Você está na página 1de 3

COLÉGIO SÃO PAULO. ENSINO FUNDAMENTAL II – 7º ANO DATA:____/_____/_____.

Leia este poema, de Lalau e Laura Beatriz, e responda às questões de 1 a 3. (NO CADERNO)

Infância 2

Joguei pião na terra, Comi paçoquinha, Brinquei de caubói,


Fiz piquenique na serra, Me escondi no quintal, Brinquei de índio,
Quebrei bolinha de gude, Usei chapéu de jornal, Brinquei de soldado,
Corri o mais que pude, Tive amigo japonês, Fui um desenho animado.
Tirei zero na prova, Amigo pretinho,
Menti que tirei dez, Amigo alemão,
Ganhei uma bola nova, Amigo baixinho,
Machuquei os dois pés, Levei choque em tomada,
Assustei um gato, Fiquei com o nariz entupido,
Um cachorro me assustou, Arranjei uma namorada,
Capturei um rato, Namorei escondido,
Minha mãe não gostou, Assisti filme de terror,
Colecionei gibi, No calor, senti frio,
Disco voador eu não vi, No frio, senti calor,
Troquei figurinha, Peguei balão no telhado,
Girassóis e outras poesias. São Paulo: Companhia das Letrinhas 1995. p. 28-9

1) Para exprimir as ações que realizou na infância, o eu-lírico utiliza muitos verbos.
a) Identifique os verbos dos dez primeiros versos. Joguei, fiz, quebrei, corri, tirei, menti, ganhei, machuquei, assustei,
assustou.
b) Em que tempo e modo verbal(INDICATIVO- SUBJUNTIVO E IMPERATIVO) eles estão? Eles estão no pretérito
perfeito do modo indicativo.
c) Por que eles foram empregados nesse tempo e nesse modo verbal?
Porque falam de ações completas já feitas pelo eu-lírico em determinado tempo no passado. (infância)

2) Os verbos têm um papel destacado nesse poema. Considerando-se o perfil do eu-lírico e o conjunto de ações que ele
realizava na infância, por que o verbo é uma classe gramatical fundamental na construção desse texto?
Porque pelos verbos podemos perceber como o eu-lírico era quando era criança. Os verbos nos mostram que ele era
uma criança bem levada.

3) O último verso do poema –“Fui um desenho animado”– corresponde a uma espécie de resumo das ações do eu-lírico.
Interprete esse verso, respondendo: O que há de semelhante entre a infância do eu-lírico e um desenho animado?
Podemos dizer que a infância do eu-lírico foi tão movimentada quanto um desenho animado.

4) Leia esta tira de Laerte.

a) Qual é o assunto da tira? A tira ensina como passar roupa sem usar a tomada.
b) Em que modo (indicativo, subjuntivo e imperativo) estão as formas verbais empregadas nas frases numeradas da
tira? Estão no modo imperativo.
c) Considerando o assunto da tira, responda: Por que foi empregado esse modo verbal? Porque são instruções, modo de
fazer algo, mostram ordem.

1
5) Leia este texto:

Qual é o segredo dos encantadores de serpentes?

Todas as cobras, inclusive a naja, usadas nas apresentações de encantadores, são


praticamente surdas. Quando o encantador abre o cesto onde a serpente está, ela se
levanta naturalmente, porque costuma ficar com parte do corpo na posição ereta. O que
desperta a curiosidade do animal, então, é o movimento que o encantador faz com a
flauta. Se ele mexesse a mão do mesmo jeito que mexe a flauta, a cobra responderia da
mesma maneira. Alguns encantadores passam xixi de rato na ponta da flauta, o que atiça
o faro da naja e ajuda a manter sua posição.
Marcelo Duarte. A arca dos bichos. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 1999. p. 55

a) Dos verbos destacados nesse texto, quais indicam:


*estado? "são e é"
*ação?"abre, levanta, desperta, atiça"
*fenômeno natural? não tem
b) Identifique no texto uma locução verbal e reescreva-a a seguir, identifique o verbo auxiliar e o verbo principal.
costuma ficar – auxiliar- costuma - principal - ficar
c) Encontre as frases cujos verbos expressam um fato incerto, hipotético, e reescreva-as a seguir.
"Se ele mexesse a mão do mesmo jeito..."
A que modo esses verbos pertencem? Modo subjuntivo

6) Passe as orações para o plural fazendo as alterações adequadas:

a- Rodrigo tinha uma calça azul-escura e Tuca tinha um casaco vermelho-sangue.


Rodrigo tinha umas calças azul-escuras e Tuca tinha uns casacos vermelho-sangue.

7)Transforme os períodos simples em períodos compostos usando pronomes relativos:


a- O menino sempre falou a verdade. Durante a entrevista, a mãe do menino fez várias perguntas.
O menino cuja mãe fez várias perguntas, sempre falou a verdade.

b- O professor tinha muito dinheiro. O professor não possuía amigos.


O professor que não possuía amigos tinha muito dinheiro.

08- Separe os elementos formadores das formas verbais SUBLINHADAS e indique também as suas formas
nominais:mex- radical – e- VT 2ª conj. - sse- Des. Inf. mexer – Ger. mexendo - Part. mexido
respond-radical – e-VT 2ª conj. - ria – Des Inf. responder – Ger. respondendo - Part. respondido
pass-radical – a –VT 1ª conj. – m-Des. Inf. passar - ger. passando - Part. passado
ajud-radical – a-Des. VTØ 1ª conj. Inf. ajudar - ger.-ajudando - Part-ajudado.

10- Crie frases usando a flexão pedida de grau dos adjetivos inteligente, feliz e fácil. (pessoal)
a- superlativo absoluto analítico: O aluno é muito inteligente.

b- superlativo relativo de superioridade: A turma é a mais feliz do colégio.

c- superlativo absoluto sintético A prova estava facílima.

11) Analise morfologicamente todas as palavras da frase:

a- Alguns encantadores passam xixi de rato na ponta da flauta e eles jamais encontram resistência.
Alguns- pronome indefinido / encantadores=substantivo / passam=verbo / xixi=substantivo / de rato= locução adjetiva /
na ponta da flauta= locução adverbial / eles=pronome pessoal / jamais= advérbio / encontram= verbo / resistência=
substantivo.

12- Há, a seguir, frases em que a preposição destacada 13- Nas frases seguintes, excetuando uma, a
dá a ideia de lugar. Em qual das frases isso não preposição destacada transmite uma idéia de tempo.
ocorre? Indique o sentido de todas elas. Qual frase é a exceção?
a) Viemos de Salvador e agora vamos a Porto Alegre. Indique o sentido de todas as outras.
b) Ficamos em casa durante todo o fim de semana. a) Nasci a 9 de julho, e você?
c) Olhe para a frente. b) Não vejo televisão durante o jantar.
d) Falou sobre acidentes de trânsito. c) Após o filme, vamos sair?
e) Dirigiu-se ao balcão para pedir uma informação. d) Assim que souberam do acidente, vieram em nosso
socorro.(indica causa)
e) Você estuda à noite ou de manhã?
2
f) Só ficarei em melhores condições para o mês que a) Eu venho por Porto Alegre. (meio)
vem. b) Eu venho para Porto Alegre. (destino)
g) Trabalha pela manhã e estuda à tarde. c) Eu venho de Porto Alegre. (origem)
d) Sempre leio histórias para ele. (finalidade, direção)
14- Empregando as preposições de, com, para e por, e) Sempre leio histórias com ele. (companhia)
complete as lacunas das frases seguintes, observando f) Recebemos o dinheiro por eles. (substituição)
os valores semânticos(SENTIDOS) indicados nos g) Recebemos o dinheiro com eles. (companhia)
parênteses: h) Recebemos o dinheiro por eles. (intermédio)