Você está na página 1de 179

Assistência Técnica

Manutenção
com Precisão
16.210 CO

Caminhões e Ônibus Edição: 12/97


16-210 CO Manutenção com Precisão GRUPO 01 - Índice

Plano de Manutenção
Manutenção preventiva .......................................................................................................... 01-01
Intervalo das revisões .............................................................................................................. 01-03
Revisão de entrega................................................................................................................... 01-04
Operações diárias e quinzenais .............................................................................................. 01-11
Revisão de assentamento ....................................................................................................... 01-13
Revisão de lubrificação - L ....................................................................................................... 01-16
Revisão MP1 .............................................................................................................................. 01-19
Revisão MP2 .............................................................................................................................. 01-23
Revisão MP3 .............................................................................................................................. 01-28
Revisão complementar ............................................................................................................ 01-33
Check Lists ................................................................................................................................ 01-34
Preenchimento do Check List.............................................................................................. 01-35
Tabela de aplicação de Check Lists .................................................................................... 01-37

Controle de Emissões
Índice de fumaça em aceleração livre .................................................................................... 01-43
Processo de medição do índice de fumaça ........................................................................... 01-45
16-210 CO Manutenção com Precisão GRUPO 01 - Índice

Identificação do veículo
Número de identificação do veículo (VIN) ............................................................................ 01-46
Plaqueta de identificação ........................................................................................................ 01-47
Gravação do número VIN no chassi ...................................................................................... 01-47
Número do motor..................................................................................................................... 01-48
Caixa de mudanças ................................................................................................................. .01-48
Eixo dianteiro ............................................................................................................................ 01-49
Eixo traseiro .............................................................................................................................. 01-49

Basculamento do capô do motor .......................................................................... 01-50


Motor
Óleo do motor: verificar nível ................................................................................................. 01-51
Óleo e elemento filtrante: trocar ............................................................................................ 01-52
Filtro de combustível: drenar água ........................................................................................ 01-54
Filtro de combustível: trocar elemento filtrante .................................................................. 01-54
Sangria do sistema de combustível através do filtro de combustível ........................... 01-55
Filtro de tela da bomba alimentadora: limpar ...................................................................... 01-56
Sangria da bomba alimentadora ........................................................................................ 01-57
Tanque de combustível: drenar e limpar internamente ...................................................... 01-58
16-210 CO Manutenção com Precisão GRUPO 01 - Índice

Bicos injetores: remover e testar ........................................................................................... 01-59


Bomba injetora: remover e enviar a um posto autorizado do fabricante para revisão... 01-62
Filtro de ar: verificar pela quilometragem se há necessidade de troca do elemento
(a cada 48000 km) .................................................................................................................... 01-62
Sistema de arrefecimento: verificar nível do líquido ........................................................... 01-64
Sistema de arrefecimento: drenar, limpar e reabastecer com água e NALCOOL 2000... 01-65
Válvulas: regular folga ............................................................................................................. 01-67
Correia do motor: verificar estado e tensão ......................................................................... 01-69
Fixação do motor: reapertar coxins ....................................................................................... 01-70
Tubulação de admissão entre filtro de ar e motor: verificar estado e fixações................ 01-71
Sistema de escapamento: verificar estado e fixações ........................................................ 01-72
Vista explodida...................................................................................................................... 01-73
Marcha-lenta: verificar funcionamento e regular se necessário ........................................ 01-74
Embreagem viscosa: verificar estado e fixação ................................................................... 01-75
Válvulas termostáticas: testar ............................................................................................... 01-77
Turboalimentador: verificar eixo, rotor e carcaça ................................................................ 01-79

Embreagem
Embreagem: verificar nível de fluido ..................................................................................... 01-80
Embreagem: trocar fluido ....................................................................................................... 01-81
16-210 CO Manutenção com Precisão GRUPO 01 - Índice

Embreagem: verificar buchas e eixos do garfo de acionamento quanto a desgaste...... 01-83


Embreagem: lubrificar buchas do eixo do garfo de acionamento ..................................... 01-85

Caixa de mudanças
Caixa de mudanças: verificar nível de óleo e limpar respiro ............................................... 01-86
Caixa de mudanças: trocar óleo, limpar respiro e bujão magnético do dreno ................. 01-88

Diferencial
Diferencial: verificar nível de óleo e limpar respiro .............................................................. 01-89
Diferencial: trocar óleo, limpar respiro e bujão magnético do dreno ................................ 01-92
Diferencial: ajustar a pré-carga dos rolamentos do pinhão e da caixa de satélites......... 01-93

Árvore de transmissão
Árvore de transmissão: lubrificar juntas universais e luva deslizante .............................. 01-98
Árvore de transmissão: verificar juntas universais, luva deslizante e mancais
centrais quanto a folgas .......................................................................................................... 01-98
Árvore de transmissão: reapertar suportes, abraçadeiras das cruzetas e suportes
dos mancais centrais ............................................................................................................... 01-99

Freios
Compressor de ar: verificar conexões e fixações ............................................................... 01-100
16-210 CO Manutenção com Precisão GRUPO 01 - Índice

Compressor de ar: revisar ..................................................................................................... 01-101


Compressor de ar – Sistema governado nov/97 (vista explodida) ........................... 01-102
Compressor de ar – Sistema regulado dez/97 (vista explodida) .............................. 01-108
Remoção do êmbolo do atuador ...................................................................................... 01-113
Identificação da posição de montagem da camisa em relação ao bloco – sistemas
governado e regulado ........................................................................................................ 01-113
Remoção e instalação da porca da engrenagem de acionamento – sistemas
governado e regulado ........................................................................................................ 01-114
Remoção da engrenagem de acionamento – sistemas governado e regulado.......... 01-114
Identificação da posição de montagem do flange dianteiro em relação ao
bloco – sistemas governado e regulado .......................................................................... 01-115
Posição de montagem dos anéis – sistemas governado e regulado ........................... 01-115
Limpeza e lubrificação do alojamento do êmbolo atuador ........................................... 01-116
Reservatório de ar dos freios: drenar .................................................................................. 01-117
Eixos came e ajustadores: lubrificar .................................................................................... 01-117
Lonas de freio (ajustador manual): verificar desgaste e regular folga se necessário ... 01-120
Lonas de freio (regulador automático): verificar desgaste ............................................... 01-122
Câmaras de freio: reapertar fixações ................................................................................... 01-124
Ajustadores automáticos dos freios: revisar ...................................................................... 01-125
16-210 CO Manutenção com Precisão GRUPO 01 - Índice

Ajustador automático (Vista explodida) ............................................................................. 01-126

Direção hidráulica
Direção hidráulica: verificar nível de fluido, vazamentos e estado de mangueiras,
tubos e conexões ................................................................................................................... 01-131
Caixa de direção: reapertar fixação no chassi .................................................................... 01-134
Junta universal da coluna de direção: lubrificar ................................................................. 01-135
Braços e barras de ligação e de direção: verificar fixações e estado
dos terminais .......................................................................................................................... 01-135
Braços e barras de ligação e de direção (Vista explodida)................................................ 01-136
Sistema de direção: verificar desgaste dos pneus e regular convergência
se necessário .......................................................................................................................... 01-137
Pinos-mestre: lubrificar ......................................................................................................... 01-140
Pinos-mestre: verificar folga ................................................................................................. 01-141

Rodas e Pneus
Porcas das rodas: reapertar .................................................................................................. 01-142
Pneus: calibrar ........................................................................................................................ 01-143

Cubos de roda
Rolamentos dos cubos das rodas dianteiras: remover, verificar estado e substituir
se necessário .......................................................................................................................... 01-145
16-210 CO Manutenção com Precisão GRUPO 01 - Índice

Rolamentos dos cubos das rodas dianteiras: verificar folga e ajustar se necessário ... 01-147
Rolamentos dos cubos das rodas traseiras: remover, verificar estado e substituir
se necessário .......................................................................................................................... 01-149
Rolamentos dos cubos das rodas traseiras: verificar folga e ajustar se necessário ..... 01-152

Suspensão
Grampos e suportes das molas, amortecedores, jumelos, olhais e
barras estabilizadoras: reapertar fixações .......................................................................... 01-154
Suspensão dianteira (vista explodida) ............................................................................. 01-154
Suspensão traseira (vista explodida) ............................................................................... 01-156
Grampos e suportes das molas, amortecedores, jumelos, olhais e
barras estabilizadoras: verificar estado e fixações ............................................................ 01-157
Suspensões: lubrificar............................................................................................................ 01-157
Suspensão dianteira........................................................................................................... 01-157
Suspensão traseira ............................................................................................................. 01-158
Molas da suspensão dianteira: verificar estado de pinos e buchas
dos olhais e dos jumelos ....................................................................................................... 01-159
Molas de borracha: verificar fixação e desgaste ................................................................ 01-160

Sistema elétrico
Bateria: limpar e reapertar os terminais, verificar nível e densidade dos eletrólitos .... 01-161
16-210 CO Manutenção com Precisão GRUPO 01 - Índice

Alternador: verificar escovas ................................................................................................ 01-162


Freio motor: verificar interruptores e regulagem............................................................... 01-162
Conexões elétricas do motor: verificar fixações ................................................................ 01-163
Motor de partida: verificar escovas e rotor......................................................................... 01-167

Esquema de lubrificação ...................................................................................... 01-169


16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-01

Plano de Manutenção
Manutenção preventiva
Trata-se de manutenção preventiva programada para que o veículo se mantenha em perfeitas condições de
funcionamento evitando, dessa forma, paradas imprevistas para manutenção corretiva.
O plano de manutenção é constituído de:

Revisão de entrega
Feita pelo Concessionário antes da entrega do veículo ao cliente.

Operações diárias
Operações de verificação que devem ser feitas pelo cliente, diariamente, antes de colocar o veículo em
funcionamento.

Operações Quinzenais
Operações que devem ser executadas pelo próprio cliente.

Revisão de Assentamento
Executada em Concessionário Volkswagen - Caminhões e Ônibus entre 1.000 e 5.000 km.
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-02

Revisões periódicas (L, MP1, MP2, MP3)*


Revisões a serem feitas por Concessionário Autorizado, nas quilometragens de acordo com o Grupo de
Manutenção do veículo.

Revisão Complementar
Revisão a ser feita em Concessionário Autorizado, a cada 96.000 Km para veículos que trabalham em
percursos de tráfego difícil, do tipo anda e pára, podendo-se aumentar o intervalo da revisão para
veículos que trabalham em percursos mais brandos. Consulte seu Concessionário Volkswagen –
Caminhões e Ônibus.

* Obs.: L = Revisão de lubrificação, MP = Manutenção preventiva.


16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-03

Intervalo das revisões

REVISÃO INTERVALO

Assentamento entre 1.000 e 5.000 km

Revisão L a cada 12.000 km

Revisão MP1 a cada 24.000 km

Revisão MP2 a cada 48.000 km

Revisão MP3 a cada 96.000 km


16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-04

Revisão de entrega
O serviço de Revisão de entrega compreende uma série de verificações feitas no veículo antes de sua entrega
ao cliente, com a finalidade de garantir as perfeitas condições para o seu uso imediato.
Esta página é um “fac-simile” da encontrada no livrete de Garantia e Manutenção, a qual o concessionário
deve preencher assinalando na medida em que realiza as operações relacionadas.

pág.
Óleos e Fluidos: inspecionar nível
Cárter do motor 51
Reservatório de fluido da embreagem 80
Reservatório de fluido da direção hidráulica 131
Caixa de mudanças 86
Eixo traseiro 89
continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-05

Revisão de entrega (continuação) pág.


Painel de instrumentos: verificar estado e funcionamento
Iluminação do painel de instrumentos -
Interruptores elétricos de comando -
Tacômetro -
Indicador de temperatura -
Indicador de pressão de óleo -
Indicador de nível de combustível -
Alarme sonoro -
Tacógrafo -
Manômetro do freio -
Luzes de aviso -
Comandos da coluna da direção: verificar estado e funcionamento
Comutador de luz do farol -
Comando do limpador do pára-brisa -
Comando do lavador do pára-brisa e nível de água do reservatório -
continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-06

Revisão de entrega (continuação) pág.


Comandos da coluna da direção: verificar estado e funcionamento (continuação)
Buzina -
Sistema de freio: verificar funcionamento
Válvula de pedal -
Válvula do freio de estacionamento -
Carregamento de ar dos reservatórios -
Alarme sonoro do sistema de freios -
Vazamento de ar no circuito -
Sistema de embreagem: verificar funcionamento
Pedal de embreagem (acionamento e folga) -
Vazamentos (tubulações, conexões e cilindros) -
Sistema de iluminação externa do veículo: verificar funcionamento
Lanternas direcionais traseiras e dianteiras -
Luzes de faróis: lanterna, baixo e alto -
Luz de freio -

continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-07

Revisão de entrega (continuação) pág.


Sistema de iluminação externa do veículo: verificar funcionamento (continuação)
Luz de emergência -
Faróis: verificar foco e ajustar se necessário -
Luz de ré -
Bateria: inspecionar
Nível de eletrólito 161
Fixação dos cabos 161
Reservatório de ar do sistema de freio
Drenar 117
Filtro de ar
Verificar instalação e estado dos elementos e fixação da tampa 62
Correia do motor -
Verificar tensão 69
continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-08

Revisão de entrega (continuação) pág.


Sistema de arrefecimento: inspecionar e/ou reapertar
Conexões das mangueiras -
Vazamentos -
Nível de água 64
Ligação elétrica do sensor de nível -
Sistema de direção hidráulica: inspecionar e/ou reapertar
Conexões de mangueiras 131
Nível de fluido 131
Vazamentos 131
Motor: verificar funcionamento e/ou ajustar
Marcha-lenta 74
Articulações de aceleração da bomba injetora -
Bomba injetora -
Cabo de parada do motor -
continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-09

Revisão de entrega (continuação) pág.


Rolamentos das rodas
Verificar folgas e ajustar se necessário 145
Grampos das molas da suspensão
Reapertar 154
Porcas das rodas
Reapertar 142
Pneus
Calibrar 143
Lubrificação
Pinos-mestre 140
Eixos came e ajustadores dos freio 117
Juntas universais (cruzetas) da árvore de transmissão 98
Suspensões dianteira e traseira 157
Buchas do eixo do garfo de acionamento da embreagem 85
continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-10

Revisão de entrega (continuação) pág.


Teste de estrada e avaliação funcional
Motor: partida, aceleração e desempenho -
Direção: limitação hidráulica e nível de ruídos -
Freios de serviço e de estacionamento: eficiência e estabilidade -
Sistema elétrico: partida, luzes e instrumentos -
Embreagem e caixa de mudanças: precisão de engate, mudanças de marcha e nível de ruídos -
Eixo traseiro e árvore de transmissão: nível de ruídos -
Motor, caixa de mudanças, eixo traseiro e embreagem: verificar quanto a vazamentos -
Liberação do veículo para entrega ao cliente
Estado geral do veículo -
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-11

Operações diárias pág.


Motor: verificar nível de óleo 51
Filtro de combustível: drenar água 54
Filtro de ar: verificar pela quilometragem se há necessidade de troca do elemento
(a cada 48000 km) 62
Sistema de arrefecimento: verificar nível do líquido 64
Reservatório de ar dos freios: drenar (somente reservatórios de ar seco) 117

Operações quinzenais pág.


Verificar quanto a vazamentos e estado
Motor, caixa de mudanças, eixo traseiro, caixa de direção, filtro de ar, amortecedores –
Sistema de arrefecimento –
Sistema de combustível –
Acionamento hidráulico da embreagem –
Pneus: calibrar 143
Lonas de freio: verificar folga e desgaste 120
continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-12

Operações quinzenais (continuação) pág.


Porcas das rodas: verificar aperto 142
Direção hidráulica: verificar nível do fluido 131
Embreagem: verificar nível do fluido 80
Correia do motor: verificar estado e tensão 69
Extintor de incêndio: verificar carga –
Lubrificação Geral
Embreagem: buchas do eixo do garfo do acionamento 85
Freios de serviço e estacionamento: eixos came e ajustadores 117
Eixo dianteiro: pinos-mestre 140
Coluna da direção: junta universal 135
Árvore de transmissão: juntas universais e luva deslizante 98
Suspensões 157
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-13

Revisão de assentamento (entre 1.000 e 5.000 km) pág.


Motor
Óleo do motor: verificar nível 51
Filtro de tela da bomba alimentadora: limpar 56
Filtro de combustível: drenar água 54
Sistema de arrefecimento: verificar nível do líquido 64
Correias do motor: verificar estado e tensão 69
Fixação do motor: reapertar coxins 70
Válvulas: regular folga 67
Sistema de escapamento: verificar estado e fixações 72
Embreagem, Caixa de Mudanças e Diferencial
Diferencial: trocar óleo, limpar respiro e bujão magnético do dreno 92
Embreagem: verificar nível de fluido 80
Embreagem: lubrificar buchas do eixo do garfo de acionamento 85
Árvore de transmissão: lubrificar juntas universais e luva deslizante 98

continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-14

Revisão de assentamento (continuação) pág.


Embreagem, Caixa de Mudanças e Diferencial (continuação)
Árvore de transmissão: reapertar suporte, abraçadeiras das cruzetas e suportes dos
mancais centrais 99
Caixa de mudanças: trocar óleo, limpar respiro e bujão magnético do dreno 88
Freios
Reservatório de ar dos freios: drenar (somente reservatórios de ar seco) 117
Eixos came e ajustadores: lubrificar 117
Lonas de freio (ajustador manual): verificar desgaste e regular folga se necessário 120
Lonas de freio (ajustador automático): verificar desgaste 122
Câmaras de freio: reapertar fixações 124
Cubos de Roda, Eixo Dianteiro, Direção, Rodas e Pneus
Direção hidráulica: verificar nível de fluido, vazamentos e estado de mangueiras,
tubos e conexões 131
Pinos-mestre: lubrificar 140
continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-15

Revisão de assentamento (continuação) pág.


Cubos de Roda, Eixo Dianteiro, Direção, Rodas e Pneus (continuação)
Junta universal da coluna de direção: lubrificar 135
Caixa de direção: reapertar fixação no chassi 134
Pneus: calibrar 143
Porcas das rodas: reapertar 142
Suspensões
Suspensões: lubrificar 157
Grampos e suportes das molas, amortecedores, jumelos, olhais e barras estabilizadoras:
reapertar fixações 154
Teste de Rodagem
Após a revisão, o veículo deve ser testado dinamicamente e observado quanto aos
seguintes itens: direção, freios de serviço e de estacionamento, instrumentos do painel e
sistema elétrico, embreagem, caixa de mudanças e rendimento do motor.
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-16

Revisão de lubrificação - L pág.


Motor
Óleo e elemento filtrante: trocar 52
Filtro de combustível: drenar água 54
Filtro de ar: verificar pela quilometragem se há necessidade de troca do elemento
(a cada 48000 km) 62
Filtro de tela da bomba alimentadora: limpar 56
Sistema de arrefecimento: verificar nível do líquido 64
Correia do motor: verificar estado e tensão 69
Sistema de escapamento: verificar estado e fixações 72
Embreagem, Caixa de Mudanças e Diferencial
Caixa de mudanças: verificar se a quilometragem atual requer a troca de óleo conforme
tabela de aplicação das revisões . Caso contrário, somente verificar nível de óleo e limpar 86
respiro
Diferencial: verificar nível de óleo e limpar respiro 89
Embreagem: verificar nível de fluido 80
Embreagem: lubrificar buchas do eixo do garfo de acionamento 85
continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-17

Revisão de lubrificação - L (continuação) pág.


Embreagem, Caixa de Mudanças e Diferencial (continuação)
Árvore de transmissão: lubrificar juntas universais e luva deslizante 98
Freios
Reservatório de ar dos freios: drenar (somente reservatórios de ar seco) 117
Eixos came e ajustadores: lubrificar 117
Lonas de freio (ajustador manual): verificar desgaste e regular folga se necessário 120
Lonas de freio (ajustador automático): verificar desgaste 122
Câmaras de freio: verificar fixações 124
Cubos de Roda, Eixo Dianteiro, Direção, Rodas e Pneus
Pinos-mestre: lubrificar 140
Junta universal da coluna de direção: lubrificar 135
Pneus: calibrar 143
Sistema de direção: verificar desgaste dos pneus e regular convergência se necessário 137
Direção hidráulica: verificar nível de fluido, vazamentos e estado de mangueiras, tubos e
conexões 131
continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-18

Revisão de lubrificação - L (continuação) pág.


Cubos de Roda, Eixo Dianteiro, Direção, Rodas e Pneus (continuação)
Caixa da direção: verificar fixações 134
Porcas das rodas: verificar aperto 142
Braços e barras de ligação e de direção: verificar fixações e estado dos terminais 135
Suspensões
Grampos e suportes das molas, amortecedores, jumelos, olhais e barras estabilizadoras:
verificar estado e fixações 157
Suspensões: lubrificar 157
Teste de Rodagem
Após a revisão, o veículo deve ser testado dinamicamente e observado quanto aos
seguintes itens: direção, freios de serviço e de estacionamento, instrumentos do painel e
sistema elétrico, embreagem, caixa de mudanças e rendimento do motor.
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-19

Revisão MP1 pág.


Motor
Óleo e elemento filtrante: trocar 52
Filtro de ar: verificar pela quilometragem se há necessidade de troca do elemento
(a cada 48000 km) 62
Filtro de tela da bomba alimentadora: limpar 56
Filtro de combustível: trocar elemento filtrante 54
Correia do motor: verificar estado e tensão 69
Fixação do motor: verificar fixação dos coxins 70
Sistema de arrefecimento: verificar nível do líquido 64
Tubulação de admissão entre filtro de ar e motor: verificar estado e fixações 71
Sistema de escapamento: verificar estado e fixações 72
Embreagem, Caixa de Mudanças e Diferencial
Caixa de mudanças: verificar se a quilometragem atual requer a troca de óleo conforme
tabela de aplicação das revisões. Caso contrário, somente verificar nível de óleo e limpar 86
respiro
Diferencial: verificar nível de óleo e limpar respiro 89
continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-20

Revisão MP1 (continuação) pág.


Embreagem, Caixa de Mudanças e Diferencial (continuação)
Embreagem: verificar nível de fluido 80
Embreagem: lubrificar buchas do eixo do garfo de acionamento 85
Árvore de transmissão: lubrificar juntas universais e luva deslizante 98
Árvore de transmissão: verificar juntas universais, luva deslizante e mancais centrais
quanto a folgas 98
Freios
Reservatórios de ar dos freios: drenar (somente reservatórios de ar seco) 117
Eixos came e ajustadores: lubrificar 117
Lonas de freio (ajustador manual): verificar desgaste e regular folga se necessário 120
Lonas de freio (ajustador automático): verificar desgaste 122
Câmaras de freio: verificar fixações 124
Compressor de ar: verificar conexões e fixações 100
Cubos de Roda, Eixo Dianteiro, Direção, Rodas e Pneus
Direção hidráulica: verificar nível de fluido, vazamentos e estado de mangueiras, tubos
e conexões 131
continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-21

Revisão MP1 (continuação) pág.


Cubos de Roda, Eixo Dianteiro, Direção, Rodas e Pneus (continuação)
Braços e barras de ligação e de direção: verificar fixações e estado dos terminais 135
Sistema de direção: verificar desgaste dos pneus e regular convergência se necessário 137
Pinos-mestre: lubrificar 140
Junta universal da coluna de direção: lubrificar 135
Pneus: calibrar 143
Porcas das rodas: verificar aperto 142
Caixa da direção: verificar fixações 134
Rolamentos dos cubos das rodas dianteiras: verificar folga e ajustar se necessário 147
Rolamentos dos cubos das rodas traseiras: verificar folga e ajustar se necessário 152
Suspensões
Grampos e suportes das molas, amortecedores, jumelos, olhais e barras estabilizadoras:
verificar estado e fixações 157
Suspensões: lubrificar 157
Molas de borracha: verificar fixação e desgaste 160
continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-22

Revisão MP1 (continuação) pág.


Sistema Elétrico
Bateria: limpar e reapertar os terminais, verificar nível e densidade do eletrólito 161
Conexões elétricas do motor: verificar fixação 163
Freio motor: verificar interruptores e regulagem 162
Alternador: verificar escovas 162
Motor de partida: verificar escovas e rotor 167
Teste de Rodagem
Após a revisão, o veículo deve ser testado dinamicamente e observado quanto aos
seguintes itens: direção, freios de serviço e de estacionamento, instrumentos do painel e
sistema elétrico, embreagem, caixa de mudanças e rendimento do motor.
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-23

Revisão MP2 pág.


Motor
Óleo e elemento filtrante: trocar 52
Filtro de ar: verificar pela quilometragem se há necessidade de troca do elemento
(a cada 48000 km) 62
Filtro de tela da bomba alimentadora: limpar 56
Filtro de combustível: trocar elemento filtrante 54
Correia do motor: verificar estado e tensão 69
Fixação do motor: verificar fixação dos coxins 70
Sistema de arrefecimento: drenar, limpar e reabastecer com água e NALCOOL 2000 65
Embreagem viscosa: verificar estado e fixações 75
Tubulação de admissão entre filtro de ar e motor: verificar estado e fixações 71
Sistema de escapamento: verificar estado e fixações 72
Bicos injetores: remover e testar 59
Válvulas termostáticas: testar 77
Válvulas: regular folga 67
continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-24

Revisão MP2 (continuação) pág.


Motor (continuação)
Tanque de combustível: drenar e limpar internamente 58
Embreagem, Caixa de Mudanças e Diferencial
Caixa de mudanças: verificar se a quilometragem atual requer a troca de óleo conforme
tabela de troca de aplicação das revisões. Caso contrário, somente verificar nível de óleo e 86
limpar respiro
Diferencial: verificar nível de óleo e limpar respiro 89
Embreagem: verificar nível de fluido 80
Embreagem: lubrificar buchas do eixo do garfo de acionamento 85
Árvore de transmissão: lubrificar juntas universais e luva deslizante 98
Árvore de transmissão: verificar juntas universais, luva deslizante e mancais centrais
quanto a folgas 98
Freios
Reservatório de ar dos freios: drenar (somente reservatório de ar seco) 117
Eixos came e ajustadores: lubrificar 117
Lonas de freio (ajustador manual): verificar desgaste e regular folga se necessário 120
continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-25

Revisão MP2 (continuação) pág.


Freios (continuação)
Lonas de freio (ajustador automático): verificar desgaste 122
Câmaras de freio: verificar fixações 124
Compressor de ar: verificar conexões e fixações 100
Ajustadores automáticos dos freios: revisar 125
Cubos de Roda, Eixo Dianteiro, Direção, Rodas e Pneus
Direção hidráulica: verificar nível de fluido, vazamentos e estado de mangueiras, tubos
e conexões 131
Braços e barras de ligação e de direção: verificar fixações e estado dos terminais 135
Sistema de direção: verificar desgaste dos pneus e regular convergência se necessário 137
Pinos-mestre: lubrificar 140
Junta universal da coluna de direção: lubrificar 135
Pneus: calibrar 143
Porcas das rodas: verificar aperto 142
continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-26

Revisão MP2 (continuação) pág.


Cubos de Roda, Eixo Dianteiro, Direção, Rodas e Pneus (continuação)
Caixa da direção: verificar fixações 134
Rolamentos dos cubos das rodas dianteiras: remover, verificar estado e substituir se
necessário 145
Rolamentos dos cubos das rodas traseiras: remover, verificar estado e substituir se
necessário 149
Suspensões
Grampos e suportes das molas, amortecedores, jumelos, olhais e barras estabilizadoras:
verificar estado e fixações 157
Suspensões: lubrificar 157
Molas de borracha: verificar fixação e desgaste 160
Sistema Elétrico
Bateria: limpar e reapertar os terminais, verificar nível e densidade do eletrólito 161
Conexões elétricas do motor: verificar fixação 163
Freio motor: verificar interruptores e regulagem 162
Alternador: verificar escovas 162
continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-27

Revisão MP2 (continuação) pág.


Sistema Elétrico (continuação)
Motor de partida: verificar escovas e rotor 167
Teste de Rodagem
Após a revisão, o veículo deve ser testado dinamicamente e observado quanto aos
seguintes itens: direção, freios de serviço e de estacionamento, instrumentos do painel e
sistema elétrico, embreagem, caixa de mudanças e rendimento do motor.
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-28

Revisão MP3 pág.


Motor
Óleo e elemento filtrante: trocar 52
Filtro de ar: verificar pela quilometragem se há necessidade de troca do elemento
(a cada 48000 km) 62
Filtro de tela da bomba alimentadora: limpar 56
Filtro de combustível: trocar elemento filtrante 54
Correia do motor: verificar estado e tensão 69
Fixação no motor: verificar fixação dos coxins 70
Sistema de arrefecimento: drenar, limpar e reabastecer com água e NALCOOL 2000 65
Embreagem viscosa: verificar estado e fixações 75
Tubulação de admissão entre filtro de ar e motor: verificar estado e fixações 71
Sistema de escapamento: verificar estado e fixações 72
Bicos injetores: remover e testar 59
Válvulas termostáticas: testar 77
Válvulas: regular folga 67

continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-29

Revisão MP3 (continuação) pág.


Motor (continuação)
Tanque de combustível: drenar e limpar internamente 58
Turboalimentador: verificar eixo, rotor e carcaça 79
Embreagem, Caixa de Mudanças e Diferencial
Caixa de mudanças: verificar se a quilometragem atual requer a troca de óleo conforme
tabela de troca de aplicação das revisões. Caso contrário, somente verificar nível de óleo e 86
limpar respiro
Diferencial: trocar óleo, limpar respiro e bujão magnético do dreno 92
Embreagem: trocar fluido (vide nota) 81
Embreagem: verificar buchas e eixos dos garfos de acionamento quanto a desgaste 83
Árvore de transmissão: lubrificar juntas universais e luva deslizante 98
Árvore de transmissão: verificar juntas universais, luva deslizante e mancais centrais
quanto a folgas 98
NOTA: A cada 96.000 km ou uma vez por ano.
Freios
Reservatórios de ar dos freios: drenar (somente reservatório de ar seco) 117
continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-30

Revisão MP3 (continuação) pág.


Freios (continuação)
Eixos came e ajustadores: lubrificar 117
Lonas de freio (ajustador manual): verificar desgaste e regular folga se necessário 120
Lonas de freio (ajustador automático): verificar desgaste 122
Câmaras de freio: verificar fixações 124
Ajustadores automáticos dos freios: revisar 125
Compressor de ar: verificar conexões e fixações 100
Cubos de Roda, Eixo Dianteiro, Direção, Rodas e Pneus
Direção hidráulica: verificar nível de fluido, vazamentos e estado de mangueiras, tubos e
conexões 131
Braços e barras de ligação e de direção: verificar fixações e estado dos terminais 135
Sistema de direção: verificar desgaste dos pneus e regular convergência se necessário 137
Pinos-mestre: lubrificar 140
Junta universal da coluna de direção: lubrificar 135
Pneus: calibrar 143
continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-31

Revisão MP3 (continuação) pág.


Cubos de Roda, Eixo Dianteiro, Direção, Rodas e Pneus (continuação)
Porcas das rodas: verificar aperto 142
Caixa da direção: verificar fixações 134
Rolamentos dos cubos das rodas dianteiras: remover, verificar estado e substituir se
necessário 145
Rolamentos dos cubos das rodas traseiras: remover, verificar estado e substituir se
necessário 149
Suspensões
Grampos e suportes das molas, amortecedores, jumelos, olhais e barras estabilizadoras:
verificar estado e fixações 157
Suspensões: lubrificar 157
Molas de borracha: verificar fixação e desgaste 160
Molas da suspensão dianteira: verificar estado de pinos e buchas dos olhais e dos jumelos 159
Sistema Elétrico
Bateria: limpar e reapertar os terminais, verificar nível e densidade do eletrólito 161
Conexões elétricas do motor: verificar fixação 163

continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-32

Revisão MP3 (continuação) pág.


Sistema Elétrico (continuação)
Freio motor: verificar interruptores e regulagem 162
Alternador: verificar escovas 162
Motor de partida: verificar escovas e rotor 167
Teste de Rodagem
Após a revisão, o veículo deve ser testado dinamicamente e observado quanto aos
seguintes itens: direção, freios de serviço e de estacionamento, instrumentos do painel e
sistema elétrico, embreagem, caixa de mudanças e rendimento do motor.
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-33

Revisão complementar pág.


Motor
Bomba injetora: remover e enviar a um posto autorizado do fabricante para revisão 62
Embreagem, Caixa de Mudanças e Diferencial
Diferencial: ajustar a pré-carga dos rolamentos do pinhão e da caixa de satélites (vide nota) 93
NOTA: Para serviço rodoviário, efetuar a cada 120.000 km.
Freios
Compressor de ar: revisar 101
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-34

Check Lists
Os Check Lists têm como objetivo facilitar as revisões, servindo como um guia, onde são encontradas as
operações a serem realizadas em cada revisão e, algumas destas, acompanhadas de suas respectivas
especificações.
Existem 06 (seis) folhas de Check Lists para o modelo 16-210 CO, sendo que cada uma delas se refere a uma
revisão conforme abaixo:
– Revisão de Entrega
– Revisão de Assentamento
– Revisão “L” (Lubrificação)
– Revisão “MP1” (Manutenção Preventiva 1)
– Revisão “MP2” (Manutenção Preventiva 2)
– Revisão “MP3” (Manutenção Preventiva 3).
As Revisões de Entrega e Assentamento são realizadas uma única vez no veículo, sendo que:
– Revisão de Entrega: realizada antes da entrega do veículo ao cliente;
– Revisão de Assentamento: realizada entre 1000 e 5000 km, após o veículo ter trabalhado com carga.
As demais revisões L, MP1, MP2 e MP3 são aplicadas intercaladamente durante toda a vida útil do
veículo,permitindo que o plano seja cíclico, ou seja, as revisões seguem uma sequência lógica, fazendo com
que após a realização de uma “MP3” se volte para uma revisão “L”, reiniciando o ciclo.
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-35

Preenchimento do Check List


1. No cabeçalho deve ser preenchido:
a) Grupo de manutenção a que pertence o veículo;
b) Nº da O.S. (Ordem de Serviço);
c) Modelo do veículo;
d) DN do Concessionário;
e) Km – quilometragem do veículo na data da revisão;
f) VIN – nº de identificação do veículo (nº completo do chassi);
g) Data da execução da revisão.

Preventive Maintenance - Check List


VOLKSBUS Grupo I II III

OS nº Modelo DN Km
Revisão
VIN 9 B W data______________________ ENTREGA
Check List é sinônimo de qualidade nos serviços prestados pela oficina. Use-o corretamente.

b f c a d g e
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-36
2. Para cada item da revisão, deve ser colocado no respectivo quadro, do lado direito, um sinal referente ao
que foi encontrado na revisão:
reparar – para itens que devem ser reparados mas não implicam em segurança (o cliente deve ser
consultado antes da execução do reparo);
reparar urgente – itens que devem ser reparados e que implicam em segurança (o cliente deve ser
consultado antes do reparo);
sem comentários.

3. Especificações Técnicas – para algumas operações, pode ser encontrada no verso a respectiva
especificação técnica. Para outras operações que, devido a complexidade, não foi possível resumir a
especificação no verso, recomendamos consultar este Manual.
4. Anotações e Comentários – no verso de cada Check List, há um espaço para esta finalidade, onde na
coluna “Oper.” deve-se colocar o número do item referente à operação seguido do comentário. Se
necessário, deve-se acrescentar folha avulsa.
5. Assinaturas – após concluir a revisão, devem assinar o Check List o chefe da oficina e o mecânico que
executou o trabalho.
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-37
Tabelas de aplicação de Check Lists
Essas tabelas têm como objetivo, indicar o Check List a ser utilizado em função da quilometragem do veículo,
além de indicar também, se a quilometragem atual requer a troca do óleo da caixa de mudanças.
Exemplo:
Veículo: 16-210 CO
Quilometragem:480.000 km
Qual o Check List a ser utilizado?
1º) Procura-se na coluna “Frequência” a quilometragem do veículo;
2º) Desloca-se na linha da quilometragem até a coluna “Revisão” e encontra-se a revisão a ser realizada
“MP3 + OT”, ou seja, utilizar o Check List “MP3” e fazer a troca de óleo da caixa de mudanças.
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-38

Tabela de aplicação de Check Lists


Quilometragem das Revisões (km percorridos) Quilometragem das Revisões (km percorridos)
Revisão Serviços Frequência Revisão Serviços Frequência
complementares (km) complementares (km)
Assentamento 1000 a 5000 MP2 TF 144.000

L 12.000 L 156.000

MP1 24.000 MP1 168.000

L + OT 36.000 L OT 180.000

MP2 TF 48.000 MP3 TF 192.000

L OT 60.000 L 204.000

MP1 72.000 MP1 216.000

L 84.000 L 228.000

MP3 TF 96.000 MP2 OT + TF 240.000

L 108.000 L 252.000

MP1 OT 120.000 MP1 264.000

L 132.000 L 276.000
OT = Trocar óleo da caixa de mudanças TF = Trocar elemento do filtro de ar continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-39

Tabela de aplicação de Check Lists (continuação)


Quilometragem das Revisões (km percorridos) Quilometragem das Revisões (km percorridos)
Revisão Serviços Frequência Revisão Serviços Frequência
complementares (km) complementares (km)
MP3 TF 288.000 MP2 TF 432.000
L OT 300.000 L 444.000
MP1 312.000 MP1 456.000
L 324.000 L 468.000
MP2 TF 336.000 MP3 OT + TF 480.000
L 348.000 L 492.000
MP1 OT 360.000 MP1 504.000
L 372.000 L 516.000
MP3 TF 384.000 MP2 TF 528.000
L 396.000 L OT 540.000
MP1 408.000 MP1 552.000
L OT 420.000 L 564.000
OT = Trocar óleo da caixa de mudanças TF = Trocar elemento do filtro de ar continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-40

Tabela de aplicação de Check Lists (continuação)


Quilometragem das Revisões (km percorridos) Quilometragem das Revisões (km percorridos)
Revisão Serviços Frequência Revisão Serviços Frequência
complementares (km) complementares (km)
MP3 TF 576.000 MP2 OT + TF 720.000
L 588.000 L 732.000
MP1 OT 600.000 MP1 744.000
L 612.000 L 756.000
MP2 TF 624.000 MP3 TF 768.000
L 636.000 L OT 780.000
MP1 648.000 MP1 792.000
L OT 660.000 L 804.000
MP3 TF 672.000 MP2 TF 816.000
L 855.000 L 828.000
MP1 696.000 MP1 OT 840.000
L 708.000 L 852.000
OT = Trocar óleo da caixa de mudanças TF = Trocar elemento do filtro de ar continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-41

Tabela de aplicação de Check Lists (continuação)


Quilometragem das Revisões (km percorridos) Quilometragem das Revisões (km percorridos)
Revisão Serviços Frequência Revisão Serviços Frequência
complementares (km) complementares (km)
MP3 TF 864.000 MP2 TF 1.008.000
L 876.000 L OT 1.020.000
MP1 888.000 MP1 1.032.000
L OT 900.000 L 1.044.000
MP2 TF 912.000 MP3 TF 1.056.000
L 924.000 L 1.068.000
MP1 936.000 MP1 OT 1.080.000
L 948.000 L 1.092.000
MP3 OT + TF 960.000 MP2 TF 1.104.000
L 972.000 L 1.116.000
MP1 984.000 MP1 1.128.000
L 996.000 L OT 1.140.000
OT = Trocar óleo da caixa de mudanças TF = Trocar elemento do filtro de ar continua...
16-210 CO Manutenção com Precisão Plano de manutenção 01-42

Tabela de aplicação de Check Lists (continuação)


Quilometragem das Revisões (km percorridos)
Revisão Serviços Frequência
complementares (km)
MP3 TF 1.152.000

OT = Trocar óleo da caixa de mudanças TF = Trocar elemento do filtro de ar


16-210 CO Manutenção com Precisão Controle de Emissões 01-43

Controle de Emissões
Índice de fumaça em aceleração livre
Os veículos abaixo estão em conformidade com as Resoluções CONAMA (Conselho Nacional do Meio
Ambiente) vigentes na data de sua produção.
Os índices de fumaça em aceleração livre estão expressos em m-1 (coeficiente de absorção de luz) conforme
ensaios realizados com combustível de referência, especificado nas Resoluções vigentes do CONAMA.
Este índice é uma referência para verificação quanto ao estado de manutenção do veículo.

ÍNDICE DE FUMAÇA EM ACELERAÇÃO LIVRE


Modelo Velocidade Velocidade Índice de fumaça em aceleração livre
angular de angular
marcha lenta máxima livre < 350 mm 350 m.nm>
(rpm) (rpm) (m-1) (m-1)
16-210 CO - EURO I 750 - 800 3100 1,54 1,90
16-210 CO - EURO II 750 - 800 3100 1,06 1,26

Valores para altitudes inferiores a 350 m em relação ao nível do mar


(valores da etiqueta)

Valores para altitudes superiores a 350 m em relação ao nivel do mar


16-210 CO Manutenção com Precisão Controle de Emissões 01-44
Os valores apresentados nas tabelas só serão válidos para os motores/veículos mantidos conforme programa
de manutenção do fabricante e podem ser influenciados negativamente por fatores tais como:
– Restrição na admissão de ar causada por filtro de ar sujo ou obstrução no captador.
– Contrapressão de escape causada por obstrução na tubulação de escapamento.
– Ponto de injeção incorreto causado por erro de sincronismo da bomba injetora.
– Pressão de abertura dos bicos irregular causada por regulagem incorreta.
– Obstrução dos furos de injeção, engripamento da agulha do injetor e má qualidade da pulverização
causadas pelo mau estado do bico injetor.
– Queima incompleta do combustível causada pela sua contaminação ou má qualidade.

A fixação da etiqueta com o índice de fumaça em aceleração livre em veículos incompletos é de


responsabilidade do fabricanteda carroçaria.
16-210 CO Manutenção com Precisão Controle de Emissões 01-45
Processo de medição do índice de fumaça
– Este processo é chamado de medição direta. O índice de
opacidade é medido em aparelho denominado "Opacímetro
de Fluxo Parcial" (há também opacímetros de fluxo total)
que capta parte da fumaça expelida pelo cano do
escapamento através de uma sonda. A fumaça é então
enviada para uma câmara de medição dentro do cabeçote
ótico do opacímetro onde é atravessada por um facho de
luz na câmara de medição.
– Durante a sua trajetória no interior da câmara de medição
parte da luz é absorvida pelos gases do escapamento. O
18363 índice de absorção ou opacidade é expresso na unidade
m-1, ou seja, a quantidade de luz absorvida pelos gases por
metro linear.
– O caminhão Volkswagen é produzido dentro dos padrões
A correta manutenção do veículo, de estabelecidos pelo Conselho do Meio Ambiente (CONAMA),
acordo com as recomendações do para emissão de fuligem, através da Resolução 18/86.
fabricante é fator indispensável à
redução da poluição do ar ambiente. Opacímetro:
1 – tubo do escapamento
2 – sonda
3 – cabeçote ótico
4 – lâmpada
5 – receptor
16-210 CO Manutenção com Precisão Identificação do veículo 01-46

Identificação do veículo
Número de identificação do veículo (VIN)

9 B W

Número sequencial
de série

Código do modelo

Ano de fabricação

Entre outras informações, o número de identificação do veículo contém o ano de fabricação, o código do
modelo e o número de série do veículo;
O número de série está contido do décimo terceiro ao décimo sétimo caracter e é o número
sequencial da série, conforme ano/ modelo;
O ano de fabricação é codificado pelo décimo caracter do código de identificação:
V = 1997 W = 1998
X = 1999 Y = 2000
O modelo do veículo está contido do quinto ao sétimo caracter do código de identificação (2TJ).
16-210 CO Manutenção com Precisão Identificação do veículo 01-47

Plaqueta de identificação do veículo


– A placa de identificação com os dados do veículo está
localizada na parte frontal, lado direito, com acesso pela
grade dianteira.

17962

Gravação do número VIN no chassi


– Além da plaqueta de identificação, o “Número de
Identificação do Veículo” é gravado também na aba inferior
da longarina direita, próximo ao suporte traseiro da mola
dianteira.

77960
16-210 CO Manutenção com Precisão Identificação do veículo 01-48

Número do motor
– O número de identificação do motor está gravado na parte
dianteira do motor, no lado direito.

17961

Caixa de mudanças
– Os dados de identificação da caixa de mudanças estão
gravados em uma plaqueta no lado direito da carcaça.

35799
16-210 CO Manutenção com Precisão Identificação do veículo 01-49

Eixo dianteiro
– Os dados de identificação do eixo dianteiro estão gravados
em uma plaqueta localizada no centro do eixo, na parte de
trás.

45693

Eixo traseiro
– O eixo traseiro possui três plaquetas de identificação:
1- Identificação do conjunto eixo / diferencial
2- Identificação do diferencial
3- Identificação da carcaça.

57958
16-210 CO Manutenção com Precisão Basculamento do capô do motor 01-50

Basculamento do capô do motor


– Posicione a alavanca de mudanças em 3ª marcha.
– Desloque o banco do motorista para a esquerda.
– Destrave o capô.

15375

– Com uma das mãos pressione o capô para baixo e com a


outra mão, destrave a haste de segurança e bascule o capô.
– Solte o gancho de sustentação da trava (interna ao capô) e
prenda-o ao teto.
Sempre que for funcionar o motor com o capô aberto, não
se esqueça de posicionar a alavanca de mudanças em
neutro.
– Para baixar o capô, proceda na ordem inversa à de
basculamento.

15376
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-51

Motor
Óleo do motor: verificar nível
– Estacione o veículo em local plano.
– Aguarde cerca de cinco minutos para permitir que todo óleo
da parte superior do motor escoe para o cárter.
– Retire a vareta de medição, limpe-a com um pano limpo e
introduza-a novamente até o batente.

15378

– Retire-a novamente e verifique o nível.


– O nível estará correto se estiver entre as marcas superior e
inferior da vareta.
– Se o nível estiver próximo da marca inferior da vareta,
adicione óleo MIL-L-2104D ou API-CE ou CCMC-D3,
viscosidade SAE 15W40 até que o nível atinja a marca
superior da vareta.
Não adicione óleo de diferentes tipos ou marcas, pois
poderá ocorrer incompatibilidade entre eles.

15763
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-52

Óleo e elemento filtrante: trocar


Todo óleo usado ou contaminado deve ser recolhido e
armazenado adequadamente para posterior reciclagem.
Não descarte óleo no solo, sistema de esgoto ou qualquer
local que possa, de alguma forma, afetar negativamente o
meio ambiente.
– Limpe e remova a tampa do bocal de abastecimento.

18575

– Remova o bujão do dreno e drene todo o óleo do cárter.


– Remova o elemento filtrante com o anel de vedação.
– Fixe o bujão com uma arruela de vedação nova:
Torque = 70 N.m (7,0 kgf.m).
– Abasteça o novo elemento filtrante com óleo novo.
Não utilize ferramenta para fixar o elemento filtrante.
– Lubrifique o anel de vedação e fixe o elemento manualmente
até o anel de vedação encostar no cabeçote e gire-o mais 1/2
volta.

15197
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-53
– Com a vareta de nível desencaixada, abasteça o cárter pelo
bocal de abastecimento:
Capacidades: 17 l (sem filtro)
18,7 l (com filtro)
– Verifique visualmente o motor quanto a vazamentos.

18575

Especificações de óleos
MIL-L-2104D
API-CE
CCMC-D3
– Margens de temperatura para óleos multiviscosos.
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-54

Filtro de combustível: drenar água


– Abra a válvula de dreno do filtro de combustível e deixe-a
aberta até que o combustível saia livre de impurezas.
– Feche a válvula.

18392

Filtro de combustível: trocar elemento filtrante


– Drene o combustível existente no filtro.
– Remova o elemento do filtro.
– Remova o copo transparente do elemento.
– Limpe o copo.
– Lubrifique o novo vedador do copo com uma pequena
camada de óleo diesel ou óleo lubrificante do motor e
instale-o no elemento com o lado cônico para cima.
– Rosqueie o copo transparente ao elemento novo com as
mãos e aperte-o firmemente.
17868 – Lubrifique o novo vedador do elemento e instale-o com o
lado cônico para cima.
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-55
– Encha o filtro com óleo diesel limpo.
– Instale o filtro no cabeçote e aperte firmemente usando
somente as mãos.
– Se necessário, faça a sangria do sistema através da saída do
filtro de combustível.

18395

Sangria do sistema de combustível através do filtro de


combustível
– Afrouxe o tubo de saída do filtro.

19011
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-56
– Destrave o êmbolo de acionamento manual da bomba
alimentadora.
– Acione o êmbolo até o combustível sair pelo tubo afrouxado
sem bolhas de ar.
– Fixe o tubo afrouxado:
Torque = 9,0 N.m (0,9 kgf.m).
– Verifique visualmente o sistema de combustível quanto a
vazamentos e estado geral de seus componentes.

18427

Filtro de tela da bomba alimentadora: limpar


– Solte a presilha (1).
– Solte a porca (2).
– Remova o filtro-tela do copo.
– Lave o filtro-tela com querosene ou óleo diesel e seque-o
com ar comprimido.
– Reinstale o filtro tela.
– Reinstale o conjunto com arruelas de vedação novas.
– Faça a sangria da bomba alimentadora.
11854
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-57
Sangria da bomba alimentadora
– Afrouxe o tubo de saída do combustível.

18427

– Gire o êmbolo de acionamento manual da bomba


alimentadora para destravá-lo.
– Acione o êmbolo manualmente até o combustível sair sem
bolhas de ar pelo tubo afrouxado.
– Fixe o tubo afrouxado:
Torque = 35 N.m (3,5 kgf.m).
– Trave o êmbolo de acionamento manual da bomba
alimentadora.

11854
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-58

Tanque de combustível: drenar e limpar internamente


– Drene o combustível pelo bocal de abastecimento.
– Remova o conjunto bujão/filtro-tela.
– Limpe internamente o tanque com o aparelho apropriado.

15396

– Limpe o filtro-tela.
– Verifique o anel de vedação quanto a danos e substitua-o se
necessário.
– Fixe o bujão ao tanque.

15397
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-59

Bicos injetores: remover e testar


– Remova os bicos injetores utilizando as ferramentas
especiais BR-744 e BR-744/01 e teste-os em seguida.

15255

Teste da pressão de abertura


– Instale o injetor no aparelho de teste e verifique a pressão de
abertura:
pressão nominal: 27.950 a 28.735 kPa (285 a 293 bar)
pressão mínima admissível: 22.070 kPa (225 bar)
Mesmo que apenas um dos bicos injetores apresente
pressão de abertura abaixo do mínimo especificado, todos
deverão ser enviados a um posto de serviços autorizado
BOSCH para revisão.

12687
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-60
Teste de estanqueidade
– Instale o bico injetor no aparelho de teste e aplique uma
pressão de 18.300 kPa (186,6 bar) durante 10 segundos.
– Não deve ocorrer gotejamento.
Mesmo que apenas um dos bicos injetores apresente
falha, todos deverão ser enviados a um posto de serviço
autorizado BOSCH para revisão.

11846

Teste de pulverização
– Acione a manopla do aparelho a 60 cursos por minuto e
verifique o padrão de pulverização.
– O bico injetor deve apresentar uma pulverização uniforme
pelos orifícios.

15247
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-61
– Não deve ocorrer um jato do tipo sólido.
Mesmo que apenas um dos bicos injetores apresente falha,
todos deverão ser enviados a um posto de serviço
autorizado BOSCH para revisão.
– Reinstale os bicos injetores.
– Faça a sangria dos tubos de alta pressão, veja tópico
seguinte.

15246 Sangria dos tubos de alta pressão


A pressão de combustível dentro das linhas de alta
pressão é suficiente para penetrar na pele e corrente
sangüínea.
Não sangre o sistema de combustível com o motor quente,
pois se o combustível entrar em contato com partes quentes
do motor, causará risco de incêndio ou explosão.
– Afrouxe a porca da tubulação de alta pressão em cada um
dos bicos injetores.
– Dê a partida no motor com o acelerador totalmente acionado
até que o combustível saia pela tubulação ausente de bolhas
de ar.
– Reaperte a porca da tubulação:
15263
Torque = 25 N.m (2,5 kgf.m).
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-62

Bomba injetora: remover e enviar a um posto autorizado


do fabricante para revisão
– Remova a bomba injetora.
– Envie a um posto autorizado para revisão.
– Antes da instalação, verifique o ponto exato de injeção.
– Determine o início de injeção.
– Faça a sangria do sistema de combustível através dos tubos
de alta pressão, veja tópico Sangria do sistema de
combustível.

18575

Filtro de ar: verificar pela quilometragem se há


necessidade de troca do elemento (a cada 48000 km)
– Troque o elemento do filtro de ar a cada 48000 km. Caso o
veículo trafegue em regiões de muita poeira, este intervalo
deve ser reduzido para 24000 km.
– Utilize sempre um filtro novo. Não limpe o elemento e não
reutilize elemento recuperado.
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-63
Substituição do elemento
– Remova a tampa do filtro.
– Remova o elemento.
– Limpe internamente a carcaça do filtro com um pano limpo e
seco.
– Substitua o elemento e fixe a porca de forma que o elemento
não possa ser girado manualmente.
Na montagem da tampa, observe a posição da seta que
deve ficar voltada para cima.

18404

– Se houver presença de água no visor da carcaça, remova-o e


limpe-o.

15382
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-64

Sistema de arrefecimento: verificar nível do líquido


O líquido do sistema de arrefecimento, quando quente,
pode causar queimaduras graves, portanto proteja
convenientemente as mãos.
– O nível do líquido deve estar entre as marcas “MIN.” e
“MÁX.” do reservatório.

15370

– Se o nível estiver baixo, remova a tampa lateral do


reservatório e abasteça-o com água limpa até o nível correto.
– A tampa superior do reservatório de expansão (1) não deve
ser removida para abastecimento. Caso seja necessário
acrescentar água, faça-o somente pela tampa lateral (2).
– Verifique visualmente o sistema de arrefecimento quanto a
vazamentos e estado
geral de seus componentes.

15384
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-65

Sistema de arrefecimento: drenar, limpar e reabastecer


com água e NALCOOL 2000
– Remova a tampa do bocal de abastecimento do reservatório
de expansão.
– Remova o bujão de dreno de água localizado no bloco do
motor.

15411

– Desconecte a mangueira inferior do radiador e drene todo o


líquido.
– Após o escoamento do líquido, conecte novamente a
mangueira e reinstale o bujão.

15412
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-66
– Desconecte a mangueira de retorno do radiador ao
reservatório de expansão.
– Abasteça o reservatório com água limpa até o líquido sair
pelo tubo do retorno.
– Reinstale a mangueira de retorno e continue a abastecer o
reservatório até o nível correto.
– Ligue o motor e deixe-o funcionando por alguns minutos até
atingir sua temperatura normal de funcionamento.
– Desligue o motor e deixe-o esfriar.

15413

– Desconecte novamente a mangueira inferior do radiador e


repita todo o procedimento.
Caso o líquido do sistema de arrefecimento não saia limpo,
repita a operação.
– Faça o abastecimento final com uma mistura contendo água
limpa e 3,5% de NALCOOL 2000.

15412
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-67

Válvulas: regular folga


A regulagem deve ser feita com o motor frio.
– Remova as tampas das válvulas.
– Gire o motor manualmente para posicionar as válvulas do
cilindro nº 6 em balanço (posição em que a válvula de
admissão está se abrindo e a de escapamento está se
fechando).

15188

– Afrouxe a porca-trava e o parafuso de regulagem das


válvulas do cilindro nº 1.
– Introduza a lâmina calibradora entre a haste da válvula e o
balancim.

15191
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-68
– Regule a folga através do parafuso de regulagem (1) até
sentir uma leve resistência na lâmina.
– Folga das válvulas:
admissão: 0,40 mm
escapamento: 0,40 mm
– Fixe a porca-trava (2) e remova a lâmina calibradora:
Torque = 25 N.m (2,5 kgf.m).

15192

– Para os demais cilindros, utilize o mesmo procedimento


conforme a tabela abaixo:
coloque em balanço as
válvulas do cilindro nº 6 2 4 1 5 3
regule a válvula do
cilindro nº 1 5 3 6 2 4
– Verifique as juntas das tampas das válvulas quanto a danos e
se necessário, substitua-a.
– Fixe as tampas das válvulas:
Torque = 20 N.m (2,0 kgf.m).
15094
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-69

Correia do motor: verificar estado e tensão


– Verifique visualmente a correia quanto a danos e desgaste.
– Verifique a deflexão da correia pressionando-a com o polegar
entre a polia tensora e a polia do ventilador.
– Se necessário, ajuste a deflexão:
Deflexão = 20 mm.

15417

Ajuste da deflexão da correia do motor


– Afrouxe os parafusos do suporte da polia tensora.
– Desloque a polia tensora até que se atinja a deflexão
especificada.
– Fixe os parafusos de ajuste:
Torque = 35 N.m (3,5 kgf.m).

15416
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-70

Fixação do motor: reapertar coxins


– Remova a cupilha.
– Porcas dos coxins dianteiros:
Torque = 80 N.m (8,0 kgf.m)

15080

– Porcas dos coxins traseiros:


Torque (1) = 2,6 N.m (0,26 kgf.m)
Torque (2) = 120 N.m (12,0 kgf.m)

15083
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-71

Tubulação de admissão entre filtro de ar e motor: verificar


estado e fixações
– Verifique visualmente o estado das mangueiras e tubos
existentes entre o filtro de ar e o motor.
– Verifique as conexões observando se não há componentes
mal fixados.
– Se necessário, reaperte as conexões ao torque especificado:
curva de admissão de ar ao coletor de admissão:
Torque = 25 N.m (2,5 kgf.m).

15216

– Abraçadeira da mangueira de entrada de ar do compressor:


Torque =10 N.m (10 kgf.m).

15314
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-72

Sistema de escapamento: verificar estado e fixações


– Verifique visualmente toda a extensão da tubulação de
escapamento observando se não há furos, amassados, etc.
A tubulação de escapamento, quando quente, pode causar
queimaduras, portanto proteja convenientemente as
mãos.
– Com o motor em funcionamento, verifique se não há
vazamentos pelas conexões da tubulação.
– Se necessário, reaperte as abraçadeiras e/ou conexões ao
torque especificado.
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-73

Sistema de Escapamento
Vista Explodida
1 - Curva de escapamento
Torque = 25 N.m (2,5 kgf.m)
2 - abraçadeira
Torque = 20 N.m (2,0 kgf.m)
3 - Abraçadeira
Torque = 50 N.m (5,0 kgf.m)
4 - Freio motor
Torque = 50 N.m (5,0 kgf.m)
5 - Abraçadeira
Torque = 90 N.m (9,0 kgf.m)
6 - Suporte do silencioso
Torque = 50 N.m (5,0 kgf.m)
7 - Silencioso: verificar fixação
8 - Abraçadeira
Torque = 30 N.m (3,0 kgf.m)
9 - Abraçadeira
Torque = 30 N.m (3,0 kgf.m)
10 - Abraçadeira
15179
Torque = 30 N.m (3,0 kgf.m)
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-74

Marcha-lenta: verificar funcionamento e regular se


necessário
– Ligue o motor e aguarde que atinja sua temperatura normal
de funcionamento.
– Verifique no tacômetro a rotação da marcha-lenta:
rotação de marcha-lenta: 750 a 800 rpm.
– Se necessário, regule a marcha-lenta.

Regulagem da marcha-lenta
– Solte a porca (1).
– Gire o parafuso (2) até que se alcance a rotação especificada.
– Reaperte a porca (1).

18575
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-75

Embreagem viscosa: verificar estado e fixação


– Gire a hélice do ventilador manualmente. Esta deve
apresentar uma pequena resistência.
– Verifique através da hélice se não há sinais de folga radial ou
axial.
– Verifique o conjunto quanto a vazamentos do líquido de
acionamento.

18491

– Verifique a fixação dos elementos e, se necessário, reaperte-


os ao torque especificado:
Torque (1) (rosca esquerda) = 90 N.m (9,0 kgf.m).
Torque (2) = 40 N.m (4,0 kgf.m).
– Faça o teste de verificação da embreagem viscosa, veja
tópico seguinte.

15088
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-76
Verificação do funcionamento da embreagem viscosa
– Estacione o veículo em local plano.
– Acione o freio de estacionamento.
– Abra o compartimento do motor.
– Insira entre o intercooler e o radiador uma folha de papelão
que cubra toda área frontal do radiador e que contenha um
furo de 15 cm de diâmetro no centro.
– O centro do furo deve coincidir com o centro da embreagem
viscosa.

18586

– Cole uma etiqueta refletiva na extremidade de uma das pás


do ventilador do radiador.
– Ligue o motor e deixe-o funcionando a uma rotação de 2000
rpm durante 3 minutos.

18322
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-77
– Meça a rotação no ventilador do radiador com o auxílio de
um tacômetro óptico digital.
– A rotação mínima do ventilador deverá ser 20% da rotação
do motor, ou seja, 400 rpm.
– Continue com o motor em funcionamento até que o ponteiro
do marcador da temperatura do motor no painel de
instrumentos alcance o final da faixa verde.
– Nesta condição, o ventilador deverá estar com rotação
mínima 1800 rpm.
– Se necessário, substitua a embreagem viscosa.
18321

Válvulas termostáticas: testar


– Remova as válvulas termostáticas.
– Monte o conjunto relógio comparador/suporte como na
figura ao lado, de modo que o relógio fique paralelo ao topo
da tampa.
– Posicione as válvulas termostáticas no dispositivo com a
saída para o radiador voltada para baixo.
– Regule a altura do suporte de modo que seja possível a
utilização de todo curso da haste.

18517
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-78
– Coloque todo o conjunto em um recipiente com água. A água
deve encobrir a válvula termostática.
– Posicione um termômetro o mais próximo possível do
dispositivo.
– Aqueça a água com um fogareiro ou outra fonte de calor de
baixa intensidade e agite constantemente a água.

18518

– Verifique a temperatura no início de abertura da válvula, ou


seja, assim que o relógio comparador começar a acusar a
abertura.
– Verifique a temperatura no final da abertura da válvula, ou
seja, assim que o relógio comparador indicar o curso
máximo de abertura.
– Compare os resultados obtidos com as especificações:
temperatura de inicio de abertura: 78 a 82°C
temperatura de abertura total: 94°C
abertura mínima: 7 mm
– Se necessário, substitua as válvulas termostáticas.
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor 01-79

Turboalimentador: verificar eixo, rotor e carcaça


– Remova o turboalimentador.
– Fixe-o em uma morsa.
– Inspecione o eixo (1) quanto a danos.
– Inspecione o compressor (2) e a turbina (3) quanto a
vazamentos de óleo e danos na carcaça.
– Inspecione os rotores do compressor e da turbina quanto a
danos nas aletas.

16871

Verificação da folga axial do rolamento de encosto


– Fixe o conjunto relógio comparador/base magnética como na
figura ao lado.
– Posicione a haste do relógio comparador na ponta do eixo.
– Posicione uma chave de fenda na outra extremidade do eixo
e force-o contra a haste.
– Verifique o valor da folga axial obtida:
folga axial = 0,064 + 0,038 mm.

16872
16-210 CO Manutenção com Precisão Motor / Embreagem 01-80
Verificação da folga radial do rolamento de encosto
– Fixe o conjunto relógio comparador/base magnética e
posicione a haste do relógio comparador no eixo como na
figura ao lado.
– Posicione uma chave de fenda na parte inferior de cada
extremidade do eixo e force-as para cima.
– Verifique o valor da folga radial obtida:
folga radial = 0,121± 0,044 mm.

16873

Embreagem: verificar nível de fluido


– Remova a tampa de acesso ao reservatório, localizada na
parte superior do painel de instrumentos.
– Verifique se o fluido está no nível máximo.
Não adicione fluido de diferentes tipos ou marcas, pois
poderá ocorrer incompatibilidade entre eles.
– Se necessário adicione fluido de freio D.O.T. 4 ou SAE J-1703
até o nível máximo.
– Verifique visualmente o sistema hidráulico da embreagem
quanto a vazamentos.
18426
16-210 CO Manutenção com Precisão Embreagem 01-81

Embreagem: trocar fluido


– Remova a tampa de acesso ao reservatório de fluido
localizada na parte superior do painel de instrumentos.
– Remova a tampa do reservatório.

18426

Ao drenar o fluido do sistema, instale uma mangueira


plástica transparente ligando o bujão de sangria a um
recipiente.
– Afrouxe o bujão de sangria do cilindro auxiliar da
embreagem e pressione o pedal repetidas vezes até drenar
todo fluido.
– Abasteça o reservatório com fluido de freio D.O.T. 4 ou SAE-
J-1703 a medida que o nível for baixando.
– Fixe o bujão de sangria.
– Verifique visualmente o sistema hidráulico da embreagem
quanto a vazamentos.
15394
– Faça a sangria do sistema, veja tópico seguinte.
16-210 CO Manutenção com Precisão Embreagem 01-82
Sangria do sistema hidráulico da embreagem
Sangria do cilindro-mestre
Proteja a pintura do veículo com um pano ou um
recipiente.
– Abasteça o reservatório de fluido acima do seu nível
máximo.
– Acione o pedal da embreagem algumas vezes e segure-o
totalmente acionado.
– Afrouxe a porca do tubo de saída do cilindro-mestre e
aguarde que o fluido pare de sair.
15393
– Fixe a porca.
– Repita o procedimento até que o fluido saia isento de bolhas
de ar.
– Fixe a porca do tubo:
Torque = 17 N.m (1,7 kgf.m).
16-210 CO Manutenção com Precisão Embreagem 01-83
Sangria no cilindro auxiliar
Instale uma mangueira plástica transparente ligando o
bujão de sangria a um recipiente.
– A sangria no cilindro auxiliar deve ser realizada através do
bujão seguindo a mesma seqüência de sangria do cilindro-
mestre.
– Verifique visualmente todo o circuito hidráulico da
embreagem quanto a vazamentos.

15394

Embreagem: verificar buchas e eixos do garfo de


acionamento quanto a desgaste
Esta operação deve ser realizada toda vez que o conjunto
platô / disco de embreagem for removido.
– Remova a árvore de transmissão da caixa de mudanças.
– Remova a caixa de mudanças.
16-210 CO Manutenção com Precisão Embreagem 01-84
– Remova o garfo e os eixos de articulação do garfo.
– Verifique as superfícies de contato entre o garfo de
acionamento e o mancal do rolamento quanto a desgaste.
– Terminada a operação e reinstalados todos os componentes,
faça a lubrificação das buchas do eixo do garfo de
acionamento da embreagem.

13675

Verificação das buchas dos eixos de articulação do garfo


– Meça o diâmetro interno das buchas como na figura ao lado:
diâmetro máximo admissível = 25,552 mm
– Se necessário, substitua as buchas.
Caso seja necessário a substituição das buchas, ajuste o
diâmetro interno em função do diâmetro do eixo.

13612
16-210 CO Manutenção com Precisão Embreagem 01-85
Verificação dos eixos de articulação do garfo
– Meça o diâmetro externo dos eixos:
diâmetro mínimo admissível = 25,334 mm
– Se necessário, substitua os eixos.

13615

Embreagem: lubrificar buchas do eixo do garfo de


acionamento
– Limpe as graxeiras.
Evite o excesso de graxa na lubrificação, sob o risco de
contaminação do disco da embreagem.
– Lubrifique as buchas através das graxeiras com graxa Longa
Vida – NLGI 2 EP.

58195
16-210 CO Manutenção com Precisão Caixa de mudanças 01-86

Caixa de mudanças: verificar nível de óleo e limpar


respiro
– Estacione o veículo em local plano.
– Remova o bujão de abastecimento e verifique se o óleo está
nivelado com a borda inferior do bocal de abastecimento.
Não adicione óleo de diferentes tipos ou marcas, pois
poderá ocorrer incompatibilidade entre eles.
– Se necessário, abasteça com óleo MIL-L-2104B/C/D ou API-
SF/CD, viscosidade SAE 50, até que o nível atinja a borda
inferior do bocal de abastecimento.
35799 – Fixe o bujão de abastecimento:
Torque = 30 N.m (3,0 kgf.m).

– Remova o respiro da caixa de mudanças.


– Lave-o com querosene ou óleo diesel e seque-o com ar
comprimido.
– Reinstale o respiro.
– Verifique visualmente a caixa de mudanças quanto a
vazamentos.

35139
16-210 CO Manutenção com Precisão Caixa de mudanças 01-87
Limpeza do bujão magnético do dreno da caixa de mudanças
A limpeza do bujão magnético durante a verificação do
nível de óleo, deve ser realizada somente até os primeiros
6 meses de uso do veículo. Após este período, esta operação
deve ser realizada somente na troca de óleo da caixa de
mudanças.
– Remova o bujão de abastecimento.
– Remova o bujão magnético do dreno e instale em seu lugar o
bujão de abastecimento.
– Lave o bujão magnético do dreno com querosene ou óleo
35799
diesel e seque-o com ar comprimido.
– Reinstale o bujão magnético do dreno e fixe-o:
Torque = 30 N.m (3,0 kgf.m).
– Verifique e mantenha o nível do óleo corretamente.
16-210 CO Manutenção com Precisão Caixa de mudanças 01-88

Caixa de mudanças: trocar óleo, limpar respiro e bujão


magnético do dreno
Todo óleo usado ou contaminado deve ser recolhido e
armazenado adequadamente para posterior reciclagem.
Não descarte óleo no solo, sistema de esgoto ou qualquer
local que possa, de alguma forma, afetar negativamente o
meio ambiente.

– Remova o bujão de abastecimento e o bujão magnético do


dreno e drene todo óleo da caixa de mudanças.
– Lave o bujão magnético do dreno com querosene ou óleo
diesel e seque-o com ar comprimido.
– Fixe o bujão magnético do dreno:
Torque = 30 N.m (3,0 kgf.m).
– Abasteça a caixa de mudanças pelo bocal de abastecimento
com óleo MIL-L-2104B/C/D ou API-SF/CD, viscosidade SAE 50,
até que o nível atinja a borda inferior do bocal.

35799
16-210 CO Manutenção com Precisão Caixa de mudanças / Diferencial 01-89
– Fixe o bujão de abastecimento:
Torque = 30 N.m (3,0 kgf.m).
– Limpe o respiro da caixa de mudanças.
– Verifique visualmente a caixa de mudanças quanto a
vazamentos.

35139

Diferencial: verificar nível de óleo e limpar respiro


– Estacione o veículo em local plano.
– Remova o bujão de abastecimento e verifique se o óleo está
nivelado com a borda inferior do bocal de abastecimento.
Não adicione óleo de diferentes tipos ou marcas, pois
poderá ocorrer incompatibilidade entre eles.

55144
16-210 CO Manutenção com Precisão Diferencial 01-90
– Se necessário, adicione óleo MIL-L-2105C ou API-GL5,
viscosidade SAE 85W140 até que o nível atinja a borda
inferior do bocal de abastecimento.
Capacidades:
RS 23-155 = 21 litros
RS 23-240 = 19 litros
– Fixe o bujão de abastecimento ao torque especificado:
RS 23-155 – Torque = 50 N.m (5,0 kgf.m)
RS 23-240 – Torque = 50 N.m (5,0 kgf.m)

55145

– Remova o respiro do diferencial.


– Lave-o com querosene ou óleo diesel e seque-o com ar
comprimido.
– Reinstale o respiro.
– Verifique visualmente o diferencial quanto a vazamentos.

58428
16-210 CO Manutenção com Precisão Diferencial 01-91
Limpeza do bujão magnético do dreno
A limpeza do bujão durante a verificação do nível do óleo,
deve ser realizada somente até os primeiros 6 meses de
uso do veículo. Após este período, esta operação deve ser
realizada somente na troca de óleo do diferencial.
– Remova o bujão de abastecimento.
– Remova o bujão magnético do dreno e instale em seu lugar o
bujão de abastecimento.
– Lave o bujão magnético do dreno com querosene ou óleo
diesel e seque-o com ar comprimido.
55146 – Reinstale o bujão magnético do dreno e fixe-o ao torque
especificado:
RS 23-155 – Torque = 50 N.m (5,0 kgf.m).
RS 23-240 – Torque = 50 N.m (5,0 kgf.m).
– Verifique e mantenha o nível do óleo corretamente.
16-210 CO Manutenção com Precisão Diferencial 01-92

Diferencial: trocar óleo, limpar respiro e bujão magnético


do dreno
Todo óleo usado ou contaminado deve ser recolhido e
armazenado adequadamente para posterior reciclagem.
Não descarte óleo no solo, sistema de esgoto ou qualquer
local que possa, de alguma forma, afetar negativamente o
meio ambiente.
– Remova o bujão de abastecimento e o bujão magnético do
dreno e drene todo o óleo do diferencial.
– Lave o bujão magnético do dreno com querosene ou óleo
55144
diesel e seque-o com ar comprimido.
16-210 CO Manutenção com Precisão Diferencial 01-93
– Fixe o bujão magnético do dreno ao torque especificado:
RS 23-155 – Torque = 50 N.m (5,0 kgf.m).
RS 23-240 – Torque = 50 N.m (5,0 kgf.m).
– Abasteça o diferencial pelo bocal de abastecimento com óleo
MIL-L-2105C ou API-GL5, viscosidade SAE 85W140 até que o
nível atinja a borda inferior do bocal.
– Fixe o bujão de abastecimento ao torque especificado:
RS 23-155 – Torque = 50 N.m (5,0 kgf.m).
RS 23-240 – Torque = 50 N.m (5,0 kgf.m).

55145
– Limpe o respiro do diferencial.
– Verifique visualmente o diferencial quanto a vazamentos.

Diferencial: ajustar a pré-carga dos rolamentos do pinhão


e da caixa de satélites
– Remova a árvore de transmissão.
– Remova as semi-árvores.
– Remova o diferencial.
– Desmonte o diferencial e verifique o estado geral de todos
seus componentes.
16-210 CO Manutenção com Precisão Diferencial 01-94
Ajuste da pré-carga dos rolamentos do pinhão
– Prense o garfo da junta universal, sem o vedador do pinhão,
com o auxílio da ferramenta BR-242.
– Instale a caixa do pinhão na caixa do diferencial, sem os
calços da caixa do pinhão.
– Instale dois parafusos de fixação da caixa do pinhão e
aperte-os manualmente.

58563
16-210 CO Manutenção com Precisão Diferencial 01-95
– Fixe a porca do pinhão:
Torque = 1400 N.m (140 kgf.m).
– Gire o conjunto através da porca do pinhão, com um
torquímetro.
– Faça a leitura do torque necessário para manter o conjunto
em movimento, desprezando o torque inicial necessário para
colocá-lo em movimento:
Torque resistente:
rolamentos novos: 1,7 a 4,0 N.m (0,17 a 0,4 kgf.m)
rolamentos usados: 1,0 a 2,3 N.m (0,1 a 0,28 kgf.m)
50550
– Se necessário, aumente o torque na porca do pinhão até o
valor máximo para se obter a pré-carga especificada.
Torque (valor máximo) = 1530 N.m (153 kgf.m)
– Se necessário, instale calços de ajuste entre a caixa do
pinhão e a caixa do diferencial para ajustar a pré-carga, veja
Fascículo Eixo Traseiro RS-23-155 e RS-23-240.
Ajuste da pré-carga dos rolamentos da caixa de satélites
– Posicione os anéis de ajuste.
– Instale as capas dos mancais e fixe os parafusos:
Torque = 325 N.m (32,5 kgf.m).
– Rosqueie os anéis de ajuste até que estes encostem nos
32406 rolamentos, eliminando a folga axial da coroa.
16-210 CO Manutenção com Precisão Diferencial 01-96
– Instale um conjunto relógio comparador / base magnética
como na figura ao lado.
– Posicione o apalpador na face de um dos dentes da coroa
formando um ângulo reto.
– Movimente a coroa e verifique a folga resultante entre coroa
e pinhão.

50568

– Solte o anel de ajuste do lado do pinhão (1) com a


ferramenta BR-282 e aperte proporcionalmente o anel de
ajuste do lado da coroa até conseguir uma folga entre dentes
de 0,20 mm.

50294
16-210 CO Manutenção com Precisão Diferencial 01-97
– Marque um ponto de referência na capa do mancal do lado
do pinhão e, a partir deste ponto, aperte o anel de ajuste da
seguinte forma:
2 a 3 castelos para rolamentos novos.
1 a 2 castelos para rolamentos usados.
Após a realização desta operação, ainda devem ser
verificados:
empenamento da coroa.
folga entre os dentes da coroa e do pinhão.
padrão de contato entre os dentes da coroa e do pinhão.
50291
Veja Fascículo Eixo Traseiro RS 23-155 e RS 23-240.
O aperto final nas capas dos mancais e o travamento dos
anéis de ajuste com a cupilha, só devem ser feitos após
realizadas estas verificações.
16-210 CO Manutenção com Precisão Árvore de transmissão 01-98

Árvore de transmissão: lubrificar juntas universais e luva


deslizante
Antes de efetuar a lubrificação, limpe as graxeiras.
– Lubrifique as juntas universais e luva deslizante da árvore de
transmissão com graxa “Longa Vida” NLGI 2EP até que toda
graxa velha seja extraída.

55450 Árvore de transmissão: verificar juntas universais, luva


deslizante e mancais centrais quanto a folgas
– Acione o freio de estacionamento e coloque a alavanca de
mudanças em “ponto morto”.
– Force as juntas universais no sentido dos eixos das cruzetas
e no sentido de rotação da árvore de transmissão. Não é
admissível folga no sentido de rotação e, quando forçada no
sentido dos eixos das cruzetas, admite-se uma pequena
folga.
– Force a luva deslizante para cima, para baixo e nos sentidos
de rotação. São admissíveis pequenas folgas.
– Force o eixo cardã para cima e para baixo próximo aos
mancais centrais. Não são admissíveis folgas nos
55450
rolamentos.
16-210 CO Manutenção com Precisão Árvore de transmissão 01-99

Árvore de transmissão: reapertar suportes, abraçadeiras


das cruzetas e suportes dos mancais centrais
– Suportes da árvore de transmissão:
Torque = 50 N.m (5,0 kfg.m)

55439

– Abraçadeiras das cruzetas:


Torque = 70 N.m (7,0 kgf.m)

55142
16-210 CO Manutenção com Precisão Árvore de transmissão / Freios 01-100
– Suportes dos mancais centrais:
Torque = 120 N.m (12,0 kgf.m).

55440

Compressor de ar: verificar conexões e fixações


– Verifique visualmente as mangueiras e tubos do compressor
de ar quanto a danos e vazamentos.
– Verifique a fixação do compressor de ar e, se necessário,
reaperte-o:
Torque = 60 N.m (6,0 kgf.m).
– Verifique as fixações das conexões dos tubos e abraçadeiras.
– Se necessário, reaperte as conexões:
Torque = 40 N.m (4,0 kgf.m).
68555
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-101

Compressor de ar: revisar


– Remova e desmonte o compressor de ar e verifique o estado
geral de todos seus componentes.

68555
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-102

Compressor de ar – Sistema
governado nov/97
1 - Parafusos do cabeçote
Torque = 30 N.m (3,0 kgf.m)
Na montagem substitua por novos.
Aperte de forma cruzada.
2 - Parafuso da válvula de lamelas
Torque = 30 N.m (3,0 kgf.m)
Na montagem substitua por um novo.
3 - Cabeçote
4 - Junta da válvula de lamelas
Na montagem substitua por uma nova.
5 - Válvula de lamelas
Não deve ser reparada. Se necessário,
substitua a válvula completa.
6 - Lamela de sucção
7 - Junta do cabeçote
8 - Pino guia
9 - Alavanca
Verifique suas condições
67231
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-103

Compressor de ar – Sistema
governado nov/97 (continuação)
10 - Pino de articulação
Verifique suas condições
11 - Pino da alavanca
Veja Remoção do êmbolo atuador
Na montagem o pino deve encaixar no
orifício superior do êmbolo do atuador.
Verifique as condições do pino
12 - Bujão do êmbolo atuador
13 - Arruela de vedação do êmbolo atuador
14 - O’ring do êmbolo atuador
Na montagem substitua por um novo.
15 - Êmbolo atuador
Veja Remoção
Limpe o alojamento e lubrifique
16 - Mola do êmbolo

67231
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-104

Compressor de ar – Sistema
governado nov/97 (continuação)
17 - Camisa do cilindro
Posicione o pistão no PMI e identifique a
posição de montagem, antes de remover
as porcas.
Verifique se há desalinhamento ou danos
nos prisioneiros de fixação
Observe a posição de montagem
18 - Porca da camisa
Torque = 20 N.m (2,0 kgf.m)
Aperte alternadamente. Verifique o livre
movimento de rotação da árvore de
manivelas
19 - Arruela de pressão
20 - Jogo de anéis
Verifique se há desgaste
Observe a posição de montagem.
21 - Anéis elásticos do pino do pistão
22 - Pino do pistão
67231
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-105

Compressor de ar – Sistema
governado nov/97 (continuação)
23 - Pistão
Verifique se há desgaste, trincas ou
marcas profundas
A seta gravada na cabeça do pistão deve
ficar voltada para o lado da engrenagem
de acionamento.
24 - Biela
Verifique se há desgaste do mancal do
pino do pistão. Se necessário, substitua-a
25 - Anel de vedação da camisa
26 - Prisioneiros
27 - Parafusos allen do flange traseiro
Na montagem substitua por novos.
Aplique uma gota de trava química nos
três primeiros fios de rosca de cada
parafuso e aperte-os alternadamente
28 - Flange traseiro
29 - Acoplamento

67231
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-106

Compressor de ar – Sistema
governado nov/97 (continuação)
30 - Anel de vedação do flange traseiro (não
ilustrado)
Na montagem substitua por um novo.
31 - Bucha da árvore de manivelas no bloco
Verifique se há desgaste excessivo ou
marcas profundas. Se necessário,
remova em uma prensa hidráulica e
substitua-a
32 - Bujão
33 - Arruela de vedação do bujão
34 - Bloco
35 - Árvore de manivelas
Verifique se há riscos ou desgaste
excessivo nos munhões
36 - Anel de vedação do flange dianteiro
Na montagem substitua por um novo.
37 - Flange dianteiro
Identifique a posição de montagem
67231
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-107

Compressor de ar – Sistema
governado nov/97 (continuação)
38 - Parafusos allen do flange dianteiro
Na montagem substitua por novos.
Aplique uma gota de trava química nos
três primeiros fios de rosca de cada
parafuso e aperte-os alternadamente
39 - Bucha do flange dianteiro
Verifique se há desgaste excessivo ou
marcas profundas. Se necessário, remova
em uma prensa hidráulica e substitua-a
40 - Porca da engrenagem de acionamento
Torque = 200 N.m (20,0 kgf.m)
Remoção e instalação
41 - Engrenagem de acionamento (não
ilustrada)
Remoção

67231
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-108

Compressor de ar – Sistema
regulado dez/97
1 - Parafusos do cabeçote
Torque = 30 N.m (3,0 kgf.m)
Na montagem substitua por novos.
Aperte de forma cruzada.
2 - Parafuso da válvula de lamelas
Torque = 30 N.m (3,0 kgf.m)
Na montagem substitua por um novo.
3 - Cabeçote
4 - Junta da válvula de lamelas
Na montagem substitua por uma nova.
5 - Válvula de lamelas
Não deve ser reparada. se necessário,
substitua a válvula completa.
6 - Junta do cabeçote
7 - Pinos
8 - Lamela de sucção (fixa)
9 - “Chapinha”

68431
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-109

Compressor de ar – Sistema
regulado dez/97 (continuação)
10 - Camisa do cilindro
Posicione o pistão no PMI e identifique a
posição de montagem, antes de remover
as porcas
Verifique se há desalinhamento ou danos
nos prisioneiros de fixação
Observe a posição de montagem
11 - Porca da camisa
Torque = 20 N.m (2,0 kgf.m)
Aperte alternadamente. Verifique o livre
movimento de rotação da árvore de
manivelas
12 - Arruela de pressão
13 - Anel de vedação da camisa
14 - Jogo de anéis
Verifique se há desgaste
Observe a posição de montagem.
15 - Anés elásticos do pino do pistão
68431
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-110

Compressor de ar – Sistema
regulado dez/97 (continuação)
16 - Pistão
Verifique se há desgaste, trincas ou
marcas profundas
A seta gravada na cabeça do pistão deve
ficar voltada para o lado da engrenagem
de acionamento.
17 - Pino do pistão
18 - Biela
Verifique se há desgaste do mancal do
pino do pistão, se necessário, substitua-a
19 - Prisioneiros
20 - Parafusos allen do flange traseiro
Na montagem substitua por novos.
Aplique uma gota de trava química nos
três primeiros fios de rosca de cada
parafuso e aperte-os alternadamente
21 - Flange traseiro
22 - Acoplamento

68431
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-111

Compressor de ar – Sistema
regulado dez/97 (continuação)
23 - Anel de vedação do flange traseiro (não
ilustrado)
Na montagem substitua por um novo.
24 - Bucha da árvore de manivelas no bloco
Verifique se há desgaste excessivo ou
marcas profundas. Se necessário,
remova em uma prensa hidráulica e
substitua-a
25 - Bloco
26 - Árvore de manivelas
Verifique se há riscos ou desgaste
excessivo nos munhões
27 - Bucha do flange dianteiro
Verifique se há desgaste excessivo ou
marcas profundas. Se necessário,
remova em uma prensa hidráulica e
substitua-a
28 - Anel de vedação do flange dianteiro
Na montagem substitua por um novo.
68431
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-112

Compressor de ar – Sistema
regulado dez/97 (continuação)
29 - Flange dianteiro
Identifique a posição de montagem
30 - Parafusos allen do flange dianteiro
Na montagem substitua por novos.
Aplique uma gota de trava química nos
três primeiros fios de rosca de cada
parafuso e aperte-os alternadamente
31 - Porca da engrenagem de acionamento
Torque = 200 N.m (20,0 kgf.m)
Remoção e instalação
32 - Engrenagem de acionamento (não
ilustrada)
Remoção

68431
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-113

Remoção do êmbolo do atuador


Somente sistema governado.
– Empurre o êmbolo para dentro do alojamento e remova a
alavanca e os pinos.

67020

Identificação da posição de montagem da camisa em


relação ao bloco – sistemas governado e regulado
– Faça uma marca com tinta, para referência na montagem.

67022
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-114

Remoção e instalação da porca da engrenagem de


acionamento – sistemas governado e regulado
– Fixe a engrenagem de acionamento em uma morsa com
protetores nos mordentes e remova a porca.
– Siga o mesmo procedimento na instalação, e fixe-o:
Torque = 200 N.m (20,0 kgf.m).

66988

Remoção da engrenagem de acionamento – sistemas


governado e regulado
– Fixe o bloco em uma morsa e remova a engrenagem.

66980
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-115

Identificação da posição de montagem do flange


dianteiro em relação ao bloco – sistemas governado e
regulado
– Faça uma marca com tinta na face lateral, para referência na
montagem.

67224

Posição de montagem dos anéis – sistemas governado e


regulado
As aberturas dos anéis devem estar em posições alternadas
em 120°, para evitar perda de compressão.

67216
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-116

Limpeza e lubrificação do alojamento do êmbolo atuador


Somente sistema governado.
– Limpe o alojamento do êmbolo com uma flanela ou tecido e
lubrifique-o com óleo SAE 30. Com o auxílio de uma
ferramenta de acabamento de cilindros lubrificada com óleo
SAE 30 e instalada em uma furadeira, execute o polimento
do alojamento com movimentos axiais.
– Caso não utilize a ferramenta de acabamento, execute o
polimento conforme procedimento a seguir:
lixamento grosso: utilize lixa 180, limpe com flanela ou
67027 tecido seco e lubrifique o alojamento com óleo SAE 30.
lixamento médio: utilize lixa 320, limpe com flanela ou
tecido seco e lubrifique o alojamento com óleo SAE 30.
lixamento fino: utilize lixa 400 e limpe com flanela ou
tecido seco.
polimento: utilize lixa 600 e limpe com flanela ou tecido
seco.
– Lubrifique o alojamento com graxa Flúor Silicone FS 3452,
deixando somente uma fina camada.
– Instale o conjunto mola, êmbolo, arruela de vedação e bujão.
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-117

Reservatório de ar dos freios: drenar


Certifique-se de que o freio de estacionamento esteja
acionado.
– Puxe as alças das válvulas de dreno manual dos
reservatórios de ar seco até que toda água condensada em
seus interiores saia.

15389

Eixos came e ajustadores: lubrificar


Limpe as graxeiras dos eixos came e dos ajustadores antes
da lubrificação.
– Lubrifique os eixos came dos freios dianteiros com graxa
“Extrema Pressão” NLGI 2EP até que toda graxa velha seja
extraída.
– Limpe o bujão aliviador.

65453
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-118
– Lubrifique os eixos came dos freios traseiros com graxa
“Extrema Pressão” NLGI 2EP até que toda graxa velha seja
extraída.
– Limpe o bujão aliviador.

65451

Inspecione o tampão do ajustador automático antes da


lubrificação.
– Lubrifique os ajustadores automáticos dos freios dianteiros
com graxa resistente a altas temperaturas NLGI 2 EP até que
toda graxa velha seja extraída.
– Limpe o bujão aliviador.

65452
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-119
– Lubrifique os ajustadores automáticos dos freios traseiros
com graxa resistente a altas temperaturas NLGI 2 EP até que
toda graxa velha seja extraída.
– Limpe o bujão aliviador.

65451

Inspeção do tampão do ajustador automático


Os reparos deverão ser requisitados conforme a cor da
abraçadeira do tampão, portanto substitua a abraçadeira
sempre por outra da mesma cor.
– Verifique o tampão do ajustador automático quanto a danos.
– Se apresentar danos, remova o bujão aliviador e inspecione
se a graxa está seca ou contaminada e se a lingüeta-guia e/
ou atuador estão danificados:

15372
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-120
Se a graxa não estiver contaminada e a lingüeta-guia e
atuador não apresentam danos, substitua o tampão e a
abraçadeira por outra de mesma cor.
Se apresentar(em) danos, remova, limpe e substitua as
peças danificadas.

Lonas de freio (ajustador manual): verificar desgaste e


regular folga se necessário
– Verifique o desgaste das lonas dos freios através das janelas
de inspeção localizadas nos pratos dos freios.

65452
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-121
– O limite de desgaste das lonas é determinado pelo rebaixo
existente nas mesmas.
– Se necessário, regule a folga das lonas.

64157
Regulagem da folga das lonas
– Calce o veículo para que não se movimente.
– Abasteça os reservatórios de ar.
– Desaplique o freio de estacionamento.
– Suspenda a roda correspondente a guarnição a ser regulada.
– Pressione a trava do parafuso de regulagem com a
ferramenta.
– Gire o parafuso no sentido horário até que as lonas travem o
tambor.
– Retorne o parafuso 1/4 de volta.

65042
– Remova a ferramenta e certifique-se de que o parafuso de
regulagem esteja travado.
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-122

Lonas de freio (regulador automático): verificar desgaste


– Verifique o desgaste das lonas dos freios.
– No caso de troca das lonas, verifique através do bujão de
alívio se a graxa do regulador automático não está seca ou
contaminada.
– Se necessário, remova, desmonte e limpe o ajustador
automático.

68429

Regulagem da folga das lonas


Esta operação deverá ser realizada somente se as lonas dos
freios forem substituídas.
– Calce o veículo para que não se movimente.
– Abasteça os reservatórios de ar.
– Desaplique o freio de estacionamento.
– Suspenda a roda correspondente a guarnição a ser regulada.
– Puxe o bujão aliviador com uma chave de fenda.

68429
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-123
Certifique-se de que o bujão aliviador esteja travado antes
de girar o parafuso de regulagem, sob o risco de danificar o
ajustador.
– Gire o parafuso no sentido horário até que as lonas travem o
tambor.
– Retorne o parafuso 1/2 volta.
– Remova a chave de fenda do aliviador de pressão.

68430

– Aplique o freio através da forquilha e meça a distância entre


a câmara do freio e o centro do pino.
– Solte o freio e meça novamente a distância.
– Calcule a diferença entre as distâncias (curso livre):
curso livre = 16 a 19 mm.

66153
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-124

Câmaras de freio: reapertar fixações


– Câmaras de freio dianteiras:
Torque = 140 N.m (14,0 kgf.m).

65453

– Câmaras de freio traseiras:


Torque = 140 N.m (14,0 kgf.m).

65472
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-125

Ajustadores automáticos dos freios: revisar


– Remova e desmonte o ajustador automático dos freios e
verifique o estado geral de todos seus componentes.
– Lave as peças metálicas com querosene ou óleo diesel.
– Lave as peças que não são metálicas com água e sabão.
– Na montagem, lubrifique as peças com graxa resistente à
altas temperaturas NLGI 2 EP.

15372
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-126

Ajustador Automático
Vista Explodida
1 - Cinta
Os reparos devem ser requisitados pela
cor da cinta. Substitua-a por outra de
mesma cor.
2 - Tampão
3 - Haste de acionamento do atuador
4 - Anel elástico
5 - Pino elástico
6 - Êmbolo
7 - Atuador
8 - Bujão aliviador e lingüeta guia
Torque = 25 N.m (2,5 kgf.m)
9 - Sem-fim
10 - Anel elástico do sem-fim
11 - Vedador
12 - Engraxadeira
Torque = 5,6 N.m (0,56 kgf.m)
13 - Carcaça
67287
14 - Anel de vedação
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-127

Ajustador Automático
Vista explodida (continuação)
15 - Engrenagem
16 - Retentor
17 - Bucha

67287
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-128
Teste de funcionamento do ajustador automático
– Ajuste um torquímetro em 2,8 N.m (0,28 kgf.m) e posicione-
o no parafuso de regulagem manual do ajustador
automático.
Não gire a porca no sentido horário, sob risco de danificar
o ajustador.
– Gire o parafuso no sentido anti-horário até que a
engrenagem complete uma volta.
– O valor do torque encontrado durante a movimentação do
parafuso, deve ser menor do que 2,8 N.m (0,28 kgf.m).
65546 – Caso contrário, desmonte novamente o ajustador e verifique
a montagem e o alinhamento dos componentes.
Regulagem inicial do ajustador automático
– Regule o ajustador utilizando o gabarito (ferramenta Master)
para garantir o ângulo correto de montagem.
O posicionamento incorreto do ajustador automático pode
manter as lonas afastadas ou em contato constante com o
tambor.
– Remova o pino e o contrapino do garfo de acionamento da
câmara de freio e do braço do ajustador.
– Introduza o pino maior do garfo de acionamento da câmara
de freio no furo maior do gabarito e monte-o no garfo de
66154
acionamento da câmara de freio e no braço do ajustador (1).
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-129
– Utilizando um pino (2), posicione o furo do gabarito
correspondente ao comprimento do ajustador no centro do
eixo expansor (S-came).
– Verifique se o furo de ajuste está centrado com o pino menor
do garfo de acionamento da câmara de freio (3). Caso
contrário, regule a posição do garfo conforme o
procedimento a seguir:

67276

– Remova os pinos e o gabarito e regule o garfo de


acionamento da câmara até coincidir com o furo menor do
gabarito.

66136
16-210 CO Manutenção com Precisão Freios 01-130
– A haste da câmara deve penetrar no mínimo 12,7 mm no
garfo e apontar no máximo 3,2 mm. Se necessário, corte a
haste ou substitua-a.
a = 12,7 mm
b = 3,2 mm

66694

– Puxe o bujão aliviador do ajustador automático com uma


chave de fenda.
– Gire o parafuso de regulagem manual para alinhar o furo do
braço do ajustador com o furo maior do garfo de
acionamento da câmara de freio.
– Fixe o garfo:
Torque = 60 N.m (6,0 kgf.m).
– Instale o pino e o contrapino no garfo de acionamento da
câmara de freio e no braço do ajustador e libere o bujão
aliviador.
66133 – Regule as lonas.
16-210 CO Manutenção com Precisão Direção hidráulica 01-131

Direção hidráulica: verificar nível de fluido, vazamentos e


estado de mangueiras, tubos e conexões
– Remova a vareta de medição, limpe-a com um pano limpo e
introduza-a novamente até o batente.
– Retire-a novamente e verifique o nível:
motor desligado: o nível estará correto se estiver de 10 a
20 mm acima da marca superior da vareta.
motor em funcionamento: o nível estará correto se estiver
na marca superior da vareta.
Não adicione fluido de diferentes tipos ou marcas, pois
18426 poderá ocorrer incompatibilidade entre eles.
– Se necessário adicione fluido ATF-tipo A – sufixo A.
– Verifique visualmente o estado de mangueiras tubos e
conexões.

– Ligue o motor e verifique quanto a vazamentos:


– Mangueiras de saída e retorno de fluido do reservatório.
– Se necessário, desligue o motor e reaperte as abraçadeiras.

15419
16-210 CO Manutenção com Precisão Direção hidráulica 01-132
– Conexões dos tubos de pressão e retorno de fluido da caixa
da direção hidráulica.
– Se necessário, desligue o motor e reaperte as conexões:
Torque = 45 N.m (4,5 kgf.m).

45421

– Conexão do tubo de pressão da bomba da direção hidráulica.


– Se necessário, desligue o motor e reaperte a conexão:
Torque = 45 N.m (4,5 kgf.m).

48559
16-210 CO Manutenção com Precisão Direção hidráulica 01-133
– Mangueira de alimentação da bomba da direção hidráulica.
– Se necessário, desligue o motor e reaperte as abraçadeiras.
Se algum componente for substituído, faça a sangria do
sistema.

48559

Sangria do sistema hidráulico da direção


– Remova a tampa do reservatório.
– Suspenda a frente do veículo.
– Funcione o motor em marcha-lenta e gire o volante de
batente a batente várias vezes, até que pare de sair bolhas
pelo reservatório.
– Verifique e mantenha o nível de fluido no reservatório
corretamente.

18426
16-210 CO Manutenção com Precisão Direção hidráulica 01-134

Caixa de direção: reapertar fixação no chassi


– Fixação da caixa de direção ao suporte:
Torque = 500 N.m (50,0 kgf.m).

45421

– Fixação do suporte da caixa de direção ao chassi:


Torque = 180 N.m (18,0 kgf.m).

45422
16-210 CO Manutenção com Precisão Direção hidráulica 01-135

Junta universal da coluna de direção: lubrificar


– Lubrifique a junta universal com graxa NLGI 2EP até que
toda graxa velha seja extraída.

47432 Braços e barras de ligação e de direção: verificar fixações


e estado dos terminais
– Com o auxílio de uma alavanca, force os braços e as barras
de direção e de ligação e verifique o estado dos terminais
quanto a folgas.
– Verifique as cupilhas e as fixações dos terminais.
Ao reapertar as porcas castelo, caso não seja possível o
posicionamento da cupilha devido o não alinhamento entre
um dos rasgos da porca e o furo na rosca, as porcas devem
continuar sendo giradas no sentido de aperto até que ocorra
o alinhamento. A cupilha deve ser dobrada sobre a cabeça do
parafuso.
– Se necessário, reaperte as fixações.
45423
– Verifique os guarda-pós dos terminais quanto a danos.
16-210 CO Manutenção com Precisão Direção hidráulica 01-136

Braços e barras de ligação e de


direção
Vista explodida
1 - Terminais da barra de direção primária
Torque = 170 N.m (17,0 kgf.m)
2 - Terminais da barra de direção secundária
Torque = 170 N.m (17,0 kgf.m)
3 - Porca de fixação do braço de ligação à
manga de eixo
Torque = 1100 N.m (110,0 kgf.m)
4 - Porca de fixação da barra de ligação ao
braço de ligação
Torque = 180 N.m (18,0 kgf.m)
5 - Porca de fixação do braço de direção à
manga de eixo
Torque = 1500 N.m (150,0 kgf.m)

48526
16-210 CO Manutenção com Precisão Direção hidráulica 01-137

Sistema de direção: verificar desgaste dos pneus e


regular convergência se necessário
– Verifique o estado dos pneus.
– Se os pneus apresentarem desgaste desigual nas metades
internas ou externas da banda de rodagem, verifique a
convergência e regule se necessário.

Verificação da convergência
Para a regulagem da convergência, os pneus deverão estar
calibrados corretamente.
– Estacione o veículo em local plano.
– Instale os analisadores BR-640 no centro das rodas
dianteiras.
– Estenda totalmente as hastes do apalpador (1).
– Trave as hastes pela alavanca (2).

48521
16-210 CO Manutenção com Precisão Direção hidráulica 01-138
– Posicione as extremidades dos apalpadores (1) na parte
dianteira das rodas, a 1 mm do aro das mesmas.

45116

– Gire o parafuso de regulagem (3) até os apalpadores (1)


entrarem em contato com os aros das rodas.
– Trace nos pneus, com giz, a altura dos apalpadores (1).
– Destrave os apalpadores pela alavanca (4) e recolha ± 15 cm,
sem deslocar os analisadores.
– Afaste o veículo até que o pneu se desloque 1/2 volta,
observando a marca de giz.
– Estenda novamente as hastes dos apalpadores até seu
batente e trave-as.

45117
16-210 CO Manutenção com Precisão Direção hidráulica 01-139
– Encaixe a trena no parafuso do apalpador e meça a distância
até o parafuso do outro apalpador (tome como referência a
fenda da cabeça do parafuso).
– Anote a distância medida.

48520

– Repita todo o procedimento posicionando as extremidades


dos apalpadores na parte traseira das rodas.
– Calcule a diferença ente as distâncias medidas nas partes
dianteira e traseira das rodas:
convergência série 97: 0,5 ± 0,5 mm
convergência série 98 : 2,0 ± 0,5 mm (veículo
encarroçado)
– Se o valor calculado estiver fora da faixa especificada, regule
a convergência.

45118
16-210 CO Manutenção com Precisão Direção hidráulica 01-140
Regulagem da convergência
– Afrouxe as porcas das abraçadeiras da barra de ligação da
direção.
– Gire a barra até obter o valor de convergência especificado.
– Fixe as porcas das abraçadeiras:
Torque = 70 N.m (7,0 kgf.m).

45420

Pinos-mestre: lubrificar
As rodas dianteiras devem estar tocando o chão.
– Limpe as graxeiras.
– Lubrifique os pinos-mestre com graxa NLGI 2EP, tanto pela
graxeira superior como pela inferior, até que toda graxa
velha seja extraída.

45437
16-210 CO Manutenção com Precisão Direção hidráulica 01-141

Pinos-mestre: verificar folga


– Levante a frente do veículo até que os
pneus saiam do chão e apoie o chassi sobre cavaletes.
– Instale uma base magnética com relógio comparador sobre a
viga.
– Posicione o apalpador como na figura ao lado. Desta forma
estaremos verificando somente a folga da bucha superior.
– Zere o relógio comparador.

45713

– Mova o topo do pneu para frente e para trás e faça a leitura


no relógio comparador:
Folga radial máxima do pino-mestre: 0,25 mm

45714
16-210 CO Manutenção com Precisão Direção hidráulica / Rodas e Pneus 01-142
– Repita todo o procedimento para a bucha inferior
posicionando o apalpador como na figura ao lado, movendo
a parte de baixo do pneu.
Caso apenas uma das buchas se encontre danificada e,
portanto, seja necessária sua substituição, é necessário que
se troque tanto a superior como a inferior.

45715

Porcas das rodas: reapertar


Toda vez que as rodas forem removidas, reaperte suas
porcas após 120 km de operação sob o risco de acidente.
– Reaperte as porcas das rodas na seqüência indicada na figura
ao lado:
Torque = 600 N.m (60,0 kgf.m)

61682
16-210 CO Manutenção com Precisão Rodas e Pneus 01-143

Pneus: calibrar
Verifique a pressão com os pneus frios.
– Calibre os pneus conforme segue:

62309
16-210 CO Manutenção com Precisão Rodas e Pneus 01-144

kPa 485 515 550 585 620 655 690 725 760
PRESSÃO 2
(lb/pol ) 70 (75) (80) (85) (90) (95) (100) (105) (110)
RODAGEM
MEDIDA
S – SIMPLES Carga/Pneu (kg)
DOS PNEUS
D – DUPLO
D 1865 2005 2120 2225 2300 2430(G) 2520 2600 2725(H)
10.00-20
S 2000 2220 2300 2470 2550 2650(G) 2800 2900 3000(H)

kPa 515 550 585 620 655 690 725 760 795 830 860
PRESSÃO 2
(lb/pol ) (75) (80) (85) (90) (95) (100) (105) (110) (115) (120) (125)
RODAGEM
MEDIDA
S – SIMPLES Carga/Pneu(kg)
DOS PNEUS
D – DUPLO
D 1915 2010 2120 2240 2325 2430(G) 2520 2610 2725(H) – –
10.00R20
S 2120 2220 2300 2460 2560 2650(G) 2775 2875 3000(H) – –
D 1915 2010 2120 2240 2325 2430(G) 2520 2610 2725(H) – –
11R22.5
S 2120 2220 2300 2460 2560 2650(G) 2775 2875 3000(H) – –
16-210 CO Manutenção com Precisão Cubos de roda 01-145

Rolamentos dos cubos das rodas dianteiras: remover,


verificar estado e substituir se necessário
– Remova os rolamentos das rodas.
O jato de ar comprimido pode causar ferimentos, portanto
proteja-se convenientemente ao utilizá-lo.
Não gire o rolamento com o ar comprimido, pois este
poderá ser danificado.
– Lave-os com querosene ou óleo diesel e seque-os com ar
comprimido.
– Verifique o estado dos rolamentos quanto a:
45742
desgaste acentuado nas faces largas dos roletes cônicos
com eliminação parcial do rebaixo central.
raio desgastado com canto vivo na face larga dos roletes.
sinais de atrito na gaiola dos roletes cônicos.
desgaste com rebaixo visível na pista da capa ou do cone.
danos profundos, trincas ou quebras nas sedes das capas e/
ou do cone, ou na superfície dos roletes cônicos.
corrosão ou cavidades nas superfícies de funcionamento.
lascamento ou descamação na superfície da capa e/ou cone.
– Se necessário, substitua os rolamentos.
– Caso os rolamentos se encontrem em bom estado, lubrifique,
reinstale e ajuste a folga dos mesmos.
16-210 CO Manutenção com Precisão Cubos de roda 01-146
Lubrificação
– Lubrifique os rolamentos com graxa à base de sabão de lítio
NLGI 2EP, forçando sua entrada pelas cavidades entre os
roletes e a gaiola.
– Lubrifique os cubos das rodas com graxa à base de sabão de
lítio NLGI 2 EP, através do espaço entre as capas dos
rolamentos.
– Lubrifique as calotas retentoras de graxa com graxa à base de
sabão de lítio NLGI 2 EP.
Quantidade de graxa = 500gr
48554
16-210 CO Manutenção com Precisão Cubos de roda 01-147
Ajuste da folga dos rolamentos
– Com a ferramenta especial BR-628, fixe a porca castelo
girando o cubo em ambos os sentidos para obter o
assentamento correto dos rolamentos:
Torque = 80 N.m (8,0 kgf.m).
– Solte a porca e reaperte-a:
Torque = 80 N.m (8,0 kgf.m).
– Retorne a porca aproximadamente 1/4 a 1/3 de volta de
forma a alinhar o rasgo mais próximo da porca castelo com
o furo da ponta de eixo.
42473
– Verifique a folga axial resultante da montagem:
Folga: 0,03 a 0,25 mm
– Instale uma cupilha nova.

Rolamentos dos cubos das rodas dianteiras: verificar


folga e ajustar se necessário
Verificação da folga dos rolamentos
– Levante a frente do veículo até que os pneus saiam do chão e
apoie o chassi sobre cavaletes.
– Remova as calotas retentoras de graxa.

48543
16-210 CO Manutenção com Precisão Cubos de roda 01-148
– Instale uma base magnética com relógio comparador na roda
do veículo.
– Posicione o apalpador no centro da ponta de eixo, como na
figura ao lado.
– Com o auxílio de uma alavanca, mova o conjunto roda/pneu
e verifique a folga axial resultante:
Folga: 0,03 a 0,25 mm

48545

Ajuste da folga dos rolamentos


– Remova a cupilha da porca castelo.
– Com a ferramenta especial BR-628, solte a porca castelo e
reaperte-a girando o cubo em ambos os sentidos:
Torque = 80 N.m (8,0 kgf.m).
– Retorne a porca aproximadamente 1/4 a 1/3 de volta de
forma a alinhar o rasgo mais próximo da porca castelo com
o furo da ponta de eixo.
– Com o auxílio de uma alavanca, mova o conjunto roda/pneu
e verifique a folga axial resultante:
Folga: 0,03 a 0,25 mm
48544
– Instale uma cupilha nova.
16-210 CO Manutenção com Precisão Cubos de roda 01-149

Rolamentos dos cubos das rodas traseiras: remover,


verificar estado e substituir se necessário
– Remova os rolamentos das rodas.
O jato de ar comprimido pode causar ferimentos, portanto
proteja-se convenientemente ao utilizá-lo.
Não gire o rolamento com o ar comprimido, pois este
poderá ser danificado.
– Lave-os com querosene ou óleo diesel e seque-os com ar
comprimido.

58519
16-210 CO Manutenção com Precisão Cubos de roda 01-150
– Verifique o estado dos rolamentos quanto a:
desgaste acentuado nas faces largas dos roletes cônicos
com eliminação parcial do rebaixo central.
raio desgastado com canto vivo na face larga dos roletes.
sinais de atrito na gaiola dos roletes cônicos.
desgaste com rebaixo visível na pista da capa ou do cone.
danos profundos, trincas ou quebras nas sedes das capas
e/ou do cone, ou na superfície dos roletes cônicos.
corrosão ou cavidades nas superfícies de funcionamento.
lascamento ou descamação na superfície da capa e/ou
cone.
– Se necessário, substitua os rolamentos.
– Caso os rolamentos se encontrem em bom estado,
lubrifique, reinstale e ajuste a folga dos mesmos.
Lubrificação
Os rolamentos das rodas traseiras são lubrificados pelo
óleo do diferencial. Não aplique graxa em excesso nos
rolamentos, pois esta servirá apenas para uma lubrificação
inicial enquanto o óleo do diferencial não chega aos
rolamentos.
– Lubrifique os rolamentos com graxa à base de sabão de lítio
NLGI 2EP, forçando sua entrada pelas cavidades entre os
roletes e a gaiola.
16-210 CO Manutenção com Precisão Cubos de roda 01-151
– Encha a cavidade do cubo da roda traseira com óleo do
diferencial (MIL-L-2105C ou API-GL5, ambos de viscosidade
85W140).

51133 Ajuste da folga dos rolamentos


– Com a ferramenta especial BR-734, fixe a porca de ajuste dos
rolamentos girando o cubo em ambos os sentidos para obter
o assentamento correto dos rolamentos:
Torque = 250 N.m (25,0 kgf.m).
– Retorne a porca de ajuste aproximadamente 1/4 de volta.
– Verifique a folga axial resultante:
folga: 0,03 a 0,25 mm
– Instale uma arruela de travamento nova.
– Instale a contraporca e fixe-a:
Torque = 250 N.m (25,0 kgf.m).
52459 – Dobre os dentes da arruela de travamento sobre a porca e a
contraporca.
16-210 CO Manutenção com Precisão Cubos de roda 01-152

Rolamentos dos cubos das rodas traseiras: verificar folga


e ajustar se necessário
Verificação da folga dos rolamentos
– Levante a traseira do veículo até que os pneus saiam do chão
e apoie o chassi sobre cavaletes.
– Remova os semi-eixos.
Veja Fascículo Eixo Traseiro RS 23-155.
– Instale uma base magnética com relógio comparador na
extremidade do cubo da roda do veículo.

53693

– Posicione o apalpador do relógio na ponta de eixo como na


figura ao lado.
– Com o auxílio de uma alavanca, mova o conjunto roda/pneu
e verifique a folga axial resultante:
Folga: 0,03 a 0,25 mm

58527
16-210 CO Manutenção com Precisão Cubos de roda 01-153
Ajuste da folga dos rolamentos
– Remova a contraporca e a arruela de travamento.
– Com a ferramenta especial BR-734, solte a porca de ajuste
dos rolamentos e reaperte-a girando o cubo em ambos os
sentidos:
Torque = 250 N.m (25,0 kgf.m).
– Retorne a porca de ajuste aproximadamente 1/4 de volta.
– Com o auxílio de uma alavanca, mova o conjunto roda/pneu
e verifique a folga axial resultante:
Folga: 0,03 a 0,25 mm
58530
– Instale uma arruela de travamento nova.
– Instale a contraporca e fixe-a:
Torque = 250 N.m (25,0 kgf.m).
– Dobre os dentes da arruela de travamento sobre a porca e a
contraporca.
16-210 CO Manutenção com Precisão Suspensão 01-154

Grampos e suportes das molas,


amortecedores, jumelos, olhais e
barras estabilizadoras: reapertar
fixações
Suspensão dianteira
1 - Grampos das molas
Torque = 350 N.m (35,0 kgf.m)
2 - Suportes dianteiros das molas
Torque = 350 N.m (35,0 kgf.m)
3 - Suportes traseiros das molas
Torque = 350 N.m (35,0 kgf.m)
4 - Jumelos
Torque = 50 N.m (5,0 kgf.m)
5 - Olhais das molas
Torque = 120 N.m (12,0 kgf.m)
6 - Abraçadeiras da barra estabilizadora
Torque = 70 N.m (7,0 kgf.m)
7 - Olhais da barra estabilizadora
Torque = 250 N.m (25,0 kgf.m)
45745
16-210 CO Manutenção com Precisão Suspensão 01-155

Suspensão dianteira (continuação)


8 - Braços de articulação da barra
estabilizadora
Torque = 160 N.m (16,0 kgf.m)
9 - Amortecedores
Torque = 180 N.m (18,0 kgf.m)

45745
16-210 CO Manutenção com Precisão Suspensão 01-156

Grampos e suportes das molas,


amortecedores, jumelos, olhais e
barras estabilizadoras: reapertar
fixações
Suspensão traseira
1 - Grampos das molas
Torque = 550 N.m (55,0 kgf.m)
2 - Suportes dianteiros das molas
Torque = 350 N.m (35,0 kgf.m)
3 - Suportes traseiros das molas
Torque = 350 N.m (35,0 kgf.m)
4 - Olhais das molas
Torque = 80 N.m (8,0 kgf.m)
5 - Abraçadeiras da barra estabilizadora
Torque = 120 N.m (12,0 kgf.m)
6 - Olhais da barra estabilizadora
Torque = 180 N.m (18,0 kgf.m)
7 - Braços de articulação da barra estabilizadora
Torque = 180 N.m (18,0 kgf.m)
55749
8 - Amortecedores
Torque = 180 N.m (18,0 kgf.m)
16-210 CO Manutenção com Precisão Suspensão 01-157

Grampos e suportes das molas, amortecedores, jumelos,


olhais e barras estabilizadoras: verificar estado e fixações
– Verifique visualmente o estado e as fixações dos
componentes, observando se não há folga excessiva entre os
elementos.
– se necessário, utilize uma alavanca para forçar os elementos.
– reaperte as fixações se necessário
Suspensões: lubrificar
Suspensão dianteira
Limpe as graxeiras antes da lubrificação.

– Pinos dos olhais das molas:


Graxa NLGI 2EP

45434
16-210 CO Manutenção com Precisão Suspensão 01-158
– Pinos dos jumelos:
Graxa NLGI 2EP

45435

Suspensão traseira
Limpe as graxeiras antes da lubrificação.
– Pinos do olhais das molas:
Graxa NLGI 2EP

55441
16-210 CO Manutenção com Precisão Suspensão 01-159

Molas da suspensão dianteira: verificar estado de pinos e


buchas dos olhais e dos jumelos
– Suspenda a frente do veículo e apoie o chassi sobre
cavaletes.

45735

– Remova os parafusos de fixação dos pinos do olhal e do


jumelo.
– Com o macaco, suspenda o eixo até que os jumelos fiquem
na posição vertical.
– Remova os pinos do jumelo e do olhal.

45428
16-210 CO Manutenção com Precisão Suspensão 01-160
– Verifique o pino e a bucha do olhal dianteiro, buchas do olhal
traseiro e do suporte do jumelo e pinos do jumelo quanto a
desgaste e danos.
– Se necessário, substitua as buchas.
– Reinstale os jumelos e os olhais das molas e fixe-os ao
torque especificado:
Jumelos - Torque = 50 N.m (5,0 kgf.m)
Olhais das molas - Torque = 120 N.m (12,0 kgf.m)

45426

Molas de borracha: verificar fixação e desgaste


– Verifique o estado das molas de borracha das suspensões
quanto ao desgaste.
– Substitua se necessário.
– Verifique as fixações das molas ao suporte.
– Se necessário, reaperte as porcas:
Torque = 25 N.m (2,5 kgf.m).

55442
16-210 CO Manutenção com Precisão Sistema elétrico 01-161

Bateria: limpar e reapertar os terminais, verificar nível e


densidade dos eletrólitos
– Verifique se os terminais estão sulfatados.
– Se necessário, limpe as conexões e terminais com lixa ou
escova de aço.
– Reaperte as conexões:
Torque = 7,8 N.m (0,78 kgf.m).
– Aplique uma fina camada de vaselina.

95454

– Remova as tampas e, se necessário, desobstrua os furos de


respiro.
– Verifique o nível do eletrólito em todos os vasos.
– Se necessário, adicione água destilada até aproximadamente
10 mm acima dos separadores.
– Meça a densidade especificada (corrigida a 25°) do eletrólito
com um densímetro.
Descarregada: 1,12 kg/dm3
Meia carga: 1,20 kg/dm3
Carregada: 1,28 kg/dm3
93976
– Se necessário, recarregue a bateria.
16-210 CO Manutenção com Precisão Sistema elétrico 01-162

Alternador: verificar escovas


– Desconecte o cabo negativo da bateria.
– Remova o conjunto regulador de voltagem/porta-escovas.
– Verifique se as escovas não estão quebradas ou com o
“rabicho” solto.
– Verifique o comprimento das escovas, que não deve ser
menor do que a metade do comprimento de uma escova
nova.
– Se necessário, substitua as escovas.

15395

Freio motor: verificar interruptores e regulagem


– Ligue o motor e aguarde que atinja sua temperatura normal
de operação.
– Acione o interruptor do freio motor no painel de
instrumentos e certifique-se de que a borboleta do conjunto
freio motor atue.
– Acelere gradativamente e verifique a rotação em que a
borboleta do freio motor é desaplicada. Isto deve ocorrer no
máximo a 100 rpm acima da rotação de marcha-lenta.

94100
16-210 CO Manutenção com Precisão Sistema elétrico 01-163
Regulagem do freio motor
– Ligue o motor e abasteça totalmente os reservatórios de ar
dos freios.
– Desligue o motor.
– Afrouxe a contra-porca (1) do garfo (2).
– Acione o interruptor do freio motor no painel de
instrumentos.
– Gire a haste (3) no sentido horário até que se elimine a folga
da borboleta.
– Trave a contra-porca (1) do garfo.
65550
Na posição “freio desaplicado”, o batente (5) deverá
apoiar-se no limitador. A fenda (4) indica a posição da
borboleta.

Conexões elétricas do motor: verificar fixações


– Desconecte o cabo negativo da bateria.
– Verifique as fixações dos cabos massa da central massa,
localizada ao lado da tomada de ar do motor.

95456
16-210 CO Manutenção com Precisão Sistema elétrico 01-164
– Verifique as fixações do cabo massa do motor de partida.
– Se necessário, reaperte as fixações ao torque especificado:
Torque (1) = 40 N.m (4,0 kgf.m)
Torque (2) = 35 N.m (3,5 kgf.m)

95457

– Verifique a fixação dos terminais do motor de partida.


– Se necessário, reaperte as fixações ao torque especificado:
Torque (1) = 25 N.m (2,5 kgf.m)
Torque (2) = 6 N.m (0,6 kgf.m)
Torque (3) = 5,6 N.m (0,56 kgf.m)

95167
16-210 CO Manutenção com Precisão Sistema elétrico 01-165
– Verifique as fixações dos terminais do alternador.
– Se necessário, reaperte as fixações ao torque especificado:
terminal B+ = 8 N.m (0,8 kgf.m)
terminal W = 3,6 N.m (0,36 kgf.m)
terminal B– = 8 N.m (0,8 kgf.m) (75A)
2,8 N.m (0,28 kgf.m) (45A)
terminal D+ = 3,6 N.m (0,36 kgf.m)

95458

– Verifique as fixações do cabo massa da carcaça da


embreagem ao chassi.
– Se necessário, reaperte as fixações ao torque especificado:
Torque (1) = 40 N.m (4,0 kgf.m)
Torque (2) = 40 N.m (4,0 kgf.m)

95166
16-210 CO Manutenção com Precisão Sistema elétrico 01-166
– Verifique as conexões do sensor de pressão de óleo do
motor.

18427

– Verifique as conexões do sensor de temperatura do líquido


de arrefecimento.

95173
16-210 CO Manutenção com Precisão Sistema elétrico 01-167

Motor de partida: verificar escovas e rotor


– Remova e desmonte o motor de partida.

15075

– Verifique se as escovas não estão quebradas ou com o


“rabicho” solto.
– Verifique o comprimento das escovas, que não deve ser
menor do que a metade do comprimento de uma escova
nova.
– Se necessário, substitua as escovas.

98561
16-210 CO Manutenção com Precisão Sistema elétrico 01-168
– Verifique o rotor quanto a:
eixo torto ou gasto
coletor gasto, queimado ou arranhado
fios mal soldados no coletor, ou mal colocados nas
canaletas do rotor
sinais de raspagem no corpo do rotor
– Se necessário, substitua o rotor.
– Reinstale o motor de arranque e fixe-o:
Torque = 35 N.m (3,5 kgf.m).
98562
16-210 CO Manutenção com Precisão Esquema de lubrificação 01-169

Esquema de lubrificação
1 - Motor: Óleo MIL-L-2104D ou API-CE ou
CCMC-D3 – SAE 15W40
2 - Suspensão dianteira: Graxa NLGI 2EP
3 - Pinos-mestre: Graxa NLGI 2EP
4 - Caixa de mudanças: Óleo MIL-L-2104B/C/D
ou API-SF/CD – SAE 50
5 - Suspensão dianteira: Graxa NLGI 2EP
6 - Suspensão traseira: Graxa NLGI 2EP
7 - Diferencial: Óleo MIL-L-2105C ou API-GL5 –
SAE 85W140
8 - Eixos came: Graxa NLGI 2EP
Ajustadores dos freios: Graxa resistente a
altas temperaturas NLGI 2EP
9 - Juntas universais e luva deslizante da
árvore de transmissão: Graxa Longa Vida –
NLGI 2EP
10 - Cubos das rodas: Graxa NLGI 2EP
11 - Buchas do eixo do garfo de
acionamento da embreagem: Graxa Longa
Vida – NLGI 2EP
78547
16-210 CO Manutenção com Precisão Esquema de lubrificação 01-170

Esquema de lubrificação
(continuação)
12 - Direção hidráulica: Fluido ATF Tipo A –
Sufixo A
13 - Embreagem: Fluido SAE J 1703

78547