Você está na página 1de 2

Ministério da Educação

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ


DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE MATEMÁTICA
Campus Curitiba

PROFESSOR: ALTEMIR JOSÉ BORGES


DISCIPLINA: GEOMETRIA ANALÍTICA E ÁLGEBRA LINEAR – MA71B
TURMAS: S11 e S21

CONTEÚDO:
• 1. Matrizes.
• 2. Sistemas de Equações Lineares.
• 3. Álgebra Vetorial.
• 4. Produto de Vetores.
• 5. Estudo Analítico da Reta e do Plano.
• 6. Espaços Vetoriais.
• 7. Transformações Lineares.
• 8. Autovalores e Autovetores.
• 9. Espaço com Produto Interno.
• 10. Cônicas e Quádricas.

BIBLIOGRAFIA:
• Boldrini, José Luiz, Sueli I. R. Costa, Vera L. Figueiredo, Henry G. Wetzler,
Álgebra Linear, São Paulo, Harper & Row do Brasil. (itens: 6, 7, 8, 9, 10)
• Lipschutz, S. Álgebra linear. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil, 1972. (itens: 1,
2, 6, 7, 8, 9, 10)
• Steinbruch, Alfredo, Paulo Winterle; Geometria Analítica, São Paulo, Makron
Books do Brasil Editora Ltda. .( itens: 3, 4, 5)
• Boulos, P. e Camargo, I. de. Geometria analítica: um tratamento vetorial. São
Paulo: McGraw-Hill, 1987. .( itens: 3, 4, 5)
• Callioli, C. A. et al. Álgebra linear e aplicações. São Paulo: Atual, 1990. (itens:
1, 2, 6, 7, 8, 9, 10)
• Hoffman, K.; Kunze, R. A. Álgebra linear. Madrid: Prentice-Hall Internacional,
1973. (itens: 1, 2, 6, 7, 8, 9, 10)
• Kolman, B.; Hill, R. Introdução à Álgebra Linear com Aplicações. 6ª ed. Rio de
Janeiro: Prentice-Hall do Brasil, 1998. (itens: 1, 2, 6, 7, 8, 9, 10)
• Valladares, R. J. C. Geometria Analítica do Plano e do Espaço. Rio de Janeiro:
LTC - Livros Técnicos e Científicos, 1990. .( itens: 3, 4, 5)
• Righetto. Armando; Vetores e geometria analítica, São Paulo, Instituto
Brasileiro do Livro Científico Ltda. .( itens: 3, 4, 5)
• Venturi, Jacir J. Álgebra Vetorial e Geometria Analítica, Paraná, Editora
Unificado. .( itens: 3, 4, 5)
• Edwards Jr, C. H., David E, Penney; Introdução à Álgebra Linear, Rio de
Janeiro, Editora Prentice-Hall do Brasil Ltda. (itens: 1, 2, 6, 7, 8, 9, 10)

AVALIAÇÕES:
Serão realizadas três avaliações não acumulativas (AV1, AV2 e AV3)
• AV1, em 07/05/2015, com valor máximo 9,0 (nove) pontos, sobre matrizes,
determinantes, sistemas de equações lineares e produtos de vetores.
• AV2, em 18/06/2015 com valor máximo 9,0 (nove) pontos, sobre espaços
vetoriais e transformações lineares.
• AV3, em 16/07/2015 com valor máximo 9,0 (nove) pontos, sobre autovalores e
autovetores, produto interno, quádricas, cônicas, reta e plano no R3.
Nos dias de aula anteriores aos das avaliações, isto é 05/05/2015, 16/06/2015 e
14/07/2015 , serão realizadas as APS (atividades práticas supervisionadas) T1, T2 e T3,
que terão o valor máximo de 1,0 (um) ponto, o qual será acrescido à nota da respectiva
avaliação. Essas atividades serão realizadas, em sala de aula, em grupos com no mínimo
4 e no máximo 6 alunos, com o uso dos software Winplot e Octave e, encaminhado para
altemirborges@utfpr.edu.br, em pdf, até no máximo o início da próxima avaliação.

A recuperação final que será realizada no dia 21/07/2015 cujo conteúdo


abrangerá todos os tópicos estudados durante o semestre.
O dia 20/07/2015 será reservado para as avaliações de segunda chamada, que
envolverão todo o conteúdo do semestre.
Todas as avaliações serão totalmente individuais, não sendo permitida a consulta
a qualquer material, não é permitida a saída da sala de aula durante a realização das
avaliações e também a entrada após que algum aluno tenha concluído a avaliação. Não
será permitido o uso de calculadoras, de quaisquer espécies. Durante a realização das
avaliações os telefones móveis não poderão estar sobre as carteiras e também não
poderão ser atendidos.
Não serão realizados trabalhos que valham notas além dos três já citados.

OBSERVAÇÕES GERAIS:
- A aprovação nas disciplinas dar-se-á por média ou por recuperação final.
§ 1º – Considera-se, para todos os efeitos, a Média Parcial (MP) como a média
aritmética das três notas parciais (NP1, NP2 e NP3).
§ 2º – Considerar-se-á aprovado por média, o aluno que tiver freqüência igual ou
superior a 75% (setenta e cinco por cento) e média parcial igual ou superior a 6,0 (seis),
NP1 + NP 2 + NP3
isto é: MP = ≥ 6,0 ;
3
onde: NP1=AV1+T1, NP2=AV2+T2 e NP3=AV3+T3.
§ 3º – A Média Final do aluno aprovado por média será igual à sua Média Parcial.
§ 4º – O aluno com freqüência inferior a 75% (setenta e cinco por cento), estará
reprovado na disciplina.
§ 5º – O aluno com Média Parcial inferior a 6,0 (quatro) e, com freqüência igual ou
superior a 75% (setenta e cinco por cento) terá direito a prestar uma prova de
recuperação final.
§ 6º – No caso do parágrafo anterior, considerar-se-á aprovado o aluno que tiver
freqüência igual ou superior a 75% e obtiver e nota da recuperação final (MF) igual ou
superior a 6,0 (seis).
§ 7º – A nota da recuperação final também poderá ser utilizada para substituir uma das
três notas parciais.

- Não há negociação com o professor sobre a quebra de pré-requisitos.


- É aconselhável que os telefones celulares, tablets, etc permaneçam desligados, e
por conseguinte, não sejam utilizados. Entende-se que tal restrição irá melhorar o
aproveitamento dos alunos na disciplina.