Você está na página 1de 2

PESQUISA CIENTÍFICA

INTRODUÇÃO

A pesquisa pretende mostrar a importância de reconhecer e estudar o bullying, fenômeno esse que causa tantos transtornos
psicológicos, pois vemos que em pleno século XXI o preconceito ainda cresce de forma assustadora, deixando marcas de horrores e
violência em muitos indivíduos.
O bullying é um assunto a ser tratado com muito cuidado e jamais pode ser descartado ou ignorado, pois muitos se referem a esse
fenômeno como uma brincadeira, mas no decorrer da leitura, você leitor verá que o bullying é uma brincadeira que não tem graça,
e uma criança ao ser agredida vai passar a desenvolver intensos transtornos psicológicos. Desse modo, é que nos como educadores
e pais temos que ficar atentos, e saber reconhecer quando uma criança esta sendo perseguida e agredida.
Muitas pessoas afirmam ter sido vitimas desse tipo de violência que vem mascarado na forma de brincadeira. Esse comportamento
há tempos atrás era considerado como um ato inofensivo, atualmente é confirmado que pode acarretar sérias consequências no
desenvolvimento psicológico dos indivíduos, gerando desde queda na autoestima, ate casos mais extremos, como o suicídio e
outras tragédias.
O bullying é um dos temas, mas discutidos mundialmente no âmbito escolar, já que na grande maioria as perseguições parte dos
estudantes que não conseguem entender as diferenças e desigualdade que existe no mundo social, e estão sempre em busca de
diversões, mesmo sabendo que isso não se trata de uma brincadeira inofensiva, mas sim um ato de covardia que vai deixar marcar
na vida de sua vitima como uma cicatriz.
O bullying ocorre por vários fatores, mas, na maioria dos casos, o que predomina é o ambiente familiar, se uma criança vive num
clima de desrespeito, ela pode passar de vítima, em casa a agressora, na escola e oprimir os colegas. Isso pode resultar em
depressão e dificuldade para relacionar-se, em outros casos o agressor se sente superior a todos e enxergam as suas vitimas como
pessoas anormais, ou seja, fora dos padrões considerados "normais" para a sociedade oprimente.
Por tudo isso, o aprofundamento sobre o tema e a compreensão sobre suas manifestações é de suma importância tanto por pais,
alunos, professores, para a construção de um processo de relações entre os alunos pautados por princípios éticos, tais como
autonomia, solidariedade, amizade, respeito, diálogo, disciplina, cooperação e honestidade.

1- TEMA: Bullying na escola.

2- DELIMITAÇÃO DO TEMA

Reconhecer e estudar o fenômeno causador de transtornos psicológicos no processo de ensino aprendizado, focado nos alunos que
cursam o segundo período de Educação Infantil em uma escola municipal, da cidade de Ariquemes/ RO.

3- FORMULAÇÃO DO PROBLEMA

Qual é a origem e conseqüência dos transtornos psicológicos dos alunos vítimas do bullying e, porque é importante conhecer e
estudar os fenômenos causadores deste mal durante o aprendizado?

4- HIPÓTESES

- Diagnosticar quando uma criança esta sendo agredida;


- Conscientização do mal que o bullying causa as suas vitimas;
- Políticas que poderiam minimizar ou extirpar as consequências do bullying na escola.

5- OBJETIVOS

5.1 Geral
Estudar e analisar os principais motivos que levam o ser humano, ainda em uma idade tão tenra, a prática do bullying.

5.2 Especifico
- Levantar quais são os principais autores que se dedicam ao estudo do fenômeno bullying no Brasil;
- Verificar os conceitos e princípios do bullying na escola;
- Conhecer os principais motivos que levam as crianças a praticarem o bullying.

6- JUSTIFICATIVA
Toda criança ao ser matriculada na escola sente-se acuada, pois esta tendo que conviver com outras pessoas que não pertenciam
ao seu ambiente familiar. Este fato, mesmo que isoladamente, já representa grandes desafios aos alunos ingressantes na vida
escolar, eis que mudam os paradigmas de convivência. No entanto, tudo pode ser agravado quando a criança ainda é vitima de
bullying, desestruturando assim todo o projeto de aprendizagem. Por isso os educadores devem estar atentos quando uma criança
esta sendo atingida por tais fenômenos, assim como também identificar o agressor.
Através de estudos podemos constatar que o bullying é um dos fenômenos que mais atrapalham o desenvolvimento do ensino
aprendizado e na estrutura emocional da criança. Diante destes aspectos, nossa escolha pelo tema, com o objetivo de contribuir
com o estudo do bullying e principalmente diminuir sua incidência no ambiente escolar.

7- METODOLOGIA

O processo de investigação desta pesquisa ocorrerá em dois momentos, primeiramente teremos um procedimento técnico com a
pesquisa bibliográfica, o que faremos através de levantamentos teóricos acerca do fenômeno, em livros, teses, artigos, revistas e na
internet.

O segundo momento será procedido através de pesquisa empírica, que acontecerá em uma escola da rede pública municipal
situada no município de Ariquemes, Estado de Rondônia. A mesma será feita com o intuito de buscar conhecimentos sobre os maus
causados pelo bulling, visando conscientizar nossas crianças dos traumas que o bullying traz para a vida futura social e psicológica
de suas vitimas, com o objetivo de minimizar o índice do bullying.

Sendo assim, a pesquisa será objetivada em dois aspectos, o de observação e entrevistas, o que faremos através da aplicação de
questionários. A observação será procedida como indicam Lüdke; André (1996) de caráter controlado e sistemático, elaborando
um planejamento e uma preparação rigorosa do observador prevendo o que vai se observar e como se dará esta observação, estes
critérios se fazem necessários segundo as autoras porque as observações que cada um de nós faz na nossa vivencia diária são
muito influenciadas pela nossa história pessoal, o que nos levam a privilegiar certos aspectos da realidade e negligenciar outros.

Desta forma, a observação será um instrumento de grande valia na investigação por propiciar um contato pessoal com os
pesquisados, possibilitando, assim a flexibilização do raciocínio ampliando o horizonte das buscas e dos dados.

A aplicação de questionários consiste na coleta de dados, onde se obtém o registro escrito dos entrevistados e constituirão os
dados que tabulados e discutidos à luz dos demais coletados através das observações e das entrevistas, tudo isso confrontados com
as teorias pertinentes que farão parte da pesquisa e do fenômeno investigado.

8 -CRONOGRAMA

Meses / 2011

02/11 Escolha do tema e justificativa.

02/11 Devolver as duplas os passos elaborados nas aulas passadas;

O grupo deverá iniciar a elaboração da delimitação do tem e da formulação do problema.

03/11 Recolher os passos feitos pela dupla;

O grupo devera elaborar o objetivo geral e especifico as hipóteses e justificativas;

04/11 Devolução dos passos elaborados e avaliados nas aulas passadas para a dupla;

A dupla terá 04 semanas para elaborar a metodologia, fundamentação teórica, cronograma e referencia;

05/11 Entrega do projeto devidamente digitado nas normas da BNT;

Sugerir alguma alteração (caso haja) para que fique melhor entendível ao publico;

A partir desta data os grupos deverão estar se reunindo para colocar em pratica o projeto proposto;

Pegar na coordenação do curso ofício de encaminhamento para entregar nas escolas onde o projeto será desenvolvido.