Você está na página 1de 81

MÓDULO 2: PATOLOGIA

AULA 10

DROGADIÇÃO E ESPIRITISMO

RAFAEL LATORRACA
Visão Médico-Espírita da Dependência Química

Rafael Latorraca
- Médico e Psiquiatra pela Escola Paulista de Medicina – UNIFESP/EPM
- Pós-graduação em Dependência Química pela UNIAD - UNIFESP/EPM
- Preceptor do 2º ano da Residência Médica de Psiquiatria da Faculdade de Medicina do ABC.
- Preceptor do 7º semestre de Medicina da Universidade de São Caetano do Sul.
- Psiquiatra colaborador do PROVE UNIFESP/EPM em 2016
- Conselheiro fiscal da AME-SP. Coordenador do NUSAME da AME-SP. Membro do
Departamento de Saúde Mental da AME-BR
DEPENDÊNCIA QUÍMICA
CONCEITO
PADRÃO PROBLEMÁTICO DE CONSUMO DE
DETERMINADA SUBSTÂNCIA PSICOATIVA

AVALIADO PRINCIPALMENTE:
- PERDA DA LIBERDADE DE SOBRE O
PADRÃO DE CONSUMO

- CONSEQUÊNCIAS FÍSICAS E
PSICOSSOCIAIS DO USO.

VARIA AO LONGO DE UM CONTINUUM DE


GRAVIDADE.
Transtorno de Uso de Substâncias
DSM-V: dois ou mais de 11 critérios

PERDA DO CONTROLE SOBRE
A QUANTIDADE

CONSUMO GERALMENTE
MAIOR OU POR PERÍODOS
MAIS LONGOS DO QUE O
PLANEJADO
Transtorno de Uso de Substâncias
DSM-V: dois ou mais de 11 critérios

Desejo Persistente
pelo uso

Fracassos ao tentar
parar ou controlar o
consumo
Transtorno de Uso de Substâncias
DSM-V: dois ou mais de 11 critérios

LONGOS PERÍODOS DE TEMPO
NECESSÁRIOS PARA TER ACESSO A
SUBSTÂNCIA OU RECUPERAÇÃO
DE SEUS EFEITOS
Transtorno de Uso de Substâncias
DSM-V: dois ou mais de 11 critérios

FISSURA OU CRAVING

INTENSO E INCONTROLÁVEL
DESEJO PELO CONSUMO IMEDIATO
Transtorno de Uso de Substâncias
DSM-V: dois ou mais de 11 critérios

USO RECORRENTE CAUSA
PROBLEMAS NO TRABALHO, NA
ESCOLA OU EM CASA
Transtorno de Uso de Substâncias
DSM-V: dois ou mais de 11 critérios

INDIVÍDUO MANTÉM PADRÃO
DE USO APESAR DOS
PROBLEMAS SOCIAIS E
INTERPESSOAIS RECORRENTES
Transtorno de Uso de Substâncias
DSM-V: dois ou mais de 11 critérios

ABANDONO DE ATIVIDADES
OCUPACIONAIS OU RECREACIONAIS
PARA PODER CONSUMIR A DROGA
Transtorno de Uso de Substâncias
DSM-V: dois ou mais de 11 critérios

PERSISTÊNCIA DO USO APESAR DO
PREJUÍZO FÍSICO

EX: CONSUMO DE ÁLCOOL MESMO


COM DOR ABDOMINAL E VÔMITOS
POR PANCREATITE
Transtorno de Uso de Substâncias
DSM-V: dois ou mais de 11 critérios

PERSISTÊNCIA DO USO APESAR DA
CONSCIÊNCIA DE TODOS OS PREJUÍZOS
SOCIAIS, PROFISSIONAIS E FÍSICOS
DEPENDÊNCIA QUÍMICA
DIAGNÓSTICO
10º

Fonte
DEPENDÊNCIA QUÍMICA
DIAGNÓSTICO
11º

Fonte
ÁLCOOL
EFEITOS

Fonte
Álcool no Brasil
O TAMANHO DO PROBLEMA
• Cerca de 50% de abstêmios.

• 11% dos homens dependentes

• 28% bebem de 1 a 4 vezes por semana.

• 21% dos homens entre 14 e 17 anos bebeu de forma abusiva no último


ano.

• A idade em que adolescentes começam a beber está caindo e a


frequência aumentando.

Fonte

Escola Paulista de Medicina –


UNIFESP - CEBRID
ÁLCOOL
O TAMANHO DO PROBLEMA
• 60 tipos diferentes de doenças e 2,5 milhões de mortes por ano.

• Pancreatite, acidentes de trânsito, câncer de cólon e doenças hepáticas.

• Deficiências nutricionais como ácido fólico, vitamina B12 e vitamina B1 (tiamina),


anemia, depressão.

Fonte: LENAD II
Abstinência de Álcool e Tratamento
• Síndrome de abstinência: início 12 a 48hs após interrupção ou diminuição do uso

• Tremor, ansiedade, sudorese, taquicardia, alucinações visuais, confusão mental e


até convulsões (delirium tremens) com 10% mortalidade sem assistência médica.

• A desintoxicação de casos graves deve ser em ambiente hospitalar pela


necessidade de benzodiazepínicos (diazepam ou lorazepam) para evitar
convulsões, complicações clínicas e morte.

Fonte: LENAD II
Dependência de Álcool e Tratamento
• Naltrexona (SUS)

• Antietanol ou dissulfiram  (SUS)

• Acamprosato

• Topiramato (gratuito penas no CRATOD)

• Baclofeno

• CAPS AD (Centro de Atenção Psicossocial - Álcool e Drogas)


Fonte: LENAD II
TABACO
EFEITOS

Fonte
Tabagismo: Tamanho do problema no Brasil
• 10,1% da população é dependente

• Entre as pessoas com mais de 35 anos, 52,6% já fizeram uso de tabaco

• Predominância masculina vem diminuindo drasticamente. Mulheres


jovens/adolescentes de baixa renda é o alvo atual da indústria do cigarro. 

• Responsável por 90% de todos os casos de câncer de pulmão.

• Doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), IAM, AVC, câncer de


boca/garganta, laringe e esofago proximal...
Fonte: LENAD II
Tabagismo e Abstinência
• Seis horas sem fumar começam os primeiros sintomas de abstinência:

• Irritabilidade, fissura (vontade intensa pelo uso), depressão, mau humor,

ansiedade, insônia, aumento do apetite e dificuldade de concentração


Tabagismo e Tratamento
• Vareniclina (Champix): agonista do mesmo receptor da nicotina do cigarro

• Bupropiona: antidepressivo capaz de diminuir os sintomas de abstinência

• Nortriptilina: antidepressivo tricíclico (antigo), mais efeitos colaterais (SUS)

• Adesivos de nicotina: 7, 14 ou 21 mg a cada 24h

• Gomas e pastilhas de nicotina: 2 a 4 mg usados nos momentos de fissura


COCAÍNA/CRACK
COCAÍNA/CRACK
TAMANHO DO PROBLEMA
• O uso na vida de cocaína pelos estudantes do Brasil
foi de 2,0%.

• No Brasil o uso na vida de crack foi de 0,7%, cerca de


quatro vezes menos que nos Estados Unidos com
2,6% (CONACE, 2005; NIDA, 2005)

• O uso na vida de cocaína nas 107 maiores cidades do


Brasil foi 2,3%, o que equivale a 1.076.000 pessoas
(0,9% dependência)
Fonte

• EUA 11,2% já usou!!! Escola Paulista de Medicina –


UNIFESP - CEBRID
CRACK
Crack é derivado da pasta base da cocaína e ao ser fumado é absorvido
no pulmão e depois para o cérebro.

Já a cocaína na forma aspirada é absorvida pela mucosa nasal, caindo


na circulação sanguínea, demora mais para chegar ao cérebro.
COCAÍNA/CRACK
Euforia, com aumento da dopamina, sensação de aumento da energia, diminuição da
fome.

Uso crônico gera efeitos desconfortáveis: sudorese, palpitação, insônia, taquicardia,


hipertensão, ansiedade, dor no peito e até ataque de pânico.

Quadro persecutório: usuário tem uma forte sensação de que alguém ou a polícia está
lhe perseguindo (chamada paranoia ou "noia”).

Surto psicótico: alucinações auditivas e delírios persecutórios (certeza inabalável de


que está sendo perseguido).
COCAÍNA/CRACK - TRATAMENTO
Não há medicação específica aprovada pelo FDA (Food and Drug
Administration), tão pouco pela ANVISA para o tratamento da
dependência de cocaína ou crack.

Diminuição dos sintomas de abstinência: antipsicóticos atípicos


(sedação)

Controle da Fissura: Estabilizadores de humor e antipsicóticos


atípicos.
MACONHA
Maconha - Cannabis
TAMANHO DO PROBLEMA
• Brasil (8,3%) usaram na vida.
• Alemanha (4,2%),
• Reino Unido (25,0%),
• EUA (34,2%),
• “Crianças de Rua” > 40% já usaram maconha

Ospina,1997; CONACE, 2001; E.M.C.D.D.A., 2001;


SAMHSA, 2001
Maconha - Cannabis
TAMANHO DO PROBLEMA
Droga ilícita mais consumida no Brasil e no mundo

130 a 190 milhões de usuários no planeta

Brasil: 1,2% de dependentes.

Fonte: ONU World Drug Report 2014


Maconha - Cannabis
Uso Medicinal
• Melhores evidências:
1) Analgesia em pacientes com dor neuropática crônica ou dor por câncer.
2) Glaucoma crônico de ângulo aberto
3) Alívio da espasticidade associada à esclerose múltipla.

• Evidências de baixa qualidade


- Tratamento de náuseas e vômitos associados à quimioterapia
- Estimulação do apetite em HIV/AIDS,
- Distúrbios do sono,
- Tiques e Síndrome de Tourette.
J Am Osteopath Assoc. 2018;118:67-70.
Maconha - Cannabis
Marijuana May Raise, Not Reduce,
Risk for Opioid Use Disorder

Am J Psychiatry. 2018;175:6-7, 47-53
Maconha - Cannabis
Complicações para usuários
• 3x mais risco de morte por complicações de
hipertensão arterial

• Risco aumenta a cada ano adicional de uso


Maconha - Cannabis
Psicose/Esquizofrenia
Cannabis and Psychosis:
Critical Overview of the Relationship
Fortes evidências: uso precoce e o uso intenso geram
psicose em indivíduos vulneráveis.

Curr Psychiatry Rep. 2016 Feb;18(2):12. doi: 10.1007/s11920-015-0657-y.


Maconha - Cannabis
Não há medicação específica aprovada pelo FDA (Food and Drug
Administration), tão pouco pela ANVISA, específica para o tratamento da
dependência de maconha.

Carbonato de Lítio e Dronabinol (agonista canabinóide): algum efeito para


síndrome de abstinência mas há pouca evidência.

Estudos preliminares: N-Acetilcisteína efeito modulador do glutamato, principal


neurotransmissor excitatório do SNC, pode ajudar no tratamento.
DEPENDÊNCIA E COMORBIDADES
Álcool: maior prevalência de transtorno de fobia social, transtorno de ansiedade generalizada, transtorno
bipolar, esquizofrenia e transtorno de personalidade antissocial

Nicotina: depressão

Cocaína: transtornos do Humor (Bipolar, Depressão); TDAH, Transtornos de Personalidade; codependência


de álcool.

Fonte
MAS O TRATAMENTO É SÓ REMÉDIO??
RATOLÂNDIA

The Effect of Housing and Gender on Morphine Self-Administration in Rats. Psychopharmacology 58, 175-179 (1978)
MAS O TRATAMENTO É SÓ REMÉDIO??
DESIGUALDADE SOCIAL

The Effect of Housing and Gender on Morphine Self-Administration in Rats. Psychopharmacology 58,
175-179 (1978)
Fonte
Fonte
Fonte
Fonte
Fonte
Espiritualidade e
Dependência Química
Mais de 80% das centenas de estudos investigando

espiritualidade/religiosidade e uso abusivo de

drogas encontraram uma correlação inversa entre

essas variáveis.

Tavares BF, Beria JU, Lima MS. Factors associated


with drug use among adolescent students in southern
Brazil. Rev Saude Publica. 2004;38(6):787-96.  
Amor e Família
Meios de Transformação
Revisão da Cochrane com metanálise de estudos randomizados sobre intervenções
familiares e uso de álcool em adolescentes

❑ 29% menos chance de Iniciar o Uso


❑ Efeito consistente e eficaz após 2 anos da intervenção
❑ Menor uso de Álcool
❑ Maior Adesão ao tratamento
❑ Melhor ajustamento familiar

Drug Alcohol Depend. 2008 Oct 1;97(3):195-206. Epub 2008 May 15.


Amor e Família
Meios de Transformação
Livro dos Espíritos

207-a De onde vem as semelhanças morais que existem


às vezes entre os pais e filhos?
- São espíritos simpáticos, atraídos pela afinidade de suas
inclinações.
Amor e Família
Meios de Transformação
Livro dos Espíritos
208. O Espírito dos pais não exerce influência sobre o do filho, após o
nascimento?
Amor e Família
Meios de Transformação
Livro dos Espíritos
208. O Espírito dos pais não exerce influência sobre o do filho, após o
nascimento?

- Exerce, e muito, pois como já dissemos, os Espíritos devem concorrer para o


progresso recíproco. Pois bem: o Espírito dos pais tem a missão de
desenvolver o dos filhos pela educação: isso é para eles uma tarefa. Se nela
falharem, serão culpado.
Amor e Família
Meios de Transformação
Livro dos Espíritos

209. Por que pais bons e virtuosos têm filhos perversos?


Ou seja: por que as boas qualidades dos pais não atraem quase sempre,
por simpatia, bons espíritos como filhos?
Amor e Família
Meios de Transformação
Livro dos Espíritos

209. Por que pais bons e virtuosos têm filhos perversos?


Ou seja: por que as boas qualidades dos pais não atraem quase sempre,
por simpatia, bons espíritos como filhos?

- Um mau espírito pode pedir bons pais, na esperança de que seus


conselhos o dirijam por uma senda melhor, e muitas Deus o atende.
Instituto de Saúde da AME-SP
Parceria com Casa Espírita Cairbar Schutel

Terapia complementar espírita: evangelho, passe magnético, água


fluidificada, atendimento fraterno, evangelho no lar, trabalho voluntário,
desobsessão, reforma íntima, estudo, discussão dos casos com os
mentores espirituais.
 
Amor e Família
Meios de Transformação

Reencarnação: oportunidade de corrigenda, de novo reajuste,


ofertada pela misericórdia divina aos espíritos que colecionam
existências voltadas para os vícios
 
Amor e Família
Meios de Transformação

Somos responsáveis?

Responsáveis por não desistirmos devido à dificuldade


alheia, a qual não pode ser a nossa inércia.
Amor e Família
Meios de Transformação
LE - 642. Será suficiente não se fazer o mal para ser agradável
a Deus e assegurar uma situação futura?

- Não; é preciso fazer o bem nos limites das próprias forças, pois
cada um responderá por todo mal que tiver ocorrido por causa do
bem que deixou de fazer
Mães de filhos dependentes
Convicção de que o Amor JAMAIS se perde

- A cada coração cabe suas escolhas

- A nós cabe a renovação dos votos de amparo, a energia da


escolha em continuar sustentando o Amor ao filho que o
Criador nos confiou.
Mães de filhos dependentes
- Relação Mãe e Filho: não há distância ou
tempo que apague.

- Esse Amor pode ser, cedo ou tarde, o único


alimento disponível a ser usado pelo
Espírito como porto seguro para recomeçar
suas escolhas e caminhos
Mães de filhos dependentes

- Oportunidade de relevar questões pessoais,


Mães de filhos dependentes

- Oportunidade de relevar questões pessoais,

- Reavaliar necessidades de recompensa/reconhecimento


Mães de filhos dependentes
- Oportunidade de relevar questões pessoais,

- Reavaliar necessidades de recompensa/reconhecimento

- Estágio para o desenvolvimento do Amor incondicional.


Mães de filhos dependentes
- Oportunidade de relevar questões pessoais,

- Reavaliar necessidades de recompensa/reconhecimento

- Estágio para o desenvolvimento do Amor incondicional.

- Reflexo de como nos amamos, nos enxergamos e nos aceitamos.


O QUE ACONTECE NA
DEPENDÊNCIA?
“As razões que impulsionam o ser à dependência são inúmeras, mas podemos
afirmar que isso só ocorre quando um conjunto de fatores altamente
convidativos à dependência se unem”

Dr. Albert.
Aspectos da Dependência
❑ Negação da Vida
Aspectos da Dependência
❑ Negação da Vida

❑ Força de Reação às Vicissitudes


“A vida não tem mais importância, mas aquilo que vivo me
machuca, mas posso transcender isso com as drogas”
Aspectos da Dependência
❑ Negação da Vida

❑ Força de Reação às Vicissitudes


“A vida não tem mais importância, mas aquilo que vivo me
machuca, mas posso transcender isso com as drogas”

❑ Adesão/Disciplina
Aspectos da Dependência
❑ Negação da Vida

❑ Força de Reação às Vicissitudes


“A vida não tem mais importância, mas aquilo que vivo me machuca,
mas posso transcender isso com as drogas”

❑ Adesão/Disciplina

❑ Questão orgânica “viciação do sistema de recompensa cerebral”


Dois Fatores de Prevenção

❑ 1) IMEDIATISMO
Dois Fatores de Prevenção
Imediatismo – Experiência do Marshmallow
Dois Fatores de Prevenção
Imediatismo – Experiência do Marshmallow
Dois Fatores de Prevenção
Imediatismo – Experiência do Marshmallow
Dois Fatores de Prevenção
Imediatismo & Egoísmo

❑ 2) EGOÍSMO
Espiritualização &
Amplificação da Consciência

❑ O Dependente, de qualquer natureza, é antes de tudo um


Dependente Psíquico
Saulo e a Dependência
Psíquica
❑ Saulo, homem obstinado à perseguição e ao rigor da lei,
dependente psíquico do poder terreno.

❑ Quem exceto o Cristo poderia crer em sua capacidade de utilizar os


mesmos recursos de disciplina, adesão, e repetição, antes a
serviço da perseguição dos Cristãos, agora disponíveis para
torná-lo exemplo de Amor, abnegação e sacrifício?
Transformação de Saulo em
Paulo de Tarso
❑ No instante em que a dependência transforma-se em consciência,
podemos ver as forças espirituais deixando de sustentar o vício para
alimentar o hábito e a disciplina através da construção espiritual do
NOVO SER.

❑ No recondicionamento da mente do dependente, de qualquer


natureza, vemos o potencial de adesão e de disciplina na
transformação em algo admirável.
Meios de Transformação
❑ Necessidade de substituição da satisfação imediata da droga
por algo intermediário como substituto temporário

❑ Religião e busca de uma salvação imediata.

❑ Embora a escolha sincera, não bastou ao Apóstolo Paulo aceitar


o mestre na estrada de damasco. Foi necessário sua
caminhada a cada local para a vivência da transformação.
Meios de Transformação
❑ As mesmas forças responsáveis por lançar nossos
irmãos aos sentimentos mais inferiores e primitivos do
consumo de drogas, também são capazes dos processos
de transcendência através da ação construtiva, da prece e
do encontro verdadeiro com os semelhantes, lançando-os
a uma nova e verdadeira existência.
Meios de Transformação
SER AMADO PARA O ESPÍRITO SER CAPAZ DE AMAR A SI PRÓPRIO
E AOS OUTROS

AMOR ÚNICO ANTÍDOTO PARA O SER VENCER A SI MESMO

 
 
Bibliografia
- Livro dos Espíritos - Allan Kardec

- Drug Alcohol Depend. 2012 Sep 1;125(1-2):119-26. Epub 2012 May 4.


Hendriks V, van der Schee E, Blanken P

-Parnassia Addiction Research Centre (PARC), Brijder Addiction Treatment, Parnassia Bavo Group, PO-Box


53002, 2505 AA, The Hague, The Netherlands.

-Drug Alcohol Depend. 2008 Oct 1;97(3):195-206. Epub 2008 May 15.

-Recent Dev Alcohol. 2001;15:329-56.

- Family interventions and their effect on adolescent alcohol use in general populations; a


meta-analysis of randomized controlled trials.
Smit E, Verdurmen J, Monshouwer K, Smit F.
Trimbos Institute (Netherlands Institute of Mental Health and Addiction), 3500 AS Utrecht, The
Netherlands. esmit@trimbos.nl