Você está na página 1de 4

Roteiro de Implantação Faturamento

Revisão: 07/06/2004

Abrangência

Versão 7.10

Cadastros Básicos

Dicas:

 Explique a necessidade do preenchimento dos obrigatórios ( campos na cor azul).


 Verifique se o cliente necessita que mais algum campo seja incluído como
obrigatório. Use o configurador para isto.
 Verifique se existe a necessidade de se criar campos novos específicos do cliente.
Use o configurador para isto.

Cadastros:

 Naturezas (Acelerador: Base de dados modelo SED)

o O cadastro de naturezas deve ter uma visão financeira. Agrupar as naturezas


em a pagar e a receber facilita os filtros em relatórios. O cadastro de
naturezas pode ser comparado a um plano de contas, mas só que com a visão
financeira.
o Este cadastro também pode ser utilizado para integração dos módulos com a
contabilidade. Envolva também alguém deste setor.
o Utilize o parâmetro MV_MASCNAT para configurar a máscara da natureza.
o As naturezas no financeiro são utilizadas para cálculos de impostos
automaticamente, como ISS, PIS, Cofins, IR, etc.
o Existem parâmetros específicos para os impostos gerados automaticamente
para que no financeiro estes sejam gerados com as naturezas corretas.
Consulte a documentação da rotina para saber quais são estes parâmetros.

 Vendedores (Acelerador: Programa de importação do SA3)

o Informe os percentuais de comissão na emissão do título e baixa.


o Informe se os impostos irão incidir na base de cálculo.

 Condição de pagamento (Acelerador: Base de dados modelo SE4)

o Consulte documentação sobre os tipos de condição, pois dependendo do tipo


deve ser informado o campo condição de pagamento de forma diferenciada.

 Transportadoras (Acelerador: Programa de importação do SA4)


 TES (Acelerador: Base de dados modelo SF4)
o É através do TES que se informa quais livros fiscais serão gerados
automaticamente pelo sistema, a geração ou não de títulos no financeiro e a
atualização do estoque. Envolva algum usuário do departamento fiscal.
o A configuração dos cálculos de impostos nas notas e a geração dele nos
livros fiscais devem ser configuradas no TES. Procure cadastrar TES
distintos para operações com impostos de TES de operações sem impostos
mesmo sendo a mesma operação.
o TES com códigos menores ou iguais a 500 são para entrada e maiores que
500 saída.
o Se o cliente utilizar notas fiscais de saída de serviços cadastre na tabela de
CFOP padrão 999 para utilização nos TES de entrada de serviço.
o Pode ser utilizada a facilidade de TES inteligente para facilitar a utilização
do TES pelo usuário final. Consulte documentação da rotina.

 Produtos (Acelerador: Programa de importação do SB1)

o Cadastre o TES padrão de entrada e de saída para ser sugerido na geração


dos pedidos e notas.
o Se o produto for um serviço informe o código do serviço. Caso já haja o
cadastro de plano de contas informe a conta contábil visando a configuração
dos lançamentos padrões.
o Caso já haja o cadastro de plano de contas informe a conta contábil visando
a configuração dos lançamentos padrões.

 Clientes (Acelerador: Programa de importação do SA1)

o O cadastro de clientes é compartilhado entre todas as rotinas e módulos do


sistema. Cuide para que todos os dados necessários sejam preenchidos.
o Informe a natureza padrão para o cliente.
o Caso já haja o cadastro de plano de contas informe a conta contábil visando
a configuração dos lançamentos padrões.

 Tabelas de Preços

 Controle de Cenário de Vendas

Orçamentos

 Orçamento (Acelerador: Programa de importação do SCJ e SCK)


o É utilizado como pré-pedido
 Aprovação de Venda
o Gera o pedido de venda a partir do orçamento
Pedidos

 Pedidos de Venda (Acelerador: Programa de importação do SC5 e SC6)


o Informar os dados dos vendedores para cálculo de comissão.
 Liberação de Pedidos
o Esta liberação é a confirmação de que o pedido foi confirmado e pode dar
seqüência no processo de faturamento.
o Esta rotina pode ser dispensada se no momento da digitação for informada a
quantidade liberada, a qual pode ser sugerida automaticamente desde que se
configure um parâmetro utilizando a tecla F12.
 Liberação de Crédito/Estoque
o Para análise de crédito são utilizados dados do cadastro de cliente, tais
como, risco, limite de crédito e vencimento do limite de crédito, moeda do
limite de crédito.
o O parâmetro MV_BLOQUEI permite que não se execute a bloqueio por
crédito dos clientes.
 Emissão de Pedidos de Venda (Acelerador: Rdmake modelo de impressão de
Pedido)
 Eliminar Resíduo
o Esta rotina deve ser utilizada para eliminar o saldo de pedidos entregues
parcialmente que não serão mais entregues e podem constar no sistema
como um saldo reservado não existe
 Controle de Reservas

Faturamento

 Geração do Documento de Saída


 Emissão de Documento de Saída (Acelerador: Rdmake modelo de impressão de
Nota)
o É interessante a configuração e teste de todos os tipos de notas geradas pelo
cliente, como por exemplo, devoluções, remessa para conserto,
complemento de impostos, etc
 Exclusão de Documento de Saída
 Consulta de Documento de Saída
 Consulta Produto
 Posição do Cliente

Comissão

Se existir controle de comissões os seguintes cadastros devem ser implantados:

 Vendedores

o Informar percentuais de comissão na emissão e baixa do título.


o Configurar incidência de impostos nas bases de comissão.

 Manutenção de Comissões

o Com base no dados do cadastro de vendedores, pedidos de vendas se notas


fiscais de saída são geradas as comissões dos vendedores. Esta rotina
permite a manutenção de forma manual destes dados.

 Atualiza Pagamento de Comissões

o Esta rotina baixa as comissões em aberto e geram títulos a pagar no


financeiro caso se deseje.

Contabilização

 Lançamentos Padronizados

o Para cada rotina existe um código específico o qual deve ser informado no
cadastro de lançamentos padrões para a contabilização. Consulte
documentação das rotinas para saber quais são os códigos disponíveis.
o Existem variáveis de memória padrões como CREDITO, DEBITO e
VALOR para serem utilizados em determinados lançamentos padrões.
Consulte documentação para saber quando utilizar estas variáveis.
o No F12 das rotinas existe pergunta para informar se a contabilização deve
ser on-line ou off-line. Se estes parâmetros estiverem como on-line e existir
o código de lançamento padrão configurado para a rotina a contabilização
será efetuada automaticamente.