Você está na página 1de 18

Baixar Compartilhar Exportar

Revistas e Livros Criar conta Entrar

Journal of Acupuncture and Meridian Studies


Volume 3, Edição 3 , setembro de 2010 , páginas 203-213
acesso livre

Educação

Acupuntura de Cinco Elementos Sa-Ahm


Chang-Beohm Ahn um , Kyung-Jun Jang um, Hyun-Min Yoon um, Cheol-Hong Kim um, jovem-Kwang Min um, Chun-Ho
b
Song , Jang-Cheon Lee c

Mostre mais

https://doi.org/10.1016/S2005-2901(10)60037-4 Obtenha direitos e conteúdo


Sob uma Creative Commons licença

Abstrato
Este estudo teve como objetivo revisar as bases clínicas para a acupuntura de cinco elementos de Sa-
Ahm . Esta forma de acupuntura utiliza os Cinco Shu pontos de acupuntura e os tratamentos
tonificação-sedação com base nos ciclos de criação e controle dos Cinco Elementos. Um total de 28
livros e artigos do antigo “Nan-Ching” à moderna “Acupunctura Médica” foram usados para estudar
práticas clínicas. A acupuntura Sa-Ahm Five Element pode ser praticada de diferentes maneiras,
dependendo dos diagnósticos diferenciais . Estes diagnósticos incluem teorias de excesso e deficiência
de Yin e Yang, sete emoções, ZangFu (órgãos, vísceras), e comparando o diagnóstico de pulso e a terapia
dos meridianos à palpação dos meridianos.. Ensaios clínicos e diretrizes para a prática da acupuntura
Sa-Ahm devem ser criados para permitir uma abordagem clínica mais baseada em evidências para o uso
dessa técnica.

anterior Próximo

Palavras-chave
diagnóstico comparativo de pulso; diagnóstico diferencial; Pontos Cinco-Shu; terapia
meridiana; tonificação e sedação

1 .. Introdução
O tratamento de acupuntura de Sa-Ahm consiste em tratamentos de excesso / excesso e tratamentos de
Baixar
frio / calor nos quais osCompartilhar Exportar
pontos Cinco-Shu (Cinco-Transportadores ou 5-Shu) são usados de acordo com
a tonificação e a sedação . Este princípio é baseado em ciclos de criação e controle da teoria dos Cinco
Elementos, bem como nas teorias de Nanjing apresentadas nas questões 50 e 69 [ 1 ].

Gao-Wu, durante a dinastia Ming da China (1519 dC), foi o primeiro a acupunturista tonificar
deficiência e para sedar excesso com base em qualquer um esgotamento ou repleção do ciclo de
promoção. Essa técnica tem sido chamada de “método de quatro agulhas” [ 2 , 3 ]. Cerca de 360 anos
atrás, um coreano chamado Sa-Ahm [ 4 ] propôs a acupuntura de cinco elementos, que usa
simultaneamente os pontos de cinco-shu dos ciclos de promoção e controle, e também é conhecida
como “técnica de quatro agulhas” [ 5 ]. “Método de oito agulhas” [ 3 ]. Clinicamente, os pontos do Five-
Shu concentram-se principalmente na deficiência e excesso de tratamentos, embora esses pontos
também possam ser usados para tratamentos de frio e calor. Lee [ 6, 7 ] propuseram o diagnóstico de
pulso comparativo na década de 1960 e Kim [ 8 ] propôs o diagnóstico baseado em sintomas. Em
particular, Kwon [ 9 ] usou a acupuntura Sa-Ahm Five Element (SAFEA) na acupuntura constitucional e
Kim [ 10 ] propôs a SAFEA baseada na mente. Diretrizes detalhadas para os padrões de sintomas
precisam ser estabelecidas, pois há muitas maneiras de selecionar os pontos Cinco-Shu de várias
interpretações da acupuntura dos Cinco Elementos [ 1 ].

Outros métodos de tratamento semelhantes foram derivados usando pontos de cinco-Shu como um
meio de tonificação e sedação. Estes incluem terapia meridiana [ 11 ] e acupuntura constitutiva de cinco
elementos [ 4 ]. Embora Ahn [ 12 ] e Kim [ 10 ] tenham proposto critérios para o tratamento de Sa-Ahm, a
acupuntura de Sa-Ahm é geralmente usada hoje de acordo com os pontos de vista mantidos pelos
praticantes coreanos sem um conjunto claro de diagnósticos diferenciais . Esta revisão cobrirá
brevemente o tratamento clínico de Sa-Ahm para permitir o uso mais efetivo desta técnica e permitir
que este método de tratamento seja entendido em detalhes.

2 . Tratamento Clínico de Sa-Ahm

2.1. . Significado e eficácia dos pontos Five-Shu

2.1.1. . Correlações da energia congênita dos meridianos com o interior-exterior, tronco de


raiz, caminho do meridiano e pontos de cinco-shu [ 12 ]
A energia meridiana consiste em energia congênita e adquirida. Os membros abaixo dos cotovelos e
joelhos são onde os caminhos dos meridianos interior, raiz e fíbula estão localizados. A energia
congênita reflete sobre si mesma nos membros abaixo dos cotovelos e joelhos, e a raiz de seis
meridianos yinsão encontrados nas extremidades. Os meridianos yin recebem a energia congênita de
cada meridiano. Mesmo que a direção dos 12 meridianos seja dividida em e ao longo do fluxo de pontos
Cinco-Shu, o fluxo de pontos Cinco-Shu começa nas pontas dos dedos e pés, independentemente do
meridiano yin ou yang. Os pontos distal, de cinco-shu, de acumulação e de alarme estão localizados nos
membros, abaixo dos cotovelos e joelhos. Esses pontos pertencem às categorias de interior, raiz e fíbula
caminhos, e são usados em tratamentos para a cabeça e tronco, bem como ZangFu .

A eficácia do acuponto é dividida em ações locais ou distais. Os pontos distais localizados abaixo das
articulações do cotovelo e do joelho têm efeitos distais no tratamento do Zangfu , que também estão
localizados distalmente. O ponto de origem, o ponto de Back-Shu e o ponto de alarme, cada um em seis
Zang, bem como três pontos de mar inferiores, ponto de Back-Shu e ponto de alarme em seis doenças
de Fu. A seleção do acuponto localizado abaixo das articulações do cotovelo e do joelho permite um
Baixar distal
efeito de acupuntura Compartilhar Exportar de cinco elementos, oito acupuntura extra de
, incluindo acupuntura
Yeonggu e oito acupuntura adicional de Bidung e acupuntura constitucional de Tegeok. Esses efeitos
podem ser entendidos do ponto de vista da energia congênita, que constitui a energia dos meridianos
juntamente com a energia adquirida.

2.1.2. . Entendendo a acupuntura biomédica


Os poderosos efeitos dos acupontos localizados abaixo das articulações do cotovelo e do joelho podem
ser compreendidos com base nos achados neurológicos. Como os membros abaixo dos cotovelos e
joelhos ocupam áreas maiores no giro sensorial do cérebro, os acupontos abaixo dos cotovelos e joelhos
também ocupam uma área maior na representação cortical do giro sensorial pós-central no cérebro [ 13
].

2.1.3. . Poderosa polaridade de energia


Pontos entre a ponta do dedo e o cotovelo ou a ponta do dedo do pé até o joelho estão entre os pontos
energeticamente mais poderosos do corpo. Estes incluem os cinco pontos de transporte e também os
pontos de conexão e acumulação, pois a polaridade da energia está mudando de Yin para Yang ou Yang
para Yin. Esses pontos são onde os maiores efeitos terapêuticos podem ocorrer [ 3 ].

2.1.4. . Ação energética


A ação energética dos pontos situados ao longo da seção do canal entre dedos das mãos e dos pés e
cotovelos / joelhos é muito mais dinâmica do que outros pontos, porque a energia muda de Yin para
Yang ou Yang para Yin. A mudança na polaridade e superficialidade do canal nas extremidades é
responsável pela ação particularmente dinâmica dos pontos nas pontas dos dedos dos pés e dos dedos
dos pés. Esses pontos são, portanto, freqüentemente usados na prática clínica [ 14 ].

2.2. . Diagnóstico diferencial de acordo com Kim Dong-Pil [ 8 ]


O diagnóstico diferencial de vários sintomas e sua tonificação e sedação são apresentados na Tabela 1 ,
Tabela 2 .

Tabela 1 . Tonificação e sedação para frieza e calor

Sintoma de diferenciação Frieza Calor

Cinco fases Cinco zang Yin Yang Pulso Tonificação Sedação Tonificação Sedação

Madeira Sistema hepático Yin E e Yang D Deep S15 e GB38 KI10 e LI18 BL66 e GB43 HE8 e LI2

Yin E e Yang D Flutuador HE8 e LI2 BL66 e GB43 KI10 e LI8 SI5 e GB38

Fogo Sistema cardíaco

Monarca Yin E e Yang D Deep SI5 e BL60 KI10 e HT3 BL66 e SI2 HT8 e KI2

Yin E e Yang D Flutuador HT8 e KI2 BL66 e SI2 KI10 e HT3 SI5 e BL60

Ministro Yin E e Yang D Deep TE6 e BL60 KI10 e PC3 BL66 e TE2 PC8 e KI2

Yin E e Yang D Flutuador PC8 e KI2 BL66 e TE2 KI10 e PC3 TE6 e BL60

Terra Sistema do baço Yin E e Yang D Deep SI5 e ST41 KI10 e SP9 BL66 e ST44 HT8 e SP2
Sintoma de diferenciação Frieza Calor
Baixar Compartilhar Exportar
Cinco fases Cinco zang Yin Yang Pulso Tonificação Sedação Tonificação Sedação

Yin E e Yang D Flutuador HT8 e SP2 BL66 e ST44 KI10 e SP9 SI5 e ST4

Metal Sistema pulmonar Yin E e Yang D Deep SI5 e LI5 KI10 e LU5 BL66 e L112 HT8 e LU10

Yin E e Yang D Flutuador HT8 e LU10 BL66 e LI2 SI5 e LI5 SI15 e LI5

agua Sistema renal Yin E e Yang D Deep SI5 e BL60 KI10 e HT3 BL66 e SI2 HT8 e KI12

Yin E e Yang D Flutuador HT8 e KI2 BL66 e SI2 KI10 e HT3 SI15 e BL60

E = excesso; D = deficiência.

Tabela 2 . Tonificação e sedação por deficiência e excesso

Sintoma de diferenciação Deficiência Excesso

5 fases 5 Zang Yin Yang Pulso Tonificação Sedação Tonificação Sedação

Madeira Sistema hepático Yin E e Yang D Deep BL66 e GB43 LU8 e LR4 LU e GB44 HE8 e LI2

Yin E e Yang D Flutuador KI10 e LI8 LI1 e GB44 LU8 e LR4 SI5 e GB38

Fogo Sistema cardíaco

Monarca Yin E e Yang D Deep GB41 e SI3 KI10 e HT3 BL66 e SI2 SP3 e HT7

Yin E e Yang D Flutuador LR1 e HT9 BL66 e SI2 KI10 e HT3 ST36 e SI8

Ministro Yin E e Yang D Deep GB41 e TE3 KI10 e PC3 BL66 e TE2 SP3 e PC7

Yin E e Yang D Flutuador LR1 e PC9 BL66 e TE2 KI10 e PC3 ST36 e TE10

Terra Sistema do baço Yin E e Yang D Deep SI5 e ST41 LR1 e SP1 GB41 e ST43 LU8 e SP5

Yin E e Yang D Flutuador HT8 e SP2 GB41 e ST4 LR1 e SP1 LU e ST45

Metal Sistema pulmonar Yin E e Yang D Deep ST36 e LI1 HT8 e LU10 SI5 e LI5 HT8 e KI10

Yin E e Yang D Flutuador SP3 e LU9 SI5 e LI5 HT8 e LU10 BL66 e LI2

agua Sistema renal Yin E e Yang D Deep LU & BL67 SP3 e KI3 ST36 e BL40 LR1 e KM

Yin E e Yang D Flutuador LU8 e KI6 ST36 e BL40 SP3 e KI3 GB41 e BL65

E = excesso; D = deficiência.

2.3. . Estimulação de acupuntura [ 8 ]


A acupuntura de cinco elementos Sa-Ahm pode ser aplicada em conjunto com técnicas de estimulação,
como métodos respiratórios, rotacionais e direcionais ( Tabela 3 ). Cada estimulação, que resulta em
tonificação ou sedação, é descrita abaixo.

Tabela 3 . Estimulação rotativa na acupuntura de Sa-Ahm para machos *


Meridiano de mão esquerda Para tonificar: gire no sentido horário Para tonificar: gire no sentido anti-
Baixar Compartilhar Exportar horário
Mão direita Yin meridiano
SOU PM
Meridiano de pé direito
Para sedar: gire no sentido anti-horário Para sedar: gire no sentido horário
Meridiano Yin do pé esquerdo

Meridiano Yin da mão Para tonificar: gire no sentido anti- Para tonificar: gire no sentido horário
esquerda horário

Meridiano de Yang do lado


direito
SOU PM
Meridiano Yin do pé direito

Meridiano de pé esquerdo Para sedar: gire no sentido horário Para sedar: gire no sentido anti-horário

*
Para as mulheres, é o oposto.

2.3.1. . Estimulação rotacional


Tonificação e sedação ocorrem dependendo das rotações no sentido horário ou anti-horário de acordo
com a direção dos meridianos ( Tabela 3 ).

2.3.2. . Estimulação respiratória


A tonificação ocorre após a inserção de uma agulha à medida que o paciente exala e retira a inalação. A
sedação ocorre na inserção da agulha, à medida que o paciente inspira e remove na expiração .

2.3.3. . Inserção Direcional


A tonificação ocorre quando a agulha é inserida na posição inclinada seguindo a direção do fluxo de
energia no meridiano. Em contraste, a sedação ocorre após a inserção da agulha na posição inclinada na
direção oposta ao fluxo de energia no meridiano.

Em teoria, o uso de estimulação por acupuntura pode ser possível no tratamento, mas movimentos
técnicos fortes em pontos de acupuntura localizados em superfícies rasas do corpo , ou seja, entre
pontas dos dedos e cotovelo ou pontas dos dedos dos pés e joelho, podem ser difíceis de serem
acessadas pelo praticante. Clinicamente, recomenda-se que os profissionais não utilizem estímulos
fortes.

3 . Discussão

3.1. . Aplicação clínica da acupuntura de cinco elementos de Sa-Ahm


O estudo clínico da acupuntura de cinco elementos pode ser dividido em três partes: a eficácia dos
pontos do Five-Shu, diagnósticos diferenciais e aplicação clínica.
3.1.1. . Eficácia da acupuntura com cinco pontos de Shu
Baixar Compartilhar Exportar
A importância dos pontos do Five-Shu é baseada em sua localização. Os pontos de acupuntura ,
incluindo os pontos do Five-Shu, localizados abaixo dos cotovelos e joelhos, são responsáveis pela
poderosa polaridade e também pela ação energética , devido à sua mudança na polaridade e
superficialidade do canal nas extremidades [ 3 , 14 ].

A função particular dos pontos do Five-Shu também foi explicada em termos de regiões cerebrais
correspondentes . Acupontos abaixo dos cotovelos e joelhos ocupam uma área maior na representação
cortical do giro sensorial pós-central no cérebro e também contêm mais receptores sensoriais . A
estimulação com agulhas para esses pontos pode, portanto, induzir uma reação e atividade maior no
cérebro. Esse princípio claramente apóia o conceito de usar certos pontos de acupuntura abaixo dos
cotovelos e joelhos (os chamados pontos Cinco-Shu no sistema meridiano clássico) como pontos de
diagnóstico e tratamento durante a acupuntura [ 13 ].

Ahn et al acreditam que pontos de acupuntura abaixo dos joelhos e cotovelos, incluindo o Five-Shu,
acúmulo, conexão, alarme, parte inferior do mar e oito pontos pertencem às categorias das vias interior,
raiz e fibular [ 12]. Esses pontos de acupuntura podem tratar doenças relacionadas ao órgão Zangfu e à
cabeça / tronco, e, portanto, a acupuntura de cinco elementos usando pontos Five-Shu pode ter mais
eficácia do que outros tratamentos com acupuntura. A função dos pontos abaixo dos cotovelos e joelhos
precisa ser vista em termos de interior-exterior e tronco-raiz em relação ao meridiano e ao meridiano 11
do Yin-Yang 11, que são as formas dos 12 meridianos regulares. O fluxo dos pontos meridiano do
interior-exterior, tronco radicular, Yin-Yang 11, pé-braço 11 e Cinco-Shu são centrífugos, pois esses
meridianos são entendidos como fluindo desde o início do meridiano na ponta das extremidades,
movendo-se no tronco e na cabeça [ 12 ].

3.1.2. . Diagnóstico diferencial


O alcance do tratamento de Sa-Ahm pode ser extenso devido às suas diversas leis, como o ciclo de
promoção e inibição entre os Cinco Elementos e seus meridianos conectados. O meridiano consiste de
três partes, isto é, braço ou pé, mais ou menos de Yin e Yang, e um de seis Zangs (órgãos) e seis Fus
(intestinos).

Um total de 24 sintomas de deficiência e excesso existe entre os seis Zang e os seis Fu , mas as teorias
relacionadas a esses sintomas são arbitrárias demais para auxiliar no diagnóstico. Embora haja
atualmente muitos livros clínicos sobre a acupuntura Sa-Ahm na Coreia, um padrão geral definitivo
para a seleção de padrões de sintomas ainda não foi proposto. O uso geral da acupuntura Sa-Ahm foi
discutido anteriormente em 1985 [ 12 ]. O método pode ser usado principalmente de um ponto de vista
teórico de ZhangFus, etiologia da doença, bem como o mais ou menos de 3 Yang e 3 Yin . Por exemplo,
no caso de dor no joelho, podemos usar a tonificação do fígado (principalmente deficiência) porque, de
acordo com a teoria do Zangfu , o fígado controla os músculos e articulações. Em segundo lugar, no caso
de dor de cabeça devido ao aumento do fígado-yang, podemos usar sedação hepática (principalmente
excesso), dada a etiologia da doença. Além disso, no caso de dor nas costas devido à umidade, podemos
usar tanto baço-sedação (excesso) para sedar umidade ou tonificação Yang Ming (deficiência do intestino
grosso ou estômago) para tonificar a secura do princípio de mais ou menos de 3 Yang e 3 Yin.

Os três pontos de vista acima não podem explicar totalmente a acupuntura Sa-Ahm, portanto, um
diagnóstico diferencial comum compartilhado por muitos acupunturistas precisa ser determinado. Lee
foi o primeiro a propor um diagnóstico diferencial de deficiência e excesso ao comparar
simultaneamente seis pulsos de ambos os pulsos na década de 1960 [ 7 ]. No entanto, seu diagnóstico foi
focado apenas na deficiência e excesso, negligenciando a frieza e o calor. Embora ele tenha dito que
Baixar de tratamento
formas irregulares Compartilhar Exportar
são a manifestação de mudanças sutis nas doenças, sinais e sintomas
são necessários para apoiar suas afirmações . Diagnóstico do pulso comparativo de Jae-woné muito
original na tentativa de determinar sintomas diferentes, mas um diagnóstico feito usando apenas o
método do pulso é difícil. O diagnóstico comparativo do pulso pode, portanto, ser um guia importante
no uso da acupuntura Sa-Ahm, apesar de sua fraqueza.

Kim [ 8 ] afirmou que ele propôs o método de diagnóstico chamado “Acupuntura Sa-Ahm de Cinco
Elementos dos sintomas da doença”, que diferencia os sintomas ao comparar simultaneamente o pulso,
pois descobriu que a acupuntura Sa-Ahm original não conseguia lidar com as mudanças nas doenças. O
diagnóstico da doença e os resultados factuais desse tratamento são inúteis. Ele afirmou que um pulso
flutuante mostrou excesso de Yang e deficiência de Yin , enquanto um pulso profundo demonstrou
excesso de Yin e deficiência de Yang.com base no fato de que o pulso medial não é nem flutuante nem
profundo, e é a manifestação da saúde. Kim também propôs, a partir de sua experiência clínica, que mais
foco deve ser colocado no sintoma de frio-calor do que o sintoma de excesso de deficiência ao
diferenciar esses dois sintomas. Isso pode ser conseguido comparando os pulsos de Guan direito e
esquerdo. Se o pulso de Guan direito é mais fraco que o esquerdo, o sintoma está relacionado ao calor de
frieza, enquanto se o pulso de Guan esquerdo for mais fraco que o pulso de Guan direito, o sintoma está
relacionado ao excesso de deficiência. Por exemplo, olhando para o sintoma de frio-calor, se o pulso está
flutuando, o principal sintoma é o excesso de yang e a deficiência de yin. O tratamento é, em primeiro
lugar, tonificar o fogo dentro do meridiano Yine, em segundo lugar, sedar a frieza dentro do meridiano
de Yang . No sintoma de calor, se o pulso for profundo, o principal sintoma é o excesso de Yin e a
deficiência de Yang. O tratamento é para primeiro tonificar a frieza dentro do meridiano Yang e, em
segundo lugar, sedar o calor dentro do meridiano Yin.

Os acupontos precisam ser explicados em detalhes. Se usarmos a Deficiência de Yin e o Excesso de Yang
na frieza do fígado como exemplo ( Figura 1 ), o tratamento inclui a tonificação dos pontos de fogo nos
meridianos Yin (o meridiano do fígado e o coração do fogo) usando os acupontos HT8 e LR2. Em
segundo lugar, os pontos de água dos meridianos Yang (meridiano do vesícula biliar e meridiano da
bexiga) são sedados usando os pontos BL67 e GB43.

Baixe imagem de alta resolução (568KB) Baixar imagem em tamanho real

Figura 1 . Tonificação e dispersão para frio e fogo


Se tomarmosBaixar Compartilhar
a Deficiência Exportarde Yin no calor do fígado como exemplo ( Figura 1 ), o
de Yang e o Excesso
tratamento inclui a tonificação dos pontos de Água do meridiano Yang (o meridiano da bexiga e da
bexiga) usando os pontos BL67 e GB43. Em seguida, sedar o fogo aponta os meridianos do Yin (o
meridiano do próprio fígado e o meridiano do fogo do coração), usando os pontos HT8 e LR2. Estas
regras de frio e calor também podem ser aplicadas no tratamento de outros meridianos.

Yin Deficiência e Yang excesso no baço deficiência ( Figura 2 ) pode ser tratada em primeiro lugar com a
tonificação dos pontos maternais (fogo) do meridiano mãe (coração), bem como o ponto (fogo) materna
da auto meridiano (baço) usando os pontos HT8 e SP2. Em segundo lugar, o ponto supressor (madeira)
do meridiano do estômago é disperso, assim como o ponto supressor (madeira) do meridiano supressor
(vesícula biliar) entre os meridianos Yang relacionados. Os pontos ST43 e GB41 devem ser usados. Essas
regras de deficiência e excesso também podem ser aplicadas no tratamento de outros meridianos (
Figura 2 ).

Baixe imagem de alta resolução (755KB) Baixar imagem em tamanho real

Figura 2 . Tonificação e dispersão por deficiência e excesso

3.1.3. . Uso clínico e técnicas de estimulação na acupuntura de cinco elementos


O tratamento de acupuntura de Kim [ 8 ] é característico do diagnóstico de pulso simultâneo. Ele
compara pulsos de Guan para determinar o frio-calor ou excesso de deficiência, mas ainda é baseado no
tratamento de acupuntura Sa-Ahm original. O método usado por Kim é mais detalhado do que o de Lee
[ 6 , 7 ] em que Kim usou a diferenciação de frio-calor e excesso de deficiência e estabeleceu o critério
para o Yin-Yang.equilíbrio, padronizando o pulso medial. A teoria de Kim ainda é contenciosa e não é
totalmente aceita como padrão de tratamento geral, pois é difícil decidir os sintomas diferenciais apenas
pelo diagnóstico de pulso. O mérito do tratamento de Kim pode ser entendido como uma grande
contribuição para o uso objetivo da acupuntura Sa-Ahm, apesar de sua fraqueza, que está no diagnóstico
somente de pulso.
Seem [ 15 ] também acredita que tratamentos usando a técnica de quatro agulhas são muito poderosos, e
Baixar
devem ser perseguidos Compartilhar
somente quando Exportar
uma forte manipulação energética é necessária, e somente
quando um é certo do elemento primário ou da fase afetada. Esta recomendação é porque a técnica de
quatro agulhas tonifica duas vezes, depois se dispersa duas vezes, levando a uma ação tonificante ou
dispersante muito concentrada no elemento afetado e no meridiano. Se não houver certeza do elemento
afetado primário, é muito mais conservador usar tons de tonificação e dispersão mais suaves.

De um modo geral, o tratamento de Sa-Ahm se concentra principalmente nos sintomas de excesso de


deficiência e não nos sintomas de calor frio, embora a relação entre o excesso de deficiência e os
sintomas de calor frio precise ser estudada em detalhes para criar diretrizes razoáveis para o efeito.
tratamentos amigáveis. Como há muitas maneiras diferentes de selecionar os pontos Cinco-Shu das
várias opiniões sobre a acupuntura dos Cinco Elementos, precisamos determinar diretrizes detalhadas
para padrões de sintomas no futuro.

As principais técnicas de estimulação são rotação (torção), respiração (inalação-exalação), na direção


oposta ao fluxo do meridiano. Essas técnicas podem ser usadas na clínica como em outros tratamentos
de acupuntura. Mas eles são difíceis de usar, pois os pontos de Sa-Ahm estão localizados em locais rasos
e profundos sob o joelho e o cotovelo. No entanto, uma estimulação simples e fraca parece ser suficiente
para obter o efeito da acupuntura.

3.2. . Perspectivas dos tratamentos com acupuntura


A maioria das doenças contém interrupções manifestadas por estagnação e irregularidades e também
desequilíbrios causados por deficiência e excesso através da rede de meridianos. Os tratamentos com
acupuntura, portanto, devem cobrir esses dois aspectos da doença para alcançar a eficácia do acuponto e
a função da tonificação da sedação. A fim de obter maior eficácia, podemos combinar a acupuntura, com
base na eficácia do acuponto, e o tratamento Sa-Ahm, que é baseado nos efeitos de tonificação-sedação,
para simultaneamente corrigir interrupções e desequilíbrios. Em relação aos princípios dos tratamentos
de acupuntura, propomos que a acupuntura baseada na eficácia do acuponto para corrigir interrupções
seja chamada de “tratamento de ramo”, e a acupuntura baseada nos efeitos de tonificação-sedação para
corrigir desequilíbrios seja chamada de “tratamento de raiz”. ,

Além disso, podemos entender as funções da acupuntura com base no mecanismo de analgesia por
acupuntura proposto por Stux e Pomeranz [ 16 ]. Os mecanismos da acupuntura estão ligados a três
centros, isto é, a medula espinhal, o mesencéfalo e a glândula hipotalâmico-hipofisária. A acupuntura
em acupontos locais ativa todos os três centros. Acupuntura na ativação dos pontos distais do
mesencéfalo e da glândula hipotalâmico-hipofisária. Dada essa visão sobre o mecanismo de acupuntura,
a analgesia por acupuntura poderia ser melhor alcançada usando pontos locais e distais.

Seem [ 15 ] acredita que um ponto local direciona a estratégia de tratamento para a esfera ou zona
funcional energética afetada (em distúrbios energéticos internos) enquanto os pontos distais servem
para determinar a natureza da manipulação energética (como tonificação, dispersão, aquecimento,
resfriamento). , harmonização). A combinação de pontos locais e distais forma um padrão de tratamento
que se assemelha ao padrão da desarmonia a ser tratada. Em sua aplicação mais sofisticada, um padrão
de tratamento e seus efeitos confirmarão o diagnóstico do padrão de desarmonia.

A fim de oferecer tratamentos de acupuntura mais eficazes para outras doenças, métodos de combinação
que cubram pontos locais, especiais e distais devem ser usados para aumentar a eficácia e tratar a
tonificação ou sedação para desequilíbrios. Um tratamento mais eficaz ao usar a acupuntura de Cinco
Elementos Sa-Ahm poderia ser alcançado se a acupuntura Sa-Ahm de Cinco Elementos fosse usada
como tratamento de raiz para corrigir desequilíbrios, enquanto pontos locais, pontos especiais e
tratamentosBaixar Compartilhar
sintomáticos como tratamentoExportar
de ramos para corrigir interrupções técnicas de estimulação
adequadas.

Vários acupunturistas proeminentes usaram esses tipos de combinações de pontos de acupuntura para o
tratamento da dor nas costas. Ross [ 3 ] utilizou os seguintes pontos distais para o tratamento da dor nas
costas, BL40, 59, 60, 62, KI.3, 6, 7, SI.3, SP.3, GV.26, em combinação com esses locais. pontos, BL, 22-19,
BL.31, 34, 52, 54, GV.2-5. Stux e Pomeranz [ 16 ] usaram GV.3, 4, 20, BL. 23, 25-7, 32, 36, 37, 40, 54, 57, 58,
60 e Ah-Shi apontam para tratar a dor ao longo do canal BL. A dor ao longo do meridiano de GB foi
tratada usando o GV.3, 4, 20, GB. 30, 31, 34, 39, LI.4 pontos de acupuntura [ 17 ].

3.2.1. . Acupuntura Sa-Ahm de Cinco Elementos [ 12 ]


A acupuntura Sa-Ahm Five Element é focada principalmente nos pontos Cinco-Shu, que está em total
contradição com outros tratamentos. Por exemplo, a dor nas costas pode ser causada por distúrbios do
meridiano da bexiga urinária , por isso usamos a tonificação ou sedação do meridiano da UB,
dependendo da deficiência ou do excesso. Além disso, a dor nas costas pode ser causada pela fraqueza do
meridiano dos rins , que depois tratamos usando a tonificação do meridiano KI. Finalmente, a dor nas
costas é causada devido à umidade excessiva do baço, que pode ser diagnosticada na obesidade. Podemos
então usar a tonificação do meridiano do intestino grosso secoou meridiano do estômago, a fim de
tornar a humidade seca. A sedação do meridiano do baço úmido também pode ser usada em raras
ocasiões. A seleção da tonificação ou sedação depende totalmente do médico diagnosticador.

A dor nas costas é geralmente associada a funções renais ou da bexiga urinária . O navio do Governador,
o navio Du-Mai e o meridiano da Vesícula Biliar, com pouca conexão a outros meridianos, também
podem estar envolvidos em dores nas costas. Ross [ 3 ] e Stux e Pomeranz [ 16 ] trataram a dor nas costas
de acordo com os métodos tradicionais, mas há aproximadamente 350 anos atrás, Sa-Ahm tratou a dor
nas costas usando uma nova abordagem. Ele relacionou dor nas costas ao mau funcionamento dos
órgãos conectados (isto é, bexiga, rim e vesícula biliar) ao desequilíbrio do Yin e Yang (6 Qi) enquanto
usava principalmente pontos de acupuntura do tipo Five-Shu. Não podemos deixar de nos perguntar
como a combinação dos acupontos distais às articulações do cotovelo e do joelho pode tratar doenças
como dor nas costas, dor no ombro.e assim por diante. Podemos ser capazes de entender esse efeito
usando o fato neurobiológico de Yun-Tao-Mao: como os membros abaixo dos cotovelos e joelhos
ocupam áreas maiores no giro sensorial do cérebro e os pontos de acupuntura abaixo dos cotovelos e
joelhos contêm mais receptores sensoriais, a estimulação a esses pontos pode induzir uma reação e
atividade maior no cérebro. Este princípio apóia claramente o conceito de usar certos pontos de
acupuntura abaixo dos cotovelos e joelhos (os chamados pontos Cinco-Shu no sistema meridiano
clássico) como pontos de diagnóstico e tratamento durante o tratamento com acupuntura.

Os pontos entre a ponta do dedo e o cotovelo ou a ponta do dedo do pé e do joelho estão entre os pontos
energeticamente mais poderosos do corpo [ 3 ]. Incluem não apenas os pontos do Cinco-Transporte,
mas também os pontos de conexão e os pontos de acumulação. Isto é dito porque entre os dedos e
cotovelos, ou entre dedos e pés, a polaridade da energia está mudando de Yin para Yang ou Yang para
Yin, e onde a polaridade está mudando é onde os maiores efeitos terapêuticos podem ser feitos.

Como a teoria dos meridianos é baseada na tese do Qi do Yin-Yang e do Cinco Elementos entre os
órgãos, o tratamento com acupuntura não pode ser separado desses pontos de vista. O uso clínico do
tratamento com acupuntura de Sa-Ahm parece ser essencial para a medicina oriental, já que a
acupuntura Sa-Ahm é baseada no controle do Qi e do sangue entre órgãos e canais. Como a criação do
sangue se origina da energia, pode-se argumentar que a energia inclui o sangue, de modo que se pode
Baixarda acupuntura
dizer que o efeito Compartilhar
de cincoExportar
elementos de Sa-Ahm harmoniza a função e o fluxo de
energia.

O protocolo de tratamento de Sa-Ahm que se concentra principalmente na tonificação e sedação do


ponto Cinco-Shu com pontos principais firmemente baseados em padrão regular, tem um forte efeito
sobre os desequilíbrios do ZangFus, mas pouco efeito nas doenças de interrupção como estagnação e
irregularidades em redes meridianas. Assim, ele também usou pontos diferentes do ponto Cinco-Shu.

Lee [ 6 ], Kim [ 8 ] e outros [ 17 ] propuseram uma nova forma de tratamento Sa-Ahm Five Acupuncture
que envolveu o diagnóstico de sintomas após o diagnóstico de pulso (ou seja, a comparação mede seis
pulsos). Embora este método tenha criado uma nova abordagem ao tratamento com Sa-Ahm, é
necessária mais verificação antes de ser determinado como um método prático de diagnóstico .

Existem outros tratamentos de acupuntura usando combinações de cinco elementos: terapia de


meridianos, que se originou no Japão [ 11 ], e acupuntura constitucional originária da Coréia e Inglaterra
[ 5 , 9 ]. Um estudo sobre a relação entre essas duas formas de acupuntura e o tratamento com
acupuntura Sa-Ahm é necessário no futuro.

Denmei afirmou o uso da terapia dos meridianos usando tonificação e sedação da acupuntura após o
diagnóstico de pulso em seis posições [ 11 ]. Ele usou tratamento radicular baseado na tonificação e
sedação para quatro diferentes deficiências do meridiano yin (fígado, baço, pulmão e rim), bem como
tratamento sintomático que foi baseado em sintomas e na estimulação de pontos sensíveis. Denmei
acredita que o tratamento da raiz vem em primeiro lugar e o tratamento sintomático em segundo lugar.
Apesar de Kim [ 8 ] e Shudo [ 11 ] usarem o diagnóstico de pulso, seus pontos de vista são diferentes em
que Kim estabeleceu um sintoma de frio-calor, bem como um sintoma de excesso de deficiência para
cada 12 Zangfu.respectivamente, de acordo com o diagnóstico de pulso. Por outro lado, Shudo
estabeleceu um sintoma de deficiência de meridiano yin e excesso de meridiano yang principalmente,
com pouco diagnóstico de excesso de meridiano yin.

Existe outra terapia meridiana tradicional de acupuntura japonesa [ 18].] que é semelhante ao de Shudo
Denmei. Os acupunturistas da Sociedade de Medicina Tradicional Japonesa, incluindo Koei Kuwahara,
Okada Meiyu, Okabe Somei e outros, resumiram o tratamento tradicional de acupuntura que foi
praticado no Japão em 1997. Os membros da Shudo Denmei e da Society diferiam uns dos outros na
medida em que padrão de desequilíbrio, respectivamente, embora tenham aplicado terapias de
meridianos no tratamento. Shudo Denmei tratou principalmente um padrão de deficiência de
meridianos yin sem usar o excesso de yin meridianos, através do uso de 11 tipos diferentes de
deficiências de meridianos yin com pouca conexão ao excesso. Shudo Denmei também usou o
tratamento da raiz dos meridianos yang, que consiste principalmente em dispersar o excesso, em
contraste com a prática que usa o padrão de excesso de fígado em relação às deficiências do baço e dos
pulmões.

A tentativa do método de Shudo Denmei [ 11 ] para o tratamento pode valer a pena, embora seja
necessária mais verificação, pois o uso do tratamento da raiz e tratamento sintomático, bem como a
comparação do diagnóstico de pulso, podem ser uma boa abordagem de tratamento. O tratamento de
Sa-Ahm, assim como o de Kim, pode ser considerado tratamento de raiz do ponto de vista de Shudo
Denmei.

Em termos gerais, se a acupuntura Sa-Ahm Five Element for usada juntamente com o tratamento
sintomático, ela pode fornecer um tratamento de acupuntura mais ideal que possa controlar e
harmonizar a função e o fluxo do Qi e do sangue.
Baixar Compartilhar Exportar
Ross [ 3 ] sugere duas diretrizes principais para o uso do sistema dos Cinco Elementos [ 3 ]. Este sistema
deve ser usado se houver um bloqueio de energia entre dois ou mais órgãos e se houver correspondência
com a função tradicional dos pontos. Como o sistema de cinco elementos é para condições interiores,
não é apropriado tratar condições externas como vento, frio, calor de vento e calor de verão, bem como
problemas de canal nos quais não há envolvimento orgânico. O sistema dos Cinco Elementos não é tão
eficaz no caso de deficiência severa, excesso agudo severo, desequilíbrio do par Yin-Yang , deficiência e
excesso misturados em um órgão, estagnação nas articulações e estagnação nos centros de energia.

Ross [ 3 ] explica ainda que o sistema dos Cinco Elementos pode ser usado sozinho ou em combinação
com outros métodos de escolha pontual. No entanto, os outros métodos de escolha de pontos usados
devem ser secundários e estar em harmonia com os Cinco Elementos.

Embora a teoria de Ross pareça ser similar à de Sa-Ahm, Sa-Ahm usou o sistema dos Cinco Elementos
em todas as doenças, incluindo casos difíceis que Ross afirma não serem apropriados [ 3 ].

A acupuntura Sa-Ahm também tem sido vista como uma técnica de quatro agulhas para ser usada na
“acupuntura constitucional de cinco elementos” para transferir qi de um órgão para outro [ 5 ]. Este seria
um caso raro em que o praticante é incapaz de harmonizar o qi de dois elementos ao longo do ciclo de
Sheng.

A limitação do tratamento com cinco elementos tem sido descrita como “não aplicável ao uso de vasos
secundários e oito meridianos extraordinários , e como estes últimos constituem a maior parte do
sistema energético da acupuntura, as estratégias de tratamento dos cinco elementos aplicam-se apenas
raramente. Os dois estilos dominantes de prática neste país, a TCM e a acupuntura dos Cinco
Elementos, ambos enfatizam os Zangfu (chamados de Oficiais dos Cinco Elementos da escola Worsley) e
os meridianos regulares e ignoram a complexa superfície e as redes energéticas primais, que como um
todo, com os meridianos regulares, constituem a energia humana. Nesse sentido, são “abordagens
desencarnadas da acupuntura” [ 19 ].

Curiosamente, o acupunturista japonês Kiiko Matsumoto e o acupunturista americano Stephen Birch


colaboraram para escrever um livro chamado Five Elements and Ten Stems [ 20 ]. O conteúdo do livro é
baseado na teoria de Nan Ching [ 21 ], diagnósticos e práticas. A essência do diagnóstico está enraizada
particularmente no diagnóstico de pulso combinado com procedimentos tradicionais como observação,
audição, questionamento e palpação.do abdômen. Seus tratamentos consistem em tratamentos com
elementos meridianos usando o método de Sa-Ahm, chamado tratamento de Yanagiya, bem como o
tratamento local. O tratamento com elementos meridianos pode ser visto como um tratamento de raiz
com acupuntura local como tratamento de ramo. Matsumoto e Birch concluem que não devemos nos
deixar cegar pelas correspondências e teorias do método dos Cinco Elementos. Sua conclusão também
se aplica à acupuntura Sa-Ahm [ 20 ].

O eminente praticante coreano Do-Won Kwon [ 9 ] usou a acupuntura Sa-Ahm em sua acupuntura
constitucional, mas parece não ter argumentos coerentes, embora o uso da acupuntura em muitas
doenças seja refratário a várias formas de acupuntura, incluindo o Five Element e o tradicional. estilos
de acupuntura, foi atualizado. A acupuntura constitucional de Kuon pode precisar ser estudada em
detalhes no futuro.

A Teoria dos Canais Aplicados na Medicina Chinesa concentra-se na palpação do canal no diagnóstico e
na técnica de estimulação no tratamento. Esse método usa “pares de pontos” porque esses pares são
entendidos como tendo efeitos específicos na transformação Qi de um ou mais dos seis sistemas de
Baixar são Compartilhar
canais, e os pontos os cinco pontos deExportar
transporte, fonte, fenda e colateral [ 22 ].

A acupuntura meridiana, que usa acupuntura local-distante, também foi proposta porque os pontos
locais coletam e estabilizam a energia enquanto os pontos distantes fazem com que ela circule [ 23 ]. Os
dois trabalham juntos como um jarro e apanhador ou uma roda e um eixo. A acupuntura mediana é
realizada pela primeira seleção dos pontos locais, em seguida, determinando o meridiano mais
implicado na condição. Finalmente, os pontos distantes que melhor se adequam à condição são
selecionados. Esta teoria é diferente daquela da terapia dos meridianos japoneses, embora a terapia
meridiana japonesa seja baseada inteiramente nas leis das cinco fases, o termo “acupuntura no estilo
meridiano” foi estendido para significar qualquer forma de acupuntura que deriva suas estratégias da
enérgica clássica. teoria como fundada no Nei Jinge Nan Jing , em vez das teorias do fitoterapismo ou da
ciência moderna.

Em resumo, devemos aplicar o diagnóstico de pulso, a palpação do canal e a acupuntura no estilo


meridiano, juntamente com outros procedimentos, como observação, audição, questionamento e
palpação abdominal antes do tratamento com acupuntura Sa-Ahm, e também estabelecer diretrizes para
o diagnóstico diferencial. Além disso, podemos obter um tratamento mais eficaz se usarmos a
acupuntura Sa-Ahm Five Element e o tratamento de raiz da terapia dos meridianos para corrigir os
desequilíbrios, bem como a teoria dos canais e a acupuntura no estilo meridiano, que usam pontos
distais locais, pontos especiais e sintomáticos. tratamento da terapia meridiana, a fim de corrigir
interrupções nas técnicas de estimulação adequadas sem estar totalmente ligado ao Five Element.

3.3. . Perspectivas da acupuntura médica


O estudo da acupuntura usando modelos científicos nos permite compreender os efeitos do tratamento
com acupuntura. Desde o início dos anos 1970, mais de 500 ensaios clínicos randomizados foram
realizados para estudar a acupuntura na América do Norte, Europa, Austrália e Nova Zelândia,
principalmente com foco no tratamento de condições de dor. Outras áreas bem estudadas incluem
emese , oftalmologia e otorrinolaringologia, abuso de substâncias, doenças cerebrovasculares, problemas
neurológicos, queixas ginecológicas, asma e problemas gastrointestinais [ 24 ]. Recentemente Cho et al [
25] afirmam que, com base em seu conhecimento sobre a medicina ocidental, é difícil acreditar que a
acupuntura trata os distúrbios e doenças relacionados a órgãos pelo controle direto dos órgãos. A
acupuntura pode primeiro estimular ou ativar o córtex cerebral correspondente através do sistema
nervoso central , controlando assim a liberação química ou hormonal para os órgãos doentes ou
desordenados para tratamento. Célices cerebrais correspondentes e acupontos relacionados à doença
precisam ser consistentes e relacionados em termos de técnicas médicas conhecidas para aumentar a
plausibilidade do uso da acupuntura.

Yun-Tao Ma et al [ 13 ] desenvolveram um protocolo único de tratamento, o Sistema Integrativo de


Acuponto Neuromuscular (INMAS), que é um resultado da biomedicalização da acupuntura tradicional,
que também consegue manter a essência da medicina oriental tradicional. O INMAS permite obter um
protocolo de tratamento padronizado que as exigências da medicina científica ocidental e a abordagem
personalizada e ajustável da medicina oriental. O INMAS possui todas as características necessárias para
um procedimento clínico. Em primeiro lugar, a simplicidade, todo o procedimento desde a avaliação do
paciente até a inserção de agulhas pode ser realizada em um tempo muito curto na clínica. Em segundo
lugar, a reprodutibilidade, o procedimento e os resultados terapêuticos são confiáveis e reprodutíveis
por qualquer profissional, iniciante ou experiente. Em terceiro lugar, previsibilidade, este método
permite ao médico prever os resultados do tratamento. O mecanismo por trás dos efeitos clínicos da
acupuntura Baixar
precisa ser Compartilhar Exportar
investigado do ponto de vista neurobiológico.

A “lei” dos Cinco Elementos tem sido criticada como um modelo intransigente de relações dinâmicas
dentro do corpo, mas é restaurada quando é considerada como um método de expressão sistêmica e
organizada da realidade orgânica e clínica [ 26 ]. No campo da acupuntura, achamos difícil aceitar os
pontos do Five-Shu e seu uso terapêutico de acordo com a “lei”. Os Cinco Elementos da medicina
chinesa, ainda mais do que os pontos de acupuntura do Five-Shu, não fazem parte o núcleo básico, mas
é necessário examinar este conceito mais adiante.

As cinco fases são frequentemente usadas para descrever processos clínicos e relacionamentos para
ajudar na conceituação de tratamentos adequados [ 24 ]. É uma teoria explicativa e não pretende ser uma
doutrina vinculante, embora todos os médicos tradicionais do Leste Asiático reconheçam cinco fases
como um vocabulário importante em sua rede semântica, perspectiva teórica e prática clínica. O
tratamento com cinco elementos deve incluir o uso dos vasos secundários e Oito Meridianos
Extraordinários [ 19 ]. O tratamento de cinco elementos é apenas parte da acupuntura e deve ser visto
como parte da acupuntura em geral.

Huang Long-xiang afirmou que “realidades clínicas que não se encaixam em uma teoria existente da
Medicina Chinesa foram frequentemente suprimidas para assegurar a continuidade das teorias em um
estilo que os chineses chamam de 'cortar o pé para se ajustar ao sapato'” [ 27 ].

A descoberta mais valiosa na teoria da acupuntura é a inter-relação entre partes da superfície do corpo e
entre partes da superfície do corpo e os órgãos internos. Estas são as “pérolas imortais” da acupuntura
clássica.

A acupuntura não trata nenhum sintoma patológico específico, mas normaliza a homeostase fisiológica
e promove a autocura [ 13 ]. Assim, a acupuntura, em termos de seus mecanismos terapêuticos, é
inespecífica e não visa nenhum sintoma ou doença em particular, mas trata o corpo como um todo.
Entender essa natureza não específica da acupuntura pode fornecer uma resposta para a pergunta
intrigante: que sintomas e doenças a acupuntura pode tratar?

Como terapia, a eficácia da acupuntura depende da capacidade de curar sintomas e manter o potencial
de autocura de cada paciente. A acupuntura Sa-Ahm não mostrou um efeito significativo no alívio da dor
na osteoartrite da articulação do joelho em comparação com o grupo sham [ 28 ]. Esse resultado poderia
ser interpretado de que a acupuntura, mesmo a acupuntura Sa-Ahm, não pode efetivamente tratar a
doença articular , mas testes mais semelhantes são necessários para estabelecer isso conclusivamente.

Todas as revisões parecem concordar com o painel de consenso do NIH que uma das vantagens da
acupuntura é que a incidência de efeitos adversos é substancialmente menor do que a de muitos
medicamentos ou outros procedimentos médicos aceitos utilizados para a mesma condição. Ambos os
lados da dialética leste-oeste, sem dúvida, têm mais a aprender uns com os outros e essa cooperação
precisa ser expandida [ 24 ].

Como os mecanismos científicos por trás da acupuntura estão sendo investigados em uma taxa
surpreendente, e considerando que os pontos Cinco-Shu e a teoria dos Cinco Elementos são difíceis de
aceitar na prática clínica do ponto de vista ocidental, a necessidade de medicina baseada em evidências é
imperativa e essencial em relação à acupuntura Sa-Ahm Five Element. Portanto, a verificação clínica do
tratamento com acupuntura deve ser feita pela comparação dos efeitos da acupuntura Sa-Ahm com a
eficácia do acuponto e o tratamento combinado.
4 .. Conclusão
Baixar Compartilhar Exportar
Ao considerar a energia congênita, os pontos do Five-Shu são responsáveis pela poderosa polaridade e
ação energética , pois ocupam uma área maior na representação cortical do giro sensorial pós-central no
cérebro e contêm mais receptores sensoriais .

A acupuntura de cinco elementos consiste em tonificação e sedação usando pontos de cinco pontas. A
acupuntura de cinco elementos, também conhecida como "tonificação e sedação em auto-meridiano"
com base no ciclo de criação, foi proposta pela primeira vez por Gao-wu durante a dinastia Ming na
China. Sa-Ahm desenvolveu esta técnica ainda mais, estendendo-a para outro meridiano e usando o
ciclo destruidor em auto e outros meridianos.

A acupuntura de Cinco Elementos Sa-Ahm original pode ser usada da perspectiva do ZangFu , etiologia
da doença, Yang e Yin desequilibrados , a teoria somente mental e os diagnósticos de pulso comparativo
como Jae-Won Lee e Dong-Pil Kim.

O uso da acupuntura de cinco elementos pode ser aplicado a partir dos ensinamentos da acupuntura Sa-
Ahm original, da Terapia Meridiana Japonesa, da palpação do canal , da terapia de estilo meridiano e da
acupuntura constitucional.

Em casos de interrupção, os acupontos são selecionados com base nos efeitos locais e especiais em
correlação com a eficácia. Selecionamos os pontos do Five-Shu para deficiência ou excesso em relação à
tonificação e sedação em casos de desequilíbrio. O tratamento geral da acupuntura que cobre o
tratamento de interrupções e desequilíbrios de doenças deve ser selecionado. Por exemplo, um
tratamento mais efetivo pode ser alcançado se usarmos a acupuntura Sa-Ahm como tratamento de raiz
para corrigir desequilíbrios, mas então combiná-la com acupuntura estilo meridiano, acupuntura por
terapia de canal (que usa pontos distais locais), pontos especiais ou tratamento sintomático. terapia
meridiana, como tratamentos de ramos, para corrigir interrupções na técnica de estimulação adequada.

Os resultados dos estudos clínicos para comparar os resultados e a eficácia dos tratamentos, ou seja, os
do tratamento com cinco elementos e os dos tratamentos combinados, são necessários no futuro para
determinar a prática baseada em evidências. A investigação sobre os mecanismos científicos por trás da
eficácia da acupuntura também deve continuar.

Agradecimentos
Este estudo foi apoiado por uma bolsa da Universidade de Dongeui (2010AA113) .

Artigos recomendados Citando artigos (7)

Referências
1 CH Ahn , KJ Jang , HM Yoon , CH Kim , YK min , CH canção , et al.
Um estudo da teoria da acupuntura de cinco elementos de Sa-Ahm
J Acupunct Meridian Stud , 2 ( 2009 ) , pp. 309 - 320
Artigo Download PDF Ver Record in Scopus Google Scholar

2 Wao Gao
Encontros de Acupunturistas Eminentes-Zhen Jiu Ju Ying , Publicação Shinmunfung , Taipei,
Taiwan ( 1980 ) , pp. 154 - 159
Google Scholar
Baixar Compartilhar Exportar
3 J Ross
Combinação de pontos de acupuntura: a chave para o sucesso clínico , Churchill Livingstone ,
Londres ( 2004 ) , pp. 75 - 99
Google Scholar

4 P Heng
A Essência da Acupuntura de Sa-Ahm , Editora Heng-Lim , Seul, Coréia ( 1975 )
Google Scholar

5 Um Hicks , J Hicks , P Mole


Acupuntura Constitucional dos Cinco Elementos , Churchill Livingstone , Londres ( 2005 ) , pp.
383 - 384
CrossRef Google Acadêmico

6 JW Lee
O Segredo da Acupuntura de Sa-Ahm Baseado no Yin-Yang e Cinco Elementos , Volume 1 ,
Instituto para Estudar a Acupuntura dos Cinco Elementos , Busan, Coréia ( 1958 ) , pp. 171 - 172

7 JW Lee
O Segredo da Acupuntura de Sa-Ahm Baseado no Yin-Yang e Cinco Elementos , Volume 2 ,
Instituto para Estudar a Acupuntura dos Cinco Elementos , Busan, Coréia ( 1958 ) , pp. 26 - 27

8 A acupuntura de cinco elementos do


DP Kim
Sa-Ahm e seus usos
J Coreano Orient Med Soc ( 1972 ) , pp. 122 - 123
Edição de inverno
Visualizar registro no Scopus Google Scholar

9 Acupuntura Constitucional
DW Kwon
Revista Internacional de Acupuntura e Moxabustão , Sociedade Japonesa de Tratamento de
Acupuntura e Moxabustão , Tóquio ( 1965 ) , pp. 149 - 167
Visualizar registro no Scopus Google Scholar

10 HK Kim
Revista Revolucionária de Medicina Oriental (os detalhes) , Sinlong-Bonche , Seul, Coréia ( 2001 ) ,
pp. 73 - 170
CrossRef View Record no Scopus Google Acadêmico

11 D Shudo
Acupuntura Clássica Japonesa: Introdução à Terapia Meridiana , Eastland Press , Vista, CA ( 1989 )
, pp. 151 - 207
Google Scholar

12 CB Ahn , DY Choi
Estudo teórico sobre cinco elementos da acupuntura
Dongguk J , 5 ( 1986 ) , pp. 287 - 309
Google Scholar
YT Ma , M Ma , ZH Cho
13 Baixar biomédica
Acupuntura Compartilhar Exportar
para tratamento da dor , Churchill Livingstone , Londres ( 2005 ) , pp. 12 -
13
Visualizar registro no Scopus Google Scholar

14 G Maciocia
A fundação da medicina chinesa , Churchill Livingstone , Londres ( 2005 ) , pp. 783 - 785
Google Scholar

15 M Seem
Energetics da acupuntura , imprensa das artes da cura , Rochester, VT ( 1991 ) , pp. 19 - 20
50–1.
Google Scholar

16 G Stux , B Pomeranz
Acupuncture , Springer-Verlag , Berlin ( 1987 ) , p. 272
Google Scholar

17 Acupuntura de cinco elementos do


TY Gong
Sa-Ahm e sua relação com a prescrição médica
J Coreano Orient Med Soc , 12 ( 1977 ) , pp. 27 - 31
Visualizar registro no Scopus Google Scholar

18 Sociedade para Medicina Tradicional Japonesa , K Kuwahara


Acupuntura Tradicional Japonesa: Fundamentos da Terapia Meridiana , Paradigm Publications ,
Taos, NM ( 2003 ) , pp. 287 - 306
Google Scholar

19 M Seem
Imagem de Acupuntura , Healing Arts Press , Rochester, VT ( 1987 ) , p. 20
Google Scholar

20 K Matsumoto , S Birch
Cinco Elementos e Dez Caules , Publicações de Paradigma , Taos, NM ( 1983 ) , pp. 89 - 132
170-1, 196.
Google Scholar

21 PU Unschuld
Nan-Ching (O Clássico das Questões Difíceis) , University of California Press , Londres ( 1986 ) , p.
474
583, 617.
Google Scholar

22 JY Wang , JD Robertson
Teoria Aplicada Canal na medicina chinesa , Eastland Imprensa , Seattle, WA ( 2008 ) , pp. 331 -
341
531-49, 551-77.
CrossRef View Record no Scopus Google Acadêmico

23 JE Pirog
A Aplicação Prática da Acupuntura Estilo Meridiano , Pacific View Press , Berkeley, CA ( 1996 ) ,
pp. 3 Baixar
-4 Compartilhar Exportar
16
Google Scholar

24 TJ Kaptchuk
A Web que não tem Weaver: Entendendo Medicina Chinesa , McGraw-Hill , Nova York ( 2000 ) ,
pp. 357 - 380
441-9.
Google Scholar

25 ZH Cho , Na CS , EK Wong , Lee SH , IK Hong


Ressonância magnética funcional do cérebro na investigação da acupuntura
G Stux , R Hammerschlag (Eds.) , Acupuntura Clínica: Base Científica , Springer , Berlim ( 2001 ) ,
pp. 83 - 95
CrossRef View Record no Scopus Google Acadêmico

26 F Beyens
Reinterpretação de conceitos tradicionais em acupuntura
J Filshie , A White (Eds.) , Acupuntura Médica: Uma Abordagem Científica Ocidental , Churchill
Livingstone , Londres ( 2006 ) , pp. 391 - 407
Google Scholar

27 LX Hong , Zhong GZ , XS Jiu , DG Shi


O Desenvolvimento Histórico da Acupuntura , Huaxia Chubanshe , Beijing ( 2001 ) , p. 83
129
Visualizar registro no Scopus Google Scholar

28 S Lim , MH Min , YG Choi , Kim YJ , HJ Park , SC Lee , et al.


O efeito da acupuntura Sa-am na osteoartrite do joelho
J Meridian por acupuntura , 26 ( 2009 ) , pp. 53 - 66
Visualizar registro no Scopus Google Scholar

Copyright © 2010 Korean Pharmacopuncture Institute. Publicado por Elsevier BV

Sobre o ScienceDirect Acesso remoto Carrinho de compras Contato e suporte Termos e condições
Política de privacidade

Usamos cookies para ajudar a fornecer e aprimorar nossos serviços e personalizar conteúdo e anúncios. Ao
continuar, você concorda com o uso de cookies .
Copyright © 2019 Elsevier BV ou seus licenciadores ou colaboradores. ScienceDirect ® é uma marca
registrada da Elsevier BV