Você está na página 1de 8

MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA, COMÉRCIO EXTERIOR E SERVIÇOS

INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL

Manual de Marcas do INPI


2ª Edição
1ª Revisão

10 Outros serviços

Instituído pela Resolução INPI/PR nº 177/2017


Versão Julho de 2017
Manual de Marcas - 2ª edição, 1ª revisão (07/2017)
1

Sumário
10 Outros serviços ................................................................................................................................................... 2
10.1 Consultas ........................................................................................................................................................ 2
10.1.1 Consulta à Comissão de Classificação de Produtos e Serviços ............................................................... 2
10.1.2 Consulta à Comissão de Classificação de Elementos Figurativos ........................................................... 2
10.2 Certidões......................................................................................................................................................... 3
10.2.1 Certidão de atos relativos ao processo .................................................................................................. 3
10.2.2 Certidão de busca ................................................................................................................................... 3
10.3 Retificação de dados bibliográficos ................................................................................................................ 4
10.3.1 Retificação de dados por falha do usuário ............................................................................................. 5
10.3.2 Retificação de dados por falha do INPI................................................................................................... 5
10.4 Cópia de documentos ..................................................................................................................................... 5
10.4.1 Cópia oficial ............................................................................................................................................ 5
10.4.2 Solicitação de fotocópia/digitalização de documentos .......................................................................... 6
10.5 Busca de marcas ............................................................................................................................................. 6
Manual de Marcas - 2ª edição, 1ª revisão (07/2017)
2

10 Outros serviços

10.1 Consultas
10.1.1 Consulta à Comissão de Classificação de Produtos e Serviços
Cada pedido de registro de marca deve conter uma especificação de produtos e serviços em conformidade com a
edição vigente da Classificação Internacional de Produtos e Serviços de NICE (Resolução nº 89/2013).

As tabelas relativas à classificação de produtos e serviços de Nice e suas listas auxiliares, embora não sejam
exaustivas, são relativamente extensas. Portanto, é provável que o usuário encontre, nas listas de classificação, um
exemplo do produto ou serviço que a marca pleiteada visa assinalar. As listas encontram-se disponíveis no portal
do INPI.

Contudo, caso não seja encontrado o produto ou serviço desejado após pesquisa às listas de classificação, o usuário
pode, por meio de pagamento de retribuição específica e preenchimento de formulário correspondente,
apresentar uma consulta à Comissão de Classificação de Produtos e Serviços (CCPS) da Diretoria de Marcas,
Desenhos Industriais e Indicações Geográficas, a fim de se certificar sobre a classe na qual estariam alocados os
produtos ou serviços requeridos.

Após a análise da consulta, a Comissão de Classificação de Produtos e Serviços (CCPS) emite resposta que deve ser
publicada na RPI. A resposta só poderá ser visualizada pelo próprio titular ou por seu procurador, mediante acesso
com login e senha aos serviços e-INPI (módulo de busca na base de Marcas). Para tanto, o usuário deverá efetuar
uma busca pelo número do protocolo do serviço ou pela Guia de Recolhimento da União (GRU) utilizada para o
pagamento do mesmo.

Como solicitar o serviço

Serviço Consulta à Comissão de Classificação de Produtos e Serviços

Código 357
Informações 3.7.12 Petições relativas às Comissões de Classificação
adicionais Tabela de Retribuições

10.1.2 Consulta à Comissão de Classificação de Elementos Figurativos


De acordo com a Resolução nº 89/2013, os pedidos de registro de marca figurativa, mista ou tridimensional devem
conter no mínimo 1 (um) e no máximo 5 (cinco) códigos de elementos figurativos em conformidade com a edição
da Classificação Internacional de Viena vigente no Brasil à época do depósito.

Caso o usuário encontre dificuldades em classificar o elemento figurativo de sua marca figurativa, mista ou
tridimensional de acordo com a Classificação de Viena (CFE 4), disponível no portal do instituto, ele pode solicitar
ao INPI que informe a classificação mais adequada.

Para isso, é necessário protocolar petição de Consulta à Comissão de Classificação de Elementos Figurativos, na
qual deverá ser anexado o elemento figurativo que o usuário deseja classificar.
Manual de Marcas - 2ª edição, 1ª revisão (07/2017)
3

A resposta à consulta só poderá ser visualizada pelo próprio titular ou por seu procurador, mediante acesso
com login e senha aos serviços e-INPI (módulo de busca na base de Marcas). Para tanto, o usuário deverá efetuar
uma busca pelo número do protocolo do serviço ou pela Guia de Recolhimento da União (GRU) utilizada para o
pagamento do mesmo.

Como solicitar o serviço

Serviço Consulta à Comissão de Classificação de Elementos Figurativos

Código 358
Informações 3.7.12 Petições relativas às Comissões de Classificação
adicionais Tabela de Retribuições

10.2 Certidões
10.2.1 Certidão de atos relativos ao processo
A certidão de atos relativos ao processo é um documento oficial emitido pelo INPI, no qual é apresentado o
histórico de decisões no processo.

A certidão pode ser solicitada a qualquer momento, mediante pagamento da respectiva retribuição, sendo
dispensado o preenchimento de formulário. Seu protocolo se dá no ato do pagamento da Guia de Recolhimento da
União (GRU), conforme instruções encontradas na seção 3.9 Serviços dispensados de formulário.

As certidões de atos relativos ao processo poderão ser obtidas somente pelo solicitante do serviço, mediante
acesso com login e senha aos serviços e-INPI (módulo de busca na base de Marcas). Para tanto, o usuário deverá
efetuar uma busca pelo número do protocolo do serviço ou pela Guia de Recolhimento da União (GRU) utilizada
para o pagamento do mesmo.

O histórico de decisões no processo também pode ser consultado a qualquer momento, de forma gratuita, no
portal do INPI, na pesquisa na base de marcas.

Como solicitar o serviço

Serviço Certidão de atos relativos ao processo

Código 350
Informações 3.9 Serviços dispensados de formulário
adicionais Tabela de Retribuições

10.2.2 Certidão de busca


É possível solicitar certidão de busca efetuada em duas modalidades: por classe dos produtos ou dos serviços ou
por titular específico.

a) Certidão de busca por classe de produtos ou serviços: embora o INPI ofereça a modalidade gratuita de
busca em seu portal, é possível solicitar uma certidão oficial de busca emitida pelo órgão. Tal serviço é
Manual de Marcas - 2ª edição, 1ª revisão (07/2017)
4

pago e deve ser requerido por meio de petição específica (Certidão de Busca de Marcas por Classe),
sob o código de serviço 377, da Tabela de Retribuições, que se encontra disponível no site do Instituto.

A certidão de busca por classe de produtos ou serviços tem por objetivo demonstrar, a partir da marca
informada pelo requerente da certidão, o conjunto de marcas iguais ou semelhantes que já se
encontram publicadas ou registradas no INPI dentro da classe informada até a data do requerimento
de busca.
A realização da busca, seja a gratuita ou a paga, é fundamental para que o requerente do pedido tenha
conhecimento sobre marcas já existentes que podem ser consideradas potencialmente impeditivas ao
futuro registro da marca desejada.
b) Certidão de busca por titular: a certidão de busca por titular tem por objetivo apresentar um relatório
de todas as marcas constantes no banco de dados do INPI em nome do titular informado na solicitação
de busca.

Embora o INPI também ofereça uma modalidade gratuita de busca em seu portal, é possível solicitar
uma certidão oficial de busca emitida pelo órgão. Tal serviço é pago e deve ser requerido por meio da
petição específica (Certidão de Busca de Marca por Titular), sob o código de serviço 347 da Tabela de
Retribuições, que se encontra disponível no site do Instituto..
Instruções para o protocolo de pedido de certidão de busca em papel podem ser obtidas na seção 3.6.4
Serviços objetos de petições própria. O usuário que optar pelo peticionamento eletrônico encontra
informações adicionais nas seções 3.7.11 Petições relativas a certidões de busca e cópia oficial e 3.5.3
Observações específicas para o formulário eletrônico de petição.
As certidões de busca emitidas pela Diretoria de Marcas, Desenhos Industriais e Indicações Geográficas só poderão
ser obtidas pelo próprio titular ou por seu procurador, mediante acesso com login e senha aos serviços e-INPI
(módulo de busca na base de Marcas). Para tanto, o usuário deverá efetuar uma busca pelo número do protocolo
do serviço ou pela Guia de Recolhimento da União (GRU) utilizada para o pagamento do mesmo. O aviso sobre a
emissão da certidão é publicado na RPI.

Como solicitar o serviço

Serviço Certidão de busca de marca por classe de produto ou serviço

Código 377

Serviço Certidão de busca de marca por titular

Código 347
3.7.11 Petições relativas a certidões de busca e cópia oficial
3.6.4 Serviços objetos de petições própria (protocolo em papel)
3.7.11 Petições relativas a certidões de busca e cópia oficial (protocolo
Informações
eletrônico)
adicionais
3.5.3 Observações específicas para o formulário eletrônico de petição
(protocolo eletrônico)
Tabela de Retribuições

10.3 Retificação de dados bibliográficos


O usuário pode requerer a retificação de dados incorretos seja por falha do próprio usuário ou do INPI.
Manual de Marcas - 2ª edição, 1ª revisão (07/2017)
5

10.3.1 Retificação de dados por falha do usuário


Caso tenha cometido erro de preenchimento no formulário que tenha resultado na publicação de dados incorretos,
o usuário deverá apresentar uma petição denominada Correção de dados no processo devido à falha do
interessado, sob o código 378, da Tabela de Retribuições. Esta petição não é isenta de pagamento.

Será publicada na RPI, para conhecimento do usuário, nota quanto ao atendimento ou ao não acolhimento do
requerido na petição.

Como solicitar o serviço

Serviço Correção de dados no processo devido à falha do interessado

Código 378
Informações 3.7.6 Petições relativas a correções e retificações
adicionais Tabela de Retribuições

10.3.2 Retificação de dados por falha do INPI


Em caso de falha ou inconsistência na publicação de seu pedido ou registro na RPI, o usuário poderá apresentar
uma petição de Retificação de dados por falha do INPI, sob o código 366, da Tabela de Retribuições.

Esta petição é isenta de pagamento e deve ser utilizada somente nos casos em que a falha for, de fato, do INPI.

Será publicada na RPI, para conhecimento do usuário, nota quanto ao atendimento ou ao não acolhimento do
requerido na petição.

Como solicitar o serviço

Serviço Retificação por erro de publicação na Revista da Propriedade Industrial (RPI)

Código 366
Informações 3.7.6 Petições relativas a correções e retificações
adicionais Tabela de Retribuições

10.4 Cópia de documentos


10.4.1 Cópia oficial
Qualquer interessado pode requerer a cópia oficial de um pedido ou registro de marca, por meio de retribuição e
apresentação de petição específica sob o código 352, da Tabela de Retribuições.

Como solicitar o serviço

Serviço Cópia oficial

Código 352
Informações
3.7.11 Petições relativas a certidões de busca e cópia oficial
adicionais
Tabela de Retribuições
Manual de Marcas - 2ª edição, 1ª revisão (07/2017)
6

10.4.2 Solicitação de fotocópia/digitalização de documentos


Qualquer interessado pode solicitar cópias de pedidos e petições de marca, por meio de petição específica, objeto
dos códigos de serviços nºs 825 (cópia autenticada) e 824 (cópias simples), conforme descrito na Tabela de
Retribuições.

Quando a solicitação de cópias se referir a requerimento em papel, será verificado se o documento em questão
encontra-se digitalizado. Caso não esteja, o mesmo será encaminhado para a digitalização.

As cópias poderão ser obtidas pelo interessado somente mediante acesso com login e senha aos serviços e-INPI
(módulo de busca na base de Marcas). Para tanto, o usuário deverá efetuar uma busca pelo número do protocolo
do serviço ou pela Guia de Recolhimento da União (GRU) utilizada para o pagamento do mesmo.

Caso o pedido ou petição a ser digitalizado tenha mais do que 4 (quatro) páginas, será informado ao usuário,
também mediante consulta ao módulo de buscas na base de Marcas, o valor adicional a ser pago. O documento só
será disponibilizado para consulta após a confirmação do pagamento da complementação da retribuição
correspondente.

Como solicitar o serviço

Serviço Cópia reprográfica simples - Marca

Código 824

Serviço Cópia reprográfica autenticada - Marca

Código 825
3.7.13 Petições relativas a outras unidades do INPI
Informações
3.6.4 Serviços objetos de petições própria (protocolo em papel)
adicionais
Tabela de Retribuições

10.5 Busca de marcas


Busca gratuita pelo portal do INPI
O INPI dispõe de um banco de dados eletrônico, com informações sobre pedidos e registros de marca, que pode
ser acessado através do portal do instituto na internet para buscas gratuitas feitas pelo próprio usuário.
Orientações adicionais sobre como proceder nessa modalidade de busca podem ser obtidas na seção 3.11.2
Pesquisa na base de Marcas.

Visualização de documentos eletrônicos ou digitalizados


Manual de Marcas - 2ª edição, 1ª revisão (07/2017)
7

Ao optar por informar o login e senha de acesso aos serviços e-INPI durante a busca, o usuário poderá visualizar
petições e documentos eletrônicos ou digitalizados protocolados junto aos pedidos e registros, conforme descrito
no item 3.11.2 Pesquisa na base de Marcas.

Busca prévia requerida ao INPI


Existe ainda serviço de busca paga, fornecido oficialmente pelo INPI, que pode ser requerido através de petição
com o código de serviço 377 (Certidão de busca de marca por classe de produto ou serviço).

Como solicitar o serviço

Serviço Certidão de busca de marca por classe de produto ou serviço

Código 377

Informações 3.7.11 Petições relativas a certidões de busca e cópia oficial


adicionais Tabela de Retribuições