala para posterior consulta dos alunos. [Tempo estimado 20 minutos]

6. Acompanhamento de aprendizagem (avaliação)


Para garantir o acompanhamento das aprendizagens e realizar intervenções
necessárias, além de fazer replanejamentos, é fundamental verificar os
conhecimentos já adquiridos pelos alunos e perceber o que ainda precisa ser
trabalhao. Para isso devem ser elaborados instrumentos de avaliação para que se
possa verificar o que os alunos compreenderam dos conteúdos estudados. Além
disso, é importante observar e buscar interpretar os saberes dos alunos em todos
os momentos da sequência didática
6.1 Sugestão de registro de autoavaliação
É importante que os próprios alunos possam analisar seu percurso para pensar
em sua própria aprendizagem. Para ajudar nessas reflexões, sugerimos uma ficha de
autoavaliação para ser preenchida individualmente pelos alunos e complementada
por você, se julgar necessário.

115
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

NOME: _____________________________________________________________________________________________
TURMA: _____________________________ DATA: __________________________

NO TRABALHO COM AS PÁLAVRAS ESCRITAS COM SINÔNIMOS, EU...

SIM NÃO ÀS VEZES OBSERVAÇÕES DO


PROFESSOR Commented [MPC7]: .

COMPREENDI O
CONCEITO DE
SINÔNIMOS.

CONSEGUI
ESCREVER PALAVRAS
SINÔNIMAS.

TIREI MINHAS
DÚVIDAS COM O
PROFESSOR.

FIZ AS ATIVIDADES
COM CAPRICHO.

6.2 Questões Commented [MPC8]: Silvana, em forma de ficha¿


.
1. LOCALIZE NO QUADRO B OS SINÔNIMOS DAS PALAVRAS DO QUADRO A E
CIRCULE-OS COM A MESMA COR. USE LÁPIS DE COR.
<Arte: Montar dois quadros um ao lado do outro, e distribuir as palavras por ele
de maneira irregular. Inserir no canto esquerdo do primeiro a letra A em bold,
corpo maior; e no segundo, a letra B, na mesma tipologia>
A B
CONTENTE DISTANTE LONGE COMEÇO

BELO INÍCIO BONITO FELIZ

 AGORA, ESCREVA À FRENTE DE CADA PALAVRA O SINÔNIMO QUE VOCÊ


ENCONTROU.
CONTENTE ______________________
DISTANTE _______________________
BELO _____________________________
INÍCIO ___________________________

2. COMPLETE A FRASE.

116
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

SEGUNDO O QUE ESTUDAMOS, SINÔNIMO É A PALAVRA QUE TEM SIGNIFICADO


___________________ AO DE OUTRA.

Gabarito:
1 Contente / feliz; distante / longe; belo / bonito; início / começo. 2. semelhante.

117
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Sequência Didática 11 – 4o Bimestre

1. Título: E e O em finais de palavras: escrevendo e


aprendendo

2. Tempo estimado: 200 horas (4 aulas

3. Objetivos de aprendizagem
 Ler corretamente palavras com finalizações em E ou O.
 Escrever corretamente palavras com finalizações em E ou O.
3.1 Objetos de conhecimento
Consciência grafofonêmica.
3.2 Habilidades a serem desenvolvidas
EF02LP29 – Ler e escrever palavras com correspondências regulares contextuais
(E e O em posição átona em final de palavra).

4. Recursos didáticos
 Lápis grafite
 Folhas de sulfite
 Borracha
 Apontador com depósito
 Lápis de cor
 Revistas velhas
 Cópias das atividades sugeridas nesta sequência
 Cópias da ficha de autoavaliação

4.1 Referências
Para o professor
LEMOS, Miriam. Guia teórico do alfabetizador. 17. ed. São Paulo: Ática, 2007.
MORAIS, Arthur Gomes. Ortografia: Ensinar e aprender. São Paulo: Ática, 2000.

5. Desenvolvimento

Aula 1
5.1 Procedimentos iniciais
Para esta aula, que ocorrerá em sala, levante os conhecimentos prévios dos
alunos sobre o uso das letras E e O em posição átona em final de palavras. Para
isso, faça um ditado de frases como as sugeridas abaixo e peça que os alunos as
escrevam na ficha sugerida (ficha 1).

Sugestão de frases para o ditado

118
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

BRUNO DEU UM PRESENTE PARA SEU AMIGO.


ALINE TOMOU LEITE E ESCOVOU O DENTE.
JULIO COMEU DOCE DE COCO COM CHOCOLATE.

Sugestão de protocolo para o ditado


Ficha 1: Registro de ditado.

NOME: _____________________________________________________________________________________________

TURMA: _____________________________ DATA: __________________________

ESCREVA NAS LINHAS ABAIXO AS FRASES QUE O PROFESSOR DITAR.

5.2 Andamento
Dite as frases pausadamente, dando tempo para que todos possam escrever.
Enquanto aguarda, circule pela sala observando como os alunos estão escrevendo e
quais dúvidas têm no registro destas escritas. [Tempo estimado: 30 minutos]

5.3 Conclusão
Ao final, recolha as fichas para posterior análise e converse com os alunos
sobre as finalizações de algumas palavras. Pergunte, por exemplo, que letra eles
colocaram no final de: LEITE? DENTE? PRESENTE? ALINE? A letra E ou a letra I? Que
letra eles colocaram no final de: BRUNO? JULIO? AMIGO? COCO? A letra O ou a
letra U?
Ouça as respostas e leve-os a perceber que, em geral, a pronúncia dessas
palavras é diferente de suas escritas (pronunciamos com os finais U e I, mas
escrevemos com os finais O e E). Acrescente que por isso é importante ficar atento
para a escrita, sobretudo nas últimas sílabas das palavras. Incentive a turma a falar
sobre as dúvidas que costumam ter no momento de realizar essas escritas e a dizer
outras palavras semelhantes. [Tempo estimado: 20 minutos]

119
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Aula 2
5.1 Procedimentos iniciais
Providencie uma ficha com uma parlenda para análise dos alunos (ficha 2).
Ficha 2: Ficha para análise de parlenda.

NOME: ______________________________________________________________________________________________
TURMA: _____________________________ DATA: __________________________

LOCALIZE E PINTE NA PARLENDA AS PALAVRAS QUE SÃO PRONUNCIADAS COM SOM DE U E


ESCRITAS COM A LETRA O.

HOJ___ É SÁBAD___
PEDE QUIAB___

AMANHÃ É DOMING___
PEDE CACHIMB___

O CACHIMB___ É DE OUR___
BAT___ NO TOUR___

O TOUR___ É VALENT___
CHIFRA A GENT___

A GENT___ É FRAC___
CAI NO BURAC___

O BURAC___ É FUND___
ACABOU-SE O MUND___!

Gabarito:
Hoje, sábado; quiabo; domingo; cachimbo; ouro; bate; touro; gente; fraco; valente; buraco;
fundo; mundo.

5.2 Andamento
Destine tempo para que os alunos analisem a parlenda e completem as
palavras com as vogais finais que estão faltando. [Tempo estimado: 30 minutos]

120
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

5.3 Conclusão
Faça uma lista das palavras na lousa. Mostre as finalizações, pronunciando-as
pausadamente. Abra espaço para que os alunos tirem suas dúvidas e contem como
realizaram o exercício anterior, como escreveram e em que se apoiaram para fazê-
lo. [Tempo estimado: 20 minutos]

Aula 3
5.1 Procedimentos iniciais
Para esta aula, que ocorrerá em sala, prepare uma ficha com algumas palavras
para serem completadas pelos alunos (ficha 3).
Ficha 3: Atividade de completar palavras.

NOME: _____________________________________________________________________________________________
TURMA: _____________________________ DATA: __________________________

COMPLETE AS PALAVRAS COM E, I OU O, U.

F1_ACP2_MD_F033 foto de gato


GAT_____

F1_ACP2_MD_F034 foto de tatu


TAT_____

F1_ACP2_MD_F035 foto de coelho

COELH_____

F1_ACP2_MD_F036 foto de urubu

URUB_____

F1_ACP2_MD_F037 foto de abacaxi

121
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

ABACAX_____

F1_ACP2_MD_F038 foto de tomate

TOMAT____
F1_ACP2_MD_F039 foto de jabuti

JABUT_____
F1_ACP2_MD_F040 foto de tigre

TIGRE_____

Gabarito:
GATO; TATU; COELHO; URUBU; ABACAXI; TOMATE; JABUTI; TIGRE

5.2 Andamento
A atividade acontecerá em duplas. Entregue as fichas e oriente cada dupla a
conversar para decidir quais vogais usarão para completar cada palavra. Circule pela
sala para acompanhar as dúvidas dos alunos. É importante perceberem que nem
sempre as palavras que são pronunciadas com I e U finais são escritas assim. Essa
questão tem a ver com a tonicidade: se a sílaba tônica for a última, será I e U
(exemplos: jabuti, saci, caqui, urubu, jacu, bambu); se for a penúltima ou
antepenúltima, será O e E (tapete, farolete, lobo, tombo). Essas regras serão
estudadas no 3º ano. [Tempo estimado 30 minutos]

5.3 Conclusão
Após a finalização das escritas, peça aos alunos que citem outras palavras que
terminam com E, I, O, U. Para concluir, oriente os alunos a trazer para a escola, na
próxima aula, uma revista, na qual pesquisarão palavras com essas ocorrências.
Caso os alunos não tenham acesso ao material, providencie para eles. [Tempo
estimado: 20 minutos]

Aula 4
5.1 Procedimentos iniciais
Esta aula acontecerá em sala e os alunos trabalharão em duplas.

122
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

5.2 Andamento
Peça aos alunos que procurem nas revistas trazidas na tarefa de casa ou
fornecidas pelo professor dez palavras terminadas com a letra O ou com a letra U
ou ainda E ou I e as registrem numa folha de papel sulfite sem colocar a última
letra. Depois de fazerem esta lista, peça que troquem de folha com o colega e
completem as palavras escritas por ele. [Tempo estimado: 30 minutos]

5.3 Conclusão
Por fim, cada um devolverá a atividade ao colega que a elaborou para a
correção. Ao final, discuta algumas palavras com os alunos, pedindo-lhes que
justifiquem as escolhas por uma ou por outra letra. Abra uma roda de conversa
para que os alunos contem sobre foi a atividade de localizar as palavras, escrevê-las
e depois completar as que o colega havia selecionado. [Tempo estimado 20
minutos]

6. Acompanhamento de aprendizagem (avaliação)


Ao final desta sequência, os alunos deverão compreender quando devem usar
as letras O/U e as letras E/I ao final das palavras. Para isso, é fundamental que a
avaliação não priorize apenas o resultado ou o processo, mas a prática de
investigação. Daí a importância do acompanhamento das dúvidas e certezas dos
alunos em cada etapa do processo para que possam ser identificados os
conhecimentos construídos e as dificuldades.
6.1 Sugestão de registro de autoavaliação
É importante que os próprios alunos possam analisar seu percurso para pensar
em ajustes para aprenderem mais e melhor. Para ajudar nessas reflexões, sugerimos
uma ficha de autoavaliação para ser preenchida individualmente pelos alunos e
complementada pelo professor, se julgar necessário.

123
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

NOME: _____________________________________________________________________________________________
TURMA: _____________________________ DATA: __________________________

NO TRABALHO COM AS PÁLAVRAS ESCRITAS COM E, EI OU U E OU, EU...

SIM NÃO ÀS VEZES OBSERVAÇÕES DO


PROFESSOR
COMPREENDI QUE
ALGUMAS
PALAVRAS SÃO
PRONUNCIADAS
COM I NO FINAL,
MAS SÃO ESCRITAS
COM E?

COMPREENDI QUE
ALGUMAS
PALAVRAS SÃO
PRONUNCIADAS
COM U NO FINAL,
MAS SÃO ESCRITAS
COM O?

FIZ AS ATIVIDADES
COM DEDICAÇÃO?

6.2 Questões Commented [MPC9]: Silvana, em forma de ficha¿

1. COMPLETE AS SÍLABAS FINAIS DE CADA PALAVRA COM A LETRA ADEQUADA:


A) ELEFANT________
B) LEOPARD_______
C) MARTEL_______
D) SERROT_______

Gabarito:
1. A) ELEFANTE; B) LEOPARDO; C) MARTELO; D) SERROTE.

124
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Sequência Didática 12 – 4o Bimestre

1. Título: Escrevendo palavras com T e D

2. Tempo estimado: 200 horas (4 aulas)

3. Objetivos de aprendizagem
 Ler e escrever palavras com uma unidade mínima de diferença (T e D).
3.1 Objetos de conhecimento:
Consciência grafofonêmica.
3.2 Habilidades a serem desenvolvidas
EF02LP29 – Ler e escrever palavras com correspondências regulares diretas entre
letras e fonemas (t, d).

4. Recursos didáticos
 Lápis grafite
 Borracha
 Apontador com reserva
 Lápis de cor
 Giz para lousa
 Cópias das fichas de atividade sugeridas nesta sequência
4.1 Referências
Para o professor
GOMES, Artur de Morais (Org.). O aprendizado da ortografia. São Paulo: Autêntica, 2002.
GOMES, Artur de Morais (Org.). Ortografia: Ensinar e aprender. São Paulo: Ática, 2004.
DUARTE, Vânia Maria do Nascimento. Exercícios sobre ortografia. Disponível em:
<http://exercicios.brasilescola.uol.com.br/exercicios-gramatica/exercicios-sobre-
ortografia.htm>. Acesso em: 5 jan. 2018.

Para o professor
MACHADO, Ana Maria. Tatu bobo. São Paulo: Salamandra, 2011.

5. Desenvolvimento

Aula 1
5.1 Procedimentos iniciais
Para iniciar esse trabalho, apresente aos alunos dois trava-línguas, um em que a
letra T (“O tatu taí”) é evidente, outro, em que a letra D é evidente (“O doce
perguntou pro doce”). Os trava-línguas estão sugeridos (ficha 1).
5.2 Andamento

125
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Recite as parlendas aos alunos. Em seguida, pergunte: qual é a consoante que


mais aparece em cada um, de modo que respondam que são as consoantes T e D.
Em seguida, entregue as fichas com os trava-línguas escritos para que os alunos os
leiam e pintem as palavras com as letras D e com T. [Tempo estimado: 30
minutos]

Ficha 1: Trava-línguas “O tatu taí” e “O doce perguntou pro doce”.

NOME: _____________________________________________________________________________________________
TURMA: _____________________________ DATA: __________________________

LEIA ESTES TRAVA-LÍNGUAS.

ALÔ, O TATU TÁ AÍ?


NÃO, O TATU NÃO TÁ!
MAS A MULHER DO TATU TANDO,
É O MESMO QUE O TATU TÁ!
DOMÍNIO PÚBLICO.

F1_ACP2_MD_F041 foto de tatu

O DOCE PERGUNTOU PRO DOCE .


QUAL É O DOCE MAIS DOCE
QUE O DOCE DE BATATA-DOCE
O DOCE RESPONDEU PRO DOCE ,
QUE O DOCE MAIS DOCE QUE
O DOCE DE BATATA-DOCE
É O DOCE DE DOCE DE BATATA DOCE.
DOMÍNIO PÚBLICO.
7F1_ACP2_MD_F042 foto de doce

Gabarito:
Trava-língua “O tatu taí”: T; Trava-língua “O doce”: D

126
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

5.3 Conclusão
Pergunte aos alunos que outras palavras eles se lembram que são escritas com
T e com D. Transcreva na lousa as palavras que eles disserem e converse com a
turma sobre a sonoridade dessas letras. Abra espaço para que os alunos
respondam se conseguem perceber a diferença sonora entre as duas letras. [Tempo
estimado: 20 minutos]

Aula 2
5.1 Procedimentos iniciais
Antes de iniciar a aula, escreva na lousa algumas adivinhas populares.

Sugestões de adivinhas

A) O QUE É, O QUE É? TEM COROA, MAS NÃO É REI, TEM RAIZ, MAS NÃO É
PLANTA?
B) O QUE É, O QUE É? SÃO SETE IRMÃOS. CINCO TÊM NOME E SOBRENOME
E DOIS SÓ TÊM NOME?
C) O QUE É, O QUE É? SE COMPRA PARA COMER E NUNCA SE COME?
D) O QUE É, O QUE É? QUANTO MAIS SE ENXUGA MAIS MOLHADA FICA?

Gabarito:
A) dente; B) dias; C) talheres; D) toalha.

5.2 Andamento
Em sala, leia as adivinhas e escute as hipóteses das crianças sobre as respostas.
Se não conseguirem descobrir após algumas tentativas, dê dicas para que eles
cheguem à solução. Escreva as respostas na lousa para que todos possam visualizar.
Após esse momento, pergunte: “O que essas palavras têm em comum? Quais sons
existem nessas palavras que poderíamos confundir? Quais outras palavras têm esses
sons?”. [Tempo estimado: 30 minutos]

5.3 Conclusão
Para a conclusão desta aula, peça que todos registrem as adivinhas em seus
cadernos e as leiam em casa para seus familiares. Em seguida, peça que os alunos
façam em casa, com a ajuda dos pais, uma lista com outras palavras que comecem
com D e T. [Tempo estimado: 20 minutos] [Tempo estimado para a atividade de
casa: 30 minutos]

Aula 3
5.1 Procedimentos iniciais

127
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

Para esta aula, prepare uma ficha para o registro de um ditado (ficha 2).

Ficha 2: Registro de ditado

NOME: _____________________________________________________________________________________________
TURMA: _____________________________ DATA: __________________________
ESCREVA NAS COLUNAS AS PALAVRAS QUE O PROFESSOR DITAR. PRESTE ATENÇÃO
PARA A LETRA COM QUE CADA PALAVRA COMEÇA.
PALAVRA

T D

Sugestões de palavras
DEDO, TETO, TAMBOR, TUDO, TAMBÉM, DOMINÓ, DORMIR, TOURO, DEMAIS,
TAPETE, TIGRE, TOMATE, DADO, DITADO
5.2 Andamento
Abra espaço para que os alunos falem algumas palavras que registraram na
lição de casa. Enquanto falam, registre na lousa e mostre as diferenças nas grafias
das palavras. Peça-lhes que pronunciem as palavras em voz alta para perceberem a
diferenciação sonora. Em seguida, entregue a ficha com a atividade de ditado e dite
dez palavras diferentes, orientando-os a anotar cada uma delas na coluna
correspondente. [Tempo estimado: 30 minutos]

128
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

5.3 Conclusão
Após finalizar o ditado, abra espaço para que os alunos contem quais letras
utilizaram para escrever as palavras ditadas e por quê. Incentive-os a pronunciá-las
para que possam ter uma noção mais clara da sonoridade das letras dentro das
palavras. Por fim, peça que falem sobre as principais dificuldades que tiveram para
realizar a atividade e em quais dicas dariam para não esquecer mais sobre os usos
da letra D e T. [Tempo estimado: 20 minutos]

Aula 4
5.1 Procedimentos iniciais
Para esta aula, prepare cópias de uma atividade em que os alunos completarão
o nome das imagens (ficha 3).

Ficha 3: Atividade de completar o nome de imagens

NOME: ______________________________________________________________________________________________
TURMA: _____________________________ DATA: __________________________

COMPLETE O NOME DAS IMAGENS COM T OU D.


7F1_ACP2_MD_F043
Foto de ratinho
RA_____INHO
7F1_ACP2_MD_F044
Foto de radinho
RA_____INHO

7F1_ACP2_MD_F045
Foto de quadro
QUA_____RO

7F1_ACP2_MD_F046
Foto de quatro (número)
QUA_____RO

129
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

7F1_ACP2_MD_F047
Foto de tartaruga
_____AR_____ARUGA

7F1_ACP2_MD_F048
Foto de tamanduá
_____AMANDUÁ

7F1_ACP2_MD_F049
Foto de dominó
_____OMINÓ

7F1_ACP2_MD_F050
Foto de tomate
____OMA____E

Gabarito:
5.2 Andamento
Explique aos alunos que eles deverão completar as palavras corretamente, com
T ou com D. Permita que troquem ideias entre eles no caso de terem dúvidas.
Também podem lhe consultar. Depois que os alunos completarem as palavras,
peça-lhes que tomem nota dessas escritas em seus cadernos para posteriores
consultas. Retome as semelhanças e diferenças entre as sonoridades e fale também
sobre as implicações das trocas. Para finalizar, incentive as crianças a contar sobre
como foi a atividade, se gostaram ou não e sobre o que aprenderam sobre as
letras D e T. [Tempo estimado: 30 minutos]

5.3 Conclusão
Para concluir a aula, faça uma lista na lousa com algumas palavras estudadas
até o momento de modo que os alunos percebam os sons e as diferenças de
sentido que a troca dessas letras pode acarretar. Por fim, incentive-os a falar sobre

130
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

as palavras que extraíram e sobre as dificuldades que encontram no momento de


escrever palavras com essas letras. [Tempo estimado: 20 minutos]

6. Avaliação de aprendizagem (avaliação)


A avaliação das aprendizagens por parte do professor é essencial para o
acompanhamento da aquisição de conhecimentos e o desenvolvimento de
competências dos alunos. Por isso, sugerimos que o acompanhamento das
aprendizagens seja feito durante todo o trabalho proposto nesta sequência. Vale
observar as dúvidas e as certezas que os alunos já têm e analisar se estão
conseguindo utilizar os conhecimentos estudados também em outras situações.
6.1 Sugestão de registro de autoavaliação
É importante que os próprios alunos possam analisar seu percurso para pensar
em ajustes para aprenderem mais e melhor. Para ajudar nessas reflexões, sugerimos
uma ficha de autoavaliação para ser preenchida individualmente pelos alunos e
complementada por você, se julgar necessário.

NOME: _____________________________________________________________________________________________
TURMA: _____________________________ DATA: __________________________

NO TRABALHO COM AS PÁLAVRAS ESCRITAS COM AS LETRAS T E D, EU...

SIM NÃO ÀS VEZES OBSERVAÇÕES DO


PROFESSOR
COMPREENDI A
DIFERENÇA NO SOM
DAS LETRAS T E D?

AJUDEI MEUS
COLEGAS?

TIREI MINHAS
DÚVIDAS COM O
PROFESSOR?

FIZ AS ATIVIDADES
COM CAPRICHO?

6.2 Questões Commented [MPC10]: Em ficha¿

1. COMPLETE AS PALAVRAS COM T OU D.


A) ___OMBO

131
Língua Portuguesa – 2o ano
Sequências didáticas
_______________________________________________________________

B) OI___O
C) ___ELHA
D) ___EITADO
E) ___INOSSAURO

2. COPIE NAS LINHAS CADA PALAVRA A SEGUIR, CORRIGINDO O ERRO.


A) DOCAR ________________________________________________________________
B) DREINAMENTO ________________________________________________________
C) TONZELA _______________________________________________________________
D) TOMINÓ _______________________________________________________________

Gabarito:
1. A) tombo; B) oito; C) telha; D) deitado; E) dinossauro. 2. A) tocar; B) treinamento; C)
donzela; D) dominó.

132