Você está na página 1de 3

1

Osciloscópio e Gerador de Funções


Rômulo Carreiro Ferreira
Fundação Universidade Federal de Rondônia, Núcleo de Ciência e Tecnologia, Departamento de Engenharia Elétrica - DEE
Curso de Bacharelado em Engenharia Elétrica - 4o Período - Matrícula: 200920113 - Eletrônica I

Resumo—A partir da análise em regime AC ( corrente al- eletrônicos. Um gerador de funções deve poder gerar sinais
ternada), foram aplicadas em um osciloscópio, formas de onda senoidais, triangulares, quadrados, dente-de-serra, com sweep
senoidal, quadrada, triangular geradas a partir de um gerador de (frequência variável), todos com diversas frequências e ampli-
funções. Essas ondas foram analisadas de acordo com a amplitude
e frequência. tudes. Normalmente ele possui um frequencímetro acoplado e
diversos botões de ajuste e seleção, além de conectores para
Index Terms—Gerador de funções, osciloscópio. saída do sinal.

I. I NTRODUÇÃO
A. Osciloscópio
O osciloscópio é um instrumento de medida eletrônico
que cria um gráfico bidimensional visível de uma ou mais
diferenças de potencial. Na maioria dos casos o osciloscópio
apresenta a variação de uma tensão em função do tempo.
A diferença de potencial é lida a partir da posição de
uma mancha luminosa numa tela retangular graduada.
A mancha resulta do impacto do feixe de elétrons num
alvo revestido de um material fluorescente. Como muitas
Figura 2. Gerador de funções
grandezas físicas são medidas através de um sinal elétrico, o
osciloscópio é um instrumento indispensável em qualquer tipo
de laboratório e em situações tão diversas como o diagnóstico
médico, mecânica de automóveis, prospecção mineral, etc. O C. Fórmulas
osciloscópio permite obter os valores instantâneos de sinais
elétricos rápidos, a medição de tensões e correntes elétricas, 1
e ainda frequências e diferenças de fase de oscilações. f= (1)
T

Erro relativo (%)


V −V0
Erro = 100
V0
Onde V é o valor teórico, V’ é o valor real.

II. O BJETIVOS
• Verificar o funcionamento do gerador de funções e do
osciloscópio.

III. M ATERIAIS E M ÉTODO


A. Materiais
• Osciloscópio Minipa MO 1262;
Figura 1. Osciloscópio • Gerador de funções ICEL GV 2002;
• Fonte de tensão variável (DC Power Suply).

B. Método
B. Gerador de funções Primeiramente, Ajustou-se o osciloscópio para a posição
Um gerador de funções é um aparelho eletrônico utilizado DC, logo em seguida conectou-se a ponta de prova do os-
para gerar sinais elétricos de formas de onda, frequências (de ciloscópio no terminal PROBE ABJ 0.5Vp-p do próprio osci-
alguns Hz a dezenas de MHz) e amplitude (tensão) diversas. loscópio, e ajustou-se a escala do mesmo para 0.5V/div. Uma
São muito utilizados em laboratórios de eletrônica como fonte onda quadrada de 0.5Vp e frequência de 1kHZ, foi visualizada
de sinal para teste de diversos aparelhos e equipamentos na tela do osciloscópio, oque indica que a ponta de prova está
2

funcionando corretamente. Também foi ajustado o gerador de


funções de acordo com as especificações do fabricante. Logo
em seguida conectou-se o cabo de saída do gerador de funções
ao osciloscópio, ajustou-se o gerador de funções para fornecer
uma onda senoidal com uma frequência de 2kHz e uma tensão
de pico(amplitude) de 2V, e foi observado a forma de onda.
Logo em seguida ajustou-se o gerador de funções pra
fornecer uma onda triangular com uma frequência de 15kHz e
uma tensão de 3V de pico, e foi observado a forma de onda..
Em seguida foi ajustado o gerador de funções para fornecer
onda quadrada, com 50kHz de frequência e 2V de pico, e
observou-se a forma de onda no osciloscópio.
Passando pra o próximo passo do procedimento experi-
mental, ajustou-se o gerador de funções pra fornecer uma
onda senoidal com 1V de pico e foram ajustadas as seguin-
tes frequências no gerador de funções (3,2kHz , 16,4kHz,
35,6kHz, 87,3kHz e 153,2kHz) e foram mencionados os
valores de frequência no osciloscópio pela fórmula 1. Em Figura 4. Forma de onda triangula escala 0.1ms, 3V
seguida foi ajustado o gerador de funções para a frequência
de 1kHz e 2V de pico, foi conectada uma tensão contínua de
3V junto com o sinal senoidal. Logo em seguida ajustou-se o
offset para um sinal contínuo de -2V (invertido). Observou-se
a forma de onda para os dois casos no osciloscópio, com a
escala em 1v/div, variando acoplamento de AC para DC.

IV. R ESULTADOS
As diferentes formas de ondas obtidas seguem a abaixo:

Figura 5. Forma de onda quadrada escala 10ms, 1V

Figura 3. Forma triangular onda senoidal Escala 0.5ms, 1V

Gerador de Funções Medida com Osciloscópio Erro(%)


3,2 kHz 3,33 kHz 4,06
16,4 kHz 16,666 kHz 1,59
35,6 kHz 34,483 kHz 3,15
87,3 kHz 86,206 kHz 1,92
Tabela I Figura 6. Forma de onda senoidal escala 0.1ms, 1V
C OMPARAÇÃO DAS FREQUÊNCIAS

V. D ISCUSSÃO E CONCLUSÕES
Pela a tabela I, pode-se notar a diferença entre o valor
real e o valor obtido no osciloscópio, essa diferença dar-se
pelo difícil ajuste da frequência no gerador de funções, e
pela dificuldade de visualizar o período exato de uma onda
3

Figura 7. Forma de onda senoidal escala 0.1ms, 1V

completa no osciloscópio, e também pelo fato do osciloscópio


e o gerador de funções não serem ideais.
Observando as figuras 3, 4 e 5, pode-se notar que o
osciloscópio e o gerador de funções, foram usados de maneira
correta, pois foi obtida uma onda senoidal de 4Vpp, uma
onda triangular de 6Vpp e uma onda quadrada de 2Vpp,
respectivamente conforme o esperado.
Pela figura 6 , pode-se notar que a onda senoidal de 2Vpp,
está deslocada 3V para cima, isso acontece pois o sinal offset
de 3V é somado com o sinal alternado deslocando assim a
onda 3V para acima. O mesmo acontece com o resultado da
figura 7, com a onda deslocada -2V para baixo.

R EFERÊNCIAS
[1] <http://www.if.ufrj.br-teaching-oscilo-intro.html> Acessado em
24/03/2011 às 01:30.
[2] <http://www.2eletronica.org-hack-s-dicas-gerador-de-funcoes-simples-e-
poderoso> Acessado em 24/03/2011 Às 01:35.
[3]
[4] Alexander, Charles K. e Sadiku, Metthew N.O. Fundamentos de Circuitos
Elétricos, Editora Artmed (Bookman) 2008.

Você também pode gostar