Você está na página 1de 58

COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES

PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

PROCESSO N. 2017/020998

PREGÃO PRESENCIAL N. 081/2017/MP

1. PREÂMBULO

1.1 O Ministério Público do Estado de Santa Catarina - MPSC, inscrito no CNPJ sob n. 76.276.849/0001-54, torna público
que realizará licitação na modalidade PREGÃO PRESENCIAL, tipo MENOR PREÇO, destinada ao recebimento de
propostas para REGISTRO DE PREÇOS, com base no disposto nas Leis: n. 10.520/2002; n. 8.666/1993; Lei Complementar
n. 123/2006 e normas internas que podem ser acessadas no site: www.mpsc.mp.br.

1.2 Integram este edital, dele fazendo parte como se transcritos em seu corpo, os seguintes anexos:

1.2.1 Anexo I - Objeto Detalhado;


1.2.2 Anexo II - Planilha de Custos;
1.2.3 Anexo III - Formulário da Proposta de Preços;
1.2.4 Anexo IV - Carta de Preposição;
1.2.5 Anexo V - Declaração de não parentesco;
1.2.6 Anexo VI - Declaração de Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte;
1.2.7 Anexo VII - Minuta da Ata de Registro de Preços;
1.2.8 Anexo VIII - Minuta da Autorização de Serviço;
1.2.9 Anexo IX - Minuta do Contrato e Anexos I, II, III e IV do Contrato;
1.2.10 Anexo X - Modelo de Planilha de Formação de Custos dos Serviços;
1.2.11 Anexo XI - Declaração de contratação futura do profissional responsável técnico;
1.2.12 Anexo XII - Declaração de disponibilidade de profissionais; e,
1.2.13 Anexo XIII - Declaração de cumprimento do disposto no artigo 7º, XXXIII, da CF/88.

2. CRONOGRAMA

2.1 Data da sessão do Pregão 07/12/2017, às 13 horas, à Rua Pedro Ivo, n. 231 – Ed. Campos Salles, Pilotis, Sala 002 (Sala
de Licitações), Centro, Florianópolis/SC, CEP. 88.010-070.

3. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

3.1 Quaisquer questionamentos acerca do edital, inclusive os de ordem técnica, deverão ser encaminhados
exclusivamente por e-mail, dirigidos ao Pregoeiro, para o endereço licitacao@mpsc.mp.br, até 02 (dois) dias úteis antes
da data designada para a abertura das propostas.

3.2 Os questionamentos serão respondidos pelo Pregoeiro por e-mail, e os eventuais esclarecimentos, de interesse
geral, serão divulgados no portal www.mpsc.mp.br – link “licitações”.

3.3 Os interessados deverão consultar o sítio do MPSC - http://www.mpsc.mp.br para obter informações sobre esta
licitação, facultado a este Órgão o envio de informações por outro meio.

3.4 A entrega de impugnações, razões e contrarrazões de recursos, deverá ser realizada, alternativamente: por meio
eletrônico para o endereço licitacao@mpsc.mp.br; por meio postal à Comissão de Licitação do MPSC – Rua Pedro Ivo, n.
231, andar térreo, sala 002, Centro, Florianópolis/SC, CEP. 88.010-070, Edifício Campos Salles.

4. DO OBJETO

4.1 Efetuar registro de preços, com prazo máximo de 12 (doze) meses, para manutenção corretiva e preventiva, de
aparelhos condicionadores de ar tipo Split, Split Piso-Teto, Split Cassete e Janeleiros, com fornecimento de peças e
materiais, nos municípios das REGIÕES PLANALTO (Anita Garibaldi, Bom Retiro, Caçador, Campo Belo do Sul, Campos
Novos, Capinzal, Curitibanos, Fraiburgo, Herval D’Oeste, Joaçaba, Lages, Lebon Regis, Otacílio Costa, Santa Cecília, São
Joaquim, Tangará, Urubici e Videira), e OESTE (Abelardo Luz, Anchieta, Campo Erê, Catanduvas, Chapecó, Concórdia,
Coronel Freitas, Cunha Porã, Descanso, Dionísio Cerqueira, Ipumirim, Itá, Itapiranga, Maravilha, Modelo, Mondaí,
Palmitos, Pinhalzinho, Ponte Serrada, Quilombo, São Carlos, são Domingos, São Lourenço do Oeste, São José do Cedro,
São Miguel do Oeste, Seara, Xanxerê e Xaxim), conforme especificações contidas neste edital.

5. DO PREÇO MÁXIMO

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

5.1 O preço máximo do objeto está estipulado no Anexo II – Planilha de Custos.

6. DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO

6.1 Poderão participar deste certame licitantes que estejam legalmente constituídos e atendam as especificações
contidas neste edital.

6.2 Para participar da presente licitação, os interessados deverão apresentar a PROPOSTA DE PREÇO e a
DOCUMENTAÇÃO DE HABILITAÇÃO, em envelopes separados, fechados, opacos, contendo externamente os seguintes
dizeres:

ENVELOPE N. 1: PROPOSTA DE PREÇO


LICITANTE: ...................................................
ÓRGÃO LICITANTE: MINISTÉRIO PÚBLICO/SC
PREGÃO PRESENCIAL N. 081/2017/MP

ENVELOPE N. 2: DOCUMENTAÇÃO DE HABILITAÇÃO


LICITANTE: .......................................
ÓRGÃO LICITANTE: MINISTÉRIO PÚBLICO/SC
PREGÃO PRESENCIAL N. 081/2017/MP

6.3 É vedada a participação de licitantes suspensos ou impedidos de licitar e contratar com o MPSC, ou declarados
inidôneos para licitar ou contratar com a Administração Pública (conforme art. 9.º, incisos I, II e III, e art. 87, incisos III
e IV, ambos da lei 8.666/93), ou cujos dirigentes ou responsáveis técnicos sejam servidores ou membros do MPSC, bem
como licitantes em situação de falência, recuperação judicial ou insolvência:

6.3.1 Estão vedadas de celebrar contrato com o Ministério Público do Estado de Santa Catarina, para fornecimento
de mão-de-obra, as empresas que tenham em seus quadros como sócios, diretores ou gerentes, cônjuge,
companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, de membro ou
servidor ocupante de cargo de direção, chefia ou assessoramento do quadro de Membros e Servidores do MPSC;

6.3.2 É vedada a prestação de serviço por empregados de empresas fornecedoras de mão-de-obra que sejam
cônjuges, companheiros ou parentes em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, de
membro ou de servidor do Ministério Público de Santa Catarina, nela compreendida o ajuste mediante o
acolhimento recíproco para a prestação de serviço entre os Ministérios Públicos ou entre esses e órgãos da
Administração Pública direta e indireta dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios.

6.4 É vedada a participação de licitantes cuja atividade-fim não for compatível com o objeto desta licitação, que será
comprovada por intermédio do ato constitutivo em vigor (documento consolidado ou acompanhado de todas as
alterações), podendo ser acrescido a este documentação complementar que possibilite identificar a compatibilidade da
atividade fim com o objeto da licitação.

6.5 É vedada a participação de licitantes que estejam sob aplicação de sanções, conforme termos da Lei n. 12.846/2013:

6.5.1 A verificação de eventual enquadramento na situação de que trata o item 6.5, será realizada mediante
consulta junto ao Cadastro Nacional de Empresas Inidôneas e Suspensas – CEIs, pelo link
http://www.portaldatransparencia.gov.br/ceis e junto ao Cadastro Nacional de Condenações Cíveis por Ato de
Improbidade Administrativa, pelo link http://www.cnj.jus.br/improbidade_adm/consultar_requerido.php

7. DA PARTICIPAÇÃO DA MICROEMPRESA E DA EMPRESA DE PEQUENO PORTE

7.1 Será assegurada, como critério de desempate, preferência de contratação para as microempresas e empresas de
pequeno porte, entendendo-se por empate aquelas situações em que as propostas apresentadas pelas microempresas
ou empresas de pequeno porte sejam até 5% (cinco por cento) superiores à proposta mais bem classificada (artigo 44, §
2º da LC 123/2006).

7.2 Ocorrendo o empate, a microempresa ou empresa de pequeno porte melhor classificada poderá apresentar
proposta inferior ao menor lance, situação em que será declarada vencedora da etapa de lances.

7.3 Caso a microempresa ou empresa de pequeno porte não apresente proposta de preço inferior àquela considerada
vencedora, serão convocadas as remanescentes que porventura se enquadrarem na hipótese do artigo 44, § 2º da LC
123/2006, na ordem classificatória, para o exercício do mesmo direito.

7.4 A oferta da microempresa ou empresa de pequeno porte, deverá ser feita no prazo máximo de 5 (cinco) minutos
SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

contados da convocação pelo Pregoeiro, sob pena de preclusão (art. 45, § 3º da LC 123/2006).

7.5 As disposições deste item somente serão aplicadas quando a proposta melhor classificada ao final da etapa de lances
não tiver sido apresentada por microempresa ou empresa de pequeno porte (artigo 45, § 2º da LC 123/2006).

7.6 Na hipótese de microempresa ou empresa de pequeno porte sagrar-se vencedora, deverá apresentar toda a
documentação exigida para habilitação, inclusive para efeito de comprovação de regularidade fiscal, mesmo que esta
última apresente alguma restrição (artigo 43, § 1º da LC 123/2006).

7.7 Havendo restrição na comprovação da regularidade fiscal, será concedido o prazo de 5 (cinco) dias úteis, cujo termo
inicial corresponderá ao momento em que o licitante for declarado vencedor do certame, prazo este prorrogável por
igual período, a critério da Administração, para regularização da documentação, pagamento ou parcelamento do
débito, e emissão de eventuais certidões negativas ou positivas com efeito de negativa (artigo 43, § 1º da LC 123/2006).

7.8 A documentação fiscal regularizada deverá ser entregue ao Pregoeiro ou à Comissão de Licitação no endereço
citado no item 3.4 das DISPOSIÇÕES PRELIMINARES, dentro do prazo estipulado no item anterior:

7.8.1 No caso de remessa postal da documentação, deverá ser enviado o Recibo de Postagem da E.C.T ou Código de
Rastreamento Postal, por fax ou e-mail, para o endereço citado nas DISPOSIÇÕES PRELIMINARES, no mesmo prazo
do item 7.7.

7.9 A não regularização da documentação no prazo previsto implicará decadência do direito à contratação, sem
prejuízo das sanções previstas no artigo 81 da Lei n. 8.666/93 e neste edital, sendo facultado à Administração convocar
os licitantes remanescentes, na ordem de classificação, conforme estipulado neste edital.

7.10 A Declaração de Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte – modelo sugerido no Anexo V, deverá ser
apresentada ao Pregoeiro no momento determinado no item 13.13 deste edital, sob pena de não poder gozar dos
direitos previstos nos artigos 43 e 44 da Lei Complementar n. 123, de 14/12/2006.

7.11 Será realizada consulta no Portal da Transparência em: http://transparencia.gov.br para verificar o efetivo
enquadramento como MP/EPP, nos termos do Art. 3º, II, da LC 123/2006:

7.11.1 Após a fase de lances, constatado o extrapolamento referido no item 7.11, o Pregoeiro indeferirá a aplicação
do tratamento diferenciado constante no item 7.2, sem prejuízo das penalidades cabíveis.

8. DA IMPUGNAÇÃO AOS TERMOS DO EDITAL

8.1 As impugnações ao edital deverão ser dirigidas ao Pregoeiro, observando-se os termos do item 3.4 das DISPOSIÇÕES
PRELIMINARES, no prazo máximo de 02 (dois) dias úteis anteriores à data fixada para sessão do pregão:

8.1.1 Somente serão consideradas recebidas, dentro do prazo legal acima estabelecido, as impugnações que forem
protocoladas ou registradas eletronicamente por uma das formas previstas no item 3.4 das DISPOSIÇÕES
PRELIMINARES.

8.2 O pregoeiro opinará, de forma fundamentada, com a oitiva da Comissão de Licitação, se assim achar necessário, pela
procedência ou improcedência das impugnações, que serão decididas pela Autoridade Superior.

8.3 A decisão que determinar a modificação dos termos do edital ensejará sua republicação, reabrindo-se os prazos
inicialmente estabelecidos, exceto quando, inquestionavelmente, as alterações não afetarem a formulação das
propostas.

8.4 Devido à política de segurança virtual implantada no âmbito do MPSC, mensagens enviadas de alguns provedores
ao endereço eletrônico indicado nas DISPOSIÇÕES PRELIMINARES poderão ser devolvidas ao remetente. É
responsabilidade do impugnante confirmar o recebimento do e-mail pelos telefones (48) 3330-2134, 2178, 2179, 2533.

9. DO CREDENCIAMENTO

9.1 O Pregoeiro somente credenciará os representantes legais dos licitantes que apresentarem os seguintes
documentos:

9.1.1 Ato constitutivo em vigor (documento consolidado ou acompanhado de todas as alterações) devidamente
registrado;

9.1.2 Documento de identificação com foto (original ou cópia autenticada) do representante legal; e,

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

9.1.3 Declaração de que não incide nas vedações de que trata o item 6.3.1 e 6.3.2 do edital. (Modelo sugerido no
Anexo V).

9.2 O licitante poderá se fazer representar por procurador ou preposto, cujo credenciamento é condicionado à
apresentação dos seguintes documentos:

9.2.1 Ato constitutivo em vigor (documento consolidado ou acompanhado de todas as alterações), devidamente
registrado;

9.2.2 Documento de identificação com foto (original ou cópia autenticada), do procurador ou preposto;

9.2.3 Procuração ou carta de preposição – modelo sugerido no Anexo IV, assinada pelo representante legal do
licitante e com firma reconhecida, ou sua cópia autenticada:

9.2.3.1 A apresentação de procuração pública, original ou cópia autenticada, dispensa o reconhecimento de


firma do outorgante.

9.2.4 Declaração de que não incide nas vedações de que trata o item 6.3.1 e 6.3.2 do edital. (Modelo sugerido no
Anexo V);

9.3 Cada credenciado poderá representar apenas um licitante.

9.4 Somente poderá participar da fase de lances verbais deste pregão o procurador, o preposto ou o representante legal
do licitante, que estiver devidamente credenciado.

10. DA APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA DE PREÇOS

10.1 O envelope PROPOSTA DE PREÇO deverá conter a proposta, emitida em 1 (uma) via, impressa, datada, devidamente
identificada e assinada pelo representante legal do licitante, sem emendas, rasuras ou entrelinhas, além de conter as
seguintes informações, sob pena de desclassificação:

10.1.1 DESCRIÇÃO DO OBJETO – a proposta deverá descrever o objeto ofertado pelo licitante ao MPSC;

10.1.2 PREÇO – Os preços deverão ser cotados em REAL, com até duas casas decimais após a vírgula, inclusos os
impostos, taxas, seguro, frete e demais despesas incidentes sobre o objeto, com cotação única de preços
discriminando os valores conforme o Anexo III – Formulário de Proposta de Preço, deste edital;

10.1.3 VALIDADE DA PROPOSTA – O prazo de validade da proposta não poderá ser inferior a 60 (sessenta) dias (art.
6º, da Lei n. 10.520, de 17/07/2002), tendo por termo inicial a data da sessão:

10.1.3.1 A PROPOSTA que omitir o prazo de validade será considerada como válida pelo período de 60 (sessenta)
dias, contados da sessão pública em que for aberta a PROPOSTA DE PREÇO;

10.1.3.2 Somente será aceita a proposta que contemple a totalidade dos quantitativos do lote.

10.1.4 GARANTIA – O prazo de garantia dos objetos deverá estar expresso na proposta de preço do licitante, não
devendo o prazo ser inferior ao solicitado no Anexo I – Objeto detalhado – “Considerações Acerca da Garantia dos
Serviços e Materiais”, sob pena de desclassificação;

10.1.5 O licitante deverá fazer constar na proposta seus DADOS CADASTRAIS, bem como as demais informações
requisitadas no Anexo III – Formulário de Proposta de Preço, deste edital, inclusive quanto à opção pelo SIMPLES
NACIONAL para que se verifiquem as condições estabelecidas no Anexo 2, art. 1º, inciso XI, e art. 5º, ambos do
RICMS-SC, aprovado pelo Decreto Estadual n. 2.870, de 27 de agosto de 2001;

10.1.6 Deverá ser apresentado juntamente com a proposta de preços, “Planilha de Formação de Custos dos
Serviços” (modelo sugerido no Anexo X), para os itens do objeto relativos aos serviços, contemplando os custos
diretos e indiretos envolvidos, encargos, tributos, etc, sendo que esta planilha deverá representar efetivamente a
composição dos custos que originaram o preço ofertado pelo licitante:

10.1.6.1 O licitante poderá utilizar, como referência, o modelo de planilha sugerido no Anexo X, deste edital,
realizando as adaptações necessárias à realidade da empresa.

10.2 O licitante que se utilizar da base de cálculo do ICMS reduzida deverá informar na sua Proposta de Preço a
incidência do benefício fiscal, sob pena de não poder usufruí-lo.

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

11. DA ISENÇÃO DE ICMS

11.1 Por força do disposto no Anexo 2, art. 1º, inciso XI, e art. 5º, ambos do RICMS-SC, aprovado pelo Decreto Estadual n.
2.870, de 27 de agosto de 2001, o transporte e a aquisição de mercadorias realizadas pelo MPSC, de contribuintes
estabelecidos no Estado de Santa Catarina, são isentos de ICMS, mediante desconto no preço do valor equivalente ao
imposto dispensado e demonstração do valor do desconto no documento fiscal.

11.2 Exemplo:

Mercadoria sujeita à alíquota de 17%:


Valor da mercadoria: R$ 100,00
Desconto: R$ 17,00
Valor s/ ICMS: R$ 83,00
Valor pago pelo MPSC R$ 83,00

11.3 Nos casos em que for aplicável a isenção do ICMS, o licitante deverá, obrigatoriamente, informar a respectiva
alíquota na proposta.

11.4 Caso a mercadoria fornecida ao MPSC tiver sido importada do exterior do País, a isenção fica sujeita à
comprovação de inexistência de produto similar nacional, atestada por órgão federal especializado ou por entidade
representativa do setor produtivo da mercadoria.

11.5 A referida isenção não se aplica às saídas de bens ou mercadorias sujeitas ao regime de substituição tributária,
quando efetuada por estabelecimento substituído, conforme o art. 1º, § 5º, inciso IV, alínea c, do Anexo 2 do RICMS-SC.

11.6 A referida isenção não se aplica às aquisições de produtos de empresas cadastradas no SIMPLES/Nacional e às
aquisições de produtos de empresas sediadas em outros Estados:

11.6.1 O licitante deverá comprovar o enquadramento na condição de optante pelo SIMPLES/Nacional.

11.7 Na proposta e lances deverá estar contido o ICMS, mesmo que o licitante seja beneficiário da isenção retro
mencionada.

12. DA APRESENTAÇÃO DOS DOCUMENTOS PARA HABILITAÇÃO

12.1 O envelope n. 2 – DOCUMENTAÇÃO DE HABILITAÇÃO deverá conter os documentos abaixo relacionados:

12.1.1 HABILITAÇÃO JURÍDICA:

12.1.1.1 Ato constitutivo do licitante:

12.1.1.1.1 Quando se tratar de EMPRESÁRIO, deverá ser apresentado documento comprobatório de inscrição
do mesmo no Registro Público de Empresas Mercantis da Junta Comercial do local de sua sede;

12.1.1.1.2 Quando se tratar de SOCIEDADE SIMPLES deverá ser apresentado Contrato acompanhado das
modificações averbadas, tudo devidamente registrado no Registro Civil das Pessoas Jurídicas do local de sua
sede;

12.1.1.1.3 Quando se tratar de SOCIEDADE EMPRESÁRIA deverá ser apresentado o Estatuto ou o Contrato
Social (documento consolidado ou acompanhado de todas as alterações), tudo devidamente registrado no
Registro Público de Empresas Mercantis da Junta Comercial do local de sua sede;

12.1.1.1.4 Quando se tratar de SOCIEDADES POR AÇÕES também deverão apresentar cópia da Ata da eleição
de seus administradores registrada na Junta Comercial; e,

12.1.1.1.5 Quando se tratar de SOCIEDADES ESTRANGEIRAS em funcionamento no País deverão apresentar o


respectivo decreto de autorização e, quando a atividade o exigir, o ato de registro ou autorização para
funcionamento expedido pelo órgão competente.

12.1.2 REGULARIDADE FISCAL E TRABALHISTA:

12.1.2.1 Prova de Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ);

12.1.2.2 Prova de regularidade relativa aos Tributos Federais e à Dívida Ativa da União;
SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

12.1.2.3 Certificado de regularidade do FGTS, expedido pela Caixa Econômica Federal;

12.1.2.4 Prova de regularidade com a Fazenda Municipal e Fazenda Estadual:

12.1.2.4.1 Para os municípios que emitem Prova de Regularidade para com a Fazenda em separado, os
licitantes deverão apresentar duas certidões, comprovando sua situação regular referente aos tributos
Mobiliários e Imobiliários:

12.1.2.4.1.1 Na impossibilidade da apresentação da certidão referente aos tributos Imobiliários, será


admitido outro documento que comprove a regularidade, ou, na falta deste, declaração do próprio
licitante de que não é contribuinte de tributos Imobiliários.

12.1.2.4.2 Para comprovação da Regularidade para com a Fazenda estadual, deverá ser apresentada a
Certidão Negativa de Débitos emitida pelo órgão fazendário do Estado em que a empresa possui domicílio
ou sede, abrangendo os débitos fiscais inscritos e não inscritos na dívida ativa:

12.1.2.4.2.1 Caso a unidade fiscal dispense, para fins de habilitação em licitação ou contratação direta, a
prova de regularidade no tocante aos débitos não inscritos na dívida ativa, caberá ao licitante
comprovar essa informação; e,

12.1.2.4.2.2 Licitante sediado em outro Estado da Federação deverá apresentar também Certidão
Negativa de Débitos do Estado de Santa Catarina.

12.1.2.5 Prova de regularidade Trabalhista, mediante comprovação da inexistência de débitos inadimplidos


perante a Justiça do Trabalho, nos termos da Lei n. 12.440, de 7/7/2011;

12.1.2.6 Serão aceitas certidões positivas, com efeito de negativas, para comprovação da regularidade fiscal e
trabalhista.

12.1.3 QUALIFICAÇÃO ECONÔMICA FINANCEIRA:

12.1.3.1 Quando se tratar de pessoa jurídica ou empresário, deverá apresentar certidão negativa de falência e
recuperação judicial, expedida pelo distribuidor do foro da comarca em que está sediado o licitante;

12.1.4 QUALIFICAÇÃO TÉCNICA:

12.1.4.1 O licitante deverá apresentar Certidão de Registro e Regularidade no Conselho Regional de Engenharia
e Agronomia (CREA);

12.1.4.2. O licitante deve comprovar que possui em seu quadro permanente de funcionários, na data prevista
para entrega da proposta, profissional de nível superior ou técnico de nível médio, cuja formação seja
compatível com o objeto desta licitação (Engenheiro Mecânico, Técnico em Refrigeração, Engenheiro Eletricista
ou Técnico em Eletrotécnica), reconhecido pela entidade profissional (CREA), detentor de atestado de
responsabilidade técnica relativo à execução dos serviços:

12.1.4.3.2 A comprovação de que o profissional pertence ao quadro permanente do licitante deverá se dar
mediante a apresentação dos seguintes documentos:

12.1.4.3.2.1 Cópia da carteira de trabalho do profissional comprovando que este pertence ao quadro do
licitante, ou;

12.1.4.3.2.2 Cópia do contrato social que demonstre a condição de sócio do profissional; ou,

12.1.4.3.2.3 Declaração de contratação futura do profissional Responsável Técnico, com a concordância


formal do mesmo, nos termos do Anexo XI, ou;

12.1.4.3.2.4 Cópia do contrato de prestação de serviços.

12.1.4.3 A comprovação do vínculo empregatício do profissional indicado como Responsável Técnico, na


hipótese de apresentação de declaração de contratação futura, deverá ser feita no momento da celebração
contratual, mediante apresentação de cópia da carteira de trabalho (CTPS) ou de contrato de prestação de
serviços, em que conste o licitante como CONTRATANTE.

12.1.5 Fica estabelecido que o licitante vencedor deverá apresentar ao GESTOR do Contrato, até 10 dias úteis após a
assinatura da ATA DE RP, a ART, com certificado de autenticidade e de quitação junto ao CREA, do Engenheiro
SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

Mecânico (ou Técnico em Refrigeração) e Engenheiro Eletricista (ou Técnico em Eletrotécnica) responsáveis pelos
serviços;

12.1.6 Declaração de cumprimento do disposto no artigo 7º, XXXIII, da CF/88 (Modelo sugerido no Anexo XIII).

12.2 O licitante inscrito no Cadastro Geral de Fornecedores do Estado de Santa Catarina poderá apresentar o certificado
de registro cadastral em substituição aos documentos de habilitação de que tratam os subitens 12.1.2 e 12.1.3, desde
que estes constem no respectivo cadastro e estejam dentro do prazo de validade.

12.3 FORMA DE APRESENTAÇÃO DOS DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO:

12.3.1 Todos os documentos deverão ser apresentados em originais, ou cópia de cada documento individualmente
autenticada, ou ainda, cópias simples que poderão ser autenticadas por membros ou servidores do MPSC, caso
estejam acompanhadas dos respectivos documentos originais:

12.3.1.1 Não serão aceitas “Solicitações de Inscrição”, ou “Protocolos de Pedidos”, ou “Previsões de


Regularização Futura” dos documentos exigidos no Edital.

12.3.2 Os documentos de habilitação apresentados pelo licitante, quanto obtidos via Internet, serão validados pelo
Pregoeiro após verificação de sua autenticidade no site da entidade que os emitiu:

12.3.2.1 Na hipótese de divergência de informações entre o documento apresentado e as constantes no site da


entidade que o emitiu, prevalecerão estas em relação àquelas.

12.3.3 No caso de impossibilidade de acesso à Internet para verificação da autenticidade das certidões, a Sessão será
suspensa e os licitantes serão intimados da data e horário do seu prosseguimento;

12.3.4 Os documentos apresentados deverão estar dentro do prazo de validade, sob pena de inabilitação;

12.3.5 Os documentos de habilitação que porventura não possuírem prazo de validade deverão conter data de
expedição não anterior a 90 (noventa) dias contados da data limite para entrega dos envelopes, exceto para os
documentos de qualificação jurídica, de qualificação técnica, CPF e CNPJ;

12.3.6 O licitante que optar em participar mediante apresentação de proposta elaborada por uma de suas filiais,
deverá apresentar todos os documentos exigidos para habilitação referentes unicamente à filial, exceto aqueles
que, pela própria natureza, sejam emitidos somente em nome da matriz;

12.3.7 Os documentos apresentados por ocasião do Credenciamento serão dispensáveis do envelope n. 2 –


Documentação de Habilitação.

13. DOS PROCEDIMENTOS DE RECEBIMENTO DOS ENVELOPES E JULGAMENTO

13.1 No dia, hora e local designados no CRONOGRAMA, o Pregoeiro declarará aberta a sessão e realizará o
credenciamento dos licitantes:

13.1.1 O licitante que desejar participar da sessão apenas com os envelopes “PROPOSTA DE PREÇO” e
“DOCUMENTAÇÃO DE HABILITAÇÃO”, deverá enviá-los para o endereço citado no item 3.4 das DISPOSIÇÕES
PRELIMINARES, ou apresentá-los até o momento da abertura da sessão.

13.2 Até o momento em que for encerrado o credenciamento dos licitantes, o Pregoeiro poderá receber documentos de
credenciamento daqueles que, porventura, não se encontravam presentes no horário estipulado no CRONOGRAMA.

13.3 Ato contínuo, o Pregoeiro receberá a Declaração de Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte, quando houver,
e os Envelopes n. 1 – Proposta de Preço e n. 2 – Documentação de Habilitação:

13.3.1 Os envelopes n. 2 – Documentação de Habilitação que não forem analisados serão devolvidos aos licitantes no
final da sessão; e,

13.3.2 Caso haja interposição de recurso, os envelopes contendo a Documentação de Habilitação ficarão em posse
da Comissão de Licitação até o julgamento do recurso, após o qual estarão disponíveis para retirada no endereço
citado no item 3 do Edital, no prazo de 30 (trinta) dias.

13.4 O Pregoeiro abrirá os envelopes de proposta de preço, registrará os preços ofertados no respectivo mapa,
indicando a de menor preço e aquelas que atendem ao disposto no inciso VIII do art. 4º da Lei n. 10.520/2002, e

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

verificará a conformidade destas propostas com os requisitos do Anexo I – Objeto Detalhado, do instrumento
convocatório:

13.4.1 Serão admitidas para a etapa de lances verbais:

13.4.1.1 A proposta comercial com menor preço, desde que atendidos os requisitos constantes do Anexo I –
Objeto Detalhado, do instrumento convocatório;

13.4.1.2 As propostas comerciais com preços até 10% (dez por cento) superiores àquela e que, igualmente,
tenham atendido os requisitos constantes do Anexo I – Objeto Detalhado, do instrumento convocatório.

13.4.2 Caso duas ou mais propostas comerciais, admitidas para a etapa de lances, apresentem preços iguais, será
realizado sorteio para determinação da oferta de lances; e,

13.4.3 Não havendo pelo menos três propostas comerciais aptas à fase de lances nas condições definidas no subitem
13.4.1, serão admitidas à etapa de lances aquelas superiores ao limite definido no inciso VIII do art. 4º da Lei n.
10.520/2002, até que se complete o número de três licitantes, desde que tenham atendido os requisitos do Anexo I –
Objeto Detalhado, do instrumento convocatório.

13.5 A oferta dos lances será sucessiva, distinta, na ordem decrescente dos preços e deverá ser efetuada pelo preço total
do lote no momento em que for conferida a palavra ao licitante.

13.6 É vedada a oferta de lance com vista ao empate.

13.7 Durante a etapa de lances, quando na sua oportunidade de ofertar novo lance não puder cobrir o menor preço
apresentado, o licitante poderá oferecer um último lance para melhorar o seu preço, mesmo que este seja superior ao
menor preço registrado até aquele momento.

13.8 A desistência em apresentar lance verbal, quando convocado pelo Pregoeiro, implicará exclusão do licitante da
etapa de lances verbais e na manutenção do último preço apresentado pelo licitante, para efeito de ordenação das
propostas.

13.9 Encerrada a disputa de lances, o Pregoeiro:

13.9.1 Verificará se existe proposta de licitante micro ou pequena empresa em situação de empate ficto com o
menor lance, para, em caso afirmativo, facultar-lhe o exercício ao direito de desempate;

13.9.2 Analisará acerca da aceitabilidade do menor lance, com base nos orçamentos obtidos pela administração
e/ou preço máximo estabelecido;

13.9.3 Negociará a redução dos preços; e,

13.9.4 Declarará o vencedor da etapa de lances.

13.10 Embora seja considerado o preço total do lote para efeito de lances e classificação, o licitante classificado em
primeiro lugar deverá, no momento da Sessão Pública do Pregão, quando indagado pelo Pregoeiro, definir o preço por
item, sendo que este preço não poderá ultrapassar o preço máximo estabelecido para o item, bem como não poderá em
hipótese alguma, ser superior ao preço apresentado na proposta inicial.

13.10.1 No caso de readequação da proposta após a fase de lances, os valores unitários deverão sofrer a readequação
proporcional ao percentual reduzido no lote.

13.11 Caso não seja possível a imediata recomposição dos preços resultantes dos lances, o Pregoeiro estabelecerá um
prazo de até 24 (vinte e quatro) horas para que o licitante apresente nova proposta à comissão de Licitação, no
endereço citado no item 3 do Edital, em original assinado, ou envie para e-mail licitacao@mpsc.mp.br assinada e
digitalizada, sob pena de desclassificação.

13.12 Ato contínuo, o Pregoeiro examinará os documentos contidos no Envelope n. 2 – Documentação de Habilitação do
licitante cuja proposta fora declarada vencedora da etapa de lances.

13.13 Será inabilitado o licitante que não apresentar a documentação em situação regular.

13.14 Frustrada a habilitação do licitante cuja proposta fora declarada vencedora da etapa de lances, o Pregoeiro
examinará o cumprimento das condições de habilitação do(s) licitante(s) subsequente(s) segundo a ordem de
classificação na etapa de lances verbais, até apurar o licitante que atenda os requisitos de habilitação expressos no
Edital, sendo este declarado habilitado e, assim, vencedor do certame.
SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

13.15 O Pregoeiro poderá, também, analisar a habilitação de tantos licitantes quanto necessários, para atingir o número
de até três habilitados.

13.16 Da Sessão Pública será lavrada ata circunstanciada, devendo ser assinada pelo Pregoeiro, seus Assistentes e por
todos os licitantes presentes.

14. DO PROCEDIMENTO PARA SANAR FALHAS ESCUSÁVEIS

14.1 No julgamento das propostas e da habilitação, o Pregoeiro poderá sanar erros ou falhas que não alterem a
substância das propostas, dos documentos, mediante despacho fundamentado, registrado em ata e acessível a todos.

15. DOS RECURSOS ADMINISTRATIVOS

15.1 Declarado o vencedor, qualquer licitante poderá manifestar imediata e motivadamente a intenção de recorrer,
quando lhe será concedido o prazo de 3 (três) dias para a apresentação das razões de recurso, ficando os demais
licitantes desde logo intimados para apresentar contrarrazões em igual número de dias, que começarão a correr do
término do prazo do recorrente, sendo-lhes assegurada vista imediata aos autos.

15.2 A falta de manifestação imediata e motivada do desejo de recorrer importará na decadência do direito de recurso.

15.3 Sempre que for interposto recurso, deverá ser juntado aos autos os documentos, por ventura, apresentados pelo
recorrente, registrando-se a data e a hora em que foram entregues.

15.4 Não será recebido ou conhecido recurso intempestivo, meramente protelatório, que não seja interposto pelo
licitante ou por seu representante credenciado, ou quando os respectivos fundamentos não possuírem justificativa e
motivação em direito admissíveis.

15.5 As razões e contrarrazões do inconformismo serão dirigidas ao Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos
Administrativos e deverão ser enviadas ao Pregoeiro, na forma do item 3.4 das DISPOSIÇÕES PRELIMINARES:

15.5.1 O Pregoeiro lançará sua manifestação, de forma motivada, pelo indeferimento ou provimento do recurso, no
prazo de 5 (cinco) dias úteis, e nesse mesmo prazo encaminhará o recurso ao Subprocurador-Geral de Justiça para
Assuntos Administrativos que, por sua vez, proferirá decisão em 5 (cinco) dias úteis.

15.6 O acolhimento do recurso somente importará na invalidação dos atos insuscetíveis de aproveitamento.

16. DA HOMOLOGAÇÃO

16.1 Declarado o vencedor da licitação e não havendo manifestação dos licitantes quanto à intenção de interposição de
recurso, o processo será remetido ao Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Administrativos para homologação.

16.2 No caso de interposição de recurso, a homologação ocorrerá após seu julgamento.

17. DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

17.1 A ATA DE REGISTRO DE PREÇOS (ATA DE RP) é um documento vinculativo, obrigacional, com característica de
compromisso para eventual e futura contratação, na qual se registra o(s) licitante(s) classificado(s) e o(s) item(ns) com
os respectivo(s) preço(s) unitário(s).

17.2 Após a homologação do resultado deste pregão, o MPSC, respeitada a ordem de classificação, poderá convocar o(s)
licitante(s) habilitado(s), inclusive na hipótese do item 17.8, para a assinatura da ATA DE RP.

17.3 A convocação de que trata o item anterior deverá ser atendida no prazo máximo de 5 (cinco) dias úteis, úteis,
contados da intimação por telegrama, prorrogável apenas uma vez a critério do MPSC, sob pena de decair o direito à
contratação, sem prejuízo das sanções previstas.

17.3.1 O licitante vencedor deverá, até 10 dias úteis após a assinatura da ATA DE RP, na hipótese de apresentação de
declaração de contratação futura do profissional indicado como Responsável Técnico (subitem 12.1.4.3.2.3), fazer a
comprovação do respectivo vínculo empregatício por meio dos seguintes documentos:

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

17.3.1.1 – a) Cópia da carteira de trabalho; ou, b) Cópia do contrato social que demonstre a condição de sócio do
profissional; ou, c) Cópia de contrato de prestação de serviços;

17.3.1.2 Caso seja necessária, será admitida a substituição do profissional indicado, desde que demonstrada a
qualificação técnica equivalente e o vínculo profissional, mediante prévia aprovação do MPSC, no prazo de até
5 (cinco) dias contados da comunicação da empresa.

17.4 Caso os licitantes classificados e convocados não assinem a ATA DE RP no prazo que trata o subitem 17.3, a partir
da NOTIFICAÇÃO, ou não cumprirem o previsto no subitem 17.3.1, ficarão sujeitos, MEDIANTE PROCESSO
ADMINISTRATIVO, à multa de 10% (dez por cento) sobre o valor total estimado para a contratação, obtido por meio da
aplicação do valor unitário do(s) item(ns) sobre a quantidade máxima estimada para os 12 (doze) meses de registro.

17.5 Na hipótese de ocorrência do previsto no subitem anterior, será emitida NOTIFICAÇÃO DE COBRANÇA aos
licitantes classificados, que deverão fazer o recolhimento do valor da multa aos cofres públicos, no prazo definido no
respectivo Processo Administrativo.

17.6 Ao assinar a Ata, o licitante classificado e habilitado, conforme dispõem os subitens 17.2 e 17.3, passará à
denominação de DETENTOR DA ATA, comprometendo-se a cumprir todas as condições a serem praticadas,
determinadas neste edital e na proposta apresentada.

17.7 O prazo de validade da ATA DE RP será de até 12 (doze) meses, conforme Minuta da Ata de Registro de Preços,
ficando o seu detentor obrigado a manter o seu preço registrado por igual período.

17.8 Durante a vigência da ATA DE RP, o MPSC poderá convocar os demais fornecedores habilitados para fornecimento
do objeto, obedecendo a ordem de classificação dos preços após a etapa de lances, como registrados na Ata do pregão,
na hipótese de ocorrerem as seguintes situações:

17.8.1 Inexecução, pelo DETENTOR DA ATA, por qualquer motivo e consequente cancelamento de seu registro,
inclusive em caso fortuito ou de força maior; ou,

17.8.2 Quando, no caso de revisão de preços do classificado em primeiro lugar, este resultar em preço superior aos
demais preços registrados.

17.9. Na hipótese do item 17.8.2 nova ordem de classificação deverá ser estabelecida entre os preços registrados.

17.10 Na ocorrência da situação prevista no subitem 17.8, os licitantes melhor classificados, segundo registrado na Ata
da Sessão de Julgamento das Propostas e Documentação, serão convocados para assinar a ATA DE RP, para
fornecimento do saldo quantitativo e período remanescente, pelo preço consignado na ATA de RP anterior:

17.10.1 O licitante classificado e já habilitado em segundo lugar ou, se for o caso, nos subsequentes, será
NOTIFICADO de sua convocação e terá o prazo de 2 (dois) dias úteis para se pronunciar; ou,

17.10.2 Caso o licitante NOTIFICADO não concorde em assinar a ATA DE RP, o pedido de cancelamento de seu
registro deverá ser protocolado antes da data limite estabelecida no subitem 17.10.1. Os motivos alegados pelo
licitante serão apreciados com base na justificativa apresentada, na documentação acostada e no interesse público
envolvido, ficando a critério do MPSC o seu deferimento.

18. DA REVISÃO DE PREÇOS

18.1 O preço pactuado pelas partes para fornecimento do(s) objeto(s) da presente licitação poderá ser revisado a fim de
se manter o equilíbrio econômico-financeiro inicial da proposta, sempre que for verificada alteração substancial e
prejudicial a qualquer delas na relação entre os encargos do DETENTOR DA ATA e a retribuição financeira do MPSC
para justa remuneração do fornecedor.

18.2 Quando o MPSC constatar que o preço registrado é superior ao preço de mercado, convocará o DETENTOR DA ATA
para negociar a redução do preço. Se essa negociação não for satisfatória o MPSC poderá negociar com os demais
licitantes habilitados, obedecida a ordem de classificação ou realizar nova licitação específica para contratação
desejada.

18.3 Quando o DETENTOR DA ATA demonstrar que o preço de mercado é superior ao registrado e que não pode
cumprir o compromisso, o MPSC poderá liberá-lo do compromisso sem a aplicação de penalidade. Nesta hipótese
poderá negociar com os demais licitantes habilitados obedecida a ordem de classificação.

18.4 O pedido de revisão dos preços poderá ocorrer a qualquer tempo, desde que antes da emissão da Autorização de
Fornecimento.
SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

18.5 O pedido, fundamentado e devidamente instruído com provas que evidencie a necessidade da revisão de preço,
deverá ser endereçado à Coordenadoria de Operações Administrativas do MPSC, no endereço: rua Pedro Ivo, n. 231,
andar térreo, sala 002, Edifício Campos Salles, Centro, Florianópolis/SC, CEP. 88.010-070, com identificação do número
da ATA DE REGISTRO DE PREÇO, ou ainda, por e-mail: coad@mpsc.mp.br.

18.6 No caso de remessa postal, esta deverá ser comprovada mediante o envio do Recibo de Postagem ou Código de
Rastreamento Postal, da E.C.T, ao e-mail: coad@mpsc.mp.br no mesmo dia da postagem, a fim de evitar a emissão de
Autorização de Fornecimento ou Serviço concomitantemente ao pedido de revisão.

18.7 Não será apreciado o pedido de revisão de preços que não comprovar o desequilíbrio econômico-financeiro
sofrido.

19. DA EXECUÇÃO

19.1 A formalização do PEDIDO DE EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS, objeto desta licitação, dar-se-á por intermédio do
recebimento da notificação e pelo instrumento denominado Autorização de Serviço – AS, conforme modelo que consta
no Anexo VIII deste edital, a qual, após expedida, terá a força de contrato entre a Administração e o Detentor da Ata de
RP, ou por meio de assinatura do contrato, nos casos cabíveis, conforme modelo de minuta que consta no Anexo IX
deste edital.

19.2 O recebimento da notificação obriga o CONTRATADO a executar o objeto pelo preço registrado, e nas quantidades
estipuladas na AS.

19.3 O quantitativo expresso no Anexo I – Objeto Detalhado é estimado e representa a previsão do MPSC para as
contratações durante o período de 12 (doze) meses.

19.4 O MPSC não está obrigado a contratar os serviços especificados no Anexo I – Objeto Detalhado, ficando a seu
exclusivo critério a definição da quantidade e o momento da contratação.

19.5 Durante o prazo de validade da ATA DE REGISTRO DE PREÇOS – RP, seu DETENTOR fica obrigado a executar o
objeto ofertado, nas quantidades indicadas pelo MPSC em cada AS.

19.6 A existência do preço registrado não obriga o MPSC a firmar as contratações que dele poderão advir, facultada a
utilização de outros meios, respeitada a legislação vigente, sendo assegurado ao DETENTOR DA ATA DE RP a
preferência em igualdade de condições.

19.7 No caso de desistência de execução, ocorrerá o cancelamento do registro do DETENTOR DA ATA DE RP, sujeitando-
se este às sanções administrativas pertinentes.

19.8 Ocorrendo a situação narrada no subitem anterior, serão convocados os licitantes remanescentes devidamente
habilitados, obedecida a ordem de classificação, para subscrever nova ATA DE RP, pelo prazo remanescente, nas
mesmas condições da Ata de RP substituída.

19.9 Quando o pedido feito pela COENG ultrapassar a cifra de R$ 80.000,00 (oitenta mil reais), será assinado o respectivo
contrato de serviço, conforme Anexo IX – Minuta do Contrato e Anexos I, II e III do Contrato.

19.10 Na ocorrência do item 19.9, fica estabelecido que com o DETENTOR DA ATA DE RP será celebrado contrato, que
deverá ser assinado no prazo máximo de 3 (três) dias úteis, na Gerência de Contratos, Coordenadoria de Operações
Administrativas, a partir da comunicação por escrito para este fim, sob pena de decair do direito à contratação, sem
prejuízo das sanções previstas no art. 81 da Lei n. 8.666/1993.

19.11 Ocorrendo a decadência de que trata o item anterior, serão convocados os demais licitantes, observada a ordem
de classificação, para contratar o objeto desta licitação pelo preço registrado na sessão.

20. DA RESPONSABILIDADE DO DETENTOR DA ATA E DO CONTRATADO

20.1 O DETENTOR DA ATA tem o dever de:

20.1.1 Executar os objetos nas condições, no preço, nas quantidades, e no prazo estipulados na proposta e na
Autorização de Serviço – AS; e,

20.1.2 Manter, durante o prazo de validade do registro, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas na
licitação.
SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

20.2 Impossibilitado de cumprir o(s) prazo(s) de entrega, o CONTRATADO deverá adotar os seguintes procedimentos:

20.2.1 Protocolar o pedido de prorrogação de prazo antes da data limite para execução, junto ao Setor de
Engenharia Eletromecânica – SELMEC, no endereço: Rua Pedro Ivo, n. 231, 8º Andar térreo, sala 804, Edifício
Campos Salles, Centro, Florianópolis/SC, CEP. 88.010-070, ou ainda, pelos e-mails mecanica@mpsc.mp.br e
eletromecanica@mpsc.mp.br, devendo, no mínimo, constar:

20.2.1.1 Identificação do objeto, número do pregão, número do empenho e da ATA DE REGISTRO DE PREÇOS;

20.2.1.2 Justificativa, plausível, quanto à necessidade da prorrogação;

20.2.1.3 Documentação comprobatória; e,

20.2.1.4 Indicação do novo prazo a ser cumprido.

20.2.2 O(s) pedido(s) de prorrogação de prazo, em conformidade com o disposto no subitem anterior, será(ão)
apreciado(s) com base na justificativa apresentada, na documentação acostada e no interesse público envolvido,
ficando a critério do MPSC seu deferimento;

20.2.3 Caso o MPSC conceda a prorrogação do prazo, nova data-limite será estabelecida, em conformidade com o
deferido;

20.2.4 Caso o MPSC não conceda a prorrogação do prazo, o CONTRATADO estará sujeito às sanções administrativas
pertinentes;

20.2.5 Serão considerados intempestivos os pedidos de prorrogação efetuados após a expiração do prazo de
entrega; e,

20.2.6 O não cumprimento do disposto nos incisos anteriores facultará ao MPSC a adoção de medidas objetivando
possível rescisão contratual, incorrendo o DETENTOR DA ATA, conforme o caso, nas sanções administrativas
cabíveis.

21. DA RESPONSABILIDADE DO MINISTÉRIO PÚBLICO

21.1 O MINISTÉRIO PÚBLICO tem o dever de:

21.1.1 Efetuar o registro dos licitantes em ordem de classificação e assinar a Ata de Registro de Preços;

21.1.2 Conduzir os procedimentos relativos a eventuais renegociações dos preços registrados;

21.1.3 Acompanhar a entrega e execução dos objetos, verificando o cumprimento dos prazos, notificando ao
CONTRATADO quaisquer reclamações ou solicitações havidas;

21.1.4 Aplicar as penalidades previstas para o(s) caso(s) de descumprimento do pactuado nesta licitação;

21.1.5 Empenhar os recursos necessários garantindo o pagamento das Notas Fiscais em dia; e,

21.1.6 Publicar o extrato da ATA DE REGISTRO DE PREÇOS e de seus aditivos, se ocorrerem, no Diário Oficial
Eletrônico do MPSC.

22. DAS CONDIÇÕES DE ENTREGA, RECEBIMENTO, E EXECUÇÃO DO OBJETO

22.1 O recebimento do objeto da licitação está vinculado às necessidades do MPSC, às condições do item 19 do edital.

22.2 A execução do objeto deverá ocorrer nos prazos abaixo informados, que serão contados a partir do 1º (primeiro)
dia útil após o recebimento da notificação (telegrama ou e-mail):

22.2.1 Manutenção emergencial: prazo máximo de execução de 24 horas;

22.2.2 Manutenção corretiva não emergencial: prazo máximo de execução de 72 horas;

22.2.3 Manutenção preventiva: prazo máximo de 120 dias, dependendo da urgência;

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

22.2.4 No caso de assinatura de CONTRATO, os prazos de que tratam os subitens 22.2.1 a 22.2.3 iniciar-se-ão a partir
do primeiro dia de vigência do CONTRATO.

22.3 O CONTRATADO deverá comunicar ao Setor de Engenharia Eletromecânica – SELMEC, aos cuidados do Assistente
Técnico, pelos e-mails mecanica@mpsc.mp.br e eletromecanica@mpsc.mp.br, com, no mínimo, 2 (dois) dias úteis de
antecedência, a data da execução do objeto.

22.4 A execução do objeto deverá ser realizada no(s) local(is) indicado na Autorização de Serviço – AS, em dias de
expediente do MPSC, das 08:00 as 19:00 horas:

22.4.1 Conforme o caso e quando houver concordância expressa da Promotoria de Justiça os serviços poderão ser
realizados em horários pré-determinados, inclusive após as 19:00horas, ou ainda nos finais de semana e feriados.

22.5 O aceite na(s) nota(s) fiscal(is) e posterior envio para pagamento será efetuado pelo SELMEC, após parecer emitido
pelo Assistente Técnico no prazo de até 5 (cinco) dias úteis, caso estejam em conformidade com o solicitado no edital e
com a proposta da empresa.

22.6 Caso o SELMEC, com base no parecer do Assistente Técnico, recuse o objeto por estar em desacordo com as
especificações constantes do Anexo I do Edital, o CONTRATATO ficará obrigado a refazê-lo, às suas expensas, no prazo
máximo de 05 (cinco) dias, contados da data do termo de recusa do objeto, durante o qual continuará a correr o prazo
de execução, bem como contabilizada a eventual contagem de dias de atraso da execução.

22.7 O CONTRATADO não receberá o aceite na Nota Fiscal enquanto não regularizar a execução definitiva do objeto,
podendo haver aceite parcial em relação àqueles itens que estiverem de acordo com as especificações do Edital e
receberem o parecer de regularidade do Assistente Técnico.

22.8 Após a HOMOLOGAÇÃO, qualquer questão, técnica ou sobre a execução do objeto, suscitada pelo CONTRATADO
deverá ser encaminhada ao SELMEC, para os e-mails mecanica@mpsc.mp.br e eletromecanica@mpsc.mp.br.

22.9 Caso julgue necessário, o SELMEC solicitará que o CONTRATADO proceda vistoria “in-loco” dos locais de execução
dos serviços.

23. DA NATUREZA DA DESPESA ORÇAMENTÁRIA

23.1 As despesas decorrentes desta licitação correrão por conta dos recursos do orçamento do MPSC, Unidade
Orçamentária 4001, Subação 10117 (Manutenção, Conservação e Reforma das Instalações), Naturezas da Despesa
Orçamentária 3.3.90.39 (Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Jurídica).

24. DO PAGAMENTO

24.1 O pagamento devido ao CONTRATADO será efetuado com recursos do MPSC, por intermédio do Banco do Brasil,
Agência 3582-3, na conta corrente indicada pelo CONTRATADO, no prazo de até 10 (dez) dias úteis contados a partir da
data do aceite do material e/ou serviços na(s) nota(s) fiscal(is) apresentada(s) pela matriz ou filial do CONTRATADO, na
forma do item 22 do edital, ou, ainda, por meio de boleto bancário:

24.1.1 O CONTRATADO que não possuir conta corrente no Banco do Brasil poderá receber o pagamento em outras
instituições, mediante crédito em conta corrente do favorecido, ficando, contudo, responsável pelo pagamento das
tarifas bancárias derivadas da operação, conforme disposto na Portaria n. 1.708/2014/MP; e,

24.1.2 A conta corrente indicada pelo CONTRATADO deverá, obrigatoriamente, estar relacionada ao CNPJ, da matriz
ou da filial, do licitante vencedor.

24.2 O MPSC só efetuará o pagamento mediante a apresentação de nota fiscal emitida de forma correta, razão pela qual
os licitantes deverão observar os casos em que é obrigatório emitir nota fiscal eletrônica.

24.3 A nota fiscal que for apresentada com erro será devolvida ao CONTRATADO para retificação e reapresentação,
acrescendo-se ao prazo fixado no subitem 24.1 os dias que se passarem entre a data da devolução e a da
reapresentação.

24.4 A devolução da nota fiscal não aprovada pelo MPSC, em hipótese alguma servirá de pretexto para que o
CONTRATADO suspenda a entrega.

24.5 O MPSC procederá ao pagamento apenas dos fornecimentos efetivamente recebidos, única e exclusivamente por
meio de sua Coordenadoria de Finanças e Contabilidade.
SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

24.6 Caso seja firmado contrato para o fornecimento de material e/ou execução de serviço, as condições estão
estabelecidas no Anexo IX – Minuta de Contrato.

25. DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS

25.1 O atraso injustificado na execução do contrato, por culpa do CONTRATADO, o sujeitará ao pagamento de multa de
mora, sem prejuízo das demais sanções, que será aplicada na forma seguinte:

25.1.1 Atraso de até 10 (dez) dias, multa diária de 0,2% do valor atualizado do contrato;

25.1.2 Atraso superior a 10 (dez) dias, multa diária de 0,4% do valor atualizado do contrato, calculada sobre o total
dos dias em atraso, sem prejuízo da rescisão unilateral por parte do MPSC;

25.1.3 No caso de atraso no recolhimento da multa aplicada, incidirá nova multa sobre o valor devido, equivalente a
0,2% até 10 (dez) dias de atraso e 0,4% acima desse prazo, calculado sobre o total dos dias em atraso;

25.1.4 Os valores cobrados, a título de multa moratória, ficam limitados a 20% (vinte por cento) do valor total do
contrato:

25.1.4.1 Na hipótese da aplicação de multa atingir ou ultrapassar o limite previsto acima, caracterizar-se-á a
inexecução contratual, sujeitando o CONTRATADO às demais implicações legais.

25.2 Pela inexecução total ou parcial das condições estabelecidas neste ato convocatório, o MPSC poderá aplicar, sem
prejuízo das demais cominações legais, multas e penalidades previstas neste edital, as seguintes sanções:

25.2.1 Advertência por escrito, quando o CONTRATADO deixar de atender determinações necessárias à
regularização de faltas ou defeitos concernentes à execução dos serviços ou entrega dos bens;

25.2.2 Multa compensatória com percentual de 10% (dez por cento) sobre o valor atualizado do contrato;

25.2.3 Suspensão temporária de participação em licitações e impedimento de contratar com o MPSC por prazo não
superior a 5 (cinco) anos. Esta sanção sempre será aplicada, ressalvadas outras hipóteses não arroladas neste item,
quando o CONTRATADO, convocado dentro do prazo de validade da proposta: deixar de entregar ou apresentar
documentação falsa exigida para o certame; ensejar o retardamento da execução de seu objeto; não mantiver a
proposta; falhar ou fraudar a execução do contrato; comportar-se de modo inidôneo; ou cometer fraude fiscal; e,

25.2.4 Declaração de inidoneidade para licitar e contratar com a Administração Pública (conforme definição contida
no art. 6º, inciso XI, da lei 8.666/93) enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou até que seja
promovida a reabilitação perante a autoridade que aplicou a penalidade.

25.3 A multa deverá ser recolhida na Coordenadoria de Finanças e Contabilidade do MPSC, dentro do prazo de 5 (cinco)
dias úteis após a respectiva notificação por telegrama. Não solvida a multa, nos termos aqui previstos, será ela
descontada pelo MPSC dos créditos existentes em nome do CONTRATADO ou, não havendo esses ou sendo ela maior do
que o crédito, cobrada judicialmente com ônus ao devedor.

25.4 As penalidades previstas poderão ser minoradas ou não serão aplicadas quando o descumprimento do estipulado
no contrato ou no edital decorrer de justa causa ou impedimento devidamente comprovado e aceito pelo MPSC.

25.6 Caso seja firmado contrato para o fornecimento de material e/ou execução de serviço, as condições das sanções
administrativas estão estabelecidas no Anexo IX – Minuta de Contrato.

26. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

26.1 Estabelece-se que a simples apresentação de proposta pelos licitantes implicará a aceitação de todas as disposições
do presente edital.

26.2 Assegura-se ao MPSC o direito de:

26.2.1 Promover, em qualquer fase da licitação, diligência destinada a esclarecer ou a complementar a instrução do
processo (art. 43, parágrafo 3º, da Lei n. 8.666/93);

26.2.2 Revogar a presente licitação por razões de interesse público (art.49, caput, da Lei n. 8.666/93), decorrente de
SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

fato superveniente devidamente comprovado; e,

26.2.3 Adiar a data da sessão.

26.3 Os licitantes serão responsáveis pela fidelidade e legitimidade das informações e dos documentos apresentados,
em qualquer época ou fase do processo licitatório.

26.4 O desatendimento de exigências formais, não essenciais, não importará o afastamento da licitante, desde que
sejam possíveis a aferição da sua qualificação e a exata compreensão da sua proposta durante a realização da sessão
pública.

26.5 As normas que disciplinam este procedimento licitatório serão sempre interpretadas em favor da ampliação da
disputa, desde que não comprometam o interesse da Administração e a segurança do certame.

26.6 Nenhuma indenização será devida aos licitantes pela elaboração e/ou apresentação de documentos relativos à
presente licitação.

26.7 Na contagem dos prazos estabelecidos neste edital, excluir-se-á o dia do início e incluir-se-á o do vencimento, e
considerar-se-ão os dias consecutivos, exceto quando for explicitamente disposto em contrário:

26.7.1 Não haverá interrupção na contagem dos prazos nas hipóteses de prorrogação de prazo de entrega, apuração
de dias de atraso, entre outros.

26.8 Só se iniciam e vencem prazos em dias em que houver expediente no MPSC.

26.9 O resultado da presente licitação será publicado no Diário Oficial Eletrônico do MPSC.

26.10 Fica eleito o Foro da Comarca da Capital para dirimir conflitos que não possam ser resolvidos de forma amigável.

Florianópolis, 27 de novembro de 2017.

CRISTINE ANGULSKI DA LUZ JOSÉ WILTON SOUSA DE FREITAS


Promotora de Justiça Pregoeiro
Presidente da Comissão de Licitação

CHEFE DO SETOR DE ENGENHARIA ELETROMECÂNICA


Assistente Técnico

Membros da Comissão:

CARLOS EDUARDO CABRAL RODRIGUES AMARU BARROS SALMOM DE SOUZA

CARLOS VALDECI SILVANO EMANUELLE DORIGATTI

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

ANEXO I – OBJETO DETALHADO

OBJETO: Efetuar registro de preços, com prazo máximo de 12 (doze) meses, para manutenção corretiva e manutenção
preventiva, de aparelhos condicionadores de ar tipo Split, Split Piso-Teto, Split Cassete e Janeleiros, com fornecimento de
peças e materiais, nos municípios das REGIÕES PLANALTO (Anita Garibaldi, Bom Retiro, Caçador, Campo Belo do Sul, Campos
Novos, Capinzal, Curitibanos, Fraiburgo, Herval D’Oeste, Joaçaba, Lages, Lebon Regis, Otacílio Costa, Santa Cecília, São
Joaquim, Tangará, Urubici e Videira), e OESTE (Abelardo Luz, Anchieta, Campo Erê, Catanduvas, Chapecó, Concórdia, Coronel
Freitas, Cunha Porã, Descanso, Dionísio Cerqueira, Ipumirim, Itá, Itapiranga, Maravilha, Modelo, Mondaí, Palmitos,
Pinhalzinho, Ponte Serrada, Quilombo, São Carlos, são Domingos, São Lourenço do Oeste, São José do Cedro, São Miguel do
Oeste, Seara, Xanxerê e Xaxim), conforme especificações mínimas relacionadas a seguir.

LOTE 1: Manutenção corretiva e preventiva de aparelhos condicionadores de ar tipo Split, Split Piso-Teto, Split Cassete e
Janeleiros, nos municípios das REGIÕES PLANALTO (Anita Garibaldi, Bom Retiro, Caçador, Campo Belo do Sul, Campos Novos,
Capinzal, Curitibanos, Fraiburgo, Herval D’Oeste, Joaçaba, Lages, Lebon Regis, Otacílio Costa, Santa Cecília, São Joaquim,
Tangará, Urubici e Videira), e OSTE (Abelardo Luz, Anchieta, Campo Erê, Catanduvas, Chapecó, Concórdia, Coronel Freitas,
Cunha Porã, Descanso, Dionísio Cerqueira, Ipumirim, Itá, Itapiranga, Maravilha, Modelo, Mondaí, Palmitos, Pinhalzinho, Ponte
Serrada, Quilombo, São Carlos, são Domingos, São Lourenço do Oeste, São José do Cedro, São Miguel do Oeste, Seara, Xanxerê e
Xaxim), conforme os itens listados abaixo:

Qtde.
ITEM ESPECIFICAÇÃO UNIDADE
Estimada
Remanejamento de evaporadora de aparelho Split high wall, piso-teto ou
01 cassete.
UN 30

02 Hora técnica para manutenção corretiva de ar condicionado janeleiro. HR 600


Manutenção corretiva de aparelho split high wall com capacidade nominal
03 entre 9.000 BTU/h e 24.000 BTU/h (convencional ou inverter).
UN 500

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

Manutenção corretiva de aparelho split piso-teto de capacidade nominal entre


04 18.000 BTU/h e 36.000 BTU/h (convencional ou inverter).
UN 10

Manutenção corretiva de aparelho split cassete de capacidade nominal entre


05 18.000 BTU/h e 48.000 BTU/h (convencional ou inverter).
UN 10

06 Configuração de controle remoto universal para ar-condicionado. UN 80


07 Manutenção preventiva de aparelhos janeleiros de todas as capacidades. UN 300
08 Manutenção preventiva de aparelhos split high wall de todas as capacidades. UN 300
09 Manutenção preventiva de aparelhos split cassete de todas as capacidades. UN 10
10 Manutenção preventiva de aparelhos split piso-teto de todas as capacidades. UN 10
11 Manutenção preventiva de sistema de exaustão e ventilação mecânica. ML 30
Desinstalação de aparelho de ar-condicionado SPLIT, com retirada de
12 tubulação frigorígena e de drenagem.
UN 50

Instalação de tubulação frigorífica em cobre com isolamento térmico, para


13 manutenção corretiva de aparelhos split high wall, piso-teto ou cassete, ML 200
conforme especificações do fabricante.
Instalação de tubulação de drenagem para manutenção corretiva de aparelhos
14 de ar-condicionado.
ML 200

Instalação de suportes para aparelhos split, adequados para o peso e tamanho


15 da máquina, para manutenção corretiva de aparelhos de ar-condicionado.
UN 35

Colocação de carga de gás (fluido refrigerante compatível com o modelo de


16 aparelho split), incluindo adequação da quantidade de óleo associada, para KG 400
manutenção corretiva de aparelhos de ar-condicionado.
Fornecimento e instalação de bomba de drenagem para split high wall ou piso-
17 teto, para manutenção corretiva de aparelhos de ar-condicionado.
UN 15

Fornecimento e instalação de canaletas brancas em PVC, para acabamento de


18 tubulações de split, com dimensões mínimas de 85 x 70 mm, para manutenção ML 150
corretiva de aparelhos de ar-condicionado.
Instalação de andaime metálico tipo fachadeiro ou equipamento específico
19 para trabalho em alturas superiores a 3,00 m, para manutenção corretiva e ML 150
preventiva de aparelhos de ar-condicionado.

UNIDADES:
KG – quilograma;
ML – metro linear;
UN – unidade;
HR – hora técnica.

CONSIDERAÇÕES TÉCNICAS ACERCA DOS ITENS DO LOTE 01:

1. Com relação ao ITEM 01:


1.1 O CONTRATANTE deverá alterar a posição de evaporadora de aparelho split high wall, piso-teto ou cassete no interior da
sala, conforme as especificações do projeto de instalação fornecido pela área técnica do CONTRATANTE;
1.2 Este item diz respeito somente à mão de obra necessária para execução do serviço, caso seja necessário estender as linhas
frigoríficas e/ou de drenagem, a quantidade faltante será contratada por meio dos itens 16 e/ou 17.

2. Com relação ao ITEM 02:


2.1 O CONTRATADO deverá disponibilizar técnico de refrigeração e climatização, devidamente capacitado, para prestar
serviços de diagnóstico, conserto e manutenção de aparelhos de ar-condicionado de janela.

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

3. Com relação aos ITENS 03 a 05:


3.1 Entende-se por manutenção corretiva, a série de procedimentos destinados a recolocar os equipamentos em seu perfeito
estado de funcionamento, compreendendo, inclusive, substituições de componentes, ajustes e reparos necessários, como, por
exemplo, conserto de vazamentos no sistema completo, com soldas e colocação de emendas necessárias, de acordo com os
Manuais e Normas Técnicas específicas para os equipamentos:
3.1.1 Os serviços de manutenção corretiva englobam todas as partes dos equipamentos e todas as peças, exceto os
compressores, de forma a garantir o perfeito funcionamento dos sistemas de climatização instalados nas Unidades do MPSC
nas Comarcas cobertas pelo contrato;
3.1.2 Toda e qualquer situação anormal de funcionamento dos equipamentos será considerada como defeito e a
manutenção corretiva deverá ocorrer dentro dos prazos estabelecidos;
3.1.3 Constatado o defeito ou falha do(s) equipamento(s), caberá ao CONTRATANTE abrir um chamado técnico,
comunicando o CONTRATADO;
3.1.4 O chamado técnico será encaminhado via sistema eletrônico do CONTRATANTE, com comunicação instantânea ao
CONTRATADO, por meio de telefone ou correio eletrônico;
3.1.5 O prazo de execução dos serviços será fixado pela área técnica do CONTRATANTE, caso a caso, de acordo com a
urgência, complexidade e as necessidades do mesmo, respeitando os limites abaixo:
3.1.5.1 Manutenção corretiva emergencial: prazo máximo de execução de 24 horas a partir do chamado;
3.1.5.2 Manutenção corretiva não-emergencial: prazo máximo de execução de 72 horas a partir do chamado.
3.2 O CONTRATANTE deverá executar manutenções corretivas emergenciais no prazo máximo de 24 (vinte e quatro) horas
corridas após a abertura do chamado técnico:
3.2.1 Para os efeitos de Contrato, atendimentos emergenciais são aqueles que acarretam interrupção das atividades
operacionais e/ou dano iminente a integridade do patrimônio do MPSC ou ainda risco a integridade física das pessoas.
Exemplos: falha em climatização em Sala Técnica de Informática, falha de climatização em ambientes com somente um
equipamento – Sala de Promotores e Procuradores de Justiça;
3.2.2 Não sendo possível cumprir os prazos de manutenção corretiva emergencial, o CONTRATADO deverá instalar no
local um aparelho de sua propriedade, de capacidade igual ao aparelho em falha.
3.3 Após a execução do serviço, o CONTRATADO deverá emitir uma Ordem de Serviço (OS) em que constem, pelo menos: o
local de execução do serviço e a data, o patrimônio do aparelho consertado e o serviço que foi executado. A OS deverá ser
assinada pelo servidor do MPSC que seja o usuário do aparelho, atestando que após o conserto o aparelho ficou funcionando:
3.3.1 O pagamento do serviço estará condicionado à apresentação da OS correspondente pelo CONTRATADO.

4. Com relação ao ITEM 06:


4.1 O CONTRATADO deverá fornecer, configurar, programar e testar o funcionamento de controle remoto adequado para o
aparelho para o qual foi solicitada a configuração;
4.2 O CONTRATADO deverá instruir adequadamente os usuários do aparelho a respeito do modo de funcionamento do
controle.

5. Com relação ao ITEM 07:


5.1 A manutenção preventiva de aparelhos janeleiros tem por objetivo executar as ações técnicas necessárias a garantir o
melhor desempenho e durabilidade dos equipamentos, e compreenderá os seguintes serviços:
5.1.1 Retirada do aparelho do nicho e transporte até a área externa do local;
5.1.2 Desmontagem da carenagem do aparelho;
5.1.3 Verificar funcionamento dos dispositivos de controle e proteção e corrigir se necessário;
5.1.4 Medir tensão de alimentação;
5.1.5 Medir correntes elétricas dos motores;
5.1.6 Medir correntes elétricas dos compressores;

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

5.1.7 Reapertar todas as conexões elétricas e mecânicas;


5.1.8 Verificar polias e rolamentos, mancais, pás e rotores e corrigir se necessário;
5.1.9 Verificar posição, fixação e balanceamento da hélice/turbina;
5.1.10 Limpeza completa do aparelho, interna e externamente, com água corrente ou lavadora de alta pressão, incluindo
filtros de ar, bandejas de condensado, hélices, serpentinas e demais componentes;
5.1.11 Remontagem completa do aparelho e recolocação no nicho. O aparelho deve ser reinstalado de modo a não
apresentar ruídos anormais, possibilitar caimento adequado da água de condensação e impedir a entrada de água da chuva
pelas laterais do aparelho;
5.1.12 Verificar operação do comando remoto, se houver.
5.2 Os serviços serão realizados sob demanda mediante a emissão de Autorização de Serviço;
5.3 O CONTRATADO deverá executar os serviços de manutenção preventiva, dentro do horário de expediente ou em outro
horário que o CONTRATANTE julgar conveniente;
5.4 Após a realização da manutenção preventiva do(s) aparelhos, o CONTRATADO deverá preencher a folha do Plano de
Manutenção e Controle (PMOC) anexa. A planilha deverá ser assinada por um servidor do MPSC, atestando que a manutenção
preventiva foi prestada a contento.

6. Com relação aos ITENS 08 a 10:


6.1 A manutenção preventiva de aparelhos split tem por objetivo executar as ações técnicas necessárias a garantir o melhor
desempenho e durabilidade dos equipamentos, e compreenderá os seguintes serviços:
6.1.1 Desmontagem da carenagem da unidade evaporadora, com a bandeja de condensado, e transporte até a área externa
do local;
6.1.2 Limpeza da serpentina da unidade evaporadora;
6.1.3 Limpeza completa da unidade evaporadora, interna e externamente, com água corrente ou lavadora de alta pressão,
incluindo filtros de ar, bandejas de condensado, aletas, turbinas e demais componentes;
6.1.4 Limpeza completa da unidade condensadora, interna e externamente, incluindo hélices, serpentinas e demais
componentes;
6.1.5 Desobstrução e limpeza das linhas de drenagem;
6.1.6 Remontagem completa da unidade evaporadora no local de instalação. O aparelho deve ser reinstalado de modo a
não apresentar ruídos anormais e propiciar drenagem adequada da água de condensação acumulada na bandeja;
6.1.7 Verificar e corrigir vazamentos de ar, refrigerante e óleo;
6.1.8 Corrigir danos no isolamento térmico da máquina e das linhas frigoríficas. Substituir bandagem das tubulações, se
necessário;
6.1.9 Verificar funcionamento dos dispositivos de controle e proteção e corrigir se necessário;
6.1.10 Medir tensão de alimentação;
6.1.11 Medir correntes elétricas dos motores;
6.1.12 Medir correntes elétricas dos compressores;
6.1.13 Reapertar todas as conexões elétricas e mecânicas;
6.1.14 Verificar polias e rolamentos, mancais, pás e rotores e corrigir se necessário;
6.1.15 Verificar posição, fixação e balanceamento das hélices/turbinas;
6.1.16 Verificar fecho das tampas e parafusos dos painéis, completando o que faltar;
6.1.17 Verificar e corrigir ruídos anormais de operação;
6.1.18 Verificar operação do comando remoto.
6.2 Os serviços serão realizados sob demanda mediante a emissão de Autorização de Serviço;
6.3 O CONTRATADO deverá executar os serviços de manutenção preventiva, dentro do horário de expediente ou em outro
horário que o CONTRATANTE julgar conveniente;
6.4 Após a realização da manutenção preventiva do(s) aparelhos, o CONTRATADO deverá preencher a folha do Plano de

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

Manutenção e Controle (PMOC) anexa. A planilha deverá ser assinada por um servidor do MPSC, atestando que a manutenção
preventiva foi prestada a contento.

7. Com relação ao ITEM 11:


7.1 O CONTRATADO deverá proceder à limpeza interna, com equipamento adequado, dos dutos de renovação de ar, metálicos
e flexíveis, de modo a remover toda a poeira, poluição e impurezas que possam representar danos à saúde dos usuários da
sala;
7.2 O CONTRATADO deverá também proceder à limpeza de todos os difusores, grades de ventilação e componentes similares
do sistema de renovação de ar;
7.3 O CONTRATADO deverá realizar manutenção preventiva no ventilador que insufla o ar para o interior dos dutos de
renovação, incluindo:
7.3.1 Desmontagem da carenagem do ventilador;
7.3.2 Limpeza completa, interna e externamente, com água corrente ou lavadora de alta pressão, incluindo filtros de ar,
turbinas e demais componentes;
7.3.3 Remontagem completa do ventilador e reinstalação na rede de dutos de renovação de ar. O aparelho deve ser
reinstalado de modo a não apresentar ruídos anormais quando em operação;
7.3.4 Verificar funcionamento dos dispositivos de controle e proteção e corrigir se necessário;
7.3.5 Medir tensão de alimentação;
7.3.6 Medir correntes elétricas dos motores;
7.3.7 Reapertar todas as conexões elétricas e mecânicas;
7.3.8 Verificar correias, polias e rolamentos, mancais, pás e rotores e corrigir se necessário;
7.3.9 Verificar posição, fixação e balanceamento das hélices/turbinas;
7.3.10 Verificar fecho das tampas e parafusos dos painéis, completando o que faltar;
7.3.11 Verificar e corrigir ruídos anormais de operação.
7.4 Os serviços serão realizados sob demanda, e contratados por metro de dutos de ventilação, mediante a emissão de
Autorização de Serviço.

8. Com relação ao ITEM 12:


8.1 Trata-se da desinstalação completa das unidades interna e externa de máquina Split instalada no local da CONTRATANTE,
bem como das respectivas tubulações frigoríferas e de drenagem;
8.2 O CONTRATADO deverá prover todos os materiais necessários para a remoção;
8.3 Durante a execução deve ser garantido o recolhimento seguro do gás refrigerante, seguindo as recomendações do
fabricante do aparelho;
8.4 Será de responsabilidade do CONTRATADO o recolhimento, transporte e destino final dos materiais inservíveis
decorrentes da execução deste contrato, dando tratamento adequado aos mesmos;
8.5 O destino do aparelho split removido será definido pela CONTRATANTE e previamente comunicado ao CONTRATADO.

9. Com relação ao ITEM 13:


9.1 O CONTRATADO deverá utilizar exclusivamente tubulações em cobre desoxidado recozido, extrudadas e trefiladas, sem
costura, segundo orientações da norma NBR-7541 - Tubo de cobre sem costura para refrigeração e ar condicionado, com
isolamento térmico adequado, cujas bitolas sejam adequadas para o aparelho a ser instalado, conforme especificação do
Fabricante;
9.2 O CONTRATADO deverá seguir rigorosamente as especificações do projeto de instalação fornecido pela área técnica do
CONTRATANTE, evitando tubulações aparentes na parte externa das edificações;
9.3 O fornecimento está atrelado à manutenção de aparelhos de ar-condicionado já instalados.

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

10. Com relação ao ITEM 14:


10.1 O CONTRATADO deverá instalar a tubulação de drenagem, utilizando tubulações em PVC (com isolamento térmico,
quando necessário) e/ou mangueira cristal, conforme especificações do projeto de instalação fornecido pela área técnica do
CONTRATANTE;
10.2 Tubulações que não correrem dentro de canaletas deverão ser fixadas com abraçadeiras nas paredes em que forem
instaladas:
10.2.1 Sempre que necessário, o CONTRATADO deverá pintar as tubulações na cor da parede, conforme especificações do
projeto de instalação fornecido pela área técnica do CONTRATANTE.
10.3 O fornecimento está atrelado à manutenção de aparelhos de ar-condicionado já instalados.

11. Com relação ao ITEM 15:


11.1 O CONTRATADO deverá instalar suportes, compatíveis com o peso e dimensões da máquina, preferencialmente em perfil
Metalon com pintura eletrostática branca. O uso de suportes feitos em materiais plásticos deverá ser aprovado por escrito
pela área técnica do CONTRATANTE;
11.2 Caso necessário, o CONTRATADO deverá pintar os suportes na cor da parede, conforme especificações do projeto de
instalação fornecido pela área técnica do CONTRATANTE.
11.3 O fornecimento está atrelado à manutenção de aparelhos de ar-condicionado já instalados.

12. Com relação ao ITEM 16:


12.1 O CONTRATADO deverá regular a pressão de fluido refrigerante das linhas frigoríficas do aparelho, utilizando gás
compatível (R22, R407C ou R410A, de acordo com o modelo de split), de forma a garantir o perfeito funcionamento do sistema;
12.2 Quando necessário, o CONTRATADO deverá completar a quantidade de óleo do sistema.
12.3 O fornecimento está atrelado à manutenção de aparelhos de ar-condicionado já instalados.

13. Com relação ao ITEM 17:


13.1 O CONTRATADO deverá fornecer e instalar bomba de drenagem, adequada para aparelhos tipo split high wall ou piso-
teto. Marcas de referência: Elgin, Vulcan, ou similar;
13.2 Características técnicas da bomba de drenagem:
13.2.1 – Desnível de bombeamento mínimo: 15 mca;
13.2.2 – Desnível de sucção mínimo: 2,5 mca;
13.2.3 – Monofásica (220 V, 60 Hz);
13.2.4 – Garantia de 1 ano.
13.3 O fornecimento está atrelado à manutenção de aparelhos de ar-condicionado já instalados.

14. Com relação ao ITEM 18:


14.1 O CONTRATADO deverá fornecer e instalar canaletas em PVC brancas, com dimensões mínimas de 85 x 70 mm, adequadas
para a passagem de tubulações de Split, seguindo rigorosamente as especificações do projeto de instalação fornecido pela área
técnica do CONTRATANTE:
14.1.1 Marcas de referência: Controlbox, Perfiltec, ou similar.
14.2 A instalação de canaletas em PVC deve ser de acordo com o padrão das fotos em anexo. O CONTRATANTE deverá fornecer
e instalar, sempre que necessário, conexões como joelhos, luvas, terminais de saída e outras, de modo a obter o padrão de
acabamento mostrado nas fotos;
14.3 Deve-se evitar que as descidas ou subidas das canaletas ocorram na parte central das paredes, a não ser que uma tal
subida ou descida esteja especificada no projeto fornecido pela área técnica do CONTRATANTE.
14.4 O fornecimento está atrelado à manutenção de aparelhos de ar-condicionado já instalados.

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

15. Com relação ao ITEM 19:


15.1 Locação, montagem e desmontagem de equipamentos necessários ao trabalho em ambientes externos e/ou internos com
pé direito alto, onde não seja possível o uso de escadas convencionais, incluindo: andaimes do tipo tubular modular, cadeiras
suspensas e guindastes;
15.2 Os equipamentos deverão respeitar rigorosamente as normas em vigor (como a NBR 6494, a NR-35 e a NR-18), no que diz
respeito à segurança e estabilidade, resguardando prioritariamente a integridade dos operários, técnicos e transeuntes.
15.3 O fornecimento está atrelado à manutenção de aparelhos de ar-condicionado já instalados.

CONSIDERAÇÕES ACERCA DAS CONDIÇÕES DE EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS:


1 – Durante a vigência da Ata de Registro de Preços, havendo a necessidade da realização de serviços, caberá ao SELMEC (Setor
de Engenharia Eletromecânica do MPSC) elaborar projetos e/ou proceder o levantamento de quantitativos de serviços;
2 – Caso julgue necessário, o SELMEC solicitará que o CONTRATADO proceda vistoria “in-loco” dos locais de execução das
obras;
3 – O prazo de execução dos serviços será fixado pela área técnica do CONTRATANTE, caso a caso, de acordo com a urgência,
complexidade e as necessidades do mesmo, respeitando os limites abaixo:
3.1 - Manutenção emergencial: prazo máximo de execução 24 horas a partir do chamado;
3.2 - Manutenção corretiva não emergencial: prazo máximo de execução não superior a 72 horas a partir do chamado;
3.3 - Manutenção preventiva: prazo de execução entre 20 dias e 120 dias, dependendo da urgência;
4 – Caberá ao MPSC emitir a Autorização de Serviços e notificar o CONTRATADO;
5 – O CONTRATADO deverá executar os serviços dentro dos prazos fixados;
6 – O CONTRATADO deverá comunicar o SELMEC pelos e-mails mecanica@mpsc.mp.br e eletromecanica@mpsc.mp.br a data
de execução dos serviços com no mínimo 2 dias úteis de antecedência;
7 – A execução dos serviços deverá ser realizada no local indicado na Autorização de Serviço, em dias de expediente do MPSC,
das 08:00 as 19:00 horas. Conforme o caso e quando houver concordância expressa da Promotoria de Justiça os serviços
poderão ser realizados em horários pré-determinados, inclusive após as 19:00 horas, ou ainda nos finais de semana e feriados;
8 – Não serão tolerados atrasos na execução dos serviços, exceto mediante justificativa fundamentada, dirigida à SELMEC, a
quem caberá comunicar ao setor competente;
9 – A falta de peças/materiais não poderá ser alegada como motivo de força maior, e não eximirá o CONTRATADO das
penalidades a que está sujeito pelo não cumprimento dos prazos estipulados;
10 – Caso o SELMEC (Setor de Engenharia Eletromecânica) recuse os objetos/serviços executados, o CONTRATADO ficará
obrigado a substituí-los, de modo a atender integralmente o especificado no Edital;
11 – Deverão ser observados os termos da Portaria n. 3.523/98 do Ministério da Saúde, aplicando-se seu conteúdo no que
couber ao objeto deste Termo de Referência;
12 – O CONTRATADO não receberá o aceite na Nota Fiscal enquanto não regularizar a entrega definitiva dos serviços.

CONSIDERAÇÕES ACERCA DA GARANTIA DOS SERVIÇOS E MATERIAIS:


1 – As peças e materiais terão garantia de no mínimo 01 (um) ano ou a do fabricante, a que for maior, contando a partir da
data do aceite da nota fiscal pela SELMEC;
2 – A garantia dos aparelhos fornecidos e instalados pelo CONTRATADO será de no mínimo 01 (um) ano, contando a partir da
data do aceite da nota fiscal pela SELMEC;
3 – Os serviços terão garantia de 180 dias, contados a partir da data do aceite da nota fiscal pela SELMEC.

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

ANEXO I DO OBJETO DETALHADO – PADRÃO DE INSTALAÇÃO DAS CANALETAS EM PVC

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

ANEXO II DO OBJETO DETALHADO – PLANILHA DO PLANO DE MANUTENÇÃO E CONTROLE - PMOC

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

ANEXO II – PLANILHA DE CUSTOS


LOTE 01

Qtde. Preço unitário Preço Total


ITEM ESPECIFICAÇÃO
Estimada máximo máximo
Remanejamento de evaporadora de aparelho Split high wall, piso-
01 teto ou cassete.
30 R$ 770,50 R$ 23.325,00

Hora técnica para manutenção corretiva de ar condicionado


02 janeleiro.
600 R$ 380,00 R$ 228.000,00

Manutenção corretiva de aparelho split high wall com capacidade


03 nominal entre 9.000 BTU/h e 24.000 BTU/h (convencional ou 500 R$ 300,00 R$ 150.000,00
inverter).
Manutenção corretiva de aparelho split piso-teto de capacidade
04 nominal entre 18.000 BTU/h e 36.000 BTU/h (convencional ou 10 R$ 342,50 R$ 3.425,00
inverter).
Manutenção corretiva de aparelho split cassete de capacidade
05 nominal entre 18.000 BTU/h e 48.000 BTU/h (convencional ou 10 R$ 367,50 R$ 3.675,00
inverter).
06 Configuração de controle remoto universal para ar-condicionado. 80 R$ 192,50 R$ 15.400,00
Manutenção preventiva de aparelhos janeleiros de todas as
07 capacidades.
300 R$ 320,00 R$ 96.000,00

Manutenção preventiva de aparelhos split high wall de todas as


08 capacidades.
300 R$ 290,00 R$ 87.000,00

Manutenção preventiva de aparelhos split cassete de todas as


09 capacidades.
10 R$ 367,50 R$ 3.675,00

Manutenção preventiva de aparelhos split piso-teto de todas as


10 capacidades.
10 R$ 367,50 R$ 3.675,00

Manutenção preventiva de sistema de exaustão e ventilação


11 mecânica.
30 R$ 141,25 R$ 4.237,50

Desinstalação de aparelho de ar-condicionado SPLIT, com retirada de


12 tubulação frigorígena e de drenagem.
50 R$ 306,25 R$ 15.312,50

Instalação de tubulação frigorífica em cobre com isolamento térmico,


13 para manutenção corretiva de aparelhos split high wall, piso-teto ou 200 R$ 150,00 R$ 30.000,00
cassete, conforme especificações do fabricante.
Instalação de tubulação de drenagem para manutenção corretiva de
14 aparelhos de ar-condicionado.
200 R$ 82,50 R$ 16.500,00

Instalação de suportes para aparelhos split, adequados para o peso e


15 tamanho da máquina, para manutenção corretiva de aparelhos de ar- 35 R$ 145,00 R$ 5.075,00
condicionado.
Colocação de carga de gás (fluido refrigerante compatível com o
modelo de aparelho split), incluindo adequação da quantidade de
16 óleo associada, para manutenção corretiva de aparelhos de ar-
400 R$ 300,00 R$ 120.000,00
condicionado.
Fornecimento e instalação de bomba de drenagem para split high
17 wall ou piso-teto, para manutenção corretiva de aparelhos de ar- 15 R$ 460,00 R$ 6.900,00
condicionado.
Fornecimento e instalação de canaletas brancas em PVC, para
18 acabamento de tubulações de split, com dimensões mínimas de 85 x 150 R$ 59,50 R$ 8.925,00
70 mm, para manutenção corretiva de aparelhos de ar-condicionado.
Instalação de andaime metálico tipo fachadeiro ou equipamento
específico para trabalho em alturas superiores a 3,00 m, para
19 instalação de novos aparelhos, para manutenção corretiva de
150 R$ 200,00 R$ 30.000,00
aparelhos de ar-condicionado.

TOTAL PARA O LOET 01 R$ 851.125,00

A Planilha de Custos informa o preço máximo para o objeto desta licitação.


ANEXO III – FORMULÁRIO DE PROPOSTA DE PREÇO
SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

LICITANTE: __________________________________________________________________________

Endereço: _________________________________________________________ Número: _____

Bairro: __________________________ Cidade: ____________________ UF: _____

CEP: _________________________ Tel/Fax: ____________________________________

CNPJ: _________________________

Dados Bancários:
Conta
Banco – Nome/Nº: _______________________ Agência Nº: ___________ Corrente Nº: _________

Dados Adicionais: Responsável pela Assinatura da Ata de Registro de Preço:

Nome: ____________________________________ Cargo/Função: _____________________________

Estado Civil: ________________________________ RG Nº: _________________________________

Telefone/Fax: ________________________________ E-mail: _________________________________

A presente proposta destina-se ao Registro de Preços dos itens abaixo discriminados, para eventuais e futuros
fornecimentos, de acordo com as especificações constantes do presente edital.

LOTE 1

Qtde. Máxima Marca (quando


Item Descrição do objeto ofertado Preço Unitário Preço Total
Estimada houver)

(...) R$ -- R$ --

INFORMAR A ALÍQUOTA DE ICMS (obrigatório somente para licitantes enquadrados nas condições previstas no item 11
do Edital):

Empresa optante pelo SIMPLES (cfe. Item 10.1.7 do Edital): ( ) Sim ( ) Não

__________, ___ de __________ de 20**

_______________________
(Nome e assinatura do responsável)

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

ANEXO IV – CARTA DE PREPOSIÇÃO

O Licitante ___________________________________________________, inscrito no CNPJ sob o


n. ________________________________, com sede na Av./Rua _______________________________, nomeia o(a) Sr(a).
_______________________________, portador(a) da Cédula de Identidade n. ______________________________ e CPF n.
__________________________, como seu preposto na licitação instaurada pelo Ministério Público do Estado de Santa
Catarina, na modalidade PREGÃO n. 081/2017/MP, para tanto autoriza este a apresentar proposta e formular lances
verbais, negociar preços, declarar a intenção de recurso, renunciar ao direito de interpor recursos e praticar todos os
demais atos inerentes ao certame.

________________________________________________
Nome e assinatura do representante legal do licitante*
(com firma reconhecida)

* Este documento deverá ser assinado pelo representante legal indicado no ato constitutivo da empresa.

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

ANEXO V – DECLARAÇÃO DE NÃO PARENTESCO

________________________________________________________, inscrito no CNPJ n.


_______________________, por intermédio de seu representante legal Sr(a).
________________________________________, portador(a) da Carteira de Identidade n. __________________ e
inscrito(a) no CPF sob n. ______________________, DECLARA, sob as penas da lei, que não incide nas vedações de que
tratam os itens 6.3.1 e 6.3.2 do edital.

__________________________, ___ de ____________ de _____.

_________________________________

(Nome e assinatura do representante legal)

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

ANEXO VI – DECLARAÇÃO DE MICROEMPRESA OU EMPRESA DE PEQUENO PORTE

______________________________________________________, inscrito no CNPJ n.


_______________________, por intermédio de seu representante legal Sr(a).
________________________________________, portador(a) da Carteira de Identidade nº __________________ e
inscrito(a) no CPF sob n. ______________________, DECLARA que detém a condição de microempresa ou empresa de
pequeno porte, nos termos da Lei Complementar n. 123, de 14/12/2006.

____________, __ de ____________ de _____.

_________________________________

(Nome e assinatura do representante legal)

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

ANEXO VII – MINUTA DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N. ***/201***/MP


PREGÃO N. 081/2017/MP
PROCESSO N. 2017/020998/MP

Por este instrumento, de um lado o Ministério Público do Estado de Santa Catarina, com sede na
Rua Bocaiúva, 1750, Paço da Bocaiúva, Centro, nesta Capital, CNPJ 76.276.849/0001-54, neste ato representado
Subprocurador-Geral de Justiça do Ministério Público/SC, Doutor______________, brasileiro, ________ (estado civil),
Procurador de Justiça, portador da Cédula de Identidade RG n.______________, e de outro lado ______________, com
sede na Rua ______________, e CNPJ _________, neste ato representado pelo Senhor ___________, brasileiro,
________ (estado civil), _______ (cargo), portador da Cédula de Identidade RG n. _________, acordam proceder, nos
termos do Processo n. ........ de ___/___/20--, referente ao Pregão n. ...../20--, aberto em ___/___/20-- e homologado
em ___/___/20--, mediante sujeição ao que dispõe a lei 8.666/93 e o Ato n. 182/2009/MP com suas respectivas
alterações, ao Registro de Preços referente ao item abaixo discriminado, com seu respectivo preço unitário:

CLÁUSULA I - DO OBJETO
Ordem de Qtde. Máxima
Lote Item Descrição do Objeto Preço Unitário
classificação Estimada

Os preços registrados nesta ata são válidos pelo prazo de 12 (doze) meses contados do dia --/--/201- até o dia --
/--/201-.

Nada mais havendo a ser declarado, foi encerrada esta Ata que, após lida e aprovada, será assinada pelas
partes.

Obs.: O responsável pela assinatura da Ata deverá ter poderes para exercer tal ato, constado no Contrato Social da
empresa ou mediante Procuração.

Florianópolis, __ de ________ de 20--.

SUBPROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA PARA ASSUNTOS


ADMINISTRATIVOS DETENTOR

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

ANEXO VIII – MINUTA DA AUTORIZAÇÃO DE SERVIÇO

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

ANEXO IX – MINUTA DO CONTRATO

O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA CATARINA, com sede na Rua Bocaiúva, 1750, Paço da Bocaiúva, Centro,
nesta Capital, CNPJ 76.276.849/0001-54, neste ato representado pelo Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos
Administrativos, Senhor(a) ______________, brasileiro(a), ________ (estado civil), Procurador(a) de Justiça, portador(a)
da Cédula de Identidade RG n. ______________, doravante denominado CONTRATANTE, e _________________________,
com endereço/sede na Rua ______________, e CPF/CNPJ _________, neste ato representado pelo Senhor(a)
___________, brasileiro(a), ________ (estado civil), _______ (profissão), portador(a) da Cédula de Identidade RG n.
_________, doravante denominado CONTRATADO, com fulcro na Lei n. 8.666/93, resolvem celebrar CONTRATO DE
PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, mediante as seguintes cláusulas e condições:

CLÁUSULA PRIMEIRA
DO OBJETO

Manutenção corretiva e manutenção preventiva, de aparelhos condicionadores de ar tipo Split, Split Piso-Teto, Split
Cassete e Janeleiros, com fornecimento de peças e materiais, nos municípios das REGIÕES PLANALTO (Anita Garibaldi,
Bom Retiro, Caçador, Campo Belo do Sul, Campos Novos, Capinzal, Curitibanos, Fraiburgo, Herval D’Oeste, Joaçaba,
Lages, Lebon Regis, Otacílio Costa, Santa Cecília, São Joaquim, Tangará, Urubici e Videira), e OESTE (Abelardo Luz,
Anchieta, Campo Erê, Catanduvas, Chapecó, Concórdia, Coronel Freitas, Cunha Porã, Descanso, Dionísio Cerqueira,
Ipumirim, Itá, Itapiranga, Maravilha, Modelo, Mondaí, Palmitos, Pinhalzinho, Ponte Serrada, Quilombo, São Carlos, são
Domingos, São Lourenço do Oeste, São José do Cedro, São Miguel do Oeste, Seara, Xanxerê e Xaxim), conforme
constante no anexo III do contrato.

CLÁUSULA SEGUNDA
DA FORMA DE FORNECIMENTO/EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS

O objeto será executado mediante entrega única e total dos serviços especificados.

CLÁUSULA TERCEIRA
DO PREÇO

Dá-se a este contrato o valor global de R$ ***** (*****), para o período de vigência determinado na Cláusula Vigésima
Primeira, observados os preços unitários registrados no Relatório de Autorização de Despesas – A.D.A (conforme
modelo do Anexo IV deste contrato).

CLÁUSULA QUARTA
DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA

As despesas decorrentes deste contrato correrão por conta dos recursos do orçamento do MPSC, Unidade
Orçamentária 10117 (Manutenção, Conservação e Reforma das Instalações), Fonte *****, Naturezas da Despesa
Orçamentária 3.3.90.39 (Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Jurídica).

CLÁUSULA QUINTA
DO PAGAMENTO

As condições de pagamento ficam assim estabelecidas:

§ 1º Os pagamentos devidos ao CONTRATADO serão efetuados com os recursos do MPSC, por intermédio do Banco do
Brasil, Agência 3582-3, na conta corrente indicada pelo CONTRATADO, Banco *****, Agência *****, Conta Corrente
*****, até o 10º dia útil após o recebimento e aceite da nota fiscal pelo representante credenciado do CONTRATANTE,
ou, ainda, por meio de fatura com código de barras.

§ 2º O CONTRATADO que não possuir conta corrente no Banco do Brasil poderá receber o pagamento em outras
instituições, mediante crédito em conta corrente do favorecido, ficando, contudo, responsável pelo pagamento das
tarifas bancárias derivadas da operação, conforme disposto na Portaria n. 1.708/2014/MP.

§3º As notas fiscais que forem apresentadas com erro serão devolvidas ao CONTRATADO para retificação e
reapresentação, acrescendo-se ao prazo fixado no parágrafo anterior os dias que se passarem entre a data da devolução
SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

e a da reapresentação.

§4º A conta corrente indicada pelo CONTRATADO deverá, obrigatoriamente, estar relacionada ao CNPJ, da matriz ou da
filial, do licitante vencedor.

§5º O CONTRATANTE só efetuará o pagamento mediante a apresentação de nota fiscal emitida de forma correta, razão
pela qual os licitantes deverão observar os casos em que é obrigatório emitir nota fiscal eletrônica.

§6º A devolução da Nota Fiscal não aprovada pelo CONTRATANTE, em hipótese alguma servirá de pretexto para que o
CONTRATADO suspenda os serviços.

CLÁUSULA SEXTA
DA ATUALIZAÇÃO MONETÁRIA POR INADIMPLEMENTO

Não efetuado o pagamento pelo CONTRATANTE no prazo estabelecido, e desde que não haja culpa do CONTRATADO, os
valores correspondentes à fatura serão corrigidos com base nos mesmos critérios adotados para a atualização das
obrigações tributárias, conforme determina o art. 117 da Constituição Estadual.

CLÁUSULA SÉTIMA
DO PRAZO DAS EXECUÇÕES DOS SERVIÇOS

O CONTRATADO obriga-se a executar os serviços ora contratados de acordo com as condições contidas no Anexo III do
Contrato, e em sua proposta, contados da vigência do contrato.

CLÁUSULA OITAVA
DA SUSPENSÃO DAS EXECUÇÕES DOS SERVIÇOS

O CONTRATADO não pode interromper a execução dos serviços, sob a alegação de não estar recebendo os pagamentos
devidos. Pode ele, contudo, suspender o cumprimento de suas obrigações se os pagamentos devidos pelo
CONTRATANTE atrasarem por mais de 90 dias, salvo em caso de calamidade pública, grave perturbação da ordem
interna ou guerra (art. 78, inciso XV, Lei n. 8.666/93).

CLÁUSULA NONA
DA SUSTAÇÃO DO PAGAMENTO

O pagamento poderá ser sustado pelo CONTRATANTE se, após ter sido dado o aceite nos fornecimentos, for constatado
que eles não foram realizados na forma estipulada neste contrato, e o CONTRATADO esteja se omitindo ou se
recusando a adequá-los.

CLÁUSULA DÉCIMA
DO REAJUSTE

Este contrato não poderá ser reajustado por acordo das partes, conforme determinação contida no art. 2º da Lei n.
10.192/01, que dispõe sobre as medidas complementares ao Plano Real e dá outras providências.

CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA


DO REEQUILÍBRIO ECONÔMICO-FINANCEIRO

Este contrato poderá ser alterado para restabelecer a relação que as partes pactuaram inicialmente entre os encargos
do CONTRATADO e a retribuição do CONTRATANTE para justa remuneração dos fornecimentos, objetivando a
manutenção do equilíbrio econômico-financeiro inicial do contrato, na hipótese de sobrevierem fatos imprevisíveis, ou
previsíveis, porém de consequências incalculáveis, retardadores ou impeditivos da execução do ajustado, ou ainda, em
caso de força maior, caso fortuito ou fato do príncipe, configurando álea econômica extraordinária e extracontratual.

§ 1º O pedido, fundamentado e devidamente instruído com provas que evidencie a necessidade da revisão de preço,
deverá ser endereçado à Coordenadoria de Operações Administrativas do MPSC situada à rua Pedro Ivo, n. 231, andar
térreo, sala 002, Centro, Florianópolis/SC - CEP 88.010-070, com identificação do número DO CONTRATO, ou ainda, por
e-mail: coad@mpsc.mp.br.

§ 2º Não será apreciado o pedido de revisão de preços que não comprovar o desequilíbrio sofrido.
SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

§3º O reequilíbrio a que o CONTRATADO fizer jus e que não for solicitado durante a vigência do contrato, será objeto de
preclusão com a assinatura da prorrogação contratual ou com a sua extinção.

CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA


DAS ALTERAÇÕES CONTRATUAIS

O contrato poderá ser alterado, através de termos aditivos, por acordo entre as partes, ou unilateralmente por parte do
CONTRATANTE no caso de acréscimos ou supressões de quantidades em até 25% do valor total atualizado, conforme
art. 65 da Lei n. 8.666/93.

CLÁUSULA DÉCIMA TERCEIRA


DOS REPRESENTANTES DAS PARTES

As partes nomearão por escrito, responsáveis com poderes para representá-las em todos os atos praticados referentes à
execução do contrato, conforme Anexos I e II deste contrato.

§ 1º O representante do CONTRATANTE terá poderes para solicitar, fiscalizar, receber e aceitar os FORNECIMENTOS e
especialmente para:

I – Sustar os fornecimentos, total ou parcialmente, em qualquer tempo, sempre que, a seu critério, considerar esta
medida necessária à sua boa execução ou à salvaguarda dos interesses do CONTRATANTE;

II – Recusar os fornecimentos realizados que não atendam às boas normas técnicas;

III – Questionar todos os problemas técnicos constatados;

IV – Ajustar com o representante do CONTRATADO, nas hipóteses comprovadas de caso fortuito e força maior,
conforme estipulado no Código Civil Brasileiro, as alterações na ordem de sequência ou no prazo de realização dos
fornecimentos; e,

V – Solicitar a substituição do representante credenciado pelo CONTRATADO, no prazo máximo de uma semana.

CLÁUSULA DÉCIMA QUARTA


DA FISCALIZAÇÃO

Ao CONTRATANTE reserva-se o direito de exercer, a qualquer tempo e por qualquer pretexto, da maneira como melhor
lhe aprouver e convier, diretamente ou por intermédio de seu representante especialmente nomeado, completa
fiscalização do objeto deste contrato, para o que o CONTRATADO se compromete a permitir o livre acesso dele a todos
os locais necessários e a fornecer todas as informações solicitadas. O exercício pelo CONTRATANTE do direito de
fiscalização não exonera o CONTRATADO de suas obrigações, nem de qualquer forma diminui sua responsabilidade.

CLÁUSULA DÉCIMA QUINTA


DOS DIREITOS E DAS OBRIGAÇÕES

O CONTRATANTE possui os seguintes direitos e obrigações:

I – Prestar as informações e os esclarecimentos que venham a serem solicitados pelo CONTRATADO;

II – Disponibilizar infraestrutura e equipamentos para as reuniões; e,

III – Franquear o acesso, previamente agendado, dos representantes do CONTRATADO às instalações e equipamentos
do MPSC, quando for necessário à execução dos serviços contratados.

O CONTRATADO possui os seguintes direitos e obrigações, além das mencionadas no Anexo III do contrato:

I – Dar integral cumprimento à sua proposta, a qual passa a integrar o contrato a ser firmado, independentemente de
transcrição;

II – Executar, integralmente e com perfeição técnica, o objeto deste contrato;

III – Cumprir os prazos estabelecidos, sob pena de multa, sem prejuízo de outras cominações cabíveis;
SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

IV – Não transferir a outrem, no todo ou em parte, a execução dos serviços sem prévia e expressa anuência do
CONTRATANTE;

V – Suportar todos os encargos envolvidos no objeto contratado, tais como: salários, seguros de acidentes, taxas,
impostos e contribuições, indenizações, vale-refeição, vales-transportes e outras que porventura venham a ser criadas
e exigidas pelo Governo;

VI – Responsabilizar-se pelo sigilo e confidencialidade, por si e seus empregados alocados na execução dos serviços, dos
documentos e/ou informações que lhe chegarem ao conhecimento por força da execução do contrato, não podendo
divulgá-los, sob qualquer pretexto; e,

VII – Responsabilizar-se por qualquer dano ou prejuízo decorrente do uso inadequado ou falta de zelo e cuidado no uso
dos utensílios, materiais e equipamentos disponibilizados pelo CONTRATANTE.

VIII – Impossibilitado de cumprir o(s) prazo(s) de EXECUÇÃO dos serviços, o CONTRATADO deverá adotar os seguintes
procedimentos:

a – Protocolar o pedido de prorrogação de prazo antes da data limite para entrega, junto ao Setor de Engenharia
Eletromecânica no endereço: Rua Pedro Ivo, n. 231, 8º Andar, sala 804, Edifício Campos Salles, Centro,
Florianópolis/SC, CEP. 88.010-070, ou ainda, pelos e-mails mecanica@mpsc.mp.br e eletromecanica@mpsc.mp.br,
devendo, no mínimo, constar:

a.1 – Identificação do objeto, número do pregão e da Autorização de Serviço;

a.2 – Justificativa, plausível, quanto à necessidade da prorrogação;

a.3 – Documentação comprobatória; e,

a.4 – Indicação do novo prazo a ser cumprido.

b – O(s) pedido(s) de prorrogação de prazo, em conformidade com o disposto no subitem anterior, será(ão)
apreciado(s) com base na justificativa apresentada, na documentação acostada e no interesse público envolvido,
ficando a critério do MPSC seu deferimento;

c – Caso o MPSC conceda a prorrogação do prazo, nova data-limite será estabelecida, em conformidade com o
deferido;

d – Caso o MPSC não conceda a prorrogação do prazo, o CONTRATADO estará sujeito às sanções administrativas
pertinentes;

e – Serão considerados intempestivos os pedidos de prorrogação efetuados após a expiração do prazo de entrega;
e,

f – O não cumprimento do disposto nos incisos anteriores facultará ao MPSC a adoção de medidas objetivando
possível rescisão contratual, incorrendo o CONTRATADO, conforme o caso, nas sanções administrativas cabíveis.

CLÁUSULA DÉCIMA SEXTA


DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS

O atraso injustificado na execução do contrato, por culpa do CONTRATADO, o sujeitará ao pagamento de multa de
mora, sem prejuízo das demais sanções, que será aplicada na forma seguinte:

I – Atraso de até 10 (dez) dias, multa diária de (0,2%) do valor atualizado do contrato;

II – Atraso superior a 10 (dez) dias, multa diária de (0,4%) do valor atualizado do contrato, calculada sobre o total dos
dias em atraso, sem prejuízo da rescisão unilateral por parte do CONTRATANTE;

III – No caso de atraso no recolhimento da multa aplicada, incidirá nova multa sobre o valor devido, equivalente a 0,2%
até 10 (dez) dias de atraso e 0,4% acima desse prazo, calculado sobre o total dos dias em atraso;

IV – Os valores cobrados, a título de multa moratória, ficam limitados a 20% do valor total do contrato; e,

V – Na hipótese da aplicação de multa atingir ou ultrapassar o limite previsto acima, caracterizar-se-á a inexecução
contratual, sujeitando o CONTRATADO às demais implicações legais.
SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

§1º Pela inexecução total ou parcial das condições estabelecidas neste ato convocatório, o CONTRATANTE poderá
aplicar, sem prejuízo das demais cominações legais, multas e penalidades previstas neste edital e no contrato, as
seguintes sanções:

I – Advertência por escrito, quando o CONTRATADO deixar de atender determinações necessárias à regularização de
faltas ou defeitos concernentes à execução dos serviços ou fornecimentos;

II – Multa compensatória com percentual de 10% (dez por cento) sobre o valor atualizado do contrato;

III – Suspensão temporária de participação em licitações e impedimento de contratar com o CONTRATANTE por prazo
não superior a 5 (cinco) anos. Esta sanção sempre será aplicada, ressalvadas outras hipóteses não arroladas neste item,
quando o CONTRATADO, convocado dentro do prazo de validade da proposta: não celebrar o contrato; deixar de
entregar ou apresentar documentação falsa exigida para o certame; ensejar o retardamento da execução de seu objeto;
não mantiver a proposta; falhar ou fraudar a execução do contrato; comportar-se de modo inidôneo; ou cometer fraude
fiscal; e,

IV – Declaração de inidoneidade para licitar e contratar com a Administração Pública (conforme definição contida no
art. 6º, inciso XI, da lei 8.666/93) enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou até que seja
promovida a reabilitação perante a autoridade que aplicou a penalidade.

§2º A multa deverá ser recolhida na Coordenadoria de Finanças e Contabilidade do MPSC, dentro do prazo de 5 (cinco)
dias úteis após a respectiva notificação por telegrama. Não solvida a multa, nos termos aqui previstos, será ela
descontada pelo MPSC dos créditos existentes em nome do CONTRATADO ou, não havendo esses ou sendo ela maior do
que o crédito, cobrada judicialmente com ônus ao devedor.

§3º As penalidades previstas poderão ser minoradas ou não serão aplicadas quando o descumprimento do estipulado no
contrato ou no edital decorrer de justa causa ou impedimento devidamente comprovado e aceito pelo CONTRATANTE.

CLÁUSULA DÉCIMA SÉTIMA


DA RESCISÃO

O contrato poderá ser rescindido quando da ocorrência de qualquer uma das hipóteses previstas nos artigos 77 e 78 da
Lei n. 8.666, de 21/06/1993:

I – Determinada por ato unilateral e estrito do CONTRATANTE, nos casos enumerados nos incisos I a XII e XVII do art.
78 da Lei n. 8.666/93;

II – Amigável, por acordo entre as partes, mediante autorização escrita e fundamentada da autoridade competente,
reduzida a termo no processo, desde que haja conveniência da Administração; e,

III – Judicialmente, nos termos da legislação vigente.

Parágrafo único. A rescisão prevista no inciso I desta cláusula, acarretará as consequências previstas nos incisos I a IV,
do art. 80, da Lei n. 8.666/93.

CLÁUSULA DÉCIMA OITAVA


DA VINCULAÇÃO

Este contrato se vincula ao Pregão Presencial n. 081/2017/MP, à ATA DE REGISTRO DE PREÇOS n. ***/201***/MP, à
proposta do CONTRATADO e à Autorização de Despesa de Ata (ADA) n. ***/201***/MP.

CLÁUSULA DÉCIMA NONA


DAS CONDIÇÕES DE HABILITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO

O CONTRATADO fica obrigado a manter, durante a execução deste contrato, todas as condições de habilitação e
qualificação exigidas na licitação, de acordo com o art. 55, inciso XIII, da Lei n. 8.666/93.

CLÁUSULA VIGÉSIMA
DA LEGISLAÇÃO

Aplica-se aos casos omissos o disposto nas Leis n. 10.520/02 e n. 8.666/93 e, no silêncio destas, outras normas e
SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

princípios de direito administrativo pertinentes.

CLÁUSULA VIGÉSIMA PRIMEIRA


DA VIGÊNCIA

O prazo de vigência deste contrato será contado a partir do dia ***/***/201*** até o dia ***/***/201***.

CLÁUSULA VIGÉSIMA SEGUNDA


DA PUBLICAÇÃO

O extrato deste contrato será publicado no Diário Oficial Eletrônico do MPSC, conforme disposto no art. 61, parágrafo
único, da Lei n. 8.666/93.

CLÁUSULA VIGÉSIMA TERCEIRA


DO FORO

As partes elegem o Foro da Comarca da Capital deste Estado, com exclusão de qualquer outro, por mais privilegiado
que seja, para dirimir questões oriundas do presente contrato que não puderem ser resolvidas pelas partes.

E, por estarem as partes justas e contratadas, assinam o presente instrumento, em 02 (duas) vias de igual teor e forma,
para um único efeito, na presença de 02 (duas) testemunhas.

Florianópolis, ____ de _________ de ______.

Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Administrativos CONTRATADO


CONTRATANTE

Testemunhas:

1. 2.
(cargo) (cargo)
RG RG

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

ANEXO I DO CONTRATO

TERMO DE NOMEAÇÃO DE REPRESENTANTE DO CONTRATANTE

O Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Administrativos constitui o


____________________ como representante do Ministério Público do Estado de Santa Catarina para fiscalizar a
execução do contrato n. ______________.

Florianópolis, _____ de ______________ de _______.

________________________________________________________
Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Administrativos

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

ANEXO II DO CONTRATO

TERMO DE NOMEAÇÃO DE REPRESENTANTE DO CONTRATADO

____________________________________________________________ constitui o(a) senhor(a)


______________________________________________________________________________ como seu(ua) representante
no contrato n. _____________________________, celebrado com o Ministério Público de Santa Catarina.

___________, _____ de ______________ de ________.

_________________________________________
Contratado

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

ANEXO III DO CONTRATO

OBJETO DO CONTRATO

Manutenção corretiva e manutenção preventiva, de aparelhos condicionadores de ar tipo Split, Split Piso-Teto, Split Cassete e
Janeleiros, com fornecimento de peças e materiais, nos municípios das REGIÕES PLANALTO (Anita Garibaldi, Bom Retiro,
Caçador, Campo Belo do Sul, Campos Novos, Capinzal, Curitibanos, Fraiburgo, Herval D’Oeste, Joaçaba, Lages, Lebon Regis,
Otacílio Costa, Santa Cecília, São Joaquim, Tangará, Urubici e Videira), e OESTE (Abelardo Luz, Anchieta, Campo Erê,
Catanduvas, Chapecó, Concórdia, Coronel Freitas, Cunha Porã, Descanso, Dionísio Cerqueira, Ipumirim, Itá, Itapiranga,
Maravilha, Modelo, Mondaí, Palmitos, Pinhalzinho, Ponte Serrada, Quilombo, São Carlos, são Domingos, São Lourenço do
Oeste, São José do Cedro, São Miguel do Oeste, Seara, Xanxerê e Xaxim), conforme especificações mínimas relacionadas a
seguir.

Qtde.
ITEM ESPECIFICAÇÃO UNIDADE
Estimada
Remanejamento de evaporadora de aparelho Split high wall, piso-teto ou
01 cassete.
UN 30

02 Hora técnica para manutenção corretiva de ar condicionado janeleiro. HR 600


Manutenção corretiva de aparelho split high wall com capacidade nominal
03 entre 9.000 BTU/h e 24.000 BTU/h (convencional ou inverter).
UN 500

Manutenção corretiva de aparelho split piso-teto de capacidade nominal entre


04 18.000 BTU/h e 36.000 BTU/h (convencional ou inverter).
UN 10

Manutenção corretiva de aparelho split cassete de capacidade nominal entre


05 18.000 BTU/h e 48.000 BTU/h (convencional ou inverter).
UN 10

06 Configuração de controle remoto universal para ar-condicionado. UN 80


07 Manutenção preventiva de aparelhos janeleiros de todas as capacidades. UN 300
08 Manutenção preventiva de aparelhos split high wall de todas as capacidades. UN 300
09 Manutenção preventiva de aparelhos split cassete de todas as capacidades. UN 10
10 Manutenção preventiva de aparelhos split piso-teto de todas as capacidades. UN 10
11 Manutenção preventiva de sistema de exaustão e ventilação mecânica. ML 30
Desinstalação de aparelho de ar-condicionado SPLIT, com retirada de
12 tubulação frigorígena e de drenagem.
UN 50

Instalação de tubulação frigorífica em cobre com isolamento térmico, para


13 manutenção corretiva de aparelhos split high wall, piso-teto ou cassete, ML 200
conforme especificações do fabricante.
Instalação de tubulação de drenagem para manutenção corretiva de aparelhos
14 de ar-condicionado.
ML 200

Instalação de suportes para aparelhos split, adequados para o peso e tamanho


15 da máquina, para manutenção corretiva de aparelhos de ar-condicionado.
UN 35

Colocação de carga de gás (fluido refrigerante compatível com o modelo de


16 aparelho split), incluindo adequação da quantidade de óleo associada, para KG 400
manutenção corretiva de aparelhos de ar-condicionado.
Fornecimento e instalação de bomba de drenagem para split high wall ou piso-
17 teto, para manutenção corretiva de aparelhos de ar-condicionado.
UN 15

Fornecimento e instalação de canaletas brancas em PVC, para acabamento de


18 tubulações de split, com dimensões mínimas de 85 x 70 mm, para manutenção ML 150
corretiva de aparelhos de ar-condicionado.
Instalação de andaime metálico tipo fachadeiro ou equipamento específico
19 para trabalho em alturas superiores a 3,00 m, para manutenção corretiva e ML 150
preventiva de aparelhos de ar-condicionado.
SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

UNIDADES:
KG – quilograma;
ML – metro linear;
UN – unidade;
HR – hora técnica.

CONSIDERAÇÕES TÉCNICAS ACERCA DOS ITENS DO LOTE 01:

1. Com relação ao ITEM 01:


1.1 O CONTRATANTE deverá alterar a posição de evaporadora de aparelho split high wall, piso-teto ou cassete no interior da
sala, conforme as especificações do projeto de instalação fornecido pela área técnica do CONTRATANTE;
1.2 Este item diz respeito somente à mão de obra necessária para execução do serviço, caso seja necessário estender as linhas
frigoríficas e/ou de drenagem, a quantidade faltante será contratada por meio dos itens 16 e/ou 17.

2. Com relação ao ITEM 02:


2.1 O CONTRATADO deverá disponibilizar técnico de refrigeração e climatização, devidamente capacitado, para prestar
serviços de diagnóstico, conserto e manutenção de aparelhos de ar-condicionado de janela.

3. Com relação aos ITENS 03 a 05:


3.1 Entende-se por manutenção corretiva, a série de procedimentos destinados a recolocar os equipamentos em seu perfeito
estado de funcionamento, compreendendo, inclusive, substituições de componentes, ajustes e reparos necessários, como, por
exemplo, conserto de vazamentos no sistema completo, com soldas e colocação de emendas necessárias, de acordo com os
Manuais e Normas Técnicas específicas para os equipamentos:
3.1.1 Os serviços de manutenção corretiva englobam todas as partes dos equipamentos e todas as peças, exceto os
compressores, de forma a garantir o perfeito funcionamento dos sistemas de climatização instalados nas Unidades do MPSC
nas Comarcas cobertas pelo contrato;
3.1.2 Toda e qualquer situação anormal de funcionamento dos equipamentos será considerada como defeito e a
manutenção corretiva deverá ocorrer dentro dos prazos estabelecidos;
3.1.3 Constatado o defeito ou falha do(s) equipamento(s), caberá ao CONTRATANTE abrir um chamado técnico,
comunicando o CONTRATADO;
3.1.4 O chamado técnico será encaminhado via sistema eletrônico do CONTRATANTE, com comunicação instantânea ao
CONTRATADO, por meio de telefone ou correio eletrônico;
3.1.5 O prazo de execução dos serviços será fixado pela área técnica do CONTRATANTE, caso a caso, de acordo com a
urgência, complexidade e as necessidades do mesmo, respeitando os limites abaixo:
3.1.5.1 Manutenção corretiva emergencial: prazo máximo de execução de 24 horas a partir do chamado;
3.1.5.2 Manutenção corretiva não-emergencial: prazo máximo de execução de 72 horas a partir do chamado.
3.2 O CONTRATANTE deverá executar manutenções corretivas emergenciais no prazo máximo de 24 (vinte e quatro) horas
corridas após a abertura do chamado técnico:
3.2.1 Para os efeitos de Contrato, atendimentos emergenciais são aqueles que acarretam interrupção das atividades
operacionais e/ou dano iminente a integridade do patrimônio do MPSC ou ainda risco a integridade física das pessoas.
Exemplos: falha em climatização em Sala Técnica de Informática, falha de climatização em ambientes com somente um
equipamento – Sala de Promotores e Procuradores de Justiça;
3.2.2 Não sendo possível cumprir os prazos de manutenção corretiva emergencial, o CONTRATADO deverá instalar no
local um aparelho de sua propriedade, de capacidade igual ao aparelho em falha.
3.3 Após a execução do serviço, o CONTRATADO deverá emitir uma Ordem de Serviço (OS) em que constem, pelo menos: o
SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

local de execução do serviço e a data, o patrimônio do aparelho consertado e o serviço que foi executado. A OS deverá ser
assinada pelo servidor do MPSC que seja o usuário do aparelho, atestando que após o conserto o aparelho ficou funcionando:
3.3.1 O pagamento do serviço estará condicionado à apresentação da OS correspondente pelo CONTRATADO.

4. Com relação ao ITEM 06:


4.1 O CONTRATADO deverá fornecer, configurar, programar e testar o funcionamento de controle remoto adequado para o
aparelho para o qual foi solicitada a configuração;
4.2 O CONTRATADO deverá instruir adequadamente os usuários do aparelho a respeito do modo de funcionamento do
controle.

5. Com relação ao ITEM 07:


5.1 A manutenção preventiva de aparelhos janeleiros tem por objetivo executar as ações técnicas necessárias a garantir o
melhor desempenho e durabilidade dos equipamentos, e compreenderá os seguintes serviços:
5.1.1 Retirada do aparelho do nicho e transporte até a área externa do local;
5.1.2 Desmontagem da carenagem do aparelho;
5.1.3 Verificar funcionamento dos dispositivos de controle e proteção e corrigir se necessário;
5.1.4 Medir tensão de alimentação;
5.1.5 Medir correntes elétricas dos motores;
5.1.6 Medir correntes elétricas dos compressores;
5.1.7 Reapertar todas as conexões elétricas e mecânicas;
5.1.8 Verificar polias e rolamentos, mancais, pás e rotores e corrigir se necessário;
5.1.9 Verificar posição, fixação e balanceamento da hélice/turbina;
5.1.10 Limpeza completa do aparelho, interna e externamente, com água corrente ou lavadora de alta pressão, incluindo
filtros de ar, bandejas de condensado, hélices, serpentinas e demais componentes;
5.1.11 Remontagem completa do aparelho e recolocação no nicho. O aparelho deve ser reinstalado de modo a não
apresentar ruídos anormais, possibilitar caimento adequado da água de condensação e impedir a entrada de água da chuva
pelas laterais do aparelho;
5.1.12 Verificar operação do comando remoto, se houver.
5.2 Os serviços serão realizados sob demanda mediante a emissão de Autorização de Serviço;
5.3 O CONTRATADO deverá executar os serviços de manutenção preventiva, dentro do horário de expediente ou em outro
horário que o CONTRATANTE julgar conveniente;
5.4 Após a realização da manutenção preventiva do(s) aparelhos, o CONTRATADO deverá preencher a folha do Plano de
Manutenção e Controle (PMOC) anexa. A planilha deverá ser assinada por um servidor do MPSC, atestando que a manutenção
preventiva foi prestada a contento.

6. Com relação aos ITENS 08 a 10:


6.1 A manutenção preventiva de aparelhos split tem por objetivo executar as ações técnicas necessárias a garantir o melhor
desempenho e durabilidade dos equipamentos, e compreenderá os seguintes serviços:
6.1.1 Desmontagem da carenagem da unidade evaporadora, com a bandeja de condensado, e transporte até a área externa
do local;
6.1.2 Limpeza da serpentina da unidade evaporadora;
6.1.3 Limpeza completa da unidade evaporadora, interna e externamente, com água corrente ou lavadora de alta pressão,
incluindo filtros de ar, bandejas de condensado, aletas, turbinas e demais componentes;
6.1.4 Limpeza completa da unidade condensadora, interna e externamente, incluindo hélices, serpentinas e demais
componentes;
6.1.5 Desobstrução e limpeza das linhas de drenagem;

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

6.1.6 Remontagem completa da unidade evaporadora no local de instalação. O aparelho deve ser reinstalado de modo a
não apresentar ruídos anormais e propiciar drenagem adequada da água de condensação acumulada na bandeja;
6.1.7 Verificar e corrigir vazamentos de ar, refrigerante e óleo;
6.1.8 Corrigir danos no isolamento térmico da máquina e das linhas frigoríficas. Substituir bandagem das tubulações, se
necessário;
6.1.9 Verificar funcionamento dos dispositivos de controle e proteção e corrigir se necessário;
6.1.10 Medir tensão de alimentação;
6.1.11 Medir correntes elétricas dos motores;
6.1.12 Medir correntes elétricas dos compressores;
6.1.13 Reapertar todas as conexões elétricas e mecânicas;
6.1.14 Verificar polias e rolamentos, mancais, pás e rotores e corrigir se necessário;
6.1.15 Verificar posição, fixação e balanceamento das hélices/turbinas;
6.1.16 Verificar fecho das tampas e parafusos dos painéis, completando o que faltar;
6.1.17 Verificar e corrigir ruídos anormais de operação;
6.1.18 Verificar operação do comando remoto.
6.2 Os serviços serão realizados sob demanda mediante a emissão de Autorização de Serviço;
6.3 O CONTRATADO deverá executar os serviços de manutenção preventiva, dentro do horário de expediente ou em outro
horário que o CONTRATANTE julgar conveniente;
6.4 Após a realização da manutenção preventiva do(s) aparelhos, o CONTRATADO deverá preencher a folha do Plano de
Manutenção e Controle (PMOC) anexa. A planilha deverá ser assinada por um servidor do MPSC, atestando que a manutenção
preventiva foi prestada a contento.

7. Com relação ao ITEM 11:


7.1 O CONTRATADO deverá proceder à limpeza interna, com equipamento adequado, dos dutos de renovação de ar, metálicos
e flexíveis, de modo a remover toda a poeira, poluição e impurezas que possam representar danos à saúde dos usuários da
sala;
7.2 O CONTRATADO deverá também proceder à limpeza de todos os difusores, grades de ventilação e componentes similares
do sistema de renovação de ar;
7.3 O CONTRATADO deverá realizar manutenção preventiva no ventilador que insufla o ar para o interior dos dutos de
renovação, incluindo:
7.3.1 Desmontagem da carenagem do ventilador;
7.3.2 Limpeza completa, interna e externamente, com água corrente ou lavadora de alta pressão, incluindo filtros de ar,
turbinas e demais componentes;
7.3.3 Remontagem completa do ventilador e reinstalação na rede de dutos de renovação de ar. O aparelho deve ser
reinstalado de modo a não apresentar ruídos anormais quando em operação;
7.3.4 Verificar funcionamento dos dispositivos de controle e proteção e corrigir se necessário;
7.3.5 Medir tensão de alimentação;
7.3.6 Medir correntes elétricas dos motores;
7.3.7 Reapertar todas as conexões elétricas e mecânicas;
7.3.8 Verificar correias, polias e rolamentos, mancais, pás e rotores e corrigir se necessário;
7.3.9 Verificar posição, fixação e balanceamento das hélices/turbinas;
7.3.10 Verificar fecho das tampas e parafusos dos painéis, completando o que faltar;
7.3.11 Verificar e corrigir ruídos anormais de operação.
7.4 Os serviços serão realizados sob demanda, e contratados por metro de dutos de ventilação, mediante a emissão de
Autorização de Serviço.

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

8. Com relação ao ITEM 12:


8.1 Trata-se da desinstalação completa das unidades interna e externa de máquina Split instalada no local da CONTRATANTE,
bem como das respectivas tubulações frigoríferas e de drenagem;
8.2 O CONTRATADO deverá prover todos os materiais necessários para a remoção;
8.3 Durante a execução deve ser garantido o recolhimento seguro do gás refrigerante, seguindo as recomendações do
fabricante do aparelho;
8.4 Será de responsabilidade do CONTRATADO o recolhimento, transporte e destino final dos materiais inservíveis
decorrentes da execução deste contrato, dando tratamento adequado aos mesmos;
8.5 O destino do aparelho split removido será definido pela CONTRATANTE e previamente comunicado ao CONTRATADO.

9. Com relação ao ITEM 13:


9.1 O CONTRATADO deverá utilizar exclusivamente tubulações em cobre desoxidado recozido, extrudadas e trefiladas, sem
costura, segundo orientações da norma NBR-7541 - Tubo de cobre sem costura para refrigeração e ar condicionado, com
isolamento térmico adequado, cujas bitolas sejam adequadas para o aparelho a ser instalado, conforme especificação do
Fabricante;
9.2 O CONTRATADO deverá seguir rigorosamente as especificações do projeto de instalação fornecido pela área técnica do
CONTRATANTE, evitando tubulações aparentes na parte externa das edificações;
9.3 O fornecimento está atrelado à manutenção de aparelhos de ar-condicionado já instalados.

10. Com relação ao ITEM 14:


10.1 O CONTRATADO deverá instalar a tubulação de drenagem, utilizando tubulações em PVC (com isolamento térmico,
quando necessário) e/ou mangueira cristal, conforme especificações do projeto de instalação fornecido pela área técnica do
CONTRATANTE;
10.2 Tubulações que não correrem dentro de canaletas deverão ser fixadas com abraçadeiras nas paredes em que forem
instaladas:
10.2.1 Sempre que necessário, o CONTRATADO deverá pintar as tubulações na cor da parede, conforme especificações do
projeto de instalação fornecido pela área técnica do CONTRATANTE.
10.3 O fornecimento está atrelado à manutenção de aparelhos de ar-condicionado já instalados.

11. Com relação ao ITEM 15:


11.1 O CONTRATADO deverá instalar suportes, compatíveis com o peso e dimensões da máquina, preferencialmente em perfil
Metalon com pintura eletrostática branca. O uso de suportes feitos em materiais plásticos deverá ser aprovado por escrito
pela área técnica do CONTRATANTE;
11.2 Caso necessário, o CONTRATADO deverá pintar os suportes na cor da parede, conforme especificações do projeto de
instalação fornecido pela área técnica do CONTRATANTE.
11.3 O fornecimento está atrelado à manutenção de aparelhos de ar-condicionado já instalados.

12. Com relação ao ITEM 16:


12.1 O CONTRATADO deverá regular a pressão de fluido refrigerante das linhas frigoríficas do aparelho, utilizando gás
compatível (R22, R407C ou R410A, de acordo com o modelo de split), de forma a garantir o perfeito funcionamento do sistema;
12.2 Quando necessário, o CONTRATADO deverá completar a quantidade de óleo do sistema.
12.3 O fornecimento está atrelado à manutenção de aparelhos de ar-condicionado já instalados.

13. Com relação ao ITEM 17:


13.1 O CONTRATADO deverá fornecer e instalar bomba de drenagem, adequada para aparelhos tipo split high wall ou piso-
teto. Marcas de referência: Elgin, Vulcan, ou similar;
SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

13.2 Características técnicas da bomba de drenagem:


13.2.1 – Desnível de bombeamento mínimo: 15 mca;
13.2.2 – Desnível de sucção mínimo: 2,5 mca;
13.2.3 – Monofásica (220 V, 60 Hz);
13.2.4 – Garantia de 1 ano.
13.3 O fornecimento está atrelado à manutenção de aparelhos de ar-condicionado já instalados.

14. Com relação ao ITEM 18:


14.1 O CONTRATADO deverá fornecer e instalar canaletas em PVC brancas, com dimensões mínimas de 85 x 70 mm, adequadas
para a passagem de tubulações de Split, seguindo rigorosamente as especificações do projeto de instalação fornecido pela área
técnica do CONTRATANTE:
14.1.1 Marcas de referência: Controlbox, Perfiltec, ou similar.
14.2 A instalação de canaletas em PVC deve ser de acordo com o padrão das fotos em anexo. O CONTRATANTE deverá fornecer
e instalar, sempre que necessário, conexões como joelhos, luvas, terminais de saída e outras, de modo a obter o padrão de
acabamento mostrado nas fotos;
14.3 Deve-se evitar que as descidas ou subidas das canaletas ocorram na parte central das paredes, a não ser que uma tal
subida ou descida esteja especificada no projeto fornecido pela área técnica do CONTRATANTE.
14.4 O fornecimento está atrelado à manutenção de aparelhos de ar-condicionado já instalados.

15. Com relação ao ITEM 19:


15.1 Locação, montagem e desmontagem de equipamentos necessários ao trabalho em ambientes externos e/ou internos com
pé direito alto, onde não seja possível o uso de escadas convencionais, incluindo: andaimes do tipo tubular modular, cadeiras
suspensas e guindastes;
15.2 Os equipamentos deverão respeitar rigorosamente as normas em vigor (como a NBR 6494, a NR-35 e a NR-18), no que diz
respeito à segurança e estabilidade, resguardando prioritariamente a integridade dos operários, técnicos e transeuntes.
15.3 O fornecimento está atrelado à manutenção de aparelhos de ar-condicionado já instalados.

CONSIDERAÇÕES ACERCA DAS CONDIÇÕES DE EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS:


1 – Durante a vigência da Ata de Registro de Preços, havendo a necessidade da realização de serviços, caberá ao SELMEC (Setor
de Engenharia Eletromecânica do MPSC) elaborar projetos e/ou proceder o levantamento de quantitativos de serviços;
2 – Caso julgue necessário, o SELMEC solicitará que o CONTRATADO proceda vistoria “in-loco” dos locais de execução das
obras;
3 – O prazo de execução dos serviços será fixado pela área técnica do CONTRATANTE, caso a caso, de acordo com a urgência,
complexidade e as necessidades do mesmo, respeitando os limites abaixo:
3.1 - Manutenção emergencial: prazo máximo de execução 24 horas a partir do chamado;
3.2 - Manutenção corretiva não emergencial: prazo máximo de execução não superior a 72 horas a partir do chamado;
3.3 - Manutenção preventiva: prazo de execução entre 20 dias e 120 dias, dependendo da urgência;
4 – Caberá ao MPSC emitir a Autorização de Serviços e notificar o CONTRATADO;
5 – O CONTRATADO deverá executar os serviços dentro dos prazos fixados;
6 – O CONTRATADO deverá comunicar o SELMEC pelos e-mails mecanica@mpsc.mp.br e eletromecanica@mpsc.mp.br a data
de execução dos serviços com no mínimo 2 dias úteis de antecedência;
7 – A execução dos serviços deverá ser realizada no local indicado na Autorização de Serviço, em dias de expediente do MPSC,
das 08:00 as 19:00 horas. Conforme o caso e quando houver concordância expressa da Promotoria de Justiça os serviços
poderão ser realizados em horários pré-determinados, inclusive após as 19:00 horas, ou ainda nos finais de semana e feriados;
8 – Não serão tolerados atrasos na execução dos serviços, exceto mediante justificativa fundamentada, dirigida à SELMEC, a

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

quem caberá comunicar ao setor competente;


9 – A falta de peças/materiais não poderá ser alegada como motivo de força maior, e não eximirá o CONTRATADO das
penalidades a que está sujeito pelo não cumprimento dos prazos estipulados;
10 – Caso o SELMEC (Setor de Engenharia Eletromecânica) recuse os objetos/serviços executados, o CONTRATADO ficará
obrigado a substituí-los, de modo a atender integralmente o especificado no Edital;
11 – Deverão ser observados os termos da Portaria n. 3.523/98 do Ministério da Saúde, aplicando-se seu conteúdo no que
couber ao objeto deste Termo de Referência;
12 – O CONTRATADO não receberá o aceite na Nota Fiscal enquanto não regularizar a entrega definitiva dos serviços.

CONSIDERAÇÕES ACERCA DA GARANTIA DOS SERVIÇOS E MATERIAIS:


1 – As peças e materiais terão garantia de no mínimo 01 (um) ano ou a do fabricante, a que for maior, contando a partir da
data do aceite da nota fiscal pela SELMEC;
2 – A garantia dos aparelhos de ar-condicionado janeleiros ou split fornecidos e instalados pelo CONTRATADO será de no
mínimo 01 (um) ano;
3 – Os serviços terão garantia de 180 dias, contados a partir da data do aceite da nota fiscal pela SELMEC;
4 – Caso seja necessária, será admitida a substituição do(s) profissional(is) indicado(s), desde que demonstrada a
qualificação técnica equivalente e o vínculo profissional, mediante prévia aprovação do MPSC, no prazo de até 5 (cinco)
dias contados da comunicação do CONTRATADO.

DETALHAMENTO DE SERVIÇOS REALIZADOS:

1 – O Detalhamento de Serviços estará indicado no Relatório de Autorização de Despesas – A.D.A, (conforme Anexo IV
do Contrato), e contemplará as informações pormenorizadas acerca dos serviços a serem realizados, incluindo suas
quantidades, valores unitários, valores totais, e campo específico para indicação de observações que se fizerem
necessárias.

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

ANEXO I DO OBJETO DO CONTRATO – PADRÃO DE INSTALAÇÃO DAS CANALETAS EM PVC

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

ANEXO II DO OBJETO DO CONTRATO – PLANILHA DO PLANO DE MANUTENÇÃO E CONTROLE - PMOC

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

ANEXO IV DO CONTRATO

MINUTA DO RELATÓRIO DE AUTORIZAÇÃO DE DESPESA (A.D.A.)

_____________________________________________________________________________________
MPSC – Ministério Público do Estado de Santa Catarina ***/***/201*** - ***h:***min

Relatório de Autorização de Despesa Página: *** de ***


_____________________________________________________________________________________

Processo: *****
Título: *****
ADA: *****
Fornecedor: *****

Dotação: *****
Natureza: *****
Saldo Anterior: *****
Saldo Atual: *****

Lote Item Observação Quantidade Valor Unitário Valor Total

Total:

Total despesa: ****

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

ANEXO X – MODELO DE PLANILHA DE FORMAÇÃO DE CUSTOS DOS SERVIÇOS (*)

(*) Os CUSTOS deverão ser apresentados conforme a realidade do licitante, podendo ser elaborada Planilha diversa do
modelo proposto

Tipo de Serviço Unidade de Medida Qtde. Total a contratar

% Imposto Sobre Serviço (conforme legislação municipal) 0,00%

Módulo 1 – Composição da Remuneração


Item Composição da remuneração Complemento Valor em R$

A Salário – base R$ --

Salário base/piso categoria, conforme previsto no Acordo ou Convenção Coletiva de Trabalho.

B Adicional de Periculosidade 0,00% R$ --


De acordo com Laudo Técnico.

C Adicional de Insalubridade 0,00% R$ --


Adicionais conforme Laudo Técnico, se for o caso.

D Adicional de Assiduidade 0,00% R$ --


SE previsto no Acordo ou Convenção Coletiva de Trabalho.

E Outros (especificar) 0,00% R$ --


Salário base/piso categoria, conforme previsto no Acordo ou Convenção Coletiva de Trabalho.

TOTAL DA REMUNERAÇÃO R$ --

Módulo 2 – Benefícios Mensais


Item Composição da remuneração Complemento Valor em R$

A Transporte R$ --

Valor do vale-transporte x Quantidade de vales utilizados por dia x média nos dias úteis do mês DEDUZIDO valor descontado do empregado.

B Auxílio-alimentação (vales, cesta básica, etc) R$ --

Valor do auxílio-alimentação diário x Média dos dias úteis do mês DEDUZIDO valor descontado do empregado a título de vale-alimentação.

C Assistências médica e familiar R$ --

Valor do plano de saúde mensal custeado pela empresa DEDUZIDO valor descontado do empregado.

D Auxílio-creche R$ --

Valor mensal do auxílio creche x Meses de concessão x % Incidência de ocorrência ANUAL + Meses do Ano (12).

E Outros (especificar) R$ --

Salário base/piso categoria, conforme previsto no Acordo ou Convenção Coletiva de Trabalho.

TOTAL DA REMUNERAÇÃO R$ --
SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

Módulo 3 – Insumos Diversos (mensal)


Item Composição da remuneração Complemento Valor em R$

A Uniformes ** R$ --

Valor anual do uniforme x número de mudas anuais + Meses do ano (12) ------------------------------ ** acrescer percentual de perda, se for o caso.

B Materiais R$ --

Gasto anual de materiais e produtos + Meses do ano + Número de funcionários. Exemplo: Luva, óculos de proteção, equipamentos e EPI, etc.

C Equipamentos (item não reajustado devido a depreciação) R$ --


Custo dos equipamentos + Vida útil em meses + Número de funcionários. Nota: Em caso de serem necessários vários equipamentos e que tenham vida útil diferente entre eles,
sugere-se o cálculo individualizado para fins dessa apuração.

D Outros (especificar) R$ --

TOTAL DE INSUMOS DIVERSOS (mensal) R$ --

Módulo 4 – Encargos Sociais e Trabalhistas

Submódulo 4.1 – Encargos Previdenciários, FGTS e Outras Contribuições


Item Composição da remuneração Complemento Valor em R$

A INSS R$ --

Total da remuneração x Percentual INSS Patronal.

B SESI ou SESC R$ --

Total da remuneração x Percentual do SESI ou SESC.

C SENAI ou SENAC R$ --

Total da remuneração x Percentual do SENAI ou SENAC.

D INCRA R$ --

Total da remuneração x Percentual do INCRA.

E Salário-Educação R$ --

Total da remuneração x Percentual do Salário-Educação.

F SEBRAE R$ --

Total da remuneração x Percentual do SEBRAE.

G RAT (Riscos Ambientais do Trabalho) R$ --

Total da remuneração x Percentual dos Riscos Ambientais do Trabalho – ajustado FAP, se for o caso.

H FGTS R$ --

Total da remuneração x Percentual FGTS.

Subtotal R$ --

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

Submódulo 4.2 – 13º (décimo terceiro) salário


Item Composição da remuneração Complemento Valor em R$

A 13º (décimo terceiro) salário 0,00% R$ --


Provisão mensal 13º salário – total da remuneração + meses do ano (12).

B Incidência de encargos previstos no Submódulo 4.1 0,00% R$ --


sobre o 13º (décimo terceiro) salário.

Subtotal R$ --

Submódulo 4.3 – Provisão para Rescisão


Item Composição da remuneração Complemento Valor em R$

A Aviso prévio-indenizado 0,00% R$ --


Provisão mensal 13º salário – total da remuneração + meses do ano (12).

B Incidência do FGTS sobre o aviso-prévio indenizado 0,00% R$ --


Aviso prévio indenizado x Percentual recolhimento mensal do FGTS + Multa e Contrib. Social FGTS (12%).

C Multa e Contribuição Social sobre o FGTS mensal R$ --


(saldo conta vinculada)
Provisão multa 50% FGTS sobre conta vinculada – s { [ (Total da remuneração + 13º salário + Férias e terço constitucional de férias) x 50% ] x Percentual de recolhimento mensal de
FGTS 8% } x Percentual de incidência de dispensas sem justa causa.

Subtotal R$ --

Submódulo 4.4 – Custo da reposição do profissional ausente


Item Composição da remuneração Complemento Valor em R$

A Férias e terço constitucional de férias R$ --

B Ausência por doença R$ --

Remuneração diária x Média de faltas por ano.

C Licença-paternidade R$ --

Remuneração diária x dias de licença por ano x Percentual de incidência de ocorrência da licença-paternidade.

D Ausências legais R$ --

E Ausência por acidente de trabalho R$ --

Remuneração diária x média de dias pagos pela empresa x Percentual de incidência de acidentes.

F Outros (feriados) R$ --

Vide arquivo anexo.

G Incidência dos encargos do Submódulo 4.1 sobre o custo 0,00% R$ --


de reposição do profissional ausente
Subtotal do custo de reposição do profissional ausente x Incidência de Submódulo 4.1.

Subtotal R$ --

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

TOTAL DE ENCARGOS (mensal) R$ --

Módulo 5 – Custos Indiretos, Tributos e Lucro

Submódulo 5.1 – Custos indiretos, tributos e lucro


Item Composição da remuneração Complemento Valor em R$

A Custos indiretos 0,00% R$ --


(Módulo 1 + Módulo 2 + Módulo 3 + Módulo 4) x Média praticada pelas empresas do setor.

B Lucro + IRPJ + CSLL 0,000% R$ --


(Rec. Oper. Bruta – Tributos – Custo Indireto – Custo Direto = Lucro).

C Tributos (PIS + COFINS + ISS) 1,0000 R$ --


Base para o cálculo dos tributos

Fator de divisão: 1 – [ (Alíquota do PIS + Alíquota do COFINS + Alíquota do ISS) + 100 (Módulo 1 + Módulo 2 + Módulo 3 + Módulo 4 + Custos Indiretos + Lucro) + Fator de
Divisão.

C.1 Tributos Federais (PIS / COFINS)

C.1.1 PIS 0,00%

Base para tributos x Alíquota do PIS.

C.1.2 COFINS 0,00%

Base para tributos x Alíquota da COFINS.

C.2 Tributos municipais (ISS)

C.2.1 ISS 0,00%

Base para tributos x Alíquota do ISS.

TOTAL DE CUSTOS INDIRETOS, LUCRO E TRIBUTOS (mensal) R$ --

QUADRO-RESUMO DO CUSTO POR EMPREGADO


Mão-de-obra vinculada à execução contratual (Valor por empregado)
A Módulo 1 – Composição da remuneração R$ --
B Módulo 2 – Benefícios mensais e diários R$ --
C Módulo 3 – Insumos diversos R$ --
D Módulo 4 – Encargos sociais e trabalhistas R$ --
SUBTOTAL (A + B + C + D) R$ --

E Módulo 5 – Custos indiretos, tributos e lucro R$ --

VALOR TOTAL POR EMPREGADO R$ --

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

ANEXO XI – DECLARAÇÃO DE CONTRATAÇÃO FUTURA DO PROFISSIONAL RESPONSÁVEL TÉCNICO

DECLARAÇÃO

_________________________ (nome do licitante), inscrita no CNPJ sob o n. ________, sediada na


____________ (endereço completo), DECLARA, sob as penas da Lei, que disponibilizará, até a data da assinatura da Ata
de Registro de Preços, do PROFISSIONAL RESPONSÁVEL TÉCNICO indicado, Sr(a). ___________________, em
atendimento aos requisitos do subitem 12.1.4.2 a 12.1.4.3 do edital – QUALIFICAÇÃO TÉCNICA.

_______________, ___ de _________ de 201***.

____________________________________________________________
(Nome e assinatura do Declarante)

_____________________________________________________________
(Nome e assinatura do Profissional Indicado como Responsável Técnico)

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

ANEXO XII – DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE PROFISSIONAIS

DECLARAÇÃO

__________________________________________________(nome do licitante), inscrita no CNPJ


sob o n. ______________, sediada na ________________________ (endereço completo), declara, sob as penas da Lei, que
dispõe ou disponibilizará até a data da assinatura da Ata de Registro de Preços dos profissionais elencados no Anexo I –
Objeto Detalhado deste edital e que estes permanecerão à disposição do Contratante durante o período de execução
dos serviços.

____________________, ____ de ____________ de 201**.

______________________________________
(Nome e assinatura do Declarante)

SELIC/ymdc
COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS / SETOR DE LICITAÇÕES
PROCESSO N. 2017/020998 PREGÃO N. 081/2017/MP

ANEXO XIII – DECLARAÇÃO DE CUMPRIMENTO DO DISPOSTO NO ARTIGO 7º, XXXIII, DA CF/88

DECLARAÇÃO

______________________________________________________(nome do licitante), inscrita no CNPJ


sob o n. ______________, sediada na _____________________(endereço completo), declara, sob as penas da Lei, para os
fins requeridos no inciso XXXIII, do artigo 7° da Constituição Federal, que não tem em seu quadro de empregados,
menores de 18 anos em trabalho noturno, perigoso ou insalubre, bem como em qualquer trabalho, menores de 16 anos,
salvo na condição de aprendiz, a partir de 14 anos.

________, ____ de ____________ de 201X.

______________________________________
(Nome e assinatura do Declarante)
(número da cédula de identidade do Declarante)

SELIC/ymdc