Você está na página 1de 15

EAETI

Escola de Engenharia,
Arquitetura e
Tecnologia da Informação

UNIVERSIDADE SALVADOR
Disciplina: Cálculo Diferencial
Semestre: 2019.1

LISTA 1
Revisão de Funções, Limites e Continuidade

Revisão de função

1. Em cada caso a seguir, identifique se o gráfico representa uma relação de função. Para o caso positivo,
identifique o domínio e a imagem da função.

a)
c)

b)
d)

2. Esboce o gráfico de cada função a seguir.


a) = 2 d) = −2 − 3
h) = ln
b) = e) = −5 +6
f) =√ i) = ,
c) =2
g) = j) =3
1
k) = n) = − cos
m) = | cos |
= |# |
= 2
o)
l)

3. Esboce o gráfico de cada função a seguir.


+ 1 , ≤ −1 b) =
a) =$ 2 , −1< <2 0 , < −3 * 2 < < 3
2 , > 2 $ | − 4| , − 2 < ≤ 2
, > 3

4. Usando movimentação gráfica, esboce o gráfico de cada função dada a seguir.


a) =√ −3 d) =4 +2 g) = −

b) =√ +2 e) = ln −2 h) = cos + 3

c) =√ +1−3 f) = +2 +1 i) = −1

Noção Intuitiva de Limites e Continuidade

5. Considere os gráficos das funções f, g, h abaixo.

y y y
3 3
3

2 2
2

1
1
1

x x
x
−2 −1 1 2
−1 1 2
−1 1 2
Função y=f(x) Função y=g(x) Função y=h(x)

a) Determine:

i.os limites laterais de f, g, h no ponto xo=1


ii.os valores f(1), g(1) e h(1)

b) Com os dados obtidos acima, diga se essas funções f, g, h têm limite no ponto xo=1.

c) Essas funções são contínuas no ponto xo=1? Justifique suas respostas.

2
6. Considere o gráfico da função f abaixo. Determine o que se pede, justificando suas respostas.
y
3

x
−3 −2 −1 1 2

−1

l i m f (x) = l i m f (x) =
x→−1−  x→1−
a) 
l i m+ f (x) = b) 
l i m f (x) =
+
x→−1  x→1
 f (−1) =  f (1) =

f tem limite em xo=-1? f é contínua nesse ponto? f tem limite em xo=-1? f é contínua nesse ponto?


 2 ; se x < − 2
 2
 x ; se − 2 ≤ x < 0

7. Esboce o gráfico da função f ( x) =  2x ; se 0 ≤ x < 1 e determine, caso existam, os limites e
 1 ; se x = 1

 1
 x + 1; se x > 1
limites laterais nos pontos em que a função muda de sentença. Verifique se a função é contínua em cada um
desses pontos.

8. Esboce o gráfico das funções abaixo. Calcule os limites laterais em cada um dos casos, nos pontos onde
estas funções mudam de sentenças.

x 2 ; se x ≤ 1 x 2 + 1 ; se x < −1
a) f(x) =  
x + 1 ; se x > 1 − x + 1 ;
d) f(x ) = 
se − 1 ≤ x < 1
2 ; se x = 1
 x − 1; se 1 < x ≤ 5

− x + 1 ; se x < 0
2

b) f(x) = 
 x + 1 ; se x ≥ 0 2 x ; se x < 1

e) f(x) =  1
 ; se x ≥ 1
x
- x + 1 ; se x < 1
  − x ; se x < 0
c) f(x) = 1 ; se x = 1
x 2 − 1 ; se x > 1 
 f) f(x) = 2 ; se x = 0
ln(x ) ; se x > 0

3
9. Esboce o gráfico das funções abaixo e verifique se elas são contínuas no ponto xo = 0.

2 x ; se x < 0 e x ; se x < 0 e x + 1 ; se x ≤ 0
  c) f(x) = 
a) f(x) = 2 ; se x = 0 b) f(x) = 2 ; se x = 0 log 2 x ; se x > 0
2 − x ; se x > 0 - x 2 + 1 ; se x > 0
 

 x2 − 4
 ; se x < 2
 2x - 4
10. Determine as constantes a e b de modo que f (x ) = bx − 4 ; se x = 2 seja contínua no ponto x=2.
3 x + a ; se x > 2



mx 2 + 1 ; se x < − 3

11. Considere a função f ( x) = − 3n ; se x = − 3 . Determine as constantes m, n de modo que:
3 x − 3 ; se x > − 3

a) Exista lim f (x ) b) seja contínua em = −3.


x → −3

12. Determine as constantes reais a e b de modo que f seja contínua no ponto xo, em cada caso a seguir.

3ax 2 + 2 ; se x < 1 3 x − 3 ; se x>2


a) f ( x ) =  (x o = 1) 
x − 2 ; se x ≥ 1 b) f ( x ) = ax ; se x = 2 (xo = 2)
 x 2 + b ; se x<2

Cálculo de Limites 0/0

13. Calcule os seguintes limites.

x 2 − 3x + 2 2x − 18 5x − 1 − 3
a) lim e) lim i) lim
x →1 x 2 − 4x + 3 x →9 x −3 x→2 x+2 −2

2x 2 − 8 x 2 − 16 x2 − 4
b) lim f) lim j) lim
x → 2 x 2 − 2x
x→4 x −2 x→2 x 2 − 2x

x+5 −2 x 2 − 2x + 1
x3 − 8 g) lim k) lim
c) lim x → −1 x +1
x →2 x 2 − 4
x→1 x3 −1
4x + 1 − 3
x 3 − 27 h) lim t2 − 4
d) lim x→ 2 2
x −4 l) lim
x → 3 x 2 + 3 x − 18
t→2 3t 2 − 4 t − 4

4
3x 3 − 4x 2 − x + 2 x +2 − 2
m) lim t) lim
3
x→1 2x − 3x + 1
2 x3 − 8 x →0 x
q) lim
x →2 x − 2

(4 + x)2 − 16 x −1
n) lim u) lim
x →0 x x −42 x →1 x −1
r) lim 3
2
x →− 2 3x + 5x − 2
3
x − 6x − 9
o) lim
x→3 x 3
− 8x − 3 x 2 − 16
s) lim
x →4 x − 2
2x 2 + 3x − 2
p) lim
x→1 2 8x 3 − 1

Cálculo de Limites no Infinito

14. Analisando cada gráfico abaixo, determine o valor de lim f (x) e lim f (x) .
x→−∞ x→+∞
a)
3 y

y = 2
2

y
1

x
−10 10 x 20 x

−1

−2

b)
y
y=3
3

−3

−6

c)
y
3

x
−1

−2

−3

5
15. Calcule os seguintes limites.

2x + 1 j)
a) lim
x→ +∞ x 2
3x − 5x + 4
f) l im
x → +∞ 4x 2 + 3x + 1 k) lim ( x 2 + 6x − x)
x+3 x →+∞
b) lim
x → - ∞ 2x
4 x 2 − 2x − 25 l) lim cos( x + 2 − x )
g) lim
x →+∞ 9x 2 x → +∞
c) lim
3x − 4 + 3x + x 3 + 2
x→ +∞ x2
2x3 +2x2 +1
4x2 − 5x − 4 3 2
4 x 3 − 2x + 1 h) lim m) l i m e x − x +3
d) l im x→ +∞ 2x2 + 3x − 1 x→ +∞
x → -∞ − 2x 3
2x + 3
i) lim
4x3 − 2x + 1 x → +∞ 8x 2 + 3x + 5
e) lim
x→ -∞ 2x4

Cálculo de Limites Infinitos

16. A função cujo gráfico é mostrado abaixo tem domínio D(f)=IR-{-2, 2,4}. Determine, caso existam:
y

x=-2 x=2 x=4

x
−4 −3 −2 −1 1 2 3 4 5 6

−3

−6

a) lim− f (x) e) lim+ f (x) i) lim f (x)


x → −2 x →2 x →4

b) lim+ f (x) f) lim f (x)


x → −2 x →2

c) lim f (x) g) lim− f (x)


x → −2 x →4

d) lim− f (x) h) lim+ f (x)


x →2 x →4

17. Calcule os seguintes limites.

x −1 x2 + 1 x +5
a) lim c) lim e) lim
2
x →1 x − 5x + 4
x → 0+ x2 x → 0 senx

5x − 4 cos 3x
2x2 + 3 d) lim f) lim
b) lim x →2 x2 − 4 x →0 x
x → 5 (x − 5)2

6
cos 3x 3x − 11
g) lim h) lim
x−3
x →0 x →3+
x

Questões Objetivas

18. O gráfico a seguir representa a produtividade de uma máquina no segundo semestre de 2015. Tendo em
vista as informações do gráfico, a expressão f(x) que representa produtividade em função do número de meses
é:

3x − 1 ; se 0 ≤ x < 1
 2  2x ; se 0 ≤ x ≤ 1
x + 2x ; se 1 ≤ x < 3  x 2 − 4x + 5; se 1 < x ≤ 3
f(x) = 
; se 3 ≤ x < 4 
 2 f (x) = 
- x + 6 ; se 4 ≤ x ≤ 6
 2 ; se 3 < x < 4
a)  − x + 6; se 4 ≤ x ≤ 6
d)
2x ; se 0 ≤ x < 1
 2
x ; se - 1 ≤ x < 3
f(x) = 
2 ; se x = 1 3x − 1 ; se 0 ≤ x < 1
- x + 5 ; se 4 ≤ x ≤ 6  2
b)  x + 1 ; se 1 ≤ x < 3
f(x) = 
2 ; se x = 1
- x + 6 ; se 4 ≤ x ≤ 6
e) 
2x ; se 0 ≤ x ≤ 1
 2
x + 1 ; se 1 ≤ x < 3
f(x) = 
2 ; se 3 < x < 4
- x + 6 ; se 4 ≤ x ≤ 6
c) 

19. Considere a seguinte função e seu gráfico.

 1
 (x-2) , se x > 2

 x 2 − 1 , se 1 ≤ x ≤ 2
f (x) = 
1 − x , se − 2 ≤ x < 1
 1
 , se x < −2
 (x+2)

7
5

−3 −2 −1 1 2 3 4 5

−1

−2

−3

Assinale a Alternativa correta.

a) lim f ( x ) = 0
x → −2 −

b) A função é descontínua em três pontos do seu domínio.


c) lim f ( x ) = +∞
x → 2+

d) lim f ( x ) = 5
x → 2−

e) lim f ( x ) = −∞
x →−2+

20. O número de bactérias numa cultura em placa de Petri após t horas é dada pela função exponencial
B = 10 e2/3 t , cujo gráfico é dado ao lado. Julgue os itens a seguir:

I. A função é contínua em t=0.


II. O limites no infinito são infinitos.

III. O limite lim 10e2/3t , é igual a zero e portanto y=0 é assíntota horizontal.
x →− ∞

IV. A reta = 0 é uma assíntota vertical.

É correto o que se afirma apenas nas alternativas:

a) I, II e III b) I, III e IV c) II d) I e III e) II, III e IV


8
21. Existem vários modelos para estudo do crescimento populacional. Um dos mais utilizados pelos
cientistas que trabalham com essa temática é o CRESCIMENTO LOGÍSTICO.

“Elas inicialmente possuem sim um crescimento exponencial, mas, com o adensamento dos indivíduos na área
em que ocupam, eles começam a competir mais e, conseqüentemente ao invés da população continuar
aumentando, ela tende a seguir uma linha reta. Essa linha reta, após o crescimento exponencial inicial, se dá
por conta da competição intraespecífica, de tal forma que o número de indivíduos que nascem e morrem se
tornam praticamente iguais. Se o número de indivíduos que nascem fosse maior do que o número de
indivíduos que morrem, a curva continuaria a aumentar, e, se o número de indivíduos que morrem fosse maior
que o número de indivíduos que nascem, a linha iria declinar. Assim sendo, uma linha reta revela que a
população chegou no seu limite, na sua capacidade suporte (k) e se elas estão nesse limite é porque as
condições e recursos no ambiente em que vivem são poucos e não suportam um grande número de indivíduos
(aumento populacional demasiado). E assim, os indivíduos competem para obter o conjunto de condições e
recursos que lhes permitem sobreviver. “
FONTE: http://www.euquerobiologia.com.br/

A curva que representa o crescimento logístico é chamada de Sigmóide e esboçada no gráfico abaixo cujo eixo
vertical, x, representa a população num determinado instante t.

Com relação ao modelo de crescimento populacional logístico, julgue as afirmações ao lado.

I. A interseção do sigmoide com o eixo X acima, representa o número da população no início do estudo.

II. Ao passar do tempo, para valores arbitrariamente grandes de t, a população tende a se estabilizar, o que
pode ser representado matematicamente por

lim # = 2,
.→01

em que = 2 é a assíntota horizontal do sigmoide.

III. Se o crescimento fosse exponencial em todo o domínio de tempo, uma conclusão desse estudo seria que
a população cresceria indefinidamente ao longo do tempo, já que lim . = +∞.
.→01

São verdadeiras apenas:

a) I b) II c) III d) I e II e) I, II e III

9
Gabaritos

1.
a) 4 5 = 6∗ e 85 = 60
b) Não é função
c) Não é função
d) 4 5 = [−3, −1[ ∪ [0,3[ e 85 = [0,3[

2.
a)
j)

f)
b)
k)

g)
c)
l)

h)
d)
m)

i)
e)
n)

10
o)

3.
a) b)

4.
a) d) g)

b) e) h)

c) f) i)

11
5.
a) i. lim f (x) = 1 lim g (x) = 2 lim h(x) = 1
x →1− x →1− x →1−

lim f (x) = 2 lim g (x) = 2 lim h(x) = 2


x →1+ x →1+ x →1+
ii. 1 = 2, 1 = 1 e ℎ 1 = 1.

b) Apenas a função possui limite no ponto 1. Tal limite é igual a 2.

c) Nenhuma das três funções é contínua no ponto 1, pois os limites laterais não coincidem com a imagem da
função no ponto 1.

6.
l i m f (x) = 2 l i m f (x) = 2
x→−1−  x→1−
a) 
l i m+ f (x) = 2 b) 
l i m f (x) = 1
+
x→−1  x → 1

 f (−1) = 3  f (1) = 2

l i m f ( x) = 2 Não existe o limite de f (x ) quando x tende a 1,


x → −1
pois os limites laterais não são iguais.

f não é contínua no ponto -1, pois os limites f não é contínua no ponto 1, pois a função nem
laterais não coincidem com a imagem da função possui limite neste ponto.
no ponto -1.

7.
4 y

1
x

-3 -2 -1 1 2 3 4
-1

lim f(x) = 2 e lim+ f(x) = 4 e f(-2)=4 ⟹ o limite não existe nesse ponto
x→ −2− x→ −2

lim f(x) = lim+ f(x) = 0 e f(0)=0 ⟹ o limite existe nesse ponto e além disso a função é contínua (nesse
x→ −0− x→ −0

ponto)

lim f(x) = lim+ f(x) = 2 , f(1)=1 ⟹ o limite existe nesse ponto mas a função não é contínua (nesse ponto)
x→ −1− x→ −1

8.
a) y
3
lim f ( x ) = 1
2 x → 1−

1
x lim f ( x ) = 2
x → 1+
-2 -1 1 2
-1

12
b) y
2
lim f ( x ) = 1
x → 0−

x
lim f ( x ) = 1
-2 2 x → 0+

c) y
2
lim f ( x ) = 0
x → 1−
1

x
lim f ( x ) = 0
-1 1 2 x → 1+

-1
d)

lim f ( x ) = 2 = lim f ( x )
x → −1− x → −1+

lim f ( x ) = 0 = lim f ( x )
x → 1− x → 1+

e) y

2 lim f ( x ) = 2
x → 1−

x
lim f ( x ) = 1
x → 1+
-4 -3 -2 -1 1 2 3

f)
lim f ( x ) = 0
x → 0−

lim f ( x ) = −∞
x → 0+

9.
a 2
y
b 2 y c
) ) 1 )
1

x
x
-3 -2 -1 1 2
-3 -2 -1 1 2 3

-1

13
a) lim f ( x) = 1 , lim f ( x) = 1 , lim f ( x ) = 1 e f(0) = 2 (f é descontínua em x = 0)
x → 0− x → 0+ x→ 0

b) lim f ( x) = 0 , lim f ( x) = +∞ , não existe lim f ( x ) e f(0) = 2 (f é descontínua em x = 0)


x → 0− x → 0+ x→ 0

c) lim f ( x ) = e , lim+ f ( x) = −∞ , não existe lim f ( x) e f(0) = e (f é descontínua em x = 0)


x → 0− x→ 0 x→ 0

10. = = −4 e > = 3.

11.
a) 5 = − e qualquer b) 5 = − e =4
? ?

12.
a) = = −1 b) = = e > = −1

13.
a) f) 32 o) s) 32
?
k) 0

b) 4 g)
@ p)
B t)
@
l) A

c) 3 h)
A B q) 12 u)
d) 3
m)
@
r) D
i) E

n) 8
e) 12
j) 2
14.
a) lim f (x) = 2 b) lim f (x) = 3 c) lim f (x) = −2
x→−∞ x→−∞ x→−∞

lim f (x) = 2 lim f (x) = 3 lim f (x) = 3


x→+∞ x→+∞ x→+∞

15.
a) 2 e) 0 i)

j) 3
b) f)
@

c) 0 g) 0 k) 1

d) −2 h) √2 l)

16.
a) −∞ e) +∞
h) −∞
b) +∞ f) Não existe
i) Não existe
c) Não existe g) +∞

d) −∞

14
17.
a) – ∞
e) O limite não existe: o lateral à esquerda é + ∞ e
b) + ∞ à direita é - ∞

c) Os limites laterais não coincidem, logo, o limite f) O limite não existe: o lateral à esquerda é – ∞ e
não existe: o lateral à esquerda é – ∞ e à direita é à direita é + ∞
+∞
g) + ∞
d) O limite não existe: o lateral à esquerda é - ∞ e
à direita é + ∞ h) – ∞
18. d)
19. c)

20. d)
21. e)

15