Você está na página 1de 4

Capítulo I - Introdução 2014

CAPÍTULO I

INTRODUÇÃO

1.1 – Considerações Inicias.

Na década de 70, com a evolução e aplicação de cargas não lineares foram


intensificados os estudos sobre harmônicas buscando identificar as causas, os efeitos
e métodos para sua redução ou correção.

Harmônica é um sinal que tem a frequência sendo um múltiplo da frequência


fundamental de um sinal de alimentação, por exemplo, o 3° harmônico teria, no caso
de uma rede elétrica de 60 Hz, uma frequência três vezes maior que a fundamental,
ou seja, 180 Hz. Sendo assim, a tensão ou corrente harmônica é um sinal que
representa um ruído e causa uma distorção no sistema elétrico.

Dentre os efeitos da distorção harmônica da corrente ou da tensão, os mais


visíveis são:

a) Aquecimento de condutores;
b) Redução do fator de potência;
c) Aquecimento e queima de motores;
d) Operação indevida de disjuntores e relés;
e) Interferência de rede de comunicação:
f) Aumento da perda em transformadores:
g) Queima de bando de capacitores:
h) Maiores erros em medidores de grandezas elétricas;
i) Falta de sincronismo em equipamentos eletrônicos;

O sistema de distribuição e geração de energia elétrica foi originalmente


concebido no início do século XX, com intuito de alimentar motores CA e lâmpadas
incandescentes, cargas consideradas lineares naquela época. Hoje como todo o perfil

18
Capítulo I - Introdução 2014

de consumo elétrico se alterou radicalmente, uma vez que o uso de cargas não
lineares em residências, e principalmente nas indústrias aumenta cada dia. Isso gerou
distorção na forma de onda de tensão e corrente, que passaram a prejudicar o próprio
sistema elétrico, com o aumento do aquecimento dos condutores e transformadores,
queima de fusíveis, falso desarme de disjuntores e relés, interferência nas
comunicações e erros de medições.

Quando o uso de conversores estáticos ainda não era muito definido, a maioria
das cargas conectadas ao sistema elétrico era de características lineares, apesar de
já existirem elementos de interrupção e controle não lineares. A predominância de
elementos de natureza indutiva no sistema elétricos, em motores, transformadores e
reatores, fazia com que a corrente resultante na maioria dos casos, fosse atrasada
em relação a tensão.

Para que o estudo possa chegar a uma solução do problema encontrado nas
medições realizadas, será abordada a implantação de filtros para reduzir a distorção
das ondas de tensão e corrente produzidas pelos componentes não lineares da rede
elétrica. A partir do momento que se tem como único objetivo evitar que uma
determinada frequência penetre em certos elementos da rede, a solução mais
sensível é o uso de filtros harmônicos.

1.2 – Contribuições do Trabalho

Inseridos no contexto do trabalho à ser desenvolvido contribuem com os


seguintes desenvolvimentos:

 Apresentação das principais perturbações encontradas em um sistema


de energia elétrico, e as normas relacionadas a qualidade de energia,
com o objetivo do estudo das componentes individuais harmônicas
encontradas nas medições realizadas.
 Tem como objetivo apresentar a definição da capacidade e suas
topologias de instalação para cada tipo de filtro, “passivo e ativo”, ao
sistema de energia elétrica.

19
Capítulo I - Introdução 2014

 Apresentação das medições realizadas, para realização do estudo e


cálculos necessários com o objetivo do dimensionamento e instalação
dos filtros, com o intuito da correção das componentes individuais
harmônicas apresentadas “solução”.

1.3 – Estrutura do Trabalho

Tem como objetivo oferecer uma visão completa sobre o trabalho desenvolvido,
seus fundamentos sobre as perturbações no sistema elétrico, normas de qualidade
de energia elétrica, filtros passivos e ativos, e o estudo sobre as medições realizadas,
e destacar a solução para atenuação dos sinais indesejáveis de cada componente
harmônica individual apresentada.

Capítulo II
 Esse capítulo tem como objetivo apresentar as perturbações no sistema
elétrico entre os problemas de qualidade de energia, a interrupção do
fornecimento é incontestavelmente, uma vez que afeta todos os
equipamentos ligados à rede elétrica, e outros problemas de qualidade
de energia, além de levarem à operação incorreta de alguns
equipamentos.
 Na sequência serão apresentadas as normas de qualidade de energia
elétrica, que estão relacionadas a um conjunto de alterações que podem
ocorrer no sistema elétrico, o problema de qualidade de energia elétrica
é qualquer problema de energia manifestada na tensão ou corrente, ou
nas variações de frequência, resultam em falhas ou má operação dos
equipamentos ligados ao sistema de energia elétrica.

Capítulo III

 Esse capítulo tem como objetivo apresentar de uma maneira geral, os


filtros que são circuitos responsáveis pela seleção de frequências
capazes de escolher certos sinais de entrada, com base na frequência,
e separá-los de outros sinais. Nenhum filtro é capaz de separar

20
Capítulo I - Introdução 2014

totalmente as frequências desejáveis das indesejáveis. Na verdade, o


que ocorre é uma atenuação dos sinais indesejáveis e a transmissão dos
desejáveis, com um mínimo de atenuação. Sendo assim, o principal
objetivo dos filtros de harmônicos, é reduzir a amplitude da tensão e
corrente de uma ou mais frequências harmônicas indesejáveis.

Capítulo IV

 Esse capítulo tem como objetivo apresentar as medições realizadas,


referente as distorções harmônicas do seu sistema elétrico, definindo os
valores e quais componentes de distorção individual são responsáveis
pela elevação dos sinais indesejáveis. Apresentando o filtro ideal para
atenuar os sinais indesejáveis de cada componente de distorção
individual, encontradas em 3 pontos diferentes de medições realizadas
em uma indústria sucroalcooleira, da qual apresenta problemas no seu
sistema elétrico, tais como, queima de capacitores, aquecimento e
danificação de cabos e entre outros.

21