Você está na página 1de 7

Thomas moore

Noites escuras da alma


Agradecimentos
É impossível escrever um livro sobre os períodos mais profundos, escuros e difíceis da vida. Sou
grato às pessoas que me ajudaram. Como sempre, fui muito apoiado por Michael Katz, que para mim
é mais do que apenas um sobrevivente durante a noite escura e mais do que apenas meu agente. Bill
Shinker mostrou incrível fé em mim e me apoiou naquela época, o que poderia facilmente se tornar
a noite escura da minha alma. Tive a sorte de reconhecer Lauren Marino, cuja edição cuidadosa me
ajudou a não esquecer que os livros têm leitores. Sou grata a Emily Archer com sua capacidade
verdadeiramente dourada de tocar a alma de outra pessoa, dar conselhos críticos e, ao mesmo tempo,
inspirar. Redmond O'Hanlon, meu maravilhoso colega e alma gêmea de Dublin, me apoiou ainda
mais do que eu poderia imaginar. Meus outros amigos da Irlanda aparecem frequentemente nestas
páginas: John Moriarty, o bardo mais talentoso que já conheci; Michael Kearney, um amigo leal que
sabe muito sobre minhas próprias noites sombrias; seu irmão Richard Kearney, um genuíno filósofo
com um grande coração, cheio de uma riqueza de imaginação; Brendan e Hazel Hester, cuja amizade
e conselhos durante todo esse tempo foram muito valiosos para mim. No campo da medicina, além
do Dr. Michael Kearney, já mencionado por mim, eu também fui muito ajudado pela minha gentileza
e participação do Dr. Balfour Mount e do Rev. George Dobler. A Dra. Bettina Peyton-Levine é
metade um anjo e metade humana - ambas partes dela estão invisivelmente presentes neste livro. Dr.
James Guy foi uma verdadeira inspiração para mim, esse homem incrível

Sou grato a Pat Tumey, que constantemente me ensina a ver as coisas e a escrever sobre elas. Ela
também compartilhou comigo a minha jornada enevoada no escuro da noite enquanto escrevia este
livro.

Quero agradecer a Sivan e Abe das profundezas de Perséfone do meu coração e também a Hainley,
minha irmã mística.

No momento de escrever este livro, minha mãe foi hospitalizada por 9 meses como resultado de um
derrame e morreu quando eu já estava terminando este livro. Estou em dívida com meu pai, meu
irmão Jim, Peggy e minha tia Betty. Quanto à minha mãe, só posso oferecer-lhe uma oração de louvor
e agradecimento. Sua noite escura acompanhou implacavelmente o meu trabalho neste livro e me
guiou como um anjo da guarda. Eu sinto sua influência em todas as células do meu ser.

Por fim, quero expressar minha gratidão a todas as pessoas maravilhosas cujas histórias conto nessas
páginas. Não posso expressar plenamente o respeito infinito que tenho por eles, e essa gratidão por
dar tanto para mim.

A vida terrena chegou à metade

Eu me encontrei em uma floresta sombria

Tendo perdido o caminho certo na escuridão do vale.

O que foi ele, oh, como eu digo

Aquela floresta selvagem, densa e ameaçadora,

Cujo horror eu tenho em minha memória!

Tão amargo é que a morte é dificilmente mais doce.


Mas a benção nele é encontrada para sempre

Eu vou dizer sobre tudo o que vi nisso com mais frequência.

Não me lembro como fui lá,

Tanto sono eu estava envolto em uma mentira

Quando eu me desviei do caminho certo.

Dante, Inferno, Primeira Música [1]

Introdução

Noite escura

Em um momento ou outro, a maioria das pessoas passa por períodos de tristeza, provações, perdas,
frustrações ou fracassos que são tão dolorosos e parecem tão infinitos que podem ser chamados de
uma espécie de noite escura da alma. Se o seu interesse mais importante na vida é a saúde, você pode
tentar superar rapidamente a escuridão. Mas se você está procurando por significado, caráter e
essência interior, então você pode achar que uma noite escura é capaz de dar a você muitos presentes
inestimáveis.

Hoje, rotulamos rapidamente a “depressão” para qualquer coisa que se pareça com uma experiência
semelhante. No entanto, nem todas as noites escuras estão deprimidas, e muitas vezes essa palavra é
um termo clínico muito superficial, insuficiente para descrever o que faz você fazer uma pergunta
sobre o próprio significado de sua vida. Parece-me que chegou a hora de mudar a ideia dessa
importante experiência humana, bem como a ideia de como lidar com ela. Mas quero avisá-lo que
esta é uma questão muito delicada, e você terá que olhar profundamente para si mesmo e para os
exemplos que lhe darei para mostrar como um episódio profundamente doloroso pode ser um valioso
momento de transformação.

Cada vida humana consiste em luz e escuridão, alegre e triste, revivendo e matando. Como você trata
esses ritmos de humor naturais é crucial. Você vai se esconder por trás do auto-engano e
entretenimento distrativo? Você vai se tornar cínico e deprimido? Ou você abrirá seu coração para
um segredo que é tão natural quanto o sol e a lua, dia e noite, primavera e verão?

Como a maioria das pessoas, você deve ter passado por algumas noites sombrias da alma. E é possível
que você ainda viva uma dessas noites. Talvez você tenha um período difícil no casamento, problemas
com uma criança, ou você se encontra preso em um clima terrível e sinistro. Talvez você esteja
sofrendo a perda de um cônjuge ou pai. Ou o seu amante ou parceiro de negócios traiu você, e talvez
você esteja agora no processo de divórcio. Alguém olha para essas situações como problemas que
precisam ser resolvidos, e para alguém assim é uma fonte de profundo desespero. Uma verdadeira
noite escura da alma não é uma tarefa superficialmente difícil, mas um tipo de desenvolvimento que
afasta a pessoa da alegria de sua vida cotidiana. Um evento externo ou um estado de espírito interior
leva você aos fundamentos mais profundos de sua existência. Isto não é apenas um sentimento

A noite escura não pode ser sentida como depressão. Durante uma doença longa ou um período difícil
do casamento, você pode estar ansioso, mas não deprimido. Por outro lado, a depressão clínica pode
qualificar-se como uma noite escura da alma. O que quer que você chame essa experiência, sua
principal diferença é que é a experiência que afeta uma pessoa em sua integridade pessoal, com sua
história, temperamento, memórias, emoções e pensamentos. Depressão é uma designação formal e
diagnóstico, enquanto uma noite escura é um evento significativo. A depressão é uma doença
psicológica e uma noite escura é uma provação espiritual.

Muitas pessoas pensam que a principal tarefa da vida é resolver todos os seus problemas e ser feliz.
Mas a felicidade é, por natureza, uma sensação muito passageira, e você nunca pode se livrar de todos
os problemas. Seu objetivo na vida pode estar se tornando mais e mais de quem você realmente é,
que você está mais envolvido em outras pessoas e na vida ao seu redor e que, no final, você realmente
vive a sua verdadeira vida. Isso pode parecer óbvio, mas muitas pessoas gastam seu tempo
diligentemente evitando a própria vida. Eles têm medo de permitir que o fluxo da vida flua livremente
através deles e, portanto, sua vitalidade é reduzida a ambições, vícios e preocupações que os impedem
de ter o que realmente vale a pena. Uma noite escura pode parecer, paradoxalmente, uma maneira de
voltar à vida.

Eu estou aqui com você para explorar as contribuições positivas de suas noites escuras, embora
possam ser muito dolorosas. Eu não quero romantizá-los ou negar o perigo deles. Eu não quero nem
dizer que você sempre pode lidar com eles. Ainda assim, vejo neles a possibilidade de uma incrível
transformação interior, que você jamais poderia imaginar. A noite escura é a experiência de Dante,
meio adormecido, inesperadamente descendo do seu caminho habitual e vagando sem pensar no
matagal escuro. Ou Alice, que se olhou no espelho e passou por ele. Ou Odyssey, jogado nas ferozes
ondas do oceano, e o ferido Tristan, flutuando em um barco sem remos. Você não escolhe uma noite
escura. Ela é dada a você. Sua tarefa é se aproximar dela e encontrar tesouros escondidos nela.

Trabalho noturno

É muito provável que você saiba mais sobre as profundezas da sua alma a partir de períodos de dor e
confusão do que de períodos de conforto. Escuridão e confusão estimulam a imaginação de uma
maneira especial. Eles permitem que você veja coisas que, em circunstâncias normais, você pode não
notar. Você se torna sensível a um espectro diferente de emoções e significados. Nesses momentos,
você percebe a parte ultravioleta anteriormente invisível e inconsciente do espectro de seus
sentimentos e pensamentos, e reconhecerá tais coisas que nunca perceberia em um período de luz e
normalidade.

A noite escura da alma não é algo extraordinário ou raro. Esta é uma parte natural da vida, e você
pode obter tanto dela quanto durante os períodos normais. Basta olhar em volta para seus amigos e
conhecidos. Um passa por um período difícil de divórcio. A mãe do outro está gravemente doente.
Uma criança pequena foi ferida em um acidente. Alguém não consegue encontrar um emprego.
Alguns experimentam um período de depressão e se comportam de maneira estranha. Esta é a minha
própria lista até agora, e nem inclui a ameaça de guerra e o medo do terrorismo. Cada um deles contém
em si mesmo sofrimento e descoberta.

Se você gastar todos os seus esforços para se livrar de sua noite escura, nunca poderá aprender suas
lições e não passar por mudanças importantes que ela possa lhe dar. Eu quero inspirar você a entrar
na escuridão com toda sua força interior de alma e mente, e talvez você ganhe uma nova visão e um
senso mais profundo de si mesmo. Mesmo que a fonte de sua noite escura seja externa - crime,
estupro, aborto, decepção, pressão no trabalho, reféns ou ameaças de terrorismo - você ainda pode
descobrir novos recursos em si mesmo e uma nova visão de mundo. A noite escura não nos é dada
como um problema que deve ser resolvido sem falta, mas como uma experiência única pela qual
podemos viver e, como resultado, nos enriquecer.

João da Cruz
A expressão “a noite escura da alma” foi tirada por mim de um místico e poeta espanhol John the
Crosses (1541-1597). João era um membro da ordem religiosa cristã das Carmelitas e, junto com São
Teresa de Ávila tentou reformar essa ordem. Muitos na ordem eram tão contra essa reforma que
aprisionaram John por oito meses, durante os quais ele escreveu uma série de belos poemas. Seus
escritos posteriores, na maior parte, são comentários sobre esses poemas, um dos quais é chamado
The Dark Night of the Soul.

João escreve sobre a noite dos sentidos e a noite do espírito. A primeira fase é a purificação das
intenções e motivação, a segunda é o processo da vida através da fé e confiança profundas. O trabalho
de João refere-se principalmente àqueles que se dedicam a cultivar a vida espiritual através da
sociedade, meditação ou várias formas de ministério. Em um sentido menos preciso, esse termo
também é usado às vezes para significar depressão ou períodos sombrios de provação na vida humana.

Quando eu uso essa frase, quero dizer algo entre eles. Eu vejo a noite escura da alma como um período
de transformação. É mais como um certo estágio no processo alquímico do que um obstáculo à
felicidade. Geralmente este período é bastante longo - você dificilmente pode chamar um dia de
excitação a noite escura da alma. Nem sempre termina feliz com alguma nova descoberta pessoal. Na
realidade, veremos alguns exemplos de pessoas que cometeram suicídio ou morreram de uma doença
grave. Para avaliar esses períodos como uma transformação da alma, não se pode abordá-los do lado
de fora simples. É necessário olhar em profundidade, percebendo que você pode obter um ganho
significativo passando por este teste da vida, mas nem sempre será óbvio o que você obtém nesta
escuridão. Às vezes o verdadeiro significado da sua noite escura é

Abordagem mais espiritual do que psicológica

Eu sempre tento ser cuidadoso ao colocar o rótulo "doença" em relação a sentimentos e experiências
complexos. Normalmente, eu prefiro tentar ver neles os testes que nos tornam mais pessoas. Lembro-
me o tempo todo que muitos homens e mulheres do passado, que admiro sinceramente, eram pessoas
complexas que não podiam ser chamadas de inteiras ou saudáveis. Você encontrará as histórias de
muitas dessas pessoas nas páginas deste livro, que eu escolhi como exemplos para esse tópico, apesar
de suas vidas serem marcadas por imperfeições e falhas. Em geral, sinceridade, saúde ou correção
são de muito maior valor para mim.

Um dos capítulos do meu livro “Care for the Soul” causou uma grande impressão em muitas pessoas,
este capítulo é chamado de “The Gifts of Depression”. Aprendi com muitas fontes - tratados médicos
antigos, artistas e escritores pensantes, e as obras de CG Jung e J. Hillman - para apreciar encontros
com melancolia e tristeza. Tentei ser o mais específico possível, descrevendo os presentes que podem
vir de uma pessoa a partir de estados depressivos. Apesar da experiência indiscutivelmente
esmagadora e atormentadora da depressão, no final, é, no entanto, uma experiência humana associada
a todos os outros eventos significativos em nossa vida. De certo modo, você se prejudica quando trata
seus sentimentos de desespero e vazio como desvios de uma vida normal e saudável que você idealiza.
Tempos sombrios, como iluminação e realização,

Este livro começa com algumas imagens poderosas de antigos rituais e religiões. Pessoas do passado
distante conheciam os segredos de como lidar com períodos difíceis da vida, segredos que
esquecemos: a imagem de uma jornada através do mar noturno, o conceito de catarse, rituais que
ajudam durante os períodos de transição e o espírito da lua com suas bênçãos curativas. Então,
prestaremos atenção à compreensão e amor, como pensar e como estar conectado com os outros,
como lições importantes que podemos aprender da noite escura. E finalmente, tocaremos em vários
aspectos da vida cotidiana nos quais a noite escura da alma pode se manifestar: em nossas tentativas
de ser criativos e em nossa necessidade de beleza; na raiva e naqueles períodos em que "perdemos";
na doença e na velhice. Cada um desses períodos pode gerar uma noite escura especial.
Emoções em um tom menor

Emily Dickinson disse uma vez que sua propensão para a solidão é como um tom menor na música,
uma alternativa refrescante para um tom maior e mais brilhante. Agora pense em suas noites sombrias.
Podem, em alguns aspectos, ser tão úteis e belos como os períodos luminosos? Eles poderiam ser
humores ou eventos em tom menor? Hoje, um grande número de livros foi escrito que dizem que
Dickinson era um neurótico. Mas ela não se considerava "mentalmente doente", embora ela
certamente fosse excêntrica. De maneira semelhante, quero oferecer-me para perceber as noites
escuras como uma manifestação de algo incomum, mas não doente.

A noite escura da alma dá descanso ao período hiperativo dos bons tempos e dá à pessoa a
oportunidade de tentativas assíduas de se entender e se recuperar. Durante uma noite escura, não
temos escolha senão deixar o controle, deixar entrar a ignorância, parar e ouvir os sinais de sabedoria
que podem vir. Este é um momento de solidão forçada e possivelmente de cuidados não desejados.
Uma noite escura é sempre mais do que uma experiência de aprendizado, é uma iniciação profunda
em uma área para a qual nada em nossa cultura moderna, tão preocupada com os interesses externos
e com o sucesso material, pode nos preparar.

Quando as pessoas aprovam apenas as chaves principais, elas se tornam simplificadas não apenas em
seu modo de pensar, mas também no modo de vida em si. Hoje, muitos conflitos que ameaçam uma
vida pacífica, tanto em casa quanto ao redor do mundo, na verdade, derivam de preconceitos e reações
grosseiras, ingênuas e ignorantes. Paixões são regularmente derramadas surtos de violência. Você
precisa de uma visão complicada de si mesmo e de seus semelhantes - outras pessoas, a fim de evitar
o ódio e o medo. Uma pessoa madura é complexa e tem idéias e valores complexos. A tonalidade
menor da noite escura acrescenta a complexidade essencial e valiosa de sua personalidade e modo de
vida.

Escuridão Incessante

Algumas pessoas falam sobre sua noite escura da alma como se fosse um desafio que eles rapidamente
enfrentaram e superaram. Eles dizem: "Oh, eu passei pela minha noite escura, mas agora já está para
trás". Para alguns, o que eles percebem como uma noite escura pode ser apenas um sabor da
verdadeira escuridão da alma, especialmente se for relativamente rápido e fácil, e especialmente se a
pessoa que passou por ela se sentir como um herói do que ele conseguiu com sucesso e rapidez. com
ela. É impossível libertar-se desta noite escura tão rapidamente. Deixa uma marca longa em nossa
alma e de fato nos muda irrevogavelmente e para sempre. Isso não é algo para se gabar.

A noite escura pode ser profundamente perturbadora, não dando forma compreensível, exceto, talvez,
a confiança em pura fé e recursos muito além de sua compreensão e possibilidades. A noite escura
exige não apenas uma terapia, mas uma resposta verdadeiramente espiritual. Ele leva você ao limite
do que é familiar e seguro, forçando os limites de suas idéias sobre como a vida funciona e quem a
controla. A noite escura serve ao espírito, forçando você a confiar em algo além de sua capacidade
humana. E, no final, pode abrir novas possibilidades, às vezes até místicas.

Sombras da escuridão

No livro, abordamos as histórias de várias pessoas que passaram por noites escuras em particular na
prisão, incluindo Oscar Wilde, um escritor da era vitoriana que foi preso por sua homossexualidade.
Depois que ele foi libertado, Wilde escreveu a um amigo: “Meu desejo de viver é tão forte como
sempre, e embora meu coração esteja quebrado, agora sei que corações são criados para serem
quebrados: é por isso que o Senhor envia sofrimento ao mundo. Agora, o sofrimento me parece ser
uma coisa sagrada que faz aquele a quem ele toca os santos ... qualquer materialismo na vida coarsens
a alma [2] ”.

Wilde sofria com a solidão e a perda de sua vida fascinante e, em certo sentido, deixou a prisão um
homem quebrado. Mas esta passagem mostra que ele aprendeu muito e expressou em excelente
linguagem o que eu quero dizer aqui: uma imersão inconsciente nos valores da cultura material
“enrola a alma”. O papel da noite escura pode ser aumentar sua sensibilidade e mostrar como se
transformar em uma pessoa versátil e espiritualmente magra.

Para viver sua própria “sombra” das trevas, a primeira coisa que você precisa fazer é separar uma
linguagem clínica que seja rotulada e categorizada. Quando você descreve o que você está passando,
fale diretamente de sua própria experiência. Insight mais profundo sob a camada superficial da
linguagem e idéias que vêm da televisão e revistas sobre o seu "problema". Deixe este "matiz"
mostrar-se como é, e não como a indústria terapêutica quer ver. A medicina e a psicologia, como
qualquer outra instituição da vida moderna, preferem casos compreensíveis e tratáveis a uma cura
intratável para o indivíduo. Eles podem imaginar como restaurar seu funcionamento, mas não
conseguem imaginar como cumprir seu propósito e descobrir seu significado de vida.

Finalmente, e esta pode ser a tarefa mais difícil de todas, dê a si mesmo o que você precisa no nível
mais profundo. Significa tomar cuidado em vez de curar. Organize sua vida para apoiar o processo.
Você está carregando sua alma e não vivendo uma aventura heróica. Organize sua vida de acordo
com isso. Abaixe o tom. Dê a si mesmo o conforto de que precisa, mas não se mova ao contrário do
processo. Concentre-se, pense, pense e fale sobre a situação com amigos próximos.

Exemplos inspiradores

Algumas pessoas têm que enfrentar sérios desafios na vida e passar por períodos inimagináveis de
dificuldades. Podemos aprender com seus exemplos paciência, compreensão e coragem para suportar
o sofrimento. Em 1987, enquanto em Beirute como enviado do Arcebispo de Canterbury, Terry Waite
foi tomado como refém por extremistas libaneses e detido por 5 anos. Juntamente com outros
prisioneiros, ele sofreu espancamentos, isolamento e muitas dificuldades. Ele foi cortado de sua vida
normal, de sua família e de qualquer contato humano de apoio.

Depois que ele foi libertado, Waite falou muito sobre o que ele costumava lembrar dos livros que lia
e o apoiaram por anos de solidão. Um dia, um guarda simpático deu-lhe um livro sobre a escravidão
na América. Ele leu lentamente várias vezes e até memorizou algumas passagens. Pensou em escravos
que passaram a vida inteira na prisão, mas ao mesmo tempo não perderam a presença de espírito e
humanidade. A imagem de um escravo não o livrou da dor, mas tornou-a portátil. Ele foi inspirado e
apoiado pelas imagens de outras pessoas que conseguiram superar condições ainda piores.

Existe um segredo simples de como lidar com as noites escuras. Você pode passar por tal noite moral
e espiritualmente, mesmo que no nível externo pareça que você falhou. A pressão externa dura pode
chegar até você no final, mas você ainda pode sobreviver com uma alma intocada. Nesse longo
período de prisão, Terry Waite e outros como ele não puderam derrotar seus captores e libertar-se da
agonia física. Mas durante esses longos anos de cativeiro, eles possuíam a situação moralmente graças
à sua atitude e outras maneiras pelas quais davam sentido a essa experiência.

Ao longo da história, muitas pessoas foram reprimidas por seus opressores e, no entanto, venceram
em um nível diferente. No século 16, Thomas More estava na prisão por 13 meses antes de sua
execução, expressando suas melhores idéias filosóficas em uma obra literária. O Marquês de Sade,
em alguns aspectos representando o exato oposto do conceito de santo, agiu de maneira semelhante.
Ele escandalosamente e desafiadoramente falou contra seus captores, mas ele também escreveu
alguns de seus melhores romances na prisão. Nelson Mandela preparou-se na prisão para se tornar
um líder excepcional e um exemplo para todas as pessoas do seu tempo.

Aqui está o segredo: mesmo que você não possa se libertar fisicamente, você ainda pode sair da
situação com compostura, resiliência e caráter. Você pode fazer isso com um divórcio, a morte de
uma criança, uma doença grave ou falha na criatividade. Você pode sobreviver moralmente mesmo
se você morrer fisicamente. Veremos vários exemplos de homens e mulheres que viveram esse
paradoxo. Sua noite escura é o seu próprio convite para se tornar um homem de coração e alma.

Toda noite escura é única. Neste livro contarei muitas histórias de pessoas que conheço,
especialmente em minha prática terapêutica. Essas histórias de pessoas reais demonstram a
diversidade de noites escuras e as muitas maneiras diferentes pelas quais elas são resolvidas. Vou me
aprofundar em muitas biografias de pessoas que estão interessadas em mim há muito tempo, para ver
como elas lidaram ou deram lugar a suas noites escuras. Você pode aprender muito com o aparente
fracasso, e você pode ter um vislumbre das maneiras sutis pelas quais vidas trágicas acabam tendo
sucesso. Também vou, sem dúvida, mencionar minha própria experiência das trevas, já que também
não é estranho para mim.

Para lidar com esses períodos perturbadores, precisamos de ideias ricas, sólidas e úteis, tão raras no
mundo dos fatos e das opiniões. Eu melhorei meu nível profissional como psicoterapeuta graças ao
meu estudo da religião, mitologia, arte e psicologia profunda. Os melhores psicoterapeutas que
conheço são aqueles que se formaram nos grandes mistérios do amor, da agressão e da morte. Eles
não são pessoas de técnicas padrão e respostas simples. Como eles, você pode refletir sobre as
questões básicas da existência humana, ler os melhores escritores, assistir a bons filmes e formar-se
na vida da alma. E então, quando a noite escura chegar até você, você estará pronto para isso.

[1] Divina Comédia de Dante. Parte 1. Inferno Canção do primeiro. Tradução M. Lozinsky

[2] Da coleção completa de cartas de Oscar Wilde