Você está na página 1de 3

XXVIII EXAME DA ORDEM

2ª FASE DIREITO DO TRABALHO

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DO TRABALHO DA ... VARA DO TRABALHO DE MONTE


VERDE/MG

(pular 5 linhas)

João Baloeiro, nacionalidade, estado civil, atendente de contas pessoa física, RG ..., CPF..., CTPS nº ... e
série ..., nascido em ..., filho de ..., endereço completo com CEP, vem, por intermédio de seu advogado,
procuração anexa e endereço profissional, propor / ajuizar / apresentar RECLAMAÇÃO TRABALHISTA,
pelo rito ordinário, com fulcro no artigo 840, parágrafo 1º, da Consolidação das Leis do Trabalho,
combinado com o artigo 319 do Código de Processo Civil, aplicado ao processo do trabalho supletiva e
subsidiariamente por força do art. 769 da CLT e o art. 15 do CPC, em face de Banco “Dólar S/A", pessoa
jurídica de direito privado, CNPJ..., endereço completo com CEP, em virtude dos fatos e fundamentos
expostos a seguir.

I – DOS FATOS

João Baloeiro foi admitido pelo Banco Enriquece S/A como atendente de contas pessoa física, em
19.06.2006. Ocorre que sempre recebeu por fora a quantia de R$ 550,00 mensais, que jamais foram
considerados no cálculo de outros benefícios.

Indevidamente, houve o desconto de 2 dias do salário por ausência do Reclamante em virtude de


falecimento de seu genitor.

Ademais, o Banco Enriquece S/A foi adquirido pelo Banco Dólar S/A em novembro de 2013.

Por derradeiro, em 20.12.2015, o Reclamante foi dispensado sem justa causa e se encontra sem
condições econômicas para arcar com os custos do processo.

II – DA SUCESSÃO

Conforme apontado acima, o Reclamante foi admitido pelo Banco Enriquece S/A, sendo que este foi
posteriormente adquirido pelo Banco Dólar S/A.

Exame de Ordem
Damásio Educacional
É certo que o banco adquirente é responsável por arcar com os valores devidos ao Reclamante, na
medida em que a alteração na estrutura empresarial não afeta os direitos do obreiro, nos termos do
artigo 10 e 448 da CLT.

Neste ponto, vale destacar que a sucessão transfere ao sucessor todos os créditos e débitos do sucedido,
à luz do art. 448-A da CLT e consoante o entendimento pacificado na OJ 261 da SDI-I, do TST.

Ante o exposto, requer-se a integral responsabilização do Banco Dólar S/A para a satisfação dos direitos
devidos ao Reclamante.

II – DO SALÁRIO PAGO POR FORA.

Na folha de pagamento do trabalhador consta o salário de R$ 1.600,00 mensais, todavia o empregador


pagava por fora a quantia de R$ 550,00, valor que jamais foi considerado para integrar as demais verbas
devidas.

Ora, o salário corresponde à quantia paga pelo empregador em contraprestação ao trabalho do


empregado, ainda que não esteja formalmente reconhecido na folha de pagamento. Por esta razão, é
certo que os R$ 550,00 mencionados compõe o salário do Reclamante, ante a previsão do artigo 457,
“caput” e § 1º, da CLT.

Sendo assim, requer-se também a integração da quantia paga por fora ao salário do empregado, com os
respectivos reflexos.

III – DO DESCONTO SALARIAL INDEVIDO

O trabalhador ainda foi lesado em mais um de seus direitos durante vigência do contrato de trabalho.
Isso porque em virtude do falecimento de seu genitor, o obreiro se ausentou do trabalho por dois dias,
os quais foram descontados pelo antigo empregador.

Todavia, o ordenamento jurídico assegura ao trabalhador a possibilidade de faltar justificadamente ao


serviço por dois dias na hipótese em questão, falecimento de ascendente, conforme preceitua o artigo
473, I, da CLT.

Desta feita, requer-se a condenação da Reclamada à devolução dos descontos indevidos.

Exame de Ordem
Damásio Educacional
2 de 3
IV – DOS PEDIDOS

Ante o exposto, requer-se a procedência dos seguintes pedidos:

a. Responsabilização do Banco Dólar S/A pelos valores devidos ao


Reclamante.................................................................... inestimável;

b. Integração do salário pago por fora, com reflexos nas verbas rescisórias e
contratuais.............................................valor liquidado;

c. Devolução dos dias descontados indevidamente...valor liquidado.

Requer-se, também, a notificação da Reclamada, para que querendo, apresente sua defesa.

Requer-se, ainda, o benefício da justiça gratuita, uma vez que o autor perceberia remuneração inferior
a 40% do limite máximo de benefícios do Regime Geral de Previdência Social, nos termos do artigo 790,
§ 3º, da CLT.

Requer-se, ainda, a condenação da reclamada ao pagamento de honorários advocatícios, nos termos do


art. 791-A, da CLT.

Protesta provar o alegado por todos os meios admitidos em direitos.

Dá-se à causa o valor de R$ ...

Termos em que,

Pede deferimento

Local e Data.

Advogado

OAB nº...

Exame de Ordem
Damásio Educacional
3 de 3