Você está na página 1de 3

1

AULA Nº 9

HERANÇA JACENTE

- Art. 1.819 a 1.823.

- Na falta de herdeiro legítimo e não havendo testamento, a herança


fica jacente.

- Domínio do Município ou ao Distrito Federal.

- A herança jacente deve ser declarada como herança vacante.

- Publicação de 3 editais.

- Depois de 1 ano a herança torna-se vacante, sendo decretada pelo


juiz.

- Uma vez declarada a vacância, não haverá prejuízo para os


herdeiros, com exceção dos colaterais (art. 1822).

- 5 anos depois de aberta a sucessão e estando a herança vacante,


esta vai para o Município.

- Se a vacância for decretada depois dos 5 anos passa-se


automaticamente para o Município.

- O Poder Público não é herdeiro, não lhe sendo, portanto,


reconhecido o direito de saisine.

INDIGNIDADE

- Art. 1.814 a 1.818.

- “A indignidade alcança todos os herdeiros: legítimos, necessários,


facultativos, testamentários e legatários”.1

- É uma PENA CIVIL, onde o legislador assumiu a vontade presumida


do de cujus.

- Os demais herdeiros, sob o argumento da indignidade, podem pedir


a exclusão do indigno da herança.
1
DIAS, Maria Berenice. Manual das sucessões. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2008. p. 282.
2

- PERDÃO: pode ser concedido ao indigno, exclusivamente pelo de


cujus.

- Art. 1814, CC  rol taxativo.

- Art. 1816  efeitos pessoais da pena.

- Legitimidade para pleitear a indignidade  nos casos previsto no


inciso I, do art. 1.814, CC, o Ministério Público poderá demandar a
exclusão do herdeiro (alteração em 2017 – Lei 13.532).

- Prazo prescricional  4 anos contados a partir da abertura da


sucessão (art. 1.815, § 1º, CC).

- Indignidade  Deserção

DESERÇÃO

- Art. 1.961 a 1.965.

- “A deserção é restrita aos herdeiros necessários, e só pode ser


imposta por testamento, com expressa declaração da causa que
motivou o testador a querer priva-lo da herança”. 2

- Motivos  art. 1.814 + 1.962 + 1.963.

- Legitimidade  autor da herança, através do testamento.

- Deve ter sentença judicial excluindo da herança.

- Prazo prescricional  4 anos contados a partir do registro do


testamento (art. 1.965, parágrafo único).

PETIÇÃO DE HERANÇA

- Tem dupla carga de eficácia:

a) Declaratória da qualidade de herdeiro


b) Condenatória à restituição da herança, com seus rendimentos e
acessórios
2
DIAS, Maria Berenice. Op. cit., p. 282.
3

- É a pretensão daquele que está tendo a qualidade de herdeiro


negada, reivindicar a condição de herdeiro.

- A ação é REAL.

- RESERVA DE BENS

- A petição de herança PRESCREVE em 10 anos (art. 205, CC).

- Ausência do herdeiro  art. 22 a 39, CC/2002.