Você está na página 1de 23

AS AVENTURAS DO

BARRIGUDINHO
Texto teatral infantil de: ANDRÉ FAXAS 1997

Registrada no EDA da BN-RJ sob o nº 265.277 livro 475 Folha 437, na SBAT sob o nº 2566 . registro do autor André
Faxas na SBAT: 31533 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Dica: Para salvar a peça em formato word (doc), clique em editar, selecionar tudo, até todo o texto coberto com a cor preta. Dê um clique
com o botão do mouse da direita, selecione “recortar”, abra o word (documento em branco), clique novamente com o botão do mouse da
direita, logo após selecione “colar”. Clique em “colar”, que todo o texto será transferido para o word. Clique novamente em “salvar
como”, digite o nome do arquivo e edite conforme o seu gosto.

CONTATOS COM O AUTOR:

e-mail: andrefaxas@bol.com.br

telefones: (21) 2416.2628 / 87326349

PERSONAGENS:

BARRIGUDINHO – Menino gorducho e guloso

NICOLE- Menina bonita, colega de escola de Barrigudinho

ZEZINHO- Outro colega de escola, menino agressivo e violento

MONSTRO DOS DOCES- O vilão da história. Quer destruir Barrigudinho

MULHER ENERGÉTICA- A heroína. Ativa e saudável, quer salvar Barrigudinho.


PS. NICOLE / MULHER ENERGÉTICA - mesma atriz

ZEZINHO / MONSTRO DOS DOCES- mesmo ator

CENÁRIO INICIAL: BAIRRO ONDE MORA BARRIGUDINHO

(MÚSICA INICIAL) (NO CENÁRIO DEVERÁ HAVER UMA JANELA, DE ONDE


SURGIRÁ UM FANTOCHE DE CACHORRO) (ESTE FANTOCHE PODERÁ SER
MANIPULADO PELO ATOR QUE INTERPRETARÁ ZEZINHO E MONSTRO DOS
DOCES, À CRITÉRIO DA DIREÇÃO) (NO ÁUDIO, DEVERÁ HAVER UMA
GRAVAÇÃO COM A VOZ DO FANTOCHE)

FANTOCHE- Olá, criançada ! Eu sou o Lupy e vou contar uma história para vocês. Há
alguns anos, duas pessoas se apaixonaram e se casaram. O tempo passou e o casal então,
esperava a chegada do seu primeiro filho. A barriga da mamãe estava muito grande e o bebê
chegaria logo. Porém, a senhora exagerava um pouco nos seus desejos e, de tanto comer, a
sua barriga crescia cada vez mais. Até que... Nasceu ! Era um menino. Mas não sabiam que
nome ele teria. E, notando algo diferente no garoto, de tanto comer dentro da barriga da sua
mãe, não tiveram dúvidas: seu nome seria Barrigudinho !(MÚSICA DA ENTRADA DO
BARRIGUDINHO) (O FANTOCHE É RECOLHIDO) (SURGE BARRIGUDINHO)
(DEVERÁ SURGIR O CENÁRIO DA ESCOLA)

BARRIGUDINHO (AO PÚBLICO)- Hoje é meu primeiro dia de aula na escola e não
posso me atrasar. Já estou louco pra chegar a hora da merenda. Minha mãe me deu o maior
dinheirão para o lanche e vou fazer a festa. Mas ela também me disse que tenho que
estudar. Mas estudar é tão chato. Mas, se eu não estudar, ela me dá palmada. Tenho que ir
pra escola, tchau. (SEGUE EM DIREÇÃO À ESCOLA) (EM FRENTE À ESCOLA,
DEVERÁ HAVER UM TABULEIRO REPLETO DE DOCES E GULOSEIMAS)(AO SE
DEPARAR COM ELES, BARRIGUDINHO SE ENTUSIASMA) Que maravilha ! Não
sabia que escola era tão boa assim ! Tem bala, laranjinha. Chiclete e paçoquinha. Pirulito
que bate-bate, Mirabel de chocolate. Tem tudo que a gente ama: biscoito de vento e
amendoim Nakayama. Tem Kinder ovo, tartaruga Tortuguita, biscoito e batata-frita. Já sei !
Vou levar tudo que o dinheiro der ! (BARRIGUDINHO TIRA UMA ENORME CÉDULA
DA MERENDEIRA E A JOGA SOBRE O TABULEIRO)(PEGA OS DOCES E OS
GUARDA NOS BOLSOS E NA MERENDEIRA) Que delícia! Nunca vou deixar de vir à
escola ! (ENTRA EM CENA NICOLE) (BARRIGUDINHO SE ENCANTA) Que menina
bonita... (DIRIGE-SE À NICOLE) Oi, menina. Quer um doce ?

NICOLE- Não, obrigada. Já lanchei e não faz bem comer entre as refeições. Ainda mais
doces.

BARRIGUDINHO- Qual o seu nome, menina bonita ?

NICOLE- Nicole, menino barrigudo. E o seu ?

BARRIGUDINHO- Barrigudinho.

(NICOLE RI)

NICOLE- Barrigudinho ? Isso é nome ?

BARRIGUDINHO- É meu nome sim, meu pai quem botou. Ele disse que quando eu
estava na barriga na minha mãe, eu comia muito doce. Aí, minha barriga cresceu e eu virei
o Barrigudinho.

NICOLE- E você acha isso legal ? Ter uma barriga desse tamanho ?

BARRIGUDINHO- É muito bom. E cada vez eu como mais doce, para ela ficar maior.
NICOLE- Ih, Barrigudinho. Temos que ir. Já está na hora da aula.

BARRIGUDINHO- Nicole ! (TÍMIDO) Será que... Eu posso me sentar ao seu lado na


aula ?

NICOLE- Sabe o que é, Barrigudinho ? É que eu tenho namorado e ele vai ficar com
ciúme.

BARRIGUDINHO (DESILUDIDO)- Você tem namorado ?

NICOLE- Tenho sim. É o Zezinho. (ENTRA EM CENA ZEZINHO) Ele é o menino mais
forte da escola. Ele joga futebol, luta caratê, faz natação e não tem a barriga igual à sua.

ZEZINHO- Oi, Nicole. Quem é esse bobo aí ?

NICOLE- É o Barrigudinho.

ZEZINHO (RINDO) – Barrigudinho ? É um mané mesmo ! Você nunca iria namorar um


cara assim !

NICOLE- Coitado, não fale assim dele, Zezinho. É barrigudo, mas é bonzinho. Vamos para
a aula. Ah, eu trouxe bombom pra tia ! (NICOLE TIRA UM BOMBOM DA MOCHILA E
MOSTRA)

ZEZINHO (MOSTRANDO O SEU BOMBOM) – Eu também trouxe !


NICOLE- E você, Barrigudinho ? Também trouxe bombom pra tia ?

(BARRIGUDINHO MOSTRA UM PAPEL DE BOMBOM, INSINUANDO QUE ELE O


COMERA)(ZEZINHO E NICOLE RIEM, SAINDO DE MÃOS DADAS)
(BARRIGUDINHO FICA TRISTE)

BARRIGUDINHO (AO PÚBLICO) – A Nicole não gosta de mim, só porque eu sou


barrigudo. E o quê tem demais ? Só porque esse Zezinho é forte que é melhor do que eu ?
Essa escola é muito chata, muito chata.

(VOLTA ZEZINHO COM UMA BOLA NAS MÃOS)

ZEZINHO- Moleque barrigudo ! O professor de Educação Física faltou e eu peguei a bola


pra gente jogar. Quer brincar, seu lerdo ? Ou essa barriga não deixa ?

BARRIGUDINHO- Eu sou muito esperto e sei jogar bola. Sou o craque do Botafogo e
você vai ver !

ZEZINHO- É ruim ! Vem jogar, mané ? Vem jogar !

(ZEZINHO E BARRIGUDINHO SIMULAM UM JOGO DE FUTEBOL) (NICOLE


ENTRA EM CENA, ASSISTINDO A TUDO) (ZEZINHO DRIBLA BARRIGUDINHO
DIVERSAS VEZES) (ESTE FICA OFEGANTE E CAI NO CHÃO)

ZEZINHO- Não agüenta nada, seu bobo ! É um Barrigudinho mesmo !

BARRIGUDINHO- Não sou bobo !


ZEZINHO- É bobo, lerdo e fraquinho. Quer ver como esse Barrigudinho é bobo, Nicole ?
(ZEZINHO PEGA UM BOMBOM E OFERECE A BARRIGUDINHO) Quer um doce ?
Vem pegar, otário ? (BARRIGUDINHO CORRE, MAS NÃO ALCANÇA ZEZINHO)
Olha, Nicole ? Veja como esse barrigudo é bobo, não agüenta correr ! E ainda quer te
namorar !

BARRIGUDINHO- É mentira dele, Nicole. Não sou lerdo, sou esperto. Namora comigo,
Nicole ? Eu gosto muito de você.

NICOLE- Não leve a mal, Barrigudinho. Mas não dá para namorar um menino como você.

BARRIGUDINHO- Eu sou forte e brigo bem. Quer ver ? Vem brigar, Zezinho ? Vem ?

(ZEZINHO E BARRIGUDINHO SIMULAM UMA BRIGA, ONDE O SEGUNDO


LEVA A PIOR) (BARRIGUDINHO CAI NO CHÃO, CHORANDO)

ZEZINHO- Foi muito fácil ! É um lerdinho mesmo ! Vamos, Nicole ! Deixe esse
Barrigudinho para aí !

NICOLE- Que decepção, Barrigudinho ! Meninas gostam de namorados fortes. Tchau,


Barrigudo !

(NICOLE E ZEZINHO SAEM DE MÃOS DADAS)

BARRIGUDINHO- Nicole, não vá ! Que droga ! Por que eu sou assim ? Tudo por causa
dessa barriga grande. Mas o que eu faço ? Eu sou assim mesmo... Só gosto de doces. Ela
tem que gostar de mim do jeito que eu sou. E sabem de uma coisa ? vou comer mais e mais.
(BARRIGUDINHO COME OS DOCES QUE ESTAVAM EM SUA MERENDEIRA)
( COMEÇA A SENTIR-SE MAL) O quê está acontecendo ? Estou ficando tonto...
(BARRIGUDINHO CAMBALEIA) (SURGE UM EFEITO DE ÁUDIO
CORRESPONDENTE)(MÚSICA DE SUSPENSE) Minha cabeça está rodando... Acho
que eu vou desmaiar... (CAI NO CHÃO)

(APÓS O DESMAIO DE BARRIGUDINHO, ACONTECERÁ A TROCA DE CENÁRIO


PARA O “REINO DO AÇÚCAR”) (O EFEITO MUSICAL E A MÚSICA DE
SUSPENSE DEVEM SE ESTENDER ATÉ O FINAL DA TROCA DE CENÁRIO E DA
ENTRADA DO MONSTRO DOS DOCES) (ENTRA EM CENA O MONSTRO DOS
DOCES)(BARRIGUDINHO ACORDA)(FIM DA MÚSICA)

MONSTRO DOS DOCES (GARGALHANDO) – Ah, ah, ah. O quê temos aqui ? Mais um
barrigudinho apaixonado por doces ????

BARRIGUDINHO- Onde estou ? Quem é você ?

MONSTRO DOS DOCES- Sou seu melhor amigo. Sou o Monstro dos Doces ! Eu posso
te proporcionar qualquer doce que quiser. Posso te dar qualquer besteira que quiser comer !

BARRIGUDINHO – Que lugar é esse ?

MONSTRO DOS DOCES- Aqui é o Reino do Açúcar. O lugar onde todos os


barrigudinhos são felizes. É o paraíso da gordura, do colesterol, do açúcar. Tudo é
permitido aqui: não tem hora para estudar, não tem hora para acordar, não tem escola, não
tem comida sem graça. É o mundo da preguiça, onde podemos comer as bobagens que
quisermos, na hora em que quisermos. E, principalmente, não tem arghhhh Educação
Física.

BARRIGUDINHO- Posso comer à vontade ?


MONSTRO DOS DOCES- Pode comer o que quiser. Exceto, algumas coisas que são
proibidas por mim e pelas leis do Reino do Açúcar.

BARRIGUDINHO- O quê, seu Monstro ?

MONSTRO DOS DOCES- Aqui não entra comida. Nada de feijão, arroz, legumes,
verduras, carne... E nada saudável que existe. Só entra no Reino do Açúcar, o que é gostoso
e não contém vitaminas.

BARRIGUDINHO (EMPOLGADO) – Mas o senhor é legal mesmo, seu Monstro !

MONSTRO DOS DOCES- Como disse, sou seu amigo e só quero o seu bem. Poderá
comer à vontade, se encher de calorias. Pode engordar, engordar, engordar ! Essa barriga
ficará maior ainda.

BARRIGUDINHO- Mas, as meninas não gostam dos meninos barrigudos.

MONSTRO DOS DOCES- Que nada ! Elas gostam sim. Veja as vantagens de se namorar
um Barrigudinho: elas podem usar a barriga como travesseiro, quando tiverem sono. Podem
usá-la como bóia na piscina, podem brincar de comidinha, usando a sua barriga como
melancia... E muito mais ! (AO PÚBLICO) As meninas não gostam dos barrigudos ?
(PROVAVELMENTE, A RESPOSTA DO PÚBLICO SERÁ NEGATIVA)

BARRIGUDINHO- Eu é que não sou pro bico de vocês ! Sou muito bonito !

MONSTRO DOS DOCES- Não leve as meninas a sério, Barrigudinho. São todas bobas,
não sabem de nada da vida. Aliás, vou te dar um conselho: não dê atenção às mulheres. Elas
são terríveis e querem ver o nosso fim.
BARRIGUDINHO- Verdade, seu Monstro. Minha mãe mesmo, é um exemplo disso. Ela
não deixa eu comer doces, me faz acordar cedo, me obriga a estudar... Ela é muito má,
muito má.

MONSTRO DOS DOCES- É por isso que estou aqui para ajudá-lo. Mas, tome muito
cuidado com alguém que aparece por aqui de vez em quando.

BARRIGUDINHO- Quem ?

MONSTRO DOS DOCES- Uma tal Mulher Energética.

BARRIGUDINHO- Esquelética ?

MONSTRO DOS DOCES- Energética ! É uma mulher chata, malvada e histérica. Só de


pensar nela, eu já me canso. Ela quer levar os barrigudos para o bom, quer dizer, para o mal
caminho.

BARRIGUDINHO- Ela não deixa a gente comer doces ?

MONSTRO DOS DOCES- Não. Não deixa nada, não pode nada. É uma mala sem alça.
Só quer saber de agitar, agitar, agitar. Ela me estressa. Não se deixe levar pela sua conversa.

BARRIGUDINHO- Fique tranqüilo, seu Monstro. Não vou deixar que ela me
desencaminhe.

MONSTRO DOS DOCES (PASSANDO A MÃO NA CABEÇA DE BARRIGUDINHO)


– Bom garoto, bom garoto. Agora, vá passear pelo Reino do Açúcar. Tem árvores que dão
chocolate, rios de coca-cola, flores de algodão doce e nuvens de sorvete de flocos. Coma à
vontade e se delicie ! (DÁ UMA GARGALHADA)

BARRIGUDINHO- Tchau, seu Monstro ! (BARRIGUDINHO SAI DE CENA)

MONSTRO DOS DOCES (AO PÚBLICO, MUDANDO O TOM) – É um tolinho mesmo.


Caiu direitinho na minha conversa. Ele vai comer, comer até estourar. Então, será um dos
meus escravos para sempre ! Não terá mais saúde e será um preguiçoso ! Vou destruí-lo ! E
vocês, seus pestinhas, não ajudem o Barrigudinho ! Senão, eu coloco vocês no meu
caldeirão e faço um grande melado ! (GARGALHADA) (BOCEJO) Essa missão me deu
um soninho... Ai, que soninho ! É muito trabalho para um monstro só. Estou dormindo
muito pouco, apenas vinte horas por dia... Vou tirar um ronco... (GRITANDO) E vocês, não
ajudem o Barrigudinho ! Não ajudem ! (SAI DE CENA)

(BARRIGUDINHO VOLTA)

BARRIGUDINHO- Esse lugar é maravilhoso ! É muita gostosura junta ! Nossa, eu comi


demais ! Não sabia que aqui era tão bom assim. E tem o Monstro, que é meu amigo, não é ?
(NESSE MOMENTO, O PÚBLICO DEVERÁ SINALIZAR NEGATIVAMENTE À
PERGUNTA DE BARRIGUDINHO ) Você são uns invejosos ! Estão com inveja, porque
eu posso comer à vontade e vocês não. E sabem de uma coisa ? Vou tirar um cochilinho !

(BARRIGUDINHO DEITA NO CHÃO) (É ACORDADO, SUBITAMENTE, PELA


MÚSICA AGITADA DA MULHER ENERGÉTICA) (MULHER ENERGÉTICA ENTRA
EM CENA, FAZENDO GINÁSTICA)

MULHER ENERGÉTICA (GRITANDO) – Mulher Energética !!!!!! Atividade,


atividade!!! Energia ! Vitalidade ! Ralação ! Malhação ! Alimentação ! Disposição !

BARRIGUDINHO- Puxa, fiquei até cansado.


MULHER ENERGÉTICA- Mais um Barrigudinho por aqui ? Mais um que só come
besteira e não se exercita ? Por isso é que esse lugar me causa arrepios.

BARRIGUDINHO- Ah, você é a tal mulher que o meu amigo Monstro falou ? Vá saindo,
que eu não quero papo com você.

MULHER ENERGÉTICA- Pelo visto, já caiu no papo do Monstro dos Doces. Mas, estou
aqui para impedir e tirar você desse lugar.

BARRIGUDINHO- Não gosto de você, Mulher Esquelética !

MULHER ENERGÉTICA- Energética !

BARRIGUDINHO- Você é chata e histérica. Só quer saber de agitar, agitar. E não deixa a
gente comer doces.

MULHER ENERGÉTICA- Claro que não. Comendo muitos doces, você não tem apetite
para comida saudável e com isso, não se alimenta. Vou fazer de você uma criança cheia de
saúde. Se alimentará bem, nas horas certas e não ficará mais o dia todo na cama. Assim
ficará mais forte, para poder brincar e estudar.

BARRIGUDINHO- Não quero nem brincar e nem estudar. Só gosto de comer e dormir.

MULHER ENERGÉTICA- Dormir é importante, Barrigudinho. Mas, desde que seja o


tempo suficiente para descansarmos. Dormir demais faz mal à saúde. E por falar em saúde,
você sabe por que está aqui ?

BARRIGUDINHO- Claro que eu sei, Mulher Magnética !


MULHER ENERGÉTICA- Energética !

BARRIGUDINHO- Eu estou aqui, porque eu adoro doces e porque o Monstro é muito


meu amigo e gosta de mim. Ao contrário de você.

MULHER ENERGÉTICA- Mentira, Barrigudinho. Você está aqui, porque ele quer que
você seja o seu escravo para sempre. Vou te explicar: você atingiu o limite de açúcar no seu
corpo. Com isso, suas veias entupiram e não estão levando bem o sangue para o seu
coração. Se continuar assim, poderá ficar diabético ou até morrer, sabia ?

BARRIGUDINHO (ASSUSTADO)- Morrer ? Barrigudinho pode morrer ?

MULHER ENERGÉTICA- Sim, se não mudar os seus maus hábitos.

BARRIGUDINHO- Mas o Monstro não me disse nada disso !

MULHER ENERGÉTICA- Porque ele quer acabar de vez com a sua saúde. E aqui, você
está tendo a última chance: ou fica do meu lado e continua vivendo, ou vai para o lado dele,
se tornando o seu escravo para sempre.

BARRIGUDINHO- Do seu lado tem o quê ?

MULHER ENERGÉTICA- Do meu lado, tem ginástica, legumes, verduras. Tem natação,
futebol. Tem estudo, energia, alegria ! E se você se comportar bem, tem até uma boa
sobremesa após as refeições !
BARRIGUDINHO- Ôba ! Sobremesa ! O quê ?

MULHER ENERGÉTICA- Uma maravilhosa laranja !

BARRIGUDINHO- (DECEPCIONADO) Laranja ? E se eu ficar do lado do Monstro, o


que eu ganho ?

MULHER ENERGÉTICA- Do lado dele, tem sorvete, tem chocolate, tem doce. Não tem
comida saudável, não tem esporte. Tem sono em excesso, tem preguiça, não tem estudo...

BARRIGUDINHO- A senhora entende que ele leva vantagem, não é ?

MULHER ENERGÉTICA- Isso é o que você pensa. Uma vida saudável também é
gostosa. Basta se acostumar.

BARRIGUDINHO- E como essa vida saudável é ?

MULHER ENERGÉTICA- Vou te mostrar. Siga os meus movimentos !

(MÚSICA AGITADA) (BARRIGUDINHO E MULHER ENERGÉTICA FAZEM


GINÁSTICA AERÓBICA) (SÃO INTERROMPIDOS POR MONSTRO DOS DOCES)

MONSTRO DOS DOCES (IRRITADO) – Que barulheira é essa ? O que é isso ?


Animação de festa ?
MULHER ENERGÉTICA- Não, Monstro dos Doces ! Estou tirando o Barrigudinho
dessa armadilha, em que está tentando colocá-lo.

MONSTRO DOS DOCES- Mas, é essa Mulher Energética de novo ? Isso não é uma
mulher, é uma bicicleta ergométrica ! Vai lavar uma louça ! Vai arranjar uma trouxa de
roupa pra lavar ! Deixe meu amigo em paz !

BARRIGUDINHO- Ela disse que eu posso morrer, seu Monstro !

MONSTRO DOS DOCES- É mentira dessa marombeira ! Ela só quer te cansar, menino.

MULHER ENERGÉTICA – Mentiroso é você, seu Monstro açucarado ! Quer que o


menino seja seu escravo para sempre. E eu vou impedi-lo !

MONSTRO DOS DOCES- Mas que infâmia, Barrigudinho ! Eu sou seu amigo. Quero te
proporcionar alegria e não ficar te enchendo, com esse papo de ginástica.

BARRIGUDINHO- Mas, minhas veias não estão dando sangue para o meu coração...

MONSTRO DOS DOCES- E pra quê, você precisa de coração ?

BARRIGUDINHO- Para dar às meninas !

MONSTRO DOS DOCES- Bobagem ! O principal órgão do corpo é a boca. Sem ela, não
se vive. E como está a sua boca ? Não está boa ?
BARRIGUDINHO- Mas ou menos... Um dente a menos aqui, outro ali... Mas dá pra levar.

MONSTRO DOS DOCES- Então ! Pra que se preocupar com essas besteiras ?

MULHER ENERGÉTICA- Barrigudinho, não acredite nele ! Ele quer te enganar. Fique
do meu lado !

BARRIGUDINHO- Não sei mais em quem acreditar.

MULHER ENERGÉTICA- Lembre-se de como é ruim todo mundo rir de você, por causa
dessa sua barriga.

BARRIGUDINHO- Mas, não tem ninguém rindo de mim ? (PROVAVELMENTE,


NESSE MOMENTO, AS CRIANÇAS DEVERÃO RIR) (BARRIGUDINHO QUEIXA-
SE AO MONSTRO) Eles riram de mim...

MONSTRO DOS DOCES- São uns invejosos ! Todos queriam ter uma barriga assim, não
é ? (O PÚBLICO DEVERÁ DAR OUTRA NEGATIVA)

MULHER ENERGÉTICA- Viu ? É mentira, Barrigudinho. Ninguém gosta de barriga.


Sem barriga, você pode ser até jogador de futebol quando crescer.

BARRIGUDINHO- Jogador ? Eu ia jogar no Botafogo ?

MULHER ENERGÉTICA- Seria o maior craque do Botafogo.


MONSTRO DOS DOCES- Que jogador nada ! Ela está te iludindo. Sendo barrigudo é
melhor. Você poderá ser até a figura principal do jogo de futebol...

BARRIGUDINHO- Quem ?

MONSTRO DOS DOCES- A bola. Imagine só, Barrigudinho ? Você indo de pé em pé,
hein ?

BARRIGUDINHO- Que legal !

MONSTRO DOS DOCES- Além disso, sendo barrigudo, poderá fazer outras coisas: pode
se vestir de Papai Noel no natal e dar presentes às crianças. Poderá ser Rei Momo no
carnaval e muito mais !

BARRIGUDINHO (AO PÚBLICO) – O que eu faço, amigos ? De que lado fico ? Com
quem fico ?

(MULHER ENERGÉTICA E MONSTRO DOS DOCES PUXAM BARRIGUDINHO DE


UM LADO A OUTRO)

MONSTRO DOS DOCES- Comigo !

MULHER ENERGÉTICA- Comigo !

MONSTRO DOS DOCES- Comigo !


MULHER ENERGÉTICA- Comigo !

MONSTRO DOS DOCES (GRITANDO)- Chega de papo furado ! Perdi minha


paciência ! Vou usar meus poderes contra essa Mulher Energética ! Vou jogar o meu
chocolate atômico sobre ela !

(JOGA UM GRANDE CHOCOLATE CENOGRÁFICO SOBRE A MULHER


ENERGÉTICA) (ELA CAI NO CHÃO E SE LEVANTA LOGO APÓS)

MULHER ENERGÉTICA- Seu covarde ! Meu pegou de surpresa !

BARRIGUDINHO- Isso não vale, seu Monstro ! É covardia !

MONSTRO DOS DOCES- Cala a boca também, menino chato ! E vocês também,
criançada boba !

MULHER ENERGÉTICA- Venha lutar honestamente, Monstro dos Doces ! Detesto


violência, mas com você, não tem outro jeito. (MULHER ENERGÉTICA PUXA A SUA
ESPADA PARA O MONSTRO DOS DOCES)

MONSTRO DOS DOCES- Estou morrendo de medo de você, Mulher Energética !


Também tenho minha espada ! (PUXA A ESPADA PARA A MULHER ENERGÉTICA)

(MONSTRO DOS DOCES E MULHER ENERGÉTICA COMEÇAM UMA LUTA DE


ESPADAS) (MULHER ENERGÉTICA LEVA VANTAGEM E DERRUBA MONSTRO
DOS DOCES)
MULHER ENERGÉTICA- Está precisando se exercitar, Monstro dos Doces. Está gordo
e lento. Agora, você já sabe quem é quem, Barrigudinho. Fique do meu lado.

(MULHER ENERGÉTICA ABRAÇA BARRIGUDINHO E O LEVA PARA A BOCA DE


CENA) (SORRATEIRAMENTE, MONSTRO DOS DOCES SE LEVANTA E PEGA O
CHOCOLATE ATÔMICO) (ELE JOGA O CHOCOLATE SOBRE A MULHER
ENERGÉTICA, QUE CAI NO CHÃO)

MONSTRO DOS DOCES- Em mulher, não se bate nem com uma flor... (GARGALHA)
Sem essa chata me perturbando, será bem mais fácil terminar com a minha missão !

BARRIGUDINHO- Você é um covarde, Monstro. Atacou por trás.

MONSTRO DOS DOCES- Se fizesse isso no moleque Zezinho, ele não teria batido em
você.

BARRIGUDINHO- Você quer que eu seja seu escravo e morra !

MONSTRO DOS DOCES- Escravo é uma palavra muito forte... Digamos que você será
um dos meus serviçais e receberá o seu salário em doces.

BARRIGUDINHO – Não quero mais saber de doces ! Quero ser saudável ! Quero correr,
brincar, estudar. Quero viver !

MONSTRO DOS DOCES (GRITANDO) – Vou parar de ser bonzinho com você ! Vai
fazer o que eu quero ! E ninguém vai te defender ! Vou hipnotizá-lo ! (HIPNOTIZA
BARRIGUDINHO) Está sob o meu total controle. Fará tudo o que eu mandar... Será meu
escravo eterno ! (RI ) Terminarei com a missão agora. O seu açúcar está no limite. Então,
comerá esse último bombom (ENTREGA UM BOMBOM A BARRIGUDINHO, QUE
AINDA ESTÁ SOB HIPNOSE) e o seu coração irá parar ! E será o meu escravo para
sempre ! Para sempre ! (GARGALHA) Barrigudinho, coma o bombom ! Coma tudo ! Tudo
! (MAIS GARGALHADAS)

(MULHER ENERGÉTICA, MORIBUNDA, FALA COM BARRIGUDINHO)

MULHER ENERGÉTICA- Não coma, Barrigudinho ! Não coma !

MONSTRO DOS DOCES- Não adianta, Mulher Energética. Ela está sob o meu total
controle. Vai comer.

MULHER ENERGÉTICA- Barrigudinho, não faça isso ! A vida é bela. Lembre-se do que
há de bom na vida. Lembre-se de Nicole.

BARRIGUDINHO- Nicole... Nicole...

MONSTRO DOS DOCES- Quem é essa Nicole ?

MULHER ENERGÉTICA- A menina que ele gosta.

MONSTRO DOS DOCES- Tinha que ter mulher no meio para atrapalhar!

MULHER ENERGÉTICA- Lembre-se, que se você perder a barriga, ela vai gostar de
você.
BARRIGUDINHO- Nicole vai gostar de mim ?

MULHER ENERGÉTICA- Vai Barrigudinho.

MONSTRO DOS DOCES (IRRITADO) – Coma logo esse bombom, menino romântico !

MULHER ENERGÉTICA (APELANDO AO PÚBLICO) – Criançada, ajudem o


Barrigudinho. Gritem “não” bem alto !

(GRITOS DAS CRIANÇAS)

MONSTRO DOS DOCES- Coma ! Coma !

(BARRIGUDINHO VOLTA A SI ) (DESISTE DE COMER O BOMBOM E O JOGA NO


CHÃO)

BARRIGUDINHO- Não serei mais seu escravo, Monstro dos Doces ! Serei saudável e
feliz. E acho melhor você se mandar, senão eu vou pedir à minha amiga, Mulher
Energética, que lute caratê com você !

MONSTRO DOS DOCES- E essa Mulher Energética, lá luta caratê ?

(MULHER ENERGÉTICA, DANDO GRITOS E CHUTES, SE PREPARA PARA A


LUTA) (MONSTRO DOS DOCES FICA ASSUSTADO E DESISTE)
MONSTRO DOS DOCES- Acho que ela luta sim. Mas eu tenho pena dela, não vou
machucá-la... Mas não pensem que eu desisti. Ainda existe muito barrigudo por aí. Vou
voltar e nada me impedirá de fazer minhas maldades. Adeus, criançada boba !

(MONSTRO DOS DOCES SAI DE CENA) (BARRIGUDINHO PEDE APLAUSOS)

MULHER ENERGÉTICA- Foi difícil nos livrar dele.

BARRIGUDINHO- Mas, a mim, nunca mais influenciará. Quero ter saúde e perder a
barriga, Mulher Cibernética.

MULHER ENERGÉTICA- Energética, Barrigudinho. A mudança para melhor só


depende de você. Saberá o que fazer: alimentação boa, exercícios, estudo e, sobretudo,
alegria de viver. Agora já vou. Ainda tenho que ajudar muita gente. Tchau, criançada !
Mulher Energética !

(MULHER ENERGÉTICA SAI DE CENA “VOANDO”)

BARRIGUDINHO (AO PÚBLICO)- É... a Mulher Magnética foi embora. Mas eu vou
mudar, pessoal. E, pra começar, vou fazer ginástica. Vocês me ajudam ?

(NESSE MOMENTO, ENTRARÁ UMA MÚSICA DE GINÁSTICA) (BARRIGUDINHO


FARÁ EXERCÍCIOS)(SAINDO DE CENA, ELE TIRARÁ A BARRIGA FALSA)
(VOLTARÁ MAIS MAGRO E A MÚSICA CESSARÁ) (BARRIGUDINHO DESMAIA )
(MÚSICA SUAVE)(O CENÁRIO VOLTARÁ A SER O INICIAL)

(ENTRA EM CENA ZEZINHO, COM UMA BOLA NAS MÃOS)

ZEZINHO- Seu lerdo ! Ainda está caído ?


(BARRIGUDINHO ACORDA E NOTA QUE ESTÁ SEM A BARRIGA)

ZEZINHO- Vem perder de novo ! Vem jogar comigo !

(ENTRA NICOLE) (COMEÇA O JOGO DE FUTEBOL, ENTRE BARRIGUDINHO E


ZEZINHO)

(BARRIGUDINHO VENCE, DANDO VÁRIOS DRIBLES EM ZEZINHO, QUE CAI


OFEGANTE)

NICOLE- Onde está a sua barriga, Barrigudinho ?

BARRIGUDINHO- É uma longa história, Nicole. Quer namorar comigo agora ?

NICOLE- Você está tão bonito sem a barriga... Mas, é que ainda tem o Zezinho...

ZEZINHO- E eu ainda sou o mais forte. Vem brigar, vem ?

(ZEZINHO CHAMA BARRIGUDINHO PARA A BRIGA) (BARRIGUDINHO DÁ UMA


RASTEIRA EM ZEZINHO E VENCE A BRIGA) (ZEZINHO VAI SAINDO,
CHORANDO)

ZEZINHO- Vou falar com a minha mãe !

(ZEZINHO SAI DE CENA) (BARRIGUDINHO PEGA A MÃO DE NICOLE)


BARRIGUDINHO- Nicole, você é tão bonita...

NICOLE- Eu aceito ser a tua namorada, Barrigudinho. Mas, você não pode mais ser
chamado de Barrigudinho...

BARRIGUDINHO- Pode sim. É o meu charme...

(MÚSICA ROMÂNTICA) (NESSE MOMENTO, SURGIRÁ NOVAMENTE NA


JANELA DO CENÁRIO, O FANTOCHE) (ENTRARÁ O EFEITO DE ÁUDIO, COM A
VOZ DO BONECO)

FANTOCHE- E assim, termina a história do Barrigudinho. Agora, é um menino mais feliz


e com mais saúde. E que sirva de exemplo para todos vocês, meus amiguinhos. Vamos
comer bem, somente nas refeições. Mas existem coisas difíceis de evitar...

(BARRIGUDINHO TIRA UM BOMBOM DO BOLSO)

BARRIGUDINHO E NICOLE- Tchau, amigos FIM