Você está na página 1de 42

PROF.

CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

c) Da justeza e da unidade.
QUESTÕES DE DIREITO
CONSTITUCIONAL d) Da máxima efetividade e da unidade.
Prof. Cristiano Lopes e) Do efeito integrador e da forma normativa.

3. (FCC / PGE-SP – 2009) A nova Constituição


INTRODUÇÃO À CONSTITUIÇÃO: Conceito, revoga as normas da Constituição anterior com ela
classificação, princípios fundamentais. incompatíveis e as que digam respeito a matéria
por ela inteiramente regulada (normas
1. (FCC / DPE-SP – 2006) O termo "Constituição" materialmente constitucionais). Quanto às demais
comporta uma série de significados e sentidos. normas inseridas na Constituição pretérita
Assinale a alternativa que associa corretamente (normas apenas formalmente constitucionais,
frase, autor e sentido. compatíveis com a nova Constituição), entende-se
que continuam a vigorar, porém em nível
a) Todos os países possuem, possuíram sempre, em todos os ordinário, dando ensejo ao fenômeno:
momentos da sua história uma constituição real e efetiva.
Carl Schmitt. Sentido político. a) da recepção.
b) Constituição significa, essencialmente, decisão política b) da desconstitucionalização.
fundamental, ou seja, concreta decisão de conjunto sobre o c) da supremacia da Constituição.
modo e a forma de existência política. Ferdinand Lassale.
Sentido político. d) da mutação constitucional.
c) Constituição é a norma fundamental hipotética e lei e) das normas apenas materialmente constitucionais.
nacional no seu mais alto grau na forma de documento
solene e que somente pode ser alterada observando-se certas
prescrições especiais. Jean Jacques Rousseau. Sentido lógico- 4. (FCC/TRF 3a Região – 2014) À atividade judicial
jurídico. de evitar a anulação da lei em razão de normas
dúbias nela contidas, desde que, naturalmente,
d) A verdadeira Constituição de um país somente tem por haja a possibilidade de compatibilizá-las com a
base os fatores reais do poder que naquele país vigem e as Constituição Federal, dá-se o nome de:
constituições escritas não têm valor nem são duráveis a não
ser que exprimam fielmente os fatores do poder que a) interpretação autêntica da Constituição.
imperam na realidade. Ferdinand Lassale. Sentido
b) controle concentrado de constitucionalidade.
sociológico.
c) interpretação conforme a Constituição.
e) Todas as constituições pretendem, implícita ou
explicitamente, conformar globalmente o político. Há uma d) interpretação analógica da Constituição.
intenção atuante e conformadora do direito constitucional
e) integração constitucional por via de controle difuso e
que vincula o legislador. Jorge Miranda. Sentido dirigente.
interpretação literal.

2. (FCC / TRE-AC - 2010) Sobre a interpretação das


5. (FCC / TRE-PE – 2011) No tocante à
normas constitucionais, analise:
interpretação das normas constitucionais, o
I. O órgão encarregado de interpretar a Principio da Força Normativa da Constituição
Constituição não pode chegar a um resultado que determina que:
subverta ou perturbe o esquema organizatório-
a) a interpretação constitucional deve ser realizada de
funcional estabelecido pelo legislador constituinte.
maneira a evitar contradições entre suas normas.
II. O texto de uma Constituição deve ser
b) entre as interpretações possíveis, deve ser adotada aquela
interpretado de forma a evitar contradições
que garanta maior eficácia, aplicabilidade e permanência
(antinomias) entre suas normas, e sobretudo, entre
das normas constitucionais.
os princípios constitucionais estabelecidos.
c) os órgãos encarregados da interpretação da norma
Os referidos princípios, conforme doutrina
constitucional não poderão chegar a uma posição que
dominante, são denominados, respectivamente,
subverta o esquema organizatório funcional
como:
constitucionalmente já́ estabelecido.
a) Da força normativa e da justeza.
d) na solução dos problemas jurídicos constitucionais, deverá
b) Do efeito integrador e da harmonização. ser dada

1
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

maior primazia aos critérios favorecedores da integração d) Formal, escrita, promulgada e flexível.
política e social.
e) Material, escrita, outorgada e semirrígida.
e) a coordenação e combinação dos bens jurídicos em
conflito seja destinada a evitar o sacrifício total de uns em
relação aos outros. 9. (FCC / TRT 23a Região – 2004) Tendo em vista a
classificação das constituições considere:
I. A Constituição formada por um plebiscito
6. (FCC / ARCE – 2006) Dispunha a Constituição
popular sobre um projeto elaborado por uma Junta
brasileira de 1824, em seu artigo 178: "É só́
Governativa ou por um Ditador.
Constitucional o que diz respeito aos limites e
atribuições respectivas dos Poderes Políticos e aos II. A Constituição como sendo o peculiar modo de
Direitos Políticos e individuais dos Cidadãos. Tudo existir do Estado, reduzido, sob forma escrita, a
o que não é Constitucional pode ser alterado sem um documento solenemente estabelecido pelo
as formalidades referidas [em procedimento poder constituinte e somente modificável por
descrito nos artigos 174 a 177 da Constituição], processos especiais e normas de conduta especiais
pelas Legislaturas ordinárias." [grafia atualizada]. nela própria estabelecidos.
O dispositivo acima transcrito evidencia que a
Constituição do Império, quanto à estabilidade de Essas afirmações, dizem constituições:
suas normas, era: a) Cesarista e formal.
a) Outorgada, ao passo que a Constituição brasileira de b) Outorgada e material.
1988 é democrática.
c) Rígida e flexível.
b) Semirrígida, ao passo que a Constituição brasileira de
1988 é rígida. d) Rígida e semirrígida.

c) Histórica, ao passo que a Constituição brasileira de 1988 é e) Não escrita e escrita


dogmática.
d) Sintética, ao passo que a Constituição brasileira de 1988 é 10. (FCC / Auditor Tributário – Jaboatão dos
analítica. Guararapes – 2006) Considerados os critérios de
e) Flexível, ao passo que a Constituição brasileira de 1988 é classificação das Constituições segundo sua
super-rígida. estabilidade e extensão, a Constituição brasileira
vigente é:
a) Semirrígida e histórica.
7. (FCC / OAB-SP – 2005) A Constituição da
República Federativa do Brasil de 1988 pode ser b) Rígida e analítica.
considerada: c) Flexível e sintética.
a) Rígida, por ser seu processo de alteração mais dificultoso d) Dogmática e outorgada.
que o de elaboração das demais espécies normativas, e
formal, por constar de documento escrito solenemente e) Imutável e promulgada.
aprovado pelo Poder Constituinte.
b) Rígida, por ser imutável, e outorgada, por ter sido 11. (FCC / TRE-MG – 2005) Tendo em vista a
elaborada com a participação popular. classificação das constituições, pode-se dizer que a
c) Flexível, por ser passível de alteração, e formal, por prever Constituição da República Federativa do Brasil
forma específica para a sua modificação. vigente é considerada escrita e legal, assim como:

d) Flexível, por ser passível de alteração, e outorgada, por ter a) Super-rígida, popular, histórica, sintética e semântica.
sido elaborada sem a participação popular. b) Rígida, promulgada, dogmática, analítica e formal.
c) Semirrígida, democrática, dogmática, sintética e
8. (FCC / MPU – 2007) Conforme a doutrina pactuada.
dominante, a Constituição da República Federativa d) Flexível, outorgada, dogmática, analítica e nominalista.
do Brasil de 1988 é classificada como:
e) Flexível, promulgada, histórica, analítica e formal.
a) Formal, escrita, outorgada e rígida.
b) Formal, escrita, promulgada e rígida.
12. (FCC / TRT 7a Região – 2009) A Constituição
c) Material, escrita, promulgada e imutável. que prevê̂ somente os princípios e as normas gerais

2
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

de regência do Estado, organizando-o e limitando a) contida.


seu poder, por meio da estipulação de direitos e
b) plena.
garantias fundamentais é classificada como:
c) limitada.
a) Pactuada.
d) programática.
b) Analítica.
e) exaurida.
c) Dirigente.
d) Dualista.
16. (FCC: TRE-SP / Técnico Judiciário) O
e) Sintética.
mecanismo pelo qual os Ministros do Supremo
Tribunal Federal são nomeados pelo Presidente da
República, após aprovação da escolha pelo Senado
13. (FCC / TRT 16a Região – 2009) A doutrina
Federal, decorre do princípio constitucional da
constitucional tem classificado a nossa atual
Constituição Federal (1988) como escrita, legal, a) separação de poderes.
a) Formal, pragmática, outorgada, semirrígida e sintética. b) soberania.
b) Material, pragmática, promulgada, flexível e sintética. c) cidadania.
c) Formal, dogmática, promulgada, rígida e analítica. d) inafastabilidade do Poder Judiciário.
d) Substancial, pragmática, promulgada, semirrígida e e) solução pacífica dos conflitos.
analítica.
e) Material, dogmática, outorgada, rígida e sintética.
17. ( FCC: TRE-PR/ Técnico Judiciário) A Carta
Africana dos Direitos do Homem e dos Povos,
assinada por Estados do continente africano em
14. (FCC: PGE-BA /Analista de Procuradoria –
1981, enuncia, em seu artigo 20, que todo povo tem
2013) Em relação à República Federativa do Brasil,
um direito imprescritível e inalienável, pelo qual
considere:
determina livremente seu estatuto político e
I. A dignidade da pessoa humana é um dos seus garante seu desenvolvimento econômico e social
fundamentos. pelo caminho que livremente escolheu.
II. A promoção do bem de todos - sem preconceitos Na Constituição da República Federativa do Brasil,
de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer o teor de referido enunciado encontra equivalência
outras formas de discriminação - constitui um de no princípio de regência das relações
seus objetivos fundamentais. internacionais de
III. O repúdio ao racismo deverá reger as suas a) repúdio ao terrorismo e ao racismo.
relações internacionais.
b) construção de uma sociedade livre, justa e solidária.
IV. A igualdade de todos perante a lei é um dos
c) erradicação da pobreza e da marginalização.
seus princípios sociais.
d) autodeterminação dos povos.
Está correto o que se afirma APENAS em
e) concessão de asilo político.
a) I, III e IV.
b) I, II e IV.
18. (FCC: TRT - 24ª REGIÃO (MS) / Técnico
c) I, II e III.
Judiciário) Nos termos da Constituição Federal de
d) II, III e IV. 1988, constitui um dos objetivos fundamentais da
República Federativa do Brasil
e) I e II.
a) construir uma sociedade igualitária.
b) garantir o desenvolvimento econômico.
15. (FCC: TRT - 18ª Região (GO) / Técnico
Judiciário – 2013) Considere o artigo 37, VII, da c) reduzir as desigualdades sociais e regionais.
Constituição Federal de 1988: O direito de greve
d) promover a defesa da paz.
será exercido nos termos e nos limites definidos
em lei específica. e) garantir a dignidade da pessoa humana.
Trata-se de norma de eficácia:

3
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

19. ( FCC: TRE-CE / Analista Judiciário) Dentre os segundo a Constituição brasileira, em relação aos
princípios pelos quais a República Federativa do seguintes direitos:
Brasil rege-se nas suas relações internacionais
a) liberdade de reunião em locais públicos e liberdade de
encontram-se a
trabalho, ofício ou profissão.
a) intervenção armada desde que avalisada pela ONU e a
b) liberdade de associação e liberdade de trabalho, ofício ou
cooperação entre os povos para o progresso da humanidade.
profissão.
b) autodeterminação dos povos e o desenvolvimento
c) liberdade de iniciativa econômica e liberdade de expressão
nacional.
da atividade intelectual, artística, científica e de
c) proteção das minorias culturais e o repúdio ao terrorismo comunicação.
e ao racismo.
d) liberdade de iniciativa econômica e liberdade de
d) independência nacional e a vedação à concessão de asilo associação.
político.
e) liberdade de reunião em locais públicos e liberdade de
e) prevalência dos direitos humanos e a igualdade entre expressão da atividade intelectual, artística, científica e de
Estados. comunicação.

20. (FCC: TRT - 2ª REGIÃO (SP) / Técnico 2. (FCC/TRT, 2015) A garantia constitucional do
Judiciário) Um dos princípios fundamentais que direito de propriedade impede que
regem a República Federativa do Brasil é a
a) a expropriação de propriedade rural onde for localizada
a) promoção do bem de todos, sem preconceitos de cultura ilegal de plantas psicotrópicas recaia sobre toda a
quaisquer naturezas. extensão da área, quando o cultivo ilegal detectado
encontre-se em fração diminuta do imóvel, em razão de
b) redução das desigualdades sociais e regionais.
configurar medida confiscatória.
c) garantia do desenvolvimento nacional.
b) lei federal determine o recolhimento ao Tesouro Nacional
d) construção de uma sociedade livre, justa e solidária. dos saldos bancários que, no prazo legal, remanesceram não
reclamados pelos titulares de contas bancárias que não
e) cidadania, sendo gratuitos os atos necessários ao seu realizaram tempestivamente seu recadastramento perante as
exercício. respectivas instituições financeiras.
c) Emenda Constitucional estabeleça o índice oficial de
GABARITO remuneração da caderneta de poupança como mecanismo
de atualização monetária dos débitos fazendários inscritos
1–D 2–C 3–B 4–C 5–B 6–A 7–A 8–B 9–A 10 – B em precatórios, pois configura medida incapaz de preservar
o valor real do crédito.
11 – B 12 – E 13 – C 14 – C 15 – C 16 – A 17 – D 18 – C 19 – E 20 – E
d) lei federal, em razão de configurar medida confiscatória,
determine a transferência de depósitos judiciais de valores
referentes a tributos federais para a conta única do Tesouro
Nacional, ainda que instituída cláusula de restituição
automática ao depositante, após o encerramento da lide, do
valor depositado acrescido de juros, no caso de sentença que
DIREITOS E DEVERES INDIVIDUAIS lhe seja favorável.
ECOLETIVOS e) a expropriação de propriedade rural onde for localizada
cultura ilegal de plantas psicotrópicas seja efetivada sem
pagamento de indenização ao proprietário, em razão de
configurar medida confiscatória.
1. (FCC/TJ – PE, 2015) Em relação aos direitos e
garantias individuais, revela-se de extrema 3. (FCC/TRF, 2012) Um indivíduo formula
importância a problemática atinente aos regimes requerimento, por mensagem eletrônica, a órgão
de tratamento das liberdades. Entre eles, destaca- integrante da Administração pública federal, para
se o regime preventivo mediante autorização obtenção de informações sobre atos de governo que
prévia. Nessa modalidade, o exercício do direito de especifica. Considerada a disciplina da matéria na
liberdade fica submetido, em virtude de previsão Constituição da República, o requerimento em
legal, à condição de haver prévio consentimento questão
por parte da autoridade administrativa
competente. A instituição de tal regime é vedada, a) não poderá ser atendido, na medida em que a
Constituição somente reconhece aos indivíduos o direito de

4
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

obter dos órgãos públicos informações que sejam de seu IV. A sucessão de bens de estrangeiros situados no País será
interesse particular. regulada pela lei brasileira em benefício do cônjuge ou dos
filhos brasileiros, sempre que não lhes seja mais favorável a
b) poderá ser atendido, independentemente do tipo de
lei pessoal do de cujus.
informação que seja requerida, uma vez que a Constituição
reconhece a todos o direito de receber dos órgãos públicos De acordo com a Constituição Federal de 1988, está correto
informações de interesse coletivo ou geral, a serem prestadas o que se afirma APENAS em
no prazo da lei, sob pena de responsabilidade.
a) I, II e IV.
c) poderá ser atendido, caso não se trate de informações cujo
b) I e III.
sigilo seja imprescindível à segurança da sociedade e do
Estado, conforme ressalva expressa na Constituição, c) I e IV.
relativamente ao direito de receber informações de órgãos
d) II, III e IV.
públicos.
d) poderá ser atendido, inclusive na hipótese de as e) III e IV.
informações requeridas afetarem a intimidade ou a vida
privada de terceiros, uma vez que, em se tratando de
informação de interesse público, este prevalece sobre 6. (FCC/MPE/2008) Sobre os direitos individuais e
eventuais direitos individuais. coletivos é correto afirmar:

e) não poderá ser atendido, uma vez que a Constituição a) Qualquer pessoa é parte legítima para propor ação
exige, para obtenção de informações sobre atos de governo, popular que vise a anular ato lesivo ao patrimônio público
que o requerimento seja formulado por meio idôneo, assim ou de concessionários de serviços públicos, respondendo o
considerados os previstos em lei. autor pelo ônus da sucumbência.
b) Aos autores de inventos industriais a lei assegurará
privilégio, porém apenas temporário para sua utilização,
4. (FCC/TRT/2014) No que diz respeito aos assim como proteção aos nomes de empresas e a outros
direitos e garantias fundamentais do sistema signos distintivos, tendo em vista o interesse social.
jurídico brasileiro, é
c) As entidades associativas com tempo de funcionamento
a) permitida a dissolução compulsória de associações, após inferior a dois anos não tem legitimidade para representar
trâmite do devido processo legal administrativo. seus filiados judicial ou extrajudicialmente.
b) livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, d) A lei considera crimes inafiançáveis e insuscetíveis de
independentemente de exigências profissionais previstas em indulto a prática de crime hediondo, por eles respondendo
lei. os executores, com exclusão dos, que podendo evitá-los, se
c) ampla e irrestrita a liberdade de associação para fins lícitos omitirem.
em todo território nacional, inclusive no caso de sindicatos e e) A lei não poderá restringir a publicidade dos atos
partidos políticos. processuais, salvo no único caso da defesa da intimidade o
d) permitida a reunião pacífica em locais públicos, mediante exigir.
prévia autorização das autoridades competentes.
e) garantida a liberdade de associação para fins lícitos 7. (FCC/TRF/2009) Dentre os direitos e deveres
porém, ninguém é obrigado a associar-se ou a permanecer individuais e coletivos previstos na Constituição Federal, é
associado. correto afirmar que
a) haverá juízo ou tribunal de exceção.
5. (FCC/AL/2010) Considere as seguintes b) ninguém poderá ser compelido a associar-se ou a
assertivas sobre os direitos e garantias permanecer associado.
fundamentais:
c) a lei penal somente retroagirá em prejuízo do réu.
I. Constitui crime inafiançável e imprescritível a ação de
grupos armados, civis ou militares, contra a ordem d) não será concedida extradição de estrangeiro, salvo por
constitucional e o Estado Democrático. crime político ou de opinião.

II. As entidades associativas, independentemente de expressa e) é vedada a aplicação de pena de suspensão ou interdição
autorização, têm legitimidade para representar seus filiados de direitos.
judicial ou extrajudicialmente.
III. A criação de cooperativas, na forma da lei, independe de 8. (FCC/TRF/2007) Constitui direito e dever
autorização, mas está sujeita à interferência estatal em seu individual e coletivo previsto na Constituição
funcionamento. brasileira, além de outros, o seguinte:

5
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

a) é crime inafiançável e imprescritível a ação de grupos d) no caso de iminente perigo público, a autoridade civil ou
armados, civis ou militares, contra a ordem constitucional e militar poderá usar de propriedade particular, vedada a
o Estado Democrático. indenização ulterior em caso de dano.
b) é violável a intimidade, a honra e a imagem das pessoas, e) a criação de associações e a de cooperativas na forma da
salvo a sua vida privada. lei, independem de autorização, sendo vedada a
interferência estatal em seu funcionamento.
c) o cidadão poderá ser privado de direitos por motivo de
crença religiosa, ainda que a invocar para eximir-se de
obrigação legal.
11. (FCC/BACEN/2006) No que tange aos direitos e
d) é limitada a liberdade de associação, permitida a de garantias individuais, a Constituição Federal
caráter paramilitar, nos termos da lei.
a) apresenta um rol não taxativo, tendo em vista, sobretudo,
e) todo trabalhador será compelido a associar-se e a o regime e os princípios por ela adotados e os compromissos
permanecer associado a sindicato de sua categoria decorrentes de tratados internacionais.
profissional.
b) dota as normas definidoras desses direitos e garantias de
aplicabilidade diferida e eficácia contida.
9. (FCC/TRT/2007) No que concerne aos direitos e c) proíbe as penas infamantes e degradantes, vedando
deveres individuais e coletivos, nos termos completamente o banimento, a prisão perpétua e a pena de
preconizados pela Constituição Federal de 1988 é morte.
correto afirmar:
d) inclui o direito à moradia, ao lazer, à previdência social, à
a) A organização sindical, legalmente constituída e em educação e ao meio ambiente, por se tratarem de direitos
funcionamento há pelo menos 6 meses poderá impetrar que só podem ser gozados individualmente.
mandado de segurança coletivo, em defesa dos interesses de
e) equipara o direito de petição e o direito de certidão, já que
seus membros ou associados.
ambos são oponíveis aos Poderes Públicos, condicionando-
b) O Brasil se submete à jurisdição de Tribunal Penal os ao pagamento das taxas respectivas.
Internacional a cuja criação tenha manifestado adesão.
c) O preso não tem direito à identificação dos responsáveis
12. (FCC/TCE/2005) Por motivo de convicção
por sua prisão ou por seu interrogatório policial, se for
política, ao completar dezoito anos, Ernesto
salutar para a manutenção da segurança.
recusa-se a realizar seu alistamento eleitoral,
d) Qualquer cidadão é parte legítima para propor ação assim como a cumprir qualquer prestação
popular que vise a anular ato lesivo ao patrimônio público, alternativa que se lhe queira exigir, ainda que
ficando o autor, salvo comprovada má-fé, isento de custas prevista em lei. Nessa hipótese, a atitude de
judiciais, mas deverá suportar em qualquer hipótese o ônus Ernesto é
da sucumbência.
a) incompatível com a Constituição, pois ninguém pode
e) Ninguém será privado de direitos por motivo de crença eximir-se de cumprir obrigação legal a todos imposta.
religiosa ou de convicção filosófica ou política, ainda que as
b) albergada pela Constituição, que prevê possibilidade de
invoque para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e
objeção de consciência nesses exatos termos.
recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei.
c) passível de punição mediante imposição de pena restritiva
de liberdade, por se configurar atentado contra a soberania
10. (FCC/TRE/2007) A Constituição Federal, no do Estado brasileiro.
capítulo dos direitos e deveres individuais e
d) causa para suspensão de seus direitos políticos, em função
coletivos, estabelece que
da recusa de cumprimento de prestação alternativa prevista
a) não será concedida extradição por crime comum, salvo em lei.
por crime político ou de opinião.
e) parcialmente compatível com a Constituição, pois esta
b) é assegurado o direito de agravo, proporcional ao de permite recusa a cumprimento de prestação alternativa, mas
resposta, vedada a indenização por dano material ou à não da obrigação principal.
imagem, salvo em caso de dano moral.
c) as entidades associativas, ainda que não expressamente
13. (FCC/TRE/2005) O direito do autor sobre suas
autorizadas, têm legitimidade para representar seus filiados
obras é
judicialmente, desde que em funcionamento há mais de
cinco anos. a) eterno, transmitindo-se indefinidamente aos herdeiros.
b) transmissível aos herdeiros pelo tempo que a lei fixar.

6
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

c) personalíssimo, não se transmitindo aos herdeiros. d) A liberdade de informação jornalística deve ser ampla e
irrestrita e prevalece sobre a proteção da intimidade e da
d) pessoal e, por essa razão, ele só é transmissível durante a
honra, que se torna um verdadeiro limite ao acesso à
vida do autor.
informação.
e) transmissível aos herdeiros apenas quando essa vontade
e) É vedada toda e qualquer censura de natureza política,
constar de testamento.
ideológica e artística, sendo livre a informação, que não
poderá sofrer restrições de qualquer natureza.
14. (FCC/TRE/2003) Edilson é responsável
exclusivo por um banco de dados, contendo
16. (FCC/MPE-RN/2010) Sobre direitos e deveres
relevantes informações confidenciais. Ocorre que
individuais e coletivos, é correto afirmar:
está sendo feita uma investigação criminal contra
Edilson tendo por objeto as referidas informações. a) Os direitos e garantias expressos na Constituição são
Nesse caso, taxativos, excluindo outros decorrentes dos princípios
constitucionais.
a) é possível a quebra do sigilo do registro de dados por
ordem judicial, desde que sejam respeitados certos b) Será admitida ação pública nos crimes de ação privada, se
parâmetros e as liberdades públicas estejam sendo utilizadas esta não for intentada no prazo legal.
como instrumento de salvaguarda de práticas ilícitas.
c) A prisão ilegal por autoridade policial será imediatamente
b) não será possível violar o sigilo de dados visto que essa revogada pelo Ministério Público.
liberdade individual, sendo absoluta, está sob o crivo do
d) As normas definidoras de direitos e garantias
Judiciário ou da Comissão Parlamentar de Inquérito.
fundamentais têm aplicação imediata.
c) os dados contemplados pela Constituição Federal se
e) Todos podem ser compelidos a associar-se e permanecer
referem tão somente ao sigilo bancário e fiscal, motivo pelo
associados.
qual não está protegida pelo sigilo qualquer outra espécie de
dados.
d) o Ministério Público é o órgão competente para quebrar o 17. (FCC/SEFAZ/2010) Tendo em vista os direitos
sigilo de dados, uma vez que, estando no comando da e garantias fundamentais previstos da Constituição
investigação criminal, decidirá a respeito da denúncia ou do Federal vigente, é certo que o direito
arquivamento do processo.
a) à informação dos órgãos públicos é absoluto em razão da
e) o Delegado de Polícia que presidir o inquérito policial transparência exigida pelo interesse coletivo
estará legitimado a quebrar o sigilo de dados, porém deverá
b) de amplo acesso ao judiciário é excepcionado com o
comunicá-la dentro de 24 horas ao Juiz e ao Secretário de
Segurança Pública. exaurimento da via administrativa, quando for matéria de
lides esportivas e habeas data.
c) de petição, ainda que de natureza eminentemente
15. (FCC/PGM/2010) Determinada publicação de democrática, necessita sempre de assistência advocatícia.
âmbito nacional expôs aspectos da vida íntima de
um artista, o qual ingressou com uma ação d) de certidão, para ser conferido, exige do administrado a
indenizatória por danos materiais, morais e de demonstração da finalidade específica do pedido.
imagem contra o veículo de comunicação, tendo e) ao juízo natural, por sua natureza, alcança os juízes,
por objeto as consequências negativas do teor da Tribunais e o Tribunal de Contas, mas não os demais
reportagem em sua vida pessoal e profissional. A julgadores, como o Senado Federal.
lide envolve o conflito entre a liberdade de
imprensa, o direito de acesso à informação e a
proteção da intimidade. Neste contexto, é correto 18. (FCC/TRT/2011) Sobre os direitos e deveres
afirmar: individuais e coletivos, conforme disposto na Constituição
Federal, é INCORRETO afirmar que
a) A publicação deve respeitar os valores éticos e sociais da
família, sendo assegurado o direito de resposta, proporcional a) são a todos assegurados, independentemente do
ao agravo e indenização a danos morais, exclusivamente. pagamento de taxas, o direito de petição aos Poderes
Públicos em defesa de direitos ou contra ilegalidade ou
b) O anonimato é garantido de forma ampla com o fim de
abuso de poder e a obtenção de certidões em repartições
assegurar a livre manifestação do pensamento.
públicas, para defesa de direitos e esclarecimento de
c) Há o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da situações de interesse pessoal.
indenização por dano material, moral ou à imagem, fato que
b) todos têm direito a receber dos órgãos públicos
deverá ser sopesado pelo juiz na análise do caso concreto.
informações de seu interesse particular, ou de interesse
coletivo ou geral, que serão prestadas no prazo da lei, sob
7
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

pena de responsabilidade, ressalvadas aquelas cujo sigilo seja e) aos brasileiros, natos ou naturalizados.
imprescindível à segurança da sociedade e do Estado.
c) a lei assegurará aos autores de inventos industriais
21. (FCC/DPE/2010) De acordo com a Constituição
privilégio temporário para sua utilização, bem como
Federal, em relação ao direito de propriedade e a
proteção às criações industriais, à propriedade das marcas,
desapropriação, é correto afirmar que a
aos nomes de empresas e a outros signos distintivos, tendo
desapropriação
em vista o interesse social e o desenvolvimento tecnológico e
econômico do País. a) somente poderá se dar no caso de propriedade rural que
desatenda sua função social.
d) a sucessão de bens de estrangeiros situados no País será
regulada pela lei brasileira em benefício do cônjuge ou dos b) decorrente do descumprimento da função social dispensa
filhos brasileiros, sempre que não lhes seja mais favorável a o pagamento de indenização justa e prévia.
lei pessoal do de cujus.
c) por utilidade pública somente pode ser implementada
e) é assegurado, nos termos da Resolução do Presidente da mediante justa e prévia indenização em dinheiro.
República, o direito de fiscalização do aproveitamento
econômico das obras que criarem ou de que participarem d) por interesse social dispensa o requisito da prévia
aos criadores, aos intérpretes e às respectivas representações indenização, porque se presta a fazer cumprir a função
sindicais e associativas. social da propriedade.
e) de imóvel urbano onde resida o proprietário é
inconstitucional, em razão da inviolabilidade do domicílio.
19. (FCC/TRT/2011) A administração do acesso
aos arquivos encontra, na legislação brasileira,
preceitos por vezes conflitantes. Ao mesmo tempo 22. (FCC/TRT/2009) No que diz respeito à
em que assegura a todos o direito de receber dos liberdade de reunião, é certo que
órgãos públicos informações de seu interesse
particular ou de interesse coletivo, a Constituição a) o instrumento jurídico adequado para a tutela da
liberdade de reunião, caso ocorra lesão ou ameaça de lesão,
a) faculta apenas aos militares a prerrogativa de obter ocasionada por ilegalidade ou arbitrariedade, é o habeas
certidões em repartições públicas para esclarecimento de corpus.
situações que lhes digam respeito.
b) essa liberdade, desde que atendendo aos requisitos de
b) estabelece sistema de taxas e emolumentos para que, no praxe, não está sujeita a qualquer suspensão por conta de
exercício do habeas data, as pessoas conheçam as circunstâncias excepcionais como no estado de defesa.
informações que sobre si constam nos bancos de dados
governamentais. c) o prévio aviso à autoridade para realizar uma reunião
limita-se, tão-somente, a impedir que se frustre outra
c) reserva aos parlamentares a condição de propor ações que reunião anteriormente convocada para o mesmo local.
objetivem anular toda e qualquer medida lesiva ao
patrimônio arquivístico do Estado. d) na hipótese de algum dos manifestantes, isoladamente,
estiver portando arma de fogo, o fato não autoriza a
d) transfere para instituições não governamentais, mediante dissolução da reunião pelo Poder Público.
contratos de gestão, a incumbência de administrar os
arquivos federais, estaduais e municipais, administrando sua e) a autoridade pública dispõe de competência e
consulta. discricionariedade para decidir pela conveniência, ou não,
da realização da reunião.
e) afirma serem invioláveis a intimidade, a vida privada, a
honra e a imagem das pessoas, protegendo as informações
que possam prejudicá-las. 23. (FCC/MPE/2009) Dentre outros, a Constituição
Federal estabelece como direito e dever individual
e coletivo que
20. (FCC/TRF/2010) A inviolabilidade do direito à
vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à a) a prática do racismo constitui crime afiançável e
propriedade são garantias previstas na prescritível, sujeito à pena de detenção, nos termos da lei.
Constituição Federal b) a expressão da atividade intelectual, científica e de
a) aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País. comunicação depende, em qualquer hipótese, de censura ou
licença da autoridade competente.
b) aos brasileiros, não estendidas às pessoas jurídicas.
c) a criação de cooperativas depende de lei específica e o seu
c) aos brasileiros natos, apenas. funcionamento, de autorização do poder executivo estadual.
d) aos brasileiros natos e aos estrangeiros com residência fixa
no País.

8
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

d) as entidades associativas, quando expressamente a) Em nenhuma hipótese, a Constituição da República


autorizadas, têm legitimidade para representar seus filiados Federativa do Brasil vigente autoriza a pena de morte.
judicial ou extrajudicialmente.
b) São gratuitas as ações de habeas corpus, habeas data,
e) é plena a liberdade de associação, inclusive de caráter mandado de segurança e, na forma da lei, os atos necessários
religioso e paramilitar de segurança. ao exercício da cidadania.
c) A inviolabilidade de domicílio pode ser mitigada para
prestação de socorro, desde que haja consentimento
24. (FCC/TCE/2009) Nos termos da Constituição,
expresso do morador.
admite-se excepcionalmente a entrada na casa de
um indivíduo sem consentimento do morador d) Poderá ser concedida a extradição de estrangeiro pela
prática de crime político ou de opinião.
a) por determinação da autoridade policial, inclusive no
período noturno. e) As associações só poderão ser compulsoriamente
dissolvidas ou ter suas atividades suspensas por decisão
b) por determinação judicial, a qualquer hora.
judicial, exigindo-se, no primeiro caso, o trânsito em
c) em caso de desastre, somente no período diurno. julgado.
d) para prestar socorro, desde que a vítima seja criança ou
adolescente. 28. (FCC/TRT/2004) Maria, às 3 (três) horas da
e) em caso de flagrante delito, sem restrição de horário. madrugada, está sendo espancada por seu marido
no interior de sua residência e grita de dor. Os
vizinhos chamam a polícia. Nesse caso, os policiais
25. (FCC/TRE/2002) Para licitude da escuta
a) não poderão entrar na casa, sem o consentimento dos
telefônica são requisitos que não podem ser
moradores, porque o fato está ocorrendo durante o período
afastados: a ordem judicial
noturno.
a) ou policial, conforme haja, respectivamente, instrução b) não poderão ingressar na casa, porque esta é asilo
processual ou investigação criminal. inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem
b) e finalidade de investigação ou instrução processual de o consentimento dos moradores.
qualquer natureza. c) somente poderão entrar na casa, sem o consentimento dos
c) e finalidade de investigação criminal ou instrução moradores, se previamente autorizados por mandado
processual penal. expedido pelo Delegado de Polícia.
d) ou policial, sempre que eles julgarem necessário em d) poderão penetrar da casa, sem o consentimento dos
despacho fundamentado. moradores, porque se trata de hipótese de flagrante delito.
e) ou do representante do Ministério Público, em qualquer e) somente poderão entrar na casa, sem o consentimento dos
caso de investigação criminal ou instrução processual. moradores, se previamente autorizados por mandado
judicial.

26. (FCC/TRT/2009) Quanto aos Direitos e


Garantias Fundamentais elencados na Constituição 29. (FCC/TRT/2002) Com o objetivo de
Federal, considera-se correto que regulamentar o art. 5º, XVI, da Constituição
Federal, o Governador do Estado expede decreto
a) a prática do racismo constitui crime inafiançável e proibindo a utilização de carros, aparelhos e
prescritível. objetos sonoros em manifestações políticas
b) é vedada a assistência religiosa nas entidades militares de públicas a serem realizadas nas imediações da
internação coletiva. sede do Governo e das Secretarias de Estado. Tal
decreto
c) é assegurado, em qualquer hipótese, o acesso à
informação e a sua fonte. a) insere-se na competência regulamentar do Chefe do
Poder Executivo estadual.
d) será concedida extradição de estrangeiro por crime
político e de opinião. b) está de acordo com a Constituição Federal, porque o
dispositivo em referência não tem eficácia plena,
e) a lei não prejudicará o direito adquirido, o ato jurídico necessitando, pois, de regulamentação para ser aplicado.
perfeito e a coisa julgada.
c) é inconstitucional, porque a liberdade de reunião, para ser
exercitada, dispensa regulamentação por parte do Estado.
27. (FCC/MPU/2007) No que concerne aos direitos d) é constitucional, pois o Governador do Estado pode, sem
e deveres individuais e coletivos, é correto afirmar: correr o risco de ser responsabilizado criminalmente,
9
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

restringir ou cercear reunião pacífica, sem armas, realizada Está correto o que se afirma em
em local aberto ao público, convocada para fim lícito, com
a) I, II e III.
prévio aviso à autoridade competente.
b) I e II, apenas.
e) é inconstitucional, porque a proibição veiculada somente
poderia ter como destinatários os estrangeiros residentes no c) II e III, apenas.
país e não os brasileiros.
d) II, apenas.
e) III, apenas.
30. (FCC/TRF/2001) Observe o seguinte:
I. É plena a liberdade de associação para fins lícitos, vedada
2. (FCC/TRT/2012) Ao instrumento jurídico
a de caráter paramilitar.
destinado a assegurar o conhecimento de
II. Ninguém pode ser compelido a associar-se ou a informações relativas à pessoa do impetrante nos
permanecer associado. registros e bancos de dados de entidades públicas
dá- se o nome de
III. As entidades associativas, quando expressamente
autorizadas, têm legitimidade para representar seus filiados a) habeas data.
judicial ou extrajudicialmente.
b) honoris causa.
IV. A criação de associações e, na forma da lei, a de
cooperativas independem de autorização, sendo vedada a c) data venia.
interferência estatal em seu funcionamento. d) data tópica.
São verdadeiros, no sistema constitucional brasileiro, e) data crônica.
a) somente I e II.
b) somente III e IV. 3. (FCC/TRT/2012) A prática de ato por
c) somente I, II e III. autoridade pública que ofenda direito líquido e
certo, não amparado por habeas corpus ou habeas-
d) somente II, III e IV. data, dá ensejo à utilização de medida judicial
prevista no capítulo de direitos e garantias
e) I, II, III e IV.
individuais da Constituição Federal, qual seja
a) ação popular.
GABARITO b) ação civil pública.
1–E 2–D 3–C 4–E 5–C 6–B 7–B 8–A 9–B 10 – E c) mandado de injunção.
11 – A 12 – D 13 – E 14 – A 15 – C 16 – D 17 – B 18 – E 19 – E 20 – A d) medida cautelar.

21 – C 22 – D 23 – D 24 – E 25 – C 26 – E 27 – E 28 – D 29 – C 30 – E e) mandado de segurança.

4. (FCC/TRF/2012) Considere:
I. O Partido Político A, regularmente constituído, não possui
representação no Congresso Nacional.
REMÉDIOS CONSTITUCIONAIS
II. O Sindicato B, legalmente constituído, está em
funcionamento há dois anos.

1.(FCC/TCE/2012) Considere: III. A Associação C, legalmente constituída, está em


funcionamento há um ano e quinze dias.
I. Ato de autoridade que viole a liberdade de locomoção
pode ser impugnado judicialmente pela via do mandado de IV. A Associação D, legalmente constituída, está em
segurança. funcionamento há dez meses.

II. O habeas data pode ser impetrado para assegurar o De acordo com a Constituição Federal brasileira, possuem
conhecimento de informações relativas à pessoa do legitimidade para impetrar mandado de segurança coletivo
impetrante, constantes de registros ou bancos de dados de APENAS os entes indicados em
entidades governamentais ou de caráter público. a) II e III.
III. A ação popular contra ato lesivo ao patrimônio público b) I, II e III.
pode ser ajuizada por estrangeiro residente no país.

10
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

c) II, III e IV. e) não é o instrumento adequado para a tutela pretendida,


estando, contudo, legitimada a entidade para a propositura
d) III e IV.
de ação popular, em defesa da moralidade administrativa.
e) I e II.

7. (FCC/TRE/2012) Américo tentou obter


5. (FCC/TRE/2012) Na hipótese de um indivíduo conhecimento das informações armazenadas a seu
estar impossibilitado de exercer um direito que lhe respeito no banco de dados da Câmara dos
é assegurado pela Constituição, em função da Deputados, o que lhe foi negado. No caso, segundo
ausência de norma regulamentadora, cuja a Constituição Federal, para conhecer das
elaboração é de competência do Congresso informações, Américo deverá
Nacional, poderá o interessado valer-se de
a) impetrar habeas-data.
a) mandado de segurança, de competência originária do
b) impetrar mandado de segurança.
Supremo Tribunal Federal.
c) propor ação popular.
b) habeas data, de competência originária do Supremo
Tribunal Federal. d) propor ação originária no Supremo Tribunal Federal.
c) habeas data, de competência originária do Superior e) propor ação ordinária no Supremo Tribunal Federal.
Tribunal de Justiça.
d) mandado de injunção, de competência originária do
8. (FCC/TRT/2012) O sindicato dos metalúrgicos
Supremo Tribunal Federal.
de determinada cidade, preocupado com a saúde
e) mandado de injunção, de competência originária do dos trabalhadores sindicalizados, resolveu
Superior Tribunal de Justiça. impetrar mandado de segurança coletivo contra
ilegalidade da autoridade pública municipal, que
determinou a continuidade do trabalho em
6.(FCC/INSS/2012) Uma entidade não determinada indústria da região mesmo havendo
governamental que atua na defesa dos direitos sério risco de contaminação por gases tóxicos. O
necessários ao exercício da cidadania impetrou referido sindicato poderá impetrar o mandado de
habeas data contra diversos Deputados Federais, segurança coletivo em defesa dos interesses de
perante o Supremo Tribunal Federal, objetivando seus membros desde que esteja legalmente
que se determinasse a cada um dos impetrados a constituído e em funcionamento há, pelo menos,
divulgação de lista contendo o nome e o cargo ou
a) um ano.
função pública exercidos por quaisquer parentes
seus até o terceiro grau. A Impetrante sustentou b) dois anos.
que os Impetrados estariam sendo omissos ao não
c) três anos.
exigirem uns dos outros a divulgação desses dados.
Nesse caso, o habeas data d) quatro anos.
a) é o instrumento adequado para a tutela pretendida, assim e) cinco anos.
como o STF é o Tribunal competente para conhecer do
pedido.
9. (FCC/TRT/2012) Eriberto, cidadão que
b) é o instrumento adequado para a tutela pretendida,
habitualmente aprecia a fachada de um prédio
embora o STF não tenha competência para conhecer do
pedido. público antigo, que foi construído ano de 1800,
soube que, apesar de tombado por ser considerado
c) não é o instrumento adequado para a tutela pretendida, patrimônio histórico e cultural, a autoridade
sendo essa hipótese de cabimento de mandado de injunção, pública resolveu demoli-lo ilegalmente para, no
para o qual a entidade em questão estaria legitimada, diante local, edificar um prédio moderno. Eriberto
da existência de pertinência temática com seu objetivo imediatamente procurou a autoridade pública
institucional. suplicando que não o demolisse, mas seus pleitos
d) não é o instrumento adequado para a tutela pretendida, não foram atendidos, então, para anular ato lesivo,
uma vez que, tanto os dados a que permite acesso ou segundo a Constituição Federal, poderá
retificação, como o manejo do instrumento são a) impetrar mandado de segurança individual.
personalíssimos, não se prestando à obtenção de
informações relativas a terceiros. b) impetrar mandado de segurança coletivo, desde que
apoiado por abaixo assinado com, no mínimo, trezentas
assinaturas.

11
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

c) impetrar mandado de segurança coletivo, desde que montante de uma dívida tributária em face do fisco
apoiado por abaixo assinado com, no mínimo, quinhentas estadual para juntar em um processo judicial.
assinaturas. Dirigiu-se à repartição pública competente para
solicitá-la, mas foi informado, por funcionário
d) impetrar mandado de segurança coletivo, desde que
local, de que a repartição estava em reforma e, por
apoiado por abaixo assinado com, no mínimo, setecentas
esse motivo, a certidão só poderia ser expedida em
assinaturas.
um prazo mínimo de dois meses. Em face da
e) propor ação popular. urgência de João, o remédio constitucional
adequado para proteger seus direitos é
a) o habeas data.
10. (FCC/TRE/2011) De acordo com a Constituição
Federal brasileira, conceder-se-á mandado de b) a ação popular.
injunção
c) o mandado de segurança.
a) para proteger direito líquido e certo, não amparado por
d) o mandado de injunção.
habeas-data, quando o responsável pela ilegalidade ou abuso
de poder for autoridade pública. e) a ação civil pública.
b) para assegurar o conhecimento de informações relativas à
pessoa do impetrante, constantes de registros ou bancos de
13. (FCC/TRT/2011) Com o fim de instalar fábrica
dados de entidades governamentais ou de caráter público.
de válvulas para venda no mercado consumidor da
c) para a retificação de dados, quando não se prefira fazê-lo região, a empresa BBBOY licitamente iniciou o
por processo sigiloso, judicial ou administrativo. desmatamento de parte da floresta existente em
sua propriedade munida de prévias autorizações
d) para assegurar o conhecimento de informações relativas à
dos órgãos competentes. Isidoro, cidadão
terceira pessoa, constantes de registros ou bancos de dados
brasileiro, dono da empresa IAIEE que até então
de entidades governamentais ou de caráter público.
era a única fabricante de válvulas na região, ficou
e) sempre que a falta de norma regulamentadora torne temeroso com a futura queda do faturamento da
inviável o exercício dos direitos e liberdades constitucionais e sua empresa quando sua concorrente terminasse
das prerrogativas inerentes à nacionalidade, à soberania e à as instalações da fábrica. Então, Isidoro propôs
cidadania. ação popular visando anular ato lesivo ao meio
ambiente sob a falsa alegação de que as licenças de
desmatamento expedidas pelos agentes
11.(FCC/TRE/2012) O mandado de segurança administrativos teriam sido obtidas pela empresa
coletivo pode ser impetrado BBBOY mediante o pagamento de propina. De
acordo com a Constituição Federal, Isidoro
a) pela da Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal, no
uso de suas atribuições, visando anular ato coator de seus a) é parte legítima para propor ação popular e se,
membros. comprovada a sua má-fé, será condenado ao pagamento das
custas judiciais e dos ônus da sucumbência.
b) pelo Presidente da Câmara dos Deputados e pelo
Presidente da República, nos interesses da sociedade b) deveria ter ingressado com habeas data ao invés de ação
brasileira, visando a revogação de ordem de autoridade popular, que será extinta e ele será condenado nas penas por
coatora que tenha violado a Constituição Federal. litigância de má-fé.
c) pelo Presidente do Senado Federal e pelo Procurador c) é parte ilegítima para propor ação popular e será
Geral da República, no exercício de suas funções, nos condenado ao pagamento das custas processuais e do ônus
interesses da sociedade brasileira, objetivando a revogação da sucumbência independentemente de má-fé.
de ordem de autoridade coatora em geral.
d) é parte ilegítima para propor ação popular e só será
d) por partido político com representação no Congresso condenado ao pagamento das custas processuais e do ônus
Nacional e também por organização sindical, entidade de da sucumbência se provada a sua má-fé.
classe ou associação legalmente constituída e em
e) é parte ilegítima para propor ação popular porque é sócio
funcionamento há pelo menos um ano, em defesa dos
de pessoa jurídica concorrente da empresa BBBOY, sendo
interesses de seus membros ou associados.
manifesto o seu interesse na interrupção do processo de
e) pelos Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais instalação da fábrica.
contra decisões do Tribunal Superior Eleitoral.

14. (FCC/TRE/2012) Segundo a Constituição


12. (FCC/TCE/2011) João necessita, com urgência, Federal, o mandado de segurança coletivo pode ser
de uma certidão pública com informações sobre o impetrado por partido político com representação

12
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

a) no mínimo em dez Municípios localizados num único de seus associados para ajuizamento, independentemente do
Estado. estatuto, exigindo-se que o direito seja próprio da classe.
b) na Câmara de Vereadores do Município onde está c) o partido político com representação no Congresso
localizada sua sede. Nacional, exigindo-se somente a existência de, no mínimo,
um parlamentar filiado, em qualquer das Casas Legislativas.
c) na Assembleia Legislativa do Estado onde está localizada
sua sede. d) a organização sindical legalmente constituída, com no
mínimo cinco meses de funcionamento, e autorização prévia
d) no mínimo com três Assembleias Legislativas de três
e específica dos sindicalizados para ajuizamento,
Estados.
independentemente do estatuto, exigindo-se que o direito
e) no Congresso Nacional. seja próprio da classe.
e) o partido político com representação no Congresso
Nacional de no mínimo de três Assembleias Legislativas das
15. (FCC/TRT/2011) Cassio tomou conhecimento
unidades da Federação, exigindo-se a existência de, no
que a praça pública próxima à sua residência será
mínimo, um senador e um deputado federal e de um
fechada por interesses escusos, posto que no
deputado estadual em cada Assembleia Legislativa.
terreno, cuja propriedade foi transferida
ilegalmente para o particular, será erguido um
complexo de edifícios de alto padrão, que
18. (FCC/AL/2010) Conceder-se-á mandado de
beneficiará o Prefeito Municipal com um
injunção
apartamento. Segundo a Constituição Federal,
visando anular o ato lesivo que teve notícia, Cassio a) para a retificação de dados, quando não se prefira fazê-lo
poderá propor por processo sigiloso, judicial ou administrativo.
a) ação de arguição de descumprimento de preceito b) para assegurar o conhecimento de informações relativas à
fundamental. pessoa do impetrante, constantes de registros ou bancos de
dados de entidades governamentais ou de caráter público.
b) mandado de injunção.
c) sempre que a falta de norma regulamentadora torne
c) mandado de segurança. inviável o exercício dos direitos e liberdades constitucionais e
d) habeas data. das prerrogativas inerentes à nacionalidade, à soberania e à
cidadania.
e) ação popular.
d) para anular ato lesivo ao patrimônio público de entidade
de que o Estado participe, à moralidade administrativa, ao
16. (FCC/TRT/2010) A empresa pública federal Y meio ambiente e ao patrimônio histórico e cultural.
inscreveu os dados de Tício no órgão de proteção e) sempre que alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer
ao crédito governamental, sendo que ele, ao ter violência ou coação em sua liberdade de locomoção, por
acesso às informações no banco de dados, notou ilegalidade ou abuso de poder.
que estavam incorretas. Para retificar as
informações restritivas Tício terá que
a) impetrar mandado de injunção. 19. (FCC/DPE/2010) Dentre os requisitos
constitucionalmente estabelecidos para o
b) impetrar habeas data. cabimento do mandado de segurança inclui-se:
c) impetrar mandado de segurança repressivo. a) ameaça à liberdade de locomoção.
d) impetrar mandado de segurança preventivo. b) ausência de norma regulamentadora de direitos e
e) propor ação popular. liberdades constitucionais.
c) recusa de fornecimento de informações constantes de
bancos de dados do governo relativas ao lesado.
17. (FCC/AL/2010) É legitimado, em substituição
processual, para a propositura do Mandado de d) ato lesivo, desde que, ao meio ambiente e ao patrimônio
Segurança Coletivo, histórico e cultural.
a) a associação legalmente constituída, com no mínimo três e) ofensa a direito líquido e certo do lesado, não amparado
meses de funcionamento e autorização prévia e específica de por habeas corpus ou habeas data.
seus associados para ajuizamento, independentemente do
estatuto, exigindo-se que o direito seja próprio da classe.
20. (FCC/TJ/2009) O decreto ilegal de prisão civil
b) a associação constituída de fato, com no mínimo seis pode ser contestado judicialmente por meio de
meses de funcionamento, e autorização prévia e específica
13
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

a) habeas corpus.
b) mandado de segurança. 24. (FCC/TRT/2009) Rômulo se acha ameaçado de
sofrer coação em sua liberdade de locomoção, por
c) habeas data.
ilegalidade e abuso de poder. A Constituição
d) ação popular. Federal prevê como Direito Individual para
garantir a sua liberdade, o manejo do
e) mandado de injunção.
a) habeas corpus.
b) habeas data.
21. (FCC/TCE/2009) Ato lesivo ao patrimônio
público e ao meio ambiente, praticado por c) mandado de injunção.
entidade integrante da Administração Pública,
d) mandado de segurança.
poderá ser anulado, judicialmente, por meio de
e) agravo de representação.
a) mandado de injunção impetrado por partido político.
b) ação popular proposta por qualquer cidadão.
25. (FCC/TRT/2009) Nos termos da Constituição
c) habeas data impetrado por organização sindical, na defesa
Federal é garantido a aquele que se achar
dos interesses de seus membros.
ameaçado de sofrer coação em sua liberdade de
d) mandado de segurança coletivo impetrado pelo Ministério locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder e a
Público. qualquer cidadão que vise anular ato lesivo ao
patrimônio público, à moralidade, entre outros,
e) habeas corpus impetrado por qualquer indivíduo.
respectivamente, o
a) descumprimento de preceito fundamental e da ação penal
22. (FCC/TCE/2009) Sempre que alguém sofrer ou pública.
se achar ameaçado de sofrer violência ou coação
b) mandado de segurança e da ação civil pública.
em sua liberdade de locomoção, por ilegalidade ou
abuso de poder, será concedido c) habeas corpus e da ação popular.
a) mandado de injunção. d) mandado de injunção e do habeas data.
b) habeas data. e) habeas data e da ação de improbidade.
c) habeas corpus.
d) mandado de segurança. 26. (FCC/TJ/2009) Um cidadão pretende ter
assegurado o conhecimento de informações
e) pedido liminar em ação popular.
relativas à sua pessoa, constantes de registros de
determinada entidade governamental. Para isso, a
Constituição Federal garante a ele a impetração de
23. (FCC/TJ/2009) Conceder-se-á mandado de
injunção a) ação popular.
a) para assegurar o conhecimento de informações relativas à b) habeas corpus
pessoa do impetrante, constantes de registros ou bancos de
c) mandado de segurança.
dados de entidades governamentais ou de caráter público.
d) mandado de injunção.
b) para a retificação de dados, quando não se prefira fazê- lo
por processo sigiloso, judicial ou administrativo. e) habeas data.
c) sempre que alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer
violência ou coação em sua liberdade de locomoção, por
27. (FCC/MPE/2009) O cidadão que pretenda
ilegalidade ou abuso de poder.
questionar ato considerado lesivo à moralidade
d) sempre que a falta de norma regulamentadora torne administrativa, praticado pelo Prefeito do
inviável o exercício dos direitos e liberdades constitucionais e Município em que reside, pleiteando sua anulação,
das prerrogativas inerentes à nacionalidade, à soberania e à
a) poderá ajuizar habeas data, assegurada a gratuidade da
cidadania.
ação, por se tratar de ato considerado necessário ao
e) para proteger direito líquido e certo, quando o res- exercício da cidadania.
ponsável pela ilegalidade ou abuso de poder for autoridade
b) tem legitimidade para propor ação popular, ficando isento
pública ou agente de pessoa jurídica no exercício de
de custas judiciais e ônus da sucumbência, salvo
atribuições do Poder Público.
comprovada má-fé.
14
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

c) deverá representar ao Ministério Público para o b) habeas-data.


ajuizamento de ação civil pública, por faltar-lhe legitimidade
c) mandado de segurança.
para agir diante da ausência de prejuízo pessoal.
d) habeas corpus.
d) poderá valer-se de mandado de segurança coletivo, em
defesa do interesse público subjacente à demanda, desde que e) ação popular.
munido de prova pré-constituída da situação alegada em
juízo.
GABARITO
e) deverá valer-se da Defensoria Pública para a promoção de
representação de inconstitucionalidade do ato perante o 1-D 2-A 3-E 4-A 5-D 6-D 7-A 8-A 9-E 10 - E
Tribunal de Justiça estadual.
11 - D 12 - C 13 - A 14 - E 15 - E 16 - B 17 - A 18 - C 19 - E 20 - A

28. (FCC/TRF/2007) O mandado de segurança 21 - B 22 - C 23 - D 24 - A 25 - C 26 - E 27 - B 28 - C 29 - C 30 - A


coletivo poderá ser impetrado por
a) organização sindical legalmente constituída e em
funcionamento há no mínimo dez meses, em defesa dos
interesses de seus membros.
b) partido político com ou sem representação no Congresso
Nacional. DOS DIREITOS SOCIAIS, NACIONALIDADE E
c) associação legalmente constituída e em funcionamento há DIREITOS POLITICOS
pelo menos um ano, em defesa dos interesses de seus
associados.
d) entidade de classe legalmente constituída e em 1. (FCC/MPE/2013) Considerando o sistema
funcionamento há pelo menos seis meses, em defesa dos constitucional de repartição de competências entre
interesses de seus membros. os entes federativos,

e) um grupo de dez deputados federais e dez senadores, em a) cabe à União autorizar os Estados e os Municípios, por lei
nome do Congresso Nacional complementar, a legislar sobre questões específicas das
matérias inseridas no âmbito de sua competências privativa,
entre as quais se encontra o direito tributário.
29. (FCC/TRF/2007) Conceder-se-á habeas data b) os Estados poderão, mediante lei complementar, instituir
para regiões metropolitanas, aglomerações urbanas e
a) anular ato lesivo à moralidade administrativa, ao meio microrregiões, constituídas por agrupamentos de Municípios
ambiente e ao patrimônio histórico e cultural. limítrofes, para integrar a organização, o planejamento e a
execução de funções públicas de interesse comum.
b) anular ato lesivo ao patrimônio público ou de entidade de
que o Estado participe. c) a delegação de competências materiais da União aos
Estados é admitida, nos termos da Constituição Federal, se
c) assegurar o conhecimento de informações relativas à acompanhada de repasse de recursos federais suficientes
pessoa do impetrante, constante de registros ou bancos de para o desempenho da delegação.
dados de entidades governamentais ou de caráter público.
d) aos Municípios cabe legislar privativamente sobre direito
d) proteção de bens e direitos de valor artístico, estético, urbanístico, competindo-lhes promover o adequado
turístico e paisagístico. ordenamento territorial, mediante planejamento e controle
e) reparar lesões à ordem econômica, urbanística e à do uso, do parcelamento e da ocupação do solo urbano.
economia popular, bem como a qualquer interesse difuso ou e) aos Municípios cabe, como decorrência do fortalecimento
coletivo. de sua autonomia, promover a proteção do patrimônio
histórico-cultural local, independentemente do que dispuser
a legislação e a ação fiscalizadora federal e estadual.
30. (FCC/MPU/2007) Segundo a Constituição da
República Federativa do Brasil, sempre que a falta
de norma regulamentadora torne inviável o 2. (FCC/MPE/2013) Um Município de Sergipe
exercício dos direitos e liberdades constitucionais e descumpriu ordem judicial transitada em julgado
das prerrogativas inerentes à nacionalidade, à emanada de Juiz Federal de primeiro grau, fazendo
soberania e à cidadania, será concedido com que a parte prejudicada pretenda provocar o
a) mandado de injunção. decreto de intervenção, federal ou estadual no
Município, a fim de que a ordem judicial seja
15
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

finalmente cumprida. Nesse caso, à luz do disposto e) produção e consumo.


na Constituição Federal, poderá ser decretada a
intervenção
6. (FCC/MPE/2013) De acordo com a Constituição
a) federal no município, caso a medida seja requisitada ao
Federal, é VEDADO à União explorar os
Presidente da República pelo Superior Tribunal de Justiça.
a) portos marítimos, fluviais e lacustres, que deverão ser
b) estadual no município, caso o Superior Tribunal de
explorados pelos Estados, diretamente ou mediante
Justiça requisite a intervenção ao Governador do Estado.
concessão, nos termos da lei.
c) estadual no município, caso o Supremo Tribunal Federal
b) serviços de gás canalizado, que deverão ser prestados
requisite a intervenção ao Governador do Estado.
pelos Estados diretamente, ou mediante concessão, vedada a
d) federal no município, caso a medida seja requisitada ao edição de medida provisória para sua regulamentação.
Presidente da República pelo Supremo Tribunal Federal.
c) serviços de radiodifusão sonora e de som e de imagens,
e) estadual no município, caso o Tribunal de Justiça do uma vez que a atividade é livre à iniciativa privada.
Estado dê provimento à representação para prover a
d) serviços e instalações de energia elétrica e o
execução da ordem judicial.
aproveitamento energético dos cursos de água, uma vez que
cabe aos Estados prestá-los diretamente ou mediante
concessão.
3. (FCC/TRT/2013) Nos termos preconizados pela
Constituição Federal de 1988, a competência para e) serviços de transporte ferroviário e aquaviário entre portos
legislar sobre desapropriação é : brasileiros e fronteiras nacionais, que deverão ser explorados
diretamente, ou em regime de concessão, pelos Estados,
a) privativa da União, e Emenda Constitucional poderá
ressalvados os serviços que transponham os limites de Estado
autorizar os Estados a legislar sobre questões específicas
ou Território.
sobre desapropriação.
b) comum da União, Estados, Distrito Federal e Municípios.
7.(FCC/MPE/2013) O eventual desmembramento
c) privativa da União, e Lei Complementar poderá autorizar
de um Estado da Federação brasileira do qual
os Estados a legislar sobre questões específicas sobre
resulte a redução de seu território atual e a criação
desapropriação.
de um novo Estado
d) concorrente da União, Estados e Distrito Federal.
a) está sujeito à prévia realização de Estudos de Viabilidade,
e) privativa da União, sendo vedada a edição de qualquer apresentados e publicados na forma da lei, consoante
norma autorizando Estados, Distrito Federal e Municípios a expressa determinação constitucional.
legislar sobre questões específicas sobre desapropriação.
b) é proibido pela Constituição da República, que estabelece
que a República Federativa do Brasil é formada pela união
indissolúvel dos Estados, Municípios e do Distrito Federal.
4. (FCC/PGE/2013) Os Territórios serão
representados no Congresso Nacional por : c) pode ser efetuado por lei estadual, dentro do período
determinado por lei complementar federal, dependendo de
a) oito deputados e três senadores. consulta prévia às populações dos Municípios envolvidos.
b) quatro deputados e três senadores. d) depende de aprovação da população diretamente
c) cinco deputados. interessada, através de plebiscito, e do Congresso Nacional,
por lei complementar.
d) oito deputados.
e) deve ser regulado por lei complementar federal, uma vez
e) quatro deputados. que os Estados integram a União.

5. (FCC/TRT/2013) Nos termos da Constituição 8.(FCC/AL/2013) Em relação à repartição


Federal brasileira, a Lei Complementar poderá constitucional em matéria de competência
autorizar os Estados a legislarem sobre questões legislativa, é correto afirmar:
específicas em matéria de:
a) Os Municípios possuem competência privativa
a) juntas comerciais. taxativamente prevista na Constituição Federal.
b) proteção à infância e juventude. b) Os Estados poderão delegar sua competência privativa
c) direito do trabalho. aos Municípios, desde que seja por lei complementar e se
refira a ponto específico dentro de uma das matérias de sua
d) direito tributário. competência privativa.

16
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

c) A União possui competência privativa taxativamente Trata-se de


prevista pela Constituição Federal.
a) empresa pública.
d) A União poderá delegar sua competência legislativa
b) fundação.
privativa aos Estados e Municípios, desde que seja por lei
complementar e se refira a ponto específico dentro de uma c) autarquia.
das matérias de sua competência privativa.
d) sociedade de economia mista.
e) Os Estados possuem competência privativa taxativamente
prevista na Constituição Federal. e) órgão público.

9. (FCC - TRE-SE - Analista Judiciário - Área


Administrativa, 2007) Compete à União, Estados e 13. (Procurador – PGE-RO – 2011 – FCC) É um
ao Distrito Federal legislar concorrentemente traço comum de todas as entidades da
sobre: Administração Indireta:
a) direito tributário e financeiro. a) serem processadas em juízo privativo do ente político ao
b) trânsito e transporte. qual estão vinculadas.

c) telecomunicações. b) a proibição de acumulação remunerada de cargos,


empregos e funções, ressalvadas as hipóteses
d) informática. constitucionalmente admitidas.
e) serviço postal. c) serem criadas diretamente por lei específica, editada pelo
ente criador.
d) a sujeição de seus servidores ao teto constitucional
10. (FCC - TRE-PB - Técnico Judiciário - Área
estabelecido no art. 37, XI da Constituição Federal.
Administrativa, 2007) Compete à União legislar
privativamente sobre direito (E) a impenhorabilidade de seus bens.
a) econômico.
b) tributário. 14. (FCC/Câmara Municipal de São Paulo –
SP/2014) Segundo a Constituição Federal, os
c) financeiro.
secretários municipais serão remunerados
d) penitenciário. conforme dispuser lei de iniciativa
e) comercial. a) do Prefeito, exclusivamente por subsídio fixado em
parcela única, vedado o acréscimo de qualquer gratificação,
11. (Analista – TRE-TO – 2011 – FCC) Os órgãos
adicional, abono, prêmio, verba de representação ou outra
públicos
espécie remuneratória.
a) confundem-se com as pessoas físicas, porque congregam
b) do Prefeito, podendo prever como parte da remuneração
funções que estas vão exercer.
gratificação por tempo de serviço.
b) são singulares quando constituídos por um único centro
c) da Câmara Municipal, podendo prever como parte da
de atribuições, sem subdivisões internas, como ocorre com
remuneração gratificação por tempo de serviço.
as seções integradas em órgãos maiores.
d) da Câmara Municipal, exclusivamente por subsídio fixado
c) não são parte integrante da estrutura da Administração
em parcela única, vedado o acréscimo de qualquer
Pública.
gratificação, adicional, abono, prêmio, verba de
d) não têm personalidade jurídica própria. representação ou outra espécie remuneratória.
e) são compostos quando constituídos por vários agentes, e) do Prefeito, exclusivamente por subsídio, não podendo ser
sendo exemplo, o Tribunal de Impostos e Taxas. superior à remuneração do Prefeito.
12. (Analista – TRT-23 – 2011 – FCC) Analise as
características abaixo.
15. (FCC/TRE-TO/Analista Judiciário – Área
I. Personalidade jurídica de direito público. Judiciária/2011) Fomentar a produção
agropecuária e organizar o abastecimento
II. Criação por lei. alimentar é competência
III. Capacidade de autoadministração.
a) comum da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos
IV. Especialização dos fins ou atividades. Municípios.
V. Sujeição a controle ou tutela. b) privativa da União.

17
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

c) concorrente da União, dos Estados, do Distrito Federal e e) provimento, pelo Supremo Tribunal Federal, de
dos Municípios. representação do Presidente da República.
d) privativa dos Estados e do Distrito Federal.
e) privativa dos Municípios. 19. (FCC/TRE-RN/TÉCNICO/2011) Os Estados
poderão, para integrar a organização, o
planejamento e a execução de funções públicas de
16. (FCC/TRE-TO/Técnico Judiciário/2011) É interesse comum, instituir, mediante
competência privativa da União
a) lei complementar, apenas aglomerações urbanas,
a) proteger o meio ambiente e combater a poluição em constituídas por agrupamentos de Municípios limítrofes.
qualquer de suas formas.
b) lei complementar, apenas regiões metropolitanas
b) estabelecer e implantar política de educação para a constituídas por agrupamentos de Municípios limítrofes.
segurança do trânsito.
c) lei complementar, regiões metropolitanas, aglomerações
c) legislar sobre direito eleitoral. urbanas e microrregiões, constituídas por agrupamentos de
Municípios limítrofes.
d) legislar sobre direito financeiro.
d) lei ordinária, regiões metropolitanas, aglomerações
e) legislar sobre direito urbanístico.
urbanas e microrregiões, constituídas por agrupamentos de
Municípios limítrofes.
17. (FCC/TRE-RN/Analista Judiciário – Área e) decreto, regiões metropolitanas, aglomerações urbanas e
Judiciária/2011) Considere: microrregiões, constituídas por agrupamentos de Municípios
limítrofes.
I. Direito Civil.
II. Direito Penal.
20. (ESAF/ANALISTA TRIBUTÁRIO/RFB/2009)
III. Organização judiciária da Defensoria Pública Sobre as competências da União, Estados, Distrito
do Distrito Federal. Federal e Municípios, assinale a única opção
IV. Direito Urbanístico. correta.
De acordo com a Constituição Federal brasileira, a) Compete privativamente à União legislar sobre
compete privativamente à União legislar sobre os vencimentos dos membros das polícias civil e militar do
temas indicados APENAS em Distrito Federal.
a) I, III e IV. b) Compete privativamente à União legislar sobre direito
econômico.
b) II, III e IV.
c) Compete à União, aos Estados e ao Distrito Federal
c) I, II e III. legislar concorrentemente sobre trânsito e transporte.
d) I e II. d) Compete ao Município decretar o estado de sítio.
e) II e IV. e) É constitucional a lei ou ato normativo estadual ou
distrital que disponha sobre sistemas de consórcios e sorteios,
inclusive bingos e loterias.
18. (FCC/TRE-RN/Analista Judiciário – Área
Judiciária/2011) A União poderá intervir nos
Estados ou no Distrito Federal para assegurar a GABARITO
observância do princípio constitucional da
autonomia municipal. Neste caso, a decretação da 1–E 2–E 3–C 4–E 5–C 6–B 7–D 8–C 9–A 10 – E
intervenção dependerá de
11 – D 12 – C 13 – B 14 – D 15 – A 16 – C 17 – C 18 – B 19 – C 20 – A
a) solicitação do Poder Legislativo ou do Poder Executivo
coacto ou impedido.
b) provimento, pelo Supremo Tribunal Federal, de
representação do Procurador-Geral da República. ORGANIZAÇÃO DO ESTADO
c) requisição do Supremo Tribunal Federal.
d) provimento, pelo Supremo Tribunal Federal, de
1. (FCC/MPE/2013) Considerando o sistema
representação do Município envolvido.
constitucional de repartição de competências entre
os entes federativos,
18
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

a) cabe à União autorizar os Estados e os Municípios, por lei c) privativa da União, e Lei Complementar poderá autorizar
complementar, a legislar sobre questões específicas das os Estados a legislar sobre questões específicas sobre
matérias inseridas no âmbito de sua competências privativa, desapropriação.
entre as quais se encontra o direito tributário.
d) concorrente da União, Estados e Distrito Federal.
b) os Estados poderão, mediante lei complementar, instituir
e) privativa da União, sendo vedada a edição de qualquer
regiões metropolitanas, aglomerações urbanas e
norma autorizando Estados, Distrito Federal e Municípios a
microrregiões, constituídas por agrupamentos de Municípios
legislar sobre questões específicas sobre desapropriação.
limítrofes, para integrar a organização, o planejamento e a
execução de funções públicas de interesse comum.
c) a delegação de competências materiais da União aos 4. (FCC/PGE/2013) Os Territórios serão
Estados é admitida, nos termos da Constituição Federal, se representados no Congresso Nacional por :
acompanhada de repasse de recursos federais suficientes
para o desempenho da delegação. a) oito deputados e três senadores.

d) aos Municípios cabe legislar privativamente sobre direito b) quatro deputados e três senadores.
urbanístico, competindo-lhes promover o adequado c) cinco deputados.
ordenamento territorial, mediante planejamento e controle
do uso, do parcelamento e da ocupação do solo urbano. d) oito deputados.

e) aos Municípios cabe, como decorrência do fortalecimento e) quatro deputados.


de sua autonomia, promover a proteção do patrimônio
histórico-cultural local, independentemente do que dispuser
a legislação e a ação fiscalizadora federal e estadual. 5. (FCC/TRT/2013) Nos termos da Constituição
Federal brasileira, a Lei Complementar poderá
autorizar os Estados a legislarem sobre questões
2. (FCC/MPE/2013) Um Município de Sergipe específicas em matéria de:
descumpriu ordem judicial transitada em julgado a) juntas comerciais.
emanada de Juiz Federal de primeiro grau, fazendo
com que a parte prejudicada pretenda provocar o b) proteção à infância e juventude.
decreto de intervenção, federal ou estadual no c) direito do trabalho.
Município, a fim de que a ordem judicial seja
finalmente cumprida. Nesse caso, à luz do disposto d) direito tributário.
na Constituição Federal, poderá ser decretada a e) produção e consumo.
intervenção
a) federal no município, caso a medida seja requisitada ao
Presidente da República pelo Superior Tribunal de Justiça. 6. (FCC/MPE/2013) De acordo com a Constituição
Federal, é VEDADO à União explorar os
b) estadual no município, caso o Superior Tribunal de
Justiça requisite a intervenção ao Governador do Estado. a) portos marítimos, fluviais e lacustres, que deverão ser
explorados pelos Estados, diretamente ou mediante
c) estadual no município, caso o Supremo Tribunal Federal concessão, nos termos da lei.
requisite a intervenção ao Governador do Estado.
b) serviços de gás canalizado, que deverão ser prestados
d) federal no município, caso a medida seja requisitada ao pelos Estados diretamente, ou mediante concessão, vedada a
Presidente da República pelo Supremo Tribunal Federal. edição de medida provisória para sua regulamentação.
e) estadual no município, caso o Tribunal de Justiça do c) serviços de radiodifusão sonora e de som e de imagens,
Estado dê provimento à representação para prover a uma vez que a atividade é livre à iniciativa privada.
execução da ordem judicial.
d) serviços e instalações de energia elétrica e o
aproveitamento energético dos cursos de água, uma vez que
3. (FCC/TRT/2013) Nos termos preconizados pela cabe aos Estados prestá-los diretamente ou mediante
Constituição Federal de 1988, a competência para concessão.
legislar sobre desapropriação é : e) serviços de transporte ferroviário e aquaviário entre portos
a) privativa da União, e Emenda Constitucional poderá brasileiros e fronteiras nacionais, que deverão ser explorados
autorizar os Estados a legislar sobre questões específicas diretamente, ou em regime de concessão, pelos Estados,
sobre desapropriação. ressalvados os serviços que transponham os limites de Estado
ou Território.
b) comum da União, Estados, Distrito Federal e Municípios.

19
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

7.(FCC/MPE/2013) O eventual desmembramento a) econômico.


de um Estado da Federação brasileira do qual
b) tributário.
resulte a redução de seu território atual e a criação
de um novo Estado c) financeiro.
a) está sujeito à prévia realização de Estudos de Viabilidade, d) penitenciário.
apresentados e publicados na forma da lei, consoante
e) comercial.
expressa determinação constitucional.
11. (Analista – TRE-TO – 2011 – FCC) Os órgãos
b) é proibido pela Constituição da República, que estabelece
públicos
que a República Federativa do Brasil é formada pela união
indissolúvel dos Estados, Municípios e do Distrito Federal. a) confundem-se com as pessoas físicas, porque congregam
funções que estas vão exercer.
c) pode ser efetuado por lei estadual, dentro do período
determinado por lei complementar federal, dependendo de b) são singulares quando constituídos por um único centro
consulta prévia às populações dos Municípios envolvidos. de atribuições, sem subdivisões internas, como ocorre com
as seções integradas em órgãos maiores.
d) depende de aprovação da população diretamente
interessada, através de plebiscito, e do Congresso Nacional, c) não são parte integrante da estrutura da Administração
por lei complementar. Pública.
e) deve ser regulado por lei complementar federal, uma vez d) não têm personalidade jurídica própria.
que os Estados integram a União.
e) são compostos quando constituídos por vários agentes,
sendo exemplo, o Tribunal de Impostos e Taxas.
8.(FCC/AL/2013) Em relação à repartição 12. (Analista – TRT-23 – 2011 – FCC) Analise as
constitucional em matéria de competência características abaixo.
legislativa, é correto afirmar:
I. Personalidade jurídica de direito público.
a) Os Municípios possuem competência privativa
taxativamente prevista na Constituição Federal. II. Criação por lei.

b) Os Estados poderão delegar sua competência privativa III. Capacidade de autoadministração.


aos Municípios, desde que seja por lei complementar e se IV. Especialização dos fins ou atividades.
refira a ponto específico dentro de uma das matérias de sua
competência privativa. V. Sujeição a controle ou tutela.

c) A União possui competência privativa taxativamente Trata-se de


prevista pela Constituição Federal. a) empresa pública.
d) A União poderá delegar sua competência legislativa b) fundação.
privativa aos Estados e Municípios, desde que seja por lei
complementar e se refira a ponto específico dentro de uma c) autarquia.
das matérias de sua competência privativa. d) sociedade de economia mista.
e) Os Estados possuem competência privativa taxativamente e) órgão público.
prevista na Constituição Federal.
9. (FCC - TRE-SE - Analista Judiciário - Área
Administrativa, 2007) Compete à União, Estados e 13. (Procurador – PGE-RO – 2011 – FCC) É um
ao Distrito Federal legislar concorrentemente traço comum de todas as entidades da
sobre: Administração Indireta:

a) direito tributário e financeiro. a) serem processadas em juízo privativo do ente político ao


qual estão vinculadas.
b) trânsito e transporte.
b) a proibição de acumulação remunerada de cargos,
c) telecomunicações. empregos e funções, ressalvadas as hipóteses
d) informática. constitucionalmente admitidas.

e) serviço postal. c) serem criadas diretamente por lei específica, editada pelo
ente criador.
d) a sujeição de seus servidores ao teto constitucional
10. (FCC - TRE-PB - Técnico Judiciário - Área estabelecido no art. 37, XI da Constituição Federal.
Administrativa, 2007) Compete à União legislar
privativamente sobre direito (E) a impenhorabilidade de seus bens.

20
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

III. Organização judiciária da Defensoria Pública


do Distrito Federal.
14. (FCC/Câmara Municipal de São Paulo –
SP/2014) Segundo a Constituição Federal, os IV. Direito Urbanístico.
secretários municipais serão remunerados
De acordo com a Constituição Federal brasileira,
conforme dispuser lei de iniciativa
compete privativamente à União legislar sobre os
a) do Prefeito, exclusivamente por subsídio fixado em temas indicados APENAS em
parcela única, vedado o acréscimo de qualquer gratificação,
a) I, III e IV.
adicional, abono, prêmio, verba de representação ou outra
espécie remuneratória. b) II, III e IV.
b) do Prefeito, podendo prever como parte da remuneração c) I, II e III.
gratificação por tempo de serviço.
d) I e II.
c) da Câmara Municipal, podendo prever como parte da
remuneração gratificação por tempo de serviço. e) II e IV.

d) da Câmara Municipal, exclusivamente por subsídio fixado


em parcela única, vedado o acréscimo de qualquer 18. (FCC/TRE-RN/Analista Judiciário – Área
gratificação, adicional, abono, prêmio, verba de Judiciária/2011) A União poderá intervir nos
representação ou outra espécie remuneratória. Estados ou no Distrito Federal para assegurar a
e) do Prefeito, exclusivamente por subsídio, não podendo ser observância do princípio constitucional da
superior à remuneração do Prefeito. autonomia municipal. Neste caso, a decretação da
intervenção dependerá de
a) solicitação do Poder Legislativo ou do Poder Executivo
15. (FCC/TRE-TO/Analista Judiciário – Área coacto ou impedido.
Judiciária/2011) Fomentar a produção
agropecuária e organizar o abastecimento b) provimento, pelo Supremo Tribunal Federal, de
alimentar é competência representação do Procurador-Geral da República.

a) comum da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos c) requisição do Supremo Tribunal Federal.
Municípios. d) provimento, pelo Supremo Tribunal Federal, de
b) privativa da União. representação do Município envolvido.

c) concorrente da União, dos Estados, do Distrito Federal e e) provimento, pelo Supremo Tribunal Federal, de
dos Municípios. representação do Presidente da República.

d) privativa dos Estados e do Distrito Federal.


e) privativa dos Municípios. 19. (FCC/TRE-RN/TÉCNICO/2011) Os Estados
poderão, para integrar a organização, o
planejamento e a execução de funções públicas de
16. (FCC/TRE-TO/Técnico Judiciário/2011) É interesse comum, instituir, mediante
competência privativa da União a) lei complementar, apenas aglomerações urbanas,
constituídas por agrupamentos de Municípios limítrofes.
a) proteger o meio ambiente e combater a poluição em
qualquer de suas formas. b) lei complementar, apenas regiões metropolitanas
b) estabelecer e implantar política de educação para a constituídas por agrupamentos de Municípios limítrofes.
segurança do trânsito. c) lei complementar, regiões metropolitanas, aglomerações
urbanas e microrregiões, constituídas por agrupamentos de
c) legislar sobre direito eleitoral.
Municípios limítrofes.
d) legislar sobre direito financeiro.
d) lei ordinária, regiões metropolitanas, aglomerações
e) legislar sobre direito urbanístico. urbanas e microrregiões, constituídas por agrupamentos de
Municípios limítrofes.
e) decreto, regiões metropolitanas, aglomerações urbanas e
17. (FCC/TRE-RN/Analista Judiciário – Área
microrregiões, constituídas por agrupamentos de Municípios
Judiciária/2011) Considere:
limítrofes.
I. Direito Civil.
II. Direito Penal.

21
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

20. (ESAF/ANALISTA TRIBUTÁRIO/RFB/2009)


Sobre as competências da União, Estados, Distrito
2. (FCC: SEFAZ-PI / Auditor Fiscal da Fazenda
Federal e Municípios, assinale a única opção
Estadual) Relativamente à participação do chefe do
correta.
Poder Executivo no processo legislativo, a
a) Compete privativamente à União legislar sobre Constituição da República estabelece que
vencimentos dos membros das polícias civil e militar do
I. são de iniciativa privativa do Presidente da República as
Distrito Federal.
leis que disponham sobre a criação de Ministérios, sendo
b) Compete privativamente à União legislar sobre direito vedada, nesta hipótese, a apresentação de propostas de
econômico. emendas de origem parlamentar que impliquem aumento da
despesa prevista.
c) Compete à União, aos Estados e ao Distrito Federal
legislar concorrentemente sobre trânsito e transporte. II. é de sua competência a promulgação das leis
complementares e ordinárias, exceto se, tendo havido veto à
d) Compete ao Município decretar o estado de sítio.
proposição legislativa, tenha ele sido derrubado pelo
e) É constitucional a lei ou ato normativo estadual ou Congresso Nacional.
distrital que disponha sobre sistemas de consórcios e sorteios,
III. o veto deverá ser apreciado em sessão conjunta das
inclusive bingos e loterias.
Casas do Congresso Nacional, dentro de trinta dias a contar
de seu recebimento, só podendo ser rejeitado pelo voto da
maioria absoluta dos Deputados e Senadores, inclusive
GABARITO
quando aposto a projeto de lei de conversão que altere o
1–E 2–E 3–C 4–E 5–C 6–B 7–D 8–C 9–A 10 – E
texto original de medida provisória.
Está correto o que se afirma APENAS em
11 – D 12 – C 13 – B 14 – D 15 – A 16 – C 17 – C 18 – B 19 – C 20 – A
a) II e III.
b) I e III.
c) I.
PODER EXECUTIVO d) II.
e) I e II.

1. (FCC: CNMP / Técnico do CNMP –


Administração, 2015) Com relação à 3. (FCC: TCM-GO / Procurador do Ministério
responsabilidade do Presidente da República, Público de Contas) Sobre o regime constitucional
dispõe a Constituição Federal que, admitida a de responsabilidade do Presidente da República, é
acusação por: correto afirmar que
a) dois terços do Congresso Nacional, será submetido a a) instaurado o processo por crime comum contra o
julgamento perante o Supremo Tribunal Federal, nas Presidente da República, o Supremo Tribunal Federal dará
infrações penais comuns, ou perante a Câmara dos ciência à Câmara dos Deputados que, por voto de dois
Deputados, nos crimes de responsabilidade. terços de seus membros poderá, até a decisão final, sustar o
b) dois terços da Câmara dos Deputados, será submetido a andamento da ação.
julgamento perante o Supremo Tribunal Federal, nas b) durante o exercício do mandato o Presidente da
infrações penais comuns, ou perante o Senado Federal, nos República somente poderá ser responsabilizado por atos
crimes de responsabilidade. relacionados ao exercício de suas funções.
c) maioria absoluta da Câmara dos Deputados, será c) a condenação do Presidente da República por crime de
submetido a julgamento perante o Superior Tribunal de responsabilidade consiste em perda do cargo com suspensão
Justiça, nas infrações penais comuns, ou perante o Senado dos direitos políticos por 8 (oito) anos.
Federal, nos crimes de responsabilidade.
d) considerando a gravidade do crime, bem como a
d) maioria absoluta do Congresso Nacional, será submetido necessidade de garantir a aplicação da lei penal, o Presidente
a julgamento perante o Supremo Tribunal Federal, nas da República poderá ser conduzido à prisão, estando
infrações penais comuns, ou perante o Senado Federal, nos suspenso de suas funções.
crimes de responsabilidade.
e) nos crimes de responsabilidade, recebida a denúncia pelo
e) maioria absoluta do Senado Federal, será submetido a Supremo Tribunal Federal, o Presidente ficará suspenso de
julgamento perante o Supremo Tribunal Federal, nas suas funções.
infrações penais comuns, ou perante o Congresso Nacional,
nos crimes de responsabilidade.
22
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

4. (FCC: TJ-AP / Analista Judiciário - Área Presidente do Senado Federal; Núbio é Presidente
Administrativa – Administração, 2015) Nos termos da Câmara dos Deputados e Valentino é Presidente
da Constituição Federal, compete privativamente do Supremo Tribunal Federal. Em caso de
ao Presidente da República: impedimento do Presidente da República e do
Vice-Presidente, ou vacância dos respectivos
I. declarar guerra, no caso de agressão estrangeira,
cargos, é certo que
autorizado pelo Congresso Nacional ou referendado por ele,
quando ocorrida no intervalo das sessões legislativas. a) a última a ser chamada ao exercício da Presidência será
Carla.
II. decretar, total ou parcialmente, a mobilização nacional,
no caso de agressão estrangeira, autorizado pelo Congresso b) o primeiro a ser chamado ao exercício da Presidência será
Nacional ou referendado por ele, quando ocorrida no Núbio.
intervalo das sessões legislativas.
c) serão sucessivamente chamados ao exercício da
III. celebrar a paz, independentemente de autorização ou Presidência, Valentino, Carla e Núbio.
referendo do Congresso Nacional.
d) serão sucessivamente chamados ao exercício da
Está correto o que consta em Presidência, Carla, Núbio e Valentino.
a) I e II, apenas. e) a primeira a ser chamada ao exercício da Presidência será
Carla.
b) II e III, apenas.
c) I, apenas.
7. (FCC: TCE-GO / Analista de Controle Externo,
d) I e III, apenas.
2014) Considere a seguinte situação hipotética: X é
e) I, II e III. Presidente da República e está sendo acusado pela
prática de crime de responsabilidade. Neste caso,
no tocante às suas funções, X
5. (FCC: DPE-CE / Defensor Público de Entrância
a) ficará suspenso após o recebimento da denúncia pelo
Inicial) Considere as seguintes situações:
Congresso Nacional.
I. Aplicação de pena de demissão a servidor público federal,
b) ficará suspenso após o recebimento da denúncia pelo
por Ministro de Estado, ao fim de processo administrativo
Supremo Tribunal Federal.
disciplinar em que assegurada ampla defesa ao acusado, em
conformidade com regra de competência estabelecida em c) não ficará suspenso, uma vez que a Constituição Federal
Decreto presidencial. veda a suspensão de funções do cargo de Presidente da
República.
II. Requisição, pelo Ministro da Saúde, de unidades
hospitalares de determinado Município, integrantes do d) ficará suspenso após a instauração do processo pelo
Sistema Único de Saúde, para atendimento à população, em Senado Federal.
virtude de decretação, pelo Presidente da República, de
e) ficará suspenso após a instauração do processo pelo
estado de calamidade pública nas unidades hospitalares em
Supremo Tribunal Federal.
questão.
III. Expulsão de estrangeiro do território nacional por ato
subscrito pelo Ministro da Justiça, no exercício de atribuição 8. (FCC: DPE-RS / Defensor Público, 2014) No que
que lhe é conferida por Decreto do Presidente da República. se refere ao Executivo brasileiro, é correto afirmar:
Revela-se compatível com a disciplina constitucional das a) O Presidente da República não poderá ser suspenso de
atribuições do chefe do Poder Executivo APENAS o quanto suas funções, mesmo após o recebimento da denúncia ou
descrito em queixa-crime pelo Supremo Tribunal Federal em razão do
cometimento de infração penal.
a) II e III.
b) Vagando o cargo de Governador de Estado e diante do
b) I e III.
impedimento do Vice-Governador será chamado para
c) I governar o Presidente da Assembleia Legislativa.
d) II c) O Chefe do Executivo Federal será julgado perante o
Supremo Tribunal Federal em razão da prática de qualquer
e) I e II.
crime.
d) O Presidente da República não pode delegar o
6. (FCC: TCE-GO / Analista de Controle Externo, provimento de cargos públicos federais a seus Ministros em
2014) Considere hipoteticamente as seguintes razão de se tratar de competência exclusiva.
pessoas: Carla; Núbio e Valentino. Carla é

23
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

e) É função atípica do Executivo editar decretos e b) em ambos os casos a acusação contra o Presidente da
regulamentos para sua fiel execução. República obrigatoriamente terá sido admitida por dois
terços do Congresso Nacional.
c) no primeiro caso a acusação contra o Presidente da
9. (FCC: TRT - 16ª REGIÃO (MA) / Analista
República obrigatoriamente terá sido admitida por um terço
Judiciário,2014) É competência privativa do
da Câmara dos Deputados e no segundo por um terço do
Presidente da República, de acordo com a
Congresso Nacional.
Constituição Federal, prestar,
d) em ambos os casos a acusação contra o Presidente da
a) anualmente, ao Congresso Nacional, dentro de noventa
República obrigatoriamente terá sido admitida por dois
dias após abertura da sessão legislativa, as contas referentes
terços da Câmara dos Deputados
ao exercício anterior.
e) no primeiro caso a acusação contra o Presidente da
b) trimestralmente, ao Congresso Nacional, as contas
República obrigatoriamente terá sido admitida por um terço
referentes ao seu mandato.
da Câmara dos Deputados e no segundo por dois terços do
c) anualmente, ao Congresso Nacional, dentro de até trinta Congresso Nacional.
dias após a abertura da sessão legislativa, as contas referentes
ao exercício anterior.
12. (FCC: TCE-PI / Auditor Fiscal de Controle
d) semestralmente, ao Congresso Nacional, as contas Externo, 2014) Nos crimes de responsabilidade do
referentes ao seu mandato.
Presidente da República,
e) anualmente, ao Congresso Nacional, dentro de sessenta
a) a condenação se dá por votação do Senado Federal, sendo
dias após a abertura da sessão legislativa, as contas referentes
proferida por decisão da maioria absoluta de seus membros.
ao exercício anterior.
b) as condutas típicas devem ser definidas em lei especial,
que estipulará regras de processo e de julgamento.
10. (FCC: TCE-PI / Assessor Jurídico) Entre as
c) a condenação do Presidente da República por crime de
competências privativas do Presidente da
responsabilidade implica a perda do mandato e dos direitos
República, encontram-se as seguintes:
políticos, pelo prazo de oito anos.
a) dispor, mediante decreto, sobre extinção de funções ou
d) o Presidente da República ficará suspenso de suas funções
cargos públicos, quando vagos; e fixar o efetivo das Forças
a partir da admissão, pela Câmara dos Deputados, da
Armadas.
acusação contra ele formalizada.
b) conferir condecorações e distinções honoríficas; e propor
e) passados cento e oitenta dias do afastamento, sem
ao Senado Federal a fixação de limites globais para o
conclusão do processo por crime de responsabilidade, este
montante da dívida consolidada da União, dos Estados, do
fica prejudicado, retornando o Presidente da República ao
Distrito Federal e dos Municípios.
exercício de suas funções.
c) transferir temporariamente a sede do Governo Federal; e
exercer, em conjunto com os Ministros de Estado, o Poder
Executivo. 13. (FCC: TRT - 19ª Região (AL) / Técnico
Judiciário, 2014) No sistema de separação de
d) conceder anistia e comutar penas, com audiência, se
poderes adotado pelo Brasil, a regra é a
necessário, dos órgãos instituídos em lei; e celebrar a paz,
indelegabilidade das atribuições de cada poder.
autorizado ou com o referendo do Congresso Nacional.
Todavia, há casos em que a Constituição federal
e) dispor, mediante decreto, sobre organização e atenua essa regra. Assim, o Presidente da
funcionamento da Administração federal, ainda que República pode delegar a atribuição de
implique aumento de despesa ou criação de órgãos públicos;
a) vetar parcialmente projetos de lei.
e editar medidas provisórias com força de lei.
b) dispor, mediante decreto, sobre extinção de funções ou
cargos públicos, quando vagos.
11. (FCC: TCE-PI / Jornalista, 2014) O Presidente
c) conferir condecorações e distinções honoríficas.
da República será submetido a julgamento perante
o Supremo Tribunal Federal, nas infrações penais d) decretar e executar a intervenção federal.
comuns e perante o Senado Federal, nos crimes de
e) promover os oficiais-generais da Marinha, do Exército e
responsabilidade. De acordo com a Constituição
da Aeronáutica.
Federal,
a) em ambos os casos a acusação contra o Presidente da
República obrigatoriamente terá sido admitida por no 14. (FCC: Prefeitura de Recife – PE / Procurador,
mínimo um terço da Câmara dos Deputados. 2014) A disciplina normativa sobre a sucessão no
24
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

caso de vacância, nos cargos de Prefeito e Vice- 16. (FCC: TRE-RO / Técnico Judiciário - Área
Prefeito, Administrativa) No tocante ao Poder Executivo,
considere:
a) compete privativamente ao Município, sendo
inconstitucional a adoção de regime diverso do adotado pela I. Será considerado eleito Presidente o candidato que,
Constituição Federal para a vacância dos cargos de registrado por partido político, obtiver a maioria absoluta de
Presidente e Vice-Presidente da República, em face do votos, computados os em branco e os nulos.
princípio da simetria federativa.
II. Se nenhum candidato à Presidência da República
b) cabe ser definida, privativamente pelo Município, sendo alcançar maioria absoluta na primeira votação, far-se-á nova
lícita a adoção de regime diverso do adotado pela eleição em até trinta dias após a proclamação do resultado,
Constituição Federal para a vacância dos cargos de concorrendo os dois candidatos mais votados.
Presidente e Vice-Presidente da República, desde que a
III. Em caso de impedimento do Presidente e do Vice-
investidura do sucessor ocorra mediante processo eletivo.
Presidente, ou vacância dos respectivos cargos, serão
c) compete privativamente à União, pois cuida-se de sucessivamente chamados ao exercício da Presidência o
legislação sobre direito eleitoral. Presidente da Câmara dos Deputados, o do Senado Federal
e o do Supremo Tribunal Federal.
d) cabe ser definida, em caráter subsidiário, no âmbito da
Constituição Estadual, de modo a suprir eventual ausência IV. O Presidente e o Vice-Presidente da República não
ou omissão quanto à matéria por parte da Lei Orgânica poderão, sem licença do Congresso Nacional, ausentar-se do
municipal. País por período superior a quinze dias, sob pena de perda
do cargo.
e) cabe ser definida, privativamente pelo Município, sendo
lícita a adoção de regime diverso do adotado pela De acordo com a Constituição Federal brasileira, está
Constituição Federal para a vacância dos cargos de correto o que consta APENAS em
Presidente e Vice-Presidente da República, ainda que a
a) II, III e IV.
investidura do sucessor não ocorra mediante processo
eletivo. b) III e IV.
c) I e II.
15. ( FCC: MPC-MS / Analista de Contas, 2013) d) I, II e III.
Considere as seguintes afirmativas:
e) I, III e IV.
I. Constitui efeito imediato da autorização emitida pela
Câmara dos Deputados para instaurar processo contra o
Presidente da República pela prática de infração penal 17. (FCC: TRE-RO / Analista Judiciário, 2013)
comum a suspensão do exercício das funções do acusado até Considere a seguinte situação hipotética: O
sentença final transitada em julgado. Presidente da República praticou ato que atentou
contra o livre exercício do Poder Legislativo. Neste
II. Cabe ao STF julgar os Comandantes da Marinha, do
caso, segundo a Constituição Federal, o Presidente
Exército e da Aeronáutica pela prática de crime de
da República
responsabilidade, quando não houver conexão com infração
de mesma natureza atribuída ao Presidente ou Vice- a) praticou crime de responsabilidade, sendo que admitida a
Presidente da República. acusação, por dois terços da Câmara dos Deputados, será ele
III. A inabilitação, por oito anos, para o exercício de função submetido a julgamento perante o Senado Federal.
pública configura, nos termos do texto constitucional, sanção b) praticou crime comum, sendo que admitida a acusação,
aplicável em face de condenação por crime de por dois terços da Câmara dos Deputados, será ele
responsabilidade ou por conduta incompatível com o decoro submetido a julgamento perante o Supremo Tribunal
parlamentar. Federal.
Está correto o que se afirma APENAS em c) praticou crime de responsabilidade, sendo que admitida a
a) II. acusação, por dois terços da Câmara dos Deputados, será ele
submetido a julgamento perante o Supremo Tribunal
b) II e III. Federal.
c) I e II. d) praticou crime comum, sendo que admitida a acusação,
por dois terços da Câmara dos Deputados, será ele
d) I e III.
submetido a julgamento perante o Senado Federal.
e) III.
e) não praticou conduta que tipifique crime, devendo sofrer
sanções administrativas, dependendo de deliberação de, no
mínimo, dois terços do Congresso Nacional.

25
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

e) do Senado Federal, até a posse de um novo Presidente da


República eleito pelo voto direto, que iniciará um novo
18. (FCC: HEMOBRÁS / Assistente Administrativo)
mandato de quatro anos.
Considere a seguinte situação hipotética: a Mesa
da Câmara dos Deputados encaminhou pedido
escrito de informações ao Ministro da Saúde. Caso
21. (FCC: MPE-SE, 2014) Havendo acusação do
o Ministro não atenda, injustificadamente, a
Presidente da República por prática de ato
solicitação em determinado prazo restará
definido pela lei como crime de responsabilidade,
caracterizado crime de responsabilidade. Nos
caberá
termos da Constituição Federal brasileira, o prazo
a que se refere o enunciado é, em dias, de a) ao Supremo Tribunal Federal julgá-lo, após o término do
mandato presidencial, uma vez que o Presidente da
a) 90.
República não pode ser responsabilizado na vigência de seu
b) 45. mandato.
c) 60. b) ao Supremo Tribunal Federal julgá-lo, caso admitida a
acusação pela Câmara dos Deputados.
d) 30.
c) ao Senado Federal julgá-lo, caso admitida a acusação pela
e) 15.
Câmara dos Deputados.
d) ao Senado Federal julgá-lo, independentemente de
19. (FCC: MPE-AL / Promotor de Justiça) Nos admissão da acusação pela Câmara dos Deputados.
termos da Constituição Federal, compete privativa-
e) à Câmara dos Deputados julgá-lo, caso admitida a
mente ao Presidente da República
acusação pelo Senado Federal.
a) dispor, mediante resolução, sobre extinção de funções ou
cargos públicos, quando vagos.
22. (FCC: TRT - 18ª Região (GO) / Analista
b) conceder indulto, atribuição que pode ser delegada aos Judiciário) Considere a seguinte situação
Governadores de Estado. hipotética: Raul da Silva e João da Silva são eleitos,
c) expedir decretos para a fiel execução de lei, os quais, caso respectivamente, Presidente e Vice-Presidente da
exorbitem do poder regulamentar, poderão ser sustados pelo República Federativa do Brasil. No segundo ano de
Congresso Nacional. mandato, em meados do mês de julho, Raul e João
viajam para a Europa para um compromisso
d) convocar plebiscito desde que autorizado por 1% do oficial e uma pane no avião presidencial acarreta a
eleitorado nacional. morte de todos os tripulantes e passageiros. Neste
e) exercer, juntamente com o Congresso Nacional, o caso, de acordo com a Constituição Federal de
comando supremo das Forças Armadas. 1988, assumirá a Presidência, em primeiro lugar, o
Presidente
a) da Câmara dos Deputados e será realizada eleição
20. (FCC: MPE-SE / Analista, 2013) Considere a indireta pelo Congresso Nacional, na forma da lei, no prazo
hipótese em que o Presidente da República do de trinta dias a partir dos óbitos.
Brasil e seu Vice tenham falecido em acidente
aéreo 90 dias após sua posse. Nessa situação, b) da Câmara dos Deputados e será realizada eleição direta
deverá assumir a Presidência da República o no prazo de 90 dias a partir dos óbitos.
Presidente
c) do Senado Federal e será realizada eleição direta no prazo
a) da Câmara dos Deputados, até a posse de um novo de 90 dias a partir dos óbitos.
Presidente da República eleito pelo voto direto, que d) do Senado Federal e será realizada eleição indireta pelo
completará o mandato do Presidente anterior. Congresso Nacional, na forma da lei, no prazo de trinta dias
b) da Câmara dos Deputados, até a posse de um novo a partir dos óbitos.
Presidente da República eleito pelo voto direto, que iniciará e) do Senado Federal e será realizada eleição direta no prazo
um novo mandato de quatro anos. de 120 dias a partir dos óbitos.
c) da Câmara dos Deputados, até a posse de um novo
Presidente da República eleito pelo Congresso Nacional,
devendo completar o mandato do Presidente anterior. 23. (FCC: MPE-MA/ Técnico Ministerial, 2013)
Autorizar a instauração de processo contra o
d) do Senado Federal, que completará o mandato do Presidente e o Vice-Presidente da República e os
Presidente da República morto, já que a vacância dos cargos Ministros de Estado é ato de competência privativa
de Presidente e de Vice-Presidente da República ocorreu
nos dois primeiros anos do mandato.
26
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

a) do Senado Federal, através de dois terços de seus São membros natos do Conselho de Defesa Nacional, dentre
membros. outros, os Ministros indicados APENAS em
b) da Câmara dos Deputados, através de dois terços de seus a) I, II e IV.
membros.
b) I, III e IV.
c) do Congresso Nacional, através de dois terços de seus
c) II e IV.
membros.
d) III e IV.
d) da Câmara dos Deputados, através de um terço de seus
membros. e) I, II e III.
e) do Senado Federal, através de um terço de seus membros.
27. ( FCC: MPE-MA / Analista Ministerial –
Direito, 2013)O Conselho da República é órgão
24. (FCC: MPE-MA / Técnico Ministerial, 2013)
superior de consulta do Presidente da República, e
Segundo a Constituição Federal brasileira, no
dele participam, dentre outros, seis cidadãos
tocante às eleições para Presidente da República,
brasileiros natos, com mais de trinta e cinco anos
se, antes de realizado o segundo turno, ocorrer
de idade, sendo
morte, desistência ou impedimento legal de
candidato, convocar-se-á, dentre os a) dois nomeados pelo Presidente da República, dois eleitos
remanescentes, o de maior votação. Porém, se, pelo Senado Federal e dois eleitos pela Câmara dos
remanescer, em segundo lugar, mais de um Deputados, todos com mandato de dois anos, permitida a
candidato com a mesma votação, recondução.
a) qualificar-se-á o candidato do partido com maior b) dois nomeados pelo Presidente da República, dois eleitos
representação no Congresso Nacional. pelo Senado Federal e dois eleitos pela Câmara dos
Deputados, todos com mandato de três anos, vedada a
b) serão convocadas novas eleições no prazo de sessenta dias.
recondução.
c) qualificar-se-á o mais idoso.
c) três eleitos pelo Senado Federal e três eleitos pela Câmara
d) serão convocadas novas eleições no prazo de trinta dias. dos Deputados, todos com mandato de três anos, vedada a
recondução.
e) qualificar-se-á o candidato com maior votação nas capitais
metropolitanas. d) três eleitos pelo Senado Federal e três eleitos pela Câmara
dos Deputados, todos com mandato de dois anos, permitida
a recondução.
25. (FCC: MPE-MA / Técnico Ministerial, 2013)
e) três nomeados pelo Presidente da República e três eleitos
Considere: Marta 22 anos de idade; Camila 25 anos
pelo Senado Federal, todos com mandato de dois anos,
de idade; Vera 37 anos de idade; Gabriela 62 anos
permitida a recondução.
de idade e Hortência 66 anos de idade.
Considerando que todas estão no exercício de seus
direitos políticos, no tocante à idade, poderão ser
28. (FCC: MPE-MA / Analista Ministerial, 2013) De
escolhidas como Ministro de Estado
acordo com a Constituição Federal brasileira, NÃO
a) Marta, Camila, Vera, Gabriela e Hortência. compete ao Conselho de Defesa Nacional
b) Camila, Vera, Gabriela e Hortência, apenas. a) propor os critérios e condições de utilização de áreas
indispensáveis à segurança do território nacional.
c) Vera, Gabriela e Hortência, apenas.
b) opinar nas hipóteses de declaração de guerra e de
d) Gabriela e Hortência, apenas.
celebração da paz, nos termos da Constituição Federal
e) Camila e Vera, apenas. c) opinar sobre a decretação do estado de defesa, do estado
de sítio e da intervenção federal.
26. (FCC: MPE-MA / Técnico Ministerial, 2013) d) pronunciar-se sobre as questões relevantes para a
Considere os seguintes Ministros: estabilidade das instituições democráticas.
I. das Relações Exteriores; e) estudar, propor e acompanhar o desenvolvimento de
iniciativas necessárias a garantir a independência nacional e
II. do Planejamento; a defesa do Estado democrático.
III. da Justiça;
IV. da Integração Nacional. 29. (FCC: AL-PB / Procurador, 2013) Na hipótese
de vacância dos cargos de Presidente e Vice-
27
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

Presidente da República, nos últimos dois anos do 1. (FCC: MANAUSPREV - Procurador Autárquico,
mandato, assumirá temporariamente o Presidente 2015) À luz do estatuto constitucional dos
congressistas, o Deputado Federal que, no
a) da Câmara dos Deputados e a eleição para ambos os
exercício de seu primeiro mandato há dois anos,
cargos será feita trinta dias depois da última vaga, pelo
seja investido no cargo de Secretário de Educação
Congresso Nacional, na forma da lei.
do Município de Manaus
b) da Câmara dos Deputados e a eleição para ambos os
a) perderá o mandato, devendo a perda ser declarada pela
cargos será feita noventa dias depois da última vaga, pelo
Mesa da Câmara dos Deputados, de ofício ou mediante
Congresso Nacional, na forma da lei.
provocação de qualquer de seus membros, ou de partido
c) do Congresso Nacional e a eleição para ambos os cargos político representado no Congresso Nacional, assegurada
será feita trinta dias depois da última vaga, pelo Congresso ampla defesa.
Nacional, na forma da lei.
b) perderá o mandato, desde que assim o decidam dois
d) do Senado Federal e a eleição para ambos os cargos será terços dos membros da Câmara dos Deputados, mediante
feita trinta dias depois da última vaga, pelo Congresso provocação da respectiva Mesa ou de partido político
Nacional, na forma da lei. representado no Congresso Nacional, assegurada ampla
defesa.
e) do Congresso Nacional e a eleição para ambos os cargos
será feita noventa dias depois da última vaga, pelo c) não perderá o mandato, podendo, inclusive, optar pela
Congresso Nacional, na forma da lei. remuneração deste.
d) não perderá o mandato, por se tratar de cargo de que é
demissível ad nutum, o que constitui exceção à proibição de
30. FCC: TRT - 9ª REGIÃO (PR) / Analista
acumulação de cargo e mandato público eletivo.
Judiciário, 2013) A Constituição Federal,
precisamente no artigo 84, prevê as competências e) perderá o mandato, por infração à proibição de
privativas do Presidente da República. O mesmo acumulação de cargo e mandato público eletivo, devendo
dispositivo, no entanto, permite a delegação de ser realizada nova eleição para preencher a vaga na Câmara
algumas destas atribuições, desde que observados dos Deputados, caso não haja suplente.
os limites traçados nas respectivas delegações. As
autoridades públicas que poderão atuar por
delegação do Presidente da República são 2. ( FCC: CNMP - Técnico do CNMP, 2015) Com
relação à organização do Poder Legislativo a
a) o Presidente do Congresso Nacional, o Advogado-Geral Constituição Federal dispõe que:
da União e o Ministro-Chefe da Casa Civil.
a) Compete privativamente à Câmara dos Deputados
b) o Presidente do Congresso Nacional e o Advogado- Geral
estabelecer limites globais e condições para o montante da
da União.
dívida mobiliária dos Estados, do Distrito Federal e dos
c) o Defensor-Geral da União e o Procurador-Geral da Municípios.
República.
b) Compete privativamente ao Senado Federal resolver
d) os Ministros de Estado e o Presidente do Congresso definitivamente sobre tratados, acordos ou atos
Nacional. internacionais que acarretam encargos ou compromissos
gravosos ao patrimônio nacional.
e) os Ministros de Estado, o Procurador-Geral da República
e o Advogado-Geral da União. c) É da competência exclusiva do Congresso Nacional
aprovar o estado de defesa e a intervenção federal, autorizar
o estado de sítio, ou suspender qualquer uma dessas
GABARITO medidas.
d) É exercido de forma tricameral pelo Congresso Nacional,
1–B 2–B 3–B 4–A 5–B 6–B 7–D 8–B 9–E 10 – B
pelo Senado Federal e pela Câmara dos Deputados.
11 – D 12 – B 13 – B 14 – B 15 – A 16 – B 17 – A 18 – D 19 – C 20 – A
e) A Câmara dos Deputados compõe-se de representantes do
povo, eleitos, pelo sistema majoritário, em cada Estado,
21 – C 22 – B 23 – B 24 – C 25 – A 26 – E 27 – B 28 – D 29 – A 30 – E
Território e no Distrito Federal.

3. (FCC: TCM-GO /Auditor de Controle Externo –


Contábil, 2015) Os Ministros do Tribunal de
PODER LEGISLATIVO Contas da União terão os mesmos subsídios dos
a) Ministros do Supremo Tribunal Federal.

28
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

b) Deputados. c) Congresso Nacional; Câmara dos Deputados; Senado


Federal.
c) Ministros de Estado.
d) Congresso Nacional; Senado Federal; Câmara dos
d) Ministros do Superior Tribunal de Justiça.
Deputados.
e) Senadores.
e) Câmara dos Deputados; Senado Federal; Congresso
Nacional.
4. ( FCC: SEFAZ/PI - Analista do Tesouro Estadual)
Os Deputados e Senadores serão submetidos a
7. (FCC: TRT - 6ª Região (PE) - Juiz do Trabalho
julgamento perante o Supremo Tribunal Federal
Substituto) Conforme o disposto no caput do art. 57
desde
da Constituição, o Congresso Nacional reunir-se-á,
a) a posse. anualmente, na Capital Federal, de 2 de fevereiro a
17 de julho e de 1o de agosto a 22 de dezembro.
b) a eleição. Constituem recesso parlamentar os intervalos de
c) a expedição do diploma. tempo não compreendidos no mencionado
dispositivo. O recesso parlamentar
d) o início da legislatura.
a) não terá início sem a aprovação do projeto de lei de
e) a proclamação do resultado da eleição. diretrizes orçamentárias.
b) interrompe os prazos de tramitação dos projetos de lei que
5. ( FCC: SEFAZ/PI - Analista do Tesouro Estadual) observam regime de urgência constitucional.
Autorizar operações externas de natureza c) produz efeito suspensivo da vigência das medidas
financeira, de interesse da União, dos Estados, do provisórias cujo prazo para conversão em lei ainda não
Distrito Federal, dos Territórios e dos Municípios, tenha encerrado.
é competência
d) constitui o período em que funcionará comissão
a) exclusiva do Congresso Nacional. representativa do Congresso Nacional, eleita por suas Casas
b) privativa da Câmara dos Deputados. na última sessão ordinária do período legislativo, cabendo-
lhe apreciar matérias urgentes, inclusive medidas provisórias
c) exclusiva do ente federado interessado. e propostas de emenda constitucional.
d) privativa do Senado Federal. e) cabe ser interrompido mediante convocação
e) do Congresso Nacional, com a sanção do Presidente da extraordinária do Presidente do Senado Federal apenas em
República. caso de decretação de estado de defesa ou de intervenção
federal e de pedido de autorização para a decretação de
6. ( FCC: TCM-GO /Auditor Conselheiro estado de sítio.
Substituto, 2015) Considere as seguintes
atribuições dos órgãos legislativos da esfera
federal: 8. (FCC: PGE-RN / Procurador do Estado de
I. Estabelecimento de limites globais e condições para o Terceira Classe) No curso de investigações
montante da dívida mobiliária dos Estados, do Distrito promovidas por Comissão Parlamentar de
Federal e dos Municípios. Inquérito - CPI instalada no âmbito da Câmara dos
Deputados, referente a suposto desvio de verbas na
II. Julgamento anual das contas prestadas pelo Presidente da execução de contratos celebrados por órgão da
República e apreciação dos relatórios sobre a execução dos Administração federal, o Presidente da Comissão
planos de governo. revela aos demais membros da Comissão ter
III. Tomada de contas do Presidente da República, quando recebido informações relacionadas tanto ao objeto
não apresentadas dentro de sessenta dias após a abertura da da CPI, como ao de ação penal que tramita perante
sessão legislativa. órgão judicial de primeira instância na qual
figuram como réus os sócios de empresa que
À luz da disciplina constitucional da matéria, referidas mantém contrato com o órgão administrativo
atribuições competem, respectivamente, a investigado pelo parlamento. Nesse caso,
a) Senado Federal; Câmara dos Deputados; Congresso a) a ação penal deverá ser remetida para o Supremo
Nacional. Tribunal Federal, em virtude da prerrogativa de foro
b) Senado Federal; Congresso Nacional; Câmara dos assegurada aos membros do Congresso Nacional, a fim de
Deputados. que seja colhido o depoimento do Presidente da CPI.

29
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

b) o Presidente da CPI não estará obrigado a testemunhar 11. ( FCC: TCE-GO / Analista de Controle Externo
sobre as informações que recebeu, tampouco sobre quem as – Jurídica, 2014) Sobre o Tribunal de Contas da
forneceu, ainda que intimado judicialmente para esse fim. União é INCORRETO afirmar que
c) o Presidente da CPI poderá ser obrigado a testemunhar a) dois terços de seus Ministros serão escolhidos pelo
sobre as informações que recebeu, assim como sobre quem Congresso Nacional e um terço pelo Presidente da
as forneceu, caso seja intimado judicialmente para esse fim, República, com aprovação do Senado Federal.
sob pena de suspensão de seus direitos políticos e
b) é integrado por nove Ministros, bem como possui quadro
consequente declaração de perda de seu mandato.
próprio de pessoal e jurisdição em todo o território nacional.
d) o Presidente da CPI poderá ser obrigado a testemunhar
c) seus Ministros serão nomeados dentre brasileiros que
sobre as informações que recebeu, mas não sobre quem as
satisfaçam, dentre outros, o requisito de possuir mais de
forneceu, caso seja intimado judicialmente para esse fim, em
trinta e cinco e menos de sessenta e cinco anos de idade.
virtude da garantia constitucional ao sigilo da fonte, quando
necessário ao exercício profissional. d) seus Ministros serão nomeados dentre brasileiros que
possuam mais de dez anos de exercício de função ou de
e) a CPI deverá encaminhar as informações em questão ao
efetiva atividade profissional que exija notórios
Supremo Tribunal Federal, para decisão quanto ao eventual
conhecimentos jurídicos, contábeis, econômicos e
desmembramento da ação penal atualmente em trâmite
financeiros ou de Administração pública.
perante órgão de primeira instância, visando colher o
depoimento do Presidente da CPI. e) possui competência para apreciar as contas prestadas
anualmente pelo Presidente da República, mediante parecer
prévio que deverá ser elaborado em noventa dias a contar de
9. ( FCC: TJ-AP / Analista Judiciário - Área seu recebimento.
Judiciária e Administrativa) A Câmara dos
Deputados e o Senado Federal NÃO se reúnem em
sessão conjunta para 12. (FCC: TCE-GO / Analista de Controle Externo –
Administrativa, 2014) Um terço dos Ministros do
a) inaugurar a sessão legislativa.
Tribunal de Contas da União será escolhido
b) elaborar o regimento comum e regular a criação de
a) pela Câmara dos Deputados.
serviços comuns às duas Casas.
b) pelo Senado Federal, com aprovação do Congresso
c) apreciar medidas provisórias.
Nacional.
d) conhecer do veto e sobre ele deliberar.
c) pelo Presidente da República, com aprovação do
e) receber o compromisso do Presidente e do Vice- Supremo Tribunal Federal.
Presidente da República.
d) pelo Presidente da República, com aprovação do Senado
Federal.
10. (FCC: TJ-AP / Analista Judiciário - Área e) pelo Senado Federal com aprovação do Supremo
Administrativa) A teor do art. 70 da Constituição Tribunal Federal.
Federal: Prestará contas qualquer pessoa ...I... ,
que utilize, arrecade, guarde, gerencie ou
administre ...II ... ou pelos quais a União 13. (FCC: DPE-RS / Defensor Público, 2014) No que
responda, ou que, em nome desta, assuma se refere ao Legislativo brasileiro, é correto
obrigações de natureza pecuniária. afirmar:
Completam, correta e respectivamente, as lacunas a) As deliberações de cada Casa do Congresso Nacional e de
I e II: suas Comissões serão tomadas por maioria dos votos,
presente a maioria absoluta de seus membros, salvo
a) jurídica pública - dinheiros e bens públicos
disposição constitucional em contrário.
b) física ou jurídica, pública ou privada - bens e valores
b) A imunidade material impede que um Deputado Federal
públicos
seja processado por crime de homicídio praticado após a
c) física ou jurídica, pública ou privada - dinheiros e bens diplomação.
públicos
c) O Congresso Nacional prescinde da sanção do Presidente
d) jurídica pública - bens e valores públicos da República para dispor sobre matéria relativa ao sistema
tributário, arrecadação e distribuição de renda.
e) física ou jurídica, pública ou privada - dinheiros, bens e
valores públicos d) Cada legislatura compreende o período entre 2 de
fevereiro a 17 de julho e 1º de agosto a 22 de dezembro.

30
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

e) O Deputado Federal ou o Senador que for investido em b) exige, como condição para a deliberação de cada uma das
cargo de Ministro de Estado sujeita-se à perda do mandato Casas do Congresso Nacional sobre o mérito das medidas
eletivo. provisórias, que comissão mista de Deputados e Senadores,
no exercício de competência privativa, promova juízo prévio
sobre o atendimento de seus pressupostos constitucionais.
14. (FCC: DPE-PB / Defensor Público, 2104)
c) exige que, do texto aprovado, somente a parte alterada
Segundo o entendimento do Supremo Tribunal
pelo Congresso Nacional seja submetida à sanção
Federal, as Comissões Parlamentares de Inquérito,
presidencial.
em razão dos poderes de investigação próprios das
autoridades judiciais que lhes são conferidos pelo d) exige que o texto aprovado no âmbito do Poder
artigo 58, § 3º da Constituição Federal, estão Legislativo seja, em qualquer hipótese, promulgado pelo
autorizadas a decretar, por ato devidamente Presidente do Congresso Nacional.
fundamentado e em relação às pessoas por elas
e) dispensa o encaminhamento à sanção presidencial do
investigadas, a
texto aprovado, caso não tenha sofrido alterações no âmbito
a) aplicação de multas e quebra do sigilo bancário. do Congresso Nacional.
b) indisponibilidade de bens e quebra de sigilo bancário.
c) prisão e aplicação de multa. 17. (FCC: DPE-CE / Defensor Público de Entrância
Inicial, 2014) Projeto de lei ordinária, de iniciativa
d) quebra de sigilos bancário, fiscal e de registros telefônicos. do Presidente da República, pretende introduzir
e) indisponibilidade de bens e quebra de sigilo fiscal. modificações na estrutura da Defensoria Pública
da União, bem como autorizar os Estados a
prescreverem normas gerais próprias para
15. (FCC: TJ-AP / Juiz, 2014) Féres, Deputado organização das respectivas Defensorias Públicas.
Federal, foi preso em flagrante pela prática de ato A proposição legislativa em questão é incompatível
que configura crime de racismo. Considerando a com a Constituição da República, uma vez que
disciplina das imunidades parlamentares na I. possui vício de iniciativa.
Constituição da República, Féres
II. a organização da Defensoria Pública da União, assim
a) poderia ter sido preso, uma vez que racismo constituiu como as normas gerais para organização das Defensorias
crime inafiançável, devendo os autos, nesse caso, ser Públicas do Estado, são matérias reservadas à lei
remetidos dentro de 24 horas à Câmara dos Deputados para complementar.
que, pelo voto da maioria de seus membros, resolva sobre a
prisão. III. o estabelecimento de normas gerais para organização
das Defensorias Públicas dos Estados é de competência da
b) não poderia ter sido preso, pois os membros do Congresso União.
Nacional possuem imunidade formal desde a expedição do
diploma. IV. alterações na organização da Administração federal,
desde que não acarretem criação ou extinção de órgãos,
c) poderia ter sido preso, uma vez que racismo constitui devem ser feitas por Decreto do Presidente da República, e
crime inafiançável, porém, pela natureza do crime, não terá não por lei.
direito a foro privilegiado, devendo ser submetido a
julgamento perante o Juiz do local do crime. Está correto o que se afirma APENAS em
d) não poderá ser processado por crime de racismo porque a) II e IV.
os Deputados Federais são invioláveis, civil e penalmente,
b) III e IV.
por suas opiniões, palavras e votos.
c) I e II.
e) poderá ser processado pelo Supremo Tribunal Federal, o
qual só receberá a denúncia contra o Deputado Federal d) II e III.
mediante autorização de, no mínimo, 2/3 dos membros da
e) I e III.
Câmara dos Deputados.

18. (FCC: TRT - 1ª REGIÃO (RJ) / Juiz do Trabalho


16. (FCC: TRT - 6ª Região (PE) / Juiz do Trabalho
Substituto, 2014) Projeto de lei ordinária, de
Substituto, 2015) O processo de conversão em lei
iniciativa do Presidente da República, que
das medidas provisórias
pretende introduzir alterações no regime jurídico
a) exige que o texto aprovado no âmbito do Poder dos servidores públicos federais, tramita em
Legislativo seja, em qualquer hipótese, promulgado pelo regime de urgência, a requerimento do próprio
Presidente da República. proponente. Passados quarenta e cinco dias, não
tendo havido deliberação sobre a proposição na
31
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

Câmara dos Deputados, foram sobrestadas todas c) será compatível com a Constituição da República, desde
as demais deliberações legislativas da Casa, exceto que presentes motivos de urgência e relevância para a edição
as com prazo constitucional determinado. de medida provisória.
Ultimada a votação, dez dias mais tarde, o texto foi
d) será inconstitucional, por se tratar de matéria reservada à
aprovado, acrescido de emendas. Seguiu, então,
lei complementar, sendo vedada, portanto, a edição de
para o Senado, onde foi aprovado, sem
medida provisória para esse fim.
modificações, ao cabo de quinze dias, após o quê
foi submetido à sanção presidencial. Nessa e) será inconstitucional, uma vez que é expressamente
hipótese, referido projeto de lei vedada a edição de medida provisória para esse fim
específico.
a) tramitou em conformidade com as regras constitucionais
atinentes ao processo legislativo. 21. (FCC: TRF - 4ª REGIÃO / Técnico Judiciário -
Área Administrativa, 2014) Possui previsão
b) não poderia ter sido submetido à sanção presidencial, sem
constitucional expressa a regra do processo
que antes o projeto tivesse voltado à Casa iniciadora.
legislativo segundo a qual
c) possui vício de iniciativa, não passível de convalidação
a) as leis complementares serão discutidas e votadas em cada
pela eventual sanção presidencial.
Casa do Congresso Nacional em dois turnos, considerando-
d) versa sobre matéria reservada à lei complementar. se aprovadas se obtiverem, em ambos, três quintos dos votos
dos respectivos membros.
e) versa sobre matéria que não pode ser sujeita a regime de
urgência. b) a matéria constante de proposta de emenda à
Constituição rejeitada somente poderá constituir objeto de
novo projeto, na mesma sessão legislativa, mediante
19. (FCC: DPE-RS/ Defensor Público, 2014) No que requerimento da maioria absoluta dos membros de qualquer
se refere ao Legislativo brasileiro, é correto das Casas do Congresso Nacional.
afirmar:
c) a Constituição poderá ser emendada mediante proposta
a) As deliberações de cada Casa do Congresso Nacional e de de mais da metade das Assembleias Legislativas das
suas Comissões serão tomadas por maioria dos votos, unidades da Federação, manifestando-se, cada uma delas,
presente a maioria absoluta de seus membros, salvo pela maioria relativa de seus membros.
disposição constitucional em contrário. d) caberá à comissão mista de Deputados e Senadores
b) A imunidade material impede que um Deputado Federal examinar as medidas provisórias e sobre elas emitir parecer,
seja processado por crime de homicídio praticado após a antes de serem apreciadas, em sessão conjunta, pelas Casas
diplomação. do Congresso Nacional.
c) O Congresso Nacional prescinde da sanção do Presidente e) o veto do Presidente da República a projeto de lei será
da República para dispor sobre matéria relativa ao sistema apreciado pelo Congresso Nacional, dentro de trinta dias a
tributário, arrecadação e distribuição de renda. contar de seu recebimento, só podendo ser rejeitado pelo
voto da maioria absoluta dos Deputados e Senadores, em
d) Cada legislatura compreende o período entre 2 de escrutínio secreto.
fevereiro a 17 de julho e 1º de agosto a 22 de dezembro.
22. ( FCC: TCE-PI / Auditor Fiscal de Controle
e) O Deputado Federal ou o Senador que for investido em Externo, 2014) A Constituição Federal, ao dispor
cargo de Ministro de Estado sujeita-se à perda do mandato sobre as medidas provisórias, prevê que
eletivo.
a) é vedada a reedição, na mesma sessão legislativa, de
medida provisória que tenha, no seu prazo de vigência, sido
20. (FCC: TCE-RS / Auditor Público Externo - revogada por outra medida provisória.
Engenharia Civil) Na hipótese de o Governador de b) a votação da medida provisória se inicia na casa a que
determinado Estado da federação editar medida pertencer seu relator na comissão mista de deputados e
provisória para regulamentar a exploração dos senadores.
serviços locais de gás canalizado, tal
regulamentação c) medida provisória pode alterar o prazo para realização de
convenções partidárias para escolha de candidatos.
a) deverá, nos termos da Constituição da República,
contemplar as hipóteses de exploração do serviço d) o prazo de vigência de sessenta dias, prorrogável por mais
diretamente pelo Estado ou mediante concessão. sessenta dias, começa a contar do recebimento da medida
provisória no Congresso Nacional.
b) será inconstitucional, uma vez que a edição de medida
provisória é competência exclusiva do Presidente da e) é vedada a edição de medida provisória para a abertura
República, não reconhecida aos chefes do Poder Executivo de crédito orçamentário extraordinário.
dos demais entes da federação.

32
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

23. (FCC: AL-PE / Analista Legislativo, 2014) para a fiel execução de determinada lei, estabeleça,
Projeto de lei complementar de iniciativa de em dois de seus artigos, obrigações jurídicas novas
Deputado Federal, a fim de regulamentar o direito aos cidadãos, as quais não estavam previstas na lei
à percepção de seguro-desemprego, em caso de objeto da regulamentação. Neste caso, os dois
desemprego involuntário de empregado doméstico, artigos do referido decreto, segundo a Constituição
é aprovado pelo voto da maioria absoluta dos da República, poderão ser...
membros da Câmara dos Deputados e
a) convalidados pelo Congresso Nacional, por meio de
encaminhado ao Senado Federal, onde é rejeitado e
decreto legislativo.
arquivado. Nessa hipótese,
b) convertidos em artigos de lei pelo voto da maioria de
a) a matéria não poderia ter sido, nem poderá ser, objeto de
Deputados e Senadores, em sessão unicameral.
projeto de lei, por se tratar de direito assegurado
constitucionalmente aos empregados domésticos, c) revogados pelo Senado Federal, por meio de resolução.
independentemente de regulamentação.
d) sustados pelo Congresso Nacional, por meio de decreto
b) o projeto possuía vício de iniciativa, por se tratar de legislativo.
matéria de iniciativa privativa do Presidente da República.
e) revogados pela Câmara dos Deputados, por meio de
c) o projeto possuía vício formal, pois a matéria, que não é resolução.
reservada a lei complementar, deveria ter sido objeto de
projeto de lei ordinária.
26. (FCC: TRT - 15ª / Analista Judiciário - Área
d) o projeto não poderia ter sido encaminhado ao Senado
Judiciária) Diante da inércia do Poder Legislativo e
Federal, já que não atingiu o quorum de aprovação exigido
em resposta às reivindicações por uma reforma
pela Constituição da República para a espécie legislativa em
eleitoral que privilegie a probidade administrativa
questão.
e combata a influência do poder econômico no
e) a matéria somente poderá ser objeto de novo projeto, na processo eleitoral, o Presidente da República edita
mesma sessão legislativa, mediante proposta da maioria medida provisória para estabelecer, com essa
absoluta dos membros de qualquer das Casas do Congresso finalidade, casos de inelegibilidade para além dos
Nacional. previstos na Constituição da República. Nesta
hipótese, a medida provisória é

24. (FCC: TRT - 1ª REGIÃO (RJ) / Juiz do Trabalho a) compatível com a Constituição, uma vez que os presentes
Substituto) Em junho de 2013, o plenário da motivos de urgência e relevância para sua edição.
Câmara dos Deputados rejeitou a Proposta de b) incompatível com a Constituição da República apenas no
Emenda Constitucional (PEC) nº 37/2011, a qual que se refere aos casos de inelegibilidade com vistas à defesa
tinha por objeto a definição de competência para a da probidade administrativa, que não figura entre as causas
investigação criminal. Em consequência, a matéria de estabelecimento de hipóteses de inelegibilidade em nível
constante na referida PEC; infraconstitucional.
a) não poderá ser rediscutida pelo Congresso Nacional, caso c) incompatível com a Constituição da República, que
contrário, haverá uma afronta à decisão soberana que apenas admite o estabelecimento de outras hipóteses de
rejeitou a PEC nº 37/2011. inelegibilidade a fim de proteger a normalidade e
legitimidade das eleições contra o abuso do exercício de
b) pode ser objeto de nova proposta, na mesma sessão
função, cargo ou emprego na Administração direta ou
legislativa, mediante solicitação de três quintos de
indireta.
Deputados e Senadores, em dois turnos de votação.
d) compatível com a Constituição da República, devendo,
c) não pode ser objeto de nova proposta na mesma sessão
contudo, ser submetida à apreciação do Congresso Nacional
legislativa.
para sua conversão em lei no prazo de sessenta dias, sob
d) pode ser objeto de nova proposta, na mesma sessão pena de perda de eficácia retroativa à data de sua edição.
legislativa, mediante solicitação da maioria absoluta dos
e) incompatível com a Constituição da República, por versar
membros de qualquer das Casas do Congresso Nacional.
sobre matéria vedada à edição de medida provisória pelo
e) pode ser objeto de nova proposta a qualquer tempo, pois Presidente da República.
o Congresso Nacional é soberano para debater
democraticamente assuntos de natureza legislativa.
27. (FCC: PGE-BA / Analista de Procuradoria) O
art. 14 da Constituição Federal insere a iniciativa
25. (FCC: TRT - 1ª REGIÃO (RJ) / Juiz do Trabalho popular entre os instrumentos voltados ao
Substituto) Suponha que o Presidente da exercício da soberania popular. Nesse caso,
República, ao emitir um decreto regulamentador autoriza - se a apresentação à Câmara dos

33
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

Deputados de projeto de lei subscrito por, no Congresso Nacional, ficando sobrestadas, até que se ultime a
mínimo, um por cento do eleitorado nacional, votação, todas as demais deliberações legislativas da Casa
distribuído pelo menos por cinco Estados, com não em que estiver tramitando.
menos de três décimos por cento dos eleitores de
d) É vedada a reedição, na mesma sessão legislativa, de
cada um deles. No entanto, NÃO cabe projeto de lei
medida provisória que tenha sido rejeitada ou que tenha
de iniciativa popular que
perdido sua eficácia por decurso de prazo.
a) institua novas hipóteses de inelegibilidade eleitoral.
e) Aprovado projeto de lei de conversão alterando o texto
b) defina infrações criminais em matéria tributária. original da medida provisória, esta manter-se-á
integralmente em vigor até que seja sancionado ou vetado o
c) disponha sobre a organização do Ministério Público e da
projeto.
Defensoria Pública da União.
d) assegure formas de proteção aos locais de culto e a suas
liturgias. 30. (FCC - 2013 - TRT - 5ª Região (BA) - Técnico
Judiciário - Área Administrativa) Dentro das
e) institua incentivos específicos voltados à proteção do
normas estabelecidas pela CF/88 para o exercício
mercado de trabalho da mulher.
do controle externo, está a que dita que prestará
contas qualquer pessoa física ou jurídica, pública
ou privada, que utilize, arrecade, guarde, gerencie
28. (FCC: TRT - 18ª Região (GO) / Analista
ou administre dinheiro, bens e valores públicos ou
Judiciário - Área Judiciária) Sobre o processo pelos quais a União responda, ou que, em nome
legislativo, segundo a Constituição Federal de 1988, desta, assuma obrigações de natureza pecuniária.
é correto afirmar: Nesse contexto está inserido o TRT/BA, cujo
a) A medida provisória vigorará pelo prazo de 60 dias controle externo é exercido pelo Congresso
prorrogável por igual período, a partir da sua publicação no Nacional com o auxílio
Diário Oficial, prazo este que não será suspenso durante o a) do Tribunal de Contas da União.
recesso parlamentar.
b) do Tribunal de Contas do Estado da Bahia.
b) A legislação sobre nacionalidade poderá ser objeto de lei
delegada. c) do Conselho Nacional de Justiça.
c) Os tratados e convenções internacionais sobre Direitos d) do Ministério Público.
Humanos que forem aprovados em cada Casa do Congresso
e) da Advocacia-Geral da União.
Nacional pela maioria absoluta de seus respectivos membros
são equivalentes às emendas constitucionais.
d) A deliberação de cada uma das Casas do Congresso GABARITO
Nacional sobre o mérito das medidas provisórias dependerá
de juízo prévio sobre o atendimento de seus pressupostos 1–C 2–C 3–D 4–C 5–D 6–B 7–A 8–B 9–C 10 – E

constitucionais.
11 – B 12 – D 13 – A 14 – D 15 – A 16 – E 17 – D 18 – A 19 – A 20 – E
e) A emenda constitucional aprovada será publicada pela
21 – B 22 – A 23 – E 24 – C 25 – D 26 –E 27 – C 28 – D 29 – A 30 – A
Mesa do Senado Federal.

29. (FCC: DPE-SP / Oficial de Defensoria Pública)


Nos termos da Constituição Federal brasileira, no
que concerne às medidas provisórias, está PODER JUDICIÁRIO
INCORRETO o que consta em:
a) Prorrogar-se-á uma única vez por igual período a vigência
de medida provisória que, no prazo de trinta dias, contado 1. (FCC/TRE/2015) Consideração as seguintes
de sua publicação, não tiver a sua votação encerrada nas assertivas:
duas Casas do Congresso Nacional.
I. A vedação constante do texto constitucional que obsta os
b) É vedada a edição de medidas provisórias sobre matéria magistrados a se dedicarem a atividades político-partidárias
já disciplinada em projeto de lei aprovado pelo Congresso não se estende aos advogados ou cidadãos investidos como
Nacional e pendente de sanção ou veto do Presidente da membros do Conselho Nacional de Justiça.
República.
II. É assegurado constitucionalmente caráter vinculante às
c) Se a medida provisória não for apreciada em até quarenta decisões do Conselho da Justiça Federal, que funciona junto
e cinco dias contados de sua publicação, entrará em regime ao Superior Tribunal de Justiça.
de urgência, subsequentemente, em cada uma das Casas do
34
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

III. Não se encontra sujeita à reserva de lei a regu- Trabalho que figure como réu em ação penal será
lamentação dos cursos oficiais para o ingresso e promoção de competência originária do
na carreira da magistratura a serem desenvolvidos pela
a) Juiz Federal.
Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de
Magistrados, que funciona junto ao Superior Tribunal de b) Supremo Tribunal Federal.
Justiça.
c) Superior Tribunal de Justiça.
IV. A vedação constante do texto constitucional que obsta os
magistrados a se dedicarem a atividades político-partidárias d) Tribunal Regional do Trabalho.
não tem aplicação aos juízes de paz. e) Tribunal Regional Federal.
Está correto o que se afirma APENAS em
a) I e II. 5. (FCC/TRF/2014) Considere as seguintes
situações processuais:
b) II, III e IV.
c) II e IV. I. causa entre Estado estrangeiro e pessoa domiciliada na
República Federativa do Brasil.
d) I e III.
II. ação rescisória de julgados dos Tribunais Regionais
e) II e III. Federais.
III. homologação de sentenças estrangeiras.
2. (FCC/TRT/2014) Sob o fundamento de que A competência para processamento e julgamento, nas
juízes de primeira instância, independentemente situações em questão, é atribuída, pela Constituição da
do estágio da carreira em que estejam, exercem República, respectivamente, a
idêntica atividade jurisdicional, a Associação dos
Magistrados da Justiça do Trabalho de a) Tribunais Regionais Federais, Superior Tribunal de
determinada região pretende obter, judicialmente, Justiça e Supremo Tribunal Federal.
a equiparação da remuneração percebida por b) Juízes federais, Tribunais Regionais Federais e Superior
juízes substitutos e titulares, de forma a beneficiar Tribunal de Justiça.
seus associados. A competência para o julgamento
de causa dessa natureza seria c) Juízes federais, Superior Tribunal de Justiça e Tribunais
Regionais Federais.
a) do Superior Tribunal de Justiça.
d) Superior Tribunal de Justiça, Tribunais Regionais
b) do Supremo Tribunal Federal. Federais e Juízes federais.
c) da Justiça Federal da região respectiva. e) Supremo Tribunal Federal, Tribunais Regionais Federais
e Superior Tribunal de Justiça.
d) do Tribunal Regional Federal da região respectiva.
e) do Tribunal Regional do Trabalho da região respectiva.
6. (FCC/TRF/2014) Os tribunais do país estão, em
regra, sujeitos em sua composição ao chamado
3. (FCC/TCO/2013) Processar e julgar quinto constitucional, que vem a ser o
originariamente nos crimes comuns e nos crimes preenchimento de um quinto de seus cargos
de responsabilidade os membros dos Tribunais de distribuídos igualmente entre advogados e
Contas dos Estados é competência do membros do Ministério Público. Configuram
EXCEÇÕES ao quinto constitucional:
a) Tribunal de Justiça do Estado e Superior Tribunal de
Justiça, respectivamente. a) Superior Tribunal de Justiça e Tribunais Regionais
Federais.
b) Supremo Tribunal Federal.
b) Tribunal Superior do Trabalho e Tribunal Superior
c) Superior Tribunal de Justiça e Supremo Tribunal
Eleitoral.
Federal, respectivamente.
c) Supremo Tribunal Federal, Superior Tribunal de Justiça e
d) Supremo Tribunal Federal e Superior Tribunal de
Tribunal Superior Eleitoral.
Justiça, respectivamente.
d) Tribunais Regionais Federais e Tribunais de Justiça.
e) Superior Tribunal de Justiça.
e) Supremo Tribunal Federal e Tribunal Superior do
Trabalho.
4. (FCC/MPE/2014) Habeas corpus impetrado em
favor de membro de Tribunal Regional do

35
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

7. (FCC/TRF/2014) Considere as seguintes e) Conselho Nacional da Justiça Federal.


situações:
I. Após sete anos de exercício da função, em primeiro grau,
10. (FCC/TRT/2014) Mário é Juiz do Tribunal de
um juiz perde o cargo, mediante sentença judicial transitada
Justiça do Maranhão, ocupando atualmente o cargo
em julgado.
de Juiz Titular de determinada Vara Cível da
II. É determinada a remoção de certo magistrado, Comarca de São Luís, figurando como o
contrariamente à sua vontade, por motivo de interesse Magistrado mais antigo na Lista de Antiguidade na
público, conforme decisão do voto da maioria absoluta do sua entrância. Aberto concurso de promoção para o
tribunal a que pertence. cargo de Desembargador do Tribunal de Justiça do
Estado do Maranhão pelo critério de antiguidade, o
III. Determinado magistrado, membro de Tribunal de
tribunal somente poderá recusar o juiz mais antigo
Justiça estadual, sofre redução em seu subsídio mensal, a fim
pelo voto
de que este seja adequado ao valor fixado para o do
Governador do Estado. a) fundamentado de no mínimo dois terços de seus
membros, conforme procedimento próprio, e assegurada
Seria incompatível com a Constituição da República, por
ampla defesa.
infringir garantia que esta expressamente outorga aos juízes,
o que consta em b) fundamentado da maioria simples de seus membros,
conforme procedimento próprio, e assegurada ampla defesa.
a) I, II e III.
c) de no mínimo dois terços de seus membros, mediante
b) I, apenas.
procedimento próprio e com voto secreto.
c) I e II, apenas.
d) fundamentado de no mínimo metade de seus membros,
d) II e III, apenas. conforme procedimento próprio, e assegurada ampla defesa.
e) III, apenas. e) da maioria simples de seus membros, mediante
procedimento próprio e com voto secreto.

8. (FCC/TRT/2014) Sávio, Deputado Estadual do


Maranhão, pretende ajuizar habeas data contra ato 11. (FCC/METRÔ/2014) Albertus, Juiz do Estado
do Ministro da Economia. A competência para de São Paulo, pretende ingressar com Mandado de
processar e julgar o habeas data que será ajuizado Segurança contra determinado Conselheiro do
por Sávio será do Conselho Nacional de Justiça por entender que, em
processo administrativo em curso perante o citado
a) Supremo Tribunal Federal.
órgão, sofreu grave violação a seu direito líquido e
b) Superior Tribunal de Justiça. certo. Nos termos da Constituição Federal, o
Mandado de Segurança deverá ser impetrado
c) Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão. perante o
d) Tribunal Regional Federal da 1ª Região.
a) Tribunal de Justiça de São Paulo.
e) Tribunal de Justiça de Brasília.
b) Superior Tribunal de Justiça.
c) Tribunal Regional Federal da 3a Região.
9. (FCC/TRT/2014) Renan é Procurador do
d) Supremo Tribunal Federal.
Ministério Público do Trabalho, atuando no Estado
do Maranhão. Em decorrência de uma denúncia e) Conselho da Justiça Federal.
veiculada junto ao Conselho Nacional do Ministério
Público é instaurado processo administrativo
disciplinar no referido Conselho contra Renan. 12. (FCC/TRT/2014) Relativamente ao Poder
Inconformado com uma decisão proferida no Judiciário, é correto afirmar:
processo disciplinar instaurado Renan resolve
a) Todas as decisões e todos os julgamentos dos órgãos do
questioná-la através de Mandado de Segurança.
Poder Judiciário de segunda instância serão públicos, sob
Neste caso, a competência para processar e julgar
pena de nulidade
o mandamus será do
b) Os juízes gozam da garantia de vitaliciedade, que no
a) Tribunal Superior do Trabalho.
primeiro grau, só será adquirida após três anos de exercício.
b) Superior Tribunal de Justiça.
c) A atividade jurisdicional será ininterrupta, com exceção
c) Supremo Tribunal Federal. das férias coletivas nos juízos e tribunais de segundo grau,
período em que o atendimento será transferido à primeira
d) Tribunal Regional do Trabalho da 16º Região.
instância.
36
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

d) Os servidores receberão delegação para a prática de atos aplicação de lei ao caso concreto por entender que
de administração e atos de mero expediente sem caráter violava o direito constitucional de propriedade,
decisório. sem, no entanto, declará-la expressamente
inconstitucional. Considerando que o recurso de
e) Aos juízes é vedado exercer a advocacia no juízo ou
apelação foi definitivamente julgado pela câmara
tribunal do qual se afastou antes de decorridos cinco anos do
sem apreciação da questão constitucional pelo
afastamento por aposentadoria ou exoneração.
plenário do Tribunal ou por seu órgão especial,
deve-se concluir que o Tribunal de Justiça agiu
13. (FCC/TRT/2014) A empresa X, sediada na
cidade de São Paulo, ajuizou mandado de
a) corretamente, uma vez que a cláusula de reserva de
segurança perante a Justiça Estadual Paulista
plenário apenas aplica-se aos julgamentos das ações diretas
contra ato de autoridade da Companhia de
de inconstitucionalidade, declaratória de
Saneamento Básico do Estado de São Paulo -
constitucionalidade e da arguição de descumprimento de
SABESP, objetivando o restabelecimento do serviço
preceito fundamental.
de água e esgoto em seu imóvel. Recebida a inicial,
o Magistrado Estadual declinou a competência b) incorretamente, uma vez que apenas pela maioria
para processar e julgar o mandado de segurança absoluta de seus membros ou dos membros do respectivo
para a Justiça Federal, argumentando que o ato foi órgão especial poderão os tribunais declarar a
praticado por dirigente de pessoa jurídica de inconstitucionalidade de lei ou ato normativo do poder
direito privado, agindo por delegação do Poder público.
Público Federal. Remetidos os autos à Justiça
c) incorretamente, uma vez que apenas pela maioria
Federal, o Magistrado suscitou conflito negativo de
absoluta de seus membros ou dos membros do respectivo
competência, argumentando ser incompetente
órgão especial poderão os tribunais declarar a
para analisar o mandado de segurança, inexistindo
inconstitucionalidade ou a constitucionalidade de lei ou ato
ato praticado por autoridade no exercício de
normativo do poder público.
função delegada federal. Neste caso, o julgamento
do conflito de competência negativo instaurado d) incorretamente, uma vez que a câmara deveria ter
caberá ao declarado expressamente a inconstitucionalidade da lei a fim
de viabilizar a interposição do recurso extraordinário ao
a) Superior Tribunal de Justiça.
Supremo Tribunal Federal.
b) Supremo Tribunal Federal.
e) corretamente, uma vez que qualquer juiz ou tribunal
c) Tribunal Regional Federal da 3º Região. pode, ao julgar um caso concreto, declarar a
inconstitucionalidade de lei ou ato normativo do poder
d) Tribunal de Justiça de São Paulo. público.
e) Conselho Nacional de Justiça.

16. (FCC/TRT/2013) Considere as seguintes


14. (FCC/TRT/2014) Isaura Beatriz de las Nieves, assertivas sobre o Poder Judiciário, de acordo com
juíza do trabalho do primeiro grau há 15 anos, nos a Constituição Federal de 1988:
termos do estatuto constitucional da magistratura,
I. Somente pelo voto da maioria absoluta de seus membros
a) não pode exercer qualquer outro cargo ou função. ou dos membros do respectivo órgão especial poderão os
tribunais declarar a inconstitucionalidade de lei ou ato
b) deve proferir suas decisões de modo público e normativo do Poder Público.
fundamentado, não podendo a lei limitar a presença, em
determinados atos, às próprias partes e a seus advogados. II. O ato de disponibilidade do magistrado, por interesse
público, fundar-se-á em decisão por voto da maioria
c) não será promovida se retiver, injustificadamente, autos absoluta do respectivo tribunal ou do Conselho Nacional de
em seu poder além do prazo legal, não podendo devolvê-los Justiça, assegurada ampla defesa.
ao cartório sem o devido despacho ou decisão.
III. Lei Ordinária, de iniciativa do Supremo Tribunal
d) não poderá ser promovida por merecimento, em razão de Federal, disporá sobre o Estatuto da Magistratura,
sua antiguidade. observados os princípios estabelecidos na Constituição
e) pode dedicar-se à atividade político-partidária no âmbito Federal de 1988.
estadual. Está correto o que se afirma em:
a) I e II, apenas.
15. (FCC/MPE/2013) Câmara do Tribunal de b) I, II e III.
Justiça Estadual deu provimento a recurso de
apelação, por unanimidade de votos, afastando a c) II e III, apenas.
37
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

d) I e III, apenas. de entrância para entrância. Considerando que


Marta figurou por três vezes consecutivas em lista
e) II, apenas.
de merecimento; Joaquim figurou por cinco vezes
alternadas também em lista de merecimento e
Godofredo figurou por duas vezes consecutivas
17. (FCC/TRT/2013) Sobre o Poder Judiciário, de
também em lista de merecimento, de acordo com a
acordo com a Constituição Federal brasileira, é
Constituição Federal brasileira, será obrigatória a
INCORRETO afirmar:
promoção de
a) As decisões administrativas dos tribunais serão motivadas
a) Joaquim, apenas.
e em sessão pública, sendo as disciplinares tomadas pelo
voto da maioria absoluta de seus membros. b) Marta, apenas.
b) Compete privativamente aos Tribunais de Justiça julgar c) Marta e Godofredo, apenas.
os membros do Ministério Público, nos crimes comuns e de
d) Marta, Joaquim e Godofredo.
responsabilidade, ressalvada a competência da Justiça
Eleitoral. e) Marta e Joaquim, apenas.
c) Aos juízes é garantida a vitaliciedade, que, no primeiro
grau, só será adquirida após três anos de exercício,
20. (FCC/MPE/2013) A Escola Nacional de
dependendo a perda do cargo, nesse período, de deliberação
Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados e o
do tribunal a que o juiz estiver vinculado, e, nos demais
Conselho da Justiça Federal funcionarão junto ao
casos, de sentença judicial transitada em julgado.
d) O credor poderá ceder, total ou parcialmente, seus a) Supremo Tribunal Federal.
créditos em precatórios a terceiros, independentemente da b) Superior Tribunal de Justiça.
concordância do devedor, cessão esta que somente
produzirá efeitos após comunicação, por meio de petição c) Superior Tribunal de Justiça e Supremo Tribunal Federal,
protocolizada, ao tribunal de origem e à entidade devedora. respectivamente.

e) Aos juízes é vedado exercer a advocacia no juízo ou d) Supremo Tribunal Federal e o Superior Tribunal de
tribunal do qual se afastaram, antes de decorridos três anos Justiça, respectivamente.
do afastamento do cargo por aposentadoria ou exoneração. e) Congresso Nacional.

18. (FCC/MPE/2013) O mandado de segurança 21. (FCC/TRT/2013) Considere as seguintes


contra ato de Ministro do Tribunal de Contas da situações hipotéticas: Matias, membro do Tribunal
União é de competência do Regional do Trabalho da 9a Região, praticou crime
a) Supremo Tribunal Federal, se impetrado por partido comum. Fabiolo, Governador do Estado do Paraná,
político com representação no Congresso Nacional, ou do também praticou crime comum. De acordo com a
Superior Tribunal de Justiça, se impetrado por cidadão em Constituição Federal brasileira, em regra, terá
defesa de direito líquido e certo de que seja titular. competência para processar e julgar,
originariamente, Matias e Fabiolo, o
b) Superior Tribunal de Justiça, sendo cabível para proteger
direito líquido e certo não amparado por habeas corpus ou a) Supremo Tribunal Federal.
habeas data. b) Superior Tribunal de Justiça.
c) Supremo Tribunal Federal, sendo cabível para proteger c) Superior Tribunal de Justiça e o Supremo Tribunal
direito líquido e certo não amparado por habeas corpus ou Federal, respectivamente.
habeas data.
d) Supremo Tribunal Federal e o Superior Tribunal de
d) Superior Tribunal de Justiça, sendo cabível sempre que Justiça, respectivamente.
alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer violência ou
coação em sua liberdade de locomoção, por ilegalidade ou e) Tribunal Regional Federal competente.
abuso de poder.
e) Supremo Tribunal Federal, sendo cabível sempre que 22. (FCC/TRT/2013) Considere a situação
alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer violência ou hipotética: Carlos, Comandante da Marinha do
coação em sua liberdade de locomoção, por ilegalidade ou Brasil, praticou crime de responsabilidade.
abuso de poder. Cumpre salientar que o crime praticado é
autônomo, ou seja, não é conexo com infração da
mesma natureza praticada pelo Presidente ou Vice-
19. (FCC/MPE/2013) Marta, Joaquim e Godofredo
são juízes de direito que estão buscando promoção
38
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

Presidente da República. Nesse caso, Carlos será a) apenas por juízes togados, competentes para a
julgado pelo conciliação, o julgamento e a execução de causas cíveis de
menor complexidade e infrações penais de menor potencial
a) Superior Tribunal de Justiça.
ofensivo, mediante os procedimentos oral e sumaríssimo,
b) Supremo Tribunal Federal. vedada a transação em matéria penal e o julgamento de
recursos por turmas de juízes de primeiro grau.
c) Tribunal Regional Federal da 2a Região.
b) por juízes togados, ou togados e leigos, competentes para
d) Congresso Nacional. a conciliação, o julgamento e a execução de causas cíveis de
e) Senado Federal. menor complexidade e infrações penais de menor potencial
ofensivo, mediante os procedimentos oral e sumaríssimo,
permitidos, nas hipóteses previstas em lei, a transação e o
23. (FCC/TRT/2013) Considere a situação julgamento de recursos por turmas de juízes de primeiro
hipotética: Carlos, Comandante da Marinha do grau.
Brasil, praticou crime de responsabilidade. c) apenas por juízes togados, competentes para a conciliação,
Cumpre salientar que o crime praticado é o julgamento e a execução de causas cíveis de menor
autônomo, ou seja, não é conexo com infração da complexidade e infrações penais de menor potencial
mesma natureza praticada pelo Presidente ou Vice- ofensivo, mediante os procedimentos oral e sumaríssimo,
Presidente da República. Nesse caso, Carlos será permitidos, nas hipóteses previstas em lei, a transação e o
julgado pelo julgamento de recursos por turmas de juízes de primeiro
a) Superior Tribunal de Justiça. grau.

b) Supremo Tribunal Federal. d) por juízes togados, ou togados e leigos, competentes


apenas para a conciliação, mas não para o julgamento e a
c) Tribunal Regional Federal da 2a Região. execução, de causas cíveis de menor complexidade e
d) Congresso Nacional. infrações penais de menor potencial ofensivo, mediante
procedimentos escritos, permitidos, nas hipóteses previstas
e) Senado Federal. em lei, a transação e o julgamento de recursos por turmas de
juízes de primeiro grau.

24. (FCC/DPE/2013) A Constituição Federal e) por juízes togados, ou togados e leigos, competentes para
brasileira dispõe sobre a continuidade da atividade a conciliação, o julgamento e a execução de causas cíveis de
jurisdicional, determinando que menor complexidade e infrações penais de menor potencial
ofensivo, mediante os procedimentos oral e sumaríssimo,
a) poderá ser interrompida por férias coletivas apenas nos vedada a transação em matéria penal e o julgamento de
tribunais de segundo grau, que ficam dispensados do plantão recursos por turmas de juízes de primeiro grau.
judiciário nos dias em que não houver expediente normal.
b) poderá ser interrompida por férias coletivas nos juízos e
tribunais de segundo grau, que ficam dispensados do plantão 26. (FCC/TRT/2013) Dentre as normas da
judiciário nos dias em que não houver expediente normal. Constituição Federal aplicáveis ao Poder
Judiciário encontra-se aquela segundo a qual
c) será ininterrupta, sendo permitido férias coletivas nos
juízos e tribunais de segundo grau, funcionando, nos dias em a) cabe ao Poder Judiciário dispor sobre o período de férias
que não houver expediente forense normal, juízes de plantão coletivas nos juízos e tribunais de segundo grau.
permanente. b) as decisões administrativas dos tribunais não necessitam
d) será ininterrupta, sendo vedado férias coletivas nos juízos ser motivadas.
e tribunais de segundo grau, funcionando, nos dias em que c) o juiz titular residirá na respectiva comarca, salvo
não houver expediente forense normal, juízes de plantão autorização do Tribunal.
permanente.
d) é vedado aos servidores do Poder Judiciário receber
e) será ininterrupta, sendo permitido férias coletivas apenas delegação para a prática de atos de administração e atos de
nos tribunais de segundo grau, funcionando, nos dias em mero expediente sem caráter decisório.
que não houver expediente forense normal, juízes de plantão
permanente. e) a distribuição de processos será imediata apenas em
primeiro grau de jurisdição.

25. (FCC/DPE/2013) Ao dispor sobre o Poder


Judiciário, a Constituição Federal brasileira 27. (FCC/TRT/2014) Suponha que um indivíduo
prescreve que a União, no Distrito Federal e nos empossado como juiz no ano de 2010 tenha
Territórios, e os Estados criarão juizados especiais também assumido um cargo de magistério em
providos instituição pública de ensino. Sem prévia
39
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

comunicação ao Tribunal ao qual estava vinculado, b) o Conselho Nacional de Justiça, o Superior Tribunal de
filiou-se a partido político, vindo a perder o cargo Justiça e os Tribunais Militares.
em 2011 por decisão do respectivo Tribunal. No
c) os Tribunais do Trabalho, os juizados de paz e o
ano seguinte, passou a exercer advocacia junto ao
Ministério da Justiça.
mesmo juízo do qual se afastou. Considerando as
normas da Constituição Federal, o indivíduo em d) o Superior Tribunal de Justiça, o Conselho Nacional do
questão Ministério Público e os Tribunais Eleitorais.
a) agiu ilicitamente ao exercer um cargo de magistério em e) os Tribunais Regionais Federais, o Tribunal de Contas e o
instituição pública de ensino, conjuntamente com o cargo de Supremo Tribunal Federal.
juiz.
b) somente poderia dedicar-se a atividade político- partidária
30. (FCC/PGE/2012) O ato de remoção
mediante prévia e expressa autorização do respectivo
compulsória de magistrado, por interesse público,
Tribunal.
só pode ser efetivado pelo voto
c) somente poderia dedicar-se a atividade político-partidária
a) da maioria absoluta dos membros do respectivo Tribunal
após tornar-se vitalício.
ou de seu Órgão Especial.
d) agiu ilicitamente ao exercer advocacia junto ao mesmo
b) de três quintos dos membros do respectivo Tribunal ou de
juízo do qual se afastou, antes de decorridos 3 anos do
seu Órgão Especial ou do Conselho Nacional de Justiça.
afastamento do cargo.
c) de dois terços dos membros do respectivo Tribunal ou de
e) não poderia ter perdido o cargo por decisão do Tribunal
seu Órgão Especial ou do Conselho Nacional de Justiça.
ao qual estava vinculado.
d) de dois terços dos membros do respectivo Tribunal ou de
seu Órgão Especial.
28. (FCC/TRT/2013) De acordo com o regime
constitucional dos precatórios judiciais, e) da maioria absoluta dos membros do respectivo Tribunal
ou de seu Órgão Especial ou do Conselho Nacional de
a) o credor poderá ceder, total ou parcialmente, seus créditos Justiça.
em precatórios a terceiros, desde que mediante prévia e
expressa concordância do devedor.
31. (FCC/TST/2012) Considere as seguintes
b) os pagamentos devidos pelas Fazendas Públicas Federal,
assertivas a respeito do Poder Judiciário:
Estaduais, Distrital e Municipais, em virtude de sentença
judiciária, far-se-ão exclusivamente na ordem cronológica de I. Todos os julgamentos dos órgãos do Poder Judiciário
apresentação de precatórios e à conta dos créditos serão públicos, podendo a lei limitar a presença, em
respectivos, independentemente do valor do débito. determinados atos, às próprias partes e a seus advogados, ou
somente a estes, em casos nos quais a preservação do direito
c) é obrigatória a inclusão no orçamento das entidades de
à intimidade do interessado no sigilo não prejudique o
direito público, de verba necessária ao pagamento de seus
interesse público à informação.
débitos, oriundos de sentenças transitadas em julgado,
constantes de precatórios judiciários apresentados até 1o de II. As decisões administrativas dos tribunais dispensam a
julho, fazendo-se o pagamento até o final do mesmo motivação, sendo as disciplinares tomadas pelo voto da
exercício, quando terão seus valores atualizados. maioria absoluta de seus membros, assegurada a ampla
defesa e o contraditório.
d) cabe ao Presidente do Tribunal que proferir a decisão
exequenda autorizar, exclusivamente, na hipótese de o III. Nos tribunais com número superior a vinte e cinco
precatório não ter sido pago no prazo constitucional, o julgadores, poderá ser constituído órgão especial, com o
sequestro da quantia necessária à satisfação do débito. mínimo de onze e o máximo de vinte e cinco membros, para
o exercício das atribuições administrativas e jurisdicionais
e) a União poderá, a seu critério exclusivo e na forma da lei,
delegadas da competência do tribunal pleno.
assumir débitos, oriundos de precatórios, de Estados,
Distrito Federal e Municípios, refinanciando-os diretamente. IV. Pode a lei estabelecer período de férias coletivas nos
juízos e tribunais de segundo grau, desde que determine a
manutenção de juízes em plantão permanente durante o
29. (FCC/TRF/2013) São órgãos do Poder período.
Judiciário, conforme estabelece a Constituição
Está correto o que se afirma APENAS em
Federal,
a) I e II.
a) o Supremo Tribunal Federal, o Ministério da Justiça e os
Tribunais Regionais Federais. b) II e III.
c) I e III.

40
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

d) II e IV.
e) III e IV. 35. (FCC/TJ/2012) No que se refere às garantias e
às vedações aplicáveis à magistratura brasileira, é
correto afirmar que os juízes
32. (FCC/TST/2012) A Constituição Federal permite aos
a) têm vitaliciedade, que, no primeiro grau, só será adquirida
juízes
após três anos de exercício, dependendo a perda do cargo,
a) dedicarem-se à atividade político-partidária. nesse período, de deliberação do tribunal a que o juiz estiver
vinculado, e, nos demais casos, de sentença judicial
b) receberem custas em processo, desde que haja autorização
transitada em julgado.
do respectivo tribunal.
b) têm inamovibilidade, salvo por motivo de interesse
c) titulares residirem em comarca distinta daquela onde
público fundado em decisão por voto de maioria de dois
exercem sua função, desde que haja autorização do
terços do respectivo tribunal ou do Conselho Nacional de
respectivo tribunal.
Justiça, assegurada ampla defesa.
d) impedirem a imediata distribuição de processos por
c) têm irredutibilidade de subsídio, não se lhes aplicando
razões de conveniência do serviço.
limites constitucionais, nem sequer o teto de remuneração.
e) exercerem a advocacia no juízo ou tribunal do qual se
d) não podem exercer, ainda que em disponibilidade, outro
afastaram, independentemente do tempo de afastamento do
cargo ou função, salvo uma de magistério.
cargo por aposentadoria ou exoneração.
e) não podem exercer a advocacia no juízo ou tribunal de
que se afastaram, antes de decorridos dois anos do
33. (FCC/TST/2012) Determinado Tribunal de afastamento do cargo por aposentadoria ou exoneração.
Justiça estadual possui Órgão Especial composto
por seu Presidente e mais 24 membros, provendo-
se 36. (FCC/TJ/2012) Nos termos da Constituição da
República, é necessária a manifestação de dois
a) metade das vagas por antiguidade e a outra metade por terços dos membros do Tribunal para
eleição pelos demais membros do Órgão Especial.
a) a declaração de inconstitucionalidade de lei ou ato
b) 2/3 das vagas por antiguidade e 1/3 por eleição pelo
normativo do Poder Público.
Tribunal Pleno.
b) o ato de remoção, disponibilidade e aposentadoria do
c) metade das vagas por antiguidade e a outra metade por magistrado, por interesse público.
eleição pelo Tribunal Pleno.
c) a aprovação de súmula de efeito vinculante, pelo Superior
d) 1/3 das vagas por antiguidade e 2/3 por eleição pelo
Tribunal de Justiça.
Tribunal Pleno.
d) a produção de eficácia contra todos e efeito vinculante nas
e) 2/3 das vagas por antiguidade e 1/3 por eleição pelos
ações diretas de inconstitucionalidade e nas ações
demais membros do Órgão Especial.
declaratórias de constitucionalidade.
e) a recusa ao prosseguimento de recurso extraordinário, por
34. (FCC/TRF/2012) Pamela é Juíza Federal da não demonstração da repercussão geral das questões
Seção Judiciária de Alagoas; Brunetti é Juíza constitucionais discutidas no caso.
Federal da Seção Judiciária de São Paulo; Apolo é
membro do Ministério Público da União atuante
em primeira instância e Giselle é Juíza Federal da 37. (FCC/TRE/2012) Considere as seguintes
Seção Judiciária do Rio Grande do Norte. De afirmações a respeito dos Tribunais e Juízes do
acordo com a Constituição Federal brasileira, Estado, em conformidade com as disposições
compete ao Tribunal Regional Federal da 5a normativas constitucionais:
Região processar e julgar, originariamente, nos
I. Os Estados organizarão sua Justiça, observados os
crimes comuns e de responsabilidade, ressalvada a
princípios estabelecidos na Constituição da República, sendo
competência da Justiça Eleitoral,
a competência dos tribunais definida na Constituição do
a) Pamela, Brunetti e Giselle, apenas. Estado e a lei de organização judiciária de iniciativa do
Tribunal de Justiça.
b) Pamela e Giselle, apenas.
II. A lei estadual poderá criar, mediante proposta do
c) Pamela, Brunetti, Apolo e Giselle. Tribunal de Justiça, a Justiça eleitoral estadual, constituída,
d) Pamela, Apolo e Giselle, apenas. em primeiro grau, pelos juízes de direito e pelas juntas
eleitorais.
e) Apolo, apenas.
41
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Fanpage: www.facebook.com/professorcristianolopes

III. O Tribunal de Justiça instalará a justiça itinerante, com a) Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe.
a realização de audiências e demais funções da atividade
b) Supremo Tribunal Federal.
jurisdicional, nos limites territoriais da respectiva jurisdição,
servindo-se de equipamentos públicos e comunitários. c) Superior Tribunal de Justiça.
Está correto o que consta APENAS em d) Tribunal Regional Federal.
a) I. e) Congresso Nacional.
b) II.
c) III. GABARITO
d) I e II. 1–B 2–B 3–E 4–C 5–B 6–C 7–E 8–B 9–C 10 – A

e) I e III.
11 – C 12 – D 13 – A 14 – C 15 – D 16 – A 17 – C 18 – C 19 – E 20 – B

21 – B 22 – B 23 – D 24 – D 25 – B 26 – D 27 – D 28 – E 29 – B 30 – E
38. (FCC/TRF/2012) Ricardo, membro do
Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro 31 – C 32 – C 33 – C 34 – D 35 – D 36 – E 37 – E 38 – A 39 – C 40 – B

é denunciado pelo Ministério Público e passa a


responder processo por crime de corrupção
passiva. Seu advogado, Fulvio, pretende impetrar
habeas corpus para obter o trancamento da ação
penal. A competência originária para julgamento
deste remédio constitucional impetrado em favor
do paciente Ricardo será do:
a) Superior Tribunal de Justiça.
b) Tribunal Regional Federal da 2a Região.
c) Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.
d) Supremo Tribunal Federal.
e) Juiz de Direito de uma das Varas Criminais da Comarca
do Rio de Janeiro.

39. (FCC/TRE/2012) A Constituição da República


estabelece igualmente para membros do Poder
Judiciário e do Ministério Público que
a) os integrantes das carreiras deverão residir na comarca da
respectiva lotação, salvo autorização do Tribunal.
b) a vitaliciedade será adquirida após dois anos de exercício
da função, dependendo a perda do cargo, inclusive nesse
período, de sentença judicial transitada em julgado.
c) o exercício da advocacia no juízo ou Tribunal do qual se
afastaram é vedado antes de decorridos três anos do
afastamento do cargo por aposentadoria ou exoneração.
d) o exercício de atividade político-partidária é proibido,
salvo exceções previstas em lei.
e) o ato de remoção por interesse público será fundado em
decisão do órgão colegiado competente, pelo voto de dois
terços de seus membros, assegurada ampla defesa.

40. (FCC/TJ/2012) O litígio entre a França e o


Estado de Sergipe deverá ser processado e julgado,
originariamente, pelo

42