Você está na página 1de 5

Dosha Vata

Continuando nosso tão importante assunto da alimentação, resolvi selecionar algo prático... uma
receita básica para acalmar os ânimos de Vata. Pessoas muito agitadas, com excesso de
atividades, pensamentos, desejos, sonhos... tudo feito ao mesmo tempo e quase que na
velocidade da luz.
Agora, com o inverno chegando, os cuidados para equilibrar o corpo e mantê-lo aquecido e nutrido
devem ser redobrados.
Mas isso não significa que deve-se ingerir mais chocolates, pães e bolos, significa sim, ingerir
alimentos mais calóricos mas saudáveis como inhame, batata-doce, frutas oleaginosas, tâmaras,
leite de castanhas, etc...
Apesar da estação mais fria "pedir" alimentos e refeições mais pesadas, o jantar deve continuar
sendo a refeição mais leve do dia, já que neste horário o metabolismo está mais lento e a
digestão não ocorre com tanta facilidade.
Uma sopa bem nutritiva e quente é o ideal para esta refeição.
Segue então uma receita que adoro, uma saborosa Sopa de Inhame com especiarias, para
esquentar o corpo e estimular nosso fogo digestivo nesta estação fria.
Ingredientes:
1 Colher de sopa de ghee
1 Cebola roxa média cortada em cubos
500g de inhame descascado e cortado em cubos.
1 Colher de chá de sal
1 Pedaço médio de canela de pau
1 Cravo da índia
½ Colher de chá de pimenta do reino
½ Colher de chá de açafrão da terra
1 Colher de chá de páprica picante
Modo de preparo:
Em uma panela esquente o ghee, coloque a cebola e refogue até ficar dourada. Adicione a
pimenta, o cravo, a canela, o açafrão, a páprica picante e o sal mexendo bem para não queimar.
Coloque o inhame e cubra com água. Reduza o fogo e deixe cozinhar até o inhame estar bem
macio.
Retire a canela e leve ao liquidificador ou processador e bata até formar um purê bem
consistente. (tenha cuidado pois o líquido estará quente).
E sirva em seguida...
Bom apetite...

Uma dieta para Vata balanceada, por exemplo inclui alimentos que tendem a criar mais
estabilidade, solidez e constância na fisiologia irriquieta de uma pessoa vata. Ou seja, a
orientação aqui é aumentar kapha.

Geralmente o que se faz é orientar-se de forma a


que a corrente funcional ou dosha predominante na constituição de uma pessoa não se
exarcebe e entre em desequilíbrio. Pois como já sabemos a corrente funcional ou dosha
predominante em uma constituição é a corrente funcional que a pessoa tende a desequilibrar
com facilidade. Assim uma pessoa vata deve alimentar-se de forma a não aumentar mais ainda
o vata.

A alimentação pode ajudar – e muito!- a manter a pessoa no melhor estado psico-fisiológico


sem entrar em desequilíbrios típicos da corrente funcional ou dosha predominante em sua
constituição.

Orientação alimentar para Vata


1. Prefira alimentos quentes, pesados e oleosos. Isto é, alimentos com caldos, molhos
preparados com óleos vegetais de boa qualidade. Exemplo: Um strognoff ou uma muqueca de
peixe caudalosa adequadamente temperada ou um cozido. Uma sobremesa de exemplo: Arroz
doce ou creme de abacate.

2. Coma grandes quantidades de comida, porém não mais do que você possa digerir
facilmente. A pessoa vata é leve, estilo borboleta, pode ser magra mesmo e perde peso fácil.
Deve se alimentar com grandes quantidades de comida na hora da refeição principal para que
se sinta mais pesada o que cria logo mais estabilidade e constância nas atividades físicas e
mentais. Coma sentado, com calma e em paz.

3. Todos os óleos reduzem Vata: Alimentos preparados com bastante azeite de oliva, óleos de
gergelim, azeite de dendê, óleo e leite de côco, por exemplo criam o peso necessário para vata
ficar mais estável, constante, perseverante e forte!
4. Prefira alimentos doces, azedos e salgados.

5. Reduza ao mínimo alimentos frios, secos e leves. Alimentos frios tendem a manter a pessoa
de constituição física vata muito “distantes”, soltas e isso aumenta a tendência a ser irrequieta.
Alimentos noturnos quentinhos, antes de dormir, pacificam a mente e o corpo.

6. Grãos. Arroz, trigo, aveia. As massas de trigo branco ou integral em alimentos doces ou
salgados são muito pacificadoras para vata. Bolos, pães variados, muitos com freqüência e
todas as massas são muito recomendáveis. Massa de farinhas de milho também. Angus e
polentas.
7. Feijões: Em excesso podem criar gases, típico agravamento de vata. No entanto, vata fica
muito satisfeito com os feijões pois são alimentos caudalosos e pesados. Coma sempre vários
tipos de feijões. E seus caldinhos respectivos!!!.

8. Sopas caudalosas feitas com bons óleos vegetais e temperos que pacificam vata.

Caldo verde, canja de galinha, sopa de legumes, sopa de feijões, sopa de ervilhas, sopa de
raízes.

9. Vegetais. Todas as raízes. Batatas, batata baroa, batata doce, aipins (cozido em vez de frito),
cará, inhame, beterrabas, cenouras. Eles devem ser consumidos cozidos, não crus. Os vegetais
a seguir são aceitáveis em quantidades moderadas se estiverem cozidos, especialmente com
ghee ou óleo e em temperos que reduzem Vata: ervilhas, vegetais com folhas verdes, brócolis,
couve-flor, aipo, abobrinha.

10. Frutas. Prefira frutas doces, suculentas, azedas ou pesadas, como laranjas, bananas,
abacates, melões, ameixas, abacaxis, mangas e mamões. Açaí, côco, jacas e carambolas bem
doces são ótimas também. Amoras, pêssegos, uvas escuras e bem doces! Reduza frutas secas
ou leves, como maçãs, pêras, romãs e frutas desidratadas.

11. Laticínios. Os laticínios pacificam vata. Sempre ferva o leite antes de bebê-lo e beba-o
quente. Não beba leite durante as refeições.
12. Todas as nozes, amêndoas, avelãs e amendoins são boas.

13. Adoçantes. Todos os doces são bons (com moderação) para pacificar vata. Doce de leite,
goiabada, doce de abóbora, cocadas, cuscuz de tapioca, bolo de aipim, bolo de fubá, bolos em
geral. Doces com açúcar mascavo e com rapadura ou melado são muito aconselháveis.

14. Carne e peixe (para os não-vegetarianos). Galinha, peru e frutos do mar são adequados.
15. Temperos. Cardamomo, cominho, gengibre, canela, sal, cravo, semente de mostarda e
pequenas quantidades de pimenta preta são aceitáveis.
ATENÇÃO: Estas são diretrizes muito básicas. Evidentemente muitos outros alimentos
entram na alimentação de uma pessoa vata.

ALIMENTOS PARA O DESEQUILÍBRIO DE VATA


ALIMENTOS QUE DEVEM SER PRIORIZADOS
FRUTAS: laranja, banana, pera, pêssego, ameixa, limão morango, abacaxi, manga, figo, mamão,
abacate.
VEGETAIS: batata, tomate, berinjela, ervilha, batata doce, cenoura, cebola cozida, abóbora,
alcachofra, agrião, rabanete.
CEREAIS & FEIJÕES: aveia, arroz integral, trigo integral, tofu (queijo de soja ).
SEMENTES e OLEAGINOSAS: côco, semente de girassol, semente de abóbora, semente de
gergelim, castanha, avelã, amêndoa, nozes.
LATICíNIOS: queijo, leite desnatado, yogurt, manteiga, ghee (manteiga clarificada)
ALIMENTOS DE ORIGEM ANIMAL: frango, peru, peixes, frutos do mar
ÓLEOS: óleo de coco, óleo de mostarda, azeite de oliva, ghee (manteiga clarificada), óleo de
gergelim
ADOÇANTES: frutose, mel, melado, açúcar mascavo, rapadura
CONDIMENTOS: hortelã, pimenta do reino (moderadamente), gengibre, coentro, cominho, cravo,
canela, feno grego, alho, cardamomo, assafétida, erva doce, noz moscada e mostarda.
ALIMENTOS QUE DEVEM SER REDUZIDOS OU EVITADOS
FRUTAS: maçã, melão e frutas secas
VEGETAIS: couve-flor, pepino, aspargo, espinafre, aipo, cogumelo, alface, brócolis, brotos
CEREIAIS & FEIJÕES: milho, trigo sarraceno, painço, granola, feijões, lentilha, ervilha
SEMENTES & OLEAGINOSAS: nenhuma
LATICíNIOS: nata
ALIMENTOS DE ORIGEM ANIMAL: carne de vaca, porco
ÓLEOS: óleo de milho, óleo de soja, margarina
ADOÇANTES: açúcar branco
CONDIMENTOS: nenhum

Dosha Vata
VATA-(Éter-Ar)
Maciez, leveza, sutileza, secura, delicadeza, aspereza, instabilidade, mobilidade, fluxo livre...
Psicologicamente, os indivíduos Vata são instáveis, sempre alertas e rápidos a agir e a tomar
decisões, porém, muitas vezes são bem indecisos. Aborrecem-se facilmente, possuem grande
imaginação e algum receio da escuridão e de espaços fechados. Adoram mudanças e ação
constante. Vivem no “mundo da lua”. Geralmente são artistas, pessoas criativas, músicos e bons
professores.
Fisicamente, possuem um corpo leve e flexível, mais altos ou mais baixos, a maioria são pessoas
magras com dificuldade de ganhar peso, pele ressecada, musculatura não desenvolvida,
longelineas, veias proeminentes, olhos ressequidos e pequenos, cabelos e couro cabeludo secos,
podendo ter caspa e calvície. Sono leve e tendências à insônia, sonhos agitados e pesadelos. Apetite
e sede irregulares, têm muitas vezes problemas digestivos com fezes ressequidas em pouca
quantidade e má assimilação dos nutrientes. Não gostam nada que seja agressivo.
Para equilibrar Vata devem:
- comer refeições regulares, de acordo com as estações do ano.
- manter-se hidratados, com muita água com gotas de limão ou laranja, ou pitadas de sal e chás de
ervas no intervalo das refeições.
- ter o corpo bem nutrido com cremes ou óleos próprios para odosha e receber massagens
regularmente.
- desfrutar de um bom banho quente, sobretudo no Outono e no fim da tarde.

É muito importante estabelecer rotinas, e fazer pausas no dia a dia, para momentos de
centramento, Yoga e respiração lenta e profunda.
Em equilíbrio, os indivíduos Vata precisam de um trabalho em que possam dar asas à sua
criatividade e que alimentem a sua alma. Por exemplo, relações públicas, publicidade, literatura, o
mundo da moda ou da música. Nos tempos livres, devem escolher artes ou jardinagem,
passatempos bem relaxantes.
Yoga e meditação são as práticas indicadas, especialmente ao fim da tarde. Em tempo de férias, um
mantra bem feliz para Vata é -sol, mar e um bom sono. É bom evitarem preencher todo o seu
tempo com atividades.

Dieta para equilibrar (reduzir) Vata