Você está na página 1de 14

Radio iPasolink VR 2/4/10

MT0028

CONFIGURAÇÃO DE RÁDIO iPASOLINK VR


PARA GERÊNCIA REMOTA

Ver. Descrição Autor Data Área


1.0 Emissão Martin Loebmann 13/06/2017 WR Engineering
ÍNDICE

1. GENERALIDADES ................................................................................................................................. 4
2. DESCRIÇÃO ......................................................................................................................................... 4
2.1 PROCEDIMENTO DE CONFIGURAÇÃO DO RÁDIO IPASOLINK PARA GERÊNCIA REMOTA ..................................... 5
2.1.1 Acesso via WebLCT ............................................................................................................... 5
2.1.2 Configuração SNMP, NTP e FTP ............................................................................................. 6
2.1.3 Definir o Uso de Portas e VLAN para In-Band........................................................................10
2.1.3.1 Definir o uso da porta NE1: gerencia ou tráfego de usuário ..................................................11
2.1.3.2 Definir para quais MODEMs "sairá" a DCN ...........................................................................12
2.1.3.3 Definir se será usada DCN In-Band .......................................................................................13
2.1.4 Definir Endereços IPs ............................................................................................................14
1. GENERALIDADES

Este documento define os procedimentos necessários para configuração do equipamento rádio


iPASOLINK VR2/VR4/VR10 visando sua interligação ao sistema de gerência remota - PNMSj ou
MS5000.

2. DESCRIÇÃO

O procedimento para configuração do equipamento rádio, visando sua integração no sistema de


gerência, é diferenciado para cada um dos modelos de rádio NEC. Este procedimento refere-se
exclusivamente aos rádios da família iPASOLINK VR.

No caso do iPASOLINK VR teremos um novo conceito de configuração, não existindo mais o


software PNMTj e a execução de download de arquivos de configuração. Assim como o PNMTj, o
software NetConfigTool não é mais aplicável no caso do iPASOLINK VR.

No iPASOLINK VR a configuração será sempre realizada manualmente através do WEBLCT.


2.1 Procedimento de configuração do rádio iPASOLINK para gerência
remota

2.1.1 Acesso via WebLCT

A configuração do rádio iPASOLINK, visando sua integração no sistema de gerência, é feita através
do WEBLCT.

Para acessar o WEBLCT, os seguintes passos devem ser executados:

 O computador deve ser configurado para obter endereço IP e o endereço de servidor DNS
automaticamente

 Conectar a porta Ethernet do computador à porta LCT do iPASOLINK VR (abaixo exemplo


para VR2) LCT

 Via Internet Explorer acessar: http://172.17.254.253/weblct/

 Entrar com “User Name” e “Password”:


User Name: Admin

Password: 12345678
2.1.2 Configuração SNMP, NTP e FTP

Acessar a função Network management Setting -> Security Management -> Service Status Setting:
 Configuração de Comunidade SNMP (necessário)

No quadro "SNMP Community", clicar numa linha vazia (clicar sobre o número 1 ou 2 ou
3, ...).

Na janela de configuração de SNMP Community, preencher os dados conforme o exemplo


abaixo:

 Habilitar FTP (necessário para coleta de PM e Inventário)

No quadro "FTP", clicar no "FTP" (título do quadro) e configurar conforme exemplo


abaixo:
 Confirmar que SNMP está Rodando (necessário)

No quadro "SNMP", confirmar que o Status para todas versões está "Running" e porta
161. Caso contrário, clicar sobre "SNMP" (título do quadro) e configurar o "SNMP Setting
conforme exemplo abaixo:

 Configuração NTP (opcional)

Caso o rádio vá sincronizar seu relógio com um servidor NTP (servidor de Data/Hora que
de ser indicado pelo cliente), executar a configuração abaixo:

 Habilitar o serviço de NTP: clicar no "NTP" do quadro NTP e configurar conforme


abaixo:
 Após habilitar o serviço, o quadro "NTP Server Address"permitirá configuração.
Clicar sobre uma linha disponível (1 ou 2 ou 3 ou 4). Os dados a serem
preenchidos na janela "NTP Server Address Setting", campos "IP Address" e "NTP
Version" devem ser fornecidos pelo cliente onde o rádio está sendo instalado. Os
demais campos, configurar conforme o exemplo abaixo:
2.1.3 Definir o Uso de Portas e VLAN para In-Band

Os passos a seguir depende do projeto de DCN para cada rádio. Os dados a seguir devem ser
definidos no projeto de DCN:

 A gerencia usará ou não DCN In-Band (dados de gerencia transmitidos também na porta
de tráfego de usuários);
 Quais portas serão usadas para gerencia.

Para configurar estes itens, acessar a função Network management Setting -> Port /VLAN
Setting
2.1.3.1 Definir o uso da porta NE1: gerencia ou tráfego de usuário

Quando numa mesma estação existem várias IDUs e não está sendo usado In-Band, pode ser
necessário o uso de uma das portas de usuários exclusivamente para a gerencia para
interligar as IDUs no site sem necessidade de um Switch externa.

Para configurar a porta GEht1 como NE1, seguir o procedimento:

 Clicar em "Ethernet Port Setting" e definir se a porta NE1 será para tráfego de
usuário ou será apenas DCN. No casa de DCN, perde-se uma porta de tráfego;
 Definir se deseja manter a porta NMS habilitada (sugere-se definir sempre como
"Used" para porta NMS, mesmo que não seja usada);
 Demais opções, manter como no exemplo abaixo:
2.1.3.2 Definir para quais MODEMs "sairá" a DCN

Todos os MODEMs disponíveis devem ser usados para DCN.

 Clicar em "MODEM Port Setting" e definir como "Used" em todos os MODEMs;


 Demais opções, manter como o exemplo abaixo:
2.1.3.3 Definir se será usada DCN In-Band

Caso o projeto defina o uso de VLAN In-Band, executar as configurações abaixo.

 Clicar em "Inband Management VLAN Setting" e definir como "Used" uma das
"Inband Managementxx" disponíveis
 Definir a VLAN ID a ser utilizada (manter demais opções conforme abaixo):

 Adicionar uma VLAN com o mesmo ID definido acima e associá-la à porta onde estará
a DCN(ver Manual de Configuração iPasolink VR). Não associar aos MODEMs !:
2.1.4 Definir Endereços IPs

Os passos a seguir dependem do projeto de DCN para cada rádio. Os dados a seguir devem ser
definidos no projeto de DCN:

 Quantas redes IPs diferentes (Bridges) terá este NE;


 Qual IP e máscara de cada Bridge;
 Qual porta ou VLAN (no caso de In-Band) faz parte de cada Bridge;
 Se determinada Bridge deve ter o protocolo STP (pacotes BPDU) bloqueado;
 A configuração deve ser feita abrindo-se a opção Network Management Setting -> Bridge
Setting, clicando-se em "Setup";
 Preencher a janela segundo o projeto (ver exemplo abaixo):
 Para cada Bridge extra definida no projeto (além da Bridge01), selecionar "Bridge
Usage" = Used;
 Entrar com o Gateway padrão do NE;
 Entrar com IP e máscara de cada Bridge;
 Selecionar o "Primary IP Address" para o IP que aparecerá na gerencia com sendo
o IP do rádio (apenas uma Bridge será o "Primary IP Address");
 Selecionar qual porta, MODEM e VLAN InBand (se tiver) pertencerá a cada Bridge;
 Caso uma porta não deva rodar STP (pode ser o caso de rádios ligados
diretamente a Switches com "BPDU Guard" habilitado), selecionar "STP Auto
Configuration" em Manual e "STP Usage" como "Not Used";
 Configurações de IPv6 e Router, manter conforme abaixo:

Gateway
Padrão
Bridge02 será
usada neste NE

Porta NE1 e
MODEMs ficaram
na Brdge01 Porta NMS ficou na
Bridge02 e o IP deste
NE aparecerá no NMS
como 157.213.248.1

VLAN InBand
está na Bridge02

Na VLAN 1234 e porta


NMS não terá STP