Você está na página 1de 4

XUTOS E PONTAPÉS - Medley

PARA SEMPRE
(E – 2 tons a baixo – C)
VERSO 1
C Em F
O nosso amor de sempre
Am G C
Brilhará P'ra sempre

REFRÃO
F Em
Ai meu amor
Am G D
E o que eu já chorei por ti
C
Mas sempre
G
P'ra sempre
C
Vou gostar de ti

VERSO 2
C Em F
Juro meu amor de sempre
Am G C
Voltarei P'ra sempre

REFRÃO
F Em
Ai meu amor
Am G D
E o que eu já chorei por ti
C
Mas sempre
G
P'ra sempre
C-
Vou gostar de ti

OITAVA C
PARA MUDAR MÚSICA
E CAIR NA RELATIVA MENOR
NÃO SOU O ÚNICO Am G Dm C - 2X
INTRO 2X ROCK 2X POP F C Dm Am
Am G Dm C F C Dm G

REFRÃO
Am G F C
Pensas que eu sou um caso isolado E quando as nuvens partirem
Dm C Dm A
Não sou o único a olhar o céu O céu azul ficará
Am G F C
A ver os sonhos partirem E quando as trevas se abrirem
Dm C Dm G
À espera que algo aconteça Vais ver o sol brilhará
Am G Am
A despejar a minha raiva Vais ver o sol brilhará
Dm C
A viver as emoções Am G
Am G Não! Não sou o único
A desejar o que não tive Dm
Dm C (Eu não sou o único)
Agarrado às tentações C
Não sou o único a olhar o céu
REFRÃO Am G
F C Não! Não sou o único
E quando as nuvens partirem Dm
Dm A (Eu não sou o único)
O céu azul ficará C
F C Não sou o único a olhar o céu
E quando as trevas se abrirem
Dm G
Vais ver o sol brilhará Am G Dm C - 2X
Am
Vais ver o sol brilhará Acaba em Am e cai em C

Am G
Não! Não sou o único
Dm
(Eu não sou o único)
C
Não sou o único a olhar o céu
Am G
Não! Não sou o único
Dm
(Eu não sou o único)
C
Não sou o único a olhar o céu
Na música PARA SEMPRE
CASINHA PARA SEMPRE
(D – 1 tom a baixo – C) (E – 2 tons a baixo – C)
VERSO 1
C Em C Em F
As saudades que eu já tinha O nosso amor de sempre
Gm6 A7 Am G C
da minha alegre casinha Brilhará P'ra sempre
Dm
tão modesta quanto eu. REFRÃO
G F Em
Meu Deus como é bom morar Ai meu amor
F Am G D
no modesto primeiro andar E o que eu já chorei por ti
C C
a contar vindo do céu. Mas sempre
G
C Em P'ra sempre
As saudades que eu já tinha C
Gm6 A7 Vou gostar de ti
da minha alegre casinha
Dm
tão modesta quanto eu. De C sobre para 8ª e desce para Bb
G
Meu Deus como é bom morar
F
no modesto primeiro andar
C
a contar vindo do céu.

C Em
As saudades que eu já tinha
Gm6 A7
da minha alegre casinha
Dm
tão modesta quanto eu.
G
Meu Deus como é bom morar
F
no modesto primeiro andar
C
a contar vindo do céu.

Continua em C
Para cair novamente
CONTENTORES Bb
(A – ½ tom a cima – Bb) A carga pronta e metida nos contentores,
Eb
Bb Adeus aos meus amores que me vou.
A carga pronta e metida nos contentores, Bb
Eb Para outro mundo.
Adeus aos meus amores que me vou. Bb
Bb Num voo nocturno num cargueiro especial,
Para outro mundo. Eb
Ab Eb Bb Não voa nada mal isto onde vou.
É uma escolha que se faz. Bb
Ab Eb Bb P'lo espaço fundo.
O passado foi lá atrás.
F
Ab Eb Bb
Bb Mudaram todas as cores.
A carga pronta e metida nos contentores, Ab Eb Bb
Eb Rugem baixinho os motores.
Adeus aos meus amores que me vou. F Bb
Bb E numa força invencível.
Para outro mundo. Eb F
Bb Deixo a cidade natal.
Num voo nocturno num cargueiro especial, Bb
Eb Não voa nada mal.
Não voa nada mal isto onde vou. Bb
Bb Não voa nada mal.
P'lo espaço fundo. Eb
Não voa nada mal.
Ab Eb Bb F
Mudaram todas as cores. Não voa nada mal.
Ab Eb Bb Bb
Rugem baixinho os motores. Não voa nada mal.
F Bb
E numa força invencível. Bb
Eb F Fim
Deixo a cidade natal.
C# F#maj7
Não voa nada mal.
C# F#maj7
Não voa nada mal.
C# F#maj7
Não voa nada mal.
C# F#maj7
Não voa nada mal.
C# F#maj7
Não voa nada mal.

Interesses relacionados