Você está na página 1de 228

Prólogo

— AGI1 ser o atributo mais poderoso é apenas uma ilusão!

O tom agudo da voz do homem ressoou pelo espaçoso bar.

— É verdade que AGI é um atributo importante, já que determina a velocidade de


reação e taxa de esquiva. São dois fatores que podem torná-lo muito forte, ou eram até
recentemente.

O som veio do painel holográfico quadrado flutuando no centro do mal iluminado


estabelecimento.

Era a transmissão via web do popular quadro do programa «MMO Stream», «Os
Vencedores da Semana». É possível assistir o programa do mundo real, de uma televisão ou
computador, mas também era exibido em vários bares e hotéis de mundos de VRMMO
simultaneamente, por isso, a maioria dos jogadores preferia assistir o programa de «dentro».

Especialmente quando o jogador convidado pertencia a «Esse Mundo».

— Mas AGI é uma relíquia do passado, e aos tolos que passaram os últimos oito meses
melhorando apenas AGI, só posso dizer uma coisa: vocês têm minhas condolências.

O comentário sarcástico causou uma salva de vaias dentro da loja, e várias garrafas e
copos foram jogados ao chão, se despedaçando em pequenos polígonos antes de
desaparecerem.

Mas «ele» ignorou toda a confusão e apenas se sentou curvado no sofá colocado no
canto mais profundo do estabelecimento.

Com o capuz de sua capa de camuflagem cobrindo até suas sobrancelhas e a parte de
baixo do rosto coberta por um tecido espesso, ele analisou friamente o interior do bar.

1
Agilidade.

1
Light Novel Project
Ele não odiava apenas o homem de nariz empinado na tela, mas estava incomodado
também com o olhar estúpido no rosto dos outros jogadores assistindo à TV. Todos vaiavam e
uivavam como lobos, mas ainda assim aproveitavam a agitação como se fosse um festival.

Como podiam ser tão tolos, «ele» não conseguia entender. O homem na TV se tornou
o jogador mais forte do mundo apenas por sorte, e ao mesmo tempo foi o que mais saiu
lucrando. Diante de todos os jogadores que pagavam a taxa de conexão, ele se vangloriava.

Como «ele», todos os jogadores deveriam invejar e odiar aquele cara. Se esse
sentimento era feio, então que fosse. Escondê-lo num misto de riso e feiura não era nem um
pouco engraçado.

«Ele» estava bastante tenso por debaixo de sua capa e respirava através de dentes
cerrados. Ainda não era a hora, o momento de puxar o gatilho seria um pouco mais adiante.

Ele voltou sua atenção para o painel holográfico; conforme a câmera foi se afastando,
a apresentadora do show a direita do homem que estava falando e outro convidado sentado à
sua esquerda apareceram na tela.

A apresentadora do show, uma garota vestida dos pés a cabeça em um conjunto estilo
tecno-pop, disse gentilmente:

— Realmente, como um jogador top do VRMMO mais difícil de todos, «Gun Gale
Online», o que você acabou de nos dizer é um pouco extremo.

— Não, ser entrevistado pela «MST2» é uma oportunidade única, e eu disse o que
queria dizer.

— Bem, bem, bem. Você está planejando vencer o próximo «Bullet of Bullets3»
também, certo?

— É claro, se for para competir, que seja para vencer.

2
Provavelmente a abreviação de MMO Stream. Eu sei que você pensou em Movimento Sem
Terra por um instante.
3
É o nome do torneio, e se traduz literalmente como “Bala das Balas”.

2
Light Novel Project
O homem passou a mão por seu cabelo azul-prateado e olhou para a câmera com a
invicta proclamação. O estabelecimento novamente se encheu de vaias.

MMO Stream não era uma atração interna de Gun Gale Online — normalmente
chamado de GGO — mas a apresentadora e os convidados eram avatares e não a forma real
das pessoas por trás deles. «Os Vencedores da Semana» focava em um VRMMO diferente a
cada semana e convidava os melhores jogadores para entrevistá-los. Os convidados daquela
semana eram participantes do Bullet of Bullets (BoB) realizado no mês anterior. Um
campeonato usado para determinar os jogadores mais fortes, e os convidados eram o
campeão e o vice.

— Mas, Zekushiido-san.

Após ouvir o campeão de cabelos cinzentos compridos se vangloriar, o vice-campeão


abriu a boca, incapaz de continuar a se conter.

— BoB não é um confronto solo. A próxima vez pode não ter o mesmo resultado, que
conversa é essa de vitória baseada no tipo de atributo?

— Não, não, essa vitória serviu para mostrar a verdade a todos de GGO, e como
Yamikaze-kun é focado em AGI, posso entender seu sentimento de negação.

O campeão, chamado Zekushiido, respondeu imediatamente.

—… Até agora, aumentar apenas AGI e atirar em um ritmo rápido com armas
poderosas era o melhor estilo de jogo. Isso também aumenta a taxa de evasão, o que ajudava
a compensar pelo baixo vigor. Mas MMOs não são jogos solos, e o balanceamento do jogo
muda conforme o tempo passa. Especialmente por causa desse aspecto de subir níveis, você
não pode ficar mudando seus atributos livremente, então é necessário planejar
antecipadamente e usar seus pontos de forma inteligente. Mesmo que um estilo de jogo seja o
mais forte em certa faixa de níveis, na próxima faixa ele pode não ser mais. Você conseguirá
entender se pensar sobre isso, as armas lançadas de agora em diante vão exigir cada vez mais
FOR4 e Precisão para serem usadas. Vencer usando evasão para prevenir dano é uma crença
ingênua e que não durará para sempre, e minha luta contra o Yamikaze-san mostrou isso. Suas

4
Força

3
Light Novel Project
balas foram bloqueadas pela minha armadura a prova de balas e perderam poder, mas meus
tiros acertaram 70% das vezes. Para ser mais claro, a partir de agora é a vez do estilo FOR-VIT5.

Freado por essa tempestade de palavras, o rosto de Yamikaze ficou distorcido em


desgosto.

— …Mas isso é apenas por causa daquela arma rara que Zekushiido-san conseguiu logo
antes do torneio e que você atendia os requerimentos de força por muito pouco. Afinal de
contas quanto você pagou por ela?

— De forma alguma! Aquilo foi um drop6 raro que eu consegui através dos meus
esforços. Por causa disso, talvez o atributo realmente mais importante seja Sorte, hahaha.

Enquanto o homem de cabelos cinza e compridos ria na tela, «ele» o observava com
ressentimento, e sua mão direita se moveu para debaixo de sua capa. Procurando pela
empunhadura da arma presa ao coldre em sua cintura, ele segurou a dura superfície metálica.
Quase lá… quase lá, a hora estava quase chegando. Ele olhou para o horário no canto de seu
campo de visão. Só mais um minuto e vinte segundos.

As duas pessoas sentadas na mesa ao lado «dele» estavam conversando entre goles de
suas canecas.

— Blah, falando esse tipo de coisa. Naquela época, foi Zekushiido-san que disse que
AGI era o estilo mais forte.

— Pensando nisso, aquele rumor pode ter sido uma armadilha… Fomos enganados…

— Isso significa que dizer que FOR-VIT é o mais forte agora também é um blefe?

— Então o que ele fez realmente? Aumentou SOR7?

— Tente para ver.

— De jeito nenhum.

5
Vitalidade
6
Termo de jogo: Se refere a um item derrubado por um monstro.
7
Sorte

4
Light Novel Project
Enquanto os dois riam, suas palavras faziam «ele» ficar ainda mais zangado. Como
alguém poderia rir desse jeito após descobrir que foi enganado. Ele não conseguia entender.

…Mas essa risada tola logo congelaria em suas gargantas, quando eles vissem a força
verdadeira, o verdadeiro jogador mais forte.

Finalmente, era hora.

«Ele» se levantou sem fazer quase nenhum som e se moveu, passo a passo, por entre
as mesas. Seus olhos não se focaram em ninguém.

Pessoas tolas… tremam de medo.

«Ele» parou no centro do bar, diretamente abaixo do painel holográfico. Do coldre


abaixo de sua capa, ele sacou uma pistola rústica.

Como escuridão concentrada e cristalizada, a arma emitiu um brilho negro, frio e


metálico. Até a empunhadura da arma era metálica, ao invés de serrilhada, e era decorada
com estrelas em seu centro. Apenas pelo formato, ela não parecia muito poderosa e tinha
aparência similar a qualquer outra pistola automática que se encontra em qualquer lugar.

Mas aquela arma possuía uma «Força Real».

Com um click, «ele» puxou o tambor e carregou uma bala e com mãos trêmulas
apontou a arma para cima… para o painel holográfico. Mirou na testa do sorridente Zekushiido,
o jogador mais forte.

«Ele» permaneceu nessa posição por algum tempo, e as pessoas ao redor finalmente o
perceberam e começaram a fazer barulho. Mesmo no jogo que permite PK8 ilimitado, GGO,
atacar nas ruas era impossível. Mesmo que ele atirasse, não iria ferir qualquer jogador ou
objeto.

Algumas pessoas riram da atitude sem sentido «dele», mas «ele» não se deixou afetar
e continuou apontando a arma negra.

8
Abreviação de Player Killing (Matar Jogadores), preferir manter PK ao invés de tentar uma
tradução já que o termo é usado dessa forma mesmo em servidores brasileiros.

5
Light Novel Project
No painel, Zekushiido continuava com seu discurso repulsivo.

O corpo real de Zekushiido estava deitado em algum lugar, com o «AmuSphere» em


sua cabeça, conectando-o ao estúdio virtual de MMO Stream. Ou seja, ele não fazia ideia de
que havia uma arma apontada para seu personagem em uma tela de TV de um bar, no centro
comercial da capital do mundo de GGO, «SBC Gurokken».

Mas «ele» abriu a boca, e gritou o mais alto que pode.

— Zekushiido! Seu vencedor falso! Experimente o sabor de poder de verdade!

Envolto pelo silencio atordoado dos jogadores, «ele» ergueu a mão esquerda, tocou
sua testa com os dedos, depois peito, ombro esquerdo e ombro direito completando o sinal da
cruz.

Enquanto abaixava sua mão esquerda, a direita puxou o gatilho.

Dentro do bar mal iluminado, a bala metálica voou em linha reta… e atingiu a frente do
painel holográfico, causando um pequeno efeito luminoso.

Isso foi tudo. Na tela, a boca de Zekushiido continuou se movendo.

Naquele momento, o estabelecimento se encheu de risadas. “Ahaha”, “Ele realmente


fez isso” e outras palavras eram pronunciadas, e acima das conversas animadas, o discurso de
Zekushiido continuava a ressoar.

— …No final, incluindo a seleção de status e habilidades, tudo depende das forças e
habilidades reais do jogador…

Subitamente, a voz congelou.

A multidão no bar voltou sua atenção para o painel.

Zekushiido, com sua boca escancarada, congelou com os olhos esbugalhados. Sua mão
se ergueu lentamente, tentando segurar o centro de seu peito.

Imediatamente, seu personagem desapareceu, deixando apenas a cadeira formada por


polígonos para trás, e a apresentadora rapidamente disse em pânico:

6
Light Novel Project
— Ah não, a conexão dele deve ter caído, mas ele deve voltar logo, por favor, não
mudem de canal e continuem nos acompanhando…

Mas ninguém na loja ouviu essas palavras, todos atordoados e em silêncio focaram
seus olhares «nele».

«Ele» abaixou a arma e a puxou para perto, segurando-a horizontalmente. Nessa pose,
ele lentamente se virou para encarar os pasmos jogadores no estabelecimento.

Após uma volta completa, ele ergueu a arma sobre sua cabeça e gritou.

—… Isso é força de verdade, poder de verdade! Pessoas tolas, gravem o medo desses
nomes em seus corações!

Ele respirou fundo…

— O nome dessa arma, e o meu: «Death Pistol»… «Death Gun»9!!

«Ele» guardou a arma no coldre em sua cintura e moveu a mão esquerda para abrir o
menu do usuário.

Enquanto pressionava o botão de Log Out10, seus sentimentos de triunfo foram


multiplicados pelo seu desejo doentio por ainda mais.

9
“Pistola da Morte” e “Arma da Morte” respectivamente.
10
Sair do jogo

7
Light Novel Project
Capítulo 1

— Bem vindo, mesa para um?

Enquanto o garçom se curvava respeitosamente, respondi que procurava por alguém e


varri o amplo espaço da lanchonete com os olhos.

De um assento ao lado da janela, uma voz alta e sem qualquer discrição me chamou.

— Ei, Kirito-kun, aqui!

Uma elegante musica clássica envolvia o ambiente, e o discreto som de conversas


agradáveis desapareceu completamente um instante após minha chegada, todos os olhares
carregados de desaprovação se concentraram em mim. Vestido em minha velha jaqueta de
couro e jeans remendados, cerca de 80% dos fregueses do estabelecimento — mulheres de
classe alta descansando das compras — pareciam sentir que eu estava no lugar errado.
Comecei a sentir uma ponta de ressentimento surgindo bem no fundo em relação à pessoa
que me convidara para esse lugar.

Se fosse uma garota doce e atraente, eu até seria capaz de suportar isso, mas
infelizmente a mão que acenava para mim pertencia a um homem em roupas sociais. Não me
preocupei em esconder meu desgosto e sentei-me em minha cadeira de forma grosseira
produzindo um som dosun.

Um garçom apareceu do meu lado trazendo um copo de água fria e uma toalha de
mão aquecida, junto com o menu. Enquanto estendia minha mão para pegar o elegante
cardápio com capa de madeira e couro, uma voz animada se pronunciou do outro lado da
mesa.

— É por minha conta dessa vez, então peça o que quiser.

— Eu faria isso mesmo que você não dissesse.

Respondi rispidamente e passei meus olhos pelo menu; surpreendentemente, o item


mais barato «Choux à la Crème»1 já estava na casa dos 1200 ienes2, e eu quase pedi um café

1
Sonho de Creme

1
Light Novel Project
simples por puro reflexo. Após lembrar que esse homem era um burocrata muito bem pago, e
que o preço desse lanchinho seria pago como despesa de negócios com o dinheiro suado dos
contribuintes, eu, que quase fizera papel de idiota, comecei a fazer meu pedido calmamente.

— Aah… vou querer o parfait au chocolat… e um mille-feuille… e por último um


hazelnut coffee3.

De alguma forma, consegui fazer o pedido sem morder minha língua apesar de não ter
qualquer ideia do que tinha acabado de pedir. O total do pedido foi três mil e novecentos
ienes4. Eu havia considerado pedir um hambúrguer e um milk-shake e usar a diferença para
dar algum enchimento ao meu bolso.

— Voltarei com seu pedido em breve, senhor.

Garçom-shi5 fez sua saída elegantemente e, após finalmente respirar fundo, olhei para
o homem, Kikuoka Seijirou, enquanto ele comia seu gigantesco pudim empilhado em uma
montanha de creme de leite.

Seu rosto lembrava o de um tipicamente sério e rígido professor de língua japonesa,


com seus óculos de armação preta e cabelo viscoso de tanto gel. Apesar de não parecer, ele
era um oficial do governo japonês. Pertencia ao Ministério de Assuntos Internos e Tecnologia
de Comunicação, Segunda Seção da Divisão de Rede Avançada, ou, como é conhecida dentro
do ministério, o Setor de Gestão de Armazenamento Virtual da Divisão de Gestão de Rede de
Comunicação, a «Divisão Virtual».

Em outras palavras, esse homem monitorava o estado de caos no novo mundo de VRs,
como um agente do Estado… ou um potencial bode-expiatório. Normalmente, eu me sentiria
mal se ele realmente fosse despedido de seu cargo, mas na verdade, eu achava isso bastante
possível.

Esse mesmo azarado Kikuoka-shi, após ter desaparecido com o último pedaço de
pudim em sua boca, me encarou revelando um sorriso inocente de pura felicidade estampado
em seu rosto.

2
Aproximadamente R$ 30,29… Ei, pelo menos eles estão usando doces em vez de armas para
roubar as pessoas, já é alguma coisa.
3
Ele pediu uma torta de chocolate, um bolo folheado com recheio de creme e café com noz de
avelã… ok, também não tenho certeza desse último.
4
R$ 98,36 Aproximadamente.
5
“-shi” é uma forma mais formal de “-san”.

2
Light Novel Project
— Yah, Kirito-kun, desculpe por te chamar tão de repente.

— Se sente algum remorso, não deveria ter me convidado para o Ginza em primeiro
lugar.

— O creme de leite daqui é o melhor. Talvez eu devesse pedir um sonho de creme


enquanto estamos aqui.

Limpando minhas mãos com a toalha com cheiro de cítrus, deixei escapar um suspiro e
disse:

— … E, além disso, não acho que você tenha o direito de me chamar de “Kirito”.

— Que cruel… não fui a primeira pessoa a estar do seu lado quando você acordou um
ano atrás?

…Infelizmente isso era verdade. Tendo escapado daquele «Jogo Mortal» e finalmente
acordado, a primeira pessoa a me visitar foi Kikuoka, o agente do time de contramedidas.

Naquela época eu o tratei de forma polida e cortês, já que ele parecia bem
intencionado e genuinamente preocupado, mas logo percebi que aquele não era o único
motivo para ele se aproximar de mim, e comecei a falar com ele de forma mais ríspida. Deve
ter sido intenção dele me explorar desde o início… mas talvez eu apenas esteja pensando
demais sobre isso.

Olhei para Kikuoka, que parecia em dificuldades com a decisão de fazer ou não outro
pedido, e abri minha boca ao perceber que não devia me permitir cair no ritmo dele.

— Os noticiários dizem que foi descoberto um novo depósito de metais raros na baía
de Sagami, e os figurões relacionados organizaram uma Oklahoma mixer dance6 para celebrar.
Não se preocupe tanto com um sonho de creme.

Essas palavras fizeram Kikuoka erguer a cabeça, piscar algumas vezes e sorrir.

— Bom, não importa quanto isso vai render, já que não é relacionado ao meu
departamento; não acho que vamos nos beneficiar disso. Vou simplesmente aguentar minha
fome, pelo bem de nossa economia.

6
Mixer Dance é um tipo de dança social que tem como característica principal a troca de
parceiros de dança durante sua execução. Oklahoma mixer dance é um tipo da referida dança, bastante
difundido no Japão.

3
Light Novel Project
O diplomata fechou o menu e deixou escapar outro suspiro.

— Certo então, é hora de me dizer o motivo de ter me chamado aqui… Aposto que não
é apenas para investigar outro crime virtual, é?

— Oh, Kirito-kun indo direto ao assunto realmente torna as coisas mais fáceis.

Após essa ousada declaração, Kikuoka pegou sua pasta da cadeira próxima a ele e tirou
dela um fino tablet.

…Sim, afinal de contas, esse homem usa sobreviventes do maior crime virtual do Japão
— «O Caso Sword Art Online» — por exemplo, eu, como informantes.

Normalmente, para investigar a origem de um crime, a Segurança Pública


normalmente pagaria uma taxa por informação providenciada por «Colaboradores» e
«Vigilantes», entre outros, fazendo da relação um «Acordo de Negócios». Se esse fosse o caso,
então me chamar aqui para comer bolo dessa forma pode ser visto como apenas «Negócios»
com Kikuoka.

Eu realmente queria pensar nisso dessa maneira, mas esse era o mesmo homem que
quebrou as regras para me contar em que hospital Asuna estava, e isso era algo que eu ainda
devia a ele.

Sem aquela informação, eu teria perdido mais tempo tentando encontrar Yuuki Asuna
no mundo real, e assim, talvez não teria sido possível descobrir os planos de Sugou Nobuyuki e
resgatar Asuna de suas garras.

Assim, devido às circunstâncias, naquele momento não tinha objeções em agir como
«Vigilante» do Kikuouka. Apesar de recentemente ter parado de usar linguagem cortês e
polida e começar a pedir os bolos mais caros.

Enquanto isso, independente se estava ou não ciente desses fatos, meu benfeitor
continuou mexendo em seu tablet e disse preguiçosamente:

— Beeem, sobre isso, dessa vez é sobre o aumento na taxa de crimes no espaço virtual,
entende…

— Humm. Especificamente?

4
Light Novel Project
— Vamos ver… Apenas nesse mês de novembro mais de cem casos de roubo virtual,
dano de propriedade, etc. foram registrados. Além disso, houve treze casos em que disputas
em jogos de VR deram início a manifestações no mundo real com um desses casos resultando
em morte… Esse caso foi grande então Kirito-kun já deve saber sobre isso, alguém fez uma
réplica de uma espada europeia e começou a atacar pessoas, próximo à estação de Shinjuku,
provocando duas mortes. Uhyaa, a lâmina tinha um metro e vinte e pesava em torno de três
quilos e meio. Como ele conseguiu balançar essa coisa por ai?

— Parece um jogador fanático usando drogas e tendo alucinações… Apesar de que


observar apenas esse caso não ajuda muito na perspectiva geral, comparado a todos os
outros…

— Realmente, em termos de taxa nacional de crimes, esses números não são quase
nada, mas de uma perspectiva mais fechada pode ser que os jogos VRMMO alimentem esse
problema social. Contudo, como você mencionou previamente…

— …Games VRMMO realmente fazem com que as pessoas percam certas restrições na
vida real. É algo que até eu reconheço.

Nesse momento, o atendente retornou com passos silenciosos e colocou dois pratos
com doces e um copo de café na mesa à minha frente.

— Isso é tudo, senhor?

Após eu confirmar com a cabeça, ele colocou a conta de aparência assustadora voltada
para baixo no canto da mesa. Tomei um gole do meu café que estava exalando um delicioso
aroma de avelã e continuei com nossa conversa.

— …Como PK é visto na maioria desses jogos como algo cotidiano, não é impossível
que esse tipo de ambiente sirva como campo de treinamento para um assassino de verdade.
Especialmente nesse novo gênero de jogos, onde cortar um pulso resulta em sangue sendo
espirrado e um corte no abdômen faz com que o alvo perca seus órgãos internos. Além disso,
existem também viciados maníacos que prefeririam cometer suicídio a deslogar7.

Ouvi alguém limpar a garganta em uma mesa próxima nos interrompendo com um
ahem, na mesa duas madames de classe estavam lançando adagas com o olhar em minha
direção. Abaixei minha cabeça e continuei em um tom mais baixo:

7
Sair do jogo.

5
Light Novel Project
— Como isso é algo tão comum, não é de se espantar que algum idiota tenha trazido
esse tipo de prática para o mundo real. Até eu sinto que é necessário colocar algum tipo de
contramedida em prática, embora a lei fosse praticamente inútil nesse caso.

— Inútil?

— Inútil.

Com uma colher dourada, cuidadosamente peguei um fino pedaço de creme rosa e
bolo, e cautelosamente a levei à boca, pensando comigo mesmo que cada colherada era o
equivalente a 100 ienes8. Saboreando cada mordida enquanto a sobremesa literalmente
derretia em minha boca, continuei nossa conversa sobre selvagerias.

— …Seria inútil mesmo se você bloqueasse a rede. Porque hospedar um servidor de


VRMMO é relativamente fácil, não importa o quanto você tente banir do Japão, usuários e
comerciantes podem apenas mudar para além-mar.

— Humm…

O olhar cheio de dignidade de Kikuoka pairou sobre a mesa, e após alguns segundos de
reflexão, ele abriu a boca.

— …Seu mille-feuille parece bom… posso pegar um pedaço?

—…

Direcionei meu terceiro suspiro de hoje, junto com meu prato, na direção de Kikuoka.
Esse profissional dignitário então prosseguiu em roubar, com muito gosto, aproximadamente
280 ienes9 do meu mille-feuille e os estufou em sua boca.

— Mas sabe, Kirito-kun, eu estava pensando… Por quê PK? Não é mais divertido se
divertir junto com todos do que simplesmente matá-los?

— …Você também joga ALO, então deve ter uma ideia; desde antes da tecnologia
FullDive, já existiam MMORPGs focados em competição. Isso é só o básico, já que esse tipo de
jogo não tem tecnicamente um fim definitivo, é necessário algum tipo de objetivo para
motivar o jogador… como buscar e jogar pelo senso de superioridade sobre os outros, eu acho.

8
Aproximadamente R$ 2,48.
9
Aproximadamente R$ 6,94.

6
Light Novel Project
— Oh?

No meio de sua mastigação, Kikuoka ergueu uma sobrancelha como se estivesse


pedindo por mais explicações. Sério, por que precisamos conversar sobre isso? No fundo
estava considerando envenená-lo, metade do motivo por vingança, enquanto continuava:

— …Isso não se limita apenas ao jogo. Querer ser reconhecido, querer chegar mais
longe do que os outros, não é a base da nossa sociedade? Você e seus colegas do
departamento devem entender, existem oficiais do governo que sentem inveja de outros que
possuem um melhor diploma ou recebem promoções com mais frequência por causa de suas
conexões, mas por outro lado eles se sentem superiores àqueles que não fazem parte do
governo, com um presunçoso senso de superioridade. E finalmente, aqueles com inferioridade
e superioridade em equilíbrio podem comer sobremesas despreocupadamente, não é?

Kikuoka engoliu o mille-feuille e formou um sorriso cauteloso no rosto.

— Você é bem franco com essa sua língua afiada, não é mesmo? E você Kirito-kun?
Onde você fica na balança?

—…

Apesar de ter um complexo de inferioridade tão grande quanto uma montanha, eu


obviamente não tinha qualquer intenção de contar para ele. Com uma expressão
despreocupada, respondi.

— …Bom, pelo menos estou junto com a minha namorada.

— Entendo, eu sinto uma inveja mortal nessa questão, Kirito-kun. Da próxima vez que
estivermos em ALO, você não me apresentaria a algumas garotas? Aquela Lady dos Sylphs por
exemplo, ela é exatamente o meu tipo.

— Já vou te avisando, será decapitado assim que disser “na verdade eu sou um
burocrata de alto nível do governo”.

— Se for por ela, então não me importo em ser morto uma vez… Então?

— Então, sobre esse complexo de superioridade, é surpreendentemente difícil de


satisfazê-lo no mundo real. Não é algo que você possa conseguir a não ser que você realmente
se esforce muito. Você precisa estudar mais para conseguir melhores notas, ficar melhor nos

7
Light Novel Project
esportes, se tornar mais interessante ou mais atraente… Tudo isso requer uma grande
quantidade de tempo e energia e não há garantia concreta de uma recompensa, sem falar de
que os requerimentos são quase impossíveis de serem alcançados de qualquer forma.

— Eu entendo. Afinal, estudei até quase morrer para os meus exames e mesmo assim
não entrei em Toudai10.

Por alguma razão, após ver Kikuoka sorrir tranquilamente ao tocar no assunto, engoli o
desejo de fazer um comentário maldoso e voltei a falar imediatamente.

— Então, MMORPGs ao resgate. Aqui o tempo usado não é em vão como na realidade
e seu personagem se tornará mais forte conforme você encontra itens raros, aprende novas
habilidades e alcança atributos mais altos. Claro, ainda é necessário investir esforço, mas isso é
porque ainda se trata de um jogo. Mas ainda é muito mais divertido do que estudar ou fazer
treinamento físico. Equipar itens caros para mostrar seu alto nível enquanto anda por uma
avenida do centro comercial, você definitivamente irá atrair vários olhares invejosos daqueles
mais fracos que você… virtualmente, pelo menos. Se você for aos campos de treinamento,
pode derrotar monstros com força esmagadora, ou salvar um grupo em apuros. Receber
agradecimentos, ser respeitado…

— Virtualmente?

— …É claro, isso é apenas um dos aspectos e jogos MMO têm vários outros elementos.
Mas jogos em rede focados em relacionamento virtual têm estado em circulação há muito
tempo e nenhum deles teve mais sucesso do que MMORPGs.

— …Entendo; então esse tipo de jogo é difícil justamente para saciar esse desejo por
superioridade?

— Sim… Então jogos VRMMO apareceram. Neles, você pode caminhar pelas cidades
soinho ao invés de simplesmente controlar um personagem avatar. Enquanto antigamente
você teria que se satisfazer com a fantasia gerada pela tela do computador, agora você pode
realmente sentir os olhares em sua direção.

— Humm. Pode ser verdade, afinal de contas quando você anda com a Asuna-chan em
Yg-city, todos ficam olhando.

10
Universidade de Tóquio (Tokyo Daigaku) considerada a universidade mais prestigiada do
Japão.

8
Light Novel Project
— …Você diz algumas coisas detestáveis tão abertamente. De qualquer forma, em
jogos VRMMO, desde que você se dedique o tempo necessário, qualquer um pode alcançar
esse sentimento de superioridade. Comparado com o quanto você estuda, quão bom você é
no futebol ou quanto dinheiro você tem, isso é muito mais simples, muito mais primitivo, e
apela diretamente ao instinto humano.

— …Em outras palavras…?

— Em outras palavras, é «Força», árdua força física. Em suas próprias mãos, você tem
o poder de destruir seu inimigo. Em certo sentido, é como estar sob efeito de drogas.

— …«Força»… Ou o maior «Poder», hein.

Kikuoka murmurou com algum tipo de nostalgia em sua voz.

— …Garotos, não importa quem seja, sempre buscarão força mais cedo ou mais
tarde… fazendo coisas como ler mangás focados em luta e querendo treinar da mesma forma
como seus personagens. Mas normalmente a maioria irá perceber imediatamente a futilidade
disso, e vai tentar perseguir um objetivo mais realista… Entendo, então VRMMOs não são
como uma outra chance de perseguir esses objetivos?

Confirmei, e como normalmente não falo tanto assim, molhei minha garganta seca
com um pouco de café antes de voltar a falar.

— Aah. Alguns jogos de luta também parecem ter influência na realidade, onde
alianças e escolas de artes marciais são formadas.

— Oh? O que isso significa?

— Em outras palavras… O que alguns personagens aprendem dentro do jogo pode


muito bem guiá-los a se tornarem especialistas em um-ou-outro-estilo-de-Karate ou esse-ou-
aquele-estilo-de-Kenpou. Isso por sua vez pode gerar algumas cenas estereotipadas de
Shinjuku e Shibuya, levando a alguns confrontos entre gangues, o sistema de justiça de
Tekken11 …Bom, obviamente eu não posso ensiná-lo a entender o que sentem. Pessoas que
jogam esse tipo de jogo podem querer tentar usar as habilidades que aprenderam em

11
Não entendemos o que diabos é essa referência a “Shinjuku”, “Shibuya” e “Tekken”. Se
souber, por favor, nos envie um e-mail explicando. =D

9
Light Novel Project
VRMMOs no mundo real… ou podem já ter, é uma possibilidade. Infelizmente não é um
sentimento do qual possa me gabar entender.

— Entendo… É uma invasão do conceito de «força» dos VRMMOs à realidade, hein. Ei,
Kirito-kun.

Com sua face novamente séria, ele olhou para mim.

— Nós só estamos falando sobre questões psicológicas aqui, certo?

— …O que você quer dizer?

— Fora a resistência psicológica a cometer atos de violência deles ser reduzida, e


também a capacidade de adquirir conhecimento e habilidades requeridas para esses atos de
violência… Na realidade, os atributos físicos de alguma forma acompanharem essas
mudanças… esse tipo de coisa não acontece, certo?

Foi minha vez de parar para pensar e refletir.

— …Isto é, usando aquele exemplo de antes, que a força física necessária para usar
uma espada de três quilos e meio em Shinjuku, foi desenvolvida dentro do jogo… é isso?

— Sim, exatamente.

— Humm… sobre o sistema FullDive afetar o sistema nervoso humano, parece que
esse tipo de pesquisa está bem no início. Mas na realidade, ficar deitado por longos períodos
de tempo certamente resultaria em uma perda de força no geral, embora tamanha força bruta
surgir apenas naquele momento poderia ser atribuído a um aumento no nível de adrenalina no
calor do momento… Mas isso é mais seu campo de atuação do que o meu, não é?

— Há tempos, fui ouvir o que um professor tinha a dizer sobre neurofisiologia, e aquilo
parecia grego para mim… Podemos ter dado uma volta imensa, mas chegamos ao objetivo de
hoje. Por favor, de uma olhada nisso.

Kikuoka mexeu em seu tablet e o entregou a mim.

Aceitei o objeto e na tela de LCD vi a foto de um homem que não conheço, com seu
nome e outras informações próximas à imagem. Ele possuía cabelos excessivamente longos,
óculos de armação prateada e uma boa quantidade de gordura no rosto e pescoço.

10
Light Novel Project
— …Quem é esse?

Aceitando o terminal de volta, Kikuoka começou a operá-lo novamente com os dedos.

— Certo, mês passado… no dia 14 de novembro. Em um apartamento localizado em


Nakano Ward, em Tóquio, o proprietário sentiu um cheiro desagradável enquanto limpava
perto da área. Ele tentou contatar o residente por meio do interfone, mas não ouve resposta
assim como não foi possível contatá-lo pelo telefone. Mas como as luzes ainda estavam acesas
no quarto, ele destrancou a porta, por curiosidade, e encontrou esse homem… Shigemura
Tamotsu, 26 anos, morto. O corpo já parecia estar morto há cinco dias e meio. Não havia sinal
de o quarto ter sido roubado, e o corpo estava deitado na cama, e em sua cabeça…

— Um AmuSphere, acredito eu.

Eu também tinha um desses em meu quarto, dois anéis dourados sobrepostos que
formavam um único acessório para a cabeça, a máquina de FullDive apareceu em minha
mente enquanto dizia seu nome, então Kikuoka assentiu levemente.

— Exato… nós contatamos a família dele imediatamente e requisitamos uma autópsia


para investigar a morte misteriosa. Causa da morte: insuficiência cardíaca aguda.

— Parada cardíaca? Quando o coração simplesmente para de bater, certo? Por que
isso aconteceu?

— Não sabemos.

—…

— Como já tinha passado um longo tempo desde a hora da morte e a probabilidade de


ser um crime era baixa, não fizemos uma autópsia detalhada. Mas parece que ele não comeu
nada por dois dias após permanecer logado por um longo período.

Franzi meu rosto novamente.

Pra falar a verdade, esse tipo de caso não era tão raro. Por quê? Porque mesmo não
comendo nada na realidade, consumir algo dentro de um VRMMO faz você se sentir satisfeito,
e essa sensação dura por algumas horas. Viciados, ou como são conhecidos os jogadores
compulsivos, tendem a considerar tempo fora do jogo como tempo perdido, e casos em que
pessoas não comem por um ou dois dias não são realmente tão raros.

11
Light Novel Project
Contudo, se esse tipo de rotina continuasse, seria impossível que não houvesse alguma
repercussão negativa no corpo. Uma vítima mal nutrida vivendo sozinha ter um ataque
cardíaco… não era realmente um caso tão raro.

Após fechar meus olhos por um momento, e tendo rezado para que Shigemura-shi
encontrasse felicidade no outro mundo, voltei a falar.

—… Bom, isso pode ser trágico, mas…

— É realmente deprimente, mas é comum nos dias de hoje. Por esse tipo de incidente
não aparecer nos noticiários, e porque os membros da família não falam muito por quererem
esconder o fato de que a causa da morte foi um jogo, não podemos conduzir investigações
mais a fundo. De certa forma, pode-se dizer que esse tipo de morte está ligado ao surgimento
de VRMMOs, mas…

— …Você não me chamaria normalmente apenas para ouvir uma teoria superficial,
certo? O que há com esse caso?

Diante da minha pergunta, Kikuoka olhou para o seu terminal e respondeu.

— Shigemura-kun instalou apenas um jogo em seu AmuSphere. «Gun Gale Online»… já


ouviu falar?

— Isso… é óbvio. Afinal de contas é o único VRMMO no Japão com jogadores


«profissionais», embora eu mesmo não o tenha jogado.

— Parece que em Gun Gale Online… Abreviando, GGO, ele detinha o ranking de
melhor jogador. Isso foi decidido em um evento em outubro para definir o mais forte. O nome
do avatar dele era «Zekushiido».

— …Então, ele morreu enquanto estava logado em GGO?

— Na verdade não, não foi isso. Seu avatar, «Zekushiido» estava sendo entrevistado na
«MMO Stream», um canal hospedado por uma estação online.

12
Light Novel Project
— Ah… você quer dizer aquele programa da M-ST12, «Os Vencedores da Semana»? Isso
me faz lembrar, acho que ouvi falar algo sobre um dos convidados do programa ter perdido a
conexão e o programa ficou pela metade…

— Sim, provavelmente foi isso. Ele sofreu uma parada cardíaca durante o programa. A
equipe gravou tudo até aquele exato segundo. Então, isso é informação confidencial…
Praticamente ao mesmo tempo em que aconteceu a parada cardíaca, algo estranho aconteceu
em GGO, de acordo com o blog de um usuário.

— Estranho?

— MMO Stream também é exibido em GGO, certo?

— Aah. Normalmente é exibido em bares.

— Aconteceu em um bar em que estava exibindo o programa, em uma rua da capital


do mundo de GGO, «SBC Gurokken». Então, o problema é que naquele horário, um jogador fez
algo realmente estranho.

—…

— Enfim, «ele» apontou uma arma em direção à imagem de Zekushiido-shi sendo


exibida e então descarregou sua arma enquanto gritava algo sobre julgamento e morte. Tendo
visto isso, um dos jogadores, que por coincidência estava gravando o evento, upou o vídeo na
internet. O vídeo também continha um contador de tempo em JST13… E… a arma foi disparada
em nove de novembro, as vinte e três horas, trinta minutos e dois segundos. A desconexão
repentina do Shigemura-kun aconteceu as vinte e três horas, trinta minutos e quinze segundos.

—… Apenas coincidência é claro.

Eu disse, enquanto prossigo para o meu segundo prato.

Trouxe a colher à minha boca, após enchê-la com essa coisa cilíndrica com cor de chá.
A princípio me surpreendi com o quão gelada a sobremesa estava. Se fosse algum tipo de bolo,
devia ser um de sorvete, pensei. A concentrada essência de chocolate começou a se dissolver
trazendo um forte sabor doce, capaz de sobrepor-se à conversa amarga a que Kikuoka
começara.

12
Abreviação de MMO Stream.
13
Japanese Standard Time – Horário Padrão Japonês.

13
Light Novel Project
Após mandar um terço do doce para o meu estomago, continuei de onde havia parado.

— Tornar-se o melhor jogador de GGO naturalmente faz com que os outros o invejem
e o odeiem ainda mais do que acontece em outros VRMMOs. Atirar na pessoa real pode exigir
muita coragem, mas não é de se estranhar que alguém queira atirar na imagem da TV.

— Sim, contudo, ouve outro incidente.

— …O que?

Minha mão segurando a colher congelou, e eu olhei para a imutável poker face de
Kikuoka.

— Dessa vez, aconteceu há apenas dez dias atrás, em vinte e oito de novembro. Um
corpo foi encontrado morto num bloco em um apartamento de dois andares no bairro de
Ômiya, cidade de Saitama, província de Saitama. Um vendedor de jornais pensou que estava
sendo ignorado já que as luzes da residência estavam acesas, apesar de não haver qualquer
resposta; ele tentou virar a fechadura e a porta estava destrancada. Ao olhar do lado de
dentro, encontrou um homem deitado em seu futon, usando um AmuSphere, com um odor
similar…

Ehem! O som de uma garganta sendo limpa, feito propositalmente, colocou nossa
conversa em espera; olhamos para as mesmas duas mulheres de antes, na mesa próxima a
nossa, enquanto as duas lançavam olhares carregados de condenação e más intenções em
nossa direção. Mas em uma atitude incrivelmente atrevida, Kikuoka apenas assentiu para elas
e continuou nossa conversa.

— …Bom, vamos pular os detalhes da autópsia. Nesse caso também foi confirmado
morte por parada cardíaca. O nome dele… bom, vamos pular isso também. Homem, trinta e
um anos. Ele também era um forte jogador de GGO e o nome de seu personagem… era
«Usujio Tarako»? Esse é o nome certo?

— Um tempo atrás em SAO, havia um cara chamado «Hokkai Ikura»14, então eles
provavelmente são parentes. Tarako-shi por acaso também estava em um programa?

14
Basicamente, Usujio é um tipo de óleo de soja e Tarako significa ovas de bacalhau. Quanto ao
outro nome, Hokkai é uma clara referência a Hokkaido, região conhecida pelos seus frutos do mar e
Ikura são ovas de salmão. A piada aqui é que eles devem ser parentes já que tudo no nick deles é
referência a peixes. Pode rir agora.

14
Light Novel Project
— Não, dessa vez foi um incidente dentro do jogo. Pelo registro do seu AmuSphere, a
conexão dele foi cortada aproximadamente três dias antes do corpo ser encontrado, no dia
vinte e cinco de novembro, às vinte e duas horas, zero minutos e quatro segundos. A hora
estimada da morte também é em torno desse horário. Naquele momento, ele estava na praça
da cidade Gurokken comparecendo a uma reunião de Esquadrão… uma guilda, aparentemente.
Ele se levantou para dar uma opinião, e um jogador que invadiu o encontro atirou nele com
uma arma. Apesar das ruas da cidade serem áreas onde todo e qualquer dano recebido seria
imediatamente ignorado, ele ficou irritado com o ataque do atirador e o perseguiu,
desaparecendo subitamente logo em seguida. Essa informação também foi tirada de um
tópico de um fórum online, então a autenticidade deixa muito a desejar, mas…

— O atirador é o mesmo do incidente com o «Zekushiido»?

— Pode-se dizer que sim. Afinal de contas, palavras como “justiça” e “força” também
foram ditas por um jogador com o mesmo nome que o do último caso.

— …Que tipo de…?

Kikuoka conferiu seu tablet e franziu a testa.

— «Death Pistol»… Isso e «Death Gun».

— Uma arma… da morte…

Em outras palavras, «Death Gun»?

Coloquei minha colher sobre o prato, agora vazio, enquanto repetia esse nome várias e
várias vezes em minha mente. Um nick desses, não importando o quanto a intenção tenha sido
de se fazer uma piada, realmente dá uma certa impressão do personagem. Death Gun, a
impressão que esse nome passa é um frio negro e metálico.

— …Você tem certeza que Zekushiido e Usujio Takako morreram de parada cardíaca,
certo?

— Foi o que eu disse, não?

— E… nenhum dano cerebral?

Ao ouvir isso, Kikuoka entendeu aonde eu queria chegar.

15
Light Novel Project
— Também fiquei incomodado com isso. E levei essa dúvida à equipe forense, mas eles
não encontraram nenhuma anomalia como hemorragia cerebral ou obstrução de artérias
ligadas ao cérebro.

—…

— Além disso, no caso do Nerve Gear… Ah, tem algum problema em falar sobre isso?

— Tudo bem.

— …No caso do Nerve Gear, quando ele mata o usuário, seus sensores de sinal se
transformam em um micro-ondas de alta capacidade que destrói parte do cérebro, mas
AmuSpheres não são feitos para emitir ondas eletromagnéticas tão poderosas. “Esse aparelho
só pode transmitir informação auditiva e visual para os cinco sentidos com sinais de baixa a
média frequência”, é o que os desenvolvedores dizem.

— Então você já conversou com o fabricante… você realmente fez sua lição de casa
antes dessa conversa, hein, Kikuoka-san? Por acaso é uma coincidência você conseguir fazer
esse tipo de trabalho apenas se baseando em rumores passageiros?

Conforme olhei através das lentes de seus óculos em seus olhos estreitados, Kikuoka
instantaneamente eliminou a expressão que estava em seu rosto, e imediatamente seus lábios
se alongaram formando um sorriso.

— Eu preciso voar para vários lugares, então acabo ficando com bastante tempo livre
no dia a dia.

— Então, da próxima vez por que você não ajuda na linha de frente em Aincrad.
Capitão Eugene te elogiou por ser um ótimo mago, caso você não saiba.

Na verdade, eu nunca havia pensado nesse homem como a piada de oficial que ele
aparentava e fingia ser. Ele criou um personagem em ALO, não por ter interesse no jogo, mas
provavelmente para coletar informações sobre o mundo das VRs mais facilmente. Embora o
cartão pessoal que recebi dele há algum tempo o colocasse como subordinado ao Ministério
de Assuntos Internos e Tecnologia de Comunicação, definitivamente havia algo suspeito
acontecendo aqui. Já tinha chegado a considerar que talvez seu setor seja na verdade parte do
Departamento de Segurança Nacional.

16
Light Novel Project
Mas deixando isso de lado, parece que a «Divisão Virtual», quando ainda era
conhecida como «Time de Contramedidas e Apoio às Vítimas do Incidente SAO», só pudera
acomodar todos os jogadores em hospitais graças aos esforços dele. Portanto, com isso e o
favor relacionado à localização de Asuna, estou lidando com ele em uma relação de 60%
gratidão e 40% desconfiança.

Se ele sabia ou não sobre o que estava pensando, Kikuoka apenas coçou a nuca e
mostrou um sorriso constrangido.

— Você é muito gentil; eu consigo memorizar as palavras de encantamentos, mas não


sou bom em recitá-las. Tenho sido péssimo em trava-línguas desde muito tempo atrás... De
qualquer forma, bem, voltando ao caso, acho que as chances são acima de 90% de ser ou uma
coincidência ou uma brincadeira. É por isso que precisamos contestar os fatos. Kirito-kun, você
acha que é possível? É possível que uma pessoa atingida dentro do jogo consequentemente
sofra um episódio de parada cardíaca no mundo real?

A pergunta dele me fez visualizar uma imagem em minha mente que me fez franzir o
rosto.

Vestido todo de preto… um atirador sem rosto olhando para o abismo puxou o gatilho.
Uma bala fantasma de cor negra disparada capaz de perfurar a barreira do mundo virtual, o
projétil invade a internet. De roteador a roteador, servidor a servidor, fazendo várias curvas
perfeitas, a bala continuou seu caminho. Eventualmente, ela chega a um certo apartamento,
se materializa fora do modem montado na parede e acerta o coração do homem enquanto ele
está deitado.

Chacoalhando minha cabeça para me livrar dessa imagem perturbadora, ergui um


dedo.

— Acho que é impossível, mas… Vamos apenas assumir que… «Death Gun» seja nosso
atirador, e ele de alguma forma conseguiu mandar algum tipo de sinal para o AmuSphere do
«Zekushiido» e do «Usujio Tarako»…

— Oh, vamos começar daí. De alguma forma é possível fazer algo assim?

— Sim… se o que for enviado não for algum tipo de força mortal misteriosa, mas sinais
sensoriais normais… Você ainda se lembra do «Vírus do Imaginator» que causou uma grande
comoção algum tempo atrás?

17
Light Novel Project
— Aah, aquele incidente do e-mail surpresa, certo?

Imaginator era um tipo de software desenvolvido por alguém para funcionar com o
AmuSphere. Aquele programa gerava um espaço virtual para imersão, onde você olhava para
uma câmera e sussurrava uma mensagem, e então a mensagem era comprimida em formato
de e-mail. Quem recebe então pode reproduzir o arquivo que reproduz o corpo virtual do
remetente e a mensagem falada, esse tipo de coisa. Já que era possível enviar vídeo, áudio e
até o toque, o programa se tornou bastante popular.

Mas eventualmente, um buraco na segurança do programa foi encontrado, e surgiu


um vírus que acompanhava a mensagem original e que causou uma grande comoção. Se você
tentasse fazer uma imersão com aquele e-mail em sua caixa de entrada, seria forçado a abrir
uma prévia, e diante dos seus olhos, a cores e som surround, algo chocante — normalmente
erótico ou nojento, um ou outro — seria reproduzido.

É claro, eventualmente uma atualização foi disponibilizada, e o problema foi resolvido,


mas…

— …A maior parte dos usuários de AmuSphere devem ter instalado o «Imaginator» a


essa altura. Mas se houver alguma falha desconhecida na segurança do programa, e o e-mail
ou IP da vítima forem conhecidos…

— …Entendo, programe um cronômetro de antemão, e então mande o sinal ao mesmo


tempo que o tiro… algo assim é possível.

Kikuoka juntou os dedos e assentiu, descansando o queixo sobre eles.

— Então essa parte está esclarecida…Mas não foi uma bala fatal amaldiçoada que foi
enviada. No final só podem ser estímulos sensoriais normais.

— Em outras palavras, sensações suficientes para parar um coração… Provavelmente


coisas como gosto, cheiro… luz e som… Certo? Vamos falar de um por um. Primeiro o tato,
sensação de toque na pele.

Parei de falar e pressionei meu dedão direito contra a palma da minha mão esquerda.
Mais cedo, o que comi não era um bolo de chocolate como eu tinha pensado, mas sorvete;
lembrei-me de ter ficado surpreso naquela hora.

18
Light Novel Project
— …O que aconteceria se você elevasse o corpo todo ao limite da tolerância ao frio?
Como se você pulasse em uma banheira cheia de gelo. Isso poderia parar um coração?

— Aah… Pular na água gelada poderia parar um coração, já que a diferença de


temperatura causaria um choque térmico no corpo, e os vasos sanguíneos se contrairiam, o
que faria o coração ficar sobrecarregado… Não pode ser isso.

— …Então, acho que não podemos ir por esse caminho. Mesmo que o cérebro sinta o
frio, as terminações nervosas do resto do corpo não sentiriam nada…

— Então, que tal isso?

Dessa vez, Kikuoka começou a esfregar as mãos enquanto falava. Provavelmente foi
uma impressão minha, mas pensei ter visto um sorriso impiedoso no rosto dele.

— Insetos super pequenos… menores que um besouro, algo na categoria de vermes


alongados. Algo como uma lagarta ou uma centopeia, o sentimento de ser jogado em um poço
cheio desses. É claro, seria acompanhado por vídeo. Urgh, só de imaginar me dá calafrios.

—…

Sem outra opção, tentei imaginar.

Durante um tranquilo passeio pelo campo, a terra abaixo dos meus pés se desfaz de
repente, e caio dentro de um buraco profundo. Um bando de criaturas finas e alongadas está
rastejando por perto, circulando meu corpo até subir pelo meu pulso em direção ao meu
colarinho até finalmente conseguirem entrar nas minhas roupas…

— …Sério, isso me deu calafrios.

Esfreguei as palmas das minhas mãos e chacoalhei a cabeça.

— Mas esse nível de choque até o «Vírus do Imaginator» conseguia produzir. De


repente uma enorme lagarta ou uma caravela15 cai em cima da sua cabeça. Mas não houve
nenhum caso de parada cardíaca por isso… Acho que em primeiro lugar, no momento em que
você entra em um mundo VRMMO, você inconscientemente se prepara para encontrar
situações inesperadas. Em alguns campos, um monstro tipo boss pode aparecer do nada bem

15
O animal.

19
Light Novel Project
do seu lado, e se seu coração parasse cada vez que algo do tipo acontece não haveria jogo
para começo de conversa.

— Você tem razão quanto a isso.

Ele encolheu os ombros, pegou o copo e o virou levemente.

— …Então, os próximos sentidos a serem considerados devem ser gosto e cheiro. Mas
como isso funcionaria? Se alguém repentinamente provasse ou sentisse o cheiro de algo
perturbador… como a reprodução do gosto de kiviak. A pessoa poderia vomitar. Essa reação
de vômito poderia afetar o corpo real também…

— Se esse fosse o caso, não seria exatamente uma parada cardíaca. Mas não seria
possível se afogar com o próprio vomito? E o que é kiviak afinal de contas?

Naquele momento, ao ver a animação surgindo nos olhos de Kikuoka, me arrependi de


ter perguntado. Esse homem adorava falar sobre coisas com gosto ruim. Apesar de ser da elite,
ele não tinha uma namorada e esse poderia ser considerado um dos motivos.

— Oh, você não conhece? Kiviak é um prato da comida esquimó. No começo do verão,
eles capturam pequenos pássaros migratórios do mar chamados appaliarsuk e estufam eles
em bolsas feitas de pele de leão-marinho, após removerem toda a carne do animal. Então o
conjunto todo é colocado em um canto escuro e frio por alguns meses, até a gordura do leão-
marinho permear as aves e elas fermentarem bem, ou mais especificamente, até apodrecerem.
Nesse ponto, eles extraem os pássaros como se fosse chocolate derretido, os órgãos internos
tem exatamente o sabor que você esperaria desse tipo de comida. O fedor é supostamente
pior do que Surströmming16, mas quando você se acostuma com o sabor, você simplesmente
não consegue ficar cheio daquilo…

Clank! Olhei na direção de onde veio o som alto e vi as duas senhoras perto de nós
cobrindo suas bocas com nojo e deixando a mesa com pressa. Mais uma vez, suspirei
profundamente e então interrompi Kikuoka.

— Se você tiver a chance de visitar a Groelândia, por favor, experimente isso. Ah, e
você não precisa explicar o que é Surs-sei-lá-o-que.

— Oh, certo.

16
Peixe podre escandinavo.

20
Light Novel Project
— Não fique ressentido… E além do mais, comer coisas nojentas não fará um coração
parar de bater. Vamos para a próxima… Vídeo, hein…

O rico aroma do café se sobrepôs às palavras desagradáveis de Kikuoka e continuamos


nossa conversa.

— Que nem o exemplo dos insetos mais cedo, apenas um vídeo significativo
provavelmente não pode fazer um coração parar de bater não importa o quão assustador ou
cruel sejam as imagens. Basicamente, pode causar um certo trauma, eu acho, mas seria difícil
investigar.

— Humm… Você disse significativo, certo?

— Sim… Por exemplo, e isso aconteceu muito antes de eu nascer então não sei
exatamente dos detalhes, mas várias crianças que assistiram um certo anime na televisão
desmaiaram ao mesmo tempo com sintomas de epilepsia por todo o país.

—… Aquele incidente. Eu estava no jardim de infância na época e vi aquilo acontecer.

Ele continuou com um tom de nostalgia em sua voz.

— Acho que foi o piscar constante de luzes vermelhas e azuis intensas no episódio que
causou aquilo.

— É provavelmente isso. Se o mesmo vídeo com luzes intensas fosse enviado, quem
recebesse normalmente fecharia os olhos por reflexo. Mas isso não é possível se a imagem for
mandada diretamente para o cérebro e não é totalmente inconcebível que aconteça algum
tipo de choque.

— Sim, realmente.

Ele assentiu, mas então chacoalhou a cabeça.

— …Mas então, essa questão foi debatida quando o AmuSphere foi desenvolvido. O
resultado foi um equipamento mais seguro através de uma configuração mais limitada.
Imagens de vídeo que ultrapassem certo limite de amplitude de vibração não são exibidas.

—… Espera aí.

Dessa vez lancei um olhar com 100% de suspeita em direção a ele e disse:

21
Light Novel Project
— Parece que você já investigou todas essas possibilidades, não foi? Se você já
conseguiu informações da elite do ministério, então você não precisa de mim para conversar
sobre isso. Aonde você realmente quer chegar?

— Não, não, não é isso. A forma de pensar do Kirito-kun é muito estimulante, foi uma
ótima referência; e, além disso, gosto de conversar com você.

— Mas eu não gosto de conversar com você, e sobre a questão da percepção de som,
isso também deve ter um limitador. Portanto, em conclusão… influenciar o coração humano
de dentro de um jogo é impossível. Os tiros de «Death Gun»-shi e a parada cardíaca dos dois
jogadores não tem relação alguma senão coincidência. Até mais, estou indo embora e
obrigado por sua hospitalidade.

Senti que se essa conversa continuasse, certamente não acabaria de forma agradável.
Então me despedi apressadamente e me levantei.

Contudo, Kikuoka me impediu.

— Waaaa… espere, espere. Daqui pra frente é o tópico real. Você pode pedir outro
bolo, apenas fique mais um pouco, por favor.

—…

— Bem, eu estou aliviado por Kirito-kun ter chegado a essa conclusão. Também achei
que essas duas mortes não têm relação com os tiros de dentro do jogo. Mas mesmo dizendo
isso, eu preciso de um favor…

Lá vem, fechei minha expressão enquanto pensava, e continuei a ouvir.

— Você pode logar em Gun Gale Online e contatar esse tal «Death Gun»?

E então ele sorriu para mim.

Em resposta ao sorriso inocente desse burocrata, usei meu tom de voz mais frio.

— Contatá-lo? Por que não abre o jogo, Kikuoka-san. Vá levar um tiro, você quis dizer,
desse «Death Gun».

— Não, bem, ahahaha.

22
Light Novel Project
— De forma alguma! O que vou fazer se algo acontecer de verdade? Va você lá tomar
um tiro e ter uma parada cardíaca!

Levantei-me de novo, mas Kikuoka segurou minha manga.

— Nós acabamos de concordar que isso não pode ser real. Além disso, esse «Death
Gun»-shi tem requerimentos muito estritos de seus alvos.

— …Requerimentos?

Perguntei a ele e acabei me sentando de novo.

— Sim. Ambos, «Zekushiido» e «Usujio Tarako», que foram alvejados pelo «Death
Gun», eram jogadores famosos e top rankings. O que significa que se alguém não for forte, não
haverá tiro, provavelmente. No meu caso, mesmo com anos de treino não vou conseguir
chegar a esse nível. Contudo, se for você, que até mesmo Kayaba-shi reconheceu como o mais
forte…

— É impossível para mim também! GGO não é um jogo tão fácil, e tem «profissionais»,
além disso.

— Isso, err, o que «profissional» quer dizer nesse caso? Você disse isso mais cedo
também.

Percebendo que estava sendo levado pelo ritmo dele, expliquei relutante.

— …Literalmente se refere a pessoas que vivem do jogo. Gun Gale Online é o único
jogo entre todos os VRMMO que possui um «sistema de conversão de dinheiro do jogo para
dinheiro real».

— … Sério?

As perguntas dele parecem ser genuínas dessa vez; mesmo alguém como o agente
Kikuoka não sabia todos os detalhes sobre games.

— Simplificando, o dinheiro ganho dentro do jogo pode ser convertido em dinheiro


real e ser devolvido a você. Na verdade não é convertido para o iene japonês, mas para uma
moeda eletrônica. Mas já que não existe nada que não possa ser comprado com isso hoje em
dia é essencialmente a mesma coisa.

23
Light Novel Project
— … Mas um VRMMO pode se manter fazendo isso? Os operadores da companhia e
funcionários não são exatamente voluntários, são?

— É claro, isso não quer dizer que todos os jogadores conseguem fazer dinheiro. É o
mesmo com máquinas de pachinko e de corrida de cavalo. Se me lembro bem, a mensalidade
do jogo é três mil ienes17 e para um VRMMO isso é bem caro. Mas a quantia que um jogador
comum consegue recuperar em um mês é um décimo disso na melhor das hipóteses… em
torno de algumas centenas de iene. Contudo, você pode dizer que a tendência de apostador
deles é alta… e em raras ocasiões, algum cara vai ter qualquer sorte e encontrar um item raro
precioso. Após venderem o item através de lojas dentro do jogo, se eles trocarem o dinheiro
eletrônico ganho na venda podem conseguir algo entre dezenas e centenas de milhares de
ienes. Se você ouvir uma história desse tipo, provavelmente também terá o sentimento de
“algum dia isso pode acontecer comigo…”. Estar naquele jogo é como estar em um enorme
cassino.

— Hummm, entendo…

— Então, um «profissional» é alguém que ganha dinheiro constantemente todo mês.


Os melhores ganham em torno de duzentos a trezentos mil ienes18 mensais supostamente. Se
você comparar essa quantia com o padrão do mundo real, pode não parecer grande coisa…
mas, sem luxos, é o bastante para viver. Em outras palavras, o que isso significa é que essas
pessoas estão tirando sua renda do dinheiro pago pelos jogadores regulares. Foi isso que eu
quis dizer mais cedo quando falei sobre os melhores jogadores de GGO serem mais invejados
do que em outros jogos. É como um oficial do governo comendo sobremesas ridiculamente
caras com o dinheiro de contribuintes.

— Fufufu, como sempre Kirito-kun diz esse tipo de coisa de uma maneira tão áspera.
Eu gosto desse seu lado.

Sem me importar com as palavras de falsa ignorância de Kikuoka, o interrompi.

— …Por essa razão, o tempo gasto e entusiasmo dos jogadores de alto nível de GGO
não podem ser comparados aos de outros jogadores de MMO. Sem qualquer conhecimento
profundo dos detalhes da mecânica do jogo, não posso simplesmente ir às cegas competir com
essas pessoas. Em primeiro lugar, como o nome indica, é um jogo onde armas de fogo são a

17
Aproximadamente R$ 71,45.
18
Aproximadamente algo entre R$ 4763,30 e R$ 7144,95.

24
Light Novel Project
principal forma de combate… Não sou bom com armas de longo alcance. Minhas condolências,
mas você precisará escolher outra pessoa para o serviço.

— Espere, espere, você é realmente o único em quem posso confiar. Você é o único a
quem posso pedir isso porque é o único jogador de VRMMO com quem posso entrar em
contato no mundo real. Além disso… se você diz que oponentes profissionais são um problema
muito grande e que eles recebem seus salários do jogo, então você pode tratar isso como um
trabalho também.

— …O que?

— Remuneração por colaboração na investigação. Pode… não ser tanto quanto os


melhores jogadores de GGO ganham por mês, é apenas esse tanto.

Ao ver Kikuoka erguer três dedos…

Sinceramente, estremeci. Com esse tanto, podia pagar pelo último modelo de CPU
com vinte e quatro núcleos em um novo gabinete e ainda sobraria dinheiro para gastar.
Contudo, mais uma vez, novas suspeitas surgiram.

— …Não tente me comprar, Kikuoka-san. Por que essa obsessão toda com esse caso de
qualquer forma? Isso é quase certamente um rumor exagerado, conversas suspeitas, que são
comuns na internet. As duas pessoas que sofreram ataque cardíaco e que não apareceram
mais no game por causa disso, isso é uma lenda sendo criada.

Ao ser questionado abertamente, Kikuoka ajustou seus óculos com seu dedo fino,
escondendo sua expressão de mim. Não havia dúvidas de que ele estava pensando o quanto
de sua resposta seria verdade e o quanto seria mentira. Mas que homem astuto.

— …Na verdade, são meus superiores que estão preocupados com isso.

Ao começar a falar, o oficial de alto nível voltou a usar seu sorriso de sempre.

— A influencia da tecnologia Full Dive na realidade é o campo mais observado no


momento. O impacto na sociedade e na cultura é certamente enorme, mas no campo da
biologia também têm atraído muita controvérsia. Por exemplo: de que forma mundos virtuais
podem mudar a forma de existência de um ser humano? Hipoteticamente falando, se houver
qualquer sinal de perigo, e esse tipo de conclusão foi alcançado, um movimento para criar
instrumentos regulatórios pode ser iniciado. Na verdade, chegamos ao ponto em que uma

25
Light Novel Project
legislação quase foi aprovada durante o incidente SAO. Mas eu… ou melhor, o departamento
virtual não achou que recuar diante das dificuldades fosse a forma correta de agir para o
aproveitamento de jogos VRMMOs, e pelo bem da nova geração de jovens também. É por isso
que, antes que esse incidente atraia algum tipo de atenção estranha, queremos saber todos os
fatos antes que possam ser usados pelos que apoiam uma regulação. Seria ótimo se fosse
apenas uma lenda, mas queremos ter certeza disso… Por isso, faremos todo o possível.

— …Seu entendimento dos jovens da geração VR e seus princípios, os aceitarei como


boas intenções. Mas se você realmente está preocupado com o caso, por que não entrar em
contato direto com a companhia que administra o jogo? Se você analisar os registros, deve ser
capaz de investigar quem é esse jogador que atirou no «Zekushiido» e no «Tarako». Mesmo
que as informações pessoais registradas no jogo sejam falsas, você ainda pode contatar o
provedor do endereço de IP e assim descobrir seu verdadeiro nome e endereço.

— …Por mais longos que sejam meus braços, eles não podem alcançar o outro lado do
Pacífico.

Dessa vez, a expressão do Kikuoka pareceu mostrar uma apreensão genuína.

— «Zasker», a companhia que desenvolveu e opera Gun Gale Online… é uma


organização desconhecida da qual não temos praticamente nenhuma informação e seus
servidores estão na América. Enquanto o suporte ao jogador dentro do jogo parece ser
bastante sólido, deixando o endereço de lado, até os números de telefone e endereços de e-
mail são mantidos privados. Que problemático... Desde que «A Semente» foi publicada, esse é
um dos tipos de mundos VR obscuros que continuam aparecendo sem parar, como capim.

— …Ah, então é isso?

O interrompi, me encolhendo ao mesmo tempo. Apenas Agil e eu sabíamos da origem


do pacote de suporte de desenvolvimento de VRMMOs, «A Semente». Similarmente, a súbita
aparição do castelo flutuante Aincrad dentro do renascido ALFheim Online foi, para o público
em geral, um resquício do antigo servidor de SAO que era gerenciado pela atualmente
nãoexistente RECTO Progress, e foi assim que a situação foi aceita.

— E bem, por causa disso, se quisermos chegar à verdade da situação, não temos
outra escolha se não entrar em contato direto dentro do jogo. É claro, consideraremos até
mesmo as mais remotas possibilidades, e todas as medidas de segurança serão tomadas.

26
Light Novel Project
Kirito-kun irá, em um quarto preparado por nós, entrar no jogo, e nós o desconectaremos
imediatamente se houver qualquer anomalia na configuração do AmuSphere sendo
monitorado. Não vou pedir para você levar um tiro, é o bastante se você me disser qual a sua
impressão do que viu… Você pode fazer isso, certo?

Antes que pudesse perceber, até mesmo a minha mente estava presa nessa situação
onde eu não podia dizer não.

Eu realmente não deveria ter vindo encontrá-lo… Enquanto me arrependia


profundamente dessa decisão, ao mesmo tempo começava a me sentir levemente interessado.

A habilidade de interferir com o mundo real de dentro do mundo virtual… se algo


assim realmente existisse, então seria isso uma pista para a alteração do mundo que Kayaba
Akihiko estava buscando? O incidente que começara no inverno três anos atrás ainda não
estava completamente resolvido…?

Se esse fosse o caso, então a obrigação de testemunhar o destino desse


desenvolvimento também seria minha.

Fechei meus olhos com força, respirei fundo, e disse.

— …Eu entendo. Independente do quão incômodo será essa viagem, se for apenas
entrar no jogo então eu vou. Mas não posso garantir se vou ou não encontrar esse «Death
Gun». Em primeiro lugar, até a existência dele é questionável.

— Ahh… Sobre isso.

Kikuoka mostrou um sorriso torto com uma expressão inocente.

— Não mencionei? Durante o incidente do primeiro tiroteio, um dos jogadores


presentes fez uma gravação de áudio do acontecido, que eu baixei e trouxe comigo. É a voz do
«Death Gun»-shi, por favor, ouça.

Vendo-o segurando os fones sem fio, eu seriamente amaldiçoei “o seu coração é que
deveria parar” em meus pensamentos enquanto o encarava.

— …Obrigado por se dar ao trabalho de ouvir isso.

27
Light Novel Project
Após eu colocar os fones que recebi, Kikuoka tocou a tela com seus dedos. Logo, o som
de uma pequena agitação começou a tocar.

Então, a agitação desapareceu repentinamente e o tenso silêncio que o seguiu foi


quebrado por uma determinada declaração.

— …Isso é poder de verdade, força de verdade! Pessoas tolas, gravem o medo desses
nomes em seus corações!

— O nome dessa arma e o meu: «Death Pistol»… «Death Gun»!!

Sua voz era acompanhada de um som um tanto desumano e metálico.

E, contudo, por trás da declaração, eu podia claramente sentir a presença do jogador


vivo por trás do personagem. O dono dessa voz, ao invés de apenas estar assumindo um papel,
parecia irradiar o anseio genuíno do desejo pelo massacre.

28
Light Novel Project
Capítulo 2

Ela checou o relógio em seu pulso esquerdo ao deixar a estação Otemachi, da linha
Chiyoda, pela saída C10.

Faltavam mais de cinco minutos para o horário marcado, três da tarde. Quando estava
para abaixar o pulso, os olhos de Yuuki Asuna pararam casualmente sobre o pequeno
calendário em seu relógio.

Domingo, 7 de Dezembro, 2025.

Pode não ser um aniversário especial, mas dentro de seu peito, a semente de uma
certa emoção forte brotou. Conforme caminhava pela Rua Eitai1, ela olhou para cima,
encarando o portão principal do Palácio Imperial e murmurou sem deixar sua voz ser ouvida:

— Logo terá completado um ano…

Foram omitidas as palavras “desde minha volta para o mundo real”.

Depois do castelo flutuante de metal (SAO), passando pela gaiola nas copas de árvores
(ALO), ela foi subsequentemente resgatada e retornou ao mundo real na metade de janeiro
deste ano. O mundo de fantasia gradualmente se tornava uma memória, mas mesmo assim,
ela ainda se sentia estranha de vez em quando por estar vivendo dessa forma no mundo real.

A larga calçada pavimentada com pedras, as árvores à beira da rua balançando no ar


frio e os pedestres andando com seus rostos afundados nas golas de suas jaquetas ou
cachecóis. Andando lentamente no meio da multidão estava Asuna.

As coisas ao seu redor não eram objetos 3D feitos de códigos, mas minerais, plantas e
criaturas reais.

Mas como devemos interpretar o que é «real»? Se a definição for apenas coisas
formadas por átomos e moléculas, então seria o mesmo que polígonos virtuais. Porque a

1
Procurem por “Eitai Dori” no Google Maps. Isso vai ajudar um pouco vocês a ver aonde eles
estão indo nesse encontro.

1
Light Novel Project
verdadeira identidade desses polígonos são elétrons contidos na memória de um servidor. Não
há uma diferença tão grande em partículas elementares.

Dito isso, o único problema provavelmente vem da reversibilidade. Os objetos que


existem no mundo real, sejam organismos vivos ou matéria bruta; se forem destruídos, é
impossível reconstituí-los ao seu estado original. Mas no mundo virtual, é fácil restaurar o
objeto original sem um único byte de informação incorreta.

…Não.

Não é isso. Naquele mundo — em Aincrad, coisas que você perdia e coisas que não
podia recuperar realmente existiam. Durante aqueles dois anos vividos naquele castelo
flutuante, o que Asuna tocou, sentiu, obteve e perdeu é sem dúvida alguma «real».

Se esse era o caso.

— … As diferenças entre o mundo real e virtual... quais são...?

Ela inconscientemente sussurrou, e para sua pergunta…

— Apenas a quantidade de informação.

Uma resposta veio de seu lado, a voz inesperada fez Asuna estremecer.

— Ehhhh!?

Ela apressadamente buscou a origem da voz e ao perceber a face de um garoto, piscou


em surpresa.

Cabelos não muito longos. Um perfil bastante magro, mas que o faz ter um ar de
elegância. Vestido em uma camisa preta com uma jaqueta da mesma cor por cima e um jeans
desbotado preto.

Sua aparência é bem simular ao avatar que ele usava; o fato de não haver o cabo de
uma espada aparecendo por cima de suas costas parecia muito estranho. Asuna respirou
fundo para dissolver as doces ondas de nostalgia surgindo no fundo de seu coração; ela abriu
sua boca e disse.

— …Fiquei surpresa por você aparecer tão subitamente, você usou um cristal de
transferência?

2
Light Novel Project
Ao ouvir isso, o garoto — Kirigaya Kazuto revelou um sorriso amargo.

— Não foi súbito. Não estamos no local e hora combinados?

— Eh…

Ao ser perguntada, Asuna olhou ao redor novamente.

A suave luz do entardecer banhava o calçadão, com a luz refletida da superfície da


água. Um pouco mais a frente, uma ponte levava a um portão solenemente guardado.
Realmente, eles estavam em frente ao Palácio Imperial, onde ela combinou de se encontrar
com Kazuto. Parecia que ela andou perdida em pensamentos e acabou chegando ao seu
destino.

Asuna deu uma risada tímida e deu de ombros.

— Ahaha, parece que eu estava no piloto automático. Hmm… de qualquer forma, boa
tarde, Kirito-kun.

— Isso é perigoso, o mundo real não tem uma função de navegação. Boa tarde, Asuna.

Após se cumprimentarem, os olhos escuros de Kazuto repentinamente se estreitaram,


olhando para Asuna.

— O qu… O que foi? O que aconteceu com você de repente?

Se perguntando se algo estranho havia acontecido, Asuna juntou as mãos em frente ao


corpo e perguntou. Kazuto imediatamente chacoalhou a cabeça e gaguejou:

— Ah, não, só que… Bem… Acho que esse vestido combina com você, me faz lembrar
de…

— Eh…?

Ela reflexivamente olhou para seu corpo, levou dois segundos para ela entender o que
ele havia dito.

Naquele dia ela estava vestindo um casaco de inverno feito de lã branca. E por baixo
disso, uma saia xadrez vermelho e marfim tricotada.

3
Light Novel Project
Resumindo, todas as cores eram associadas com a não mais existente guilda,
«Cavaleiros do Sangue». Pensando nisso, em Aincrad, quase todos os dias ela se vestia em um
uniforme de cavaleira vermelho e branco. Isso provavelmente despertou as memórias de
Kazuto daqueles dias.

Tocando o lado esquerdo da cintura com os dedos, Asuna sorriu.

— …É verdade. Mas eu não tenho uma rapieira… É verdade, Kirito-kun também, hoje
você está vestido todo de preto.

Ouvindo isso, Kazuto também deu um sorriso desajeitado.

— Mas sem as duas espadas. …Na verdade, tenho tentado evitar usar preto dos pés a
cabeça, mas Suguha estava lavando nossas roupas essa manhã, só esse conjunto escapou.

— Isso pode acontecer se você deixar suas roupas jogadas por aí.

Os dedos dela se encontraram com os do Kazuto, e eles juntaram suas mãos.

— Bom, hoje nós acidentalmente vestimos as mesmas «cores dos velhos tempos».
Que coincidência.

Ela disse olhando nos olhos do Kazuto de uma posição um pouco mais alta. Ele deu
uma leve tossida e uma resposta monótona.

— Bom, nós temos saído assim há um ano; uma hora ia acontecer.

— Ei, você deveria apenas ter dito “É verdade”!

Asuna fez beicinho e então colocou a mão na jaqueta de couro.

— Mas não vamos ficar aqui plantados conversando, vamos indo. Vai escurecer logo.

— Oh, certo.

Enquanto Kazuto assentia, Asuna se achegou a ele e os dois começaram a caminhar


em direção a ponte.

Os portões principais em estilo de época contra os muros brancos estavam tingidos


pelo vermelho do por do sol, conjurando sombras negras sobre a ponte. Embora fosse
domingo, tinha poucos turistas por causa da estação.

4
Light Novel Project
Eles atravessaram o portão, passando pelos guardas que usavam casacos pesados, e
receberam um bilhete plástico de admissão em um pequeno escritório de atendimento.
Através da cerca prateada, era difícil de acreditar que ali era o centro da região central de
Tóquio, com uma vasta e silenciosa área natural.

Embora tenha sido Asuna a perguntar aonde eles deveriam ir no domingo, foi Kazuto
que decidiu que o local de encontro deveria ser «em frente aos portões principais».

O Palácio Imperial em si não é aberto ao público, mas dentro do fosso, o «Jardim


Leste» no canto nordeste era aberto ao público em seletos dias da semana — Asuna não tinha
conhecimento dessa informação até então. Claro, era a primeira vez que ela pisava naquele
lugar. Andando pela ampla e fascinante trilha, Asuna mais uma vez se sentiu estranha, ela se
virou para o garoto ao seu lado e perguntou:

— …Ah sim, por que você escolheu o Palácio Imperial para o nosso encontro? Kirito-
kun, você está interessado em história?

— Bem, não realmente. A razão principal é que… recentemente, fui chamado aqui
perto para tratar de alguns negócios estúpidos…

Por um momento, o nariz dele torceu enquanto se lembrava de algo, mas logo voltou
ao seu sorriso sereno costumeiro e continuou.

— Te contarei sobre isso mais tarde, mas você não acha que o Palácio Imperial é um
lugar um tanto interessante?

— …Interessante? Como?

Kazuto piscou os olhos, apontando seu braço direito para as árvores ao redor.

— De norte a sul tem aproximadamente dois quilômetros, de leste a oeste dá um


quilômetro e meio. A área combinada do parque norte e jardins exteriores é de
aproximadamente dois milhões e trezentos mil metros quadrados, ocupando vinte porcento
de Chivoda-ku2. Comparado ao Vaticano ou ao Palácio de Buckingham, isso é muito maior, mas
perde para o Palácio de Versalhes… E não é apenas a superfície, não há uma única via
subterrânea ou túnel no subsolo desse lugar, e nenhum tipo de avião tem permissão de voar

2
Toda a área do Palácio Imperial.

5
Light Novel Project
no espaço aéreo. Resumindo, esse lugar é uma parede vertical no centro de Tóquio, uma
enorme área restrita.

Ouvindo isso, Asuna imaginou o mapa de Tóquio em sua mente. Dando voltas e voltas
com seu indicador esquerdo no ar, ela assentiu em compreensão.

— Isso significa que a maior parte das rodovias, anéis rodoviários e radiais foi
construída com base nesse ponto…

— É verdade, Tóquio não tem o formato de um tabuleiro de xadrez como Kyoto, e sim
a forma de um disco, como um círculo radial concêntrico. E nesse centro, não apenas no nível
físico, até mesmo informações foram perfeitamente bloqueadas. Como aquela antiga «Árvore
do Mundo» de ALO… me desculpe. Fiz você se lembrar de coisas ruins.

— Não, tudo bem.

Asuna, que ficou aprisionada por um longo tempo na antiga Árvore do Mundo,
chacoalhou a cabeça diante da consideração do Kazuto e perguntou:

— Restrição no nível físico eu entendo… mas de informação, o que você quer dizer?

— Ah, isso…

Kazuto repentinamente começou a olhar para as árvores ao redor, e com curtos


movimentos de mão, apontou em várias direções.

— Você pode ver, ali e ali, tem câmeras de segurança, certo? Esse sistema de
segurança age atualmente em um sistema completamente isolado. Essa é uma rede privada
fechada sem qualquer ligação de fora.

— Oh… Ah sim, a câmera tem um formato estranho.

Olhando para onde Kazuto apontou, ela viu uma esfera negra no topo de um poste.
Parece mais uma lâmpada do que uma câmera se você não souber do que se trata.

— A próxima geração de tecnologia de segurança está sendo testada, pelo que ouvi…
Resumindo, esse lugar é o centro de Tóquio, mas ao mesmo tempo é como um «outro
mundo» isolado também… posso estar exagerando um pouco.

— Ahaha, um pouco.

6
Light Novel Project
Enquanto conversavam, eles passaram por uma enorme parede de pedra, e a trilha se
tornou uma rampa ascendente. Após caminharem em silêncio por algum tempo, a visão deles
se abriu completamente.

O outro lado era um enorme gramado, tão grande que seus limites podiam apenas
vagamente ser percebidos. Como era inverno, a grama havia secado para um leve marrom, as
folhas nas árvores ao redor caíram quase todas. Com a chegada da primavera, isso se tornaria
uma vista revigorante.

— Essas são as ruínas do Castelo Edo. Em peças históricas, o palácio interior que era
usado como palco deve ficar um pouco ao norte do gramado.

— Vamos lá ver!

Segurando a mão de Kirito novamente, Asuna começou a acelerar o passo. Ainda não
havia muitas pessoas; a maioria era de turistas estrangeiros. No caminho, eles passaram por
uma família com duas adoráveis irmãs loiras, um pai e uma mãe, que pediram a ajuda deles
para tirar uma foto. Depois que Kazuto alegremente o fez, a mãe sorriu e disse: — Nós
tiraremos uma foto de vocês dois também. — Asuna, envergonhada, ficou ao lado de Kazuto
enquanto a foto dos dois era tirada.

Após receberem o arquivo da foto pelo celular, eles se separaram da família enquanto
as jovens irmãs acenavam em despedida. Após ver a família se afastando cada vez mais em
direção à luz alaranjada, Asuna suspirou involuntariamente.

— …Cansada?

Com a pergunta de Kazuto, ela inadvertidamente o observou pelo canto do olho.

— E-R-R-A-D-O! Eu quero que nosso futuro também seja… como aquilo, hm… ah poxa!

Com o rosto ficando vermelho depois de ela dizer essas palavras sem pensar, Asuna
acelerou o passo e avançou na frente.

— E-ei, espere!

Durante uma breve corrida com Kazuto a perseguindo, eles logo chegaram a uma
bifurcação no caminho levando aos gramados sul e norte. Na bifurcação havia um banco, no
qual ela sentou.

7
Light Novel Project
Mesmo assim ela virou o rosto, e Kazuto, que sentou ao seu lado timidamente, disse:

— Hm, bem, isso… tenho certeza de que Yui vai ficar feliz se ganhar uma irmãzinha.

Ouvindo algo que a pegou de surpresa, o rosto de Asuna corou novamente, e ela riu.

— Vo-você está certo.

— Qual é, rir agora é maldade da sua parte…

— Ahaha, desculpa, desculpa. Mas, realmente, seria legal se Yui-chan pudesse vir para
esse lado e viver conosco também…

Aquela a quem eles se referem pelo nome Yui é a jovem garota que ambos
conheceram no antigo servidor de SAO. Sua verdadeira forma é na verdade um programa de
autoregulação do estado mental dos jogadores, isso é, uma inteligência artificial. Ela
reconheceu Asuna como sua mãe e Kazuto como seu pai. Quando Aincrad estava à beira da
destruição, seu programa central foi salvo no Nerve Gear de Kazuto e ela não foi deletada.
Atualmente, no quarto de Kazuto, ela «vivia» em uma máquina estacionaria dedicada,
preparada por ele.

Mas contato direto com Yui só era possível dentro de um ambiente de FullDive, em
outras palavras, apenas em ALO. Embora no mundo real se pudesse vê-la através de um
celular, a capacidade da bateria não era o bastante, e eles não poderiam «estar sempre
juntos».

Portanto, ainda que Asuna amasse Yui como uma filha, e Yui precisasse de Asuna como
mãe, sempre haveria uma barreira no espaço entre elas, separando-as entre o mundo virtual e
o real.

De repente, Kazuto segurou a mão esquerda de Asuna.

— Não se preocupe, um dia poderemos viver juntos. A tecnologia de Full Dive


avançará mais, e ambientes de RA3 serão usados mais frequentemente, com certeza.

— Hm… Verdade… é verdade.

3
Realidade Aumentada.

8
Light Novel Project
— Sim. A barreira entre o real e o virtual se tornará cada vez mais imperceptível no
futuro. Apesar de atualmente ainda existir uma diferença na quantidade de informação,
formando uma barreira…

Após ouvir o que Kazuto disse, Asuna abaixou a cabeça e segurou firmemente a mão
dele, então subitamente ergueu o rosto.

— Ah é verdade, você disse isso mais cedo. A diferença entre o mundo virtual e o real
é apenas a quantidade de informação. O que você quis dizer com isso?

— Isso é…

Kazuto olhou para longe por um instante, então olhou de volta para suas mãos unidas
sobre o banco.

— Por exemplo, dentro de ALO, segurar as mãos dessa forma, é diferente de fazer o
mesmo no mundo real, certo?

Ao ouvir isso, Asuna focou em seus sentidos na mão esquerda.

A elasticidade das palmas em contato. O calor que afasta o ar frio do inverno. Até esse
ponto seu avatar em ALO podia sentir a mesma coisa. Contudo, a atração da pele em contato
com pele, a fricção das linhas de suas palmas e o leve pulso decorrente do fluxo sanguíneo
eram sensações que nem mesmo a mais avançada tecnologia de FullDive conseguia reproduzir
completamente.

— Sim… é verdade. A mão real pode sentir muito mais coisas… Entendi, essas são as
«informações a mais», certo?

— Sim. Mas o Amusphere continuará evoluindo, o que acontecerá quando a sensação


de contato com a pele e a pulsação puderem ser reproduzidas? Apenas através do contato,
você seria capaz de distinguir entre uma mão real e a mão de um avatar?

— Posso.

A resposta imediata de Asuna estava além das expectativas de Kazuto, então ele
piscou. Olhando para o rosto dele, Asuna adicionou.

— Isso é, se for a mão do Kirito-kun. Se for a mão de outra pessoa, então talvez não.

9
Light Novel Project
Nesse momento, a temperatura e o fluxo sanguíneo da mão de Kazuto aumentaram.
Ao perceber isso, Asuna riu e continuou:

— Não apenas toque, mas visão, audição, gosto e cheiro têm mais informações no
mundo real. Então… ainda que o atual Amusphere tivesse função de RA...

— Sim. Após olhar ou tocar, você vai saber se é real ou não.

Função de RA significa usar o Amusphere enquanto acordado, combinando visão e


som reais com informação digital. Se isso fosse possível, poderia substituir computadores e
celulares. Na sua visão, você poderia ter um desktop virtual onde você poderia navegar pela
internet ou escrever mensagens, buscar endereços, ter tags de informações em pessoas e
coisas, o uso seria limitado apenas pela imaginação.4

Atualmente, a RECTO começou a trabalhar com grandes produtores de informação


para desenvolver essa máquina, mas, por causa do foco do pulso ser alterado devido à
atividade física, a necessidade de uma bateria de alta-capacidade e outros problemas, a
tecnologia ainda não alcançou um nível prático.

— …Infelizmente, com o modelo atual que se usa na cabeça, é dito que RA constante
não é possível. Contudo, um dia haverá um salto tecnológico, se pudermos receber sinais de
alta capacidade de informação dos cinco sentidos no mundo real… Ou se pudermos, sem uma
cama e uma tomada, entrar em full dive a qualquer momento...

Asuna assentiu com a cabeça para as palavras de Kazuto e continuou de onde ele
parou.

— Poderemos cruzar a barreira entre os mundos, e estar com a Yui sempre... Esse dia
certamente vai chegar.

— Sim, com certeza.

As palavras dele, sem dúvidas, foram quase as mesmas que eles disseram enquanto
pensavam na Yui após a separação entre eles no vigésimo segundo andar de Aincrad.
Percebendo isso, Asuna foi invadida por uma sensação agradável que se espalhou por seu
corpo e descansou a cabeça no ombro direito do Kazuto.

4
Accel World, alguém?

10
Light Novel Project
Aquela reunião prometida foi cumprida poucos meses depois.

É por isso que certamente as palavras deles de agora se tornariam realidade em breve.

O curto dia de inverno fez o sol parecer estar caindo por trás das árvores no oeste. O
céu estava tingido de vermelho, os pássaros migrando de volta em grupos.

Centenas de anos atrás, as pessoas que viveram na cidade olharam para o mesmo por
do sol sentados naquele enorme gramado. E então, centenas de anos no futuro, em um
mundo diferente modificado pelo tempo, alguém irá olhar para esse mesmo céu vermelho.

— … Ah…

O peito de Asuna ficou apertado de repente com um sentimento de nostalgia que a fez
suspirar gentilmente. Ela olhou para Kazuto a seu lado. Quando seus olhos se encontraram, ela
sorriu.

— De alguma forma, eu entendo. A razão pela qual você me trouxe aqui.

— Eh… entende?

— Sim. Se o mundo existe no eixo «tempo» e área «espaço», então Tóquio… dizendo
assim, o centro do nosso mundo real é sem dúvida esse lugar. Então… atualmente o eixo
central dos mundos virtuais que estão se expandindo graças «A Semente» é aquele «castelo»
que já não existe mais. É por isso que a cor desse pôr do sol é tão nostálgica…

Ao ouvir as palavras dela, Kazuto piscou várias vezes antes de ficar boquiaberto.

— Entendo… pode ser verdade. Eu não considerei realmente esse aspecto. Mas…
depois de ouvir o que você disse, posso entender uma coisa.

— Hm, o quê?

— O formato de Aincrad. Pode ser que aquela estrutura laminada cônica seja um
símbolo do «eixo do tempo e da área do espaço»

Asuna pensou por um momento e então assentiu balançando a cabeça lentamente.

11
Light Novel Project
— Sim… pode ser verdade. Mas se fosse, o mundo que o Líder criou, com programação
avançada, irá convergir e perecer. Isso é, se certo alguém não o tivesse feito sofrer uma grande
explosão no meio do processo.

— Si-sinto muito… senhorita vice-líder.

Os dois riram levemente ao mesmo tempo. Após alguns segundos, Kazuto respirou
fundo e, ainda segurando a mão da Asuna, se levantou do banco.

— Muito bem, está quase na hora de voltarmos; esse lugar fecha às cinco.

— Hmm, dá próxima vez vamos vir com a Lisbeth e a Leafa-chan. Tenho certeza que
será divertido fazer um piquenique no gramado.

— Sim, quando for primavera. É claro.

Puxada pela mão de Kazuto, Asuna também se levantou e olhou para o céu e para o
pôr do sol mais uma vez.

Quero ir para casa, ela pensou. Contudo, Miyasaka em Setagaya-ku, onde a residência
dos Yuuki era localizada no mundo real, não era a casa na qual ela pensou. A «casa na floresta»
deles no vigésimo segundo andar de Aincrad, embora tenha existido apenas por um breve
período, era a casa na qual pensou.

Embora a pequena casa de troncos tenha sido apagada, junto com a queda do castelo
flutuante, agora, para Asuna, um único lugar confortável existia em seu coração. Antes que ela
percebesse, acima da Árvore do Mundo de ALfheim, a casa alugada em «Yggdrasil City» se
tornou a casa de Asuna, Kirito e Yui.

Andando em direção ao portão de saída ao norte de Hirakawa, Asuna perguntou a


Kirito.

— Ei, você pode logar hoje à noite? Quero contar à Yui tudo sobre hoje.

— Sim, claro. Lá pelas dez da noite devo conseguir entrar.

Ele sorriu e assentiu, e de repente começou a mostrar uma expressão bastante


preocupada.

— Hum, você tem algo para fazer?

12
Light Novel Project
— Não, não é isso. Hoje a noite deve estar tudo bem apesar… isso é, Asuna, eu…

Kazuto, que raramente gaguejava ao falar, sussurrou “Uhh… hmmm… err” por alguns
segundos, mas o que ele disse a seguir assustaria Asuna:

— …Eu, muito em breve, posso transferir o «Kirito» de ALO para outro jogo…

— …Eh... eeeh!?

Em resposta à súbita exclamação de surpresa de Asuna, pássaros ergueram voo da


árvore próxima a eles.

13
Light Novel Project
14
Light Novel Project
Capítulo 3

Crepúsculo.

As nuvens baixas estavam coradas de amarelo pelo sol poente.

No deserto de pedra e areia, a sombra criada pelas ruínas do antigo edifício ficava cada
vez mais longa. Se esperarmos por mais uma hora, precisaremos considerar uma mudança
para equipamentos de combate noturno.

Lutar com óculos de visão noturna diminuía a excitação de matar ou ser morto, por
isso este não era o jeito de lutar preferido de Sinon.

— Tomara que eles apareçam antes que o sol se ponha — ela murmurou abaixada
atrás do concreto. Seus outros cinco parceiros que também estavam esperando
melancolicamente para a emboscada com certeza pensavam o mesmo.

Expressando a dúvida que estava na mente de todos, um membro do grupo da linha


de frente abaixou sua arma de pequeno calibre e sussurrou:

— Sério, por mais quanto tempo teremos que esperar... Ei, Dyne, eles estão vindo
mesmo? A informação é confiável?

O homem em questão, Dyne, com seu grande e forte corpo e seu rosto de expressões
duras, era o líder do esquadrão. Ele abaixou o grande rifle de assalto de seu ombro e disse
balançando a cabeça:

— Esses caras têm usado a mesma rota para caçar nas últimas três semanas,
aproximadamente neste mesmo horário todos os dias. Eu confirmei pessoalmente esta
informação. De fato, hoje eles estão um pouco atrasados; devem ter topado com um grupo de
mobs1 no caminho. Isso quer dizer que vamos conseguir mais itens na emboscada, então pare
de reclamar.

— Mas...

1
Mob - como são chamados os monstros em jogos online.

1
Light Novel Project
O homem da linha de frente ficou ainda mais insatisfeito e fechou a cara.

— A presa de hoje é o mesmo grupo que atacamos na semana passada, não é? Eles
podem ter mudado a rota por precaução...

— Faz seis dias desde a última emboscada. Desde então eles têm ido sempre para o
mesmo campo de caça. Eles são um esquadrão especializado em matar mobs...

No rosto de Dyne havia um sorriso de zombaria.

— Não importa quantas vezes eles sejam atacados, ou quantas vezes o tesouro deles
seja roubado, eles pensam que só precisarão caçar mais para compensar a perda. Para um
esquadrão PvP2 como nós, eles são a melhor presa, e podemos fazer isso mais umas duas ou
três vezes.

— Mas... É difícil de acreditar nisso. Normalmente, pessoas pensam em algum tipo de


contramedida após serem atacadas uma vez.

— Eles podem até ficar mais alertas no dia seguinte, mas as pessoas tendem a se
descuidarem novamente depois de um tempo, já que estão acostumadas a lutar contra os
mesmos mobs com os mesmos padrões de movimento todos os dias. Por caçarem os mesmos
mobs por tanto tempo, eles acabam por agir como mobs também. São só um bando de
pessoas sem orgulho algum.

Quanto mais Sinon ouvia, mais incomodada se sentia. Ela afundou o rosto em seu
cachecol, e oscilações emocionais fizeram com que afrouxasse o dedo do gatilho. Embora ela
compreendesse tudo isso, ouvir o discurso impertinente de Dyne fez com que seu coração
fervilhasse em irritação.

Ele ri do grupo especializado em caçar mobs, mas seu próprio esquadrão PvP
emboscando esse tipo de grupo de forma similar parece não ferir seu orgulho. Em vez de
esperar por tantas horas neste campo neutro, seria melhor ir às ruínas subterrâneas encontrar
um esquadrão de nível maior, que renderia melhores ganhos.

Mas é claro, a chance de uma derrota completa, perder equipamentos e voltar para o
ponto inicial pelo «Retorno da Morte» era maior também. Mas batalhas reais eram assim, e só
se cresceria de verdade com este tipo de tensão.

2
PvP - Player vs Player

2
Light Novel Project
Haviam se passado duas semanas desde o dia em que Sinon fora convidada a
participar daquele esquadrão liderado por Dyne, e ela se arrependera disso não muito depois.
Seus objetivos de batalha eram como uma mentira, porque eles procuravam apenas
oponentes fracos. E se houvesse ainda que um mínimo sinal de perigo, eles se retirariam; isso
era uma espécie de política de segurança do grupo.

Até então, Sinon tinha seguido a política de segurança do esquadrão sem uma única
objeção, seguindo silenciosamente as instruções de Dyne e puxando o gatilho. Entretanto, ela
não fazia isso por lealdade. Ela estava coletando informações sobre seu jeito de pensar e
aprendendo seus movimentos, pois, se eles virassem inimigos no campo de batalha algum dia,
ela teria que meter uma bala bem no meio de sua testa.

Ela não gostava da personalidade de Dyne, mas no antigo Bullet of Bullets ele tinha
ficado na 18º posição. Sua força vinha da sua build3 e de seu raro rifle de assalto, «SIG SG550»,
abaixo de seu ombro. Atirando projéteis de calibre 5,56mm, o rifle de assalto era
inegavelmente poderoso. Por isso ela continuou em silêncio e movendo os olhos rapidamente,
coletando informações que o descuidado Dyne deixava escapar.

Dyne continuou o discurso.

— ...Em geral, eles costumam trazer armas ópticas para caçar os mobs; eles não devem
ter preparado munição própria para PvP suficiente para todos. No máximo, ter uma arma de
fogo real é o melhor que podem fazer. Para acabar com esse cara, eu pedi que Sinon trouxesse
sua sniper hoje. Não há nenhum furo no plano de batalha. Certo, Sinon?

Ao ter a conversa repentinamente direcionada para si, Sinon assentiu levemente com a
cabeça enfiada em seu cachecol. Ela continuou com a boca fechada, mostrando que não tinha
nenhuma intenção de entrar na conversa.

Dyne fez um bufo entediado, mas um dos integrantes da equipe virou-se sorrindo para
Sinon e disse:

— Bem... Isso é verdade. O fato de a habilidade da Sinon com a sniper ser uma das
melhores não mudou. Ah, é mesmo, Sinon...

3
Build - Em suma, é a forma com que os pontos de status são distribuídos entre alguns
parâmetros como força, destreza, agilidade, entre outros.

3
Light Novel Project
Com um sorriso no rosto e sem sair da sombra projetada sobre si pela cobertura, o
integrante da equipe aproximou-se de Sinon engatinhando e parou ao seu lado.

— Você tem um tempo livre hoje mais tarde? Eu gostaria de alguns conselhos seus
para melhorar minhas habilidades como sniper. Você tomaria uma xícara de chá comigo em
algum lugar?

Sinon deu uma rápida olhada na arma que estava na cintura do rapaz. Sua arma
principal era uma submetralhadora «H&K UMP». Ele parecia ser um com foco em AGI. Sua
evasão durante uma batalha cara a cara era acima da média, mas seu nível e equipamentos
mostravam que ele não era bom o suficiente para ser lembrado. Ela teve que pensar muito
para se lembrar de seu nome, e abaixou levemente a cabeça.

— Desculpe-me, Ginrou-san, mas hoje estarei ocupada no mundo real...

Sua voz era parecida, mas não era igual à do mundo real. Ela possuía um timbre agudo,
claro e meigo que a fazia se sentir cansada por dentro, que era o motivo pelo qual ela não
gostava de falar. O rapaz chamado Ginrou não pareceu se importar por ter sido rejeitado, e
seu sorriso extático não saiu do rosto. Aparentemente, para alguns jogadores do sexo
masculino, somente ouvir a voz de Sinon fazia-os sentir certa excitação, e pensar nisso a fazia
suar frio.

Quando ela começou este VRMMO-RPG, «Gun Gale Online», sua vontade era que seu
personagem fosse masculino, que fosse um tipo durão e antipático. Ela logo descobriu pelo
menu de seleção que não era possível escolher um personagem de sexo diferente do jogador.
Então ela quis ser alta e forte, como uma mulher soldado, pensou.

No entanto, uma pequena e delicada forma feminina foi gerada de acordo com
parâmetros aleatórios, quase uma boneca. No mesmo instante ela pensou em apagar aquela
conta e criar outra. Mas seu amigo, que a convidara para jogar, disse: “Mas que desperdício!”
Devido à sua forte insistência, e também porque ela já havia ganhado muitos níveis no meio
tempo, Sinon não pôde começar tudo de novo.

Por causa de sua aparência, situações problemáticas como essa aconteciam de vez em
quando. Para Sinon, cuja única motivação no jogo era lutar, esse tipo de situação era
simplesmente deprimente.

4
Light Novel Project
— Entendo. Sinon, você é uma estudante no mundo real? Universitária? Você tem que
escrever um relatório ou algo assim?

— Bem...

E assim, uma vez rejeitado, ele pode usar a escola como uma desculpa para
incansavelmente convidá-la novamente. Ela era na verdade uma estudante do ensino médio,
mas isso era algo que ninguém escutaria de sua boca.

Então, os outros dois homens da linha de frente, que estavam brincando com suas
janelas de status, chegaram mais perto para conter Ginrou. Um deles, com óculos de proteção
contra fumaça e franja verde, disse:

— Ginrou-san, não vê que está incomodando a Sinon-san? Não fale de assuntos do


mundo real aqui.

— Isso aí, nós dois somos solteirões solitários.

Disse o outro, um rapaz com capacete camuflado, sorrindo; então Ginrou empurrou a
cabeça dos dois e respondeu:

— Falar o quê, tá na cara que vocês não conseguem uma namorada há anos.

Sinon encolheu mais o corpo ao lado dos três rapazes que estavam rindo e não pôde
evitar de pensar.

Quando a luta for contra outros jogadores, você deveria se concentrar enquanto
espera, checar seus equipamentos ou achar algum outro jeito útil de passar o tempo. Se você
só quer conseguir dinheiro para converter em dinheiro eletrônico, entrar para um grupo
especializado em matar mobs seria melhor. Se você só quer conhecer garotas, mesmo em um
jogo do tipo gênero-fixo, não precisava ser neste mundo horrível de assassinatos; um jogo de
fantasia, com um número maior de jogadoras, seria uma escolha melhor. Afinal, qual é a razão
para esses caras virem a este mundo?

Afundando o rosto em seu cachecol novamente, Sinon acariciou com a mão esquerda
o grande rifle apoiado num suporte de duas hastes ao seu lado.

...Um dia, eu vou usar esta arma para explodir o corpo dos seus avatares. Quando isso
acontecer, vocês poderão continuar sorrindo ao falar comigo?

5
Light Novel Project
Ela sussurrou no âmago de sua mente e, enquanto sua irritação era absorvida pelo
cano frio do rifle, aos poucos foi se acalmando.

— Eles estão vindo — sussurrou o último membro do grupo vinte minutos depois. Ele
continuara a procurar por inimigos através de um buraco no muro de concreto com seus
binóculos.

Os três homens da linha de frente e Dyne pararam a conversa, e o clima de repente


ficou tenso.

Sinon olhou para o céu. As nuvens amarelas ficaram lentamente vermelhas, mas a
luminosidade continuava boa o suficiente.

—Finalmente apareceram.

Após murmurar silenciosamente, Dyne moveu-se abaixado e pegou os binóculos do


sentinela. Ele olhou pelo buraco para checar a força de combate do inimigo.

— …Esses são os nossos caras. Sete pessoas... uma a mais que na semana passada.
Quatro homens de frente com Blasters do tipo óptico. Uma pessoa com um rifle laser de
grande calibre, e... sim, uma pessoa com a «Minimi4». Este cara usou uma arma óptica na
última semana, ele deve ter mudado para uma de balas reais às pressas. Ele será seu alvo,
Sinon. A última pessoa... está usando uma capa e sua arma não pode ser vista.

Ouvindo isso, Sinon posicionou-se para atirar colocando o rosto próximo à mira de alta
capacidade de ampliação do seu rifle.

As seis pessoas do seu grupo estavam escondidas nas ruínas de uma civilização antiga,
que foi construída em um lugar um pouco mais elevado. O muro de concreto quebrado e as
armações de aço proviam uma camuflagem completa, e este era o melhor lugar para observar
o vasto deserto à frente.

Ela olhou para o céu novamente, verificando se o sol virtual estava em uma posição
que pudesse refletir na lente. Uma vez confirmado que não estava, retirou as tampas da frente
e de trás da mira óptica.

4
FN Minimi é uma metralhadora bélgica leve produzida desde 1975.

6
Light Novel Project
Ela colocou o olho direito contra a lente, na menor ampliação, confirmando pequenos
pontos que se deslocavam no deserto. Usou os dedos para mudar o seletor de ampliação. Com
um baixo som de click, os pontos ficavam maiores e maiores, até que se tornaram sete
jogadores.

Como Dyne dissera, quatro tinham armas de ataque óptico, e dois desses quatro
tinham binóculos em seus rostos, verificando o perímetro. No entanto, seria impossível achar
o grupo de Sinon a menos que tivessem a habilidade de localizar o inimigo no nível máximo.

No meio do grupo dos inimigos havia duas pessoas andando com grandes armas em
seus ombros. Um tinha um rifle de laser óptico semiautomático, e o outro tinha uma
metralhadora de pequeno porte «FN Minimi». No mundo real, a força de defesa japonesa
usam a pequena metralhadora como excelentes armas de suporte. Uma vez que metade do
dano das armas ópticas pode ser abatida com um campo de força, a Minimi representava uma
ameaça implacavelmente superior.

Os dois tipos de armas encontradas em «Gun Gale Online», armas de munição real e
armas ópticas, são muito diferentes um do outro.

A vantagem da arma de munição real é que um hit causa um grande dano, e as balas
atravessam os campos de força. Mas a desvantagem é que você tem que carregar pesados
pentes de munição extra por aí. E a direção da bala é bastante afetada pelo vento e umidade.

Em contrapartida, as armas ópticas são muito leves, acertam o alvo à distância com
grande precisão, e tem a munição mais leve e compacta. Por outro lado, jogadores com
equipamentos defensivos podem dispersar seu dano.

Pelas razões acima, usar armas ópticas contra monstros e as de munição real contra
outros jogadores é conhecimento padrão. Essas duas categorias, fora as características de
desempenho, são bem diferentes.

Isso porque as armas ópticas têm nomes e formas fantasiosas, enquanto as armas de
munição real têm sua forma igual às existentes no mundo real.

Portanto, assim como Dyne e Ginrou, uma parcela considerável dos jogadores de GGO
é viciada em armas e gosta de segurar armas de verdade. E só mudam para armas ópticas
quando estão lutando contra mobs.

7
Light Novel Project
Agora, o rifle perto do rosto de Sinon é do tipo que usa munição real. Mas antes de vir
para este mundo, ela não sabia nada sobre fabricantes de armas. Para se jogar, era necessário
memorizar o nome das armas como itens, mas isso não queria dizer que ela tinha qualquer
interesse em armas reais. Ela acreditava que as infinitas armas neste mundo eram apenas
objetos 3D, já que ela não gostava nem mesmo de ver armas no mundo real.

Só uma coisa. Neste mundo de carnificina, ela queria continuar a destruir inimigos
virtuais com suas balas virtuais até que seu coração se tornasse duro como pedra e seu sangue
congelasse nas veias.

Por esta razão, Sinon puxaria o gatilho hoje também.

Ela dispersou os pensamentos que enchiam sua cabeça e moveu um pouco o rifle. No
final da linha inimiga, um jogador andava com óculos enormes cobrindo o rosto, uma capa de
camuflagem e um casaco cobrindo seu corpo. Como Dyne dissera, seus equipamentos não
podiam ser vistos.

Ele tinha um corpo enorme. Deveria estar usando uma mochila ou algo similar que o
fazia parecer enorme. As mangas saindo do seu casado estavam vazias. Pela aparência do
equipamento em sua cintura, o maior parecia ser uma submetralhadora.

— Você não pode ver o rosto dele por causa da capa?

Por trás dela se ouviu a voz de Ginrou. Ele podia ter brincado até aquele momento,
mas sua voz possuía certa tensão conforme ele continuou a falar.

— Será que ele é aquele...? O dos rumores ... «Death Gun».

— Ah, de jeito nenhum. Ele não pode ser real.

Dyne rapidamente respondeu rindo.

— E também, o Death Gun não deveria ser um cara pequeno usando traje ghillie5?
Esse cara é grande demais. Ele aparenta ter quase dois metros de altura. Provavelmente... um
tipo que utiliza muita STR6, carregando itens encontrados, munição e pacotes de energia. Ele
não deve ter nenhuma arma de grande porte, podemos ignorá-lo durante a batalha.

5
Traje de camuflagem que se assemelha a uma densa folhagem.
6
STR – quando ele fala do tipo STR ele se refere à sigla de “Strength” que significa força, ele
esta se referindo aos status dele.

8
Light Novel Project
Enquanto ouvia isso, Sinon olhou cuidadosamente para o homem com sua mira.

Por causa dos óculos enormes, suas expressões não podiam ser vistas. A única coisa
exposta era a sua boca. Seus lábios estavam juntos e apertados e não se percebia nenhum
movimento. Os outros membros, mesmo estando alertas, conversavam e mostravam os
dentes algumas vezes. Somente este homem grande no fundo do grupo estava totalmente
quieto, silenciosamente andando e movendo os pés sem uma única perturbação.

A intuição de Sinon após seis meses de experiência jogando GGO lhe dizia que ele era
mais forte do que o que carregava a Minimi. Entretanto, além da mochila, não parecia haver
nenhuma outra coisa na capa. Ele poderia estar escondendo uma pequena arma rara e
poderosa. Mas esses tipos de arma são em sua maioria do tipo óptica, que não é muito útil em
combates PvPs. Então sua sensação de que ele era forte poderia ser apenas sua imaginação...

Perdida em seus pensamentos, Sinon disse calmamente:

— Aquele homem... Eu tenho um mau pressentimento sobre ele. Gostaria de eliminar


o homem com a capa primeiro.

Dyne removeu os binóculos de seu rosto e olhou para Sinon com sobrancelhas
erguidas.

— Por quê? Ele claramente não esta carregando nenhuma arma poderosa.

— ...Apesar de não ter fundamento. Tenho um mau pressentimento por causa das
incertezas sobre ele.

— Se você esta falando disso, a Minimi é obviamente um fator de instabilidade. Se os


Blasters vierem para perto enquanto estivermos lidando com ele, a situação pode ficar
perigosa.

Embora escudos de força sejam defesas eficientes contra armas ópticas, esse efeito
diminui à medida que a distância fica menor. Em lutas corpo a corpo, a quantidade de tiros em
um pente de Laser Blaster poderia ser esmagadora. Sinon aceitou a derrota de má vontade e
assentiu.

— ...Entendido, o primeiro alvo é o usuário da Minimi. Se possível, eu gostaria que o


próximo alvo fosse o homem de capa.

9
Light Novel Project
Dito isso, o tiro mais efetivo de um rifle de precisão é o primeiro, antes do inimigo
achar o sniper. Depois que o inimigo sabe de onde veio o tiro, uma linha de previsão de tiro é
mostrada, então ele pode evitar o ataque facilmente.

— Ei, não temos mais muito tempo para conversar. Distância 2500 — disse o sentinela,
que pegara seus binóculos de volta de Dyne.

Dyne assentiu e virou para os três jogadores atrás dele.

— Certo, de acordo com o plano, nós esperaremos nas sombras das ruínas até que o
inimigo se aproxime. Sinon, depois que nos movermos não poderemos mais vê-los, então nos
informe se a situação mudar. Eu vou te avisar quando for pra começar a atirar.

— Entendido.

Depois da resposta curta, mais uma vez o olho direito de Sinon voltou-se para a mira
do rifle. O grupo alvo não havia mudado. Os membros continuavam se movendo no mesmo
ritmo lento pelo deserto.

O que separava Sinon deles eram 2,5 quilômetros de deserto. No centro, um pouco
mais perto do lugar onde ela estava, se encontravam as ruínas de um grande prédio. As cinco
pessoas, incluindo Dyne, usariam este prédio e se esconderiam em um ponto cego, planejando
atacar violentamente todos de uma vez.

— Ok, vamos nessa.

Com o curto comando de Dyne, todos os membros, exceto Sinon, deram uma rápida
resposta. Com o som de botas deslizando na areia e areia sendo deslocada, eles se moveram
para o lado de trás da colina. Esperando o vento do entardecer cobrir as pegadas do grupo,
Sinon tirou um pequeno fone de ouvido de dentro do seu cachecol atrás do pescoço e colocou
na orelha esquerda.

Nos minutos seguintes, Sinon, como uma sniper, tinha que lutar continuamente contra
a pressão e a solidão. Sua primeira bala poderia afetar completamente a batalha. As únicas
coisas em que podia confiar eram seu dedo e sua arma silenciosa. Sua mão esquerda
acariciava a enorme arma apoiada em um suporte de duas pernas. E o metal escuro retornava
um gélido silêncio para ela.

10
Light Novel Project
A razão de Sinon ser uma sniper rara neste mundo e uma jogadora relativamente
conhecida era por causa da existência desta incrível arma de munição real.

Seu nome era «PGM Ultima Ratio Hecate II7». Possuía 138cm de comprimento, pesava
13,8kg, uma arma de grande porte, de calibre .50, ou seja, que usava munição de 12,7mm de
diâmetro.

No mundo real, ela era classificada como parte da categoria rifle de precisão anti-
matériel8, ela ouviu. Ou seja, esta era uma arma utilizada contra veículos e edifícios. Por causa
de sua incrível força, de acordo com um artigo de nome extenso, era supostamente proibido
seu uso contra humanos. Mas é claro que neste mundo tal lei não existia.

Ela pôs as mãos nesta arma três meses atrás, quando começou a se tornar uma
jogadora veterana do GGO.

Por um capricho, ela entrou sozinha nas ruínas de um enorme calabouço abaixo da
capital SBC Gurokken. Devido à sua falta de atenção, acabou caindo em uma armadilha.

GGO se passava num cenário em que o povo voltou em espaçonaves para viver no
mundo que havia se tornado um deserto devido a uma grande guerra das antigas civilizações.
As ruas de Gurokken eram originalmente a espaçonave, e embaixo dela existia uma enorme
cidade, em ruínas devido à guerra. Dentro das ruínas da cidade, havia um grande número de
robôs de combate e monstros mutantes que esperavam por aventureiros que sonham em se
tornar lendas com uma tacada só. Sinon caiu no último e mais perigoso andar daquele lugar.

É claro, ela não esperava ir muito longe jogando solo naquele lugar. No primeiro
confronto ela seria derrotada facilmente e então poderia retornar para a cidade principal pelo
«Retorno da Morte». Ela caminhava enquanto aceitava este fato. Então chegou a um lugar
amplo como um estádio, onde uma estranha criatura apareceu.

Por seu tamanho e nome, parecia ser um chefe, mas ela não tinha visto nenhum
monstro com aquela forma em nenhum site de informações do jogo. Quando percebeu isso, o
espírito gamer dentro dela foi levemente estimulado. Já que eu vou morrer de qualquer jeito,
7
Ultima Ratio é uma irmã menor da Hecate II, feita para combate contra alvos humanos. Ou o
autor não sabe a diferença entre as duas ou o nome da arma representada em GGO é um combo das
duas armas reais citadas. Como a parte “Ultima Ratio” pertence à versão raw da novel, foi colocada na
tradução, mas, para efeito de interpretação, ignorem, já que a descrição no capítulo bate com a
descrição da Hecate II.
8
Derivado do francês, matériel, usado para designar equipamentos militares diversos; sendo
assim, um rifle anti-matériel é feito para ser usado contra objetos ao invés de pessoas.

11
Light Novel Project
vamos tentar lutar contra este ferinha. Enquanto pensava isso, ela foi até uma saída de ar na
parte superior do estádio e posicionou o seu rifle.

A batalha ocorreu de uma maneira inesperada. Nenhum dos ataques do chefe, as


garras de ferro, o gás venenoso, entre outros, podia alcançar o esconderijo de Sinon. Por outro
lado, como ele mal estava na faixa de alcance do rifle, o dano era muito baixo. Pensando na
quantidade de munição que tinha, sem perder um único tiro, ela tinha que acertar o que
parecia ser o ponto fraco do chefe, o pequeno olho em sua testa, ou caso contrário seria
impossível matá-lo.

Sinon se tornou fria como o gelo à medida que se concentrava em fazer isso. Quando o
chefe finalmente caiu, seu grande corpo se quebrou em polígonos. A luta havia durado três
horas.

O que o chefe dropou9 foi um grande rifle que ela nunca tinha visto antes. De acordo
com as características do jogo, NPCs e jogadores não podiam fazer armas de munição real de
grande porte. As lojas das ruas só podiam vender armas de munição real de pequeno porte. As
armas acima da media só podiam ser encontradas em calabouços e ruínas. O rifle que ela
obteve, «Ultima Ratio Hecate ll», pertencia ao grupo das armas mais raras que podiam ser
dropadas.

Naquele momento, incluindo o rifle de Sinon, existiam somente dez armas desse tipo
no servidor e todas eram extremamente valiosas. O preço de uma delas no último leilão foi de
20 mega créditos, ou 20 milhões na moeda corrente do jogo. Convertendo para dinheiro
eletrônico usando a proporção de 100 para 1, daria em torno de 200.000 ienes.

Sinon era uma estudante do ensino médio que morava sozinha no mundo real, e o que
ela recebia mal era suficiente para viver. Sendo atormentada por dificuldades, ela realmente
ficou sem saber o que fazer com a arma quando descobriu o seu valor. Atualmente, ela era
capaz de pagar metade da sua taxa de conexão, 1.500 ienes, com dinheiro eletrônico
conseguido no jogo, mas ela ainda tinha que pagar a outra metade. Dito isso, se ela jogasse
mais do que joga agora seria difícil manter o desempenho escolar. Entretanto, se ela tivesse
200.000 ienes, ela poderia pagar todas as suas taxas de conexão e ainda sobraria bastante
dinheiro.

9
Quando se mata um monstro em um MMO, geralmente ele deixa algo para o jogador, e a isso
se chama popularmente como dropar.

12
Light Novel Project
Mas... Sinon não vendeu a arma. A razão de ela jogar GGO não era o dinheiro, mas sim
matar inimigos, ou seja, todos os mais fortes que ela. Tudo para conquistar sua fraqueza.
Acima de todo o resto, pela primeira vez ela sentiu em seu coração que aquela arma não era
meramente um item.

Hecate ll... Devido ao seu enorme tamanho e peso, era necessário ter uma grande
quantidade de pontos no parâmetro STR. Como uma sniper, Sinon tinha mais STR do que AGI,
e ainda assim ela mal conseguia equipá-la. Na primeira vez em que a utilizou em um campo de
batalha, ao ver o inimigo pela mira, ela sentiu seu peso frio em suas mãos, seu poder e
intenção. Esculpia morticínio, um arauto de morte. Sinon queria abraçar esta sensação, não
ceder a nada, nunca vacilar, sem uma única gota de medo... Tudo isso estava naquela arma.

Um pouco depois disso, Sinon passou a ser conhecida como «Hecate»; ela descobriu
que este nome veio da mitologia grega, a deusa que governava o submundo. Esta arma seria a
sua primeira e última parceira, ela decidiu isso naquela época.

Através da mira, ela viu que o grupo alvo continuava a se mover.

Sinon ergueu o seu rosto para olhar diretamente para o deserto. Ela podia ver o grupo
de Dyne indo na direção das ruínas entre ela e o alvo. A distância entre os dois grupos fora
reduzida a 700 metros. Ela voltou seu olho direito para a mira e esperou as instruções de Dyne.

Algumas dezenas de segundos depois, o fone de ouvido ganhou vida com a voz dele e
algum ruído.

— Estamos em posição.

— Entendido. O curso e velocidade do inimigo não mudaram. Eles estão a 400 metros
de vocês e 1.500 metros de mim.

— Continua uma grande distância, consegue fazer isso?

À pergunta de Dyne, Sinon respondeu economicamente:

— Sem problemas.

— ...Ok. Comece o ataque.

13
Light Novel Project
— Entendido.

Após a breve conversa, Sinon ficou em silêncio à medida que seu dedo se dirigia à
grande trava do gatilho.

No deserto que era visto através da mira, o primeiro alvo, o homem com a Minimi no
ombro, continuava a andar e conversar como antes.

Na batalha da última semana, Sinon não atuou como sniper, mas usou um rifle de
assalto, ficando de suporte traseiro. Ela deve ter visto o homem de perto antes, mas não
conseguia se lembrar dele. Entretanto, por conseguir equipar uma arma de suporte, ele
deveria ser de um nível bem alto.

TUM, TUM, seu coração batia rapidamente enquanto ela ajustava a mira. Distância,
direção do vento e velocidade do alvo mostravam que ela teria que mirar mais de um metro
para a diagonal superior direita; ela moveu o dedo para finalmente tocar o gatilho.

Neste momento, do ponto de vista de Sinon, um círculo verde semitransparente


apareceu.

O diâmetro do círculo oscilava em ciclos; centralizado no peito do homem, o ponto


mais afastado foi para o seu joelho. Isso era o «círculo de previsão de acerto do projétil»
(círculo de tiro) que era mostrado apenas na visão da Sinon. O tiro acertaria em algum lugar
aleatório dentro daquele círculo. Naquele momento, o círculo cobria cerca de 30% do corpo do
homem, isto é, tinha uma imprecisão de 30%. Desta forma, não importava o quão potente
fosse a Hecate ll, se acertasse uma extremidade, um braço ou uma perna, seria praticamente
impossível matá-lo, a chance de morte com um único tiro era muito baixa.

O tamanho do círculo de tiro dependia da distância do alvo, desempenho da arma,


condições climáticas, nível de luz, habilidades e valores dos status, mas o parâmetro mais
importante para um sniper era o ritmo cardíaco.

O Amusphere monitorava a condição do corpo no mundo real e mandava para o


sistema do jogo.

Quando o coração batia, o círculo atingia seu tamanho máximo, para então
vagarosamente diminuir, ficando grande novamente na batida seguinte. Ou seja, para maior
precisão, o tiro precisava ser dado no instante exato entre uma batida do coração e a seguinte.

14
Light Novel Project
No entanto, em estado de relaxamento o coração bate em média 60 vezes por minuto,
isto é, um ciclo por segundo em estado calmo, mas a tensão de tentar atirar dobraria ou
aumentaria ainda mais os batimentos, com o alargamento do círculo e a velocidade em que o
círculo diminui e aumenta ampliada. Era quase impossível atirar no instante entre cada batida.

Esta era a principal razão de existir tão poucos snipers em GGO.

Eles não conseguiam acertar. Eles não conseguiam parar a tensão no momento de
atirar. É claro que em combate corpo a corpo a batida do coração fazia o círculo de tiro pulsar,
mas você continuava podendo atirar a pequenas distâncias. Para submetralhadoras
automáticas e rifles de assalto, isso era ainda mais fácil. Entretanto, atirar com um rifle de
precisão a uma distância maior que 1000 metros fazia com que o círculo de tiro ficasse do
tamanho de um homem. Na visão de Sinon, um círculo de 30% do tamanho do alvo era quase
um milagre.

Mas...

Sinon sussurrou em seu coração.

Esta pressão, ansiedade, terror é para que tipo de extensão? Uma distância de
1.500m? Isso é como jogar uma bola de papel no cesto de lixo. Sim...

Comparado àquele tempo.

O interior de sua cabeça tornou-se frio. Seus batimentos cardíacos diminuíram de


forma surreal.

Gelo. Eu sou uma máquina fria como o gelo.

O círculo de tiro diminuiu a frequência de oscilação repentinamente. Ao mesmo


tempo, sua percepção de tempo aumentou: ela podia identificar o momento exato em que o
círculo estava em seu menor tamanho.

Um... Dois... Na terceira vez em que o círculo encolheu, quando ele apontava
diretamente para o coração do homem que carregava a Minimi, Sinon puxou o gatilho.

Um rugido semelhante a um trovão abalou o ambiente.

15
Light Novel Project
Uma grande chama saiu da boca da Hecate ll, a bala passou pelo cano da arma,
atravessou o estrondo e avançou. O recuo empurrou Sinon e o rifle para trás, mas com os dois
pés apoiados ela resistiu ao impacto.

Do outro lado da mira óptica — talvez ele tenha percebido o flash — o alvo virou a
cabeça para o lado onde Sinon estava. Seu olhar se cruzou com o de Sinon, que olhava pela
mira.

Neste momento, desde o peito até o ombro do homem, incluindo sua cabeça, tudo se
tornou fragmentos e desapareceu. Um instante depois, o resto do seu corpo se quebrou como
uma estátua de vidro que fora atingida e dispersou em fragmentos. Infelizmente para ele, a
Minimi extremamente cara que ele carregava caiu na areia e se tornou um item que qualquer
um poderia pegar. Com certeza, depois que voltasse para o ponto de retorno após reviver ele
teria que lidar com o choque da morte instantânea e a perda de sua arma.

Sinon confirmou a eliminação do alvo sem nenhuma emoção; sua mão direita se
moveu automaticamente e puxou a haste de recarga da Hecate ll. Com um som metálico, uma
enorme cápsula foi ejetada, desaparecendo depois de bater numa rocha ao lado.

Enquanto carregava a próxima rodada de munição, Sinon moveu seu rifle levemente
para a direita; o segundo alvo, o homem largo com uma capa, estava em sua mira. O rosto
coberto pelos óculos de proteção estava virado diretamente para ela. Visando um ponto um
pouco acima do corpo, seu dedo apertou levemente o gatilho. O círculo de tiro verde apareceu
novamente, diminuindo para um ponto.

Somente três segundos haviam se passado após o primeiro tiro. Um rifle


semiautomático podia atirar continuamente, mas a Hecate ll não era capaz disso. Mesmo
assim, para jogadores de nível médio, ver um companheiro de time ser repentinamente
pulverizado deveria ser chocante, então levaria cinco segundos para que eles recuperassem
seu estado mental, identificassem a posição do sniper e se prepararem para desviar. Levando
em consideração esta confusão, um segundo tiro bem sucedido será possível, mas...

No entanto, o homem com a capa não mostrou nenhum sinal de confusão do fundo de
seus grandes óculos olhando diretamente para Sinon. Com certeza, esse cara é um veterano
muito experiente, ele deve ser um jogador bem conhecido, Sinon pensou enquanto puxava o
gatilho.

16
Light Novel Project
17
Light Novel Project
Naquele momento, do ponto de vista do homem, a trajetória da bala apontada para
ele foi mostrada como uma «linha de previsão de tiro», uma luz vermelha semitranslúcida.
Para lutas com armas de fogo, este era o jeito sem sentido do jogo de tornar as coisas mais
interessantes, uma assistência defensiva do sistema. Se o jogador tem uma reação alta, status
de AGI alto e coragem o suficiente, ele pode evitar mais de 50% dos disparos contínuos de um
rifle de assalto a 50 metros.

A grande vantagem da classe sniper é que o primeiro tiro não teria essa linha mostrada
ao alvo. Entretanto, a posição de Sinon já fora exposta devido ao seu primeiro tiro, então ela
não podia mais contar com essa vantagem.

Outro rugido. Do impiedoso aperto no gatilho da Hecate ll foi lançado o projétil feito
de «morte» cristalizada, que cortou a atmosfera amarelada e voou para longe.

Mas, como Sinon esperava, o homem calmamente deu um largo passo para a direita.
Logo depois o projétil de 12,7mm cortou o ar a um metro de distância daquele largo corpo e
abriu um buraco em uma parede de concreto no deserto alguns metros atrás dele.

A mão direita de Sinon moveu-se inconscientemente, recarregando o próximo


cartucho, e seu dedo, voltando para segurar a arma, não foi para o gatilho.

Qualquer tentativa de um próximo tiro seria inútil. Se precisasse atirar novamente, ela
teria que sair de sua posição atual, se esconder da visão do homem e esperar 60 segundos
para que as informações de identificação resetassem. No entanto, quando isso acontecesse, a
batalha já deveria estar definida. Olhando pela mira, ela sussurrou para o receptor.

— Primeiro alvo eliminado. Segundo alvo falhou.

Dyne rapidamente respondeu.

— Entendido. Começar ataque... Vai, vai, vai!

PAT! O som dos passos chegava a ela através do fone. Sinon soltou a respiração presa
lentamente.

Sua missão estava completa. Como a Hecate ll era uma arma ultrarrara, ir para a
batalha corpo a corpo, morrer e perder a arma seria uma situação muito grave. Dyne disse que
ela poderia esperar após completar sua missão. Seu segundo tiro perdido permaneceu em seu
coração, e ela desejou que aquela «sensação ruim» que teve fosse somente impressão.

18
Light Novel Project
Enquanto pensava, Sinon moveu novamente seu rifle e diminuiu o zoom para ver o
grupo todo do inimigo na mira. Os quatro homens da linha de frente correram rapidamente e
pularam atrás de uma pedra ou muro de concreto para se esconderem, atrás deles estava o da
retaguarda com um grande rifle de laser e o homem grande de capa...

— Ah...!!

Sinon automaticamente deixou sair um som. Só então o homem moveu as duas mãos,
jogando a capa de camuflagem do seu corpo.

As duas mãos do homem não seguravam nenhuma arma. Em sua cintura não havia
nenhuma arma também.

O que ele levava nas costas, aquilo que haviam pensado ser uma mochila para carregar
itens, foi revelado.

Entre seus ombros largos, um trilho curvado de metal se estendia. Do trilho pendia um
objeto metálico grosseiro e bem distinto.

Dentro do suporte em forma de Y, havia uma peça cilíndrica de máquina. Sua parte
superior tinha uma grande alça de transporte, abaixo desta se estendia o corpo de uma
metralhadora giratória de seis canos. Seu comprimento facilmente ultrapassava um metro.

A peça de máquina tinha um cinto embutido, que estava conectado a uma grande
caixa de munição presa ao mesmo trilho.

O tão falado porte da arma e seu formato feroz... Sinon só havia visto aquilo uma vez
na lista de armas no site de GGO.

Seu nome parecia ser «GE M134 Minigun». Classificada como metralhadora de grande
porte. Uma das maiores armas de fogo representadas em GGO. Os seis canos da metralhadora
giram em alta velocidade para carregar, atirar e ejetar cápsulas, disparando projéteis de
7,62mm a uma frequência insana de 100 balas por segundo. Pesadelo era um nome
alternativo desta arma... não, esta máquina mortal.

Logicamente, seu peso também era enorme. Somente o corpo principal pesava 18Kg.
Junto com tanta munição, devia pesar mais de 40Kg. Não importa o quanto status de STR ele
tenha, é impossível que não tenha atingido o limite de peso. Claro que se ele tiver atingido este
limite, deve haver uma penalidade de movimento.

19
Light Novel Project
A razão de o grupo estar se movendo tão devagar não era por causa do cansaço da
caçada. E sim porque esta era a velocidade máxima de movimento daquele homem.

Tomada por grande assombro, Sinon olhou pela mira da Hecate ll. No meio de seu
campo de visão, o homem grande pegou a Minigun com sua mão direita. A metralhadora
grande suavemente correu sobre um trilho e rotacionou 90 graus para o lado direito do corpo
do homem. Ambas as pernas se abriram, numa posição onde os seis canos ficaram virados
para frente, a boca do homem abaixo de seus óculos de proteção mudou pela primeira vez,
formando um sorriso feroz.

Sinon ajustou o mostrador apressadamente, reduzindo a ampliação da mira para o


mínimo.

No lado direito do campo de batalha, o grupo de três atacantes de Ginrou segurava as


submetralhadoras e avançava. Cerca de um metro à frente do grupo de Ginrou e os outros, as
balas de laser das Blasters do grupo inimigo desenharam um rastro azul se aproximando do
grupo, todas elas deixando ondulações como aquelas que se faz sobre a superfície da água, e
então de repente desapareceram. Este era o efeito do escudo de proteção de defesa contra
lasers.

Simplesmente porque eles devolveram os tiros com uma rajada das submetralhadoras,
um dos usuários de blaster do inimigo, que estava recostado atrás de uma rocha, foi coberto
de efeitos de impacto e caiu. Ginrou e os outros avançaram novamente, em direção ao muro
de concreto próximo ao inimigo...

Naquele momento, o homem grande rapidamente abaixou seu quadril.

Os seis canos da Minigun começaram a girar em alta velocidade, jorrando da


metralhadora um arco de luz cintilante que durou mais ou menos 0,3 segundos.

Simples assim, junto com a parede de concreto, o avatar de Ginrou se desintegrou e


desapareceu. Tão rápido quanto um boneco de areia exposto a uma corrente d’água.

— ...!

Sinon mordeu os lábios e se levantou. Ela pegou a Hecate ll, dobrou as duas pernas do
suporte e pendurou a alça em seu ombro.

20
Light Novel Project
A Hecate ll tinha um comprimento total de 138cm e estava pesadamente apoiada no
ombro de Sinon, cuja altura não era nem 155cm, mas ainda assim estava dentro do seu limite
de peso. Sua arma reserva, a «H & K MP7», era uma submetralhadora ultracompacta que de
algum jeito não excedia o seu limite de peso; devido ao status de STR de Sinon, ela ainda podia
carregar sete cartuchos para a Hecate ll.

Mesmo a olho nu, ela conseguia ver os flashes no campo de batalha a


aproximadamente 1.500 metros de distância. Sinon permaneceu em silêncio e correu a toda
velocidade.

Como a situação havia chegado a este ponto, o fluxo da batalha subitamente virou
contra Dyne e os outros. Se o usuário da Minigun estivesse sozinho, então pelo menos
mantendo uma distância média e se movendo constantemente em alta velocidade seria
possível derrotá-lo. Entretanto, com os usuários de Laser Blaster dando suporte a ele, uma vez
que chegassem a uma curta distância o escudo de defesa se tornaria menos efetivo, e não
conseguiriam evitar os tiros do oponente.

Embora ela fosse um membro do esquadrão, mesmo que se retirasse, ela esperava
que ninguém fosse reclamar. Afinal, ela tinha completado a missão que lhe fora dada.

No entanto, Sinon correu em linha reta em direção à batalha. Ela não pensava em
ajudar seus companheiros. Apenas o sorriso daquele homem com a Minigun fazia os pés de
Sinon avançarem.

Aquele cara podia sorrir no campo de batalha somente porque ele era forte. O tempo
de jogo para obter a Minigun era similar ou até maior do que o da Hecate ll. Aquele
equipamento demandou muita perseverança para acumular STR suficiente. E ainda mais, a
coragem que ele teve lidando com o tiro de Sinon...

Para lutar contra tal oponente, e matá-lo, a outra “eu”, a fraca demais, a sempre
soluçante e imatura «Asada Shino» seria extinta.

Somente para isso ela havia mergulhado neste mundo insano. Se fugisse agora, tudo
que ela havia acumulado até então se perderia.

Correndo sobre o solo árido na velocidade mais alta que seus parâmetros permitiam,
avançando através do ar empoeirado, Sinon continuava em total velocidade.

21
Light Novel Project
Ela se moveu através da areia carregada de cascalho, esquivando e pulando sobre
pedras salientes, paredes em ruínas e outros obstáculos, alcançando o campo de batalha em
apenas algumas dezenas de segundos.

Seu parâmetro de AGI foi usado em sua plenitude para que a ajudasse a seguir
ferozmente em linha reta a toda velocidade. Ela nem ao menos considerou procurar por
cobertura. O grupo inimigo provavelmente já devia ter percebido a sua aproximação.

Comparado ao início, os dois esquadrões haviam mudado consideravelmente. É claro,


o grupo que estava recuando era o de Dyne. Com a força da Minigun fornecendo backup, o
grupo de vanguarda do inimigo estava avançando e pressionando à distância constantemente.
E, para escapar do alcance das armas ópticas, os quatro, incluindo Dyne, estavam recuando
constantemente, movendo-se de uma cobertura para outra.

Correr para o deserto para fugir não era mais possível. Como já foram identificados,
eles seriam instantaneamente atingidos pelas balas da Minigun como que por uma cachoeira.
Além do mais, o muro de concreto que Dyne e os outros usavam como cobertura estava quase
chegando ao fim em sua rota de fuga. Só restavam as ruínas de um edifício com mais da
metade destruída pelo tempo, que foi o utilizado para a abordagem inicial. Se eles fossem para
lá, seriam presos como ratos em um saco.

Sinon, que rapidamente compreendeu a situação, tentou pular na sombra do muro


onde Dyne e os outros estavam tomando um fôlego. Neste instante, três finas linhas
vermelhas apareceram bem na frente da Sinon.

— Ku..

Rangendo os dentes, ela tomou uma postura evasiva. Estas eram as linhas de trajetória
dos inimigos que usavam as Laser Blasters.

Primeiro, Sinon abaixou o corpo ao limite e deslizou sob a linha do primeiro tiro.
Imediatamente depois, precisamente traçando a linha acima, um raio de calor azul surgiu no
espaço. Diante dos seus olhos, a segunda linha de tiro se estendeu. Ela deu impulso com o pé
direito usando toda sua força e pulou, seu corpo dançando no ar. Um laser passou bem perto
de seu abdômen, e por um momento sua visão ficou branca.

A terceira linha de tiro passou um pouco acima do lugar por onde Sinon havia pulado.
Ela encolheu a cabeça o máximo que pôde para evitar o raio de calor, mas a ponta de seu

22
Light Novel Project
curto cabelo azul foi levemente tocada pelo raio; com um som de estalo, partículas de luz se
dispersaram.

De alguma maneira, tentando evitar os tiros contínuos de laser, Sinon caiu no chão. Em
frente aos seus olhos...

Uma terrivelmente espessa linha cor de sangue, com cerca de 50cm de diâmetro, a
atingiu.

Era inegável, esta era a linha de tiro da Minigun. Alguns segundos depois, um ataque
como uma tempestade viria.

Sinon bateu em seu corpo paralisado pelo medo, inclinou o pé direito que apenas
tocou o chão e novamente pulou com toda a sua força. Ela virou o corpo no ar, no ponto mais
alto de seu salto, seu corpo estava na horizontal.

Logo depois, um vendaval de ondas de energia passou, pouco abaixo de suas costas,
onde ela sentiu sua turbulência. Depois que a constelação de balas brilhando branco passou
por sua visão, mais uma parte da parede semidestruída das ruínas do prédio um pouco atrás
explodiu.

Um pouco antes de suas costas aterrissarem no chão de areia, ela virou o corpo
novamente, caindo com as mãos e pernas no chão. Ao mesmo tempo, jogou o corpo para
frente o máximo que pode. Depois de rolar inúmeras vezes, ela chegou ao muro de concreto
onde Dyne e os outros estavam escondidos.

O líder do esquadrão olhou assustado para Sinon, que surgira de repente na sua
frente. Ainda que ela tivesse boas intenções, os olhos de Dyne não brilharam com gratidão,
apenas dúvida sobre alguém que pulou de cabeça em um lugar mortalmente perigoso de
propósito.

Dyne virou a cabeça, olhando para o rifle de assalto em suas mãos, e murmurou :

— Esses bastardos, chamaram um guarda-costas.

— Guarda-costas?

23
Light Novel Project
— Você não sabe? É este com a Minigun. Ele é chamado de «Behemoth», um cara
inteligente e forte que se estabeleceu ao norte do continente. Ele é contratado para proteção
de esquadrões com dinheiro, mas sem perseverança.

Este é um estilo de jogo muito mais respeitável que o seu, pensou Sinon, obviamente
sem falar em voz alta. Em vez disso, ela se virou pra ver os três atacantes além de Dyne, que
colocavam suas cabeças de vez em quando para fora da proteção para responder ao fogo
inimigo. Ela disse em voz baixa, em um volume tal que seu grupo mal pôde escutar.

— Se continuarmos escondidos assim, seremos eliminados em breve. Não tenho


certeza sobre a quantidade restante de balas da Minigun. Se todos nós atacarmos ao mesmo
tempo, ele vai acabar conosco em um piscar de olhos. Nós precisamos eliminar esta
possibilidade. Os dois com a SMG vão pela esquerda, Dyne e eu vamos dar a volta pela direita,
M4 fique aqui como backup...

Neste momento, Dyne a interrompeu com sua voz rouca.

— ...Isso não vai funcionar, eles têm três usuários de Laser Blaster sobrando. Se nós
avançarmos, os efeitos do escudo de defesa vão...

— A taxa de tiro contínuo da Blaster é mais lenta do que a das armas de munição real,
nós podemos evitar metade dos tiros.

— Impossível!

Dyne respondeu teimosamente e balançou a cabeça.

— Se corrermos, vamos ser exterminados de qualquer jeito... Embora seja lamentável,


vamos desistir. Se você é muito orgulhosa para vê-los vencer, deslogue agora.

Ainda que você deslogasse em um campo neutro, seu personagem não desapareceria
imediatamente. Ele continuaria lá, sem alma, por alguns minutos, vulnerável a ataques. A
chance era baixa, mas dropar armas ou itens poderia acontecer.

Naquele momento, ela pensava que o recuo do líder fora muito prematuro, mas com
esse tipo de desespero, sem mencionar o temperamento infantil, ela nunca pensou que ele
faria esse tipo de proposta. Sinon encarou por um momento o rosto do soldado supostamente
veterano Dyne.

24
Light Novel Project
Neste momento, Dyne mostrou os dentes e gritou.

— O quê? Não levem o jogo tão a sério! De qualquer forma, não vai adiantar nada,
mesmo se avançarmos, morreremos em vão...

— Então morra!

Sinon gritou em resposta.

— Pelo menos no jogo, tente morrer enfrentando uma arma!

Sério, por que eu deveria dizer este tipo de coisa a um homem que é apenas um alvo?
Aliás, com isso eu estou praticamente cortando laços com o esquadrão.

Enquanto parte de seu coração pensava isso, ela puxou a gola da jaqueta camuflada de
Dyne. E ao mesmo tempo disse aos outros três que estavam de olhos arregalados.

— Três segundos é tudo o que eu preciso, chamem a atenção do usuário da Minigun, e


eu acabo com ele com a Hecate.

— Hm... Entendido.

O homem com os óculos de proteção sobre seu cabelo verde lutou por um longo
tempo para assimilar o que estava acontecendo; então, finalmente respondeu, e os outros
dois membros restantes da equipe assentiram.

— Ok, vamos nos dividir em dois, iremos ao mesmo tempo, metade pela direita e
metade pela esquerda.

Sinon empurrou o quadril do mal humorado Dyne, e eles foram para a borda do
abrigo. Ela pegou a MP7 da esquerda de sua cintura e começou uma contagem regressiva com
a mão.

Três ... dois ... um...

— VAI!

Naquele instante, ela pegou impulso e entrou um segundo a frente dos outros no
campo de batalha onde a morte espreitava continuamente.

25
Light Novel Project
Então, algumas linhas de tiro apareceram em sua frente. Ela abaixou o corpo e,
enquanto deslizava para evitá-las, o grupo inimigo entrou em seu campo de visão.

Em frente, à direita, atrás de uma parede cerca de vinte metros adiante havia duas
pessoas com Laser Blasters. Um pouco à esquerda estava outro. O homem com a Minigun,
«Behemoth», estava no centro cerca de dez metros atrás deles e visava seus companheiros de
equipe que saíram pela esquerda.

Enquanto Sinon corria para a direita, ela apontou a MP7 em sua mão esquerda para os
usuários de Blaster. Pressionar o gatilho levemente fez com que um círculo de tiro aparecesse.
Não havia como controlar a frequência cardíaca, por isso o círculo pulsou em torno dos corpos
dos alvos.

Mesmo assim, disparou. Ela sentiu na palma da mão o recuo da MP7, que não era
nada comparado ao da Hecate II, e esvaziou o cartucho de vinte balas de 4,6mm de uma vez
só.

O contra-ataque causou pânico, e os dois usuários Blaster tentaram se esconder atrás


de um muro, mas algumas balas ainda assim atingiram seus corpos. Não foi o suficiente para
fazer com que o HP deles chegasse a zero, mas com isso ela ganhou alguns segundos.

— Dyne! Me cubra!

Sinon gritou e jogou-se no chão e, ao mesmo tempo, removeu a Hecate II das costas e
segurou-a em suas mãos. Ela não teve tempo para posicionar o suporte. Aguentando o terrível
peso da Hecate ll, olhou através da mira.

Como ainda estava em baixa ampliação, ela podia ver todo o corpo superior
Behemoth. Aquele rosto instantaneamente virou para olhar em sua direção, Sinon puxou o
gatilho, sem esperar que o círculo de tiro encolhesse.

Um rugido e um flash de morte certa rasgou o espaço; a bala passou pela direita, ao
lado da cabeça do Behemoth. O ataque acabou com os óculos de proteção na cabeça dele, que
se transformou em pó e desapareceu.

Ela havia errado o tiro!

26
Light Novel Project
Sinon mordeu os lábios e ia se levantando, quando a sua visão se cruzou com a do
Behemoth. Ele expôs sua verdadeira face, seus dois olhos cinzentos estavam em chamas, e
seus lábios tinham mais uma vez aquele sorriso destemido.

O corpo inteiro de Sinon foi coberto por um enorme feixe de luz vermelha.

Ela percebeu imediatamente que era impossível esquivar. De sua postura atual, não
havia tempo para levantar-se e pular para a esquerda ou para a direita.

Pelo menos, enfrente-o...

Seguindo suas próprias palavras, Sinon levantou-se e olhou diretamente para o


Behemoth. De repente, em algumas áreas daquele enorme corpo, “Pa-Paa!” soou com feixes
de luz.

Era Dyne. Enquanto ajoelhado com uma perna no chão e segurando seu rifle de
assalto, ele atirou com grande precisão. O fato de que tenha acertado tantos hits nesta
situação e daquela distância significava que, apesar de sua personalidade, suas habilidades
ainda eram surpreendentes; enquanto pensava essas coisas, Sinon saltou com toda sua força
para o seu lado direito. Logo depois, o lugar em que ela estava foi cortado por dezenas de
rodadas de tempestades de balas.

— Dyne! Mova-se mais para a direita...

Naquele momento com seu grito.

Os dois usuários Blaster Laser apareceram novamente visando Dyne, que estava de pé,
e atiraram sem misericórdia.

A distância era muito pequena. Os raios de calor passaram pelo campo de defesa de
Dyne e atingiram seu corpo um atrás da outro.

Dyne olhou para Sinon por um momento. E depois olhou para frente...

— Uooo!

Com esse único grito, ele começou a correr para frente.

Uma chuva de balas de luz atacou Dyne. Ele se esquivou e deslizou através delas
enquanto corria ferozmente. Mas é claro, ele não pôde evitar todos os disparos.

27
Light Novel Project
Nos seus últimos segundos, Dyne puxou seu talismã, uma granada de plasma reserva,
de sua cintura e lançou onde eles estavam escondidos. Ao mesmo tempo, seu HP chegou ao
final. Enquanto seu avatar ainda estava de costas para Sinon, ele quebrou em vários pedaços
de polígonos e desapareceu.

Em seguida, o mundo foi envolto em um flash branco.

Um martelo gigante de Deus impactou o chão. Uma grande quantidade de energia


verde clara fluiu loucamente, e uma enorme tempestade de areia surgiu. Misturado com ela
estavam os corpos dos usuários de Blaster, que antes de atingirem o solo, foram esmagados e
aniquilados.

Que coragem!

Ela fez um rápido elogio para Dyne, que acabara de sair da batalha, e então apertou os
olhos para poder enxergar em meio à poeira do campo de batalha.

Um de seus dois companheiros de equipe que pegou o caminho da esquerda parecia


ter sido morto pelo usuário da Minigun, e o usuário de Blaster que estava naquela direção
aparentemente desaparecera.

O lado direito estava uma bagunça graças ao ataque suicida de Dyne. Ele conseguiu
levar um inimigo com ele, e o que sobrara estava provavelmente atordoado.

Então, em meio à nuvem de poeira que se dispersava, uma silhueta enorme


aproximava-se dela em linha reta.

Se continuasse assim, ela teria de enfrentar o Behemoth em um mano-a-mano. Mas a


essa distância, não teria como seu rifle vencer a metralhadora de grande porte.

Ela tinha que encontrar o ponto cego da Minigun e posicionar-se para atirar, mas em
uma batalha um contra um não havia ponto cego...

... Não.

Sinon prendeu a respiração por um momento. Enquanto a poeira causada pela


granada de Dyne cobria tudo, Behemoth não tinha como saber exatamente onde ela estava. É
claro que ela também não poderia usar o seu rifle sniper, já que ela não podia vê-lo

28
Light Novel Project
claramente também, mas talvez ela pudesse ir para um lugar naquela área onde a tempestade
de tiros da Minigun não a alcançaria.

Enquanto pensava nisso, ela se virou e saiu correndo ferozmente, dirigindo-se para as
ruínas de um edifício na parte de trás do campo de batalha.

Saltando pela entrada, ela não pôde ver que a parte traseira do prédio havia

desmoronado e que o céu amarelo estava visível, mas ela visava a parede direita onde havia

escadas levando à parte superior. Enquanto tentava não pisar sobre as telhas quebradas e

fazer barulho, ela correu cautelosamente.

Na escada de metal, ela deveria ir lentamente e sem movimentos bruscos, mas subiu

sem se preocupar. Chutou a parede como uma dançarina tentando mudar sua direção e subiu

ainda mais.

Chegou ao quinto andar, onde as escadas terminaram, em menos de vinte segundos.

Havia uma grande janela do lado esquerdo.

Ela devia ter alguns segundos para ficar na posição de tiro antes que Behemoth a

notasse.

Enquanto pensava isso, Sinon posicionou a Hecate ll contra seu ombro e olhou pela

janela para o campo de batalha.

De repente, sua visão foi pintada de vermelho.

A algumas dezenas de metros abaixo, Behemoth levantou a Minigun à altura máxima e

apontou diretamente para Sinon. Ele tinha lido suas intenções. Seu pensamento e plano de

batalha, tudo.

Ela não teve tempo de recuar ou se jogar ao chão.

Tão forte. Ele era realmente um jogador do GGO... Não, um soldado.

29
Light Novel Project
No entanto, este era exatamente o adversário que Sinon queria enfrentar. Matá-lo. Ela

tinha que matá-lo.

Ela não hesitou. Sem assumir a posição de tiro, ela colocou o pé direito sobre o

parapeito da janela e se jogou.

Ao mesmo tempo, como uma chama ardente, um flash de energia veio do chão.

Whack! Um choque intenso veio da região abaixo do joelho esquerdo de Sinon, a perna de seu

avatar fora dizimada, e sua barra de HP caiu drasticamente.

Porém, ela ainda estava viva. Passou pela linha de tiro da Minigun e dançou no ar. Ela

estava diretamente acima da imponente posição do Behemoth.

Ele provavelmente queria atirar até ficar sem balas, então se inclinou, tentando

manter Sinon em sua linha de tiro. Mas ele não conseguiu alcançá-la. Para uma Minigun

pendurada em um trilho nas suas costas, não havia como mirar diretamente para cima.

Enquanto caia, Sinon segurou a Hecate ll contra o ombro e olhou através da mira.

Sua visão estava voltada diretamente para o rosto áspero do Behemoth. Naquele

rosto, o sorriso habitual desaparecera. Ele mostrava os dentes, com uma expressão de

surpresa e raiva queimando em seus olhos.

Sinon mal percebeu que sua própria boca se moveu.

O que surgiu foi um sorriso. Um cruel, selvagem e frio sorriso.

Enquanto caía, ela não estava estável o suficiente para atirar longe, mas a distância era

pequena. Quando sua mira estava a cerca de um metro da cabeça do Behemoth, o círculo de

tiro verde encolheu e ficou fixado no centro de seu rosto.

— O fim!

30
Light Novel Project
31
Light Novel Project
Enquanto sussurrava, ela puxou o gatilho.

Do dedo da deusa do submundo, a maior lança de energia daquele mundo foi lançada
em uma bala.

Que instantaneamente fez um buraco enorme no rosto do Behemoth e na parte


superior do seu corpo, indo fundo no solo de cascalho.

Posteriormente, após o rugido explosivo ter passado, o enorme corpo do Behemoth se


desfez e se dispersou.

32
Light Novel Project
Capítulo 4

No momento em que ela passou pelos portões da escola, um vento seco e frio soprou contra
seu rosto.

Asada Shino parou, apertando seu cachecol branco em volta do pescoço.

Usando óculos de aro fechado, com mais da metade de seu rosto escondido pelo tecido
do cachecol, ela começou a andar novamente. Continuou em um ritmo acelerado na calçada
coberta com folhas de outono, soltando um pequeno suspiro de dentro do peito.

Agora, do total de 608 dias em três anos de ensino médio, 156 já haviam se passado.

Um quarto pelo menos. Com esse pensamento, ela ficou atordoada pelo ascetismo que
lhe fora imposto por tanto tempo. No entanto, se ela considerasse também a segunda parte
do ensino fundamental, então 60% dos dias já faziam parte do passado. Um dia vai acabar...
Um dia vai acabar... Ela repetiu essas palavras em sua mente como um mantra.

É claro que, embora o dia da formatura estivesse chegando, não era como se tivesse
algo que ela quisesse fazer ou alguém que quisesse se tornar. Simplesmente, sua atual eu
estava sendo forçada a pertencer ao grupo conhecido como “estudantes do ensino médio”; ela
queria se livrar disso.

Frequentar aquele lugar mais parecido com um asilo dia após dia, ouvindo as palestras
de professores letárgicos, exercitando-se e fazendo um monte de outras coisas em meio a um
monte de pessoas que ela duvidava terem mudado pelo menos um pouco desde a infância.
Qual o significado de ficar fazendo essas coisas? Shino realmente não podia entender. Em
algumas circunstâncias realmente excepcionais, havia alguns professores que davam aulas
onde ela achava significante, e também havia alguns alunos que mereciam respeito. Mas, para
Shino, a existência de nenhum deles era essencial.

Uma vez Shino disse para seus avós, agora seus guardiões legais, que queria trabalhar
imediatamente ou estudar para um emprego em uma escola profissional, em vez de ir para o
ensino médio. Seu avô ficou vermelho de raiva, e sua avó chorou, dizendo que ela desejava
que Shino fosse para uma boa escola e tivesse uma boa família, caso contrário ela não

1
Light Novel Project
aguentaria ter que se desculpar com o pai de Shino. Sem escolha, ela estudou
desesperadamente e conseguiu uma vaga em uma escola metropolitana razoavelmente bem
conhecida em Tóquio, mas ficou surpresa quando entrou no colégio e deu uma olhada no
lugar. Não havia essencialmente nada de diferente da sua antiga escola pública em sua cidade
natal.

No final, Shino, assim como na escola antiga, contava rotineiramente os dias restantes
enquanto saía pelos portões da escola todo dia.

Shino vivia sozinha, em um apartamento localizado na metade do caminho entre a


escola e a estação de trem JR1. Apesar de ser do tamanho de seis tatames2, não maior do que
uma pequena cozinha, era agradável e convenientemente situada bem ao lado do distrito
comercial.

Ainda não tinha muitas pessoas no distrito comercial às três e meia da tarde.

Primeiramente, Shino procurou pela prateleira da vitrine da livraria. Apesar de ter


encontrado um novo livro de seu autor favorito, ela se conteve, pois era uma cópia de capa
dura, e saiu da loja. Se ela reservasse o livro online, dentro de um mês, ela poderia pegá-lo
emprestado da biblioteca municipal.

Em seguida ela foi à papelaria comprar uma borracha e um caderno quadriculado.


Depois de checar a quantidade de dinheiro restante em sua bolsa, ela foi ao supermercado
localizado no centro do distrito comercial, enquanto pensava no que faria para o jantar.
Naturalmente, os jantares de Shino eram refeições simples e básicas. Contanto que equilíbrio
nutricional, calorias e custos fossem alcançados, sabor e aparência eram o de menos.

Enquanto pensava em fazer sopa de cenoura e aipo com um hambúrguer de tofu, ela
passou em frente à loja de jogos, ao lado do mercado no qual estava prestes a entrar.

— Asada.

No espaço entre as duas lojas, uma voz de dentro do estreito beco chamou por Shino.

Estremecendo em reflexo, ela lentamente virou 90 graus para a direita.

1
Abreviação para Japan Railways, grupo de empresas que controla a rede ferroviária japonesa.
2
Uma área de aproximadamente 3m x 4m.

2
Light Novel Project
Três estudantes, vestidas com um uniforme idêntico ao de Shino – exceto por uma
diferença significativa no comprimento da saia – estavam no beco. Uma delas estava
agachada, mexendo em seu celular. As outras duas estavam encostadas na parede do
supermercado, sorrindo enquanto observavam Shino.

Enquanto Shino permanecia em silêncio, uma das que estavam encostadas na parede
fez um gesto arrogante, chamando com seu queixo.

— Vem cá.

Mas Shino não se moveu, perguntando bem baixo.

— O quê...?

Naquele momento, uma delas se aproximou e, sem hesitação, agarrou o pulso direito de
Shino.

— Que seja, vem logo.

Com isso, ela foi puxada antes que pudesse responder.

Shino foi puxada na direção do beco, fora da vista de qualquer pessoa por perto, e a
estudante agachada olhou para ela. A líder das três era uma garota chamada Endou. Seus
olhos, cobertos com delineador preto, e seu queixo pontudo faziam com que ela se parecesse
com algum tipo de inseto predador.

Contorcendo seus lábios brilhantes em um sorriso, Endou falou.

— Foi mal, Asada. Nós cantamos muito karaokê e agora estamos sem grana para pegar o
trem de volta pra casa. Vamos te pagar amanhã, então nos empresta uns trocados só por hoje.

Endou levantou um dedo. Ela não queria 100, nem 1000, mas sim 10.000 ienes.

Elas cantaram e cantaram, mas não fazia nem 20 minutos desde o final da aula, todas as
três tinham cartões para a passagem comum de trem e, além disso, porque pegar uma
quantidade tão grande quanto 10.000 ienes só para a passagem de trem? Com isso, Shino
havia listado rapidamente as divergências em sua mente, mas ela não expressaria seus
pensamentos em voz alta.

3
Light Novel Project
Já era a segunda vez que essas três pediam dinheiro abruptamente pra ela. Da última
vez, ela recusou dizendo que não tinha nada.

Enquanto considerava que dizer aquilo de novo teria uma chance muito baixa de
sucesso, Shino respondeu.

— Eu nunca teria tanto assim.

O sorriso de Endou desapareceu por um momento e então reapareceu.

— Pode ir sacar um pouco mais então.

Shino silenciosamente andou em direção ao distrito comercial. Elas provavelmente não


vão me seguir até o banco onde outras pessoas poderiam ver. Sinceramente, quem seria tão
estúpido de voltar se você podia simplesmente ir embora... Enquanto ela pensava isso, Endou
continuou a falar.

— Deixa a mochila aqui. Sua bolsa também. Não tem problema enquanto tiver seu
cartão, não é?

Shino parou e se virou. Embora os lábios de Endou não tivessem feito outra expressão
além daquele sorriso, aqueles olhos estreitos se iluminaram, como um gato brincando com sua
presa.

Ela já acreditou que aquelas três eram suas amigas. Quando ela se lembrava disso... Shino não
podia perdoar seu próprio erro.

Deixando o interior e se mudando para a capital, ela deixou para trás todos aqueles
quem conhecia. E, após entrar na escola, Shino não tinha nada em comum com seus colegas
de classe, não tendo interesses em comum para conversar com eles. Por isso, ela permanecia
em silêncio todos os dias. Endou e suas amigas foram as primeiras a tentar se aproximar dela.

Depois de convidarem-na para almoçar com elas, as quatro de vez em quando paravam
em restaurantes fast food no caminho da escola para casa. Na maioria das vezes, Shino ficava
só ouvindo. Mesmo não suportando suas conversas por dentro de vez em quando, ela ainda
estava feliz. Endou e companhia eram suas primeiras amigas que não tinham conhecimento
“daquele incidente” em muito tempo. Ela acreditava quê, se fosse nessa escola, poderia ser

4
Light Novel Project
uma estudante normal. Shino não soube da verdade até muito depois. As três só se
aproximaram dela após ver seu endereço no registro de classe e descobrirem que ela morava
sozinha.

— Podemos ir à sua casa jogar? — Quando elas perguntaram isso, Shino aceitou
imediatamente. Seu apartamento foi elogiado e admirado por Endou e suas amigas, cercadas
por salgadinhos, conversando até anoitecer.

No dia seguinte e nos que vieram depois, elas continuaram indo ao apartamento de
Shino.

Pouco tempo depois, as três passaram a usar o quarto de Shino para se trocar e então
pegar um trem para irem jogar. Um dia, elas deixaram seus pertences no quarto de Shino e, a
partir de então, as roupas das três passaram a ocupar o seu pequeno guarda-roupa.

Sapatos. Mochilas. Cosméticos. Os pertences pessoais de Endou e suas amigas


começaram a aumentar mais e mais. No início de maio, as três decidiram sair para jogar,
voltaram bêbadas e passaram a noite lá, simples assim.

Finalmente, em algum momento, Shino timidamente se queixou de que se elas fossem


lá sempre, ela ficaria com problemas se não pudesse estudar.

Endou simplesmente respondeu:

— Somos amigas, certo? — E no dia seguinte elas pediram uma chave reserva.

Então, aconteceu naquele sábado, no fim de maio.

Enquanto Shino estava parada em frente à sua porta, após vir da biblioteca para casa,
ela ouviu risos vindos de dentro de seu apartamento. Mas não eram apenas as risadas de
Endou e suas amigas.

Shino segurou a respiração para ouvir com atenção. O pensamento de ter que espiar seu
próprio apartamento era absurdo, algo que ela não queria fazer. Claramente, ela ouviu as
vozes de vários homens.

No seu próprio quarto, havia homens que ela não conhecia. Com tal pensamento, Shino
se encolheu de medo. O que se seguiu foi uma explosão de raiva. Ela descobrira a verdade.

5
Light Novel Project
Ela desceu as escadas do apartamento, usando seu celular para chamar a polícia.
Embora o policial que veio parecia estar perplexo com as histórias contadas por ambas as
partes, Shino repetia continuamente: — Eu não conheço essas pessoas.

— Por hora, vamos para a delegacia — o policial disse para Endou, que então lançou um
terrível olhar para Shino.

— Hunf, entendo. — Endou respondeu, pegou suas coisas e saiu do apartamento.

A retaliação veio rapidamente.

Usando habilidades demoníacas de investigação, inéditas para seu grupo, Endou


procurou a razão pela qual Shino vivia sozinha: cinco anos atrás, em uma prefeitura muito
distante, ela se envolvera num “incidente” que já havia quase sido esquecido até mesmo na
internet. Seu passado fora exposto para toda a escola. Os alunos que antes conversavam com
Shino desapareceram completamente, e até mesmo os professores evitavam olhar
diretamente pra ela.

Tudo voltou ao que era antes, como se estivesse de volta para o ensino fundamental.

Mas Shino achou que assim era melhor.

A fraqueza de querer um amigo tinha anuviado seus olhos. Ninguém poderia salvá-la a
não ser ela mesma. Ela não tinha escolha além de ficar mais forte através de seu próprio
esforço, para superar as marcas deixadas por aquele incidente. E, para fazer isso, amigos não
eram necessários. Ao contrário, não havia problema em ter inimigos. Inimigos para combater.
Todos à sua volta eram inimigos.

Engolindo em seco, Shino respirou fundo e olhou diretamente nos olhos de Endou.

Uma luz ameaçadora brilhava daqueles olhos estreitos. Dessa vez, o sorriso desapareceu
completamente.

— O que foi? Pare de enrolar e vá logo. — Endou falou numa voz baixa.

— Não quero.

— Hã?

6
Light Novel Project
— Eu não quero. Não tenho intenção de te emprestar dinheiro.

Shino respondeu sem desviar o olhar.

Uma recusa incisiva desse jeito causaria ainda mais hostilidade e rancor. Apesar disso,
Shino não atenderia ao pedido delas. Se o fizesse, estaria fugindo e traindo sua fraca
determinação, algo que não queria fazer. Não porque era Endou, mas sim porque ela não
queria se mostrar fraca. Para ficar mais forte, ela passou os últimos cinco anos com esse
pensamento. Se desistisse aqui, todos os seus esforços teriam sido em vão.

— Sua vadia... Não se atreva a me desprezar.

Com seu olho direito estava em um tique de raiva, Endou deu um passo adiante. As
outras duas garotas rapidamente cercaram Shino por trás a uma curta distância.

— Estou indo agora, então saia do meu caminho — Shino disse em voz baixa. Não
importava o quanto elas tivessem-na ameaçado, Endou não teria coragem de entrar em ação
de verdade. Aquelas garotas eram apenas filhas normais e comportadas em casa. Elas devem
ter aprendido a não fazer a coisa virar questão da polícia com o que aconteceu antes.

Porém...

Endou conhecia muito bem o ponto fraco de Shino. O único lugar que ela não podia
defender.

A cor extravagante de seus lábios brilhou quando um sorriso malicioso apareceu.

Erguendo o punho direito lentamente, ela o posicionou na mesma altura dos óculos de
Shino. Ela estendeu o polegar e o indicador de seu punho, fazendo uma imitação infantil de
uma arma. Uma imitação tola e infantil.

No entanto, aquilo já foi o suficiente para fazer o corpo todo de Shino ser dominado por
uma sensação aterradora.

Ela gradualmente perdeu a força nas pernas. O equilíbrio parecia distante. O beco atrás
de Endou começou a perder a cor. Shino não conseguia tirar os olhos da longa unha que
brilhava apontando para ela. Seus batimentos aceleraram. Um zumbido agudo começou a
tocar em seus ouvidos e foi aumentando a frequência rapidamente...

7
Light Novel Project
— Bang!

Endou gritou de repente. Quase instantaneamente, Shino soltou um grito mortificante.


Ela não conseguia parar a tremedeira que vinha de dentro do seu corpo.

— Pfff... Ei, Asada. — Com a ponta do dedo ainda estendida, Endou falou enquanto ria.

— Então, meu irmão tem algumas réplicas de armas. Da próxima vez, eu mostro pra
você na escola. Você gosta delas de pistolas, não gosta?

Ela não podia mover a língua. Ela só se agitou descontroladamente em seca sua boca
seca.

Shino balançou a cabeça, gaguejando baixo. Se lhe fosse mostrado repentinamente um


modelo de arma na escola, ela provavelmente desmaiaria na hora. Simplesmente por imaginar
aquela cena, seu estômago começou a se contrair, e seu corpo não pôde fazer mais nada além
de se agachar.

— Ei, ei, não vomite, Asada.

Ainda havia vozes misturadas com riso atrás dela.

— Mas quando você vomitar e desmaiar no meio da aula de história, vai ser superdifícil
de superar depois.

— Bem, ser for aqui, então há velhos bebuns vomitando toda hora.

Gargalhadas explodiram.

Eu quero escapar. Eu gostaria de correr pra longe. Mas não consigo. Os dois
pensamentos opostos ecoaram bem alto em sua mente.

— Vamos te deixar ir com o que tem desta vez, Asada. Você parece doente, afinal.

Endou estendeu a mão para a bolsa na mão direita de Shino, que realmente não pôde
resistir. Não pense sobre aquilo. Não se lembre daquilo. Enquanto pensava nisso, a visão de
sua memória foi revivida em um brilho negro. A pesada e úmida sensação de ferro. O cheiro de
pólvora no nariz. Naquele momento, um grito soou atrás dela.

— Por aqui! Senhor policial, rápido!

8
Light Novel Project
A voz de um mancebo.

A mão de Endou rapidamente se afastou da mochila. As três correram à frente com uma
velocidade incrível, se misturando com a multidão no distrito comercial.

Dessa vez, as pernas de Shino perderam toda a força, ela caiu de joelhos, agachando-se.

Ela tentou desesperadamente controlar a respiração, procurando evitar entrar em


pânico. Lentamente, as conversas barulhentas dos compradores e o cheiro de frango grelhado
do supermercado voltaram, e as memórias assustadoras desapareceram.

Por quantos segundos ela ficou naquele estado? Então, por trás, uma voz tímida falou.

— Você está bem, Asada-san?

Respirando fundo uma última vez, Shino juntou forças nas pernas enfraquecidas e se
levantou.

Ela ajeitou os óculos enquanto se virava, vendo um garoto magro e pequeno.

Ele usava calça jeans e um pulôver de náilon, com uma mochila verde-escuro sobre os
ombros. Junto com suas roupas casuais, havia um boné de beisebol preto acima daquele
rostinho redondo. Embora ele parecesse um estudante do ensino fundamental, as sombras
escuras sob seus olhos traíam seu rosto juvenil. Shino sabia o nome dele. Era o único nesta
cidade em quem ela podia confiar. Ou pelo menos não era um inimigo. Em outro mundo, eles
mantinham uma boa relação como companheiros.

Sentido os batimentos voltarem ao normal, Shino lhe deu um pequeno sorriso e


respondeu:

— Eu estou bem. Obrigada, Shinkawa-kun. Onde está a polícia?

Ela olhou para o fundo do beco. Era escuro e vazio, e ninguém aparentava estar lá.

Shinkawa Kyouji coçou a cabeça por sobre o boné e sorriu.

— Era um blefe. Acontece muitas vezes em filmes e mangás, não é? Sempre quis tentar.
Fico feliz que funcionou.

Shino ficou um tanto espantada e balançou levemente a cabeça.

9
Light Novel Project
10
Light Novel Project
— Você sempre aparece do nada com truques assim. O que estava fazendo por aqui?

— Ah, eu estava no fliperama logo ali. Saí pela porta dos fundos...

Kyouji olhou para trás. Numa parede de concreto encharcada pela chuva perto da rua,
ela claramente podia ver uma porta prateada.

— Pensei mesmo em discar 1103 quando elas cercaram a Asada-san...

— Sim. Você foi de grande ajuda. Obrigada. — Shino sorriu novamente. Kyouji também
sorriu por um momento, mas então, tornou a ficar com um olhar preocupado.

— Asada-san, esse tipo de coisa... acontece muito? É quê... mesmo eu não tendo muita
moral no assunto, você deveria relatar para a escola...

— Mesmo que eu faça isso, não vai ajudar em nada. Está tudo bem. Se elas forem mais
longe que isso, eu irei à delegacia. Então, antes de se preocupar com as outras pessoas, você
está... bem?

— Ah... estou. Eu não me encontrei com eles novamente.

Desta vez, ele deu uma espécie de sorriso meio que para enganar a si mesmo.

Shinkawa Kyouji foi colega de classe de Shino antes das férias de verão. “Foi”, já que ele
não ia pra escola desde o segundo semestre escolar.

De acordo com os rumores que ela ouvira, Kyouji sofria bullying dos garotos mais velhos
no clube de futebol. Seu porte físico era pequeno e sua família era dona de um grande
hospital, o que fazia dele o alvo perfeito. Eles não lhe pediam dinheiro diretamente, como o
grupo de Endou fazia, mas ele tinha que pagar comida, entretenimento e outras coisas
estúpidas, o que feriu sua autoestima no processo.

Naturalmente, ela nunca ouviu isso diretamente de Kyouji.

A primeira vez que eles conversaram de verdade foi em junho, na biblioteca municipal
das proximidades.

Shino estava na sala de leitura do segundo andar, lendo “Armas de Fogo do Mundo”. Ela
tinha terminado de ver a maior parte das revistas ilustrativas.

3
Número da polícia e emergência japonesa.

11
Light Novel Project
Na época, ela finalmente conseguiu olhar pra essas imagens sem entrar em pânico, mas
olhar a página com “aquela arma” por volta de dez segundos era seu limite. Bem quando ela
fechou o livro quase que em pânico, uma voz veio de trás:

— Você gosta de armas?

A pessoa que disse isso era seu colega de classe, coisa que ela só perceberia depois.

Shino imediatamente quis responder: “De jeito nenhum, muito pelo contrário.” No
entanto, isso o faria perguntar o porquê de ela estar lendo aquela revista. Seria difícil pra ela
dar uma resposta racional, então ela respondeu vagamente.

Hoje Kyouji já sabia que Shino tinha um medo extremo de armas no mundo real, mas
naquela época, ele entendeu mal a resposta dela. Então ele sorriu alegremente e sentou-se na
cadeira ao lado dela.

Ele apontava as armas na imagem e falava sobre cada uma delas, enquanto Shino sentia
um suor frio percorrer todo seu corpo enquanto ouvia. Mas, enquanto conversavam, Kyouji
mencionou um “outro mundo”.

Ela sabia que consoles de Full Dive eram vendidos já há alguns anos e também sabia o
significado de VRMMO. No entanto, Shino tinha passado toda a vida sem jogar videogame e
achava que era suficiente “Um Mundo de Espadas e Magia” existir apenas nos livros de
fantasia. Ela não estava interessada naquilo.

Mas o mundo virtual que Kyouji havia descrito de forma tão incrível não possuía
qualquer tipo de espada ou magia. Em vez disso, ele tinha armas. O nome desse mundo era
“Gun Gale Online” (GGO). Todas as armas que existem ou já existiram foram precisamente
reproduzidas nesse mundo, e os jogadores usavam essas armas para matarem uns aos outros,
num deserto horripilante.

Shino interrompeu Kyouji, perguntando-lhe com um suspiro.

— Nesse jogo... essa arma existe?

O menino parou por um momento, surpreso, e então balançou a cabeça, confirmando.

Se fosse assim... Shino começou a pensar. Naquele mundo virtual, ela poderia confrontar
“aquela arma” novamente? Cinco anos atrás, seu coração de onze anos de idade foi

12
Light Novel Project
profundamente ferido. Aquela arma negra deixou um ferimento de bala que nunca
desapareceria. Poderia ela enfrentar a arma negra mais uma vez, lutar contra ela, superá-la?

Shino fechou firmemente as mãos frias, totalmente úmidas pelo suor frio, e perguntou
calmamente:

— Pra começar a jogar esse jogo, quanto dinheiro é necessário?

Meio ano se passara desde então.

Dentro de Shino, nasceu uma menina chamada “Sinon”, uma implacável atiradora de
elite que se tornou famosa nos desertos de GGO.

Mas, infelizmente, ela ainda não tinha encontrado um inimigo que usasse “aquela
arma”. Então Shino não sabia. Seu verdadeiro eu, não Sinon, mas Asada Shino, teria realmente
ficado mais forte? Ou não?

A resposta ainda era incerta.

— Ei, quer beber alguma coisa? Eu pago.

A voz de Kyouji a puxou de seus devaneios. Olhando pra cima, ela viu que o sol,
brilhando naquele beco estreito, já tinha começado a avermelhar.

— Sério?

Shino sorriu, e Kyouji assentiu alegremente.

— Eu quero ouvir a história da confusão em que você se envolveu da última vez. Há uma
casa de chá tranquila aqui por perto.

Poucos minutos depois, ela estava sentada numa cadeira ao fundo da loja para onde ela
foi guiada. Segurando nas mãos uma deliciosa xícara de chá com leite exalando seu aroma, ela
finalmente relaxou um pouco. Endou provavelmente continuaria a encontrar formas de
intimidá-la. Bem, o que tiver de ser, será, ela pensou, limpando a mente desses pensamentos.

— Eu ouvi, anteontem. Você teve uma grande vitória, não é?

Ela olhou para Kyouji. O garoto magricela estava cutucando com uma colher a meia bola
de sorvete de baunilha flutuando em seu café gelado, olhando pra ela com olhos vidrados.

13
Light Novel Project
— Nem. O plano foi um fracasso. Das seis pessoas no nosso esquadrão, quatro foram
mortas. Uma emboscada que acaba em tiroteio não pode ser chamada de vitória.

Ela respondeu, encolhendo os ombros. Embora no mundo real, armas podiam


facilmente deixá-la em pânico, quando falava sobre elas dentro de GGO, ela conseguia ficar
calma. Era como se o mundo virtual funcionasse como um tipo de reabilitação.

— Ainda assim, é incrível. Eu ouvi que aquele usuário da Minigun, “Behemoth”, nunca
tinha morrido numa batalha em grupo antes.

— Ah... Ele é famoso assim? Eu não vi o nome dele no ranking do “Bullet of Bullets”,
então não o conhecia.

— Há uma razão para isso. Não importa o quão forte seja a Minigun, carregar 500
cartuchos de munição o deixa sobrecarregado, daí ele não pode corre mais. “BoB” é um
torneio de luta solo. Numa luta contra um sniper, será o fim pra ele. No entanto, se ele tiver
suporte adequado numa batalha em grupo, ele é invencível. Aquela arma é contra as regras.

Ver Kyouji reclamar daquele jeito, e ainda por cima fazendo beicinho, fez com que Shino
não conseguisse segurar um sorriso.

— Então minha Hecate II realmente seria contra as regras. Depois de usá-la, tenho que
encarar uma série de problemas também. Aquele Behemoth-san provavelmente está
pensando a mesma coisa.

— Céus, isso é reclamar de barriga cheia... Então, quais são seus planos para o próximo
“BoB”?

— Vou entrar, é claro. Já tenho as informações de quase todas as 20 pessoas


classificadas. Planejo levar a Hecate dessa vez. Dessa vez eu vou...

Matar. Ela ia dizer, mas rapidamente voltou atrás, trocando por:

— ...Tentar alcançar uma posição maior.

Shino/Sinon participou do torneio de classificação de GGO dois meses atrás, chamado


“Bullet of Bullets”. Trinta pessoas passaram das preliminares e entraram para o torneio
principal, uma verdadeira batalha, competindo para ser o mais forte. Apesar de seus esforços,
Sinon terminou em 22º lugar. Como os trinta participantes eram aleatoriamente distribuídos

14
Light Novel Project
por um grande mapa no início do “BoB”, havia uma chance de que você pudesse ser
instantaneamente forçado a lutar em um combate de curta distância. Pensando nisso, ela usou
um rifle de assalto em vez de um rifle de longo alcance como a Hecate II. Porém, enquanto
estava num combate de curto alcance, ela foi morta por um sniper com uma “Remington M40”
de bem longe.

Dois meses depois, mesmo que a arma continuasse difícil de manejar, ela ganhou
experiência com a Hecate e acostumou-se com ela. Ela também achou uma rara
submetralhadora leve, a “MP7”, o que lhe permitia lutar a curta distância de forma mais
efetiva. Ela levaria o enorme rifle para entrar no próximo, o terceiro “BoB”, pensou.
Basicamente, ela iria se esconder atrás de uma cobertura, mesmo que isso seja considerado
injusto, esperando um alvo entrar em seu campo visual e, então, vai explodir todos eles, sem
deixar nenhum restante.

Nesse GGO, lotado de guerreiros poderosos, ela mataria todos os seus inimigos. E
quando pudesse ter certeza de que é a mais forte, nessa hora, com certeza...

A voz contida de Kyouji em sua orelha puxou-a de volta para a realidade, tirando-a de
seus pensamentos sombrios.

— Entendo...

Shino piscou e olhou para Kyouji, que a fitava com olhos um tanto quanto brilhantes.

— Asada-san é demais. Você conseguiu aquela arma incrível... e seus status parecem
com os de alguém que possui uma build de STR. Fui eu quem te convidou para o GGO, mas
você já me deixou muito pra trás.

— Isso não é verdade. Shinkawa-san chegou às semifinais no torneio anterior também.


Aquela luta foi no fim definida na sorte. Foi uma pena. Se você tivesse chegado à final, aposto
que teria sido capaz de entrar no torneio principal.

— Não... Eu não posso. Com uma build de AGI, se eu não tiver extrema sorte com drops
raros, isso é o máximo que conseguirei alcançar. A distribuição dos meus status foi um erro...

Enquanto ouvia Kyouji reclamando, ela franziu a testa.

O outro Kyouji, um personagem chamado “Spiegel”, seguiu a rota de AGI, que foca no
aumento da destreza e que foi popular no início do jogo.

15
Light Novel Project
Esse tipo de personagem usa seu enorme poder de evasão e velocidade de disparo —
nesse caso, a velocidade de disparo não é quantas vezes a arma dispara em determinado
tempo, mas sim o tempo necessário para mirar e o Círculo de Acerto estabilizar —, para
destruir outros tipos de personagens. As builds de AGI tiveram vantagem por meio ano, desde
o início do GGO. No entanto, quando novos mapas foram liberados, eles não possuíam a STR
necessária para equipar novas armas que ficaram disponíveis, ou as armas ficaram mais
precisas, o que deixou a evasão menos eficaz. Agora, oito meses após o início do jogo, builds
de AGI deixaram de ser a principal tendência. Mesmo assim, se aqueles com build de AGI
conseguissem rifles raros de alto calibre, especializados em velocidade de disparo, por
exemplo, um “FN FAL” ou um “H&K G3”, eles ainda poderiam se dar bem. No último BoB, o
segundo colocado, chamado “Yamikaze”, tinha uma build de AGI. Ele foi vencido pelo campeão
daquela edição, “Zekushiido”, que possuía uma build equilibrada de STR/VIT. No entanto...

Para Shino, status e coisas do tipo eram apenas a “força do personagem”. Havia um
fator mais importante que sempre existiu.

Esse fator era a força do próprio jogador, sua determinação pessoal. Na sua luta de
anteontem, “Behemoth” mantinha em geral uma postura calma quando se movia e, além
disso, se dava ao luxo de um sorriso presunçoso. A fonte da força daquele homem não era sua
M134 Minigun, mas sim seu sorriso feroz.

É por isso que Shino não podia aceitar que as coisas eram como Kyouji disse.

— Sim, aquela arma, além de forte, é muito rara, embora... Há pessoas fortes com armas
raras, mas nem todos com uma arma rara são fortes. Na verdade, cerca de metade das trinta
pessoas que entraram no torneio anterior utilizavam armas compradas em lojas.

— Você pode dizer isso porque conseguiu aquela arma super-rara e, além disso, uma
build equilibrada de STR. A qualidade da arma realmente faz a diferença.

Enquanto assistia Kyouji suspirar e misturar seu café com o creme, Shino percebeu que
continuar naquilo seria inútil, então tentou terminar o assunto.

— Então, Shinkawa-kun. Você não vai entrar no próximo “BoB”?

— ...Não. Mesmo que eu entre, seria inútil.

16
Light Novel Project
— Entendo... Bem... você tem os estudos também. Você tem que fazer o teste do
cursinho, não é? Como foram os resultados do simulado?

Kyouji não tinha ido às aulas desde as férias de verão e parecia que ele teve uma bela
discussão com seu pai quanto a esse incidente.

O pai dele administra um hospital razoavelmente grande e, por isso, o segundo filho,
Kyouji, que deveria levar adiante o nome da família, tinha sido estritamente ordenado para se
preparar para os exames de medicina. Após uma reunião de família extremamente tensa, foi
permitido que ele estudasse em casa, mas daqui a dois anos ele deveria participar do
vestibular para entrar na famosa faculdade de medicina onde seu pai tinha se formado. Este
foi o acordo deles, Shino ouviu ele dizer antes.

— Ah... Sim.

Kyouji assentiu e sorriu.

— Estou bem. Estou mantendo o nível que tinha quando ainda ia pra escola. Sem
problemas, Sra. Instrutora.

— Isso é bom.

Shino respondeu brincando, também com um sorriso.

— O tempo que você fica logado é incrível, Shinkawa-kun. Eu estava um pouco


preocupada. Você está online sempre que entro.

— Estudo durante o dia. Variar é muito importante.

— Já que passa tanto tempo jogando, você deve fazer muito dinheiro, não?

— Isso não é verdade. É quase impossível pra um jogador com build de AGI ir caçar
sozinho agora...

Vendo que o clima da conversa ficou estranho novamente, Shino se apressou em dizer:

— Bem, contanto que você consiga o suficiente pra pagar a taxa de conexão, já está
bom. Desculpe, preciso ir agora.

17
Light Novel Project
— Ah, entendo. Asada-san cozinha sozinha, não é mesmo? Quero comer sua comida
novamente, se possível.

— Ah, claro. Mas... Preciso melhorar minhas habilidades culinárias um pouco antes.

Shino começou a entrar em pânico novamente.

Uma vez, ela convidou Kyouji para ir jantar em sua casa. Comer foi divertido, mas
depois, quando estavam bebendo chá, face a face, ela sentiu o olhar de Kyouji ficar mais
intenso e começou a suar frio. Mesmo que ele fosse um super nerd gamer e um maníaco por
armas, um homem ainda era um homem. Mais tarde, pensando melhor, ela chegou à
conclusão de que convidá-lo para sua casa onde ela morava sozinha foi um pouco
irresponsável.

Ela não o odiava. Conversar com ele era uma das únicas coisas que ela podia fazer para
relaxar no mundo real. No entanto, no momento, ela não queria nada mais além do que sua
relação atual com ele. Não até que ela pudesse destruir a escuridão no fundo de seu coração.
Não até que ela pudesse vencer aquela memória.

— Obrigada pelo chá. Também... obrigada mesmo por me salvar. Você foi muito legal.

Shino disse enquanto se levantava. Kyouji tinha um sorriso de orelha a orelha enquanto
coçava a cabeça.

— Se eu pudesse te proteger sempre seria muito bom. Bem... quando você sair da
escola... posso ir lá te buscar?

— Não, não. Está tudo bem. Eu também preciso ficar mais forte.

Após ouvir a resposta risonha de Shino, os olhos de Kyouji brilharam mais uma vez, e
seus olhos de cachorrinho desapareceram.

Shino subiu a escada de concreto, tingida levemente de preto após anos sendo castigada pela
chuva.

18
Light Novel Project
A segunda porta era o apartamento onde Shino vivia sozinha. Ela pegou uma chave no
bolso da saia e colocou na velha fechadura eletrônica. Depois de inserir um código de quatro
dígitos no pequeno painel, ela girou a chave e ouviu um clique metálico.

Ela caminhou pela entrada mal iluminada e fechou a porta com uma mão atrás das
costas.

Ela girou a trava e, após confirmar que estava trancada, silenciosamente soltou.

— Cheguei — claro, ninguém respondeu.

Da área da entrada, um espaço estreito, porém largo, cerca de três metros, podia-se ver
do lado direito a porta do banheiro; do lado esquerdo, uma pequena cozinha.

Ela colocou os vegetais, o tofu e outras coisas que comprou no supermercado dentro da
geladeira ao lado da pia. Então, caminhou até o outro lado da sala, onde deu um suspiro de
alívio. Como os últimos raios de sol brilhavam através da cortina, ela tocou um interruptor na
parede para acender as luzes.

Morar ali não era motivo de orgulho. O chão era de piso vinílico, e as cortinas eram de
uma cor marfim neutra. Ante a parede do lado direito havia uma cama de estrutura cilíndrica
na cor preta, e, um pouco mais abaixo, ao lado da mesma, uma escrivaninha da mesma cor. Na
parede oposta, havia um pequeno baú e uma estante. Um espelho com o tamanho de Shino
ao lado da estante e do baú era a principal peça na mobília.

Ela pôs a mochila no chão e tirou o cachecol branco, assim como seu casaco, colocando
ambos em um cabide e, em seguida, num pequeno armário. Ela puxou o brilhante lenço verde-
escuro de seu uniforme de marinheiro quase negro, porém, enquanto sua mão esquerda
puxava o zíper para baixo, ela parou e olhou para a escrivaninha.

Aquilo que aconteceu depois da escola hoje foi um tanto incômodo, mas ela conseguiu
enfrentar Endou, então um pouco de confiança permaneceu no fundo de seu coração. Na
verdade, ela chegou a ficar em pânico, mas ainda assim permaneceu firme, sem fugir.

E dois dias atrás, dentro de GGO, ela ganhou uma luta mortal contra o inimigo mais forte
quem já enfrentara. Ela sentiu o coração acender-se com um fogo notavelmente forte.

Shinkawa Kyouji disse a ela que aquele cara, Behemoth, era invencível numa luta em
grupo. Ela sentiu que aquela lenda não era exagerada, já que o homem causou uma pressão

19
Light Novel Project
incrível sobre o grupo dela. Durante a luta, Shino/Sinon já se conformara com a derrota. No
entanto, no final, ela conseguiu obter a vitória por sua própria força.

Talvez...

Talvez agora ela fosse capaz de encarar aquela memória e superá-la de vez.

Enquanto estava parada, Shino continuava a olhar para a escrivaninha.

Dezenas de segundos depois, ela jogou o lenço que ainda estava em sua mão direita na
cama e caminhou apressadamente em direção à escrivaninha.

Ela respirou fundo pra que o medo que a dominava fosse embora.

Ela colocou os dedos no puxador da terceira gaveta e lentamente a abriu.

Dentro dela, havia pequenas caixas usadas para organizar utensílios de escrita e coisas
do tipo. Ela continuou puxando a gaveta, e o que estava por trás das caixas foi exposto
lentamente. Ao fim, “aquela” forma apareceu. Brilhando, preto fosco, havia um pequeno...
brinquedo.

Era um modelo de plástico de uma arma de fogo. Mas era feita muito detalhadamente, e
as minúsculas ranhuras correndo em sua superfície dava-lhe uma aparência metálica.

Ela lutou para controlar seus batimentos cardíacos ao ver aquela forma e estendeu sua
mão direita. Sua mão trêmula tocou o punho da arma, segurou-o e, em seguida, levou-a para
fora. Ela sentiu esse simples gesto profundamente. Era como se todo o frio da sala viesse do
objeto.

Aquela arma de brinquedo não era modelo de nenhuma arma existente no mundo real.
O cabo era moldado com uma curva ergonômica e, acima do protetor do gatilho, havia um
cano de alto calibre. Pode-se dizer que era do estilo Bullpup4, com aberturas de ventilação
colocadas em algum lugar atrás e acima do cabo.

O nome da arma era “Procyon SL”, uma arma óptica de Gun Gale Online. Sua categoria
era de pistola, mas ela era automática, então era uma arma muito usada em lutas contra
monstros.

4
Configuração de armas de fogo onde o gatilho está localizado à frente do carregador de
munição.

20
Light Novel Project
Embora Shino tivesse um depósito de itens em Gurokken, o objeto que a Shino real
tinha não era algo que ela comprou. Não era algo vendido em lojas também.

Aconteceu poucos dias depois de ela ter entrado no “Bullet of Bullets” dois meses atrás
e ter perdido, ficando em 22º lugar. Endereçado à conta de jogo de Shino havia um e-mail em
inglês de “Zasker”, a empresa que operava GGO.

Apesar de ter levado algum tempo pra entender o que o e-mail dizia, parecia ser um
prêmio de participação do BoB. Ela poderia optar por receber moedas ou itens no jogo ou um
modelo de arma “Procyon SL” no mundo real, era o que parecia dizer.

Mesmo que fosse um brinquedo, ela não suportaria receber itens relacionados a armas
no mundo real, então, inicialmente, decidiu pegar o dinheiro no jogo. Mas então ela pensou
uma coisa.

Para confirmar o efeito do uso de GGO como um tipo de “tratamento drástico”, um dia
ela teria que tocar um modelo de arma no mundo real. Dito isso, ela deveria ir comprar um
modelo de arma numa loja, o que resultaria num enorme conflito psicológico. Se ela pedisse
para Kyouji, ele provavelmente ficaria muito feliz em emprestar um para ela, mas ela não
podia suportar a ideia de entrar em pânico quando fosse aceitá-lo. Comprar um na internet era
provavelmente a melhor escolha. Mas olhar várias fotos de armas em alguma loja virtual seria
demais pra ela, então ela nunca poderia comprar uma. E claro, ainda havia o problema do
dinheiro.

Se a empresa que operava GGO mandasse para ela o modelo de graça, seria a melhor
opção. Então, depois de ficar indecisa quase até o final do prazo de escolha, ela optou por
aceitar o prêmio de participação no mundo real.

Uma semana depois, a pesada encomenda internacional (EMS5) tinha chegado.

Levou mais duas semanas pra ela decidir abrir.

No entanto, sua reação naquele momento traiu e muito suas expectativas. Shino
colocou o modelo na parte mais funda da gaveta de sua escrivaninha e escondeu a memória
em um canto da mente.

E agora, uma vez mais, Shino segurava a Procyon em sua mão.

5
EMS = Express Mail Service ou Serviço de Correios Expresso.

21
Light Novel Project
O frio da arma passou da palma de sua mão para o braço e em seguida para os ombros,
adentrando profundamente em seu corpo. Era apenas um modelo de resina, mas parecia ser
extremamente pesado. Deveria ser uma arma leve o suficiente para ser girada no dedo, mas
ela podia sentir como se uma corrente estivesse prendendo-a ao chão.

A arma ficou quente, roubando o calor de seu corpo através de sua mão. E em meio ao
suor frio e ao calor que sentia ao mesmo tempo, Shino percebeu outra presença.

Quem é?

É... aquele... homem.

Seus batimentos aceleraram a uma velocidade além de seu controle. Sangue frio
percorria seu corpo, um zumbido alto em seus ouvidos. Ela perdeu o senso de equilíbrio. O
chão sob seus pés se vacilou, perdendo a solidez.

No entanto, Shino não conseguia tirar os olhos daquele brilho negro da arma. Ela
olhava-a tão de perto que parecia que ia engoli-la.

Havia um zumbido em seus ouvidos. Tornou-se um grito agudo. Era o grito de uma
garotinha embebido com puro terror.

Quem estava gritando?

Era... eu.

Shino não conhecia o rosto do pai.

Isso não apenas significa que ela não tinha memórias de seu pai na vida real. Reza a
lenda que Shino nunca viu seu pai, nem em fotos ou vídeos.

Quando seu pai faleceu em um acidente de carro, Shino não tinha nem dois anos de
idade.

Naquele dia, a família de três, seu pai, sua mãe e Shino, estavam indo pra casa de seus
avós maternos para celebrar o ano novo. Seu carro passava perto da fronteira nordeste do
distrito, onde uma velha estrada de duas faixas corria ao longo de uma montanha. Como eles
saíram Tóquio atrasados, já era em torno de onze da noite.

22
Light Novel Project
A causa do acidente era evidenciada pelas marcas de pneu na pista: um caminhão vindo
no sentido oposto perdeu o controle da direção em uma curva e foi em direção à faixa em que
eles estavam.

O motorista do caminhão atravessou o para-brisa e caiu na estrada, morrendo


instantaneamente.

Seu pequeno carro foi diretamente atingido no lado direito6, sendo jogado através da
grade de proteção, rolando pelo lado da montanha, parando somente ao acertar um par de
árvores. No momento, seu pai estava inconsciente, com ferimentos graves, mas ainda vivo,
enquanto sua mãe, sentada ao lado de seu pai, teve a perna esquerda fraturada. No banco de
trás, Shino, ainda bebê, com cinto de segurança firmemente preso, não sofreu quase nenhuma
lesão. No entanto, ela não tinha quase nenhuma memória desse evento.

Infelizmente, nem mesmo os moradores locais usavam aquela estrada com frequência,
ainda mais durante a noite. Por isso, não havia um único carro passando por ali. Além disso,
devido ao acidente, o celular do carro estava quebrado.

Quando finalmente um motorista na velha estrada notou o acidente e relatou-o na


manhã seguinte, passaram-se seis horas.

Durante esse tempo, a mãe de Shino só pôde ficar sentada, assistindo seu pai
lentamente ficar frio e, finalmente, morrer de hemorragia interna.

Naquele momento, em algum lugar dentro da mente de sua mãe, algo quebrou.

Depois do acidente, o estado mental de sua mãe regrediu para quando ela era
adolescente e conheceu o pai de Shino. Shino e sua mãe deixaram Tóquio e passaram a viver
com os pais de sua mãe. Todos os pertences de seu pai, todas as imagens e vídeos que
mostravam ele foram descartados por sua mãe, e ela nunca mencionou nenhuma de suas
memórias.

Sua mãe queria paz e tranquilidade, então ela começou a viver como uma garota do
interior. Como sua mãe via a filha, a própria Shino não podia ter certeza, mesmo 15 anos após
o acidente. Talvez ela a visse como uma irmã mais nova. Mesmo assim, após o acidente, sua
mãe ainda a amava profundamente. Ela se lembrou de sua mãe lendo livros infantis e
cantando canções de ninar para ela durante a noite.

6
O lugar do motorista de carros fabricados no Japão é na direita.

23
Light Novel Project
É por isso que, na memória de Shino, sua mãe era uma menina frágil que se magoaria
facilmente. Naturalmente, quando ela começou a entender melhor, Shino pensou que deveria
se tornar mais forte. Ela pensou que deveria proteger sua mãe.

Uma vez, quando seus avôs estavam fora, um vendedor muito persistente sentou-se na
entrada, assustando sua mãe. Então, aos nove anos de idade, Shino o mandou embora,
dizendo-lhe que, se ele não saísse, ela chamaria a polícia.

Para Shino, o mundo exterior tinha muitos elementos que ameaçavam a vida pacífica de
sua mãe. Eu tenho que protegê-la... tenho que protegê-la. Esse era seu único pensamento.

É por isso que... Shino se lembrou. Por isso que aquele incidente aconteceu. Em certo
sentido, era inevitável. Shino continuou tentando manter o mundo exterior longe e, assim,
aquele mundo malicioso veio por vingança.

Shino, aos 11 anos de idade, aluna do sexto ano do ensino fundamental, não brincava ao
ar livre frequentemente, muitas vezes optando por voltar para casa imediatamente ao sair da
escola e ler livros emprestados da biblioteca. Seus resultados nas provas eram bons, mas ela
não tinha muitos amigos. Ela era especialmente sensível a interferências exteriores; houve um
incidente em que um menino pregou uma peça inofensiva, escondendo seus sapatos. Então
ela bateu nele de verdade, causando-lhe um nariz sangrando.

Aconteceu num sábado à tarde, após o início do segundo semestre.

Shino e sua mãe foram a uma pequena agência de correios7 próxima. Não havia outros
clientes.

Enquanto sua mãe preenchia a papelada em um guichê, Shino sentou-se em um banco,


balançando as pernas enquanto lia um livro colocado lá para as pessoas que estivessem
esperando. Ela não se lembrava do título.

Um rangido. Ela ouviu o barulho da porta, olhou para cima e viu um homem entrando.
Magro, de meia-idade, vestindo roupas acinzentadas, o homem segurava uma bolsa.

O homem parou na porta e olhou em volta, dentro do escritório. Seus olhos se


encontraram com os de Shino por um instante. Ela achou a cor dos olhos dele um pouco
estranha. No centro daquele branco amarelado, as pupilas, negras como um buraco fundo, se

7
Correios japoneses também funcionam como bancos.

24
Light Novel Project
moveram rapidamente. Pensando agora, suas pupilas estavam muito dilatadas. Foi descoberto
mais tarde que o homem injetara-se com algum tipo de estimulante antes de ir para os
correios.

Mas, naquele momento, Shino não teve tempo para questionar isso, já que o homem
rapidamente se moveu para um guichê.

Enquanto a mãe de Shino completava algum tipo de procedimento no guichê de


“transferências e poupanças”, o homem de repente agarrou seu braço e puxou. Ele então a
jogou violentamente. Sua mãe caiu sem fazer barulho; o choque foi tão grande que ela
congelou com os olhos abertos.

Shino instantaneamente ficou em pé. Ela ia protestar contra o repentino ato de violência
sem razão contra sua amada mãe.

Então o homem colocou a bolsa no balcão ruidosamente e tirou um objeto preto lá de


dentro. Até que Shino percebesse que era uma arma, o homem já a tinha apontado para o
atendente no guichê. Pistola... Brinquedo... Não, é real... Assalto?! Algumas palavras passaram
pela mente de Shino.

— Coloque o dinheiro na bolsa!

O homem gritou numa voz rouca. Então, ele continuou.

— Põe as mãos no balcão! Não aperte o botão de alarme! Você aí, não se mexa!

Movendo sua arma pra esquerda e pra direita, ele reprimiu vários trabalhadores atrás.

Ela deveria imediatamente sair correndo da agência e pedir ajuda, foi o que Shino
pensou. No entanto, ela não podia abandonar sua mão no chão e ir.

Enquanto Shino hesitava, o homem gritou novamente.

— Apresse-se e coloque o dinheiro na bolsa! Tudo que você tem! Rápido!

O trabalhador no guichê, com o rosto tenso, estendeu um bolo de dinheiro de cinco


centímetros de espessura com a mão direita...

Naquele momento...

25
Light Novel Project
Suas orelhas ficaram dormentes. Levou algum tempo para descobrir que era devido ao
barulho alto e explosivo. Em seguida, um pequeno som metálico. Algo havia atingido a parede
e saltado, caindo perto dos pés de Shino. Um pequeno tubo metálico dourado.

Quando ela levantou a cabeça novamente, viu quê, do outro lado do balcão, o
trabalhador estava com os olhos arregalados, ambas as mãos apertando o peito. Ela podia ver
quê, sob sua gravata, a camisa branca estava tingida de vermelho. No momento, o trabalhador
se inclinou para trás em sua cadeira, encostando-se a um armário de arquivos próximo, e caiu
no chão.

— Eu falei pra você não apertar o botão!

A voz do homem ficou mais aguda. Ela pôde ver que a mão segurando a arma estava
tremendo. Um cheiro que lembrava o de fogos de artifício chegou ao seu nariz.

— Ei, vocês! Venham aqui e peguem o dinheiro!

O homem apontou sua arma para duas trabalhadoras que estavam de pé, imóveis.

— Rápido, venham!

O homem gritou com sua voz estridente, mas elas apenas balançaram a cabeça e não se
moveram. Elas provavelmente tinham treinamento para combater incidentes de assalto, mas
balas reais não podiam ser bloqueadas com nenhum treinamento.

O homem chutou a parte inferior do balcão varias vezes em frustração. Talvez ele
estivesse pensando em atirar em outra pessoa, já que ergueu a mão direita segurando a arma
mais uma vez. Gritando muito alto, as trabalhadoras se agacharam.

Mas então, o homem deu meia volta e observou os clientes da sala.

— Se vocês não se apressarem, eu vou atirar em outra pessoa! Eu vou atirar!

A arma do homem estava apontando para... a mãe de Shino, caída no chão, olhando
para o nada com olhos vazios.

A cena acontecendo na sua frente era mais do que ela podia aguentar. Sua mãe não
podia nem se mover. Instantaneamente, Shino pensou:

Preciso proteger minha mãe.

26
Light Novel Project
O pensamento que ela tinha continuamente desde quando era bem pequena, aquela
força de vontade fez com que o corpo de Shino se movesse.

Shino soltou o livro e correu. Ela segurou o pulso direito do homem segurando a arma e
rapidamente o mordeu. Os dentes afiados de criança facilmente penetraram a pele do
homem.

— O quê?!

O homem deu um grito de surpresa e, logo após, rodou o braço direito, juntamente com
Shino. O corpo de Shino atingiu o lado do balcão. Ela perdeu dois dentes de leite naquele
momento, mas não sentiu nada. Na frente dos seus olhos, a arma preta do homem escorregou
e caiu de sua mão. Ela pegou-a, enquanto o homem estava distraído.

Era pesada.

O pesado metal era sentido através de ambas as mãos. Em contraste, o cabo que o
homem antes segurava estava molhado de suor, com o calor do corpo dele. Parecia algo vivo.

Shino, quando criança, sabia pouco sobre o que aquela ferramenta fazia. Se usasse
aquilo, ela poderia parar o homem terrível. Liderada por esses pensamentos, Shino segurou a
arma na altura dos olhos, com os indicadores de ambas as mãos no gatilho e apontou para o
homem.

Naquele momento, o homem soltou um som estranho e pulou em Shino, tentando


pegar a arma de suas mãos. As duas mãos agarraram seus pulsos.

Aquela ação foi muito boa para Shino e, de um jeito, também muito ruim. Ela ainda não
percebera, mas a verdade era quê, ao fazer aquilo, o homem estava segurando a arma
apontada pra ele.

Atualmente, Shino tinha informações mais do que o suficiente sobre a arma usada no
assalto... “aquela arma”.

Em 1933, 90 anos atrás, o exército soviético usava oficialmente a arma “Tokarev TT33”.
Em seguida, os chineses copiaram-na e produziram a “Type 54 Black Star”. Esse era o nome da
arma.

27
Light Novel Project
A arma era calibre .30, ou seja, ela usava balas com 7,62 milímetros de diâmetro com
núcleo de aço. Em comparação com as armas de nove milímetros tradicionais desenvolvidas
posteriormente, seu calibre era menor, porém, ela usava uma grande quantidade de pólvora.
Por esse motivo, a velocidade da bala logo após o disparo ultrapassa a velocidade do som,
8
fazendo com que ela tenha um poder de penetração maior do que qualquer outra pistola.

Mas como o recuo era muito grande também, na década de 1950, a União Soviética
projetou uma arma menor usando balas de nove milímetros. A “Makarov” substituiu a Tokarev
como arma oficial deles na história.

Este tipo de arma não era algo que uma criança de 11 anos fosse capaz de mirar e atirar
corretamente. Mas quando o homem segurou seus pulsos tentando recuperar a arma que
perdera, Shino puxou o gatilho em reflexo.

O recuo violento se espalhou a partir de suas mãos para os cotovelos e ombros, mas a
maioria foi absorvida pelas mãos do homem. O ar expandiu com calor novamente.

O homem fez um barulho parecido com um soluço, soltou as mãos de Shino e deu
alguns passos para trás.

Na camisa cinzenta e estampada do homem, perto da barriga, um círculo vermelho


começou a aumentar rapidamente.

— Aah... Ahaaaaa!

Enquanto soltava um grito estridente, ele apertou as mãos no abdômen. Talvez um


grande vaso sanguíneo tivesse sido atingido, já que um jato de sangue jorrava por dentro seus
dedos.

Mas o homem não caiu. A Black Star usava uma bala de pequeno calibre chamada Full
Metal Jacket9, por isso, enquanto ela podia facilmente atravessar um corpo humano, sua
capacidade para fazer um alvo parar ou cair com um tiro era pequena.

8
Não sabemos se isso é realmente verdade. Caso algum especialista queira nos corrigir, por
favor, mande um e-mail para a LNP.
9
Full Metal Jacket, ou FMJ, são balas feitas com um núcleo leve, mas envoltas com um metal
pesado. Esse tipo de bala consegue perfurar a maioria dos materiais sem causar grande estrago, o que a
faz ideal para a caça, já que não causa muitos estragos nem à pele e nem à carne do animal.

28
Light Novel Project
Com um som estranho, o homem moveu suas mãos encobertas de sangue em direção à
Shino, mais uma vez tentando pegá-la. O sangue esguichando de seu ferimento caiu nas mãos
dela.

Com as mãos trêmulas, como se convulsionando, ela puxou o gatilho novamente.

Desta vez a arma deu um enorme salto, com a potência do tiro causando dor em seus
cotovelos e ombros. Ela foi jogada pra trás, batendo as costas no balcão e perdendo o ar. Ela
não tinha realmente percebido o barulho da arma desta vez.

A segunda bala atingiu o lado direito do homem, um pouco abaixo da clavícula, mais
uma vez passando por ele e acertando a parede atrás. O homem cambaleou e escorregou no
próprio sangue, desabando no chão de linóleo atrás dele.

— Gaaaaaaaa!!

Mas aquilo ainda não parara o homem. Ele gritou de raiva e colocou ambas as mãos no
chão, tentando se levantar novamente.

Shino estava apavorada. Ela sabia que se não “parasse” o homem desta vez, com
certeza, ela e sua mãe seriam mortas.

Ela ignorou a dor aguda em suas mãos e ombros e deu dois passos à frente. Apontou a
arma para o centro do homem que se levantara uns 20 cm acima do chão.

O terceiro tiro deslocou seu ombro direito. Desta vez, ela não conseguiu suportar o
próprio corpo e foi jogada pra longe pelo recuo, caindo de costas no chão. Mesmo assim, a
pistola não saiu de suas mãos.

Assim como antes, a bala disparada violentamente da pistola desviou de seu alvo cerca
de 10 centímetros acima...

Ela acertou quase exatamente o centro do rosto do homem. Com um baque, a cabeça
do homem bateu no chão. Ele não mais se moveu ou gritou.

Shino levantou-se desesperadamente para confirmar que o homem parou de se mover.

...Protegida.

Antes de qualquer coisa, Shino pensou. Ela tinha protegido sua mãe.

29
Light Novel Project
Shino moveu a cabeça para olhar para sua mãe, que ainda estava no chão a poucos
metros de distância. E a mãe que ela amava mais do que qualquer outra pessoa no mundo...

Estava olhando diretamente para Shino. Medo e pânico podiam claramente ser vistos
em seus olhos.

Shino olhou para baixo, para suas mãos. Ainda segurando a arma, suas mãos estavam
cobertas de gotículas de um líquido vermelho escuro.

Shino abriu a boca e, finalmente, começou a emitir um grito estridente.

—Aaaah...!

Conforme um agudo grito vinha do fundo de sua garganta, Shino continuou a olhar para a
Procyon SL presa entre ambas as mãos. Ela podia ver o sangue escorrendo da parte de trás de
suas mãos para os dedos. Não importava quantas vezes ela piscasse, não desaparecia. Pinga,
pinga. As gotas pegajosas caíram em seus pés.

De repente, um líquido começou a transbordar de seus olhos. Com uma leve distorção,
sua visão foi completamente coberta pelo reflexo negro do modelo da arma.

Nas profundezas da escuridão, ela podia ver o rosto daquele homem.

A terceira onda de balas voou em direção ao rosto dele. As feridas eram


surpreendentemente pequenas, onde as balas acertaram, ficando um pouco parecidas com
verrugas. No entanto, logo depois, uma névoa vermelha saiu flutuando pela parte de trás de
sua cabeça. Toda expressão e vida deixaram seu rosto junto com o sangue.

Mas, de repente, o olho esquerdo moveu-se, e a pupila, parecendo um poço sem fundo,
fitou Shino.

Ele olhava diretamente para os olhos de Shino.

— Ah... ah...

De repente, sua língua ficou presa na parte de trás da garganta, e ela não conseguia
respirar. Ao mesmo tempo, ela sentiu o estômago contrair-se violentamente.

30
Light Novel Project
Shino cerrou os dentes, reuniu toda sua força de vontade e jogou a Procyon no chão.
Imediatamente, com passos oscilantes, ela correu e virou a maçaneta da porta do banheiro
com a mão direita, fria e molhada de suor.

No momento em que Shino levantou a tampa do vaso, um líquido quente jorrou do


fundo de seu estômago. Até que tudo em seu estômago estivesse fora, ela vomitou, de novo e
de novo, fazendo seu corpo contorcer-se e convulsionar-se.

Quando as contrações do seu estômago finalmente se acalmaram, Shino estava exausta.

Sua mão esquerda se estendeu para dar descarga. Com um pouco de dificuldade, Shino
levantou-se e, depois de tirar os óculos, lavou as mãos e o rosto inúmeras vezes com a fria e
penetrante água da pia.

Por fim, ela lavou a boca, pegou uma toalha limpa da prateleira e, enquanto enxugava o
rosto, saiu do banheiro. Ela não conseguia pensar claramente.

Com as pernas trêmulas, Shino voltou para o quarto.

Desviando o olhar dela tanto quanto podia, Shino cobriu o modelo da arma que tinha
rolado pelo piso. Levantando-a sobre o pano, ela imediatamente a jogou no fundo da gaveta
aberta. Ruidosamente, Shino fechou a gaveta e, exausta, caiu de bruços na cama.

As gotas de água na sua franja molhada e suas lágrimas misturaram-se em suas


bochechas e molharam seu futon. Inconscientemente, em voz baixa, ela murmurou a mesma
coisa de novo e de novo.

— Me ajude... Alguém... Me ajude... Me salve... Qualquer um...

Ela não tinha memórias muito claras dos dias que sucederam o assalto.

Quando os adultos vestidos em uniformes azul-marinho mandaram, em um tom tenso,


que ela entregasse a arma, seu dedo se endureceu e, não importava o quão forte ela tentasse,
não se soltava.

Em torno dela, havia muitas luzes vermelhas e fitas amarelas agitando-se ao vento. A luz
branca brilhando de lá atordoou seus olhos.

31
Light Novel Project
Depois que foi finalmente levada para uma viatura, ela notou a dor em seu ombro
direito. Quando ela pediu timidamente, o guarda levou-a para uma ambulância. Ela só se
lembrava de alguns pedaços do resto.

Em uma cama de hospital, dois policiais perguntaram a ela repetidamente sobre o


incidente. Mesmo que ela tivesse dito muitas vezes que queria ver sua mãe, seu pedido só
pôde ser concedido depois.

Shino recebeu alta após cerca de três dias e retornou para a casa de seus avôs, mas a
internação de sua mãe durou mais de um mês. Eles já não podiam mais voltar àqueles dias
calmos de antes do incidente.

Devido à limitação voluntária dos meios de comunicação quanto à divulgação do acontecido,


mais detalhes sobre o incidente não apareceram nos noticiários. A morte do suspeito que
assaltou a mão armada a agência de correios foi relatada ao Ministério Público, mas não foi
realizado sequer um julgamento. No entanto, foi um incidente de cidade pequena. Os detalhes
do que aconteceu no interior da agência de correios vazou, e mais, foram alterados e
exagerados, se espalhando por toda a cidade como fogo se espalha no campo.

Durante um ano e meio desde que ela deixou a escola primária, Shino foi chamada de
todos os derivados de “assassino”. A partir dos 12 anos, os insultos foram substituídos por
completo desrespeito.

No entanto, para Shino, o que acontecia ao seu redor não era grande problema. Desde o
início, Shino tinha pouco interesse em pertencer a um grupo.

Mas a cicatriz deixada em seu coração pelo incidente, não importava quantos anos se
passassem, não se curava e continuava a atormentar Shino.

Desde então, o simples ato de olhar para qualquer coisa semelhante a uma arma faria
Shino recordar vividamente a memória daquele incidente e os sintomas de um violento
choque: hiperventilação, rigidez corporal, perda de equilíbrio, vômitos ou, no pior dos casos,
desmaios. Embora esses ataques acontecessem sempre apenas por olhar para uma arma de
brinquedo segurada por uma criança na calçada, eles também podiam facilmente acontecer
até mesmo olhando para uma arma através da tela de uma TV.

32
Light Novel Project
Por isso, Shino ficou incapaz de assistir a maioria dos seriados e filmes. Houve também
várias vezes em que ela tinha ataques assistindo a vídeos didáticos nas aulas de ciências
sociais. Comparativamente, os livros eram seguros — velhas obras de literatura desprovidas de
armas de fogo, especialmente. Assim, na maior parte do ensino fundamental, ela passava o
tempo em um canto escuro da biblioteca da escola, virando as páginas de grandes coleções
completas.

Ela disse para seus avós quê, quando se formasse no ensino fundamental, queria ir
trabalhar em algum lugar longe, mas foi recebida com forte recusa. Seus avós queriam que ela
fosse para o ensino médio. Então, Shino disse que se fosse fazer o ensino médio, queria ir a
uma escola num bairro de Tóquio, onde ela viveu com o pai e a mãe. Embora ela certamente
quisesse ir para um lugar onde não houvesse rumores e olhares curiosos que sempre a
seguiam, mais do que isso, ela sabia quê, enquanto permanecesse naquela cidade, os
ferimentos em seu coração nunca se recuperariam.

Claro, os sintomas de Shino foram diagnosticados como um típico TEPT10 e, em quatro


anos, ela recebeu inúmeros aconselhamentos. Ela obedientemente tomou o medicamento
prescrito. Mas as palavras dos médicos, juntamente com algo estranhamente semelhante a
um sorriso em seus rostos, só poderia ir tão longe a ponto de tocar a superfície do coração de
Shino, só poderia arranhá-lo, realmente incapaz de chegar ao local ferido. Em uma limpa sala
de exames, enquanto ouvia-os repetirem as palavras “Eu entendo. Foi muito doloroso. Muito
difícil”, Shino murmurava a mesma frase várias vezes em sua mente.

Se é assim, você já matou alguém com uma arma?

Agora, pensando melhor, ela percebeu que essa atitude impediu a construção de
confiança e atrapalhou qualquer tipo de tratamento. Todavia, até agora, essa era sua
verdadeira intenção. O que ela fez foi bom ou mal? Uma resposta decisiva e clara para essa
pergunta era provavelmente a única coisa que Shino desejava. Mas é claro, não existia médico
que pudesse responder essa pergunta.

Entretanto, não importa quanta dor sua memória e seus ataques causavam, ela nunca
pensou em suicídio.

10
Transtorno de estresse pós-traumático.

33
Light Novel Project
Ela não se arrependia de ter apontado a arma para aquele homem e puxado o gatilho.
Quando sua mãe estava na mira da arma, não havia outra escolha para Shino. Mesmo que ela
voltasse para o momento do incidente, sem dúvida, teria feito tudo de novo.

Mas se Shino escolhesse escapar através do suicídio, até mesmo aquele homem se
mexeria em sua tumba. Ou assim ela pensou.

É por isso que ela queria ficar mais forte. Naquela situação, só havia um curso de ação,
embora ela ainda desejasse a força para dizer isso. Força, como no campo de batalha, onde
soldados femininos derrotavam seus inimigos sem piedade. Era por isso que ela tentava viver
sozinha.

Quando ela deixou a cidade em que havia se formado no ensino fundamental, os únicos
de quem se despediu foram seu avô, sua avó e sua mãe, que a abraçou e acariciou seus
cabelos. Ela sempre a reconheceria como a garotinha de antes do acidente.

Ela se mudou para um lugar com ar sujo, água difícil de beber e tudo era caro.

E então, ela conheceu Shinkawa Kyouji e o VRMMORPG “Gun Gale Online”.

Finalmente, seu pulso e respiração voltaram ao normal e Shino abriu os olhos.

Deitada de bruços em sua cama, com a bochecha esquerda no travesseiro, diante do


olhar de Shino havia um espelho de corpo inteiro.

No espelho, com os cabelos molhados grudados na testa, uma menina olhava de volta.
Um pouco magra demais, apenas com os olhos aparecendo grandes. O nariz era pequeno e os
lábios finos. No geral, ela se parecia com um gatinho desnutrido.

A atiradora de elite do deserto, Sinon. Sua aparência e penteado com o cabelo curto e
amarrado de ambos os lados de seu rosto parecia-se com Shino, exceto por isso, nada mais.
Aquela menina, por assim dizer, era como um gato selvagem e feroz.

Embora extremamente assustada, quando ela entrou no GGO pela primeira vez e foi
levada para o campo de batalha sem saber de nada, Shino descobriu algo inesperado. Era
muito diferente do mundo real, do Japão, visto que a paisagem era muito parecida com outro
mundo. E nesse mundo, se ela tentasse tocar qualquer tipo de arma... não, mesmo que ela

34
Light Novel Project
abatesse outros jogadores, um pouco de tensão seria sentida até certo ponto, mas aqueles
ataques detestáveis não ocorreriam.

Shino estava confiante de que ela finalmente encontrara um jeito de superar aquela
memória. Na verdade, depois de ter começado a jogar GGO, se ela olhasse para fotos, os
ataques já não ocorriam até certo nível, e ela parecia ser capaz de falar com Kyouji sobre
armas no jogo.

Não, não era só isso. Meio ano atrás, quando ela recebeu o enorme e brutal rifle
chamado “Hecate II”, ela se apaixonou. Enquanto as outras garotas tinham animais de
estimação ou bichinhos de pelúcia para acalmá-las, acariciar o suave cano da arma ajudava
Shino a relaxar, e se ela encostasse o rosto na munição, ela sentia calor.

Junto com essa arma, no deserto virtual, se ela continuasse a lutar, um dia, suas feridas
se fechariam e seus medos desapareceriam. Acreditando nisso, ela derrubou inúmeros
monstros e jogadores com tiros fatais.

Entretanto...

Mesmo? Aquilo era realmente o certo?

Uma voz em seu coração perguntou.

Sinon já estava, dentre dezenas de milhares de jogadores de GGO, entre os trinta


melhores. Ela manuseava tranquilamente um rifle anti-materiel como nenhuma outra pessoa
em nível de combate real. Ela podia dar a qualquer pessoa que visse em sua mira uma morte
certa com seus disparos implacáveis. Uma guerreira com coração de gelo. Não era exagero
dizer que essa era a existência que a Shino original queria se tornar.

E ainda assim... A Shino do mundo real, como de costume, não conseguia nem segurar
um modelo de arma.

Mesmo... Mesmo... Isto está certo?

Os olhos da garota no espelho estavam, por trás dos óculos, tremendo e pareciam estar
perdidos.

Estes óculos, que ela começou a usar no ano passado, não tinham nenhuma receita
médica. Eles não eram usados para corrigir a visão, mas sim como “equipamento de proteção”.

35
Light Novel Project
As fortes lentes NXT feitas de polímeros, por exemplo, não quebrariam, nem se uma bala as
atingisse, ou assim estava escrito no folheto. Ela não sabia se era ou não verdade, mas
diminuiu seus gastos cotidianos para comprá-los, e aqueles óculos deram a Shino um senso de
segurança. Agora, quando ela sai, se não usá-los sempre, ela não consegue se acalmar.

Mas, em suma, ela contava com esse pequeno acessório.

Ela fechou os olhos com força e, novamente, uma delicada questão nasceu em seu
peito.

Alguém... Diga-me... O que eu devo fazer?

Um grito de seu coração a disse para rejeitar e apagar a voz fraca dentro dela, e Shino se
levantou. Em frente aos seus olhos, em cima de uma pequena mesa ao lado da cama, o círculo
prata em seu AmuSphere estava brilhando.

Só não era o suficiente. Esse era o problema.

Vinte e um atiradores mais fortes que Sinon ainda existiam naquele mundo. Esmagar
esses jogadores, mandá-los para o inferno e simplesmente dominar o deserto do GGO, e
quando isso acontecesse...

Shino se tornaria completamente Sinon e, no mundo real, seria capaz de ganhar


verdadeira força. “Aquele cara” e “aquela arma” foram, até agora, enterrados em inúmeros
alvos que Sinon matou e nunca mais aquela memória surgiria.

Shino pegou o controle remoto do ar condicionado, colocou em um leve aquecimento,


tirou a jaqueta do uniforme de uma só vez e a jogou longe. Ela desfez o gancho de sua saia,
puxou-a das pernas, pegou tudo e jogou no chão. Por fim, ela tirou os óculos de lente azul
claro e suavemente colocou-os em um canto da escrivaninha.

Ela imediatamente deitou na cama, pegou o Amusphere e colocou-o sobre a cabeça.

Meio desajeitada, ela o ligou e, assim que o som eletrônico informou estar em espera,
ela abriu a boca.

— LINK START!

36
Light Novel Project
Ela murmurou com aquela voz, igual á uma criança cansada de tanto chorar, quebrada,
impotente.

37
Light Novel Project
Capítulo 5

O navegador abriu, e a página inicial foi automaticamente carregada. Muitas janelas de


dupla camada foram exibidas.
Todas eram relacionadas a Gun Gale Online; em particular, um conjunto de informações
focadas em “Death Gun”.
Ele usou seu dedo indicador para operar o mouse 3D, fazendo com que o site
atualmente mais relevante ficasse em primeiro plano. Na primeira página, com o título
“Apanhado de informações sobre 'Death Gun'”, apenas as palavras “Death Gun” estavam em
vermelho.
Olhando o histórico, parecia que o administrador não tinha feito nenhuma atualização
essa noite. Ele então foi para o quadro de mensagens. Algumas novas mensagens haviam sido
escritas desde a verificação de ontem à noite, e a coluna de status estava piscando com ícones
de “NOVO” aqui e ali. Ele leu-as em sequência.
“Aqueles dois, Zekushiido e Tarako, não apareceram. Já faz quanto tempo, um mês?
Será que suas contas foram desativadas por engano? Alguém que possa contatá-los no mundo
real, se tiver alguma informação, compartilhe, por favor.”
“Eu te falei que não tinha nada. Disseram que ninguém do esquadrão deles sabia como
contatá-los na vida real. E também, quem divulga informações pessoais no GGO é um idiota.”
“Agora que sabemos o dia e o horário que Death Gun atirou neles, se é que eles
realmente morreram, temos como encontrar jogadores de VRMMO que morreram perto
desse horário?”
“Não volte em assuntos já conversados, leia o histórico. Ninguém vai notar se uma
pessoa que vive sozinha morrer. já vimos que perguntar para polícia não traz respostas. A
propósito, se você perguntar para Zasker com um e-mail em inglês, eles vão enviar respostas
padrão relacionadas à proteção de informações pessoais de usuários.”
“Como eu tinha pensado, pode ser que Zeku-tan e Tarako-tan queriam uma despedida
em grande estilo. Vocês dois, se vocês não saírem e revelarem a verdade logo, o efeito vai ser
o contrário.”
“No fim, alguém vai ter que usar seu corpo como teste, eu acho. Então, amanhã às
23:30 vou colocar uma rosa no peito e esperar em frente ao banco central de Gurokken. Death
Gun, por favor, atire em mim.”

1
Light Novel Project
“Um herói aparece! Mas se você não revelar seu nome real e endereço antes de
morrer, não vai adiantar nada.”
“Ou melhor, por favor, use uma lan house para um mergulho público.”

Ele estalou a língua em aborrecimento. Moveu o scroll do mouse para fazer a próxima janela
aparecer. No entanto, não importava qual fórum ou site informativo entrasse, ele não
conseguia encontrar o artigo ou a mensagem que desejava.
A princípio, ele se perguntou, depois de duas pessoas morrerem: O poder do Death Gun
é real? Esse era o tipo de rumor que se espalhava fácil na web, fazendo jogadores de GGO
imaginarem com medo se seriam os próximos alvos, além de pessoas deixando o jogo. Era isso
que devia acontecer.
No entanto, até agora, os tolos gamers ainda não tinham percebido que o “Death Gun”
representava perigo real e acabaram fazendo piada do acontecido. Também, o número total
de jogadores de GGO reduziu-se minimamente ante os rumores.
Além disso, o fato de as mortes de “Zekushiido” e “Usujio Tarako” não terem sido
noticiadas no mundo real não estava em seus cálculos. Aparentemente havia um grande
número de mortes estranhas na cidade todos os dias e, se não fosse um caso de crime
evidente, não seria noticiado.
É claro que os corações daquelas duas pessoas em quem ele atirou tinham de fato
parado no mundo real, e ele sabia que elas estavam mortas. Esse era o poder de “Death Gun”.
Ele teve uma forte tentação de escrever aquela informação no fórum daquele site. No
entanto, seria difícil para ele fornecer uma fonte com credibilidade para a sua informação e, se
fizesse isso, enfraqueceria a lenda do “Death Gun”. “Death Gun” vai ser o primeiro e último
guerreiro imbatível que aparecerá naquele deserto, e que vai suprimir o poder da empresa
administradora do jogo; um verdadeiro deus da morte.
Bem, que seja.
Ele respirou fundo para se acalmar.
Logo o terceiro “Bullet of Bullets” aconteceria. O “Death Gun” entraria no torneio e
novamente mataria duas ou, se possível, três pessoas; esse era o plano. É claro que ele tinha
que passar nas preliminares sem usar aquela arma. A partir daquele dia, se entrasse 20 horas
por dia para aumentar seus status, com certeza seria possível.
Esperava-se que o BoB chamaria muita atenção. A “MMO Stream” transmitiria em
tempo real, e não somente de GGO, mas jogadores de outros VRMMO também assistiriam. Ele
não só reinaria de fato e de direito como o mais forte naquela grande arena, mas se as pessoas

2
Light Novel Project
em quem ele atirasse com aquela arma desaparecessem da web, não haveria ninguém tolo o
suficiente para duvidar do poder de “Death Gun”.
Se obtivesse esse grau de atenção, ele não poderia mais usar sua conta atual, mas isso
pouco importava. Contanto que tivesse aquela arma, um novo “Death Gun” poderia
facilmente emergir do deserto.
Para então continuar a matar. No plano, seria preciso sacrificar sete pessoas. Quando
isso acontecesse, jogadores estariam deixando o jogo constantemente, e seria decretada a
sentença de morte para o jogo Gun Gale Online.
“Death Gun” se tornaria uma lenda.
Não seria no mesmo nível daquele amaldiçoado jogo da morte, “Sword Art Online”, no
número de mortes. Aquilo fora simplesmente um maluco cozinhando os cérebros dos
jogadores com um forno de micro-ondas.
O poder de “Death Gun” não era de tal baixo nível. A bala lançada no mundo virtual
pararia o coração do alvo no mundo real. A única pessoa que conhecia seu segredo era sua
outra metade. Por isso que “Death Gun” é a pessoa mais forte. Ele não viraria um rumor
duvidoso como o “Espadachim Negro” que zerou SAO. A hora em que ele se tornaria o melhor
jogador de VRMMOs de todos os tempos estava próxima.
Poder absoluto... Demônio lendário... O mais forte... O mais forte... O mais forte...
Ele percebeu que inconscientemente sua mão direita estava segurando o mouse com
mais força que o necessário e, arfando, relaxou os ombros.
Ele estava ansioso por aquele dia. Se conseguisse criar aquela lenda, esse mundo
estúpido não teria mais uso para ele. Então diria adeus para sempre pra aquelas pessoas
estúpidas e irritantes.
Depois de fechar todas as janelas duplas abertas no navegador, ele abriu um arquivo
HTML local.
Sete fotos em uma coluna, feita de recortes de screenshots tirados de GGO; à direita de
cada uma havia os nomes, equipamentos e outras informações. A imagem no topo,
“Zekushiido”, e a logo abaixo, “Usujio Tarako”, estavam escurecidas, com um X vermelho-
sangue nelas.
Essa era a lista de alvos de “Death Gun”. Ou ainda, esse era o número de “Death
Bullets”1 no pente daquela arma. Todos eram jogadores famosos e fortes em GGO.

1
Death Bullets = Balas da Morte

3
Light Novel Project
Ele lentamente rolou o arquivo para baixo, colocando a última imagem no centro da
tela. A única jogadora dentre os sete.
O screenshot foi de um ângulo que mostrava seu lado direito. Seu curto cabelo azul claro
caia pelos dois lados de seu rosto, escondendo parte de suas bochechas. Era uma pena que a
boca não pudesse ser vista por causa do cachecol amarelo-areia que a envolvia, mas seus
profundos olhos azuis, parecidos com os olhos de um gato, brilhavam com bastante charme já.
O nome mostrado à direita era “Sinon”. Sua arma principal é o rifle anti-materiel,
“Ultima Ratio Hecate II”.
Ele a tinha visto diretamente no jogo muitas vezes. Quando ela fazia compras no
mercado de rua de Gurokken , sentada num banco de parque comendo um cachorro-quente
ou correndo no campo de batalha com aquele enorme rifle nas costas. Todas as vezes com um
charme provocante que despertava seu desejo de possuí-la. Ele quase nunca via seu sorriso,
seus olhos eram geralmente cheios de tristeza, mas isso somente o atraia mais.
Ele teve certa hesitação sobre aquela garota chamada Sinon ser alvo de “Death Gun”. Se
não fosse apenas no jogo... Se seu corpo e coração no mundo real também se tornassem
seus...
Mas sua outra metade, o outro braço de “Death Gun”, provavelmente desejava a morte
dela. Sinon era uma proficiente sniper em GGO, e não havia quase ninguém que não a
reconhecesse como uma jogadora famosa, a “deusa do mundo inferior”. Não havia ninguém
mais adequado do que ela para ser oferecida como uma flor para a lenda de “Death Gun”.
Ele estendeu a mão direita. Seus dedos acariciavam a foto de Sinon.
Ao toque na tela escorregadia e polida, ele realmente sentia a suavidade e o calor da
verdadeira garota.

4
Light Novel Project
Capítulo 6

Ligando as luzes LED e inclinando-me para virar minha moto, passei por um grande portão.

Naquele momento, sentindo os olhares críticos das pessoas andando em ambos os


lados da avenida, diminuí bruscamente a velocidade da moto.

Aquela motocicleta de 125 cilindradas, motor de dois tempos, feita na Tailândia e em


mau estado foi obtida por meio das conexões de Agil e estava, nessa época onde mobilete
elétricas eram mais comuns, fazendo muito barulho. Toda vez que dava uma volta comigo,
Suguha explodia em reclamações do tipo “barulhenta”, “malcheirosa”, “desconfortável de
andar”. E todas as vezes eu mentia, dizendo que se ela se acostumasse com o vento, ela
poderia se acostumar com o barulho, mas acabei me arrependendo também de não ter
escolhido uma mobilete de quatro tempos.

Eu me dirigia para dentro das dependências de um hospital, um local onde não se


podia fazer barulho.

Com a velocidade de um burro puxando uma carroça, eu continuei lentamente pela


avenida e vi a entrada do estacionamento à frente. Aliviado, entrei e estacionei no canto do
estacionamento para motos. Peguei a chave da ignição (mesmo nessa época) e, enquanto
tirava o capacete, pude sentir um leve cheiro de desinfetante no frio vento de dezembro.

Era sábado, uma semana depois do meu encontro com Kikuoka naquela doceria
chique.

Eu saí após ler o e-mail dizendo que os preparativos para minha entrada no Gun Gale
Online estavam prontos. Pra que tipo de lugar eu estava indo? Era um hospital municipal bem
grande no distrito de Chiyoda, no centro de Tóquio. Embora eu não tivesse o costume de ir
para o coração de Tóquio, eu já conhecia o caminho. Era o mesmo hospital onde estive
internado para reabilitação muscular após ficar livre de SAO.

Apesar de só ter precisado de um mês para ser liberado da reabilitação, continuei


fazendo esse caminho muitas vezes para exames e coisas do tipo. Eu não tinha visitado o
hospital nos últimos seis meses, mas quando vi aquela imagem do prédio branco que já me era

1
Light Novel Project
familiar fortes sentimentos de nostalgia e desamparo vieram à tona. Balancei a cabeça
levemente, espantando aqueles sentimentos, e comecei a caminhar para a entrada.

A conversa de seis dias atrás quando expliquei minha atual situação para Asuna
reapareceu em minha mente. Foi num passeio no Palácio Imperial, próximo a este hospital.

— Quêêêêê?! Ki... Kirito-kun, você vai sair do ALO?!

Vi os olhos de Asuna arregalados em descrença começarem a lacrimejar e


apressadamente balancei a cabeça com vigor negando.

— N-Não é isso, não tem nada a ver! Vai ser só por uns dias; eu vou me transferir de
volta imediatamente! A... A verdade é que, preciso dar uma olhada em outro VRMMO por um
motivo em especial...

Com isso, Asuna finalmente relaxou os ombros e, dessa vez, um olhar duvidoso
apareceu em seus olhos.

— Dar uma olhada? Se é só isso, por que você não cria uma nova conta como sempre
fez? Por que você tem que transferir a de ALO?

— Isso... É que... Sabe, aquele “quatro-olhos” do Ministério de Assuntos Internos e


Comunicações...

Então, com alguma dificuldade, expliquei por que a convocação de Kikuoka Seijirou
abrangia metade do motivo pelo qual o encontro foi no Palácio Imperial, enquanto omiti
intencionalmente uma parte.

Assim que chegamos ao portão, terminamos nossa conversa trivial, devolvemos nossas
entradas no guichê e, quando estávamos perto da Ponte do Portão Kirakawa, que se estendia
sobre o fosso, Asuna, com uma expressão bastante perturbada, disse:

— Se é um pedido do Kikuoka-san... Então parece que não tem jeito mesmo. De


alguma forma, me sinto insegura em confiar totalmente nele. Mas tenho uma dívida gigante
com o próprio...

— Não se preocupe, me sinto da mesma forma.

2
Light Novel Project
Naquele momento, nós dois sorrimos sem jeito.

Mas Asuna imediatamente retornou com a expressão séria, apertando minhas mãos
com firmeza e dizendo.

— Volte o mais rápido que puder. Aquele lugar é nosso único lar.

Eu assenti, abaixei meu olhar para a superfície do fosso e respondi.

— Claro. Eu vou voltar para o ALO tão logo quanto possível. É somente para investigar
o que está acontecendo no jogo «Gun Gale Online».

Tá certo…

Eu não fui totalmente sincero com Asuna sobre o real propósito do pedido de Kikuoka.
Resumindo, o objetivo principal da minha missão era entrar em contato com o jogador que
talvez possuísse um misterioso poder, o suposto «Death Gun». Não contei para ela porque
achava que se dissesse tudo ela, sem dúvidas, tentaria me impedir ou vir junto.

Era uma desculpa egoísta, mas eu já tinha decidido que não tinha a menor intenção de
deixá-la se aproximar de uma realidade virtual ao menor sinal de perigo.

Claro, eu também acredito que provavelmente 90% das vezes as frases atribuídas a
«Death Gun» era produto de rumores.

Isso de um humano no mundo real poder ser morto a partir de uma realidade virtual...

Não importa o quanto eu pensasse sobre isso, não conseguia acreditar que tal coisa
fosse possível. O AmuSphere, não importa o que se diga, é somente uma máquina um pouco
mais avançada tecnologicamente do que uma TV normal. Tecnologias como «Realidade
Virtual» e «Full Dive» podiam parecer mágica, mas, eram apenas simples e convenientes
ferramentas e de forma alguma eram algo mágico que podia separar a alma de uma pessoa de
seu corpo e transportá-la para um mundo paralelo.

Porém o décimo restante de probabilidade movia minhas pernas para esse lugar.

Meses atrás, eu estava organizando um apanhado de velhas revistas eletrônicas


armazenadas em meu PC; uma certa revista foi publicada pouco antes do início de SAO. Nela

3
Light Novel Project
descobri uma pequena entrevista com o diretor da Argus, Kayaba Akihito. Lá, enquanto estava
vivo, ele falou sobre “aquilo”.

“Aquilo” se referia ao «Mundo Completo», chamado An Incarnating Radius1,


abreviado como Aincrad. Com ele, todos os jogadores poderiam ver muitos sonhos tornarem-
se realidade. Eles encontrariam espadas, monstros e mistérios, sem parar para notar que entre
aqueles símbolos típicos de jogos existia um poder que forçava os próprios jogadores a mudar.

Sem dúvida, eu mudei. Asuna também mudou. Até mesmo Agil, Klein, Liz, Silica e os
outros, nos dois anos que passamos naquele mundo, definitivamente experimentamos uma
mudança de personalidade em um grau que não nos permitiria voltar a ser como antes.

Mas e se nós assumirmos que a «evolução» de Kayaba não parou em Aincrad? Graças
ao pacote executável de VRMMOs, «A Semente», agora, enquanto a fronteira ilimitada do
Nexus de VRs crescia, se pudéssemos assumir que o quadro chamado realidade e a realidade
virtual em si pudessem mudar, que tipos de elementos nasceriam?

Fazendo um ruído sutil, a porta automática à minha frente se abriu e o cheiro de


detergente e ar quente avançou, interrompendo meus pensamentos sem fim.

Tendo em vista a morte de dois jogadores de GGO no mundo real, eu não podia
afirmar que entrar em contato com esse «Death Gun» não apresentaria nenhum perigo.
Depois que retornar para ALO, se eu falar a verdade sobre isso para Asuna, ela definitivamente
vai ficar brava. Mas uma hora ou outra vai compreender.

Para mim, que supostamente separava tempo para monitorar Aincrad, a pessoa
chamada Kirito que liberou o pacote «A Semente» nesse mundo, não havia outras opções.

Depois de ir ao banheiro, com ajuda do e-mail impresso de Kikuoka, eu finalmente cheguei à


sala designada no terceiro andar da enfermaria do hospital. Não havia o nome de nenhum
paciente na placa ao lado da porta. Depois de bater, eu abri a porta.

— Ei! Kirigaya-kun, há quanto tempo!

1
An Incarnating Radius: Uma Esfera de Encarnação.

4
Light Novel Project
A pessoa que me cumprimentou era uma enfermeira que eu já conhecia. Ela cuidou de
mim durante minha longa reabilitação.

Sob a touca da enfermeira, seu longo cabelo estava trançado em três grandes mechas,
e no final delas uma pequena fita branca balançava. Vestida em um uniforme rosa claro, sua
estatura, consideravelmente alta para uma mulher, formava uma silhueta perfeita que
certamente parecia uma tentação para os pacientes internados. No lado esquerdo de seu
peito havia uma pequena placa de identificação com o nome «Aki» escrito.

O pequeno rosto expressando um sorriso era certamente bonito e bem asseado, como
de um anjo vestido de branco; mas eu sabia que, se fosse necessário, ela podia ficar
assustadora quando quisesse. Saí daquele estupor rapidamente e me apressei a abaixar a
cabeça.

— Ah... O-Olá, desculpe por não entrar em contato com você.

Naquele momento, a enfermeira Aki estendeu as mãos, me tocou dos meus ombros
para os braços e firmemente apertou os lados do meu estômago.

— O... O quê?!

— Oh... Você engordou um pouco. Mas não é o suficiente ainda... Está se alimentando
direito?

— E-Eu estive comendo. Estive comendo. Mas... Hum... Como devo dizer... Por que
você está aqui, Aki-san?

Olhei em volta, mas não havia mais ninguém no pequeno quarto privativo.

— Eu ouvi sobre você quando conversei com o oficial do governo, aquele de óculos. De
qualquer forma, por causa desse oficial do governo, a... rede virtual? Você está fazendo uma
investigação? Mesmo não tendo nem um ano desde que você voltou de lá, é uma situação
difícil, não é? Como eu estive no comando da sua reabilitação, pediram que eu te monitorasse,
e por isso eu saí do meu turno normal hoje. Devem ter falado com meus superiores, como
esperado de algo envolvendo oficiais do governo, eu acho. Enfim, mais uma vez vamos
trabalhar juntos por um tempinho, Kirigaya-kun.

— Ah... D-Digo o mesmo.

5
Light Novel Project
De alguma forma, acreditando que belas garotas como essa eram meu fraco, ele me
veio com esse plano astuto. Kikuokaaaaa... Enquanto amaldiçoava o agente que não estava lá,
na minha mente, com um sorriso, eu peguei a mão que a enfermeira Aki estendeu para mim.

— Então aquele cara de óculos do governo não veio?

— Exato, ele disse algo sobre uma reunião a que não podia faltar. Ele me incumbiu de
entregar uma mensagem para você.

Abri o envelope pardo que ela me entregou e peguei o pedaço de papel escrito à mão.

“O relatório foi enviado por correspondência para o endereço de sempre. Foi


requisitado que as despesas gerais sejam completamente pagas com remuneração após o
término da missão. P.S.: Só porque você está sozinho com uma bela enfermeira em um quarto
privado não quer dizer que você pode deixar seus instintos juvenis à solta.”

Naquele momento, amassei completamente o recado com o envelope e joguei-o no


bolso da minha jaqueta. Se a enfermeira Aki lesse aquilo, seus atos de assédio poderiam
realmente ser levados a cabo.

Oferecendo um sorriso engessado àquela mulher que piscava de forma suspeita, disse:

— Ah... Bem, então nós deveríamos conectar imediatamente à internet.

— Ah, sim, sim. Vamos começar os preparativos.

Ao lado da cama para onde fui levado, monitores brilhantes e coloridos estavam
alinhados acima da cabeceira, e um novíssimo AmuSphere emitia um brilho prateado.

— Agora, tire as roupas, Kirigaya-kun.

— O... O quê?!

— É para colocar os eletrodos. Eu já vi tudo mesmo quando você estava internado, não
tem motivo pra você ficar com vergonha.

— É só a parte de cima, ok?

Depois de pensar por um tempo, a enfermeira Aki felizmente assentiu. De forma


comportada, tirei minha jaqueta e minha camisa de manga comprida e me deitei na cama. Os

6
Light Novel Project
eletrodos usados pelo eletrocardiograma foram sendo fixados em vários lugares da parte
superior do meu corpo todos de uma vez. Em relação ao AmuSphere, existem alguns que
também possuem monitores de frequência cardíaca, mas Kikuoka parecia ter suspeitas de que
esse recurso poderia ser desativado por hacking. Pensando nessa preocupação dele, percebi
que Kikuoka se importava pelo menos um pouco com minha segurança.

— Tudo bem, com isso, está tudo pronto.

Quando a enfermeira assentiu vigorosamente checando o último monitor, peguei o


AmuSphere, hesitando, coloquei-o sobre minha cabeça e liguei.

— Bom, vou nessa. Provavelmente ficarei lá por umas quatro, cinco horas, então...

— Tudo bem. Vou cuidar bem do seu corpo, Kirigaya-kun, então não se preocupe e
tome cuidado.

— E-Eu estou em suas mãos.

Eu me pergunto como as coisas ficaram assim... Enquanto pensava nisso, depois de


tudo que havia acontecido, fechei os olhos.

Ao mesmo tempo, com meus ouvidos, o som eletrônico informou-me do fim do estado
de espera.

— Link Start.

Após recitar o comando, a radiante luz branca, que eu estava acostumado a ver,
bloqueou minha visão. Minha consciência foi liberada de meu corpo.

No momento em que cheguei ao mundo virtual, me lembrei daquela pequena


sensação de desconforto.

A razão foi confirmada poucos segundos depois. Isso porque o céu tinha um lado
pintado de amarelo com fracos traços vermelhos.

Eu ouvi que o tempo dentro de «Gun Gale Online» estava sincronizado com a
realidade. Em outras palavras, quando fosse uma da tarde, o céu deveria ter o mesmo azul que
podia ser visto olhando através da janela mais cedo, no hospital. Apesar disso, o céu mostrava
uma cor deprimente de crepúsculo, e não havia nenhuma razão aparente para isso.

7
Light Novel Project
Enfim, depois de imaginar uma coisa após a outra, dei de ombros e ignorei. A definição
daquela terra desolada de GGO era inspirada na Terra após a última guerra. Era,
provavelmente, uma produção feita com o objetivo de criar uma atmosfera apocalíptica.

Novamente, virei meus olhos para a aparência majestosa da cidade central de GGO,
«CBE Gurokken», que se expandia na minha frente.

Como era de se esperar, uma característica que só existia em VRMMO ao estilo Sci Fi,
aquela forma diferia muito da capital recém-criada, «A Cidade de Yggdrasil», do mundo em
cima da árvore, ALFheim, e das cidades nos vários níveis de Aincrad.

Os edifícios possuíam um toque metálico, como se fossem perfurar o céu. Corredores


aéreos conectavam uns aos outros como a malha de uma rede. Anúncios em hologramas e de
néon em diversas cores passavam nos espaços entre os edifícios; aproximando-se do chão,
eles aumentavam em número, como uma inundação de cor e som.

Então olhei para o chão, e o pavimento não era nada parecido com terra ou pedra,
mas sim um caminho pavimentado com placas metálicas.

Atrás de mim havia o que parecia ser um edifício abobadado estabelecido como local
de início dos personagens, e à minha frente havia uma rua que parecia ser a rua principal da
cidade. À esquerda e à direita da rua, lojas suspeitas estavam bem alinhadas em um
espetáculo que lembrava algumas das ruas secundárias de Akihabara.

Além disso, os jogadores indo e vindo andavam somente em grupos que tinham um ar
de insegurança. Sendo a maioria esmagadora, havia muitos homens. Talvez fosse por causa da
minha experiência em ALO, onde havia um número razoável de jogadoras, ou talvez porque os
habitantes daquele mundo eram delicadas fadas. A visão ali era depressiva: homens rudes,
vestindo jaquetas militares camufladas e coletes pretos. Verdadeiramente, aquilo dava uma
sensação de opressão e... como devo dizer... exagero, ou para ser ainda mais claro, sujeira.
Além disso, todos tinham aqueles olhares hostis; era realmente difícil até falar com eles.

Uma das coisas que também tornava o ambiente opressivo eram os objetos que os
jogadores comuns penduravam nos ombros e nas costas; aquelas rústicas, pretas e metálicas...
armas de fogo.

8
Light Novel Project
Faltava o elemento decorativo presente em espadas e lanças; ao invés disso, havia
somente uma intenção nas armas de fogo. Elas são armas. Elas tinham aquele formato e cor
pelo único propósito de derrotar o inimigo.

Em outras palavras, eu vi algo que também poderia ser dito desse mundo em si e
afirmei em minha mente.

O único propósito para se estar nesse jogo é “lutar, matar e roubar”. O componente
elogiado em ALO de “desfrutar de atividades em um mundo ilusório” foi quase completamente
arrancado.

Por isso, figuras magníficas e belas provavelmente eram um fator negativo. Se o


objetivo é intimidar o inimigo, aparência exterior é um parâmetro importante para os
soldados. Talvez por esse motivo, muitos dos homens deixavam a barba crescer e esculpiam
notáveis cicatrizes em seus rostos.

Quanto ao que era do meu interesse, que tipo de aparência meu avatar ganhou?

Eu imediatamente imaginei e olhei para meu próprio corpo. Como meu objetivo era
virar alvo do mal proeminente do «Death Gun», eu queria a forma de um soldado machão de
um filme de Hollywood...

... Mas tive um desagradável pressentimento.

A pele das minhas mãos era de um branco quase transparente, e os dedos, além disso,
eram surpreendentemente finos. Meu corpo, que estava envolto em uma jaqueta de combate
militar preta, dependendo das circunstâncias, era mais magro do que eu na realidade. Pelo
que senti do meu ponto de vista, não achei que era muito alto também.

Em relação ao mergulho no mundo de Gun Gale Online, como eu tinha explicado para
Asuna alguns dias atrás, eu não criaria uma conta nova a partir do começo. Se tivesse feito
isso, eu provavelmente nunca conseguiria encontrar o «Death Gun», que só tem como alvo
personagens fortes.

Usando o desenvolvimento dos VRMMO e o pacote de apoio, “A Semente”, e fazendo


gerar... Mais do que isso, se eu fosse entrar em detalhes, para os mundos que operavam com o
sistema “Cardinal”, uma única meta regra existia.

9
Light Novel Project
Se essa função fosse usada, era possível manter as habilidades se os dados do
personagem que foram construídos em outro jogo fossem transferidos para um jogo
administrado por outra empresa. É muito semelhante aos cartões SIM de celulares, que você
pode substituir livremente por um cartão de uma operadora diferente.

Por exemplo, você transfere um personagem com um status de 100 de força e 80 de


velocidade de um jogo A para um jogo B. Após fazer isso, uma transformação de “Preservação
Relativa” ocorreria com os status do personagem do jogo A, e, no jogo B, um personagem com
40 de FOR e 30 de AGI nasceria. Colocando de forma simples, um guerreiro de nível médio-alto
em ALO seria reencarnado como um guerreiro de nível médio-alto em GGO.

Claro, esta função não cria cópias de um personagem. No momento que ele é
transferido, o personagem no mundo original é completamente apagado, e, mais ainda, como
a única coisa que pode ser transferida é o personagem, os itens são igualmente apagados.
Apesar de ser conveniente, era um ato que exigia coragem. Desta vez, quando eu tive que
transferir o personagem que eu usava em ALO, o “Kirito Spriggan”, para GGO, eu
propositalmente deixei quase todos os meus itens em um cofre seguro num novo armazém
geral que Agil tinha aberto na Cidade de Yggdrasil.

Então, pela função de conversão, eu adquiri a força do Kirito de ALO; porém, como o
personagem foi refeito e construído do zero, ainda não eram aqueles status absurdos do Kirito
de SAO. Como eu não podia trazer minha aparência e meus itens, não pude prever que tipo de
personagem seria gerado aleatoriamente. Contudo, eu poderia muito bem esperar a aparência
de um soldado musculoso, mas...

Ainda sentindo esse terrível desconforto, olhei a minha volta e caminhei em direção ao
vidro espelhado que adornava a cúpula de onde eu tinha acabado de sair.

Então meus olhos se arregalaram em espanto.

— O que diabos é isso?!

O que estava sendo refletido no vidro era uma forma centenas de anos-luz longe do
que eu esperava.

A altura era obviamente menor do que quando eu era um Spriggan, e, além disso, eu
estava mais magro. A cor do cabelo ainda era preta, sem alteração, mas o cabelo caía
suavemente do topo da minha cabeça até as omoplatas. Meu rosto era, assim como minhas

10
Light Novel Project
11
Light Novel Project
mãos, de um branco quase transparente, e meus lábios eram de um vermelho vivo.

A cor dos olhos, apesar de preta assim como a dos cabelos, era excessivamente
brilhante. Aqueles olhos sombreados por longos cílios completavam uma visão pura e
encantadora no espelho, a tal ponto que eu acidentalmente esqueci que aquela imagem era
minha e deixei meus olhos vagarem livremente. Novamente, olhei para a fachada e soltei um
longo suspiro.

Asuna dizia muito que o Kirito de SAO tinha um rosto consideravelmente feminino,
mas essa aparência já era muito além daquele nível. Onde raios você acharia a força de um
soldado nessa aparência? E, com isso, fiquei congelado no lugar, em transe. Um cara que
estava comendo alguma coisa um pouco longe de repente acenou pra mim por trás, através do
reflexo no vidro.

— Ei moça, você tem sorte! Esse avatar é do tipo F1300! Esse tipo raramente aparece.
Então, que tal isso: já que você começou agora, por que não vende essa conta? Eu te dou dois
megacréditos!

Parando meus pensamentos sobre minha situação atual por um momento, olhei para
o rosto do rapaz. Mas, de repente, uma certa possibilidade me ocorreu, e eu apressadamente
toquei meu peito usando ambas as mãos. Mas felizmente houve apenas uma sensação de
achatamento, e assim minhas dúvidas foram embora. Parecia que meu medo de uma reversão
acidental de gênero era infundado.

Os jogos de VR recentes, para quase todos os títulos, proibiam a mudança de sexo do


jogador e avatar. A razão é porque o uso de um avatar do sexo oposto por longos períodos de
tempo resultaria em efeitos adversos para o espírito e o corpo que não poderiam ser
ignorados. No entanto, eu tinha ouvido que, como a identificação do sexo dos jogadores
ocorre de acordo com as ondas cerebrais do jogador, em casos extremamente raros, devido a
um impulso, o sistema decide pelo sexo oposto. Os jogadores tomavam um baita susto quando
entravam no jogo.

Agora que pensei nisso, mudar a configuração do sexo era possível em SAO, mas
imediatamente após o início, o sistema reverteu-nos para nosso sexo original. Eu me pergunto
se, no final das contas, Kayaba conhecia esses efeitos adversos... E com aqueles pensamentos
repentinos e sem sentido passando pela minha mente, finalmente olhei para o rosto masculino
e, enquanto encolhia os ombros, respondi.

12
Light Novel Project
— Hum... Desculpa, mas eu sou um cara.

Aquela voz também, embora não tão aguda, era suficiente para ser de um tom de voz
comum entre garotas. Desanimado, enquanto eu esperava por uma resposta, o rapaz, depois
de ficar sem palavras por um momento, começo a falar novamente com vigor.

— Então, esse é um tipo M9000?! Isso... Isso é demais. Então eu vou te dar quatro...
não, cinco megacréditos. Venda-a para mim, de qualquer jeito, por favor, venda-a para mim!

Vendê-la... Isso sem falar em dá-la a você. Eu queria trocá-la com sua aparência
exterior, mas, infelizmente, isso não é possível.

— Hum... Este não é meu personagem inicial, mas sim um transferido. Não posso
trocá-lo facilmente por dinheiro. Me desculpe.

— Eu… Eu entendo…

O cara, com um típico rosto de desapontamento, me observou de todos os lados e,


pouco tempo depois, chegando mais perto, perguntou:

— Me diga então, esse raro avatar parece ter sido usado por um longo tempo em uma
conta anterior. Só pra eu ter uma ideia, você pode me dizer o tempo de jogo da sua conta
anterior pra mim?

— O quê? Meu tempo de jogo?

De repente, eu pensei sobre isso. A conta de antes de eu converter, basicamente, o


tempo de jogo do Espadachim Kirito que passou de SAO pra ALO era, pelo menos, de dois
anos... em outras palavras, setecentos e trinta dias multiplicados por 24 horas.

— Hum… Dez mi…

Eu comecei a responder com sinceridade, mas parei rapidamente. Como havia apenas
três anos desde o lançamento dos gêneros de VRMMO, as únicas pessoas que podiam ter dez
mil horas de jogo eram os jogadores do SAO.

— Hum, cerca de um ano. Então... é claro que é uma coincidência, certo?

— Entendo… Bom, se você mudar de ideia, por favor, me contate.

13
Light Novel Project
Após dizer isso, ele me deu um item que parecia um cartão transparente e
relutantemente partiu. Estes eram cartões que continham o nome do personagem, sexo,
guilda e outras coisas escritas, mas então desapareceu em partículas de luz enquanto eu o
olhava, mas os dados provavelmente tinham sido guardados na lista de endereços ou alguma
outra coisa no sistema.

Olhando de lado, ainda encarei minha imagem que estava sendo impiedosamente
refletida no vidro maligno e me perguntei se havia algo que eu pudesse fazer sobre isso, mas
nada me veio à mente.

Os registros da conversão estavam incorporados nos dados do meu personagem,


então, quando voltasse para ALO, eu estaria na forma de um Spriggan de cabelos pontudos
chamado Kirito, mas se eu convertesse para o GGO novamente, esse avatar que não se podia
distinguir ser homem ou mulher seria atribuído a mim novamente.

“Procurar por boa sorte no azar” era meu lema, então, pensei sobre isto e aquilo por
alguns minutos e finalmente achei “algo bom”.

A razão pela qual eu vim a este mundo era apenas contatar o jogador falado nos
rumores, «Death Gun», e, embora eu não quisesse ser atacado, esse era o único jeito de
provar a autenticidade de seu poder dentre todos os meios possíveis. Por essa razão, contanto
que mostrasse minha força, eu definitivamente me destacaria.

Porque o GGO, pela natureza do jogo, provavelmente tinha uma quantidade bem
pequena de jogadoras, e esta aparência que se parecia com uma menina bonita à primeira
vista certamente se destacaria de uma forma que eu não queria. Seria extremamente
improvável que meninas desejassem ainda que uma fração de coisas como o ar intimidador de
um campo de batalha, mas aqui não havia outra escolha além de cobiçar mais capacidade de
combate.

Em relação a se destacar por poder de luta, por hora, havia uma maneira.

Jogando normalmente, em outras palavras, fazendo coisas como fazer dungeons e algo
que eu não queria fazer, a saber, matar jogadores, é preciso um certo tempo para que seu
nome se torne famoso. No entanto, felizmente, nesse jogo, em alguns dias, o evento para
decidir o melhor jogador, «Bullet of Bullets», aconteceria. Eu vou me registrar para o evento e
avançar para as finais do torneio. Se eu for direto para o topo, certamente seria notado por

14
Light Novel Project
«Death Gun», ou ainda, dependendo das circunstâncias, havia a possibilidade de que ele
aparecesse no torneio pessoalmente.

Entrando em um jogo pela primeira vez, me senti apreensivo sobre de que forma ou
quanto eu lutaria; mas, de qualquer jeito, eu não podia fazer nada além de tentar descobrir.
Lutar contra alguém que usa uma arma de fogo provavelmente não é a mesma coisa que lutar
contra um arqueiro ou um mago em ALO, mas, de modo geral, há limites para os VRMMOs;
deve haver pelo menos uma característica significativa em comum. Eu só podia tentar até
onde iam as minhas capacidades. Se eu não conseguisse alcançar um nível mínimo de poder
para conseguir fazer alguma coisa, então isso já seria responsabilidade de Kikuoka, que me
designou essa tarefa absurda.

Enfim, primeiro a inscrição no torneio, depois a compra de equipamento.

Olhei para meu corpo uma última vez, suspirando, me virei em direção à rua principal
e então comecei a andar. Logo depois, percebi que estava inconscientemente brincando com a
mecha de cabelo que balançava contra minha bochecha e fui tomado por um terrível
desânimo.

Foi muito rápido. Após poucos minutos eu já estava perdido.

A cidade, com o estranho nome de «CBE Gurokken», parecia ter a forma de um


enorme piso com muitas estruturas de várias camadas aparentemente empilhadas umas sobre
as outras. Na minha frente havia uma série de edifícios hierárquicos como uma versão da
cidade flutuante Aincrad em escala menor. As cores do pôr-do-sol espreitavam pelas aberturas
distantes. Os prédios, alinhados como que para penetrar as camadas e conectados com
elevadores e escadas rolantes como corredores no ar, brilhando e reluzindo, eram
verdadeiramente bonitos, mas também, tão complexos quanto uma dungeon.

Claro, eu poderia ter feito um mapa tridimensional detalhado a partir do menu


principal, mas na minha atual posição, realmente, isso não poderia se comparar à paisagem se
abrindo bem diante dos meus olhos.

Se este fosse um RPG solo, eu teria imprudentemente andado por aí em desespero e


até teria que voltar ao ponto de início, mas, felizmente, esse era um MMO. Em momentos
como esse, há algo que se pode fazer.

15
Light Novel Project
Vi o cursor com o nome de uma pessoa indo e vindo diante dos meus olhos que não
era de um NPC, mas de um jogador e, correndo, chamei-o por trás.

— Com licença. Acho que estou um pouco perdido…

Então imediatamente pensei ter cometido um erro.

Isso porque, não importa como olhasse, a pessoa dando meia volta era uma garota.

O fino e vacilante cabelo azul pálido tinha um corte casualmente curto, mas havia
mechas presas nos dois lados da testa. Sob suas sobrancelhas distintas, grandes olhos anis que
lhe davam um ar de felina brilhavam, e um pequeno nariz de uma cor que continuava até seus
finos lábios.

Involuntariamente tive o pensamento de que de alguma forma aquela pessoa era o


mesmo que eu, ou seja, um garoto com avatar parecido com uma garota. Corri meus olhos
sobre seu corpo na velocidade da luz, mas abaixo do cachecol cor de areia, através do zíper da
jaqueta, a camisa se expandia visivelmente. Além disso, ela tinha uma estatura
consideravelmente baixa. Não percebi porque minha linha de visão também tinha sido
consideravelmente abaixada...

Em situações de VRMMOs onde um jogador masculino chama um jogador feminino


dizendo “Estou perdido”, mais de 70% só querem flertar.

No entanto, inesperadamente, aquele tipo de expressão facial imediatamente


desapareceu.

— Você começou agora? Aonde você está indo?

A boca que falou com uma voz clara e bonita tinha até um pequeno sorriso. Tentando
pensar em como aquilo poderia estar acontecendo, finalmente achei a razão. A garota estava
cometendo o mesmo erro que o comprador de avatares que havia falado comigo mais cedo.
Que eu era uma garota como ela. Como diabos isso foi acontecer...

— Ah… Hum…

Por reflexo, pensei em esclarecer meu sexo, mas quando estava quase fazendo isso,
parei.

16
Light Novel Project
Havia uma certa razão para isso, já que as circunstâncias daquela situação pareciam
boas. Depois disso, em outra hora, se um jogador me chamasse e achasse que eu fosse
mulher, isso poderia se tornar uma situação um pouco difícil. “Use o que você puder usar, seja
o que for” é meu segundo lema, então, embora fosse um relaxo meu com essa garota, era
melhor deixar o engano como estava.

— Sim, essa é minha primeira vez. Onde posso encontrar uma loja barata de armas e o
prédio de administração? Eu quero ir para esses lugares, mas...

Depois de responder com uma voz comparativamente um pouco menos rouca, a


garota inclinou a cabeça confundida.

— O prédio de administração? Por que você está indo lá?

— Bom… Para me registrar para o evento de duelos que acontecerá em breve…

No momento em que ela ouviu isso, seus grandes olhos se arregalaram e começaram a
piscar em surpresa.

— Mesmo que você tenha começado hoje? Bom, não há nada que diga quem pode ou
não se registrar para o evento, mas seu nível provavelmente não é suficiente...

— Ah, esse não é um personagem inicial. Ele foi convertido de outro jogo…

— Uau, então é isso.

Os olhos anis da garota brilharam momentaneamente, e desta vez sua boca mostrou
um evidente sorriso.

— Tem algum problema eu perguntar? Por que você decidiu vir para este jogo
empoeirado e cheirando a óleo?

— É porque... Até hoje eu só joguei jogos de fantasia, mas pensei que uma vez ou
outra eu deveria tentar um jogo mais cibernético... Algo como duelos com armas me pareceu
interessante.

Bom, isso não era exatamente uma mentira. Até onde o senso de VRMMO de alguém
como eu, que se especializou em combate com espadas, poderia ir em GGO era algo que me
interessava.

17
Light Novel Project
— Entendo. É por isso que você decidiu entrar no BoB de repente. Você tem coragem.

A garota assentiu depois de uma risada.

— Tudo bem, vou te mostrar os arredores. Por coincidência, também estou indo para
o prédio da administração. Mas antes disso, a loja de armas, né? Tem alguma arma que você
goste?

— Hum, bom…

Apesar de ela ter dito isso, nada veio à minha mente. Após eu não conseguir achar
uma resposta, ela sorriu novamente.

— Bom, então vamos a uma loja com vários tipos diferentes. Por aqui.

Ela se virou imediatamente, e eu freneticamente persegui a cauda do cachecol usado


pela garota que já estava caminhando.

Andamos por caminhos sinuosos, passarelas, becos e escadarias, indo de um para o


outro de tal forma que pensei ser impossível lembrar do caminho que estávamos fazendo, até,
após alguns minutos, chegarmos à rua principal onde o caminho se abria. Positivamente, eu vi
uma deslumbrante loja que pensei ser um grupo de investimento estrangeiro de uma grande
empresa.

— Logo ali.

Ela facilmente costurou seu caminho através da multidão e se aproximou da loja.

O amplo salão interior era tão cheio de várias luzes coloridas e sons que parecia um
parque de diversão. Todas as funcionárias NPC eram lindas mulheres seminuas em trajes
prateados e esbanjavam um inocente sorriso de negócios, mas o mais chocante era o que elas
estavam segurando e o que adornava cada parede. Brilhando com uma luz negra, eram todas
pistolas, metralhadoras e coisas do tipo.

— É… É certamente uma loja interessante.

Após dizer isso, a garota próxima a mim também fez um sorriso torto.

18
Light Novel Project
— Na verdade, você pode achar em lojas mais especializadas melhores pechinchas que
nas lojas mais variadas, destinadas a iniciantes. Mas, de qualquer modo, se conseguirmos
achar o tipo de arma que você gosta já está bom.

Mesmo que ela dissesse isso, havia muitos jogadores vestindo roupas coloridas e
chamativas zanzando dentro da loja, que, em comparação às cores desérticas daquela menina,
davam a impressão de serem iniciantes.

— Então, que tipo de jogador você é?

Após ser questionado, eu imediatamente pensei sobre isso. Devido à conversão de


outro mundo, a tendência das habilidades do personagem também era trazida.

— Hum, o foco principal é força, e depois velocidade... Eu acho?

— Um tipo força-velocidade, hein. Então, provavelmente, o tipo que carrega um rifle


de assalto pesado ou uma metralhadora de grande calibre como arma principal e uma pistola
como arma secundária seria bom... Mas... você acabou de converter,né? Então dinheiro é...

— Ah… sim.

Como um raio, movi minha mão direita e abri minha janela. Mesmo que as habilidades
fossem transferidas pela conversão, dinheiro e itens não eram. Assim, a quantidade de
dinheiro mostrada no final da janela de itens era...

— Hum… 1000 créditos.

— Então é a quantidade inicial...

Quando nossos olhares se encontraram, vi um sorriso sem jeito.

— Sim…

Com sua expressão retornando, a garota tocou seus finos lábios com a ponta do dedo
e inclinou a cabeça.

— Com essa quantidade de dinheiro, você provavelmente não pode comprar nada
mais do que uma pequena arma de raio… para uma arma de munição real, um segundo
revólver... O que fazer... Hum, se estiver tudo bem...

19
Light Novel Project
Adivinhando o que ela estava tentando dizer, eu rapidamente balancei a cabeça em
negativa. Não importa em qual MMO, um novato que recebe muita ajuda de veteranos não
pode ser respeitado. Eu não vim a esse jogo para me divertir, mas, mesmo assim, como um
gamer, há uma linha que não posso atravessar.

— Não, está tudo bem. Você não tem que fazer isso. Hum… Há algum lugar onde eu
possa ganhar algum dinheiro rápido? Se não me engano, ouvi falarem de um cassino nesse
jogo…

A garota, como esperado, mostrou um sorriso um pouco espantado.

— Para lugares assim, seria melhor que você tivesse uma grande quantidade de
dinheiro. Por aqui há cassinos grandes e pequenos. Se me lembro bem, nesta loja... — Girando
a cabeça, ela apontou para o interior da loja. — Há um tipo similar de jogo de azar. Veja.

Olhando mais de perto, era uma grande área murada que, em termos de máquina de
jogos, era um substituto excessivamente grande.

Possuía cerca de três metros de largura e vinte de comprimento. Sobre um chão de


placas metálicas, rodeado por uma cerca que batia na cintura, um NPC vestindo um cinto de
atirador estava na parte mais distante. Na frente, em vez de uma cerca, havia um fechamento
em barras metálicas onde eu podia ver um pilar quadrado parecido com um guichê de caixa de
supermercado.

Atrás do atirador, que algumas vezes pegava sua pistola do cinto em seu quadril e a
rodava na ponta do dedo, na parede de tijolo com incontáveis buracos de bala marcados, no
topo, havia um letreiro de néon rosa com a palavra “Intocável”.

— Isto é…?

Depois da minha pergunta, a garota me explicou balançando o dedo.

— É um jogo onde você entra pelo portão que está na sua frente e, enquanto desvia
dos tiros do NPC lá dentro, tenta ver o quão perto você pode se aproximar. A pontuação mais
alta até agora é… olhe lá.

Para onde seu dedo indicador estava estendido e apontando, na parte interna da cerca
no chão, havia uma linha luminescente fina e vermelha. Era um pouco superior a dois terços
da área total.

20
Light Novel Project
—Uau... Quanto é possível ganhar?

— Hum, custa 500 créditos para jogar e você ganha 1000 se chegar a 10 metros e 2000
a 15 metros. E se você, de alguma maneira, conseguir tocar o atirador, você ganha todo o
dinheiro que os jogadores gastaram nele até agora.

— Todo o… Tudinho?!

— Olhe, o sinal indica que há um acumulado de 1, 10... cerca de 300.000.

— Isso… Isso é uma incrível quantidade de dinheiro.

— Mas é impossível.

A garota imediatamente respondeu e encolheu os ombros.

— Uma vez que você cruze a linha de oito metros, aquele atirador vai responder com
sequências tão rápidas quanto o humanamente impossível. Mesmo que seja um revólver, com
uma velocidade de carregamento absurda ele faz uma sequência de três tiros rápidos. Quando
você vê a linha de previsão, já é tarde demais.

— Linha de previsão…

Naquele momento, a garota puxou minha manga e com uma pequena voz sussurrou.

— Olhe, alguém vai aumentar o total novamente.

Voltando meus olhos do atirador para a entrada, um grupo de três homens estava se
aproximando.

Naquele grupo, um deles, o que vestia uma jaqueta militar aparentemente feita para
ser usada em áreas frias com uma camuflagem de cinza sobre branco, parou em frente ao
portão enquanto se preparava psicologicamente. Ele empurrou a parte superior do painel do
caixa com a mão direita e, somente com isso, a tarifa foi paga e uma fanfarra
excepcionalmente animada ressoou. Cerca de dez pessoas, aqui e ali, todos de uma vez, se
reuniram.

O atirador NPC gritou um bordão do tipo “Vamos chutar a bunda desse safado até a
lua!” e levou a mão direita ao coldre que guardava sua arma. Em frente ao homem com
camuflagem de inverno, um holograma verde indicou um grande número {3} que se

21
Light Novel Project
materializou, com um efeito de som acompanhando a redução para dois, um, e, no momento
em que chegou a zero, a barra de metal no portão se abriu.

— Uuuuuuuooooooooooaaaaaahhhhhh!

O rapaz do distrito frio, soltando um grito de guerra, correu alguns passos, ou assim eu
pensei, e, esticando ambas as pernas, fez uma parada de emergência. Ele abriu os olhos
completamente e, de repente, inclinou o tronco para a direita, levantou a mão esquerda e o
pé direito em uma pose estranha.

Que tipo de dança é aquela? Foi o que pensei, e, naquele momento, balas, com um
brilho vermelho, passaram dez centímetros à esquerda da cabeça dele, sob a axila esquerda e
sob o joelho esquerdo. O atirador NPC tinha sacado sua arma e disparara três tiros em
sequência. Era uma evasão esplendida, mas era como se ele soubesse o curso por onde a bala
passaria.

— Isso de agora... Aquela foi a trajetória…? — sussurrei, virando minha cabeça, e a


menina de cabelo cor de água assentiu e respondeu com a mesma voz baixa.

— Isso mesmo. Evasão através da «Percepção da Trajetória».

O rapaz começou a correr ferozmente mais uma vez logo que a linha de tiro
desapareceu e, mais uma vez, parou imediatamente. Dessa vez, ele abriu as pernas e dobrou o
tronco noventa graus.

Imediatamente, junto com um zumbido muito alto, duas balas passaram por cima da
cabeça dele e uma por baixo da virilha. Avançando novamente e em seguida parando. Era
como um jogo de «Luz Vermelha/Luz Verde».

O rapaz mostrou movimentos rápidos e, de uma vez, avançou sete metros. Naquele
momento, pensei: Mais três metros e ele pode pegar o dobro do que usou para jogar.

Até agora, o NPC, que havia rapidamente disparado três tiros periodicamente no
mesmo intervalo, descarregou as balas com um atraso entre as duas primeiras e a terceira. O
rapaz evitou a primeira bala atrasada com um salto, mas, com a aterrissagem, ele perdeu o
equilíbrio, e uma mão se aproximou do chão. Quando tentou se levantar, já era tarde demais.
A mão direita do atirador lampejou e a linha de fogo emitida espalhou faíscas laranja sobre a
roupa branca do rapaz.

22
Light Novel Project
Uma fanfarra infeliz soou. O atirador deu gritos de vitória abusivos, e a piscina de
dinheiro exibida no fundo, acompanhada de um pequeno som metálico, aumentou em
quinhentos créditos. O rapaz abaixou os ombros e, desanimado, saiu pelos portões.

— E então?

A garota ao meu lado, sorrindo levemente sob seu cachecol, encolheu os ombros.

— Como você definitivamente não pode se mover em linha reta, você só pode fazer
grandes movimentos para a esquerda e direita, e, não importa o que você tente, este é o
limite.

— Hum… Entendo. Quando você pode ver a linha de percepção, já é tarde demais.

Enquanto murmurava, movi minhas pernas para frente e me aproximei do portão.

— Espera… Espera um pouco, você...

Dei um leve sorriso em resposta aos olhos arregalados da garota tentando me parar e
empurrei minha mão direita no caixa.

Ouvi um som parecido com o de uma antiga caixa registradora. Um som animado
reverberou.

Talvez por causa do aparecimento de outro idiota, ou talvez por causa de minha
própria aparência, a audiência e o grupo de três homens ficaram agitados. A garota com o
cachecol colocou ambas as mãos na cintura e sacudiu a cabeça levemente com uma expressão
desaprovadora.

Junto à voz abusiva do atirador, que estava diferente de antes, a contagem começou
bem na frente dos meus olhos.

Eu abaixei minha cintura e me coloquei em posição para correr em velocidade máxima.


A contagem diminuiu, e, no momento em que a barra de metal abriu, disparei pela pista
metálica.

Avancei alguns passos, e o atirador rapidamente levantou a mão direita, e, da ponta da


arma empunhada firmemente, três linhas vermelhas se estenderam. Elas apontavam para
minha cabeça, o lado direito do meu peito e minha perna esquerda.

23
Light Novel Project
No momento que senti as linhas, com toda minha força, pulei para a diagonal direita.
Imediatamente depois, uma linha de tiro laranja passou à esquerda do meu corpo.
Rapidamente, chutei a parede com minha perna direita e retornei para o centro.

Claro, dentro de um jogo VRMMO, essa era minha primeira vez confrontando uma
arma de fogo.

Entretanto, em ALO e SAO, havia muitos monstros que atacavam de longa distância
com arco e flecha, veneno, e magia. Havia um meio de evitar a trajetória daqueles ataques,
que era ler a linha de tiro a partir dos olhos do inimigo. Provavelmente, devido à fixação de
Kayaba Akihiro em detalhes, o comportamento dos monstros em todos os VRMMO baseados
no sistema cardinal tinha a característica de apontara visão para a região alvo, sem desvios.

O NPC que apontava sua arma para mim naquele momento provavelmente não era
exceção a essa regra também.

Eu não olhava para mais nada além dos olhos do atirador, nem mesmo para a linha
vermelha da trajetória ou mesmo para o cano preto. A partir dos movimentos robóticos e
espasmódicos, eu enxergava a indicação da trajetória que a bala traçaria e, ao mesmo tempo,
me movia para a direita ou para a esquerda, ou ainda para cima ou para baixo, evitando a
silenciosa linha de percepção indicada. Na verdade, quando a bala passava, eu já estava
entrando em posição para a próxima corrida.

Quando desviei de duas sequências de ataques de três tiros, me pareceu que eu tinha
passado da marca de dez metros, e pode-se ouvir um curto efeito sonoro. No entanto, esse
som quase não me alcançou.

O atirador puxou o cilindro que ficou vazio depois de atirar seis balas e ao mesmo
tempo em que jogava os cartuchos vazios por trás das costas, com a mão esquerda, ele
carregou a arma completamente com seis balas. Toda essa série de operações levou meio
segundo – realmente uma velocidade de recarga impossível – para ser executada antes de
novamente ter o revólver apontado para mim.

O próximo ataque não foi a clara sequência de três tiros de até agora. Mais da metade
delas devido à intuição, esquivei do ritmo irregular de duas, uma e três balas e andei mais
cinco metros. Novamente houve uma pequena fanfarra. Na mesma hora, o atirador
recarregou em meio segundo.

24
Light Novel Project
25
Light Novel Project
A distância restante era de cinco metros, e eu já estava de frente para o inimigo. Talvez
fosse minha imaginação, mas eu podia claramente ver o rosto barbudo se distorcer
detestavelmente.

Sob o chapéu de vaqueiro, os olhos escuros tremeram um pouco e fitaram a região do


meu peito. Chegando à conclusão de que desviar para esquerda ou direita seria impossível,
joguei meu corpo para baixo, deslizando sobre o piso de metal. Passei sob as seis linhas de tiro
que foram lançadas como uma metralhadora e atingi os dois metros e meio restantes.

Depois disso, novamente o inimigo não tinha mais balas. Mesmo que houvesse só
meio segundo para recarregar outra vez, era o suficiente para um touchdown.

Enquanto me erguia, pensei ter visto os olhos do atirador tomando a feição de quem
sorri largamente. Pelo menos foi o que senti.

Por reflexo, mudei de ideia em relação ao último trecho e pulei com toda minha força.

Sem nenhum carregamento, seis feixes de lasers saíram do revolver e passaram no


ligar onde eu estava instantes antes.

Enquanto abafei um “Que diabos foi isso!” dentro de minha boca, dei um mortal e caí
na frente do atirador.

Nesse momento, eu quis gritar alguma coisa legal, mas antes que qualquer outro
truque fosse usado, como um raio atirado por seus olhos ou algo do tipo, eu deveria decidir o
jogo, então eu rapidamente me lancei ao peito do adversário vestido em um couro
desgastado.

Após um momento de silêncio, como se os sons da loja tivessem desaparecido.

— VOCÊ REALMENTE…!

Juntamente com esse grandioso grito, o atirador caiu no chão sobre os joelhos,
segurando a cabeça com ambas as mãos. Ao mesmo tempo, houve uma tempestade de
fanfarra desordenada.

Um som de desmoronamento ressoou, e, levantando minha cabeça como reação, vi


que a parede de tijolos atrás do atirador desmoronou como se tivesse sido forçada por trás.
Sem perder tempo para surpresas, uma enxurrada de tudo que tinha se acumulado no jogo

26
Light Novel Project
bruscamente fluiu de dentro. O dinheiro virtual caiu aos meus pés fazendo um agradável som
e então desapareceu.

Debaixo do sinal de néon, os dígitos do total acumulado diminuíram freneticamente e


em pouco tempo chegaram a zero. Ao mesmo tempo, a cachoeira de dinheiro também parou.
Um som notavelmente barulhento ecoou de dentro da loja, já que o jogo se reiniciou e o
atirador também se levantou e começou a rodar sua arma com o dedo. Como de costume, ele
começou a gritar gírias provocativas, mas depois da exibição da trapaça de doze tiros rápidos
mais cedo era improvável que fosse aparecer alguém que quisesse desafiá-lo.

— …Ufa.

Soltei um suspiro e escapei da pista do jogo por uma saída no lado esquerdo.

Naquele momento, da plateia que haviam se multiplicado em algum momento, um


redemoinho de comoção aconteceu. Vozes dizendo coisas como “o que foi isso” e “quem é
aquela pessoa” se misturavam.

Da borda da multidão, a garota de cabelo azul chegou até mim meio que correndo e,
com ambos os olhos involuntariamente bem abertos como um gato, olhou para mim. Depois
de alguns segundos, uma voz confusa e quebrada fluiu de seus lábios.

— Você... Que tipos de reflexos você tem? Naquele último momento, na frente dos
meus olhos… Você desviou dos lasers a dois metros de distância... Mesmo que naquela
distância não houvesse quase nenhum intervalo entre a linha de previsão e a bala...

— Huumm Isso é porque… — Eu hesitei por um curto momento pensando em como


responder e, por fim, disse: — Porque... esse jogo de desviar de balas... é um jogo para prever
a linha de previsão da bala, não é?

— Pre… Prever a linha de previsão?!

O grito meigo da garota viajou por todo o ar dentro da loja. O público todo também
abriu a boca e ficou em silêncio.

Alguns minutos depois, finalmente, quando a multidão já tinha se separado em


pequenos grupos, eu revirava meu pescoço aqui e ali para ver os fuzis dentro das vitrines.

27
Light Novel Project
— Ainda que o calibre seja menor que o de uma submetralhadora, por que esse fuzil é
maior?

Eu tentei lançar a simples pergunta à gentil garota parada ao meu lado, mas parecia
que ela ainda não tinha processado os efeitos remanescentes do choque e, como um gato que
viu algo que normalmente não vê, ela me encarava com olhos de um misto de cautela e
curiosidade.

— Você não sabe nem algo como isso e tem uma habilidade de evasão
incompreensível... Você disse que converteu, certo? Em que tipo de jogo você esteve antes?

— Humm… Sempre estive em jogos de fantasia.

— Entendo… Bom, tanto faz. Se você vai entrar nas preliminares do BoB, essa é uma
oportunidade de me mostrar como você realmente luta. Agora, o que era mesmo... A razão do
fuzil ter um calibre menor? Isso começou a partir do M16 na América, com o conceito de um
design de alta velocidade com um projétil de pequeno diâmetro baseado na precisão e uma
ênfase no poder de penetração...

Naquele momento, abruptamente fechando a boca, a garota fez uma careta como se
sentisse amargura das próprias palavras. Mas aquela estranha reação também desapareceu
em um momento e, logo depois, um sorriso mais comedido tomou seu lugar.

— Esse tipo de coisa não importa, não é? Agora vamos nos apressar e terminar suas
compras.

— Ce-Certo. Vamos.

Concordei com um ar de dúvida, e ela tirou os olhos de mim e começou a caminhar


lentamente em frente a uma grande vitrine.

— Já que você ganhou mais de 300K, eu acho que você pode comprar algo
razoavelmente bom, mas… como o tipo de arma depende do que a pessoa gosta e confia em
usar, no fim, temos que saber isso primeiro.

— Confia…?

28
Light Novel Project
Eu segui a garota e observei as armas com um brilho negro, mas nenhum “bang, é
essa!” vinha. O que era natural, já que, em termos do meu conhecimento sobre armas, tudo
era “para armas de mão, há revólveres e pistolas”.

Enquanto murmurava, antes que eu percebesse, tínhamos chegado ao final das bancas
de exibição, que estavam alinhadas dentro da loja sem nenhum espaço entre elas. Já que
chegamos até aqui, vou deixar a garota decidir... foi o que pensei quando algo estranho entrou
no meu campo visual.

No canto de uma longa vitrine, algo que era claramente diferente de uma arma de
fogo, alguns objetos metálico sem formato de tubos estavam dispostos.

Eles tinham três centímetros de diâmetro e cerca de vinte e cinco centímetros de


comprimento. Em um lado, uma peça de metal, como um mosquetão de escalada pendurado,
no outro lado era um pouco mais grosso, e, no centro, havia um orifício escuro como algum
tipo de abertura de descarga.

— O que é isso?

Ouvindo-me, a garota deu um olhar fugaz e encolheu os ombros como se tivesse


sentido uma dor neles.

— Ah… Isso é um kouken.

—K-Kouken?

— Espada de luz, escrito como “kouken”. O nome verdadeiro é «Espada de Fótons»,


mas todo mundo geralmente a chama de “Espada Laser” ou “Sabre de Luz” ou “Sabre Laser”.

— E-Espada?! Nesse mundo, há uma espada?

Corri para a vitrine. Agora que ela mencionou, ela se parecia muito com a arma de um
velho filme de ficção, onde cavalheiros que protegiam a ordem do universo a usavam.

— Há sim, mas, na prática, não há ninguém que a use.

— Por… Por que não?

— Bem, porque se você não chegar a uma curta distância, não pode acertar e, para
chegar tão perto assim, sem dúvida, você ficaria como um favo de mel...

29
Light Novel Project
A garota parou suas palavras ali e com os lábios ligeiramente abertos, me encarou.

— Em outras palavras, está tudo bem desde que eu consiga chegar perto, certo? —
respondi, com um sorriso que quase se transformou em riso.

— M-Mas... Mesmo que sua habilidade de evasão seja ótima, contra uma arma
automática... Ah.

Enquanto a garota ainda falava, pressionei com meu dedo uma com revestimento
preto metálico da qual gostei. Selecionei [COMPRAR] nas opções do menu que surgiu e, com
grande velocidade, um NPC vendedor correu até mim e, com um sorriso, apresentou um
objeto parecido com um painel metálico. Percebi que o scanner de superfície verde no meio
da placa era o mesmo que o caixa do jogo de mais cedo e empurrei-o com a palma da minha
mão direita.

O efeito sonoro da caixa registradora soou alegremente, e o painel mostrou uma


espada de fótons preta aparecendo com um suave efeito sonoro. Eu peguei-a, e a atendente
da loja disse “obrigada pela compra” e retornou para sua posição.

— …Ah, eu comprei.

A garota olhou para mim 45 graus à direita e disse isto:

— Claro, cada um tem seu próprio estilo de luta.

— Sim. Se é vendido, então com certeza pode ser usado, ainda que seja isso.

Eu respondi enquanto usava minha mão direita para segurar firmemente a curta arma
em forma de cilindro e, em seguida, trouxe-a para perto. Usei meu polegar para pressionar o
botão e, com um baixo som Huoom!, uma lâmina azul-púrpura de energia vibrou, se
estendendo a um comprimento de cerca de um metro, iluminando todo o local.

Simplesmente não pude evitar soltar um suspiro de admiração. Eu já tinha empunhado


espadas de diferentes tamanhos até agora, mas essa era a primeira vez que segurava uma
lâmina feita de pura luz.

Olhei para ela por um tempo e descobri que a espada não tinha nenhuma direção, já
que ela era inteira um longo e fino cilindro. Tentei balançá-la em sentido horizontal e então

30
Light Novel Project
usei a habilidade com espada de uma mão, com a qual fiquei familiarizado em SAO mesmo
sem a ajuda do sistema, o “Quadrado Vertical”.

Uu-m, Huomm, o sabre de luz soltava um agradável som quando cortava o ar em


complicadas trajetórias antes de finalmente parar. Claro, minha mão não tinha sentido
nenhuma resistência pelo peso da espada.

— Uau.

A garota bateu palmas algumas vezes ao meu lado e mostrou um olhar chocado.

— Você realmente parece saber manejar isso aí. Essa é uma habilidade de um mundo
de fantasia...? Parece que não posso te subestimar, hein?

— Não, não mesmo… Mas isso é realmente leve.

— É claro. Essa arma não tem nenhuma outra vantagem além de ser leve. Certo, se
você vai usar ela como sua arma principal, é melhor que você tenha uma SMG ou uma pistola
como arma secundária. Você tem que reprimir seu oponente se quiser chegar perto.

— Entendo... Isso é verdade.

— Quanto você ainda tem sobrando?

Eu abri a janela. Meus 300.000 créditos haviam caído para 150.000 créditos. Eu disse a
quantidade e a garota piscou antes de encolher os ombros.

— Uau, então um sabre de luz é tão caro assim? 150K sobrando... Você deve ter
dinheiro para comprar balas e um colete de proteção. Parece que você só vai poder comprar
uma pistola.

— Vou deixar o resto com você então.

— Se quiser participar do BoB, é melhor ter uma arma poderosa… Se você quer
segurar o inimigo, é mais importante ter precisão do que poder... ahem...

A menina tossiu secamente enquanto se movia lentamente em direção a uma


prateleira com uma pilha de pistolas. Finalmente, ela apontou para uma delas e disse:

31
Light Novel Project
— Você vai acabar sem dinheiro desse jeito, mas essa «FN Cinco-Sete» deve ser
suficiente.

Seu dedo magro apontou para uma pequena pistola automática com um cabo redondo
e uniforme.

— Cinco… sete?

— Refere-se ao calibre. É de 5,7mm, um pouco menor que a bala de 9mm Parabellum,


mas a forma é semelhante a uma bala de sniper, então a precisão e a capacidade de
perfuração são muito boas. É uma bala única, então só pode ser usada com o fuzil «P90» que
também foi feito pela FN, mas eu acho que está tudo bem já que você só tem essa arma.

— E-Entendo…

Ao ouvir uma explicação tão fluida dela, senti novamente um leve interesse por essa
garota de cabelo azul-claro.

GGO é um jogo onde o gênero é fixo, então ela devia realmente ser uma garota na vida
real, mas eu não podia realmente dizer sua raça e idade. O que eu podia dizer a partir da
minha intuição é que ela tinha aproximadamente a mesma idade que eu.

Como estamos jogando esse MMORPG, é natural estar familiarizado com os itens do
jogo. Foi como quando a Asuna e a Leafa estavam mencionando as espadas e magias em ALO.
Não terminaria antes de50 minutos de conversa.

Mas, por alguma razão, eu senti que as “armas” e aquelas coisas eram totalmente
diferentes. Também ouvi que a maioria das armas que aparecem no GGO são armas que
existem na vida real. Além disso, esse tipo de arma facilmente faria alguém pensar em
derramamento de sangue e matança. Essa garota com a minha idade realmente entraria em
um mundo como esse e continuaria lutando até se tornar uma veterana que entende de todas
as armas. Eu estava um tanto interessado em sua motivação para jogar esse jogo...

— Ei, você está ouvindo?

— Ah, s-sim.

Eu rapidamente interrompi meus pensamentos e acenei minha cabeça.

32
Light Novel Project
— Eu vou comprar essa então. Há alguma outra coisa que eu deveria comprar?

Eu comprei a pistola «Cinco-Sete» que ela recomendou... Não, a arma de mão, e


também comprei pentes de munição pré-preparados, uma grossa jaqueta à prova de balas, um
«Campo de Defesa de Armas Ópticas» embutido em um tipo de cinto e outros equipamentos
menores. Quando terminei minhas compras, os 300.000 créditos que eu tinha ganhado no
jogo de evasão tinham desaparecido como fumaça.

Senti o peso do sabre de luz à direita da minha cintura e a «Cinco-Sete» à esquerda


enquanto caminhava para fora da loja e, uma vez do lado de fora, vi que o pôr do sol estava
gradualmente se avermelhando.

— Me desculpe por te atrasar por tanto tempo. Muito obrigado.

Eu abaixei minha cabeça e agradeci. A garota sorriu sob o cachecol e sacudiu a cabeça
antes de dizer:

— Não, eu realmente não tenho nada pra fazer antes das preliminares… Ah.

A garota interrompeu sua fala e rapidamente olhou para o grande e robusto


cronômetro em sua mão esquerda.

— Droga. As inscrições fecham às três. Aaah, eu posso não ser capaz de chegar lá
mesmo que eu corra até a vila presidencial...

— Você vai se inscrever agora também?

— Sim.

Afetado pela aparência pálida daquela garota, olhei para o relógio digital que eu tinha
acabado de comprar. A hora mostrada era… 14h51min.

— E-Então, não há nenhuma habilidade de teletransporte ou algo assim? Como um


item de deslocamento ou uma magia ou algum superpoder ou alguma coisa?! — Ergui a
cabeça e disse freneticamente.

— Eu te conto enquanto corremos!

33
Light Novel Project
Após gritar aquilo, a garota rapidamente deu meia volta e correu para o lado norte da
rua. Eu rapidamente segui aquele cachecol esvoaçante e gastei alguns segundos para alcançá-
la. Ela olhou de relance para mim e disse em uma voz ansiosa:

— Só há um tipo de movimento instantâneo no GGO. Que é quando você revive após


morrer. A área de renascimento em Gurokken é a Vila Presidencial, mas o HP definitivamente
não desce nas ruas, então não podemos usar isso...

Nós corremos rua abaixo onde NPCs e jogadores estavam, e a garota continuou a me
dar explicações de tempos em tempos. Além disso, tive que usar todo meu esforço só para
alcançá-la. Eu não conseguia me acostumar com a linha visual que era menor que em ALO, e
ela estava realmente correndo muito rápido. Era mais por seus movimentos refinados do que
pelo suporte de sua habilidade, e eu poderia dizer que ela estava totalmente acostumada com
o movimento depois de mergulhar.

A garota novamente olhou o relógio na sua mão e apontou para a rua na frente antes
de dizer:

— A vila presidencial está bem ali. É no fim ao norte da rua, então ainda faltam 3km.
Vai levar uns 5 minutos para operar a máquina de inscrição, então se nós não chegarmos em
três minutos...!

Eu olhei para a rua principal que se estendia e achei uma grande torre que refletia uma
luz vermelha por causa do pôr do sol. Era um caminho reto, mas mesmo que corrêssemos a
uma velocidade de 1km por minuto, desviando das pessoas, seria muito difícil no mundo de VR
mesmo que não possamos nos cansar.

Se eu não pudesse me inscrever a tempo, seria porque não fiz minha investigação
apropriadamente, mas se a menina de cabelo azul-claro ao meu lado não tivesse me ajudado,
ela poderia ter se inscrito facilmente. Sentindo-me um pouco culpado, olhei para ela e a vi
rangendo os dentes. Seu rosto mostrava desespero, e uma voz baixa junto com o som de
respiração virtual podia ser ouvida.

— Por favor… Por favor, eu tenho que fazer isso…

Eu suponho que para essa garota, as preliminares do «Bullet of Bullets» que estava
prestes a acontecer não devia ser só um jogo, mas algo com um grande significado oculto.
Deve haver uma razão pela qual ela tinha que participar desse torneio...

34
Light Novel Project
Depois que percebi isso instintivamente, olhei rapidamente em volta, esperando
encontrar um jeito de chegar dentro de 3 minutos à vila presidencial que estava tão longe.

Nesse momento, um outdoor apareceu em frente a meus olhos.

No vasto espaço à esquerda, havia um estacionamento que se estendia adiante. Havia


três miniveículos que eram nas cores vermelha, amarela e azul, e, no fundo, em um painel
vertical, estavam as palavras «Alugue-Um-Buggy!» em uma placa de néon. Claro, eu soube
imediatamente o que aquilo significava.

— É isso!

Eu apressadamente agarrei a mão direita da menina e comecei a mudar de direção. A


garota soltou um hã?! em estado de choque e quase flutuou conforme eu a puxava, mas nós
ainda nos movíamos através dos pedestres e corremos para o estacionamento com a placa
«Alugue-Um-Buggy!».

Os veículos que estavam alinhados lá dentro eram todos buggies, cada um com uma
roda dianteira e duas traseiras. Eu joguei a menina no buggy vermelho que estava estacionado
na minha frente e pulei no banco da frente. Achei um scanner de impressão digital sob o painel
do medidor, que era similar ao de quando eu estava fazendo compras, coloquei minha mão
direita nele e o motor imediatamente ligou com um som de caixa registradora.

Felizmente, a parte da frente do buggy era exatamente a mesma da moto e


totalmente manual. Eu segurei forte o guidão e empurrei a válvula borboleta sem dizer nada. A
chave de ignição de dentro soltou um rugido e a roda dianteira do buggy levantou antes de
dispararmos pela pista como uma bala.

— AAAAH!

Ouvi um grito meigo vindo do banco de trás, e dois delicados braços se prenderam em
volta da minha cintura.

— Segura firme!

Pensando que talvez já fosse tarde demais, eu gritei aquilo, e, depois de uma curva à
direita onde as rodas praticamente queimaram a superfície da rua, acelerei ao máximo assim
que entramos na rua. Após mudar a marcha várias vezes, o medidor de velocidade finalmente

35
Light Novel Project
cruzou 100km/h. Eu realmente me senti grato por não ser dono de uma mobilete elétrica, mas
sim de uma velha moto com câmbio manual na vida real.

Enquanto continuava a desviar dos automóveis futuristas na rua, continuei trocando as


marchas e ouvi a menina gritar no meu ouvido direito:

— P-Por quê?! Esse buggy é realmente difícil de dirigir. Nem tem tantos jogadores
homens que podem dirigi-lo bem!

Desculpa, mas eu sou um desses jogadores homens que é exceção.

Mas naquela situação, é claro que eu não podia dizer a verdade, então só pude dar
uma disfarçada e dizer:

— Não… Não é bem assim, eu joguei um jogo do tipo corrida antes... Aaah!

O grande ônibus na minha frente de repente mudou de faixa, e tive que driftar as
rodas traseiras para deslizar e desviar totalmente. Depois de abaixar a marcha, acelerei
novamente antes de ultrapassá-lo totalmente. De fato, no fim do ano de 2025, era lógico que
poucas pessoas tiveram a experiência de andar em uma antiga moto de câmbio manual. Em
primeiro lugar, o padrão para a prática em autoescolas eram mobiletes elétricas. Eu consegui
minha moto porque um conhecido de Agil estava disposto a dá-la de graça, então trabalhei
duro para tirar uma licença que permitia a condução de veículos de câmbio manual. No
entanto, pouco tempo depois de receber a moto fabricada na Tailândia, descobri que ele fez
aquilo para economizar seu dinheiro e não ter que descartá-la. Isso porque foi dito que
veículos com motores a gasolina não serão mais permitidos em poucos anos...

Enquanto pensava sobre isso, risadas repentinas vieram de trás, e fiquei chocado como
resultado.

— Ahaha… isso é ótimo. Tão legal!

Levei um bom tempo para descobrir que aquela voz pertencia à garota com olhos de
gato. Era inesperado uma garota meio tensa e solitária soltar uma risada daquelas.

— Ei, vamos… Mais rápido!

36
Light Novel Project
Após ouvir a voz da garota, olhei para a vila presidencial que estava a 1km de distância
e respondi “OK!”. Abaixei minha cabeça e acelerei ao máximo. O motor soltou um rugido e o
velocímetro mostrou 200km/h.

Naquela velocidade, só levaria alguns segundos para cobrir 1km.

Mas as exclamações da garota durante esse curto período deixaram fortes impressões
em mim.

Na escadaria que levava às largas escadas da vila presidencial, estacionei o buggy


paralelamente e parei.

Olhei meu relógio, ainda havia pouco mais de cinco minutos até às três da tarde.

— Nós vamos conseguir! Por aqui!

A garota pulou do banco traseiro, agarrou minha mão direita e continuou correndo.
Seu rosto de perfil tinha voltado a mostrar aquela expressão penetrante como uma lâmina
afiada... Não, como uma poderosa metralhadora. Forcei-me a não pensar qual lado dela era o
verdadeiro e continuei a subir as escadas.

Depois de subir uns vinte degraus, vi à minha frente uma torre anormalmente grande.
Havia uma longa e estreita praça com formato simplificado dos dois lados, e eu podia ver um
disco que se parecia com uma antena ou uma placa de radar.

— Essa é a vila presidencial, normalmente chamada de ponte. O lugar onde você


começou o jogo é o «Salão Memorial» e fica do outro lado.

A menina puxou minha mão quando disse isso.

— Ponte? Ponte de cruzamento?

Eu perguntei, a menina inclinou a cabeça um pouco e respondeu:

— Não uma ponte de cruzamento, mas uma “ponte de navegação”, suponho.


Gurokken é o posto de comando de uma nave especial, por isso tem esse nome.

— Nave especial… Ah, então é por isso que a cidade é tão longa.

37
Light Novel Project
— Sim. O nome atual é «Cruzador de Batalha Espacial», ou «CBE», para abreviar.
Inscrições para participação de qualquer coisa relacionada ao jogo são feitas aqui.

Enquanto ela explicava até aqui, nós tínhamos passado pela grande torre, a primeira
entrada da ponte.

Dentro havia um salão mais espaçoso ainda.

O pilar redondo que estava alinhado de forma transversal se estendia até o teto e
parecia um tanto futurístico. Nas paredes ao redor, havia grandes telas planas por todo lugar,
mostrando anúncios sobre todos os tipos de atividades e empresas na vida real, enquanto
derramavam cores primárias. Claro, o mais brilhoso de todos era o vídeo promocional do «3º
Bullet of Bullets».

Mas naquele momento eu não tinha tempo para apreciar aquilo, já que a garota me
puxou e continuou a correr até um canto bem à direita.

Havia muitas máquinas compridas juntas da parede que pareciam caixas eletrônicos de
lojas de conveniência ou uma plataforma multimídia.

A garota me levou até uma das máquinas e disse rapidamente:

— Inscreva-se aqui. É como uma tela sensível ao toque normal. Você sabe como usá-
la?

— Hah, eu vou tentar.

— Ok, eu vou me inscrever ali. Se houver algo que você não entender, me pergunte.

Após dizer isso, a garota foi até uma máquina vizinha, que era separada por um painel.

A tela principal mostrou as palavras «Vila Presidencial de CBE Gurokken», e o que era
chocante é que todas as palavras lá dentro estavam convertidas para o japonês. Antes de
mergulhar, eu verifiquei o site oficial de GGO no mundo real pela internet, e foi realmente
muito complicado que estivesse tudo em inglês. Contudo, parecia que o jogo era um tanto
regionalizado até certo ponto.

Usei a ponta dos meus dedos para abaixar o menu e imediatamente encontrei o botão
de inscrição no terceiro Bullet of Bullets. Claro, eu imediatamente cliquei, e a imagem

38
Light Novel Project
imediatamente mostrou um formulário onde eu devia colocar meu nome, profissão e todo
tipo de dados. Ainda restavam 180 segundos.

Já que se trata de um jogo, pelo menos o nome do personagem seria


automaticamente inserido, e também qual era minha profissão e tal... Eu continuei a
resmungar enquanto olhava para o formulário, mas imediatamente encontrei o espaço em
branco mais surpreendente.

Estava escrito: “No espaço seguinte, por favor, preencha com seu nome e endereço do
mundo real. Claro, você ainda pode participar deste evento deixando o espaço em branco ou
inserindo um endereço falso, mas você não vai ser capaz de receber os prêmios das primeiras
posições”.

Isso fez com que meus dedos imediatamente parassem. Meu objetivo principal era me
tornar tão notável quanto possível no torneio e deixar-me ser alvo de «Death Gun». O termo
«prêmio» fez com que meu espírito de jogador de MMO hesitasse. Isso porque os prêmios
nesse momento seriam raros equipamentos que normalmente não poderiam ser conseguidos
no jogo.

Embora meu dedo tenha sido atraído para o espaço do nome e se preparava para
inserir o “K” de “Kirigaya” no teclado holográfico, no fim me forcei a não fazê-lo.

Eu não vim aqui para jogar. Minha prioridade era me encontrar com o misterioso
jogador «Death Gun» e decidir se sua habilidade era real ou falsa. Se «Death Gun» realmente
tivesse tal habilidade, não seria inteligente revelar meus dados pessoais no jogo. Eu não podia
ignorar a possibilidade de que «Death Gun» podia ser alguém dentro da empresa de operação
e que podia ler todos os registros dos jogadores.

Finalmente me livrei da sedução de um prêmio raro, e o coração gamer sangrando


dentro de mim ficou completamente vazio antes de eu tocar o botão de envio na parte inferior
do formulário.

A tela mudou novamente, um parágrafo de texto mostrou que eu tinha me registrado


com sucesso e então mostrou o horário para a primeira rodada das preliminares.
Inesperadamente, o dia era hoje, daqui a 30 minutos.

— Você terminou?

39
Light Novel Project
A menina de cabelo azul-água repentinamente perguntou ao meu lado. Parecia que ela
tinha terminado sua inscrição com sucesso. Com isso, relaxei e acenei com a cabeça.

— Sim, finalmente completo. Muito obrigado… e… desculpa te causar tantos


problemas.

Depois de me escutar meu pedido de desculpas, a garota sorriu.

— Está tudo bem. Eu estava bastante feliz no passeio de buggy agora há pouco.
Falando nisso, em qual grupo você está?

— Hum…

Novamente olhei para a tela e respondi:

— Estou no Grupo F. Grupo F, número 37.

— Ah… Entendo. Nós nos registramos ao mesmo tempo, então eu também estou no
grupo F. Eu sou a número 12... Isso é ótimo, mesmo que nos encontremos nas finais.

— Por que você diz isso?

— Se entrarmos nas finais das preliminares, poderemos participar do duelo final, não
importa se perdermos ou ganharmos. É provável que nós dois consigamos ganhar o direito de
fazer parte do duelo final. Entretanto, se nós realmente nos encontrarmos nas finais das
preliminares...

Aqueles olhos de gato brilharam, e então ela falou:

— Eu não vou me segurar.

— Ah… Entendo. Se nos encontrarmos, eu definitivamente darei o meu melhor.

Eu sorri e respondi, antes de mudar a tela de volta para a tela principal. Então, fiz uma
pergunta:

— Falando nisso, esse jogo é estrangeiro, mas todas as máquinas aqui já estavam
traduzidas para o japonês. O site oficial estava em inglês...

40
Light Novel Project
— Ah… A empresa de operação, «Zasker», é uma empresa americana, mas parece que
há japoneses entre as pessoas que estão trabalhando no servidor japonês. Mas... Você deve
saber que, tanto no Japão quanto na América, GGO é uma área neutra quando se trata de lei.

— Isso é por causa do «Sistema de Câmbio Monetário».

Depois de ouvir minha resposta, a garota deu um sorriso sem graça enquanto assentia
com a cabeça.

— Certo. Em certo sentido, esse jogo é um cassino privado. Assim, o site oficial só daria
as informações mais básicas e não revelaria onde a empresa de operação fica. Além disso,
coisas como gerenciamento de personagem, conversão de dinheiro para uma conta bancária e
todas as coisas relacionadas ao jogo só podem ser feitas dentro do jogo.

— Tudo que posso dizer é... Esse jogo realmente exagera as coisas.

— É por isso que esse jogo pode ser considerado um reino totalmente diferente do
mundo real… Mas, por causa disso, parece que minha eu agora e a da realidade são duas
pessoas completamente diferentes…

Eu senti que havia uma sombra nos olhos da garota e pisquei por um momento,
confuso.

— Nã-Não é nada, desculpe. Nós deveríamos estar indo para nossa arena preliminar.
Fica embaixo deste lugar. Você está pronta?

— Hã.

Eu assenti com a cabeça, e a garota novamente segurou minha mão e disse “por aqui”
antes de se mover para dentro do primeiro andar do salão da vila presidencial. Havia alguns
elevadores na parede, e o dedo delicado da garota pressionou o botão de descida ao lado da
porta do elevador mais à direita.

A porta imediatamente se abriu, e a garota entrou antes de pressionar o botão


«B20F». Parecia haver muito espaço para subir e descer. Meu corpo realmente sentiu como se
estivesse descendo e desacelerando, e a porta se abriu.

Uma vez que vi a escuridão do lado de fora da porta, imediatamente perdi o fôlego.

41
Light Novel Project
Era um domo meia-boca tão amplo quanto o salão no primeiro andar. Havia
pouquíssima luz, apenas alguns arcos luminosos fechados em armações metálicas davam um
brilho obscuro.

O chão ou os pilares estavam ambos emitindo o polimento negro do chão metálico ou


a cor de chá-verde da malha de arame. A parede do grande túnel tinha algumas mesas
toscamente feitas, e o teto tinha largos painéis holográficos. Mas, naquele momento, as
imagens atuais mostravam completa escuridão. Havia apenas as palavras “BoB 3 -
Preliminares” em vermelho carmesim e uma contagem de aproximadamente 28 minutos.

No entanto, o que me deixou nervoso não foram essas cenas e a música ambiente
baseada em metal que berrava.

Mais precisamente, eu estava um tanto desconfortável com aquelas sombras negras


reunidas nas mesas próximas às paredes ou aqueles que estavam ao lado dos pilares de metal.
A sensação que eles passavam…

Nós estávamos num jogo, porém não havia ninguém ocupado gritando sobre isso. Eles
estavam todos sussurrando uns para os outros ou parados em volta, sozinhos. Eu podia dizer
que eles eram participantes das preliminares do BoB que estava para começar e eu sabia que
eles já estavam profundamente acostumados a esse mundo virtual. Aqueles realmente são
jogadores veteranos de VRMMO.

Não, em termos de quantidade de tempo mergulhado, não acho que ninguém ali
tenha mergulhado por mais tempo que eu. Eu estive conectado o tempo todo durante dois
anos, o ano passado e o retrasado.

Contudo, cada jogador tinha seu próprio «Estilo de Jogo». Por exemplo, eu me
especializo em PvE2, e aqueles jogadores eram completamente meu oposto. Eles eram
apaixonados por PvP. A partir dos olhares afiados através dos pesados capacetes que não
tinham nenhum brilho, eu soube que eles estavam desesperadamente tentando obter
informações sobre isso.

Eu não tenho realmente lutado muito contra outros jogadores desde que ALO mudou
para sua operadora atual na primavera desse ano. Durante esse intervalo de tempo muito

2
PvE: ou Player versus Enviroment, é um estilo de jogo onde os jogadores enfrentam o
ambiente, ou seja, criaturas guiadas pelo sistema.

42
Light Novel Project
longo, eu definitivamente devo ter perdido o jeito no PvP, e a forma como os olhares daqueles
caras sobre mim pareciam tão esmagadores era a prova disso.

Esses caras... Esse trabalho está ficando cada vez mais e mais difícil, Kikuoka-san.

Inconscientemente murmurando isso bem fundo no meu coração, meu cotovelo


direito foi subitamente empurrado. Após olhar para o lado, eu vi a garota de cabelo azul claro
dando um olhar surpreso.

— O que há de errado?

— N-nada…

Depois que rapidamente respondi com suavidade, a garota assentiu levemente a


cabeça e sussurrou de volta:

— Vamos para o banheiro primeiro. Você tem que pôr as roupas de batalha que
acabou de comprar mesmo.

E, então, ela começou a andar em meio aos jogadores. Seus pés estavam se movendo
naturalmente e eu não podia sentir nenhuma tensão vinda dela. No entanto, não era porque
as pessoas a nossa volta ignoravam sua existência. Os olhares que um grupo de homens lançou
nela tinham uma intenção de batalha tão grande que não podiam ser comparados aos que eles
me lançaram. Um cara que sacou uma metralhadora terrivelmente grande até mesmo passou
a limpar seu cano de maneira deliberadamente escandalosa.

Inesperadamente, essa garota tinha uma coragem tão incrível que podia até mesmo
ignorar tamanha pressão. Eu fiquei ainda mais chocado quando corri para tentar alcançar
aquele cachecol amarelo-sujo.

Não havia mesas no fundo do salão, mas em vez disso várias portas de metal frio
estavam alinhadas lá. A garota abriu uma porta com uma luz verde, me puxou para dentro,
fechou a porta atrás de mim e pressionou o painel de operação do lado de dentro da porta.
Com um som de clique, o indicador mudou para vermelho.

Era um vestiário um tanto apertado. Claro, não havia mais ninguém além de nós.

— …Aiai.

43
Light Novel Project
Depois de chegar ao centro da sala, a menina respirou levemente e pareceu
murmurar:

— Realmente… um bando de caras ingênuos...

— O qu… caras i-ingênuos? Você está falando daqueles caras com uma tremenda
intenção assassina?

Lembrei dos rostos com caras feias no salão, e a garota pareceu tratar como um fato
ao assentir e dizer:

— Isso mesmo. Mostrar sua arma principal para se gabar 30 minutos antes do torneio
é, basicamente, pedir para que os outros pensem em maneiras de como lidar com eles.

— Ah… Entendo.

— É melhor que você equipe seu sabre de luz e a Cinco-Sete somente depois do início
do torneio.

A garota sorriu ao dizer isso e, após me ver confirmar com a cabeça levemente, se
virou.

Então, ela fez algo que era muito mais assustador do que aquelas palavras que tinha
acabado de dizer.

Ela moveu a mão direita e abriu o menu principal, imediatamente clicando em


remover todo o equipamento.

O cachecol amarelo-sujo, a jaqueta cor de curry, a calça de pontas soltas e a camiseta


sem estampa foram todos embora de maneira sistemática.

Naquele momento, a menina estava vestindo apenas roupas íntimas que cobriam uma
pequena área e cujas fibras emitiam um pequeno brilho.

— Uu… uaaah?!

Deixei escapar uma voz rouca e freneticamente usei minha mão direita para cobrir
meu rosto. Então, através de meus dedos, vi o olhar inexplicável da garota.

— O que você está fazendo? Ande logo e se troque.

44
Light Novel Project
45
Light Novel Project
— O-Ok, hum, isso…

Mesmo de frente ao maior choque desde que entrei em GGO, continuei


desesperadamente a pensar em contramedidas.

Nessa situação, eu não tinha muitas escolhas. Eu poderia encontrar uma desculpa para
sair dessa sala, ou poderia continuar, fingir ser uma garota e colocar meu equipamento por
cima da roupa. Contudo, ambos os métodos estariam enganando essa garota que tinha me
ajudado tanto.

Nessa situação desesperadora, só pude cerrar meus dentes e escolher a terceira opção
antes que a garota fizesse a maior tragédia de se desequipar por completo.

Eu abaixei a cabeça com a maior velocidade possível e deixei meu cartão de


identificação se materializar do menu principal antes de entregá-lo para a garota com ambas
as mãos.

— Ehr… Me desculpe! Eu não me apresentei até agora… Esse é quem... Não, o que eu
sou!

— Hã? O quê?

Eu senti o cartão de identificação deixar minhas mãos junto com uma voz confusa.

— Kiri…to. Haha, esse é um nome interessante... Espera...

Eu, Kirito, nunca entrei em nenhuma guilda, nenhum «esquadrão» neste mundo,
então, no meu cartão, só havia o nome. E o sexo.

— Masculino… Hum… Hã?! Mas, você é... Bom…

Uma voz perplexa saiu, e, no topo da minha visão, com minha cabeça completamente
abaixada, pude ver um pé despido, pequeno e delicado, dar um passo para trás.

— Não pode ser… U-Um cara…?! Com um avatar desses...?!

E, então, houve silêncio.

Eu não conseguia aguentar a atmosfera tensa que rondava esse vestuário e me


preparei para levantar a cabeça.

46
Light Novel Project
Nesse momento, um objeto branco rapidamente voou em minha direção, e após
explodir no lado esquerdo do meu rosto, houve um rápido brilho roxo.

Continuei a girar como um pião devido ao impacto, percebendo só depois de desmaiar


no chão vendo estrelas que aquilo era a palma da garota.

— Não me siga.

— Ma-Mas eu não sei o que fazer agora…

— Não me siga.

— Ma-Mas eu não conheço mais ninguém...

— Não me siga.

Enquanto mantínhamos o volume de nossa conversa baixo, continuei


desesperadamente a perseguir aquela garota de cabelo azul na minha frente.

Agora ela estava vestindo uma jaqueta militar com uma coloração do deserto, colete à
prova de balas da mesma cor e botas de combate. A única coisa que era igual ao seu traje de
rua era aquele cachecol em seu pescoço. Assim como a dica que ela me disse, ela não
materializou sua arma.

Minha vestimenta era um pouco similar à dela, mas era uma roupa preta mais
adequada para uma camuflagem noturna. Dessa vez quis desistir da minha preferência e
escolher uma cor mais vibrante, mas o local de batalha era decidido aleatoriamente, e a garota
disse que meu orçamento não me permitia comprar roupas coloridas para todo tipo de
terreno, então acabei escolhendo a cor que mais gosto.

E a pessoa que me sugeriu isto estava a um metro de distância de mim e continuava a


andar sem olhar para trás.

Claro, eu podia entender porque ela estava tão brava, mas eu não menti dizendo “Eu
sou uma garota” ou falei em tom feminino. Foi minha culpa tirar vantagem do erro dela, mas
se ela tivesse me dito que estávamos prestes a nos trocar, eu teria falado a ela...

47
Light Novel Project
Eu não podia fazer mais nada além de lamentar em meu coração enquanto a perseguia
deliberadamente. Contudo, a garota parou de repente. Nesse ponto, nós já tínhamos
percorrido cerca de metade do salão.

A garota se virou e olhou para mim, que também tinha parado.

Seus olhos azuis me fitavam. A expressão gelada parecia mais com um leopardo do
que com um gato agora. Eu achei que ela fosse rugir e recuar quando seus pequenos lábios
respiraram fundo, mas ela apenas suspirou rapidamente.

Ela se sentou pesadamente em uma caixa ao lado e virou seu rosto para outra direção.
Eu timidamente me sentei em frente a ela.

Levantei a cabeça, olhei para o painel com telas holográficas e descobri que havia
menos de 10 minutos antes do começo das preliminares. Eu não sabia o que fazer depois, se
tinha que ir para algum lugar uma vez que as preliminares começassem ou se ainda teria que
passar por algumas etapas. Não sabia nem onde conseguir essa informação.

Eu só podia timidamente me afastar já que estava sendo tomado por um incômodo


crescente. Naquele momento, a garota olhou para mim e suspirou pesadamente.

— Vou explicar o básico, pelo menos. Depois disso somos inimigos.

Após ouvi-la dizer isso com uma voz grave, não pude evitar um sorriso.

— O-Obrigado.

— Não se engane. Eu não te perdoei. Quando a contagem chegar ao final, todos os


participantes serão automaticamente transferidos para a arena da primeira rodada, onde há
apenas você e seu oponente.

— Hum, entendo.

— O campo é um espaço de 1km². A paisagem, o clima e o tempo são todos gerados


aleatoriamente. No começo, todos os jogadores estarão a pelo menos quinhentos metros de
distância um do outro, e o vencedor da partida será transferido para a área de espera,
enquanto os perdedores serão transferidos para o salão no primeiro andar. O perdedor não
perderá suas armas nem dropará coisas aleatórias, e, se vencer, você será automaticamente
transferido para o começo da segunda rodada se a partida do próximo oponente tiver

48
Light Novel Project
acabado. Se o oponente ainda estiver batalhando, você deve esperar até a batalha acabar. O
Grupo F tem 64 pessoas, então, se vencer cinco partidas, você pode entrar na rodada final e
ainda ganhar o direito de entrar direto nas finais desse torneio. Isso é tudo que tenho pra
explicar. Não vou responder mais nenhuma pergunta.

Ela soou fria, mas depois de sua explicação detalhada, entendi mais ou menos o que
eram as preliminares. Novamente agradeci à garota.

— Eu acho que entendi. Obrigado.

E, então, ela novamente olhou para mim antes de imediatamente desviar o olhar. A
garota em seguida abriu a boca e disse suavemente:

— Você tem que chegar às finais. Já que te ensinei tanto, espero ensiná-lo uma última
coisa.

— Última coisa?

— Vou te fazer provar a bala da sua derrota.

Após ouvir tais palavras, não pude fazer mais nada além de sorrir. Não era um sorriso
sarcástico ou forçado, mas um vindo do fundo de meu ser. Eu realmente gostava de pessoas
com a personalidade dela.

— Estou ansioso por esse momento. Mas você está certa de que pode chegar às finais?

A menina bufou friamente e respirou:

— Se eu perder nas preliminares, saio de vez. Dessa vez, tenho definitivamente que...

Eu senti como se ela estivesse encarando todos os adversários ao deixar escapar um


brilho de vidro colorido.

— Tenho que matar todos os adversários fortes.

Essas palavras foram ditas em um ambiente silencioso, mas as leves ondas sonoras
entraram em meus ouvidos. Os lábios da garota mostraram o sorriso de uma fera. Tive
calafrios nas costas que eu não sentia há muito tempo.

Não é à toa que aquela garota não sentia a pressão dos outros competidores.

49
Light Novel Project
Isso porque ela era muito mais forte que eles. Não importa se é a habilidade como
jogador de VRMMO ou a força mental que a apoiava.

Segurei minha respiração e permaneci em silêncio, e a garota olhou para mim. O


sorriso em seu rosto havia desaparecido. Ela parecia estar pensando em alguma coisa quando
parou seu olhar. Então ela usou sua mão direita para abrir a tela de menu. Após algumas
operações simples, um pequeno cartão apareceu na ponta de seus dedos.

A garota, então, fez o cartão deslizar pela mesa, e eu o peguei. Ela disse:

— Essa deve ser a última vez que conversamos assim, então é melhor eu anunciar meu
nome. Esse é o nome da pessoa que vai te derrotar.

Eu silenciosamente olhei para a carta. A palavra mostrada nele era «Sinon» e o gênero
era, obviamente, feminino.

— Sinon…

Eu murmurei. A garota moveu seu cabelo azul e assentiu levemente. Eu novamente


disse meu nome.

— Eu sou Kirito. Prazer em conhecê-la.

Estendi minha mão direita inconscientemente por cima da mesa, mas, é claro, a garota
chamada Sinon ignorou minha ação, virando imediatamente o rosto. Tudo que pude fazer foi
dar um sorriso sem graça e recolher minha mão estendida.

Após isso, Sinon se manteve em silêncio e parecia não ter intenção de continuar a
falar. Olhei para a grande tela no salão e vi que ainda faltavam cerca de cinco minutos. Nesse
momento, comecei a hesitar se eu deveria abraçar meus joelhos juntos e só esperar na cadeira
ou tentar falar com ela novamente. Contudo, quando estava quase tomando minha decisão,
ouvi passos indo em direção a Sinon.

Levantei meu rosto e vi que havia ali um grande e alto jogador com longos cabelos
prateados caindo pela testa, andando em direção à nossa mesa.

Ele usava uma camuflagem simples de padrão cinza, um pouco mais clara que cor de
carvão, e tinha uma metralhadora razoavelmente grande pendurada em seu ombro,
provavelmente não era uma submetralhadora ou um rifle, e ele tinha um rosto com um olhar

50
Light Novel Project
inteligente que combinava com seu corpo alto e magro. Como ele parecia não ter muita
armadura, fiquei com a impressão de que ele podia se mover agilmente no campo de batalha.
Ele parecia mais um membro de operações especiais do que um soldado experiente.

O homem não olhou para mim, sentado silenciosamente no canto, e sorriu para Sinon.
Imediatamente, o que parecia um avatar extremamente habilidoso mostrou uma gentileza
típica de um garoto, o que me fez piscar em surpresa.

— Ei, por que você está tão devagar, Sinon? Eu estava preocupado que você tivesse se
atrasado.

Ao ouvir o tom daquele cara que parecia estar tentando agir como um conhecido,
pensei que Sinon iria imediatamente lhe dar um olhar mortífero e ele se encolheria com medo.
Mas, inesperadamente, a atmosfera gelada em volta da garota imediatamente diminuiu, e ela
ainda mostrou um leve sorriso.

— Olá, Spiegel. Tive alguns problemas, por isso me atrasei. Hum, mas… Você não
pretende participar?

Aquele homem chamado Spiegel sorriu bisonhamente enquanto juntava as mãos.

— Bom, não sei se você vai se incomodar ou não, mas eu vim torcer por você, Sinon.
Além do mais, eu posso assistir a transmissão ao vivo pelo telão.

Parecia que os dois eram amigos ou companheiros de guilda. Sinon se afastou um


pouco, e Spiegel naturalmente sentou-se ao lado dela.

— Falando nisso, qual foi esse problema que você mencionou?

— Ah… Nada demais, é só que eu trouxe uma pessoa aqui e tal...

Depois que Spiegel perguntou, Sinon imediatamente me olhou com uma expressão
fria. Eu relutantemente voltei meu pescoço encolhido de volta à posição original, e o homem
que só foi me perceber agora assentiu com a cabeça.

— Olá, eu sou a certa pessoa…

— Ah… O-Olá. Prazer em conhecê-la. Bom… Você é amiga de Sinon?

51
Light Novel Project
Ele não parecia ser alguém a se tratar levianamente, mas esse homem chamado
Spiegel... Sua aparência feroz não parecia combinar com sua polidez. Ou melhor... Ele está me
tratando com uma garota agora?

Tentei manipular minha escolha de palavras pensando em como responder de uma


maneira mais bem-humorada, mas Sinon imediatamente disse:

— Não se deixe enganar. Ele é um cara.

— Hã?!

Só consegui mesmo usar um tom normal para dizer meu nome a Spiegel, que
arregalou os olhos.

— Ah... Eu me chamo Kirito. Sou um cara mesmo.

— U-Um cara… Isso significa…

Spiegel mostrava uma expressão bastante incomodada enquanto alternava seu olhar
de mim para Sinon. Parecia que ele não podia entender por que Sinon sairia com um jogador
masculino.

Pensando que esse era o caso, senti vontade de provocá-los, então tentei adicionar
combustível ao fogo e disse:

— Bom, realmente, Sinon cuidou muito bem de mim, sabe.

Nesse momento, Sinon imediatamente lançou um olhar parecido com um relâmpago


para mim e disse ferozmente:

—Ei… Não diga isso. Eu nunca cuidei de você. Falando nisso, quando eu deixei você me
chamar de Sinon...?

— Por que você está dizendo isso tão impiedosamente?

— Que piedade o quê! Você é só um estranho!

— Ah... Mas você não me ajudou a organizar meu equipamento?

— É porque… É porque… Você…

52
Light Novel Project
Quando chegamos a esse ponto…

A leve música ambiente dentro do salão gradualmente desapareceu, e o que se seguiu


foi uma barulheira de uma guitarra elétrica. Depois disso, uma doce voz sintética em alto
volume soou acima da cabeça das centenas de pessoas ali.

— Desculpe por deixá-los esperando. Nós vamos agora começar as preliminares do


Terceiro Torneio Bullet of Bullets. Todos os jogadores inscritos serão automaticamente
transferidos para o campo da primeira rodada, uma vez que a contagem chegar à zero.

Um aplauso ensurdecedor e ovações soaram dentro do salão. Katatata, o som das


metralhadoras e o agudo som de lasers sendo disparados tomaram conta, e luzes de
diferentes cores coloriram o teto como fogos de artifício.

Em meio a todo o tumulto, Sinon se levantou e apontou o indicador diretamente para


mim.

— Você precisa chegar às finais. Então vou explodir sua cabeça.

Eu então me levantei, sorri e respondi:

— Se você quiser sair num encontro comigo, ficarei feliz.

— Se-Seu des…

A contagem de 20 segundos estava quase para chegar a zero, e eu acenei para Sinon
antes de me virar e ir para frente, para ser transportado para o campo de batalha. Nesse
momento, meus olhos encontraram Spiegel, que me encarou todo esse tempo.

Seus olhos mostravam óbvia cautela e hostilidade. Bem quando senti que talvez
tivesse passado dos limites…

Meu corpo foi cercado por uma coluna de luz azul, e minha visão ficou imediatamente
azul.

Finalmente, eu fui transportado para uma placa hexagonal que flutuava na escuridão.

Havia uma janela com um holograma de brilho vermelho na minha frente, e, no topo
dele, estava escrito em letras garrafais «Kirito vs Uemaru». Diferente de SAO, que só permitia
o alfabeto inglês, era possível usar japonês em GGO. O nome «Uemaru» estava escrito em

53
Light Novel Project
kanji, mas, é claro, eu nunca tinha encontrado esse cara antes. Além disso, na parte inferior da
janela havia uma linha de palavras «Tempo de Preparação: 58 segundos restantes. Campo: O
Antigo Monastério Abandonado».

Esse minuto de preparação provavelmente deveria nos permitir colocar os


equipamentos adequados para essa fase. Eu não tinha ideia sobre minhas armas e mapas
preparados e sequer tinha usado eles. Usei minha mão direita para abrir o menu e, na janela
de equipamentos que era similar ao ALO, minha arma principal era um sabre de luz
«Kagemitsu G4» e minha arma secundária era uma «Cinco-Sete». Depois de verificar se não
tinha esquecido de equipar meu equipamento defensivo, fechei a janela.

Enquanto esperava o tempo lentamente abaixar, eu de repente tive um estranho


pensamento.

Aquele sorriso feroz mostrado por um instante pela menina chamada Sinon. Ele tinha a
intenção assassina de uma bala disparada de um rifle, que poderia perfurar qualquer escudo
ou armadura.

Aquilo me fez lembrar da voz que ressoou em minha mente.

Para eliminar o mais forte... Essa declaração direta soou um pouco infantil de certo
modo, mas eu nunca tinha sentido algo tão intimidante, considerando até mesmo a época em
que estive em SAO. Eu senti seu corpo pequeno emitir uma verdadeira vontade que
ultrapassava em muito a atuação no RPG.

Nesse mundo virtual criado através de impulsos elétricos, eu não tinha visto nenhum
jogador mostrar tamanha vontade como ela. Entre as jogadoras, a única que eu conhecia com
tal seriedade era Asuna. Não, mesmo quando ela era chamada «Flash» ou até «Berserker3»
antes disso, ela nunca tinha me dado tal impressão antes.

Seria possível? Seria aquela garota com cabelo azul-claro o «Death Gun» pelo qual
estou procurando?

Uma vez Kikuoka me deixou ouvir a voz do banco de dados que dizia-se pertencer a
«Death Gun», mas o grito estridente como a fricção de um metal contra outro era totalmente

3
Bersekers foram guerreiros nórdicos. É dito que, enquanto em combate, eles entravam em um
estado de fúria assassina tão grande que sua pele podia repelir espadas. Lendas contam que esses
guerreiros, tomados por um frenesi insano, se lançavam despidos contra hordas inimigas.

54
Light Novel Project
diferente da voz clara de Sinon. Contudo, GGO era um mundo diferente de SAO. Um jogador
podia ter inúmeros personagens e havia inúmeros casos de login usando personagens
diferentes.

E pelo tom de sua voz, Sinon parecia ter confiança absoluta de que chegaria às finais.
Se meu palpite de que Death Gun definitivamente aparecerá nesse torneiro está certo, eu
posso restringir cerca de 30 pessoas e, é claro, Sinon é uma delas.

Para ser sincero, eu realmente não queria testar essa possibilidade. Não senti
nenhuma intenção assassina dela quando ela me levou para a loja e explicou todo tipo de coisa
para mim. Em vez disso, ela dava a impressão de ser solitária, como se quisesse se aproximar
dos outros.

Só me pergunto qual é a verdadeira Sinon.

Não, eu não vou conseguir a resposta não importa o quanto pense. Quando nossas
espadas colidirem... Não, quando ambos dispararmos nossas armas, deveremos ser capazes de
conseguir algumas dicas.

Bem quando pensei sobre isso e levantei meu rosto, a contagem chegou a zero, e meu
corpo foi novamente cercado por um efeito luminoso.

Após isso, eu fui abandonado sob um sombrio céu ao pôr do sol.

O vento que soprava transversal a mim fazia um assovio agudo. Havia muitas camadas
de nuvens quebradas flutuando acima, no ar, e, abaixo de mim, a grama murcha flutuava ao
vento.

Ao meu lado havia grandes pilares cilíndricos que eram ou do estilo jônico ou do estilo
4
coríntio . Eles tinham cerca de três metros de distância um do outro e eram alinhados em
forma de arco. Alguns dos pilares estavam quebrados, outros completamente destruídos.
Pareciam ruínas do templo de uma civilização perdida.

Encostei meu corpo no pilar mais próximo e então rapidamente olhei em volta.

A ampla pastagem murcha ao meu redor era soprada duramente, e, bem longe nas
colinas, eu podia ver ruínas que eram similares a este lugar. De acordo com explicação de

4
Ambos estilos de construção derivados do estilo grego.

55
Light Novel Project
Sinon, o campo de batalha era quadrangular e tinha mil metros de lado, mas pra ir daqui até lá
levaria vários quilômetros. Deveria haver algum tipo de barreira natural, como um rio ou um
penhasco ou algo do tipo.

Continuei a me lembrar da explicação dela. Agora, o oponente deveria estar a cerca de


quinhentos metros de onde eu estou agora, mas eu não podia ver ninguém no meu campo de
visão. Como eu, ele deveria estar se escondendo em algum lugar atrás das ruínas. Não havia
indicação do inimigo em volta, então eu mesmo deveria encontrá-lo.

Eu posso continuar a esperar aqui e deixar o inimigo perder a paciência antes de agir.
Contudo, «esperar» realmente não se encaixa na minha personalidade. Ao invés de esperar
aqui, eu poderia muito bem correr para a ruína mais próxima do outro lado e usar o disparo do
inimigo para rapidamente analisar minha posição... Eu pensei enquanto usava minha mão
direita para sentir a «Cinco-Sete» em minha cintura.

Nesse momento, uma forte rajada de vento soprou e as pastagens ao redor


começaram a balançar. Quando o vento parou, a grama seca novamente se endireitou...

E no campo cerca de vinte metros de distância dos meus olhos, uma silhueta de
repente se levantou silenciosamente.

Minha visão embaçada imediatamente viu o fuzil que o adversário tinha sacado, a
barba cor de chá que estava repousando no cabo da arma, as lentes dos óculos que cobriam
mais da metade do rosto e o capacete grama falsa. Só havia eu e meu adversário no campo de
batalha, então ele definitivamente era «Uemaru».

Eu não tinha ideia de quando ele encurtou a distância entre nós. Uma das razões
óbvias era o traje de camuflagem que ele vestia. Aquela roupa imitava a pastagem ao redor e
tinha discretos padrões regulares. Logo quando pensei “Humm, então isso é usar os 60
segundos...”

O rifle de assalto negro que o inimigo ajeitava no ombro direito mostrou muitas linhas
vermelhas, as «Linhas de Tiro», e as linhas passavam direto por mim e pelo espaço à minha
volta.

— UUAAH!

56
Light Novel Project
Eu não pude fazer mais nada além de gritar enquanto saltava para o lugar com menor
número de linhas de tiro: o céu.

O rifle do inimigo em seguida soltou katatatatatatata!, e meu tornozelo direito foi


atingido duas vezes. A barra de HP no canto superior esquerdo da minha visão mostrou uma
diminuição de cerca de 10%. É claro, eu não podia desviar de todas as balas. Nesse momento,
lembrei-me do «Disparo Automático» de que Sinon tinha me alertado.

Dei um mortal no ar e aterrissei no pilar quebrado pela metade atrás de mim. Tentei
contra atacar e saquei a Cinco-Sete do meu cinto com minha mão esquerda.

Contudo, o inimigo não me deu tempo suficiente para mirar direito. Logo em seguida,
numerosas linhas de tiro surgiram no meu corpo novamente.

— AAAAH!

Soltei um grito vergonhoso me escondendo trás do pilar. Outra bala atingiu de raspão
meu pulso direito, e meu HP caiu impiedosamente.

A enxurrada de tiros que veio em minha direção pareceu acertar o pilar, causando um
som Bishibishibishi e fazendo inúmeros fragmentos voarem. Eu rapidamente abracei meus
membros junto do corpo e me escondi inteiro atrás do pilar.

Isso é definitivamente diferente de uma batalha entre espadas!

Naquele jogo evasivo contra o atirador NPC, havia um intervalo de tempo e eram no
máximo seis tiros, mas eu já tinha que me concentrar totalmente somente para desviar desses
ataques. Agora, diante de uma enxurrada de mais de dez tiros por segundo, é claro, eu estava
no meu limite.

Para cortar o rosto barbudo de Uemaru com meu sabre de luz, «Kagemitsu», na direita
de minha cintura, eu tenho que estar bem na frente dele. Mas, antes disso, terei balas me
atravessando e meu HP já estaria no final.

Se eu não pudesse desviar de todas, só podia pensar em um jeito de me «defender»


contra as balas. Infelizmente, mesmo que houvesse um «campo de proteção» nesse mundo
que pudesse enfraquecer o poder dos tiros, não havia nenhum escudo mágico ou algo que
protegesse contra munição de verdade. Em SAO, existe a «Habilidade de Defesa com Arma»
que permite que uma espada substitua um escudo...

57
Light Novel Project
Nesse momento, subitamente coloquei minha mão no sabre de luz preso no
mosquetão em meu cinto. Eu só preciso desviar algumas balas se eu puder me defender com
esse sabre. Não deve ser impossível. Alguém em um filme de ficção científica não usou um
sabre de luz para facilmente desviar balas? Se esse jogo foi desenvolvido por uma empresa
americana, eles seriam capazes de recriar essa cena. Mas para executar essa habilidade
realmente difícil, eu tenho que, primeiramente, prever as trajetórias das balas que são
disparadas contra mim...

Não...

Não, eu consigo fazer isso. Eu devo ser capaz de fazer isso. As «Linhas de Tiro» não
estão me dizendo para onde as balas estão indo?

Engoli em seco e usei minha mão direita para puxar o sabre de luz do meu cinto.

Neste momento, os tiros pararam. Eu suponho que Uemaru está novamente se


escondendo entre a grama e pronto para vir pela esquerda ou direita.

Fechei meus olhos e me concentrei em meus ouvidos.

O vento continuou a soprar. Nesse momento, tentei meu melhor para eliminar os sons
barulhentos da minha consciência e me concentrei no farfalhar do gramado balançando para
escutar algum tipo de som irregular no meio.

Essa era uma habilidade que só podia ser feita em um espaço VR, onde eu posso isolar
cada som completamente. Desde a época de SAO, essa «habilidade de fora do sistema» me
ajudou muito. Por exemplo, um ingrediente de nível S como o «Coelho Ragout» requeria essa
habilidade para se fazer um golpe fatal.

Mas se eu era capaz de ser bem sucedido ou não…

E então meus ouvidos captaram um som irregular vindo pela esquerda, por trás, das
sete às nove horas. Ele se moveu por cerca de dois ou três segundos antes de parar e começar
a investigar minha posição.

O inimigo então começou a se mover, parou e se preparou para se mover novamente…

— V-VAMOS LÁ!

58
Light Novel Project
Eu usei meu grito para pisar forte no chão e correr diretamente para onde o inimigo
estava escondido.

Uemaru provavelmente não esperava que eu corresse até ele enquanto ele se
escondia nos arbustos. Ao se levantar da grama seca, ele levou cerca de meio segundo para
abaixar um joelho e entrar em sua posição de disparo.

Estávamos originalmente a 25 metros um do outro, mas eu já tinha corrido metade


dessa distância. Continuei a correr enquanto usava meu polegar direito para deslizar o
interruptor da espada de fótons. Uon. O som que me fez relaxar pôde ser ouvido, e a lâmina
que brilhava roxo-azulado saiu do punho da espada.

Pela terceira vez, numerosas «Linhas de Tiro» vindo do rifle de Uemaru apareceram
em meu corpo.

Até agora, eu tinha instintivamente procurado por lugares onde pudesse me esconder.
Mas dessa vez, apenas deixei meus olhos focarem à frente de meu corpo e aguentei o medo
que se manifestava na parte de trás do meu pescoço e que irritava meus sentidos. Após tentar
o meu melhor para observar o inimigo, vi que nem todas as finas linhas vermelhas apareciam
ao mesmo tempo. Havia uma pequena diferença entre elas, e essa diferença deveria ser a
ordem em que as balas sairiam do cano da arma.

Controlei o corpo que era muito mais delicado que na vida real e corri para frente.
Neste momento, havia seis linhas de tiro miradas em meu corpo.

As outras linhas de tiro à esquerda e à direita estavam levemente fora de curso. Com a
distância atual, a precisão do rifle inimigo e do próprio atirador não era muita coisa.

A emoção há muito esquecida do PvP parecia ter feito meu personagem mudar para o
modo de batalha. À medida que minha visão mostrava um alargamento a partir do centro, o
corpo do alvo ficou extremamente óbvio. É essa sensação de aceleração que era inesquecível.
Foi quando comecei a desacelerar, minha consciência era a única coisa correndo.

O cano do rifle inimigo de repente soltou uma faísca laranja.

Durante esse tempo, a lâmina do sabre de luz bloqueou as linhas do primeiro e


segundo tiro com precisão.

BA-BAM!

59
Light Novel Project
A superfície do sabre de luz soltou duas faíscas brilhantes de cor laranja. No momento
em que percebi isso, meu braço direito imediatamente levou a espada de fótons para a
terceira e quarta linha de tiro com a velocidade de um relâmpago. Então, o som das balas
sendo desviadas pela intensa energia pôde ser ouvido novamente.

Continuei seguindo em frente, ignorando as balas que «não me atingiriam de jeito


nenhum». Na verdade, era uma coisa realmente desgastante para a mente, mas cerrei meus
dentes e continuei a balançar a espada em minha mão.

Quinto… e aquele é o sexto! Depois de desviar todos os tiros que poderiam ter me
atingido com sucesso, dei um impulso para a frente com tudo que eu tinha para cobrir a
distância que restava entre nós.

— Sem… Sem chance!

O queixo barbudo de Uemaru caiu quando ele abriu a boca e gritou em choque.
Contudo, o cara não parou só por causa disso. Ele ejetou o pente vazio habilmente, sacou
outro pente preparado da cintura e se preparou para recarregar o rifle.

Para impedi-lo de fazer isso, agarrei a Cinco-Sete com a mão esquerda e mirei nele. No
momento em que meus dedos tocaram o gatilho, um círculo com brilho verde apareceu no
centro do peito do inimigo. Isso me chocou, mas apenas continuei a atirar, cinco tiros.

O inesperado, mas leve, recuo passou do meu pulso ao ombro e, dentro do círculo
meio transparente, Uemaru foi atingido no ombro e no abdômen, enquanto os outros três
tiros desapareceram por trás dele nos arbustos. Contudo, as balas que o atingiram passaram
pela armadura e causaram-lhe dano. A tela mostrou sua barra de HP cair cerca de 10%.
Uemaru cambaleou e imediatamente hesitou.

Para mim, era tempo suficiente.

Quando ele ficou ao alcance do meu ataque, eu girei o corpo ligeiramente para a
direita…

Disparei com tal velocidade que teria rompido o chão virtual se fosse possível e
avancei sem desacelerar. No mundo de SAO, isso é chamado «Ataque Vorpal», um golpe
crítico lançado contra o peito do inimigo.

O zumbido parecido com o ruído de um motor a jato soou quando a lâmina de luz

60
Light Novel Project
61
Light Novel Project
perfurou facilmente o corpo do inimigo. Pareceu que a explosão de energia que não podia ser
sair por nenhum outro lugar implodiu dentro do corpo do meu adversário.

Então, com uma luz e som exagerados, o objeto cilíndrico em minha mão direita saiu
de súbito, e o corpo do inimigo se transformou em numerosos fragmentos que se dispersaram
no ar.

Eu senti a sensação de dormência pela luta que tinha acabado enquanto lentamente
apoiei meu corpo.

Uu-uon

Balancei o sabre de luz e quase tentei embainhar a espada em minhas costas, mas
apressadamente desliguei-a antes disso.

Depois de pendurar a espada no mosquetão no lado direito da minha cintura e a


pistola em minha mão direita no coldre, finalmente soltei um longo suspiro. Olhei para cima,
para o céu de pôr do sol, e vi que as nuvens baixas pareciam uma tela mostrando as palavras
“Parabéns”.

Eu havia ganhado a primeira rodada com grande dificuldade. Era realmente bom que
eu pudesse usar um sabre de luz para me defender de tiros de rifle. Contudo, eu precisava de
muita concentração para fazer isso, e meus nervos já estava começando a entrar em crise pelo
estresse excessivo.

Ainda tenho que passar por outras quatro desgastantes rodadas...

Uma luz azul veio sobre meu corpo abatido e começou a me envolver. O suave som do
vento gradualmente desapareceu. Uma vez que o ruído se tornou sussurros de várias pessoas,
me encontrei de volta à área de espera.

Aparentemente eu tinha sido transferido para os caixotes perto da parede onde eu


estava antes. Olhei para esquerda e direita, mas não vi Sinon ou Spiegel por perto. Se Sinon
ainda estava batalhando, o que eu queria saber é onde aquele homem relacionado a ela
estava. Dei uma olhada por todo o lugar e descobri que havia uma figura familiar perto do
centro do salão, vestido em roupas de rua. Ele não percebeu que eu tinha voltado, tanto que
simplesmente continuou focado na grande tela no teto.

62
Light Novel Project
Levantei minha cabeça, assim como ele estava fazendo, e descobri que aquele telão
que antes mostrava somente a contagem regressiva também mostrava agora inúmeras
batalhas. A tela mostrava jogadores em desertos, florestas e ruínas, usando pistolas,
metralhadoras ou rifles, de diferentes ângulos, como naquelas cenas de filme.

Aquelas deveriam ser algumas das centenas de batalhas que estavam acontecendo e
foram escolhidas para serem transmitidas. Uma vez que a cena de um jogador sendo atingido
e explodindo em pedaços era mostrada, inúmeros jogadores que estavam reunidos dentro do
salão soltavam um grito ensurdecedor.

Imaginei se a partida de Sinon estaria sendo transmitida e dei alguns passos para
frente. Verifiquei cada imagem do canto direito superior, mas, como as câmeras continuaram
a alternar, eu realmente não podia dizer. Concentrei-me e tentei procurar pelo cabelo azul da
garota.

Como estava muito concentrado, levei um susto tão grande que meu coração quase
parou quando meu ouvido direito subitamente ouviu uma certa voz. Aquela voz profunda,
rouca e um pouco metálica pareceu entrar em minha mente.

— Você é o verdadeiro?

— Hã?

Recuei instintivamente e olhei para trás.

Imediatamente, pensei ter visto um fantasma.

Claro, eu não estava me referindo a um fantasma de verdade, mas um monstro «Tipo


Fantasma» que aparecia no 65º andar de Aincrad, durante a noite, na Proa Antiga.

A pessoa na minha frente vestia um manto cinza escuro esfarrapado. O capuz que
estava colocado era completamente preto, e somente os olhos lá no fundo mostravam uma
pequena luz vermelha.

Sob a luz do escuro salão de espera, o estranho na minha frente realmente parecia
com um monstro tipo-fantasma de SAO. Por isso, eu imediatamente quis recuar e sacar meu
sabre de luz para lutar. Eu não conseguia controlar esse instinto, minha mão direita tremendo.

63
Light Novel Project
Eu ofegava enquanto olhava para os pés do cara. No final do manto esfarrapado, eu
podia ver a ponta das botas sujas.

Ele não era um fantasma, mas sim um jogador. Após verificar esse fato óbvio, soltei
minha respiração levemente presa.

Olhando de perto, aqueles olhos vermelhos não eram luzes fantasmagóricas, mas o
reflexo das lentes escuras de binóculos embutidos em uma máscara que cobria o rosto todo.
Essa minha reação meio noob e o jeito que o cara se aproximou tão perto de mim e de uma
maneira tão rude, me fez perguntar friamente:

— Verdadeiro...? O que você quis dizer com isso? Quem é você?

Contudo, o jogador vestido com um manto cinza escuro não mencionou seu nome e
deliberadamente deu um passo para mais perto de mim, mesmo depois de eu ter dado um
passo pra trás. Desta vez, eu não dei um passo pra trás, mas encarei seu olhar fixo a cerca de
20cm de distância.

Aquela voz, que parecia ter algum tipo de efeito sonoro aplicado, tinha alguns tons de
reverberação soando de forma interrompida.

— Eu vi... a partida. Uma espada... Você usou-a.

— Ah... Isso não é contra as regras, não é?

O maldito AmuSphere realmente mostrou a oscilação dos meus batimentos quando


minha resposta soou um pouco rouca. O cara de manto cinza-escuro parecia ter lido meu
coração, visto que ele avançou mais alguns centímetros.

Então, ele disse outra coisa em uma voz ainda mais intensa. Como a voz era bastante
baixa, nessa distância, eu tinha que me concentrar simplesmente para ouvi-la.

— Deixe-me... perguntar novamente. Você é... o verdadeiro?

Antes que eu pudesse entender o significado por trás dessas palavras, tive uma
premonição como se meu coração tivesse sido atingido por um raio, e não consegui fazer mais
nada além de ficar enraizado ali.

...Eu conheço esse cara!

64
Light Novel Project
Isso é certo. Eu definitivamente o conheci em algum lugar. Uma vez falei com ele
diretamente, como estou fazendo agora.

Mas onde? Depois de entrar em GGO, eu só tinha falado com aquele cara que estava
onde eu apareci e que queria comprar meu avatar, com Sinon que me levou para comprar os
itens e me inscrever e com seu amigo, três deles no total.

Foi em ALO? Eu conheci esse cara em um avatar diferente no ALFheim? Procurei


freneticamente pelo banco de dados da minha mente para ver se sua presença e maneira
verbal lembravam alguém. No entanto, eu realmente não podia pensar em mais ninguém. Não
me lembro de alguém como ele, que ficaria parado na minha frente me causando arrepios
com o ar frio em sua volta.

Onde… Onde exatamente eu conheci esse cara…

Nesse momento, o manto esfarrapado balançou e um braço magro saiu de dentro.


Preparei-me para recuar, mas, depois de olhar, percebi que além de uma luva tão esfarrapada
quanto seu manto não havia mais nada.

Aquela mão no ar estava apontando para mim e abriu uma janela antes de movê-la
como se estivesse indecisa. Agora, o cronograma de partidas que estavam acontecendo nas
preliminares do terceiro BoB apareceram na janela.

Aquele fino dedo metálico pressionou o Grupo F e, no final, a imagem do Grupo F se


expandiu para se mostrar em toda a tela. Ele pressionou-a uma vez e a parte central do
cronograma de partidas se tornou maior.

Meus olhos foram atraídos por seu dedo.

Havia dois nomes nele.

No lado esquerdo havia «Uemaru», e no lado direito havia «Kirito». No nome da


esquerda, havia uma linha de luz brilhante que se estendia por todo ele. A notícia de que eu
tinha vencido Uemaru e entrado na segunda rodada já era conhecida.

Seu dedo se moveu de leve, tocando a palavra «Kirito», e então soou novamente... sua
voz.

— Esse... nome. Essa... habilidade com espada… É… você mesmo?

65
Light Novel Project
Imediatamente, fiquei chocado pela terceira vez, e esse foi o maior impacto.

Meus joelhos começaram a tremer, e tive que esforçar muito para continuar de pé.

Esse jogador de manto cinza... Eu conheço ele!

A origem do nome «Kirito» e da habilidade com espada usada pra vencer «Uemaru».
Esse cara sabia dessas coisas.

Em outras palavras… Eu não conheci esse cara em GGO ou em ALO.

Mas em SAO, «Sword Art Online». Uma vez eu me encontrei com esse cara no palco
daquele jogo da morte, o castelo flutuante Aincrad.

Esse avatar escondido sob o manto esfarrapado… Não, o jogador que estava usando o
AmuSphere e jogando com esse avatar era um «sobrevivente de SAO» como eu.

Meu coração já estava batendo loucamente. Se não fosse pelo fato de que eu estava
dentro do salão escuro, ele teria visto que o rosto do meu avatar já estava todo branco.

Acalme-se! Acalme-se! Nesse momento, minha mente só podia continuar a repetir


essas palavras.

Apesar de estar me encontrando com um sobrevivente do SAO, eu não tinha razão


para ficar com tanto pânico. Quando Aincrad estava prestes a desmoronar, tornei-me famoso
pelo relato da minha habilidade única, «Espadas Duplas», e como eu abertamente acusei o
Líder dos Cavaleiros do Sangue, Heathcliff. Além disso, o «Ataque Vorpal», que eu tinha
acabado de usar no Uemaru, também era uma habilidade bastante comum da categoria de
espada de uma mão. Aqueles jogadores de nível alto em Aincrad podiam supor a partir das
imagens da partida e do nome do jogador no cronograma de partidas que eu era o Kirito do
grupo que lutava para completar SAO. Se fosse comigo, se encontrasse um jogador que eu
talvez conhecesse, primeiramente tentaria bater papo com ele sobre o passado ou algo assim.

Por isso eu não tinha motivo nenhum de estar assustado. Eu não deveria estar
assustado.

Mas por que eu estou tão...

No momento seguinte, o longo e fino braço removeu o cronograma de partidas e se

66
Light Novel Project
67
Light Novel Project
recolheu de volta para o manto, mas algo atraiu minha atenção.

Havia uma pequena abertura na parte de cima da luva que parecia uma bandagem
rasgada, provavelmente um pouco maior na parte de dentro do punho. Do rasgo eu pude ver
sua pela pálida.

E, na pele, havia uma tatuagem quadrada de cerca de 5cm de largura.

Era um Caixão Ocidental, desenhado no estilo mangá. A tampa mostrava um sorriso


misterioso e estava ligeiramente aberta. Um braço branco saía da escuridão de dentro,
acenando para qualquer um que visse. Naquele outro mundo, outro cara usou água
envenenada para me paralisar e tentou me matar. Naquela época, ele tinha uma tatuagem
similar a essa.

Aquele era o emblema do «Laughing Coffin».

Uma vez que reconheci aquela tatuagem, foi realmente um milagre eu ter conseguido
sufocar meu grito ou não desmoronar no chão ou até mesmo que eu não tivesse sido forçado
a sair de full dive por causa de ondas cerebrais anormais.

O jogador sob o manto esfarrapado não mostrou reação, olhou para mim e então
sussurrou:

— Você... não sabe... o que estou perguntando?

Eu lenta e cautelosamente assenti com a cabeça.

— Ah. Eu não entendo. O que você quer dizer com o verdadeiro.

O rapaz vestindo um manto cinza silenciosamente recuou um passo. Os olhos


vermelhos pareciam estar piscando, já que eles tremeluziram.

Após o que pareceram alguns longos segundos, a sensação inorgânica pareceu


amplificar quando a voz soou novamente:

— Então... esqueça sobre isso. Bom, se... o seu nome...é uma mentira, uma farsa… ou
se você é...o verdadeiro. — Ele se virou e soltou as últimas palavras: — Um dia, eu vou te
matar.

68
Light Novel Project
Aquelas palavras me fizeram sentir que ele não estava falando sobre matar no jogo
apenas.

O homem usando o manto esfarrapado se afastou como um fantasma e, de repente,


desapareceu.

Agora, o ambiente não estava mais como antes, quando o jogador ainda estava por
perto.

Meu corpo magro e delicado começou a vacilar, e, depois de me apoiar um pouco,


desabei como uma avalanche e me sentei no assento ao lado. Então abracei minhas pernas
finas e apoiei a testa nos joelhos.

Fechei os olhos e, dentro das pálpebras, pude ver uma pequena tatuagem claramente,
mesmo que por uma fração de segundo.

Um caixão risonho. Só havia uma guilda que usava esse símbolo em Aincrad.

Era a guilda assassina, «Laughing Coffin».

Durante os dois anos tentando vencer SAO, podia-se dizer que havia muitos jogadores laranja,
que tiveram dificuldades econômicas e começaram a roubar dinheiro e equipamentos de
outros jogadores. Geralmente, eles se reuniam ao redor de uma pessoa e a forçavam a
entregar itens de valor. No máximo, eles usavam apenas algum veneno paralisante.

Quando alguém atacava outra pessoa e fazia com que a barra de HP zerasse, o jogador
realmente morria no mundo real; por isso, ninguém tinha coragem para tal. Isso porque
aqueles 10.000 jogadores eram todos veteranos de jogos online e eram pessoas que não
tinham nada a ver com crime na vida real.

Contudo, a regra não escrita de «Não fazer o HP zerar» foi quebrada por um estranho
jogador.

O nome desse cara era «PoH». Era um nome realmente engraçado para um
personagem, mas inesperadamente... Ou melhor, era por isso que ele tinha certo carisma.

69
Light Novel Project
A primeira característica que chamava atenção em PoH era que ele era bonito de uma
forma exótica e era poliglota, bem versado em três línguas. Ele provavelmente era um mestiço
entre um japonês e um ocidental, e seu japonês, inglês fluente e espanhol descente faziam-no
parecer um DJ profissional cantando rap, o que cativava os jogadores ao seu redor. No final,
eles passaram de jogadores a uma verdadeira organização criminosa fria e sólida.

A segunda característica era realmente simples. A própria habilidade de PoH.

Ele era um talentoso usuário de adaga. Uma adaga em sua mão era como uma
continuação de seu braço. A lâmina não precisava nem mesmo de ajuda do sistema e podia
esmagar monstros... ou jogadores. Especialmente no final do jogo da morte, quando ele
conseguiu a adaga assustadoramente grande, «Cutelo Companheiro», seu poder era tanto que
até mesmo jogadores da linha de frente o temiam.

Os seguidores criminosos que admiravam PoH eram atraídos para ele no sentido
oposto das pessoas que eram atraídas por Heathcliff do Knights of the Blood. Lentamente eles
expandiram os limites em seus corações.

Um ano depois que o jogo começou, na véspera do Ano Novo de 2023.

PoH e seus companheiros, que agora eram cerca de trinta pessoas, atacaram uma
pequena guilda que estava tendo uma festa ao ar livre em um ponto de visualização no campo
e mataram todos eles.

No dia seguinte, houve a notificação do «Laughing Coffin», uma aliança que não era
aceita pelo sistema e designada como «vermelha», que acabou nos principais provedores de
informações de Aincrad.

Contudo, o jogador com manto cinza com quem eu tinha acabado de conversar não deveria
ser o próprio PoH. Essa forma desenfreada e ocasionalmente interrompida de falar era
completamente diferente do tom extremamente entusiasmado de PoH, que mais lembrava
uma metralhadora.

No entanto, realmente havia um cara no «Laughing Coffin» que falava daquele jeito.
Eu conheci aquele cara antes e acho que até já lutamos. Ele não era só um membro comum,

70
Light Novel Project
mas sim um membro do alto escalão. Já me lembrei tanto, por que não consigo me lembrar de
seu rosto e nome?

Não, eu sabia na verdade. A razão pela qual eu não conseguia lembrar era porque eu,
pessoalmente, me recusava a isso.

«Laughing Coffin» foi formado no primeiro dia de 2024 e foi eliminado em uma certa
noite de verão depois de agosto.

Claro, não foi automaticamente dissolvida, mas eliminada. Isso porque o grupo das
linhas de frente, os que lutavam para vencer SAO, reuniram cerca de cinquenta jogadores em
uma cruzada onde usamos de força para destruí-los.

Na verdade, deveríamos ter feito isso muito antes, mas não conseguíamos encontrar a
base do Laughing Coffin, por isso atrasamos até agosto.

Em Aincrad, jogadores podiam comprar casas ou quartos e, fosse nas ruas ou fora
delas, nós podíamos localizar com precisão as posições através de um NPC de empresas
imobiliárias. O grupo das linhas de frente achou que eles fossem comprar uma casa grande ou
um prédio parecido com um castelo que permitisse que 30 pessoas ficassem dentro, então, os
agentes de informações aceitaram nosso pedido e verificaram todas as grandes casas do
primeiro andar em diante.

Mas, mesmo depois de encontrarmos alguns esconderijos médios e pequenos de


guildas laranja, após alguns meses ainda não tínhamos conseguido encontrar a base principal
do Caixão Risonho.

Na verdade, não era surpresa que não conseguíamos encontrá-los. O Laughing Coffin
usava um andar que tínhamos conquistado há muito tempo, uma torre que não estava ligada
aos andares superiores, uma zona segura em uma caverna que seria facilmente esquecida
depois que o designer a colocou lá. O grupo das linhas de frente se ocupava basicamente em
limpar somente os labirintos das torres altas, e jogadores medianos só entrariam em labirintos
onde há muitas pessoas. Claro, havia jogadores que estranhavam alguma coisa na caverna e
entravam, mas não era difícil imaginar que eles eram facilmente mortos pelo Laughing Coffin
para prevenir seu esconderijo de ser descoberto.

A razão pela qual a base secreta do Caixão Risonho foi revelada é que um dos
membros, talvez não aguentando a culpa por tantas mortes, expôs o segredo para nós. O

71
Light Novel Project
grupo, então, usou essa informação para investigar e verificar se eles estavam de fato usando
aquela caverna como base, antes de organizar uma cruzada em grande escala. O líder do
esquadrão era um membro da maior guilda, «Aliança do Dragão Sagrado». Muitos jogadores
fortes dos «Knights of the Blood» e de outras guildas se juntaram também. Claro, como um
jogador solo, eu também fui convidado a me juntar ao grupo.

Nosso número e média de nível eram muito mais altos que os do Laughing Coffin,
então pensamos que se selássemos a entrada entre a zona segura e a base deles haveria uma
grande chance de que eles desistissem sem lutar. Contudo, da mesma forma que alguém havia
revelado o segredo deles...

Nosso segredo cuidadosamente guardado e nossa estratégia de batalha eram


conhecidos por eles, por alguma razão. Quando entramos no labirinto, nenhum dos membros
do Laughing Coffin estava esperando na grande sala da zona segura. Claro, eles não fugiram ou
se esconderam nos becos do labirinto, mas nos atacaram por trás.

Eles prepararam todo tipo de armadilhas, venenos e truques e fizeram de tudo para
nos emboscar de formas aleatórias. Nosso grupo ficou bastante confuso no começo, mas
responder a situações inesperadas era uma habilidade obrigatória para o grupo das linhas de
frente, então nós imediatamente nos preparamos e começamos a contra-atacar.

Contudo, havia uma diferença inesperada entre o Laughing Coffin e o nosso grupo.

Que era a culpa por matar alguém. Uma vez que percebemos que os descontrolados
membros do Laughing Coffin não se renderiam não importava quanto HP perdessem,
começamos a vacilar.

Claro, nós havíamos discutido essa possibilidade antes e, naquele momento, nós
tomamos a decisão de que deveríamos seguir em frente, mesmo que tivéssemos que fazer o
HP do inimigo chegar a zero. Mas os membros da cruzada, incluindo eu, não conseguiam
desferir o golpe final quando o HP do inimigo estava perto de zero. Um dos cruzados até jogou
sua espada no chão e caiu sobre os joelhos.

Primeiramente, houve alguns mártires dos cruzados. Então, os cruzados que


similarmente perderam o controle mataram muitos membros do Laughing Coffin.

E o que aconteceu em seguida foi um inferno sanguinolento.

72
Light Novel Project
Uma vez que a batalha terminou, houve 11 baixas do lado dos cruzados e 21 do lado
do Laughing Coffin. Dentre eles, eu usei minha própria espada para matar dois.

Mas dentre os jogadores mortos e os capturados, não havia sinal do líder PoH.

Os doze inimigos restantes que sobreviveram àquela batalha foram todos presos na
prisão do Palácio de Ferro Negro. Se aquele jogador de manto cinza era realmente um
sobrevivente, eu talvez tenha falado com ele num certo momento após o final da batalha. Eu
me lembrava da sua maneira de falar, mas não conseguia me lembrar do seu rosto e nome,
tudo porque me forcei a esquecer tudo sobre eles.

Não…

Não, talvez sob aquele manto…

Era uma das pessoas que eu mesmo matei.

Inesperadamente pensei isso. E assim, continuei a manter meus joelhos juntos sentado
no caixote e sacudi a cabeça bruscamente. Comecei a ranger os dentes o máximo que podia e
tentei pensar em outra coisa.

Os mortos não podem reviver. No incidente de SAO, sejam as pessoas que eu amava
ou odiava, 4.000 vítimas jamais voltariam. Por isso, aquele cara no manto cinza deveria ser um
dos doze membros do Laughing Coffin que sobreviveram. Eu provavelmente sabia seus nomes.
Tentei meu melhor para suportar a dor de procurar através das minhas memórias enquanto
tentava me lembrar.

Então, naquele momento…

Mais uma vez notei uma nova possibilidade e fiquei ofegante.

A voz distorcida e meio metálica que o cara com manto cinza soltava era um sussurro
bastante forçado. Como seria se ele gritasse o máximo que podia...

O rugido do arquivo de voz que ouvi uma semana atrás soou novamente bem fundo
em meus ouvidos.

“Isso é verdadeiro poder, verdadeira força! Pessoas tolas, gravem o medo desses
nomes em seus corações!”

73
Light Novel Project
“O nome dessa arma e o meu: “Death Pistol”… «Death Gun”!”

Eram completamente compatíveis. Eu não podia estar enganado.

As vozes eram as mesmas.

Aquele cara.

Aquele cara com manto cinza era o «Death Gun»?

Fosse esse o caso, minha missão de entrar em GGO, chamar atenção e me tornar alvo
do «Death Gun» foi rapidamente concluída.

Mas… Mas eu nunca esperei que as coisas fossem acontecer tão rápido.

«Death Gun» era um sobrevivente de SAO... se eu estivesse certo.

Então ele conseguiu usar uma arma dentro do jogo para matar dois jogadores no
mundo real…

Talvez… Talvez… Realmente houvesse tal poder…

Nesse momento, de repente, levei um tapinha no ombro esquerdo e quase gritei. Eu


estava tão chocado que tremia. Olhei para cima, somente para ver o cabelo azul balançando
na minha frente.

— O que há com essa cara...?

A garota, Sinon, franziu a testa enquanto dizia isso. Eu só consegui forçar algo parecido
com um sorriso para ela.

— Ah… N-Nada, não é nada…

— Sua partida de agora a pouco foi muito difícil? Mas você voltou bem cedo, não foi?

Após ouvir essas palavras, eu finalmente lembrei que estava participando das
preliminares do torneio «Bullet of Bullets». Eu pisquei, olhei em volta e descobri que o salão
que antes estava lotado de jogadores só tinha agora cerca de metade deles. Parecia que a
primeira rodada das preliminares já terminou, e os perdedores foram enviados para a
superfície. Meu próximo oponente deve aparecer imediatamente e a segunda rodada
começará em seguida.

74
Light Novel Project
Mas, em tal situação, eu não acho que ainda possa lutar.

Continuei a olhar para Spiegel, que deu um olhar meio chocado de longe, e Sinon, bem
na minha frente, antes de expirar.

Imediatamente, Sinon me olhou séria e disse:

— Você já está tão estranho depois da primeira batalha. Parece que você
definitivamente não vai conseguir chegar às finais. Anime-se... Eu preciso te pagar por ter me
enganado!

Depois de dizer isso, ela levantou o punho direito e, novamente, bateu em meu
ombro.

Eu inconscientemente usei minhas mãos para pegar aquela pequena mão que estava
quase me deixando. Então levei-a para meu peito e, em seguida, apoiei a testa em seu braço.

— E-Espere um minuto… O que você está fazendo?!

Sinon rapidamente sussurrou enquanto se preparava para puxar a mão de volta. No


entanto, eu continuei a segurá-la firmemente pela mão e não a deixei ir.

Mesmo que o calor estivesse vindo de um avatar virtual, ele era capaz de me dar um
aconchego inexplicável. Uma vez que senti aquele frio aterrorizante que possuiu meu coração,
meu corpo começou a tremer.

— O que você está fazendo?

Ouvi primeiramente uma voz incomodada, mas então senti aquela pequena mão
quente em meu peito começar a relaxar.

75
Light Novel Project
Capítulo 7

Havia uma leve sensação de formigamento em seu dedo indicador direito, que fez Sinon
franzir a testa. Esfregar o dedo com o polegar na intenção de acalmar a irritação não foi de
muita ajuda.

Mas ela sabia o porquê.

Era culpa do Kirito. Aquele novato rude, arrogante e muito burro. Ela usou toda a força
em seu corpo para cerrar a mão direita.

Isso era normalmente impossível, e ela tinha entendido parcialmente em sua cabeça.
Sinon estava agora em FullDive com o AmuSphere em um mundo virtual; não importava
quanto ela apertasse a mão, o congestionamento do fluxo de sangue em seu corpo ou a
pressão do nervo, na realidade, não seriam afetadas. Todas as sensações que ocorriam nesse
mundo eram resultados de impulsos elétricos enviados pela máquina diretamente para o
cérebro como sinais virtuais.

Mas...

Agora mesmo, a mão direita de Sinon ainda podia sentir o calor e a pressão de quando
o usuário do sabre de luz tinha segurado sua mão com força, apesar de já terem se passado
duas horas desde então.

Desistindo de tentar apagar aquela sensação, Sinon retornou sua mão direita para sua
sniper. Ela gentilmente colocou seu dedo indicador direito na mola levemente ajustada do
gatilho. O cabo da sua amada «Hecate II», que tinha passado por tantas batalhas com ela, era
como uma extensão de seu corpo, mas aquele pequeno formigamento em seu dedo persistia.

Sinon estava agora se escondendo numa moita de pequenos arbustos, esperando por
uma chance de atirar.

O cenário era a «Encruzilhada no Deserto». A topografia era caracterizada por um


planalto central espantosamente seco, onde duas estradas retas se cruzavam. O nome do
oponente era «Stinger». BoB, seleção do Bloco F, Quinta Batalha; era a primeira semifinal, e se
passaram doze minutos desde o início.

1
Light Novel Project
Se ela ganhar essa partida, independente dos resultados de sua próxima partida, ela
ganhará o direito de entrar no torneio principal do BoB, agendado para amanhã, domingo à
noite. Mas, tendo sido capaz de chegar até este ponto também, o adversário Stinger também
deve ser bastante forte.

Apesar de ter um nome como esse, ele não estava realmente equipado com um
lançador de mísseis «Stinger». Sua arma principal deveria ser uma carabina «FN • Scar», que
sozinha já era ameaça suficiente. Ele também estava equipado com uma mira ACOG para
aumentar a precisão. Então, se eles chegassem perto o suficiente para ver um ao outro, talvez
Sinon não fosse capaz de vencer.

Felizmente, nesse mapa havia quarto blocos separados por estradas; você tinha que
atravessar a encruzilhada central para alcançar os outros. Quando dois jogadores aparecem
nesse mapa, eles são colocados pelo menos a 500 metros de distância; assim, era impossível
que eles fossem colocados no mesmo bloco.

Em outras palavras, se Stinger quisesse se aproximar para poder atirar em Sinon com a
SCAR, mesmo sabendo que precisaria passar pela encruzilhada central, ele não teria escolha;
por outro lado, Sinon tinha que conseguir atacá-lo enquanto ele estava na encruzilhada.

Com apenas essa opção, Stinger tentaria estender o tempo antes de atravessar, como
uma tática para esgotar a concentração de Sinon. Apesar de que era esse o caso, Sinon não
podia negar a possibilidade de ele fazer um movimento mais cedo, então ela não tinha escolha
a não ser passar dos limites de seus nervos e continuar a olhar através de sua mira daquele
jeito.

Agora, classificados de A até O, com as partidas pré-selecionadas divididas em 15


blocos, mais da metade das partidas decisivas haviam terminado, então apenas cerca de 10
partidas estavam acontecendo ao mesmo tempo. Na Sala de Espera, no primeiro andar do
salão ou em um bar na rua, você podia assistir a todas as partidas ao vivo. Focados em Sinon e
Stinger, havia uma audiência que devia estar muito entediada agora. Afinal, desde o início do
jogo até agora, nenhum dos dois havia disparado um único tiro.

Por outro lado, simultaneamente no Grupo F nas semifinais, havia uma batalha que,
sem dúvida, não era entediante; aquela batalha se desenrolava de uma maneira chamativa.

2
Light Novel Project
A razão para isso era que um deles era especialista em combate a curta distância, com
duas metralhadoras, e o outro era um que usava uma arma de alcance ainda mais curto, o
usuário de sabre de luz.

Agora, ela não podia perder a concentração. Apesar de entender isso, seus
pensamentos voltaram para aquela misteriosa garota de cabelo preto... Não, garoto.

Sua primeira batalha levou cerca de dez minutos e, quando ela retornou para a Sala de Espera,
a primeira pessoa a se encontrar com ela foi Spiegel — Shinkawa Kyouji e suas congregações.
Após trocar cumprimentos simples e um obrigado, Sinon retornou para seu assento de caixa
original. A aparição de Kirito tinha lhe dado um leve choque. Não pode ser. Ela não pensou que
ele venceria e retornaria mais cedo que ela. Hum, você é um pouco capaz. Ela andou em
direção a ele pensando em dizer isso, mas então, mais uma vez, Sinon foi surpreendida por
outra coisa.

Antes da partida, Kirito estava cheio daquela atitude calma, de boa, mas agora ele
estava sentado, encurvado em um banco, segurando os joelhos, a cabeça baixa e ombros
delicados tremendo.

…Mesmo tendo ganhado. Lutar contra um oponente armado é tão assustador assim?

Pensando nisso, Sinon inconscientemente estendeu a mão direita para bater no ombro
coberto em uma jaqueta de camuflagem noturna.

De repente, todo o corpo de Kirito encolheu em surpresa, com uma ação que só podia
ser descrita como cautela, e olhou para cima.

Sinon sabia que qualquer um que não o conhecesse pensaria que ele é uma garota,
com um sorriso bonito e inteligente no avatar. Mas o olhar era como um vislumbre das
profundezas do inferno, cheio de um medo profundo.

— Por que você está com essa cara? — Sinon sussurrou inconscientemente, e, após
ouvir suas palavras, Kirito piscou algumas vezes e colocou um sorriso tenso em seu rosto.

— Não há nada errado. — Kirito respondeu com uma voz bem fraca, e Sinon
perguntou se sua primeira luta foi tão difícil assim. Mas o rosto juvenil se escondeu atrás
daquele longo cabelo negro, soltou uma respiração fraca e não respondeu mais nada.

3
Light Novel Project
Ele não era um oponente com quem ela deveria se envolver mais do que isso.

Kirito devia ter imaginado que Sinon se enganaria sobre seu gênero. Mas ele
intencionalmente não esclareceu o mal entendido e deixou que Sinon lhe mostrasse o lugar,
ajudasse-o a ir às compras e, finalmente, levasse-o para o vestiário junto com ela.

Claro, ela o tinha confundido com uma menina, e era culpa dela por não pedir seu
cartão de identificação. E por isso, mais da metade da raiva de Sinon se dirigia a ela mesma.

No mundo real, desde que foi usada por suas colegas, Sinon tomou em seu coração a
decisão de não mais depender dos outros e não fazer amigos. Ao ser confrontada por uma rara
jogadora de GGO pedindo orientação, ela se esqueceu completamente de sua decisão.

Era engraçado. Quando o levou ao mercado para comprar e andou no banco de trás do
buggy de três rodas, Sinon percebeu que fez um sorriso sincero, algo que não fazia há um bom
tempo em GGO. Isso mesmo, Sinon não estava realmente irritada por Kirito ser um homem.
Quando esteve com ele, ela foi extremamente descuidada, algo do qual ela não podia se
perdoar.

É por isso que ela ficou realmente feliz quando soube que Kirito ganhou a primeira
rodada.

Para encontrá-lo na batalha final e então destruir sua bela aparência com os tiros da
Hecate e se tornar mais forte do que antes de encontrá-lo, apesar de ter em sua mente que
Kirito tinha sido dominado pelo medo, como se ele fosse uma pessoa diferente.

— Você ficou assim com uma única batalha? Chegar às finais é um sonho dentro de
outro. É melhor você se controlar... Eu... tenho que acertar as contas com você. — Sinon falou
quase inconscientemente com uma voz cheia de raiva.

Ela manteve a mão direita em um punho e novamente bateu no ombro de Kirito.

Aquela mão foi subitamente coberta por duas mãos brancas. Ele então puxou aquela
mão com força e firmemente a segurou em seu peito cansado.

— Ei, ei… O que você está fazendo?! — Sinon gritou, reagindo, e tentou puxar sua mão
de volta, mas ela nunca imaginou que o corpo delicado de Kirito teria um status de STR tão
alto, enquanto ele continuava a segurar sua mão.

4
Light Novel Project
Suas mãos eram frias como gelo, e Sinon sentiu que tocá-las fazia até mesmo sua
respiração ficar fria.

Neste momento, um botão de «reportar assédio sexual» apareceu no campo visual de


Sinon. Se ela o pressionasse com a mão esquerda ou dissesse «reportar», então o avatar de
Kirito seria mandado para a prisão de Gurokken e, por um curto período, seria incapaz de sair.

No entanto, Sinon não fez nenhum movimento e também não disse nada.

Olhando para suas mãos fechadas e aquele corpo magro levemente tremendo à
distância, Sinon foi atingida por uma forte sensação de déjà vu. Ela tinha visto uma menina de
algum lugar, exatamente na mesma postura antes. Pensando mais sobre aquilo, ela
imediatamente percebeu que era ela mesma.

Não Sinon, a atiradora de elite, mas Asada Shino, do mundo real. Era exatamente
assim, nos momentos em que Shino se deitava enrolada na cama por causa da memória cheia
do cheiro de sangue e pólvora, chorando para que alguém viesse salvá-la.

Ciente disso, nesse momento, Sinon involuntariamente relaxou sua mão direita.

— Por que você está…?

Ela gentilmente perguntou, mas não teve resposta. Mesmo assim, Sinon sentiu.

Se agarrando em suas mãos, aquele avatar de cabelo preto... Não, dentro dele, o
jogador com nome e rosto que ela não conhecia parecia estar preso em uma escuridão similar
à de Shino.

Sinon queria perguntar o que aconteceu com ele.

Mas antes de conseguir fazer isso, uma fraca luz envolveu o corpo de Kirito, e ele
desapareceu. Seu próximo oponente havia sido escolhido, então ele foi transferido para o local
de sua segunda batalha.

Daquele jeito, ele provavelmente não seria capaz de lutar apropriadamente. Sinon
chegou a essa conclusão e deu um pequeno suspiro.

5
Light Novel Project
Aquele que perder irá retornar para o salão acima ao invés da área de espera no
subsolo, aqui. Por isso que, se Kirito perder, então hoje, ou, em outras palavras, ela
provavelmente nunca teria a chance de encontrá-lo novamente.

Claro, isso não era realmente grande coisa. Eles não eram nem amigos, só aconteceu
de irem na mesma direção, para a Casa Governamental. Depois de hoje, ela esqueceria seu
rosto e nome.

Enquanto dizia isso para si mesma, Sinon trouxe sua mão que permanecia no ar e
colocou em seu peito.

Era assim que deveria ser.

Mas, superando as maiores expectativas de Sinon, a segunda, terceira e até a quarta


batalha foram ganhas por Kirito, usando somente um sabre de luz e uma pistola.

Enquanto Sinon esperava pela próxima partida, ela teve a chance de ver a batalha dele
uma vez, pelo monitor. Seu estilo de luta era como o «Último a Ficar de Pé» ou o ataque
«Banzai», com táticas extremamente suicidas. Confrontando o rifle de assalto de alta taxa de
tiro de seu oponente baseado em AGI, ele usava a pequena pistola FN Cinco-Sete, comprada
por conselho de Sinon, como suporte de fogo para seu ataque frontal. Ele ignorava as balas
inimigas que atingiam partes externas de seu avatar e só usava seu sabre de luz para bloquear
as que eram fatais e, com isso, cobria a distância num piscar de olhos, então cortava seu
inimigo em pedaços junto com seu rifle.

Não houve uma única pessoa no primeiro e segundo BoB que lutou desse jeito. Na sala
de espera, as pessoas estavam espantadas e surpresas, e Sinon só via olhos arregalados.

Com este ritmo, Kirito podia facilmente chegar às finais do Bloco F. Contudo, contra
aquele tipo de adversário com estilo de luta tão irracional, como ela deveria lutar?

Após ver a partida de Kirito, Sinon pensou assim, mesmo depois de sua partida da
semifinal ter começado, parte da mente dela não parava de pensar sobre o assunto. Ao
mesmo tempo, ela não podia parar de pensar no próprio jogador chamado Kirito.

Enquanto faziam compras juntos, ele mostrava um sorriso curioso e natural. Quando
ele foi exposto como homem, Kirito esperou que ela o esfolasse vivo por sua atitude insolente.

6
Light Novel Project
Então, após a primeira batalha, segurando a mão de Shino, seu corpo fraco tremia. E, com sua
espada de brilho azul, ele cortava os inimigos implacavelmente, parecendo um fantasma.

No fim das contas, qual era o verdadeiro «Kirito»?

E por que ela continua a pensar sobre esse tipo de coisa?

Percebendo que estava irritada sem motivo, Sinon mordeu seu lábio inferior
levemente, com seu olho direito contra a mira de alta precisão. Nesse momento…

A um quilômetro de distância, observando o cruzamento da estrada, ela captou uma


grande sombra correndo pelo lado da montanha.

Sinon automaticamente ajustou a Hecate. O vento soprava da esquerda a 2,5 metros


por segundo. A umidade era de 5%. Ela colocou o centro da fraca retícula ligeiramente acima
da sombra e esperou o Círculo de Tiro encolher, antes de puxar o gatilho.

BANG

A partir dali, a bala de calibre 50 voou pelo ar formando um fino túnel de ar quente.
Ela desenhou uma linha espiral em direção à parte inferior esquerda e acertou a parte superior
da sombra.

— Não…

Shino suspirou enquanto puxava o ferrolho na parte de trás da Hecate, esvaziando o


cartucho e colocando a próxima rodada de munição na câmara.

A sombra que desmoronou com um leve som não era o oponente Stinger. Em vez
disso, era um pedaço de rocha com cerca de um metro de diâmetro.

No momento seguinte, saindo do mesmo lugar que a rocha, uma silhueta ainda maior
veio correndo, deixando uma trilha de poeira atrás.

Um veículo blindado de quatro rodas, o «Humvee». Jogadores não podem possuir


veículos e coisas do tipo, mas são bônus que ficam em pontos específicos do mapa. Quem os
encontra primeiro pode usá-los. Parecia novo, exceto por um pequeno amassado na frente.
Sinon instantaneamente entendeu: a pedra foi intencionalmente arremessada pelo carro.

7
Light Novel Project
Stinger, que supostamente estava no assento do motorista, sabia que a Hecate II de
Sinon era um rifle manual, e também sabia que ela estaria mirando no cruzamento por onde
ele deveria passar.

Por isso ele arremessou aquela pedra no cruzamento com o Humvee para que a
mesma fosse atacada; assim, ele planejou atravessar o cruzamento enquanto ela se preparava
para o próximo tiro.

A ideia estava certa. De fato, o veículo já tinha chegado ao centro do cruzamento


enquanto ela puxava o ferrolho. Ela só tinha mais uma chance. Além disso, ela não tinha
tempo para mirar cuidadosamente.

Contudo, Sinon não entrou em pânico.

Stinger tirou a maior vantagem de Sinon como uma atiradora de elite, o «Primeiro
Ataque Sem Linha de Tiro». Mas, em troca, ele também deu a ela uma informação importante.
Na vista de Sinon, o caminho da trajetória do primeiro tiro estava queimando. Contanto que
ela não entrasse em pânico, ela podia fazer a segunda bala voar pelo mesmo caminho. Se ela
usasse isso, seria possível ter uma precisão maior para acertar o segundo tiro do que o
primeiro.

Após fazer um pequeno ajuste no corpo da arma, Sinon puxou o gatilho uma segunda
vez.

BOOM!

A bala calibre 50 acertou a janela do lado do motorista e perfurou o espesso vidro à


prova de balas facilmente.

No momento seguinte, o veículo fez um grande arco, saindo da estrada, e em seguida


caiu da montanha. Surgiram chamas no motor dianteiro.

— Se você tivesse saído do carro e corrido, talvez pudesse ter visto a Linha de Tiro e
sido capaz de evitá-la — sussurrou Sinon enquanto recarregava a arma para o terceiro tiro.

Mantendo a mira em seu olho direito, ela achou o Humvee em chamas na retícula.
Não importava quantos segundos ela esperasse, Stinger não apareceu. Parecia que ele tinha
morrido no assento do motorista, mas ela manteve uma posição de tiro.

8
Light Novel Project
Uma vez que o ar do entardecer exibiu «PARABÉNS» em letras coloridas, Sinon se
levantou dos arbustos.

Tempo de jogo, 19 minutos e 15 segundos. Semifinal encerrada.

Desta forma, assim como tinha planejado, ela conseguiu uma entrada para o torneio
principal do BoB. Contudo, ela não mostrou sinal de vitória, nem mesmo um sorriso. Seus
pensamentos foram direcionados para as finas das preliminares do Bloco F.

O misterioso Kirito sem dúvida gastou menos tempo nessa partida de semifinal. Seu
oponente estava armado com duas SMGs. Não importava quantas balas disparasse, se ele
deixasse o usuário do sabre de luz chegar perto seria atingido pela morte instantânea da
lâmina de energia antes que o HP de Kirito acabasse. Afinal, Kirito, com sua incrível velocidade
de reação, tinha a habilidade de «prever a linha de previsão». A melhor chance de pará-lo seria
o fogo de supressão de uma minigun M134, ou alguma outra arma como ela.

Por isso, Sinon continuava segurando a Hecate, esperando, imóvel, pela transferência
para o próximo campo de batalha.

Após alguns segundos, ela não retornou para a sala de espera, mas voou diretamente
para a área final de preparação. A superfície hexagonal da janela na tela estava marcada pelo
nome do oponente, e, com certeza, o nome lá era [Kirito].

Após a próxima transferência, ela abriu os olhos para ver uma rodovia elevada se
estendendo em linha reta e o pôr do sol vermelho-sangue, para onde a avenida ia.

A fase da «Rodovia Intercontinental». Apesar desse campo de batalha ser do mesmo


tamanho que o último, cerca de um quilômetro quadrado, como não é possível sair da rodovia
que vai de leste a oeste, de fato, o campo de batalha era bem estreito e simples.

Contudo, havia inúmeros carros, caminhões e até mesmo os destroços de um


helicóptero, e havia rachaduras enquanto a estrada subia e descia, então, de um lado da
estrada, você não podia ver o outro lado.

Sinon deu uma olhada rápida para trás para confirmar que estava no canto mais a leste
do mapa. Então, o oponente, Kirito, estaria na direção oeste da rodovia, a pelo menos 500
metros de distância.

9
Light Novel Project
Ela olhou em volta e, logo em seguida, correu rodovia acima. Seu destino era o grande
ônibus de turismo parado do outro lado da rodovia, à frente e à direita. Da porta semiaberta
do ônibus para dentro dele, e então escada acima, para o segundo andar. Ela se jogou de
barriga no chão no meio ônibus, pegou a Hecate II de seu ombro e abriu o apoio da arma. Ela
apontou a mira da arma na janela panorâmica na parte da frente do ônibus, tomando uma
posição de tiro, e abriu a proteção traseira e dianteira da mira.

O sol estava bem à sua frente. Isso significava que, não importa onde ela se
escondesse do lado de fora, o reflexo da luz solar na lente poderia deixar o inimigo percebê-la.
Um atirador de elite cuja posição é descoberta é fácil de lidar.

Mas, dentro do ônibus, o revestimento espelhado no vidro externo iria ocultar o


reflexo da mira. Além disso, com a altura, ela podia ver mais da metade dos obstáculos na
estrada.

Kirito provavelmente estava se aproximando em alta velocidade, movendo-se de um


obstáculo para o outro. Ela sabia que não podia acertar aquele adversário com a Linha de Tiro.
Sua chance é enquanto ele não sabe sua localização, o primeiro tiro.

Eu preciso acertá-lo

Cravando essa convicção fortemente em seu coração, Sinon colocou seu olho direito
na mira.

Ela não estava muito certa do por que queria tanto vencer.

Afinal, Sinon foi enganada por Kirito quando ele escondeu seu gênero enquanto ela
mostrava para ele os arredores e ajudava-o a comprar equipamentos. Além disso, ele também
a viu se trocar na sala de preparação.

Contudo, mesmo dizendo isso, não houve mais nada além desse tipo de coisa. Ela não
tinha perdido nenhum item e somente as roupas íntimas de seu avatar foram vistas. Do
encontro deles nas ruas de Gurokken até a separação na sala de espera foi apenas pouco mais
de uma hora, não deveria ser difícil de esquecer.

Mas, agora, todas as diferentes batalhas que ela experimentou em GGO estavam
apagadas, comparadas ao quanto ela queria ganhar de Kirito. Sim, até mesmo mais do que
aquele terrível usuário da minigun, Behemoth. Para alguém que chegou ao GGO hoje, e ainda

10
Light Novel Project
mais sendo um usuário de sabre de luz que todos os outros atiradores consideravam uma
heresia, por que ela iria tão longe...

Não.

Não, talvez ela já tivesse entendido a razão.

Isso porque... já não considero esse cara como um “inimigo” dentro de meu coração.
Quando ele, sentado no banco duro, tremendo, segurava as mãos dela com suas mãos frias,
ela percebeu que um sentimento que ela não podia nomear nasceu em seu coração.

Compaixão? Não.

Pena? Não.

Simpatia? Não, absolutamente não.

Não há ninguém que pode simpatizar comigo. Não deveria haver nenhuma pessoa que
possui a mesma escuridão dolorosa que eu. Estive procurando por tal pessoa, mas, no final, eu
era constantemente, constantemente, constantemente traída.

A única coisa que pode salvá-la é sua força. É por isso que ela estava aqui agora,
porque ela entendia isso.

Ela não queria saber a situação de Kirito e não precisava saber. Desde que ela
explodisse impiedosamente aquele avatar que a enganou, ele seria enterrado em meio a todas
as mortes dos alvos dela até o momento. Então ela esqueceria.

Era tudo que ela precisava fazer.

Com cuidado, mas deliberadamente, Sinon limpou sua mente e olhou pela mira; seu
dedo segurou o gatilho.

Assim…

Ao fundo do pôr-do-sol carmesim, quando uma sombra apareceu, como um


relâmpago, Sinon esqueceu seu alto-controle como atiradora de elite e soltou um som.

— O quê?

11
Light Novel Project
O vento soprou o longo cabelo negro, roupas camufladas cobriam o delicado corpo e
um sabre de luz pendia do cinto. Sem dúvida, era Kirito.

Contudo, ele não estava correndo. E não parecia querer se esconder. Ele estava bem
no meio da rodovia, na linha de divisão levemente mais alta, caminhando vacilantemente. Era
exatamente o oposto da sua partida anterior, uma postura totalmente indefesa.

Será que ele está tentando dizer que, mesmo sem uma Linha de Tiro, ele pode
facilmente desviar?

Pensando nisso, raiva explodiu dentro de sua cabeça, enquanto a mira ia para a cabeça
de Kirito. Então começou a puxar o gatilho, mas pouco antes disso, ela percebeu que sua
suposição um segundo atrás estava errada.

Kirito não olhava para frente. Ele apenas abaixou a cabeça, como se seus membros
estivessem enfraquecidos, apenas levando seus pés mecanicamente para frente. Isso era
completamente oposto à sua postura quase invisível a olho nu da partida anterior, e era um
ritmo letárgico.

Com ele daquele jeito, desviar do tiro de Sinon era impossível. A bala da Hecate II é
disparada acima da velocidade do som, e já é tarde demais quando você ouve o tiro. Então,
olhando para baixo, é claro que ele não seria capaz de ver o cano em chamas.

Isso significa... Isto é, Kirito não queria desviar de seu tiro desde o começo. Ele
esperava deliberadamente ser atingido e perder para terminar a partida. Uma vez que ele
obteve o direito de entrar no torneio principal, o que viesse depois... Sua partida com Sinon
não mais importava. Era isso que significava.

— Não brin… — Os lábios de Sinon soltaram esse som rouco.

Ela colocou seu dedo no gatilho e forçou. O Círculo de Tiro verde apareceu, então
centralizou na cabeça abaixada de Kirito e lentamente diminuiu. O movimento intenso do
círculo mostrava os batimentos cardíacos caóticos de Sinon. Mas com uma distância de apenas
400 metros, seu tiro definitivamente acertaria.

Seu dedo indicador puxou e a mola do gatilho rangeu. E então ela relaxou seu dedo.
Ela puxou novamente, o gatilho rangeu. Novamente relaxou.

— Não fica de zoeira comigo!

12
Light Novel Project
Seu grito era distorcido como o choro de uma criança.

Ao mesmo tempo, Sinon puxou o gatilho. O rifle de calibre 50 rugiu, tomando todo o
interior do ônibus, mais da metade do vidro da frente se encheu com uma fumaça branca e,
em seguida, se partiu.

A bala voou através do pôr-do-sol carmesim em linha reta... e passou a cerca de 50 cm


da bochecha direita de Kirito, acertando um carro atrás dele. Uma coluna de fogo e depois
uma fumaça negra apareceram.

Pela pressão da bala de 12,7mm voando próxima à cabeça dele, Kirito vacilou de leve.
Ele parou e olhou para cima.

Enquanto Kirito parecia uma garota no exterior, somente um olhar interrogativo


apareceu em seu rosto, “por que você errou?”. Enquanto olhava para aquele rosto através da
mira, Sinon puxou o ferrolho e atirou novamente logo em seguida.

Dessa vez, a bala passou por cima da cabeça de Kirito e se perdeu atrás dele.

Recarregar. Puxar o gatilho. A terceira bala acertou o asfalto próximo ao seu pé direito
vestido em negro, deixando uma grande cratera.

Recarregar. Atirar. Recarregar. Atirar. Recarregar.

Seis cartuchos vazios saltaram ao redor de Sinon e desapareceram pouco depois.

Kirito estava parado no lugar, ainda ileso, e, através da mira, seus olhos continuavam a
olhar interrogativamente.

Sinon se levantou lentamente, suas mãos segurando a Hecate, e começou a andar pelo
ônibus. Ela pulou pelo que sobrava do vidro da janela da frente para a estrada e continuou a
andar.

Um minuto depois, ela parou a cerca de cinco metros de Kirito.

Olhando para o rosto do ainda imóvel usuário do sabre de luz, ela suspirou.

— Por quê?

13
Light Novel Project
O significado dessa pergunta e a crítica contida nela pareceram alcançar Kirito. Suas
pupilas negras tremeram, e, novamente, ele olhou para baixo, em seus pés.

Finalmente ele falou, sem sentimento, como um NPC.

— Minha meta é simplesmente entrar no torneio principal amanhã. Eu não tenho


motivo para lutar além disso.

Sinon esperava essa resposta. Contudo, o sentimento de “é por isso que não posso te
perdoar” brotou em seu peito, e, uma vez mais, Sinon forçou palavras.

— Então você deveria ter atirado em si mesmo com aquela arma logo no início da
partida. Você está preocupado com desperdício da munição? Ou você quer aumentar minha
contagem de mortes, achando que assim eu ficaria satisfeita?!

Em resposta à cabeça abaixada de Kirito, ela deu mais um passo.

— Um simples jogo de VR ou uma simples partida, é sua escolha se você se sente


assim! Mas não force esses valores em mim! — Sinon gritou com uma voz trêmula e também
percebeu que disse algo irracional.

Impor valores pessoais em seu oponente, isso era o mesmo que ela estava fazendo. Se
ela não podia perdoar Kirito, então Sinon deveria ter usado a primeira rodada de munição para
determinar a partida e esquecer sobre ele depois. Ao invés de usar seis cartuchos de munição
para ameaçá-lo e, além disso, jogar seus sentimentos nele, cara a cara. Analisando por esse
lado, talvez a irracional aqui fosse ela.

Contudo.

Mesmo assim, Sinon não podia se conter. A Hecate segurada por mãos trêmulas, rosto
distorcido, ela não conseguiu parar uma gota de lágrima que saiu pelo canto de seu olho.

De costas para o distante sol poente, metade de seu corpo na sombra, os olhos de
Kirito estavam bem fechados e sua boca estava rígida.

Finalmente, o avatar delicado relaxou, e fracamente, mas com um pouco de emoção,


ele disse:

— Eu também… Muito tempo atrás... senti que eu culpava alguém desse jeito…

14
Light Novel Project
Kirito olhou para Sinon, que estava sem palavras, e então curvou a cabeça para baixo.

— Eu sinto muito. Estou errado. Embora seja só um jogo, só uma partida, eu deveria
ter tentado pra valer... Caso contrário, não tem nenhum significado ou qualificação para que
eu viva nesse mundo. Eu deveria saber isso...

Então ele levantou a cabeça, os olhos negros olhando diretamente para Sinon, e o
espadachim de uma terra estranha disse.

— Sinon, você pode me dar uma chance de te compensar? Agora mesmo, duele
comigo.

Das palavras inesperadas, Sinon momentaneamente esqueceu sua raiva e franziu as


sobrancelhas.

—Agora, mesmo que você diga isso…

A qualificação para o BoB e o torneio principal são lutas onde o local inicial do inimigo
é desconhecido. Uma vez que eles se encontrassem cara a cara assim, sem lutar, não haveria
maneira de retornar à condição inicial.

Contudo, Kirito mostrou um pequeno sorriso, então puxou a FN Cinco-Sete do coldre à


esquerda de sua cintura. Ele fez um gesto com as mãos para parar Sinon, que estava para
entrar em posição de tiro, e puxou o ferrolho da arma uma vez. Ele habilmente pegou no ar a
bala ejetada e colocou a pistola de volta no coldre.

Enquanto girava a bala de 5.7mm com os dedos da mão esquerda, Kirito disse.

— Sua arma ainda tem munição, certo?

— Sim, apenas um tiro.

— Então, vamos com um estilo de duelo. Vejamos... 10 metros de distância. Você usa
seu rifle e eu, minha espada. Eu jogarei a bala. Quando ela acertar o chão, nós começamos a
partida. Que tal?

Surpresa, ou mais como se estivesse atordoada, ela moveu a boca, sem notar que sua
raiva de antes havia diminuído.

15
Light Novel Project
— Olha aqui… Você acha que isso seria mesmo uma partida? Com apenas dez metros
de distância, essa bala da Hecate vai definitivamente te acertar. Com minha habilidade e o
suporte dos meus status, combinados com os status dela, é um tiro certo com muita sobra.
Você não vai ter nem chance de mover seu sabre de luz. O resultado não é diferente do seu
suicídio.

— Não saberemos até tentar.

Após dizer isso arrogantemente, os lábios vermelhos de Kirito mostraram um sorriso


perspicaz. No momento em que viu aquela expressão, Sinon sentiu um choque percorrer suas
costas.

Ele falava sério. Esse usuário de sabre de luz realmente queria ganhar de Sinon em um
duelo estilo Ocidental.

Realmente, a Hecate II tinha somente um disparo sobrando no cartucho. Então, ele


deveria evitá-la de alguma maneira para ganhar. Talvez ele estivesse pensando assim, muito
ingênuo. Contra um tiro certo e uma morte certa, não existe «de alguma maneira».
Comparada ao revólver antigo do atirador no «jogo de desviar das balas» daquela loja, tanto a
velocidade da bala quanto sua precisão e poder não eram do mesmo nível.

Mas... Se Kirito realmente tivesse «algo», então.

Eu quero ver isso. De qualquer jeito.

Em seguida, Sinon assentiu com a cabeça e disse:

— Tudo bem. Eu concordo em usar esse método para um confronto.

Ela então se virou, deu cerca de dez passos para leste na linha divisória central e virou
o rosto novamente para o Sol.

A distância entre as duas pessoas era apenas de dez metros. Ela levantou a Hecate que
estava carregando, colocou a coronha do rifle contra seu ombro direito e avançou seu pé em
uma posição de tiro padrão.

No mundo real, mesmo a pessoa mais forte não poderia disparar um rifle antimaterial
com uma postura de pé. Mas em GGO, contanto que as capacidades físicas atingissem um

16
Light Novel Project
valor suficiente, isso não era mais impossível. Claro, ninguém podia aguentar o enorme recuo,
sendo jogado para trás, mas já que ela só tinha uma bala, isso não importava.

Ela puxou o ferrolho para colocar a última bala na câmara.

Quando olhou pela mira, mesmo na menor ampliação, a forma de Kirito preenchia sua
visão. Era como se a beleza de uma jovem garota, a fraqueza e a impotência de alguns minutos
atrás não existissem mais. Seus olhos como obsidiana brilhavam, e um sorriso destemido
apareceu em seus lábios.

Kirito fechou os dedos da mão que estava segurando a bala da FN Cinco-Sete e esticou
o braço em linha reta para frente, enquanto puxava o sabre de luz à direita da cintura. Ele
pressionou o botão com o polegar e uma lâmina de energia azul e branca apareceu.

Agora, a audiência assistindo à final do Bloco-F talvez estivesse pensando e


imaginando o que aquelas duas pessoas estavam fazendo. Ela não se importava com isso. Uma
bala contra uma lâmina. Com um pouco de bom senso, não era um combate, mas Sinon
realmente podia sentir a tensão subindo.

Com certeza, aquele cara tem «algo».

Com um sentimento tão direto, Sinon ajustou a mira da Hecate levemente.

Do outro lado da retícula, Kirito falou.

— Então, vamos começar.

Em seguida, ele não hesitou em arremessar a bala no ar. A bala girando voou alto.
Levemente refletida pelo sol poente, que a fez brilhar como rubi, ela viajou pelo ar.

Kirito abaixou a cintura, colocou seu pé esquerdo adiante, inclinou metade de seu
corpo para frente, e o sabre de luz em sua mão direita se inclinou para o lado. Mesmo nos
dedos que seguravam a lâmina, não havia nenhuma sensação de força; era uma posição
relaxada. Mas, mesmo em tal postura, o delicado avatar mandava uma pressão tal que era
como se o coração dela estivesse na mira do cano de um rifle.

Sinon também percebeu que seus sentidos aumentaram drasticamente. A bala de


5.7mm se movendo pelo ar parecia bem devagar. Todos os outros sons sumiram. Ela só tinha
consciência da existência de seu corpo e da Hecate II. Não, a diferença entre os dois também

17
Light Novel Project
18
Light Novel Project
desapareceu. O atirador e a arma foram completamente fundidos para se tornar um,
almejando apenas atingir o alvo precisamente com a bala.

Em sua visão, o retículo branco e o círculo verde também desapareceram.

Em frente ao silencioso espadachim negro, caindo lentamente, estava a bala indicativa


do início do duelo. Apesar de a bala ter atravessado sua mira e saído de vista, Sinon podia
sentir sua existência. Ela caiu e rolou no chão. A fina bala atingiu o asfalto. O sistema do jogo
determinou o contato de dois objetos e emitiu uma ordem para enviar um efeito sonoro
através do AmuSphere. O sinal liberou um impulso eletrônico para o sistema auditivo de Sinon.

PING

No instante que ouviu aquele pequeno som, seu indicador direito puxou o gatilho.

Nos próximos segundos, o fenômeno que ocorreu ficaria gravado em cores vivas na
consciência acelerada de Sinon.

Chamas laranja irromperam do grande freio de boca da Hecate.

Do outro lado, um relâmpago branco azulado cortou a escuridão do anoitecer.

Brilhando como estrelas cadentes, duas pequenas luzes se dividiram para a direita e
esquerda, voando para longe.

Empurrada pelo enorme recuo do rifle antimaterial, enquanto caía para trás, Sinon
percebeu tardiamente o significado da cena que ela viu.

A bala foi cortada ao meio.

No momento em que a bala caiu no chão, o sabre de luz de Kirito cortou para cima,
acertando a bala de calibre 50 que supostamente deveria ser um golpe fatal. As duas estrelas
cadentes que Sinon viu eram fragmentos da bala que foi cortada pela lâmina de energia
concentrada, e passou por ambos os lados de Kirito, indo para trás dele.

Mas... Isso não deveria ser possível!

Se ele tivesse adivinhado o caminho da bala e então balançado a espada, então o


resultado seria compreensível. Contudo, Sinon não mirou no centro do avatar como ela
supostamente deveria ter feito, mas em vez disso ela mirou na perna esquerda de Kirito.

19
Light Novel Project
A Hecate é uma arma com calibre tão alto que há algo chamado «dano de impacto»
como dano adicional. Nesse caso de distância de tiro extremamente pequena, mesmo que
somente o pulso ou o pé fossem atingidos, o ataque na área de impacto faria o HP cair
diretamente a zero.

Para Kirito, que tinha se transferido para GGO hoje e sem conhecimento sobre armas,
ele não deveria saber isso. Então, se ele tivesse adivinhado o caminho da bala, ele certamente
iria proteger apenas o tronco e a cabeça.

Mesmo assim, Kirito era capaz de acertar precisamente a bala direcionada à sua perna
esquerda com um golpe de seu sabre de luz. Aquilo não foi uma aposta. Ainda mais, nessa
distância, essa velocidade de projétil, a assistência da Linha de Tiro seria inútil. Afinal… Como
foi que ele...?

Mesmo sobrecarregada de surpresa pelo momento, a mão de Sinon não parou.


Enquanto ela era jogada para trás, sua mão esquerda soltou a Hecate, em seguida, ela
procurou instintivamente pela MP7 em sua cintura.

Contudo, ele foi mais rápido.

Como um relâmpago, Kirito percorreu a distância de dez metros entre eles e apareceu
na frente de Sinon. A lâmina em sua mão direita zumbiu e tingiu a visão de Sinon com um azul
brilhante.

Ela será cortada.

Mesmo com aquela previsão, Sinon não fechou suas pálpebras. Seus olhos abertos
viram, com um enorme pôr-do-sol de fundo, um cabelo preto brilhante balançar em arcos
como um leque.

Então, tudo parou.

A Hecate em sua mão direita e a MP7 em sua mão esquerda pendiam, enquanto Sinon
estava dobrada para trás. Contudo, não importava quanto tempo esperasse, ela não caía no
chão. A mão esquerda de Kirito apoiando suas costas era a razão.

E na mão direita do espadachim estava o sabre de luz, segurado contra o exposto e


indefeso pescoço de Sinon. Somente o zumbido da vibração da lâmina de plasma e o som do
vento soprando longe podiam ser ouvidos.

20
Light Novel Project
Com seu pé esquerdo à frente, Kirito estava inclinado sobre Sinon, que estava
inclinada para trás, como se estivessem encenando a cena de uma dança e a cena tivesse
pausado por um momento enquanto estavam naquela pose.

As íris negras estavam bem em frente aos olhos dela. Até agora, tanto no mundo
quanto no mundo virtual, ela não tinha permitido que ninguém chegasse a ficar tão perto
assim dela. Contudo, Sinon não se tocou dessa situação e perguntou com um sussurro
enquanto olhava nos olhos de Kirito.

— Como você previu minha mira?

E na outra ponta da lâmina de energia, ele falou suavemente:

— Mesmo através das lentes da luneta, eu vi seu olho.

Olho. Em outras palavras, sua linha de visão.

Kirito queria dizer que leu a trajetória pela linha de visão dela.

Realmente havia alguém nesse mundo que conseguia tal feito. Sinon nunca tinha
pensado nisso. Um pequeno tremor que era ou não terror foi de suas costas até o topo de sua
cabeça.

Tão forte. A força de Kirito tinha ido além do nível de um jogo VR.

Contudo, já que era esse o caso... Por que então, no canto da Sala de Espera, ele
tremia tanto? Por que aquelas mãos frias seguraram firmemente as mãos de Sinon?

Sinon abriu a boca e uma pequena voz perguntou.

— Você é assim tão forte. Do que você tem medo?

Então ela viu os olhos de Kirito tremerem momentaneamente. Após um breve silêncio,
Kirito perguntou como se estivesse aguentando algo.

— Isso não é força. É só habilidade.

No momento em que ouviu aquelas palavras, Sinon esqueceu sobre a lâmina de luz
próxima à sua garganta e sacudiu a cabeça violentamente.

21
Light Novel Project
— Mentira. Você é um mentiroso. Se fosse somente técnica, não seria possível cortar a
bala da Hecate. Você deveria saber. Como você ficou tão forte? Eu… Eu quero saber isso, pois…

— Então me deixe te perguntar! — Kirito subitamente interrompeu-a com uma voz


baixa, mas com uma chama azul como calor misturada em sua voz. — Se a bala daquela arma
pudesse realmente matar o jogador no mundo real... E se você não o matasse, ou você ou
alguém importante para você seria morto. Se fosse esse o caso, VOCÊ. PUXARIA. O. GATILHO?!

Sinon se esqueceu de respirar e seus olhos se arregalaram.

Ele sabe? ela pensou por um momento. O visitante misterioso... Ele sabia que o
passado de Sinon estava tingido em escuridão e que um incidente tinha acontecido?

Não, errado. Não era isso. Provavelmente… o passado dele também…

A mão esquerda apoiando as costas de Sinon ficou rígida com a tensão, mas logo
relaxou. Enquanto seu cabelo tocava a testa de Sinon, Kirito sacudiu a cabeça e sussurrou:

— Eu não posso mais fazer isso. É por isso que eu não sou forte. Eu… cortei duas
pessoas naquela época... Não, três pessoas, e eu nem sabia seus nomes reais... Eu só fechei
meus olhos, tapei meus ouvidos e fingi esquecer tudo...

Sinon não entendeu o que ele quis dizer.

Contudo, ela tinha certeza de uma coisa. Dentro de Kirito havia uma escuridão
semelhante à dela, um medo escondido. E então, provavelmente, enquanto ele esperava na
Sala de Espera, algo aconteceu. Algo que fez sua escuridão supostamente enterrada emergir.

A mão esquerda de Sinon deixou a MP7 cair no chão.

Sua mão vazia subiu, como se puxada por uma corda invisível, e chegou perto do rosto
de Kirito, passando pela lâmina do sabre de luz.

Logo antes de seus dedos tocarem…

Inesperadamente, o sorriso despreocupado de sempre voltou ao rosto de Kirito. Seus


olhos ainda mantinham uma luz de sofrimento. Mesmo assim, ele balançou a cabeça e disse,
como que para parar a mão de Sinon.

— Bem. Parece que eu ganhei a partida… Você concorda?

22
Light Novel Project
— O quê? Ah, isso é…

Enquanto ela piscava, incapaz de alterar seus sentimentos, o rosto de Kirito se


aproximou e sussurrou.

— Você não vai desistir? Eu não gosto de cortar uma garota.

Ouvindo suas palavras rudes e insolentes, Sinon finalmente percebeu sua situação. Em
outras palavras, ela estava sendo contida por uma mão esquerda em suas costas e um sabre
de luz em sua garganta, e, enquanto estava imóvel e extremamente perto de Kirito, naquela
pose miserável, aquela cena estava sendo transmitida ao vivo para a Sala de Espera, a Sala
Presidencial e para todos os bares de Gurokken, essa era a situação.

Embora consciente do sangue correndo em seu rosto, Sinon cuspiu uma retaliação dos
seus dentes cerrados.

— Eu sou grata por ter outra chance de lutar com você. No torneio principal de
amanhã, certifique-se de ficar vivo até me encontrar.

Então ela virou o rosto e gritou bem alto:

— Eu desisto!

Tempo da partida: 18 minutos e 52 segundos.

Grupo F, Terceiro Bullet of Bullets, final eliminatória terminada.

23
Light Novel Project
Posfácio

Eu sou Kawahara Reki. Estou extremamente grato por você ter comprado o quinto volume
desta série. Incluindo as outras séries, este está sendo meu 10º trabalho, «Sword Art Online 5,
Projétil Fantasma».

Em jogos online, existem dois gêneros bastante populares de jogos diferentes de


MMORPGs. Um deles é o «Real- Time Strategy», e o outro é o «First Person Shooter».

Eu gosto de ambos os gêneros, mas se fosse falar de RTS, esse espaço não seria
suficiente, então eu vou ter que cortá-lo fora (risos).

E como o título indica, FPS é um gênero de jogo que normalmente permite que o
personagem principal (jogador) empunhe uma arma através de uma visão de primeira-pessoa
e jogue. Foi originado na América, por isso, agora, não importa se é no número de jogos ou de
jogadores, os americanos são a maioria. Mas quando se está jogando online em PvP, poderia
haver situações em que as pessoas diriam “Você é uma reencarnação de Simo Hayha1?” Esse
tipo de situação acontece mais quando eu estou correndo em linha reta com velocidade
máxima, ouço um estouro de longe, começa um sangramento entre minhas sobrancelhas e eu
morro, ou em combates à curta distância, onde eu tenho um fuzil e estou atirando pra todos
os lados, mas o inimigo se aproxima, desviando pra um lado e pro outro, e então usa a faca
para me matar facilmente (nesse momento, eu realmente sentia vontade de dizer “Você é
uma reencarnação de Simo Hayha?!”). Porém, as pessoas simplesmente diziam que eu era
noob.

O PvP em MMOs é bastante afetado por causa da diferença de nível e equipamento,


mas no FPS o poder do personagem depende da própria habilidade do jogador. Uma das
razões pela qual eu criei o «Phantom Bullet» foi para mostrar essa «capacidade» na série
«SAO».

Contudo, o problema era que, mesmo gostando de FPS, eu não entendia nada sobre
armas em geral... Desta vez, eu usei muitos nomes de armas e termos únicos, mas isso tudo foi

1
Simo Hayha: Um franco atirador finlandês da Segunda Guerra Mundial. Hayha obteve mais de
quinhentas baixas confirmadas num período de 100 dias. Apelidado de “Morte Branca”, conseguiu o
título de melhor atirador da história.
informação compilada às pressas de última hora. Para os leitores que entendem mais do
assunto, talvez em um monte de cenas eles tenham dito “Como isso é possível!”, mas eu
espero que todos possam ser compreensivos e pensar algo como “É parte de um jogo mesmo”.

Para Miki-san, que está começando a ter mais e mais tarefas e ainda assim esperou
pacientemente que eu ajeitasse meu roteiro original, Abec-san, que foi capaz de apresentar
perfeitamente o charme de duas (risos) mulheres protagonistas nas ilustrações, e todos que
me apoiaram mesmo depois que escrevi “Eu vou ficar louco”, por favor, aceitem meu tiro de
gratidão com suas testas. Espero encontrá-los na próxima vez!

Junho de 2010

Kawahara Reki