Você está na página 1de 2

O Senhor Jesus tem feito perguntas a todos vocês.

Hoje Ele afirma que conhece os


corações de todos nós e sabe de cada um por que motivo estais aqui. Todos vêm a Ele
para provar suas curas e seus milagres, mas por meio de suas palavras alcançarão Bem
muito maior que esse que vieram buscar, diz o Senhor. Muito tendes pedido, mas ainda
não sabeis pedir...quando pedirem ao Pai devem pedir em meu Nome, nunca leram o
que Deus fez na casa de Lázaro, através de de mim? Em tudo o Pai me atende porque
Eu em tudo sou obediente, diz o Senhor, mas naquele dia Ele quis que através de mim
a sua glória se manifestasse de forma clara entre os homens, a fim de que pela fé muitos
fossem salvos tendo conhecido quem sou Eu. Eis que vos digo: ainda não sabeis pedir.
Ainda me pedem pão e peixe como se isso fosse para mim impossível. Já não vos disse
que sou Eu quem providencio tudo para que vivam todos os dias? Eu sei do que vos falta
e tenho contemplado os vossos anseios. Entre vocês há os que dizem que eu vos
abandonei, outros que julgam ser esquecidos de mim porque as tribulações deste
mundo vos tem desesperado. Mas desde o princípio não lhes foi dito que busquem por
primeiro a Deus e as coisas do alto para que vossa vida não pereça entre as batalhas
desse Dia? Por que perdem o pouco tempo que tem com as fantasias e prazeres deste
século sendo incapazes de vigiar comigo durante a noite até o dia em que o juiz chamará
todos a sua luz? Há entre vós alguns que me pedem pão... mas conhecem a mesa que
tenho preparada para vos dar de comer e beber, o pão verdadeiro descido do céu, o
sangue do sacrifício perfeito e a água que nunca mais vos deixará sedentos. Enquanto
vos preparei tudo isso e estou a espera de cada um que queira cear comigo, vocês me
buscam nas vossas próprias liturgias e recebem os restos de um alimento velho
amassado pelas mãos dos homens, mal acabam de se encher das falsas alegrias que vos
prometem eis que novamente estao vazios e outras vez dizeis que fui eu quem me
esqueci de vocês. Contudo, todos os dias aguardo que queiras dar ouvidos ao que meus
servos vos advertem desde a minha ressurreição. Eu sou o bom pastor que não perde
nenhuma de suas ovelhas. Aleluia! Estou entre vós e não me dão ouvidos, todos os dias
me apresento a vós como peregrino, mas ainda me julgam segundo a soberba dos
vossos corações por isso não podem me ver nem me ouvir. Me pedem pão como se eu
não pudesse agora mesmo ordenar que meus anjos descessem do céu para me servir e
a quantos da casa de meu pai, tentam a minha santidade e não me chamam Filho de
Deus, mas me julgam segundo as pequenas aflições das vossas necessidades.
Em verdade vos digo que Eu sou o pao da vida (Jo 6:48) oferecido em sacrifício eterno
por vós, nenhum de vós que me busca tem provado do Verdadeiro alimento que só dou
aqueles que me procuram de coração limpo. Mas hoje eu vim para cear convosco. Não
venho como juiz, mas como pastor, para que saibam que só de mim podeis receber a
vida eterna. Eu sou a raiz de Davi e a arca da nova aliança! Nenhuma das coisas que
buscam fora de mim vos trará o bem que procuram! Até quando vocês se entregarão a
guias cegos? Somente a minha palavra que escrevi no coração e no entendimentos dos
meus discípulos é o pao que vivifica o Espírito, pois a carne em si de nada adianta.
Eu sou o Senhor e fora de mim não encontrarão a vida, só Eu tenho a paz que dura para
sempre. Muitos aqui se encontram cansados porque dizem que é impossível me
encontrar, que não conseguem falar comigo, mas se esquecem que eu me revelei à
samaritana como me revelei também a Nicodemos porque eu conheço os corações. Tu
dizes que tu queres me conhecer mas antes tu tens que pedir os olhos que tu ainda não
tens e eu vim para te entregar, então verás o pao vivo descido do ceu e entregue aos
homens para que vivam. Verás um dia o ceu aberto como estevão viu se junto comigo
também declarares amor a meu Pai, que não é outro senão o mesmo Amor por mim
que sou o Filho amado, a verdadeira testemunha