Você está na página 1de 15

Ausculta pulmonar

Profa. Me. Cardine Reis


Respiratory.Guide

http://respiratory.guide/auscultation/lung-sounds-lesson?coursecaseorder=1&courseid=1110
Murmúrio vesicular
O murmúrio vesicular é um som
de baixa frequência e baixo
volume durante a inspiração.
Durante a expiração, o volume se
torna mais baixo. É o som mais
comum auscultado nos pulmões e
pode ser ouvido na maior parte da
parede torácica
Click na seta para ouvir o murmúrio vesicular
Murmúrio vesicular
O murmúrio vesicular é um som *
de baixa frequência e baixo
volume durante a inspiração.
Durante a expiração, o volume se
torna mais baixo. É o som mais
comum auscultado nos pulmões e
pode ser ouvido na maior parte da
parede torácica

Click na seta para ouvir o murmúrio vesicular e


visualizar a *forma da onda
Murmúrio vesicular
O murmúrio vesicular é um som *
de baixa frequência e baixo
volume durante a inspiração.
Durante a expiração, o volume se
torna mais baixo. É o som mais
comum auscultado nos pulmões e Click na seta para ouvir o murmúrio vesicular,
pode ser ouvido na maior parte da pratique, e responde a *pergunta #1
parede torácica
Toque o som. É murmúrio vesicular?
A. Verdadeiro
B. Falso
Murmúrio vesicular
diminuído
Quando os sons vesiculares soam
mais baixo (volume) e menos
robustos são chamados de
murmúrio vesicular diminuído.
Idosos, pessoas frágeis, obesos, e
pacientes com DPOC ou alta
massa muscular mobilizam menos
volume de ar e podem apresentar Click na seta para ouvir o murmúrio vesicular
sons diminuídos Visualize também a forma da onda (visual),
pratique (practice), e responda a pergunta
Brônquico

Sons brônquicos são ocos, tubulares


de baixa frequência

Click na seta para ouvir o murmúrio vesicular


Visualize também a forma da onda (visual),
pratique (practice), e responda a pergunta
Sibilos

Os sibilos são sons respiratórios


contínuos com um tom musical.
Eles podem ser de alta ou baixa
frequência. Sibilos de baixa
frequência têm um som de
gemido ou ronco, já os de alta
frequência podem ser
comparados a um rangido. Podem
ser auscultados na parte anterior,
posterior ou lateral do tórax. São Click na seta para ouvir o murmúrio vesicular
mais intensos em áreas de Visualize também a forma da onda (visual),
obstrução parcial pratique (practice), e responda a pergunta
Ronco – sibilos de
baixa frequência

O ronco é um sibilo de baixa


frequência que ocorre tanto na
inspiração quanto na expiração.
Apresentam-se, frequentemente,
como sons de ronco, borbulho ou
chocalho. Geralmente,
Click na seta para ouvir o murmúrio vesicular
desaparecem com a tosse
Visualize também a forma da onda (visual),
pratique (practice), e responda a pergunta
Creptantes finos
(estertores)
Os creptantes finos soam como
fixadores de gancho e laço (ex.
velcro) quando isolados. Esses
sons são breves e de alta
frequência. Aparecem em ambas
inspiração e expiração, sendo que
o tempo de aparecimento pode
ter valor diagnóstico, pois no final
da inspiração sugerem
pneumonia, atelectasia ou Click na seta para ouvir o murmúrio vesicular
insuficiência cardíaca. Já no início Visualize também a forma da onda (visual),
da expiração, podem ser devido à pratique (practice), e responda a pergunta
bronquite crônica
Creptantes grossos
(estertores)
Creptantes grossos são sons curtos e
de estalo durante a respiração.
Comparados aos finos, esses têm
frequência mais baixa mas volume
maior. Geralmente, duram mais
tempo Click na seta para ouvir o murmúrio vesicular
Visualize também a forma da onda (visual),
pratique (practice), e responda a pergunta
Broncovesicular

O som broncovesicular é
auscultado entre as escápulas e
no nível dos brônquios principais.
Seus períodos inspiratório e
expiratório são iguais. Refletem
uma mistura da frequência dos
sons brônquicos (perto da
traqueia) e do murmúrio vesicular
(nos alvéolos). Click na seta para ouvir o murmúrio vesicular
Visualize também a forma da onda (visual),
pratique (practice), e responda a pergunta
Estridor

O estridor é alto e pode,


frequentemente, ser observado
sem o estetoscópio. É um som de
alta frequência ouvido durante a
inspiração, porém, também pode
ser auscultado durante todo o ciclo
respiratório. Pacientes com vias
aéreas superiores obstruídas, ou
mais estreitas, ou recém extubados Click na seta para ouvir o murmúrio vesicular
podem apresentar estridor Visualize também a forma da onda (visual),
pratique (practice), e responda a pergunta
Atrito pleural

O atrito pleural soa como rangido,


como andar sobre a neve. A tosse
não altera seu som. É produzido
pelas camadas de pleura
inflamadas que perderam sua
lubrificação. O atrito pleural ocorre
quando o tórax se movimenta, na
inspiração e expiração
Click na seta para ouvir o murmúrio vesicular
Visualize também a forma da onda (visual),
pratique (practice), e responda a pergunta
Take home message...

A PRÁTICA
leva à
PERFEIÇÃO