Você está na página 1de 5

CURSO DE

ENGENHARIA MECÂNICA
Campus Buritis

RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS II


AULA 02
VASOS DE PRESSÃO

Prof. Luiz Brant


VASOS DE PRESSÃO

Vasos cilíndricos ou esféricos são usados comumente na


indústria como caldeiras ou reservatórios.

Quando sob pressão interna, o material de que são feitos


está submetido a cargas em todas as direções, porém,
uma aproximação bastante razoável pode ser feita desde

que o vaso tenha paredes finas ( r / t ≥ 10) onde:


r = raio interno do vaso
t = espessura da parede
VASOS DE PRESSÃO

Vasos Cilíndricos A pressão manométrica p (pressão acima da


pressão atmosférica), é desenvolvida no
interior do vaso por um gás ou fluido nele
contido.

 1 ,  2  tensões normais de tração nas direções Fx  0 Fy  0


circunferencial e longitudinal (consideradas  
2 1 t dy   p2rdy   0  2 2rt   p r 2  0
constantes em toda a parede do cilindro)
pr pr
1  2 
p  pressão manométrica interna t 2t
r  raio interno do cilindro
3  p A tensão radial  é desprezada
3
t  espessura da parede (r/t ≥ 10)
máx
VASOS DE PRESSÃO

Vasos Esféricos A pressão manométrica p (pressão acima da


pressão atmosférica), é desenvolvida no
interior do vaso por um gás ou fluido nele
contido.

2  tensão normal de tração biaxial (considerada


Fy  0
constantes em toda a parede do cilindro)  2 2rt   p r 2   0
p  pressão manométrica interna pr
2 
r  raio interno do cilindro 2t
t  espessura da parede (r/t ≥ 10) 3  p A tensão radial  é desprezada
máx 3
VASOS DE PRESSÃO
Exemplo 1)

Um vaso de pressão cilíndrico tem diâmetro interno de 1,2 m e espessura de 12


mm. Determine a pressão interna máxima que ele pode suportar de modo que as
tensões nas paredes do vaso não ultrapassem a tensão admissível para o material
utilizado em sua construção que é de 140 MPa. Sob as mesmas condições, qual é a
pressão interna máxima que um vaso esférico de mesmo diâmetro pode sustentar?