Você está na página 1de 7

EXERCÍCIO DE CITOPATOLOGIA PREPARATÓRIO

PARA A 1ª AVALIAÇÃO
1) Os estudos mostram que o câncer do trato genital feminino desenvolve em pacientes que na
maioria das vezes não realizaram o exame PCCU com frequência, deste modo é um tipo de doença
que a população feminina pode evitar com a realização do exame e o devido acompanhamento.
Neste contexto, avalie as afirmações a seguir:
I - Em mulher que foi submetida à histerectomia total por lesões benignas, sem história prévia de
diagnóstico ou tratamento de lesões cervicais de alto grau, podem ser excluídas do rastreamento,
desde que apresentem exames anteriores normais.
II - O PCCU deve ser realizado a cada dois anos em mulheres sexualmente ativas, pois estão mais
suscetíveis a infecção pelo HPV.
III - O PCCU deve ser realizado anualmente em mulheres que tiveram inicio a atividade sexual, pois
as células epiteliais de revestimento do colo uterino estão mais suscetíveis as agressões do tipo:
mecânica, física e biológica.
IV - O rastreamento com PCCU pode ser realizado a cada três anos em mulheres que tiveram 2
exames anuais consecutivos negativos.
V - O PCCU deve ser realizado a cada cinco anos em mulheres acima de 60 anos de idade, pois
não correm risco de infecção pelo HPV.
É CORRETO apenas o que se afirma em:
a) III e V.
b) I, II, III e IV.
c) I, III e IV.
d) II, III e IV.
e) I, III e V.

2) O epitélio maturo é encontrado na menacme por estimulação dos hormônios esteróides


fisiologicamente liberados pelos folículos ovarianos ou na estimulação hormonal exógena como por
exemplo na terapêutica estrogênica substitutiva do climatério, no uso de anovulatórios e etc. A
presença de abundantes bacilos de Doderlein produz esfregaço com citólise (células
intermediárias com núcleos desnudos). Este tipo de esfregaço é encontrado geralmente em?
a) Esfregaço atrófico.
b) Esfregaço normotrófico.
c) Esfregaço hipertrófico.
d) Esfregaço hipotrófico.
e) Esfregaço de processo inflamatório.

3) A citologia de meio líquido (ThinPrep) vem substituindo o método de Papanicolaou convencional


no combate ao câncer de colo uterino. O surgimento deste método aconteceu nos EUA após muitas
pesquisas em citopatologia com objetivos de tornar o diagnóstico citopatológico mais seguro e mais
rápido. Com relação ao método de coleta em base líquida, avalie as alternativas.
I - Ocorre uma redução significativa no número de amostras insatisfatórias.
II - O esfregaço citológico é realizado por uma citocentrífuga que viabiliza uma padronização de
espessura e distribuição celular uniforme.
III - Sangue, muco, células inflamatórias são reduzidos ou eliminados.
IV - Os estudos estatísticos registram no mínimo uma sensibilidade similar ao teste de Papanicolaou
convencional.
V - É representada por uma suspensão de células da amostra coletada, dispostas em uma única
camada na lâmina, numa área de 2 cm de diâmetro.
Estão CORRETOS os itens:
a) I e II.
b) I, II e III.
c) I, II, III e V.
d) II e III.
e) I, II e V.

4) Os processos inflamatórios, com ou sem infestação ou infecção, do trato genital feminino são
numerosos e merecem atenção especial dos que labutam em um laboratório de citopatologia. Em
nome da segurança das mulheres que se valem deste exame para receber tratamento adequado e
dos clínicos que dele lançam mão para tratar suas pacientes de maneira mais apropriada, é que
procuramos demonstrar o que precisa ser feito a fim de moralizar os diagnósticos citológicos de
processos inflamatórios, com ou sem infecção. Quanto aos processos inflamatórios, analise os itens
e responda:
I - O halo perinuclear e edema nuclear são critérios morfológicos de lesões pré-malignas.
II - A citologia esfoliativa é um método diagnóstico de excelência para diagnosticar alterações
morfológicas em processos patológicos diversos. Antes do aparecimento dos sinais e sintomas da
doença.
III - A presença de cariólise, cariorrex e cariopicnose em células profundas, caracteriza
morfológicamente modificações de processos degenerativos.
IV - A Gardnerella vagiinalis produz secreção vaginal esbranquiçada e de odor fétido.
V - A Candida sp pode produzir alterações celular do tipo edema nuclear, pseudoeosinofilia entre
outras.
Estão CORRETOS os itens:
a) I e II.
b) I, II e III.
c) I, IV e V.
d) II, III IV e V.
e) I, II, IV e V.

5) A coleta de material cérvico-vaginal para realização de exame citopatológico requer que a


paciente esteja em condições adequadas e o profissional responsável tenha habilidade técnicas
para que a coleta seja satisfatória. Em relação à obtenção de amostra de PCCU, avalie as
afirmações a seguir:
I - A escova cervical é essencial para obtenção de material em paciente na menopausa, onde na
maioria das vezes apresenta entropia.
II - Paciente histerectomizada em quaisquer situações não necessita coletar material vaginal para
realização de PCCU, pois a possibilidade de câncer ginecológico é remota.
III - As informações obtidas antes da coleta de material cervico-vaginal são importantes entre outras
medidas na escolha do tamanho do especulo vaginal.
IV - Pacientes com sangramento vaginal abundante estão impossibilitadas de coletar material
cervico-vaginal para realização de PCCU.
V - As orientações para a coleta de PCCU são as mesmas para a obtenção de material cervico -
vaginal com objetivo de realizar bacterioscopia e exame a fresco.
É CORRETO apenas o que se afirma em:
a) II, III e V.
b) I, III, IV e V.
c) II, III, IV e V.
d) I, II e IV.
e) I, III e IV.

6) A partir da classificação de Papanicolaou foram desenvolvidas diversas metodologias de


descrição de resultados citopatológicos. O objetivo principal é facilitar a comunicação entre os
profissionais de áreas afins. Dentre essas metodologias Richart propôs a classificação de lesões
celulares em neoplasias intra-epiteliais cervicais (NIC), avalie as afirmações a seguir:
I - NIC III representa lesão do tipo carcinoma in situ.
II - NIC II representa lesão intra-epitelial de baixo grau (LSIL) e alto grau (HSIL).
III - NIC II representa lesão intra-epitelial de e alto grau.
IV - NIC I representa lesão intra-epitelial de baixo grau e infecção por papiloma vírus humano.
V - NIC III representa lesão intra-epitelial de e alto grau e carcinoma invasivo.
É CORRETO apenas o que se afirma em:
a) I, III e IV.
b) II, IV e V.
c) I, II e IV.
d) I, II, III e IV.
e) I, II, III e V.

7) Para o melhor entendimento das alterações citológicas, é necessário conhecer a anatomia e a


histologia do trato genital feminino. Sabe-se que o epitélio do orifício cervical externo sem alterações
patológicas pode ser revestido por epitélio:
I - Colunar (cilíndrico) simples.
II - Pavimentoso simples.
III - Pavimentoso estratificado.
IV - Metaplásico.
Estão CORRETOS apenas os itens:
a) I, II e III.
b) I, II e IV.
c) I, III e IV.
d) II, III, e IV.
e) III, e IV.

8) A pílula anticoncepcional é um método contraceptivo extremamente eficaz, com uma taxa de


sucesso de cerca de 97%, podendo chegar a incríveis 99,9% se for tomada de forma correta. Esses
resultados tornaram os contraceptivos orais um dos métodos anticoncepcionais mais populares em
todo o mundo. Atualmente, cerca de 10% da população feminina em idade fértil utiliza a pílula
regularmente como método contraceptivo. Entretanto, desde o início da sua comercialização, lá na
década de 1960, a comunidade científica e a população se preocupam em saber se existe alguma
relação direta entre o uso da pílula anticoncepcional e casos de câncer, principalmente aqueles que
têm íntima relação com os hormônios femininos, como câncer de mama, de ovário ou do útero.
Pacientes fazendo uso de anticoncepcional apresentam uma junção escamo-colunar ectocervical. A
zona de transformação típica relaciona-se citologicamente as células?
a) Parabasais.
b) Metaplásicas.
c) Escamosas ciliadas.
d) Glandulares atípicas.
e) Queratinizadas.

9) O termo cervico-vaginite refere-se à inflamação do epitélio escamoso da vagina e do colo uterino.


Neste quadro, a mucosa cervical e vaginal responde à infecção com uma reação inflamatória que é
caracterizada pela destruição das células superficiais. Esta conduz à descamação e ulceração, que
causam uma redução da espessura epitelial devido à perda de células da camada superficial e de
parte da camada intermediária (que contêm glicogênio). Nas camadas mais profundas, as células
sofrem tumefação com infiltração de neutrófilos no espaço intercelular. Com relação aos agentes
potencialmente causadores de processos inflamatórios no trato genital feminino, avalie as
afirmações a seguir:
I - A droga de escolha para o tratamento de Gardnerella vaginalis é o metronidazol na dose de 500
mg 12/12 horas por 7 dias ou 2 gramas em dose única. O tratamento do parceiro sexual é
necessário para que não haja recidivas.
II - Pacientes portadoras de Gardnerella vaginalis apresenta secreção frequente/abundante de
aspecto bolhoso ou líquido, cor branco acinzentado, odor fétido, prurido geralmente ausente e pH
vaginal maior que 5,0.
III - Nas vaginoses são comuns as associações de Gardnerella vaginalis e Mobiluncus, enquanto é
incomum a associação de Trichomonas vaginalis e Candida sp.
IV - A citopatologia é o método de seleção para o diagnóstico de infecções no trato genital feminino
por Chlamydia tracomatis, que se manifesta com secreção inespecífica ou ausente e prurido
geralmente ausente.
Estão corretas:
a) Apenas as afirmativas I, II e III.
b) Apenas as afirmativas II e III.
c) Apenas as afirmativas III e IV.
d) Apenas as afirmativas I e III.
e) Somente a afirmativa III.

10) Um esfregaço atrôfico após uso de terapia de reposição hormonal estará como?
a) Predomínio de células parabasais e intermediárias.
b) Predomínio de células parabasais.
c) Predomínio de células intermediárias e superficiais.
d) Não ocorrem mudanças significativas nas células de revestimento do trato genital feminino.
e) Depende do tipo da terapia de reposição hormonal.

11) Por quê realizamos a fixação de material cérvico - vaginal. Qual o seu mecanismo de ação e os
mais utilizados atualmente?

12) Em relação a metaplasia escamosa, responda as perguntas abaixo:


a) Qual sua importância na prevenção do câncer do colo uterino?

b) Quando é observada normalmente?

c) Quando e como tratá-la?

13)Explique as diferenças metodológicas entre a Citopatologia e Histopatologia.

14) O preventivo ginecológico tem-se mostrado de fundamental importância para o rastreamento do


câncer do colo do útero. De acordo com a técnica da coleta da citologia, a principal região a ser
pesquisada é:
a) A mucosa ectocervical.
b) O fundo de saco lateral.
c) A junção escamocolunar
d) A parede vaginal posterior.
e) Mucosa endocervical.

15) A região do epitélio ectocervical, formada por células poligonais, com glicogênio, citoplasma
cianófilo,núcleo redondo ou levemente oval, cromatina finamente granulosa, recebe o nome de:
a) Camada basal.
b) Camada intermediária.
c) Camada superficial.
d) Camada parabasal.
e) Camada córnea.

16) Julgue os itens a seguir, relacionados ao exame citológico cervico-vaginal pelo teste de
Papanicolaou.
I - Diagnostica precocemente o câncer do colo do útero.
II - Apresenta índice intrínseco de falso-positivo de, aproximadamente, 20%.
III - Auxilia no diagnóstico das neoplasias intra-epiteliais, com alterações citopáticas induzidas por
vírus.
IV - É um método de triagem populacional, com base na citologia esfoliativa cervico-vaginal, por
detectar células neoplásicas malignas, pelo estudo de sua morfologia.
V - É um método inferior ao hitopatológico, pois não detecta lesões invasivas.
São verdadeiros os itens
a) I, II, III, IV e V.
b) I, III, IV e V.
c) II, III, IV e V.
d) I, III e IV.
e) I e II.

17) No colo do útero, a zona de transformação típica relaciona-se citologicamente a células


a) Parabasais.
b) Metaplásicas.
c) Escamosas ciliadas.
d) Glandulares atípicas.
e) Queratinizadas.

18) Na coloração de Papanicolaou após corarmos a lâmina pelo EA, iremos cobrir a preparação com
meio de montagem e lamínula. Para isto necessitamos de mais duas etapas. Quais são elas e em
que sequência:
a) Hidratar e clarificar.
b) Desidratar e clarificar.
c) Hidratar e desidratar.
d) Clarificar e desidratar
e) Clarificar e hidratar.

19) O tempo mínimo ideal para se conseguir uma boa fixação de um esfregaço citológico é:
a) 15-30 minutos.
b) 45-60 minutos.
c) 5-10 minutos.
d) 1 hora.
e) 24 horas.

20) Na coloração de Papanicolaou, os corantes EA, Orange e Hematoxilina são responsáveis pela
coloração, respectivamente de:
a) Eritrócitos, flora e células epiteliais.
b) Flora, núcleos e citoplasma.
c) Citoplasma, citoplasma queratinizado e núcleos.
d) Citoplasma queratinizado, núcleos e citoplasma.
e) Núcleos, citoplasma e citoplasma queratinizado.

21) Segundo as recomendações do Sistema Bethesda uma adequada representação da zona de


transformação/endocervical consiste de:
a) Cerca de 10% de células do esfregaço correspondentes a células endocervicais ou metaplásicas
bem preservadas.
b) Dois grupamentos de células endocervicais e/ou metaplásicas bem preservadas, cada grupo com
pelo menos 5 células.
c) Dois grupamentos de células endocervicais bem preservadas através de toda a lâmina.
d) Presença de células endocervicais independente de sua quantidade.
e) Cerca de 50% das células do esfregaço correspondentes a células endocervicais ou
metaplásicas.

22) Explique como e por que é realizada a coleta de material endometrial para exame citológico?

23) Explique como surgiu a citologia esfoliativa e por quê?

24) O diagnóstico de Herps sp expresso pela citopatologia caracteriza-se como?


a) Presença de multinucleação.
b) Inclusão intra-citoplasmática.
c) Amoldamento celular.
d) Inclusão do vírus intranuclear.
e) Amoldamento nuclear, multinucleação e inclusão intranuclear.

25) Bacilos encurvados ou em forma de “vírgula”, responsáveis por vaginoses bacterianas,


correspondem a
a) Proteus sp.
b) Doderlein.
c) Mobiluncus sp.
d) Micoplasma sp.
e) Torulopsis SP.

26) São alterações celulares de natureza degenerativa:


a) Cariólise, citólise e vacuolização citoplasmática.
b) Metacromasia, autólise e carorrex.
c) Multinucleação, cariorrex e cariólise.
d) Cariorrex, cariólise e cariopicnose em células profundas.
e) Hiperplasia, paraceratose e citólise.

27) O halo perinuclear e grupamento de neutrófilos sobre as células escamosas (bala de canhão)
com inflamação moderada/acentuada devem intensificar a busca de:
a) Tricomoníase.
b) Gardnerella.
c) Candidíase.
d) Infecção herpética.
e) Infecção por Papilomavírus.

28) Hiperqueratose:
a) Indica sempre a presença de queratina na superfície da membrana mucosa.
b) Corresponde a uma alteração pré-maligna.
c) É um sinal característico da infecção pelo HPV.
d) Representa uma resposta reparativa.
e) Frequentemente é observada em esfregaços de grávidas.

29) Considere uma paciente de 25 anos de idade, cujo esfregaço contém células intermediárias e
parabasais, com núcleos levemente aumentados, de cromatina grumosa, abundantes halos
perinucleares, acompanhadas por células pequenas piriformes ou arredondadas, com núcleos
também pequenos, pálidos e excêntricos, além de muitos neutrófilos por vezes formando grumos.
Assinale a opção que apresenta o diagnóstico mais provável, tendo como referência as informações
apresentadas.
a) Infecção por Trichomonas vaginalis.
b) Alterações por radiação.
c) Lesão intraepitelial de alto grau.
d) Alterações citoplasmáticas de significado indeterminado (AGUS).
e) Infecção por Gardnerella vaginalis.

30) O estudo citológico revela células multinucleadas mostrando núcleos amoldados uns aos outros
e às vezes com aspecto despolido, presença de inclusões eosinófilas intracelulares e envoltas com
um halo claro. Qual das seguintes opções pode ser responsável pelo quadro citológico apresentado?
a) Trichomonas vaginalis.
b) Chlamydia trachomatis.
c) Herpes simplex.
d) Actinomyces.
e) HPV.