Você está na página 1de 10

Ministério de intercessão

MODULO I

ORAÇÃO INTERCESSÃO E JEJUM

MINISTÉRIO APOSTÓLICO BÍBLICO DA GRAÇA


ÍNDECE

INTRODUÇÃO

DEFINIÇÃO DE ORAÇÃO

RESENHA DOS TIPOS DE ORAÇÃO

ORAÇÃO DE AÇÃO EM GRAÇAS

ORAÇÃO DE LOUVOR

ORAÇÃO DE ADORAÇÃO

ORAÇÃO DE PETIÇÃO

ORAÇÃO DE CONSAGRAÇÃO

ORAÇÃO DE ENTREGA

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO

RECURSOS DA ORAÇÃO

ARMAS DE COMBATE NA ORAÇÃO

RODA DE ORAÇÃO

OBSTÁCULOS A ORAÇÃO RESPONDIDA

INTERCESSÃO

NIVEIS DE INTERCESSÃO

A VIDA DO INTERCESSOR

ESTRATEGIAS PARA INTERCESSORES


INTRODUÇÃO

Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e


ações de graças, por todos os homens;

Pelos reis, e por todos os que estão em eminência, para que tenhamos uma vida
quieta e sossegada, em toda a piedade e honestidade;

Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador,

1 Timóteo 2:1-3

Definição de Oração

 1. Entendendo oração.

Só há uma forma de conhecer e aprender sobre oração é ORANDO,


assim como aprendemos a nadar é nadando, aprendemos a orar
orando, quando duas pessoas convivem o relacionamento se tona real,
o mesmo ocorre em nossa vivência com Deus.
Orar é rasga o coração na presença de Deus, orar é exercício de fé é
tocar o coração de Deus e beijar sua face.
A oração é a chave de para todo sucesso em cada área de nossa vida.
100% de oração 100% de sucesso. É possível orar todo tempo? Sim de dia
e de noite, durante o dia conscientemente conversa no natural, nas
horas de sono também porque nosso espirito não dorme.

Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e


vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos,
Ef. 6;18
A oração é muito mais preciosa do que tudo que nossos corações
possam imaginar. Ela é a chave que abre os depósitos celestiais para
suprirem a insuficiência, ela move o braço de Deus a favor de seus
filhos, imobilizam as forças inimigas, aciona o exército dos anjos para
pelejar e entronizar o Senhor para reinar em nós.

Por meio da oração podemos:

 Chegamos a todos os lugares da terra, a todas as nações. Embora não


saibamos falar os idiomas dos povos, podemos decretar vitória do
Senhor sobre a vida dos necessitados e aflitas. Podemos entrar nos
hospitais, nas UTI´S, nas maternidades, nas alas de doenças
infectocontagiosas, nos ambulatórios, pronto –socorro vários e com
imposição de mãos podemos ministrar a cura e a benção e a paz,
mesmo a distância Aleluia!
 Entra em matas sombrias e perigosas e livra da morte alguém que por
venturar esteja perdida ou em grande perigo. Podemos enfrentar
rajadas de metralhadoras, as explosões das granadas, os lançamentos
dos misseis e cobri com proteção o pequeno soldado, que precisa ter um
encontro com Cristo. Podemos proteger o perseguido, e pedindo ao que
o esconda com grande e potente mão, para que não o encontre os que
procuram mata-lo....

 Entra silenciosamente onde o suicida está e clamamos por


misericórdia de Deus para enviar socorro através dos seus anjos. Para
impedir tiro de revolver, para desfazer as cordas assassinas, para
derramar por terra o copo com veneno... Há uma infinidade de
milagres prodígios e maravilhas que ocorrem quando clamamos. Jesus
nos deixou esse legado ‘Vigiai e orai’’.

‘’ Oração é algo muito sério, especifico, objetivo, e segue as regras e princípios da Palavra de Deus. E a tentativa
de orar em desarmonia com eles que resulta em uma experiência frustrante de não ver suas orações respondidas’’
RM 8;26 Por que não sabemos orar como convém

Tipo e níveis de Oração

Ó tu que ouves as orações, a ti vira toda a carne. Sl. 65:2

Poderíamos classificar as orações em três: Deus, Nós e Outros. Dentro desses três
níveis, tem, os sete tipos de oração:

Deus como centro das orações.

1. Nível

Ações de graças.
(Vamos à presença dele com ações de graças;
Vamos aclamá-lo com cânticos de louvor. Pois o Senhor é o grande Deus,
o grande Rei acima de todos os deuses).
Salmos 95:2-3
É o reconhecimento do e gratidão a Deus pelo o que Ele é nos tem feito.
Basicamente é a oração que expressa gratidão a Deus pelas bênçãos que
Ele tem derramado sobre nós. Sl. 95; 1-3 Sl.120 e 124 etc.
Louvor.

Vai além das ações de graça. O louvor se concentra nas obras de Deus.
Louvar é reunir todos os feitos de Deus e expressa elos em palavras, numa
atitude de exaltação e glorificação seu Nome, que é digno de ser louvado.
Sl. 100;4 (O louvor é uma arma de guerra contra o inimigo, é fonte de
alegria). E pôs um novo cântico na minha boca, um hino ao nosso Deus;
muitos o verão, e temerão, e confiarão no Senhor.
Salmos 40:3
OBS. O cântico muitas vezes associado ao louvor e pode ser um tremendo
veículo de exaltação a Deus. Mais quando falamos de louvor, não nos
referimos a um mero formalismo religioso vazio, ou cântico ritmados com
acompanhamento ensurdecedor. Tocar ou cantar não é necessariamente
louvar. Alguém pode cantar como papagaio. A música pode ser um
veículo de louvor e adoração, mais em si mesmo não é louvor , nem
adoração. Pois o Senhor reclamou: Por que o Senhor disse: Porque o Senhor
disse: Pois que este povo se aproxima de mim, e com a sua boca, e com os
seus lábios me honra, mas o seu coração se afasta para longe de mim e o
seu temor para comigo consiste só em mandamentos de homens, em que
foi instruído;
Isaías 29:13Muitas vezes aquilo que se chama na igreja ‘‘ período de louvor
e adoração , não passa de uma cantoria inconsequente ou batuque que
não ministra ao coração de Deus , nem leva ao trono ” O verdadeiro
louvor , porem, brota do coração daquele cuja a vida o que os lábios
proclamam Sl. 134:1-2

Adoração

É a entrada nos Santos dos Santos, para responder ao seu amor. Ali nada
fala o homem, mais de Deus. Concentra se no caráter de Deus , nos seus
atributos , na sua pessoa . Esse nível que Deus deve dominar a nossa vida.
Adorar é amar a Deus ; é a resposta do meu coração ao amor divino. Nós
o amamos a ele porque ele nos amou primeiro 1 João 4:19.

Elementos da Adoração
1. Oração – comunicação
2. O louvor – é a porta de entrada nos prepara para adorar
3. A confissão – Confessar os pecados
4. Leitura da palavra – Deus está em sua palavra quando nos
aproximamos dela com a devida reverencia, encontramos nos atrás da
letra, com o Senhor de quem ela procede e, de repente estamos diante
de sua face.
5. A pregação – A proclamação da palavra de Deus pelos lábios ungidos
de um servo Seu é um dos poderosos elementos da adoração. As
verdades proferidas, a unção liberada pelas palavras e gestos
arrancam do coração ouvinte, mesmo do pregador, os mais profundos
sentimentos de amor, alegria, devoção, gratidão e louvor e logo o seu
interior se lança em adoração.

6. A ceia e o Batismo – Comunhão e anuncio d o regresso de Cristo.

7. Oferta- Gesto de oferta atitude de gratidão.

Esses três tipos de oração pode fazer o tempo todo!

Nós mesmo como centro de nossas orações.

2. Nível

Aqui vamos a Deus de uma necessidade pessoal. Busco resposta etc. Nesse nível
temos também três tipos de Oração: Petição, Entrega e Consagração.

1. Petição ou Suplicar.
É ‘‘um período formal a um poder maior” É uma apresentação a Deus um
pedido, visando satisfazer uma necessidade pessoal, tendo como base a uma
promessa de Deus. Por isso vos digo que todas as coisas que pedires orando
crede receber e tela eis Mc. 11:24/ Mt. 7;7-8 /Mc 11:24 /Fp 4:6

Pontos de entendimento:

1.Identifique a necessidade real.


2. Ser objetivo.
3. Aliste as promessas.
4. Crer.

2. Consagração.
É uma atitude de submissão à vontade de Deus. Essa é para as ocasiões em
que a vontade de Deus é desconhecida. Onde é preciso direção. É o tipo da
oração que se emprega ‘‘Se for da tua vontade” Esta oração exige tempo
maior busca, repetidas vezes, até ter a convicção do plano divino naquela
circunstância de ser alcançada. Nessa oração requer renúncia.
Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o
conhecerá? Jeremias 17:9

3. Entrega .
É a transferência de um cuidado ou inquietação da minha alma para Deus.
Essa é a oração em que eu lanço os fardos sobre o Senhor, como um
consequente descanso. Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele
tem cuidado de vós.
1 Pedro 5:7
Os outros como centro das nossas orações.
4. Nível

Intercessão.

Aqui você vai a Deus como sacerdote, como intercessor elevando a


necessidade de outra pessoa, intercede é se colocar –se no lugar de outro
pleitear a causa como se fosse própria.

Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que
sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos. Tiago 5:16

E vendo que ninguém havia, maravilhou-se de que não houvesse um


intercessor; por isso o seu próprio braço lhe trouxe a salvação, e a sua própria justiça
o susteve. Is. 59:16

E busquei dentre eles um homem que estivesse tapando o muro, e estivesse na


brecha perante mim por esta terra, para que eu não a destruísse; porém a ninguém
achei. Ezequiel 22:30
Resumo :
Interceder significa literalmente "interpor-se", "colocar-se entre". É se colocar
entre Satanás e a sua força de destruição e aquele a quem ele quer destruir, e livrar
o oprimido. É colocar-se entre Deus e alguém que carece do favor divino, e clamar
por libertação. É se por na brecha do muro em prol daqueles pelos quais Cristo
derramou o seu preciosíssimo sangue, e clamar para que a graça de Deus os
alcance... Interceder é gastar horas a sós na presença de Deus em fervente oração,
em prol de alguém ou de alguma causa. Intercessão é o parto de alma espiritual que
traz à luz filhos espirituais.

Há na Bíblia registros de intercessões maravilhosas, como por exemplo a de


Abrão quando o Senhor estava para destruir as cidades de Sodoma e Gomorra
(Gênesis 18: 22-33); Moisés clamou e Deus mudou os seus desígnios para com o povo,
retirando o mal que dissera havia de fazer (Êxodo 32:11-14); no dia seguinte,
novamente Moisés intercedeu com profundidade de alma: "Agora, pois perdoa-lhes
o pecado; ou, se não, risca-me, peço-te, do livro que escreveste." (Êxodo 32: 30-25). O
salmo 106:23 testifica sobre o resultado destas intercessões de Moisés dizendo: "Tê-
los-ia exterminado, como dissera, se Moisés, seu escolhido, não se houvesse
interposto, impedindo que sua cólera os destruísse."

O maior exemplo contudo é o do Senhor Jesus que "pelos transgressores


intercedeu" (Is 53:12 - Mc 15:28 - Lc 22:37). Intercedeu por Pedro (Lc 22:31,32). Pelos
seus escolhidos, na oração sacerdotal (João 17). Jesus gastou apenas três anos e meio
no exercício do seu ministério público entre os homens, e já há quase dois mil anos
"está à direita de Deus" a interceder por nós (Rm 8:34) e "pode salvar totalmente os
que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles." (Hb 7:25).

Antes do Pentecostes, houve incessante oração no Cenáculo. A oração no


Monte precedeu aos Dez Mandamentos. A intercessão de Estevão resultou na
conversão de Saulo de Tarso, que veio a ser o grande Apóstolo Paulo (Atos 6:57-60).

A intercessão precede a salvação. É Getsêmani antes do Calvário! Antes da


sua morte na cruz, o Senhor Jesus agonizou em intercessão por nós no jardim do
Getsêmani, e fomos salvos. Em Isaías 59:16 já estava previsto que o Senhor não
acharia quem o ajudasse a interceder, assim, Jesus lutou sozinho em parto de alma
para gerar filhos espirituais. É o que está escrito em Isaías 66:8 "pois Sião, antes que
lhe viessem as dores, deu à luz seus filhos".

Ana agonizou em oração pedindo um filho, e, mesmo sendo ela uma mulher
estéril, o milagre ocorreu, e o filho lhe foi dado por Deus (I Sm 1:9-18).
David Brainerd, jovem missionário enviado para pregar no terrível oeste
americano, para os sanguinários índios peles-vermelha, morreu com apenas trinta
e três anos de idade, tuberculoso, dentro de uma cisterna onde procurava se
esconder da friagem, clamando: "Dá-me almas, senão eu morro". Após a sua morte
ocorreu um fenômeno: - milhares de índios se converteram por toda parte!

Suzana Wesley, mesmo sendo mãe de dezenove filhos, orava cerca de uma
hora por dia. Dois dos seus filhos juntos ganharam milhares de almas para Cristo.
São eles João Wesley, o Pregador, e Carlos Wesley, o Poeta e Compositor, autor de
mais de 1500 hinos!

João Oxtoby, orava com tal fervor que passou a ser conhecido como
"Joãozinho da oração". O concílio da Igreja Metodista estava para tomar a decisão
de fechar o campo missionário de Filey, uma vez que vários pregadores já haviam
sido enviados e não estavam alcançando resultados. Joãozinho comovido pediu
mais uma chance para aquele povo. O concílio decidiu atender. Como não havia
nenhum obreiro disposto a ir, Joãozinho se apresentou e foi! Nas primeiras
pregações nada ocorreu... Joãozinho então se embrenhou na mata e, em agonia de
alma, orava, mais ou menos assim: "Não podes fazer de mim um palhaço! Eu disse
aos crentes lá em Bridlington que tu vivificarias a tua obra, e agora é preciso que
assim o faças. De outro modo nunca mais terei coragem de lhes mostrar o rosto...
então o que dirá o povo sobre a oração e a fé..." Depois clamou: "Filey está
conquistada! Filey está conquistada! E saiu cantando e clamando pelas ruas:
"Voltai-vos para o Senhor e buscai a salvação". Milhares se converteram. -
transcrito do Livro: Paixão Pelas Almas, de Oswald J. Smith.

John Hyde, conhecido como "O Homem que Orava", foi missionário na Índia.
Inicialmente nas suas intercessões pedia a Deus que lhe desse a conversão de uma
alma por dia. Deus ouviu e atendeu a sua oração. Passou, então, a solicitar duas
almas por dia. Deus lhas deu. Aumentou o número para quatro! Milhares se
converteram na Índia. Na sua biografia "O Homem Que Orava", é registrado que
John Hyde orava com tamanha intensidade de alma, que uma certa feita, um seu
companheiro de oração não suportou permanecer ao seu lado, porque um calor
muito forte encheu todo o aposento...

No texto de Ezequiel 22:30 o Senhor diz que não achou intercessores, que se
pusessem na brecha do muro e clamassem pelo povo. Esta falta ainda continua
sendo sentida em muitas igrejas. Quando há intercessões, almas se convertem.

Há registros históricos de que "diversos membros da congregação de Jônatas


Edwards haviam passado a noite inteira em oração, antes dele haver pregado o seu
memorável sermão: "Os pecadores nas Mãos de Um Deus Irado". O Espírito Santo
se derramou em catadupas tão poderosas, e Deus se manifestou de tal maneira, em
santidade e majestade, durante a pregação daquele sermão, que os anciãos
lançaram os braços em redor das colunas do templo clamando: "Senhor, salva-nos,
que estamos caindo no inferno!" - transcrito do Livro: Paixão Pelas Almas, de
Oswald J. Smith.

A base para o crescimento da igreja está na oração de intercessão. Aprouve


a Deus estabelecer assim. Se queremos contemplar conversões precisamos semear
na comunidade profundo amor e paixão pelas almas perdidas, e insistir neste
mister até que, voluntariamente, comecemos a ver nas reuniões de oração da igreja
lágrimas sendo vertidas em prol dos pecadores perdidos.

Não há fórmulas, métodos, ou estratégias mais eficazes para a conversão de


pecadores, do que a fervorosa intercessão.

A igreja precisa entrar em parto de alma para gerar os seus filhos espirituais

Você também pode gostar