Você está na página 1de 3

De

Resumo Livro Estética e Filosofia – Mikel Dufrenne

(103-110) Arte é Linguagem?

Sempre se define o conjunto de significantes conforme o modelo privilegiado de linguagens

Para os semiólogos a importância do conjunto é a formalização para estabelecer relações de


oposição ou complementaridade.

Barthes, ‘’muitos sistemas semiológicos têm uma substancia da expressão cujo ser não está na
significação’’

Uma práxis só se torna signo pelo efeito de uma decisão de algum modo arbitrária num certo
contexto cultural.

Signos icônicos e signos gráficos não constituem um conjunto significante por sua forma de
significar e sim por possuírem uma finalidade e porque são institucionalizados (pela
legibilidade ser um fator mais importante neste contexto)

A distância perceptiva do conceito (Saussure) é variável no interior da linguagem pois a


motivação pode atenua-la devido a não ser a mesma em toda leitura de sentido.

. Fontes mais direcionadas devem trazer um conceito de menos compreensão pois a leitura
deve ser direta sem passar pelo consciente da pessoa e gerando um gesto espontaneamente.

É importante é que o significado e o significante situam-se em uma variável de distância.

A obra é um discurso que supõe certo código e o artista fala pela obra

(103-110) Arte é Linguagem?

. Du mode d’existence des objets techniques,

Valores Estéticos (48-59)

O valor é sempre o valor de uso, mas tudo depende do gênero de uso. Usar fontes estilizadas
que exigem uma maior percepção artística para uma campanha que o enfoque é abordar
pessoas de baixa escolaridade e que atinja o maior número possível de pessoas

Valor relativo não é valor absoluto.

Um objeto incomparável requer uma valorização verdadeira como fundamento de todo juízo
de valor, na medida que esses juízos estejam fundados.

O objeto só poderá ser subordinado a normas no caso de serem suas próprias normas

Agradar não é afagar a sensualidade, é, principalmente, satisfazer a sensibilidade

É necessário que o valor estético assuma sua função de linguagem e que seu splendor ordinis
(sua ordem) provenha de um sentido

O útil, o agradável, o amável, o verdadeiro e o bem – QUALIDADES AFETIVAS

Inseparável do signo define o estilo

O objeto estético tem um sentido porque ele é um sentido

Os valores são os objetos mesmo enquanto são focos da verdade que pretendem ser
De

O acaso pode ser chamado de valor grotesco, o trágico ou o elegíaco

A essência não designa sempre o essencial e essencial aqui não é explicável e reduzível a ideia
geral

Criar valores estéticos será produzir obras novas carregadas de um novo sentido, iniciadoras
de um novo estilo, mensageiras de um novo mundo

É necessário uma não subjetividade no contexto do valor

Valor que o objeto revela é a qualidade de desvelar o mundo de uma persona, sendo este uma
irradiação de uma qualidade afetiva

Natura Naturans

O espectador colabora com o advento do valor não porque o cria, mas porque sempre pode
lhe recusar audiência, todavia, sabemos muito bem o que o público dá a obra pela força da
admiração.

Kant, eu estou no mundo e o mundo está em mim

48,86,99,259,299

ENTENDER

SINTETIZAR – Qual a ideia central, qual o problema, solução proposta pelo autor, racionicio do
autor. Sequencia lógica das ideias

Criticar – coenrencia interna na argumentação e a validação dos argumentos, originalidade e


profundidade do tema apresentado, relevância para o tema do estudo

PROBLEMATIZAR – demonstrar novos problemas que precisam ser resolvidos

REELABORAR

Introdução

Buscar tópicos mais específicos

Procurar perguntas a se responder

Questione o valor do tópico proposto

Especifique o tópico: oi meu nome é pedro estou estudando.....

Formule sua perguntar: porque quero descobrir quem/como/porque ...

Fundamento logico para sua pergunta para entender oque /como/porque ...

Avalie suas fontes

LEITURA RÁPIDA DE LIVRO/ARTIGO

Fundamento – afirmação ----------

------------- Ressaltas,refutações,concessões,condições estritas,alcance restrito

- evidencia ----------
De