Você está na página 1de 2

Centro Educacional Esperança

Data: 28/02/ 2013 Professora: Letícia Dias Turma: 9° ano


Aluno (a) : __________________________________________________

Frase, oração e período.

1) Conceitue FRASE.
2) Conceitue ORAÇÃO.
3) Conceitue PERÍODO.
4) Indique os enunciados abaixo que podem ser classificados como frase e oração ao mesmo tempo.

a) Socorro!
b) Os jogadores entraram na quadra.
c) Saia daí!
d) O dia está quente.
e) A noite de ontem foi muito fria.
f) Queremos que você venha a nossa casa.
g) Silêncio!

5) Copie do exercício anterior o único exemplo de período composto.

6) Classifique as orações em período simples ou composto.

a)
b) Ninguém
Seu chutemais teve
foi tão sossego
forte que a desde que aele
bola furou chegou.
rede.
c) Os animados torcedores agitavam as bandeiras.
d) Entrou na quadra a seleção brasileira.
e) Estive na chácara.

7) Classifique o período em simples ou composto. Se tiver mais de uma oração, Separe-as e diga o número de
orações. O primeiro exercício serve de exemplo.

a) Escovou os dentes, / pegou o material escolar / e saiu. PERÍODO COMPOSTO DE TRÊS ORAÇÕES.
b) A limpeza dos banheiros não era das melhores e resolveram falar com o gerente.
c) Passarei pela sua casa hoje de tarde, para terminarmos o trabalho.
d) Vou ao clube agora de manhã.
e) Driblou o primeiro, driblou o segundo, mas chutou fora.

8) Há um poema
relacionadas de Paulo eLeminski
à morfologia noAnalise-o
à sintaxe. qual o discurso,
e atentedepara
umao forma
que seinteressante
pede: e lúdica, aborda questões

O assassino era o escriba

Meu professor de análise sintática era o tipo do sujeito inexistente.


Um pleonasmo, o principal predicado de sua vida,
regular como um paradigma da 1ª conjunção.
Entre uma oração subordinada e um adjunto adverbial,
ele não tinha dúvidas: sempre achava um jeito
assindético de nos torturar com um aposto.
Casou com uma regência.
Foi infeliz.
Era possessivo como um pronome.
E ela era
Tentou bitransitiva.
ir para os EUA.
Não deu.
Acharam um artigo indefinido na sua bagagem.
A interjeição do bigode declinava partículas expletivas,
conectivos e agentes da passiva o tempo todo.
Um dia, matei-o com um objeto direto na cabeça.
a) Dê a função sintática dos termos que se encontram em destaque.
b) Dê a função morfológica (classe de palavras) do trecho: “ Meu professor de análise sintática era o itpo do
sujeito inexistente.”

9) Analise os seguintes enunciados e aponte a classe morfológica referente aos termos em destaque:

a) Tomei o sorvete, você dois.


b) Fogo na mata, mata!

10) Analise sintaticamente os termos em destaque das orações em pauta, de acordo com a função desempenhada
pelos mesmos:

a – Ó Deus,obrigada por proteger-me sempre!


b - A garota pareceu tranquila durante a apresentação.
c – De toda aquela convivência apenas restou algo: uma mágoa intensa.
d – Eu necessito de seu carinho para continuar seguindo em frente.
e – As lembranças da infância atormentavam-lhe constantemente

11) Classifique os termos em destaque nas orações que se seguem, de acordo com o seguinte código:

1. predicativo 2. adjunto adnominal.

( ) O poeta ficou bêbedo.


( ) O poeta bêbedo caminhou pela praça.
( ) O poeta caminhou bêbedo pela praça.
( ) Os alunos desconfiados deixaram o colégio.
( ) Os alunos deixaram o colégio desconfiados.
( ) Os alunos continuam desconfiados.

12) Faça uma análise sintática da oração abaixo e, a seguir, marque V ou F.

A ordem, meus amigos, é a base do governo.

( ) A ordem é sujeito simples; é a base do governo é predicado nominal.


( ) A expressão meus amigos é aposto.
( ) A, meus, a, do governo são adjuntos adnominais.
( ) é – verbo transitivo direto.
( ) a base do governo é predicativo do objeto.

Para casa.
Página 25 - n° 5 e 6.
Página 26 - n° 11.